Issuu on Google+


Amigos por todas as vidas


Sara Vieira

Amigos por todas as vidas


Copyright © Sara Vieira Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer forma e por qualquer meio mecânico ou eletrônico, inclusive através de fotocópias e de gravações, sem a expressa permissão do autor. Editora Schoba Rua Melvin Jones, 223 - Vila Roma - Salto - São Paulo - Brasil CEP 13321-441 Fone/Fax: +55 (11) 4029.0326 | 4021.9545 E-mail: atendimento@editoraschoba.com.br www.editoraschoba.com.br

CIP-Brasil. Catalogação-na-fonte Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ M496a Mendonça, Sara Vieira de Amigos por toda as vidas / Sara Vieira de Mendonça. - 1.ed. - Salto, SP : Schoba, 2012. 536p. : 23 cm ISBN 978-85-8013-142-0 1. Romance brasileiro. I. Título. 12-4211. CDD: 869.93 CDU: 821.134.3(81)-3 21.06.12 04.07.12

036639


Agradecimento Amigos, quero registrar aqui o meu mais profundo agradecimento. À minha equipe, por sua notável competência, por seu estímulo permanente e, sem dúvida, por ter dado acolhimento ao meu projeto de trabalho. Este livro é muito especial para mim. Aos meus familiares e amigos, quero agradecer suas pontuais e riquíssimas sugestões. Ao meu irmão Alberto em especial por representar sempre uma referência fundamental na minha vida, ao meu filho Fabricio, sua admirável capacidade de desbravar novos caminhos e exemplo de trabalho para todos. À minha esposa Amanda, por sua generosidade e seus conselhos sempre oportunos. Ao Frederico e o Joel gostaria de registrar minha sincera gratidão e reconhecimento, à Samantha minha nora sem sua integridade de princípios, sem sua sábia intervenção nos momentos mais difíceis desta trajetória com quem pude contar em todas as etapas excelência profissional e humanidade plena. Às queridas Julha e pequenina, amigas e incentivadoras de todas as horas, que me ajudaram a superar os grandes desafios desta jornada. Sou imensamente grato pelo sincero e fraterno convívio... Aos queridos colegas Rafael e Francisco. Agradeço principalmente a Deus por me dar oportunidade de estar com todos novamente juntos. À Rosa amiga generosa, que sabe conjugar excelência profissional e humanidade plena.


Gracias Durante La preparación de este trabajo, em médio de muchos desafios y dificuldades, siempre conto com El apoyo y El cariño de muchos amigos, todo lo que quiero dejar Constancia de mi más profundo agradecimiento. Mi equipo, por su capacidad excepcional, por su estímulo continuo y, de hecho, han mantenido a mi proyecto de trabajo. Este libro ES muy especial para mi y mi família y amigos quieren agradecer a SUS sugerencias oprtunas y ricos. Cuando mi Hermano Alberto siempre ES especial, ya que representa uma referencia clave em mi vida. Cuando mi hijo Fabricio, su notable capacidad para abrir nuevos caminos ES um ejemplo de trabajo para todos. Mi esposa Amanda, por su generosidad y su consejo siempre es apropriado. Cuando Frederico y Joel gustaría dejar cosntancia de mi más sincera gratitud y reconhecimento, a sin mi hija Samantha integridad de los princípios, sins u intervención sabia em los momentos más difíciles de esta historia com La que podia contar com todas las etapas de este trabajo. Al amigo de Rosa generoso, que sabe combinar La excelência profesional y La plena humanidad. De julio y la niña querida, amable y alentador de todas lãs horas, que me ayudó a superar los grandes desafios de este viaje. Estoy inmensamente agradecido por La convivência sincera y fraternal ... Raphael y SUS colegas querían agradecer a Francisco principalmente a Dios por darme La oportunidad de estar junto a todos de nuevo.


Apresentação O amor resume a doutrina de Jesus toda inteira, visto que esse é o sentimento por excelência, e os sentimentos são os instintos elevados à altura do progresso feito. Em sua origem, o homem só tem instintos; quando mais avançado e corrompido, só tem sensações; quando instruído e depurado, tem sentimentos. E o ponto delicado do sentimento é o amor, não o amor no sentido vulgar do termo, mas esse sol interno que condensa e reúne em seu ardente foca todas as aspirações e todas as revelações sobre-humanas. A lei de amor substitui a personalidade pela fusão dos seres; extingue as misérias sociais. Ditoso aquele que, ultrapassando a sua humanidade, ama com amplo amor os seus irmãos em sofrimento! Ditoso aquele que ama, pois não conhece a miséria da alma, nem a do corpo. Tem ligeiros os pés e vive como que transportado, fora de si mesmo. Quando Jesus pronunciou a divina palavra - amor, os povos sobressaltaram-se e os mártires, ébrios de esperança, desceram ao circo. O Espiritismo a seu turno vem pronunciar uma segunda palavra do alfabeto divino. Estai atentos, por que essa palavra ergue a lápide dos túmulos vazios, e a reencarnação, triunfando da morte, revela às criaturas deslumbradas o seu patrimônio intelectual. Já não é ao suplício que ela conduz o homem: condulo à conquista do seu ser, elevado e transfigurado. O sangue resgatou o espírito e o espírito tem hoje que resgatar da matéria o homem. Disse eu que em seus começos o homem só instintos possuía. Mais próximo, portanto, ainda se acha do ponto de partida, do que da meta, aquele em quem predominam os instintos. A fim de avançar para a meta, tem a criatura que vencer os instintos, em proveito dos sentimentos, isto é, que aperfeiçoar estes últimos, sufocando os germes latentes da matéria. Os instintos são a germinação e os embriões do sentimento; trazem consigo o progresso, como a glande encerra em si o carvalho, e os seres menos adiantados são os que,

O 11 L


O Sara Vieira L emergindo pouco a pouco de suas crisálidas, se conservam escravizados aos instintos. O espírito precisa ser cultivado, como um campo. Toda a riqueza futura depende do labor atual, que vos granjeará mais do que bens terrenos: a elevação gloriosa. E então que, compreendendo a lei de amor que liga todos os seres, buscareis nela os gozos suavíssimos da alma, prelúdios das alegrias celestes. Os anjos guardiões são embaixadores de Deus, mantendo acesa a chama da fé nos corações e auxiliando os enfraquecidos na luta terrestre. Quais estrelas formosas, iluminam as noites das almas e atendem-lhes as necessidades com unção e devotamento inigualáveis. Perseveram ao lado dos seus tutelados em toda circunstância, jamais se impacientando ou os abandonando, mesmo quando eles, em desequilíbrio, vociferam e atiram-se aos despenhadeiros da alucinação. Vigilantes, utilizam-se de cada ensejo para instruir e educar, orientando com segurança na marcha de ascensão. Envolvem os pupilos em ternura incomum, mas não anuem com seus erros, admoestando com severidade quando necessário, a fim de lhes criarem hábitos saudáveis e conduta moral correta. São sábios e evoluídos, encontrando-se em perfeita sintonia com o pensamento divino, que buscam transmitir, de modo que as criaturas se integrem psiquicamente na harmonia geral que vige no cosmo. Trabalham infatigavelmente pelo bem, no qual confiam com absoluta fidelidade, infundindo coragem àqueles que protegem, mantendo a assistência em qualquer circunstância, na glória ou no fracasso, nos momentos de elevação moral e naqueles outros de perturbação e vulgaridade. Nunca censuram, porque a sua é a missão de edificar as almas no amor, preservando o livre-arbítrio de cada uma, levantando-as após a queda, e permanecendo leais até que alcancem a meta da sua

O 12 L


O Amigos por todas as Vidas L evolução. Os anjos1 guardiões são lições vivas de amor, que nunca se cansam, porquanto aplicam do tempo terrestre auxiliando aqueles que lhes são confiados, sem se imporem nem lhes entorpecerem a liberdade de escolha. Constituem a casta dos espíritos nobres que cooperam para o progresso da humanidade e da Terra, trabalhando com afinco para alcançar as metas que anelam. Cada criatura, no mundo, encontra-se vinculada a um anjo guardião, em quem pode e deve buscar inspiração, auscultando-o e deixando-se por ele conduzir em nome da consciência Cósmica. Ele jamais se aparta do seu protegido, mas este, por presunção ou ignorância, rompe os laços de ligação emocional e mental, debandando da rota libertadora. Quando erres e experimentes a solidão, refaze o passo e buscao pelo pensamento em oração, partindo de imediato para a ação edificante. Quando alcances as cumeadas do êxito, recorda-o, feliz com o teu sucesso, no entanto preservando-te do orgulho, dos perigos das felicidades terrestres. Na enfermidade, procura ouvi-lo interiormente sugerindo-te bom ânimo e equilíbrio. Na saúde, mantém o intercâmbio, canalizando tuas forças para as atividades enobrecedoras. Muitas vezes sentirás a tentação de desvairar, mudando de rumo. Mantém-te atento e supera a maléfica inspiração. O teu anjo guardião não poderá impedir que os espíritos perturbadores se acerquem de ti, especialmente se atraídos pelos teus pensamentos e atos, em razão do teu passado, ou invejando as tuas realizações... Todavia te induzirão ao amor, a fim de que te eleves e os ajudes, afastando-os do mal em que se comprazem. 1. Tem cuidado para não se afastar psiquicamente do seu anjo guardião.

O 13 L


O Sara Vieira L O teu anjo guardião é o teu mestre e amigo mais próximo. Imana-te a ele. Entre eles, os anjos guardiães de Deus, encontram-se Jesus, o guia perfeito da humanidade. Medita nas suas lições e busca seguir-lhes as diretrizes, a fim de que o teu anjo guardião te conduza ao aprisco que Jesus levará ao pai amoroso. Quando houverdes conseguido dominar os ímpetos da impaciência, da cólera, ou do desespero, dizei, de vós para convosco, cheio de justa satisfação: “Fui o mais forte.” Bem aventurados os aflitos pode então traduzir-se assim: “Bem aventurados os que têm ocasião de provar sua fé, sua firmeza, sua perseverança e sua submissão à vontade de Deus, porque terão centuplicada a alegria que lhes falta na Terra, porque depois do labor virá o repouso”.

Ditado por Espiritu Marcus Gregório e pissicografado pela médium Sara Vieira.

O 14 L


CapĂ­tulo 1


Amigos por todas as vidas


E

m 1914 foi dado o início a primeira guerra mundial, eu tinha apenas 54 anos quando fui convocado para servir na guerra com a minha equipe médica onde se encontrava meu Hermano, mais novo e tão querido por mim que era como um filho. Alberto tinha na época 37 anos, minha Amanda tinha apenas 48 anos, meu filho Fabrício tinha 28 anos a Samantha tinha 24 anos e meus amigos Frederico e Joel que tinha 33 e 35 anos era a minha equipe médica que representávamos a Espanha. Minha Amanda e eu morávamos em Madrid capital da Espanha tínhamos uma bela casa arejada com um lindo jardim de rosas onde a Amanda passava a maior parte do tempo, Amanda entre as rosas se tornava a, mais bela entre todas elas, éramos muito felizes. Meu Hermano Alberto morava com meus pais próximos a minha residência o Alberto, eu e nosso pai seguimos a profissão militar muito esforçado rapidamente o Alberto subiu a patente de sargento para capitão sempre ajudei muito meu irmão e sempre fui muito respeitado por ele, quando nosso pai veio a falecer aos 96 anos no ano de 1908 tomei postura de pai do Alberto. O Alberto era um boêmio gostava de beber de ter muitas mulheres e nunca quis nenhuma delas, para ser sua companheira. O Alberto tinha o pensamento que as mulheres só serviam para sua diversão própria a Espanha se tornava pequena para suas aventuras. O meu filho Fabrício e sua esposa Samantha moravam no campo viviam em uma perfeita harmonia era um casal abençoado por Deus meu filho a Samantha era espíritas kadesistas, nunca concordei muito com a religião deles, mas sempre respeitei meus pais e eu... nós sempre fomos muito católicos menos o Alberto.

O 19 L


O Sara Vieira L Mas também respeitávamos muito ele e de como ele levava a sua vida minha mãe Gleyce veio a falecer no ano de 1920. Quando eu e o Alberto desencarnamos minha Amada mãe entrou em depressão profunda e morria a cada dia um pouco a tristeza tomou conta de sua vida. Quando eu e Alberto éramos crianças, nos banhávamos nos lagos de águas cristalinas e quando Alberto foi ficando um nino já não ia, mais aos lugares onde íamos quando, mais novos ele começou a freqüentar as touradas ele gostava de desafiar os touros valentes assim ele ganhava admiração das mulheres que lá estavam assim todas as mulheres ficavam enamoradas com sua coragem foi assim que ele me apresentou a Amanda. Amanda gostava de olhar as touradas com suas irmãs, e comecei a ir também até as touradas para enamorar a Amanda; sempre de longe só com os olhos nos correspondíamos, sempre fui muito tímido com as mulheres o Alberto o oposto de mim. Aos meus 26 anos me casei com Amanda que tinha apenas 20 anos, tivemos uma linda cerimônia na catedral de Madrid após o casamento levei a Amanda para conhecer a França sempre fiz todos os gostos de minha Amanda. Nunca consegui enxergar outra mulher a não ser a minha Amanda ela era para mim a mulher, mais linda de todo o mundo, a criação, mais perfeita de Deus, fomos casados por 26 anos, amei minha Amanda com o mesmo amor desde primeiro momento que vir até o últimos dias de minha vida. Quando vinha a desencarnar em seus braços. No período que estávamos casados e morando em Madrid tivemos um filho o Fabrício, nome que dei a ele em homenagem ao meu avô paterno, meu filho quando se tronou a coisa mais preciosa pra mim. Ele era minha vida meu filho foi o melhor presente que Deus e minha doce Amanda me deram, quando meu Fabrício começou

O 20 L


Amigos por todas as vidas