Issuu on Google+

CEFET-PE EXAME DE SELEÇÃO / VESTIBULAR 2008

CURSOS TÉCNICOS NÍVEL MÉDIO INTEGRADO DIA – 24/02/2008 (DOMINGO)

ATENÇÃO 1. 2. 3.

Leia todas as instruções antes de iniciar a prova. Preencha seus dados pessoais. Autorizado o início da prova, verifique se este caderno contém 30 (trinta) questões, sendo Português de 01 a 15 e Matemática de 16 a 30. Se não estiver completo, exija, imediatamente, do fiscal da sala outro exemplar. 4. Ao receber a folha-resposta, confira o seu nome e o número de inscrição. Qualquer irregularidade comunique logo ao fiscal. 5. Para marcar a folha-resposta, utilize caneta esferográfica com tinta na cor preta ou azul, e faça as marcas de acordo com o modelo: Preencher a quadrícula assim 6. Marque apenas uma resposta para cada questão, pois só há uma única resposta correta. A questão que for marcada com mais de uma resposta, ou rasurada, será anulada. 7. Se a Comissão Organizadora do Exame de Seleção / Vestibular 2008 verificar que a resposta de uma questão é dúbia ou inexistente, a questão será posteriormente anulada e os pontos, a ela correspondentes, distribuídos entre as demais. 8. Não risque, não amasse, não dobre e não suje a folha-resposta, pois isso poderá prejudicá-lo. 9. Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião, nem prestar esclarecimentos sobre o conteúdo das provas. 10. O caderno de provas e a folha-resposta deverão ser devolvidos ao fiscal da sala. 11. A prova terá início às 8h e deverá ser concluída até as 11h. Por razões de segurança do concurso, o candidato só poderá deixar o local de realização da aplicação das provas, 1 (uma) hora após o seu início. 12. Os fiscais não estão autorizados a fazer retificações de qualquer natureza nas instruções ou enunciados de questões das provas. Apenas e, exclusivamente, o CHEFE DE PRÉDIO, pessoalmente, é que poderá comunicar alguma retificação. 13. O CEFET-PE não se responsabilizará por objetos ou valores portados, esquecidos, danificados ou extraviados nas dependências dos locais de aplicação das provas. 14. Todos os materiais impressos, entregues aos candidatos no dia da prova, deverão ser devolvidos na íntegra, pois pertencem ao CEFET-PE.

15. O gabarito oficial será divulgado 2 (duas horas) depois do encerramento das provas, no Sítio www.cefetpe.br. 16. Será facultado ao candidato apresentar recurso, devidamente fundamentado, relativo ao gabarito e/ou ao conteúdo das questões. O recurso deverá ser interposto até as 18 (dezoito) horas do dia subseqüente ao da divulgação do gabarito oficial, dirigido à Comissão do Exame de Seleção / Vestibular 2008 do CEFET-PE, e entregue no Protocolo Geral do CEFET-PE - Unidade-Recife. Não será aceito recurso via postal, via fax ou correio eletrônico ou interposto por procurador.

17. Divulgação dos aprovados até 05/03/2008 (www.cefetpe.br) 18. Fique atento ao cronograma de matrícula. Impressão Digital

NOME DO CANDIDATO: _________________________________________________________ R.G. Nº ________________

ÓRGÃO: ___________

INSCRIÇÃO Nº __________________

ASSINATURA: __________________________________________________________________


PROVA DE PORTUGUÊS O TEXTO 1 SERVE DE BASE PARA AS QUESTÕES DE 01 A 07. 01

05

10

O resto é silêncio Boa Viagem, o principal cartão postal do Recife, amanheceu dramática, diferentemente dos outros dias, polvilhada pelos gritos de crianças e pela corrida de atletas. Centenas de cruzes, sem adornos e nomes, fincadas na areia, denunciavam o estado de violência que toma conta de todos. Entre o constrangimento e a dor, alguém se lembra de que um dia ouviu do pai um conselho que permaneceu: “Um pequeno fogo, que se apaga com facilidade, quando tolerado, nem por rios se deixa extinguir”. O vaticínio é de William Shakespeare (1564-1616), está no 4º ato de Henrique 6º. (Jornal do Commercio, Repórter JC, 5 / 6 / 07. Adaptado.) 01. A citação de Shakespeare, no Texto 1, estabelece a) b) c) d) e)

uma oposição entre um pequeno fogo e a violência. uma comparação entre a praia e o cemitério. um confronto entre Boa Viagem e outros bairros. uma analogia cuja base comum é a tolerância. uma analogia fundamentada em aspecto positivo.

05. “Centenas de cruzes, sem adornos e nomes, fincadas na areia, denunciavam o estado de violência que toma conta de todos.” Os termos grifados no fragmento acima são, respectivamente, a) b) c) d) e)

06. Assinale a alternativa cuja afirmação está de acordo com a norma culta da língua quanto à Regência verbal. a) b) c)

02. O título está coerente com o corpo do Texto, principalmente, porque

d) e)

a) b) c) d) e)

alardeia as ações constantes contra o estado de violência de que somos vítimas. anuncia as políticas públicas que têm como finalidade o combate à violência. pontua a indignação dos banhistas em relação aos movimentos populares. mostra a indiferença dos usuários da praia de Boa Viagem frente à situação. denuncia a omissão não só das autoridades, mas de uma parcela da população.

03. A escolha do vocábulo “vaticínio”, no contexto, remete o leitor à relação de conseqüência a) b) c) d) e)

benéfica. concomitante. reversível. irremediável. transitória.

04. Na construção do Texto, o jornalista faz uso de várias estratégias discursivas. A única estratégia NÃO utilizada é a) b) c) d) e)

repetição de expressões. expressões explicativas. emprego de personificação. recorrência ao intertexto. argumento de autoridade.

explicação atribuída ao termo anterior / ação que dá voz a um sujeito-coisa. modificador de um núcleo verbal / ação atribuída a um ser representado por pessoa. termo com função de complemento verbal / emprego figurado da ação verbal. elemento que aponta para a frente / função predicativa atribuída a um ser inanimado. função que restringe o sentido de um nome / termo que restringe o sentido do verbo.

Em “amanheceu dramática” (linha 2), temos um verbo transitivo direto, acompanhado do seu complemento. “... alguém se lembra de que um dia ...” (linhas 6 e 7) - o verbo desse segmento é transitivo indireto. A regência verbal não mudaria se a oração fosse construída sem o pronome (alguém lembra). Em “ouviu do pai um conselho” (linha 7), temos um verbo que liga um atributo ao sujeito. A locução verbal em “se deixa extinguir” (linha 9), no contexto, é transitiva direta.

07. Sobre as relações morfossintáticas do texto, analise as seguintes proposições: I. O termo “dramática” (linha 2) funciona como modificador da forma verbal “amanheceu” (linha 2). II. O núcleo nominal “Centenas de cruzes” (linha 4) está acompanhado por dois segmentos explicativos. III. O segmento “Entre o constrangimento e a dor” (linha 6) funciona como circunstância da ação verbal. IV. A oração “que se apaga com facilidade” (linha 8) tem função adjetiva em relação ao segmento nominal “Um pequeno fogo” (linhas 7 e 8). V. “quando tolerado” (linha 8) estabelece relação de finalidade com a idéia principal do período. Estão corretas, apenas: a) b) c) d) e)

I, II e III I, III e IV II, III e IV II, III e V III, IV e V


O TEXTO 2 SERVE DE BASE PARA AS QUESTÕES 08 E 09.

O TEXTO 3 SERVE DE BASE PARA AS QUESTÕES DE 10 A 15. A Globo e a negaça dos 500 anos 01

05

10

(Isto É Minas, 97, 29 set.1993. In: Platão & Fiorin. Lições de Texto. Ática, 1996, pág.318.Adaptado.)

08. Analise as proposições abaixo, relacionadas ao Texto: I. Não basta apenas a linguagem verbal; a imagem também ajuda a construir a coerência. II. O vocábulo “preserve” marca o discurso dos ecologistas e neste se apóia o autor do Texto. III. O trocadilho comprometeu a coerência, tornando inviável a compreensão do texto. IV. O recurso do trocadilho reforça o apelo, para que se dê atenção à criança abandonada. V. A imagem do menino de rua é um detalhe sem importância para o sentido do texto. Estão corretas, apenas: a) b) c) d) e)

I, II e IV I, II e V I, III e V II, III e V III, IV e V

15

20

25

Negaça, no caso, não é a mulata globeleza, embora o oba-oba armado para festejar os 500 anos do Descobrimento lembre o Carnaval Negaça; aqui, significa ilusão, chamariz, isca, armadilha e engodo. Como a moda no país do desemprego agora é a defesa do consumidor, alguém poderia gritar contra a propaganda enganosa: o produto que a Globo está vendendo não existe. O projeto Brasil 500 é um contrasenso histórico, uma miragem criada pela lente de oportunistas. Algum aluno aplicado poderia lembrar à Globo que o Descobrimento é uma coisa, e que o Brasil é outra bem diferente. Esse bom aluno poderia ir além, e lembrar à Globo o mais importante: que, mesmo depois da Independência, a construção da nacionalidade e a própria consciência do que é ser brasileiro permaneceram (e permanecem até hoje) prejudicadas por aquilo que Joaquim Nabuco chamou de “nossa única obra verdadeiramente nacional”, ou seja, a “nódoa da escravidão”. Essa é a lição que nunca foi aprendida e esse é o trabalho que nunca foi feito: desbastar a lenta estratificação de 300 anos de cativeiro. E em 1999 uma única realidade teima em nos incomodar: a miséria nos aparta a todos, como indivíduos e como nação do mundo civilizado. É sobre essa herança negativa e nunca superada que qualquer brasileiro sério (não os publicitários a serviço da Globo nem o Ministro lírico) deveria refletir hoje, nos 500 anos do Descobrimento. (Fernando de Barros, Folha de São Paulo, maio de 1999. Adaptado.)

10. O teor do texto indica que o seu autor tem como objetivo a) b) c) d)

09. Assinale a alternativa que sintetiza a temática da campanha publicitária (Texto 2). a) b) c) d) e)

A preocupação com as crianças de rua é proporcional às campanhas pela preservação da natureza. Os ecologistas publicam, com freqüência, trabalhos científicos em revistas e manuais especializados. A finalidade da LBV é chamar a atenção para os movimentos populares em favor do meio-ambiente. As campanhas de preservação do meio têm conseqüências equivalentes às que defendem as crianças. As campanhas em defesa da natureza parecem ecoar mais alto, que a voz em favor das crianças de rua.

e)

criticar as políticas públicas que fazem investimento no Carnaval. defender os interesses relacionados às empresas de televisão. denunciar a mistificação dos 500 Anos promovida pela Globo. chamar a atenção para a agenda cultural, na festa dos 500 Anos. discutir a comemoração dos 500 Anos e a bela festa feita pela Globo.

11. Sobre o Processo da Comunicação, é correto afirmar que no Texto a) b) c) d) e)

o autor não soube adaptar a linguagem ao públicoalvo. o leitor da Folha de São Paulo terá acesso à mensagem. os neologismos comprometem a troca entre autor e leitor. a linguagem formal não convém a um artigo de opinião. o estilo coloquial não está adequado a um artigo de jornal.


12. Assinale a alternativa na qual o recurso indicado ao lado NÃO está adequado ao fragmento transcrito do texto. a)

b) c) d) e)

“Negaça, no caso, não é a mulata globeleza; (...) aqui, significa ilusão, chamariz, isca, armadilha e engodo.” (linhas 1, 3 e 4) → METALINGUAGEM. “uma miragem criada pela lente de oportunistas.” (linhas 8 e 9) → EMPREGO METAFÓRICO. “a miséria nos aparta a todos” (linha 22) → OBJETO INDIRETO PLEONÁSTICO. “nossa única obra verdadeiramente nacional” (linha 17) → METONÍMIA. “desbastar a lenta estratificação de 300 anos de cativeiro.” (linhas 20 e 21) → CATACRESE.

PROVA DE MATEMÁTICA 16. Numa corrida de Fórmula 1, um piloto completa uma volta na pista do circuito a cada 1 minuto e 15 segundos. O total de voltas, em meia hora de corrida, se esse piloto não parar ou mudar o seu ritmo de corrida, será: a) b) c) d) e)

24 voltas 25 voltas 28 voltas 32 voltas 35 voltas

13. Assinale a alternativa em que o termo destacado tem relação com o fragmento indicado ao seu lado. a) b) c) d) e)

Negaça (linha 1) → país do desemprego (linhas 4 e 5) projeto Brasil 500 (linha 7) → construção da nacionalidade (linha 14) lição (linha 19) → “nossa única obra verdadeiramente nacional” (linha 17) trabalho (linha 20) → herança negativa (linha 24) Ministro lírico (linhas 25 e 26) → a miséria nos aparta a todos (linha 22)

14. Assinale a alternativa que analisa as relações de concordância no texto, de acordo com o que recomenda a gramática normativa. a) b) c) d) e)

O plural da forma verbal permaneceram (linha 15) justifica-se em razão do sujeito composto. A pluralização no termo prejudicadas (linha 16) constitui erro, já que este tem relação com consciência (linha 14), que está no singular. As formas aprendida e feito (linhas 19 e 20) deveriam estar no mesmo gênero, já que concordam com o mesmo núcleo nominal. A forma verbal deveria (linha 26) concorda com o termo Ministro lírico (linhas 25 e 26). A forma verbal desbastar (linha 20) indica a concordância com um sujeito subentendido: miséria.

15. Um dos empregos dos pronomes em uma língua é substituir determinados termos, evitando, assim, a sua repetição. Marque a alternativa em que o pronome destacado substitui o termo ao seu lado. a) b) c) d) e)

que (linha 6) → país (linha 4). outra (linha 11) → Globo (linha 12). do (linha 14) → aluno (linha 10). Todos (linha 22) → nós, brasileiros (implícito). aquilo (linha 16) → o Descobrimento (linha 11).

17. Em uma construção, um elevador de cargas tem capacidade máxima de 500 kg de carga. Sabendo que será elevada uma tonelada e meia de tijolos para a parte superior da obra e, junto com essa carga irão o operador do elevador e dois operários, perfazendo um total de 230 kg, e sabendo, ainda, que o elevador subirá sempre com carga máxima, com exceção da última viagem, quantos quilogramas de tijolos serão levados para a parte superior do prédio na última viagem? a) b) c) d) e)

500 450 300 200 150

18. Para colocar cerâmica nas paredes de uma cozinha é necessário calcular a quantidade de caixas que devem ser compradas. Sabendo que duas das paredes medem 4,2 m por 3,0 m, e as outras duas, 3,0 m por 3,0 m e que em uma das paredes há uma porta medindo 1,2 m por 2,2 m e em outra, uma janela medindo 1 m por 1,5 m, qual a quantidade mínima de caixas a ser comprada, se em cada caixa há 1 m² de cerâmica? a) b) c) d) e)

39 40 41 42 43


19. Numa pesquisa sobre as preferências por esportes entre os alunos do 4º período do Curso de Saneamento do CEFET-PE, observou-se que 1 preferiam handebol, 1

4

22. O produto de dois números positivos é quarenta e cinco e a diferença entre eles é quatro. A soma dos inversos desses dois números é:

6

2 futebol de salão, futebol de campo, e o voleibol, o 9

a)

mais votado, obteve 13 votos. Sabendo que na turma há exatamente 40 alunos, quantos NÃO participaram dessa pesquisa?

b)

a) b) c) d) e)

0 1 2 3 4

d) e)

20. Em um restaurante, há mesas para quatro e seis pessoas, num total de 24 mesas. Sabendo que existem oito mesas a mais para quatro pessoas que o número de mesas para seis pessoas, quantas pessoas sentadas este restaurante pode acomodar? a) b) c) d) e)

c)

112 114 116 118 120

21. Simplificando a expressão 3 x − 4 x + 1 obtém-se: x2 −1 b) c) d) e)

3x − 4 x −1 3 ( x + 1) 3x − 4 x +1 3x − 1 x +1 3x − 1 3 ( x + 1)

14 45

23. Um hexágono regular tem lados de medidas iguais a ℓ cm. Na figura abaixo, estão traçadas, em linhas mais claras, as diagonais. Somando as medidas de todas as diagonais, tem-se:

(

)

a)

6l 1+ 3

b)

3l 1+ 2 3

c)

l 1+ 3

d)

12l 6 3l

2

a)

1 14 2 14 1 45 2 45

e)

(

(

)

)


24. Um professor quando recebe o seu salário, divide-o em três partes: um quarto ele reserva para o pagamento de contas de cartões de créditos, um terço para o de contas inadiáveis como plano de saúde, casa própria, contas de luz, água e telefone, sobrando, ainda, R$ 2 000,00 para passar o mês. Qual o salário desse professor? a) b) c) d) e)

a) b) c) d) e)

R$ 4 200,00 R$ 4 800,00 R$ 5 800,00 R$ 6 200,00 R$ 6 800,00

14 alunos praticam unicamente voleibol. futebol é o esporte com o maior número de praticantes. o número de alunos que praticam um único esporte é 34. o total de alunos pratica exatamente dois esportes é 12. os que praticam pelo menos dois esportes são 48.

28. Para a formatura dos concluintes de 2008, do CEFETPE, foram arrecadados R$ 425,00 que correspondem a 12,5% do total a ser pago à empresa organizadora desse evento. Logo, o valor total a ser pago a essa empresa é: a) b) c) d) e)

R$ 4 250,00 R$ 4 200,00 R$ 3 650,00 R$ 3 450,00 R$ 3 400,00

25. Qual o valor da expressão xy + yz + xt + zt , sabendo

x+ z =3 que ⎧ ⎨

⎩ x + y + z + t = 24

a) b) c) d) e)

?

7 18 24 63 129

26. Repartindo o número 72 em partes inversamente proporcionais a ( 3, 4, 6 ) , obtém-se uma seqüência,

29. Ao desenvolver o produto notável

(3x

2

)

2

− 2 xy , um

aluno obteve o seguinte resultado: 9 x 4 + 6 x 3 y + 4 x 2 y 2 . Obviamente esse aluno cometeu uma distração. Qual o termo que deve ser adicionado a esse polinômio, para se obter a resposta correta? a)

−6x3 y

b) c)

−12x3 y 18x3 y

d)

−18x3 y

e)

−2x3 y

cujo maior termo é: a) b) c) d) e)

16 24 32 36 48

30. Em uma confecção, 20 costureiras, em 8 dias, produzem 800 peças de roupas. Reduzindo para 16 o número de costureiras e aumentando o tempo para 12 dias, quantas peças de roupas serão produzidas? a) b) c) d) e)

27. No CEFET-PE, nas quatro turmas dos Cursos Médios Integrados do turno da manhã há um total de 144 alunos. Numa pesquisa sobre os três esportes mais praticados por eles, obtiveram-se os seguintes resultados: 50 jogam voleibol e todos os 24 que jogam handebol, jogam voleibol, mas não jogam futebol. Os que jogam voleibol e futebol são num total de 12. Sabendo que 60 alunos não praticam nenhum dos três esportes, é correto afirmar que

760 820 860 900 960


EADS