Page 148

ocidental, tal como a democracia, liberdade de imprensa e liberdade religiosa, entre outras, que conseguiremos traçar as perspectivas para o desenvolvimento social. Fomentando a discussão das perspectivas de desenvolvimento, também é oportuno discutir de que maneira e, finalmente na prática, como essas perspectivas se fazem presentes, demonstrando políticas públicas e instituições sólidas que dão garantia para existir uma democracia forte, presente e atuante para a busca da liberdade. Antes de tudo, é preciso apontar que, com as devidas liberdades entre indivíduos, teremos então uma sociedade que conjuntamente a sua cultura estabelecerá formas e estruturas próprias. Além disso, a cultura será peça fundamental para que consigamos analisar fatos históricos e políticas fracassadas que hoje estão presentes na maioria dos países, e por que essas políticas, às vezes “boas”, não funcionam na totalidade de suas aplicações. Quando remetemos nossa atenção à sociedade, assim identificamos que os direitos fundamentais, como, educação e saúde, são relevantes para o processo de desenvolvimento. Concluímos então a real necessidade de prestarmos total importância em como ocorrem as relações do Estado para com a providência desses direitos aos cidadãos. A maneira como entendemos hoje a garantia dos direitos fundamentais, muitas vezes cremos que o Estado deve dar 100% dessas garantias. Entretanto, o Estado tem o papel na sociedade de dar proteção à liberdade individual, pois é necessário respeitar os desejos individuais. Segundo Filgueira (2004), para minimizar a pobreza e a desigualdade social nos países da América latina, é necessário o planejamento de estratégias e políticas sociais para orientar o desenvolvimento dos governos. Contudo, isso exemplifica e demonstra uma alternativa prática na relação que o Estado pode ter na questão de provir os direitos fundamentais, uma vez que conjuntamente ao empreendedorismo privado possa realizar e executar programas de educação.

Ensino e Profissão Docente

Educação e cidadania

148

A educação compõe um dos direitos fundamentais da criança e do adolescente, devendo ser assegurada pelo poder público e designada para prover as condições necessárias à sua efetivação, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho (BRASIL, 2000).

Ensino e profissão docente - Edição Comemorativa aos 25 anos da Jornada Nacional de Educação  

Coleção Ensino e Educação - Volume 1 Organizadores: Noemi Boer, Diego Carlos Zanella, Sandra Cadore Peixoto Centro Universitário Franciscan...

Advertisement