Page 1

Dayse Euzébio

Paraíba, Fevereiro - 2015

Ano 13

Lucy Alves Mestre Fuba

55ª Edição

Alceu Valença

Arquivo

Diana Miranda

Mapa Guia Seqüencial Paraíba, João Pessoa Litoral Sul / Litoral Norte

Turismo, Beleza e Aventura

Autodrómo Internacional da Paraíba


Memorias do Carnaval Arquivo

Arquivo

Memories of Carnival

alar e lembrar o carnaval de João Pessoa é trazer na memória a figura de um dos mais entusiastas dessa festa popular na Paraíba: o Major Ciraulo. Descendente de Italiano, o Major Ciraulo era um amante da Paraíba e das manifestações populares. Foi ele que, com seus blocos de rua na cidade de João Pessoa, colocou em prática a primeira Unidade Móvel Sonorizada. Era, na verdade, o princípio do que viria a ser depois os conhecidos trios elétricos da Bahia. Foi Major Ciraulo, em João Pessoa, que pela primeira vez adaptou um caminhão em formas diversificadas, de acordo com o tema do bloco, e em cima dele, colocou uma banda para tocar com sonorização de uma caixa acústica e um sonofletor, conforme imagem na foto da capa. Esses veículos adaptados para o ca r n ava l , ge ra l m e nte e ra m caminhões e/ou trator com reboques, e eram projetados sonoramente pelo técnico em eletrônica Newton Monteiro, com iluminação com gerador próprio. Todo esse aparato desfilava pelas ruas de João Pessoa na década de 1940, muito antes dos grandes trios elétricos da Bahia. Antes disso, no entanto, Major Ciraulo já havia criado o primeiro bloco chamado E.T.L e F. (Estamos Todos Logrados e Falidos), ainda sem os veículos sonorizados, que animou os foliões da Capital paraibana em 1931. Todo esse resgate carnavalesco tem à frente o produtor cultural Eduardo Stuckert, que há anos vem dando visibilidade ao trabalho e à criatividade do Major Ciraulo, com o propósito de divulgar a cultura da Paraíba e desenvolver projetos que tornem esse fato conhecido nacionalmente, sendo que para isso precisamos de espaço específico para as grandes festas como o São João e o Carnaval. “A proposta é que seja criado um “foliódromo”, palco da foliada, que é o Projeto Major Ciraulo, com toda uma estrutura profissional no Extremo Oriental das Américas”, ressalta. Para se ter uma idéia , o bloco do Major Ciraulo animou os carnavais da cidade durante mais de trinta anos até a morte do seu criador, em 1963, aos 58 anos de idade. Além de muita irreverência o bloco E.T.L e F., tinha como característica uma linha crítica, de defesa aos pobres, através da exigência de melhorias de serviços essenciais para a população. Daí a importância do Major Ciraulo não só como carnavalesco, mas como um homem que se preocupou com o social e com os menos favorecidos.

o talk about and remember Joao Pessoa's pre-carnival is to recall memories and figures of one of the most enthusiastic of the popular festival in Paraíba: Major Ciraulo, who was of Italian descent. He was a lover of Paraíba and popular culture. It was he who, with his street blocks in the city of João Pessoa, started the first Mobile PA system in the city. It was actually the beginning of what would be later known as electric trios of Bahia. Major Ciraulo was the first person in João Pessoa to adapted a truck into a carnival float, by adding to it a band with amplifiers and speakers, as shown on the cover photo. These vehicles adapted just for the carnival, were usually trucks and / or tractor with trailer, and were also designed by electronics technician Newton Monteiro, with lighting from their own generator. This entire apparatus paraded through the streets of João Pessoa in the 1940s, long before the great electric trios of Bahia. Before that, however, Major Ciraulo had already created the first block called ETL and F. (Estamos Todos Logrados e Falidos), even without the adapted vehicles that encouraged the revelers in the Paraiba Capital in 1931. All this carnival recovery is headed by cultural producer Eduardo Stuckert, who for many years has been giving publicity to the work and creativity of Major Ciraulo, with the purpose of spreading the culture of Paraíba and developing projects that make this information understood nationally, and to promote the need for a specific space for large parties, such as St. John and Carnival. "The idea is to create a" foliódromo ", which would be a specific place for these type of events, named after Major Ciraulo, with a dedicated structure in the Eastern most part of the Americas" he says. To get a better understanding, Major Ciraulo's block encouraged the city carnivals for over thirty years until the death of its creator in 1963, at 58 years of age. As well as lots of irreverence ETL and F. block, was to feature a critical line of defense to the poor, by requiring essential service improvements for the population. Hence the importance of Major Ciraulo not only for carnival, but as a man who cared about social inclusion and the poor. Arquivo

Arquivo

T

Arquivo

F


Carnaval Tradição 2015 Manoel Martiliano

Manoel Martiliano

Carnival Tradition 2015

As Escolas de Samba dão um colorido especial ao desfile da Av. Duarte da Silveira, em João Pessoa

T

N

Manoel Martiliano

Dayse Euzébio

Alessandro Potter

ão poderia haver palavra melhor do que tradição para se fazer here could be no better word than traditional to reflect one of the referência a uma das mais autênticas manifestações populares da most authentic popular expressions of Paraíba than the parade of Paraíba: o desfile de tribos indígenas, blocos “a la ursa”, orquestras the indigenous tribes, the block "a la ursa", with frevo orchestras de frevo e escolas de samba em João Pessoa. Este é o “Carnaval Tradição”, and the samba schools of João Pessoa. This is the "Carnival Tradition" que completa 100 anos de existência em 2015, e realizou um desfile que which is celebrating its 100th anniversary in 2015 and held a parade that deve entrar para a história do carnaval paraibano. should go down in the history of the carnival in Paraiba. Uma mistura de ritmos, cores e alegorias faz com que a Av. Duarte da A mixture of rhythms, colors and allegories will make Av. Duarte da Silveira, no bairro da Torre, em João Pessoa, se transforme em uma Silveira, in the neighborhood of Torre in João Pessoa, becomes a real verdadeira passarela da cultura popular paraibana. Blocos e agremiações showpiece of Paraiba popular culture. Blocks and carnival groups passed carnavalescas passaram pela avenida through the avenue from the 14 to 17 of no período de 14 a 17 de fevereiro e February and presented their floats and apresentaram seus enredos (e mostrar) showed the public how authentic and ao público da forma mais autêntica da ingrained the culture is in traditional c u l t u ra e n c rava d a e m b a i r ro s neighborhoods, such as Róger, Torre, tradicionais como Róger, Torre, Mandacaru, Rangel and other location Mandacaru e Rangel, além de outras that will gradually join in and bring new localidades que, aos poucos, vão se color to the parade. integrando e dando um novo colorido One of the highlights of the show will ao desfile. be the presentations by the Um dos pontos altos do desfile são as indigenous tribes, where each tribe apresentações das tribos indígenas, onde will display a story on a podium in cada tribo faz uma encenação nas front of the DER building proximidades do palanque armado em (Departamento de Estradas de frente ao prédio do DER (Departamento Rodagem), where the judging panel de Estradas de Rodagem), local onde fica is located. Also in the same area, the a comissão julgadora. Também no samba schools will hold a special mesmo local, as escolas de samba fazem concert to show their potential. In um número especial para mostrar suas addition to this patchwork of art and potencialidades. Além de toda essa culture, the bear’s group and frevo miscelânea de arte e cultura, os blocos de orchestras will put on a special show ursos e as orquestras de frevo guardam to entertain the public and judges, a um momento especial para mostrar ao real party with healthy competition público e comissão julgadora, numa between various cultural groups. verdadeira festa e salutar disputa entre The Traditional Carnival is open to the várias frentes culturais. public and there is a whole structure set O Carnaval Tradição é aberto ao público up with stands so the population of João e há toda uma estrutura montada com Detalhe do desfile de tribos indígenas no Carnaval Tradição 2015 Pessoa city and visitors can follow the arquibancadas para que a população e The parade of indigenous tribes in the Traditional Carnival 2015 parades, which take place on the visitantes da cidade de João Pessoa Saturday and Sunday of Carnival, with the voting on Monday! The possam acompanhar os desfiles, que acontecem entre o sábado e o presentation of the champions will be on Tuesday. domingo de carnaval, tendo a apuração dos votos na segunda-feira e This year the Municipality of João Pessoa has been allocated funds from the apresentação das campeãs na Terça. Municipal Cultural Fund (FMC), their financial contribution was R$404,600 Este ano a Prefeitura Municipal de João Pessoa destinou, com recursos do for the 40 associations participating in the Carnival Tradition for 2015. Fundo Municipal de Cultura (FMC), um aporte financeiro de R$ 404,6 mil "This is a building measure for our Carnival Tradition, of the groups para as 40 agremiações que participarão do Carnaval Tradição 2015. involved and the people who support this important expression of our “Esta é uma medida de fortalecimento do nosso Carnaval Tradição, dos grupos way of living and latent culture," said the executive director of Funjope, envolvidos e das pessoas que sustentam essa importante via de manifestação da Maurício Burity. nossa cultura viva e latente”, destacou o diretor-executivo da Funjope, Maurício Burity.

Os Clubes de Orquestra também levam novas gerações para abrilhantar o desfile na avenida Orchestras entertain the younger generation and grace the parade on the avenue


Abertura Folia de Rua 2015 Fotos: Rodolfo Stuckert

Opening Party in the Streets 2015

O

Projeto Folia de Rua , que este ano teve o desfile de 42 blocos na prévia carnavalesca de João Pessoa, foi aberto no dia 5 de fevereiro, no Ponto de Cem Réis, tradicional praça de eventos do centro histórico de João Pessoa. A partir daí, a cidade não parou mais de seguir o ritmo dos blocos na via folia (avenida Epitácio Pessoa, em direção à praia de Tambaú) e em diversos bairros da Capital. Este ano, a abertura do Folia de Rua foi especial porque o evento prestou uma homenagem aos 100 anos do Carnaval Tradição e houve uma encenação com os atores Márcio Tadeu e Tardhely Lima, além de músicos e bailarinos que fizeram um “passeio” pela história do carnaval paraibano. O Folia de Rua surgiu a partir do crescimento do bloco “Muriçocas do Miramar”, que depois se desvinculou do projeto e seguiu de forma independente, mas deixou a semente para o que se tornaria uma das maiores festas populares da Paraíba. Conheça um pouco da história dos principais blocos que desfilam este ano no Projeto Folia de Rua.

T

his year the project Folia de Rua (party in the street), was a parade of 42 blocks in the pre-carnival of João Pessoa, which was opened on Thursday the 5, at Ponto de Cem Réis, the traditional square in the historic center of Joao Pessoa for such events. Since then, the city has not stopped dancing to the rhythm of the party along avenida Epitácio Pessoa towards the beach of Tambaú, traveling through several districts of the city. This year, the opening of the street party was special because the event paid tribute to 100 years of Carnival Tradition and there was an enactment with the actors Marcio Tadeu and Tardhely Lima, as well as musicians and dancers who did a "walk through" showing the history of the Paraiba carnival. The Folia de Rua emerged from the growth of the block "Muriçocas do Miramar", which eventually separated from the project to follow an independent path, but left the seed for what would become one of the most popular parties of Paraíba. Continue reading to find out some of the history of the main blocks that will parade this year in Folia de Rua.

PICOLÉ DE MANGA - Um dos blocos mais tradicionais da prévia carnavalesca de João Pessoa, o Picolé de Manga, arrastou uma multidão na última sexta-feira, 6, no corredor da folia, que vai do bairro de Miramar até a praia de Tambaú. O bloco foi puxado por Gracinha Telles, Ramon Schneider, Capilé e Gabriel Diniz. PICOLÉ DE MANGA - One of the most traditional groups of pre-carnival in João Pessoa, the Picolé de Manga pulled-in a large crowd on Friday 6, along "the road of revelry", which runs from the Miramar neighborhood to the beach of Tambaú. The block was joined by Gracinha Telles, Ramon Schneider, Capilé and Gabriel Diniz.

VIRGENS DE TAMBAÚ – Um grande desfile de fantasias luxuosas e também de “desajeitados” homens vestidos de mulher. Assim é o bloco “Virgens de Tambaú”, que leva multidões às praias de Tambaú e Cabo Branco, sempre no domingo que antecede o carnaval. VIRGENS DE TAMBAÚ: A grand parade of luxurious costumes as well as "drag" men dressed woman. The block “Virgens de Tambaú”, which traditionally leads crowds along Tambaú and Cabo Branco beaches, is always held on the Sunday before carnival.


A cantora Diana Miranda e o palhaço Pipi animam os pequenos foliões do bloco ‘‘Muriçoquinhas’’, acompanhados de pessoas fantasiadas, pais, crianças, palhaços e da multidão no corredor da folia The singer Diana Miranda and the clown Pipi liven up the younger party goers at the "Muriçoquinhas", accompanied by people in costume, parents, children, clowns and the crowd in the corridor of revelry

MURIÇOQUINHAS - Já o bloco “Muroçoquinhas” é a ala infantil do “Muriçocas” e se transformou no maior bloco para crianças das prévias carnavalescas do mundo. Crianças e pais se fantasiam para oferecer aos pequenos foliões o prazer de brincar o carnaval de rua. Este ano o “Muriçoquinhas” também presta homenagem a Ariano Suassuna. O bloco é puxado por Diana Miranda. MURIÇOQUINHAS: The block "Muroçoquinhas" is the children's section of the "Muriçocas do Miramar" and became the largest children's carnival block in the world. Children and parents dress up to offer younger revelers a happy street carnival for them to enjoy safely. This year "Muriçoquinhas" pays tribute to Ariano Suassuna. The block is lead by Diana Miranda.

Os cantores Mestre Fuba e Jairo Madruga, ao lado do secretário de Turismo de João Pessoa, Bruno Farias, no “Acorde Miramar”, que já se transformou numa tradição às vésperas do bloco “Muriçocas”. Singers Mestre Fuba and Jairo Madruga, next to the Tourism Secretary of João Pessoa Bruno Farias, the "Acorde Miramar", who has already become a tradition on the the eve of the “Muriçocas”

ACORDE MIRAMAR - O arrasto do ‘‘Acorde Miramar’’ faz um passeio pelas principais ruas do bairro, tirando os moradores da cama para anunciar a chegada da famosa ‘‘Quarta Feira de Fogo’’, em que acontece o desfile das ‘‘muriçocas do Miramar’’. ACORDE MIRAMAR - "Acorde Miramar" is a trip through the main streets of the neighborhood, calling all the residents and announcing the arrival of the famous "Quartafeira de Fogo", which occurs during the parade of the "Muriçocas do Miramar"

O humorista Cristóvão Tadeu, que se caracterizou como Ariano Suassuna, ao lado do Mestre Fuba e Palhaço Pipi. Na sequência, as cantoras Mayara e Karol dão entrevista à imprensa, Alceu Valença e Lucy Alves nos Trios Elétricos e, ao final, o cantor Liss Albuquerque recebe a cantora Raiane Stephany em outro trio das Muriçocas The comedian Cristóvão Tadeu, who plays the character Ariano Suassuna, next to the Mestre Fuba and laughing Pipi. Following, the singers Mayara and Karol give a press conference, Alceu Valenca and Lucy Alves from the Trios Elétricos and at the end, the singer Liss Albuquerque meets the singer Raiane Stephany in another trio at Muriçocas

MURIÇOCAS DO MIRAMAR – O bloco “Muriçocas do Miramar” deu o pontapé inicial para o que hoje chamamos de “Folia de Rua”, mas há alguns anos se desligou do projeto e seguiu de forma independente. Este ano as “Muriçocas” prestam homenagem ao escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna. As “Muriçocas” surgiram a partir de uma bricandeira entre amigos artistas no bairro do Miramar nos anos 80. Como não havia carnaval de rua em João Pessoa e era comum as pessoas viajarem na quinta-feira para outras cidades, o grupo saiu às ruas do Miramar na Quarta-feira que antecede o carnaval e a denominou de “Quarta-feira de Fogo” em referência à tradicional Quarta-feira de Cinzas. Estava dado o pontapé inicial do que seria a maior prévia carnavalesca do mundo, já que outros blocos famosos pelo Brasil desfilam durante o carnaval e não na semana anterior como acontece em João Pessoa com o Projeto Folia de Rua. MURIÇOCAS DO MIRAMAR - The block "Muriçocas do Miramar" previously kicked off what we now call "Folia de Rua", but a few years ago it left the project and followed an independent path. This year the "Muriçocas do Miramar" pay homage to the writer and playwright from Paraiba, Ariano Suassuna. The "Muriçocas" emerged from a joke between artists and friends in the Miramar neighborhood in the 80's. As there was no street carnival in João Pessoa, it was common for people to travel on Thursday to other cities, the group took to the streets of Miramar on the Wednesday before Carnival and called it “Quarta- feira de Fogo” (Wednesday of Fire) a reference to the traditional Ash Wednesday. It was the start of what would become the biggest pre-carnival in the world, as other famous blocks in Brazil parade during Carnival and not the week before as in João Pessoa with Folia de Rua.

O prefeito em exercício, Nonato Bandeira, e um grupo de foliões vestidos de ¨Cafuçu¨, entre eles a multimídia Ednamay Cirilo,no desfile do bloco mais irreverente do Folia de Rua. Na sequência, a madrinha do bloco, ¨Corrinha¨,com foliões The acting mayor, Nonato Bandeira,and a group of revelers dressed as ¨Cafuçu¨, including multimedia. Ednamay Cirilo, the most irreverent parade of the Street parties. Following,the godmother of the block,¨Corrinha¨ with revelers

CAFUÇU - O bloco “Cafuçu” é um dos poucos que mantém a tradição de fazer o seu desfile no Centro Histórico de João Pessoa, com a proposta de dar visibilidade àquela área da cidade e sua importância cultural. Formado em sua maioria por artistas, o bloco caiu no gosto popular por ser irreverente e trazer para as ruas a figura do “cafuçu”. O bloco não utiliza trios nem carros de som. Todos os foliões são acompanhados por bandas de frevo que seguem no chão tocando os frevos tradicionais e músicas consideradas “bregas”. CAFUÇU - The block "Cafuçu" is one of the few that keeps the tradition of holding its parade in João Pessoas Historic Center, with the intention of giving visibility to that area of the city and showing its cultural importance. Formed mostly by artists, the block became popular for being irreverent and bringing to the streets the culture of "cafuçu". The block does not use Carnival floats or sound systems. All party goers are accompanied by frevo bands that perform in the streets playing traditional frevo music. Cafuçu means "tacky", "gaudy" or "garish".


Turismo, beleza e aventura

Gilberto Stuckert

Tourism, beauty e adventure

F

rom sunrise to sunset, João Pessoa is a city whose beauty is unquestionable. At dawn, the Paraiba Capital receives the first rays of the sun from the East, that is because Ponta do Seixas, located next to the beach of the same name, is considered the easternmost point of the Americas, it is said that João Pessoa is the city where the sun rises first. Known as the place "where the sun rises first" it is a privilege for visitors to John Person. On the sand, rustic bars and the Cabo Branco wall; above is a lighthouse that serves as a tourist attraction and marks the "easternmost point." There, you can find craft stalls, have a delicious coconut water and watch the blue sea that delights and fills the eyes with natural beauty. Not only is it the sunrise that provides rare beauty in João Pessoa. Another corner to behold is the Capitals Historical Center, especially the view from the old Hotel Globo across the River Sanhauá, where the city was born. The Sanhauá River is the river that runs through the towns of Bayeux and João Pessoa. One of the main tributaries of the river Paraíba, close to its estuary bordered by historic houses and the steeples of dozens of churches - Joao Pessoa, the capital of Paraiba , was established in the sixteenth century. By late afternoon, the view from the river Sanhauá becomes even more beautiful by the appearance caused by twilight, forming a beautiful landscape in the historic city center. To complete the "sun route" in João Pessoa is the traditional sunset at praia do Jacaré,this is actually in the municipality of Cabedelo but is part of the metropolitan area of the capital. Besides the natural beauty of the place, tourists will find something unusual there: the sun goes down to the sound of Ravel's Bolero played live by Jurandy on his saxophone. Whats interesting is that the musician performs Bolero whilst in a canoe in the middle of the river Paraíba, it is timed so that the sun descends over the horizon with the end of the bolero. This now traditional scene at Sunset on praia do Jacaré attracts more and more tourists each summer season in Paraíba. Gustavo Moura

D

o nascer ao pôr do sol, João Pessoa é uma terra cuja beleza é inquestionável. Logo ao amanhecer, a Capital paraibana recebe os primeiros raios do sol do ocidente, isso porque a Ponta do Seixas, localizada na praia de mesmo nome, é considerada o Ponto Mais Oriental das Américas, daí dizer-se que João Pessoa é a cidade onde o sol nasce primeiro. Conhecer o local “onde o sol nasce primeiro” é um privilégio de quem visita João Pessoa. Na areia, barracas rústicas e a barreira do Cabo Branco; no alto, um farol que serve de ponto turístico e marco do “ponto mais oriental”. Lá, é possível encontrar barracas de artesanato, tomar uma deliciosa água de coco e observar o azul do mar que encanta e enche os olhos com uma beleza incomum. Não é apenas o nascer do sol que proporciona rara beleza em João Pessoa. Outro recanto de encher os olhos é o Centro Histórico da Capital, sobretudo a vista do antigo Hotel Globo para o Rio Sanhauá, local onde a cidade nasceu. O Rio Sanhauá é um rio que banha os municípios de Bayeux e João Pessoa. Um dos principais afluentes do rio Paraíba, foi em sua foz – margeada pelo casario histórico e pelos campanários de dezenas de igrejas – que João Pessoa, a capital paraibana, nasceu, no século XVI. Ao final da tarde, a vista do Rio Sanhauá se torna ainda mais bonita pelo aspecto causado pelo crepúsculo, formando uma bela paisagem no Centro Histórico da cidade. Para completar a “rota do sol” em João Pessoa o tradicional pôr do Sol da praia do Jacaré que, na verdade, fica no município de Cabedelo e faz parte da região metropolitana da Capital. Além da beleza natural do lugar, os turistas encontram algo inusitado: o sol se põe ao som do Bolero de Ravel tocado ao vivo pelo saxofonista Jurandy do Sax. O detalhe é que o músico executa o Bolero dentro de uma canoa em pleno Rio Paraíba e a última imagem do sol se pondo coincido com o término do bolero. Esta cena já tradicional no Pôr do Sol do Jacaré e atrai cada vez mais turistas a cada temporada de verão na Paraíba.


Turismo, beleza e aventura

Alcides Falanghe

Tourism, beauty e adventure

Alcides Falanghe In the same area of the coast is possible to see the Janyerie shipwreck also known as “Queimado” (Burnt), which sank in 1873 also off the coast at Bessa

I

ncreasingly adventure tourism wins new converts and has established itself as an entertainment option in several Brazilian cities. Each has its own peculiarity, they can often take the tourist by surprise. In João Pessoa, a city overlooking the Atlantic Ocean, several sunken vessels along the coast, delivering moments of great curiosity and beauty. Recreational divers from around the world seeking wonderful beaches and crystal clear water are taken advantage of the tourism opportunities in a place where shipwrecks have remained undisturbed for more than a century. The "Alvarenga" ship has attracted many divers and also attacks sharks (diving with sharks). The most frequent species is the lambaru (nurse shark). It is a type of vessel that served to transport supplies for larger ships and sank six miles from the beach at Bessa, 20 meters deep. The "Alvarenga" remains whole, measuring 20 meters long and 5 meters wide. Another wreck off the Paraíba coast is the "Janyerie", an American steamship weighing 2000 tons. It left Rio de Janeiro with 24,900 bags of coffee heading for the United States. On January 2, 1873, at 2am it caught fire and sank (hence known locally as “Queimado” (Burnt). Today it is 17 meters deep, five miles from the tip of Bessa. There is also a ship called "Alice" which offers adventure for divers and tourists alike, it was a Brazilian steamer which was built in 1866 and measured 53 meters long by 6.6 wide. Little is known about his wreck. Divers can visit the sunken vessels off the Paraíba coast at any time of year. More information for divers and organized tours can be found at the João Pessoa Prefecture web site: www.joaopessoa.pb.gov.br Alcides Falanghe

C

ada vez mais o turismo de aventura ganha novos adeptos e se consolida como uma opção de entretenimento em várias cidades brasileiras. Cada uma com sua peculiaridade, elas oferecem aquilo que pode levar o turista a se surpreender. Em João Pessoa, cidade banhada pelo Oceano Atlântico, vários navios afundados ao longo da costa, proporcionam momentos de muita curiosidade e beleza. Mergulhadores recreativos de todo o mundo procuram as praias quentes e cristalinas do litoral paraibano e levam cada vez mais turistas ao local aonde navios permanecem afundados há mais de um século. O navio “Alvarenga” tem atraído muitos mergulhadores por ter se tornado um shark diver (mergulho com tubarões). A espécie mais encontrada é o lambaru (cação lixa). É um tipo de embarcação que servia para tansportar suprimentos para os navios e naufragou a 6 milhas da ponta do Bessa, a 20 metros de profundidade. O “Alvarenga” permanece inteiro, medindo 20 metros de comprimento por 5 metros de boca. Outro navio naufragado na costa paraibana é o “Janyerie”, um vapor americano de 2 mil toneladas. Havia saído do Rio de Janeiro com 24.900 sacas de café com destino aos Estados Unidos. No dia 02 de janeiro de 1873, às 2h da madrugada, pegou fogo e afundou (por isso ficou conhecido por "Queimado"). Hoje encontra-se a 17 metros de profundidade, a cinco milhas da ponta do Bessa. Já o navio “Alice”, também oferecido como opção de visitação para mergulhadores e turistas, é um vapor brasileiro que foi construído em 1866 e media 53 metros de comprimento por 6,6 de boca. Pouco se sabe a respeito do seu naufrágio. Os mergulhos e visitas aos navios afundados na costa paraibana acontece a qualquer época do ano. Mais informações sobre mergulhadores e como realizar o passeio podem ser encontradas na página da prefeitura de João Pessoa na internet: www.joaopessoa.pb.gov.br


Autódromo Internacional da Paraíba International Racetrack of Paraíba Paraíba ganha Autódromo Internacional Paraiba gains International Autodrome

A

A

realização de um sonho! É assim que o empresário apaixonado por automobilismo, Fernando Monteiro, pode descrever o início de atividades no Autódromo Internacional da Paraíba, com três tipos de circuito. Com isso, a Paraíba passa a receber corridas da Fórmula Truck, da StockCar e outras, mas o maior objetivo de Fernando Monteiro é trazer para a Paraíba, no futuro, uma prova da Fórmula Indy. O autódromo está localizado em uma área de 100 hectares na Rodovia PB082, Km 3, no município de São Miguel de Taipu, a 30 minutos de João Pessoa, e teve uma espécie de préestreia no dia 24 de janeiro de 2016. O primeiro evento do Autódromo Internacional da Paraíba reuniu mais de 3 mil pessoas, o que já é um termômetro para o impulso que o turismo e a economia vão tomar naquela região quando o equipamento estiver em pleno funcionamento. “Esse evento foi apenas um teste para o que pretendemos realizar no Autódromo Internacional da Paraíba. Fizemos uma espécie de pré-estreia e nos surpreendemos com a quantidade de pessoas que participaram. A primeira corrida teve mais de 115 pilotos com inscrições efetivadas e um público de mais de 3 mil pessoas. Temos plena convicção de que as atividades do Autódromo vão atrair a atenção de paraibanos e turistas para a região de São Miguel de Taipu e esperamos que o Poder Público venha a oferecer as condições de acesso com o asfaltamento da PB-082, já que muitos motoristas tiveram que voltar por conta das condições da estrada, que ainda é de barro”, ressaltou o empresário Fernando Monteiro. Grande estrutura para eventos O Autódromo Internacional da Paraíba é um dos maiores equipamentos para receber eventos de grande porte na Paraíba. Segundo o proprietário do equipamento, a área de 100 hectares com três circuitos distintos, sendo um com 3.437 metros, outro com 2.565 metros e mais um com 3.024 metros. Além disso foram construídos 30 boxes de 80 metros quadrados cada um com altura adequada para receber os caminhões da Fórmula Truck. “Isso significa que temos o único autódromo do Brasil com capacidade para receber dignamente a Fórmula Truck, já que outros circuitos não dispõem de espaço adequado para abrigar os caminhões que, geralmente, ficam a céu aberto. Com os boxes com 'pé direito' alto todos os caminhões que vão participar do evento ficam guardados em área coberta”, explicou o empresário. O Autódromo Internacional da Paraíba conta ainda com um heliponto, sistema autônomo de abastecimento de água, centro médico, pousada com 10 suítes, área de lazer com restaurante e lanchonetes, ampla bateria de sanitários com acesso para cadeirantes, oficina, além da construção do Memorial Automobilístico, Museu do Automóvel e uma área reservada para Exposição de Carros Antigos.

dream come true! This is how the entrepreneur in love with automobilism, Fernando Monteiro, the beginning of the International Autodrome of Paraiba activities, with three types of circuit. Therefore, Paraíba starts to receive races from Formula Truck, StockCar and others, but his ultimate goal, is to bring the great international circuit of Formula Indy to Paraiba soon. The race track is located in an area of 100 hectares on Highway PB-082, Km 3, in São Miguel de Taipu city, less than an hour from Joao Pessoa, and had a kind of pre-debut on January 24, 2016. The first International Paraíba Autodrome event took more than 3000 people to São Miguel de Taipu and filled the parking for 6000 vehicles and 100 buses, which is already an indicative for the boost to the tourism and the economy that will take in the area when the equipment gets in full operation. "This event was only a test for what we want to achieve at the International Autodrome of Paraiba. We sort of a preview and we were surprised with the amount of people who attended. The first race had over 115 drivers with effect entries and an audience of over 3000 people. We are fully convinced that the Race Course activities will attract the attention of Paraíba and tourists to the region of São Miguel de Taipu and we hope that the Government will provide the conditions to the access with the paving of PB-082, as many drivers had to return due to the road conditions because they are still dirt roads, "said the businessman Fernando Monteiro. Great Structure for events The International Autodrome of Paraiba is one of the largest equipment to receive big events in Paraiba. According to the owner of the equipment, the area of 100 hectares will contain roads to the perfomance of three separated circuits , one with 3.024 meters , the second with 2.565 meters and the last one with 3.437 meters . Also, it were built 30 boxes of 80 square meters each with adequate high to receive the trucks from Formula Truck. "That means we have the only race track in Brazil with the capacity for Formula Truck, as other circuits do not have adequate space to lodge the trucks that usually are uncovered. With the boxes with high ceilings all the trucks that will participate in the event are stored in a covered area", said the businessman. The International Autodrome of Paraiba also has a helipad, autonomous system of water supply, medical center, hotels with 10 suites, leisure area with restaurant and snack bars, large set of toilets with wheelchair access, workshop and the construction of the Memorial Automobile, the Automobile Museum and a special area for the Old Car Show. Investment

Investimento Para realizar o sonho de construir um autódromo de categoria internacional na Paraíba, o empresário Fernando Monteiro investiu mais de R$ 20 milhões ao longo de mais de 10 anos. A área foi adquirida no ano de 2005 e a construção começou em 2006, mas as obras foram interrompidas por questões de descumprimento de contratos pela primeira empreiteira contratada. Mesmo assim Fernando não desistiu do seu sonho e decidiu continuar a obra contratando outra construtora. “Ficamos esperando vários anos por uma decisão judicial com o canteiro de obras parado. O caso ainda está na Justiça, mas não fomos impedidos de continuar. Hoje não temos ainda o autódromo

To fulfill the dream of building a world-class race track in Paraiba, businessman Fernando Monteiro has invested more than R $ 20 million over more than 10 years. The area was acquired in 2005 and construction began in 2006, but the work were interrupted by noncompliance issues of contracts by the construction company. Even so, Fernando has not given up his dream and decided to continue the work hiring another construction company. "We waited several years for a court decision and at the same time the construction was stopped. The case is still in court, but we were not prevented from continuing it. Today we do not have the race track completely finished,


Autódromo Internacional da Paraíba Rodolfo Stuckert

International Racetrack of Paraíba

O Senador José Maranhão com o empresário Fernando Monteiro na inauguração do heliponto O Senador José Maranhão com o empresário Fernando Monteiro na inauguração do heliponto

but we can already receive large events, as we did on the 24th of January, NE drag racing. With that, we are capitalizing on the project and our goal is to complete the work this year 2016, "said Fernando Monteiro. Rodolfo Stuckert

totalmente concluído, mas já podemos receber eventos de grande porte, como o que realizamos no dia 24 de janeiro, o NE Drag Racing, competição de arrancada. Com isso, estamos capitalizando o empreendimento e nosso objetivo é concluir a obra ainda neste ano de 2016”, disse Fernando Monteiro.

History

Rodolfo Stuckert

Fernando Monteiro is passionate about motorsport. His history with the race cars started in 1960 when he Fernando Monteiro é um apaixonado began his career and won several pelo automobilismo. Sua história competitions in João Pessoa, like the com a corrida de carros começou em Corrida da Lagoa (Race Pond) in 1960, quando iniciou carreira e 1963. It was the entrepreneur who venceu várias provas realizadas em brought the first kart to the Northeast João Pessoa, como a Corrida da of Brazil. Lagoa, em 1963. Foi o empresário In 1968 he signed up for a quem trouxe o primeiro Kart para o competition in Recife and since he Nordeste. had no sponsorship, he fabricated his Em 1968 se inscreveu em uma own racing car, which had numbered competição em Recife e, como não 28, surprising the event organizers tinha patrocínio, fabricou seu próprio and the competitors. "The car was carro de corrida, que tinha a superior to those who were at the numeração 28, surpreendendo a Heliponto “José Targino Maranhão”, localizado no Autódromo Internacional da Paraíba track, so I was prevented from organização do evento e os outros Heliponto “José Targino Maranhão”, localizado no Autódromo Internacional da Paraíba running. I spent five months building competidores. “O carro era superior the car and concludes only missing aos que estavam inscritos e, por isso, three days to the race ", he recalls. fui impedido de correr. Passei cinco The first race track of Joao Pessoa meses construindo o carro e só was also built by Fernando. In 1971 conclui faltando três dias para a he bought a large area in the Cabo prova”, lembra. Branco Altiplano, where today O primeiro autódromo de João operate two luxury condominiums. It Pessoa também foi construído por was in that place still difficult to Fernando. Em 1971 ele comprou access that he opened on September uma grande área no Altiplano Cabo 23, 1973 the 1st Karting North / Branco, onde hoje funcionam dois Northeast. condomínios de luxo. Foi naquele Renowned professionals such as local ainda de difícil acesso que ele Valdeno Brito, they raced for the first inaugurou em 23 de setembro de time in the old race track of the 1973 o 1º Kartódromo do Altiplano. The events took place over Norte/Nordeste. seven seasons, but in the 80s had to Profissionais de renome, como be interrupted due to lack of Valdeno Brito, correram pela primeira sponsorship. vez no antigo Kartódromo do Helicóptero realizando manobra de decolagem na inauguração do Heliponto "The property speculation ended the Altiplano. Os eventos aconteceram Helicóptero realizando manobra de decolagem na inauguração do Heliponto race track," says the businessman, who decided to sell the area in 2005, the durante sete temporadas, mas na década de 90 foram interrompidos. same year that he acquired the current area São Miguel de Taipu, about 60 Lembra o empresário, que decidiu vender a área no ano de 2005, mesmo kilometers from João Pessoa. "Now we are all set for new competitions and ano em que adquiriu a área atual no município de São Miguel de Taipu, a our autodrome is world-class. We will hold monthly races in liberal cerca de 35 quilômetros de João Pessoa. “ Vamos realizar corridas mensais professional category and every three months will be perfomed a great na categoria profissional liberal e a cada três meses será realizado um grande national or international event in Paraiba", he concluded. evento nacional ou internacional na Paraíba”, concluiu. História


Gustavo Moura

Gustavo Moura

Gustavo Moura

Gustavo Moura

N1


Gustavo Moura

Eduardo Stuckert

Dirceu Tortorelo

Dirceu Tortorelo


Divulgação

Divulgação

Belém do Brejo do cruz 400 km

Catolé do Rocha 428 km

Uiraúna Vieirópolis

473 km

R

Brejo do Cruz 382 km Brejo dos Santos 439 km Bom Sucesso São Bento 447 km Paulista 376 km 393 km Lagoa

460 km

426 km

São João Brejo das Freiras do Rio do 498 km Peixe 493 km

Sousa

475 km

Design Gráfico: Rodolfo Stuckert - Direitos autorais reservados

Aparecida 412 km

434 km

Cajazeiras

Pombal

São Gonçalo

373 km

450 km

São Mamede

Açude de São Gonçalo

284 km

Coremas

Açude Eng.Àvidos

392 km

São José de Piranhas

Parque Cruz da Menina

Serra do Melado

Santa Luzia 263 km

Patos 305 km

S.José do Bomfim

Açude de Coremas

464 km

Gurjão

320 km

Itaporanga

Bonito de Sta. Fé

305 km

Piancó

408 km

379 km

São João do Cariri

Pico do jabre

215 km

Maturéia

494 km

Diamante 437 km

435 km

Pedra branca 429 km

Santana dos Garrotes 319 km Nova Olinda

Serra Branca

409 km

Fazenda Almas

424 km 445 km

Conceição

Manaíra

466 km

234 km

C

Prata

401 km

312 km

Sumé

486 km

267 km

Princesa Isabel 410 km

Monteiro 298 km

Main roads into and out of Joao Pessoa

Aeroporto Airport

Vale dos Dinossauros Dinosaur Valley and other main routes including unmade roads

Estação termal Brejo das Freiras Hot springs “Brejo das Freiras”

para o destino desejado Note: Joao Pessoa is the starting point for all destinations and distances

218 km

252 km

Turismo Religioso Religious Tour

Hotel Fazenda Farm Hotel

Camalaú 282 km

367 Km

Lagedo de Pai Mateus The holy site of Father Matthew

Festa do Bode-Rei Cabaceiras Feast of the King Goat Cabaceiras

Rapel e turismo de aventura Abseiling and adventure tourism

Casa do Popular

House o 84 Artist – J

Mercado Artesana

Handyc 101 Joao Pe


Gustavo Moura

Divulgação Araruna

Picui

155 km

231 km

Padre Ibiapina

Barra de Santa Rosa 176 km

142 km

Belém

144 km

Areia Remígio 126 km Esperança 142 km

159 km

Alagoa Nova 138 km

190 km

T1

79 km

54 km

Bananeiras

Solânea

Arara

179 km

Rio Tinto

120 km

145 km

Pocinhos

101 km Barra

Caiçara

Cacimba de Dentro

Pedra Lavrada

Barra Guaju de Camaratuba Rio de Camaratuba Praia do Forte

Mataraca 94 km

151 km

Pedra da Boca

207 km

Soledade

Campo de Santana

165 km

Cuité

221 km

133 km Cachoeira do Roncador

Mamanguape

Barra de Mamanguape Projeto Peixe Boi Praia de Campina Rio Miriri

47 km

Pirpirituba Serraria 112 km Araçagi 137 km 91 km Guarabira Frei Pilões Damião 103 km Cruz do 135 km Espirito lho Ve Poço Escuro Mari Santo rte o F 75 km Jacaré 27 km Alagoa Grande Bayeux Sapé Sta. Rita Cajá 111 km

19 km

João Pessoa

10 km

65 km 12 km

56 km

Lucena Cabedelo

49 km km 0

Picãozinho Ponta do Seixas

Massaranduba 142 km

Boa Vista 156 km

Campina Grande

Ingá

122 km

Lajedo de Pai Mateus

Queimadas

Galante

147 km

119 km

Fagundes Boqueirão

Cabaceiras

Pilar

97 km Itacoatiaras do Ingá

64 km

60 km

Conde

Itabaiana 79 km

20 km

Juripiranga 70 km

126 km

165 km

194 km

Praia da Penha Barra de Gramame

S.Miguel de taipu

Pedra de Fogo 67 km

26 km

Jacumã

Carapibus Coqueirinho 39 km

Coxixola

Açude de Boqueirão

Praia Bela

259 km

Congo

Barra de São Miguel

263 km

219 km

o Artista - João Pessoa

of the Popular Joao Pessoa

o de ato - João Pessoa

craft Market essoa

51 km Pitimbú

Patrimônio histórico-cultural

Cachoeira do Roncador Bananeiras

Historical buildings of cultural interest

Roncador Waterfall

Caminhos do Frio Rota Cultural

Campo de Golfe Bananeiras

Cultural journey Cave paintings

Festas tradicionais de São João e São Pedro

Engenho Antigo Old Sugar Mill

Golf Course

Farol do Cabo Branco

Cabo Branco 01 Lighthouse

Estação Ciência 02

Inscrições rupestres

Surf

Surf

Reserva Peixe Boi - Marinho

Ecoturismo e turismo de aventura em áreas de matas Eco-tourism and adventure tourism in the wilderness

Science Centre

Kitesurf Kitesurfing

131

Manatee Reserve

Tambaba Praia de Naturismo Tambaba naturist beach

Mergulho Diving

Naufrágios Shipwrecks


Revista Mapa Guia PB  

Mapa Guia PB

Revista Mapa Guia PB  

Mapa Guia PB

Advertisement