Issuu on Google+

informe Informativo da empresa de assentos e escapamentos Brascom Brasil Metalúrgica - Fernandópolis/SP

Otimismo é a palavra chave na Brascom para 2010

Empresa aposta no crescimento econômico do país para aumentar vendas

Sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo e globalizado não é tarefa fácil. A batalha por um lugar ao sol é travada diariamente por empresas do Brasil e do mundo. A Brascom Brasil Metalúrgica, instalada em Fernandópolis, no interior de São Paulo, é uma dessas empresas otimistas que acreditam na prosperidade do mercado brasileiro. Fundada há cinco anos, a Brascom apostou na inovação para superar as dificuldades encontradas no meio desse breve, mas nem por isso curto, caminho de consolidação da sua marca. Enquanto muitas empresas, novas e antigas, não conseguiram superar a recente crise econômica, a Brascom buscou novos mercados e alternativas para driblar a crise e expandir a produção de escapamentos e assentos para ve-

A família Brascom é formada por 30 colaboradores, além dos representantes

ículos pesados. Às vésperas de entrar em seu sexto ano de atividades, a Brascom e todos seus colaboradores diretos e indiretos mantêm o mesmo otimismo, a garra e a mesma sede de sucesso de quando era uma empresa da recém-inaugurada na Incubadora Empresarial de Fernandópolis. E o mais importante: a Brascom mantém seu compromisso de oferecer produtos fabricados com tecnologia de ponta, por meio de modernos processos e normas de produção, sempre colocando o cliente e a qualidade em primeiro lugar. “Esperamos que 2010 seja um dos melhores anos para o Brasil em termos econômicos. A expectativa é grande para a expansão dos setores de construção civil, agronegócio e industrial. A expan-

são desses setores aquece o mercado de peças para máquinas industriais, agrícolas e do segmento da construção civil e, conseqüentemente, nossas vendas”, destaca Wilson Pereira da Silva, empresário da Brascom. E para reduzir custos e aumentar a produtividade mantendo o crescimento da empresa, a Brascom investiu na compra de novas máquinas e expandiu seus negócios para os estados do Pará, Maranhão e Tocantins. Além disso, está firmando uma parceria para viabilizar a exportação de escapamentos e assentos para veículos pesados para 32 países. “Com base no processo de produção, que é formado por células na linha de produção e software de gestão para acompanhamento diário dos resultados, queremos dobrar nossa produção e dimi-

MEIO AMBIENTE

INVESTIMENTO

Atenta às mudanças climáticas, empresa apóia projetos de preservação e sustentabilidade.

PÁGINA 3

PÁGINA 2

BNDES terá R$ 80 bilhões para o setor privado.

nuir ainda mais o prazo de entrega”, projeta Wilson. De acordo com o empresário, o principal objetivo da Brascom para 2010 é superar a produção de peças – que atualmente é de 5 mil por mês – e aumentar a fatia do mercado paulista de escapamentos e assentos para veículos pesados. A empresa detém atualmente 10% da participação neste mercado. A Brascom está instalada no Distrito Industrial de Fernandópolis. “Nossa empresa é jovem, estamos dando os primeiros passos, temos um longo caminho pela frente e muito a oferecer. Estamos muito otimistas para o próximo ano. Acredito que será um ano de consolidação para a Brascom no mercado interno e de novos desafios no mercado externo”, finaliza Wilson.

PRÓ-TRATOR

Programa financia tratores com zero de juros para agricultores.

www.brascombrasil.com.br

PÁGINA 4


Empresa se preocupa com meio ambiente

Brascom exerce responsabilidade sócio-ambiental dentro e fora das suas instalações Atenta às mudanças que estão acontecendo no planeta como o aquecimento global, ocasionado principalmente pela emissão de gases por automóveis e indústrias, a Brascom incentiva e apóia projetos e ações que visam preservar o meio ambiente. Na sua sede, optou pelo piso ecológico em volta do prédio que abriga o escritório e a fábrica. Além disso, a empresa utiliza papel reciclado na impressão de panfletos, catálogos

e informativos. O processo de produção, baseado em conceitos de células na linha de produção e arranjo físico do chão da fábrica, também contribui para a economia de matéria-prima, evitando o desperdício de materiais durante a fabricação. “Procuramos fazer a nossa parte para melhorar as condições do ambiente em que vivemos e vamos deixar para nossos filhos e netos. Nossa matéria-prima é o aço, um mi-

nério finito na natureza. Por isso, procuramos utilizar só o necessário, sem desperdícios”, ressalta Wilson Pereira da Silva, empresário da Brascom. Mas não é só com o meio ambiente que a Brascom se preocupa. A empresa contribui mensalmente com a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Fernandópolis. E por ser uma empresa socialmente responsável, a Brascom conquistou o selo empresa amiga da APAE em 2009.

fazemos a nossa parte para melhorar o ambiente em que vivemos

Preserve, Recicle!


Páginas

02/03

Governo abre linha de crédito de R$ 80 bilhões Medida vai facilitar a compra de máquinas agrícolas e para a construção civil O governo vai abrir uma linha de crédito de R$ 80 bilhões para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) emprestar recursos ao setor privado em 2010 e 2011. Em 2009, o governo aportou R$ 100 bilhões no banco público de fomento. Com essa linha de crédito, o governo poderá prosseguir com os programas de financiamento com juros reduzidos, que serão cobrados do BNDES pelo governo, com base na Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), atualmente em 6% ao ano. Além disso, também será prorrogada, até 30 de junho de 2010, a desoneração para compra de bens de capital (máqui-

nas e equipamentos para a produção) e de vários itens que estão com IPI praticamente zero. Sem a prorrogação, o benefício terminaria no fim deste ano. Os principais itens beneficiados são: válvulas industriais, árvores de transmissão, microscópios eletrônicos, hastes para bombeamentos e congeladores industriais, entre outros. A estimativa é de que o governo deixará de arrecadar R$ 369 milhões com a medida em 2010. Outra medida anunciada pelo governo é a linha de crédito do Finame, com juros de 4,5% ao ano até junho de 2010. O crédito pode ser utilizado para compra de máquinas agrícolas e industriais. Para toda a população foi

Linha de crédito de R$ 80 bilhões será utilizada para compra de máquinas para a construção civil

anunciada ainda a prorrogação da desoneração do PIS e da Cofins incidentes na venda das máquinas. O resultado esperado é a continuação do crescimento na produção e nas vendas. O governo também anunciou a criação da Letra Financeira, que será um instrumento de captação de recursos de longo prazo por parte dos bancos do país. A medida ainda tem de ser regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). O resultado esperado é a diversificação dos instrumentos de captação bancária e aumento do chamado “funding” (recursos) de longo prazo via mercado de capitais.


04 Página

São Paulo prorroga Pró-Trator

Programa da Secretaria de Agricultura de São Paulo vai agregar renda para pequenos e médios agricultores

O Programa Pró-Trator está em vigor desde janeiro de 2009, com subsídio total dos juros pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do FEAP (Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista). Até agora, foram liberados aproximadamente 1.200 tratores entre 50 e 120 cv (cavalos). Em novembro, começou a vigorar o Pró-Trator 2010, com novos valores e com novidades. Para essa fase serão disponibilizados R$

100 milhões para financiamento e R$ 26 milhões para subsídio dos juros. A novidade da nova etapa do programa é a inclusão de tratores com potência menor que 50 cv, direcionados à fruticultura, cafeicultura, olericultura, entre outras culturas. Os produtores que já aderiram ao programa na primeira fase têm até o dia 29 de outubro para procurar a Casa da Agricultura e providenciar o projeto e a declaração de aptidão para finan-

ciar seus tratores com os preços anteriores, já que a partir do dia 3 de novembro, data da reabertura do programa, esses valores serão atualizados. O Pró-Trator foi uma iniciativa para agregar renda para pequenos e médios agricultores e garantir o acesso ao FEAP, uma das políticas públicas disponíveis. Com esse Projeto, os produtores financiam seus tratores a juros zero, nas empresas participantes do programa: Agrale, Massey Ferguson, Valtra, John Deere, New

Holland e Yanmar. Para participar, os produtores têm que ter uma renda bruta anual de até R$ 400 mil. O prazo de pagamento é de até cinco anos, incluindo os três de carência. Os interessados devem procurar a Casa da Agricultura do município ou um dos 40 escritórios regionais da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) para iniciar os procedimentos para adesão ao programa.

Massey Ferguson bate recorde de vendas Pelo segundo mês consecutivo, a Massey Ferguson registra o maior volume de vendas de tratores no mercado brasileiro desde 1995. O novo recorde foi alcançado em outubro, com 1.710 máquinas comercializadas, um aumento de 4,8% em relação ao mês anterior (1.632 unidades) e de 30,4% na comparação com outubro do ano passado. Os dados da Anfavea (Associação Brasileira de Fabricantes de Veículos Automotores) confirmam a liderança de quase 50 anos da marca no Brasil, com 33,6% de participação no segmento. Entre janeiro e outubro de 2009, foram vendidos 11.521 tratores Mas-

sey Ferguson, um crescimento de 6,9% em relação ao mesmo período do ano passado, bem acima do aumento de 0,2% nas vendas do mercado brasileiro de tratores. A nova linha de crédito Finame Agrícola PSI, lançada em agosto pelo BNDES com juros anuais de apenas 4,5%, ajudou a reaquecer o mercado de máquinas agrícolas. No segundo semestre de 2009, a AGCO Finance, que financia os produtos Massey Ferguson, também bateu recorde, alcançando o maior volume de financiamentos dos últimos cinco anos. Do Brasil, as máquinas Massey Ferguson são exportadas para mais de 80 países.

O Informe Brascom é um veículo de comunicação institucional da empresa Brascom Brasil Metalúrgica

Brascom Brasil Metalúrgica

Rua Osvaldo Santana, nº 333, Parque Industrial I CEP 15600-000 Fernandópolis-SP Telefones (17) 3442-8000 3463-9007 / 3462-2030 www.brascombrasil.com.br

e-mail: brascombrasil@itelefonica.com.br

Produção Pró-Mídia Comunicação

(17) 3442-1247 promidiacomunicacao@yahoo.com.br

Jornalista Responsável Ana Carolina Araújo DRT/PR 05047 Diagramação, Fotos e Reportagens Eduardo Uliana Impressão Editora Ferjal (17) 3442-6644 Fernandópolis-SP


Informe Brascom - edição 2