Issuu on Google+

CENTRO ESCOLAR DA COUTADA MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

PROFESSORA FERNANDA FINO PSICÓLOGA SÓNIA ÂNÇA


• problemas de aprendizagem (acompanha-se de outras disfunções): – Dificuldades na leitura e na escrita (dislexia e disortografia)

• problemas de comportamento (patologias associadas): – – – –

Perturbação Oposição e Desafio Ansiedade Tiques Depressão


Tratamento e intervenção


CONCLUINDO


SĂ­ndrome de Asperger


Asperger


• É mais comum no sexo masculino • Sendo uma perturbação do desenvolvimento, vai evoluindo com o tempo, atenuando os sintomas • As especificidades da SA, não sendo estáticas, podem modificar-se ou até desaparecer ao longo do crescimento


É considerada uma perturbação do espectro do autismo (PEA) . É uma perturbação do neuro desenvolvimento caracterizada por alterações em três vertentes diferentes do desenvolvimento:

Na interação social (dificuldade em fazer amizades, em integrar grupos, etc.);

Na comunicação (dificuldade em estabelecer contacto visual, uso de palavras sofisticadas interpretação literal do que lhe é dito, dificuldade em criar empatia, etc.);

No comportamento (interesses especiais pouco comuns na intensidade e tipo, preferência por rotinas, estereotipias, hipersensibilidade auditiva, etc.).


Quem Quempode podefazer fazeroo diagnóstico diagnóstico

Psicólogos Psicólogos especializados especializados em emautismo. autismo.

Neurologistas Neurologistas

Psiquiatras Psiquiatras Quanto mais precoce for o diagnóstico e o processo de intervenção, melhor será a qualidade de vida da criança


Crianças com SA são facilmente oprimidas pelas mínimas mudanças , altamente sensíveis a pressões do ambiente e às vezes atraídas por rituais . São ansiosas e temem perante o inesperado. São facilmente afetadas por

Stress Fadiga e sobrecarga emocional


A A pessoa pessoa com com SA SA éé muito muito competente competente nas nas tarefas tarefas da da sua sua especialidade, especialidade, éé uma uma característica característica dos dos adolescentes adolescentes ee jovens jovens portadores portadores deste deste síndroma. síndroma. Por Por vezes, vezes, criam criam mesmo mesmo aa ideia ideia nos nos outros outros de de que que são são sobredotados, sobredotados, porque porque têm têm algumas algumas capacidades capacidades acima acima da da média… média…


Existem algumas características que podem ser observadas pelos pais/professores quando seus filhos/alunos tenham entre 2 e 7 anos de idade.

Habilidades Habilidades sociais sociais ee controle controle emocional emocional Relaciona-se melhor com adultos que com crianças da mesma idade ( tem problemas em brincar com outras crianças ); Não se interessa pelos desportos; Não entende as regras implícitas do jogo. Quer impor suas próprias regras, e ganhar sempre (talvez por isso prefira brincar sozinho ); Tem dificuldades em identificar seus sentimentos e os dos demais

(apresenta mais birras que o normal, chora com facilidade);

Tem dificuldades para entender as intenções dos demais (é ingénuo, não tem


Habilidades de comunicação

Normalmente não olham nos olhos quando falam com os outros. Crêem em tudo aquilo que lhes dizem e não entendem as ironias. Interessam-se pouco pelo que dizem os outros. Custa-lhes entender uma conversa longa, e mudam de tema quando está confusa;

Falam muito, em tom alto e peculiar, e usam uma linguagem pedante, extremamente formal e com um extenso vocabulário. Inventam palavras ou expressões idiossincrásicas (que revelam um temperamento especial perante uma influencia alheia); Em certas ocasiões, parecem estar ausentes, absortos em seus pensamentos.


Habilidades de compreensão Sentem dificuldade em entender o contexto amplo de um problema. Custa-lhes entender uma pergunta complexa e demoram para responder; Com frequência não compreendem uma crítica ou um castigo. Assim como não entendem que se devem comportar de distintas formas, segundo uma situação social; Têm uma memória excecional para recordar dados e datas; Têm interesse especial pela matemática e as ciências em geral; Aprendem, muitas vezes, a ler sozinhos, ainda bem pequenos;

bonecos;

Demonstram escassa imaginação e criatividade, por exemplo, para brincar com

Têm um senso de humor peculiar;


Habilidades Habilidades de de movimento movimento Possui uma pobre coordenação motora. Corre num ritmo estranho, e não tem facilidade para agarrar uma bola; Custa-lhe vestir-se, desabotoar os botões ou fazer laço nos cordões das sapatilhas.

Interesses Interesses específicos específicos

Quando algum tema em particular a fascina, ocupa a maior parte do seu tempo livre a pensar, falar ou escrever sobre o assunto, sem se importar com a opinião dos demais; Repete compulsivamente certas ações ou pensamentos para sentir-se seguro; Gosta da rotina. Não tolera as mudanças imprevistas. Tem rituais elaborados que devem ser cumpridos.


Outras Outras caraterísticas caraterísticas  Medos intensos  Incómodo e sensibilidade extrema a sons como, por exemplo, os de um aparelho elétrico;  Rápidas coceiras sobre a pele ou sobre a cabeça; Gestos, espasmos ou tiques  Tendência a agitar-se ou contorcer-se quando está excitado ou angustiado;  Falta de sensibilidade a níveis baixos de dor;  São tardios em adquirir a fala, em alguns casos;


…mais …mais algumas. algumas.

 São extremamente egocêntricas ;  Podem não gostar de contatos físicos ;  Falam mais para os outros do que com os outros. Têm discurso bem desenvolvido, por vezes, pedante;  Não entendem as deixas sociais, ironias ou metáforas, tudo é percebido literalmente;  Usam tom de voz monótono ou estridente, não-natural ;


…revelam acentuadas dificuldades nas interações sociais.


Algum Suge as stões 

Fornecer ambiente previsível e seguro ;

 Minimizar as transições ;  Oferecer rotinas diárias consistentes (A criança precisa entender cada rotina do dia e saber o que a espera , de forma a ser capaz de se concentrar na tarefa que tem em mãos) ;

 Preparar a criança previamente para atividades diferentes, por pequenas que sejam (mudanças de horários, rotinas…);  Antecipar à criança as possíveis mudanças (de escola, de casa…) informandoa de sua nova rotina antes de começar;


Mais alg Suge umas stões 

Falar aos colegas sobre a criança com SA , descrevendo seus problemas sociais como uma autêntica dificuldade;

Elogiar os colegas quando o tratam com jeito (promove empatia e tolerância nas outras crianças);

Valorizar as habilidades académicas da criança com SA;

Ensinar a criança a reagir a situações sociais e a ter um repertório de respostas para usar em diferentes situações;

Modelar interações bidirecionais e treinar, ensinando à criança a forma correta de agir;

Sentar a criança junto de um colega sensível e hábil quanto à situação da criança;

Encorajar atividades sociais e limitar o tempo gasto em interesses isolados


http://www.youtube.com/watch?v=4tzHqUtUaA8


TDAH transtorno défice de atenção e hiperatividade/síndrome de asperger