Page 1

CA

DE

RN

O

Ano 13 - nº 74

NSI

NÚCLEO DE SERVIÇOS INTEGRADOS

AUTOMEC 2019

Uma ligação para o futuro

• Test drives: Jeep Renegade e Fiat Cronos • Conheça ações sociais no setor de autopeças • Colecionador está montando megamuseu de veículos TABELA DE SEMINOVOS


EDITORIAL

Auto Revista Ceará

autorevista_ce

Mercado cada vez mais sólido

C

enário de crises sucessivas, sejam políticas ou econômicas, o Brasil é uma escola de gestão constante, porque não faltam desafios. Neste contexto, o setor automotivo tem passado por algumas reestruturações, seja na área das montadoras, nas concessionárias ou na ponta da cadeia, onde estão os fabricantes e revendedores de autopeças e os centros de serviços. A boa notícia é que está mais do que claro, hoje, que este setor amadureceu a ponto de conseguir sobreviver em meio às turbulências e segue firme investindo em melhorias administrativas das empresas, modernização e novas estratégias para incrementar os negócios. É neste contexto, inclusive, que se insere a 14ª Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços (Automec), maior evento do segmento de componentes automotivos da América Latina. O evento traz temas como novas exigências da mobilidade, futuro desenho da distribuição e do varejo automotivo, mudanças tecnológicas e veículos com motorização diferenciada (elétricos, híbridos e autônomos). Isso deixa claro que o setor de autopeças está em sintonia com montadoras e concessionárias para proporcionar a convergência de estratégias do setor automotivo. Além disso, a Automec mostra, com sua diversidade e atualidade de temas, um mercado automotivo cada vez mais maduro e enxuto, que já provou ser capaz de sobreviver independentemente do cenário econômico e político. A força está conosco!

TEST-DRIVE: JEEP RENEGADE Com conforto e robustez, modelo mostra porque é um dos mais vendidos em seu segmento

30

ANTIGOS O colecionador Arnóbio Tomaz está construindo um museu sobre trens, miniaturas e veículos

50

TABELA DE SEMINOVOS Veja a cotação regional dos modelos mais procurados pelos consumidores

24 AÇOES SOCIAIS Veja exemplos de como o setor de autopeças está investindo em iniciativas para beneficiar a sociedade

46

AUTOMEC 2019 Maior feira do setor de autopeças e serviços da América Latina supera todas as expectativas

TABELA

PREÇOS SEMINOVOS

O Editor

EXPEDIENTE Diretor: Ariel Ricciardi / Editor e jornalista responsável: Sílvio Mauro | Diagramação: Marcos Aurelio Colaboradores: Alexandre Costa, Simplícia Sinibaldi (SSA), Claudio Araújo, Izabel Bandeira, Arnóbio Tomaz, Flávio Portela e Danielle Luz. Contato para anunciar na AUTO REVISTA CEARÁ: (85) 98824.0222 / (85) 3038.5775 ou através dos e-mails: autorevistaceara@gmail.com | automagazineceara@ig.com.br Fale com a gente, envie e-mail, fotos, notícias para a redação. A sua opinião é fundamental para a melhoria de nosso produto. A AUTO REVISTA CEARÁ é uma publicação bimestral da Editora Núcleo de Serviços Integrados. As opiniões dos artigos assinados não representam necessariamente as adotadas pela revista. Não é permitida a reprodução parcial ou total dos textos.

100


Distribuidor autorizado

www.pecicero.com.br


Conta-giros Velas especiais foram destaque da NGK na Automec A NGK, empresa especialista em sistemas de ignição, expôs seu portfólio completo de velas especiais durante a Automec 2019. As velas especiais são capazes de melhorar a eficiência de queima da mistura ar/combustível, proporcionando melhor desempenho do veículo sem que sejam necessárias grandes adaptações no motor. “As velas G-Power e Iridium IX foram desenvolvidas com o objetivo de beneficiar os veículos usados com a tecnologia presente nos mais recentes lançamentos das montadoras”, explica o consultor de Assistência Técnica da NGK, Hiromori Mori.

Dana lança novos produtos Para dar sequência a seu crescimento de participação no mercado brasileiro de reposição, a Dana lançou na Automec 2019 cinco novos produtos das marcas Spicer e Albarus. São kits de coroa e pinhão e coxins de motor Spicer e amortecedores, componentes de cardan e bandejas de suspensão Albarus. “Seguimos ampliando e reforçando nosso relacionamento com a reposição independente no mercado brasileiro e sul-americano”, explica Carlos Dourado, diretor de vendas da Dana para a América do Sul.

ZF Aftermarket lança programa Amigo Bom de Venda O sucesso do Programa Amigo Bom de Peça, lançado pela ZF Aftermarket em abril de 2017 como um canal de comunicação e treinamento para mecânicos, resultou na criação de mais um programa de relacionamento e qualificação, desta vez voltado para balconistas e vendedores de autopeças. Trata-se do “Amigo Bom de Venda”. O programa será semelhante ao Amigo Bom de Peça, com um site de conteúdos e destaque para vídeos curtos e práticos, desta vez com dicas criadas para os vendedores de autopeças.

Texaco foi o lubrificante oficial da Automec Pela primeira vez, a Texaco foi o lubrificante oficial da Automec 2019. No estande da empresa, o público pôde conhecer melhor os produtos: a linha Havoline, feita para veículos leves; a linha Ursa, dedicada a veículos e equipamentos pesados, e a linha de graxas, em que o produto Marfak é líder de segmento. Os itens foram apresentados por um robô que se locomovia, tirava fotos e enviava às pessoas e se comunicava com os visitantes, explicando as qualidades dos lubrificantes e graxas.

8 - Auto Revista Ceará


Conta-giros Hipper Freios lança disco com nióbio O Niobium Steel é um disco com o elemento químico Nióbio, utilizado para fortalecer ligas de aço de produtos que exigem alta resistência mecânica e térmica. Segundo a Hipper Freios, testes realizados no laboratório Link, um dos mais conceituados do mundo para testes em freios para montadoras, compararam discos com nióbio e discos convencionais. “Os resultados comprovaram uma grande diferença de desempenho”, afirma a empresa.

Arteb participa de evento sobre inovação e mobilidade A Arteb participou, no dia 27 de maio, do Automotive Business Experience 2019 (ABX19), evento que reuniu mais de 80 expositores, cerca de 2 mil líderes do setor e mais de 120 palestras em seis palcos simultâneos divididos por assuntos: automóveis e fornecedores, pesados e máquinas, e distribuição e concessionárias. “É muito importante estar presente neste encontro que, possivelmente, trará novas fórmulas e instrumentos que delinearão o futuro do setor automobilístico e as tendências em mobilidade”, afirmou Edson Brasil, CEO da Arteb e conselheiro do Sindipeças.

GT-OIL na Automec: novos negócios A GT-OIL, fabricante de óleos lubrificantes automotivos e industriais, fez balanço positivo da sua segunda participação na Automec. Segundo Marcio Dattola, gerente comercial nacional da empresa, a feira possibilitou o surgimento de oportunidades de novos negócios, até mesmo parcerias com grandes companhias internacionais e exportadoras. “Nossos atuais parceiros de distribuição foram surpreendidos pelos lançamentos. Investimos em inovação para apresentar muitas novidades em produtos, reforçando a forte presença da marca em todo o país”, acrescentou.

10 - Auto Revista Ceará

Magneti Marelli Cofap expõe produtos na Automec A Magneti Marelli Cofap apresentou seu completo portfólio de produtos, composto por 56 linhas, na Automec 2019. Os componentes foram os destaques do estande de 400 metros quadrados, projetado de maneira que as peças fossem percebidas como obras de arte. A empresa também apresentou, na feira, um balanço do primeiro trimestre de 2019, quando foram lançados cerca de 200 novos códigos de produto. Outros 300 códigos devem ser anunciados pela marca ainda no primeiro semestre.


Conta-giros Amortecedores para linha leve A Monroe atualizou seu portfólio com o lançamento de 26 produtos voltados para o mercado de reposição. Entre os lançamentos estão amortecedores dianteiros para Honda Civic, Mitsubishi ASX, Mitsubishi Outlander, Nissan Sentra e Peugeot Hoggar. Já os amortecedores traseiros chegam ao mercado para os veículos Honda HR-V, Hyundai Santa Fe 4x2 e 4x4, Lifan X60, Nissan Grand Livina e Volkswagen Jetta. Por fim, os modelos JAC J3, Toyota Land Cruiser Prado, Volkswagen Gol Rallye e Renault Fluence passam a ter opção de amortecedores tanto dianteiros quanto traseiros. Mais informações: 0800-166-004 ou www.monroe.com.br.

Tecnologia Schaeffler A Schaeffler – detentora das marcas LuK, INA e FAG – fornece ao mercado de reposição automotiva um kit com todos os componentes necessários para reparos no câmbio com a vantagem de terem a qualidade original de fábrica. O LuK GearBOX reúne, em uma única caixa, um conjunto de rolamentos, vedações, anéis e todos os componentes para a reparação profissional de transmissões manuais de automóveis. Essa solução de reparo foi exposta na Automec 2019.

Freudenberg celebra bom desempenho O grupo mundial de tecnologia Freudenberg continuou com seu bom desenvolvimento dos negócios em 2018, mesmo em um ambiente instável e difícil, e registrou crescimento orgânico de 4,3%. Incluindo os efeitos de aquisições e desinvestimentos, implicações significativas de taxa de câmbio negativa e dos efeitos da nova regra contábil IFRS 15, as vendas aumentaram 1,2% em relação ao ano anterior. As vendas totais da Freudenberg em 2018 cresceram para € 9,45 bilhões (ano anterior: € 9,34 bilhões).

Linha de ignição da Lucas retorna ao mercado nacional A família de Ignição da Lucas, fabricante de componentes automotivos, voltou ao mercado nacional sob a gestão da BRLight, empresa detentora das marcas GE Iluminação Automotiva e Tungsram. Os produtos foram expostos na Automec 2019. “Essa é uma nova fase para a distribuição das peças de ignição da Lucas no País. Nossa estratégia é fortalecer a relação com os distribuidores e ampliar a presença na região”, explica José Rubens Miguel, gerente Comercial da BRLight.

12 - Auto Revista Ceará


Conta-giros Estande tecnológico na Automec A Nakata, fabricante, especializada em componentes de suspensão, freios, transmissão e direção, trouxe como proposta para a Automec 2019 um estande com interatividade e tecnologia. Os visitantes fizeram um tour virtual em uma oficina que gerou muita curiosidade no público. “Reunimos o meio digital com nosso atendimento personalizado para aproveitar, ao máximo, a interatividade que a feira proporciona com os profissionais do mercado. Fomos surpreendidos com o grande volume de visitantes”, disse Sérgio Montagnoli, diretor de vendas e marketing da Nakata.

Pro Automotive traz piloto e simulador para a Automec Em sua segunda participação na Automec, a Pro Automotive, fabricante de peças e rolamentos, levou como atração em seu estande o piloto Nonô Figueiredo, chefe da equipe RCM Motorsports da Stock Car, e um simulador de corridas. Neste último, o jogador com o melhor desempenho do dia ganhava um mini carrinho de rolimã. Já para o melhor tempo da semana, apurado no último dia da Automec, o vencedor ganhou um carro de rolimã em tamanho original.

14 - Auto Revista Ceará


Raven apresenta novidades na 14ª edição da Automec Durante a Automec 2019, a Raven apresentou novidades como seu injetor de fumaça (equipamento para detecção de vazamentos), ferramentas de sincronismo para os modelos Volkswagen com motor 1.6 16V, para a picape Amarok e para motores TSI e TFSI, instaladores de retentores traseiros, dianteiros e extrator para rolamentos de rodas. A empresa também levou para a feira a linha completa de M7, com chaves de impacto, furadeiras, catracas, lixadeiras e retificas, e a Scangrip, com suas lanternas de LED com certificação IP. A King Tony, empresa do mesmo grupo, apresentou suas novas lanternas de inspeção, sua linha de móveis e armários modulares, carrinhos com sistema antirrisco e seu mais recente torquímetro digital angular com soma de torque e ângulo. De acordo com Bruno Ratão, do departamento de marketing, todos estes produtos podem ser encontrados na conceito da Raven, inaugurada recentemente em São Paulo.

Nova empresa de armazenamento avançado de energia A Johnson Controls Power Solutions passou a se chamar Clarios. Adquirida pela Brookfield Business Partners, a empresa opera globalmente no setor de armazenamento de energia, gerando US$ 8 bilhões em receitas, e tem mais de 16 mil funcionários, 56 instalações em todo o mundo e 130 anos de experiência. No segmento de tecnologia de baterias de veículos, a Clarios produz um terço do total da indústria. No Brasil, ela é a fabricante das baterias Heliar.


Conta-giros Meritor assina acordo para compra de empresa de tecnologia Com o objetivo de acelerar o ritmo de seu crescimento mundial, a Meritor assinou contrato para adquirir a AxleTech, empresa de tecnologia que projeta e produz sistemas e componentes de drivetrain com foco em aplicações fora-de-estrada. A iniciativa faz parte dos planos de crescimento até 2022 da Meritor, denominado pela empresa como M2022. A AxleTech conta com uma linha completa de suspensões independentes, eixos, soluções de frenagem e componentes de drivetrain. A Meritor é fornecedora de sistemas integrados, módulos e componentes para fabricantes de equipamentos originais. Atende produtores de caminhões, reboques, ônibus e veículos off-road, além da área de defesa.

Grupo NTN leva novas tecnologias para a Automec A NTN participou mais uma vez da Automec e aproveitou a oportunidade para demonstrar seus investimentos em tecnologia e inovação. Dentre os mais importantes estão a Moto Voadora, parceria com a montadora francesa Lazareth, o rolamento com esferas de cerâmica, desenvolvido para o Jaguar XE SV, os rolamentos com sensor para veículos elétricos e híbridos, o sensor ABS, que permite a medição ativa da velocidade de rotação da roda, e o Projeto E-wazuma, um protótipo de quadriciclo elétrico.


iCar 24h O iCar24h é um aplicativo para usuários de veículos automotores e fornecedores desse segmento que localiza empresas próximas ao usuário e tem como objetivo auxiliar o motorista com serviços e produtos. Através do programa, que está em funcionamento desde o início do ano, é possível encontrar oficinas, postos de combustível, borracharia, guincho e atendimento para veículos leves e pesados, motos, dentre outros serviços. O iCar 24h tem diversas empresas cadastradas e está disponível gratuitamente para Android e iOS.

Audi e-tron: 80% da carga em 30 minutos O veículo elétrico Audi e-tron pode ser carregado com até 150 kW em terminais de carga rápida. No dia-a-dia, isto significa um benefício básico: para um alcance de cerca de 100 quilômetros, o cliente gasta menos de 10 minutos no terminal. A bateria de íons de lítio do Audi e-tron tem uma capacidade nominal de 95 kWh e foi projetada para uma longa vida útil. Seu sistema de gestão térmica forma a base para o desempenho bem balanceado. A refrigeração líquida garante que a temperatura da bateria permaneça na faixa ótima de 25°C a 35°C mesmo em altos níveis de exigência ou baixas temperaturas.

LÍDER MUNDIAL EM CABEÇOTES PARA MOTORES DIESEL E GASOLINA (11) 98108 6785

www.amc.es

amc.brasil@amc.es


Conta-giros Go Kart Cacique No dia 25 de maio último, a Cacique Lubrificantes promoveu o “Go Kart Cacique”, campeonato de kart para os clientes de Fortaleza do projeto Varejo 100% Ipiranga. O evento contou com vários parceiros da Ipiranga Lubrificantes que se encontraram para a premiação. Realizado há vários anos, o Varejo 100% é um encontro muito esperado pelos clientes, que têm diversão garantida e ainda podem acompanhar a apresentação de resultados.

Nova plataforma venda de peças A MWM, fabricante de motores diesel e grupos geradores de energia, lançou a Loja MWM, sua primeira plataforma de vendas de peças de reposição on line. A empresa lançou o serviço no formato de Marketplace, onde todo o estoque e distribuição dos produtos serão de responsabilidade da Rede de Distribuição MWM. A Loja conta com mais de 1.200 itens disponíveis para os consumidores finais. Durante o primeiro semestre de 2019, a Loja MWM estará disponível no Estado de São Paulo. A partir do segundo semestre, o projeto será expandido para todo o Brasil.

Delphi apresenta novo conceito na Automec A Delphi Technologies marcou presença na Automec trazendo o conceito “Start.Go.Stop”. Ele foi desenvolvido para mostrar ao mercado de reposição as soluções completas que a marca disponibiliza, desde a partida do motor (Start), até o movimento do carro e o que faz o mesmo se locomover (Go), e a sua parada total (Stop).

Fórmula Elétrica Ceará A Universidade de Fortaleza (Unifor) sediou, no dia 22 de maio último, o Seminário Fórmula Elétrica Ceará. No evento, foram discutidos temas ligados ao projeto de mesmo nome, que agrupa pesquisadores, iniciativa privada e poder público com o objetivo de ampliar os espaços de ensino e pesquisa sobre mobilidade elétrica. Uma das principais realizações do projeto é a construção de quatro minicarros elétricos para participar, em 2020, da competição anual entre universidades promovida pela Society of Automotive Engineers (SAE).

18 - Auto Revista Ceará


Test drive Cronos

Moderno, bonito e bom de espaço interno com seu porta-malas generoso, o Fiat Cronos merecia posição melhor no ranking de vendas do mercado nacional

V

ersão sedan do Fiat Argos, o Cronos é um caso curioso do mercado nacional. Enquanto seu “irmão” hatch é o sétimo carro mais vendido (considerando todos os modelos), ele ocupa a 30ª posição no mesmo ranking. Não se trata nem de desempenho dentro do seu segmento de sedans compactos, já que o Chevrolet Prisma, por exemplo, é o 4º carro mais comercializado do Brasil. Fazendo um test-drive com o modelo, é difícil entender esse desempenho. O Cronos, assim como o Argo, é um projeto esteticamente muito bem acabado, tanto interna quanto externamente. O modelo

20 - Auto Revista Ceará

que guiamos, o top de linha Precision 1.8 automático equipado com os opcionais Kit Tech (principais componentes: retrovisores com rebatimento elétrico, ar condicionado digital, quadro de instrumentos de alta resolução de 7” e sensores de chuva e crepuscular) e câmera de ré, é um carro bastante agradável de andar na cidade. A suspensão tem uma certa rigidez característica dos compactos da Fiat, mas o nível de ruído interno é baixíssimo, o motor é bem discreto e os bancos são bastante confortáveis. Associadas estas características ao câmbio automático de seis velocidades, o resultado é um carro

que não cansa o motorista mesmo após um dia inteiro enfrentando o trânsito. A transmissão vale, ressaltar, tem passagens compassadas que levam a um comportamento comedido, ou seja, o carro embala suave. Mas no trânsito lento da cidade, com o som ligado, ninguém sente falta de uma condução esportiva. Um bom recurso é o sistema Start Stop, que desliga o carro automaticamente a cada parada e o religa assim que o motorista tira o pé do freio. É de se perguntar porque todos os modelos brasileiros não vêm de série com câmbio automático e o Start Stop. Deviam ser itens obrigatórios, para estressar e cansar


menos os motoristas. No caso do Cronos Precision que guiamos, essa combinação é muito boa, porque além da sensação de que está economizando combustível, o motorista sabe que está contribuindo um pouco mais para reduzir a emissão de poluentes na cidade. Além das comodidades já citadas, o Cronos que guiamos também tinha recursos como o ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade), que melhora a dirigibilidade em situações de perda de aderência dos eixos, o TC (Controle de Tração), que evita a derrapagem das rodas ao acelerar em subidas ou pisos molhados, e o HH (Hill Holder), que segura o veículo como se fosse um freio de mão automático, em ladeiras. Como um bom Fiat, o Cronos dá muita sensação de robustez para o motorista. Não há medo de enfrentar, com ele, os buracos cotidianos da cidade - só foi preciso um pouco de cuidado com a parte de baixo do parachoque dianteiro em desníveis mais acentuados, mas o comportamento predominante é mesmo de robustez. Em relação a espaço, o porta-malas do Cronos, com 525 litros, é o maior entre os principais concorrentes. Além disso, a abertura da tampa é bem projetada, permitindo a colocação e a retirada de grandes objetos sem muita dificuldade. Já a distância entre-eixos, medida importante para garantir o conforto dos passageiros do banco de trás, é a terceira melhor do seu segmento, só perde para o Prisma e para o Logan. O Cronos é bem mais bonito e moderno que o Voyage, e seu porta-malas tem mais de 70 litros que o do Ka Sedan, para citar dois de seus concorrentes que vendem mais. Além disso, é um Fiat, marca conhecida por carros duráveis e com uma boa rede de concessionárias. É mesmo difícil entender porque seu desempenho no mercado não é melhor.

22 - Auto Revista Ceará

Ficha técnica Motor Número de cilindros 4 Cilindrada total 1.747 cm³ Taxa de compressão 12,5:1 Potência 135 cv (gasolina) /139 cv (etanol) a 5.750 rpm Torque máximo 18,8 kgfm (gasolina) / 19,3 kgfm (etanol) a 3.750 rpm Câmbio Automático de seis velocidades Freios Dianteiro A disco ventilado Traseiro A tambor Direção Tipo Elétrica com pinhão e cremalheira Diâmetro mínimo de curva 10,5 m Rodas 6” x 16” de liga leve Pneus 195/55 R16” Dimensões Peso em ordem de marcha 1.271 kg Capacidade de carga 400 kg Comprimento 4.364 mm Largura 1.726 mm Altura 1.516 mm Distância entre-eixos 2.521 mm Volume do porta-malas 525 litros Tanque de combustível 48 litros Desempenho Velocidade máxima 195 km/h (gasolina)/ 196 km/h (etanol) Aceleração 0 a 100 km/h 10,8 s (gasolina)/ 9,9 s (etanol) Valor do modelo guiado (montado no site da Fiat)

R$ 80.928,00


Distribuidor autorizado

www.pecicero.com.br


Test drive Renegade

Muito agradável de dirigir Com poucas mudanças visuais ou de motor, o Renegade bicombustível segue um bom carro urbano que remete a todo o poder off road da Jeep

U

m carro alto, bom para rodar na cidade e que, apesar de não ser um 4x4, passa uma impressão de robustez necessária até para enfrentar trilhas. Assim é o Renegade na versão Limited, que tivemos oportunidade de guiar. Desde seu lançamento, em 2015, o modelo tem apostado nessas características, mudando pouco no visual externo, no design interno e no motor. Essa fórmula, como mostra o mercado, está funcionando: o carro segue sendo bom de vendas e fechou o primeiro quadrimestre de 2019 como líder em seu segmento. No caso específico da versão que guiamos, itens como o câmbio automático, o ar condicionado Dual

24 - Auto Revista Ceará

Zone, rodas de liga leve aro 19 e sistema de áudio com uma generosa tela de 8,4 polegadas são de série e ajudam ainda mais a gostar do modelo. Considerando os concorrentes, o Renegade talvez seja o veículo que melhor consegue associar a ideia de que o motorista guia, ao mesmo tempo, um carro com os confortos de um modelo urbano, mas com “DNA” de off road. É bem verdade que a versão Limited tem tração 4x2, mas as rodas são grandes (só para efeito de comparação, a versão de entrada do Renegade, a Sport, tem rodas com aro 16) e por todo o carro, internamente, a gente encontra, impressa em baixo relevo, a lendária marca que reme-

te ao Jeep original, que são os farois redondos e as linhas verticais da entrada de ar frontal. Extremamente silencioso, o motor 1.8 bicombustível, que equipa a versão guiada, se encarrega de lembrar que, realmente, mesmo com todo o apelo visual, o carro é essencialmente urbano. Não é um motor de torque forte e para fazê-lo trabalhar bem em uma arrancada, é preciso pisar forte no acelerador. Há rumores de que isso pode mudar com um motor 1.3 turbo que dará ao Renegade com motor bicombustível a agilidade que o movido com o motor 2.0 a diesel, disponível nas versão Longitude e Trailhawk, dá a ele. A conferir. Mas também é fato


que com o 1.8 atual, em se tratando de um grande leque de consumidores (e consumidoras) que querem apenas um carro alto, imponente e robusto para rodar na cidade, o modelo já agrada. Falando em imponência, sempre que temos oportunidade de guiar o Renegade (seja qual for a versão, mas especialmente as que têm pneus maiores e, por isso são mais altas), chama a atenção o comportamento dos motoristas ao redor. Difícil explicar se é pela “cara de mau” que o lendário visual da Jeep transparece, mas o fato é que os condutores cearenses, que não são nenhum exemplo de cordialidade ou educação, não se atrevem muito a entrar na frente do Renegade, quando o vêem. Além de vários itens de série (veja os principais abaixo), o modelo que guiamos estava equipado com um teto solar panorâmico (Preço: 7 mil reais, no site da Fiat). Como o nome diz, ele deixa praticamente o teto inteiro aberto para visão do ceu. Não é um acessório ligado a fatores relevantes ou essenciais como segurança, conforto ou desempenho. Mas o fato é que andar à noite ou em dia de chuva com ele é uma experiência bem divertida. Principalmente se considerarmos que, por questão de segurança, é praticamente impossível ter um carro conversível no Brasil. A Jeep tem mantido o cuidado de não tirar do Renegade seu visual de herdeiro mais próximo do lendário carro que fez história em todo o mundo e originou até o termo “jipe” para designar veículos off road. Nossa experiência e o comportamento do mercado mostram que, até agora, a estratégia está funcionando bem e o projeto do modelo continua se mostrando muito acertado.

26 - Auto Revista Ceará

Principais itens de série Acendimento automático dos faróis Air bags de cortina, de joelhos para o motorista e laterais Ar condicionado Dual Zone Controle de Estabilidade (ESC) Controle de Tração Controle eletrônico anti capotamento Câmera de ré Direção elétrica Entrada USB para os ocupantes do banco traseiro Freio de estacionamento eletrônico Freios a disco nas 4 rodas Hill start control Piloto automático Porta-óculos Roda em liga leve aro 19’’ e pneus 235/45 R19 Sensor crepuscular Sensor de chuva Sistema Start&Stop (desligamento/acionamento automático do motor) Sistema de monitoramento indireto dos pneus (iTPMS) Sistema de áudio com tela de 8.4’’ touch, Apple Carplay e Android Auto, 6 alto falantes, comando de voz, USB e Bluetooth Preço (versão idêntica à guiada, montada no site da Jeep):

R$ 112.990,00


Concorrência

Mercado competitivo. Será? A maioria das marcas mais comercializadas no mundo está na mão de 14 grandes montadoras norte-americanas, europeias e asiáticas. E isso se reflete no mercado brasileiro

D

e acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), existem 19 montadoras de veículos entre seus membros. Outras 16 marcas são filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa). Tirando as repetições, ou seja, as que estão presentes nas duas entidades, o Brasil tem 29 grandes indústrias presentes em seu mercado - aparentemente, uma “festa” de opções para os consumidores. Na realidade, quando se olha com mais atenção, não é bem assim. O mercado de veículos mundial é concentrado em algumas gigantes do

28 - Auto Revista Ceará

setor, e elas detêm muitas das marcas que mais vendem na maioria dos continentes onde estão os volumes de venda mais expressivos. E essa concentração se reflete no Brasil. Não é à toa que de acordo com outra entidade importante do setor, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), apenas 10 grandes empresas (GM, Volkswagen, Renault, Hyundai, Ford, Toyota, Fiat, Honda, Jeep e Nissan, nessa ordem de classificação de vendas) responderam por 93% do mercado do País, em 2018. Um dos fatores a serem considerados é que as grandes montadoras atuam com suas marcas em diferentes segmentos. A Volkswagen,

por exemplo, além de comercializar seus carros, também é dona da Audi. E elas não concorrem entre si, porque esta última é focada no chamado segmento “premium”, de veículos com preços que começam nos 100 mil reais. Outro exemplo é a Toyota, que oferece veículos como o Etios e o Yaris para a classe média e também é proprietária da Lexus, dedicada apenas a veículos de luxo. Outras marcas importantes do mercado nacional que concorrem entre as 10 mais importantes são a Renault e a Nissan. Apesar de ambas serem empresas diferentes, elas fazem parte de uma aliança global que divide componentes e tecnologias. Considerando este detalhe, dá


para chamar, realmente, as duas de ferrenhas competidoras? Há também outro caso bastante emblemático dessa concentração, no mercado brasileiro. A norte-americana Chrysler foi comprada pela Fiat em 2014. Isto tornou a montadora italiana dona da própria Chrysler e das marcas vinculadas a ela (Dodge, RAM e Jeep). Os veículos dividem plataformas, tecnologias e motores - a picape Toro e o Renegade, por exemplo, têm muito em comum. Neste cenário, obviamente não é interessante para a Fiat, por exemplo, investir em grandes utilitários que concorreriam com os que são oferecidos por suas outras marcas. Em nível mundial, essa concentração resulta em casos curiosos. A alemã Volkswagen é dona, por exemplo, da marca italiana Lamborghini e da inglesa Bentley - estas duas últimas são nomes tradicionais da indústria automotiva de seus respectivos países. Já duas fábricas asiáticas são proprietárias de dois ícones do automobilismo britânico: a indiana Tata Motors, que não está presente no Brasil, comprou a Land Rover em 2008, e desde 2013 a fabricante dos lendários táxis de Londres pertence à chinesa Geely. Redução de custos, compartilhamento de tecnologias, políticas de expansão mundial, oportunidades. São muitos os motivos que levam as montadoras a se unirem em grandes conglomerados ou alianças. O resultado disso é que a composição de preços dos automóveis é resultado de uma conta bastante complexa - que no Brasil é agravada por problemas de competitividade, comportamento do mercado consumidor e carga tributária. Na dúvida, portanto, pesquise bastante os preços para encontrar seu carros dos sonhos. Mesmo com tanta concentração, sempre é possível pechinchar um pouco.

FIAT MASERATI ALFA ROMEO LANCIA CHRYSLER JEEP DODGE RAM

MERCEDES SMART

DATSUN INFINITY

ACURA LINCOLN TOYOTA LEXUS DAIHATSU

PEUGEOT CITROËN DS AUTOMOBILES

EXEMPLOS DE MONTADORAS E SUAS MARCAS SUBSIDIÁRIAS

LAND ROVER

VOLVO LONDON EV COMPANY (FABRICANTE DOS TÁXIS LONDRINOS)

RENAULT

CHEVROLET HOLDEN VAUXHALL CADILLAC OPEL GMC WULING MOTORS BAOJUN BUICK

MINI ROLLS-ROYCE

SAMSUNG MOTORS

HYUNDAI KIA

VOLKSWAGEN LAMBORGHINI PORSCHE AUDI BENTLEY BUGATTI SKODA SEAT

Auto Revista Ceará -

29


Ações sociais A partir desta edição, Auto Revista Ceará abre espaço e convida as empresas do setor de autopeças e serviços para mostrarem suas iniciativas e projetos de áreas como saúde, educação, formação profissional e quaisquer outras que possam melhorar a vida de comunidades no Brasil. Começamos expondo três dessas ações.

Hipper Desafio de Matemática

Projeto Abraça Brasil A Mobensani, fabricante de metais e borrachas, anunciou, durante a Automec 2019, seu investimento no projeto “Abraça Brasil”, que visa potencializar o bem estar e promover o crescimento pessoal dos beneficiários. A iniciativa será concretizada através de doações mensais de 1% do lucro obtido pela indústria em suas atividades. Os recursos serão destinados a instituições de diferentes regiões do Brasil indicadas pelos próprios clientes da Mobensani, que serão convidados a participar diretamente do projeto.

30 - Auto Revista Ceará

A fábrica, que atua no fornecimento de cubos de roda, discos e tambores de freio, realiza em Sangão, município no sul de Santa Catarina no qual ela iniciou suas atividades e onde se localiza sua sede, ações sociais voltadas para crianças e jovens da região. Além do Hipper Natal Solidário, que acontece há quatro anos e distribui mais de dois mil presentes em todos os bairros do município, a marca lançou o projeto “Hipper Desafio de Matemática”. Em sua terceira edição, ele já conseguiu reunir mais de 550 alunos das escolas municipais e estaduais de Sangão. Os prêmios incluem pacotes de livros para as escolas e viagens para Curitiba, notebooks, tablets, smartphones, medalhas e certificados de participação para os alunos. Com o desafio de matemática, a Hipper Freios recebeu por duas vezes consecutivas (em 2017 e 2018) o Prêmio Empresa Cidadã da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina (ADVB/SC), na categoria Desenvolvimento Cultural.

Sgarioni de olho no futuro Desde 2017 a Sgarioni, fabricante de balancins, promove o projeto “SGA - De olho no futuro”. A ação recruta jovens entre 16 e 18 anos do município de Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul, para uma experiência prática no setor industrial. A empresa disponibiliza cursos de desenho técnico, Planejamento e Controle de Produção (PCP) e da ferramenta Solidworks. O objetivo é capacitar os alunos para atuação em cargos nas áreas administrativa, de recursos humanos e de Engenharia. Mensalmente, quatro jovens ingressam na instituição, encaminhados pelo Senai ou através de seleção de currículos. Eles são acompanhados durante 90 dias pelo supervisor da área, podendo haver a renovação do contrato. Hoje 20% dos funcionários que compõem a empresa são frutos desse projeto.


Sustentabilidade

Sebrae-Ce promove redução do uso de combustíveis fósseis em sua frota de veículos

U

ma pequena mudança de comportamento pode ter um grande impacto para o meio ambiente. Um exemplo disso é a simples escolha do combustível a ser utilizado nos veículos automotores. Segundo um estudo feito por pesquisadores da Embrapa Agrobiologia a utilização de etanol de cana é capaz de reduzir em 73% as emissões de CO2 (principal gás causador do efeito estufa) na atmosfera, se usado em substituição à gasolina. Atento a esta realidade o Sebrae Ceará iniciou um processo de aumento gradativo da utilização de etanol em sua frota de veículos e a consequente redução no uso de combustíveis fósseis. Iniciada em 2018, a mudança já trouxe resultados positivos tanto para a instituição como para o meio ambiente. Antes da implantação da medida, a frota do Sebrae Ceará utilizava uma média mensal de 1.141 litros de gasolina a mais do que etanol. Após a mudança, os veículos da instituição passaram a utilizar um volume total de etanol ligeiramente superior ao de gasolina por mês. Outro resultado conquistado foi na redução da pegada de carbono do Sebrae Ceará. Neste período de um ano, a mudança do uso de combustível permitiu que a instituição deixasse de lançar no meio ambiente

32 - Auto Revista Ceará

um total de 28 toneladas de CO2eq. Este número representa uma redução de 20% de toda a emissão atmosférica do edifício sede do Sebrae durante o ano. Mas para que isso fosse possível, foi necessário todo um processo de gestão da frota de veículos e conscientização dos funcionários, em especial dos motoristas da instituição. O primeiro passo foi orientar os motoristas sobre a importância do combustível alternativo e sobre o papel de cada um nos resultados de redução da poluição atmosférica. O passo seguinte foi a definição de uma estratégia de ampliação do uso do etanol. Para isso, foram estabelecidas metas em relação ao uso em cada veículo, tanto para os deslocamentos na cidade como nas viagens para acompanhar os trabalhos da instituição no interior do estado. Nos abastecimentos para uso dos veículos na capital, foi estabelecido um percentual de abastecimento com 50% de etanol e 50% de gasolina. Já nas viagens, os veículos são abastecidos integralmente com etanol. “Como a nossa frota está constantemente em viagens, esta definição de percentuais diferenciados ajudou tanto para o cumprimento da meta de redução do uso de gasolina, como para evitar um

aumento nos gastos com combustível, pois na estrada a diferença de desempenho dos veículos com etanol e gasolina não é tão significativa”, afirmou Norberto Henrique, assistente da Unidade de Gestão Operacional do Sebrae. O cumprimento destas metas de abastecimento é acompanhado pelo Sebrae através de um sistema de gestão de frota que fornece relatórios em tempo real, o que permite maior controle do consumo de cada veículo. Além disso, esta gestão também tem como princípio uma efetiva manutenção preventiva e corretiva dos veículos, tudo isso visando uma melhor performance no uso da frota. Outro fator fundamental neste processo de redução de emissão de CO2eq foi a escolha dos veículos que integram a frota da instituição. A maior parte dos veículos utilizados pelo Sebrae Ceará possui classificação A do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Instituto Nacional de Metrologia (Imetro). O programa do Imetro tem como propósito permitir que os consumidores comparem a eficiência energética dos veículos de uma mesma categoria para uma escolha consciente, além de fornecer informações sobre o consumo de combustível dos veículos leves comercializados no Brasil


Componente

DO CARRO” Veja informações sobre a carroceria, componente que está diretamente relacionado com a segurança e o conforto dos veículos

O

que lhe vem à cabeça quando ouve a palavra “carroceria”? Palavras como “carroça” ou “carroceiro”, que passam a ideia de coisa antiga ou defasada? Se for isso, reveja seus conceitos, porque o termo, no segmento automotivo, tem mais relação é com muita tecnologia. Mas para entender esse contexto, antes é preciso explicar o que é carroceria de um veículo: tra-

34 - Auto Revista Ceará

ta-se da parte metálica que compõe a sua principal estrutura. É nela que componentes como eixos, motor e suspensão são fixados. Basicamente, os veículos têm dois tipos de carrocerias: as chamadas de monobloco e as que são acopladas um chassi. A diferença entre elas é que a carroceria monobloco, como o próprio nome diz, é uma estrutura inteiriça na qual o piso e o teto

fazem parte de um mesmo conjunto, ligado por colunas. Já na que tem chassi, a parte de baixo, onde fica o piso, é separada da superior. Carros de passeio antigo tinham essa composição, separando chassi e carroceria. O Fusca é um deles. Mas hoje, apenas veículos grandes como ônibus e caminhões adotam essa configuração. Um detalhe curioso é que os chassis podem ser fabricados


A tecnologia nas carrocerias também se faz presente nas chamadas zonas de deformação por uma empresa e a carroceria por outra. Se você entrar no site da Mercedes-Benz Ônibus, por exemplo, vai ver a montadora expondo apenas os seus chassis, nos quais já estão motor, eixos e suspensão. Entendido o que é carroceria, é hora de falar da tecnologia usada em sua fabricação. Como é um dos componentes mais relacionados com a segurança, ela é montada seguindo vários critérios que vão definir sua integridade e a forma como vai se deformar, no caso de uma batida. O primeiro fator é o tipo de solda. Existe, por exemplo, a solda a laser, que permite mais precisão e resistência da união de partes metá-

36 - Auto Revista Ceará

licas. Outro recurso tecnológico é o uso de robôs, que permitem efetuar soldagens mais precisas, rápidas e em pontos que soldadores humanos teriam dificuldade de alcançar. A tecnologia nas carrocerias também se faz presente nas chamadas zonas de deformação. Trata-se de áreas com capacidade de cederem mais facilmente aos impactos de acidentes. Isso permite diminuir o risco de que os componentes metálicos invadam o espaço interior do veículo, onde estão o motorista e os passageiros. Em cada projeto de veículo, a montadora define que tipo de metal vai usar na carroceria e onde vai colocá-lo. Outro componente importante definido pela tecnologia é a rigidez à torção. Ela precisa existir porque, embora quem anda no carro não perceba, sua carroceria é constantemente forçada a “se entortar”, seja por um buraco, uma curva fechada ou até pela distribuição de peso no habitáculo e no bagageiro. As carrocerias atuais, portanto, são projetadas e testadas para torcer o mínimo possível. Além de garantir

a segurança, isso tem relação direta com o conforto, já que veículos mais rígidos fazem menos barulho quando andam. Uma informação curiosa sobre torção de carrocerias é que, nos carros conversíveis, ela se torna um especial desafio. Isso acontece porque o teto e as colunas laterais ajudam a manter a rigidez do carro. Sem eles, a proteção precisa vir de reforços nas laterais e no piso. Esse é um dos motivos, inclusive, que explica o preço mais elevado dos conversíveis em relação às versões com a carroceria completa. Dito tudo isso, é preciso salientar que os veículos formam um conjunto bastante integrado no qual os componentes dependem uns dos outros. No caso da carroceria, a sua manutenção em bom estado precisa de uma suspensão bem cuidada, de pneus adequados e de um modo de condução que considere o fato de que ela não é indestrutível. Em relação a este último aspecto, uma atitude aparentemente inofensiva como passar uma lombada na diagonal, por exemplo, força desnecessariamente a carroceria. Além disso, rebaixar a suspensão faz com que o carro fique mais exposto às forças que vêm do impacto com o solo e isso afeta as suas estruturas metálicas. Por fim, sempre é bom lembrar que embora existam alguns poucos (e caros) veículos com carroceria de alumínio ou de fibra de carbono, materiais resistentes e que não enferrujam, a esmagadora maioria dos veículos (muito provavelmente o seu), tem estruturas compostas por aço. Por isso, para proteger o material da corrosão, sempre é bom lembrar de lavar periodicamente o veículo - incluindo a parte de baixo.


UNIDADE 01

AV. DR. SILAS MUNGUBA, 4521 SERRINHA - (PRÓX. AO SUPER DO POVO)

(85) 3055.0117|98858.4724 UNIDADE 02

RUA PADRE VALDEVINO 1600 ALDEOTA (ENTRE JOSÉ LOURENÇO E RUI BARBOSA)

(85) 3393.1706|99431.8923


Carro dos sonhos

O futuro batendo à porta A Porsche prepara para 2020 seu carro 100% elétrico. O projeto Taycan, derivado do conceito Mission E, prevê potência de 600 cavalos e autonomia de 500 quilômetros

N

ada mais apropriado para uma seção chamada “Carros dos Sonhos” que um modelo que, de tão espetacular e ambicioso, ainda nem chegou à linha de montagem. Apresentamos o Taycan, futuro carro 100% elétrico da Porsche que será fabricado a partir do conceito Mission E. Ele terá lançamento mundial em 2020 e a Porsche do Brasil, em seu site, aceita cadastros de interessados. Não há informações sobre preços, mas encontramos, em sites internacionais, que a expectativa é de que ele seja vendido a partir de 75 mil dólares nos Estados Unidos. Para termos ideia do que esse valor significaria no Brasil, façamos as contas: considerando o dólar a R$ 4,30, dá pouco mais de 320 mil reais. Incluindo os impostos, custos de frete e margem de lucro da montadora, é possível arriscar

40 - Auto Revista Ceará

que o valor chegaria a algo próximo de R$ 1 milhão. Como carros elétricos de alto desempenho são uma novidade relativamente recente no mercado mundial, os modelos desse segmento priorizam outras características, como autonomia e praticidade de uso. Mas como se trata de um Porsche, o Taycan não deve brincar em serviço em termos de recursos adicionais a esses já citados. Alguns números do Mission E, seu “irmão” conceito, mostram o que pode ser esperado: aceleração de 0 a 100 km por hora em apenas 3,5 segundos, potência de 600 cavalos e velocidade de até 250 km por hora. Além disso, ele será capaz de rodar até 500 km com carga total e o sistema de baterias é capaz de receber até 80% da energia total em apenas 15 minutos através de carregamento por indução, sem

cabos. E a bateria também pode ser carregada pela rede elétrica convencional, em postos públicos ou na casa do proprietário. O veículo funciona com dois motores elétricos, um em cada eixo. De acordo com a Porsche, “eles são capazes de transformar energia elétrica em tração com eficiência, uniformidade e alto desempenho contínuo, produzindo relativamente pouco calor. Assim, não necessitam de longas pausas para esfriar”. Isso se dá, segundo a empresa, porque até seus veículos elétricos “precisam ser aptos para os circuitos de corrida”. O sistema de tração integral opera eletronicamente por demanda, transmitindo o torque dos motores de acordo com a dinâmica de condução e a aderência. Como no 911 GT3 e no 911 Turbo, outros modelos da Porsche, todas as rodas giram juntas, para facilitar as


manobras mesmo em altas velocidades. Ainda no quesito esportividade, o projeto Mission E-Taycan tem apenas 1,3 metro de altura e peso cuidadosamente distribuído para um centro de gravidade baixo que garante muita estabilidade. A bateria é integrada no piso inferior e a montadora aproveitou o fato de que carros elétricos não têm sistema de escapamento para tornar a carroceria mais fluida possível. Também contribui para isso a ausência de retrovisores externos, que foram substituídos por câmeras. Uma coisa que a Porsche destaca é que, mesmo com a preocupação com a esportividade, o projeto também quer oferecer espaço interno e conforto para até quatro passageiros. As portas abrem em sentido contrário (as dianteiras para a frente, as traseiras, para trás), para possibilitar mais comodidade ao entrar no veículo. Os quatro bancos individuais foram inspirados nos usados em competições. Isso, ao mesmo tempo, contribui para reduzir o peso e oferecer a todos os ocupantes um apoio lateral para deixá-los mais bem acomodados, caso o motorista queira se “divertir”

um pouco com a velocidade do carro. O painel de instrumentos integrado exibe cinco funções em uma tela OLED: Porsche Connect, Performance, Drive, Energie e Sport Chrono ou Track. Os mostradores podem ser vistos pelo motorista em várias posições, para evitar que, caso ele se movimente, o volante esconda informações importantes. Além disso, graças a um sistema de rastreamento do olhar via câmera, sensores sabem sempre para qual instrumento o motorista está olhando. Somente por gestos intuitivos, o motorista ou o passageiro ao lado podem comandar funções como rádio, navegação, ar condicionado, telefone ou aplicativos específicos do veículo. Para obter o máximo de redução de peso, a Porsche adotou no projeto uma combinação de elementos na carroceria: alumínio, aços variados e fibra de carbono. O único componente onde a fibra de carbono - material usado em carros de competições como a Fórmula 1 que é extremamente leve e resistente - predomina é o habitáculo, para aumentar a segurança dos ocupantes.

Por fim, mesmo não tendo motora a combustão, projeto Taycan-Mission E prevê um sistema de resfriamento, considerando que altas velocidades geram atrito e, consequentemente, calor. Grades de entrada e saída de ar na frente, atrás e nas laterais estão presentes na carroceria, para resfriar motores, bateria e sistema eletrônico.

Auto Revista Ceará -

41


Competição

Q

uantas mulheres você conhece em grandes equipes e competições como Fórmula 1 ou Stock Car? Poucas, não é? Bem, para mudar essa realidade e mostrar que muitas delas gostam do universo automotivo, a Federação Internacional de Automobilismo está conduzindo uma iniciativa chamada Women In Motorsport Commission (algo como Comissão de Mulheres em Esportes Motorizados). Criada em 2009, a entidade tem, entre seus objetivos, demonstrar que mulheres são reconhecidas e respeitadas pela FIA, que os esportes automotivos estão abertos para elas participarem seja como competidoras, chefes de equipe, engenheiras, mecânicas (ou qualquer outra função que desejem), divulgar a participação delas através de mídias e eventos e encorajar as mais jovens a entrarem neste universo.

PORQUE ELAS TAMBÉM GOSTAM DE CARRO Uma série de iniciativas da Federação Internacional de Automobilismo está em andamento para estimular mulheres a participarem mais do universo automotivo

42 - Auto Revista Ceará


A Women In Motorsport Commission tem como embaixadora honorária a francesa Michèle Mouton, piloto de rali que detém o título de primeira mulher a vencer o Campeonato Mundial de Rali, em 1981. A entidade também é representada por outras cinco membros que exercem funções na indústria automotiva ou no automobilismo esportivo como piloto, executiva de equipe e engenheira. Há, também, representantes da entidade em 70 países (incluindo o Brasil). Uma ação de destaque da Comissão é o The Girls on Track – Karting Challenge. Lançada em março de 2018, ela consiste em desafios de slalom (quando são colocados obstáculos na pista e os pilotos têm de andar em ziguezague entre eles) para meninas de 13 a 18 anos em cidades de oito países europeus. A programação do torneio prevê a seleção das três pilotos mais rápidas de cada país para competirem em uma final e destinar as seis melhores para treinar

nas principais instalações da FIA com o suporte de um programa educacional. Outra ação é um documento intitulado “Engineer Your Career – A World of Opportunity in Motor Sport” (que pode ser traduzido como “Inclua Engenharia em sua Carreira - Um Mundo de Oportunidades no Esporte Automotivo”. Segundo a Federação, ele foi especificamente desenvolvido para encorajar jovens mulheres a considerar alguma das engenharias como uma possível profissão. No conteúdo, explicações sobre as alternativas, como Engenharia Mecânica, Aeroespacial, Civil e Elétrica, e a relação que cada uma delas pode ter com o automobilismo esportivo. O documento está disponível em francês, inglês e espanhol. Há ainda a “célula de detecção”, ação criada em 2014 que tem como objetivo identificar mulheres com talento para piloto ou copiloto e ajudá-las a alcançar bons resultados em competições de automobilismo. Como possível desdobramento dessa iniciativa, a FIA considera a criação de uma Academia para Mulheres Piloto, que irá oferecer treinos mais estruturados e oportunidades para as melhores corredoras. Por fim, desde 2011 a FIA incluiu a seleção de uma mulher entre os 51 lugares do CIK Academy Trophy, que seleciona os talentos mais promissores entre pilotos de kart de 12 a 14 anos, em 40 países, para treinar e competir em uma base comum. Para quem se interessou por esta iniciativa e quer ver como anda a política de incentivo para aumentar a participação feminina no universo automotivo mundial, o endereço da Women In Motorsport Commission é www.fia. com/women-motorsport.

Auto Revista Ceará -

43


Novo Olhar Claudio Araujo claudioaraujo@secrel.com.br www.exitotreinamento.com.br

A estratégia do Ponto de Equilíbrio

I

ndicador de segurança do negócio, o Ponto de Equilíbrio (PE) mostra o quanto é necessário vender para que as receitas se igualem aos custos. Ele indica em que momento, a partir das projeções de vendas e custos do gestor, a empresa estará igualando suas receitas e seus custos. Com isso, é eliminada a possibilidade de prejuízo em sua operação. Quanto menor for o PE, significa que a empresa possui os seus custos mais relacionados à operação (custos variáveis) do que à manutenção (custos fixos), ficando mais competitiva e com melhor rentabilidade frente aos seus pares. Entendendo bem como usar esta ferramenta, o empresário pode, de forma inteligente, criar um conjunto de estratégias de competitividade em sua empresa. Primeiro configurando sua engenharia financeira de forma que possibilite diminuir ao máximo o custo fixo da operação, promovendo assim uma antecipação do PE. Identificando o momento em que a empresa o obtém e entendendo bem sua configuração na formação de preço dos produtos, a empresa pode ganhar competitividade comercial. Vamos entender como, a seguir.

44 - Auto Revista Ceará

Toda empresa, seja industrial, comercial ou de serviços, precisa determinar, com precisão seus preços de venda, sob pena de perder mercado (por praticar preços acima da concorrência) ou ter prejuízo com a venda de seus produtos, mercadorias ou serviços abaixo do custo. Basicamente, a formação do preço de venda pode ser simplificada pela equação: Custo Fixos + Impostos + Despesas Variáveis + Lucro = Preço de Venda. Entendendo a formatação do preço de venda e o conceito do PE, chegamos à seguinte conclusão: toda vez que a empresa o atinge, isso significa que seus custos fixos já estão cobertos, logo, em todas as vendas realizadas depois do PE ter sido alcançado, a margem de ganho passa a ser maior. Se, por exemplo, o custo fixo for de 15% e a margem de lucro for de 10%, no momento que a empresa ultrapassa o PE, sua margem passa a ser de 25%, e é nesta hora que entram a inteligência e a estratégia empresarial. O empresário pode criar estratégias de ganho de margem sem alterar os seus preços. Logo, quanto mais cedo atingir o PE, maior será a margem de ganho. Outra alterna-

tiva é aumentar a competitividade e possibilitar o retorno financeiro no volume vendido. Neste caso, o empresário pode desenvolver campanhas de menor preço, divulgar a sua empresa com a imagem de “low cost” e elevar o volume de vendas de seus produtos, ganhando assim uma maior lucratividade. A estratégia de preço só é eficaz em mercados onde exista elasticidade, ou seja, onde o preço é fator chave de sucesso (FCS) junto ao público consumidor como, por exemplo, a venda de pneus automotivos. Conhecer sua engenharia de preço e identificar seu Ponto de Equilíbrio pode ser um diferencial para o negócio. Boa estratégia e ótimo trabalho!


Clássicos

LOCAL DE

MUITAS MEMÓRIAS

Futuro museu no Eusébio irá expor veículos nacionais, quase 2 mil miniaturas de carros, ônibus e aviões e até a réplica de uma estação antiga de trem 46 - Auto Revista Ceará

P

ouco afeito à preservação de sua história, o Ceará terá em breve, se tudo der certo, um novo museu para ajudar a reverter essa realidade. E esta iniciativa, vale ressaltar, deve muito ao automobilismo. O médico Arnóbio Tomaz, colecionador de veículos antigos, está preparando, em um sítio de sua propriedade no município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, as instalações para o local que ele batizou de Old Park - a cidade-antiquário. Lá ficará exposto e aberto para


visitação um gigantesco acervo de objetos que ele acumulou ao longo dos últimos 40 anos. Um dos mais conhecidos antigomobilistas do Estado, Arnóbio tem um histórico de vários anos à frente da gestão do Museu do Automóvel de Fortaleza, local vinculado ao Clube de Automóveis Antigos do Ceará que, com 50 modelos em seu acervo, é a mais importante instalação do Estado para conhecer a história do universo automotivo. Além disso, o médico fundou, em 2014, o Eusébio Classic Car, clube que se reúne uma vez por mês no Shopping Eusébio para expor, gratuitamente, parte dos carros antigos que estão sob os cuidados de vários colecionadores locais. Segundo Arnóbio, uma das principais atrações do Old Park será um galpão, que está na fase de obras, onde ficarão expostos aproximadamente 40 veículos nacionais antigos que fazem parte do seu acervo particular. “Será o Museu do Automóvel Nacional, só com carros como Fusca, Corcel, Opala, Kombi e outros do mercado brasileiro”, explica. Outro ponto de visitação que promete ser interessante é uma seção dedicada a miniaturas. “Tenho 1.850 delas de vários materiais, como

Auto Revista Ceará -

47


plástico, metal, madeira e até cerâmica. A maioria é de carros e ônibus, mas também tem de outros veículos motorizados, como aviões e helicópteros”, revela Arnóbio. Ainda falando de veículos, o colecionador afirma que o Old Park terá a réplica de uma estação de trem antiga com 170 m², trilhos e locomotiva. Essa, aliás, é uma das instalações do futuro museu que já estão prontas. Amante de viagens e promotor de passeios e caravanas periódicos de antigomobilistas para várias partes do Brasil, Arnóbio também irá expor, no Old Park, um enorme acervo de souvenires que acumulou em anos de andanças. “Sempre que viajo, trago uma lembrança do local visitado. Geralmente eu peço, mas se não me dão, em compro. Tudo vai estar no museu”, afirma ele, ressaltando que não faz ideia da quantidade itens disponíveis, por causa do grande volume. O médico acrescenta que apesar da vitrine maior do futuro museu ser o universo dos veículos, muitas outras coisas vão estar expostas. “Serão vários museus em um”, explica. Entre as atrações que estão sendo preparadas, diz ele, estão uma mini cidade, uma exposição relacionada à sua carreira na Medicina e um acervo tendo a imprensa como tema, entre outros.

48 - Auto Revista Ceará

Em relação às instalações, Arnóbio está preparando tudo com a ajuda do filho, que é engenheiro, e promete um local que provavelmente irá colocar o município do Eusébio no roteiro de atrações turísticas do Ceará, com toda a infraestrutura padrão para locais do tipo. Para isso, contam as referências que ele tem após anos viajando para conhecer museus e exposições de veículos por todo o Brasil. Além, claro, de sua experiência à frente do Museu do Automóvel de Fortaleza. Por enquanto, o clima é de preparação do Old Park para a inauguração - cuja data irá coincidir com a aposentadoria do médico, para que ele possa se dedicar mais ao local. Mas sempre é bom lembrar, para quem ficou curioso, que o Museu do Automóvel de Fortaleza e seu rico acervo está em pleno funcionamento. Informações para interessados em visitá-lo podem ser obtidas no telefone 3273-3129.


Feira

MUITO A CELEBRAR Automec recebeu 75 mil visitantes na edição de 2019 e se consagrou como a maior plataforma de negócios do segmento de autopeças nacional

A

14ª edição da Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços (Automec) realizada entre os dias 23 e 27 de abril, em São Paulo, celebrou seu encerramento com vários recordes. O público registrado ultrapassou 75 mil visitantes, as rodadas de negócios nacionais e internacionais somaram R$ 77 milhões e cerca de 62 mil pessoas passaram pelas áreas de formações e experiências, que somaram mais de 4 mil horas de conteúdo. Com o saldo, os organizadores ratificam que esta foi a maior Automec já realizada e o maior evento B2B da América Latina. Foram cinco dias ocupando todos os espaços dos pavilhões do São Paulo Expo e boa parte da área externa do local. Dentro do complexo, mais de 1.500 marcas nacionais e internacionais aproveitaram o contato direto com um público formado por distribuidores, varejistas, reparadores, proprietários de oficinas, montadoras, concessionários e transportadoras.

50 - Auto Revista Ceará

Além do Brasil, o pool de expositores reuniu empresas de países como Alemanha, Estados Unidos, França, China, México, Peru, Romênia, Paquistão, Coréia do Sul e Turquia. “Nosso pavilhão internacional representou 38% da área de exposição. É possível afirmar que tivemos representantes de todos os cantos do planeta”, disse Leandro Lara – diretor da Automec. O público também foi composto por diversas nacionalidades. Capacitação e experiências As atividades voltadas para conteúdo e capacitação, como palestras, debates, cursos e workshops somaram mais de 4 mil horas, quadruplicando o que havia sido alcançado na última edição. O evento deste ano começou com o Encontro da Indústria de Autopeças, que debateu temas como inserção competitiva, o universo de pequenas e médias empresas, painéis sobre o mercado de reposição e visão de futuro e exemplos e experiências de outros países, como México e Argentina.

O conteúdo de alto valor agregado se estendeu a uma das grandes novidades desta edição, a Automec Experience. O espaço apresentou diversas palestras e workshops em uma Área de Conteúdo e Capacitação, que foram conduzidos por especialistas. Com apoio do Senai, foram conferidos certificados dos cursos aos participantes, contribuindo para a qualificação dos profissionais. Outro ponto de destaque na Automec Experience foi a Arena de Influenciadores, liderada pelo Dr. Carro, onde 18 personalidades ligadas à indústria automotiva contaram suas histórias e compartilharam experiências da carreira profissional com os visitantes. Estiveram presentes Cacá Bueno (piloto da Stock Car), César Urnhani (piloto de teste do programa Auto Esporte), Alexandre Costa (Alpha Consultoria) Na parte externa do pavilhão, destaque para a Área Racing e a Drive Experience, onde visitantes habilitados puderam sentir a emoção das pistas.


Auto Revista Cearรก -

51


52 - Auto Revista Cearรก


56 - Auto Revista Cearรก


58 - Auto Revista Cearรก


60 - Auto Revista Cearรก


62 - Auto Revista Cearรก


64 - Auto Revista Cearรก


66 - Auto Revista Cearรก


Evento

Automec Experience Arena Influenciadores Por Alexandre Costa

A

Automec já está consagrada como o maior evento de autopeças da América Latina. Em sua nova casa, no Expo Center em São Paulo, a 14° edição da feira trouxe uma grande inovação para o evento - a Arena Influenciadores. Dentro do conceito de proporcionar o contato do público com os maiores produtores de conteúdo automotivo do País, a ação, promovida pela Reed Exhibitions Alcântara Machado, empresa organizadora da Automec, contou com o patrocínio de fabricantes das autopeças Hipper Freios, Bastos Juntas, Riosulense e Tecfil, que juntamente com o influenciador digital Tales Domingues, o Dr. Carro, levaram para o palco convidados, entre grandes celebridades do setor como o piloto Caca Bueno, Cesar Urnhani do Programa Auto Esporte, e Batistinha, famoso customizador de carros, além de renomados profissionais especializados que compartilharam conhecimento técnico e comercial em vinte e oito palestras para um públi-

68 - Auto Revista Ceará

co que lotou a Arena em todos os dias do evento. Hoje tenho motivos para crer que essa edição representou o que será a Automec daqui pra frente, o que a faz mais importante de todos os anos, não desmerecendo as edições anteriores, mas é certo que a iniciativa de abrir para o grande público a vivência de experiências que vai muito além do simples conceito de feira, ira mudar o modelo do evento nos próximos anos. Na edição desse ano os visitantes tiveram acesso a atrações muito mais imersivas, de compartilhamento de conhecimento e interação. O Automec Experience é algo totalmente novo, que trás sob seu conceito a criação de espaços customizados para cada segmento de atuação profissional. Ao todo for am

seis áreas destinadas a compartilhar com o público conhecimento prático do setor automotivo. Dentre as áreas de conhecimento estavam a oficina para veículos leves com amostra de equipamentos para reparação, oficina do futuro com as tendências de tecnologia para os próximos anos, oficina de personalização com as mais modernas técnicas de customização automotiva, a oficina de colisão voltada aos profissionais que atuam com funilaria e pintura, oficinas de pesados destinada ao segmento e veículos comerciais e oficina de motos voltado ao segmento de duas rodas. Além disso, ainda dentro do conceito Experience, uma área foi dedicada ao compartilhamento de conhecimento com alguns dos mais importantes profissionais do setor. A Arena Influenciadores levou ao grande público dicas e informações relevantes para o negócio de oficinas repassadas diretamente pelos maiores produtores de conteúdo automotivo do País. Foram quinze especialistas em trinta palestras tratando dos mais di-


versos temas, onde o público esclareceu dúvidas diretamente com cada influenciador. Essa iniciativa é inédita e nunca antes realizada em um evento dessa proporção. Sinto-me particularmente realizado profissionalmente, pois fiz parte desse grande evento que é a Automec, onde fui um dos palestrantes convidados a participar da Arena Influenciadores e pude dar minha contribuição para abrilhantar ainda mais esse importante evento. E isso resume tudo, A Automec a partir de agora, deixa de ser um evento realizado por uma única empresa e passa a ser uma feira construída a várias mãos !

Palestrantes da Arena Influenciadores 2019:

Caca Bueno - Piloto Cesar Urnhani- Apresentador Batistinha - Customizador Thais – Coisa de Menina Nada Roberto Rualonga - Tecfil Tales Domingues –Doutor Carro Jairo Cesar - Riosulense Marcelo Laurentino - Riosulense Anderson Almeida Mario Ishi – Ishi Ar Cristiano – Rei dos carros Barbara Brier – Oficina Amiga da Mulher Eduardo Tessmann - Remofer Diego Riquero - Bosch Carla Prado - Ditailer Alexandre Alpha – Alpha Consultoria Daniel Mecfire Everson Boer - Doutor Macete Pedro Scopino Júlio Padronize Fabricio – Olho no óleo

70 - Auto Revista Ceará


Capacitação

Missão do SSA e do Sebrae-CE leva empresários cearenses a São Paulo Representantes do setor local de autopeças visitaram empresas para trocar informações e assistir palestra sobre gestão de negócios

U

m grupo composto por 15 empresários cearenses participou de uma Missão Empresarial organizada pelo Sistema Sincopeças Assopeças Assomotos - SSA, com o apoio do Sebrae, dias 25 e 26 de abril, em São Paulo. O presidente do SSA, Ranieri Leitão, comandou a comitiva ao lado do articulador do Sebrae, Joviano Gonçalves. A atividade integra o Programa de Fortalecimento do Setor Automotivo no Ceará, iniciativa do SSA e Sebrae. A Missão contou com a participação dos empresários: Alberto Jorge Coelho (Oficina O Coelho), Arthur Castelo Branco (ACB Auto Service), Cláudio Holanda (Sertões Off Road), Fred Pinho (800 Auto), Ma-

ria Afonsina Costa e Lucas Costa Pereira (Autotrack Diesel), Mirlla Wladia Cavalcante (The Car Autocentro),  Rafael Frota (Oficina DuFrota), Oton Costa da Ponte e Pedro Rolim Dias (Rally Auto Center) e Patrick de França (JS Distribuidora). No grupo, representantes das Redes Associativas Multi Autos & Off Road e Caripeças.

Além de participar da Automec 2019 com encontros oficiais nos stands da SKF, Gates e Denso, a programação incluiu visitas às empresas AutoZone, Perfect, Mercadocar, EuroRepar e SK Automotive, onde os empresários assistiram à palestra “Gestão de Negócios”, ministrada por Flávio Portela.

72 - Auto Revista Ceará


Humanas Por Danielle Luz Psicóloga com sólida experiência em implantação estratégica de RH, Desenvolvimento Humano e Organizacional e Consultoria interna de RH (Business Partner); MBA em Gestão de Pessoas e Gestão Empresarial; Gestora de RH do Grupo Padre Cícero e Diretora da LuzRH Consultoria.

Anatomia do Conflito Organizacional: quem tem razão na busca da verdade?

E

stima-se que durante os últimos 5.000 anos ocorreram cerca de 14.500 guerras. E há um estudo segundo o qual houve apenas 286 anos de paz no mundo, nos últimos 3.400 anos de história. Resguardadas as proporções, o ambiente organizacional tem sido, sim (não caberia outra opção), lugar de confronto e oposição de ideias. Lembro agora da máxima “Mudar exige confronto” e agradeço quem indicar a autoria de tão claro posicionamento. Mudar os papéis, os comportamentos e a cultura organizacional faz parte daquilo que buscam as empresas (e as pessoas) que entendem a mudança como fator de primeira necessidade, hoje, para se manterem vivas. E no calor de querer ser tão inovador quanto buscam ser as empresas, esperando reconhecimento, vemos a figurinha repetida do colaborador que tem A Verdade. Sim, imagine como é confortável possuir tal riqueza! Não pode ser diferente que ele precise revelá-la e defendê-la: faz parte do seu papel. Daí, do outro lado do setor, naquela mesa de canto pertinho do café, temos um colaborador que ouvirá essA Verdade e pensará: “Hum....mas isso não é bem assim!”. Hegel dizia: “As tragédias verdadeiras no mundo não são conflitos entre o certo e o errado. São conflitos entre dois direitos”. Há quem concorde que é preciso

74 - Auto Revista Ceará

tomar uma decisão e, diante dela, posicionar-se. Mas há quem pense no valor do desvelamento do conflito. E mais ainda, diferenciado se torna aquele colaborador que DESEJA VERDADEIRAMENTE ser o mediador dos conflitos organizacionais. Você já ouviu falar em Engenharia de Mapeamento de Conflitos? Mapas podem ser desenhados de várias maneiras para demonstrar posições, necessidades e interesses das partes envolvidas nos conflitos.

O Mapeamento tenta representar o conflito, dividindo-o em três aspectos para facilitar nossa análise: pessoas, processos e problemas. Sugere-se que cada aspecto seja analisado separadamente, devendo responder a várias e importantes questões: No âmbito Pessoas: Que grupos e pessoas estão envolvidos no conflito? Qual é a estrutura de liderança de cada grupo? Quais são seus interesses? Como eles percebem a situação? Qual o relacionamento entre os atores?

No âmbito Processos: Como são os processos de relacionamento, liderança e comunicações? Qual é o histórico do conflito? Quais são os fatos condutores de futuros? No âmbito Problemas: Quais são as áreas comuns de interesse? Quais as áreas de incompatibilidade? Qual o resultado mínimo para satisfazer as partes? Que recursos utilizar? Pela minha experiência profissional, acredito que conflitos não podem ser totalmente eliminados, porém podem ser minimizados ou resolvidos. Gosto de enumerar que as estratégias de resolução de conflitos incluem 3 possibilidades, a saber:

Assumo a posição e defendo: ignorar e dissipar o conflito é uma tática que considero questionável, porque raramente se identificam e se discutem as fontes e causas dos conflitos. Como consequência, o problema poderá ocorrer novamente. A estratégia da confrontação é a que julgo mais adequada porque enfoca justamente as causas e os possíveis mecanismos que realmente podem diminuir o conflito.


Motivos para anunciar na Auto revista Ceará 1. Revista é importante fonte de informação e análise. 2. Impactar os seus atuais e potenciais clientes. 3. Divulgar seus produtos e serviços. 4. Fortalecer sua atuação no mercado. 5. Leitores de revista têm poder de compra.

6. Revista é o primeiro passo para criar o hábito de leitura. 7. Os leitores de revista valorizam a publicidade. 8. Revista gera credibilidade para produtos e marcas. 9. Desenvolver novos canais de distribuição e relacionamento. 10. Revistas duram mais. Seus anúncios, também.

Auto Revista Ceará

autorevista_ce

www.autorevistaceara.com.br (85) 3038.5775


Recursos Humanos Izabel Bandeira Psicóloga e coach izabelband@hotmail.com

É preciso pensar fora da caixa Essa frase é uma das mais usadas no mundo dos negócios, supõe-se que significa pensar de forma inovadora, criativa, ou seja, sair do quadrado

T

odos os dias ouvimos nas organizações o quanto é necessário para a sobrevivência dos negócios um pensar diferente, mas infelizmente ainda estamos longe de conquistar esse grande potencial que o homem tem, que é a sua capacidade criativa. Pensar fora da caixa significa usar de todo o seu potencial criativo, sem restrições. No entanto, fomos educados a seguir padrões, a obedecer e continuar repetindo as ações que estão dando certo. Não é a toa o ditado “em time que está ganhando, não se mexe” ser tão forte na nossa cultura. O novo cenário exige que as pessoas comecem a expressar seu potencial criativo como uma forma de mostrar o quão estão respondendo em qualidade. Mas muitas vezes não oferecemos um ambiente propício para encorajarmos as pessoas a sentirem-se confiantes e exercitarem seu potencial no dia a dia. Como podemos tornar possível essa mudança de comportamento para nós e para a equipe? Aceitando novos desafios, como diz o outro ditado, “quem não arrisca

84 - Auto Revista Ceará

não petisca”. Saia da zona de conforto e busque novas maneiras de pensar e agir, ofereça oportunidades para os erros, escute mais, observe mais, interaja mais com pessoas e negócios diferentes, porque desses contatos podem surgir novas ideias. Amplie sua visão fazendo perguntas inteligentes, e por fim, vença seus bloqueios emocionais. Faça um movimento de sair da situação como se ela não lhe pertencesse e assim terá uma visão mais racional e com novas possibilidades. Lembre-se que para

obter resultados diferentes é necessário ter atitudes diferentes. Desperte e desenvolva em você e na sua equipe a capacidade criativa, permitindo que o ambiente se torne propício com leveza, harmonia, colaboração e humildade, para que todos se sintam confiantes e pertencentes ao novo modelo de negócio. Com certeza, isso trará um sentimento de realização e sustentação saudável da organização. Boa sorte!


Novo Mercado Alexandre Costa Cconsultor especializado em inovação para o setor automotivo, palestrante e diretor da Alpha Consultoria alpha@alphaconsultoria.net

Sim, sua empresa pode ser a número um do segmento! Entenda como é possível elevar sua empresa à categoria de número um do mercado

E

m qualquer prova esportiva ou competição sempre há um vencedor. Aquele que venceu os demais, aquele que conquistou o título de “melhor” entre todos. Nos negócios isso não é muito diferente. Sempre há aquelas empresas que conquistam o título de número um no seu mercado! Normalmente, esse título é dado a grandes empresas, que possuem gigantescas verbas de marketing ou recursos financeiros imensos para conseguir galgar esse posto. E, por trás da coroação do primeiro lugar, há algo de muito cruel. Seja nos esportes ou nos negócios, ninguém se lembra do segundo lugar. Isso é fato! Faça um breve exercício mental. Pense em qualquer grande competição ou campeonato: nós apenas nos lembramos de quem conquistou o título, e mais nada! O vice campeão fica sempre renegado a um segundo plano. Essa posição, inclusive, é conhecida como

86 - Auto Revista Ceará

o campeão dos perdedores. Por isso tantas empresas lutam para serem as líderes em seu mercado. Em uma cultura que só privilegia o vencedor, torna-se primordial ser o primeiro. Afinal não há propaganda mais positiva para seu público alvo que ser reconhecida como a número um! Além do que, esse é o melhor caminho para ela ser lembrada por seus clientes. Mas a pergunta que dá o mote desse artigo é justamente a que precisa ser respondida. Como ser o número um naquilo que se faz? Principalmente nos dias de hoje, em que temos um mercado grande e competitivo, isso não será uma tarefa fácil, é verdade. Mas há um caminho, talvez menos intenso e doloroso, e isso independe do tamanho de sua empresa ou de seus recursos financeiros. Chama-se nicho. Isso mesmo: para ser o número um em qualquer mercado competitivo, o segredo é buscar um nicho ou

um segmento específico de atuação. Isso irá limitar o número de concorrentes e colocar a empresa em destaque nesse grupo. Se for possível, crie subnichos, até que sua especialidade torne o negócio único ou o melhor no que faz. Por exemplo, sua empresa pode não ser a melhor na venda de peças para veículos, mas talvez a melhor no comércio de peças para veículos importados (nicho) ou a maior na revenda de autopeças para veículos importados asiáticos (subnicho). Outro caminho é posicionar sua empresa regionalmente para, por exemplo, ser a maior de sua cidade. Isso com certeza é um título mais fácil de conquistar que o da maior do País, não é verdade? Pense nisso. Afinal, quem escreve esse artigo é o fundador da primeira empresa de consultoria do Nordeste (nicho) especializada no segmento automotivo (subnicho). Fica a dica!!


O RN AL D E E CI S CA P T O ES MO

HONDA GL 1800

GOLD WING FEITA PARA IMPRESSIONAR

HONDA PCX 150: MUDANÇAS PARA MELHOR


Conta-giros

Motos

Jaqueta para mulheres motociclistas A Laquila, distribuidora e importadora de peças e acessórios para motocicletas, trouxe para o Brasil a linha Storm de jaquetas para o público feminino. Da marca Texx, ela é inspirada na modelagem italiana e nas tendências esportivas europeias. A novidade conta com os protetores Evolution Texx, certificados com a marcação CE (indicativo de conformidade obrigatória para produtos comercializados na Europa), que avalia aspectos de segurança durante a pilotagem. Além de apresentarem dos detalhes em metal na frente e nas costas, as jaquetas contam com acabamento em Neoprene para evitar irritação na pele e tecido elastano na parte interna dos braços para mais conforto das motociclistas.

Vai de moto? Vá com segurança Segundo dados da Seguradora Líder-DPVAT, responsável pelo seguro obrigatório para os acidentados do trânsito, dos 90 mil casos de indenizações em acidentes graves com vítimas, quase 80 mil envolvem motociclistas. Eles também são 6 mil dos 9 mil mortos nesses acidentes. Como o comportamento do próprio motociclista conta muito para essas estatísticas, o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) relaciona algumas atitudes que podem ajudá-lo a fazer seus deslocamentos com segurança. Confira algumas: reduzir a velocidade antes dos cruzamentos, evitar ziguezague entre veículos, usar capacete bem afixado, manter o farol sempre aceso, sinalizar todas as manobras e respeitar sempre as leis de trânsito.

Tecfil Racing Team: nova temporada do Superbike Brasil A equipe Tecfil Racing Team, participou da 3ª etapa do SuperBike Brasil, um dos maiores campeonatos de motovelocidade das Américas. Patrocinada pela Tecfil desde 2014, a equipe já acumulou, desde então, 11 vitórias na primeira posição. No ano passado, entre outras conquistas, Danilo Lewis venceu o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade na categoria 1.000 cilindradas Pró e sagrou-se tricampeão paulista Motors Company, enquanto o piloto Marcio Bortolini venceu o Campeão Brasileiro de Motovelocidade, e Luís Ferraz, o Campeonato Paulista, na categoria de 600 cilindradas.

Magnetron investe no mercado de baterias para motocicletas A empresa paranaense Magnetron, passa a comercializar sua linha inédita de baterias para motocicletas. Composta por quatro modelos, a série atende à grande maioria das motos mais comercializadas no país. As baterias têm a tecnologia VRLA (Valve Regulated Lead Acid), um mecanismo que elimina o risco de explosões. Já a tecnologia AGM (Absorbed Glass Mat) possibilita a instalação da bateria em qualquer posição, sem risco de vazamento. Jeferson José Sousa, CEO da Magnetron, explica como foi feita a concepção dos novos produtos: “Essa linha de baterias surge após quatro anos de uma cuidadosa análise de mercado. Nossa equipe se preocupou com cada detalhe, porque queremos oferecer um produto que reflita a qualidade da marca. Com isso, nossos clientes podem ter certeza de que estão conectando componentes elétricos e mecânicos Magnetron em baterias com a mesma qualidade e garantia”.

88 - Auto Revista Ceará


Moto dos sonhos

Feita para Honda GL 1800 tem motor 1.8 de 126 cavalos, câmbio automático e preço sugerido a partir de R$ 156.550,00 na versão top de linha

R

odando pelo mundo desde 1975, quando foi lançada a primeira versão, a Honda GL 1800 Gold Wing está com mais uma nova geração no mercado. Disponível em duas opções (Gold Wing, com preço sugerido de R$ 136.550,00, e Tour, a partir de R$ 156.550,00, a moto está mais compacta e leve que a versão anterior (-39 kg na Gold Wing e -18 kg na Tour). Também ganhou motor mais potente (126 cv contra 118 cv) e com mais torque (17,34 kgf.m ante 17,0 kgf.m). A seguir, uma descrição mais detalhada do modelo top de linha Tour. O motor pode ser ajustado de acordo com quatro diferentes modos de condução: Tour, Sport, Econ e Rain. Outros recursos tecnológicos são acelerador eletrônico, controle de

90 - Auto Revista Ceará


tração, assistente de partida em subidas e o sistema Start&Stop. O câmbio é o de dupla embreagem DCT (Dual Clutch Transmission) com sete marchas. Com ele, o piloto tem a opção de usar um modo totalmente automático ou mudar as marchas manualmente através de comandos “+” e “–” no punho esquerdo do guidão. O câmbio ainda oferece a modalidade “Walking Mode”, que movimenta a motocicleta em velocidade limitada (1,8 km/h à frente e 1,2 km/h em marcha a ré) para auxiliar nas manobras de estacionamento. A suspensão dianteira e a trasei-

ra dispõem de regulagem eletrônica automática que obedece o modo de condução selecionado pelo piloto. É possível intervir na regulagem da pré-carga da mola do amortecedor posterior através de um comando elétrico. São quatro as opções de ajuste consoantes à utilização: só piloto, piloto+bagagem, piloto+passageiro e piloto+passageiro+bagagem. No quesito segurança, os sistema de freios é o D-CBS (Dual Combined Braking System) com ABS, que distribui a potência frenante nas duas rodas de acordo com o ajuste do modo de condução. Além disso, o modelo vem com air bag de série. Os assentos são individuais para piloto e passageiro e nas malas laterais há capacidade de transportar até 110 litros. No cockpit se destaca o painel com tela TFT colorida de 7 polegadas, que oferece informações sobre a regulagem de suspensão, o piloto automático, (Cruise Control), os sistemas de áudio, de navegação e o controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control). O sistema de áudio, vale ressaltar, é compatível com o Apple CarPlay e tem conectividade via porta USB e Bluetooth.

PRINCIPAIS RECURSOS • Sistema de gestão e controle do aquecimento e dos fluxos de ar • Para-brisa regulável eletricamente variando inclinação e altura • Cruise Control (piloto automático) de ação gradativa com sistema TBW (Throttle By Wire) • Top box para dois capacetes integrais • Display TFT de 7” com informações completas de áudio e navegação • Sistema de áudio com Bluetooth e USB e compatível com Apple CarPlay • Smart Key com comando para abertura de malas laterais e top box • Chassi de alumínio • Regulagem eletrônica das suspensões com base no modo de condução • Pré-carga da mola/amortecedor traseiro regulável eletricamente (Tour) • Freios combinados D-CBS (Dual Combined Braking System) com ABS • Motor boxer 6 cilindros de 1.833 cc e cabeçotes de 4 válvulas • Acelerador eletrônico TBW (Throttle By Wire) e 4 modos de condução • Controle de tração HSTC (Tour) • Start&Stop com sistema ISG (Integrated Starter Generator) • Sistema HSA (Hill Start Assist) para saídas em subida • Câmbio DCT (Dual Clutch Transmission) com 7 marchas (Tour) • Função ‘Walking Mode’ para manobras de estacionamento

Auto Revista Ceará -

91


Scooter

Mudanças para melhor Honda PCX 150 2019 ganhou novo design e itens de conforto e segurança, além de porta-capacete mais espaçoso

A

scooter Honda PCX 150 chegou à sua 3ª geração com muitas novidades, mas preservando características como economia de combustível e facilidade de pilotagem. Para a versão 2019, os destaques são a nova suspensão traseira, pneus mais largo, Smart Key, ABS, painel digital, iluminação por LED e presença do DRL - Daytime Running Light, ou luzes de rodagem diurna. Com o Smart Key System de chave presencial, basta portar o sensor para que o botão localizado à direita no escudo frontal libere a trava do guidão e ignição, assim como a tecla que opera a abertura do assento e da tampa do bocal de combustível situ-

92 - Auto Revista Ceará

ada no túnel central. Do lado oposto ao botão de trava/ignição há um porta-objetos com tampa, dotado de tomada 12V e capaz de abrigar um smartphone e outros objetos. Nas versões Sport e DLX, a PCX agora conta com a tecnologia de freio antitravamento ABS, que evita o bloqueio da roda dianteira, e freio a disco na traseira. Na PCX 150, modelo de entrada, foi mantido o sistema de freios CBS (Combined Brake System), com disco na dianteira e tambor na traseira, desenvolvido para condutores novatos pela específica característica de um único comando, o manete da esquerda, para frear as duas rodas e o manete da direita exclusiva para o freio dianteiro. No novo painel digital, a porção central oferece leitura do velocímetro, que ocupa a parte superior da tela LCD – mais de 50% da área – enquanto na parte inferior estão posicionados o marcador do nível de combustível, computador de bordo, odômetro e relógio. Duas áreas laterais servem de moldura à tela principal do painel e trazem as luzes-alerta e os indicadores das luzes de direção acionadas. Já a capacidade do compartimento, destinado a abrigar um capacete integral e outros objetos sob o assen-

to, cresceu em cerca de 1 litro, agora alcançando um total de 28 litros. O tanque de combustível tem 8 litros de capacidade, o que dá à PCX uma autonomia de mais de 380 km – segundo dados aferidos ao Instituto de Pesquisas Mauá, com consumo urbano médio de 47,5 km/l. A PCX é equipada com o motor de 149,3 cm³ 4 tempos a gasolina e com a transmissão automática continuamente variável CVT (V-Matic). A potência máxima é de 13,2 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,38 kgf.m a 5.000 rpm. Um destaque é o sistema Idling Stop de desligamento automático do motor em situações cotidianas, como uma parada em semáforo, com partida automática imediata após acionamento do acelerador.

Preços 150 R$ 11.620,00 150 DLX R$ 12.990,00 150 Sport R$ 12.990,00


União

Motociclismo levado a sério Motoclube cearense realiza atividades para divulgar a paixão pelo universo de duas rodas e atividades sociais, de educação no trânsito e de consciência ambiental

L

egalizada em março de 2016, a Associação de Motociclistas Moto Clube Rota 100 Fronteiras (R.1.F.) já fazia sua história três anos antes - mais precisamente agosto de 2013, quando foi fundada. Desde o início de suas atividades, a agremiação busca ser um instrumento de organização e promoção da melhoria de qualidade de vida dos motociclistas do Ceará e da população do Estado. Para promover a fraternidade e a irmandade entre motociclistas, a associação organiza viagens, reuniões e eventos ligados ao universo de duas rodas, como campanhas de educação no trânsito. E para além das fronteiras do mundo das motos,

94 - Auto Revista Ceará

também são realizados eventos de cunho social como doação de sangue, trabalhos filantrópicos em comunidades carentes e campanhas educativas sobre a preservação do meio ambiente, entre outros. A dedicação às demandas específicas dos motociclistas, obviamente, é prioridade para o a R.1.F. Contudo, os membros da associação têm plena consciência da necessidade de atuar em diversos desafios que dizem respeito ao conjunto da sociedade cearense. É por isso que eles promovem e participam de várias atividades sociais. É possível citar, entre os exemplos de ações, o “Rota na Praça”, uma iniciativa que reúne mensalmente dezenas de motoclubes, motogrupos e motociclistas independentes em uma praça de uma cidade da Região Metropolitana de Fortaleza. Nessas ocasiões, é feita arrecadação de alimentos para serem doados a uma instituição daquela cidade onde o evento foi realizado. Há também o “Rota na Escola”, projeto que leva palestras sobre o motociclismo a instituições de ensino públicas e privadas e, em linha semelhante, o “Rota na Empresa”, que promove palestras sobre segurança no trânsito.

O Rota 100 Fronteiras é um dos poucos motoclubes legalizados no Ceará e tem 15 membros, entre escudados e portadores de meio escudo (categorias que definem o nível hierárquico dentro do clube). Além disso, apesar do grupo ser cearense, tem um membro escudado em Teresina, no estado vizinho do Piauí. Em seus quase seis anos de existência, a entidade vem escrevendo uma bela história e já é conhecida e reconhecida por seus trabalhos sociais. Porém, acima de tudo, conquistou respeito no círculo de motogrupos e motoclubes por sua atuação e dedicação às demandas do segmento e por fazer o mais importante, que é disseminar a paixão dos amantes de duas rodas que é o motociclismo.


Perspectiva de Mercado Flávio Portela Executivo e palestrante. Formado em Administração de Empresas com MBA em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral-SP flavio.portela@globo.com

Investimentos no Setor Automotivo. Oportunidades, nós temos!

N

ão teremos uma recuperação rápida da nossa economia. Para reconstruir tudo que foi preparado para dar certo apenas para poucos, será uma tarefa difícil para o nosso Presidente. A ética ainda sofre pelas “amarras” de uma sociedade acostumada a ajudar quem te ajuda. Crescer no Brasil é para fortes. Ser empresário, gerar empregos e promover desenvolvimento econômico e social é para bravos guerreiros. Pessoas de bem continuam a acreditar e trabalham duro para a retomada, e isso nos fortalece. Em breve seremos uma nação com grande futuro, porém, precisamos como brasileiros criar o hábito de ver o lado cheio do copo. A proposta apresentada pelo Ministro da economia, apresentada para a aprovação no congresso e senado para a reforma da previdência, impulsionará nosso desenvolvimento. Gigantes mundiais que operam no Brasil já entenderam que estamos no caminho certo e prevendo um País recuperado a médio e longo prazo, com uma demanda reprimida, anunciam um grande volu-

me de investimentos. Honda, GM, FCA, VW, Scania, são os melhores exemplos. Juntas anunciaram investimentos de 25 bilhões no país em modernização das suas unidades de produção para os próximos 5 anos. Este ano a Automec foi uma perfeita demonstração da força da reposição automotiva no Brasil. Com 1.500 expositores, o evento apresentou ao mercado grandes novidades e projetos de investimento dos fabricantes de Autopeças e serviços, que apostam incondicionalmente no nosso segmento. No mundo, a busca por competitividade, produtividade e tecnologia, movimentam grandes grupos. Precisamos ficar atentos, pois os impactos serão rápidos no Brasil. A Renault demonstrou grande interesse na proposta de fusão apresentada pela FCA. A proposta consiste em 50% das ações para cada grupo e, mundialmente nasceria com imediata presença no mercado, o terceiro maior grupo automobilístico, com vendas de 8,7 milhões de veículos anuais. Este novo grupo só ficaria atrás de VW (com

10,6 milhões de veículos) e Toyota (com 10,59 milhões de veículos). A Renault vendeu no último ano, 3,9 milhões de veículos, a Nissan 5,65 milhões e a Mitsubishi Motors 1,22 milhões. A Fiat Chrysler, que tem 13 marcas (incluindo Jeep, Alfa Romeo, Dodge, Ram ou Ferrari), vendeu 4,8 milhões de veículos em 2018. No Brasil com esta fusão, o grupo FCA - Renault, seria líder com 26% do mercado interno. A FCA acabou de divulgar investimento da ordem de 8,5 bilhões no Brasil até 2024, na sua nova fábrica de motores turbos em Betim - MG. Ao todo serão 16 bilhões em investimentos, com 7.5 bilhões investidos na Jeep em Pernambuco. A VW e a Ford estão se aliando mundialmente para um novo mercado automotivo. Hoje já estão dividindo plataformas, com por exemplo da nova Picape VW desenvolvida a partir do projeto da Ranger, que será lançada no Brasil ainda este ano. O mundo muda rapidamente com os veículos Elétricos, híbridos e autônomos. Todos prontos? Apertem os cintos!

Auto Revista Ceará -

95


Conta-giros

Truck

Paulista é eleito Caminhoneiro do Ano O tradicional concurso “Caminhoneiro do Ano” premiou Kleber Pereira da Silva Krebs, 38, com um caminhão no valor total de R$ 260 mil. Neste ano, a participação na competição foi vinculada exclusivamente à compra de produtos ou serviços na Rede Siga Bem. As regras eram as seguintes: a cada R$ 500 consumidos, o motorista poderia se cadastrar na promoção e receber um código para responder algumas questões online. Foram 107 mil e 676 códigos distribuídos nessa edição. Natural de São Paulo, Krebs mora em Paulista (PE) e é caminhoneiro há seis anos.

Caminhão Axor O extrapesado Axor 3131 8x4 foi uma das grandes atrações da MercedesBenz na Agrishow 2019, feira de tecnologia agrícola realizada em Ribeirão Preto, São Paulo, entre 29 de abril e 3 de maio. “O Axor 3131 é o caminhão de direção autônoma para transbordo de cana com a maior capacidade de carga líquida do mercado brasileiro, chegando a até 20 toneladas. Além disso, sua utilização em substituição a tratores agiliza o processo de transbordo dentro das fazendas, trazendo mais produtividade, menos consumo de combustível e menor custo operacional”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Meritor apresentou novos serviços na Automec Serviços e soluções. Estes foram os destaques que a Meritor, fabricante de eixos e sistemas de drivetrain para veículos comerciais, apresentou na Automec 2019. Com estande de 150 m², a empresa trouxe para o evento duas novidades que vão fortalecer, ainda mais, a interação entre a marca e seus clientes. A primeira delas foi o Meritor Conceito, display interativo que proporciona informações técnicas e detalhes do eixo modelo MS-240 e permite que o cliente observe o produto em tamanho real. A segunda novidade foi o serviço de Vendas Consultivas, que ajudará o distribuidor a gerenciar melhor seu estoque de peças.

Volkswagen expande linha de caminhões semipesados Oferecidos com o pacote Robust e itens que seguem o conceito “menos você não quer, mais você não precisa”, os caminhões Constellation 24.260 e 17.260, de acordo com a Volkswagen, “se traduzem na oferta ideal para quem busca custo de aquisição menor, robustez e alta disponibilidade sem abrir mão do conforto”. Eles são equipados com o motor MAN D08, que tem potência de 256 cavalos, torque de 900 Nm e dispensa o abastecimento com Arla 32. A transmissão é a Eaton de seis marchas.

96 - Auto Revista Ceará


Potentes

“Supercaminhão” e modelo “todo terreno” Veículo para uso no setor canavieiro e modelo com grande capacidade de carga e força para rodar on e off road foram apresentados pela Volkswagen na Agrishow 2019

A

VW Caminhões e Ônibus apresentou, durante a Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow), realizada de 27 Abril a 1º de maio em Ribeirão Preto (SP), seu primeiro protótipo de caminhão canavieiro. O Constellation 31.280 8x4 tem, de acordo com a montadora, “dimensões e especificações técnicas para conferir robustez a toda prova”. Ele tem eixos dianteiros tubulares com capacidade total de 8 toneladas e bitola de 3 metros. O protótipo traz pneus de alta flutuação “que minimizam dano à lavoura e aumentam a tração e o desempenho na operação”, segundo a Volkswagen. Conta ainda com transmissão automática, direção hidráulica com assistência eletrônica e sistema de auxílio de partida em rampa. O motor é o MAN D08 de 6,9 litros, seis cilindros, potência de 277 cavalos, 1.050 Nm de torque e tecnologia EGR (Recirculação de Gases de Es-

98 - Auto Revista Ceará

cape), que dispensa o Arla 32. Entre os itens que adaptam o Constellation 31.280 8x4 à operação no segmento sucroalcooleiro estão grade de proteção frontal “quebra mato”, escapamento vertical, pré-filtro agrícola, proteção inferior do radiador “peito de aço”, protetor de alternador contra palha, protetor térmico das tubulações do sistema pneumático (freio) e chicote elétrico e tomada de força, entre outros. Outra novidade apresentada na Agrishow pela empresa foi o Cons-

tellation 15.190 4x4. Com “força para rodar em qualquer terreno e capacidade de vencer subidas extremas”, informa a Volkswagen, o modelo tem peso bruto total combinado de 27 toneladas e entrega 186 cavalos de potência com o motor MAN D08 de quatro cilindros e peso reduzido peso. Além disso, não requer abastecimento de Arla 32, o que “simplifica sua logística em locais sem infraestrutura de abastecimento e diminui os custos operacionais”, de acordo com a montadora.


TABELA

PREÇOS SEMINOVOS

O

MeuCarango é o site automotivo Nº1 do Nordeste. Nosso banco de dados é um dos mais atualizados e utilizados para a precificação de veículos 0km, seminovos e usados em todo o país. Os valores publicados fazem parte do Índice WebMotors, que é tabulado a partir de critérios estatísticos e com base nos anúncios de veículos praticados no portal. O MeuCarango conta com mais de 17 mil anúncios ativos, sendo o maior acervo deste tipo na região. As informações aqui publicadas devem ser consideradas apenas como referência e são de propriedade do Grupo WebMotors, sendo vedada a sua reprodução sem o consentimento da marca.

Marca/Modelo

Versão

2016

2017

2018

2019

Marca/Modelo

Audi A1

1.4 Tfsi sportback 16v gas 4p s-tronic

R$ 78.633

R$ 105.900

A3

1.4 Tfsi sedan 16v flex 4p tiptronic

R$ 83.158

R$ 95.714

R$ 112.738

1.4 Tfsi sedan 16v gas 4p s-tronic

R$ 80.936

1.4 Tfsi sedan 16v flex 4p tiptronic

R$ 80.400

R$ 95.808

R$ 110.627

1.4 Tfsi sedan 16v gas 4p s-tronic

R$ 91.200

1.8 Tfsi sedan 20v 180cv gas 4p autom

R$ 93.900

2.0 Tfsi sedan 16v gas 4p s-tronic

R$ 106.360 R$ 129.900

Q3

1.4 Tfsi ambiente flex 4p s tronic

TT

Qq Tiggo 2

2017

2019

1.0 Mpfi act 12v flex 4p manual

R$ 34.590

R$ 35.990

1.0 Mpfi look 12v flex 4p manual

R$ 32.923

R$ 35.990

2.0 20I x line 4x4 16v gas 4p automátic

R$ 171.900 R$ 182.963

1.5 Mpfi 16v flex act 4p automático

R$ 74.990

1.5 Mpfi 16v flex look 4p manual

R$ 58.745

Chevrolet

R$ 112.503 R$ 143.001

Camaro

6.2 V8 gas fifty automático

1.4 Tfsi ambiente gas 4p s tronic

R$ 107.419 R$ 115.164

6.2 V8 gas ss conversível automático

2.0 Tfsi ambiente 4p gas s tronic

R$ 134.075

6.2 V8 lsa gas zl1 manual

2.0 Tfsi attraction 4p gas s tronic

R$ 104.900

2.0 Tfsi coupé ambition 2p gas s-tronic

R$ 177.340 R$ 219.900 R$ 259.130

Captiva Cobalt

220I

2016

R$ 154.130 R$ 175.900

Chery

BMW 120I

2018

Versão 2.0 20I 4x4 16v gas 4p automático

R$ 289.900 R$ 329.900 R$ 309.900

2.4 Sidi 16v gas 4p automático

R$ 70.320

R$ 88.900

1.0 Mpfi ls 8v flex 4p manual

R$ 28.293

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 42.950

R$ 47.969

2.0 16V gas sport 4p automático

R$ 139.950

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

2.0 16V gas sport gp 4p automático

R$ 149.970

1.8 Mpfi elite 8v flex 4p automático

R$ 54.649

R$ 57.950

R$ 63.750

R$ 72.900

1.8 Mpfi ltz 8v flex 4p automático

R$ 53.095

R$ 56.433

R$ 56.658

R$ 66.990

1.8 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

R$ 50.174

R$ 50.762

2.0 Cat gp 16v turbo 4p automático

R$ 98.500

R$ 139.890 R$ 139.950

2.0 Gt sport 16v turbo gas 4p automáti R$ 128.000 2.0 M sport gp 16v turbo 4p automátic 2.0 Sport 16v turbo 4p automático

R$ 144.900

Cruze

R$ 117.963 R$ 131.616 R$ 154.290

2.0 Sport 16v turbo gas 4p automático 2.0 Sport gp 16v flex 4p automático 2.0 M sport 16v 4p automático 2.0 Sport gp 16v 4p automático

R$ 129.990 R$ 129.450 R$ 151.813 R$ 180.000 R$ 219.950 R$ 140.000 R$ 169.990

R$ 48.000

1.4 Turbo lt 16v flex 4p automático

R$ 76.616

R$ 90.137

1.4 Turbo ltz 16v flex 4p automático

R$ 85.739

R$ 96.451

1.4 Turbo sport6 lt 16v 4p automático

R$ 79.627

R$ 84.245

1.4 Turbo sport6 ltz 16v 4p automático

R$ 90.393

R$ 98.824

R$ 37.773

R$ 40.200

R$ 48.031

R$ 37.015

R$ 37.760

R$ 44.493

R$ 41.078

R$ 42.556

R$ 47.034

1.4 Mpfi activ 8v flex 4p automático

R$ 54.994

R$ 61.534

R$ 67.716

R$ 51.613

R$ 56.990

R$ 56.990

R$ 56.950

R$ 54.590

1.8 Lt 16v flex 4p automático

R$ 62.554

1.8 Ltz sport6 16v flex 4p automático

R$ 66.445

430I

2.0 16V gas cabrio sport automático

R$ 259.425 R$ 279.950

Montana

1.4 Mpfi ls cs 8v flex 2p manual

R$ 33.400

530I

2.0 16V turbo gas m sport automático

R$ 259.950 R$ 294.947

Onix

1.0 Mpfi joy 8v flex 4p manual

M 140i

3.0 24V turbo gas 4p automático

M3

3.0 Sedan 6cil. Gas 4p automático

R$ 375.000 R$ 511.900

M6

2.0 16V turbo 20i 4p automático

R$ 129.860 R$ 139.300 R$ 168.112 R$ 191.950

1.4 Mpfi activ 8v flex 4p manual

2.0 16V turbo 20i x-line 4p automático

R$ 155.783 R$ 165.140

1.4 Mpfi effect 8v flex 4p manual

R$ 45.100

2.0 16V turbo activeflex 4p automático

R$ 160.000 R$ 186.900

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p automático

R$ 45.223

R$ 48.860

R$ 49.720

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 40.474

R$ 44.413

R$ 49.173

R$ 51.790

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p automático

R$ 46.720

R$ 51.527

R$ 58.095

R$ 61.590

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

R$ 45.190

R$ 50.518

R$ 51.111

R$ 55.594

R$ 269.950

2.0 16V turbo gas xdrive25i 4p automát R$ 155.900 R$ 159.900 X2

2.0 16V turbo gas sdrive20i gp steptron

X3

2.0 16V gas x line xdrive20i steptronic

100 - Auto Revista Ceará

R$ 230.900 R$ 211.950 R$ 259.950

1.0 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 36.370


Marca/Modelo Prisma

S10

Versão

2016

1.0 Mpfi joy 8v flex 4p manual

2017

2018

2019

R$ 40.002

R$ 42.507

R$ 48.000

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p automático

R$ 46.082

R$ 51.558

R$ 61.213

1.4 Mpfi lt 8v flex 4p manual

R$ 45.373

R$ 47.227

R$ 52.546

R$ 56.323

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p automático

R$ 50.613

R$ 56.511

R$ 62.530

R$ 67.106

1.4 Mpfi ltz 8v flex 4p manual

R$ 47.220

R$ 53.594

R$ 56.540

2.5 Lt 4x2 cd 16v flex 4p automático 2.5 Lt 4x4 cd 16v flex 4p automático 2.5 Ltz 4x2 cd 16v flex 4p manual

R$ 97.900 R$ 83.660

2.5 Ltz 4x4 cd 16v flex 4p manual

Cronos

Tracker

R$ 59.900 R$ 55.092

R$ 115.900

1.8 E.Torq flex precision at6

R$ 68.950

R$ 132.000

1.8 E.Torq flex precision manual Doblò

R$ 116.612 R$ 125.990

C4 picasso

Bravo

R$ 57.873

1.8 Mpi adventure 16v flex 4p manual

R$ 55.900

2.3 Cargo 7.5 16V turbo 4p manual

R$ 68.000

R$ 69.192

R$ 59.900

R$ 68.900

R$ 113.300 R$ 140.400 R$ 135.990

2.3 Multijet diesel cargo médio manual

R$ 113.495

2.8 Ltz 4x4 cd 16v turbo 4p automático

R$ 144.945 R$ 152.269 R$ 167.594

2.3 Multijet diesel chassi manual

R$ 105.790

2.8 Midnight 4x4 cd 16v 4p automático

R$ 155.580

2.3 Multijet diesel executivo manual

R$ 169.790

2.3 Multijet diesel maxicargo manual

R$ 133.690

2.3 Multijet diesel maximulti manual

R$ 141.290

2.3 Multijet diesel minibus manual

R$ 158.790

1.8 Activ 8v flex 4p automático

R$ 52.355

1.8 Lt 8v flex 4p automático

R$ 49.163

1.8 Lt 8v flex 4p manual

R$ 40.848

R$ 55.000

1.8 Ltz 8v flex 4p automático

R$ 53.898

R$ 60.539

R$ 65.384

1.8 Ltz 8v flex 4p manual

R$ 48.490

R$ 60.718

R$ 66.445

R$ 76.330

R$ 83.907

1.4 16V turbo flex lt automático

Ducato

R$ 54.840

R$ 97.720

R$ 60.397

R$ 98.800

R$ 62.990

R$ 107.900

1.8 Mpi essence 16v flex 4p manual

R$ 66.990

2.8 Lt 4x4 cd 16v turbo 4p automático

R$ 70.587 R$ 81.990 R$ 84.518

2.3 Multijet diesel minibus manual Fiorino

R$ 96.443

Grand siena

R$ 68.447

1.4 Mpi furgão 8v flex 2p manual

R$ 135.000 R$ 44.882

R$ 50.999

1.4 Mpi furgão hard working 2p manual

R$ 52.546

R$ 51.893

R$ 65.432

1.0 Evo flex attractive manual

R$ 38.945

R$ 40.447

R$ 45.986

R$ 44.667

R$ 49.168

1.4 Mpi 8v tetrafuel 4p manual

R$ 39.330

1.8 Mpfi ltz 4x2 16v flex 4p automático R$ 67.100

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 38.779

R$ 41.828

2.8 Ltz 4x4 16v turbo 4p automático

1.6 16V flex 4p manual

R$ 43.900

R$ 43.000

R$ 138.500 R$ 172.113 R$ 194.882 R$ 214.445

1.5 Live 8v flex 4p manual

R$ 48.593 Idea

1.6 Mpi essence 16v flex 4p automati

R$ 40.914

R$ 43.450

R$ 52.900

1.6 Mpi essence 16v flex 4p manual

R$ 39.282

R$ 44.595

R$ 47.990

1.6 Feel 16v flex 4p automático

R$ 49.395

R$ 53.400

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 39.963

1.6 Feel 16v flex 4p manual

R$ 44.990

R$ 48.945

1.6 Mpi essence 16v flex 4p automati

R$ 38.900

1.6 Shine 16v flex 4p automático

R$ 54.693

R$ 58.681

1.8 Mpi adventure 16v flex 4p automati R$ 46.485

1.6 Vti 120 flex feel eat6

R$ 50.440

1.6 Vti 120 flex shine eat6

R$ 67.260

1.6 Vti 120 flex start manual

R$ 46.751

1.2 Attraction 12v flex 4p manual

Linea

R$ 41.900 R$ 46.990

Mobi

1.8 Mpi adventure 16v flex 4p manual

R$ 45.293

1.8 Absolute 16v flex 4p automatizado

R$ 52.960

1.8 Essence 16v flex 4p automatizado

R$ 42.630

1.8 Essence 16v flex 4p manual

R$ 38.370

1.0 Evo flex easy comfort manual

R$ 35.900

1.5 Tendance 8v flex 4p manual

R$ 38.219

R$ 39.900

1.0 Evo flex easy manual

R$ 28.990

R$ 33.597

R$ 34.583

1.6 Exclusive 16v flex 4p automático

R$ 44.340

R$ 48.467

1.0 Evo flex like. Manual

R$ 33.544

R$ 35.750

R$ 37.839

1.6 Tendance 16v flex 4p automático

R$ 42.673

R$ 47.675

1.0 Evo flex like. On manual

R$ 35.098

1.6 Exclusive 16v turbo 4p automático R$ 65.500

R$ 72.263

1.0 Evo flex way manual

R$ 36.057

R$ 36.534

R$ 40.795

1.0 Firefly flex drive manual

R$ 34.990

R$ 35.071

R$ 41.408

1.6 Thp flex exclusive bva

R$ 93.500

1.6 Thp flex origine business bva

R$ 63.900

1.6 Thp flex origine bva

R$ 66.988

1.0 Mpi fire 8v flex 4p manual

R$ 28.925

R$ 31.263

1.6 Thp flex shine bva

R$ 85.990

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 35.271

R$ 36.990

1.6 Intensive 16v gas 4p automático

R$ 115.900

Palio

Fiat Argo

R$ 73.990

1.4 Mpi attractive 8v flex 4p manual 1.8 Mpi essence 7l 16v flex 4p manual

1.2 Pure tech flex attraction manual

C4 lounge

R$ 45.000

2019

1.3 Firefly flex manual

Citroën

C3

1.8 Sporting 16v flex 4p manual

2018

2.8 Ls 4x4 cd 16v turbo 4p manual

1.8 Mpfi lt 4x2 16v flex 4p automático

Aircross

2017

R$ 62.245

R$ 102.450 R$ 96.000

1.4 16V turbo flex premier automático

Trailblazer

2016 R$ 45.263

1.3 Firefly flex drive manual

2.8 High country 4x4 cd 4p automático R$ 124.493 R$ 149.711 R$ 168.500 R$ 178.130

Spin

Versão 1.8 Essence 16v flex 4p manual 1.3 Firefly flex drive gsr

R$ 95.000

2.5 Ltz 4x4 cd 16v flex 4p automático

Marca/Modelo

Punto

1.0 Mpi attractive 8v flex 4p manual

R$ 33.970

R$ 35.117

1.6 Mpi sporting 16v flex 4p automati

R$ 40.130

R$ 44.990

1.6 Mpi sporting 16v flex 4p manual

R$ 41.673

R$ 47.990

1.0 Firefly flex drive manual

R$ 47.538

R$ 48.560

1.0 Firefly flex manual

R$ 45.990

R$ 44.530

1.3 Firefly flex drive gsr

R$ 54.185

1.3 Firefly flex drive manual

R$ 50.366

1.8 E.Torq flex hgt at6

R$ 65.240

1.8 E.Torq flex hgt manual

R$ 60.195

1.4 Mpi hard working cd 8v 3p manual

R$ 55.757

R$ 60.145

1.8 E.Torq flex precision at6

R$ 54.980

1.4 Mpi hard working ce 8v 2p manual

R$ 42.000

R$ 44.340

R$ 40.651

R$ 43.927

R$ 39.165

R$ 45.311

Siena R$ 57.000 Strada

1.4 Attractive 8v flex 4p manual

R$ 37.848

R$ 41.466

1.6 Essence 16v flex 4p automatizado

R$ 41.573

R$ 45.595

1.0 Mpi el 8v flex 4p manual

R$ 32.811

1.4 Mpi el 8v flex 4p manual

R$ 38.629

1.4 Mpi freedom cd 8v flex 3p manual

1.8 Blackmotion 16v 4p automatizado

R$ 46.495

1.4 Mpi hard working cs 8v 2p manual

1.8 Blackmotion 16v flex 4p manual

R$ 46.657

1.4 Mpi working cs 8v flex 2p manual

1.8 Essence 16v flex 4p automatizado

R$ 44.230

1.4 Mpi working plus cs 8v 2p manual

R$ 71.267

R$ 38.052

R$ 65.900 R$ 54.967

R$ 36.900

Auto Revista Ceará -

101


Marca/Modelo

Toro

Versรฃo

2016

2017

2018

1.8 Mpi adventure cd 16v 3p manual

R$ 55.232

R$ 78.690

1.8 Mpi adventure ce 16v 2p manual

R$ 49.500

R$ 75.690

1.8 16V evo flex endurance at6 1.8 16V evo flex freedom at6

R$ 75.690

1.8 16V evo flex freedom open at6

R$ 76.609

1.8 16V evo flex freedom plus at6

R$ 78.215

2.0 16V turbo diesel freedom 4wd at9

Uno

R$ 78.814

2019

Marca/Modelo

R$ 106.556 R$ 139.167 R$ 86.578

R$ 98.974

2.5 Se 16v flex 4p automรกtico Ka

2018

2019

R$ 167.990

2.0 Titanium awd gas 4p automรกtico

R$ 104.450 R$ 169.900 R$ 125.000 R$ 38.405

R$ 43.963

1.0 Ti-vct flex se manual

R$ 34.561

R$ 36.017

R$ 37.303

R$ 44.518

R$ 112.445 R$ 129.277

1.0 Ti-vct flex se plus manual

R$ 34.808

R$ 36.732

R$ 38.150

R$ 48.445

1.0 Ti-vct flex sel manual

R$ 37.263

R$ 37.998

R$ 40.267

R$ 40.447

R$ 93.698

2.0 16V turbo diesel freedom manual

R$ 92.029

R$ 93.488

2.0 16V turbo diesel volcano 4wd at9

R$ 106.311 R$ 115.936 R$ 130.493

2.4 16V multiair flex freedom at9

R$ 90.238

R$ 82.920

1.0 Ti-vct flex s manual

1.5 Sigma flex se manual

R$ 39.138

1.5 Sigma flex se plus manual

R$ 35.900

1.5 Sigma flex sel manual

R$ 37.200

R$ 42.278 R$ 45.900

R$ 40.950

R$ 43.300

2.4 16V multiair flex volcano at9

R$ 120.253

1.5 Ti-vct flex freestyle automรกtico

R$ 67.490

1.0 Fire flex attractive manual

R$ 42.252

1.5 Ti-vct flex se automรกtico

R$ 56.490

1.5 Ti-vct flex se manual

R$ 51.990

R$ 33.607

1.5 Ti-vct flex se plus sedan automรกtico

R$ 62.490

R$ 34.418

1.5 Ti-vct flex se sedan automรกtico

R$ 59.890

R$ 52.900

1.5 Ti-vct flex titanium automรกtico

R$ 69.490

R$ 34.578

1.0 Firefly flex way 4p manual

R$ 44.950

1.3 Firefly flex sporting 4p gsr 1.3 Firefly flex sporting 4p manual

R$ 41.945

1.3 Firefly flex way 4p manual

R$ 39.673

1.5 Ti-vct flex titanium sedan automรกtic Ka+

Ford 1.5 Ti-vct flex freestyle automรกtico

R$ 76.956

1.5 Ti-vct flex freestyle manual

R$ 69.958

1.5 Ti-vct flex freestyle plus automรกtico 1.5 Ti-vct flex se automรกtico

R$ 74.008

1.5 Ti-vct flex se direct automรกtico 1.5 Ti-vct flex se manual

R$ 63.766

2.0 Direct flex storm 4wd automรกtico 2.0 Direct flex titanium automรกtico Edge

3.5 V6 gas titanium awd automรกtico

Fiesta

1.0 Ecoboost titanium gas 4p

R$ 80.998

R$ 37.736

1.5 Se hatch 16v flex 4p manual

R$ 38.644

1.6 Se hatch 16v flex 4p manual

R$ 39.715

R$ 70.990 R$ 35.263

R$ 39.900

1.0 Ti-vct flex se plus manual

R$ 38.000

1.0 Ti-vct flex sel manual

R$ 34.970

1.5 Sigma flex se manual

R$ 39.277

R$ 41.677

R$ 89.900

1.5 Sigma flex sel manual

R$ 39.400

R$ 42.745

R$ 74.593

Mustang

5.0 V8 ti-vct gas gt premium selectshift

R$ 69.990

Ranger

2.2 Xl 4x4 cd 16v diesel 4p manual

R$ 42.414 R$ 49.990 R$ 43.936 R$ 299.900

R$ 80.900

R$ 190.000

R$ 74.970

2.2 Xls 4x2 cd 16v diesel 4p automรกtic

R$ 102.990

2.2 Xls 4x4 cd 16v diesel 4p automรกtic

R$ 114.738

R$ 89.068

2.2 Xls 4x4 cd 16v diesel 4p manual

R$ 95.945

R$ 103.240 R$ 134.000

R$ 155.906

R$ 89.990

R$ 100.000 R$ 99.900

R$ 87.276

R$ 118.900

2.5 Xls 4x2 cd 16v flex 4p manual R$ 53.200

1.5 S hatch 16v flex 4p manual

1.0 Ti-vct flex se manual

R$ 87.493

R$ 168.267

R$ 156.425

2.5 Xlt 4x2 cd 16v flex 4p manual

R$ 80.945

3.2 Limited 4x4 cd 20v 4p automรกt

R$ 117.500 R$ 144.976 R$ 163.895 R$ 183.390

3.2 Xlt 4x4 cd 20v diesel 4p automรกtico

R$ 132.000 R$ 148.890 R$ 163.430

R$ 45.724

Hyundai

1.6 Se plus hatch 16v flex 4p powershift

R$ 47.700

Creta

1.6 Sel hatch 16v flex 4p manual

R$ 49.156

1.6 16V flex pulse automรกtico

R$ 80.543

R$ 83.263

1.6 Sel hatch 16v flex 4p powershift

R$ 50.497

1.6 16V flex pulse manual

R$ 72.990

R$ 78.226

1.6 Sel sedan 16v flex 4p manual

R$ 50.695

1.6 16V flex pulse plus automรกtico

R$ 86.813

R$ 92.290

1.6 Sel sedan 16v flex 4p powershift

R$ 63.243

2.0 16V flex prestige automรกtico

R$ 87.082

R$ 98.587

R$ 103.907

2.0 16V flex 4p automรกtico

R$ 70.930

R$ 87.372

1.6 Ti-vct flex se manual

R$ 52.940

1.6 Ti-vct flex se plus powershift

R$ 57.652

1.6 Ti-vct flex se style manual

R$ 55.990

Grand st fรฉ

1.6 Ti-vct flex sel powershift

R$ 51.900

Hb20

1.6 Ti-vct flex titanium plus powershift

R$ 58.990

1.6 Titanium hatch 16v flex 4p manual

Fusion

2017

2.0 Titanium fwd gas 4p automรกtico

R$ 84.327

1.0 Firefly flex drive 4p manual

Focus

2016

R$ 85.611

2.0 16V turbo diesel freedom manual

1.0 Firefly flex attractive 4p manual

Ecosport

Versรฃo

2.0 Titanium 16v hรญbrido 4p automรกtico R$ 97.350

R$ 51.665

Elantra

1.6 16V flex attitude manual

R$ 67.490

2.0 16V flex special edition 4p automรกt 3.3 Mpfi v6 4wd gas 4p automรกtico

R$ 82.900 R$ 149.000

1.0 Comfort 12v flex 4p manual

R$ 37.291

R$ 38.149

R$ 40.246

1.0 Comfort plus 12v flex 4p manual

R$ 37.394

R$ 38.181

R$ 43.345

R$ 47.190

R$ 54.490

R$ 49.590

R$ 57.990

1.0 Comfort plus 12v turbo 4p manual

R$ 41.812

1.0 Comfort style 12v turbo 4p manual

R$ 41.423

1.0 Ocean 12v flex 4p manual

R$ 39.900

1.6 Titanium hatch 16v flex 4p

R$ 50.470

R$ 54.495

1.6 Titanium plus hatch 16v flex 4p

R$ 49.500

R$ 56.000

1.6 Se 16v flex 4p manual

R$ 58.660

2.0 Se fastback 16v flex 4p powershift

R$ 58.440

R$ 62.110

2.0 Se plus 16v flex 4p powershift

R$ 61.628

R$ 67.593

R$ 89.990

1.6 Comfort plus 16v flex 4p automรกtic R$ 47.525

R$ 50.897

2.0 Se plus fastback 16v flex 4p

R$ 59.900

R$ 64.400

R$ 91.990

1.6 Comfort plus 16v flex 4p manual

R$ 41.739

R$ 44.222

2.0 Titanium 16v flex 4p powershift

R$ 64.532

R$ 74.900

1.6 Comfort style 16v flex 4p automรกt

R$ 46.473

R$ 50.463

R$ 68.297

1.0 Unique 12v flex 4p manual

R$ 71.469

1.6 1 Million 16v flex 4p automรกtico

R$ 82.990

R$ 43.177 R$ 63.690 R$ 98.990 R$ 47.865

R$ 50.145

R$ 70.969

2.0 Titanium fastback 16v flex 4p

R$ 64.448

R$ 65.000

1.6 Comfort style 16v flex 4p manual

R$ 43.640

R$ 46.040

2.0 Titanium plus 16v flex 4p

R$ 68.233

R$ 78.000

1.6 Premium 16v flex 4p automรกtico

R$ 50.442

R$ 57.224

R$ 65.108

2.0 Titanium plus fastback 16v flex 4p

R$ 63.650

R$ 79.990

1.6 R spec 16v flex 4p automรกtico

R$ 49.895

R$ 52.990

R$ 58.000

1.6 R spec 16v flex 4p manual

R$ 47.713

R$ 50.445

2.0 Sel 16v gas 4p automรกtico

102 - Auto Revista Cearรก

R$ 73.000

R$ 103.563 R$ 122.836

R$ 76.990


Marca/Modelo Hb20s

2016

2017

2018

2019

R$ 42.308

R$ 44.407

R$ 48.225

R$ 53.945

1.0 Comfort plus 12v turbo 4p manual

R$ 39.500

R$ 43.900

R$ 54.645

1.0 Comfort style 12v flex 4p manual

R$ 41.900

Versรฃo 1.0 Comfort plus 12v flex 4p manual

1.0 Comfort style 12v turbo 4p manual R$ 42.990

R$ 48.266 R$ 48.650

R$ 78.748

R$ 86.493

1.8 16V flex longitude 4p automรกtico

R$ 69.052

R$ 78.493

R$ 84.982

R$ 113.705

1.8 16V flex sport 4p automรกtico

R$ 65.306

R$ 72.119

R$ 74.103

R$ 89.470

R$ 59.250

R$ 64.084

R$ 66.501

1.8 16V flex sport 4p manual

1.6 Comfort style 16v flex 4p automรกt

R$ 49.682

R$ 55.923

R$ 58.990

R$ 66.090

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico

1.6 Comfort style 16v flex 4p manual

R$ 47.990

R$ 52.350

R$ 90.000

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico R$ 88.543

R$ 94.784

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico R$ 102.306

R$ 57.686 R$ 64.923

R$ 70.604

1.6 16V premium flex 4p automรกtico

R$ 53.441

R$ 57.025

R$ 64.445

R$ 70.245

R$ 53.945

R$ 56.925

R$ 62.655

R$ 47.474

R$ 51.235

R$ 55.950

R$ 64.990

R$ 92.000

R$ 82.094

R$ 85.109

R$ 93.490

R$ 102.990

R$ 85.970

R$ 98.093

R$ 107.657

R$ 90.384

R$ 107.950

1.6 16V t-gdi gas gl ecoshift

Discovery Discovery 4

R$ 173.696 R$ 175.995

R$ 57.859

R$ 74.990

R$ 160.000

3.0 V6 td6 diesel hse 4wd automรกtico

R$ 410.000

3.0 Black 4x4 v6 24v 4p automรกtico

R$ 402.990 R$ 267.445

3.0 Se 4x4 v6 24v bi-turbo 4p automรกti R$ 269.663 Disc. Sport

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 167.450 R$ 209.900 R$ 249.000

2.0 16V si4 turbo gas se 4p automรกtico

R$ 156.198

R$ 209.000

2.0 16V td4 turbo diesel 4p automรกtico R$ 196.950 R$ 224.900 R$ 294.500

R$ 110.423 R$ 132.990 R$ 136.523 R$ 54.833

R$ 115.490 R$ 138.520

3.6 Sport 4x4 v6 12v gas 2p automรกtico

3.0 V6 td6 diesel se 4wd automรกtico

R$ 114.900 R$ 121.736

1.6 16V t-gdi gas gls ecoshift 2.0 Mpfi gls 16v 143cv 4p automรกtico

Wrangler

R$ 113.363 R$ 127.890

Land rover

1.6 16V style flex 4p automรกtico 1.6 16V style flex 4p manual

R$ 73.685

R$ 113.490

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico R$ 91.023

R$ 57.707

2.0 16V td4 turbo 4p automรกtico R. Rover ev

Jac

R$ 195.563 R$ 244.450

2.0 16V td4 turbo diesel 4p automรกtico R$ 180.000 R$ 222.400 2.0 Hse dynamic gas 4p automรกtico

R$ 210.000

2.0 16V p250 gas awd automรกtico

R$ 249.000

2.0 Hse dynamic gas 2p automรกtico

2.0 16V p250 gas r-dynamic automรกtico

R$ 304.450

2.0 Se 4wd 16v gas 4p automรกtico

R$ 164.364 R$ 189.000 R$ 199.900

R$ 309.900

2.0 Se dynamic 4wd gas 4p automรกtico

R$ 164.358

2.2 Se 4wd 16v diesel 4p automรกtico

R$ 195.950

2.0 16V ingenium 4p automรกtico 2.0 16V turbo diesel 4p automรกtico

R$ 273.000 R$ 370.000

3.0 V6 supercharged 4p automรกtico

R$ 299.000

F-type

3.0 Coupรฉ s 24v gas 2p automรกtico

R$ 389.900

Xe

2.0 16V ingenium p250 4p automรกtico

R.Rover spo R$ 204.967

R$ 289.900

3.0 Hse 4x4 v6 24v 4p automรกtico

R$ 343.528 R$ 405.750

3.0 Se 4x4 v6 24v 4p automรกtico

R$ 364.667 R$ 389.000

4.4 Hse dynamic 4x4 v8 4p automรกtico R$ 424.995

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 168.890

2.0 P250 gas automรกtico

R$ 389.900

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 182.900

3.0 V6 p380 gas r-dynamic s automรกtic

R$ 399.900

3.0 V6 supercharger 4p automรกtico

R$ 305.000

3.0 V6 p380 gas r-dynamic se automรกt

R$ 435.000

2.0 Prestige gas 4p automรกtico

R. Rover vel

Mercedes Benz

R$ 184.900 R$ 221.450

Jaguar 2.0 16V p250 gasolina awd automรกtico

R$ 249.000

2.0 16V p250 gasolina awd automรกtico

R$ 304.450

2.0 16V ingenium 4p automรกtico 2.0 16V turbo diesel 4p automรกtico

R$ 309.900

A 200 Amg gt

1.6 Cgi flex 7g-dct

R$ 120.923

1.6 Turbo 16v flex 4p automรกtico

R$ 97.970

4.0 V8 turbo gas 7g-dct

R$ 689.000

1.6 Turbo 16v flex 4p automatizado

R$ 273.000 R$ 370.000

R$ 106.000 R$ 129.900

R$ 299.000

C 43 amg

3.0 V6 gas coupรฉ 4matic 9g-tronic

3.0 Coupรฉ s supercharged v6 24v gasolina 2p automรกtico

R$ 389.900

C 180

1.6 Cgi 16v turbo flex 4p automรกtico

R$ 112.950 R$ 137.725

1.6 Cgi estate 16v gas 4p automรกtico

R$ 134.130

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 168.890

2.0 16V si4 turbo gas 4p automรกtico

R$ 182.900

1.6 Cgi flex avantgarde 7g-tronic

3.0 V6 supercharger gas s 4p automรกtic

R$ 305.000

1.6 Cgi flex avantgarde 9g-tronic

3.0 V6 supercharged 4p automรกtico

2.0 Prestige gasolina 4p automรกtico

R$ 394.900

1.6 Cgi exclusive 16v gas 4p automรกtico R$ 138.000 R$ 123.900

R$ 184.900 R$ 221.450

1.6 Cgi flex exclusive 7g-tronic

Jeep

R$ 129.800 R$ 125.000 R$ 139.990 R$ 144.538 R$ 114.900

1.6 Cgi flex exclusive 9g-tronic 2.0 16V diesel limited 4x4 automรกtico

R$ 151.900 R$ 130.222 R$ 144.573

C 200

2.0 Cgi avantgarde 16v gas 4p automรกt

2.0 16V diesel 4x4 automรกtico

R$ 135.685 R$ 181.795

C 250

2.0 Cgi gas avantgarde 9g-tronic

2.0 16V flex limited automรกtico

R$ 108.945 R$ 125.654

2.0 16V flex longitude automรกtico

R$ 107.906 R$ 122.145

2.0 16V flex sport automรกtico

R$ 93.527

R$ 103.956 R$ 329.000

R$ 129.950

1.6 Cgi gas avantgarde coupรฉ 9g-tronic

2.0 16V diesel 4x4 automรกtico

3.0 Limited 4x4 v6 turbo 4p automรกt

2019

R$ 98.990

R$ 66.660 R$ 52.738

2018

R$ 73.000

2.0 16V turbo diesel 4p 4x4 automรกtico

1.6 Premium 16v flex 4p automรกtico

Tucson

Grand cherokee

R$ 68.485

R$ 60.840

3.3 Mpfi 4x4 7 lugares gas 4p automรกtic R$ 134.900

Compass

1.8 16V flex limited 4p automรกtico

R$ 57.608

Santa fรฉ

Xf

R$ 65.900

R$ 49.002

2.0 Mpfi gls 16v flex 4p automรกtico

F-type

R$ 65.118

R$ 46.955

2.0 Mpfi gl 16v flex 4p automรกtico

F-pace

R$ 59.398

1.6 Comfort plus 16v flex 4p manual

2.0 Mpfi 16v flex 4p automรกtico

E-pace

1.8 16V flex 4p manual

R$ 56.383

2.5 Longo sem caรงamba 4x2 16v 130cv R$ 67.950

Xf

R$ 71.263

R$ 54.568

1.6 Ocean 16v flex 4p automรกtico

F-pace

2017

R$ 64.018

Versรฃo

1.6 Comfort plus 16v flex 4p automรกtic R$ 50.098

1.6 Copa do mundo fifa 4p automรกt

E-pace

2016

1.8 16V flex 4p automรกtico 1.8 16V flex custom 4p manual

1.0 Unique 12v flex 4p manual

Hb20x

Marca/Modelo Renegade

C 300

R$ 165.450 R$ 176.800 R$ 129.430 R$ 159.630

2.0 Cgi sport coupรฉ gas 2p automรกtico

R$ 184.660 R$ 211.450

2.0 Cgi sport turbo gas 4p automรกtico

R$ 160.638 R$ 189.450

2.0 Cgi gas anniversary 7g-tronic

R$ 184.900

2.0 Cgi gas cabriolet 9g-tronic

R$ 275.000 R$ 325.000

Auto Revista Cearรก -

103


Marca/Modelo

Versão

2016

2.0 Cgi gas sport 9g-tronic

2017

2018

2019

Marca/Modelo

R$ 249.900 R$ 239.900

2016

2017

1.0 Sv 12v flex 4p manual

R$ 34.076

R$ 35.693

R$ 38.060

R$ 51.900

Versão

Cla 180

1.6 Cgi gas 7g-dct

R$ 143.340

1.6 Sl 16v flex 4p manual

Cla 200

1.6 Cgi flex 7g-dct

R$ 159.000

1.6 Sl 16v flex 4p xtronic

1.6 Vision 16v flex 4p automático E 43 amg

3.0 V6 gas 4matic 9g-tronic

E 63 amg

4.0 V8 turbo gas s 4matic+ speedshift

E 400 Gla 200

Gla 250

R$ 135.450 R$ 145.990

R$ 46.990

1.6 Sv 16v flexstart 4p manual

R$ 37.990

Sentra

1.6 Cgi advance 16v 4p automático

R$ 119.365 R$ 134.297

1.6 Cgi enduro 16v flex 4p automático

R$ 136.400

Versa

R$ 37.608

2.0 S 16v flexstart 4p automático 2.0 Sv 16v flex 4p automático

R$ 65.000 R$ 56.170

1.0 12V flex 4p manual

R$ 38.767

R$ 43.445

1.0 12V flex s 4p manual

R$ 39.338

R$ 37.950

1.6 16V flex sl 4p manual

R$ 43.973

R$ 55.740

R$ 182.633

1.6 16V flex sv 4p manual

R$ 43.990

R$ 45.900

R$ 54.990

1.6 Cgi flex style 7g-dct

R$ 144.400

1.6 16V flex sv 4p xtronic

R$ 52.263

R$ 52.179

1.6 Cgi style 16v flex 4p automático

R$ 105.495 R$ 123.995

1.6 16V flexstart s 4p manual

2.0 16V turbo gas 4p automático

R$ 152.330

1.6 16V flexstart sl 4p xtronic

R$ 55.000

R$ 61.300

1.6 16V flexstart sv 4p xtronic

R$ 51.978

R$ 52.995

1.6 16V flexstart unique 4p xtronic

R$ 56.450

R$ 60.450

1.2 Active 12v flex 4p manual

R$ 41.575

R$ 43.130

1.2 Active pack 12v flex 4p manual

R$ 47.723

R$ 46.950

2.0 Cgi gas 4matic 9g-tronic

R$ 190.450 R$ 202.600 R$ 310.000

R$ 218.680

5.5 V8 turbo gas 4matic 7g-tronic

R$ 569.900

3.0 V6 bluetec diesel 4matic 9g-tronic

R$ 305.000

3.0 V6 gas coupé 4matic 9g-tronic

R$ 315.320 R$ 350.945

Peugeot

R$ 247.450

208

R$ 273.198 R$ 739.900 R$ 389.445

R$ 373.450

R$ 52.900

1.5 Active 8v flex 4p manual

R$ 40.000

1.5 Active pack 8v flex 4p manual

R$ 39.173

1.5 Allure 8v flex 4p manual

R$ 41.327

1.6 Allure 16v flex 4p automático

3.0 V6 gas highway 4matic 9g-tronic

R$ 395.000

1.6 Griffe 16v flex 4p automático

R$ 61.945

3.0 V6 gas night coupé 4matic 9g-tronic

R$ 394.900

1.6 Sport 16v flex 4p manual

R$ 47.250

3.0 V6 gas 2p automático

R$ 430.000

1.6 Thp gt 16v flex 4p manual

R$ 61.945

Slc 300

2.0 Cgi gas 9g-tronic

R$ 230.000 R$ 280.900

1.6 Urbantech 16v flex 4p automático

Sprinter

2.2 415 Cdi van 16 lugares manual

R$ 113.000

Vito

2.0 Cgi flex 119 confort 9l manual

R$ 88.400

308

Mini 1.5 12V twinpower gas 2p steptronic

R$ 114.990

2.0 16V twinpower gas s 2p steptronic

R$ 157.470

2.0 John cooper gas 2p automatico

R$ 129.900 R$ 129.900 R$ 143.500

2.0 S cabrio 16v gas 2p automático 2.0 S exclusive 16v gas 2p automático

R$ 140.000 R$ 156.900 R$ 95.000

2.0 S exclusive 16v gas 4p automático 2.0 S top 16v turbo gas 2p automático

408

2008

R$ 117.000 R$ 85.000

2.0 S top clubman gas 4p automático

Kicks

2.3 16V turbo diesel se 4x4 automático

R$ 144.900

3008

R$ 60.990

Captur

Duster

1.0 Conforto 12v flex 4p manual

R$ 30.657

R$ 32.945

1.0 S 12v flex 4p manual

R$ 32.482

R$ 33.784

R$ 79.795

R$ 90.468

1.6 16V sce flex zen manual

R$ 74.443

R$ 70.990

1.6 16V sce flex zen x-tronic

R$ 77.950

R$ 84.657

2.0 16V hi-flex intense automático

R$ 80.882

1.0 Authentique 16v flex 2p manual

R$ 19.900

1.0 Expression 16v flex 4p manual

R$ 26.463

1.6 16V sce flex dynamique manual

R$ 57.163

R$ 64.236

R$ 75.900

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 50.855

R$ 88.447

R$ 139.900

1.6 Dynamique 4x2 16v flex 4p manual R$ 50.926

R$ 57.709

R$ 87.243

R$ 89.400

R$ 35.034

R$ 77.900

1.6 16V sce flex intense x-tronic

1.6 16V sce flex dynamique x-tronic R$ 80.393

R$ 61.367

Renault

Clio

1.6 16V flexstart sv 4p xtronic

104 - Auto Revista Ceará

R$ 57.972

R$ 50.245

R$ 67.990

1.6 16V flexstart s 4p manual

March

R$ 53.630

1.6 16V flex allure 4p manual

1.6 Griffe thp 16v gas 4p automático

R$ 137.660 R$ 166.567

1.6 16V flexstart sl 4p xtronic

R$ 53.197

1.6 16V flex allure 4p automático

R$ 67.400

2.3 16V turbo diesel le 4x4 automático

R$ 142.990

R$ 66.900

R$ 54.990

R$ 219.900

2.5 Sv attack 4x4 eletronic 4p manual

R$ 65.890

1.6 Griffe 16v turbo flex 4p automático R$ 57.445

R$ 58.497

2.0 16V twinpower turbo gas john

R$ 98.495

R$ 54.225

1.6 Business 16v turbo 4p automático

R$ 52.900

Nissan

2.5 Sv attack 4x4 cd 4p automático

R$ 61.945

2.0 Allure 16v flex 4p automático

1.6 16V flex griffe 4p automático

R$ 133.425

R$ 109.780

1.6 Griffe thp 16v gas 4p automático

1.6 16V flex griffe 4p manual

R$ 165.900 R$ 144.750

R$ 85.900

R$ 60.900

R$ 165.900 R$ 149.900

2.0 16V twinpower gas cooper s steptr

2.5 Sl 4x4 cd turbo 4p automático

R$ 67.900

1.6 Griffe thp 16v flex 4p automático

R$ 107.000 R$ 122.425

1.5 12V twinpower gas cooper steptro

2.5 S 4x4 cd turbo eletronic 4p manual

R$ 57.990

1.6 Allure business thp 4p automático

2.0 Allure 16v flex 4p automático

R$ 109.000

R$ 69.400

R$ 51.445 R$ 52.843

Sl 400

Frontier

R$ 41.990

R$ 143.990

3.0 V6 bluetec sport 4matic 9g-tronic

Countryman

R$ 82.990

R$ 71.460

1.6 Cgi flex enduro 7g-dct

2.0 Cgi gas sport 4matic 9g-tronic

Cooper

R$ 60.900

R$ 41.900

1.6 Cgi flex advance 7g-dct

2.0 Cgi gas highway 4matic 9g-tronic

Gle 400

1.6 Sv 16v flex 4p xtronic

R$ 229.000

2.0 Cgi gas coupé 4matic 9g-tronic

Gle 63 amg

R$ 764.900 R$ 254.900 R$ 299.900

2.0 Cgi gas sport 4matic 7g-dct Glc 250

1.6 Sv 16v flex 4p manual

2.0 Cgi gas exclusive 9g-tronic 3.0 V6 avantgarde gas 4p automático

R$ 46.450

R$ 507.400 R$ 251.473 R$ 304.900

2019

R$ 48.900

1.6 Sl 16v flexstart 4p xtronic

2.0 Cgi gas avantgarde 9g-tronic

2018

1.6 Expression 4x2 16v flex 4p manual

R$ 49.407

R$ 54.091

2.0 Dynamique 4x2 16v 4p automático

R$ 56.156

R$ 61.026

2.0 Dynamique 4x2 16v flex 4p manual R$ 55.018

R$ 60.000

R$ 60.489 R$ 71.195

R$ 69.900

R$ 54.994

R$ 60.990


Marca/Modelo

Versรฃo

2016

2.0 Dynamique 4x4 16v flex 4p manual R$ 57.080 Duster oroch

2017

1.6 16V flex dynamique 4p manual

R$ 59.936

R$ 62.290

Forester

R$ 58.245

R$ 59.378

Suzuki

R$ 65.263

2.0 16V flex dynamique 4p manual

R$ 60.095 R$ 59.423

Grand vitara

R$ 65.038

R$ 70.990

R$ 63.990

2.0 16V hi-flex dynamique automรกtico

R$ 72.250

2.0 Dynamique 16v flex 4p automรกtico

R$ 56.113

2.0 Dynamique 16v flex 4p manual

R$ 52.990

2.0 Dynamique plus 16v 4p automรกtico R$ 54.948

Logan

R$ 70.887 R$ 63.500

1.6 16V sce flex expression manual

Kwid

Marca/Modelo Subaru

1.6 16V sce flex express manual

Kangoo

2019

1.6 16V flex expression 4p manual 1.6 16V sce flex dynamique manual

Fluence

2018

R$ 58.990

Jimny R$ 62.118 S-cross

Versรฃo 2.0 S 4x4 16v gas 4p automรกtico

R$ 97.900

2.0 4Sport 4x2 16v gas 4p automรกtico

R$ 71.400

2.0 4Sport 4x4 16v gas 4p automรกtico

R$ 86.900

2.0 4X2 16v gas 4p automรกtico

R$ 74.900

2.0 Premium 4x2 16v 4p automรกtico

R$ 69.800

2.0 Premium 4x4 16v 4p automรกtico

R$ 69.000

1.3 4All 4x4 16v gas 2p manual

R$ 52.147

1.3 4Sport 4x4 16v gas 2p manual

R$ 59.058

1.3 4Work 4x4 16v gas 2p manual

R$ 54.900

1.6 16V vvt gas gls 4p 4x4 automรกtico

R$ 69.900

2.0 Privilรฉge 16v flex 4p automรกtico

R$ 59.698

1.6 Express 16v flex 3p manual

R$ 32.000

1.6 16V vvt gas glx 4p 4x4 automรกtico

R$ 69.950

1.6 Express 16v flex 4p manual

R$ 33.763

1.6 16V vvt gas glx 4p automรกtico

R$ 63.500

2019

R$ 59.990

R$ 58.293

R$ 66.445

R$ 69.900

R$ 40.990

1.0 12V sce flex life manual

R$ 37.395

R$ 30.740

1.6 16V gas 4you allgrip automรกtico

R$ 92.900

1.0 12V sce flex zen manual

R$ 33.236

R$ 37.990

1.6 16V gas 4you automรกtico

R$ 92.900

R$ 37.223 R$ 36.211

R$ 94.900

Toyota

R$ 37.137 R$ 44.990

1.0 12V sce flex expression manual

1.4 16V turbo gas 4sport automรกtico

2018

R$ 35.990

1.0 12V sce flex authentique manual

Vitara

2017

1.0 12V sce flex intense manual

1.0 12V sce flex expression manual

R$ 50.490

Corolla

R$ 37.575

1.8 Gli 16v flex 4p automรกtico

R$ 70.281

R$ 74.824

R$ 89.377

R$ 93.500

1.8 Gli upper 16v flex 4p automรกtico

R$ 70.835

R$ 74.804

R$ 83.288

R$ 104.993

1.0 Authentique 16v flex 4p manual

R$ 35.369

R$ 37.225

2.0 Altis 16v flex 4p automรกtico

R$ 93.375

R$ 90.094

R$ 102.567 R$ 115.000

1.0 Expression 16v flex 4p manual

R$ 34.358

R$ 78.413

R$ 83.959

R$ 95.193

R$ 124.004

R$ 97.086

R$ 96.500

R$ 45.211

R$ 50.675

R$ 53.000

R$ 38.245

R$ 41.575

R$ 46.880

1.5 Platinum 16v flex 4p automรกtico

R$ 58.000

R$ 54.990

1.5 Platinum sedan 16v 4p automรกtico

R$ 52.900

R$ 59.336

R$ 47.647

R$ 52.400

R$ 56.900

R$ 42.695

R$ 47.145

R$ 54.000

R$ 50.913

R$ 54.900

R$ 34.960

2.0 Xei 16v flex 4p automรกtico

1.6 16V sce flex dynamique easy-r

R$ 37.990

2.0 Xrs 16v flex 4p automรกtico

1.6 16V sce flex dynamique manual

R$ 42.990

Etios

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 57.730

1.3 X 16v flex 4p automรกtico 1.3 X 16v flex 4p manual

1.6 16V sce flex expression easy-r

R$ 42.000

R$ 42.990

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 40.386

R$ 42.598

1.6 Dynamique 8v 4p automatizado

R$ 47.990

1.5 X plus sedan 16v 4p automรกtico

R$ 41.146

R$ 43.900

1.5 X sedan 16v flex 4p automรกtico

1.6 Expression 8v flex 4p automatizado R$ 38.120

R$ 44.657

1.5 X sedan 16v flex 4p manual

1.6 Expression 8v flex 4p manual

R$ 39.680

1.5 Xls 16v flex 4p automรกtico

1.6 Dynamique 8v flex 4p manual

R$ 36.148

R$ 56.890

Master

2.3 Dci diesel minibus 3p manual

Sandero

1.0 12V sce flex authentique manual

R$ 34.238

R$ 34.355

1.0 12V sce flex expression manual

R$ 34.850

R$ 36.386

R$ 44.270

1.5 Xls sedan 16v flex 4p manual

R$ 152.000

R$ 38.923

R$ 39.060

R$ 48.320

1.5 Xs 16v flex 4p automรกtico

1.0 12V sce flex vibe manual 1.0 Authentique 16v flex 4p manual

R$ 32.839

1.5 Xls 16v flex 4p manual

R$ 36.432

R$ 59.900 R$ 40.979 R$ 39.000

R$ 47.990

R$ 43.200

R$ 49.945 R$ 47.700

R$ 51.426

R$ 37.821

R$ 44.990

R$ 47.672

R$ 49.576

R$ 52.826

R$ 40.700

R$ 47.900

R$ 45.000 R$ 62.400

1.5 Xls sedan 16v flex 4p automรกtico

R$ 34.040

1.5 Xs 16v flex 4p manual

1.6 16V sce flex expression easy-r

R$ 39.240

R$ 38.450

1.5 Xs sedan 16v flex 4p automรกtico

1.6 16V sce flex expression manual

R$ 38.585

R$ 39.364

1.5 Xs sedan 16v flex 4p manual

1.6 16V sce flex gt line manual

R$ 58.490

R$ 52.125

R$ 57.134

Etios cross

1.5 16V flex 4p automรกtico

R$ 53.445

Hilux

2.7 Sr 4x2 cd 16v flex 4p automรกtico

R$ 107.833 R$ 113.293

2.7 Srv 4x2 cd 16v flex 4p automรกtico

R$ 132.900 R$ 118.297

1.6 16V sce flex stepway easy-r

R$ 36.990

1.6 16V sce flex stepway manual

R$ 49.695

1.6 16V sce flex stepway easy-r

R$ 47.316

2.7 Srv 4x4 cd 16v flex 4p automรกtico

1.6 16V sce flex stepway manual

R$ 46.900

2.8 Sr 4x4 cd 16v diesel 4p automรกtico

R$ 135.300 R$ 140.500

R$ 47.180

2.8 Srv 4x4 cd 16v 4p automรกtico

R$ 148.477 R$ 156.520 R$ 169.820 R$ 181.996

2.8 Srx 4x4 cd 16v 4p automรกtico

R$ 162.600 R$ 168.926 R$ 183.660 R$ 195.450

1.6 16V sce flex stepway manual

Symbol

2016

R$ 45.557

1.6 Dynamique 8v flex 4p automatiz

R$ 38.000

R$ 41.990

1.6 Dynamique 8v flex 4p manual

R$ 37.718

R$ 44.445

1.6 Expression 8v flex 4p automatizado R$ 34.963

R$ 41.445

R$ 61.740

Hilux sw4

R$ 119.900 R$ 130.195

2.7 Srv 7 lugares 4x2 16v 4p automรกtic

R$ 215.000 R$ 179.963

2.8 Srx 4x4 7 lugares 16v 4p automรกtic

R$ 211.956 R$ 225.819 R$ 249.700 R$ 262.670 R$ 215.685 R$ 212.958

1.6 Expression 8v flex 4p manual

R$ 35.277

R$ 38.757

2.8 Srx 4x4 16v turbo 4p automรกtico

1.6 Gt line limited flex 4p manual

R$ 39.708

R$ 43.960

2.8 Srx diamond 4x4 4p automรกtico

1.6 Stepway 8v flex 4p automatizado

R$ 45.860

R$ 47.963

4.0 Srx 4x4 7 lugares v6 4p automรกtico R$ 214.900 R$ 156.900

R$ 246.817

1.6 Stepway 8v flex 4p manual

R$ 43.007

R$ 46.308

Prius

1.8 16V hรญbrido 4p automรกtico

1.6 Stepway rip curl 8v 4p automatiz

R$ 50.000

R$ 46.490

Rav4

2.0 Top 4x2 16v gas 4p automรกtico

1.6 Stepway rip curl 8v flex 4p manual

R$ 45.400

R$ 47.168

Yaris

1.3 16V flex xl multidrive

R$ 64.900

2.0 16V hi-flex rs manual

R$ 46.495

R$ 55.567

1.3 16V flex xl plus tech multidrive

R$ 70.900

1.5 16V flex sedan xl multidrive

R$ 72.963

1.6 Privilรจge 16v flex 4p manual

R$ 93.297

R$ 104.490 R$ 130.000

Auto Revista Cearรก -

105


Marca/Modelo

Versão

2016

2017

2018

2019

1.5 16V flex sedan xl plus multidrive

R$ 74.900

1.5 16V flex sedan xls multidrive

R$ 79.900

1.5 16V flex xs multidrive

R$ 76.460

Marca/Modelo

Versão

2016

1.6 Cross cd 16v flex 2p manual

Fox

R$ 80.000

R$ 79.723

R$ 123.503 R$ 145.135 R$ 162.948

1.6 Msi robust cd 8v flex 2p manual

R$ 57.778

R$ 61.793

1.6 Msi robust cs 8v flex 2p manual

R$ 41.159

R$ 45.262

R$ 51.900

3.0 V6 tdi diesel highline automático

R$ 182.718

1.6 Msi trendline cd 8v flex 2p manual

R$ 50.300

R$ 44.900

1.6 Msi trendline cs 8v flex 2p manual

R$ 41.430

R$ 45.822

1.6 Msi comfortline 4p automatizado

R$ 63.990

1.0 Mpi 12v flex 4p manual

R$ 194.995 R$ 200.950 R$ 35.995

R$ 46.445

1.6 Msi flex 16v 4p automatizado

R$ 50.129

R$ 55.990

1.6 Msi flex 16v 4p manual

R$ 49.874

R$ 55.579

1.0 Mpi bluemotion 12v flex 4p manual R$ 37.990

R$ 39.990

1.0 Mpi comfortline 12v flex 4p manual R$ 40.503

R$ 42.945

1.0 Mpi track 12v flex 4p manual

R$ 38.423

R$ 41.495

1.0 Mpi trendline 12v flex 4p manual

R$ 36.987

R$ 38.493

Spacefox R$ 56.445 Tiguan

1.6 Msi comfortline 8v flex 4p manual

R$ 46.395

1.6 Msi trendline 8v flex 4p manual

R$ 45.900

R$ 61.990

1.4 250 Tsi total flex allspace tiptronic 2.0 Tsi 16v turbo gas 4p tiptronic

Up

R$ 125.990 R$ 104.900

1.0 Mpi high up 12v 4p automatizado

R$ 41.990

1.0 Mpi high up 12v flex 4p manual

R$ 33.950

R$ 42.350

1.0 Mpi move up 12v 4p automatizado

R$ 32.000

R$ 37.990

1.0 Mpi move up 12v flex 4p manual

R$ 38.323

R$ 44.200

1.0 Mpi take up 12v flex 4p manual

R$ 33.270

R$ 35.639

1.6 Msi comfortline 4p automatizado

R$ 43.238

R$ 47.195

1.6 Msi comfortline 8v flex 4p manual

R$ 41.883

R$ 45.554

1.6 Msi highline 16v flex 4p manual

R$ 42.096

R$ 46.963

1.6 Msi pepper 16v flex 4p manual

R$ 44.536

R$ 48.800

1.0 Tsi high up 12v flex 4p manual

R$ 40.900

R$ 42.700

R$ 45.813

1.0 Tsi move up 12v flex 4p manual

R$ 40.720

R$ 43.325

R$ 44.050

1.6 Msi total flex connect 4p manual

R$ 45.567

R$ 50.972

1.6 Msi total flex xtreme 4p manual

R$ 52.963

R$ 56.990

R$ 39.581

R$ 42.945

R$ 43.334

1.0 12V mpi totalflex city 4p manual

R$ 35.724

R$ 39.345

1.0 12V mpi totalflex track 4p manual

R$ 38.000

1.0 12V mpi totalflex 4p manual

R$ 36.144

1.6 Msi totalflex comfortline 4p manual

R$ 42.088

1.6 Msi totalflex highline 4p manual

R$ 45.900

1.6 Msi totalflex trendline 4p manual

R$ 37.899

1.0 Tsi comfortline 12v total 4p manual

R$ 68.945

1.4 Tsi highline 16v total 4p tiptronic

R$ 95.074

1.4 Tsi variant comfortline 4p tiptronic

R$ 82.000 R$ 86.900

R$ 52.000

1.0 200 Tsi comfortline automático

R$ 73.466

R$ 73.900

1.0 200 Tsi highline automático

R$ 24.381

R$ 86.150

1.6 Msi total flex manual

R$ 62.600

R$ 66.098

R$ 43.348

1.0 12V mpi trendline 4p manual

R$ 37.400

R$ 41.158

R$ 38.208

1.6 Msi totalflex 4p manual

R$ 56.660

R$ 56.563

1.6 Msi comfortline 4p i-motion

R$ 44.900

R$ 41.990

R$ 53.786

1.6 Msi totalflex comfortline 4p manual

R$ 44.285

R$ 48.252

1.6 Msi totalflex trendline 4p manual

R$ 40.870

R$ 41.904

S60

2.0 T4 momentum gas 4p automático

R$ 119.900

V40

2.0 T4 kinetic gas 4p automático

Volvo R$ 39.847

2.0 T4 momentum gas 4p automático XC40

R$ 109.450 R$ 129.500

1.4 16V tsi comfortline gas 4p tiptronic R$ 75.598

R$ 49.900

R$ 45.990

R$ 42.000

R$ 114.950 R$ 112.990

R$ 174.117

2.0 T5 gas momentum awd geartronic R$ 101.323

XC60

R$ 134.950

2.0 T4 gas geartronic

R$ 193.925 R$ 199.950

2.0 D5 momentum awd geartronic

R$ 275.950

1.4 16V tsi trendline gas 4p manual

R$ 68.767

2.0 T5 gas inscription awd geartronic

1.4 16V tsi trendline gas 4p tiptronic

R$ 67.526

2.0 T5 gas momentum awd geartronic

R$ 216.990

2.0 Tsi highline 211cv gas 4p tiptronic

R$ 81.946

2.0 T5 gas r-design awd geartronic

R$ 249.900

R$ 99.500

Passat

2.0 16V tsi bluemotion gas 4p dsg

R$ 153.254

Polo

1.0 200 Tsi comfortline automático

R$ 63.720

R$ 73.498

2.0 D5 diesel momentum geartronic

1.0 200 Tsi highline automático

R$ 70.960

R$ 80.418

2.0 T6 gas momentum awd geartronic

106 - Auto Revista Ceará

R$ 52.090

1.0 Tsi pepper 12v flex 4p manual

R$ 41.657

1.6 Msi totalflex 4p manual

Voyage

R$ 53.691 R$ 42.900

1.0 12V mpi comfortline 4p manual

1.6 16V msi totalflex 4p automático

2.0 Tsi gti 16v turbo gas 4p automático

Virtus

R$ 47.445

1.0 12V mpi totalflex 4p manual

Jetta

R$ 56.990

R$ 102.158 R$ 125.890 R$ 145.900

1.6 Msi trendline 8v flex 4p manual

Golf

R$ 74.945

2.0 Highline 4x4 cd 16v 4p automático

1.6 Msi run 8v flex 4p manual

Gol

R$ 64.873

2.0 Trendline 4x4 cd 4p automático 3.0 V6 tdi diesel highline automático Crossfox

2019 R$ 55.890 R$ 63.048

R$ 56.120

1.6 Cross ce 16v flex 2p manual

Cross up

2018 R$ 50.148

1.6 Msi total flex automático Saveiro

VW Amarok

2017

1.0 Mpi total flex manual

XC90

R$ 278.950

2.0 D5 diesel inscription geartronic

R$ 355.000 R$ 300.000 R$ 299.950


Profile for editoranucleo

AutorevistaCe 74  

AutorevistaCe 74  

Advertisement