Page 1

I

Vestibanet – O Site do Vestibulando http://www.zump.com/vestibanet/ NOÇÕES ELEMENTARES DE VERSIFICAÇÃO Versificação é, pois, a arte ou técnica de escrever em forma de versos. Pode ser também o estudo dos recursos que constituem o poema. O verso O verso é cada linha poética, comum número determinado de sílabas e harmoniosa movimentação entre as sílabas átonas e tônicas. Os versos podem ser classificados em tradicionais ou livres . Quando eles possuem o mesmo número de sílabas e quando o espaço entre as sílabas tônicas ocorre no mesmo ritmo ou mesmo freqüência, dizemos que os versos são tradicionais. E são livres quando um verso , em comparação com o anterior, não possui o mesmo número de sílabas tônicas ou não tem regularidade. A estrofe Estrofe ou estância é o conjunto de versos de um poema e, conforme o número de versos que a estrofe agrupa, ela recebe denominações especiais. Monóstico: Estrofe de um verso. Dístico: Estrofe de dois versos. Terceto: Estrofe de três versos. Quadra ou quarteto: Estrofe de quatro versos. Quintilha: Estrofe de cinco versos. Sextilha: Estrofe de seis versos. Sétima: Estrofe de sete versos. Oitava: Estrofe de oito versos. Nona: Estrofe de nove versos. Décima: Estrofe de dez versos. As estrofes podem ser simples ou compostas. As que contém versos de uma só medida são chamadas de simples. As compostas são as que associam versos maiores a versos menores Poemas de forma fixa Balada: composto por três oitavas ou três décimas, seguidas de quadras ou quintilhas. Haicai: Composto de três versos sendo o primeiro e o último pentassílabo e o segundo heptassílabo. Rondó: Formado de três estrofes: uma quintilha, um terceto e outra quintilha , com estribilho constante. Sextilha: Composição de três sextilhas e um terceto, apresenta versos decassílabos. Vilancete: Composto por um terceto e duas oitavas. I


II

Soneto: Poema com 14 versos, sendo dois quartetos e dois tercetos, que apresenta versos decassílabos ou alexandrinos. O metro No poética tradicional, há doze tipos de versos, de acordo com o número de sílabas poéticas que o verso possui: monossílabos, dissílabos, trissílabos, tetrassílabos, pentassílabos, hexassílabos, heptassílabos, octossílabos, eneassílabos, decassílabos, hendecassílabos e dodecassílabos. O ritmo O ritmo de uma poesia é estabelecido pela regularidade na sucessão de sílabas átonas e tônicas. É o ritmo que determina a melodia fundamental e indispensável na estrutura de um verso ou poema. A rima Ë a semelhança de sons entre as palavras que se localizam no fim ou no meio de versos diferentes. Quanto a qualidade , as rimas podem classificar-se em : Pobres: Rimas formadas com palavras da mesma classe gramatical. Ricas: Rimas formadas com classes gramaticais diferentes. Raras: Formadas entre palavras para as quais há poucas rimas. Preciosas: São rimas obtidas de forma artificial, construídas com palavras combinadas. Quanto a disposição Encadeadas: Rimas em fim de verso com o interior do verso seguinte. Cruzadas ou alternadas: Apresentam-se em versos alternados. (ABAB) Intercaladas, interpoladas ou opostas: Rimam os versos extremos de uma estrofe. (ABBA) Emparelhadas: Sucedem-se duas a duas, ou seja, rimam os versos que se sucedem. (AABB) LITERATURA A Literatura é a arte da palavra, é um instrumento de comunicação que têm o papel social de transmitir os conhecimentos e a cultura de uma sociedade, não têm compromissos com a realidade, é uma supra-realidade é como uma ficção mas que trabalha com a conotação. Prosa, Poema e Poesia Poesia - É o estado emotivo ou lírico do poeta, no momento da criação do poema. Composição de pouca extensão. Escrita em versos Poema - Composição poética de certa extensão e geralmente de assunto épico . Prosa - É um discurso contínuo não fragmentado, organizado em períodos ou parágrafos, ao contrário que se dá com o verso que volta quando completa.

II


III

Os Gêneros Literários Gênero Lírico - É certo tipo de texto no qual o eu lírico exprime suas emoções, idéias e impressões em face do mundo exterior. Normalmente os pronomes estão em 1° pessoa e a predomínio da função emotiva da linguagem. Gênero Épico - Nesse gênero há presença de um narrador que fundamentalmente conta a história passada de terceiros. Isso explica distanciamento do autor e o assunto tratado, coisa que não ocorre no gênero lírico. São geralmente longos e narram a histórias de um povo ou de nações, normalmente valoriza seus heróis e seus feitos. Gênero dramático - Trata-se do texto escrito para ser encenado no teatro. Nesse tipo de texto, não há um narrador contando a história, todo o texto se desenrola a partir de diálogos, obrigando a uma seqüência rigorosa nas cenas e de suas relações de causa e conseqüência. Funções de linguagem Função emotiva ( ou expressiva) - Ocorre quando o emissor é colocado em destaque, há presença da 1° pessoa. O ponto de exclamações e as interjeições são comuns nesse tipo de função Função conativa ( ou apelativa) - Ocorre quando o receptor é posto em destaque. É comum na função conativa da linguagem, o emprego de verbos no imperativo e verbos na 2° e na 3° pessoas (neste caso em concordância com o pronome você). Os melhores exemplos são os textos de publicidade. Função referencial - Ocorre quando o referente é posto em destaque. O objetivo do emissor é simplesmente o de informar o seu receptor, com o máximo de clareza, são dotados de objetividade, os melhores exemplos são os textos jornalísticos e científicos. Função metalingüística - Ocorre quando o código é posto em destaque, os melhores exemplos é quando um programa de TV, trata de debater o papel da televisão, ou quando vemos um filme que trata do cinema. Função fática Ocorre quando o canal é posto em destaque . O exemplo da função fática da linguagem são os cumprimentos diários ( Bom dia) ou as primeiras palavras da aula ( sentem-se). Denotação e conotação Denotação

Conotação

Palavra com significação restrita

Palavra com significação ampla

Palavra com sentido comum do

Palavra cujos extrapolam o sentido

dicionário

sentidos

comum Palavra utilizada de modo objetivo

Palavra utilizada artístico

linguagem exata e precisa

linguagem rica e expressiva

III

de

modo


IV

Linguagem literária e referencial Linguagem literária

Linguagem referencial

Linguagem pessoal

Linguagem impessoal, científica

Linguagem figurada, rica em significados, Linguagem objetiva, denotativa conotativa Linguagem contaminada emocionalmente Linguagem raciona, informativa pelos sentimentos de seu emissor Função poética da linguagem

Função linguagem

referencial

de

CRASE Usa-se Crase - Antes de nomes femininos que admitam o artigo feminino "a" e a preposição "a". - Antes de nomes femininos que exerçam a função de objeto indireto. - Antes de nomes femininos que exerçam a função de complemento nominal. - Nas locuções prepositivas , quando ocorre a devida concordância do artigo feminino com as palavras: porta e aula. - Antes da palavra " senhora " e seu diminutivo ; bem como antes da palavra " dona ". - Nas locuções adverbiais, quando constituídas de palavras femininas. - Antes do pronome relativo " qual ", estando este em lugar de um nome feminino. - Antes de nomes femininos ou masculinos contanto que se oculte a palavra moda, maneira ou estilo. - Antes de nomes de países , regiões continentes, cidades, vilas acidentes geográficos, quando admitem artigo feminino, ou quando especificados ou determinados por adjetivo ou complemento. - Antes da palavra " casa ", quando usada no sentido de loja, entidade, hospital, ou no sentido de residência especificada. - Antes de nomes próprios femininos, certo grau de intimidade. - No pronome demonstrativo " aquele "é suas flexões bem como no "a", quando equivale a um pronome. - Antes de numerais com exceção de "uma". Não se usa Crase - Antes de nomes do gênero masculino. - Antes de palavras femininas que não são regidas pela preposição "a", embora aceitem o artigo "a". - Antes de verbos na forma nominal do infinitivo. O infinitivo de um verbo é considerado do gênero masculino. IV


V

- Antes dos pronomes ou artigos indefinidos. - Antes de nomes que exerçam a função de sujeito. -Antes de nomes que exerçam a função de objeto direto. - Antes de locuções prepositivas se não ocorrer a concordância do artigo com a palavra seguinte. - Antes de expressões de tratamento. - Nas locuções adverbiais se constituídas de palavras masculinas. - Nas locuções adverbias se essas possuírem uma preposição entre as palavras. - Antes de pronomes relativos ( com exceção do pronome "no qual "). - Antes dos pronomes pessoais - Antes da palavra "terra" no sentido de "chão duro".

Vestibanet – O Site do Vestibulando http://www.zump.com/vestibanet/

V

Curso de Português Parte 2  

Com pouco de sua atenção você vai conseguiré só um pouquinho de calma e ter um pouquinho de tempo tudo vai dar certo acredite em você assim...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you