Page 1

PORSCHE CAYENNE S HYBRID

O PRIMEIRO HÍBRIDO DE SÉRIE DA MARCA

EXCLUSI VO BMW G

A

Z

I

N

E

B

R

A

S

I

L

E MAIS

AUDI RS5

ANDAMOS NO COUPÉ DE 450 CV

KIA OPTIMA

UM SEDÃ MÉDIO BONITO E BEM EQUIPADO

EXCLUSIVO

SUPERTESTE O maior comparativo de carros esportivos do mundo

E D I Ç Ã O N Ú M E R O 2 9 R$ 9,90

A

ISSN 1982-4246

M

SÉRIE 6 CA BRIO


26 primEiras imagEns i FORD FOCuS ST

fotografia | j o h n w yc h e r l e y

ford focus st

É muito legal construir um carro mundial. Mas será que americanos, chineses e brasileiros gostarão do mesmo produto?Ben Pulman perguntou ao homem por trás do ST Esportivos da Ford nunca foram comportados. Desde o Sierra Cosworth ou Escort XR3, eles sempre trouxeram detalhes nada sutis. Aerofólios, faróis extras e asas. Com o novo Ford Focus ST também não poderia ser diferente. Seus compradores não querem discrição. Porém, imagine minha surpresa ao ouvir as palavras de Stefan Lamm, chefe de design da Ford Europa, sobre o novo ST: “Não queríamos que ele se parecesse com um carro tunado. Nosso objetivo era criar algo sofisticado”. Espere um pouco, ele ganhou uma grade do tamanho da dívida externa e parece ter sido mergulhado num pote de geleia. Stefan, você acha isso sofisticado? Não. Hora de falar sério. Este Ford Focus Mk3 ST é o primeiro de uma nova geração de esportivos globais da marca. Graças ao programa One Ford, fãs do Focus na Inglaterra conduzirão o mesmo carmagazinE.com.br i FEvEREIRO 2011

carro que chineses, australianos e americanos, em todo planeta. Mas como interpretar as diferenças? Será que os americanos não preferirão uma suspensão mais confortável, e o que falar do estilo? Carros que contentam todo mundo tendem a ficar pasteurizados e a última coisa que queremos é ver o Focus virando piada por aí. Isso não vai acontecer com o novo Focus ST. Até pelo fato de seu design ter causado alguma controvérsia, é sinal que houve um passo a frente. A frente do Focus cinco portas (A Ford não tem planos para um três portas) com um desenho da grade que forma duas estruturas triangulares opostas, cercada por duas grandes entradas de ar é prova disso. Lamm admite que o trabalho ali foi duro: “Nossa principal mensagem com a grade trapezoidal foi de passar uma ideia de simplicidade”, afirma, enquanto anda em volta do carro. “Ela 4


27

FEvEREIRO 2011 i carmagazinE.com.br


42

carmagazine.com.br I Fevereiro 2011


kia optima I test drive 43

Kia Optima

o preço não está definido, mas o pacote é ótimo. Por Heymar Lopes nunes fotografia: Luca Bassani

Fevereiro 2011 I carmagazine.com.br


48

carmagazine.com.br i fevereiro 2011


bmw série 6 cabrio i test drive 49

BMW Série 6 CaBrio O novo BMW 650 conversível ainda demora para chegar por aqui, mas já desperta curiosidade. Por Heymar Lopes Nunes

fevereiro 2011 i carmagazine.com.br


54 TEST DRIVE I PORSCHE CAYENNE S HYBRID

O PRIMEIRO PORSCHE HÍBRIDO DE SÉRIE Esportividade e eficiência juntas na versão “verde” do SUV ainda longe do mercado brasileiro F O T O G R A F I A :

CARMAGAZINE.COM.BR I FEVEREIRO 2011

L U C A

B A S S A N I


55

FEVEREIRO 2011 I CARMAGAZINE.COM.BR


60 test drive i CHEVROLET OMEGA fITTIPALDI

Omega

carmagazine.com.br i fEVEREIRO 2011


61

Fittipaldi

Omega retorna ao mercado em edição Fittipaldi por R$ 128.600. Por José Antonio Leme FOTOGRAFIA : LucA bAssAnI

fEVEREIRO 2011 i carmagazine.com.br


66 TEST DRIVE I AUDI RS5

CARMAGAZINE.COM.BR I FEVEREIRO 2011


67

AUDI RS5 O Audi RS5 é muito mais que um coupé esportivo. Por Heymar Lopes Nunes FOTOGRAFIA: LUCA BASSANI

FEVEREIRO 2011 I CARMAGAZINE.COM.BR


68 test drive i AuDi RS5

A Audi do Brasil está mesmo se renovando. Depois dos cobiçados R8 V10 e RS6, agora chegou o RS5, um coupé esportivo equipado com motor V8 4.2 litros, de 450 cv de potência, câmbio S Tronic de sete marchas e tração quattro. Seu preço é de R$ 435.000. Desenvolvidos pela quattro GmbH, os modelos da linha RS compõem a família mais dinâmica da Audi. O V8 de alta rotação que equipa o RS5 também opera através da injeção direta de combustível, conhecida pela sigla FSI. Esta mesma tecnologia impulsionou o Audi R8 nas quatro últimas vitórias na tradicional corrida 24 Horas de Le Mans. Na mítica prova francesa, disputada desde 1923, a Audi conquistou nove triunfos entre 2000 e 2010, colocando-se como a terceira maior vencedora da prova de longa duração em apenas uma década. O intenso desenvolvimento do sistema de dois condutores de admissão e escapamento permite ao motor respirar livremente; quatro árvores de comando, válvulas variáveis e flaps no coletor de admissão facilitam a formação de mistura ar-combustível. Este 4.2 FSI fornece torque melhor mesmo em rotações elevadas, como um motor de corrida. O propulsor gera 450 cv de potência a 8.250 rpm, com torque máximo de 40,8 kgfm disponível entre 4.000 e 6.000 rpm. Com capacidade de respostas instantâneas, o motor acelera o coupé de 1.725 kg de 0 a 100 km/hora em 4,6 segundos e tem velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/hora, que cArmAgAzine.com.br i feVeReiRo 2011

pode ser aumentada para 280 km/hora caso seja solicitado antecipadamente à Audi. A eficiência extrema é outra característica deste potente motor de oito cilindros, que roda em média 9,2 km/l. Este número impressionante é devido, em parte, às novas tecnologias da plataforma de eficiência modular da Audi. O motor e todo trem de força foram otimizados para minimizar o atrito, a bomba de óleo funciona sob demanda, e um sistema de recuperação de energia economiza energia durante a frenagem, por exemplo. A transmissão de sete marchas S Tronic de série, conta com sistema dupla embreagem que consiste de duas caixas “subsidiárias”, ambas constantemente ativas, mas apenas uma ligada em tempo integral ao motor. Com este sistema, as marchas são utilizadas alternadamente via suas respectivas embreagens, de modo instantâneo, suave e praticamente imperceptível. Na prática, é como se uma caixa de câmbio já fizesse o engate da próxima engrenagem a ser selecionada, antes da troca feita pelo motorista. O resultado são trocas imperceptíveis, feitas em milésimos de segundo. A transmissão pode ser operada de maneira totalmente automática ou o motorista pode efetuar trocas manualmente através das borboletas atrás do volante. O condutor pode utilizar o modo auto e três diferentes opções: automático, conforto e dinâmica. Com o uso do programa de controle de arrancada, o câmbio S Tronic garante


69

Desenvolvidos pela quattro GmbH, os RS s達o os Audis mais radicais

feVeReiRo 2011 i cArmAgAzine.com.br


74 matéria de capa i superteste

PERFORMANCE CAR OF THE YEAR Cinco dias inacreditáveis, oito carros fantásticos, apenas um vencedor carmagazine.com.br i fevereiro 2011


75

fevereiro 2011 i carmagazine.com.br


76 MATÉRIA DE CAPA I SUPERTESTE

OS CARROS, OS PILOTOS, A R OTA Ben Pulman

O mais jovem – e também mais alto e magro – piloto de testes não tem um ideal de supercarro definido, mas sabe bem o que quer. Ele diz: “Motor frontal, central ou traseiro, tração simples ou integral, manual ou automático, nada disso importa, desde que eu sinta o carro excitante e interessante. Não posso ser exigente demais nem leniente, mas sim, encontrar e transmitir as sensações que interessam e são entendidas pelo leitor”.

Chris Chilton

Um brilhante avaliador da personalidade de um carro e um excelente piloto também, mas sem sentir saudades do autódromo: “Ficar o dia inteiro num circuito realmente não me atrai. Prefiro avaliar o desempenho de um carro em estradas normais, coisa que faço usualmente”, explica. “Quero sentir a sensibilidade da direção, agilidade, potência em uso real, numa estrada real”.

Jethro Bovingdon

Viu algo se aproximando na traseira? Saia da frente. Essa é uma frase recorrente de nosso rápido piloto de testes, rapidez adquirida em dez anos testando supercarros. “Direção, potência, freios, estabilidade, tudo é importante”, ele diz. “Você percebe que escolheu seu PCOTY quando sua memória insiste em lembrar-se dele, mesmo quando já está dirigindo outro. Acredito que tudo se trata de nível de excitação”.

Ben Barry

Rápido, espirituoso, elegante, ótimo texto, as características que procura num carro são: a frente ‘pregada’ no chão, traseira que escapa um pouco e potência disponível. Tem um excelente conhecimento de mecânica dos carros que experimenta, por isso, sente um sistema de freio atuando, uma direção sem oscilações, trocas de marcha eficientes. Avalia minuciosamente outras características também, como dirigibilidade, ergonomia, visibilidade. “Sempre encaro o carro como meu veículo do dia a dia”, diz. “Gosto de um foguete, mas que não incomode o tempo todo”.

Subaru Impreza Cosworth STI CS400

Ferrari 458 Italia

Renaultsport Megane 250 Cup

Lamborghini Gallardo LP570-4 Superleggera

PREÇO I R$ 135 mil (na Europa) MOTOR I Dianteiro, 4 cil. boxer, turbo 2.457 cc 16V, 395 cv @ 5.750 rpm, 55,3 kgfm @ 3.950 rpm TRANSMISSÃO I Seis marchas manual, tração integral DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 3.7 s, 250 km/h, consumo e CO2 não informados COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.415/1.795/1.475 PESO I 1.505 kg

PREÇO I R$ 455 mil (na Europa) MOTOR I Central, V8 4.499 cc 32V, 562 cv @ 9.000 rpm, 55 kgfm @ 6.000 rpm TRANSMISSÃO I Sete marchas embreagem dupla, tração traseira DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 3.4 s, 325 km/h, 8,5 km/l, 307 g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.527/1.937/1.213 mm PESO I 1.485 kg

PREÇO I R$ 65 mil (na Europa) MOTOR I Dianteiro, 4 cil em linha, turbo, 1.998 cc 16V, 247 cv @ 5.500 rpm, 34,7 kgfm @ 3.000 rpm TRANSMISSÃO I Seis marchas manual, tração dianteira DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 6.1 s, 250 km/h, 14 km/l, 195 g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.299/1.848/1.435 mm PESO I 1.387 kg

PREÇO I R$ 470 mil (na Europa) MOTOR I Central, V10 5.204 cc 40V V10, 562 cv @ 8.000 rpm, 55 kgfm @ 6.500 rpm TRANSMISSÃO I Seis marchas manual automatizado, tração integral DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 3.4 s, 325 km/h, 8,5 km/l, 325g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.390/1.900/1.170 mm PESO I 1.340 kg

CARMAGAZINE.COM.BR I FEVEREIRO 2011


77

CALAIS

Dias Um e Dois

Ben Pulman inicia seu primeiro trecho, liderando o pelotão que sai da sede da CAR inglesa em Peterborough rumo a Calais, atravessando o canal da mancha no melhor navio da P&O. Depois, uma parada no velho autódromo de Reims e pernoite em Dijon, para depois seguir para Avignon.

REIMS

Dia Três

É hora de estradas de verdade quando Chris Chilton nos leva ao topo do Monte Ventoux. Será que a agilidade do Lotus Elise conseguirá compensar sua menor potência? Será que alguém terá coragem para chegar ao limite do GT2 RS nesse caracol?

DIJON

FRNÇA

Dia Quatro

Jethro Bovingdon lidera o pelotão pelas sinuosas serras em torno de Mônaco, onde se destacam o Impreza, Megane e Elise. Será que aqui eles encaram os gigantes? Hora de conferir.

LYON GRENOBLE MONACO

AVIGNON

Dia Cinco

Avaliações finais, último trecho. Ben Berry diverte-se no longo trecho entre Sospel e Castellane, passando pela épica Route Napoleon. Quer uma dica de viagem de carro cheia de inspiração na Europa? Dê uma olhada em: michelin.co.uk/services/maps-guides

GRASSE

Porsche 911 GT2 RS

Mercedes-Benz SLS AMG

Lotus Elise S

BMW M3 GTS

PREÇO I R$ 440 mil (na Europa) MOTOR I Traseiro, 6 cil. boxer, biturbo 3.600 cc 24V, 612 cv @ 6.500 rpm, 71,3 kgfm @ 2.500-5.500 rpm TRANSMISSÃO I Seis marchas manual, tração traseira DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 3.5 s, 330 km/h, 10 km/l, 284g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.469/1.852/1.285 mm PESO I 1.370 kg

PREÇO I R$ 425 mil (na Europa) MOTOR I Dianteiro, V8 6.208 cc 32V, 563 cv @ 6.800 rpm, 66,2 kgfm @ 4.750 rpm TRANSMISSÃO I Sete marchas, embreagem dupla, tração traseira DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 3.8 s, 317 km/h, 9 km/l, 308 g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.638/1.939/1.262 mm PESO I 1.620 kg

PREÇO I R$ 74 mil (na Europa) MOTOR I Central, 4 cil. em linha 1.598 cc 16V, 134 cv @ 6.800 rpm, 16,3 kgfm @ 4.400 rpm TRANSMISSÃO I Seis marchas manual, tração traseira DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 6.5 s, 205 km/h, 19 km/l, 149g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 3.785/1.719/1.117 mm PESO I 876 kg

PREÇO I R$ 315 mil (na Europa) MOTOR I Dianteiro, V8 4.361 cc 32V, 444 cv @ 8.300 rpm, 44,9 kgfm @ 3.750 rpm TRANSMISSÃO I Sete marchas embreagem dupla, tração traseira DESEMPENHO I 0 a 100 km/h em 4.4 s, 305 km/h, 9,5 km/l, 295 g CO2/km COMPRIMENTO/LARGURA/ALTURA I 4.645/1.804/1.387 mm PESO I 1.530 kg

FEVEREIRO 2011 I CARMAGAZINE.COM.BR


112 TEST DRIVE I BENTLEY EM OMÃ

CARMAGAZINE.COM.BR I FEVEREIRO 2011


113

FOTOGRAFIA | DAV I D S H E P H E R D

BENTLEY CONTINENTAL GT O novo Continental GT até pode se parecer com o anterior, mas está muito mais refinado, confortável e bonito Quem nos conta é o repórter Jethro Bovingdon

FEVEREIRO 2011 I CARMAGAZINE.COM.BR


126 show de imagens I fiA GT1

FIA GT1 em Interlagos Você confere nas belas imagens do fotógrafo Luca Bassani, tudo o que aconteceu na etapa final do campeonato FIA GT1 em São Paulo. Um show de cores e máquinas que terminou com a vitória dos pilotos brasileiros Enrique Bernoldi e Xandynho Negrão. FotograFia: luca bassani

O tcheco Tomas Enge parabeniza o brasileiro Enrique Bernoldi pela pole-position

carmagazine.com.br I fevereiro 2011


127

O belo escrit贸rio de trabalho de Enrique Bernoldi na Maserati MC12

O toque que selou o destino do brasileiro Ricardo Zonta na prova

fevereiro 2011 I carmagazine.com.br

Car Magazine #29  

Revista com novidades no setor automobilístico.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you