Issuu on Google+

O seu Jornal das Terças-feiras

Tudo de Palhoca .com

Tudo de Palhoça A cidade em suas mãos

Palhoça, 6 de novembro de 2012

Ano 1 | n° 1 | Distribuição Gratuíta

Ronério continua remando pelo transporte marítimo

Guarda do Embaú, entre as dez melhores praias do Estado Lista do site Litoral de Santa Catarina destaca quatro praias da Grande Florianópolis / P. 17

Polícia

Seguidos atentados a policiais colocam Secretaria de Segurança em alerta

P. 7

Turismo

Santa Catarina é melhor destino do Brasil, pela sexta vez

P. 15

Acessibilidade Tecnologia catarinense auxilia deficientes visuais

Saúde

Natal

Poluição

Monteiro Lobato será Há décadas, poluído, tema do desfile de Rio Aririú pede P. 22 2012 em Palhoça P. 10 socorro P. 7

Esporte Guarani é campeão da segundona 2012 e está no Estadual P. 24

Profissionais de beleza entram na campanha contra hepatite

P. 25

Firenze Bussines Park Lotes, industriais, comerciais e de serviços (48) 3341-0077 - www.firenzebusinesspark.com.br


2

Editorial

A imprensa, da Roma antiga ao Tudo de Palhoça Provavelmente, você acaba de abrir, o mais jovem jornal. Pois, dificilmente, outra publicação tenha surgido, nas últimas horas. Tudo de Palhoça deve, então, ser considerado o caçulinha de uma família muito antiga. Uma longa história, que não começou, exatamente, com a invenção da prensa de Johannes Gutenberg, em 1447, como se imagina. Na verdade, o mais antigo jornal, que se tem notícia, foi o Acta Diurna, que surgiu por volta de 69 a.C., a partir do desejo de Júlio Cesar de informar a população, sobre fatos sociais e políticos ocorridos no Império Romano, como campanhas militares, julgamentos e execuções. Segundo arquivos da Wikipédia, “as notícias eram colocadas em grandes placas brancas, expostas em local de grande acesso ao público”. Na China, jornais escritos a mão surgiram no século VIII. Como vamos percorrer um longo caminho, da distante origem da imprensa, até os modernos veículos de hoje, nos permitam um lampejo de humor. O romano Júlio Cesar ordenou a criação do primeiro “jornal”. O nosso Mustafá, um guerreiro com nome árabe, apaixonado por Palhoça, planejou e executou, com equipe, o Tudo de Palhoça. A proposta de transformarmos o que era portal, em jornal, tem, justamente, o objetivo de facilitar o acesso às notícias, a um maior número de leitores. Vem alicerçada no sucesso do site que, nos primeiros quatro meses, conquistou mais de 300.000 visitas, o que se traduz em um índice bastante elevado. Principalmente, se considerarmos que, em Palhoça, o acesso à rede mundial de computadores ainda é muito restrito. Pois foi, justamente, esse fator, que convenceu a direção do portal Tudo de Palhoça, a ousar um pouco mais, ampliando o serviço, e consolidando o projeto de impressão, em papel. O processo segue o ritual da moderna

EXPEDIENTE MARCIANE CRISLEI CANTERI EIRELI – ME TUDO DE PALHOÇA CNPJ: 16.891.776/0001-89

e dinâmica comunicação: de imediato, a notícia é postada no portal Tudo de Palhoça. E, semanalmente, sempre às terças-feiras, a mesma informação, com outra linha editorial, aprofundada, se necessário, é exposta aos leitores do Tudo de Palhoça, no formato de jornal. Podem acreditar que, entre os objetivos que norteiam a nossa intenção e os sonhos de Johannes Gutenberg, ou de Júlio Cesar, não há muita diferença. O pai da imprensa inventou, ele próprio, a primeira prensa, justamente para espalhar, propagar, difundir os fatos. Não pretendemos, neste editorial, cujo texto é despretensioso e simples, elaborar um ensaio sobre a história da imprensa. Apenas, citamos o inventor da prensa, porque ele deve ser reverenciado, tanto quanto os criadores do telefone, do telégrafo, da fotografia, do fax símile, do cabo submarino, do rádio, da televisão (já na sua era digital), e de tantos outros inventos, ferramentas da comunicação, até chegarmos ao reinado absoluto da internet. Pois é, neste contexto, que tentamos, democraticamente, nos inserir, com a proposta precípua de levarmos a informação, a um maior número de pessoas. Temos a vocação de somar, de unir, para difundir. O Tudo de Palhoça não quer ser visto, pelos respeitáveis irmãos mais antigos, como um mero concorrente. Até porque, o mercado é tão grande, de uma intensidade tão notável, que elimina, de pronto, qualquer crise de concorrência. Inclusive, nós do Tudo de Palhoça, fazemos questão de reconhecer, de pronto, as realizações e conquistas de todos os jornais, jornalistas, colunistas e colaboradores que, até agora, talvez enfrentando situações adversas, vem trilhando as ruas de nossa cidade, divulgando os fatos. Sempre com o propósito de informar. Que também é o nosso lema

Diretora Geral: Marciane Crislei Canteri Editor Chefe: Luiz Carlos (Baby) de Espíndola Chefe de Redação: Cristina Estefano Jornalista Responsável: Luiz Carlos de Espíndola –

MT/DRT-SC 798 Reportagem: Alexandre Mustafá Silveira / Cristina Estefano / Cristina Souza / Kate Caldas / Ketlin Pereira. Colunistas: Alexandre Mustafá / Baby Espíndola

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Em 2014, Ronério ou Dirce? Durante entrevista, que concedeu ao jornal Tudo de Palhoça, em sua residência, no bairro Passa Vinte, na manhã desta segunda-feira, 5 de novembro, o prefeito Ronério Heiderscheidt disse que, no processo eleitoral de 2014, vai para a linha de frente, quem tiver maiores chances de vencer. “Vai um dos dois: eu, ou a deputada Dirce. Jamais, os dois”. Significa dizer, que a representação de Palhoça, a nível estadual, ou na Câmara Federal, vai ser definida de forma bem doméstica.

<<>>

Repórter / Cláudia Gomes / Cristina Estefano / Edson Marques / Karol / Moacir Conrad / Ranieri / Professor Daniel Izidoro / Valdecir Motta. Chargista: Tugi Silveira. Departamento Comercial:

No cenário estadual Na mesma conversa, que durou mais de uma hora, Ronério também confessou o sonho de ocupar outros espaços, no panorama político estadual. Talvez, até, uma candidatura ao Governo do Estado. – Se disser que não sonho com isso, seria hipocrisia, disse Ronério. Só que, para isso acontecer, depende de vários fatores, uma composição de forças políticas. O prefeito sabe disso. (Baby Espíndola)

Rudnei Kammers / Cláudio Ostrovski. TUDO DE PALHOÇA – JORNAL E SITE Rua Modema, 60 – Bairro Pagani – Palhoça/SC – CEP: 88.132.152

Construindo com qualidade


3

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Baby Espíndola Repórter Uma guerra civil não declarada

Os ataques às forças de segurança não são enredo de um filme novo. Tudo isso é reprise. Em São Paulo, a cada dois anos, sempre às vésperas das eleições para prefeito, ou para eleger a patifaria para os palácios estadual e de Brasília, o PCC reaparece e confisca a cidade. Não se trata de crime comum. É terrorismo. O mesmo tem acontecido, com uma frequência espantosa, no Rio de Janeiro. Também, na Grande Florianópolis, já assistimos a esse filme de violência. Em outras datas, delegacias e instalações da Polícia Militar foram atacadas pelos bandidos, com utilização de armamento pesado. Agora, está acontecendo tudo, novamente. E, outra vez, as autoridades estão minimizando, tratando as mortes de agentes de segurança e os ataques às bases policiais militares, como um fato corriqueiro. O cidadão, que paga impostos (na verdade, a maior carga tributária do mundo), não consegue compreender, porque os bandidos atacam as instituições de segurança, e os políticos e administradores públicos não reagem. Mas, a equação é simples. No país dos direitos – direito dos bandidos, inclusive dos políticos bandidos – que se dane a população! Criminalidade e política se confundem. O crime financia candidaturas. E os políticos devolvem os favores. Por isso, não revidam aos ataques do crime, com a energia necessária. E os chefes do narcotráfico e contrabandistas de armas passam ordens expressas, a seus comandados, para não atacar os parceiros da política. Não admitir isso, é pura ingenuidade. O crime também habita os palácios. O próprio Lula da Silva, quando estava trepado no pedestal da republiqueta do mensalão, fez a política da boa vizinhança, com países da América do Sul. Encostou, perigosamente, o Brasil a países e governos, que vivem da produção de cocaína e contrabando de armas. O ex-presidente, do bando Lula-lá e seus 40 ladrões (do filme “O Mensalão”), escancarou todas as fronteiras,

“Fato isolado”

literalmente, abriu as porteiras do Brasil, para traficantes e contrabandistas de armas. Como resultado desse ato irresponsável, a criminalidade cresceu, de forma descontrolada. Para passar, ao país, a imagem de um presidente preocupado com a violência, Lula da Silva, o mestre da mentira e da dissimulação, desarmou a população. Desarmou todos, não somente aquelas pessoas ingênuas, que entregaram suas armas. Quem as conservou em casa, quem não as entregou, também não pode utilizá-las. Ninguém pode dar um tiro, nem mesmo para o alto, para afugentar um criminoso, do jardim de casa. Só os criminosos podem andar armados e atirar, indiscriminadamente. Isso, seguindo os “decretos” de Lula da Silva. Não estou apregoando, que o combate à criminalidade se resume a uma população armada. Não é isso. Outros fatores e ações são necessários. Mas, também é verdadeiro, que está havendo uma “guerra civil”, não declarada. E na guerra, é mata ou morre. Outra verdade: nos países onde a população pode (e até é incentivada a utilizar armas), em defesa própria, a criminalidade é reduzida. Ao contrário, no Brasil, com toda a legislação restritiva ao uso de armas de fogo, temos uma estatística bastante gorda. Em média, mais de 50 mil pessoas são assassinadas, todos os anos, nas terras verde e amarelo. E manchadas de sangue. Como não podemos armar um “exército” de cidadãos, para enfrentar os bandidos, esperamos que os governos armem e preparem os policiais, para a guerra do cotidiano. A população está a exigir uma postura mais arrojada, das autoridades. Porque, como está, não podemos continuar. Tudo por Palhoça A partir de agora, todas as terçasfeiras, faça sol ou chuva, você terá acesso às informações do jornal Tudo de Palhoça,

Dois assassinatos, uma tentativa de homicídio, contra agentes das forças de segurança, ataques às bases da PM, e nada de reação dos comandantes da política catarinense. Não basta simplesmente dar declarações à imprensa, o que resulta em manchete. O povo cobra uma atitude mais enérgica. O maior absurdo, é que o comando da PM trata o ataque à base da Vila Aparecida, como “fato isolado”. Uma sucessão de reuniões acontecem. Mas nada de prático. É muito planejamento e pouca ação. PHOTOLEGENDA

Latidos e protestos Nos anos 60 /70, Geraldo Vandré cantava a música protesto, “Pra não dizer que não falei das flores”, também intitulada “Caminhando e cantando”. A cachorrinha “Glorinha”, nobre habitante do bairro Pedra Branca, não canta, mas late muito. Até parece apaixonada por flores. Isso me trouxe recordações... A censura não deixava rodar “Pra não dizer que não falei das flores”. Mas eu rodava. Porque tinha vocação para resistir e protestar, também rodava Victor Jara, diretor de teatro, cantor e compositor, assassinado pelo regime de repressão do Chile, em 1973. Tocava essas músicas, à noite, no programa A Praça, da Rádio Diário da Manhã, hoje CBN-Diário. E, no dia seguinte, rotineiramente, os órgãos de segurança batiam à porta da emissora. Exigiam (e levavam) as fitas. Até que cansaram. E não visitaram mais a RDM.

com tiragem inicial de 5.000 exemplares. A mídia impressa segue a esteira de sucesso do site – www.tudodepalhoca.com – que, em quatro meses, alcançou a impressionante marca de mais

de 300 mil visitas. O site e o jornal têm, ambos, uma mesma meta. Contribuir com o crescimento de Palhoça. É tudo de Palhoça. Tudo por Palhoça.

www.radiocambirela.com.br

Virtual mas real


4

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Moacir Conrad - Tradição e cultura "DANÇAR SÓ FAZ BEM" A Academia MCC (Moacir Claudio Conrad) está ministrando aulas aos domingos, às 15h, antes do curso no Clube 7, que inicia as 19h, no Salão Paraíso, Bairro Sertão do Campo, PH. Casais e pares de diferentes idades participando, pessoas que nunca dançaram e nem ouviram falar em Bugio, Rancheira, conseguem em apenas “16 horas” um ótimo resultado que por consequência muda para “melhor” a vida das pessoas, onde a música e a dança estão presentes. O baile de encerramento deste grupo, aberto ao público que queira participar, será sábado, dia 10 de novembro, com animação do conjunto “Os Baileiros”. Parabéns a todos !!!

www.radiocambirela.com.br A sua rádio virtual em Palhoça Baby Espíndola - Reporter


5

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Ronério continua remando pelo transporte marítimo

Prefeito de Palhoça vai cruzar a ponte para defender projeto, em Florianópolis, no sábado, dia 10 Baby Espíndola Cansado da falta de apoio e omissão de autoridades, que deveriam, sim, defender o transporte marítimo, o prefeito de Palhoça, Ronério Heiderscheidt (PMDB), pretende cruzar a ponte Pedro Ivo Campos, na manhã de sábado, 10 de novembro, para defender, publicamente, o projeto. Ronério vai liderar uma equipe de trabalho, no vão do Mercado Público, em Florianópolis, para atrair a atenção dos florianopolitanos e visitantes. Vai argumentar, que o projeto do transporte marítimo é viável, e que poderá facilitar o deslocamento de cerca de um milhão de pessoas, que vivem na Região Metropolitana. O prefeito de Palhoça tem toda a argumentação na ponta da língua. Depois de viajar, para conhecer os sistemas de transporte hidroviário, em outros países, e de travar uma verdadeira batalha, com argumentos convincentes, em gabinetes de tecnocratas, Ronério, agora, pretende dialogar com um público bem mais acessível. No Mercado Público, provavelmente, não vai encontrar opositores para a ideia do transporte marítimo. Segundo Heiderscheidt, nós temos tudo, para implantar o sistema. “Temos o mar,

temos rios, e temos clientela de sobra”. Embora seja considerado um projeto caro, o transporte marítimo significaria apenas dois por cento do que, eventualmente, se gastaria para construir a quarta ponte, para ligar a Ilha ao Continente. O custo seria de R$20 milhões”. O ideal – afirma Ronério – é que o sistema envolvesse as cidades de Palhoça, São José, Florianópolis e Biguaçu (e, mais tarde, Governador Celso Ramos). – Só tem duas coisas que nos prejudicam. A primeira é a falta de vontade política. Porque isso não foi inventado pelo prefeito de Florianópolis, nem de São José, foi pelo prefeito de Palhoça. Então isso gera dor de cotovelo. A outra situação é com relação a parte burocrática. A Superintendência do Patrimônio da União (SPU), até hoje, não liberou porque o Ibama está em cima dele. E o SPU e o Ibama estão preocupados, porque, culturalmente, não existe transporte marítimo em Florianópolis, afirma Ronério. Talvez, tenha sido essa “ciumeira”, que impediu que os candidatos a prefeito, de Florianópolis, debatessem o tema transporte marítimo, inclusive no segundo turno. “Eu acho que sim”, admite Ronério.

TRANSPORTE MARÍTIMO. AGORA VAI!

Ronério Heidersheidt Prefeito Municipal de Palhoça

“Navegar é preciso, já pregava o poeta português Fernando Pessoa, que, só para citar, foi através dos mares que os continentes foram desbravados e a modernidade conquistada.

- esse sistema vai beneficiar cerca de um milhão de pessoas- a Grande Florianópolis terá sinal verde para a adoção do Transporte Marítimo.

Temos apoios dos representantes da Marinha do Brasil, do Governo Estadual, da imprensa catarinense e de todos aqueles que perceberam a necessidade e a urgência de se adotar uma alternativa simples, funcional e viável. Klink, que esteve em Palhoça nos Para implantar esse modal, que visitando, confessou que ficou impressionado com o projeto que vai conectar os municípios de criamos desse novo modal. E o que Florianópolis, Palhoça, Biguaçú e São nos deixou ainda mais motivados para José, são necessários investimentos persistir foi a informação repassada de R$ 20 milhões, 2% do valor de por ele que a maré dessa parte do uma obra como a quarta ponte que litoral catarinense é semelhante a do mar Mediterrâneo: Ou seja, uma oscila em R$ 1, 2 bilhões. maré baixa que facilita a conexão entre a terra e o mar. Logicamente, que esse modelo via mar tem que estar devidamente Por isso, acredito que as conquistas integrado ao Transporte Coletivo. em nossas vidas são feitas de parcerias. Quando há mais de Por isso, a nossa convicção: dois anos, decidimos que Palhoça Transporte Marítimo Agora Vai. iria adotar esse novo modal como Estamos colocando a disposição do alternativa viável e econômica para a Governo do Estado toda a legislação mobilidade urbana, percorremos um e projetos aprovados para ajudar na longo caminho, por que a burocracia é a nossa principal inimiga. Mas implantação imediata desse modal, temos certeza, que pela melhoria da que vai virar a Grande Florianópolis qualidade de vida de nossa população de frente para o mar!” Com o aval de Amyr Klink, empreendedor de expedições marinhas e escritor, tivemos a certeza que a Grande Florianópolis tem vocação natural para implantar esse Sistema de Transporte Marítimo.


6

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

A partir do século XIV, a cidade italiana de Firenze atraiu a maior quantidade de gênios da arte, arquitetura e filosofia já vista em todos os tempos. Palco de grandes revoluções culturais, com pensadores como Leonardo Da Vinci, Firenze foi o grande palco do Renascentismo, fruto de idéias que reposicionam o homem como principal ator universal. Inspirado em uma releitura deste conceito – do homem globalizado – a TOPLANDS lança o primeiro complexo empresarial da Grande Florianópolis e o mais arrojado do sul do País. O Firenze Business Park é um empreendimento que agrega beleza, infraestrutura, logística, priorizando o relacionamento empresarial e o respeito às pessoas. Modelo que segue tendência internacional, o Firenze Business Park foi especialmente projetado para receber empresas em crescimento e disponibiliza terrenos com infraestrutura adequada para negócios de pequeno, médio e grande porte. A localização em Palhoça, cidade que mais cresce em Santa Catarina, é estratégica e prioriza soluções em logística. A segurança é privilegiada através do controle de acesso de pessoas e veículos. Tem proximidade com redes de fibra ótica e exclusiva reserva de energia, em razão da subestação local. O Firenze Business Park busca adequar, para o perfil de negócios de Santa Catarina, o melhor conceito de empreendimentos empresariais. Reinvente seus negócios. Venha para o Firenze Business Park.

ÚLTIMAS UNIDADES


7

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Uma lixeira chamada Rio Aririú

Na região do Bairro Pachecos, mais parece um depósito de lixo a céu aberto

Com a constante poluição, o Rio Aririú está morrendo

Reportagem Especial Baby Espíndola De todos os rios de Palhoça – poluídos, maltratados pelos ribeirinhos e negligenciados pela omissão e incompetência das autoridades – o Rio Aririú é o que apresenta um quadro clínico mais grave e complexo. Também chamado Rio Pachecos, numa referência ao bairro, que cruza de ponta a ponta, o Aririú apresenta uma água escura e fétida, e acumula uma incalculável quantidade de entulhos, detritos de várias formas. O rio, que nasce na região do Alto Aririú, na divisa entre Palhoça e Santo Amaro da Imperatriz, é um depósito

bastante democrático, que recebe qualquer tipo de lixo, aparentemente, sem reclamar. Mas, o rio reclama. Reclama e pune, severamente, lentamente, todos aqueles que usam suas águas, para descartar lixo doméstico, materiais altamente poluentes, como sacos plásticos, garrafas pet, “pilhas” e baterias, restos de utensílios, como fogos velhos. A punição pode se manifestar na forma de enchentes ou mesmo na diminuição de peixes. Assim, quem polui o rio,paga caro por seu ato irresponsável. Embora a coleta de lixo seja regular (e eficiente), moradores das margens do rio e até de pontos mais distantes, utilizam o

Dezenas de valas, como esta despejam esgoto no rio

canal para se livrarem de tudo que é indesejável. Sacos plásticos, os pretos tradicionais, ou de supermercados, aparecem, boiando, com lixo doméstico. Na manhã de 25 de outubro, um cachorro morto, em adiantado estado de decomposição, navegava com as marés, ora subindo, ora descendo o rio. O animal, que certamente não morreu no rio, podia ser visto, embaixo das pontes, da BR-101 duplicada, no bairro Pachecos. Aliás, é nessa região, onde se registra uma grande densidade demográfica, que o Rio Aririú mais sofre. Como o rio é regulado pelas marés, as águas vão

e voltam, num trecho muito curto, a cada dia armazenando mais e mais lixo. A população precisa criar plena consciência, da importância em se conservar o rio. Há duas décadas, o Aririú era bastante piscoso, registrando a entrada de cardumes, que avançavam, da foz, na Barra do Aririú, até Pachecos, ou mais adiante, até o bairro Ariririú, percorrendo mais de sete quilômetros. Tainhas, que nasceram na Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, eram encontradas a oeste da BR-101. Embora o avançado estágio de poluição, tainhas, tanhotas, paratis, curvinotas e outros peixes ainda sobem o Rio Aririú.

Só o lixo mais leve flutua. Outros objetos Em vários pontos, o lixo aguarda, no são encontrados no fundo barranco, para “mergulhar” no rio

Mas, não se pode atestar, exatamente, se são ideais para consumo. Robalos, pescadas, já habitaram o Rio Aririú, principalmente num local, chamado “Volta dos Paus”, onde era mais fundo. Negligência das autoridades. Irresponsabilidade dos moradores. São as armas que estão matando, gradativamente, o Rio Aririú. Enquanto isso, toneladas de papéis, que guardam textos eloquentes, que tratam da preservação da natureza, dormem um sono profundo, nas gavetas palacianas. São os órgãos ambientalistas, verdadeiros elefantes brancos, nas esferas municipal, estadual e federal, que não cumprem suas funções específicas de preservar o Rio Aririú e outros canais. O portal Tudo de Palhoça já elaborou reportagens amplas, denunciando a poluição dos rios de Palhoça, mas as autoridades não se manifestaram. As muitas organizações não governamentais, também preferiram o silêncio. Só nos resta, então, ouvirmos o gemido do rio. E o rio geme, na escuridão da ignorância.

Cachorro morto, “abraçado” a uma garrafa pet


8

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Obra do anel viário deve começar em seis meses Segunda audiência pública, para definir detalhes, aconteceu em Palhoça, na noite de quarta-feira

Traçado do anel viário

Se o projeto do Anel Viário fosse um veículo automotor, poderíamos admitir que acabou de engatar a primeira marcha. Mas, para alcançar a velocidade ideal, ainda falta muito. Isso é o que se pode deduzir, ao final de cada audiência pública, de uma série de três, promovidas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Autopista Litoral Sul, a concessionária do pedágio, responsável pela obra. A segunda audiência aconteceu na noite de quarta-feira, 17 de outubro, às 18 horas, no Clube 7 de Setembro, em Palhoça. O tema, de extrema relevância, atraiu um grande público. A primeira audiência foi realizada, em Biguaçu, na noite de terça-feira, e a terceira e última, foi agendada para a noite de quinta-feira, 18 de outubro, no Golden Hotel, Serraria, São José.

Na audiência pública de Palhoça, houve um avanço. É o que se pode dizer que o carro saiu do estágio de inanição, do ponto morto. A ideia do Anel Viário, num trecho de 47 quilômetros (do Km 175, em Biguaçu, ao Km 220, em Palhoça), precisa, ainda, de muito combustível, muita determinação das autoridades, e a cobrança permanente, dos prefeitos, das cidades diretamente envolvidas, e a fiscalização da sociedade civil organizada, através de seus representantes legítimos. A obra está orçada em R$258.260.600,05, segundo dados da concessionária, relativos a levantamentos de 2008. O projeto original do Anel Viário contempla os municípios de Biguaçu, São José e Palhoça, com 47 quilômetros de rodovia alternativa, para desafogar a BR-101. Uma alteração, proposta pela Autopista Litoral Sul, reduzindo o traçado para apenas 29,5 quilômetros, provocou muita polêmica e atraso. Segundo o contrato firmado entre a concessionária e o Governo Federal, o Anel Viário deveria estar concluído em fevereiro

Ronério: “Evitar áreas urbanas”

deste ano. Porém, até agora, nem um metro de obra foi implantado, justamente porque ainda

se discute traçado e detalhes de licenças ambientais. A entrega da obra está agendada para 2015. Durante a audiência pública, foi travada uma intensa discussão sobre o estudo ambiental (EIA/ RIMA), cujos pedidos de licença, ao Ibama, estão acontecendo em etapas, devido a alterações do

Renato Hinnig: “É apenas parte da solução”

traçado. Fora da mesa do debate, o diretor da ANTT, Jorge Bastos, revelou, ao portal Tudo de Palhoça, que “vai ser mantido o projeto original”. Bastos assegurou que a primeira parte da obra, dentro do território de São José, deve começar em seis meses. A responsabilidade pela elaboração do projeto e execução da obra é da Autopista Litoral Sul, a concessionária do pedágio. Inclusive, porque o Anel Viário, como rota alternativa para o trânsito, na Grande Florianópolis, faz parte do contrato do pedágio. A rodovia, cujo projeto final está em debate, vai beneficiar, além de Biguaçu, São José e Palhoça, também os vizinhos municípios de Antônio Carlos e Santo Amaro da Imperatriz. Essas cidades terão acesso ao Anel Viário, aumentando, consideravelmente, a

População acompanhou audiência pública, no Clube 7

mobilidade, nas áreas urbana e rural, na região. A estrada integra o PER (Programa de Exploração de Rodovia), cujo contrato foi assinado, entre a Autopista Litoral Sul e o Governo Federal. Bem no início da reunião, o prefeito Ronério Heiderscheidt defendeu, mais uma vez, a necessidade da alteração do projeto, dentro do município de Palhoça. Explicou que o projeto original, se tornou inviável, porque corta importantes centros urbanos, áreas densamente povoadas. O prefeito (reeleito) de

Cobalchini: “Reabertura da Hercílio Luz”

Biguaçu, José Castelo Deschamps, vem lutando, há muito tempo, pelo traçado de 47 quilômetros. (A Autopista defendia a execução de uma rodovia de apenas 29,5 quilômetros). Na audiência, realizada em Palhoça, o Governo do Estado compareceu com dois representantes: o Secretário Valdir Cobalchini, de Infra Estrutura, e Renato Hinnig, Secretário Regional da Grande Florianópolis. Também compareceram, à audiência pública,

representantes da ANTT, liderados pelo diretor, Jorge Bastos, o coordenador geral do Ibama, Jorge Luiz Reis, acompanhado por técnicos, o diretor superintendente da Autopista Litoral Sul, Paulo Mendes Castro. OUTROS PROJETOS Renato Hinnig entende que o futuro da mobilidade urbana depende muito do Anel Viário. Mas, ressalta que “é apenas uma parte da solução”. O secretário anuncia “uma briga, para ampliar e melhorar as condições de tráfego, nas marginais da BR-101, entre Palhoça e Biguaçu. Para que o trânsito regional aconteça nas paralelas”, justificou.Em São José, Hinnig defende a ligação da Via Expressa (trecho da BR-282) à Avenida das Torres. Valdir Cobalchini aponta a reabertura da Ponte Hercílio Luz, agendada para 2014, como parte de um projeto, para melhorar, ou amenizar, a mobilidade na região. Disse que a veterana ponte vai adotar um fluxo de aproximadamente 20 mil veículos por dia. Texto e fotos: Baby Espíndola


Tudo de Palhoรงa

Palhoรงa 6 de Novembro de 2012

9


10

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

O Mundo de Monteiro Lobato será a atração no Natal Reluz Foto: Tv Palhoça

O desfile já faz parte do calendário

O Natal Reluz acontece desde 2005 e a cada ano se consolida no calendário de eventos do Estado e virou uma tradição no município atraindo muitas famílias para o centro de Palhoça.

central do município. Mas o bom velhinho de barbas brancas e vestes vermelhas não será esquecido, ele será a atração principal de toda apresentação. O espetáculo, que emociona e seduz a todos, vai acontecer de 02 a 16 de dezembro. E no dia 25 de novembro, está programada a abertura da Casa do Papai Noel. Serão realizados três desfiles natalinos com os personagens de Monteiro Lobato, durante o mês de dezembro, envolvendo em torno de 500 pessoas, sendo a maioria crianças da rede municipal de ensino. No segundo dia de dezembro, está previsto o primeiro desfile, junto com a inauguração oficial Em sua 8ª edição a Prefeitura trará o do Natal Reluz. O segundo está marcado espetacular Mundo de Monteiro Lobato, uma para, o dia 11, e o desfile de encerramento grande homenagem ao escritor centenário. está previsto para 16 de dezembro. Toda a turminha do Sitio do Pica Pau Amarelo vai desfilar a sua popularidade pela avenida Ketlin Pereira

Novas tecnologias que aumentam a precisão de diagnósticos e cirurgias Uma empresa de Florianópolis desenvolveu um software para gerar imagens digitais, oferecendo mais possibilidades do que o filme em preto e branco utilizado atualmente. O novo programa tem imagens coloridas, possibilitando ao médico ver mais detalhes, fatias e camadas tridimenssionais, o que facilita diagnóstico. Para o empresário Fernando Peixoto, o produto proporciona agilidade na tomada de decisão, alem de reduzir custos. O sistema já tem 200 clientes no país e vai começar a ser exportado, concorrendo em igualdade com no mercado brasileiro com multinacionais.

Em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, foi desenvolvido um aplicativo para smartphones e tablets que auxilia os médicos durante procedimento cirúrgico. O programa faz cálculos complexos e substitui papel, prancheta, caneta e as contas de cabeça durante cirurgias. Essa é a primeira inovação lançada por um grupo de anestesistas, que pesquisa novas tecnologias desde 2008. O aplicativo já está disponível gratuitamente na internet e teve 12 mil downloads em nove meses. Para o médico anestesista Leandro Curado, a tecnologia oferece mais segurança e facilidade ao profissional.


11

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Ranieri - Segurança e Transporte

SEGURANÇA... Antigamente no Oeste americano um homem comprava um Colt 45, pendurava na cintura e era o homem mais seguro do mundo até o dia de sua morte. E se atirasse mal morria sedo. Por muito tempo este foi o modelo em terras

brasileiras, até que tiveram a brilhante ideia de desarmar o cidadão honesto. Esquecendo de traçar um plano eficaz para retirar a circulação e o acesso mesmo que ilegal as armas pela população não tão honesta. Fortaleceram-se os serviços de segurança privada. Quando entramos em um bairro nobre de nossas cidades, estes que tem segurança privada e perguntamos ao vigilante se o local é seguro, não raro ouvimos que se contratarmos seus

Apartamentos Terrenos Comerciais Terrenos Industriais Terrenos Residenciais Casas Salas Comerciais Agenciamento Avaliações Imobiliárias

serviços sim é seguro. Quando nos conectamos ao mundo real toda manhã, normalmente nos deparamos com uma enxurrada de assassinatos, não raro com policias e agentes de segurança engordando as listas. Enquanto não houver vontade politica , aliado a capacidade técnica vamos continuar sem saber quem é a próxima vitima. Maioridade penal A mais ou menos 20 anos atrás em uma grande

cidade uma amiga minha foi abordada ao sair da faculdade e entrar no carro foi abordada e levaram até um morro próximo a um presidio, lá depois de perder todos os pertences inclusive as roupas e ser violentada por algumas horas por quatro indivíduos, o menor deles com 12 anos apontou uma arma para ela e disparou diversas vezes, dizendo que nunca tinha matado ninguém e queria ver como era. Os tiros falharam. Dois anos depois ela morreu de aids.

No feriado de outubro deste ano estive visitando esta cidade onde passei boa parte da minha vida, onde fui assaltado muitas vezes e onde perdi muitos amigos em abordagens criminosas, chegando lá fui recepcionado com a noticia de que minha cunhada e minha sobrinha havia sido assaltadas, mas só levaram bens materiais. Se as autoridades e a sociedade não tratarem do assunto com responsabilidade e realidade não sei como será o dia de amanhã.


12

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Valdeci Motta - Comunidade Vice-Presidente da CEF recebe diretor da Construtora Vita em Brasília. Com o objetivo de

Leandro A. dos Santos, José Urbano Duarte, Aloísio Wollinger e Marcelo Moser.

José Carlos Medaglia Filho, Superintendente Nacional e José Urbano Duarte, Vice-Precidente da Caixa Econômica Federal.

fazer reivindicações importantes para o setor imobiliário, Leandro Antônio Dos Santos, diretor da construtora Vita, juntamente com o gerente de Habitação da superintendência Florianópolis, Marcelo Mozer, estiveram em audiência com o Vice-Presidente da Caixa Econômica Federal, José Urbano, na última sexta-feira, 26, em Brasília.

Dentre os assuntos abordados, destaca-se a preocupação com o relacionamento entre as Construtoras e os Correspondentes Imobiliários, e estes últimos com os demais prestadores de serviço da CEF. Segundo eles, quando surgem problemas, há uma transferência de responsabilidades de um setor para o outro. Para que isso melhore, é necessário um

Portal Tudo de Palhoça presente nas redes sociais Os internautas palhocenses puderam acompanhar a apuração dos votos de Palhoça, São José, Florianópolis e Santa Amaro da Imperatriz, através do portal e da página no Facebook. Pretendemos fazer mais coberturas ao vivo. Para poder acompanhar estre trabalho curta nosso endereço no Facebook no endereço www. facebook.com/tudodepalhoca/ likes e sigam no Twitter em

www.twitter.com/tudodepalhoca, assim você fica sabendo de tudo que publicamos diariamente. Através das redes sociais também abrimos espaço para os leitores mandarem denúncias e sugestões de pautas. Tem alguma história interessante sobre seu bairro? Entre em contato com a nossa equipe.

meio de facilitar os procedimentos de aquisição de imóveis com financiamento pela Caixa, em que haja uma maior autonomia dos Correspondentes para agilizar a contratação de processos. Segundo o Vice-Presidente, a Caixa vem adotando várias medidas a fim de melhorar e facilitar o processo do crédito imobiliário do Programa “Minha Casa, Minha Vida”. Uma delas é um sistema fornecido pela IBM (Indústria, Máquinas e Serviços Ltda, sendo uma das subsidiárias da IBM World Trade Corporation) que atua em mais de 150 países atendendo com software para o crédito habitacional. A Caixa assinou contrato com a esta empresa e pretende a partir de 2013 fazer com que os processos de financiamento poderão aconteçam em apenas duas

horas. “O cliente vai a uma Imobiliária de sua preferência e se interessa em adquirir um imóvel, tendo a documentação em mãos a Imobiliária preenche os dados no sistema e, se não houver restrições, a minuta do contrato. Assim o cliente sai com o imóvel adquirido. Essa é uma das medidas que estão sendo tomadas a fim de melhorar o credito do Programa 'Minha Casa, Minha Vida' para as pessoas que mais necessitam de Moradia”, diz Urbano. Na mesma ocasião, o empresário Leandro presenteou o Vice-Presidente com o livro “Palhoça: Imagens e Palavras”, que valoriza os principais pontos turísticos da cidade e suas belezas naturais. Com isso, ficou o convite para visitar os empreendimentos da empresa na cidade que mais cresce em Santa Catarina.


13

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Direto da Redação Ah, o verão... Cristina Souza O verão já está batendo na porta. Todos os dias você dorme e acorda suando. Todas as noites o MMA é na sua casa – entre você e os pernilongos. Seus casacos estão escondidos no armário e só de pensar em usá-los, adivinhe só, você começa a suar. Tudo em volta é alegria, marcas-de-biquini e cheiro de protetor solar. Porém, no meio de tanta gente bronzeada, pulando feliz e cantarolando músicas de axé, você descobre que está fora do peso, seu biquíni fora de moda e seu nariz descascando. O ar-condicionado do escritório não funciona direito durante a semana e seus amigos que estão de férias não param de postar fotos tomando água de coco em Jurerê ou surfando na Guarda do Embaú. O tão esperado final de semana chega e finalmente você consegue passar horas se bronzeando – na fila do morro dos cavalos. Quando, enfim, consegue colocar os pés na areia percebe que a praia está tomada por argentinos e que você é quem não vai tomar nada, pois o preço da cerveja sofreu inflação e água de coco é artigo de luxo.

Palhoça, terra querida

Mulher Ketlin Pereira Luis Fernando Veríssimo descreve em uma de suas crônicas sobre a mulher, que somos espiãs de Deus na Terra. Por muito tempo fiquei refletindo sobre o assunto, que me deixou encafifada: se somos seres tão sublimes, por que não me sinto assim? Sou mais uma pega pela ironia do destino, tendo que trabalhar de segunda a segunda, ser mãe, esposa, estudante, dona de casa e ainda ser mulher. Nessa correria toda o que menos consigo ser é mulher, se tenho alguma beleza ela fica escondida em baixo de trajes ultrapassados e cabelos mal escovados. O próprio reflexo da falta de tempo e de dinheiro. Sabemos que dentro de um formigueiro a rainha é quem determina a função de cada formiguinha. Quem tem autoridade dentro da espécie humana para determinar quem fica com o luxo e quem fica com o lixo? Alguém ficou com minha parte da sublimação, quero de volta.

Quero também poder entrar num instituto de beleza e mandar recauchutar tudo. Tira o que tem de excesso, repõem o que esta faltando e nesse estica e puxa ficar mais próxima da sublimação que Deus me incumbiu, pois se for para ser uma espiã que seja ao menos Nem começou a estação e você já sente com glamour e bem próximo de uma Linda saudades do inverno, deseja até que chova Mulher. – mas essa vontade passa imediatamente quando é dia de folga e amanhece com frio Não aceito ser lixo, ninguém vai me rotular como se fosse uma mercadoria, por isso estou e chuva. Então você quer a alegria, marcasandando, andando não! Estou correndo atrás de-biquini e cheiro de protetor solar. Até um de meus sonhos para torná-los realidade. pouquinho (mas só um pouquinho) de axé. E Mostrar aos meus filhos que ninguém está quer sentir isso sempre. No fim das contas, preso a um rótulo e todos podem construir e descobre que apesar dos pesares, o verão é modular seu próprio destino, no seu luxo ou a época mais feliz da sua vida, agradecendo no seu lixo. baixinho por morar próximo as mais belas praias do Brasil. Um brinde a essa estação! O meu é ser Luxo, e o seu?

tudo em único lugar...

3242-6893

www.essencialph.com.br

Kate Caldas

A Palhoça da minha infância cheirava a cidade do interior, e com certeza isso é algo difícil de imaginar, se olharmos o presente. Aqui tinha cheiro de mato misturado com poeira e a vida andava sossegada nas ruas, por onde as crianças iam e vinham correndo atrás de qualquer coisa que entretece, com os pés descalços na terra. Essa foi minha infância no Jardim Eldorado, bairro de uma cidade onde não tinha tudo, mas que tinha tudo para ser a grande cidade que é hoje. Ir até o centro de Florianópolis era rotina e sair da Palhoça para fazer o que não dava para ser feito aqui era um programa, e era legal. A cidade grande ficava a um passo daqui e inspirava crescimento, o que não demorou a acontecer Quando eu saí da Palhoça a cidade de fato já não era mais a mesma. Fábricas se instalavam aqui, o comércio estava se desenvolvendo, a BR ocupava o espaço dos eucaliptos, o asfalto deitava por toda a cidade. E quando retornei, 3 anos depois, o lugar já estava completamente

diferente.

Minha

cidade

tinha shopping, grandes supermercados e a promessa de crescer ainda mais. Palhoça, município da Grande Florianópolis, tornou-se independente da capital. Caminha sozinha, a grandes passos, muda a cada esquina. As lembranças, no entanto, fazem parte da minha memória e aqui vão ficar. Eu não escolhi morar na Palhoça, mas escolhi voltar. Palhoça assim sempre será, terra querida.


14

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Prof. Daniel - Trabalho Comunitário Me formei em jornalismo pela UFSC em 1991 e nunca exerci os conhecimentos de minha graduação 'profissionalmente'. Sempre os vivi de forma avessa, como um curioso pela vida, que se encantou com as pessoas, que porventura encontrou pelo caminho. Ocorre que muitas das pessoas pelas quais me encantei são oriundas de atividades de extensão universitária, do trabalho social que aprendi na universidade e ao qual me vinculei profissional e espontaneamente até os dias de hoje. E eis, então, que pelas mãos de um aluno de primeira fase do curso de jornalismo, me encontro agora como

responsável por uma coluna de jornal cuja cartola é 'trabalho social'.

misturado!

Não creio que seja por acaso. Sempre, de alguma forma, o que fazemos tem a ver com nossas escolhas: se por um lado meu diploma preenche o vazio de algum envelope, por outro chego aqui para contar histórias que compartilho com gente comum, desta que raramente aparece nos jornais a não ser para se noticiar sobre miséria, violência e tantas outras coisas aviltantes. Pois tenho agora o prazer de não ser um simples intermediário, mas um amigo que se lembra, valoriza, convive, cria, compartilha... tudo junto e

Não, não almejo aqui o título de porta-voz das desgraças ou das reivindicações alheias. Antes usufruo do privilégio do convívio. E é a partir dele que contarei histórias, falarei sobre projetos, refletirei sobre questões que aprendi a pensar mais seriamente justo pelo convívio diário. Entendo que cumprirei aqui uma extensão de meu trabalho social. Inclusive porque a universidade tem muito a aprender com a comunidade.

você deve então escrever sobre sua vila. Pois minha vila, minha vida, é marcada por tudo o que aprendi e aprendo com Almirênio, Marcos, Jussara, Dori, Rogério, Juana, Carlos, Teresia, Albert, Débora, Bárbara, Ana Paula... Uma simples e imensa fila de nomes (e... sorrisos!),

que se não for lembrada cotidianamente, se perderá no esquecimento feito lágrimas na chuva. Até semana que vem! Dani izidoro Prof. Coord. do Programa Hipermídia UNISUL - Campus Pedra Branca

Foi na universidade que me ensinaram que se você quiser escrever uma história universal,

C    

C     •  CONCEPÇÃO DE PROJETO ARQUITETÔNICO •  PROJETOS HIDROSSANITÁRIO •  PROJETO ELÉTRICO •  PROJETO PREVENTIVO •  ESTUDO DE IMPACTO DE VIZINHANÇA •  CONCEPÇÃO DE FACHADAS •  HUMANIZAÇÃO DO PROJETO •  MAQUETE ELETRÔNICA •  INSTITUIÇÃO DE CONDOMINIO •  DESMEMBRAMENTO •  REMEMBRAMENTO •  PROJETO URBANISTICO Avenida Atílio Pedro Pagani 405, sala 04 Loteamento Pagani- Passa vinte Palhoça - SC Telefone: 3286-9743 Email: nlarquitetura@gmail.com Site: www.novalinha.arq.br


15

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Foto Divulgação

Pela sexta vez, Santa Catarina é eleita melhor destino do Brasil

Cresce número de famílias catarinenses endividadas

De setembro para outubro, porcentagem subiu 4,5%

Santa Catarina desbancou estados com Bahia, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul e foi eleita pela sexta vez consecutiva Melhor Estado/Destino do País. Anúncio foi feito ontem, 25, no concurso realizado pela Revista Viagem e Turismo, da Editora Abril, em parceria com o Ibope. Das 12 edições do prêmio “O melhor de Viagem, o estado venceu sete vezes. O Governador do Estado, Raimundo Colombo, acompanhado de toda a

equipe da Santur, esteve presente no evento , representando a delegação catarinense. Costão do Santinho, Hotel Caldas da Imperatriz e o Parque Beto Carreiro também foram contemplados. Santa Catarina recebeu ano passado cinco milhões de visitantes, dos quais 400 mil eram estrangeiros. Para a organização do evento, o estado se destaca por reunir litoral, serra, festas típicas e infraestrutura eficiente. Kate Caldas

O nível de endividamento das famílias de Santa Catarina aumentou. Porcentagem subou de 83,1%, registrado no mês de setembro, para 87,6% em outubro. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (PEIC) de Santa Catarina, realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismos de Santa Catarina (Fecomércio SC). Se comparado ao mesmo período do ano passado, o resultado é o inverso. Em outubro de 2011, a porcentagem de famílias endividadas chegou a 92%, o que representa uma queda de 4,4%. A quantidade de famílias

Imóveis José Luz

Creci 19881 (48) 3342-1351 (48) 9101-0577 Av. Pedra Branca, 220, Sl 02 Cidade Universitária Pedra Branca Palhoça -SC E-mail: joseluzimoveis@hotmail.com

inadimplentes também aumentou na variação mensal, de acordo com a pesquisa. Em outubro 24,4% tem dívidas em atraso, em setembro esse número era de 22,1%. Segundo o levantamento, 6,4% das famílias que ganham mais de 10 salários mínimos estão inadimplentes contra 34,1% que ganham até essa faixa de renda. 60,6% das famílias endividadas conseguirão pagar em parte ou totalmente suas dívidas. Dentre as formas de endividamento, as dívidas com o cartão de crédito é a mais recorrente e chegou a 53,8% em outubro. Kate Caldas


16

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

OFERTAS THUMÉ

3242-3044 3344-2865 3286-3113 3286-3087 www.thumeimoveis.com.br thume@thumeimoveis.com.br

Rua Princesa Isabel, 187, ponte do Imaruim - Palhoça - 3242-3044 Av. dos Lagos 41, sala 10, Pedra Branca - Palhoça - 3344-2865 Av. Barão do Rio Branco, 136 - sala 13 e14 - Centro - Palhoça -3286-3087 Av. das Tipuanas - Madri - Palhoça - 3286-3113

SAIU NA REVISTA

ELIMINE ATÉ

7KG MÊS

HOMENS AJUDA A PERDER BARRIGA!!

RESULTADOS COMPROVADOS!!!!!! SAIU NA REVISTA VIVA MAIS E SOU MAIS EU! TOTALMENTE NATURAL, SEM CONTRA INDICAÇÕES NEM EFEITO COLATERAL

CONTRATA-SE

CORRETOR DE IMÓVEIS

(Com CRECI ou TTI)

7kg 15kg

33kg

PROMOÇÃO PARA OS PRIMEIROS 20 KITS, DESCONTO FANTÁSTICO NA COMPRA DE KIT PARA 60 DIAS!!!

PEÇA JA O SEU!! 48 8464-8814

- 48 96218524

48 96001557

Para trabalhar com Lançamento de loteamento/Palhoça e demais carteira de imóveis.

Interessados entrar em contato:

3242-3044


17

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Guarda do Embaú, entre as dez melhores praias do Estado Lista do site Litoral de Santa Catarina destaca quatro praias da Grande Florianópolis

Abrindo a lista, estão as praias da Lagoinha do Leste e do Campeche, ambas em Florianópolis. A Guarda do Embaú ocupa o terceiro lugar, na lista das melhores praias de Santa Catarina. Também, na preferência entre os surfistas, está a Praia do Rosa, em Imbituba, no quarto lugar da lista. A Praia de Mariscal, em Bombinhas, ocupa o quinto lugar da lista. De volta para Florianópolis, a Praia Mole se destaca em sexto lugar. O sétimo lugar ficou reservado ao município de Porto Belo, onde se destacam pequenas praias. Bombinhas volta para a lista, ocupando o oitavo lugar, com destaque para a praia Estaleirinho. Ainda em Bombinhas, com o nono lugar, está a Lagoinha. E, finalmente, em décimo lugar na lista está Garopaba, com a “Praia do Silveira”.

Fotos: Baby Espíndola Repórter

A Guarda do Embaú está na lista das dez melhores praias de Santa Catarina, ocupando a terceira colocação, atrás apenas da Lagoinha do Leste e Campeche, em Florianópolis. Para elaborar a lista, o site Litoral de Santa Catarina leva em conta o estado de preservação do lugar, condições das águas e a beleza cênica.

Praia, rio e muito verde, um encanto para os olhos, no sul de Palhoça

U m p e d a c i n h o d o p a r a í s o , n a fo z d o R i o d a M a d r e

Localizada a 36 quil��metros ao sul do centro do município de Palhoça, a praia da Guarda do Embaú mais parece um cartão postal, ou uma pintura antiga. Num mesmo cenário, convivem pescadores nativos, incluindo a modalidade de barqueiros, comerciantes, surfistas, veranistas regionais e turistas, até de distantes países. O Rio da Madre, entre a

encosta, com vegetação nativa, e a praia A praia foi descoberta por surfistas, em 1974, que ficaram encantados pelas ondas e pela exuberante natureza do local. No verão, um grande número de casas dos nativos e pousadas são alugadas aos turistas. Durante o resto do ano, a vila leva uma vida pacata e simples. Muito bem colocada no ranking das dez mais

Praia, rio e muito verde, um encanto para os olhos

belas praias do Brasil, e um dos melhores lugares do mundo para a prática do surf, a Guarda do Embaú, encravada no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, possui uma beleza indescritível, que pode ser observada, logo no acesso à praia. Esse pedacinho do paraíso, deve ser observado de dois ângulos. Temos a vila, propriamente dita, onde reinam dezenas de pousadas, alguns restaurantes, bares, o comércio em geral. E, ao sul do Rio da Madre, em terras do município de Paulo Lopes, a natureza desenhou a praia, destacado símbolo da Guarda do Embaú. Para chegar até praia, de areias claras, é preciso, antes, atravessar o Rio da Madre, com água

pela cintura, com a maré baixa. Mas, por segurança, o melhor é não arriscar, pois vários canoeiros fazem a travessia do rio, ao preço de um real por pessoa. O Rio da Madre pode se tornar perigoso, em caso de chuvas na cabeceira, ou com os movimentos da maré. Além de tudo, navegar em uma canoa típica, é mais uma atração turística da Guarda do Embaú.

O Rio da Madre, que desfila em frente à vila, para descarregar suas águas no mar, depois de formar uma pequena praia entre as rochas, é uma atração por si só. Já a praia principal, localizase numa faixa de terra, entre o rio e o mar, com dunas de areias brancas, que completam o cenário magnífico do local. Textos: Baby Espíndola e Cristina Souza

A figura do barqueiro é outra atração, na Guarda do Embaú


18

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Carol - Tudo Teen A vez do Skate

pouco movimento. Mas isso está trazendo perturbação há alguns Todos sabem que o skate esta moradores da região. Eles acham virando moda por ai. Cada que esse tipo de público trás dia mais um grande número consigo perturbação da ordem de adultos e principalmente pública, marginalização e uso de de adolescentes está vindo a drogas para o bairro. praticá-lo, trazendo alegria para Em uma conversa com a Doutora Patrícia Cristina, delegada da uns, e perturbação para outros. O lugar mais escolhido para a Delegacia de Proteção a Criança, prática de andar de skate na Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), ela diz que a marginalização e o uso de drogas não são por conta do esporte em si, mas pelo número de pessoas praticantes. Como solução, ela sugere a construção de um lugar próprio para esta prática, como um half, aonde não perturbaria os moradores e ficaria mais Palhoça é o bairro Pedra Branca, fácil o monitoramento, podendo por possuir ruas asfaltadas e também, evitar acidentes com diversos morros, além de ser vítimas fatais como já ocorreu. um bairro, teoricamente, com

(48) 3242-2314

Fernando - Mundo Games GTA V ja tem previsão para lançamento A produtora Rockstar confirmou nesta terça-feira (30) que o aguardado game "Grand Theft Auto V", ou "GTA V", será lançado para PlayStation 3 e Xbox 360 no 2º trimestre de 2013, entre final de março e início de junho, nos Estados Unidos. Versões para PC e Wii U não foram confirmadas pela empresa. A compra antecipada do game começará no dia 5 de novembro nos Estados Unidos. Segundo a Rockstar, o lançamento será mundial. Em comunicado, Sam Houser, cofundador da Rockstar, disse que "'Grand Theft Auto V' foi

desenvolvido com tudo o que aprendemos sobre o design de jogos de mundo aberto" e que está "ansioso para compartilhar isso com os fãs". Sucesso e polêmica O jogo poderá mostrar uma versão "fictícia e no período atual do sul da Califórnia". Isto sugere que, assim como em "GTA: San Andreas", o novo jogo pode mostrar as cidades de San Fierro, versão fictícia de San Francisco, em Las Venturas, inspirada em Las Vegas, que fazem parte da região de San Andreas, inventada para o game e que apareceu no jogo de 2004 para o PS2. Mais cidades e áreas montanhosas, campestres e praias confirmam que este pode ser o maior jogo já feito pela Rockstar.

Apto no Pagani II com 02 dormitórios, sendo 1 suite, sala, cozinha e lavanderia, sacada com churrasqueira á carvão, salão de festas e garagem. (Apto com mobilia e eletronicos).

Casa no Madri com 02 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e garagem (Barbada 110.000,00).

Apto na Pedra Branca, com 03 dormitorios, sendo 02 suite, sala, sacada com churrasqueira, 02 vagas de garagem por R$: 290.000,00.

Boulevard Pedra Branca (Lançamento) aptos de 1,2 e 3 dormitórios. (entrega em março de 2014)

Residencial Brisa do Mar - Pedra Branca - Ultima Unidade


Tudo de Palhoรงa

Retrospectiva Colunista Claudia Gomes - Sociedade

Palhoรงa 6 de Novembro de 2012

19

Contato para eventos: Email: colunistaclaudiagomes@gmail.com | Fone: (48) 9979-7800

www.tvpalhoca.com.br


20

Tudo de Palhoรงa

Palhoรงa 6 de Novembro de 2012


21

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Edson Marques - Mundo Digital ou 2 GB para a instalação de 64 bits. - 16 GB de espaço e disco para a 32 bits e 20 GB para a 64 bits. - Placa de vídeo com Direct X 9 com driver WDDM. Tela Inicial Uma das características mais marcantes no novo sistema é sua tela inicial, totalmente reformulada eliminou o tradicional botão iniciar, característica marcante desde o famoso windows 95. Trata-se de um espaço que reúne Windows 8 em um único lugar blocos retangulares que dão acesso a aplicativos, lista de contatos, Com uma revolução acontecendo no mundo previsão do tempo, agenda, entre outros. É de computadores, a gigante Microsoft lança este o motivo pelo qual se pode alterar entre seu novo sistema operacional. Pela primeira esta tela e a área de trabalho pressionando vez será um sistema que não funciona o botão windows do teclado. A mudança apenas em computadores, mas também em permitiu que todos os diferentes tipos de tablets e smartfones. Ao contrário das versões equipamentos que usem o sistema possam anteriores começa a ser vendido não só em ter a mesma tela de abertura. caixas, mas também por downloads na loja da virtual da empresa, forma comum já em Botões de acesso na lateral direita concorrentes como Apple e Google. Outra característica que se destaca é o que a Veja as configurações mínimas que seu Microsoft chama de "Charms Bar". São botões computador precisa para rodar o novo que ficam ocultos na lateral direita da tela sistema: podendo ser acessados movendo o cursor do mouse até o canto superior direito da tela - Processador de 1G ou superior; ou pressionando no teclado simultaneamente - 1 GB de memória RAM para a versão 32 bits as teclas windows + c. Surgem então cinco

botões: Busca: Você pode localizar aplicativos ou arquivos no seu computador, bem como todo o conteúdo armazenado na nuvem. Compartilhar: Permite que você compartilhe conteúdo em redes sociais, transfera arquivos para outros computadores, entre outros. Iniciar: Outra forma de acessar a tela inicial. Pode parecer irrelevante se você usa mouse e teclado com o botão windows, mas muito útil em um tablet ou outro equipamento. Dispositivos: Acessa rapidamente dispositivos conectados ao seu equipamento como Hds externos, pen drives, impressoras, etc. Configuração: É aqui que você personaliza o sistema, configura prefências, gerencia usuários, entra no painel de controle, ajusta o Wi-Fi. Entre outras coisas. A atualização não é obrigatória, mas a imprensa especializada julga que seja necessária, pois novos aplicativos surgirão, funcionando bem só no novo Windows. Edson Marques

Universidade norte americana diz que comer ovo pode ser tão ruim quanto fumar É, melhor diminuir a presença do ovo no seu cardápio. Pesquisadores da Western University, no Canadá, descobriram que comer 3 ovos ou mais por semana pode fazer tão mal para a saúde quanto ser viciado em cigarros. Eles mediram como estava a obstrução arterial de 1,2 mil homens, com idade média de 61,5 anos, que haviam procurado clínicas de saúde para fazer exames do coração. E pediram a

eles para responder um questionário sobre o estilo de vida: uso de medicamentos, cigarros e consumo de ovos. Entre os participantes com pouco mais de 40 anos, aqueles que comiam no mínimo 3 ovos por semana apresentavam um aumento significativo no acúmulo de placas de gordura nas artérias, em comparação aos que consumiam 2 ou menos. No geral, 20% dos fãs convictos de ovo (!) tinham uma saúde

arterial tão ruim quanto os mais viciados em nicotina – aqueles que fumam quase um maço por dia. Essa gordura atrapalha o transporte de sangue pelo corpo e pode resultar em um infarto ouderrame. “Essa tendência em ignorar o colesterol como um fator de risco para doenças cardíacas precisa ser reavaliada, inclusive o consumo de colesterol proveniente das gemas de ovos”, diz a pesquisa.

Já pensou que loucura? Logo menos começam a vender ovos em embalagens enfeitadas com fotos medonhas e um alerta: o Ministério

da Saúde adverte: ovo faz mal para o coração e pode matar.

Fonte: Superinteressante

Edson Consultoria

Sites - Portais - Sistemas na web (48) 8425-2257 - edsonconsultoria@gmail.com


22

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

A l u n o d e s e nvo l ve e q u i p a m e n t o p a r a a u x i l i a r c e g o s O acadêmico de Engenharia Elétrica Lourival Borges de Aguiar decidiu criar algo prático para ajudar pessoas a superar os obstáculos do dia-a-dia

“O papel do engenheiro na sociedade é adequar o ambiente às necessidades do homem”. Foram essas palavras ditas pelo professor e coordenador do curso de Engenharia Elétrica, Anderson Soares, para incentivar o acadêmico Lourival Borges de Aguiar a desenvolver um projeto que auxilia as pessoas com deficiência visual. Apelidado de “Bengala Digital” pelo professor, o projeto é um equipamento acoplado à bengala para informar por voz a localização geográfica da pessoa. O acadêmico diz que foi a filosofia do professor Anderson que lhe despertou a responsabilidade social do engenheiro eletricista. “Segundo dados do site Diário do Grande ABC, o Brasil tem mais de 45 milhões de deficientes. Por que nós do curso de

Engenharia Elétrica não podemos ajudar? Foi daí que surgiu essa Bengala”, conta o aluno. Com a ideia formada, Lourival começou a desenvolver o projeto. “A bengala tem um GPS incorporado e um microprocessador do tamanho de uma caixa de cigarros que faz todo o processamento de coordenadas, endereço e voz. É um produto que ainda está em teste de bancada, porém já funcionando”, orgulha-se. A previsão é que o equipamento seja colocado em testes em maio de 2013. No momento, o acadêmico dedica-se a buscar melhorias e opiniões para seu projeto. “Estamos entrando em contato com associações de deficientes visuais para que possamos adequar este produto para a necessidade real do cego. Em uma conversa

com representantes da Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (Avape), houve um grande interesse. Eles entraram em contato com a presidência de um órgão do Ministério da Justiça, o Conade, para que possamos transformar o projeto em uma realidade”, explica Lourival. O aluno realiza seu trabalho com recursos próprios, utilizando a estrutura do curso para desenvolvê-lo. “O único apoio é da coordenação curso de Engenharia Elétrica, que nos cede seus laboratórios, e também do corpo docente”, ressalta. O curso funciona no Campus da Grande Florianópolis – Pedra Branca, no período noturno. Para mais informações, acesse o site http://www.unisul.br/ wps/portal/home/ensino/ graduacao/engenhariaeletrica/

Abertas matrículas para o ano letivo de 2013 Rede pública estadual tem vagas para o ensino fundamental, médio, profissionalizante e regular

A idade mínima do aluno para ingressar na rede estadual pública é de seis anos. Para os egressos do ensino médio, é preciso apresentar o diploma de conclusão do ensino fundamental. Para o programa de Educação para Jovens e Adultos (EJA) o

aluno deverá ter 15 anos completos para o ensino fundamental e 18 anos para o ensino médio, idades que ultrapassam o tempo regular de conclusão. Kate Caldas Foto: Baby Espindola Repórter

A Secretaria de Estado da Educação (SED) abriu nesta segunda-feira, 29, matrículas da para o ano letivo de 2013 nas 1.112 escolas da rede pública se Santa Catarina. Os pais poderão matricular seus filhos até o dia 05 de novembro respeitando o critério de zoneamento, procurado pela escola mais próxima de sua residência ou do local de trabalho, sendo a instituição municipal ou estadual. Para fazer a matrícula, é necessário levar a documentação completa exigida pela Secretaria: certidão de nascimento ou documento de identidade, duas fotos 3x4, atestado de vacina ou declaração dos pais/responsáveis do aluno assegurando estar em dia com a vacinação. Essa documentação é necessária para todos s níveis de escolaridade. Alunos, antigos ou novos, que estão em unidades prisionais, socioeducativas ou ainda em Centros Terapêuticos poderão renovar sua matrícula entre os dias 4 e 12 de fevereiro.

Ivo Silveira o maior colégio estadual de Palhoça


23

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Residencial Brisa do Mar Ultima unidade

Breve lançamento. Res. Solar das Gaivotas Ao lado Colégio Visão Pedra Branca Lorini Contrutora e Incorporadora (48) 9641-3535 - lorini@globo.com


24

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Henrique Porto/Avante!

Cristina Estefano - Esportes Avaí Jogando fora de casa o Avaí voltou a vencer na Série B. Com a vitória sobre o Ceará, a equipe catarinense chegou aos 52 pontos, assumindo a sétima posição na tabela. O Alvinegro continua estacionado na 10ª colocação, com 45 pontos. O próximo desafio do Leão é nesta terça-feira, 06, diante do ABC, no Estádio Frasqueirão.

Figueirense Se a situação do Furacão do Estreito estava ruim, a Capitão Evandro comemora a conquista com a torcida apludido pelo Prefeito de Palhoça arbitragem do jogo contra o Flamengo conseguiu piorar de C   vez a situação. Com dois gols   legítimos anulados, o time do Empate em 0 a 0 garantiu o troféu ao Bugre •  CONCEPÇÃO DE PROJETO ARQUITETÔNICO Estádio lotado, torcida apoiando volante cruzou para a área e a a chance de coroar o título com técnico Márcio Goiano ficou a •  na PROJETOS e jogando junto e combinação bola bateu trave. Aos 25, foiHIDROSSANITÁRIO a uma vitória nos acréscimos um passo do rebaixamento para de resultados, foi assim que o vez de Ildemar assustar a defesa quando Leandrinho encobriu a Série B. Na próxima rodada •  PROJETO ELÉTRICO Guarani de Palhoça sagrou-se do Juventus. Ele dominou a bola o goleiro que retornava para a o Furacão enfrenta o Sport, no PROJETO campeão da Divisão Especial no meio do•  campo, arrancou PREVENTIVO meta, mas a zaga do Moleque Estádio Orlando Scarpelli. Agora 2012. Jogando fora de casa e•  arriscou de direita, Travesso afastou o perigo. Esse somente um milagre livra o time ESTUDO DEexigindo IMPACTO DE VIZINHANÇA o Bugre ficou no 0 a 0 com uma bela do goleiro foiDE o segundo título do Bugre em •  defesa CONCEPÇÃO FACHADAS catarinense do descenso. o Juventus, no estádio João Wanderson. seus 84 anos de histórias. •  HUMANIZAÇÃO DO PROJETO Marcatto, em Jaraguá do Sul. No segundo tempo o Guarani Guarani e Juventus voltam O time de Palhoça conseguiu se fechou na• defesa e suportou a se encontram MAQUETE ELETRÔNICAnovamente suportar a pressão do time casa, a pressão dos donos da casa só em 2012, no Campeonato •  INSTITUIÇÃO DE CONDOMINIO que jogou toda a partida no que precisavam da vitória para Catarinense, onde terão pela •  DESMEMBRAMENTO ataque. conseguir o título. O Juventus frente grandes adversários, como Na primeira etapa de jogo quem tentou abrir o • placar aos 6 Avaí, Criciúma, Figueirense, REMEMBRAMENTO levou perigo foi o time visitante. minutos, mas Rodrigo Rocha Joinville, Chapecoense, entre PROJETO Primeiro com Fábio Fidelis. O defendeu. O•  Bugre ainda teve URBANISTICO outros.

Guarani é campeão da Segundona

C    

1° Mega Figth A Cidade de Palhoça vai sediar a primeira edição do Mega Fight Palhoça, que acontece Sábado,10,às 20h, no

Ginásio Caranguejão. também estarão Gomes, Duda Milioli e Avenida Atílio Pedro Pagani 405, sala 04 O ponto alto da noite presente, entre eles Vitor Simom. O evento Loteamento PaganiPassa vinte será a luta entre o ídolo Nilson Feijão, Peter também terá desafios Palhoça SC local, Nelson Martins Montibeller, Martinus de muay thai versus 3286-9743 e o gigante Rodrigo “PitBull” ,Telefone: Marcos kickboxer. Dragão. Outras feras “Alemão” Email:Schmitiz, nlarquitetura@gmail.com do MMA da região Renato “Pezinho” Site: www.novalinha.arq.br


25

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Combate à hepatite dentro dos salões de beleza Higiene e esterilização dos materiais usados por manicures e pedicures são importantes na prevenção de novos casos da doença Fazer as unhas todas mulheres fazem e geralmente semanalmente. Mas fazer as unhas com uma profissional capacitada, dentro de um salão de beleza, não são garantias de que a saúde da cliente – e também da manicure – esteja assegurada. Surtos de hepatite, causados pela disseminação dos vírus

apontados como um dos grandes vilões na disseminação da hepatite – outros vilões são as agulhas descartáveis e preservativos -, cada vez mais se preocupam com a segurança de suas clientes e profissionais, procurando se manter alertas quando o assunto é higiene e a correta esterilização de equipamentos como

Apesar da segurança fornecida pelo processo de esterilização pela autoclave, este procedimento, por si só, ainda não é o suficiente na hora de barrar a contaminação da hepatite. “O material de manicure e pedicure é utilizado apenas em uma cliente, não sendo reutilizado sem passar por um novo

Dicas importantes para as profissionais - Antes de atender cada cliente, lavar as mãos ou usar álcool gel. - Usar luvas, lixas e palitos descartáveis no atendimento de cada nova cliente.  - Usar uma toalha limpa ou descartável. - Lavar os alicates, a espátula e outros instrumentos metálicos reutilizáveis com água, sabão e escova, e enxugá-los com toalha limpa. - Colocar o material lavado no envelope próprio para esterilização e, em seguida, acomodá-lo na estufa ou na autoclave, respeitando as instruções de uso de cada um dos aparelhos. Fonte: RMCom Assessoria de Imprensa+Comunicação foto:sesa/aenpr coletores de lixo, manicures, pedicures, entre outros. Ter um kit pessoal na hora de fazer as unhas, formado não só por alicate, mas também acetona, palito e espátula, também é uma boa dica, porém não colocada em prática por grande parte das clientes. “Elas raramente trazem seu próprio kit, pois sabem que o nosso material é esterilizado. As clientes

tipo B e C, são motivos de alerta para a população e órgãos de saúde. O vírus age silenciosamente e costuma atacar o fígado durante anos, provocando uma inflamação e, muitas vezes, evoluindo para quadros mais graves. Na maioria dos casos, o diagnóstico da doença é realizado décadas após a infecção. A divulgação de métodos preventivos que impedem a infecção pelo vírus é necessária para que a população redobre a atenção e incorpore no seu dia a dia cuidados básicos e eficazes. Os salões de beleza,

alicates, e espátulas. Natalina Cordeiro, manicure do salão Fuzz Cabeleireiros e Estética do Shopping Via Catarina, afirma que o salão segue as mais altas normas de higiene quando o assunto é esterilização. “Antes da utilização do material de manicure ou pedicure na cliente, ele é lavado e obrigatoriamente passa por um processo de esterilização no autoclave, aparelho específico para este fim, utilizado também em clinicas e hospitais”, explica a profissional com mais de 20 anos de experiência.

processo de esterilização. Utilizamos também um kit individual para pés e mãos, que possui luvas e sapatilhas com creme emoliente, palito e lixa descartáveis. Além disso, as profissionais do Fuzz recebem três doses da vacina contra hepatite, para se protegerem”, afirma.. Mas é claro que os cuidados para prevenir a infecção vão além da escolha correta do salão de beleza. Atualmente existem vacinas para os vírus A e B, oferecidas gratuitamente pelo SUS para profissionais da saúde, imunossuprimidos,

que possuem seu material em casa, se quiserem, podem nos procurar que faremos o processo de esterilização”, finaliza. Cuidados simples, que por alguns pode até ser interpretado como neurose, são fundamentais para evitar que o vírus da hepatite se hospede em novas vítimas. Beleza e saúde, quando aliadas, são fundamentais.

Edson Consultoria Sites Portais E-commerce Sistemas gestores On line edsonconsultoria@gmail.com

(48) 8425-2257


26

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Ronério faz avaliação de dois mandatos Prefeito falou das principais realizações e disse que vai deixar obras para o sucessor

Há pouco mais de 50 dias, para concluir o segundo mandato, o prefeito Ronério Heiderscheidt (PMDB), fez um balanço dos oito anos de governo, e deixou bem claro que o trabalho vai continuar, até o último minuto, para “realizar o maior número possível de obras”. Ronério conversou com a equipe de reportagem do jornal Tudo de Palhoça, por mais de uma hora, em sua casa, no bairro Passa Vinte, na manhã de segunda-feira, 5 de novembro. TUDO DE PALHOÇA – Faltando pouco mais de 50 dias para o término do segundo mandato, o que se passa na cabeça do prefeito Ronério? RONÉRIO HEIDERSCHEIDT – Bom, inicialmente, o sentimento de dever cumprido. Na realidade, o que nós tínhamos planejado, nosso sonho de construir uma nova Palhoça, nós conseguimos. Entendemos que conseguimos resgatar a auto-estima do povo de Palhoça. Nós conseguimos sair, da condição de uma cidade dormitório, para outra realidade. Hoje, Palhoça é uma cidade que atrai investimentos, que cresce.

Nessa reta final, é acelerar, cada vez trabalhar mais em busca de realizar o maior número possível de obras. Depois da emancipação política de Palhoça, eu vou ser o único prefeito que deixou obras em andamento, para o seu sucessor, como praças públicas, escolas, UPAs, mais de 75 ruas estarão em obras. E isso, obviamente, nos deixa com um sentimento de que fizemos tudo que era possível, e esperamos que o próximo gestor, seja ele quem for, continue com esse sentimento de que Palhoça precisa seguir em frente. TUDO DE PALHOÇA – Qual obra não deu tempo de realizar? RONÉRIO – Uma das obras que eu tenho transferido essa responsabilidade, é construir uma nova arena de futebol, principalmente, agora que o Guarani está na série A do Campeonato Catarinense. Eu já recebi a anuência, a confirmação da Dona Dirce [deputada Dirce Heiderscheidt], que, a partir de 2013, ela vai lutar muito, para termos uma subvenção social considerada de porte, para que a gente possa iniciar as obras do estádio do Guarani. Eu tenho certeza, que a Dirce vai realizar esse

de novembro de 2012, nós estamos remetendo, para a Câmara de Vereadores, o segundo Plano Diretor, que compreende toda a área do município de Palhoça, retirando exclusivamente a Baixada do Maciambú. Então, toda a região do município de Palhoça, do Rio Cubatão, até a divisa com São José, no Rio Imaruim, está contemplada. Isso significa dizer que nós estamos colocando Palhoça no piloto automático, significa dizer que todas as áreas, que eram áreas rurais e que precisam se transformar em áreas urbanas, estão sendo contempladas. Com esse Plano Diretor, estamos preparando Palhoça, até 2025.

meu sonho. TUDO DE PALHOÇA Algum arrependimento?

RONÉRIO – Há única coisa que foi uma pena eu não ter percebido antes: a importância de se criar uma zona alfandegária. Por isso, eu estarei, essa semana ainda, no Ministério do Desenvolvimento e da Industria da Importação e Exportação, que tem o Pimentel como ministro. Vamos discutir a constituição de uma zona alfandegária, ainda em 2012. Nós só percebemos isso agora, no final do mandato, quando a Komeco, a Mideia e a Ventsol estão se instalando ou estão buscando se instalar na Zona Franca de Manaus, em busca de redução de impostos. TUDO DE PALHOÇA – Por que a demora na aprovação do Plano Diretor? RONÉRIO – O município de Palhoça é um dos poucos municípios do Brasil, que tem dois planos diretores. O Plano Diretor da Região Sul, que define o que se pode e o que não se pode fazer naquela região, está há mais de 12 meses na Câmara de Vereadores. Nesta segunda-feira, dia 5

TUDO DE PALHOÇA – Segundo pesquisas, o prefeito Ronério tem uma aceitação popular de 77%. Como, então, não conseguiu eleger o seu sucessor? RONÉRIO – Nós fomos reeleitos com quase 75% dos votos válidos. Fui o primeiro prefeito que conseguiu a reeleição. Mas, nós tivemos, no dia 30 de junho, um processo, que nos surpreendeu, pelo fato do nosso então candidato a prefeito (Lúcio Mattos) perder a convenção. Então, obviamente,isso já foi um problema difícil de administrar. Eu levei praticamente 40 dias, para entrar no processo eleitoral. Eu ouvi muitos depoimentos, de pessoas dizendo o seguinte “o Ronério é uma coisa, o candidato dele é outra”. Mas, a gente respeita o processo democrático. Só lamentamos, porque, hoje, nós estamos ainda sem saber exatamente quem vai assumir a Prefeitura, em janeiro. Isso prejudica o crescimento. A cidade vinha recebendo de dois a quatro investimentos por dia. Com a indefinição política, nós já percebemos que existe uma indecisão muito grande de

investidores em relação a cidade de Palhoça. Já houve investidores que cancelaram projetos, que estavam em andamento no nosso departamento técnico. TUDO DE PALHOÇA – O que o cidadão Ronério vai fazer a partir do dia primeiro de janeiro ? RONÉRIO – Está tudo pronto, tudo definido. A partir do dia 15 dezembro, estaremos fazendo a prestação de contas, e também gravando um vídeo, de 15 minutos, sobre todas as ações feitas nestes oito anos a frente da administração. Tenho, ainda, que fazer uma cirurgia no joelho. Logo após isso, já estarei na praia, descansando e passando as festas de final de ano, claro comemorando meu aniversário, em fevereiro, como sempre. Serão três festas, uma na praia, uma no ‘bar do Nilton’, e claro, outra lá, em Alfredo Wagner. Reportagem: Alexandre Mustafá Silveira Foto: Baby Espíndola

Rua Marino da Silva - Bela Vista

Rua São Bento - Pacheco

Unidade de Saúde do Médio Aririú


Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Obras em fase de execução em Palhoça

27

Acesso Caminho Novo e Bela Vista

Centro de Inclusão produtiva – GTR Frei Damião

Reforma da Creche Vó Dolores - Ponte do Imaruim

Escola do Madri

Ginásio de Esportes - Ponte do Imaruim

Policlínica Central - Centro de Palhoça

Posto de Polícia - Jardim Eldorado

Praça de Esporte e Cultura - Jardim Coqueiros

Quadra de Esportes - São Sebastião

Rua Alferes Tiradentes - Ponte do Imaruim

Rua Floriano Peixoto - Ponte do Imaruim

Rua Lídio Luiz da Silva - Caminho Novo

Rua Manoel Fermino da Silva - São Sebastião

Rua Pedro Alcântara Garcia - Caminho Novo

Rua Salezio Beltrame - Caminho Novo


28

Tudo de Palhoça

Obras em fase de execução em Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Rua São Gabriel - Caminho Novo

Asfalto Rua Geral - Barra do Aririú

Creche Inês Marta - Bela Vista

Crescêncio Inácio da Silva - Pacheco

Escola Francisca Raimunda - Praia do Pontal

João José Quadros - Guarda do Cubatão

Praça de Reciclagem - Praia da Pinheira

Praça Paulo Inácio Darli - Enseada de Brito

Rua da Praia do Marivone - Praia de Fora

Rua da Praia do Marivone - Praia de Fora

Rua Dom Manoel I - Laranjeiras

Rua Heitor Teodoro de Bona - Barra do Aririú

Rua Jacinto Ferreira Macedo - Bela Vista

Rua Luiz Henrique - Barra do Aririú

Rua Manoel Tomé Garcia - Aririú


Tudo de Palhoรงa

Palhoรงa 6 de Novembro de 2012

29


30

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Alexandre Mustafá Silveira ilumine e de forças para podermos realizar este projeto com dedicação, responsabilidade e imparcialidade, para termos sucesso. Chegou o TUDO DE PALHOÇA, um novo meio de comunicação a nossa querida cidade, que chama-se PALHOÇA.

Apresentação Apresentação Meu nome é Alexandre Mustafá Silveira, sou natural de Clevelândia, Paraná, nascido em dezembro de 1963, filho de Antonio Silveira e Alice Ribeiro Silveira (em memória), morador de Santa Catarina desde 1975. Conheci Palhoça em setembro de 1987 através de meu amigo Luiz Tadeu Thumé, e estou trabalhando na cidade há 25 anos. Escolhi Palhoça para morar e viver, com minha esposa Cris e meu filho Mustafá. Exerço a profissão de Corretor de Imóveis neste período acima mencionado, onde realizei vários negócios, com diversos empresários e companhias de grande portes, trazendo crescimento, empregos e valor agregado ao Município de Palhoça. Nos últimos quatro meses entrei em um novo projeto de vida, onde criei um Portal de noticias, que se chama www.tudodepalhoca.com,

após a criação senti que teria que voltar a estudar. Optei em fazer jornalismo na Unisul. Neste tempo, já conquistamos a cidade. Prestando informações em tempo real, estamos com mais de 300 mil visitas. Nosso Portal posta diariamente mais de 25 matérias, o que nos dá mais de 175 matérias semanais. Com esses números pensei como empresário e acabei vendo que poderia informar mais nossa população. Em reunião com os nossos 22 colaboradores, chegamos a conclusão que deveríamos dar um passo maior, criando um novo meio de comunicação, aí surgiu o Jornal Tudo de Palhoça. O JORNAL TUDO DE PALHOÇA, será semanal, com publicação todas as terças-feiras, e contará com uma tiragem de 5.000 exemplares, todo em páginas coloridas e distribuição gratuita para toda a região de Palhoça. Espero do fundo meu coração, que Deus nos

Comércio O comércio de Palhoça trabalha cada vez mais para satisfazer seus consumidores, tanto no treinamento dos funcionários e na decoração, como na diversificação de produtos. Palhocenses vocês não precisam mais procurar fora do município produtos, roupas, imóveis, materiais diversos, etc. Disponibilizaremos a vocês mais de 8.000 empresas em nosso Município, em diversos segmentos. Vamos prestigiar o nosso comércio. Faça aqui, compre aqui, estude aqui, trabalhe aqui, invista aqui, VIVA E MORE AQUI. PALHOÇA.

Palhoça Digital Wi-Fi é uma modalidade de acesso muito utilizada em centros comerciais, lojas, aeroportos,

shopping centers e ambientes corporativos. Não é sonho não, já temos vários locais públicos de Palhoça que contam com a tecnologia Wi-Fi. Mas a maior novidade no momento, é a entrega dos edifícios construídos na cidade que já são vêm com Wi-Fi. Palhoça hoje tem instalado mais de 90.000 ligações, sem contar os celulares que usam este recurso. Estamos todos conectados. Para quem não sabe, já temos na cidade uma empresa instalada na Pedra Branca, com internet em fibra óptica, com capacidade de até 100 M. Imagine só, você estar baixando um filme e podendo assistir simultaneamente, não é o máximo? O prefeito Ronério Reiderscheidt, estava trabalhando num projeto de Wi-Fi, para todos os lugares públicos do Município, se não der tempo, que o próximo prefeito não esqueça dessa ideia

Cambirela, com entrevista dos moradores, personalidades e autoridades. Traremos também à tona os problemas dos bairros e as soluções para os mesmo. Divulgaremos também o que está acontecendo na parte escolar, cultural ambiental e esportiva. Foi uma maneira que o Portal www. tudodepalhoca.com achou de a população conhecer mais os bairros e a cidade. Este material levantado também estará disponível no Jornal. Aguarde.

Tudo móvel

Thumé recebe vista do prefeito Ronério

Comunicamos aos moradores de Palhoça, que já estamos em fase final dos testes, do TUDO MÒVEL, que é um projeto arrojado de transmissão ao vivo do local. A ideia consiste em um veiculo furgão KOMBI para transportar os equipamentos e os repórteres. Teremos transmissão da Rádio

O Prefeito Ronério visitou no dia 30 passado seu grande amigo Luiz Tadeu Thumé. Uns dos primeiros corretores de Palhoça um ícone da corretagem de imóveis. Thumé e sua esposa Lucia ficaram muito felizes e emocionados com o econtro. Ele encontrava-se a mais

A cidade em suas mãos w w w. t u d o d e p a l h o c a . c o m - A n u n c i e ( 4 8 ) 3 2 4 2 - 4 9 4 4


31

Tudo de Palhoça

Palhoça 6 de Novembro de 2012

Cinema

Horóscopo Depois de dois dias muito tensos, as energias começam a melhorar e a se tornarem menos densas. É hora de começar a acalmar ânimos e limpar tudo o que ainda valer a pena. Uma nova fase se reinicia, portanto, mantenha-se atento aos próximos passos.

Energias mais pesadas que envolveram você nos últimos dias começam a ficar para trás e novas energias tomam conta de sua vida. Em pouco tempo, o que era medo e sensação de perda se transforma em benesses.

Arcoplex 1

Os dias mais tensos começam a ficar para trás. Seu regente começa a caminhar mais livremente e as dificuldades no amor e nos romances começam ser amenizadas. Júpiter traz a promessa de novos e melhores dias.

Sentimentos e emoções mais pesadas que estiverem presentes em sua vida nos últimos dias começam a ficar para trás e você sente como se uma nuvem negra se afastasse. Melhora significativa em suas finanças.

HOTEL TRANSILVÂNIA 14:00 e 15:50

As tensões que rodearam sua vida emocional e seus romances começam a ficar para trás nestes próximos dias. Júpiter em seu signo faz um ótimo aspecto com Vênus e melhora também as questões que envolvem dinheiro..

Dificuldades envolvendo suas finanças e os romances começam a ficar para trás e novas energias começam a chegar em seu entorno. Seu regente movimenta positivamente seu coração. Melhoria financeira.

Tensões mais carregadas dos últimos dois dias ficam para trás e no dia 08, terminam de vez. Júpiter em Gêmeos faz um ótimo aspecto com Vênus em Libra e algumas situações mais difíceis com sua vida doméstica começam a melhorar.

Energias mais densas que estiveram presentes em sua vida nos últimos dias começam a diminuir e dar lugar a alguma tranquilidade. Júpiter em Gêmeos em ótimo aspecto com Vênus traz novos benefícios à sua carreira.

As tensões que tomaram conta de todos nos últimos dias começam a ficar para trás e em pouco tempo questões relacionadas às suas amizades que trouxeram problemas serão solucionadas. A comunicação melhora sensivelmente.

Energias mais densas que estiveram presentes e que trouxeram problemas aos seus projetos começam a ficar para trás. Boas novidades no trabalho podem começar a chegar e seus projetos voltam a caminhar.

A densidade das energias sentidas nos últimos dias começa a diminuir e novas energias rapidamente tomam conta de sua vida, especialmente em questões que envolvem suas finanças. Comece a pensar em novos investimentos.

Toda densidade emocional e sentimentos mais difíceis que você precisou enfrentar nos últimos dias começam a ficar para trás dando lugar a mudanças benéficas e um aprofundamento positivo de seus relacionamentos.

ATIVIDADE PARANORMAL 4 17:40, 19:30 e 21:20

Arcoplex 2 007 OPERAÇÃO SKYFALL 13:30, 16:10, 18:50 e 21:30

Acorplex 3 007 OPERAÇÃO SKYFALL 18:20 - 21:00 O MAR NÃO ESTÁ PARA PEIXE 2 - 3D 13:20, 15:00 e 16:40 BUSCA IMPLACÁVEL 2 13:50, 15:40 e 17:25 TED 19:10 e 21:20

Previsão do tempo - Ronaldo Coutinho TERÇA-FEIRA Possível céu claro a sol e nuvens a períodos de nublado a quase nublado. Pequena chance de chuva/trovoada no fim do dia/noite, isolada na região (Grande Fpolis). Temperatura alta de tarde. Mínima; 18/20°C e máxima; 28/30°C. Vento de oeste/noroeste a nordeste, em média entre 5/15 km com rajadas acima dos 25/35 km. Regular a ruim para barco pequeno no alto mar no fim do dia/noite. QUARTA-FEIRA Possível céu claro a sol e nuvens a períodos de nublado a quase nublado. Temperatura alta de tarde. Mínima; 17/19°C e máxima; 28/30°C. Vento de oeste/noroeste a nordeste, em média entre 5/15 km com rajadas acima dos 30/40 km. Regular a ruim para barco pequeno no alto mar. QUINTA-FEIRA Possível céu claro a sol e nuvens a períodos de nublado a quase nublado.

Possibilidade de pancadas de chuva/trovoada, mais no decorrer da tarde/noite. Pequeno risco de temporal isolado (granizo, vento chuva forte) Temperatura alta. Mínima; 19/21°C e máxima; 27/29°C. Vento de oeste/noroeste a nordeste, em média entre 5/15 km com rajadas acima dos 30/40 km. Regular a ruim para barco pequeno no alto mar. Tendência do tempo para sexta e fim de semana, dias 9/10 e 11 de novembro de 2012. Continuará o predomínio do ar quente e úmido alternando entre nublado a períodos de sol na sexta-feira com chance de chuva, mais de madrugada/ amanhecer e tarde/noite, pancadas, risco de trovoada de tarde. No sábado uma frente fria poderá chegar a SC de noite, maior chance de chuva de tarde/ noite e predomínio maior do céu nublado a muitas nuvens. Domingo com tempo instável, predomina o céu nublado e chuva no decorrer do período com intervalos de melhoria e entra o vento sul. A temperatura continuará alta na sexta e sábado e começará a cair no domingo, nos dias 9 e 10 entre 19/22 a 27/30°C e 18/20°C a 24/26°C no domingo.


Ano 1 - n° 1 - Distribuição Gratuita

Palhoça, 6 de novembro de 2012

Tudo de Palhoca .com

Tudo de Palhoça

Audiência pública debate Anel Viário

COLUNISTAS Baby Espíndola Repórter. P. 3 Moacir Conrad P.4 Ranieri P.11 Valdeci Motta P.12 Direto da redação P.13 Prof. Daniel P.14 Carol P. 18 Fernando P. 18

Se o projeto do Anel Viário fosse um veículo automotor, poderíamos admitir que acabou de engatar a primeira marcha. Mas, para alcançar a velocidade ideal, ainda falta muito. Isso é o que se pode deduzir, ao final de cada audiência pública, de uma série de três, promovidas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Autopista Litoral Sul, a concessionária do pedágio, responsável pela obra.

Cresce número de famílias catarinenses endividadas O nível de endividamento das famílias de Santa Catarina aumentou. Porcentagem subou de 83,1%, registrado no mês de setembro, para 87,6% em outubro. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (PEIC) de Santa Catarina, realizada pela Federação do Comércio de Bens,

Serviços e Turismos de Santa Catarina (Fecomércio SC). Se comparado ao mesmo período do ano passado, o resultado é o inverso. Em outubro de 2011, a porcentagem de famílias endividadas chegou a 92%, o que representa uma queda de 4,4%.

P.15

P.8

Abertas matrículas para o ano letivo de 2013

A Secretaria de Estado da Educação (SED) abriu nesta segunda-feira, 29, matrículas da para o ano letivo de 2013 nas 1.112 escolas da rede pública se Santa Catarina. Os pais poderão matricular seus filhos até o dia 05 de novembro respeitando o critério de zoneamento, procurado pela escola mais próxima de sua residência ou do local de trabalho, sendo a instituição municipal ou estadual. P.22

Claudia Gomes P. 19 Edson Marques P.21 Cristina Estefano P.24 Alexandre Mustafá Silveira P.30

Para anunciar ligue 3242-4944


Jornal Tudo de Palhoça - nr 01 - 06/10/2012