Issuu on Google+

n SSA ESC la PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Joadson Bueno do Nascimento, professor do Colégio Estadual Professora Luiza Ross, Curitiba.

PROFISSIONAIS QUE SE DESTACAM Ano I | N º 3 | Março 2014


Professora Clevna Biscaia

Mostra de arte inspirada em Romero Britto Clevna Biscaia dos Santos é professora de Arte no Colégio Estadual Ermelino de Leão, em Curitiba. Ela orienta seus alunos na criação de obras inspiradas em artistas conhecidos, utilizando desenhos, pinturas e colagens. Os trabalhos são então organizados em mostras. No semestre passado, os estudantes realizaram a quinta mostra do projeto, uma homenagem ao pintor e escultor Romero Britto. “Eles desenvolveram uma visão crítica muito boa para as obras. Também tiveram uma melhora muito grande tanto na disciplina de Arte quanto nas outras disciplinas. Hoje eu só ouço elogios dos outros professores”, contou Clevna.


Cultura Afro-brasileira é tema de estudos e homenagem

Sandra Freitas é professora de História na Escola Estadual Nossa Senhora da Salete, em Curitiba. Ela trabalhou em sala de aula a temática da cultura africana e questões como racismo e preconceito em preparação à 2ª Mostra em Homenagem à Cultura Afro-brasileira, realizada no auditório do Centro de Formação de Professores, em Pinhais. Mais de 150 alunos do 6º e 7º anos apresentaram danças típicas, como carimbo, samba, boi bumbá, puxada de rede, maculelê, frevo, capoeira e batucada. “Houve envolvimento de todos os professores e da direção para trabalharmos em sala de aula os temas da Mostra”, ressalta a professora.


Remando no contraturno escolar Joadson Bueno do Nascimento é professor de Educação Física no Colégio Estadual Professora Luiza Ross, em Curitiba. Ele criou um projeto onde alunos têm aulas práticas de Remo no Parque Náutico do Iguaçu. A atividade esportiva acontece no contraturno escolar, com apoio da Federação Paranaense de Remo Adaptável (Remopar).

Para atender o número de interessados que só aumenta, o colégio teve de selecionar os estudantes levando em conta critérios de presença às aulas, comportamento e notas. O professor acredita no potencial dos alunos e quer formar uma equipe de competição feminina. “Estamos abertos a patrocínios e parcerias com empresas que queiram apostar nesses talentos que temos aqui em Curitiba”, contou.


Culinária guarani para alunos indígenas

Sueli Ará Venite é merendeira na Escola Estadual Indígena Pindoty, na Ilha da Cotinga, em Paranaguá. Ela usa alimentos da agricultura familiar para acrescentar receitas indígenas ao cardápio da escola, aproximando a alimentação dos alunos aos costumes da comunidade guarani. Um dos pratos servidos aos estudantes é o tipá, típico da culinária guarani, feito com farinha de trigo e óleo, servido no lanche da manhã e da tarde. Sueli aprendeu a receita aos 12 anos, com sua irmã mais velha.



Nossa Escola - Profissionais da Educação #003