Page 1

qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwert yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa sdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghj Quando klçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc acontecem coisas vbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmq más… wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvb nmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqw ertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdf ghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdf ghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuio


Quando acontecem coisas más

Índice

Quando acontecem coisas más ............................................................................... 3 O que são coisas “más”? .......................................................................................... 3 Como é que posso tornar as coisas mais fáceis para mim? .................................... 4 E se isto não for suficiente? ..................................................................................... 4 Quem me pode ajudar? ........................................................................................... 4

Página 2


Quando acontecem coisas más

Quando acontecem coisas más O exercício mantém os nossos corações e corpos saudáveis. Mas como? Muitas vezes fala-se do corpo e da mente como se estivessem separados – a verdade é que não estão. A mente não pode funcionar a não ser que o corpo funcione correctamente – mas também é verdade o inverso, o estado mental afecta o estado do corpo. Assim, se te sentes em baixo ou ansioso, tornas-te menos activo e estares menos activo pode-te fazer sentir pior – podes mesmo ser apanhado num ciclo vicioso:

Quando acontecem coisas más Coisas más acontecem a toda agente. Podem fazer-te sentir triste, preocupado, com raiva ou com stress. A vida torna-se por vezes temporariamente dura, mas aprender a lidar com isso é uma capacidade muito importante da qual todos precisamos. Se a vida fosse sempre perfeita, nunca desenvolveríamos a capacidade de lidar com as dificuldades e também nunca saberíamos o que nos faz realmente sentir melhor. Assim, lidar com um problema pode ajudar-nos, orientar-nos em relação a outros problemas futuros, uma vez que vamos aprendendo o que resulta connosco. Ter um amigo com quem falar, ter um interesse que nos distraia das nossas preocupações, ouvir música ou estar na net podem servir como formas de lidar com os problemas. O que fazes quando as coisas estão feias? Resiliência é uma palavra que significa o que alguém que lida bem com os problemas, tem. Este folheto é realmente sobre resiliência, sobre como podem encontrar maneiras de lidar melhor com situações difíceis.

O que são coisas “más”? Há muitas coisas que podem tornar a vida difícil, muitas vezes coisas que não se podem controlar. Habitualmente as dificuldades envolvem a família, amigos, vizinhos ou a escola, uma vez que estas são as pessoas e os lugares que têm maior efeito sobre ti à medida que te tornas mais velho. Segue-se uma lista dos tipos de problemas de que estamos a falar:              

Ter um dos pais doente Pais que discutem e violência em casa Perder um dos pais Divorcio dos pais Um dos pais que bebe álcool demais ou que usa drogas Um dos pais que tem problemas com a polícia Amigos com problemas com a polícia Amigos que usam drogas A família com dificuldades de dinheiro Estar exposto a comportamento violento Viver numa zona em que não te sintas seguro Viver longe da família directa Sofrer bulling Ser física ou psicologicamente abusado Página 3


Quando acontecem coisas más Alguns destes problemas podem acontecer simultaneamente, o que naturalmente torna a situação ainda mais difícil. Há características pessoais específicas que afectam a maneira como cada um lida com as situações – não são características que possas mudar, mas explicam porque é que podes por vezes achar a tua situação mais difícil do que os teus irmãos ou amigos. Por exemplo, sofrer de asma ou de diabetes, constitui um stress adicional; ou pode haver tendência para o pessimismo enquanto que outras maneiras de ser tendem para o “deixar andar”. Nenhuma das maneiras de ser é melhor que a outra, embora o pessimista tenda a sentir-se mais afectado pelas coisas más da vida.

Como é que posso tornar as coisas mais fáceis para mim? As coisas que tornam a vida difícil estão muitas vezes fora do teu controle. Mas há coisas que podes fazer para que o impacto delas em ti seja menor – isto não quer dizer que tenhas que estar sozinho, quer dizer que às vezes é importante pedir ajuda. Por exemplo falar dos problemas com amigos em quem confias. No entanto se ainda assim não te sentires aliviado podes:  Passar mais tempo a fazer algo que gostes e no qual sejas bom – pode ser alguma coisa que faças na escola, por exemplo na tua disciplina favorita, ou pode ser um desporto, por exemplo futebol, nadar ou dançar, ou outra actividade como teatro ou música.  Usar um adulto fora da família, por exemplo um professor, um treinador, um avô, uma enfermeira ou médico para suporte. Se não consegues pensar em ninguém, a tua Escola ou Unidade de Saúde Familiar podem ajudar.  Encorajar a tua família a continuar a fazer coisas em conjunto que vos façam passar bons bocados, mesmo que estejam todos a passar uma situação difícil. Isto far-vos-á sentir mais perto uns dos outros.  Pensar em frequentar uma actividade pós escolar perto de casa – poderás assim divertir-te em segurança e pode dar-te tempo longe do stress em casa ou com os amigos. Podes ainda fazer novos amigos, amigos que até te possam ajudar mais.

E se isto não for suficiente? Se tentaste estas formas de te ajudares a ti próprio e ainda não te sentes melhor, pode ser que a situação seja demasiado complicada para lidares com ela sozinho. Ou que as dificuldades te criam tanto stress que provocaram uma doença como ansiedade ou depressão.

Quem me pode ajudar? Lidar com os problemas de que temos falado não é fácil – não é de todo um sinal de fraqueza sentir que não se é capaz de lidar sozinho com o problema. É pelo contrário um sinal de força, saber quando é preciso pedir ajuda. As melhores hipóteses de ajuda estão nos adultos que conheces, quer dizer:  Um professor  A enfermeira de família  O médico de família Página 4


Quando acontecem coisas más  A equipa de saúde de apoio à escola – USF da Barrinha  Um membro da família  Um amigo da família O adulto em quem tu confias e pedes ajuda, pensará contigo sobre a situação e descobrirá meios de ajuda. Isto pode querer dizer ajuda para ti, para os teus pais ou para toda a família. As pessoas que podem vir a ser envolvidas para a ajuda incluem:  O teu médico de família  A tua enfermeira de família  A Comissão de Protecção a Menores – uma equipa de técnicos especialmente preparados para lidarem com problemas familiares  Uma Assistente social Estas pessoas trabalham de diferentes maneiras para o mesmo objectivo – suporte para ti e para a tua família.

Bibliografia:  

Coordenação Nacional para a Saúde Mental - Alto Comissariado da Saúde – Ministério da Saúde Royal College of Psychiatrists United Kingdom

Página 5

Quando acontecem coisas más  

Artigo sobre Saúde