Page 1

Vida & Consciência A revista para inspirar sua alma

Novidade Lançamento de Luiz Gasparetto traz mais de 250 respostas envolvendo assuntos variados.

Inspiração Seja dono de si! Transforme a dificuldade em estímulo para ir adiante.

Lançamento

Você acredita que o amor é capaz de superar todos os obstáculos? Conheça o romance de estreia de Carlos Henrique de Oliveira.

9ª EDIÇÃO

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA


Sumário página 4

Toques da Vida

página 8

Novidade

página 10

Inspiração

página 14

Dica de Leitura

página 16

Momentos

página 20

Destaque

página 22

Espiritualidade

página 26

Livro do Mês

página 28

Reflexão

página 34

Sensibilidade

página 36

Especial

página 42

Vitrine Literária

página 46

Mundo Interior

página 48

Mais Vendidos

Recomeço

Gasparetto responde!

Seja dono de si! Ninguém foge da vida Momentos de inspiração O poder da escolha Você é uma vítima?

Reencontros

Pedaços do cotidiano

A escolha

Novo amanhecer Frio+Livros+Descontos=Felicidade!

Ver para crer ou crer para ver? Coragem para viver


Expediente Esta é uma publicação mensal do grupo Vida & Consciência, distribuída gratuitamente. Diretora responsável: Silvana Gasparetto Coordenador de comunicação: Marcio Lipari Revisão: Equipe Vida & Consciência 9ª edição — 5.000 exemplares — julho 2015 Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta edição pode ser utilizada ou reproduzida, por qualquer forma ou meio, seja ele mecânico ou eletrônico, fotocópia, gravação etc., tampouco apropriada ou estocada em sistema de banco de dados, sem a expressa autorização da editora (Lei nº 5.988, de 14/12/1973). FALE CONOSCO Editora e Gráfica Vida & Consciência Rua Agostinho Gomes, 2.312 – SP – Brasil CEP 04206-001 Tel.: 11 3577-3200 editora@vidaeconsciencia.com.br grafica@vidaeconsciencia.com.br www.vidaeconsciencia.com.br


Friozinho! O friozinho de julho nos convida ao recolhimento. Uma mantinha, um chocolate quente, um abraço carinhoso que aquece a alma... Ah! Quanta intimidade esta época do ano nos sugere! Há quem reclame do frio, principalmente na hora de sair da cama quentinha, de ter de enfrentar as atividades diárias, mas, ao retornar ao seu “cantinho” no fim do dia, se desmancha de alegria. Em julho também, as férias escolares trazem as crianças a um maior convívio na família, enchendo a casa com gargalhadas e brincadeiras, transformando a época em um momento inesquecível para as mães. Tudo isso faz uma moradia se transformar em um verdadeiro LAR. Entrar em contato com nosso mundo interior, nossas sensações e nossos sentimentos, dando espaço para nossa alma se expressar, nos ajuda a tomar consciência de nossas verdadeiras crenças e de nossos valores, favorecendo uma vida mais equilibrada e saudável. Neste exemplar da revista Vida & Consciência, sugerimos alguns temas e algumas atividades para lhe fazer companhia e para que você consiga aproveitar esse momento de aconchego, que é todo seu. Nesse inverno, vamos cultivar um ambiente de harmonia entre amigos, colegas de trabalho, e, principalmente, entre aqueles que amamos. Aproveite a oportunidade também para compartilhar sua intimidade carinhosamente, porque, pensando bem, essa é sua verdadeira riqueza! Bom friozinho!

Silvana Gasparetto


Toques da Vida

4


Recomeço Por Gilvanize Balbino, inspirada pelo espírito Ferdinando

Aceite as oportunidades que a vida lhe concede e renasça agora! Nas aflições, recupere a paz, projetando nas telas da mente a luz da sabedoria divina, que anima as almas com esclarecimento e compreensão. Na dor, reexamine as atitudes de ontem e renove-as, aperfeiçoando a existência, suprimindo a enfermidade e cultuando a retidão dos passos nos caminhos da vida. No erro, recolha-se em oração, reavaliando o momento, pensando em silêncio sem recriminar-se ou apontar duramente a si mesmo ou a quem quer que seja. Reconsidere, analisando-se e amadurecendo para a Eternidade. No preconceito, mantenha a certeza e a esperança nas forças espirituais. Olhe a humanidade como uma criança, que está aprendendo a falar as primeiras palavras e que necessita de instrução, paciência e de um professor, que usa a disciplina como estímulo de desenvolvimento e amadurecimento de seus próprios potenciais. Faça florescer um mundo novo e renovado, liberto do egoísmo e do orgulho dilacerador. Na privação, supere a dor de viver com pouco ou quase nada. Aumente o esforço, por meio do trabalho digno e equilibrado,

5


Toques da Vida sem limitar as belas aspirações apostólicas às paredes bancárias do mundo. Aproveite os recursos que enriquecem as mentes e as mãos, marchando no crescimento espiritual e perseverando constantemente na construção de um reino de amor e justiça. Se ligue às forças espirituais e deixe renascer a esperança na transformação em seu coração, acendendo as lanternas da sabedoria divina na estrada da vida e alimentando a fé com o trabalho renovador. Pense em nossos mestres e multiplique o bem que pode realizar a si e ao próximo, elucidando, discernindo e amando além, pois as forças espirituais conspiram sempre a seu favor, confiando em seu poder de realização e fortalecendo o bem em seu coração. Permita-se aproveitar a oportunidade de se renovar, crescer e renascer, para uma vida com mais harmonia e paz.

Renove-se!

Dicas de livros que vão inspirar a sua alma.

Calunga – Verdades do espírito Luiz Gasparetto

Calunga discute temas como o bem, a perfeição do espírito e a verdade interior. São dezenas de meditações inspiradoras, que auxiliam o indivíduo em seu desenvolvimento pessoal e espiritual. Saiba mais

6


O que importa é o amor Marcelo Cezar

Magnólia é incapaz de enxergar a beleza das coisas. Mas a vida transforma erros em experiência e aprendemos que só o bem é real. Será que Magnólia entenderá essa verdade? Saiba mais

Pare de sofrer Zibia Gasparetto

Crônicas ditadas por Silveira Sampaio, que nos fazem refletir sobre temas relacionados ao estilo contemporâneo de vida, como o pessimismo, a incompreensão e a revolta diante das injustiças e desigualdades sociais. Saiba mais

Virando o jogo Mônica de Castro

Conheça a fascinante história de Régis e entenda como o conflito entre o apego às ilusões da matéria e a pureza do amor pode nos levar a uma incrível jornada de redescoberta. Saiba mais

Estes e outros sucessos, você encontra nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

7


Novidade

Gasparetto responde! Prosperidade, sexualidade, vida após a morte... Mais de 250 respostas para você resolver seus conflitos interiores!

Luiz Gasparetto e Lúcio Morigi 8


Você encontrará neste livro respostas para mais de 250 perguntas, selecionadas de um universo de mais de quinze mil questões, feitas por internautas a Luiz Gasparetto, através do seu site gasparetto.com.br, envolvendo os mais variados assuntos como: espiritualidade, prosperidade, relacionamentos, ajuda, perdão, amor, paixão, egoísmo, culpa, arrependimento, revolta, medos, sexualidade, morte, vida após a morte, reencarnação, mediunidade, ligações energéticas, obsessões, astral, obesidade, carma, livre-arbítrio, bem e mal, doenças, previsões, aborto, pedofilia, suicídio, assassinos, ladrões, drogas, alcoolismo, animais e ecologia. Tenho certeza de que pelo menos uma resposta tem a ver com aquilo que você quer tanto saber, no sentido de resolver algum conflito interior que está emperrando sua vida. Afinal, o que está em seu subconsciente, isto é, suas crenças, é o que determina a qualidade de sua vida, ou seja, de sua realidade. O exterior é o reflexo do interior.

“Quando não souber como agir, lembre-se de que sempre sua intuição vai lhe trazer uma resposta.”

Este livro está disponível nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

9


Inspiração

Seja dono de si! Transforme a dificuldade em estímulo para ir adiante por Sérgio Chimatti

10


Já reparou como somos suscetíveis a condicionamentos? Quando o condicionamento tem por objetivo a disciplina, há progresso à vista, mas, quando denota dependência, pode ser perigoso... É natural ter a necessidade de realizar alguma tarefa ou de conquistar uma satisfação íntima, porém, quando essas necessidades se convertem em dependência, podem acabar se transformando em vícios. Aficionados por computadores, trabalho, dinheiro, sexo, enfim, por toda sorte de coisas que estimulam uma passageira sensação de bem-estar (mas que, na realidade, podem gerar enfermidades quando ansiadas em exagero), acabam se tornando escravos das circunstâncias ocasionadas por ilusões. E o que dizer dos indivíduos que se condicionam a pensar que são dependentes de alguém? Testemunhamos, todos os dias, atitudes lamentáveis de pessoas que acreditam serem donas de outras, como também o inverso: pessoas que colocam sua felicidade na condição de estarem com alguém. São muitas as literaturas e notícias que alertam para o risco dos sentimentos de posse, porém é difícil para uma pessoa fascinada perceber que ninguém é de ninguém e que o verdadeiro amor pode ser identificado antes por renúncia e doação do que por posse. Enganam-se os que pensam que estou me referindo apenas a casos ocorridos entre casais. São inúmeros os relacionamentos entre pais e filhos, familiares, companheiros de trabalho, chefes e subordinados, amigos etc., nos quais impera o sentimento de posse. Em um tempo em que as convenções são estabelecidas para determinar felicidade, a confusão pode prevalecer sobre a realidade para os menos avisados. A felicidade não está disponível exclusivamente para pessoas de físico privilegiado e para os afortunados financeiramente, apesar das insistentes argumentações, que tentam nos mostrar o contrário, quando nos 11


Inspiração colocamos surdos às sugestões de igualdade naquele antigo jargão de que “o sol brilha para todos”. A compreensão sobre a interdependência, ou dependência mútua, pode ser exercitada quando possuímos consciência direcionada para o ser universal, em vez do ter pontual. Afinal, onde poderia residir a alegria se não fosse compartilhada? Este é um pensamento que nos ajuda a nos mantermos menos apegados às coisas e às pessoas, promovendo ainda uma reflexão sobre o que realmente possuímos. As coisas da Terra são perecíveis, porque servem apenas de instrumentos para vivenciarmos o curso da vida. As pessoas que fazem parte de nossa caminhada na Terra representam valiosas aquisições para a vida no Além. Aquisições que determinarão uma condição de conquistas ou de frustrações, dependendo do que tivermos realizado solidariamente. Cada um de nós é um manancial de possibilidades. Cada indivíduo está capacitado para ser feliz e encontrar a alegria no ato de proporcionar felicidade ao outro. Essa é a sugestão que faz bem saber e aplicar. Essa é uma verdade que valoriza o potencial humano, produzindo uma contínua satisfação. Se tudo aqui é passageiro, inclusive as situações e as circunstâncias, então seria justo asseverar que é melhor valorizar o tempo, em vez de desperdiçá-lo com desgastes desnecessários, intolerância, maledicência, orgulho e egoísmo. Desejar coisas não é errado. Conquistas fazem parte do exercício de aprendizado. É como cultivar rosas no jardim da vida. Embora seja inevitável nos ferirmos com seus espinhos, o importante é estarmos cientes de que levamos desta vida apenas os sentimentos que possuímos. Aproveite a vida e transforme a dificuldade em estímulo para ir adiante. Tenha confiança no destino, que muda sempre, transformando o mal em bem. A sorte é de quem possui coragem. Por isso, desejo que todos sejamos donos de nós mesmos, para obtermos sucesso nas empreitadas desta vida e da vida além dela. 12


Confie na vida!

Dicas de livros que vão despertar a força que há em você.

De derrotada a poderosa Eli Davidson

Eli Davidson usa sua experiência pessoal para mostrar o caminho para o desenvolvimento pessoal, ensinando a lidar com os problemas do dia a dia que atrapalham a mulher moderna. Saiba mais

Ninguém é de ninguém Zibia Gasparetto

Livro mais vendido de Zibia Gasparetto retrata o ciúme e a forma como é capaz de transformar a vida amorosa dos personagens em um doloroso drama, cheio de superações. Saiba mais

Você faz o amanhã Marcelo Cezar

Para fugir dos problemas, Miguel toma uma atitude drástica, desencadeando uma trama cheia de surpresas e intrigas, e mostrando que a felicidade está em nossas mãos. Saiba mais

Estes e outros sucessos, você encontra nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

13


Dica de Leitura

NinguĂŠm foge da vida Carlos Henrique de Oliveira 14


Você acredita que o amor é capaz de superar todos os obstáculos? Em plena década de 1930, Carolina foi contra os ditames sociais e assumiu seu amor por um jovem negro e pobre. A família da jovem, no entanto, os separou. Desiludida, a moça decide viver na Europa, conhece um casal de judeus, e a amizade entre eles é instantânea. O casal tem um bebê e, quando a guerra se inicia, eles entregam o pequeno Albert para que a jovem tente salvá-lo dos nazistas. A fim de proteger a criança, Carolina fará tudo o que estiver ao seu alcance e não medirá esforços para fugirem da Europa e retornarem ao Brasil, iniciando, assim, uma nova e feliz fase de suas jornadas. A jovem entende que ninguém, de fato, pode tirar o que é seu, que a vida é sábia e está sempre ao seu lado, dando-lhe apoio em todos os momentos, e que o amor é a força mais poderosa do universo.

O amor é Deus em ação.

Este romance está disponível nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

15


Momentos

Momentos de inspiração Mônica de Castro

16


A paciência é uma virtude. Cultive-a. É necessário o exercício constante. Há inclusive quem afirme: “ A paciência é a ciência da Paz”.

CLIQUE AQUI

O livro Momentos de inspiração, por Mônica de Castro, e os demais livros da coleção, você encontra nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual 17


Quer publicar seu livro conosco? Se você é autor iniciante ou já publicou livros em outras editoras e deseja submeter sua obra à nossa apreciação para uma eventual publicação, entre em contato conosco. Nossas obras propõem-se a transmitir valores positivos que alegrem a vida das pessoas, promovendo bem-estar e qualidade de vida em seu cotidiano e auxiliando-as na mudança e renovação de atitudes e crenças, dentro de uma abordagem espiritualista independente. Por isso, não analisamos títulos que se afastem dessa linha editorial. Se sua obra se encaixa neste perfil, deixe-nos conhecê-lo, enviando um e-mail para:

editorial@vidaeconsciencia.com.br

18


19


Destaque

O poder da escolha Zibia Gasparetto

Você escolhe e cria o seu destino O poder da escolha é absoluto. Ao escolher, estamos criando nosso destino. Desejamos o melhor, mas, em meio às ilusões do mundo, nos deixamos levar pelo que parece ser. O sofrimento surge para nos mostrar que estamos fora da verdade. Cada desafio que enfrentamos, cada erro que cometemos, mostra-nos o que precisamos mudar. É assim que, passo a passo, vamos conquistando a sabedoria. O espírito é eterno. Quando escolhe o mal, colhe sofrimento e retarda a presença do bem. Todos nós, um dia, chegaremos à felicidade. Esse é o objetivo da vida e, seja qual for o caminho que escolher, acabará por render-se ao amor divino e ser feliz!

Com mais de quarenta livros publicados, Zibia Gasparetto presenteia seus fãs com uma surpreendente história de amor, traição e perdão em seu 29º romance em parceria com o espírito Lucius. Este romance está disponível nas livrarias e em nossa loja: 20

www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual


21


Espiritualidade

22


Você é uma vítima? por doutor Mário Sabha Jr.

Dificilmente, conseguimos perceber que nos fazemos de vítima em vários setores de nossas vidas. Na maioria das vezes, mantemos uma postura imatura e infantil e culpamos as pessoas, a sociedade, os políticos, nossos familiares e nossos parceiros por nossas frustrações. Assim, sequer percebemos nossa responsabilidade ao criarmos as situações que vivemos. Classifico como vitimismo todas as posturas passivas que adotamos ao não percebermos como contribuímos, direta ou indiretamente, para a atração de TODAS as situações que experienciamos em nossas vidas. Mesmo que não estejamos tão conscientes de nossas atitudes, nós criamos todos os nossos sucessos e as nossas vitórias, assim como todos os nossos sofrimentos e fracassos. Acredito que toda oportunidade seja válida para reformular conceitos, principalmente para os indivíduos que estejam menos conscientes. A leitura deste texto, por exemplo, pode ser um momento de reflexão, no sentido de agregar novas ideias. Assim, da mesma maneira que arrumamos nossos guarda-roupas em casa, podemos reordenar nossos “guarda-roupas” afetivos e psicoemocionais. Você sabe que preço paga ao olhar para o mundo com vitimismo? Como sempre, aprendemos a enxergar, em nossa educação e na sociedade, que somos vítimas do ambiente, das doenças que podemos adquirir ou desenvolver, da medicina, que terá ou não solução para nossos problemas, da genética, 23


Espiritualidade dos políticos, do trânsito, enfim, das pessoas que encontramos diariamente. Acreditamos que todos são ruins, maldosos, e que nós somos ótimas pessoas. Observe as situações citadas nos comentários que fazemos: “Olha o que ele fez comigo!” (quando está bravo e, por vezes, inconformado, você profere tal frase sem avaliar o que fez ao outro); “Você me irrita!” (sem perceber que é você que se irrita com tudo); “Peguei uma doença do nada!” (sem entender que você não investiu em si mesmo quando precisava); “As pessoas me machucaram...” (sem entender que você foi agressivo e que as pessoas reagiram à sua energia agressiva); “Eu me decepcionei com meu namorado!” (sem perceber que é um indivíduo mimado, exigindo do outro tudo o que quer, na hora que quer, mesmo sem saber se o outro tem disponibilidade para lhe oferecer o que você pediu, figurando um desrespeito total ao tempo e ao ritmo do outro); “Fui à casa de fulana e ela não me recebeu...” (sem notar seu desrespeito em não aceitar ouvir um não e em não dar o direito ao outro de não querer recebê-lo naquele momento); “Elegeram um político corrupto...” (como se não pudéssemos observar que fazemos parte de um país em que todos querem levar vantagem, inclusive você!); “Roubaram meu carro! Justo comigo!” (observe como a invasão toma conta de você. Assim como acontece quando um amigo o (a) influencia com uma simples crítica, mostrando que você se deixou invadir, o mesmo acontece quando um ladrão o(a) invade e o(a) rouba...). Poderíamos citar vários exemplos em que as atitudes “vitimistas” fazem mal ao indivíduo, mas as supracitadas estão de bom tamanho por ora. O importante é sabermos quais são as consequências do vitimismo. Será que você sabe? Tem certeza? E o que seria o contrário dessa situação? Será que você teria maturidade para bancar uma situação mais madura emocionalmente? Vejamos... Na posição de vítima, o indivíduo nunca tem o poder de modificar nada em sua vida (sua situação econômica, seus relacionamentos sociais, suas questões afetivas, conjugais, sexuais, seus aspectos profissionais ou até mesmo espirituais). 24


A vítima tem que se conformar com o que tem, nunca tem voz ativa, é sempre dependente de alguém, sempre culpa as pessoas por sua falta de sorte, afeto, carinho, atenção, e até por sua carência, pois ela não tem outra forma de enxergar o mundo, senão culpando as pessoas por seus problemas. Um preço caro é ter de aguentar a vida em vez de aproveitá-la e participar dela. Por um lado, é mais fácil ser vítima (para aquelas pessoas que aprenderam a ser dependentes), pois, de início, parece que o comodismo vai durar para sempre e que aquilo é um bem, mas, com o passar do tempo, a insatisfação, as frustrações e as desilusões acabam mostrando a catástrofe trazida pela dependência e que a posição de vítima é o pior vilão da sociedade em que vivemos. Por mais que seja trabalhoso, as pessoas mais maduras conseguem enxergar que têm uma responsabilidade grande por tudo o que vivem e atraem para suas vidas. Sabem que, se mereceram sucesso e vitória, foi porque investiram nisso; por outro lado, sabem também que atraíram situações desfavoráveis para suas vidas, e que de nada adianta culpar os outros, mas responsabilizar-se com consciência. Por mais “trabalho” e contrariedades que possam ter, essas pessoas são corajosas por vencerem seus pontos fracos, como a postura mimada, o orgulho, a impulsividade, a arrogância para aprender o que a vida quis lhes ensinar ao passar por essas intempéries, conseguindo, por fim, mudar suas atitudes. As pessoas maduras têm o PODER de mudar seu próprio mundo. Querido leitor, obrigado pela oportunidade de refletirmos em comunhão. Agora, com muito cuidado e honestidade consigo, responda como você tem agido na maior parte das vezes. Não é errado não ser responsável e não se bancar em tudo na vida, afinal não podemos exigir de nós mais do que podemos oferecer naquele momento, sendo que temos uma vida toda para isso. No entanto, o trabalho que desenvolvemos em consultório visa à autorresponsabilidade sobre a vida, o que garante ao indivíduo um melhor convívio consigo e com as pessoas à sua volta, a partir de uma nova visão. Conte conosco e um abraço grande! 25


Livro do MĂŞs

26


Reencontros Amadeu Ribeiro

Efigênia não acreditava no amor, mas a vida deu um jeito de mudar essa posição, colocando Cosme em seu caminho: eles se apaixonaram, se casaram e dessa união nasceu Micaela — uma história como tantas outras, não fosse o que estaria por vir. Uma desavença e um tiro subvertem a ordem das coisas e impelem Efigênia e Micaela, com a ajuda espiritual de dona Maria Flor, a assumir as rédeas de suas próprias vidas. Da decisão de seguirem em frente surge esplendorosa uma pensão, para onde convergem pessoas aparentemente díspares, mas que partilham de um passado comum. Um romance instigante, que mostra como a vida trabalha pelo bem de todos usando o amor como ferramenta de transformação.

Os desafios estimulam, os erros ensinam, a espiritualidade é real e protetora.

Este romance está disponível nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

27


Reflexรฃo

Pedaรงos do cotidiano Zibia Gasparetto

28


O desastre A casa regurgitava. Todos queriam saber como tinha acontecido, e dona Maria chorava sem parar ao relatar sua desgraça. Havia duas horas que seu filho, jovem de vinte e cinco anos, sofrera um acidente, estando em estado grave em cidade distante. Enquanto aguardava um parente que deveria conduzi-la ao lado do filho, a pobre senhora não podia dominar seus nervos. José Ricardo era muito conhecido no bairro pelo seu jeito alegre e folgazão, amante da música e sempre bem-humorado. Desde a morte do pai, deixara os estudos e trabalhava como vendedor de produtos químicos, sendo o arrimo da casa modesta. — E agora — soluçava a pobre mulher —, o que será de mim? Pobre do meu filho! E o Américo que não chega? Por que demora tanto? Não vê que eu morro de aflição? Algumas vizinhas prestativas a acompanhavam recomendando calma, trazendo-lhe de quando em vez uma tisana para tomar. Quando seu irmão Américo chegou, ela já estava exausta, mil ideias lhe passavam pela cabeça, e todas temendo sempre o pior. Ainda teve forças para recomendar à dona Josefa que tomasse conta do seu cachorro de estimação e da casa, pois não sabia quando ia voltar.

29


Reflexão

E o carro arrancou, levantando poeira sob os olhares compadecidos dos vizinhos. A viagem foi angustiosa porque a tensão era grande. Dona Maria quase não falou, a não ser para se lamentar, apavorada com o que poderia estar acontecendo com o filho. Américo, homem muito ocupado, deixara seus afazeres para socorrer a irmã em desespero. Preocupava-se também pelo sobrinho, com quem não se afinava muito, mas, apesar disso, não podia deixar de estimar. José Ricardo, apesar das loucuras que fazia, sabia ser simpático, e o tio não resistia ao seu sorriso alegre ou ao seu jeito amigo. — Vamos, não adianta ficar desse jeito. Acalme-se. — É fácil dizer. Mas Zezinho é tudo que eu tenho no mundo. Se ele me faltar, não conseguirei viver! — Bobagem. Não faça tragédia. Deixe de se lamentar. Agora me conte. O que aconteceu? Como soube? — Você sabe como eu sou preocupada. Sempre que ele sai para viajar fico com o coração na mão. A semana passada, sonhei que ele tinha sofrido um acidente fatal. E agora... — Que você é trágica, isso eu sei. Está sempre pensando em desastres, tragédias e mortes. Mas você ainda não me contou. Como soube? Alguém avisou? — Não. Eu estava na cozinha lavando minha louça quando ouvi a notícia pelo rádio. — E o que disseram? — Que na Anhanguera dois veículos se chocaram, sendo internado em estado grave, na Santa Casa de Campinas, José Ricardo Siqueira, de vinte e cinco anos etc. Fiquei como louca. Você sabe que ouço sempre as notícias, principalmente quando o Zezinho pega estrada. Foi sorte porque, apesar de ter o endereço no bolso

30


dele, até agora ninguém me foi avisar de nada. Se eu não tivesse ouvido, não estaria sabendo. Quando escutei a notícia, comecei a gritar, e a Josefina, que mora ao lado, veio logo me socorrer. Você sabe, meu coração. Estou mal. A esta hora, ele pode ter morrido! Não pode ir mais depressa? — Não é prudente. Estou fazendo o possível. É melhor controlar-se. Afinal, nem sabe o que houve. Pode até nem ser grave. — Eu sinto que é. Que o Zezinho vai morrer! Ah! Meu Deus, o que farei sem ele? Como viver? Américo suspirou. Conhecia o gênio da irmã, sempre tão exagerada. O pior é que ela podia estar certa, e então como evitar outra tragédia? Olhou-a. Estava lívida, rosto contraído pela angústia. Pisou no acelerador. Tinha pressa em chegar. — Trouxe algum remédio para o coração? — sabia que ela o tomava de vez em quando. — Não sei, acho que na bolsa sempre tenho um. Tinha que acontecer logo com ela, colecionadora de tragédias e desastres? Tinham ainda uma hora de viagem e, à medida que se aproximavam do local, Maria ia ficando mais e mais nervosa. Predisse a morte do filho, falou do velório, do enterro e até do dinheiro para as despesas. Falava do túmulo da família quando pararam à porta do hospital. Quando entraram na portaria, Maria estava prestes a desmaiar, tal o seu nervosismo. Preocupado, o irmão chamou uma enfermeira, que a conduziu ao pronto-socorro, onde o médico de plantão a obrigou a deitar-se, embora ela protestasse e chamasse pelo filho. Américo, nervoso, disse-lhe: — Cale-se. Desse jeito não posso saber do Zezinho. Fique quieta, que eu vou perguntar — e dirigiu-se ao médico: — Ela está muito nervosa. Seu filho foi acidentado e deve estar internado aqui. Parece que em estado grave.

31


Reflexão — Veja se consegue que ela fique deitada, senão serei forçado a dar-lhe uma injeção para dormir. Sua pressão arterial está altíssima e ela precisa de repouso. Não deve nem ser removida. — Está ouvindo, Maria? — disse-lhe ele preocupado. — Se não atender, o doutor vai obrigá-la a dormir. — Não, por favor, eu fico quieta. Quero saber do meu filho. Vá ver como ele está. — Está bem. Se você prometer acalmar-se e esperar deitada, eu vou. Américo, preocupado, dirigiu-se à portaria. — Por favor, quero saber o quarto onde está José Ricardo Siqueira, que sofreu um acidente na Anhanguera hoje cedo. — Um momento, por favor. Américo estava com a boca seca. E se o sobrinho tivesse mesmo morrido? Como dar a notícia a Maria? — Olhe, moço, não tem ninguém aqui com esse nome. Ele admirou-se: — Foi um desastre hoje cedo. O rádio disse que ele foi socorrido aqui. — É melhor dirigir-se ao posto policial aqui ao lado, eles poderão informar com segurança para onde o levaram. Américo dirigiu-se ao policial formulando a pergunta: — Hoje cedo? Sim, houve um choque de veículos na Anhanguera, mas a vítima sofreu escoriações generalizadas e realmente foi medicada aqui, mas já foi embora. — Tem certeza? O rádio disse que estava em estado grave. — Tenho. Eu mesmo fiz a ocorrência. Foi o único acidente hoje de manhã. — E como se chamava a vítima? — Um momento... Ah! Está aqui. O nome é José Donato Moreira, trinta e cinco anos, solteiro. 32


Américo estava estupefato. — Diga-me, por favor, foi essa a única notícia de acidente que o rádio deu hoje na Anhanguera? — Claro. Foi o único que houve. A vítima é seu parente? — Não. Graças a Deus, não. Obrigado, muito obrigado. Eufórico, procurou a irmã para levar a notícia, e ela custou a acreditar. Teve de telefonar ao hotel onde o filho tinha o hábito de se hospedar e falar com ele, que acabava de chegar. Serenados os ânimos, Maria pretendia levantar-se para regressar, mas o médico, tendo em mãos o seu eletrocardiograma, não lhe permitiu. — É, dona Maria. A senhora terá de ficar. Seu estado inspira cuidados. Sua pressão subiu muito. Há que repousar. Vou dar ordem para que a senhora seja internada. E, diante da angústia de Américo, que tinha urgência em voltar, Maria não pôde fazer nada senão se calar, enquanto o irmão tomava providências para poder se ausentar. Zibia Gasparetto, inspirada pelo espírito Marcos Vinícius.

Gostou? Continue a leitura... Pedaços do cotidiano Zibia Gasparetto CLIQUE AQUI

Este e outros sucessos, você encontra nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

33


Sensibilidade

34


A escolha Maura de Albanesi

Estar consciente é estar inteiramente presente onde seu corpo está. E é difícil lidar com a consciência, pois ela vem atrelada à responsabilidade. É extremamente difícil assumirmos o que queremos. O medo do que vai estar à nossa frente advém, pois não fazemos uma reflexão acerca das situações, ponderando sobre o que é bom e o que não é tão bom. As escolhas são difíceis, pois, quando escolhemos algo, deixamos de ter um monte de outras coisas. Escolhemos o tempo todo, somos fadados a escolher, assim como para viver precisamos respirar. Assumir as escolhas é que é difícil! No momento em que assumimos uma escolha, sentimos paz. Mas, se ficamos arrependidos, nos prendemos ao passado. Portanto, acendamos a luz das nossas escolhas conscientemente. Isso possibilita que outros também façam suas escolhas e vivam a vida integralmente.

Gostou? Continue a leitura... Tô a fim de me animar Maura de Albanesi CLIQUE AQUI

Este e outros sucessos, você encontra nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

35


Especial

36


Novo amanhecer por Mario Enzio

Pessoas sensíveis pressentem quando os ventos não lhes estão favoráveis, quando há alguma dificuldade a ser enfrentada ou alguma alteração se formando em seus horizontes. É algo que não se explica com a razão; é pura sensação que fica latejando. A pessoa sensível sente uma pressão no coração ou uma parte de seu corpo fica dolorida. Ela experimenta uma secura na boca ou não consegue prestar atenção a nada. Fica abstraída de certas atividades, como se os indivíduos que a circundam não estivessem presentes, e sente um cansaço inexplicável. Esses podem ser alguns sinais de instabilidade. O que fazer quando isso acontece? Respirar fundo, tentar se acalmar e pedir com fervor que uma onda de paz preencha seu espírito guerreiro.

37


Especial

Para enfrentarmos esses tempos difíceis e conseguirmos vencê-los, é fundamental que entendamos esses momentos de instabilidade e seus efeitos devastadores em nós. Vivemos constantemente as interferências das transformações energéticas e dos desafios da vida a cada momento, exigindo de nós atenção e observação. A instabilidade pode refletir nossas inseguranças, mas ela acende, principalmente, um sinal de alerta. É a vida nos mostrando que precisamos aumentar nossa percepção na avaliação de nossos reais sentimentos e nossas crenças, despertando nosso bom senso e facilitando a expansão de nossa consciência. Muitas vezes, agimos guiados pelos impulsos de nossas ilusões e não nos damos conta dos reais valores que nos movem, nos deixando levar por atitudes inadequadas e nocivas para nosso equilíbrio e bem-estar. Quando fazemos uma pausa, refletimos com ponderação e buscamos uma conexão com nossa alma, experimentamos, imediatamente, uma sensação de paz e harmonia, que nos faz perceber condições e caminhos novos antes ignorados. Nunca estamos sós! A vida sempre está do nosso lado, nos dando forças para vencermos os problemas, nos aprimorarmos e amadurecermos. Fique do seu lado! Permita-se mudar o foco de visão. Assim, você logo verá que as instabilidades se acomodam, desabrochando um novo panorama de oportunidades, em que tudo se torna mais calmo e realizador. Acalme-se! Por pior e escura que seja a noite, sempre haverá um novo amanhecer!

38


Fique na paz! Livros para aguçar a sua percepção em relação à vida.

De todo o meu ser Mônica de Castro

Marianne tem muita sensibilidade. Os pais não sabem como agir e tomam medidas extremas. Serão suficientes para conter os inimigos espirituais e trazê-la de volta à lucidez? Saiba mais

Vencendo o passado Zibia Gasparetto

Carolina sofre com a rigidez do pai. Ela vai aprender que ele não é obstáculo para seu progresso e só ela é responsável por promover sua melhora interior e vencer o passado. Saiba mais

Sinfonia da alma Ana Cristina Vargas

Ana Cristina Vargas e Layla apresentam a instigante história de Denise, uma jovem atormentada que precisa superar o passado para alcançar a verdadeira felicidade. Saiba mais

Estes e outros sucessos, você encontra nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual

39


Uma grande oportunidade de receber em sua casa, com exclusividade, lançamentos e sucessos de nossos autores. Tornando-se sócio do Clube do Livro Vida & Consciência, você terá acesso a muitas vantagens, promoções e descontos de até 30% em nossos produtos. Confira semanalmente as novidades.


Livros do mês julho

Plano Vida Um livro por mês, brindes exclusivos, tudo isso em primeira mão para você por apenas R$ 27,90 por mês.

Plano Vida Plus Dois livros por mês, brindes exclusivos, tudo isso em primeira mão para você por apenas R$ 46,90 por mês.

Reencontros

Reencontros

Amadeu Ribeiro

Amadeu Ribeiro

Clique aqui e associe-se agora mesmo!

www.clubevidaeconsciencia.com.br

Ninguém foge da vida Carlos Henrique de Oliveira


Vitrine Literária

FRIO + LIVROS + DESCONTOS =

Felicidade!

Garanta já a melhor companhia para este inverno com descontos de até 30% Promoção válida em nossa loja virtual até dia 30/7/2015 www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual 42


Se ligue em você Luiz Gasparetto

Atitude Luiz Gasparetto

R$ 24,90

R$ 23,90

Sócio Vida Sócio Vida Plus

Sócio Vida Sócio Vida Plus

R$ 19,92 R$ 17,43

R$ 19,12

O profissional zen Mario Enzio

O bom é ter senso Mario Enzio

R$ 32,90

R$ 32,90

Sócio Vida Sócio Vida Plus

Sócio Vida Sócio Vida Plus

R$ 26,32 R$ 23,03

R$ 26,32 R$ 23,03

O encontro inesperado Zibia Gasparetto

Só o amor consegue (capa dura) Zibia Gasparetto

R$ 42,90

R$ 42,90

Sócio Vida Sócio Vida Plus

Sócio Vida Sócio Vida Plus

R$ 34,32 R$ 30,03

R$ 34,32 R$ 30,03

Desejo Mônica de Castro

Apesar de tudo... Mônica de Castro

R$ 39,90

R$ 42,00

Sócio Vida Sócio Vida Plus

Sócio Vida Sócio Vida Plus

R$ 31,92 R$ 27,93

R$ 16,73

R$ 33,60 R$ 29,40

43


Vitrine Literária

Sinfonia da alma Ana Cristina Vargas

O bispo Ana Cristina Vargas

R$ 26,90

R$ 39,90

Sócio Vida Sócio Vida Plus

Sócio Vida Sócio Vida Plus

R$ 21,52 R$ 18,83

R$ 31,92 R$ 27,93

Só Deus sabe Marcelo Cezar

O próximo passo Marcelo Cezar

R$ 28,00

R$ 36,00

Sócio Vida Sócio Vida Plus

Sócio Vida Sócio Vida Plus

R$ 22,40 R$ 19,60

R$ 28,80 R$ 25,20

Coleção tô a fim Maura de Albanesi

R$ 14,90 cada Sócio Vida

Sócio Vida Plus

R$ 11,92 cada R$ 10,43 cada

Coleção momentos de inspiração Vários autores

R$ 14,90 cada Sócio Vida

Sócio Vida Plus

R$ 11,92 cada R$ 10,43 cada

44


Venha conhecer nossos quiosques! Livros com descontos de até 30%. Estamos localizados nas estações do Metrô:

45


Mundo Interior

Sobre o sexto sentido

Ver para crer ou crer para ver? por Floriano Serra

46


Quantos profissionais, no trabalho, usam o sexto sentido para tomarem decisões “intuitivas”, ou o poder da mente para reforçarem o sucesso de um projeto, por meio do pensamento positivo? Atualmente, esse assunto está em pauta no mundo todo — inclusive para quem investe na Bolsa. Mesmo sabendo que o homem ainda usa muito pouco de suas reais potencialidades psíquicas (certamente porque as desconhece), há pessoas que padecem da “Síndrome de São Tomé”, ou seja, só acreditam que no que veem. Pois eis uma notícia para estimular a reflexão dessas pessoas. Os militares americanos estão investindo pesado na pesquisa e no estudo daquilo que se convencionou chamar de “sexto sentido” — é o que informa a imprensa. A marinha dos Estados Unidos criou um grupo de pesquisa para avaliar as possibilidades do uso do sexto sentido humano em combate. A justificativa é que, na guerra, os combatentes dependem de um sexto sentido e não apenas de seus conhecimentos racionais, segundo afirmam os cientistas, que concluem: será fundamental que eles tenham capacidade de tomar decisões intuitivas. Apenas é lamentável que o uso das eventuais descobertas seja direcionado a fins bélicos. Melhor exemplo vem da equipe de cientistas da Universidade Brown, de Massachusetts, da Escola de Medicina da Universidade de Harvard e do Centro Espacial da Alemanha. Juntos, eles conseguiram um feito extraordinário e inédito: um diminuto equipamento foi colocado no cérebro de Cathy Hutchinson, de 58 anos, tetraplégica há catorze anos devido a um AVC. Com o apoio desse chip e usando o poder da mente, ela conseguiu controlar os movimentos de um braço mecânico e, pela primeira vez nos últimos anos, pôde tomar café sozinha. Penso que o sexto sentido e o poder da mente caminham juntos. Quanto a acreditar neles, só há duas opções: ou esperar ver para crer ou crer para ver. Você decide.

47


Mais Vendidos

Coragem para viver Marcelo Cezar

Você tem ideia de como se enxerga? Já parou para refletir sobre suas crenças acerca de amor, trabalho, relacionamento, dinheiro, família e sexo? É bom saber que tudo em que você crê vira a sua realidade. A vida materializa as suas crenças por certo tempo, para que você experimente situações e possa avaliar melhor as coisas, até o ponto de romper com as ilusões e ligar-se com a sua alma para sentir contentamento e realização plena. Este romance conta a história de pessoas que, dominadas pelas ilusões do mundo, tomaram medidas extremas para solucionar seus problemas e chegaram ao fundo do poço, mas cada uma, à sua maneira, deu a volta por cima e redescobriu o verdadeiro gosto pela vida.

O modo como você se enxerga determina a vida que você tem.

48

Este romance está disponível nas livrarias e em nossa loja: www.vidaeconsciencia.com.br/lojavirtual


49


Imprima seu livro na gráfica

Vida & Consciência Preços e condições imbatíveis para a impressão do seu projeto.

Faça já seu orçamento. CLIQUE AQUI

(11) 3577-3200 orcamento@vidaeconsciencia.com.br


“Você está vivendo na Terra para desenvolver seus dons e cuidar da sua felicidade. Acredite em você!” Zibia Gasparetto

Fique por dentro e conheça mais sobre espiritualidade!


/vidaeconsciencia

@vidaconsciencia

vidaeconsciencia.com.br


Fique por dentro das novidades!

/vidaeconsciencia

vidaeconsciencia.com.br

@vidaconsciencia

almaeconscienciatv.com.br

/zibiagasparettooficial

clubevidaeconsciencia.com.br

Profile for Editora  Vida & Consciência

Revista Vida & Consciência [Julho - 2015]  

Lançamento! Você acredita que o amor é capaz de superar todos os obstáculos? Conheça o romance de estreia de Carlos Henrique de Oliveira....

Revista Vida & Consciência [Julho - 2015]  

Lançamento! Você acredita que o amor é capaz de superar todos os obstáculos? Conheça o romance de estreia de Carlos Henrique de Oliveira....

Advertisement