Page 1

T SE AB M EL IN A O D VO E S

Ano 10 - nº 57

NSI

NÚCLEO DE SERVIÇOS INTEGRADOS

AUTONOR

20 ANOS DE SUCESSO

• Caderno Sincopeças PE

• Veja a importância do motor de partida • Novo Actros, o top de linha da Mercedes-Benz

NOVO HB20 Modelo da Hyundai chega ao mercado com novo visual

TOYOTA 2020 Sedan médio ganhou mais itens de conforto e tecnologia


EDITORIAL

Auto Revista Pernambuco

autorevista_pe

Novas tecnologias Nesta edição de Auto Revista Pernambuco, um dos principais destaques é a chegada de recursos que estão ajudando a indústria automobilística - principalmente os setores de montadoras e autopeças - a enfrentar a demanda crescente por veículos que consigam a difícil combinação de muita potência e torque, consumo baixo e poluição mínima. Mesmo o Brasil não estando sintonizado com os países desenvolvidos, onde já se parte para a implementação da mobilidade elétrica, o fato é que também aqui há boas novidades. Exemplos disso são dois dos lançamentos que ilustram esta edição: os novos modelos do Toyota Corolla e do Hyundai HB20. No caso do primeiro, a introdução de uma versão híbrida é um marco para o veículo, já que ele é o sedan médio mais vendido do Brasil. E em relação ao HB20, um motor turbo de 120 cavalos de potência também é uma novidade importante, porque revela a tendência de construção de motores cada vez menores (e, portanto, mais econômicos) e potentes. Essa mudança, como não poderia deixar de ser, se reflete no setor de autopeças. Nesta edição, é possível ver vários exemplos de novos produtos direcionados para a otimização de motores que os fabricantes levaram para a Feira de Tecnologia Automotiva do Nordeste (Autonor), realizada em Recife entre os dias 15 e 18 de setembro. Isso mostra a clara preocupação, também deste setor, para acompanhar a demanda por carros cada vez mais tecnológicos, econômicos e menos poluentes. Mesmo que não seja no ritmo de países como Estados Unidos, Canadá e Japão e as nações europeias, o Brasil está mudando em relação ao seu mercado automotivo. E essa mudança está sendo toda registrada nas páginas de Auto Revista Pernambuco. Boa leitura! O Editor

EXPEDIENTE

18

COROLLA 2020 Sedan médio introduz a motorização híbrida entre os modelos campeões do mercado

NOVO HB20 Compacto da Hyundai ganhou visual diferente e opção de motor 1.0 turbo de 120 cavalos

30

22

MOTOR DE PARTIDA Saiba mais sobre esse componente essencial para o funcionamento do veículo

56

AUTONOR Confira as principais informações e novidades sobre a atividade do setor em Pernambuco

76

NOVO ACTROS Caminhão tem como destaque tecnologias de condução autonoma

Diretor: Ariel Ricciardi Editor e jornalista responsável: Silvio Mauro Diagramação: Marcos Aurelio Colaboradores - Textos: Alexandre Costa, Antônio de Pádua, ArnóbioTomaz e Flávio Portela. Impressão/Halley S/A Gráfica e Editora Contato para anunciar na AUTO REVISTA PERNAMBUCO: (85) 3038.5775 ou através do e-mail autorevistape@gmail.com Fale com a gente, envie e-mail, fotos, notícias para a redação. A sua opinião é fundamental para a melhoria de nosso produto. A revista AUTO REVISTA PERNAMBUCO é uma publicação bimestral da Editora Núcleo de Serviços Integrados Ltda. As opiniões dos artigos assinados não representam necessariamente as adotadas pela revista. Não é permitida a reprodução parcial ou total dos textos.


Conta-giros

Marelli Corporation é nova gigante da indústria de autopeças A Calsonic Kansei e a Magneti Marelli, que anunciaram em maio deste a união sob uma única marca mundial, informaram que a partir de 1º de outubro deste ano ocorreu a adoção oficial do nome corporativo, mais um passo importante na integração das duas empresas. Como Marelli, a empresa unificada passará a operar 170 instalações e centros de P&D na Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia-Pacífico. No Brasil, os nomes das empresas também foram alterados para Marelli.

DRiVTM é destaque na Autonor 2019 Empresa resultante da fusão entre Tenneco e Federal-Mogul Motorparts, A DRiVTM participou da edição 2019 da Feira de Tecnologia Automotiva do Nordeste (Autonor), realizada em Recife entre os dias 11 e 14 de setembro. O evento foi palco para a exibição do amplo portfólio de produtos das marcas Monroe, fabricante de amortecedores, Monroe Axios, produtora de borrachas e componentes para suspensão, e diversas marcas pertencentes à Federal-Mogul Motorparts, como MOOG, FelPro, FP Diesel, Goetze e Champion.

NGK divulga vencedores de promoção Como parte das celebrações de seus 60 anos de atuação no Brasil, a NGK, empresa especialista em sistemas de ignição, realizou a promoção “60 anos quem ganha é você”. No total, 120 pessoas foram contempladas com prêmios distribuídos entre 10 motocicletas, 6 patinetes elétricos, 8 celulares, 6 televisores smart, 6 tablets, 20 caixas de ferramentas, 32 bicicletas e 32 cafeteiras elétricas.

Delphi lança produto para carros elétricos A Delphi Technologies anunciou a produção em massa de um inversor de carboneto de silício de 800 volts (SiC), um dos principais componentes dos veículos elétricos e híbridos de alta eficiência da próxima geração. O novo inversor permite sistemas elétricos de até 800 volts, aumentando significativamente a autonomia de veículos elétricos e diminuindo pela metade o tempo de recarga em comparação com os sistemas de 400 volts da atualidade.

4 - Auto Revista Pernambuco


Conta-giros Moura apresenta bateria para ônibus elétrico-híbrido Durante o Congresso Brasileiro de Mobilidade Urbana, a Moura lançou, em parceria com a Eletra, a By XALT Energy, bateria que irá equipar o Ônibus Elétrico Híbrido Dual Bus 15m. O veículo é a soma da tecnologia de tração elétrica da Eletra com os componentes Moura e WEG - terceiro parceiro na empreitada. Ele é alimentado por duas fontes de energia – banco de baterias e grupo motor-gerador – que podem operar em modo conjunto ou independente. A parceria entre as três empresas marca o início das operações do Grupo Moura no mercado de baterias de lítio e no nascente mercado de eletrificação veicular do Brasil.

Nakata oferece componentes para veículos Mitsubishi Wega realiza treinamento de promotores Buscando o aprimoramento para manter a qualidade no atendimento aos distribuidores, a Wega Motors, fabricante de filtros e velas de ignição e aquecedoras, promoveu, em parceria com a DMC Promoções e Publicidade, um treinamento entre os dias 29 de setembro e 2 de outubro para sua equipe de promotores de vendas. A ação foi realizada com 24 profissionais que representam a marca por todo o Brasil. Dentre os assuntos abordados, estavam atendimento ao consumidor, garantia, gestão, marketing estratégico, logística, mercado automotivo e projetos da Wega para 202

6 - Auto Revista Pernambuco

Atendendo o mercado de reposição, a Nakata, fabricante de autopeças, dispõe de ampla variedade de produtos dos sistemas de suspensão e direção, freios, motor e transmissão para veículos da marca Mitsubishi. São mais de 120 itens que conferem cobertura para os modelos mais vendidos da montadora japonesa, como L200, Pajero Sport, Outlander e Lancer.

Vendas de veículos cresceram 11,4% no acumulado até setembro De janeiro a setembro de 2019, foram emplacados 2.952.485 veículos, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros. Isso representa alta de 11,4%, na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram emplacadas 2.650.230 unidades. Em setembro, 336.991 veículos novos foram comercializados, o que representa 12,48% de crescimento sobre o volume registrado no mesmo período de 2018, quando foram vendidos 299.605 veículos. Entretanto, na comparação com as 347.084 unidades registradas em agosto deste ano, houve leve queda, de 2,91%.


Conta-giros Ipiranga: lubrificantes para scooters Durante o Festival Duas Rodas, evento que reuniu amantes de duas rodas em Interlagos, São Paulo, a Ipiranga Lubrificantes lançou uma linha dedicada aos pilotos de scooters. A linha Ipiranga Scooter, feita sob medida para as especificidades técnicas desse tipo de veículo, tem o diferencial de promover o aumento da durabilidade e da proteção do motor e a economia de combustível.

Mercedes-Benz na Fórmula E Com 125 anos de história no automobilismo, a Mercedes-Benz está prestes a escrever um novo capítulo na temporada 2019/2020 do ABB FIA Fórmula E, que começará em novembro, na Arábia Saudita. Ocupando o comando dos dois Mercedes-Benz EQ Silver Arrow 01 estarão o ex-piloto de Fórmula 1 Stoffel Vandoorne e o líder do campeonato de Fórmula 2 da FIA Nyck de Vries. O EQ Silver Arrow 01, primeiro veículo de corrida totalmente elétrico da Mercedes-Benz, foi apresentado no Salão do Automóvel de Genebra, no início de março deste ano.

ZF recebe Prêmio de Inovação A ZF recebeu o Prêmio de Inovação da exposição Busworld Europe (evento realizado em Bruxelas, na Bélgica, entre 18 e 23 de outubro) por seu sistema de tração central elétrico CeTrax, que permite que os ônibus utilizados no transporte público operem com emissão zero. A tecnologia venceu na categoria Componentes Individuais e Periféricos.O CeTrax foi projetado pela ZF para utilização em ônibus e seu projeto de acionamento se baseia no conceito plug-and-drive. Por poder ser instalado em veículos com layout de transmissão convencional, é adequado tanto para o desenvolvimento de novos modelos quanto para adaptação de plataformas já existentes.

Petronas Selenia está de cara nova A Petronas Lubricants International (PLI) apresentou as novas embalagens de sua marca Petronas Selenia. Até 2020 os produtos serão gradualmente atualizados com um layout mais limpo e apresentação de referência clara, reforçando a importância do Selenia no portfólio de produtos da Petronas e, ao mesmo tempo, aumentando a relevância do produto nos pontos de venda. “A marca Petronas Selenia está no mercado há mais de 25 anos e já passou por algumas mudanças, porém a que estamos realizando visa não somente aumentar a sua força, mas também atrair novos consumidores”, disse Luiz Sabatino, diretor geral do Cone Leste e das Américas.

8 - Auto Revista Pernambuco


Conta-giros TMD com novo diretor de aftermarket A TMD Friction, fabricante de pastilhas de freio e detentora da marca Cobreq, anunciou o novo diretor de aftermarket para América do Sul. Fabio Merighi tem larga experiência em estratégia comercial e marketing para diversos setores da indústria e possui passagens em companhias como Manserv e SKF. Na TMD do Brasil, ocupava a função de gerente de marketing, pricing e BI desde março de 2018. Formado em propaganda e marketing, o executivo tem pós-graduação em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), MBA em marketing e especialização internacional em liderança, gestão e coaching.

Monroe Axios completa 60 anos no Brasil No último dia 15 de outubro, a Monroe Axios comemorou suas bodas de diamante no Brasil. A marca chegou à cidade de São Paulo (SP) em 1959 sob a denominação Axios do Brasil e, após ser comprada em 1996 pela Tenneco, passou a chamar-se Monroe Axios. A unidade fabril da empresa - transferida para Cotia em 1980 - ocupa um terreno com 56 mil m², sendo 18 mil m² de área construída. O complexo, que produz cerca de 1.500 diferentes produtos, reúne mais de 660 funcionários.

Faça revisões em seu veículo regularmente.


Encontro na semana da Autonor Durante o período de realização da Autonor, a distribuidora Real Moto Peças promoveu um encontro com alguns dos seus principais clientes de Pernambuco e Bahia para reforçar a parceria através de uma grande confraternização. “Também convidamos os fornecedores, que são nossos grandes parceiros, e assim reunimos toda a cadeia produtiva do setor”, destaca Israel Santos, gerente de filial da Real Moto Peças em Recife. A empresa também celebrou, no evento, a conquista, pela terceira vez (e a segunda consecutiva), do prêmio de melhor distribuidor de autopeças do Brasil. O título foi obtido através de pesquisa realizada com varejistas.


Conta-giros Jamaica Mangueiras lança app e reformula site Com o objetivo de facilitar a busca por seus produtos, a Jamaica Mangueira ampliou seus canais digitais, lançando um aplicativo para as plataformas iOS e Android. O programa traz algumas funcionalidades do site - que foi reformulado, apresentando um novo design para melhor atender as necessidades dos usuários. O principal diferencial é o novo buscador. “Lançamos nosso aplicativo com um buscador mais intuitivo, onde qualquer informação digitada gera uma busca. Esta ferramenta facilita o dia a dia dos nossos clientes, otimizando o seu tempo na busca por nossos produtos. E criamos o app Jamaica Mangueiras para também oferecer mais praticidade a eles”, afirma Carol Ogata, do Marketing Estratégico da empresa.

Hipper Freios entrega premiação do Hipper Desafio de Matemática Comunidade e colaboradores da Hipper Freios participaram da cerimônia de premiação do 4º Hipper Desafio de Matemática, realizado em outubro em Sangão (SC), cidade sede da empresa. Em sua quarta edição, o Hipper Desafio reuniu mais de 700 alunos do quinto ao oitavo ano de escolas municipais e estaduais. Eles foram desafiados a colocar em prática todo o conhecimento adquirido ao longo do ano. Os prêmios foram oito pacotes de viagem para o parque aquático Acqua Lokos, em Capão da Canoa (RS), 16 smartphones, quatro tablets, quatro bicicletas, medalhas e certificados de participação.

Troller T4 2020 O jipe Troller T4 2020 veio com nova combinação de cores externas e internas. Externamente, o modelo passou a ter como cor de destaque o Cinza Londres Escuro, aplicado na grade dianteira, para-choque, teto, estribos, aerofólio, tampa do porta-malas e molduras. As rodas de liga leve de 17” ganharam a cor Preto Ebony. O novo tom acentua o contraste com as seis cores disponíveis da carroceria: as sólidas Vermelho Arizona, Branco Diamante e Amarelo Dakar, a metálica Prata Geada e as perolizadas Verde Maragogi e Cinza Moscou.

Novo BMW X1 produzido no Brasil A linha 2020 do BMW X1 chegou no dia 21 de outubro à rede nacional de concessionárias da marca. Renovado visualmente e produzido na fábrica do BMW Group em Araquari, Santa Catarina, o BMW X1 2020 fez sua estreia no mercado brasileiro em três diferentes versões de acabamento. O lançamento nacional aconteceu em paralelo com a chegada do modelo nos mercados globais. No Brasil, o BMW X1 chegou com o BMW Service Inclusive (BSI), serviço de manutenção por 3 anos ou 40 mil quilômetros (o que acontecer primeiro) sem custos ao cliente.

12 - Auto Revista Pernambuco


Capacitação

ARENA DO CONHECIMENTO Espaço de formação na Autonor contou com vários palestrantes e teve presença maciça do público Por Alexandre Costa

A

última edição da Autonor foi, com certeza, a mais marcante de todas. Afinal, em 2019 a Feira comemorou vinte anos e nada melhor para celebrar essa data do que proporcionar uma maior interação entre o público e os expositores. Foi justamente seguindo esse novo modelo que foram criados vários ambientes onde os visitantes puderam agregar conhecimento através de palestras especializadas. Nesse contexto de compartilhamento de conhecimento, um espaço ganhou destaque na Feira: a Arena do Conhecimento. A ação foi promovida por Hipper Freios, Bastos Juntas, Riosulense e Tecfil, em parceria com o influencia-

14 - Auto Revista Pernambuco

dor digital Dr Carro, e trouxe para a Autonor algumas das maiores autoridades do setor automotivo nacional. Esses especialistas compartilharam informações técnicas e comerciais durante os quatro dias do evento em palestras interativas para o público, que lotou o espaço e os corredores de acesso. Foi uma iniciativa de grande valia para os espectadores, que puderam absorver conteúdo de qualidade enquanto visitavam o evento. Além do Dr Carro, que foi um dos organizadores, estiveram presentes como palestrantes os especialistas Diego Riquero, Cristiano Rei dos Carros, Ishi Ar Condicionado, Pedro Scopino, Alexandre Costa e o apresentador Cesar Urnhani.


Gestão Antônio de Pádua Executivo, professor universitário, administrador de empresas com especialização em Marketing e Planejamento e Gestão, com formação em Coaching

Vamos continuar vendendo peças? Em um mercado cada vez moderno e competitivo, é preciso acrescentar novos valores na relação com os clientes, indo além da mera comercialização de produtos.

E

stamos passando por diversas transformações no mundo e em nosso mercado de reposição de autopeças. Guerras comerciais entre as potências mundiais, combate de produtos (Made in), Brexit sem acordo e podendo se tornar um problema mundial e, principalmente, as tensões políticas e as reformas necessárias dentro do nosso país. Tudo isso remete a grandes reflexões sobre as mudanças de nossos negócios. Esses dias, em uma leitura, vi que o texto iniciava com a seguinte indagação: “O que a Ferrari vende?”. Parece uma pergunta óbvia, com resposta igualmente óbvia, mas essa empresa não vende carros. Ela vende sonhos, imagens de indivíduos bem sucedidos por possuir um de seus modelos. Poderia citar aqui uma infinidade de marcas que não vendem produtos, Boticário, Havaianas, Natura, Hugo Boss, Armani e por aí vai. As marcas valiosas em cada segmento se diferenciam pelo que transmitem ao seu consumidor. Como elas se conectam com seu público alvo (sonhos, conquistas, soluções, experiências, diferenciais, etc...). Quanto maior for a percepção, por parte do

16 - Auto Revista Pernambuco

consumidor, de uma marca, melhor será sua margem. É o conceito de valer ou custar. Este ano, quando completo 30 anos no Aftermarket, me sinto motivado a remeter essa reflexão a todos nós. Estamos vendendo peças? Ou vendemos soluções, conforto, comodidade, segurança, qualidade, confiança, agilidade e outros diferenciais que precisamos oferecer para nossos clientes? Até quando ficaremos brigando e discutindo sobre preço, prazo, serviços de graça, entregas de graça, nos confrontando entre fornecedores, distribuidores, varejos e serviços derrubando margens e resultados? Até quando?

Temos um universo de oportunidades e crescente aumento de demanda na reparação automotiva e somos responsáveis pela movimentação de mais de 80% da frota nacional. Podemos fazer melhor, temos que fazer melhor, elevando o nível do debate e colocando o que gera valor nessas discussões: produtividade, ticket médio, melhoria da margem, profissionalização das equipes, logística, marketing, oportunidades no mundo digital, novas tecnologias entrantes. Pensem nisso... É claro que continuaremos a vender peças, mas nossos clientes precisam ser atendidos em um novo e promissor mercado. Um grande 2020 para todos nós.


A melhor performance para o seu motor! www.ngkntk.com.br


Lançamento

Corolla 2020 com versão híbrida Com forte apelo no mercado, modelo pode contribuir para a chegada de veículos de outras motores que combinam propulsão elétrica e a combustão

O

Corolla 2020, 12ª geração do veículo, trouxe como principal novidade uma versão top de linha híbrida que será produzida por aqui, o que é uma boa notícia para o mercado nacional, porque talvez faça outras montadoras implantarem essa mudança. Disponível apenas na versão sedã, o novo Corolla conta com duas opções de motores: 2.0L Dynamic Force flex com transmissão Direct Shift de 10 marchas e injeção direta, e o sistema híbrido que combina três motores, dois elétricos e um a combustão flexfuel. Para esse lançamento, a Toyota do Brasil investiu R$ 1 bilhão em sua unidade fabril de Indaiatuba. A partir de agora, a fábrica está apta a produzir o modelo que chega em uma nova plataforma GA-C, baseada na filosofia TNGA. Além disso, a fábrica de motores de Porto Feliz passou a produzir o novo motor flex

18 - Auto Revista Pernambuco

2.0L Dynamic Force, a partir de um investimento de R$ 600 milhões. A nova geração do Corolla chegou ao mercado brasileiro disponível em três versões diferentes. O que vem com motor 2.0L Dynamic Force está disponível nas versões GLi, XEi e Altis, enquanto a versão com sistema híbrido está disponível apenas na versão topo de linha Altis. Design externo O desenho foi completamente renovado, com um centro de gravidade mais baixo (-10mm). Agora, as laterais dos para-choques dianteiro e traseiro se sobressaem. Na frente, laterais do para-choque de forma trapezoidal circundam a grade frontal inferior. A grade dianteira superior é conectada aos faróis de desenho longo e angular, que, por sua vez, alongam-se até as laterais do veículo. Complementam o design uma grande grade na cor preta e os

faróis de neblina de LED disponíveis nas versões XEi e Altis. A versão Altis híbrida conta com logomarca Toyota com acabamento na cor azul, enquanto o pacote Premium para essa versão oferece grade na cor black piano. Os faróis dianteiros com regulagem de altura e sistema automático de iluminação são de halogênio nas versões GLi e XEi em formato de três “J”, complementados pelas luzes diurnas DRL em LED colocadas abaixo da linha cromada que percorre toda a frente do veículo. Para a versão Altis, os faróis Bi-LED possuem desenho em formato de dois “J” com DRL que acompanha o mesmo design. A versão híbrida ainda possui acabamento na cor azul. A parte de trás do capô do motor teve sua altura reduzida em 35 mm, enquanto a superfície do porta-malas abaixou em 20 mm. Com relação às lanternas traseiras,


enquanto a versão Altis (híbrida e 2.0L Dynamic Force) possui lanternas inteiras em LED, o conjunto nas versões GLi e XEi é de halogênio, com luz de freio, de ré e de neblina em LED. Todas as versões possuem rodas de liga leve, sendo que na GLi é de 16” com acabamento na cor prata com pneus 205/55 R16, enquanto a XEi e Altis híbrida são de 17” com acabamento na cor prata. A versão Altis 2.0L Dynamic Force conta com acabamento na cor preto brilhante com pneus 225/45 R17 (opcional para a versão Altis híbrida no pacote Premium). Uma das novidades do Corolla 2020 é o teto solar elétrico com função antiesmagamento, disponível de série para a versão Altis 2.0L Dynamic Force ou como opcional no pacote Premium para a versão Altis híbrida. Com relação às dimensões gerais, o modelo possui 4.630 mm de comprimento (+10 mm em relação à geração anterior), 1.780 mm de largura (+5 mm) e 1.455 mm de altura (-20 mm), enquanto a distância entre eixos se manteve a mesma, ou seja, 2.700 mm, e o volume do porta-malas também, de 470 litros. Já o tanque de combustível comporta 50 litros nas versões a combustão e 43 litros na versão híbrida.

Design interno O painel de instrumentos nas versões com motor 2.0L Dynamic Force conta com três mostradores, um circular, no centro, onde é possível visualizar o velocímetro e o nível de combustível; um semicircular do lado esquerdo, onde o motorista exibe o conta-giros e o termômetro do motor, e uma tela de TFT de 4,2” colorida do lado direito que mostra o computador de bordo, com informações como indicador de marcha, consumo de combustível, hodômetro, autonomia, etc. Já a versão Altis híbrida possui uma tela TFT de 7” digital e colorida, no centro do painel, exibindo o velocímetro e informações do computador de bordo. Enquanto o semicírculo do lado esquerdo possui um indicador do sistema híbrido, no lado direito é possível visualizar a informação de combustível e temperatura do motor. Nos bancos, a versão GLi conta com partes revestidas de tecido e de couro, ambos na cor preta. Já as versões XEi e Altis híbrida contam exclusivamente com partes revestidas de couro preto, enquanto a versão Altis 2.0L Dynamic Force e Altis híbrida com pacote Premium contam com partes revestidas em couro bege e marrom.

Equipamentos Desde a versão de entrada GLi o modelo conta com ar condicionado manual com filtro antipólen e ar quente, banco do motorista com regulagem para seis ajustes – altura, distância e inclinação – (também disponível na versão Altis híbrida), banco do passageiro dianteiro com regulagem manual para quatro ajustes (distância e inclinação), direção eletroassistida progressiva (EPS), computador de bordo com tela TFT de 4,2” de alta resolução, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico por um toque e função antiesmagamento e sistema de áudio central multimídia Toyota Play com tela sensível ao toque de 8”, rádio AM/FM, função MP3, entrada USB, Bluetooth, conexão para smartphones e tablets com Android Auto, Apple CarPlay e SDL. No que se refere a equipamentos de segurança, o Novo Corolla tem sete airbags, freios ABS com BAS e EBD, câmera de ré com linhas de distância com projeção na central multimídia, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas no banco traseiro com ancoragem de três pontos, controle de estabilidade (VSC), tração (TRC) e assistente de partida em rampa (HAC). A versão XEi adiciona os seguintes

Auto Revista Pernambuco -

19


itens: ar condicionado automático, controle de velocidade de cruzeiro, modo de seleção de condução Sport, paddle shift, sistema de destravamento das portas por sensores na chave (Smart Entry), sistema de partida por botão (Start Button/ Push Start), faróis de neblina dianteiros em LED e espelho retrovisor interno eletrocrômico. Já a versão Altis 2.0L Dynamic Force adota faróis dianteiros em LED e o pacote de segurança ativa Toyota Safety Sense, que inclui Sistema de Alerta de Mudança de Faixa (Lane Departure Alert – LDA), Controle de Velocidade de Cruzeiro Adaptativo (ACC), Farol Alto Automático (Auto High Beam – AHB), e Assistente de Pré-Colisão (Pre-Crash System – PCS) com alerta sonoro e visual e, se necessário, frenagem automática (comandos podem ser controlados também pelo volante) Além disso, esta versão tem como item de série o pacote premium, composto por ar condicionado automático Dual Zone com sistema S-Flow, banco do motorista com regulagem elétrica para oito ajustes (altura, distância, inclinação ou altura com distância), espelhos retrovisores externos eletro-retráteis com regulagem elétrica e rebatimento automático ao fechar o veículo, teto

20 - Auto Revista Pernambuco

solar elétrico, limpador do pára-brisa com sensor de chuva e faróis e lanternas traseiras em LED. Na versão híbrida, o Altis conta com painel de instrumentos com tela TFT de 7” digital e colorida com computador de bordo e como opcional o pacote Premium descrito acima. O Corolla híbrido não conta com o paddle shift no volante. Motores Uma das grandes novidades na linha Corolla 2020 é seu conjunto de novos propulsores. O novo motor a combustão 2.0L Dynamic Force de quatro cilindros em linha e 16 válvulas conta com comando de válvulas variável inteligente VVT-iE que, por meio de um motor elétrico, modifica os tempos de abertura das válvulas de admissão. Ele ainda vem com um novo sistema de injeção direta e indireta de combustível D-4S que adapta a injeção às condições de direção, oferecendo mais potência e menor consumo de combustível. O novo motor 2.0L Dynamic Force é 15% mais potente e 9% mais eficiente do que o motor da geração anterior. O Corolla 2020 com motor 2.0L Dynamic Force também tem uma transmissão Direct Shift de 10 marchas, que proporciona a suavidade de uma transmissão CVT

convencional com uma sensação de aceleração direta. O sistema híbrido da Toyota, nesta nova geração do Corolla, combina um motor a gasolina de 1.8L VVT-i 16V de ciclo Atkinson flex, com 101 cv de potência a 5.200 giros quando abastecido com etanol, e 98 cv também a 5.200 rpm, quando abastecido com gasolina, e 14,5 kgfm de torque a 3.600 rpm (abastecido com etanol ou gasolina). Esse motor funciona em conjunto com dois motores elétricos (MG1 e MG2) de 72 cv de potência e 16,6 kgfm de torque. Segundo o Inmetro, o Corolla híbrido é capaz de rodar 14,5 km/l na estrada e 16,3 km/l na cidade quando abastecido com gasolina. Com etanol, o modelo roda 9,9 km/l na estrada e 10,9 km/l na cidade. Preços GLi 2.0L Dynamic Force Flex R$

99.990,00

2020 XEi 2.0L Dynamic Force Flex

R$ 110.990,00

2020 Altis 2.0L Dynamic Force Flex

R$ 124.990,00

2020 Altis Híbrido Flex R$

124.990,00


Novo Hyundai HB20

VISUAL “CONTROVERSO” E MAIS POTÊNCIA Polêmica, frente do modelo pode ser classificada como bonita ou esquisita. Alem dela, opção de motor 1.0 turbo de 120 cv está entre as novidades

S

egundo a Hyundai, a nova geração do HB20, que chegou ao mercado na primeira quinzena de outubro, veio “para ousar mais uma vez em seu segmento”. Ousadia, como se sabe, tem seu preço. E o mínimo que se pode dizer do visual do carro é que ele promete ser bastante polêmico. Primeiro veículo da Hyundai Motor Brasil inspirado na nova linguagem de design da marca, a “Esportividade Sensual”, segundo a montadora, o compacto estreou com preços

22 - Auto Revista Pernambuco

que variam entre R$ 46.490 e R$ 81.290. As linhas que cortam a silhueta lateral do HB20 partem dos faróis – elas aparecem entre as janelas e as maçanetas, e terminam no meio da porta traseira. Outro vinco surge nas bases das portas e complementa o visual. Houve quem dissesse que ele ficou parecido com um peixe chamado bagre. E houve quem elogiasse. No interior, todas as versões tiveram seus bancos renovados. Um dos destaques é o acabamento Marrom

Desert, disponível para a versão Diamond Plus do hatch. Nela, a cor marrom (incomum nos carros nacionais compactos) aparece no painel, no console, nos painéis das portas, nos bancos em couro e no volante, este também revestido em couro. Detalhes na cor azul fazem parte do estilo e estão presentes ao longo do painel e nas costuras do banco, volante e manopla de câmbio. O tamanho entre eixos cresceu 30 mm para todas as configurações. HB20, HB20S e HB20X também


ficaram mais largos – acréscimo de 40 mm, 40 mm e 30 mm, respectivamente – e mais compridos – aumento de 20 mm, 30 mm e 15 mm, respectivamente. O porta-malas segue com 300 litros nas configurações hatch e X, e passou de 450 litros para 475 litros na configuração sedã. A versão topo de linha tem itens como ar condicionado digital, chave presencial Smart Key, vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one touch e antiesmagamento,

acendimento automático dos faróis, piloto automático e limitador de velocidade. Além disso, conta com partida do motor por botão, alavancas no volante para trocas de marcha (Smart Shift), sistema Stop & Go de parada e partida automática do motor e nova central multimídia flutuante com tela touchscreen de 8 polegadas, oferecendo conectividade com smartphone por meio do Apple Car Play e do Google Android Auto. Estão disponíveis para

todas as versões direção elétrica e banco do motorista com ajuste de altura por alavanca. Em relação a segurança, a versão mais completa de toda a linha HB20, HB20S e HB20X, a Diamond Plus, dispõe de sistema de alerta e frenagem autônomo e alerta de mudança de faixa, monitoramento de pressão dos pneus (TPMS) e câmera de ré com monitoramento da traseira (DRVM). A versão topo de linha também sai de fábrica com quatro airbags, sendo dois frontais e dois laterais de tórax. Para as demais versões são sempre dois airbags frontais. À exceção das versões Sense e Vision 1.6 MT no hatchback e Vision 1.0 no sedã, as demais trazem sistema completo de segurança ativa, com controles de estabilidade (ESP) e tração (TCS), assistente de partida em rampa (HAC), e sinalização de frenagem de emergência (ESS). Na estrutura da carroceria do novo HB20, a participação de aço de alta resistência passou de 19% para 30% em todas as configurações. Esta melhoria contribui diretamente para a redução de peso e aumento da segurança em colisões. Todos os veículos ainda são equipados

Auto Revista Pernambuco -

23


com fixação Isofix para cadeirinha de bebê, destravamento automático das portas em caso de acidente, cintos de segurança retráteis de três pontos (dianteiros e traseiros) e com pré-tensionador (dianteiros), apoios de cabeça dianteiros e traseiros com regulagem de altura (para todos os ocupantes), estrutura de deformação programada, barras de proteção lateral e coluna de direção colapsável. Motorização A grande novidade na segunda geração do compacto sul-coreano é o motor 1.0l Turbo GDI com injeção direta de combustível. O propulsor equipa as versões Evolution, Diamond e Diamond Plus do HB20 e HB20S. Com o sistema de injeção direta (GDI), turbo e intercooler, o propulsor três-cilindros entrega potência de 120 cv, além do torque máximo de 17,5 kgf.m logo aos 1.500 rpm. A opção turbo está sempre acoplada ao câmbio automático de seis velocidades. As motorizações disponíveis são as seguintes: 1.0l Turbo GDI 12V DOHC D-CVVT Flex Cilindrada: 998 cm³ Potência: 120 (E) 120 (G) a 6.000 rpm Torque: 17,5 kgf.m (E) 17,5 kgf.m a 1.500 rpm Taxa de compressão: 10.5 1.0l 12V DOHC CVVT Flex Cilindrada: 998 cm³ Potência: 80 (E) 75 (G) a 6.000 rpm Torque: 10,2 kgf.m (E) 9,4 kgf.m a 4.500 rpm Taxa de compressão: 11.5 1.6l 16V DOHC D-CVVT Flex Cilindrada: 1,591 cm³ Potência: 130 (E)

24 - Auto Revista Pernambuco

123 (G) a 6.000 rpm Torque: 16,5 kgf.m (E) 16,0 kgf.m a 4.500 rpm Taxa de compressão: 11.0 Versões Para a configuração hatch as opções são Sense (1.0l MT), Vision (1.0l MT, 1.6l MT e 1.6l AT) Evolution (1.0l MT e 1.0 Turbo GDI AT), Launch Edition (1.6l AT), Diamond (1.0l Turbo GDI AT) e Diamond Plus (1.0l Turbo GDI AT). Já o HB20S sai de fábrica com opções Vision (1.0l MT, 1.6l MT e 1.6l AT), Evolution (1.0l MT e 1.0 Turbo GDI AT), Diamond (1.0l Turbo GDI AT) e Diamond Plus (1.0l Turbo GDI AT). A família fica completa com o aventureiro HB20X, disponível nas versões Vision (1.6l MT e 1.6l AT), Evolution (1.6l AT), Diamond (1.6l AT) e Diamond Plus (1.6l AT).

MOTOR 1.0

1.6

1.0 TGDI

1.0 1.6

1.0 TGDI 1.6

VERSÃO Sense Vision Evolution Vision Launch Edition Evolution Diamond Diamond Plus Vision Evolution Vision Evolution Diamond Diamond Plus Vision Evolution Diamond Diamond Plus

TRANSMISSÃO MT5

MT6 AT6 AT6

MT5 MT6 AT6 AT6

MT6 AT6

PREÇO (R$) 46.490,00 48.990,00 50.490,00 53.790,00 57.990,00 62.790,00 69.990,00 67.190,00 73.590,00 77.990,00 55.390,00 58.390,00 62.590,00 67.390,00 71.790,00 76.890,00 81.290,00 62.990,00 67.890,00 69.890,00 75.190,00 79.590,00


Carro dos sonhos

REDEFININDO O CONCEITO DE CARRO ELÉTRICO O Taycan reúne características dos modelos da Porsche, como motores potentes e muito luxo, com os recursos ecologicamente corretos dos carros movidos a eletricidade

Q

uem se interessa por veículos elétricos de alto desempenho certamente deve ter ouvido falar da norte-americana Tesla. A empresa ganhou fama mundial com seus modelos de alta tecnologia, design arrojado e motores potentes. Até a chegada oficial do Porsche Taycan, é provável que não houvesse um modelo no mercado mundial que impressionasse tanto quanto os da Tesla. Mas a fábrica alemã pode estar reescrevendo a história da mobilidade elétrica com seu novo carro. De acordo com a empresa, “o sedã esportivo de quatro portas é um produto inédito, oferecendo o típico desempenho e conectividade da

26 - Auto Revista Pernambuco

Porsche com praticidade para o uso diário”. Os primeiros modelos da nova série são o Taycan Turbo S e o Taycan Turbo. Eles estão entre os modelos de produção mais potentes que a montadora de carros esportivos oferece atualmente em sua linha de produtos. Outras versões virão a seguir, ainda este ano. O primeiro derivado a ser acrescentado à gama será o Taycan Cross Turismo, no final do ano que vem. A versão de topo do Taycan, o Turbo S, pode gerar até 761 cv de potência com overboost (um recurso que aumenta momentaneamente a pressão do turbo em situações de grande aceleração), acelera de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e tem

autonomia de até 412 km. Já o Taycan Turbo disponibiliza até 680 cv, vai de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e pode rodar até 450 quilômetros com uma carga da bateria. A velocidade máxima de ambos os modelos, que têm tração nas quatro rodas, é 260 km/h. O Taycan é o primeiro veículo de produção com um sistema com 800 volts, em lugar dos costumeiros 400 volts dos carros elétricos. Segundo a Porsche, com essa tecnologia em pouco mais de cinco minutos a bateria pode ser recarregada para obtenção de uma autonomia de até 100 quilômetros - desde que seja em corrente contínua e provida por uma rede de carga de alta


potência. Em condições ideais, o tempo de recarga para atingir 80% da carga é 22,5 minutos. Com coeficiente aerodinâmico partindo de 0,22, o Taycan promete, com seu design, dar uma contribuição importante para o baixo consumo de energia e, consequentemente, uma grande autonomia. No interior, o quadro de instrumentos tem uma tela central de informação e entretenimento com 10,9 polegadas. Há um mostrador opcional para o passageiro que pode ser combinado com o quadro para formar uma faixa de vidro integrada com visual preto. Todas as interfaces com o usuário foram totalmente redesenhadas para o Taycan. O número de controles físicos tradicionais, como interruptores e botões, foi bastante reduzido e substituído por toques ou por voz. Uma particularidade é que, em tempos de preocupação com a sustentabilidade e para combinar com a proposta ecologicamente correta da mobilidade elétrica, com o Taycan, a Porsche está oferecendo pela primeira vez um interior totalmente sem uso de couro. Os interiores são feitos de materiais reciclados. Motores e modos de condução O Taycan Turbo S e o Taycan Turbo têm dois motores elétricos, sendo

um no eixo dianteiro e outro no eixo traseiro - o que proporciona aos carros tração nas quatro rodas. A transmissão de duas velocidades instalada no eixo traseiro é uma inovação desenvolvida pela Porsche. A primeira marcha dá ao Taycan uma aceleração ainda maior a partir da imobilidade, enquanto a segunda, com uma relação mais elevada, assegura alta eficiência e reservas de potência igualmente elevadas. Isso também se aplica a velocidades muito altas. O perfil dos diferentes modos de condução segue basicamente a mesma filosofia utilizada em outras linhas de modelos da Porsche. Eles são suplementados por ajustes especiais que permitem a utilização otimizada da propulsão exclusivamente elétrica. Quatro modos de condução estão disponíveis: “Range”, “Normal”, ‘Sport” e “Sport Plus”. Além disso, os sistemas individuais podem ser configurados conforme desejado no modo “Individual”. O Porsche Taycan Turbo S e o Porsche Taycan Turbo já estão disponíveis para encomendas e custam respectivamente 185.456 euros e 152.136 euros na Alemanha, incluindo equipamento específico para o país e VAT (imposto sobre valor agregado). No Brasil, o modelo está previsto para ser lançado em 2020.

Auto Revista Pernambuco -

27


Clássicos

A história do esportivo Puma

Arnóbio Tomaz

Um dos ícones do mercado brasileiro, o modelo teve seus dias de glória nas décadas de 1970 e 1980 e até hoje chama a atenção pelo design marcante

E

m 1964, na cidade de Matão, no interior de São Paulo, um grupo de apaixonados por automobilismo liderados por Genaro Malzoni, um italiano radicado no Brasil conhecido como Rino Malzoni, resolveu criar um automóvel esportivo nacional. No ano seguinte os primeiros protótipos do modelo idealizado por eles começaram a ser expostos com o nome de “GT Malzoni”. Em 1967, o carro começou a ser produzido em série, rebatizado com o nome que se tornaria um ícone dos esportivos nacionais nos tempos em

que a importação era proibida: Puma. Foi o segundo cupê esportivo fabricado no país com carroceria de fibra de vidro - o primeiro fora o Willys Interlagos, produzido pela Willys Overland do Brasil, e que era semelhante ao francês Renault Alpine. O belíssimo design do Puma, criado pelo projetista automotivo Anísio Campos, lembrava muito uma Ferrari 250 GTO daquela época. Sua mecânica era do DKW Vemag, com motor 1.0 de tração dianteira. Ainda em 1967, no entanto, a DKW Vemag foi adquirida pela Volkswagen, o que

Willys Interlagos

28 - Auto Revista Pernambuco

levou à retirada, do mercado, do modelo que ela fabricava. Por isso, o Puma com mecânica DKW teve vida curta. Foram fabricadas apenas 130 unidades do veículo. Em 1968, Rino Malzoni iniciou novas negociações, desta vez com a Volkswagen, para utilização do tradicional conjunto mecânico daquela empresa na linda carroceria de fibra do Puma. Em 1971, então, foi iniciada a produção do Puma utilizando a mecânica Volkswagen. Foi lançada no mercado a linha GTS/GTE, sendo o Puma GTS um roadster conversí-


vel e o GTE, um cupê fechado. Entre os carros criados por brasileiros e com capital nacional, o Puma, sem dúvida, foi o que obteve mais sucesso. No início, seu motor Volkswagen era um de 1.500 cilindradas a ar, sendo substituído posteriormente por um 1.600 também refrigerado a ar. O carro rapidamente passou a ser muito desejado pelos jovens da época, graças ao seu belíssimo desenho - que até hoje impressiona pelas linhas agressivas e a aerodinâmica. O Puma também oferece ótima dirigibilidade, favorecida pelo chassi bem trabalhado e pela direção pouco reduzida. No final da década de 1970 foi lançado o Puma GTB, um carro maior, que usava o motor do Chevrolet Opala de seis cilindros. Era mais luxuoso, com bancos de couro, direção assistida e vidros elétricos. Em 1982 tanto o Puma GTE como o GTS foram aprimorados e passaram a se chamar Puma GTI e GTC. Foi lançado ainda o modelo P-018, também utilizando a mecânica Volkswagen refrigerada a ar, porém envenenada com nova distribuição, alimentação e escapamento. Em sua trajetória, a empresa fabricante do Puma passou por várias dificuldades financeiras, duas enchentes e um incêndio. Além disso, o motor Volkswagen a ar começou a não satisfazer os consumidores, que ficavam cada vez mais exigentes. Para enfrentar as dificuldades, a empresa ten-

Puma GTB

tou uma negociação com a japonesa Daihatsu para fornecimento de tecnologia para a produção de um carro urbano, mas não obteve sucesso. Em 1985, endividada com seus fornecedores, a Puma foi vendida para a Araucária Veículos, de Curitiba, interrompendo a produção. Em 1987, o empresário Nívio de Lima, proprietário da Metalúrgica Alfa Metais, adquiriu a Puma da Araucária Veículos e construiu uma nova fábrica na Cidade Industrial de Curitiba. Em 1988 foi relançado o Puma GTB, apresentando um novo design e acabamento ainda melhor do que o anterior. O modelo foi rebatizado de Puma AMV. Em 1989 surgiu o Puma AM-3, o novo “Puminha”. Ele tinha chassi tubular remodelado e motor VW 1.6 refrigerado a água (AP-600) instalado na traseira, mas mantinha a identidade do seu estilo, bem como a tração traseira.

Em 1990, com a abertura do mercado para os importados, os carros japoneses ofuscaram o brilho dos esportivos Puma, obrigando sua descontinuação. Em 1998 a Ford adquiriu os direitos sobre o nome “Puma” a fim de lançar um pequeno cupê com esse nome. Pequenos caminhões passaram então a trazer a marca AMV (não por coincidência, as iniciais de Alfa Metais Veículos), mas a fera prateada continua presente com o emblema deles. Esses caminhões continuam sendo produzidos, embora em pequena escala. Em seus dias de mais prestígio, na década de 1970, o Puma chegou a ser exportado para vários países da Europa e da África. Hoje, exemplares deste esportivo estão cada vez mais valorizados nas mãos de colecionadores pertencentes a vários clubes distribuídos por todo o Brasil.

Puma GTE

Auto Revista Pernambuco -

29


Componente

SEM ELE, O CARRO NÃO PEGA Saiba mais sobre a importância e os cuidados necessários com o motor de partida, responsável por fazer o carro começar a funcionar

V

ocê já viu, provavelmente em filmes antigos, que uma das características dos primeiros automóveis com motor a combustão, surgidos entre o fim do século 18 e início do século 19, era uma manivela encaixável na parte da frente. Para ligar o carro, era preciso que alguém colocasse a manivela e girasse. O mecanismo ao qual ela era acoplada estava ligado a um conjunto de engrenagens que faziam o motor se movimentar e, assim, fazer o veículo ficar pronto para andar. Essa breve explicação serve para esclarecer o papel e a importância do

30 - Auto Revista Pernambuco

motor de partida, componente que também é conhecido como motor de arranque. Ele foi criado no início do século 19, quando os carros começavam a se popularizar nos Estados Unidos e muita gente estava se machucando com as famigeradas manivelas. Afinal, como elas eram engrenadas no motor, assim que ele começava a funcionar um dos riscos era de que o operador ficasse seriamente machucado com o tranco que elas davam se não fossem retiradas na hora certa. Para ajudar a entender este processo, é importante destacar que as

manivelas eram necessárias porque o motor a combustão, formado por um conjunto de engrenagens e componentes mecânicos, não funciona se uma força inicial não vier impulsioná-lo. O motor de arranque, então, faz o trabalho das manivelas - só que de maneira muito mais segura para o motorista ou para qualquer desafortunado que precisasse fazê-las girar. Basicamente, este motor funciona da seguinte forma: ele é composto por um eixo interno que gira graças a um campo magnético formado com a eletricidade que vem da bateria do carro.


Este eixo tem em, uma das pontas, uma engrenagem que encaixa no eixo do motor. Também com a eletricidade vinda da bateria, uma peça primeiro empurra o eixo do motor de arranque para que este encaixe aconteça. Depois, o eixo começa a girar e leva junto o do motor, fazendo o veículo funcionar. Depois que isso acontece, o motor de arranque recolhe seu eixo e para de trabalhar. Um exemplo para entender melhor o processo é pensar no expediente que você já deve ter visto (ou experimentado), que é o de colocar o carro para pegar no empurrão. A diferença é que o engate no eixo do motor, nesse caso, não é feito pelo motor de arranque e sim através através das engrenagens da caixa de transmissão (a mais é usada para engate é a segunda, por ser compatível com a baixa velocidade que o carro anda quando empurrado dessa forma). Por ser responsável pelo processo de tirar o motor do carro da inércia, ou seja, fazê-lo movimentar as peças a partir do estado de paralisação total, o motor de arranque precisa de muita energia. É por isso que, às vezes, quando a bateria está com carga baixa, se o motorista girar a

32 - Auto Revista Pernambuco

chave, as luzes do painel podem até acender, mas ela não vai ter força suficiente para fazer o eixo do motor arranque girar. Entendida essa ligação entre o eixo do motor de arranque e o eixo do motor do carro, um dos cuidados que o motorista precisa tomar é, assim que ver que o carro pegou, parar imediatamente de forçar a chave na ignição, porque, caso contrário, o eixo do motor de arranque não vai desacoplar do

eixo do carro. E este último, agora girando mais rápido e com mais força, pode até prejudicar as engrenagens do motor de arranque. Por fim, agora é fácil entender porque os carros elétricos não precisam ser ligados com o giro da chave, como os modelos movidos por motores a combustão. Nos carros elétricos, é a energia das baterias, constantemente disponível, que movimenta o motor. E para isso, basta liberar a corrente e fazer a transferência da eletricidade, pisando no acelerador, que ele vai se movimentar imediatamente. Um cuidado recomendável para evitar transtornos com o motor de arranque é fazer revisões a cada 50 mil km. Mas é preciso considerar alguns casos particulares, como veículos em que o motor de arranque se localiza nas partes mais baixas do motor e pode ficar exposto ao contato com a água no período chuvoso. Por fim, também vale lembrar que modelos com o sistema start stop devem ter atenção especial, porque neles a exigência do trabalho do motor de arranque é bem maior.


Tecnologia

QUE SALVA VIDAS Quase metade dos carros nacionais ainda sai de fábrica sem sistemas de segurança ativa como controle de estabilidade e de tração. Quadro pode melhorar em 2022

D

e acordo com o relatório “Global status report on road safety 2018”, da Organização Mundial da Saúde, o Brasil está entre os cinco países com mais mortes no trânsito do mundo. Quem dirige em qualquer cidade por aqui sabe que nosso trânsito é violento, seja por imprudência dos motoristas, por péssimas condições das ruas e estradas ou pela falta de recursos de segurança dos carros. Ou pior: pela combinação de todos esses fatores. Na indústria automotiva mundial, é cada vez maior o número de recursos tecnológicos instalados nos carros que ajudam os motoristas a evitar acidentes. São os componentes da categoria conhecida como “segurança ativa”, ou seja,

34 - Auto Revista Pernambuco

tudo o que o carro faz, independentemente do condutor, para corrigir barbeiragens ou distrações de quem está no volante. Estão entre esses recursos de segurança ativa está o controle eletrônico de estabilidade. Conhecido pela sigla ESC (do inglês “Electronic Stability Control”), ele evita que o carro siga uma direção diferente da imposta pelo motorista, ou seja, diminui a possibilidade perda de controle da direção. Outro já bastante difundido é a distribuição eletrônica dos freios - ou EBD, de Electronic Brake Distribution. Este último distribui a força da frenagem entre as rodas de acordo com a necessidade em cada situação específica. Também há o controle de tração (TC, também do nome em inglês),

sistema eletrônico que atua simultaneamente sobre os freios e o motor para impedir que uma roda receba mais tração que a outra e esta última gire em falso). E para terminar os exemplos, vale citar o auxílio em frenagens de emergência (BAS), que potencializa o efeito do ABS, e o monitor de pressão dos pneus (TPMS) que, como o nome diz, impede que a pressão do ar seja alterada - um grande fator de risco de acidentes. No Brasil, o recurso de segurança ativa mais conhecido é o ABS, que impede o travamento das rodas em frenagens bruscas. O seu principal benefício é evitar que o carro “patine”, saindo completamente do controle do motorista. O ABS é o componente de segurança ativa obrigatório no país. Nos Estados


Unidos e na Europa, o todos os carros também têm de sair da linha de produção equipados com o ESC. De acordo com a resolução nº 567, de 16 de dezembro de 2015, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o item passará a ser de série nos modelos brasileiros de passeio a partir de 2022, se não houver nenhuma mudança ou adiamento. Outra resolução, a nº 641, de 14 de dezembro de 2016, prevê a introdução do componente para veículos de transporte a partir de 2024. Atualmente, dos recursos citados acima, o único que aparece com frequência nos modelos nacionais junto com o ABS é o EBD. Realizamos uma pesquisa com 13 modelos que representam quase metade de tudo o que foi comercializado no Brasil em 2019 (GM Ônix, Hyundai HB20 e HB20S, Ford Ka, GM Prisma, Renault Kwid, VW Gol, Fiat Argo, Fiat Mobi, Ford Ka Sedan, Renault Sandero e VW Fox e Voyage). De todos eles, apenas em Sandero, Ka e HB20 podem ser encontrados o ESC e o controle de tração. E mesmo assim, só nas versões mais caras. Nos países desenvolvidos, a segurança ativa está indo além, com

36 - Auto Revista Pernambuco

teste em carros autônomos ou a presença em cada vez mais modelos de sistemas como o detector de fadiga, que identifica se o motorista está cochilando e emite um alerta, ou o de frenagem automática em caso de aproximação perigosa com o veículo da frente. Estes recursos,

vale ressaltar, também existem em modelos brasileiros, mas na ampla maioria dos casos, ainda são exclusivos do segmento conhecido como “premium”, de carros com preço bem acima dos 100 mil reais. Nossa realidade, infelizmente, é que quase metade dos carros novos que são vendidos (e os que serão pelos próximos anos) não conta com os itens que ajudam a evitar os acidentes. Pelo menos melhoramos com os itens de segurança passivos, aqueles que amenizam os efeitos das batidas. Entre eles estão os chassis com metais de diferentes graus de deformação (que absorvem melhor os impactos para proteger os ocupantes do carro), os air bags, o sistema Isofix para cadeirinhas de bebês e as barras de proteção nas portas. São componentes obrigatórios ou que podem ser encontrados com mais facilidade entre os modelos que citamos nesta matéria.motores, bateria e sistema eletrônico.


Faça revisões em seu veículo regularmente.


Competição

PELO INTERIOR

DO BRASIL A 27° edição do Rally dos Sertões bateu recorde de participantes e teve como um dos destaques o embate entre pilotos de diferentes gerações

D

e acordo com seus organizadores, o Rally dos Sertões é, atualmente, a segunda maior competição do gênero no mundo, ficando atrás apenas do Rally Dakar. O torneio, que teve sua primeira edição em 1993, foi realizado com um número considerado recorde de inscrições, na disputa deste ano. Ao todo, 302 participaram das provas, distribuídos nas categorias “Carro”, “Moto”, “UTV”, “Quadriciclos”, “Regularidade” e

38 - Auto Revista Pernambuco

“Expedições”, sendo esta última sem premiação e destinada a aficionados que querem apenas conhecer melhor a experiência de andar em um rali. Um dos destaques desta edição foi o embate entre a nova e a antiga geração de competidores do Sertões nas quatro primeiras categorias, que são as de velocidade. Na de “Carros”, venceu a dupla Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio, que participava do rali pela segunda vez. Eles

derrotaram ninguém menos que os tricampeões Cristian Baumgart e Beco Andreotti, que tiveram que se contentar com o segundo lugar. Já na categoria “Motos”, Tunico Maciel foi o vencedor, conquistando seu segundo título consecutivo da categoria. Ele venceu 5 das 8 etapas, dominando amplamente a prova e derrotando seu companheiro de equipe Jean Azevedo - que é o maior campeão da história do Sertões, com 7 títulos.


AQUIRAZ (CE)

Na modalidade “UTVs”, Denisio Nascimento e Idali Bosse venceram os quatro representantes da família Varela (também conhecida como “Família da Poeira, pela grande experiência e a quantidade de títulos no off road), que em todos os dias estavam entre os mais rápidos. Mas para não deixar a nova geração de campeões reinar, o veterano Marcelo Medeiros se sagrou o grande campeão da “Quadriciclo” - repetindo o feito pela quarta vez, após os títulos de 2012, 2013 e 2015. Impondo-se desde o início da prova, Marcelo foi o vencedor com maior vantagem entre todas as categorias. Na categoria “Regularidade”, que premia pilotos capazes de andar nos trechos em intervalos de tempo que sejam os mais próximos dos definidos pela organização da prova, os campeões foram Gustavo Schmidt e Tiago Poisl (Master) e Aurélio Bilhalva e Rafael Augusto Avelar (Graduados). Curiosidades As equipes técnicas do Sertões chegam a percorrer quatro vezes o roteiro total da prova, levantando detalhes do percurso e negociando com os proprietários de todas as terras por onde a prova passa. Mesmo com o esforço dessas equipes, no primeiro trecho de especial, os UTVs e carros deram de cara com um obstáculo inusitado.

CRATEUS (CE)

BOM JESUS (PI) SÃO FÉLIX DO TOCANTINS (TO) PORTO NACIONAL (TO) SÃO MIGUEL DO GARÇAS (MT)

BARRA DO GARÇAS (MT) COSTA RICA (MS)

CAMPO GRANDE (MS)

Auto Revista Pernambuco -

39


petição de números superlativos. Entre os dias 24 de agosto e 1º de setembro, os pilotos enfrentaram 4.900 km de percurso, sendo 2.858,46 km de especiais (trechos cronometrados). A parte final do evento foi acompanhada por 6 mil pessoas e transmitida ao vivo por dois canais fechados de TV.

Logo depois do reabastecimento, eles tiverem de avisar a direção da prova que o proprietário das terras por onde o rali estava passando havia suspendido a autorização para o acesso dos veículos. Apenas os primeiros 27 UTVs (de um total de 53) conseguiram completar o percurso normalmente. Por isso, para não gerar prejuízo para os outros, a organização resolveu igualar os resultados da categoria para o trecho. O Rally dos Sertões é uma com-

40 - Auto Revista Pernambuco

História O precursor do Sertões foi o Rally São Francisco, que em 1991 cruzou o Brasil partindo de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para chegar até as praias de Maceió, capital de Alagoas. Esta prova não aconteceu no ano seguinte, mas deu impulso para que em 1993 fosse organizada a primeira edição do hoje renomado Rally dos Sertões. Naquele ano, 34 pilotos inscritos na categoria “Motos” (a única do torneio), deram largada em Campos do Jordão, São Paulo, rumo a Natal, no Rio Grande do Norte.

Em 1995, a competição já passaria a contar com grandes nomes do rali mundial como Edi Orioli, da Itália (vencedor do Dakar), e os espanhóis Fernando Gil e Jordi Arcarons. Segundo seus organizadores, no ano seguinte, o Sertões já tinha o conceito de um dos dez melhores ralis do mundo e pouco mais de uma década depois era reconhecido como a segunda maior prova off road do planeta (em extensão e número de competidores), se mantendo nesta posição até os dias de hoje. Cidades percorridas Sertões 2019 Campo Grande (MS) Costa Rica (MS) Barra do Garças (MT) São Miguel do Araguaia (GO) Porto Nacional (TO) São Félix do Tocantins (TO) Bom Jesus (PI) Crateús (CE) Aquiraz (CE)


Novo Mercado Alexandre Costa Cconsultor especializado em inovação para o setor automotivo, palestrante e diretor da Alpha Consultoria alpha@alphaconsultoria.net

Inovação não é produto! Inovação é processo! Por isso, sua empresa pode, sim, ser inovadora!

M

uito se tem falado, no segmento automotivo, a respeito das inovações que chegaram e as que estão por vir. De um futuro desenhado pelo anúncio do fim da produção de motores a combustão, do impulso da eletrificação veicular ao surgimento de uma família de veículos capazes de tomar decisões independentemente de seus condutores, constrói-se em paralelo um conceito distorcido e muito distante da verdade e que está longe de representar a realidade de seu conceito. O discurso distorcido ao qual me refiro é o que posiciona os carros elétricos, autônomos e híbridos como inovação. Não, inovação não é o produto! A inovação é o processo! É o ato de criar o novo, a ação de mudança que produz alguma novidade capaz de mudar o ambiente no qual ele está inserido. Esses veículos são, na verdade, o resultado de uma série de ações que culminaram em produtos tecnologicamente avançados. Eles são apenas o fim, e não o meio. Quero deixar claro que todo esse meu esforço em dissociar o criador da criatura, de separar o processo

42 - Auto Revista Pernambuco

de inovação de seu produto final é para mostrar para as empresas que sim, elas podem inovar. E que para que elas inovem, não será preciso criar um carro voador ou anunciar uma nova tecnologia que vai permitir o homem chegar a Marte. Definitivamente, não! O que pretendo com esse artigo é mostrar que as empresas precisam criar novos modelos de trabalho que gerem valor para seus clientes e assim possam produzir riqueza. Quero mostrar que as empresas precisam ser capazes de romper com seus próprios conceitos, muitas vezes velhos e ultrapassados, e produzir novos conceitos. O meu sentimento é de que a grande maioria das empresas não tem inovado porque se sente incapaz de criar um produto inovador e elas, na verdade, deveriam estar focadas em criar um ambiente interno que propicie a mudança e ao surgimento do novo. E quando digo novo, me refiro à quebra de paradigmas, a repensar o negócio de dentro pra fora, se reinventar. Isso é inovação! Só assim, e não haverá outro jeito, é que as empresas se perpetuarão daqui para a frente. Mesmo depois de tudo isso, ainda

escuto o discurso de alguns empresários que, quando indagados a respeito de inovação, assumem uma postura defensiva alegando que as mudanças anunciadas não chegarão até seu segmento de atuação. A consequência disso é que se fecham para o novo e deixam de produzir novos processos onde o resultado que prevejo desse tipo de atitude é que teremos, em um futuro não distante, empresas que comercializam produtos de alta tecnologia através de processos antiquados e ultrapassados. No pior cenário que enxergo, posso visualizar uma empresa cujo negócio é a venda de peças de reposição para veículos autônomos emitindo pedidos em formulários impressos. Ou uma distribuidora que entrega seus produtos através de drones, mas que ainda faz suas vendas por telefone. E, dada a ironia da vida, se isso ocorrer teremos criado enfim um novo modelo de negócio, que não posso dizer que não seja uma inovação, afinal seria processo novo, mas que não agregará valor para ninguém. Estaremos criando a venda de produtos do futuro com processos do passado. Pense nisso!


Evento

LIGPEÇA realiza várias ações na semana da Autonor Empresa participou do evento com estande próprio e trouxe 400 convidados vindos de todos os estados onde mantém filiais

44 - Auto Revista Pernambuco

P

restigiando a edição comemorativa de 20 anos da Feira de Tecnologia Automotiva do Nordeste (Autonor), realizada em Recife entre os dias 11 e 14 de setembro, a distribuidora Ligpeça participou do evento mantendo, pela primeira vez, um estande próprio. Além disso, a empresa trouxe 350 clientes em caravanas vindas de vários estados do Nordeste onde atua e outros 50 de Recife. E para celebrar o sucesso da iniciativa, um jantar foi oferecido para todos no dia 19 do mesmo mês no restaurante Sal e Brasa da avenida Recife.

“Sempre trazemos caravanas dos outros estados mas nunca tínhamos feito uma ação pensando nos nossos clientes de Pernambuco. Por isso, resolvemos ter um espaço diferenciado na feira”, afirma Cyro Neto, diretor da Ligpeça. De acordo com ele, outro objetivo da iniciativa foi prestigiar a Autonor, que está cada vez mais consolidada como a maior feira do segmento de autopeças da região Nordeste. “O objetivo foi alcançado, tivemos o estande lotado todos os dias e conseguimos atender bem nossos clientes”, avalia. Presente em cinco estados do Nor-


deste (Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Sergipe), a Ligpeça está fazendo grandes investimentos para expandir sua rede de filiais. A unidade de Maceió foi inaugurada esse ano e a empresa está finalizando a ampliação do prédio de Recife, que teve sua capacidade duplicada. Para 2020 está programada a ampliação das filiais de Campina Grande e de João Pessoa. “A Ligpeça se sente muito honrada por ter feito parte da edição marcante dos 20 anos da Autonor. Com a nova fase da empresa em Pernambuco, após a duplicação do prédio, foi importante estar presente e mostrar para os nossos clientes como podemos ajudá-los a aumentar e modernizar seus negócios”, afirma Cyro Neto. Ele destaca que as ações na semana da Autonor também reforçaram a parceria da Ligpeça com as fábricas das marcas que a empresa distribui. Cofap, Schaeffler, NGK, SKF, Bosch, Mahle, Gates, Ford, Sampel e Speed brake apoiaram toda a iniciativa.

Auto Revista Pernambuco -

45


(81) 3317-0700 (81) 9 9132-2988 rad-distribuidora@hotmail.com

(87) 3024-4572 (87) 9 8832-4489 id@inovacaodistribuidora.com


Feira

Autonor 2019 registra recorde de público Feira realizada em Recife entre os dias 11 e 14 de setembro teve mais 45 mil visitantes e gerou aproximadamente R$ 50 milhões em negócios

N

a edição em que comemorou seus 20 anos de existência, a Feira de Tecnologia Automotiva do Nordeste (Autonor), realizada de 11 a 14 de setembro em Recife (Pernambuco), registrou um recorde de público, alcançando a marca de mais de 45 mil visitantes. Segundo Emanuel Luna, diretor e idealizador do evento, este resultado sinaliza que o Brasil cansou da crise econômica. “Estamos dando início a um período de retomada gradual no qual esperamos que o País tenha capacidade para melhorar sua estrutura a fim de garantir um crescimento sustentável por um longo período”, afirma. Contando com mais de 730 marcas expositoras, a Autonor 2019 gerou aproximadamente R$ 50 milhões em negócios. Além da feira, ela proporcionou a empresários do setor de autopeças, mecânicos e balconistas a oportunidade de participar de eventos gratuitos de capacitação. Um dos realizadores dos seminários foi o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que promoveu, no seu estande, palestras apresentando temas sobre inovações tecnológicas aplicadas aos veículos recém-lançados no mer-

56 - Auto Revista Pernambuco

cado, temas relacionados à gestão empresarial e às perspectivas futuras do setor automotivo. Outra atração foi a Arena do Conhecimento, espaço onde várias empresas promoveram palestras de especialistas de renome nacional no mercado automotivo. Nomes de destaque como o embaixador do projeto Doutor Carro e ainda os convidados Scopino, Alexandre Alpha, Cristiano Rei dos Carros, Diego Riquero, Ishi Ar Condicionado e César Urnhani (apresentador e piloto de testes), estiveram na Arena falando sobre suas experiências no dia a dia do mundo automotivo. Para Bruna Miranda, diretora da Autonor Empreendimentos (empresa responsável pela organização da Autonor), um fator que contribuiu para o sucesso do evento foi a qualificação do público visitante que, em sua maioria, era constituído de empresários e profissionais ligados à cadeia de reparação automotiva vindos de todo o Brasil. “Isso favoreceu a realização de negócios e o estabelecimento de relacionamentos comerciais permanentes”, conclui. O presidente do Sincopeças Pernambuco, José Carlos de Santana, destaca a evolução das empresas

que, ano a ano, participam da Autonor. “Eu, que estou presente desde a primeira edição, vejo o fato das empresas estarem sempre renovando suas participações como reflexo do crescimento dos resultados obtidos durante o evento”, conclui. A informação é confirmada por Érico Toledo, gerente de desenvolvimento da MTech, indústria de autopeças da montadora de veículos Mitsubishi e Suzuki no Brasil. “Agendamos vários negócios e com certeza estaremos na próxima edição. A Autonor é importante para nós, pois, está dentro do mercado do Nordeste, onde planejamos fazer uma expansão”. “Pelos relatos que recebemos de muitos expositores, podemos dizer que essa foi a melhor Autonor de todas. Com isso, constatamos que cumprimos nosso propósito de facilitar negócios e a interação entre fornecedores e compradores”, celebra Bruna Miranda. Ela informa que um grande número de empresas expositoras já confirmou participação na próxima Autonor, que será realizada em 2021. “Isso mostra que as empresas estão acreditando no mercado e na força do evento como um instrumento de promoção de negócios”, afirma.


REFERÊNCIA NO MERCADO DE REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA PARA PICKUPS, VANS, UTILITÁRIOS & IMPORTADOS

Agradecemos a participação de todos que estiveram presentes com a EKKOPARTS na Autonor 2019, fazendo desse momento um grande evento.


62 - Auto Revista Pernambuco


Qualidade, segurança e durabilidade A Cabovel tem estrutura de primeira linha ao produzir cabos de alta qualidade, atendendo as montadoras e reposição dos mercados interno e externo. Seguindo, à risca, as especificações originais na sua produção de cabos e sistemas de comando para linha leve, pesada e importados.

Faça revisões em seu veículo regularmente.

Certificações ISO 9001, IATF 16949, ISO 14001, OHSAS 18001

Distribuidor autorizado:

Recife - (81) 2125.2000 Rua Professor Nestor Bezerra, 266 Curado, Recife - PE

autonorte.com.br

• Salvador - (71) 2201.3232 • Fortaleza - (85) 3089.5959 • Natal - (84) 3343.5959 • João Pessoa - (83) 3565.2222 • Teresina - (86) 3142.2000 • Aracaju - (79) 3142.2000


Lançamento

Tecnologias autônomas Nova versão do Actros tem como principais atrativos itens automáticos que trabalham para evitar o risco de colisões, protegendo motorista, passageiros e até pedestres

C

om foco na segurança, a Mercedes-Benz estreou o novo modelo do Actros, seu caminhão top de linha. Segundo a empresa, o grande destaque do modelo é o conjunto de tecnologias de segurança ativa que evitam acidentes e protegem vidas. Para quem não conhece, a segurança veicular é dividida em itens passivos e ativos. A segurança ativa é a responsável por ações que servem para evitar ou minimizar o risco de acidentes. Já a segurança passiva é composta por recursos que amenizam o impacto dos acidentes sobre os ocupantes carro ou do caminhão. Por razões óbvias, quanto mais itens de segurança ativa

76 - Auto Revista Pernambuco

o modelo tiver, melhor para motoristas, passageiros e até pedestres. E por falar em pedestres, um dos recursos mais interessantes do novo Actros é o Assistente de Frenagem Ativo. Por meio de um radar no para-choque e câmeras no para-brisa, o componente identifica veículos, pedestres e objetos estáticos ou móveis na via (este último recurso, o grande diferencial em relação ao assistente da versão anterior do Actros). Além de emitir avisos sonoros e visuais para o motorista, o próprio sistema dá início à frenagem emergencial de maneira automática se não houver reação, chegando a parar totalmente o caminhão, se

necessário. Um importante auxílio, como dissemos, para reduzir o risco de colisões, protegendo tanto quem está no caminhão quanto os que se encontram no seu caminho. Ainda sobre pedestres, mas principalmente para ciclistas e motociclistas, um recurso de segurança ativa do Actros que pode ajudar é o Side Guard Assist (Assistente de Ponto Cego). De acordo com a empresa, ele funciona do seguinte modo: se for detectados algum objeto ou obstáculo nas laterais, uma luz amarela e uma campainha avisam do problema. Se o motorista insistir em seguir na direção errada, a luz passa a ser vermelha e a campainha aumenta o volume.


Outro problema bastante comum nas estradas brasileiras, que é distração dos caminhoneiros por excesso de trabalho, tem um auxílio no novo Actros. É o Attention Assist (Assistente de Fadiga). O caminhão, por meio de algoritmos, monitora o comportamento dinâmico do motorista em ações como troca de faixa e o modo de pisar no freio e no acelerador. Se forem detectados sinais de perigo, ele gera um pop-up no painel sugerindo a parada. Por fim, o Actros traz outro importante item, que é o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESP). O sistema reduz risco de tombamentos - que é bem maior nos caminhões, por causa do centro de gravidade alto, do que nos veículos de passeio. Em relação a outras características, o caminhão também veio com cabine, com altura interna que chega a 1,84 metro, facilitando a movimentação. Além de mais espaço interno, ela conta com dois painéis digitais e tela touch screen para um deles, espelhamento de celular e recarga por indução. Nesses dois painéis, é possível controlar a maioria das funções. Sobre eficiência, a promessa da Mercedes-Benz é que o novo Actros proporcionará até 12% de redução no consumo de combustível e eco-

nomia de até R$ 6 mil nos custos de manutenção preventiva e itens de desgaste por ano. Entre as tecnologias voltadas para o menor gasto de combustível está o novo câmbio automatizado G291 Powershift 3 e o piloto automático preditivo, ou PPC (Predictive Powertrain Control), que otimiza o estilo de condução do motorista. Por GPS, o PPC monitora a aceleração e a frenagem, prevê quando há subidas e descidas e faz trocas de marcha de forma inteligente, entre outras funções. “Esse sistema possibilita que o motorista faça uma viagem longa entre São Paulo e Cuiabá, por exemplo, sem precisar acelerar e frear, apenas controlando o volante. É como em um avião. Ele põe o caminhão no piloto automático e fica no comando das tecnologias”, informa Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. Na nova versão, a linha Actros é formada por três caminhões extrapesados rodoviários: os cavalos mecânicos 2045 4x2 (que marca a estreia do modelo na categoria 4x2), 2548 6x2 e 2648 6x4. Além desses modelos, o cliente terá também a opção do Actros 2651 6x4.

Auto Revista Pernambuco -

77


Perspectiva de Mercado Flávio Portela Executivo e palestrante. Formado em Administração de Empresas com MBA em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral-SP flavio.portela@globo.com

Último trimestre de 2019. Boas notícias anunciam o ano novo! O cenário é favorável para o Brasil entrar em um ciclo virtuoso com sete anos de crescimento da economia

B

oas notícias! A economia está aquecendo e se recuperando em um patamar maior que o previsto pelos analistas. Para o público do segmento automotivo que acompanha Auto Revista Pernambuco, a maior revista de comunicação do mercado do Nordeste, fica a dica: É hora de investir. Teremos novos 7 anos de desenvolvimento no Brasil. Sim, 7 anos. Este número faz parte da nossa história! Desde a década de 1950, nossos ciclos de crescimento e quedas duram 7 anos. Agora vamos “acertar” um novo rumo para a história do Brasil fazendo com que este ciclo perdure por muito mais tempo. Os empresários e trabalhadores deste País merecem isso! A reforma da previdência foi aprovada pelo Senado Federal. Seguiremos agora para outras reformas importantes que subsidiarão novos tempos, com destaque para a tributária. O Copom tem divulgado as menores taxas de juros da nossa história. Chegamos a 5,5%. Economistas acreditam que chegaremos ao final de 2019 em 5%. Os sinais no setor automoti-

78 - Auto Revista Pernambuco

vo já começam a aparecer com fortes reduções nas taxas de financiamentos de automóveis, equipamentos de diagnósticos e de crédito pessoal. A inflação ficando abaixo de 3,5% e o PIB de 1,1% irão contrariar os mais pessimistas e validarão as ações da equipe econômica, liderada pelo talentoso Paulo Guedes. Na verdade, o cenário mundial é imprevisto para 2020. A crise na Europa (Brexit e Alemanha – Dieselgate) além da “queda de braços” entre EUA e China, deixarão o mundo em alerta. O Brasil poderá colher bons frutos se apresentar mais estabilidade política e econômica. A taxa de desemprego no Brasil continua em queda. Hoje está em e 11,8% e a população economicamente ativa está voltando lentamente para o trabalho formal. As vendas de veículos novos continuarão fortes. Fecharemos o ano com 12% de crescimento e este cenário positivo trará ainda mais investimentos. A transformação continua no mercado com os investimentos aumentando em veículos elétricos e híbridos. A Caoa Chery anunciou

a importação do primeiro veículo elétrico da marca no Brasil. Seu custo de manutenção é mais em conta que seu “irmão flex” que opera por aqui. Ambos possuem 974 peças similares que facilitam os reparos e mão de obra. O mercado automotivo mundial está em acentuada transformação. Eletromobilidade é a maior tendência do mercado. A fusões e aquisições globais entre startups e montadoras somam US$ 5,6 bilhões somente no primeiro semestre deste ano, conforme relatório divulgado pelo BCG (Boston Consulting Group). Foram mais de 70 contratos de aquisições firmados entre indústrias e empresas de tecnologia. A indústria está mudando, buscando novos modelos de negócios. A BMW e a Daimler acertaram a fusão de seus sistemas de mobilidade urbana e se comprometeram a investir US$ 1 bilhão neste projeto. A Ford e a Volkswagen firmaram uma aliança global para o desenvolvimento de veículos elétricos e serviços de mobilidade. Novos tempos.


TABELA

PERNAMBUCO

PREÇOS SEMINOVOS

O

MeuCarango é o site automotivo Nº1 do Nordeste. Nosso banco de dados é um dos mais atualizados e utilizados para a precificação de veículos 0km, seminovos e usados em todo o país. Os valores publicados fazem parte do Índice WebMotors, que é tabulado a partir de critérios estatísticos e com base nos anúncios de veículos praticados no portal. O MeuCarango conta com mais de 17 mil anúncios ativos, sendo o maior acervo deste tipo na região. As informações aqui publicadas devem ser consideradas apenas como referência e são de propriedade do Grupo WebMotors, sendo vedada a sua reprodução sem o consentimento da marca.

Marca/Modelo

Versão

2016

2017

2018

2019

Marca/Modelo

Audi A1

1.4 Tfsi sportback 16v gas 4p s-tronic

R$ 78.633

R$ 105.900

A3

1.4 Tfsi sedan 16v flex 4p tiptronic

R$ 83.158

R$ 95.714

R$ 112.738

1.4 Tfsi sedan 16v gas 4p s-tronic

R$ 80.936

1.4 Tfsi sedan 16v flex 4p tiptronic

R$ 80.400

R$ 95.808

R$ 110.627

1.4 Tfsi sedan 16v gas 4p s-tronic

R$ 91.200

1.8 Tfsi sedan 20v 180cv gas 4p autom

R$ 93.900

2.0 Tfsi sedan 16v gas 4p s-tronic

R$ 106.360 R$ 129.900

Q3

1.4 Tfsi ambiente flex 4p s tronic

TT

Qq Tiggo 2

2017

2019

1.0 Mpfi act 12v flex 4p manual

R$ 34.590

R$ 35.990

1.0 Mpfi look 12v flex 4p manual

R$ 32.923

R$ 35.990

2.0 20I x line 4x4 16v gas 4p automátic

R$ 171.900 R$ 182.963

1.5 Mpfi 16v flex act 4p automático

R$ 74.990

1.5 Mpfi 16v flex look 4p manual

R$ 58.745

Chevrolet Camaro

R$ 112.503 R$ 143.001

6.2 V8 gas fifty automático

1.4 Tfsi ambiente gas 4p s tronic

R$ 107.419 R$ 115.164

6.2 V8 gas ss conversível automático

2.0 Tfsi ambiente 4p gas s tronic

R$ 134.075

6.2 V8 lsa gas zl1 manual

2.0 Tfsi attraction 4p gas s tronic

R$ 104.900

2.0 Tfsi coupé ambition 2p gas s-tronic

R$ 177.340 R$ 219.900 R$ 259.130

Captiva Cobalt

220I

2016

R$ 154.130 R$ 175.900

Chery

BMW 120I

2018

Versão 2.0 20I 4x4 16v gas 4p automático

R$ 289.900 R$ 329.900 R$ 309.900

2.4 Sidi 16v gas 4p automático

R$ 70.320

R$ 88.900

1.0 Mpfi ls 8v flex 4p manual

R$ 28.293

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 42.950

R$ 47.969

2.0 16V gas sport 4p automático

R$ 139.950

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

2.0 16V gas sport gp 4p automático

R$ 149.970

1.8 Mpfi elite 8v flex 4p automático

R$ 54.649

R$ 57.950

R$ 63.750

R$ 72.900

1.8 Mpfi ltz 8v flex 4p automático

R$ 53.095

R$ 56.433

R$ 56.658

R$ 66.990

1.8 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

R$ 50.174

R$ 50.762

2.0 Cat gp 16v turbo 4p automático

R$ 98.500

R$ 139.890 R$ 139.950

2.0 Gt sport 16v turbo gas 4p automáti R$ 128.000 2.0 M sport gp 16v turbo 4p automátic 2.0 Sport 16v turbo 4p automático

Cruze

R$ 144.900 R$ 117.963 R$ 131.616 R$ 154.290

2.0 Sport 16v turbo gas 4p automático 2.0 Sport gp 16v flex 4p automático 2.0 M sport 16v 4p automático

R$ 129.990 R$ 129.450 R$ 151.813 R$ 180.000 R$ 219.950

R$ 48.000

1.4 Turbo lt 16v flex 4p automático

R$ 76.616

R$ 90.137

1.4 Turbo ltz 16v flex 4p automático

R$ 85.739

R$ 96.451

1.4 Turbo sport6 lt 16v 4p automático

R$ 79.627

R$ 84.245

1.4 Turbo sport6 ltz 16v 4p automático

R$ 90.393

R$ 98.824

R$ 37.773

R$ 40.200

R$ 48.031

R$ 37.015

R$ 37.760

R$ 44.493

R$ 41.078

R$ 42.556

R$ 47.034

1.4 Mpfi activ 8v flex 4p automático

R$ 54.994

R$ 61.534

R$ 67.716

R$ 51.613

R$ 56.990

R$ 56.990

R$ 56.950

R$ 54.590

1.8 Lt 16v flex 4p automático

R$ 62.554

1.8 Ltz sport6 16v flex 4p automático

R$ 66.445

430I

2.0 16V gas cabrio sport automático

R$ 259.425 R$ 279.950

Montana

1.4 Mpfi ls cs 8v flex 2p manual

R$ 33.400

530I

2.0 16V turbo gas m sport automático

R$ 259.950 R$ 294.947

Onix

1.0 Mpfi joy 8v flex 4p manual

M 140i

3.0 24V turbo gas 4p automático

M3

3.0 Sedan 6cil. Gas 4p automático

R$ 375.000 R$ 511.900

M6

2.0 16V turbo 20i 4p automático

R$ 129.860 R$ 139.300 R$ 168.112 R$ 191.950

1.4 Mpfi activ 8v flex 4p manual

2.0 16V turbo 20i x-line 4p automático

R$ 155.783 R$ 165.140

1.4 Mpfi effect 8v flex 4p manual

R$ 45.100

2.0 16V turbo activeflex 4p automático

R$ 160.000 R$ 186.900

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p automático

R$ 45.223

R$ 48.860

R$ 49.720

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 40.474

R$ 44.413

R$ 49.173

R$ 51.790

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p automático

R$ 46.720

R$ 51.527

R$ 58.095

R$ 61.590

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

R$ 45.190

R$ 50.518

R$ 51.111

R$ 55.594

2.0 Sport gp 16v 4p automático

R$ 140.000 R$ 169.990

R$ 269.950

2.0 16V turbo gas xdrive25i 4p automát R$ 155.900 R$ 159.900 X2

2.0 16V turbo gas sdrive20i gp steptron

X3

2.0 16V gas x line xdrive20i steptronic

80 - Auto Revista Pernambuco

R$ 230.900 R$ 211.950 R$ 259.950

1.0 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 36.370

PERNAMBUCO


Marca/Modelo Prisma

S10

Versão

2016

1.0 Mpfi joy 8v flex 4p manual

2017

2018

2019

R$ 40.002

R$ 42.507

R$ 48.000

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p automático

R$ 46.082

R$ 51.558

R$ 61.213

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 45.373

R$ 47.227

R$ 52.546

R$ 56.323

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p automático

R$ 50.613

R$ 56.511

R$ 62.530

R$ 67.106

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

R$ 47.220

R$ 53.594

R$ 56.540

2.5 Lt 4x2 cd 16v flex 4p automático 2.5 Lt 4x4 cd 16v flex 4p automático 2.5 Ltz 4x2 cd 16v flex 4p manual

R$ 97.900 R$ 83.660

2.5 Ltz 4x4 cd 16v flex 4p manual

Cronos

Tracker

R$ 59.900 R$ 55.092

R$ 115.900

1.8 E.Torq flex precision at6

R$ 68.950

R$ 132.000

1.8 E.Torq flex precision manual Doblò

R$ 116.612 R$ 125.990

C4 picasso

Bravo

1.8 Mpi adventure 16v flex 4p manual

R$ 55.900

2.3 Cargo 7.5 16V turbo 4p manual

R$ 68.000

R$ 69.192

R$ 59.900

R$ 68.900

2.3 Multijet diesel cargo médio manual

R$ 113.495

2.8 Ltz 4x4 cd 16v turbo 4p automático

R$ 144.945 R$ 152.269 R$ 167.594

2.3 Multijet diesel chassi manual

R$ 105.790

2.8 Midnight 4x4 cd 16v 4p automático

R$ 155.580

2.3 Multijet diesel executivo manual

R$ 169.790

2.3 Multijet diesel maxicargo manual

R$ 133.690

2.3 Multijet diesel maximulti manual

R$ 141.290

2.3 Multijet diesel minibus manual

R$ 158.790

R$ 52.355

1.8 Lt 8v flex 4p automático

R$ 49.163

1.8 Lt 8v flex 4p manual

R$ 40.848

R$ 55.000

1.8 Ltz 8v flex 4p automático

R$ 53.898

R$ 60.539

R$ 65.384

1.8 Ltz 8v flex 4p manual

R$ 48.490

R$ 60.718

R$ 66.445

R$ 76.330

R$ 83.907

1.4 16V turbo flex lt automático

Ducato

R$ 54.840

R$ 97.720

R$ 60.397

R$ 113.300 R$ 140.400 R$ 135.990

R$ 62.990

R$ 107.900

1.8 Mpi essence 16v flex 4p manual

R$ 66.990

R$ 98.800

R$ 70.587 R$ 81.990 R$ 84.518

2.3 Multijet diesel minibus manual Fiorino

R$ 96.443

Grand siena

R$ 68.447

1.4 Mpi furgão 8v flex 2p manual

R$ 135.000 R$ 44.882

R$ 50.999

1.4 Mpi furgão hard working 2p manual

R$ 52.546

R$ 51.893

R$ 65.432

1.0 Evo flex attractive manual

R$ 38.945

R$ 40.447

R$ 45.986

R$ 44.667

R$ 49.168

1.4 Mpi 8v tetrafuel 4p manual

R$ 39.330

1.8 Mpfi ltz 4x2 16v flex 4p automático R$ 67.100

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 38.779

R$ 41.828

2.8 Ltz 4x4 16v turbo 4p automático

1.6 16V flex 4p manual

R$ 43.900

R$ 43.000

R$ 138.500 R$ 172.113 R$ 194.882 R$ 214.445

1.5 Live 8v flex 4p manual

R$ 48.593 Idea

1.6 Mpi essence 16v flex 4p automati

R$ 40.914

R$ 43.450

R$ 52.900

1.6 Mpi essence 16v flex 4p manual

R$ 39.282

R$ 44.595

R$ 47.990

1.6 Feel 16v flex 4p automático

R$ 49.395

R$ 53.400

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 39.963

1.6 Feel 16v flex 4p manual

R$ 44.990

R$ 48.945

1.6 Mpi essence 16v flex 4p automati

R$ 38.900

1.6 Shine 16v flex 4p automático

R$ 54.693

R$ 58.681

1.8 Mpi adventure 16v flex 4p automati R$ 46.485

1.6 Vti 120 flex feel eat6

R$ 50.440

1.6 Vti 120 flex shine eat6

R$ 67.260

1.6 Vti 120 flex start manual

R$ 46.751

1.2 Attraction 12v flex 4p manual

Linea

R$ 41.900 R$ 46.990

Mobi

1.8 Mpi adventure 16v flex 4p manual

R$ 45.293

1.8 Absolute 16v flex 4p automatizado

R$ 52.960

1.8 Essence 16v flex 4p automatizado

R$ 42.630

1.8 Essence 16v flex 4p manual

R$ 38.370

1.0 Evo flex easy comfort manual

R$ 35.900

1.5 Tendance 8v flex 4p manual

R$ 38.219

R$ 39.900

1.0 Evo flex easy manual

R$ 28.990

R$ 33.597

R$ 34.583

1.6 Exclusive 16v flex 4p automático

R$ 44.340

R$ 48.467

1.0 Evo flex like. Manual

R$ 33.544

R$ 35.750

R$ 37.839

1.6 Tendance 16v flex 4p automático

R$ 42.673

R$ 47.675

1.0 Evo flex like. On manual

R$ 35.098

1.6 Exclusive 16v turbo 4p automático R$ 65.500

R$ 72.263

1.0 Evo flex way manual

R$ 36.057

R$ 36.534

R$ 40.795

1.0 Firefly flex drive manual

R$ 34.990

R$ 35.071

R$ 41.408

1.6 Thp flex exclusive bva

R$ 93.500

1.6 Thp flex origine business bva

R$ 63.900

1.6 Thp flex origine bva

R$ 66.988

1.0 Mpi fire 8v flex 4p manual

R$ 28.925

R$ 31.263

1.6 Thp flex shine bva

R$ 85.990

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 35.271

R$ 36.990

1.6 Intensive 16v gas 4p automático

R$ 115.900

Palio

Fiat Argo

R$ 57.873

2.8 Lt 4x4 cd 16v turbo 4p automático

1.2 Pure tech flex attraction manual

C4 lounge

R$ 73.990

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual 1.8 Mpi essence 7l 16v flex 4p manual

1.8 Activ 8v flex 4p automático

2019

1.3 Firefly flex manual

Citroën

C3

R$ 45.000

2018

2.8 Ls 4x4 cd 16v turbo 4p manual

1.8 Mpfi lt 4x2 16v flex 4p automático

Aircross

1.8 Sporting 16v flex 4p manual

2017

R$ 62.245

R$ 102.450 R$ 96.000

1.4 16V turbo flex premier automático

Trailblazer

2016 R$ 45.263

1.3 Firefly flex drive manual

2.8 High country 4x4 cd 4p automático R$ 124.493 R$ 149.711 R$ 168.500 R$ 178.130

Spin

Versão 1.8 Essence 16v flex 4p manual 1.3 Firefly flex drive gsr

R$ 95.000

2.5 Ltz 4x4 cd 16v flex 4p automático

Marca/Modelo

Punto

1.0 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 33.970

R$ 35.117

1.6 Mpi sporting 16v flex 4p automati

R$ 40.130

R$ 44.990

1.6 Mpi sporting 16v flex 4p manual

R$ 41.673

R$ 47.990

1.0 Firefly flex drive manual

R$ 47.538

R$ 48.560

1.0 Firefly flex manual

R$ 45.990

R$ 44.530

1.3 Firefly flex drive gsr

R$ 54.185

1.3 Firefly flex drive manual

R$ 50.366

1.8 E.Torq flex hgt at6

R$ 65.240

1.8 E.Torq flex hgt manual

R$ 60.195

1.4 Mpi hard working cd 8v 3p manual

R$ 55.757

R$ 60.145

1.8 E.Torq flex precision at6

R$ 54.980

1.4 Mpi hard working ce 8v 2p manual

R$ 42.000

R$ 44.340

R$ 40.651

R$ 43.927

R$ 39.165

R$ 45.311

Siena R$ 57.000 Strada

1.4 Attractive 8v flex 4p manual

R$ 37.848

R$ 41.466

1.6 Essence 16v flex 4p automatizado

R$ 41.573

R$ 45.595

1.0 Mpi el 8v flex 4p manual

R$ 32.811

1.4 Mpi el 8v flex 4p manual

R$ 38.629

1.4 Mpi freedom cd 8v flex 3p manual

1.8 Blackmotion 16v 4p automatizado

R$ 46.495

1.4 Mpi hard working cs 8v 2p manual

1.8 Blackmotion 16v flex 4p manual

R$ 46.657

1.4 Mpi working cs 8v flex 2p manual

1.8 Essence 16v flex 4p automatizado

R$ 44.230

1.4 Mpi working plus cs 8v 2p manual

PERNAMBUCO

R$ 71.267

R$ 38.052

R$ 65.900 R$ 54.967

R$ 36.900

Auto Revista Pernambuco -

81


Marca/Modelo

Toro

Versรฃo

2016

2017

2018

1.8 Mpi adventure cd 16v 3p manual

R$ 55.232

R$ 78.690

1.8 Mpi adventure ce 16v 2p manual

R$ 49.500

R$ 75.690

1.8 16V evo flex endurance at6 1.8 16V evo flex freedom at6

R$ 75.690

1.8 16V evo flex freedom open at6

R$ 76.609

1.8 16V evo flex freedom plus at6

R$ 78.215

2.0 16V turbo diesel freedom 4wd at9

Uno

R$ 78.814

2019

Marca/Modelo

R$ 106.556 R$ 139.167 R$ 86.578

R$ 98.974

2.5 Se 16v flex 4p automรกtico Ka

2018

2019

R$ 167.990

2.0 Titanium awd gas 4p automรกtico

R$ 104.450 R$ 169.900 R$ 125.000 R$ 38.405

R$ 43.963

1.0 Ti-vct flex se manual

R$ 34.561

R$ 36.017

R$ 37.303

R$ 44.518

R$ 112.445 R$ 129.277

1.0 Ti-vct flex se plus manual

R$ 34.808

R$ 36.732

R$ 38.150

R$ 48.445

1.0 Ti-vct flex sel manual

R$ 37.263

R$ 37.998

R$ 40.267

R$ 40.447

R$ 93.698

2.0 16V turbo diesel freedom manual

R$ 92.029

R$ 93.488

2.0 16V turbo diesel volcano 4wd at9

R$ 106.311 R$ 115.936 R$ 130.493

2.4 16V multiair flex freedom at9

R$ 90.238

R$ 82.920

1.0 Ti-vct flex s manual

1.5 Sigma flex se manual

R$ 39.138

1.5 Sigma flex se plus manual

R$ 35.900

1.5 Sigma flex sel manual

R$ 37.200

R$ 42.278 R$ 45.900

R$ 40.950

R$ 43.300

2.4 16V multiair flex volcano at9

R$ 120.253

1.5 Ti-vct flex freestyle automรกtico

R$ 67.490

1.0 Fire flex attractive manual

R$ 42.252

1.5 Ti-vct flex se automรกtico

R$ 56.490

1.5 Ti-vct flex se manual

R$ 51.990

R$ 33.607

1.5 Ti-vct flex se plus sedan automรกtico

R$ 62.490

R$ 34.418

1.5 Ti-vct flex se sedan automรกtico

R$ 59.890

R$ 52.900

1.5 Ti-vct flex titanium automรกtico

R$ 69.490

R$ 34.578

1.0 Firefly flex way 4p manual

R$ 44.950

1.3 Firefly flex sporting 4p gsr 1.3 Firefly flex sporting 4p manual

R$ 41.945

1.3 Firefly flex way 4p manual

R$ 39.673

1.5 Ti-vct flex titanium sedan automรกtic Ka+

Ford 1.5 Ti-vct flex freestyle automรกtico

R$ 76.956

1.5 Ti-vct flex freestyle manual

R$ 69.958

1.5 Ti-vct flex freestyle plus automรกtico 1.5 Ti-vct flex se automรกtico

R$ 74.008

1.5 Ti-vct flex se direct automรกtico 1.5 Ti-vct flex se manual

R$ 63.766

2.0 Direct flex storm 4wd automรกtico 2.0 Direct flex titanium automรกtico Edge

3.5 V6 gas titanium awd automรกtico

Fiesta

1.0 Ecoboost titanium gas 4p

R$ 80.998

R$ 37.736

1.5 Se hatch 16v flex 4p manual

R$ 38.644

1.6 Se hatch 16v flex 4p manual

R$ 39.715

R$ 70.990 R$ 35.263

R$ 39.900

1.0 Ti-vct flex se plus manual

R$ 38.000

1.0 Ti-vct flex sel manual

R$ 34.970

1.5 Sigma flex se manual

R$ 39.277

R$ 41.677

R$ 89.900

1.5 Sigma flex sel manual

R$ 39.400

R$ 42.745

R$ 74.593

Mustang

5.0 V8 ti-vct gas gt premium selectshift

R$ 69.990

Ranger

2.2 Xl 4x4 cd 16v diesel 4p manual

R$ 42.414 R$ 49.990 R$ 43.936 R$ 299.900

R$ 80.900

R$ 190.000

R$ 74.970

2.2 Xls 4x2 cd 16v diesel 4p automรกtic

R$ 102.990

2.2 Xls 4x4 cd 16v diesel 4p automรกtic

R$ 114.738

R$ 89.068

2.2 Xls 4x4 cd 16v diesel 4p manual

R$ 95.945

R$ 103.240 R$ 134.000

R$ 155.906

R$ 89.990

R$ 100.000 R$ 99.900

R$ 87.276

R$ 118.900

2.5 Xls 4x2 cd 16v flex 4p manual R$ 53.200

1.5 S hatch 16v flex 4p manual

1.0 Ti-vct flex se manual

R$ 87.493

R$ 168.267

R$ 156.425

2.5 Xlt 4x2 cd 16v flex 4p manual

R$ 80.945

3.2 Limited 4x4 cd 20v 4p automรกt

R$ 117.500 R$ 144.976 R$ 163.895 R$ 183.390

3.2 Xlt 4x4 cd 20v diesel 4p automรกtico

R$ 132.000 R$ 148.890 R$ 163.430

R$ 45.724

Hyundai

1.6 Se plus hatch 16v flex 4p powershift

R$ 47.700

Creta

1.6 Sel hatch 16v flex 4p manual

R$ 49.156

1.6 16V flex pulse automรกtico

R$ 80.543

R$ 83.263

1.6 Sel hatch 16v flex 4p powershift

R$ 50.497

1.6 16V flex pulse manual

R$ 72.990

R$ 78.226

1.6 Sel sedan 16v flex 4p manual

R$ 50.695

1.6 16V flex pulse plus automรกtico

R$ 86.813

R$ 92.290

1.6 Sel sedan 16v flex 4p powershift

R$ 63.243

2.0 16V flex prestige automรกtico

R$ 87.082

R$ 98.587

R$ 103.907

2.0 16V flex 4p automรกtico

R$ 70.930

R$ 87.372

1.6 Ti-vct flex se manual

R$ 52.940

1.6 Ti-vct flex se plus powershift

R$ 57.652

1.6 Ti-vct flex se style manual

R$ 55.990

Grand st fรฉ

1.6 Ti-vct flex sel powershift

R$ 51.900

Hb20

1.6 Ti-vct flex titanium plus powershift

R$ 58.990

1.6 Titanium hatch 16v flex 4p manual

Fusion

2017

2.0 Titanium fwd gas 4p automรกtico

R$ 84.327

1.0 Firefly flex drive 4p manual

Focus

2016

R$ 85.611

2.0 16V turbo diesel freedom manual

1.0 Firefly flex attractive 4p manual

Ecosport

Versรฃo

2.0 Titanium 16v hรญbrido 4p automรกtico R$ 97.350

R$ 51.665

Elantra

1.6 16V flex attitude manual

R$ 67.490

2.0 16V flex special edition 4p automรกt 3.3 Mpfi v6 4wd gas 4p automรกtico

R$ 82.900 R$ 149.000

1.0 Comfort 12v flex 4p manual

R$ 37.291

R$ 38.149

R$ 40.246

1.0 Comfort plus 12v flex 4p manual

R$ 37.394

R$ 38.181

R$ 43.345

R$ 47.190

R$ 54.490

R$ 49.590

R$ 57.990

1.0 Comfort plus 12v turbo 4p manual

R$ 41.812

1.0 Comfort style 12v turbo 4p manual

R$ 41.423

1.0 Ocean 12v flex 4p manual

R$ 39.900

1.6 Titanium hatch 16v flex 4p

R$ 50.470

R$ 54.495

1.6 Titanium plus hatch 16v flex 4p

R$ 49.500

R$ 56.000

1.6 Se 16v flex 4p manual

R$ 58.660

2.0 Se fastback 16v flex 4p powershift

R$ 58.440

R$ 62.110

2.0 Se plus 16v flex 4p powershift

R$ 61.628

R$ 67.593

R$ 89.990

1.6 Comfort plus 16v flex 4p automรกtic R$ 47.525

R$ 50.897

2.0 Se plus fastback 16v flex 4p

R$ 59.900

R$ 64.400

R$ 91.990

1.6 Comfort plus 16v flex 4p manual

R$ 41.739

R$ 44.222

2.0 Titanium 16v flex 4p powershift

R$ 64.532

R$ 74.900

1.6 Comfort style 16v flex 4p automรกt

R$ 46.473

R$ 50.463

R$ 68.297

1.0 Unique 12v flex 4p manual

R$ 71.469

1.6 1 Million 16v flex 4p automรกtico

R$ 82.990

R$ 43.177 R$ 63.690 R$ 98.990 R$ 47.865

R$ 50.145

R$ 70.969

2.0 Titanium fastback 16v flex 4p

R$ 64.448

R$ 65.000

1.6 Comfort style 16v flex 4p manual

R$ 43.640

R$ 46.040

2.0 Titanium plus 16v flex 4p

R$ 68.233

R$ 78.000

1.6 Premium 16v flex 4p automรกtico

R$ 50.442

R$ 57.224

R$ 65.108

2.0 Titanium plus fastback 16v flex 4p

R$ 63.650

R$ 79.990

1.6 R spec 16v flex 4p automรกtico

R$ 49.895

R$ 52.990

R$ 58.000

1.6 R spec 16v flex 4p manual

R$ 47.713

R$ 50.445

2.0 Sel 16v gas 4p automรกtico

82 - Auto Revista Pernambuco

R$ 73.000

R$ 103.563 R$ 122.836

R$ 76.990

PERNAMBUCO


Marca/Modelo Hb20s

2016

2017

2018

2019

R$ 42.308

R$ 44.407

R$ 48.225

R$ 53.945

1.0 Comfort plus 12v turbo 4p manual

R$ 39.500

R$ 43.900

R$ 54.645

1.0 Comfort style 12v flex 4p manual

R$ 41.900

Versรฃo 1.0 Comfort plus 12v flex 4p manual

1.0 Comfort style 12v turbo 4p manual R$ 42.990

R$ 48.266 R$ 48.650

R$ 78.748

R$ 86.493

1.8 16V flex longitude 4p automรกtico

R$ 69.052

R$ 78.493

R$ 84.982

R$ 113.705

1.8 16V flex sport 4p automรกtico

R$ 65.306

R$ 72.119

R$ 74.103

R$ 89.470

R$ 59.250

R$ 64.084

R$ 66.501

1.8 16V flex sport 4p manual

1.6 Comfort style 16v flex 4p automรกt

R$ 49.682

R$ 55.923

R$ 58.990

R$ 66.090

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico

1.6 Comfort style 16v flex 4p manual

R$ 47.990

R$ 52.350

R$ 90.000

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico R$ 88.543

R$ 94.784

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico R$ 102.306

R$ 57.686 R$ 64.923

R$ 70.604

1.6 16V premium flex 4p automรกtico

R$ 53.441

R$ 57.025

R$ 64.445

R$ 70.245

R$ 53.945

R$ 56.925

R$ 62.655

R$ 47.474

R$ 51.235

R$ 55.950

R$ 64.990

R$ 92.000

R$ 82.094

R$ 85.109

R$ 93.490

R$ 102.990

R$ 85.970

R$ 98.093

R$ 107.657

R$ 90.384

R$ 107.950

1.6 16V t-gdi gas gl ecoshift

Discovery Discovery 4

R$ 173.696 R$ 175.995

R$ 57.859

R$ 74.990

R$ 160.000

3.0 V6 td6 diesel hse 4wd automรกtico

R$ 410.000

3.0 Black 4x4 v6 24v 4p automรกtico

R$ 402.990 R$ 267.445

3.0 Se 4x4 v6 24v bi-turbo 4p automรกti R$ 269.663 Disc. Sport

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 167.450 R$ 209.900 R$ 249.000

2.0 16V si4 turbo gas se 4p automรกtico

R$ 156.198

R$ 209.000

2.0 16V td4 turbo diesel 4p automรกtico R$ 196.950 R$ 224.900 R$ 294.500

R$ 110.423 R$ 132.990 R$ 136.523 R$ 54.833

R$ 115.490 R$ 138.520

3.6 Sport 4x4 v6 12v gas 2p automรกtico

3.0 V6 td6 diesel se 4wd automรกtico

R$ 114.900 R$ 121.736

1.6 16V t-gdi gas gls ecoshift 2.0 Mpfi gls 16v 143cv 4p automรกtico

Wrangler

R$ 113.363 R$ 127.890

Land rover

1.6 16V style flex 4p automรกtico 1.6 16V style flex 4p manual

R$ 73.685

R$ 113.490

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico R$ 91.023

R$ 57.707

2.0 16V td4 turbo 4p automรกtico R. Rover ev

Jac

R$ 195.563 R$ 244.450

2.0 16V td4 turbo diesel 4p automรกtico R$ 180.000 R$ 222.400 2.0 Hse dynamic gas 4p automรกtico

R$ 210.000

2.0 16V p250 gas awd automรกtico

R$ 249.000

2.0 Hse dynamic gas 2p automรกtico

2.0 16V p250 gas r-dynamic automรกtico

R$ 304.450

2.0 Se 4wd 16v gas 4p automรกtico

R$ 164.364 R$ 189.000 R$ 199.900

R$ 309.900

2.0 Se dynamic 4wd gas 4p automรกtico

R$ 164.358

2.2 Se 4wd 16v diesel 4p automรกtico

R$ 195.950

2.0 16V ingenium 4p automรกtico 2.0 16V turbo diesel 4p automรกtico

R$ 273.000 R$ 370.000

3.0 V6 supercharged 4p automรกtico

R$ 299.000

F-type

3.0 Coupรฉ s 24v gas 2p automรกtico

R$ 389.900

Xe

2.0 16V ingenium p250 4p automรกtico

R.Rover spo R$ 204.967

R$ 289.900

3.0 Hse 4x4 v6 24v 4p automรกtico

R$ 343.528 R$ 405.750

3.0 Se 4x4 v6 24v 4p automรกtico

R$ 364.667 R$ 389.000

4.4 Hse dynamic 4x4 v8 4p automรกtico R$ 424.995

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 168.890

2.0 P250 gas automรกtico

R$ 389.900

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 182.900

3.0 V6 p380 gas r-dynamic s automรกtic

R$ 399.900

3.0 V6 supercharger 4p automรกtico

R$ 305.000

3.0 V6 p380 gas r-dynamic se automรกt

R$ 435.000

2.0 Prestige gas 4p automรกtico

R. Rover vel

Mercedes Benz

R$ 184.900 R$ 221.450

Jaguar 2.0 16V p250 gasolina awd automรกtico

R$ 249.000

2.0 16V p250 gasolina awd automรกtico

R$ 304.450

2.0 16V ingenium 4p automรกtico 2.0 16V turbo diesel 4p automรกtico

R$ 309.900

A 200 Amg gt

1.6 Cgi flex 7g-dct

R$ 120.923

1.6 Turbo 16v flex 4p automรกtico

R$ 97.970

4.0 V8 turbo gas 7g-dct

R$ 689.000

1.6 Turbo 16v flex 4p automatizado

R$ 273.000 R$ 370.000

R$ 106.000 R$ 129.900

R$ 299.000

C 43 amg

3.0 V6 gas coupรฉ 4matic 9g-tronic

3.0 Coupรฉ s supercharged v6 24v gasolina 2p automรกtico

R$ 389.900

C 180

1.6 Cgi 16v turbo flex 4p automรกtico

R$ 112.950 R$ 137.725

1.6 Cgi estate 16v gas 4p automรกtico

R$ 134.130

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 168.890

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 182.900

1.6 Cgi flex avantgarde 7g-tronic

3.0 V6 supercharger gas s 4p automรกtic

R$ 305.000

1.6 Cgi flex avantgarde 9g-tronic

3.0 V6 supercharged 4p automรกtico

2.0 Prestige gasolina 4p automรกtico

R$ 394.900

1.6 Cgi exclusive 16v gas 4p automรกtico R$ 138.000 R$ 123.900

R$ 184.900 R$ 221.450

1.6 Cgi flex exclusive 7g-tronic

Jeep

R$ 129.800 R$ 125.000 R$ 139.990 R$ 144.538 R$ 114.900

1.6 Cgi flex exclusive 9g-tronic 2.0 16V diesel limited 4x4 automรกtico

R$ 151.900 R$ 130.222 R$ 144.573

C 200

2.0 Cgi avantgarde 16v gas 4p automรกt

2.0 16V diesel 4x4 automรกtico

R$ 135.685 R$ 181.795

C 250

2.0 Cgi gas avantgarde 9g-tronic

2.0 16V flex limited automรกtico

R$ 108.945 R$ 125.654

2.0 16V flex longitude automรกtico

R$ 107.906 R$ 122.145

2.0 16V flex sport automรกtico

R$ 93.527

R$ 103.956 R$ 329.000

PERNAMBUCO

R$ 129.950

1.6 Cgi gas avantgarde coupรฉ 9g-tronic

2.0 16V diesel 4x4 automรกtico

3.0 Limited 4x4 v6 turbo 4p automรกt

2019

R$ 98.990

R$ 66.660 R$ 52.738

2018

R$ 73.000

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico

1.6 Premium 16v flex 4p automรกtico

Tucson

Grand cherokee

R$ 68.485

R$ 60.840

3.3 Mpfi 4x4 7 lugares gas 4p automรกtic R$ 134.900

Compass

1.8 16V flex limited 4p automรกtico

R$ 57.608

Santa fรฉ

Xf

R$ 65.900

R$ 49.002

2.0 Mpfi gls 16v flex 4p automรกtico

F-type

R$ 65.118

R$ 46.955

2.0 Mpfi gl 16v flex 4p automรกtico

F-pace

R$ 59.398

1.6 Comfort plus 16v flex 4p manual

2.0 Mpfi 16v flex 4p automรกtico

E-pace

1.8 16V flex 4p manual

R$ 56.383

2.5 Longo sem caรงamba 4x2 16v 130cv R$ 67.950

Xf

R$ 71.263

R$ 54.568

1.6 Ocean 16v flex 4p automรกtico

F-pace

2017

R$ 64.018

Versรฃo

1.6 Comfort plus 16v flex 4p automรกtic R$ 50.098

1.6 Copa do mundo fifa 4p automรกt

E-pace

2016

1.8 16V flex 4p automรกtico 1.8 16V flex custom 4p manual

1.0 Unique 12v flex 4p manual

Hb20x

Marca/Modelo Renegade

C 300

R$ 165.450 R$ 176.800 R$ 129.430 R$ 159.630

2.0 Cgi sport coupรฉ gas 2p automรกtico

R$ 184.660 R$ 211.450

2.0 Cgi sport turbo gas 4p automรกtico

R$ 160.638 R$ 189.450

2.0 Cgi gas anniversary 7g-tronic

R$ 184.900

2.0 Cgi gas cabriolet 9g-tronic

R$ 275.000 R$ 325.000

Auto Revista Pernambuco -

83


Marca/Modelo

Versão

2016

2.0 Cgi gas sport 9g-tronic

2017

2018

2019

Marca/Modelo

R$ 249.900 R$ 239.900

2016

2017

1.0 Sv 12v flex 4p manual

R$ 34.076

R$ 35.693

R$ 38.060

R$ 51.900

Versão

Cla 180

1.6 Cgi gas 7g-dct

R$ 143.340

1.6 Sl 16v flex 4p manual

Cla 200

1.6 Cgi flex 7g-dct

R$ 159.000

1.6 Sl 16v flex 4p xtronic

1.6 Vision 16v flex 4p automático E 43 amg

3.0 V6 gas 4matic 9g-tronic

E 63 amg

4.0 V8 turbo gas s 4matic+ speedshift

E 400 Gla 200

Gla 250

R$ 135.450 R$ 145.990

R$ 46.990

1.6 Sv 16v flexstart 4p manual

R$ 37.990

Sentra

1.6 Cgi advance 16v 4p automático

R$ 119.365 R$ 134.297

1.6 Cgi enduro 16v flex 4p automático

R$ 136.400

Versa

R$ 37.608

2.0 S 16v flexstart 4p automático 2.0 Sv 16v flex 4p automático

R$ 65.000 R$ 56.170

1.0 12V flex 4p manual

R$ 38.767

R$ 43.445

1.0 12V flex s 4p manual

R$ 39.338

R$ 37.950

1.6 16V flex sl 4p manual

R$ 43.973

R$ 55.740

R$ 182.633

1.6 16V flex sv 4p manual

R$ 43.990

R$ 45.900

R$ 54.990

1.6 Cgi flex style 7g-dct

R$ 144.400

1.6 16V flex sv 4p xtronic

R$ 52.263

R$ 52.179

1.6 Cgi style 16v flex 4p automático

R$ 105.495 R$ 123.995

1.6 16V flexstart s 4p manual

2.0 16V turbo gas 4p automático

R$ 152.330

1.6 16V flexstart sl 4p xtronic

R$ 55.000

R$ 61.300

1.6 16V flexstart sv 4p xtronic

R$ 51.978

R$ 52.995

1.6 16V flexstart unique 4p xtronic

R$ 56.450

R$ 60.450

1.2 Active 12v flex 4p manual

R$ 41.575

R$ 43.130

1.2 Active pack 12v flex 4p manual

R$ 47.723

R$ 46.950

2.0 Cgi gas 4matic 9g-tronic

R$ 190.450 R$ 202.600 R$ 310.000

R$ 218.680

5.5 V8 turbo gas 4matic 7g-tronic

R$ 569.900

3.0 V6 bluetec diesel 4matic 9g-tronic

R$ 305.000

3.0 V6 gas coupé 4matic 9g-tronic

R$ 315.320 R$ 350.945

Peugeot

R$ 247.450

208

R$ 273.198 R$ 739.900 R$ 389.445

R$ 373.450

R$ 52.900

1.5 Active 8v flex 4p manual

R$ 40.000

1.5 Active pack 8v flex 4p manual

R$ 39.173

1.5 Allure 8v flex 4p manual

R$ 41.327

1.6 Allure 16v flex 4p automático

3.0 V6 gas highway 4matic 9g-tronic

R$ 395.000

1.6 Griffe 16v flex 4p automático

R$ 61.945

3.0 V6 gas night coupé 4matic 9g-tronic

R$ 394.900

1.6 Sport 16v flex 4p manual

R$ 47.250

3.0 V6 gas 2p automático

R$ 430.000

1.6 Thp gt 16v flex 4p manual

R$ 61.945

Slc 300

2.0 Cgi gas 9g-tronic

R$ 230.000 R$ 280.900

1.6 Urbantech 16v flex 4p automático

Sprinter

2.2 415 Cdi van 16 lugares manual

R$ 113.000

Vito

2.0 Cgi flex 119 confort 9l manual

R$ 88.400

308

Mini 1.5 12V twinpower gas 2p steptronic

R$ 114.990

2.0 16V twinpower gas s 2p steptronic

R$ 157.470

2.0 John cooper gas 2p automatico

R$ 129.900 R$ 129.900 R$ 143.500

2.0 S cabrio 16v gas 2p automático 2.0 S exclusive 16v gas 2p automático

R$ 140.000 R$ 156.900 R$ 95.000

2.0 S exclusive 16v gas 4p automático 2.0 S top 16v turbo gas 2p automático

408

2008

R$ 117.000 R$ 85.000

2.0 S top clubman gas 4p automático

Kicks

2.3 16V turbo diesel se 4x4 automático

R$ 144.900

3008

R$ 60.990

Captur

Duster

1.0 Conforto 12v flex 4p manual

R$ 30.657

R$ 32.945

1.0 S 12v flex 4p manual

R$ 32.482

R$ 33.784

R$ 79.795

R$ 90.468

1.6 16V sce flex zen manual

R$ 74.443

R$ 70.990

1.6 16V sce flex zen x-tronic

R$ 77.950

R$ 84.657

2.0 16V hi-flex intense automático

R$ 80.882

1.0 Authentique 16v flex 2p manual

R$ 19.900

1.0 Expression 16v flex 4p manual

R$ 26.463

1.6 16V sce flex dynamique manual

R$ 57.163

R$ 64.236

R$ 75.900

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 50.855

R$ 88.447

R$ 139.900

1.6 Dynamique 4x2 16v flex 4p manual R$ 50.926

R$ 57.709

R$ 87.243

R$ 89.400

R$ 35.034

R$ 77.900

1.6 16V sce flex intense x-tronic

1.6 16V sce flex dynamique x-tronic R$ 80.393

R$ 61.367

Renault

Clio

1.6 16V flexstart sv 4p xtronic

84 - Auto Revista Pernambuco

R$ 57.972

R$ 50.245

R$ 67.990

1.6 16V flexstart s 4p manual

March

R$ 53.630

1.6 16V flex allure 4p manual

1.6 Griffe thp 16v gas 4p automático

R$ 137.660 R$ 166.567

1.6 16V flexstart sl 4p xtronic

R$ 53.197

1.6 16V flex allure 4p automático

R$ 67.400

2.3 16V turbo diesel le 4x4 automático

R$ 142.990

R$ 66.900

R$ 54.990

R$ 219.900

2.5 Sv attack 4x4 eletronic 4p manual

R$ 65.890

1.6 Griffe 16v turbo flex 4p automático R$ 57.445

R$ 58.497

2.0 16V twinpower turbo gas john

R$ 98.495

R$ 54.225

1.6 Business 16v turbo 4p automático

R$ 52.900

Nissan

2.5 Sv attack 4x4 cd 4p automático

R$ 61.945

2.0 Allure 16v flex 4p automático

1.6 16V flex griffe 4p automático

R$ 133.425

R$ 109.780

1.6 Griffe thp 16v gas 4p automático

1.6 16V flex griffe 4p manual

R$ 165.900 R$ 144.750

R$ 85.900

R$ 60.900

R$ 165.900 R$ 149.900

2.0 16V twinpower gas cooper s steptr

2.5 Sl 4x4 cd turbo 4p automático

R$ 67.900

1.6 Griffe thp 16v flex 4p automático

R$ 107.000 R$ 122.425

1.5 12V twinpower gas cooper steptro

2.5 S 4x4 cd turbo eletronic 4p manual

R$ 57.990

1.6 Allure business thp 4p automático

2.0 Allure 16v flex 4p automático

R$ 109.000

R$ 69.400

R$ 51.445 R$ 52.843

Sl 400

Frontier

R$ 41.990

R$ 143.990

3.0 V6 bluetec sport 4matic 9g-tronic

Countryman

R$ 82.990

R$ 71.460

1.6 Cgi flex enduro 7g-dct

2.0 Cgi gas sport 4matic 9g-tronic

Cooper

R$ 60.900

R$ 41.900

1.6 Cgi flex advance 7g-dct

2.0 Cgi gas highway 4matic 9g-tronic

Gle 400

1.6 Sv 16v flex 4p xtronic

R$ 229.000

2.0 Cgi gas coupé 4matic 9g-tronic

Gle 63 amg

R$ 764.900 R$ 254.900 R$ 299.900

2.0 Cgi gas sport 4matic 7g-dct Glc 250

1.6 Sv 16v flex 4p manual

2.0 Cgi gas exclusive 9g-tronic 3.0 V6 avantgarde gas 4p automático

R$ 46.450

R$ 507.400 R$ 251.473 R$ 304.900

2019

R$ 48.900

1.6 Sl 16v flexstart 4p xtronic

2.0 Cgi gas avantgarde 9g-tronic

2018

1.6 Expression 4x2 16v flex 4p manual

R$ 49.407

R$ 54.091

2.0 Dynamique 4x2 16v 4p automático

R$ 56.156

R$ 61.026

2.0 Dynamique 4x2 16v flex 4p manual R$ 55.018

R$ 60.000

R$ 60.489 R$ 71.195

R$ 69.900

R$ 54.994

R$ 60.990

PERNAMBUCO


Marca/Modelo

Versão

2016

2.0 Dynamique 4x4 16v flex 4p manual R$ 57.080 Duster oroch

2017

1.6 16V flex dynamique 4p manual

R$ 59.936

R$ 62.290

Forester

R$ 58.245

R$ 59.378

Suzuki

R$ 65.263

2.0 16V flex dynamique 4p manual

R$ 60.095 R$ 59.423

Grand vitara

R$ 65.038

R$ 70.990

R$ 63.990

2.0 16V hi-flex dynamique automático

R$ 72.250

2.0 Dynamique 16v flex 4p automático

R$ 56.113

2.0 Dynamique 16v flex 4p manual

R$ 52.990

2.0 Dynamique plus 16v 4p automático R$ 54.948

Logan

R$ 70.887 R$ 63.500

1.6 16V sce flex expression manual

Kwid

Marca/Modelo Subaru

1.6 16V sce flex express manual

Kangoo

2019

1.6 16V flex expression 4p manual 1.6 16V sce flex dynamique manual

Fluence

2018

R$ 58.990

Jimny R$ 62.118 S-cross

Versão 2.0 S 4x4 16v gas 4p automático

R$ 97.900

2.0 4Sport 4x2 16v gas 4p automático

R$ 71.400

2.0 4Sport 4x4 16v gas 4p automático

R$ 86.900

2.0 4X2 16v gas 4p automático

R$ 74.900

2.0 Premium 4x2 16v 4p automático

R$ 69.800

2.0 Premium 4x4 16v 4p automático

R$ 69.000

1.3 4All 4x4 16v gas 2p manual

R$ 52.147

1.3 4Sport 4x4 16v gas 2p manual

R$ 59.058

1.3 4Work 4x4 16v gas 2p manual

R$ 54.900

1.6 16V vvt gas gls 4p 4x4 automático

R$ 69.900

2.0 Privilége 16v flex 4p automático

R$ 59.698

1.6 Express 16v flex 3p manual

R$ 32.000

1.6 16V vvt gas glx 4p 4x4 automático

R$ 69.950

1.6 Express 16v flex 4p manual

R$ 33.763

1.6 16V vvt gas glx 4p automático

R$ 63.500

2019

R$ 59.990

R$ 58.293

R$ 66.445

R$ 69.900

R$ 40.990

1.0 12V sce flex life manual

R$ 37.395

R$ 30.740

1.6 16V gas 4you allgrip automático

R$ 92.900

1.0 12V sce flex zen manual

R$ 33.236

R$ 37.990

1.6 16V gas 4you automático

R$ 92.900

R$ 37.223 R$ 36.211

R$ 94.900

Toyota

R$ 37.137 R$ 44.990

1.0 12V sce flex expression manual

1.4 16V turbo gas 4sport automático

2018

R$ 35.990

1.0 12V sce flex authentique manual

Vitara

2017

1.0 12V sce flex intense manual

1.0 12V sce flex expression manual

R$ 50.490

Corolla

R$ 37.575

1.8 Gli 16v flex 4p automático

R$ 70.281

R$ 74.824

R$ 89.377

R$ 93.500

1.8 Gli upper 16v flex 4p automático

R$ 70.835

R$ 74.804

R$ 83.288

R$ 104.993

1.0 Authentique 16v flex 4p manual

R$ 35.369

R$ 37.225

2.0 Altis 16v flex 4p automático

R$ 93.375

R$ 90.094

R$ 102.567 R$ 115.000

1.0 Expression 16v flex 4p manual

R$ 34.358

R$ 78.413

R$ 83.959

R$ 95.193

R$ 124.004

R$ 97.086

R$ 96.500

R$ 45.211

R$ 50.675

R$ 53.000

R$ 38.245

R$ 41.575

R$ 46.880

1.5 Platinum 16v flex 4p automático

R$ 58.000

R$ 54.990

1.5 Platinum sedan 16v 4p automático

R$ 52.900

R$ 59.336

R$ 47.647

R$ 52.400

R$ 56.900

R$ 42.695

R$ 47.145

R$ 54.000

R$ 50.913

R$ 54.900

R$ 34.960

2.0 Xei 16v flex 4p automático

1.6 16V sce flex dynamique easy-r

R$ 37.990

2.0 Xrs 16v flex 4p automático

1.6 16V sce flex dynamique manual

R$ 42.990

Etios

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 57.730

1.3 X 16v flex 4p automático 1.3 X 16v flex 4p manual

1.6 16V sce flex expression easy-r

R$ 42.000

R$ 42.990

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 40.386

R$ 42.598

1.6 Dynamique 8v 4p automatizado

R$ 47.990

1.5 X plus sedan 16v 4p automático

R$ 41.146

R$ 43.900

1.5 X sedan 16v flex 4p automático

1.6 Expression 8v flex 4p automatizado R$ 38.120

R$ 44.657

1.5 X sedan 16v flex 4p manual

1.6 Expression 8v flex 4p manual

R$ 39.680

1.5 Xls 16v flex 4p automático

1.6 Dynamique 8v flex 4p manual

R$ 36.148

R$ 56.890

Master

2.3 Dci diesel minibus 3p manual

Sandero

1.0 12V sce flex authentique manual

R$ 34.238

R$ 34.355

1.0 12V sce flex expression manual

R$ 34.850

R$ 36.386

R$ 44.270

1.5 Xls sedan 16v flex 4p manual

R$ 152.000

R$ 38.923

R$ 39.060

R$ 48.320

1.5 Xs 16v flex 4p automático

1.0 12V sce flex vibe manual 1.0 Authentique 16v flex 4p manual

R$ 32.839

1.5 Xls 16v flex 4p manual

R$ 36.432

R$ 59.900 R$ 40.979 R$ 39.000

R$ 47.990

R$ 43.200

R$ 49.945 R$ 47.700

R$ 51.426

R$ 37.821

R$ 44.990

R$ 47.672

R$ 49.576

R$ 52.826

R$ 40.700

R$ 47.900

R$ 45.000 R$ 62.400

1.5 Xls sedan 16v flex 4p automático

R$ 34.040

1.5 Xs 16v flex 4p manual

1.6 16V sce flex expression easy-r

R$ 39.240

R$ 38.450

1.5 Xs sedan 16v flex 4p automático

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 38.585

R$ 39.364

1.5 Xs sedan 16v flex 4p manual

1.6 16V sce flex gt line manual

R$ 58.490

R$ 52.125

R$ 57.134

Etios cross

1.5 16V flex 4p automático

R$ 53.445

Hilux

2.7 Sr 4x2 cd 16v flex 4p automático

R$ 107.833 R$ 113.293

2.7 Srv 4x2 cd 16v flex 4p automático

R$ 132.900 R$ 118.297

1.6 16V sce flex stepway easy-r

R$ 36.990

1.6 16V sce flex stepway manual

R$ 49.695

1.6 16V sce flex stepway easy-r

R$ 47.316

2.7 Srv 4x4 cd 16v flex 4p automático

1.6 16V sce flex stepway manual

R$ 46.900

2.8 Sr 4x4 cd 16v diesel 4p automático

R$ 135.300 R$ 140.500

R$ 47.180

2.8 Srv 4x4 cd 16v 4p automático

R$ 148.477 R$ 156.520 R$ 169.820 R$ 181.996

2.8 Srx 4x4 cd 16v 4p automático

R$ 162.600 R$ 168.926 R$ 183.660 R$ 195.450

1.6 16V sce flex stepway manual

Symbol

2016

R$ 45.557

1.6 Dynamique 8v flex 4p automatiz

R$ 38.000

R$ 41.990

1.6 Dynamique 8v flex 4p manual

R$ 37.718

R$ 44.445

1.6 Expression 8v flex 4p automatizado R$ 34.963

R$ 41.445

R$ 61.740

Hilux sw4

R$ 119.900 R$ 130.195

2.7 Srv 7 lugares 4x2 16v 4p automátic

R$ 215.000 R$ 179.963

2.8 Srx 4x4 7 lugares 16v 4p automátic

R$ 211.956 R$ 225.819 R$ 249.700 R$ 262.670 R$ 215.685 R$ 212.958

1.6 Expression 8v flex 4p manual

R$ 35.277

R$ 38.757

2.8 Srx 4x4 16v turbo 4p automático

1.6 Gt line limited flex 4p manual

R$ 39.708

R$ 43.960

2.8 Srx diamond 4x4 4p automático

1.6 Stepway 8v flex 4p automatizado

R$ 45.860

R$ 47.963

4.0 Srx 4x4 7 lugares v6 4p automático R$ 214.900 R$ 156.900

R$ 246.817

1.6 Stepway 8v flex 4p manual

R$ 43.007

R$ 46.308

Prius

1.8 16V híbrido 4p automático

1.6 Stepway rip curl 8v 4p automatiz

R$ 50.000

R$ 46.490

Rav4

2.0 Top 4x2 16v gas 4p automático

1.6 Stepway rip curl 8v flex 4p manual

R$ 45.400

R$ 47.168

Yaris

1.3 16V flex xl multidrive

R$ 64.900

2.0 16V hi-flex rs manual

R$ 46.495

R$ 55.567

1.3 16V flex xl plus tech multidrive

R$ 70.900

1.5 16V flex sedan xl multidrive

R$ 72.963

1.6 Privilège 16v flex 4p manual

PERNAMBUCO

R$ 93.297

R$ 104.490 R$ 130.000

Auto Revista Pernambuco -

85


Marca/Modelo

Versão

2016

2017

2018

2019

1.5 16V flex sedan xl plus multidrive

R$ 74.900

1.5 16V flex sedan xls multidrive

R$ 79.900

1.5 16V flex xs multidrive

R$ 76.460

Marca/Modelo

Versão

2016

1.6 Cross cd 16v flex 2p manual

Fox

R$ 80.000

R$ 79.723

R$ 123.503 R$ 145.135 R$ 162.948

1.6 Msi robust cd 8v flex 2p manual

R$ 57.778

R$ 61.793

1.6 Msi robust cs 8v flex 2p manual

R$ 41.159

R$ 45.262

R$ 51.900

3.0 V6 tdi diesel highline automático

R$ 182.718

1.6 Msi trendline cd 8v flex 2p manual

R$ 50.300

R$ 44.900

1.6 Msi trendline cs 8v flex 2p manual

R$ 41.430

R$ 45.822

1.6 Msi comfortline 4p automatizado

R$ 63.990

1.0 Mpi 12v flex 4p manual

R$ 194.995 R$ 200.950 R$ 35.995

R$ 46.445

1.6 Msi flex 16v 4p automatizado

R$ 50.129

R$ 55.990

1.6 Msi flex 16v 4p manual

R$ 49.874

R$ 55.579

1.0 Mpi bluemotion 12v flex 4p manual R$ 37.990

R$ 39.990

1.0 Mpi comfortline 12v flex 4p manual R$ 40.503

R$ 42.945

1.0 Mpi track 12v flex 4p manual

R$ 38.423

R$ 41.495

1.0 Mpi trendline 12v flex 4p manual

R$ 36.987

R$ 38.493

Spacefox R$ 56.445 Tiguan

1.6 Msi comfortline 8v flex 4p manual

R$ 46.395

1.6 Msi trendline 8v flex 4p manual

R$ 45.900

R$ 61.990

1.4 250 Tsi total flex allspace tiptronic 2.0 Tsi 16v turbo gas 4p tiptronic

Up

R$ 125.990 R$ 104.900

1.0 Mpi high up 12v 4p automatizado

R$ 41.990

1.0 Mpi high up 12v flex 4p manual

R$ 33.950

R$ 42.350

1.0 Mpi move up 12v 4p automatizado

R$ 32.000

R$ 37.990

1.0 Mpi move up 12v flex 4p manual

R$ 38.323

R$ 44.200

1.0 Mpi take up 12v flex 4p manual

R$ 33.270

R$ 35.639

1.6 Msi comfortline 4p automatizado

R$ 43.238

R$ 47.195

1.6 Msi comfortline 8v flex 4p manual

R$ 41.883

R$ 45.554

1.6 Msi highline 16v flex 4p manual

R$ 42.096

R$ 46.963

1.6 Msi pepper 16v flex 4p manual

R$ 44.536

R$ 48.800

1.0 Tsi high up 12v flex 4p manual

R$ 40.900

R$ 42.700

R$ 45.813

1.0 Tsi move up 12v flex 4p manual

R$ 40.720

R$ 43.325

R$ 44.050

1.6 Msi total flex connect 4p manual

R$ 45.567

R$ 50.972

1.6 Msi total flex xtreme 4p manual

R$ 52.963

R$ 56.990

R$ 39.581

R$ 42.945

R$ 43.334

1.0 12V mpi totalflex city 4p manual

R$ 35.724

R$ 39.345

1.0 12V mpi totalflex track 4p manual

R$ 38.000

1.0 12V mpi totalflex 4p manual

R$ 36.144

1.6 Msi totalflex comfortline 4p manual

R$ 42.088

1.6 Msi totalflex highline 4p manual

R$ 45.900

1.6 Msi totalflex trendline 4p manual

R$ 37.899

1.0 Tsi comfortline 12v total 4p manual

R$ 68.945

1.4 Tsi highline 16v total 4p tiptronic

R$ 95.074

1.4 Tsi variant comfortline 4p tiptronic

R$ 82.000 R$ 86.900

R$ 52.000

1.0 200 Tsi comfortline automático

R$ 73.466

R$ 73.900

1.0 200 Tsi highline automático

R$ 24.381

R$ 86.150

1.6 Msi total flex manual

R$ 62.600

R$ 66.098

R$ 43.348

1.0 12V mpi trendline 4p manual

R$ 37.400

R$ 41.158

R$ 38.208

1.6 Msi totalflex 4p manual

R$ 56.660

R$ 56.563

1.6 Msi comfortline 4p i-motion

R$ 44.900

R$ 41.990

R$ 53.786

1.6 Msi totalflex comfortline 4p manual

R$ 44.285

R$ 48.252

1.6 Msi totalflex trendline 4p manual

R$ 40.870

R$ 41.904

S60

2.0 T4 momentum gas 4p automático

R$ 119.900

V40

2.0 T4 kinetic gas 4p automático

Volvo R$ 39.847

2.0 T4 momentum gas 4p automático XC40

R$ 109.450 R$ 129.500

1.4 16V tsi comfortline gas 4p tiptronic R$ 75.598

R$ 49.900

R$ 45.990

R$ 42.000

R$ 52.090

1.0 Tsi pepper 12v flex 4p manual

R$ 41.657

1.6 Msi totalflex 4p manual

Voyage

R$ 53.691 R$ 42.900

1.0 12V mpi comfortline 4p manual

1.6 16V msi totalflex 4p automático

2.0 Tsi gti 16v turbo gas 4p automático

Virtus

R$ 47.445

1.0 12V mpi totalflex 4p manual

Jetta

R$ 56.990

R$ 102.158 R$ 125.890 R$ 145.900

1.6 Msi trendline 8v flex 4p manual

Golf

R$ 74.945

2.0 Highline 4x4 cd 16v 4p automático

1.6 Msi run 8v flex 4p manual

Gol

R$ 64.873

2.0 Trendline 4x4 cd 4p automático 3.0 V6 tdi diesel highline automático Crossfox

2019 R$ 55.890 R$ 63.048

R$ 56.120

1.6 Cross ce 16v flex 2p manual

Cross up

2018 R$ 50.148

1.6 Msi total flex automático Saveiro

VW Amarok

2017

1.0 Mpi total flex manual

R$ 114.950 R$ 112.990

R$ 174.117

2.0 T5 gas momentum awd geartronic R$ 101.323

XC60

R$ 134.950

2.0 T4 gas geartronic

R$ 193.925 R$ 199.950

2.0 D5 momentum awd geartronic

R$ 275.950

1.4 16V tsi trendline gas 4p manual

R$ 68.767

2.0 T5 gas inscription awd geartronic

1.4 16V tsi trendline gas 4p tiptronic

R$ 67.526

2.0 T5 gas momentum awd geartronic

R$ 216.990

2.0 Tsi highline 211cv gas 4p tiptronic

R$ 81.946

2.0 T5 gas r-design awd geartronic

R$ 249.900

R$ 99.500

Passat

2.0 16V tsi bluemotion gas 4p dsg

R$ 153.254

XC90

Polo

1.0 200 Tsi comfortline automático

R$ 63.720

R$ 73.498

2.0 D5 diesel momentum geartronic

1.0 200 Tsi highline automático

R$ 70.960

R$ 80.418

2.0 T6 gas momentum awd geartronic

R$ 278.950

2.0 D5 diesel inscription geartronic

R$ 355.000 R$ 300.000 R$ 299.950

PERNAMBUCO

86 - Auto Revista Pernambuco


Profile for editoranucleo

AutorevistaPe 57  

AutorevistaPe 57

AutorevistaPe 57  

AutorevistaPe 57

Advertisement