Page 1

NÂş 01

Mergulhe numa histĂłria de romance, paixĂŁo e intrigas

A saga de

Jeitosinha


em dias em que não deveríamos sequer levantar da cama. Você acorda, toma banho, escova os dentes, sai para trabalhar. Espera mais um dia normal, corriqueiro como todos os outros. Ônibus lotado, um chefe que te persegue, contas para pagar, um dia como todos os outros. Infelizmente nem sempre isso acontece. Você sai de casa e é pego desprevinido por uma chuva torrencial não prevista pela metereologia, o motor do ônibus que estraga no meio do caminho, o saldo telefônico que acaba no meio de uma ligação importante. “Coisas normais!”, alguem diria. Adversidades imprevisíveis e que fogem do nosso controle, mas aceitáveis, contornáveis, como tantas outras situações contornáveis pelas quais passamos todos os dias. Mas e se essas adversidades não forem assim tão “normais”? E se o nosso dia guinasse repentinamente por causa de uma pessoa específica? Alguem que considerou pertinente tomar uma decisão que afetasse aqueles ao seu redor, e nem sequer pensou nas consequências? Algo além de um sapato encharcado pela chuva pesada, além dos trinta minutos de atraso no trabalho. Foi pensando nisso que iniciamos este novo trabalho. Apresentamos Jeitosinha, uma garota meiga, com sonhos e conflitos de uma jovem adolescente como tantas outras. Pai, mãe, irmãos, amigos, amores, que acorda cedo para ir à escola. Mas como foi dito anteriormente, às vezes a vida foge do nosso controle, e nossa heroina está prestes a passar pelo maior conflito de sua vida. Verá que nem tudo aquilo que acreditava pode ser verdade, que nem todos aqueles que conhece são fiéis, e que às vezes o mundo pode ser cruel. Portanto, é com muito carinho que entregamos a você leitor esta produção meticulosamente preparada, com a certeza de que esta história tocará seu coração.

T

Editor Chefe


A H N I S O T EI

J

Filha caçula de Ambrósio e Marilena, é a preferida de ambos. Devido à vigília constante de sua mãe, tem pouco contato com outras pessoas. Doce e delicada, tem em Cleusa sua melhor amiga.

Homem impaciente e agressivo, é casado com Marilena, com quem teve sete filhos. Seu maior sonho era ter uma filha, que se realizou com o nascimento de Jeitosinha.

AMBRÓSIO MARILENA

Dona de casa humilde e religiosa, sofre com as agressões do marido. Extremamente atenciosa com sua filha, desperta os ciúmes de seu filho Arlindo. Esconde um grande segredo do marido.

AMARILDO

Quinto filho do casal. Embora trabalhador e honesto, deixa sua mãe desgostosa por conta de seu emprego como porteiro de bordel. Junto de Arlindo, são os dois únicos filhos homens a morar com os pais.


ARLI

NDO

Sexto filho do casal, herdou o temperamento do pai. Nutre ciúmes doentios pela irmã caçula.

BRUNO

Colega de sala de Jeitosinha e Cleusa. Com fama e pose de conquistador, escolheu Jeitosinha para seu próximo alvo.

Vizinha da família é a única pessoa que Marilena permite um relacionamento mais próximo com sua filha. Sempre vigilante mantêm os olhos atentos sobre a amiga.

CLEUSA

Amigo de Bruno. Jovem imprudente e irresponsável.

R O T Í V


Ambrósio - Este café sai ou não sai? Não posso me atrasar pro trabalho! Marilena - Já está pronto. Sente-se enquanto chamo os rapazes.


Marilena - Se apressem que o café já está na mesa. Não quero ninguem se atrasando pro trabalho novamente.


Amarildo - Foi quando eu avisei: Mulher aqui n茫o entra!

Ambr贸sio - e ela oque respondeu?


Amarildo - Que tinha que entrar. Que sabia que o marido estava lá dentro. Se eu soubesse que vida de segurança de bordel era tão chata não teria aceito esse emprego!

Marilena - Não toque nesse assunto! Já me basta saber que você trabalha num lugar como aquele.


Amarildo - Esse “trabalho como aquele” é o que paga minha faculdade. E no final das contas, emprego é emprego!

Ambrósio - Nós sabemos disseo Amarildo. Apenas não queremos que sua irmã escute esse tipo de coisa.


Arlindo - Claro! A princesa tem de ficar intocada em seu castelo de cristal. Aposto que a preguiçosa tá dormindo até agora.

Ambrósio - Jeitosinha já foi para a aula. E respeite sua irmã ou eu te arranco a língua seu safado!


Escola de Jeitosinha. Intervalo

Vítor - A Luíza é que é mulher de verdade. O resto é tudo criança ainda! Bruno - Mulher de verdade? Nem peito ela tem ainda. Aquilo é tudo enchimento.

Vítor - Enchimento nada! Você não sabe do que está falando. Paga de bonzão mas é o maior frouxo!


Bruno - Lembra quando eu sumi na festa junina? Eu tava atrás da cantina dando uns pega na guria.

Bruno - No meio do rala e rola eu desabotoei o sutiã dela. Foi aí que a espuma caiu no chão.

Vítor - Mentira! Bruno - Tô falando sério cara. Foi por isso que eu desisti dela. Vítor - E você tá com alguma outra garota em mente?


Bruno - A Jeitosinha...


Vítor - Rapaz desiste dessa idéia. A Jeitosinha não sai com ninguém.

Bruno - Aí é que você se engana meu caro. Aí é que você se engana! Vítor - O que você quer dizer com isso?


Bruno - Não revelo meus planos Vítor. Basta saber que eu consegui uma abertura!

Jeitosinha - Ai amiga, eu estou tão feliz. Hoje eu vou à lanchonete com o Bruno depois da aula!


Cleusa - Jeitosinha!

Cleusa - Jeitosinha, você tem certeza disso? Afinal de contas você sabe né, o Bruno é um verdadeiro canalha!


Cleusa - Além do mais seus pais são super severos. Eles não vão gostar nem um pouco disso. Jeitosinha - Calma amiga, é só um refrigerante.

Cleusa - Amiga pensa bem... não cai nessa armadilha! Ele não presta!


Jeitosinha - Cleusa! Até parece que você não me conhece! Sei bem como são os meus pais, vivo com eles desde que nasci. E sei me cuidar muito bem! Cleusa - Mas amiga...

Jeitosinha - Assunto encerrado! Conversamos sobre isso depois!


Casa da família Da Silva. Após o almoço.

Marilena - Óh Virgem Santíssima, ouve essa que também é mãe aflita. Interceda por mim e perdoa-me por viver em mentira.

Ambrósio - MENTIRA?


Ambrósio - Que história é essa de viver em mentira? Marilena - Mentira? Do que você está falando Ambrósio?

Ambrósio - Não desconverse! O que esconde de mim? É outro homem por acaso? Fale!


Ambrósio - Eu ouvi você confessar! Marilena - Mas Ambrósio...

Ambrósio - Ande mulher! Conte o que está escondendo! Marilena - Mas não é nada... eu não disse nada!


Ambr贸sio - VAGABUNDA!


De volta Ă escola de Jeitosinha.


Bruno - Olá!

Bruno - Espero não ter demorado. Jeitosinha - Demorou não. Eu acabei de chegar.


Bruno - Vamos então? Com você cada segundo é precioso!

Bruno - É uma pena que você não possa demorar. Conheço algumas lanchonetes melhores em outro bairro. Jeitosinha - Eu adoraria conhecer, mas minha mãe não gosta que eu fique na rua.


Bruno - Eu entendo. Não se deixa uma jóia como você sozinha pela rua.


Cleusa - Oi gente boa! Que surpresa encontrar vocĂŞs aqui!

Cleusa- Amiga! Cuidado com seu copo que ele vai cair!


Cleusa - Amiga olha que bagunça! Você tá toda molhada! Jeitosinha - Eu não acredito que isso tá acontecendo! Eu não acredito!

Cleusa - Deixa ela ir. Meu assunto é com você.

Cleusa - Fica longe da minha amiga. Eu sei que você não presta.


Casa dos Da Silva

Ambr贸sio - Voc锚 acha que pode me esconder alguma coisa?


Ambr贸sio - Desembucha sua vaca!

Marilena - Por favor pare! Eu conto a verdade! Eu conto!


Marilena - Jeitosinha tem tomado mais remédios que o normal. Então pra não preocupa-lo eu disse que a conta da mercearia aumentou.

Ambrósio - Nunca mais me esconda nada sobre minha filha. Agora vá cuidar dos seus afazeres.


Mais tarde...


Marilena - Chegou filha?

Jeitosinha - M達e! O que aconteceu?


Jeitosinha - Voce tá toda machucada. Me diz o que aconteceu. Marilena - Nada minha filha. Eu caí da escada.

Marilena - Jeitosinha! O que aconteceu com sua saia? Isso é jeito de chegar em casa?


Jeitosinha - Não tenta mudar de assunto mãe!. Me fala o que aconteceu. Você tá escondendo alguma coisa.


Marilena - Já falei que não é nada. Vá se limpar que seu pai está em casa e isso não é jeito de uma menina de família chegar em casa!


Arlindo - Jà falei. Seu emprego é um lixo. Nem me garantir um passe livre voc..

Arlindo - Mãe! Oque aconteceu? Você está toda machucada! Marilena - Não foi nada. Eu caí da escada. Arlindo - Caiu da escada uma ova!


Ambrรณsio - Ela caiu. E foi sรณ.

Ambrรณsio - Agora chega deste assunto e vรก chamar sua irmรฃ para jantar.


Adaptação e Produção Relton Guicheney Roberto Freitas Cenografia Clarice Renna Elenco Amarildo - Daniel Uirapuru Ambrósio - Roberto de Freitas Arlindo - Relton Guicheney Bruno - André Pastori Cleusa - Victoria Valente Jeitosinha - Dalton Machado Marilena - Clarice Renna Vítor - Plínio Alcantra Figurino Fabiana de Araújo Fotonovela adaptado da novela virtual de mesmo nome. Escola de Belas Artes UFMG 2010


Que segredo Marilena esconde de Ambrósio? Estaria Jeitosinha sofrendo de uma terrível doença? Que interesses estão por trás da atitude de Cleusa? Descubra as respostas para essas e outras perguntas na próxima edição.

Saga de Jeitosinha  

Fotonovela baseada na novela virtual de mesmo nome