Page 1

Vila Nova de Famalic達o Antoninas

1


2

Vila Nova de Famalic達o Antoninas


30

8 20

sumárioÇ MUNICÍPIO COM PASSADO, PRESENTE E FUTURO

4

FAMALICÃO CONVIDA PARA AS ANTONINAS 2014

6

CONCERTOS AMOR ELECTRO E QUINTA DO BILL ANIMAM AS FESTAS

8

MARCHAS CRIANÇAS E ADULTOS DESFILAM VAIDOSOS

11

FAMALICÃO MADE IN UM CONCELHO BOM PARA VIVER E INVESTIR

16

PARQUE DA DEVESA CULTURA E LAZER EM HARMONIA

20

REDE DE MUSEUS A PROVA DE UM MUNICÍPIO RICO EM CULTURA

23

CASA DAS ARTES O FAROL DA DIFUSÃO CULTURAL

28

FESTIVAL VAUDEVILLE RENDEZ-VOUS EM JULHO

30

João Braga Tavares Delegado Portugal 929 050 200 | jtavares@editorialmic.com Regus Business Centre. Praça Mouzinho de Albuquerque, 113 - 5º 4100-359 Porto www.editorialmic.com

Vila Nova de Famalicão Antoninas

3


, Município com passado, presente e futuro

A

s Festas Antoninas simbolizam a essência das gentes de Vila Nova de Famalicão. São um traço marcante da nossa memória coletiva e um momento de valorização e afirmação da identidade da nossa comunidade, das nossas tradições e da nossa história. São reflexo do pulsar de um concelho com história que respeita o passado, vive o presente e constrói o futuro, valendo-se de todas as suas potencialidades. Vila Nova de Famalicão é um município com uma genética empresarial forte e uma capacidade empreendedora atual e cheia de vitalidade. E são muitos os exemplos de pessoas e empresas empreendedoras deste concelho com marca. Visitar e desfrutar das Antoninas é também uma forma de descobrir as nossas potencialidades, a nossa história e os nossos produtos “Made In Famalicão”. Convido todos os famalicenses e todas as pessoas que nos dão a honra da sua visita a viverem intensamente as Festas Antoninas 2014, contribuindo para a defesa do nosso património mais genuíno, para a valorização das tradições ancestrais que nos identificam e para a afirmação territorial deste grande concelho que é Vila Nova de Famalicão.

Envolvam-se e divirtam-se!

PAULO CUNHA Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão

4

Vila Nova de Famalicão Antoninas


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

5


Famalicão convida para as Antoninas 2014

DE 6 A 13 DE JUNHO

De 6 a 13 de junho, as Festas Antoninas de Famalicão prometem trazer à cidade milhares de pessoas atraídas por um programa que privilegia as tradições e os costumes populares e convida à prática de desporto e à animação musical.

A

no após ano o concelho de Vila Nova de Famalicão aguarda com expectativa pela realização das Festas Antoninas. E 2014 não é excepção, pois promete chamar milhares de pessoas à cidade, na semana de 6 a 13 de junho, atraídas por um programa abrangente, pensado para diversos públicos, que privilegia as tradições e os costumes populares e convida à prática de desporto e à animação musical. Ao longo de oito dias as Festas Antoninas de Vila Nova de Famalicão, consideradas umas

6

Vila Nova de Famalicão Antoninas

das maiores e mais divertidas romarias do Norte do país, mobilizam todo o concelho, sendo uma manifestação cultural de enorme significado. A festa faz-se na rua e convida ao reencontro de costumes, sentimentos e sabores. Os concertos, as marchas dos adultos e das crianças e as atividades desportivas preenchem um cartaz rico e diversificado que não esquece os momentos mais tradicionais e populares, como o folclore e a etnografia, as fogueiras e os arraiais pela noite dentro com

caldo verde, sardinha assada na brasa e vinho tinto. As cerimónias religiosas ficam reservadas para o feriado municipal de 13 de junho, dia de Santo António, tendo como momentos de maior relevância a missa solene e a distribuição do pão do santo padroeiro, bem como a procissão religiosa durante a tarde pelas principais ruas da cidade. As Festas Antoninas 2014 terminam à meianoite com uma sessão piromusical no Parque da Devesa.


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

7


Amor Electro

9 de junho | 21h30 | Parque da Devesa

ANIMAÇAO MUSICAL Amor Electro e Quinta do Bill A

animam as festas 8

Vila Nova de Famalicão Antoninas

música é uma das apostas fortes do programa das Festas Antoninas 2014, com dois grandes espetáculos previstos: Amor Electro (dia 9, pelas 21h30, no Parque da Devesa) e Quinta do Bill (dia 12, à mesma hora, na Praça D. Maria II), ambos com entrada livre.

Os Amor Electro são uma das bandas portuguesas com mais sucesso na atualidade. Mariza Liz (ex-Donna Maria) é a vocalista. Recentemente os Amor Electro editaram o álbum “(Re)volução” que apresenta uma sonoridade mais rock e uma evolução musical. “Cai o carmo e a trindade”, o primeiro disco da ban-


da, lançado em 2011, chegou ao primeiro lugar do top nacional de vendas. Já a Quinta do Bill conta com mais de 25 anos de carreira e oito álbuns editados. Em 1994 lançou o tema “Os Filhos da Nação”, o maior êxito de sempre da banda de Tomar, que tem Carlos Moisés como vocalista. Entretanto, das iniciativas programadas merece também destaque a animação musical prevista para as noites das Antoninas no parque D. Maria II, com o ‘Toninhos 2014’.

Quinta do Bill

12 de junho | 21h30

Praça D. Maria II

Vila Nova de Famalicão Antoninas

9


S

10

Vila Nova de Famalic達o Antoninas


MARCHAS ANTONINAS CRIANÇAS E ADULTOS DESFILAM VAIDOSOS

S

erá que este ano vai haver surpresas no vencedor das Marchas Antoninas de Famalicão? Nos últimos três anos a Associação Unida de Avidos conquistou o prémio da melhor marcha das festas do concelho, pelo que se adivinha exigente para as outras marchas o desafio de a destronar do pódio. Na noite de 7 para 8 de junho, Famalicão veste-se de cor, brilho e alegria. Meses de trabalho culminam num grandioso cortejo que percorre o centro da cidade em direção ao estádio municipal, numa animada e saudável disputa entre as diversas associações do concelho. Imponentes, belas e apaixonan-

tes, as Marchas Antoninas são o momento mais emblemático das festividades, demonstrativo do orgulho dos famalicenses nas festas do seu concelho. Este ano as dez marchas participantes trabalham há já muito tempo com afinco, renovando a aposta na qualidade e procurando atrair a atenção dos milhares de pessoas que são esperadas. Também as crianças protagonizam um dos momentos altos, com as marchas infantis, no dia 9, pelas 14h30, pelo centro da cidade. Num desfile de beleza, ternura e criatividade, os mais pequenos dos jardins-de-infância e escolas do 1º Ciclo mostram que também têm lugar garantido nas festas do concelho.

Marchas Antoninas 7 de junho | 21h00 Saem para a rua num percurso que liga a rua Adriano Pinto Basto ao estádio municipal e prometem atrair milhares de pessoas à cidade.

Marchas Infantis 9 de junho | 14h30 As crianças protagonizam um dos momentos mais bonitos com o desfile que se realiza entre a Avenida 25 de Abril e as piscinas municipais.

P

articipam dez marchas: Associação Cultural e Desportiva de São Martinho de Brufe, Associação Desportiva e Cultural de Arnoso Santa Eulália, Associação de Pais de Vilarinho das Cambas, Associação Recreativa e Cultural de Antas, Associação Cultural e Recreativa Flor do Monte, Associação Unidos de Avidos, Associação Unidos por Calendário, Freguesia de Mogege, Clube de Cultura e Desporto de Ribeirão e Freguesia de S. Mateus.

Vila Nova de Famalicão Antoninas

11


RECREIO E LAZER A

DESPORTO JÁ É REGRA NAS FESTAS DO CONCELHO vertente desportiva tem vindo a adquirir uma relevância assinalável nas iniciativas programadas para as Festas Antoninas graças ao empenho cada vez mais interessado e dinâmico das associações do concelho. As atividades desportivas são já uma referência incontornável e envolvem várias gerações de famalicenses nas mais variadas modalidades desportivas. A edição deste ano volta a trazer iniciativas como o Grande Prémio de Atletismo Bernardino Machado e o XX Raid Todo-o-Terreno (ambas no dia 7), a Caminhada Camiliana e a Descida Mais Louca (ambas no dia 10) e outras com carácter mais tradicional de que é exemplo a Corrida de Galgos (também no dia 10).

Grande Prémio de Atletismo BERNARDINO MACHADO 7 DE JUNHO 18H00

D

e carácter essencialmente popular e com participação livre, o V Grande Prémio de Atletismo Bernardino Machado realiza-se no dia 7 de junho, a partir das 18h00, e será disputado nos escalões juniores, seniores e veteranos, masculinos e femininos, numa extensão de 10km. A competição vai este ano para a quinta edição e será disputada em circuito urbano no coração da cidade. A participação é livre mas está sujeita a inscrição prévia. A prova é organizada pela autarquia famalicense com o apoio da Associação de Atletismo de Braga, da Gestão do Centro Urbano e da Associação Comercial e Industrial de Famalicão.

12

Vila Nova de Famalicão Antoninas


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

13


Caminhada Camiliana 10 DE JUNHO 9H30

Envolver o grande romancista de Seide nas festas concelhias é o principal propósito da IX Caminhada Camiliana. A iniciativa, prevista para o dia 10, pelas 9h30, pretende recordar o trajeto tantas vezes percorrido por Camilo Castelo Branco, entre a estação de caminhos-de-ferro de Vila Nova de Famalicão e a sua casa em S. Miguel de Seide, numa extensão de mais de sete quilómetros, e espera contar novamente com a participação de centenas de pessoas. A Caminhada Camiliana permite aliar a cultura à prática de exercício físico, resultando numa verdadeira aula de literatura camiliana ao ar livre. A iniciativa é organizada pela Casa-Museu de Camilo e conta com os apoios da União de Freguesias de Seide e da empresa Carnes Primor.

Descida Mais Louca 10 DE JUNHO 10h00

A

segunda edição da Descida Mais Louca de Famalicão, numa iniciativa promovida pela A.R.C.A. – Associação Recreativa e Cultural de Antas, está marcada para 10 de junho, pelas 10h00. O evento consiste numa corrida de carros artesanais e implica dos participantes alguma dose de coragem. A edição deste ano apresenta algumas novidades. Haverá mais carros a competir (passam de 20 para 30), uma prova dedicada a trikes e mais prémios em disputa. O local da realização da descida é o mesmo: a Alameda Caminhos de Santiago, com um percurso de um quilómetro, que terá obstáculos para máquinas e pilotos. A edição de estreia saldou-se num verdadeiro êxito.

14

Vila Nova de Famalicão Antoninas


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

15


'FAMALICAO MADE IN' UM CONCELHO BOM PARA VIVER E INVESTIR

“Famalicão Made IN” é o nome da nova campanha de valorização e afirmação do território, vocacionada para a exploração do potencial económico do concelho, que o Município de Vila Nova de Famalicão tem em curso. A campanha pretende reforçar a associação da marca Famalicão a um bom município para viver e investir. Efetivamente, Famalicão tem tudo o que um investidor necessita para desenvolver os seus projetos. E este é o grande trunfo que o município apresenta para atrair novos investidores. Famalicão tem recursos humanos altamente qualificados, beneficia de uma localização geográfica privilegiada e com uma rede de acessibilidades moderna, conta com um amplo conjunto de empresas de referência nacional e internacional e tem garantido um crescimento populacional sustentado, registando atualmente cerca de 140 mil habitantes. Famalicão é o terceiro município mais exportador de Portugal, o maior exportador do Norte e a segunda maior economia do Minho. Lidera também a Norte ao nível do volume de negócios das indústrias transformadoras e é o concelho com o melhor resultado ao nível do Valor Acrescentado Bruto das empresas das indústrias transformadoras da região. Mais do que um programa, “Famalicão Made IN” é uma estratégia e um programa devidamente articulado com as dinâmicas existentes no território. E esta é a genética empresarial que o edil famalicense, Paulo Cunha, tem vindo a explorar para afirmar Vila Nova de Famalicão e facilitar o desenvolvimento do tecido empresarial concelhio.

16

Vila Nova de Famalicão Antoninas

“Famalicão tem tudo o que um investidor necessita para desenvolver os seus projetos. E este é o grande trunfo que o município apresenta para atrair novos investidores.”


Famalicão ajuda empresas a internacionalizar negócios No âmbito desta campanha, o município famalicense lançou recentemente o programa “Famalicão Made INternacional” com o propósito de apresentar aos empresários do concelho oportunidades de negócio em mercados externos com potencialidades e onde já estejam instaladas empresas famalicenses que atuarão como “embaixadores” naqueles países. Também a Câmara Municipal irá incluir-se no processo, assumindose como elemento institucional facilitador. Todas as conferências do programa “Famalicão Made INternacional” contam com a presença de representantes de entidades especialistas dos mercados com potencialidades de negócio e incluem a apresentação dos respetivos “embaixadores famalicenses”.

Vila Nova de Famalicão Antoninas

17


18

Vila Nova de Famalic達o Antoninas


PARQUE DA DEVESA CULTURA E LAZER EM HARMONIA

O

dia 28 de setembro de 2012 ficará gravado na história de Vila Nova de Famalicão como o dia em que os famalicenses viram nascer aquele que hoje é um dos ex libris da sua cidade e um dos maiores parques urbanos ecológicos da região Norte, com uma área de cerca de 27 hectares. O Parque da Devesa era um terreno agrícola desativado há muito tempo e atravessado pelo Rio Pelhe, que contribui para a sua beleza e aprazibilidade. A revitalização urbana transformou-o num espaço de lazer e cultura, integrador de várias estruturas antes existentes e de outras que foram construídas. Uma rede de caminhos pedonais, constituída por um eixo principal e estruturante, percorre o parque em todo o seu perímetro, interligando-se com outros caminhos de menor perfil que levam as pessoas aos locais mais atrativos. Assim, a partir dos elementos existentes no terreno, nomeadamente o anfiteatro ao ar livre, a casa do território, o restaurante, os serviços educativos e o rio, estabeleceu-se uma dinâmica de uso. O “pulmão verde” do município famalicense, desenhado pelo arquiteto Noé Diniz, trouxe um aumento significativo da qualidade de vida dos famalicenses que hoje usufruem do espaço público com orgulho. Atualmente é também um cartão-de-visita da cidade, atraindo muitos visitantes de outras localidades. No ano que passou o Parque da Devesa foi reconhecido a nível nacional pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, tendo recebido uma menção honrosa na categoria de “Reabilitação de Espaço Público” nos “Prémios IHRU 2013”.

20

Vila Nova de Famalicão Antoninas


“O anfiteatro ao ar livre, a casa do território, o restaurante e os serviços educativos vieram estabelecer uma dinâmica de uso do Parque da Devesa.”

Vila Nova de Famalição Famalicão Antoninas

21


22

Vila Nova de Famalic達o Antoninas


REDE DE MUSEUS

V

ila Nova de Famalicão orgulha-se de possuir uma rede museológica rica, múltipla e singular que projeta a imagem de um município culturalmente dinâmico e potencia o seu património cultural como produto turístico de excelência. Os treze equipamentos que integram a Rede de Museus municipal são lugares únicos e incontornáveis do património histórico concelhio. São verdadeiras caixas fortes da identidade famalicense onde está preservada a cultura popular e presente a memória coletiva. Conservar e valorizar este património, divulgando-o junto de todos, mas principalmente junto das novas gerações, é uma missão. Só uma sociedade que conhece o seu passado é uma sociedade que vive o presente e, sobretudo, assegura o futuro.

A PROVA DE UM MUNICÍPIO RICO EM CULTURA É exactamente por isso que o município famalicense tem vindo a apostar nos seus museus, tornando-os espaços mais cómodos e atrativos para o público, com uma atmosfera viva, dinâmica e multidisciplinar. Esta união faz prova do percurso histórico de Vila Nova de Famalicão, promove a preservação do património e alavanca as múltiplas potencialidades para o desenvolvimento da comunidade. Em suma, a Rede de Museus cruza as raízes multisseculares e os traços marcantes do percurso histórico de Vila Nova de Famalicão, com as realizações coletivas contemporâneas. Projeta e afirma a identidade do concelho e das suas gentes como instrumento educativo e pedagógico, ligando o passado ao presente e fazendo a ponte entre o local e o universal. Contribui para a competitividade do concelho.

A

rede museológica do concelho famalicense, criada em novembro de 2012, é composta por treze museus: Casa-Museu Camilo Castelo Branco, Museu Bernardino Machado, Museu do Surrealismo da Fundação Cupertino de Miranda (integram a Rede Portuguesa de Museus), Museu da Indústria Têxtil, Museu Nacional Ferroviário, Museu da Guerra Colonial, Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves, Museu do Automóvel Antigo, Museu de Arte Sacra de S. Tiago de Antas, Museu de Arte Sacra da Paróquia de Santo Adrião, Casa-Museu Soledade Malvar, Museu Cívico, Cultural e Religioso de Mouquim e Museu da Confraria da Senhora do Carmo de Lemenhe.

Vila Nova de Famalicão Antoninas

23


Casa-Museu Camilo Castelo Branco

F

oi na casa de Seide que Camilo Castelo Branco escreveu a maioria das suas obras e se suicidou em 1 de Junho de 1890. Depois do incêndio de 1915, a casa foi reconstruída para abrir ao público como "Museu Camiliano", em 1922. Considerada a maior memória viva de Camilo Castelo Branco, a Casa-Museu ganhou um significado histórico de fundamental importância para o conhecimento profundo da vida e obra do escritor. Cada visita constitui um convite renovado à leitura de Camilo e uma aposta de esperança na perenidade da Cultura e Língua portuguesas de que a sua obra constitui afirmação tão singular. Ao lado da Casa de Camilo está implantado o Centro de Estudos Camilianos, projetado por Siza Vieira e onde é diariamente valorizada e promovida a obra camiliana.

24

Vila Nova de Famalicão Antoninas

Casa de Camilo, Avenida de S. Miguel, 758 4770-631 S. Miguel de Seide Telefone: 252 327 186

geral@camilocastelobranco.org

HORÁRIO: 3ª a 6ª feira: 10h00 às 17h30 Fim-de-semana: 10h30 às 12h30 | 14h30 às 17h30 (encerra 2ª feiras e feriados)

ENTRADA GRATUITA


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

25


Museu Nacional Ferroviário

O

Museu Nacional Ferroviário – Núcleo de Lousado é o museu mais visitado do concelho e duplicou o número de visitantes. Em 2013 foram mais de 11 mil as pessoas que visitaram este espaço e ficaram a conhecer um pouco mais da história dos caminhosde-ferro da primeira metade do século XX. Famalicão possui ainda o Núcleo Museológico Ferroviário de Nine onde se encontra a locomotiva a vapor mais antiga de via larga, mais conhecida como "andorinha".

26

Vila Nova de Famalicão Antoninas

Largo da Estação - Lousado 4760-623 Vila Nova de Famalicão Telefone: 252153646

museuferroviario@vilanovadefamalicao.org HORÁRIO: Terça a sexta-feira: 10h00 às 17h30 | Fim-desemana e feriados: 14h00 às 17h30

ENTRADA GRATUITA


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

27


CASA DAS ARTES

O FAROL DA DIFUSÃO CULTURAL

A

Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão é uma das mais conceituadas salas de espectáculos do país. Fruto de uma forte aposta do município na disponibilização de uma programação cultural que preencha e enriqueça os cidadãos e afirme culturalmente o concelho, a Casa das Artes assume-se como um farol de irradiação cultural, aberto à expressão livre das artes e das ideias. Aqui têm lugar as mais variadas manifestações artísticas e culturais que são disponibilizadas ao público para que delas desfrute de forma descontraída e enriquecedora e assim ateste o seu valor, contribuindo para uma programação de qualidade e que respeite os interesses de todos.

Avenida Dr. Carlos Bacelar | Parque de Sinçães | 4760-103 Vila Nova de Famalicão Telefone: 252371304 | Site: casadasartes.org casadasartes@vilanovadefamalicao.org | bilheteira.casadasartes@vilanovadefamalicao.org

28

Vila Nova de Famalicão Antoninas


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

29


VAUDEVILLE RENDEZ-VOUS V

F E S T I VA L D E T E AT R O , C I R C O E C A B A R E T E M J U L H O ila Nova de Famalicão recebe entre 4 e 11 de julho o Vaudeville Rendez-Vous, festival internacional de artes performativas, com características únicas no país, dedicado exclusivamente ao universo do teatro físico, circo e cabaret. Organizado pelo Teatro da Didascália em parceria com o Município de Vila Nova de Famalicão, o festival promete invadir ruas e praças da cidade com espetáculos de grande e pequeno formato. Estão previstas mais de 20 atividades para os oito dias de festival. Para além das companhias nacionais e internacionais convidadas, existe uma enorme cola-

30

Vila Nova de Famalicão Antoninas

boração e empenho por parte das instituições artísticas locais, nomeadamente escolas de artes profissionais, que desenvolveram projetos especificamente pensados para o festival. Ao longo de todo o festival a comunidade do Complexo Habitacional das Lameiras estará envolvida na criação de um espetáculo dirigido pela companhia portuense "Circolando", que estreia a 10 de julho no Parque da Devesa, com a participação de 25 participantes locais. A integração do festival no contexto urbano permite valorizar o património arquitetónico da cidade, potenciando o usufruto da arte em locais públicos de acesso livre.

Entre 4 e 11 de julho o Vaudeville Rendez-Vous promete invadir ruas e praças da cidade com dezenas de espetáculos de artes performativas.


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

31


32

Vila Nova de Famalic達o Antoninas


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

33


34

Vila Nova de Famalic達o Antoninas


Vila Nova de Famalic達o Antoninas

35


36

Vila Nova de Famalic達o Antoninas

Vila Nova de Famalicao - Antoninas 2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you