Page 1

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PADRE MANUEL ÁLVARES N.º do Código do Estabelecimento de Ensino 3107 / 201

Cursos de Educação e Formação para Adultos - EFA Portaria n.º 74/2011 de 30 de Junho que altera Portaria n.º 80/2008 de 27 de Junho

EFA S TIDC

Casa Ecológica

1- Descrição geral da casa: Largura da casa 12,00m; comprimento 14,00m (considerando recuo frontal de 1,00m e recuo da parte de trás de 1,80m. Esta casa tem a fachada orientada para sul de maneira a aproveitar mais tempo de exposição solar. 2- O agregado familiar que irá habitar a casa será constituído por dois adultos e duas crianças. 3- Esta casa terá três quartos de dormir, um dos quais poderá ser transformado em escritório, duas casas de banho, uma sala de estar em conjunto com a sala de jantar sendo dois em um, uma cozinha uma lavandaria que na planta aparecerá como área de serviço e uma garagem, terá também espaços verdes (jardins).


Planta da casa:

4- Os materiais a utilizar serão ecológicos visando um menor impacto no ambiente. 4.1- Os blocos a ser utilizados na construção da casa serão blocos ecológicos permitindo uma redução de cerca de 50% de resíduos e detritos criados na fase de construção, seguem-se vários exemplos de blocos. BLOCO ECOLÓGICO MODULAR PADRÃO

Estes blocos têm a medida de 15x30 cm, com encaixe macho e fêmea, arredondados


Em virtude deste sistema e encaixe perfeito na vertical, eles permitem a passagem tanto dos tubos elétricos quer dos tubos do sistema hidráulico, e entre outros, deixando de quebrar paredes para passar os mesmos. Assim, se evita o aumento de entulhos e o desperdício com materiais, sendo que no sistema convencional de construção este tipo de prejuízo é inevitável. O acabamento dessa alvenaria aparente será realizado apenas pelo reajustamento dos vãos entre os tijolos e em seguida, com sua impermeabilização.

MEIO BLOCO ECOLÓGICO MODULAR PADRÃO Utilizado para terminação de paredes internas, janelas, portas e outros, se necessário. A grande vantagem do Meio Bloco Ecológico é que não precisa ficar cortando ou quebrando o mesmo para fazer o término das paredes. O Construtor da obra não erra no tamanho ideal do Meio Bloco Ecológico e, muito menos, terá que parar seu serviço para medir e cortá-lo em pedaços. Portanto, facilita e garante um bom acabamento quando é utilizado, evitando desperdícios. Além disso, ele garante mais agilidade, limpeza e economia às construções.

TIJOLO BLOCO CANALETA MODULAR PADRÃO


Disponível em vários modelos, sendo que os mais utilizados são os de encaixe com furos, mas o Bloco Canaleta sem furo, também está sendo bem aplicado nas obras. Sua principal característica é a possibilidade de ser colocado em diversas posições e dimensões, servindo como vergas em baixo e em cima das janelas e nas portas, além de ser utilizado para reforço no meio de paredes e respaldo (viga em cima da última fiada).

Portanto, o Bloco Canaleta possibilita a passagem de Tubos como: rede de água, esgoto, eléctrica, electrónica, antenas de TV, telefones entre outras. Os benefícios são: evita-se o desperdício de materiais, reduz a de mão-de-obra e garante mais agilidade e economia. BLOCO ECOLÓGICO MACIÇO MODULAR PADRÃO Blocos Ecológicos Maciços em vários modelos com encaixe redondo, trilho, sistema tradicional com arestas 15x30 cm (avista aparente), de um lado com aresta e outro liso ou liso/liso dos dois lados. Eles oferecem também um bom isolamento contra ruídos e alta resistência.

4.2 Revestimento das paredes: Para o revestimento será usado um produto de nome Thermo Hemp THERMO-HEMP Thermo-Hemp é um isolamento natural feito a partir de fibras de cânhamo. Apresenta-se sobre a forma de painéis flexíveis ou em rolo, para isolar tetos, paredes ou pavimentos, e é de muito fácil aplicação.


É um excelente material de construção, amigo do ambiente, não produz lixo, não provoca irritações na pele e tem um óptimo comportamento térmico e acústico. A fibra de cânhamo não necessita de tratamento contra os insectos. Thermo-Hemp é um produto de alta qualidade, distinguido pelas suas excelentes qualidades técnicas segundo as normas vigentes. É um material que pode ser usado tanto para revestimento interior e exterior. Vantagens • Material reciclável • Sem risco para a saúde • Livre de poeiras, insectos e roedores • Excelentes características como isolamento térmico e acústico

As tintas ecológicas garantem o uso limitado de substâncias perigosas para a saúde.

• Climatização natural • Regulador da humidade do ar

4.2 – Tintas Algumas marcas apresentam, além dos produtos tradicionais, gamas de tintas e vernizes ecológicos ou biológicos. Mas quais as diferenças entre estes? Biológicas – As tintas e vernizes biológicos utilizam apenas


produtos naturais regenerativos (cera de abelhas, ceras vegetais, resinas

.

A energia solar cobre75 por cento das necessidades anuais de uma casa particular

naturais, óleos vegetais, etc.) e pigmentos naturais não tóxicos Ecológicas – Os critérios que regulam estes produtos têm em consideração questões ambientais que implicam um uso limitado de substâncias perigosas e um baixo teor de solventes (com preferência pelos produtos aquosos com baixo nível de compostos orgânicos voláteis). Tudo em nome da redução da poluição aquática atmosférica e de resíduos.

4.3 Painéis solares

O aquecimento de água é geralmente mais económico em relação às formas de aquecimento tradicional, uma vez que o investimento no sistema solar é normalmente recuperado, a médio prazo, na poupança de energia. No entanto, este sistema não preenche a totalidade das necessidades de água quente (por razões climatéricas), pelo que se deve prever o recurso a uma outra forma de energia convencional (o sistema a gás se for natural ainda melhor porque se torna mais económico do que a eletricidade). Os painéis solares podem ainda garantir a climatização do interior das casas nos meses de Inverno e o aquecimento de piscinas nos meses de calor • Os sistemas fotovoltaicos produzem energia elétrica a partir da conversão da luz. Este sistema dispõe de um acumulador para os dias em que a luz solar é praticamente inexistente.


4.4-Eletricidade A iluminação da casa é responsável por cerca de 10 a 15 por cento do consumo de electricidade total da habitação. A escolha das lâmpadas correctas diminui o consumo e protege o ambiente. Etiquetas de eficiência energética – As embalagens de lâmpadas têm obrigatoriamente de indicar a eficiência energética, como forma de distinguir as mais eficientes, do ponto de vista energético.

Iluminação correcta – Cada divisão deve ser iluminada tendo em conta o tipo de atividades que se realizam nesse espaço. Por vezes despende-se demasiada energia a iluminar zonas pouco utilizadas.

Lâmpadas – Prefira a lâmpada fluorescente compacta às incandescentes. Consomem menos energia e duram mais tempo. Potência – Use menos lâmpadas, com maior potência. Uma lâmpada de 100 Watts consome a mesma energia que quatro de 25 Watts, mas produz o dobro da luz. Opte por uma lâmpada fluorescente compacta que, com menor potência, atinge a mesma iluminação 4.4.1-Lâmpadas do jardim


São lâmpadas solares que permitem o armazenamento de energia solar durante o dia que depois será transformada em luz, permitindo assim termos o jardim iluminado durante a noite sem mais gastos energéticos.

5- Água Casas de banho e torneiras Autoclismo – Os modelos mais recentes apresentam diversas possibilidades de descargas controladas. Um mesmo botão dividido ao meio permite efectuar descargas com metade da água ou um duplo toque no botão de descarga pára automaticamente o fluxo de água. Se ainda tem um autoclismo antigo recorra ao velho truque de colocar uma garrafa cheia de água no depósito do autoclismo Redutor do fluxo de água – Adaptável a qualquer torneira misturadora, esta peça permite reduzir em cerca de 50 % o consumo de água potável. Reutilização – As denominadas águas cinzentas (provenientes das máquinas de lavar, dos lava-loiças, lavatórios, bidés e duches) deveriam ser reutilizadas nas descargas das sanitas, na rega dos espaços verdes e na lavagem dos


automóveis e dos espaços exteriores. Torneiras – Existem sistemas que permitem racionar o desperdício de água. As torneiras eletrónicas com sensores – só abrem com a passagem das mãos – e as temporizadoras fecham automaticamente após alguns segundos – fazem uma boa gestão da água.

O redutor de fluxo de água permite determinar as várias posições de abertura das torneiras,

Autoclismo com controlo de descarga, com duas opções: meia descarga ou paragem automática com dupla pressão de botão, da Roca.

Alerta: Cada pessoa gasta em média 110 litros de agua por DIA.

6- Eletrodomésticos: Serão todos da classe energética A permitindo assim uma melhor poupança de energia.


7- HaverĂĄ ainda no jardim um pequeno centro de compostagem caseira permitindo assim o aproveitamento de resĂ­duos conforme o esquema a seguir apresentado:

Esquema do ciclo Compostagem


Conclusão: Com este trabalho tentamos criar uma casa ecológica e autosuficiente em termos energéticos. Claro haveria outros aspetos a ter em consideração desde de sistemas de aproveitamento da água das chuvas, sistemas de arrefecimento da casa naturais etc. Divertimo-nos a fazer este trabalho e com ele aprendemos que pequenos gestos, como por uma garrafa de água no reservatório da casa de banho, estamos a poupar e a fazer uma grande diferença neste nosso mundo. Diminuímos assim a nossa pegada ecológica. Trabalho realizado por: Gracinda; Carlos e Augusto Robert Ribeira Brava em 28-01-2012. Bibliografia: http://www.biohabitat.pt/sites/biohabitat.pt/files/bht_thermo-hemp.pdf http://www.ecomaquinas.com.br/modelos_blocos.php http://www.maximainteriores.xl.pt/decor/interiores/1005/especial/300.shtml http://www.google.pt/imgres?q=lampadas+solares+para+jardim&hl=ptPT&sa=X&biw=1229&bih=625&tbm=isch&prmd=imvns&tbnid=vnGAsLJ7DliD4M:&imgrefurl=http://www.groupon.com. br/ofertas/oferta-nacional/Commerce-Brasil/947792&docid=HVbRvWmqnRw5XM&imgurl=http://static.br.grouponcontent.net/51/93/1316709439351.jpg&w=450&h=300&ei=710nT7CxCMrS8gPA2a2jAw&zoom=1&iact=rc&dur=98&si g=117756989716498958570&page=2&tbnh=138&tbnw=184&start=20&ndsp=27&ved=1t:429,r:21,s:20&tx=89&ty=98

Casa Ecológica  

Casa Ecológica

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you