Page 1

qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfgh jklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvb nmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwert yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd Filhos e divórcio fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmq wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuio pasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghj klçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvb nmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwert yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrt yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmq wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuio pasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghj klçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvb


Filhos e Divórcio

Filhos e divórcio Situação muito frequente nas famílias e muitas famílias têm filhos. Os pais frequentemente andam preocupados com o efeito do divórcio nos filhos. Durante este período difícil os pais têm imensos problemas, mas continuam a ser as pessoas mais importantes nas vidas dos filhos. Enquanto os pais podem ficar devastados ou aliviados com o divórcio, os filhos ficam invariavelmente assustados e confusos pela ameaça à sua segurança. Alguns pais sentem-se tão magoados ou submergidos pelo divórcio que podem virar-se para os filhos para obterem conforto ou motivação. O divórcio pode ser mal entendido pelos filhos, a não ser que os pais sejam claros e expliquem o que se está a passar, como eles estão envolvidos e ao mesmo tempo não envolvidos e o que lhes acontecerá. As crianças muitas vezes acreditam que provocaram os conflitos entre os pais – muitos assumem que têm a responsabilidade de voltar a juntar os pais, por vezes sacrificando-se a eles próprios. Doença física ou psicológica ou maior vulnerabilidade para elas pode originar-se com a perda de um dos pais durante o processo. Com cuidado e atenção, contudo, as forças familiares podem ser mobilizadas durante o divorcio e os filhos podem ser ajudados a lidar construtivamente com a resolução dos conflitos entre os pais Falar com um filho sobre o divórcio é difícil – as dicas que se seguem podem ajudar pais e filhos com o desafio e stress destas conversas:  Não mantenha segredo nem espere até ao último minuto  Falem com os filhos estando os dois presentes  Mantenha as coisas simples  Diga-lhes que o divórcio não é culpa deles  Admita que isto vai ser triste e perturbador para todos  Acalme os seus filhos dizendo-lhes que os dois os amam e serão sempre pai e mãe  Nunca discuta os defeitos e problemas de cada um com os filhos Os pais devem estar alerta para sinais de stress dos filhos – os mais novos podem reagir ao divórcio tornando-se agressivos, não colaborantes ou evitadores. Os filhos mais velhos podem sentir-se profundamente tristes e perdidos. Página 2


Filhos e Divórcio O aproveitamento escolar pode sofrer e são comuns problemas comportamentais. Adolescentes e adultos e crianças que passam por um divórcio podem ter problemas de relacionamento e de auto-estima. Os filhos ficam melhor se souberem que a mãe e o pai continuarão a ser mãe e pai e que permanecerão ligados e envolvidos com eles embora o casamento tenha acabado e os pais não vivam juntos. Disputas de custódia arrastadas ou pressões para “escolherem” com quem querem ficar são particularmente violentos. Os estudos mostram que é melhor para os filhos quando os pais cooperam para o seu bem-estar. O compromisso parental com o bem-estar dos filhos é vital. Se um filho mostra sinais preocupantes de stress consultem o Médico de Família – este pode achar necessária a psicoterapia

Bibliografia: Coordenação Nacional para a Saúde Mental – Direcção Geral da Saúde – Ministério da Saúde Adaptado da Americain Academy of Child and Adolescent Psychiatry

Página 3

Filhos e divórcio  

Artigo USFBarrinha

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you