Issuu on Google+

PC PLAYSTATION 3 NINTENDO WII

XBOX 360 NINTENDO 3DS

edição n1 Mensal Janeiro 2013

PRO GA

PSP

PSP Vita

ING AMING.COM

G WWW.PRO

ANÁLISE

The Elders Scrolls V: Dragonborn

ANTEVISÃO PlayStation All-Stars Battle Royale

Football Manager 2013 One Piece: Pirate Warriors

ESPECIAL World of Tanks : Novos Tanques Chineses

RE A W D HAR AS MELHORES MÁQUINAS GAMING

Descobre os melhores s Portateis e Desktops para jogo

O

IV S U L XC

E

Entrevista com “KREPO”, jogador profissional e membro dos CLG.eu Fica a saber mais sobre League of Legends

SE MONITORE ÁFICAS PLACAS GR Encontra as melhores soluções a nível gráfico

OS PERIFÉRIC NAIS SENSACIO

Acessórios de topo para a tua máquina gaming


ANÁLISE The Elders Scrolls V: Dragonborn

EXCLUSIVO

SUMÁRIO

League of Legends: Entrevistas e Guias

ESPECIAL

01 04

07 12

ANTEVISÃO Playstation All Stars: Battle Royale Football Manager: 2013

11

One Piece: Pirate Warriors

HARDWARE O melhor hardware do mercado!

World of Tanks

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


ANÁLISE

THE ELDERS SCROLLS V: DRAGONBORN

A GRANDE ODISSEIA O RPG épico da Bethesda recebe uma expansão à moda antiga em forma de DLC, acrescentando uma quantidade apreciável de conteúdo novo.

Lançamento: 4 de dezembro 2012 Disponível para: PC, PlayStation 3, Xbox 360 Editora: Bethesda Realização: Bethesda Género: RPG

01

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


ANÁLISE

D

imensão épica De certa forma podem olhar para Dragonborn como uma espécie de mini Skyrim. Este DLC acrescenta uma nova ilha para explorar, independente do território normal do jogo, várias missões principais e secundárias, novos poderes, armas, armaduras, inimigos e muito mais. Tudo isto deverá ocupar-vos entre algo a rondar as dez e as 20 horas, dependendo do quanto querem retirar desta expansão. O verdadeiro Dragonborn O motivo que vos levará à nova ilha de Solstheim é o aparecimento do Dragonborn original, que entre outros planos, deseja eliminar o falso Dragonborn (vocês). A história principal não é brilhante, mas tem algumas quests de boa qualidade e momentos memoráveis. Mas podem perfeitamente ignorar isto e investigar a ilha. Sejam magos, guerreiros, ladrões ou lobisomens, vão encontrar algo para fazer em Solstheim.

Os jogos da saga The Elder Scrolls são normalmente massivos e puxam o jogador a continuar, por vezes de forma inesperada. Dragonborn não é exceção. Por exemplo, uma missão pedia-nos para requisitarmos uma picareta de um mineiro. Tarefa fácil, certo? Duas horas depois tínhamos percorrido uma enorme cripta, resolvido puzzles, derrotado um Dragon Priest, recolhido um novo Dragon Shout e visitado a dimensão doentia de um dos deuses Daedric. Enfim, Skyrim naquilo que faz melhor. Território desolado A ilha de Solstheim não é desconhecida para os fãs da série, que já tiveram a oportunidade de a visitar com Bloodmoon, a expansão de Morrowind. A ilha sofreu bastante com as cinzas largadas pela errupção do enorme vulcão das redondezas, e isso nota-se nos cenários, desolados e vazios. Até um pouco vazios demais.

Montar um dragão não só é espetacular, é também útil e algo que pode ser usado fora da região de Solstheim. Os dragões podem ser usados para viajar e para chegar a locais difíceis, como o cimo das montanhas, se bem que depois para aterrar seja complicado. Os dragões são grandes e necessitam de uma espaço largo para aterrar. O combate também é possível, podemos ordenar a besta dominada para cuspir fogo e tostar quaisquer inimigos que vos façam frente.

02

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


PLAYSTATION ALL STARS: BATTLE ROYALE

ANTEVISÃO

PURA DIVERSÃO

ELENCO DE LUXO

O

grupo de lutadores que está a ser reunido para este Battle Royale está a ganhar uma forma fantástica. Entre os 20 nomes já confirmados existem grandes ícones PlayStation como Kratos, Sackboy, Drake e Cole MacGrath, por exemplo, mas o plantel não se fica por aqui. Também existem lutadores retirados de jogos que não são exclusivos, como Dante de DMC, Big Daddy de Bioshock e Raiden de Metal Gear Rising.

O jogo não inventa muito ao nível da jogabilidade, servindo-se de um modelo semelhante a Super Smash Bros, promovendo movimentação num plano em 2D (embora com grafismo tridimensional). Uma particularidade da jogabilidade de Battle Royale é a forma como é definido o vencedor. Ao contrário de outros beat ’em up, a saúde das personagens não se esvazia com

golpes. Em vez disso, os ataques normais servem para encher uma barra que permite executar movimentos ainda mais poderosos. Com estes golpes especiais conseguem matar qualquer oponente em que acertem. O vencedor é depois definido pela melhor contagem de inimigos eliminados e vezes que ele próprio perdeu.

04

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


ANTEVISÃO

FOOTBALL MANAGER: 2013

O CAMPEÃO VOLTOU

Licenças oficiais lém da habitual atualização para a temporada em curso, a base de dados está ainda mais completa, mas o jogo continua sem apresentar a maioria das licenças oficiais. É pena que tal situação continue a ser uma pecha do jogo. Felizmente, estamos a falar de um jogo para PC, uma plataforma “aberta” e democrática, e assim sendo será possível

A SI refinou todas as características do jogo, adicionou um vasto conjunto de novas opções e o jogo promete contagiar por completo todos aqueles que se autointitulam génios da tática.

A

depois realizar o download de skins, facepacks, kits e restantes add-ons gráficos nos tradicionais sites da comunidade.

05 ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013

ÚLTIMAS IMPRESSÕES A SI prometeu e cumpriu. O jogo não se limita a apresentar uma atualização da base dados e promete ser a experiência mais completa do género… sem esquecer os treinadores mais casuais ou que já não tinham tempo para desfrutar do jogo na sua plenitude face ao seu grau de complexidade.


ANTEVISÃO

O jogo da série One Piece lançado no Japão como Kaizoku Mosou vê agora a luz do dia na Europa, em exclusivo para a Playstation 3. Pirate Warriors, de seu nome, é o primeiro da série a aterrar na consola da Sony e chega pelas mãos da Omega Force, a produtora conhecida pelos jogos da série Dinasty Warriors. Por essa razão, não é de estranhar a enorme semelhança entre ambos - Pirate Warriors segue uma estrutura antiquada, com uma jogabilidade repeti-

ONE PIECE: PIRATE WARRIORS

A JORNADA ÉPICA DE LUFFY E COMPANHIA tiva e por vezes chata. Mas o que perde em inovação, ganha em segurança. E uma pintura ao estilo One Piece por cima de uma fórmula que arrisca tão pouco como a de Dinasty Warriors pode ser mesmo aquilo que os fãs procuram.

O Main Log, que é a campanha principal, tem curiosamente início no fim da aventura, numa altura em

que Luffy e companhia se voltam a reunir 2 anos depois da batalha de Marineford, o evento que dá fim ao enredo de Pirate Warriors. Mas ultrapassada esta introdução inicial, que serve também de tutorial às mecânicas de jogo, o grosso da campanha decorre enquanto Monkey D. Luffy e a sua equipa, já reunidos, recordam vivências conjuntas.

06

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


EXCLUSIVO

LEAGUE OF LEGENDS

O QUE É ?

JOGABILIDADE

eague of Legends é um MOBA(jogo de estratégia em tempo real) desenvolvido e publicado pela empresa Riot Games. O jogo foi anunciado pela primeira vez em 7 de outubro de 2008, e lançado em 27 de outubro de 2009. O jogo permaneceu em fase beta de 10 de abril de 2009 até 22 de outubro de 2009. O jogo foi lançado oficialmente no Brasil no dia 9 de Agosto de 2012.

Os jogos são formados em 2 equipas iguais com 3 ou 5 campeões em cada uma. Cada equipa começa numa ponta do mapa, numa área chamada “Spawning Pool”, perto do que é chamado de “nexus”. O jogo é ganho quando um dos “nexus” é destruído ou quando alguma equipe desistir. Para lá chegar, a equipa tem de progredir através de uma série de torres inimigas e destruí-las. As torres estão normalmente localizadas nos três caminhos possíveis para chegar à base inimiga. Pelo caminho, os jogadores vão ganhando experiência e subindo de nível, resultado de destruir torres, matar os jogadores adversários e creeps (pequenos NPC’s que nascem periodicamente e tentam destruir as torres inimigas, tam-

L

IMAGEM DURANTE UM JOGO

07

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013

bém chamados de minions). Matar inimigos fornece aos jogadores dinheiro com o qual podem comprar items no comerciante junto a “Spawning Pool” e assim fortalecer as estatísticas do seu campeão. Em League Of Legends, por cada partida, os jogadores começam em nível 1 e podem atingir o nível máximo de 18. A conta do jogador também sobe de nível, ganha-se experiência em vitórias e derrotas de partidas. A conta inicia no nível 1 e pode chegar ao nível 30. Quanto mais nível a conta do jogador tem, mais opções de utilitários em jogo e pontos de habilidades para criar páginas de habilidades diferenciadas para cada campeão do jogador.


ENTREVISTA COM O JOGADOR PROFISSIONAL “KREPO” P First of all thanks for your time providing you to do this interview, you can begin to present yourself? R I’m Mitch “Krepo” Voorspoels, 21 years of age, originating from the lovely Belgium. I’m an avid gamer and spend my spare time drinking the ocassional beer. I play support in Counter Logic Gaming (EU) For your team you think can go far, what are your main goals for this year? Competing in most if not all events, with top 3-4 in each even being the goal. Gathering as much points as possible for the season 2 finale. How long you play League of Legends? Roughly about 2 years now, started off as a noob, and gradually improved my gameplay by watching others and learning from them. As you can see the league of legends in Portugal? Do you think the teams that stand out more can go even further? I have no concrete knowledge about the Portuguese LoL scene. As it stands now, any team can reach the top provided they have proper mechanical skills and work well as a team. The skill cap on league of leg-

ends isn’t that high, it’s more about working together and sharing the same mindset. Then tell me that already the best player you play as a team what you love you? I have endless amounts of respect for the fnatic crew. I value Fnatic Cyanide and Fnatic xPeke to be 2 of the best league of legends players. What do you think the community of Portuguese League of Legends? I think national based LoL-communities are nice. If it provides a way for likeminded people to find eachother and have fun i can merely applaud the Initiative. Finally want to leave any comments? I’d like to thank Counter Logic Gaming and their sponsors for the opportunity they present me. Krepo Thank you for your time and good luck to your team and yourself!

08 ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


EXCLUSIVO

LEAGUE OF LEGENDS

KILLING SPREES E MULTI KILLS Killing sprees são níveis especiais que se ganha quando uma certa quantidade de inimigos é morta, para alcançar os Killing Sprees é necessário que o jogador não morra enquanto soma as suas mortes. Um jogador que esteja em killing spree e é morto garante ao jogador que o matou dinheiro extra. Além de killing sprees, existe outra lista que serve para contabilizar quantos inimigos um único jogador pode matar num curto período de tempo, sem morrer. O Killing Spree é alcançado quando três inimigos são mortos pelo jogador. O Rampage é alcançado quando quatro inimigos são mortos pelo jogador. O Unstoppable é alcançado quando cinco inimigos são mortos pelo jogador. O Dominating é alcançado quando seis inimigos são mortos pelo jogador. O Godlike é alcançado

09

quando sete inimigos são mortos pelo jogador. O Legendary é alcançado quando oito inimigos são mortos pelo jogador. O Legendary é o nível máximo de killstreaks que se pode alcançar, porém caso o jogador aumente seu número de mortes contabilizadas seus bonus ainda serão somados, mesmo que não haja mais outros títulos.

Combo de Kills: Alem de killing sprees também existem níveis de kills seguidos, ou seja, quando um jogador mata diversos inimigos em pouco tempo.

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013

O primeiro nivel chama-se Doublekill, no qual um jogador mata 2 inimigos subsequentes ou ao mesmo tempo.Do mesmo modo existe outros níveis sendo: -Triplekill:3 inimigos -Quadrakill:4 inimigos -Pentakill:É o nível mais aclamado no qual um jogador mata todos da equipe adversaria.(5 inimigos)


GLOSSÁRIO LANE: É o local onde passam os minions. Existem 3 lanes: TOP(a superior do mapa), MID(a do meio), e BOT(a de baixo). -GANK: Gankar é o acto de matar heróis de maneira apanhar a vítima de surpresa, geralmente são efetuados por junglers. -PUSH: Empurrar a onda dos minions numa lane. -CARRY: Herói com função de carregar a equipa, tem a principal função de puxar e farmar. -CASTERS ou NUKERS: São heróis que causam uma grande quantidade de dano com um simples combo de spells, por exemplo: Veigar, Annie, Anivia. -SUPPORTER: É o herói que apenas joga para ajudar a sua equipa. Joga sempre bot lane

para ajudar seu parceiro (carry) a farmar à vontade, gankar e sobreviver. Resumindo, possibilita que as jogadas dêem certo. (exemplos de suporters: Soraka, Janna Sona). -INITIATOR/ STARTER: No meio de uma batalha em grupo (de 2x2 à 5x5), é necessário que alguém comece o combate, avançando e forçando as equipas a se movimentarem, seja com slows/ stuns na área, ou com um simples arremesso de um adversário no meio da área da equipa adversária (exemplos de starters: Malphite, Singed, Maokai). -TANK: É o tipo de herói que serve para receber dano sem sofrer muito com isso, normalmente a maioria dos starters são tanks ou semi-tanks (exemplos de tanks:

Rammus e Amumu) -DISABLE: Acto de inutilizar o herói inimigo, com CC (stuns, slow, silence, blind e etc). -LAST HIT: Acto de dar o último hit no creep/ minion, torre ou herói, ganhando o dinheiro do alvo. -FARM: Acto de matar minions. -MISS/MIA/SS: Expressão utilizada para avisar que existe um herói fora de sua lane (geralmente por conta de um possível gank, ou que ele voltou para base por algum motivo). -NUKE: Acto de causar dano com os spells, muitas vezes utilizado como Harass. -HARASS: Faz com que o inimigo ganhe menos level que tu e que teu herói consiga o controle da lane, ou seja intimidar. -UPAR/LEVLAR: Simplesmente o acto de subir de nível.

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


HARDWARE F13PC INTEL EXTREME GAMER 2013 Caixa COOLERMASTER HAF-X somptuosa com lateral em acrílico; Fonte Modular AEROCOOL STRIKE X 800W 80 PLUS SILVER MODULAR; Motherboard ASUS MAXIMUS V EXTREME; Processador Intel Quad Core i7 3770K 3.50 GHZ e 8 Mb de cache; Memória GSKILL PC3-14900 RIPJAWSZ CL9 1866MHZ QC 16GB Dual Channel; Placa gráfica ASUS GEFORCE GTX 680 DCII TOP 2048MB GDDR5;

ASUS MX239H IPS LED 23” WIDE 5MS HDMI Ecrã : - Tamanho do Ecrã: Wide Screen 23.0”(58.4cm) 16:9 - Tipo de Ecrã : AH-IPS - Resolução : 1920x1080 - Full HD 1080P : Yes - Pixel Pitch : 0.2652mm - Brilho(Máx) : 250 cd/m2 - Ângulo de Visualização (CR?10) : 178°(H)/178°(V)

1337 INDUSTRIES CHIEF GAMING Conector USB Peso ajustável Ajuste de sensibilidade ( 400-1200-2400-2800-3600-5000 DPI ) 6 botões programáveis Tecnología Laser Optimizado para gaming Duplo disparo Acabamento à prova de suor

11 ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013


ESPECIAL

WORLD OF TANKS

World of Tanks: Novos Tanques Chineses A ProGaming esteve em Paris, França, para assistir à apresentação dos novos tanques chineses do MMO World of Tanks. Tivemos ainda oportunidade de conduzir vários novos tanques no meio da ação destrutiva e falar com alguns dos responsáveis pelo êxito do jogo. Produzido pela Wargaming, World of Tanks é um jogo gratuito de combate multijogador de tanques por equipas, com uma acentuada vertente de evolução por experiência ganha na ação e consequente vitória no campo de batalha. Lançado em abril de 2011 na europa, o título conta já com mais de duzentos e trinta tanques de cinco países – Alemanha, Estados Unidos da América, União Soviética, França e Reino Unido retratados com detalhes técnicos e pormenores históricos.

penetração da munição, Preparação e campo de cadência de tiro, velocibatalha dade de rotação de torre, O comportamento dos visibilidade e alcance do tanques chineses no campo de batalha é par- sinal - que indicam ao ticularmente exigente em jogador a melhor estratémanobras defensivas. É gia de abordagem às necessário estar especial- batalhas e o seu conjunto determina as forças e mente alerta com as aproximações do inimigo fraquezas de um tanque. Para além disso, a forma pelos flancos e à retaguarda, uma vez que como um jogador deve-se posicionar no campo de o chassis e o casco do tanque são menos robus- batalha depende sempre muito do tipo de tanque tos nessas zonas, mas mais fortes e com maior escolhido – ligeiro, médio, profundidade na parte da pesado, antitanque ou SPG (self-propelled gun). frente, evitando assim grande parte do dano provocado pelos ataques dos tanques inimigos. Todos os tanques têm diversos atributos – energia (pontos de vida), limite de peso/carga, potência do motor, velocidade de rotação, blindagem do chassis, armadura da torre, dano da munição,

ProGaming Revista Oficial - Janeiro 2013

12



Revista ProGaming