Issuu on Google+

Eleições 2012: Candidatos dão início às atividades de campanha em Macaé

No início da caminhada de campanha eleitoral, vários candidatos começaram a visitar os bairros em busca de conquistar seus eleitores. A estratégia usada por todos eles foi visitar moradores, ficar frente a frente com o eleitor, saber de seus problemas e seus anseios.Veja na Pág. 5.

Macaé com novos CEPs, mas sem receber cartas em casa Todas as ruas e avenidas dos bairros entre a Barra de Macaé e Cabiúnas, terão seus Códigos de Endereçamento Postal (CEPs) alterados no município, a partir do próximo mês. Quem apregoa isso é a Prefeitura, depois de deixar a maioria dos logradouros públicos da Capital do Petróleo sem CEP durante quase toda atual administração. Pág. 3.

UPA do Lagomar continua sem previsão para funcionamento Foi divulgado recentemente, num jornal de grande circulação nesta região, que a UPA do Lagomar estaria sem previsão para funcionamento, permanecendo de portas fechadas o que contribui para a superlotação de outras unidades de saúde. A propaganda enganosa da Prefeitura de Macaé exibida durante um bom tempo na TV com o slogan “Mudando a cidade. Melhorando de vida”, que em parceria com o Governo Estadual estaria trazendo para Macaé o funcionamento das Upas, também foi apontada como motivo de irritação pelos moradores do Lagomar que esperam há três anos o funcionamento da Unidade Pronto Atendimento (UPA). Acompanhe na Pág. 4.

Enquanto o bairro não tiver saneamento básico a UPA vai continuar fechada

Os moradores do Barreto vão continuar sem cartas em casa...

O lixo é responsabilidade de todos Na Rio+20 os países priorizam a eliminação do lixo plástico nos oceanos. O documento aprovado pelos Chefes de Estado traz meta para a redução dos detritos marinhos,  em  especial o plástico,  até  2025.  A comissão identificou o combate a esta forma de poluição como prioridade para a conservação do meio ambiente marinho. Os mais de cem líderes de estado e representantes de organizações também discutiram o destino final dos resíduos urbanos, apontando-o com uma responsabilidade de todos. Pág. 6

É preciso que todos façam a sua parte na coleta...

MACAÉ TEM JEITO TRAZ TAMBÉM PARA VOCÊ: • Feira de beleza encerra com saldo positivo. Voce confere na Pág. 8. Nesta página voce confere também o que fazer com as crianças nas férias escolares. Na pág. 7 voce vai ver que passar trote é crime e na pág. 3 voce encontra os comentários políticos da coluna “Nos bastidores”.


2•

Opinião Editorial Palavra da editora

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Trabalhador com renda extra no mês julho

D Por ser um ano eleitoral, 2012 tem registrado fatos inusitados em muitos municípios brasileiros e em Macaé, uma cidade que cresce desordenadamente por falta de planejamento global e da imensa densidade demográfica, não é diferente. O saneamento e a água, que são necessidades básicas de uma população, faltam em pequenos e pobres municípios que não possuem renda per capita capaz de suprir todos os serviços públicos. Em Macaé, a capital do petróleo que recebe gordos dividendos dos Royalties, tanto a água como o saneamento ainda não chegaram à maioria dos bairros como o populoso Lagomar, por exemplo... Lá, atualmente, existe apenas o ensaio (colocação dos canos) de que a comunidade poderá ter água e esgotamento sanitário correto em breve... Tem mais: 2012 se caracteriza por ser o ano em que todas as obras eleitoreiras finalizam; O “Coliseu de Roma”, digo, os jogos no estádio de futebol local são implementados para que a população tenha mais diversão e esqueça os problemas de ordem pública; nasce a lei do Pente Fino “para varrer a sujeira”, porém como muitas leis por aí só vai ficar no papel sem investigar coisa alguma... Isso, queridos leitores é o que voce vai ler nas páginas do nosso tablóide que, como sempre digo, tem a cara dos milhares de moradores da periferia. Vamos falar também que passar trote é crime previsto por lei. Enfim, nesta sexta edição do Macaé Tem Jeito voce vai descobrir quais são as novas regras para adquirir um telefone social e muitas outras coisas reveladas na coluna “Nos Bastidores”. É só seguir nossas páginas. Boa leitura!... Maria Estrela jornalista.star@globo.com

Por Mariano Nazareno

urante este mês de julho quando a garotada estará de férias escolares, a família vai poder gastar mais um pouco com a viagem dos sonhos ou até mesmo pagar aquele velha dívida para ficar livre de despesas extras. Acostumado a fazer economia, o brasileiro que já não esperava tanto no seu bolso vai poder somar, dividir e multiplicar se souber usar o dinheiro que está recebendo desde o começo do mês com os Programas de Integração Social (PIS), de formação de patrimônio do servidor público (PASEP), 13º salário e o Imposto de Renda que estão na lista das rendas extras. O rendimento e quotas do PIS e do Pasep, considerados como abono salarial, já deve ter sido sacado por milhares de pessoas. O 13º salário, que neste período é pago a metade por parte de quase todas as empresas, também está sendo esperado para somar e o Imposto de Renda deverá cair na conta de muita gente nesta segunda-feira (16). É que a Receita Federal do Brasil irá creditar o segundo lote de restituição do IR 2012 com o maior valor da história. O montante é de 2,6 bilhões. Neste mês serão creditadas, simultaneamente, as restituições referentes ao 2º lote do exercício de 2012 (ano calendário 2011) e residuais dos exercícios de 2011 (ano calendário 2010), 2010 (ano calendário de

2009), 2009 (ano calendário de 2008) e 2008 (ano calendário de 2007), mediante depósito bancário, para um total de 2.465.087 contribuintes, totalizando R$ 2.600.000.000,00 (Dois bilhões e seiscentos milhões de reais). O contribuinte que entregou sua declaração no decorrer do mês de março de 2012 e que não tenham restrições impeditivas de natureza legal estará recebendo. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita, ou ligar para o Receitafone 146. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Comércio aquecido – O comércio de Macaé depois de registrar uma pequena queda nas vendas no início do ano em função de grandes despesas do trabalhador como a aquisição de material escolar, IPVA, IPTU e outros, agora espera um crescimento nas vendas por conta das receitas extras do trabalhador. Segundo a gerente de uma loja de vestuário, localizada no calçadão da Rui Barbosa, Júlia de Souza, a expectativa é para o Dia dos Pais, comemorada no início de agosto. Já a Associação Comercial de Industrial de Macaé (Acim) esse período de pagamento de abonos, parte do 13º salário e Imposto de Renda sempre é esperado pelo comerciante. É nessa ocasião que os trabalhadores investem em compras e adquirem aquilo que não dá para comprar com o salário normal, aproveitando as promoções e facilidades no pagamento.


•3

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Geral

Macaé com novos CEPs, mas sem receber cartas em casa

T

Os moradores do Barreto vão continuar sem cartas em casa...

odas as ruas e avenidas dos bairros entre a Barra de Macaé e Cabiúnas, terão seus Códigos de Endereçamento Postal (CEPs) alterados no município, a partir do próximo mês. Quem apregoa isso é a Prefeitura, depois de deixar a maioria dos logradouros públicos da Capital do Petróleo sem CEP durante quase toda atual administração. De acordo com a Prefeitura, a mudança foi necessária para adequar os CEPs, já que agora mais de 90% das ruas da cidade estão legalizadas. Essa medida visa aperfeiçoar a entrega de correspondências nas áreas. A Avenida Hidelbrando Alves Barbosa, a Estrada do Imburo, além das ruas Medeiros e Benedito Mattos Ferreira, são alguns dos logradouros que passarão a ter novos registros. Até hoje é muito difícil encontrar

uma rua em Macaé. Não existem placas de identificação nos novos loteamentos da cidade. Segundo um estudo recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Macaé possuía 1.680 ruas sem nomes oficiais, identificadas somente por letras ou números e 22 novos bairros. Assim, a Câmara de Vereadores teve de modificar a Lei de Reordenamento Territorial do Município de Macaé (Lei 045/2004), para incluir mais 22 regiões. Segundo representantes de uma comissão que trata do assunto a lei de identificação dos novos logradouros aguarda os Correios disponibilizarem os Códigos de Endereçamentos Postais (CEP) para a confecção das placas, por meio de licitação, identificando o número e o CEP da rua. “Nos últimos três anos, das 2.879 ruas de Macaé, 1925 já ganharam nomes.

Nos Bastidores... Maria Estrela • jornalista.star@globo.com

Preferencia do eleitorado I

Numa pesquisa de opinião pública contratada por um matutino local, sobre assuntos políticos/administrativos, divulgada no mês passado e registrada no Tribunal Regional Eleitoral/RJ sob o protocolo nº 00017/2012, mostrou que o eleitor macaense quer mudanças na próxima administração. Na pesquisa 50% dos eleitores disseram que o futuro chefe do executivo deve mudar totalmente a atual administração do município. Para 28%, a vontade é que alguns programas devem ser mantidos, mas que muita coisa precisa ser mudada. Para 5%, o novo prefeito eleito deve dar total continuidade a atual forma de governar a cidade. 3% não souberam responder... 

Preferencia do eleitorado II

... Outra análise solicitada foi a aprovação do atual governo de Macaé. A administração do prefeito Riverton Mussi é avaliada positivamente por cerca de 34% dos macaenses, enquanto que 56% desaprova. As áreas da Saúde, Transporte Coletivo, Segurança Pública e a Infraestrutura são os principais problemas do município...

Preferencia do eleitorado III

... A pesquisa também revelou o grau de influência do apoio dos atuais administradores municipal, estadual e federal. Para 25% dos eleitores, o apoio de Riverton Mussi afetaria positivamente a vontade de votar em algum candidato, independentemente de quem fosse. No entanto, para 41% dos entrevistados o apoio do atual prefeito diminuiria a vontade de votar num candidato. Para 36% do eleitorado, o apoio de Sérgio Cabral pode influenciar na vontade de votar em um candidato. Já o apoio da presidenta Dilma Rousseff tem o mesmo peso do nome do ex-presidente Lula. Para 48% dos eleitores, o apoio deles aumentaria a vontade de escolher seu candidato.

Ao nominar os logradouros públicos a comissão os envia para o Poder Legislativo criar a lei e, após sua publicação são encaminhados para a superintendência dos Correios afim de que recebam o CEP”. - O que eles chamam de “início de uma nova etapa do projeto de expansão e legalização dos logradouros do município” já deveria ter sido feito há mais de oito anos. Eu moro em Macaé há 15 anos e nunca recebi minha correspondência em casa. É preciso que a população tenha acesso a essas informações e possa localizar o nome das novas ruas e os CEPs - disse José Cândido, morador de uma rua do Jardim Maringá que ainda não possui CEP. Ele conta que se sente prejudicado, pois tem que ir buscar suas correspondências na agencia central dos Correios.

Disque TRE I Inaugurado há pouco mais de um mês o Disque Denúncia Eleitoral do TRE-RJ já recebeu mais de 300 ligações com denúncias de irregularidades em todo o Estado. Em Macaé, duas denúncias já foram feitas com propaganda irregular na internet. As informações do Cartório Eleitoral da 109ª Zona Eleitoral mostram que no último dia 10 foi realizada uma segunda denúncia feita por um eleitor. De acordo ele, um candidato estava utilizando o site Facebook de forma irregular para divulgar detalhes de sua campanha. A denúncia foi encaminhada para o Ministério Público, que vai averiguar a veracidade do ocorrido. Caso a irregularidade se confirme, o candidato será notificado a retirar a propaganda considerada irregular. Se o prazo estabelecido pela justiça não for cumprido, uma multa será gerada. O serviço atende a todo o Estado do Rio, por meio de três linhas telefônicas: (21) 3513-8144 e (21) 3513-8249, que aceitam ligações a cobrar, inclusive por celular, e (21) 35138204. Também está à disposição da população o e-mail denunciapropaganda@ tre-rj.jus.br, para informar possíveis irregularidades da propaganda eleitoral...

Critérios para utilização dos CEPS - A gerencia do Plano Diretor explicou que Macaé possui cerca de 200 loteamentos e que houve uma união de algumas localidades para que elas se tornassem apenas um bairro. Alguns critérios foram tomados para se definir uma região como bairro. “Em cada um deles é necessário ter calçamento, pontos de ônibus, iluminação pública, escolas em um raio de 500 metros e posto de saúde em até um quilômetro de distância”. Com a reformulação da Lei de Reordenamento Territorial revista pela Câmara de Vereadores, os loteamentos Nova Macaé e Jardim Santo Antônio passarão a ser somente um bairro. Com a grande expansão da Barra de Macaé, as comunidades da Fronteira, Nova Esperança e Nova Holanda também foram unidas. No

Parque Aeroporto, os loteamentos Jardim Franco e Jardim Carioca também passarão a ser um bairro. Serviços dos Correios - A agência dos Correios do município informou que pretende enviar cartas à população comunicando os novos CEPs dos respectivos endereços. Também é possível acessar o site da estatal www. correios.com.br , digitar o nome da rua/avenida/travessa/vila desejada na seção Busca CEP. Outra opção é ligar para 0800 570 0100. A empresa dos Correios sugere que a população informe o novo CEP do endereço às pessoas e instituições das quais costuma receber correspondências. Agencias comunitárias – Para suprir a lacuna dos CEPs em logradouros como Areia Branca, Barra de Macaé, Complexo da Ajuda, Córrego do Ouro, Frade, Glicério, Lagomar, Parque Aeroporto, Sana, São José do Barreto, Trapiche e Virgem Santa, a Prefeitura mantém um convênio que vai até 2016, com a Agência Nacional de Correios e Telégrafos Correios e Telégrafos. Pelo acordo, as 12 agências comunitárias irão garantir a entrega de carnês, boletos bancários, mensagens e outras encomendas aos seus destinatários. - Se a partir de agosto a área norte da cidade terá novos CEPs, quando é que serão de fato implantados? E as pessoas que residem nas 12 áreas onde se encontram as agencias comunitárias vão ficar até 2016 pegando suas correspondências sempre nas agencias? Quando é que elas terão a comodidade de recebê-las em suas casas? – perguntou o morador do Lagomar, Dinho da Silva, indignado com o serviço.

Disque TRE II Mesários voluntários... ... Segundo a 109ª zona eleitoral, a região serrana de Macaé é a que lidera o número de casos, com dezenas de ocorrências. A maioria delas é de propaganda extemporânea ou irregular feita nas ruas, como as que ocorreram na festa do Sana Instrumental, onde os candidatos espalharam diversos cartazes de propaganda eleitoral durante o evento. Outras denúncias frequentes são que alguns candidatos já começaram a favorecer eleitores com máquinas retroescavadeira, tratores e até caminhões. Segundo a Lei Eleitoral, essa prática é crime de abuso de poder econômico. Os fiscais da Justiça Eleitoral de Macaé explicam que qualquer cidadão pode fazer sua denúncia pelo telefone através dos números: 2772-9214 ou 27723520. Vamos utilizar o serviço com denúncias responsáveis, heim gente!...

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro está recrutando pessoas para o programa “Mesário Voluntário”, que visa buscar cidadãos interessados em trabalhar nas próximas eleições municipais. O programa incentiva a participação do eleitor no processo eleitoral e esquenta o espírito de cidadania, permitindo que os eleitores em situação regular com a Justiça Eleitoral se inscrevam para prestar serviços no dia do pleito. A ideia é melhorar a qualidade dos serviços das mesas receptoras de votos. Vale lembrar que a legislação eleitoral garante alguns benefícios a quem trabalhar como mesário: folgas em dobro por dia de convocação e critério de desempate para aprovação e promoção no serviço público. Para se inscrever, basta acessar o site do TRE-RJ na internet (www.tre-rj.gov.br), clicar no ícone “Mesário Voluntário” e preencher os dados solicitados. Até o dia 8 de agosto, o juiz eleitoral selecionará as pessoas aptas a prestarem o serviço de preferência, entre os eleitores da própria seção, maiores de 18 anos e que não seja candidato, parente até 2º grau ou cônjuge de candidato, não seja membro de comissão executiva de partido político e não ocupe cargo de confiança no Poder Executivo... E viva a cidadania!

Propaganda no Rádio e os prazos para o eleitor...

A propaganda eleitoral gratuita na rádio e na TV começa no dia 21 de agosto, uma terça-feira, e termina em 4 de outubro, três dias antes da realização do pleito.  Nos municípios onde houver segundo turno, a propaganda fica permitida já a partir do dia 8. Em rádio e TV, já pode começar dia 13 de outubro e se estende até o dia 26. Em 9 de maio de 2012 termina o prazo para o eleitor requerer inscrição eleitoral ou transferência de domicílio do título. O eleitor que não votar no primeiro turno tem até o dia 6 de dezembro para justificar sua ausência. No segundo turno, o prazo é até 27 de dezembro... E as mães adotivas, heim? Depois de muitos anos de luta conquistaram o direito a salário-maternidade de 120 dias, independentemente da idade da criança. Até o mês passado, o benefício durante toda a licença só era concedido a quem adotasse crianças menores de um ano... Até a próxima edição!


4•

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Cidade

UPA do Lagomar continua sem previsão para funcionamento

F

oi divulgado recentemente, num jornal de grande circulação nesta região, que a UPA do Lagomar estaria sem previsão para funcionamento, permanecendo de portas fechadas o que contribui para a superlotação de outras unidades de saúde. A propaganda enganosa da Prefeitura de Macaé exibida durante um bom tempo na TV com o slogan “Mudando a cidade. Melhorando de vida”, que em parceria com o Governo Estadual estaria trazendo para Macaé o funcionamento das Upas, também foi apontada como motivo de irritação pelos moradores do Lagomar que espe-

ram há três anos o funcionamento da Unidade Pronto Atendimento (UPA).  Com parceria ou sem parceria é preciso salientar que estamos no último ano do atual governo municipal e que há mais de três anos a população daquela região (Lagomar, Engenho da Praia, Barreto e adjacências), formada por quase 40 mil habitantes tem aguardado pela UPA, pois há carência na área de atendimento de saúde. E, como disse o matutino, os protestos já estão na internet e nas ruas. O prédio já está pronto, o concurso dos profissionais da área da saúde já foi feito e os materiais e os equipamentos necessários já foram licitados, mas

Enquanto o bairro não tiver saneamento básico a UPA vai continuar fechada apesar das promessas, a Unidade de Saúde ainda não foi inaugurada. Sabem por quê? Porque o bairro ainda não possui saneamento básico (água potável e esgotamento sanitário). Segundo norma da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que regulamenta o planejamento físico e a inspeção de todos os estabelecimentos assistenciais de saúde, nenhuma Unidade Básica de Saúde poderá funcionar se não houver saneamento na área em que for implantada. A Anvisa é clara quando diz que no caso da água, “se fornecida por meio de poço artesiano deverá ser analisada periodicamente por laboratório oficial, a fim de que se

comprove sua potabilidade. Até agora, a Cedae (do Governo do Estado) não resolveu o problema de abastecimento d’água no Lagomar e, se o governo municipal perfurar um poço específico para fornecer água a UPA, irá encontrar um lençol freático comprometido (contaminado) por causa das milhares de fossas residenciais. Quanto ao esgoto, este deverá receber tratamento antes de ser lançado em rios ou lagos. No que diz respeito às fossas sépticas, “estas devem estar instaladas conforme o preconizado pelas normas técnicas específicas da ABNT”. Apesar da Prefeitura já ter colocado os canos nas principais

ruas para o escoamento do esgoto, o sistema ainda não está funcionando. É que a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) do Engenho da Praia que deveria tratar dos dejetos da região, continua eternamente “em teste”. - Tem candidato a prefeito ressaltando que o bairro vem obtendo conquistas e que a construção da UPA 24 é uma delas. Ele inclusive está anunciando sua inauguração para ainda este mês. Nós queremos ver para crer, pois esperamos tanto tempo. Agora vão inaugurar com a campanha eleitoral nas ruas – disse um morador revoltado com o descaso na saúde por parte do poder público.

Vila Badejo dá exemplo de cidadania e capina principais ruas

U

m mutirão formado por 10 moradores realizou há cerca de 30 dias, uma capina nas margens das principais ruas do bairro e fez o recolhimento de materiais descartados em pontos próximos a rede de escoamento de águas de chuva. Segundo os moradores a ação ocorreu motivada pelo descaso da Prefeitura em não atender esse tipo de serviço, apesar dos muitos pedidos. A comunidade da Vila Badejo é formada por sete ruas e há muito tempo esperava por ações de limpeza pública, além de uma melhor iluminação e aumento na segurança. Com o apoio da associação do bairro, os moradores se uniram para desenvolver atividades que visam

melhorar o cotidiano do local. - Como o serviço não foi feito pela Prefeitura, nós mesmo resolvemos capinar o canteiro das ruas. Esperamos que as próximas solicitações sejam atendidas para melhorar a qualidade de vida do local onde todos nós moramos – disse um morador. O bairro foi construído através do loteamento de terrenos situados entre o Parque Aeroporto e o São José do Barreto e integra um conjunto de vilas planejadas, formado por moradores de classe média e trabalhadora, muitos vindo de outras cidades em busca das oportunidades de emprego geradas na Capital do Petróleo. Através do mutirão os moradores deram um novo visual àquele local,

recolhendo o mato e o lixo que obstruíam a vazão da água em períodos de chuva. No entanto, uma das principais solicitações é a reforma da praça do local que teve o parquinho fechado pelo administrador do bairro há cerca de oito meses para evitar que as crianças se acidentassem. - A única coisa boa que teremos em breve é a creche que está sendo construída através do Programa de Aceleração do  Crescimento  (PAC) Fase II. O investimento que está calculado em R$ 1.148.583,59 terá uma estrutura para abrigar oito salas de aula, biblioteca, refeitório, pátio coberto para atividades físicas, entre outras instalações, e vai atender crianças de 0 a 6 anos – disse um morador.

A Vila agora está de cara nova


•5

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Política

Candidatos dão início às atividades de campanha em Macaé O objetivo é ganhar a confiança do eleitor no tradicional corpo a corpo

N

Por Filipe Dantas

o início da caminhada de campanha eleitoral, vários candidatos começaram a visitar os bairros em busca de conquistar seus eleitores. A estratégia usada por todos eles foi visitar moradores, ficar frente a frente com o eleitor, saber de seus problemas e seus anseios. Apesar das propagandas em veículos de informação e outras iniciativas terem grande impacto no resultado das eleições, a campanha corpo a corpo ainda é uma das principais táticas utilizadas pelos políticos na hora de adquirir confiança do eleitorado. E pensando nisso os candidatos majoritários à Prefeitura de Macaé, apostaram nessa estratégia desde o começo desse mês. No sábado (7) o candidato Zezé

Agenda dos Candidatos O candidato a prefeito pelo PPS, Zezé Abreu, percorreu na manhã da última terçafeira (10), o Terminal Central de Macaé. Mesmo considerado um dos mais precários serviços no município, o transporte público, Zezé apostou no ‘corpo-a-corpo’ com os usuários para identificar a insatisfação dos passageiros. No final da manhã de quarta-feira (11) o candidato e seu vice, Pastor Aécio, estiveram no Mercado de Peixe do município. A visita faz parte de sua campanha à prefeitura da cidade e da importância do corpo a corpo nesse início de caminhada. A agenda do candidato a prefeito pela Coligação Juntos por Macaé, Christino Áureo, continuou lotada. Na manhã de quarta-feira (11) ele recebeu lideranças e candidatos a vereador na sede do partido. Na quinta-feira (12), o candidato a prefeito de Macaé, Zezé Abreu (PPS), percorreu diversas ruas do bairro Parque Aeroporto e toda a extensão do comércio local. Dando continuidade à campanha e ao corpo a corpo com a população, Zezé mais uma vez ouviu os anseios e problemas do bairro pelos moradores. Informações no twiter de Dr. Aluízio indicaram uma caminhada na Barra de Macaé, às 15hs, da última sexta-feira (13), saindo da Avenida Luiz Lyrio, em frente ao Cartório da Barra. Os demais candidatos não disponibilizaram suas agendas nesta semana.

Abreu (PPS) iniciou sua campanha no bairro Nova Holanda. Logo pela manhã o candidato e seu vice, Pr. Aécio percorreram várias ruas do bairro. Segundo Zezé, o intuito é começar logo cedo, andando pela periferia para mostrar a importância que ela representa para o município. “Se Deus permitir ser prefeito, vou pagar essa dívida. Queremos uma periferia saneada, com esgoto, lazer, cultura e esporte. Precisamos recuperar a dignidade e levantar a autoestima dos moradores”, afirmou. À noite, Zezé esteve no Glicério e no domingo (8), participou de um almoço na Associação Macaense de Apoio aos Cegos (AMAC). Terminou o dia em um culto evangélico na 4ª Igreja Batista, prestigiando o seu candidato a vice Pr. Aécio. “Dialogar com evangélicos é muito fácil para mim, primeiro porque estabeleci um relacionamento carinhoso com o setor, desde o programa fala Zezé Abreu, quando recebia pastores evangélicos toda semana. Aprendi muito com eles, pelo aspecto religioso e, principalmente,

Por dentro das eleições De acordo com a Lei das Eleições (Lei 9504/97), a partir do último dia seis começou a permissão da propaganda eleitoral dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador nas Eleições 2012. Os partidos e coligações precisaram se adequar e seguir a Resolução TSE 23.370/2011, que trata das regras de propaganda eleitoral e das condutas proibidas na campanha deste ano. Pela resolução, a realização de qualquer ato de propaganda eleitoral ou partidária, em local aberto ou fechado, não depende de licença da polícia. Na campanha deste ano são proibidos propaganda em outdoors, showmícios ou eventos assemelhados para a promoção de candidatos e a apresentação, remunerada ou não, de artistas com o objetivo de animar comício e reunião eleitoral. Proibições - São proibidas na campanha eleitoral a produção, uso e distribuição, por comitê ou candidato, de brindes, camisetas, chaveiros, bonés, canetas, cestas básicas ou outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor. Aquele que desrespeitar essas vedações pode responder por prática de compra de votos, emprego de propaganda proibida e, se for o caso, por abuso de poder. Não é permitido também qualquer tipo de propaganda eleitoral nos bens públicos; de uso comum, como postes de iluminação, sinais de trânsito, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus, entre outros, ou naqueles cujo uso dependa do poder publico. Quem descumprir esta regra será notificado para, dentro de 48 horas, remover a propaganda irregular e restaurar o bem, sob pena de multa que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil. O que é permitido - A propaganda eleitoral em bens

pela ação social que tem sido realizada no Brasil pelas igrejas”, completou Zezé. A assessoria de Dr. Aluízio (PV) não mencionou nenhum lugar em específico pelo qual foi iniciada campanha. “O candidato fará visita a casas em comunidades. Não tem como falar em um bairro, pois são vários. Ele costuma começar das 8h e ir até as 0h”, relatou o assessor.  O deputado federal, durante a primeira semana, fez um pronunciamento na Câmara em homenagem a Dom Eugênio Sales, arcebispo emérito do Rio de Janeiro, de 91 anos, que faleceu na noite de segunda-feira, destacando sua liderança nos 58 anos de episcopado. “Ele foi um dos principais nomes da humanidade. Um problema no coração, justamente o órgão mais magnânimo deste brasileiro, levou o arcebispo emérito do Rio de Janeiro”, disse Dr. Aluízio, completando que o arcebispo criou as Comunidades Eclesiais de Base, assim como a famosa Campanha da Fraternidade e que durante o Regime Militar Brasileiro, Dom Eugênio deu abrigo e

atenção aos perseguidos políticos e após a morte de João Paulo I chegou a ser cotado entre os candidatos a Papa. Já Christino Áureo (PSD) passou todo o sábado (7) na Serra. Segundo o candidato é importante fazer uma campanha que abranja toda a região. “Vamos iniciar com a Região Serrana e comunidades e procurando também dar atenção a ações junto ao público religioso. As áreas escolhidas têm a ver com o diagnóstico que já temos sobre os lugares que tradicionalmente apresentam maiores desafios a serem superados e, por isso, precisam de atenção especial”, afirmou o candidato. Além da região Serrana, no sábado (7) à noite participou de Missa em Ação de Graças na Igreja Santo Antônio. Na madrugada de sábado (7) para o domingo (8) fez uma vigília junto a igrejas evangélicas. Ainda no domingo (8), participou de Missa Campal no Lagomar, às 18h. Durante o dia fez caminhada pelo bairro. Rafael da Anunciação (PSOL) participou de reunião junto a um grupo apoiador na noite da sexta-feira (6). Para o domingo (8), teve agendado espaço para discutir o desenvolvimento da campanha, que, segundo afirmou, teve inicio na segunda-feira (9). “Estamos indo nas comunidades e nos grupos que já estão fechados com nossa candidatura. A maioria das nossas atividades deverá estar focada na população mais carente, que está abandonada”, disse. O candidato do PSTU, Mateus Ribeiro, afirmou que dedicou o final de semana entre elaboração de materiais para a campanha e discussão com apoiadores. “Durante o final de semana discutimos com petroleiros, professores, servidores federais e juventude. Nosso intuito é apresentar um programa a serviço daqueles que constroem a riqueza desta cidade, os trabalhadores, que, no entanto,

não têm o retorno no seu dia a dia, seja na saúde, educação, transporte público, moradia, ou saneamento”, contou. Segundo o petroleiro, a primeira atividade aconteceu no sábado no bairro Aroeira, quando participou de discussão junto a apoiadores e moradores do local. No entanto, segundo afirmou, o lançamento oficial das candidaturas socialistas se dará na quinta-feira (12), no auditório do Fraterno Auxílio Cristão. No decorrer da semana os candidatos obedeceram a suas agendas e percorreram os bairros de Macaé, alguns municípios da Região, como também a Região Serrana.

Agora que começou a propaganda eleitoral entenda o que a lei permite particulares está liberada e independe de licença municipal e de autorização da Justiça Eleitoral. Mas a propaganda não pode exceder o limite de 4 metros quadrados e nem contrariar a legislação eleitoral. Essa propaganda deve ser espontânea e gratuita, sendo proibido qualquer tipo de pagamento em troca do espaço utilizado. A resolução permite a colocação de cavaletes, bonecos, cartazes e mesas para distribuição de material de campanha e bandeiras ao longo das vias públicas. Porém, esses artefatos devem ser móveis e não podem dificultar o trânsito de pessoas e veículos. Essa mobilidade se caracteriza pela colocação e retirada desses materiais entre 6h e 22h. A legislação eleitoral assegura ainda, aos partidos ou às coligações a possibilidade de inscrição, na fachada dos seus comitês e demais unidades, do nome que os designe, da coligação ou do candidato, respeitado o tamanho máximo de 4 metros quadrados de propaganda, entre outros direitos. O candidato que estiver com o pedido de registro sob exame (sub judice) da Justiça Eleitoral pode realizar todos os atos de campanha. Pode inclusive utilizar o horário eleitoral gratuito, no rádio e na televisão, para fazer a sua propaganda. Propaganda na internet - Segundo a resolução do TSE, a propaganda eleitoral pela internet já foi autorizada desde a sexta-feira (6). Essa propaganda é permitida nos sites do candidato, do partido ou coligação, com endereços eletrônicos informados à Justiça Eleitoral e hospedados, direta ou indiretamente, em provedor de serviço de internet situado no Brasil. A propaganda eleitoral pela internet pode ser feita ainda, através de mensagem

eletrônica enviada a endereços cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido ou coligação. Também pode ocorrer por meio de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados, cujo conteúdo seja gerado ou editado por candidatos, partidos ou coligações ou de iniciativa de qualquer cidadão. É proibido na internet qualquer tipo de propaganda eleitoral paga. A propaganda eleitoral não é permitida, ainda que de forma gratuita, em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em sites oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da Administração Pública direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios. As mensagens eletrônicas enviadas, por qualquer meio, pelo candidato, partido ou coligação devem possuir mecanismo que permita o descadastramento de quem receber a mensagem. Quando isso for solicitado, o candidato, partido ou coligação deve retirar o destinatário da lista em 48 horas, sob pena de multa de R$ 100,00 por mensagem enviada, após esse prazo, àquele endereço. Propaganda na imprensa - Até a antevéspera das eleições, a legislação eleitoral permite a divulgação paga na imprensa escrita de até dez anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato. No entanto, o espaço máximo por edição deve ser de um oitavo de página de jornal padrão e de um quarto de página de revista ou tablóide. No caso, pode haver a reprodução na internet do jornal impresso. O anúncio deve trazer, de forma visível, o valor pago pela inserção. Segundo a resolução, não se enquadra como propaganda eleitoral a divulgação de opinião favorável a candidato, partido ou coligação pela imprensa escrita, desde que não seja matéria

paga. Porém, os abusos e os excessos, assim como as demais formas de uso indevido do meio de comunicação, serão apurados e punidos pela Justiça Eleitoral. Está autorizada a reprodução na internet das páginas do jornal impresso, desde que seja feita no site do próprio jornal, independentemente do seu conteúdo. No entanto, deve ser respeitado integralmente o formato gráfico e o conteúdo editorial da versão impressa. Propaganda no rádio e na televisão - Desde o resultado da convenção partidária, as emissoras de rádio e televisão estão proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por candidato escolhido em convenção, entre outras restrições. Os debates transmitidos por emissora de rádio ou televisão serão realizados segundo as regras estabelecidas por acordo feito entre os partidos políticos e a emissora, dando-se conhecimento à Justiça Eleitoral. A transmissão da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão vai ocorrer de 21 de agosto a 4 de outubro. Nos municípios onde houver segundo turno, a data limite para o início da propaganda eleitoral gratuita é no dia 13 de outubro. Neste caso, a propaganda gratuita segue até o dia 26 de outubro. A propaganda gratuita dos candidatos a prefeito e viceprefeito será veiculada as segundas, quartas e sextas-feiras das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30 no rádio; e das 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h na televisão. Já a propaganda gratuita dos candidatos a vereador vai ocorrer as terças, quintas-feiras e aos sábados, nos mesmos horários. Na próxima edição divulgaremos os principais eventos eleitorais do mês de agosto.


6•

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Ambiente

O lixo é responsabilidade de todos

É preciso que todos façam a sua parte na coleta...

N

a Rio+20 os países priorizam  a eliminação do  lixo  plástico nos oceanos. O documento  aprovado pelos Chefes de  Estado traz meta  para  a  redução dos detritos marinhos,  em  especial o plástico,  até  2025.  A comissão identificou o combate a esta forma de poluição como prioridade para a conservação do meio ambiente  marinho. Os mais de cem líderes de estado e representantes de organizações também discutiram o destino final dos resíduos urbanos, apontando-o com uma responsabilidade de todos. Em Macaé o problema em relação aos lixos urbanos é uma realidade

que atinge a toda sociedade. O descaso por parte da população, das empresas e do poder público pode gerar sérias consequências ao meio ambiente e à saúde pública. Legislação - Conforme a Lei Federal nº 12.305/2010, que institui a Política Federal de Resíduos Sólidos, o lixo é responsabilidade de todos, inclusive dos consumidores. “A lei sancionada pelo ex-presidente Lula foi implantada com a intenção de moderar os impactos ambientais causados pelo lixo e ressalta a responsabilidade dos consumidores em relação ao correto destino dos detritos. É uma forma de colocar a sociedade para colaborar com as empresas e o governo. Cada um fazendo a sua parte, todos pelo

mesmo propósito”, disse a advogada Luciana Brito. A cidade dispõe da Lei Municipal 3.371/2010, que proíbe o descarte de lixo doméstico, industrial, hospitalar ou entulhos nos logradouros públicos da cidade e a Lei Complementar nº 027/2001, do Código Municipal de Meio Ambiente, que em caso de desrespeito sujeita o infrator a advertências, notificações e multas. Porém, estas leis não são respeitadas por muita gente que expõe resíduos sólidos em locais inadequados. Nos bairros há registro de muitos descasos com relação aos resíduos sólidos. Há pouco tempo atrás um depósito ilegal misturava lixo hospitalar, ao doméstico e até fezes

humanas em uma área abandonada onde funcionava um Posto de Saúde da Família (PSF), no bairro Nova Holanda. Existem logradouros em bairros que não recebem a coleta de lixo domiciliar adequada. No bairro Lagomar, por exemplo, há acúmulo de entulhos e de lixo depositados pelos próprios moradores nas ruas por não terem opção para descartar o lixo doméstico. Um dos casos mais críticos verificado na Capital do Petróleo é o acúmulo de resíduos que se verifica no Pontal - Foz do Rio Macaé, uma Área de Proteção Ambiental. Recentemente, haviam no local objetos como plásticos, sofás, garrafas pet, madeira e outros detritos. No bairro Aeroporto apesar das coletas

Dicas de economia

*Pedro Cidade • cidade.poa@gmail.com

É

Economize e contribua com o meio ambiente

comum dizer que a Terra é o planeta água, no entanto, 97,5% da água do planeta são salgadas. Apenas 2,5% é água doce e a maior parte dela está aprisionada em aquíferos subterrâneos e geleiras. Só 0,26% da água doce da Terra estão disponíveis. Para se ter uma idéia, se toda a água da Terra coubesse em um balde de 10 litros, a água doce disponível chegaria a apenas 13 gotas. A água potável é considerada um alimento e corre sério risco de extinção ou ser equiparada a um alimento nobre, onde poucos terão acesso devido ao seu preço. Por isso, a economia feita hoje terá frutos no futuro. Evite o uso de mangueiras para lavar carros e calçadas - poupar o uso uma vez por semana economiza 14 mil litros de água por ano. Cuide

com vazamentos - um cano com furo de 2 mm desperdiça 3.200 litros/dia ou 96 mil litros/mês. Torneira aberta para escovar os dentes representa 1,865 milhões de litros ao longo da vida e banhos rápidos podem fazer a diferença onde, numa cidade com 100 mil habitantes, a metade da população conseguir reduzir o banho de 15 para 5 minutos teremos uma economia que representa 7 meses e meio de abastecimento de todas as necessidades dessa mesma cidade. Toda essa economia, logicamente, surtirá efeito na natureza e no seu bolso. No momento atual de nossa economia, onde os principais itens da cesta básica estão sofrendo reajustes, temos o dever de controlar aqueles gastos que dependem exclusivamente de nós, assim teremos nossa consciência e finanças em dia.

Lavar o carro com mangueira é desperdício água

* Formado em Ciências Contábeis e pós-graduado em gestão de empresas. Consultor de empresas e palestrante em cursos de gestão.

realizadas diariamente pela prefeitura, alguns moradores insistem em depositar seus lixos nas ruas após o horário de coleta, o que tem resultado na infestação de ratos. A questão do lixo deve ser vista por toda a comunidade. Governo e sociedade civil devem atentar para essa questão que atinge as cidades. O correto acondicionamento do lixo por parte das pessoas e a coleta domiciliar por parte da Prefeitura são imprescindíveis para a não proliferação de doenças transmitidas por insetos e roedores. O poder público deve investir cada vez mais em campanhas que sensibilizem e estimulem a sociedade a colaborar na luta para tornar Macaé uma cidade melhor de se viver.


•7

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Polícia

Lei mais rígida para jogo do bicho e máquinas Penas mais rígidas para o crime de jogo de bicho e a exploração de máquinas caça-níqueis

O

Por Filipe Dantas

jogo do bicho e a exploração de máquinas caça-níqueis poderão ser considerados crime e terão punições mais rígidas. A nova lei de combate à lavagem de dinheiro foi publicada na última semana, no Diário Oficial da União, após ter sido aprovada no início de junho pelo Senado. A legislação anterior, de 1998, considerava lavagem de dinheiro apenas a maquiagem de recursos ligados ao tráfico, ao terrorismo ou a crimes contra a administração pública. Sancionada na segunda-feira (09), à noite sem vetos pela presidenta Dilma Rousseff, a nova lei amplia os tipos de crimes que podem ser enquadrados como lavagem de dinheiro.

As penas, entre três e dez anos de reclusão, foram mantidas, com a possibilidade de serem elevadas em até dois terços, em caso de reincidência, e reduzidas na mesma proporção se o acusado colaborar com as investigações. No entanto, o benefício pode ser requerido mesmo por quem já tiver sido condenado e quiser ter a pena diminuída. A nova lei também elevou as multas. O valor máximo foi multiplicado em cem vezes, passando de R$ 200 mil para R$ 20 milhões. A venda de bens em nomes de laranjas agora poderá ser feita antes do fim do julgamento final, para evitar a deterioração de bens como veículos e imóveis no decorrer do processo judicial. O comandante do 32º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Ramiro Oliveira Campos, acredita

que com as penas mais rígidas os contraventores pensarão melhor antes de continuarem suas atividades ilícitas. “Vou intensificar ainda mais as ações voltadas ao bingo e às casas de jogo de bicho e máquinas caça-níqueis”, garantiu Ramiro. Outras mudanças - A lei ampliou os tipos de profissionais obrigados a enviar informações ao Conselho de Controle de Atividades Econômicas (Coaf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda, que monitora transações suspeitas. Entre as categorias incluídas, estão doleiros, comerciantes de artigos de luxo, empresários de atletas, contadores, consultores e auditores. A nova lei também abrange os sistemas de mercado de balcão organizado (negociações de compra e venda de ativos financeiros registrados fora das bolsas de valores).

Caça níqueis e jogo do bicho estão definitivamente proibidos

Lei Pente Fino nasce para varrer a sujeira em Macaé L ogo depois que o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) divulgou a listagem dos quase 500 nomes dos políticos inelegíveis para as eleições deste ano, por serem considerados “fichas sujas”, a Câmara de Vereadores de Macaé, publicou no Diário Oficial do Legislativo, uma emenda à Lei Orgânica do Município denominada “Ficha Limpa” ou como já está sendo chamada pela comunidade - Lei do “Pente Fino”. Na prática a “Ficha Limpa” de Macaé deverá passar um “pente fino” em todos os cargos do primeiro e segundo escalões, tanto do Poder do Executivo como do Legislativo. Agora, para assumirem os cargos de confiança, os secretários, presidentes de fundações e autarquias, além de diretores e subdiretores do legislativo pre-

cisam ter ficha limpa. A lei “Pente Fino” obriga os setores de RH (Recursos Humanos) dos dois poderes constitutivos da cidade a fazer um levantamento entre todos os servidores que ocupam cargos de confiança. Caso seja encontrado algum ficha suja, este deverá ser exonerado imediatamente e condenado no Tribunal de Contas ou Justiça Cível. Como exemplo de transparência, bem que a lei deveria começar pelo escalão de confiança da administração pública, começando por secretarias como a de Fazenda, por exemplo, que lida com o erário público. Há que diga que alguns servidores de carreira que hoje estão no poder acumularam ao longo dos últimos anos, bens como casas luxuosas em municípios vizinhos e imóveis em outras cidades turísticas...

A lei da Câmara visa manter a ficha limpa nos cargos de confiança...


8•

Macaé/RJ Julho de 2012 - Edição nº 6

Geral

Feira de beleza encerra atividades com saldo positivo

A

Feira de Beleza Estheticshow encerra atividades nesta segunda-feira (16), com saldo positivo. Durante três dias, a feira de estética, hair, beleza e boa forma, constituída de shows, workshops e congressos, realizada no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, movimentou economicamente a cidade, estreitou a relação entre clientes e fornecedores e trouxe para Macaé artistas e profissionais renomados. Os participantes se relacionaram

com os mais variados fornecedores de produtos e serviços do setor, conheceram profissionais do mercado e buscaram conhecimento para aperfeiçoar técnicas. O evento mostrou através da realização de mini cursos, exposições e congressos o crescimento do setor que gera muitos empregos no país, para milhares de cabeleireiros e esteticistas. Demonstrações ao vivo de tratamento de beleza, penteados e de escovas foram as novidades da feira. Mas, não faltou envernização facial, maquiagem,

O Macaé Esporte voltou ao batente

hena de sobrancelha, transformação capilar (alisamento), terapia das mãos, esmaltação e decoração de unhas. O evento apresentou o mais inovador tratamento para unhas - o Ouro Marroquino, que ao contrário do que muitos pensam não se trata de nenhuma pedra preciosa, mas de um tratamento voltado para unhas enfraquecidas, feito com óleo extraído da semente seca do argan, um fruto encontrado apenas em algumas regiões do Marrocos.

O produto raro se tornou conhecido principalmente por suas propriedades cosméticas, no tratamento da pele, cabelos e unhas. No primeiro dia de Congresso, a professora de Estética Integral há 34 anos e diretora científica do SPA Brasil/RJ, Kátia Nunes, explicou o tema: Tratamentos sensoriais na Estética Integral com Ouro Marroquino. De acordo com um dos organizadores o relacionamento pessoal com este universo de fornecedores e clientes ampliou as oportunidades de negócios.

Encerramento no Boom – Nesta segunda-feira (16), a partir das 20h, o Restaurante Boom Macaé, um dos mais sofisticados da região e que oferece uma gastronomia de primeira linha estará oferecendo um jantar aos artistas e profissionais que estiveram presentes ao evento, com a presença confirmada de Dicezar Ferreira (ex BBB). O Boom também esteve patrocinando o coquetel que foi servido na sala de imprensa do EstheticShow, durante todo o evento.

Férias escolares: o que fazer com as crianças? C

om a chegada do período das férias escolares as crianças que os pais têm que trabalhar e não dá para viajar reclamam que ficam sozinhas em casa, longe dos amigos. Nessas condições, os pais devem organizar atividades para que as férias se tornem prazerosas para seus filhos, mesmo não tendo viajado. Para isso, é bom manter os contatos sociais tanto com pessoas da família como avós, primos e tios, para que as crianças possam visitá-los em alguns

dias. Na casa dos avós, por exemplo, podem combinar de encontrar os primos da mesma faixa etária, passando o dia todo por lá. Para visitar os primos é necessário deixar uma pessoa para cuidar das crianças, bem como fazer passeios com os mesmos, como: ir a um parque de diversões, ao cinema, a clubes, a zoológicos, dentre outros. Manter contato com os colegas de escola também é uma forma agradável de divertir as crianças nas férias. Estes podem se distrair pra

valer passando um dia na casa do outro e vice-versa. Combinar passeios também será uma forma atrativa de mantê-los unidos durante o período das aulas, pois as amizades tornam-se mais solidificadas. Shopping Plaza Macaé – Nesta temporada de julho, o Shopping Plaza Macaé tem investido em atrações infantis especiais para a garotada de férias, com oficinas e apresentações circenses gratuitas as quintas, sextasfeiras, sábados e domingos. Veja a pro-

gramação dos próximos dias: Dia 14 (sábado), às 14 e às 18h - Recreação de Circo; Dia 15 (domingo), às 16 e 20h – Recreação de Picadeiro, maquiagem, escultura e distribuição de bolas; Dia 19 (quinta-feira), às 16 e 20h - Recreação com festa & alegria, maquiagem, escultura de bolas; Dia 20(sexta-feira), 15 e 19h - Oficina de malabares e Apresentação; Dia 21 (sábado), às 14h - Oficina de peruca e nariz de palhaço, distribuição de bolas e as 18h – Apresentação teatral “O Mágico de Oz”;

Dia 22 (domingo), 15h – Peça teatral “A missão do senhor palhaço” e as 16 e 20h – Oficina de cartonagem e fita, distribuição de bolas; Dia 26 (quintafeira), às 16 e 20h – Recreação de picadeiro, maquiagem e escultura de bolas; Dia 27 (sexta-feira), às 16 e 20h Recreação de picadeiro, maquiagem e escultura de bolas; Dia 28 (sábado), às 14 e 18h – Mágico Nathan e Show circense completo; Dia 29 (domingo), às 15h – Peça Teatral “O Palhaço Chicote e a Boneca Xicuta”.


Macaé Tem Jeito 6 - Julho 2012