Page 1


Livro Comemorativo dos 50 anos do Escritório Professor René Dotti. primeira edição, novembro de 2011

supervisão geral: Rogéria Fagundes Dotti editora: Inventa | www.editorainventa.com.br coordenação editorial e texto: Ieme Comunicação | www.iemecomunicacao.com.br direção de arte e projeto gráfico: D-lab | www.dlab.com.br fotografias: Alberto Dy, Diego Singh, Henrique Borges, Nilo Biazzetto Neto e acervo Dotti. revisão de texto: Marina Gallucci coordenação administrativa: Claudia Penovich, Laís Bergstein e Mariana Guimarães impressão e acabamento: Vitória Gráfica e Editora

© 2011 Editora Inventa Reservados todos os direitos desta obra. Proibida toda e qualquer reprodução desta edição por qualquer meio ou forma, seja ela eletrônica ou mecânica, fotocópia, gravação ou qualquer meio de reprodução, sem a permissão expressa do editor.

Editora Inventa Rua Heitor Stockler de França, 356 | 1º andar Centro Cívico | Curitiba | PR | 80030-030 (55) 41 3253 0553 contato@editorainventa.com.br www.editorainventa.com.br


9


“Le temps passe, les souvenirs restent...” “O tempo passa, as lembranças ficam...”

Frase no túmulo de Yves Montand e Simone Signoret em Père Lachaise, Paris


A

história do Escritório Professor René Dotti começa em 1961. Mas, para seguir nesta narrativa, é preciso iniciá-la antes. Para entender o que representam esses 50 anos, é neces-

sário resgatar a história do homem que dá vida e nome ao Escritório. A história começa no ato em que o curitibano René Ariel Dotti estreou no Direito, espaço que escolheu para atuar profissionalmente. Quem tem o privilégio de conhecê-lo percebe que o título que mais lhe agrada é o de professor. Dotti destaca-se na carreira acadêmica como mestre de Direito Penal e também como especialista no conhecimento da legislação do sistema criminal. No seu papel de docente, destaca-se pelas letras e tem livros publicados pelas editoras mais importantes da área jurídica. Como advogado, contribuiu decisivamente para a renovação de códigos e seus pareceres são analisados em causas de relevância nacional. A trajetória de Dotti na carreira jurídica e na formação e administração de seu Escritório, você conhece nas páginas seguintes. «

11


O palco da vida CapĂ­tulo I


13


E

ra 1952. René Ariel Dotti tinha 17 anos, quando as inquietações sobre a vida profissional tornaram-se mais fortes. Desde menino, imaginava-se doutor - título que,

na época, estava relacionado à Medicina. Mas, como costuma brincar, uma “dificuldade intransponível” em Química e Física acabou afastando-o da área da Saúde. Dotti não tardou para perceber qual profissão o sensibilizava. Naquele mesmo ano, recém-formado no curso Científico do Colégio Estadual do Paraná, teve seu primeiro contato com o Direito. Filho de pintor de casas e de mãe costureira, não tinha parentes na profissão e pouco conhecia sobre o exercício da advocacia. Escolheu o curso por intermédio de um amigo e, no Direito, viu diante dele inúmeras possibilidades. Ingressou na Universidade Federal do Paraná em 1954. Durante a vida acadêmica, várias questões estimulavam mestres e alunos. No entanto, outra paixão disputava espaço com o mundo jurídico. Desde os tempos do Colégio Estadual, o teatro sempre fora a preferida entre as suas atividades de lazer. Junto com o então desconhecido ator Ary Fontoura, Dotti fundou, no mesmo ano do ingresso na universidade, a Sociedade Paranaense de Teatro, na qual exerceu várias funções: secretário-geral, diretor, ator e cenógrafo.

15


No ano de 1957, com duas matérias para exame em segunda época, consequência do tempo dispensado às atividades teatrais, Dotti definiu o seu futuro. Decidiu intensificar os estudos e recusou o convite do amigo Ary Fontoura para também ir ao Rio de Janeiro, em busca da carreira de ator. A partir desse momento, mesmo sem ter optado por qual caminho seguir - juiz, promotor ou advogado -, Dotti resolveu integrar-se definitivamente à vida universitária. Com a decisão, não tardaram os prêmios e o destaque. A atuação na universidade foi muito intensa. Escreveu para jornais e desempenhou, nos últimos dois anos de estudante, o papel de diretor jurídico do Centro Acadêmico Hugo Simas - reflexo da inclinação à liderança intelectual para a qual sempre demonstrou vocação. A ampla sensibilidade que sempre teve para as artes, principalmente teatro e literatura, despertaram em Dotti, prematuramente, um profundo interesse pela condição humana. Quando viu a advocacia criminal e seus enredos - os problemas do cárcere, a prisão injusta, a tragédia do crime - a área despertou seu interesse com mais intensidade do que os outros ramos do Direito. Dotti não advogava apenas para réus, mas também para as vítimas. Envolveu-se a tal ponto que nunca saiu da advocacia criminal e de família.


“O homem é a medida de todas as coisas” Protágoras, sofista grego • | Cenário do espetáculo “O homem que tinha tudo”, de Eddy Antonio Franciosi, em 1955.


“a terra onde se nasce, se vive e se ama, exerce sobre nós uma espécie de gravidade sentimental” Rubem Braga


Em 1958, próximo a sua colação de grau, Dotti vivia em um cenário iluminado pelos anos dourados de liberdades públicas, direitos e garantias individuais. O país estava sob o governo de Juscelino Kubitschek e, na época, havia a sedução de ir para as cidades progressistas do estado, como Maringá e Londrina. Dotti questionouse, então, sobre a decisão de continuar em Curitiba. No entanto, suas ligações afetivas com a cidade fizeram com que ele nunca deixasse a capital paranaense. Aos amigos, confidencia, ao lembrar-se de um trecho de crônica de Rubem Braga: “a terra onde nascemos, onde vivemos e onde amamos, exerce sobre nós uma força de gravidade sentimental”. Aos poucos, Dotti construía sua carreira. Enquanto universitário, estagiou no Ministério Público. No quinto ano, foi convidado para trabalhar no escritório do famoso criminalista Salvador de Maio, no Edíficio Azulay. O responsável pelo seu ingresso foi o advogado Élio Narézi, advogado também renomado, que Dotti conheceu durante o tempo em que colaborava com os trabalhos da 4ª Vara Criminal. No mesmo prédio, trabalhavam ainda outros advogados sob a sigla AUDILEX: Augusto Prolik e Flávio D’Avila - que permanecem inesquecíveis na memória de Dotti pelo apoio que deles recebeu. Dotti permaneceu no mesmo escritório até dezembro de 1960, ano em que faleceu o Doutor Salvador de Maio. «

19


Vida acadêmica Capítulo II


21


“A vida é maravilhosa se não se tem medo dela” Charles Chaplin


A

carreira de Dotti no magistério inicia-se em 1962. O convite veio do Professor Ildefonso Marques quando este foi nomeado diretor da Faculdade de Direito da

Universidade Federal do Paraná. O contrato foi assinado para a disciplina de Direito Penal e renovado até 1966 quando, mediante concurso, Dotti foi aprovado como professor auxiliar. Seguiram-se outros desafios acrescidos de provas e títulos para que alcançasse os cargos de professor assistente (1970), professor adjunto (1979) e professor titular (1981). A tese defendida para aprovação foi Bases e alternativas para o sistema de penas. Aposentado em 2004, pelo decurso de idade, Dotti rejeitou delicadamente as sugestões de colegas para prestar-lhe homenagem pelos anos de ensino e convivência. Preferiu continuar a responder aos que lhe perguntam se ainda leciona com um simples: “nunca parei”. Em aulas ou palestras, realizadas até hoje, os alunos sempre encontram uma palavra de apoio e de estímulo. A motivação do mestre é a certeza de que pode oferecer às pessoas que o procuram não apenas uma orientação técnica, mas, sobretudo, humana. A manifestação de solidariedade ocorre tanto com os alunos quanto com os inúmeros clientes. «

23


•| René e Rosarita em homenagem da Associação

•| Homenagem da UNIBRASIL, com uma placa dando o

dos Magistrados do Paraná, com uma placa de bronze

nome René Ariel Dotti a uma das Salas de Conferência

afixada no átrio do Tribunal do Júri de Curitiba, em

da Faculdade de Direito, em agosto de 2007.

dezembro de 2008.


No exercício da docência universitária por mais de 40 anos, Dotti tem livros publicados por diversas editoras. Seus artigos são divulgados em revistas jurídicas no Brasil e no exterior. Além de realizar inúmeras palestras e conferências, participa de diversos eventos acadêmicos e profissionais. Dotti ainda dedica seu tempo a pareceres em causas de grande relevância pública. Na condição de estudioso das questões de Direito Penal e de Direito Processual Penal, colaborou em estudos e trabalhos do Ministério da Justiça em programas contra a violência e a criminalidade. Sua atuação, de 1979 até 2000, compreende a corredação dos projetos que se converteram na legislação de reforma da Parte Geral do Código Penal e na criação da Lei de Execução Penal (Leis nº 7.209 e 7.210/1984). Integrou comissões de reforma do Código de Processo Penal e foi relator do anteprojeto que, transformado na Lei nº 11.689/2008, modificou substancialmente o procedimento do Tribunal do Júri. O reconhecimento pelos anos de dedicação ao interesse público foi materializado pela outorga da comenda Medalha Mérito Legislativo da Câmara dos Deputados (2007) e uma placa de bronze no átrio do edifício onde funciona o Tribunal do Júri de Curitiba (2008), como homenagem da Associação dos Magistrados do Paraná e com a indicação de seu nome a um dos auditórios do curso de Direito das Faculdades Integradas do Brasil - UNIBRASIL. «

25


Primeiro ato CapĂ­tulo III


27


“Por mais que os anos passassem, veríamos sempre, olhando através das frinchas da paliçada, a mesma muralha, a mesma sentinela e o mesmo retalho do céu. Não o céu da fortaleza, mas, sim, outro, um céu mais longínquo, um céu livre” Fiódor Dostoiévski, Recordações da Casa dos Mortos

• | Edfício Azulay.


E

m 1961, Dotti permanece no Edifício Azulay e inicia sua trajetória profissional sozinho. Seu primeiro escritório era uma saleta. O lavabo ficava no corredor. A sala de espe-

ra não existia, nem havia espaço. Os clientes esperavam sentados em duas cadeiras no corredor. Uma porta vaivém, estilo saloon de faroeste, era a separação. Na época, já existia grande concorrência entre os escritórios de advocacia. Mas Dotti sempre acreditou que havia lugar para todos e tinha a certeza de que se fizesse seu trabalho bem feito, com um caráter pessoal de atendimento, teria seus clientes. Em 1964, dois dias após o início da ditadura militar, Dotti começou um intenso trabalho em defesa da liberdade. Durante aquele ano, aconteceram muitas prisões e o advogado iniciou a defesa dos perseguidos políticos, dos acusados de “subversão” e de infração a Lei de Segurança Nacional - acusação utilizada contra todos aqueles que se opusessem ao regime.

29


Em defesa de jornalistas, escritores, sindicalistas, professores, militares e estudantes, Dotti percorreu a Justiça Militar, da Auditoria militar da 5ª Região, em Curitiba, até os escalões mais altos, como o Superior Tribunal Militar e o Supremo Tribunal Federal. Essa batalha de resistência na advocacia terminou somente em 1981 quando, em parceria com outros colegas de prestígio nacional como Heleno Claudio Fragoso, José Carlos Dias e Marcello Cerqueira, a defesa conseguiu a absolvição de sete estudantes universitários catarinenses, acusados de subversão porque acompanhavam a multidão que, em 30 de novembro de 1979, agrediu a comitiva do Presidente João Figueiredo. Após horas encerrados na sala secreta de votação, os membros do Conselho Permanente da 5ª Região Militar (quatro oficiais e um juiz civil) ouviram a assistência presente em grande número, cantando o Hino Nacional tão logo foi anunciado o veredicto. Em 2004, Dotti foi um dos homenageados pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, pelos 25 anos da Novembrada, nome dado àquele movimento popular contra o governo federal. «


31


Derrubando gorilas


Dotti se tornou um constante e bem sucedido defensor de acusados por motivos ideológicos, cidadãos que, pacificamente, defendiam ideias e pensavam diferentemente do regime militar que governava o país. O tempo era de apreensão e incertezas, mas que serviu para reafirmar o prestígio do Escritório Professor René Dotti na defesa das liberdades públicas, dos direitos e das garantias fundamentais. Hoje, olhando o passado, é possível relembrar algumas passagens cômicas. Certo dia, Dotti atendia um oficial da Base Aérea que tinha conflito de vizinhança. O cliente estava a paisana e de costas para a entrada quando a porta de saloon é aberta por um ‘subversivo’ libertado poucos dias antes que, em alto e bom som, trovejou: “aí, hem, doutor? Tamos derrotando os gorilas né?”. A palavra ‘gorila’ era a altamente ofensiva aos militares. Outro acontecimento engraçado ocorreu quando, em companhia de colegas advogados, ele estava em um bar próximo do edifício onde funcionava a Auditoria Militar, órgão no qual atuavam os Conselhos Permanente e Especial, para julgar os acusados de subversão. Era uma noite fria de julho, enquanto aguardavam a decisão que era tomada em sala fechada por quatro juízes militares e um juiz civil. Como para a defesa não havia mais nada o que fazer, os advogados estavam ‘bebericando’. Foi quando um ‘bebum’, olhando para Dotti - que ainda trajava sua beca - exclamou com alegria de solidariedade incontida: “êta padre porreta!”.

33


35


Impeachment

• | René Dotti.


Em 1992, um episódio revelou um dos maiores exemplos da democracia sul-americana. O povo, amadurecido após quase três décadas sem poder eleger seus governantes, tinha, finalmente, um presidente livremente escolhido. Mas, em apenas dois anos de mandato (1990-1992), uma reviravolta. O país que se mobilizara para a realização de eleições democráticas no movimento das Diretas Já retirou o presidente do poder após sérias denúncias de corrupção. René Ariel Dotti não esteve nas ruas como milhares de jovens da geração dos ‘cara pintadas’. Mas, como cidadão e advogado, foi corredator da petição de impeachment de Fernando Collor de Mello da Presidência da República, assinada pela Ordem dos Advogados do Brasil e pela Associação Brasileira de Imprensa. A acusação por crime de responsabilidade foi recebida pela Câmara dos Deputados e encaminhada ao Senado Federal que a julgou procedente e decretou a perda do cargo e a inelegibilidade por oito anos. A participação de Dotti neste fato histórico resultou de um convite de Miguel Reale Júnior para formar um grupo do qual participaram também Fabio Konder Comparato, José Carlos Dias, José Gregório, Dalmo Dallari, Marcio Thomaz Bastos, Flávio Bierrenbach e Evandro Lins e Silva.

37


As instalações Capítulo IV


39


• | Biblioteca do 13º andar.

• | Sala de Professor René Dotti.

41


“Ética e solidariedade em todos os casos” Valores do Escritório


N

a década de 70, depois de nove anos na saleta do Edifício Azulay, o Escritório Professor René Dotti passa a funcionar em espaço próprio no Edifício Nerina Caillet,

Rua Marechal Deodoro, 497, onde mantém-se até hoje nos 12o, 13o e 14o andares. Inicialmente, ocupava o 18o andar que, desde 2006, abriga um auditório próprio com 40 lugares, além de gabinetes de trabalho. Os quatro andares do prédio central têm atmosfera austera e influência europeia na decoração, no mobiliário, no auditório, na sala de reuniões, nas gravuras e em telas de pintores. Um olhar mais atento notará um cuidado especial na escolha de cada um dos itens selecionados em várias partes do mundo e poderá até se deparar com algum quadro assinado “R. Dotti”, de René. Sua esposa, Rosarita, é quem cuida do projeto, distribuição e decoração de cada espaço de trabalho, além dos eventos promovidos e apoiados pelo Escritório. A sala de Dotti é um deleite para quem conhece o valor da história. Em suas paredes, quadros com forte apelo para os temas recorrentes das pinturas do Paraná. Há, também, diversos objetos cheios de significados: recordações da escola, do tempo de universidade, dos prêmios e outros indicadores que refletem o gosto pela literatura e a paixão pelo teatro. Um dos locais preferidos do Professor é, sem dúvida, a biblioteca. Sua atmosfera de tranquilidade e o clima aconchegante transbordam para os demais cômodos. Os livros, catálogos e publicações, organizados por uma bibliotecária, estão à disposição para consultas e empréstimos aos advogados e estagiários do Escritório. «

43


• | Recepção

• | Sala da Secretarária do Professor René Dotti.


45


A Equipe CapĂ­tulo V


47


• | Equipe de apoio.


N

o início, o Escritório Professor René Dotti tinha apenas um funcionário. A primeira ampliação ocorreu em 1964 com a admissão de José Eduardo Soares de Camargo,

ex-aluno de Dotti. Em 1972, ingressaram Walter Borges Carneiro e Regina Helena Afonso, que permaneceram até 1990 e 1992, respectivamente, quando foram nomeados para o Tribunal de Alçada do Paraná e, posteriormente, promovidos a Desembargadores do Tribunal de Justiça. Em 1994, com a constituição da sociedade Dotti & Advogados Associados, a equipe começou efetivamente a ganhar uma grande proporção. Atualmente são 27 advogados, muitos com atuação também na vida acadêmica, especialistas ou mestres em Direito. Somam-se à equipe 15 estagiários e 15 funcionários.

De pai para filha Uma das maiores alegrias de René Ariel Dotti foi receber a colaboração da filha Rogéria a partir de 1991, como estagiária, e após 1993 como advogada responsável pelas áreas de Direito Civil e Direito Processual Civil, disciplina na qual tem o título de Mestre, pela Universidade Federal do Paraná, com a nota máxima. “É a segurança da continuidade do Escritório”, afirma o sócio-fundador.

49


Dotti ainda participa das decisões operacionais e organizacionais do Escritório, ao lado dos sócios. A Dotti & Advogados Associados conta com núcleos, sendo que cada coordenador é responsável por uma área de atuação da sociedade. Os estagiários sempre fizeram parte do quadro da Dotti & Advogados Associados. A seleção é feita por meio de concurso divulgado nos editais dos fóruns e das faculdades de Direito do Paraná. A contratação de novos advogados é feita por concurso de provas e títulos. No último, a concorrência foi de 300 candidatos para uma vaga. Para o sócio-fundador, esse é o reflexo da respeitabilidade e da postura exigida dos profissionais que exercem a arte e a ciência do Direito na Dotti & Advogados Associados. Conduta que não vem escrita e nem é ditada: é repassada para todos pela força do exemplo. O principal critério para ingressar no Escritório é ter senso de responsabilidade e de equipe. O ambiente não incentiva a competição interna e entende-se que para o bom sucesso nas causas atendidas é indispensável muito trabalho integrado. Quando alguém constitui algum advogado da equipe, ele passa a ser um cliente da sociedade como um todo.

“Fidelidade ao cliente e à sua causa” Valores do Escritório

51


Rotina da Dotti & Advogados Associados CapĂ­tulo VI


53


“Advocacia responsável, competente e eficiente” Valores do Escritório

A

té hoje, 50 anos depois da fundação, René Ariel Dotti comparece todos os dias no Escritório. De segunda a sexta-feira, a partir das 8h30, os advogados promovem

reuniões de trabalho com os estagiários, conforme as áreas de atuação, para a distribuição das pautas do dia e outros compromissos. Mensalmente é feita uma reunião de desempenho para avaliação das novas causas e apresentação do movimento de receita e despesa, além de outros assuntos. Na mesma ocasião são prestadas homenagens aos advogados que tiveram desempenho especial nos processos bem resolvidos. Um dos estilos da Dotti & Advogados Associados é a sobriedade em relação às vitórias profissionais cujos resultados não são divulgados para preservar a intimidade dos clientes, evitar o constrangimento da parte contrária e cumprir as proibições de ordem ética.

55


“Compromisso com a credibilidade” Valores do Escritório

As condutas de um membro da Dotti & Advogados Associados devem estar sempre adequadas aos principais valores do grupo: ética e solidariedade. Considera-se que, tanto no seu ambiente profissional como privado, o advogado presta serviço público e exerce função social. Ele deve pautar sua conduta de maneira a ser respeitado como profissional e como ser humano. O advogado não deve praticar um ato contrário à dignidade de sua classe e aos fins do devido processo legal como utilizar documento falso, instruir testemunhas ou manipular a prova. Não admitir interferências indevidas na causa é dever imperioso, além de recomendar ao cliente a abstenção de meios ou métodos reprováveis com o objetivo de alcançar solução favorável no litígio. «


57


Leitura Além da análise minuciosa das peças de um processo, uma das características da Dotti & Advogados Associados é estimular os seus integrantes a leitura de obras jurídicas em geral, conforme os núcleos de atuação. A biblioteca tem uma grande variedade de textos legislativos, artigos doutrinários e arquivos de jurisprudência, incluindo um sistema de informatização jurídica de alto nível proporcionado pela empresa Thomson Reuters - Revista dos Tribunais.

Memorial Na Dotti & Advogados Associados adotou-se um modelo peculiar de impressão de memoriais, que contêm o resumo da causa e o pleito junto ao Poder Judiciário. A plaquete é atraente para a leitura e a confecção é gratuita para o cliente que terá mais um documento de seu interesse.

59


Tu és para o cliente e não o cliente para ti Capítulo VII


61


D

esde o início do Escritório Professor René Dotti, compreende-se que é preciso um contato frequente com o cliente. Quando uma pessoa procura um advogado, ela

traz em maior ou menor grau uma apreensão que deve ser considerada e entendida. O sócio-fundador acredita que um dos segredos da atividade empresarial bem sucedida é oferecer o melhor dos esforços ao trabalho e também a maior atenção para as relações humanas internas e externas. Essas características fazem a diferença na prestação do serviço jurídico.

“São muito comuns as queixas de pacientes que reclamam do médico porque não lhes deu ouvido para falar sobre os sintomas da doença e as preocupações com a evolução do mal ou a perspectiva de cura. Desde logo foi prescrita a medicação ou requisitados os exames. Na relação cliente-patrono tal insatisfação também é frequente. Na ânsia de oferecer diagnóstico e um programa de trabalho - não raro para mostrar competência - o advogado corre dois tipos de risco: frustrar a expectativa de quem o escolheu como confidente e fazer um diagnóstico equivocado”

René Dotti, na coluna Breviário Forense do jornal O Estado do Paraná, em 06 de agosto de 2006.

63


Para Dotti, o advogado que na primeira entrevista deixa de ouvir minuciosamente a história da causa e o depoimento pessoal da parte, mas, desde logo, solicita documentos e, não raro, propõe honorários, não é um bom profissional. Fidelidade à causa e à pessoa do cliente também são exigências éticas indispensáveis para a boa prestação do serviço. «

“Agora o seu problema é nosso!” Mensagem acrescentada ao livreto que contém pensamentos de sabedoria e ofertado aos clientes do Escritório Professor René Dotti

65


Desde 1961 CapĂ­tulo VIII


67


• | René Ariel Dotti.


E

m suas cinco décadas de existência, o Escritório Professor René Dotti cresceu muito: sede, número de advogados e atuação. Hoje, além das tradicionais causas criminais e

de família, atende-se nas áreas Ambiental, Civil, Constitucional, Administrativo, Desportivo e Eleitoral. As funções sociais do advogado são exercidas intensamente. A advocacia pro bono é vista como um dever, afinal, é impossível deixar de defender uma pessoa só porque ela não possui os meios para fazer valer seus direitos. O comprometimento com setores comunitários que necessitam de assessoria legal - como sindicatos, clubes, associações e instituições - é frequente. Grande também é o número de defesas de jornalistas processados sob a acusação de abuso nas liberdades de informação, opinião e crítica. Consequentemente, a Dotti & Advogados Associados cresce à medida do bom trabalho e dos resultados positivos em várias áreas de atendimento.

69


“Uma vida não basta ser vivida. Ela precisa ser sonhada” Mário Quintana


A figura de René Ariel Dotti continua forte. Ele mantém-se atuante e não existem planos para aposentadoria. O grande desafio para as próximas gerações é manter a posição. É fundamental ter uma equipe grande e ativa - é o que mantém o Escritório vivo, acredita seu fundador. Soma-se a esta certeza, o desejo de que, daqui a muitos anos, quando olharem abaixo do nome Dotti & Advogados Associados, a referência “desde 1961” seja de uma instituição que foi muito além da existência de seus membros atuais. E, da mesma forma, que as normas, conceitos, valores, buscas e objetivos, formados por muitos anos de aprendizado e de atuação, sejam para sempre consolidados como sinônimos de respeitabilidade. «

“De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças acerca de suas ações” Artur da Tavola

71


Dotti & Advogados Associados Os Advogados do Escrit贸rio


73


René Dotti Nome: René Ariel Dotti Brasileiro, casado, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Gabriel Dotti e Adelina Zulian Dotti

- Formado em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 1958 - Professor Titular de Direito Penal da Universidade Federal do Paraná - Professor de Direito Processual Penal no curso de pós-graduação da Universidade Federal do Paraná - Vice-Presidente do Comitê Científico da Associação Internacional de Direito Penal - Presidente Honorário do Grupo Brasileiro da Associação Internacional de Direito Penal (AIDP - Brasil) - Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012) - Presidente da Comissão Nacional de Defesa da República e da Democracia do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil - Presidente de Honra para o Brasil do Instituto Panamericano de Política Criminal (IPAN) - Presidente de Honra do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (IBDPE) - Membro da Sociedade Mexicana de Criminologia - Sócio Benemérito do Instituto dos Advogados do Paraná - Coautor do anteprojeto de reforma da Parte Geral do Código Penal (Lei nº 7.209, de 11.07.1984) - Coautor do anteprojeto da Lei de Execução Penal do Brasil (Lei nº 7.210, de 11.07.1984) - Relator do anteprojeto de nova Lei de Imprensa (Comissão da Ordem dos Advogados do Brasil. Publicado no Diário do Congresso Nacional, nº 103, seção II, de 14.08.1991) - Membro da Comissão de Reforma da Parte Especial do Código Penal (Portaria nº 581, de 10.12.1992, do Ministro da Justiça) - Membro da Comissão instituída pela Escola Nacional da Magistratura para a reforma do Código de Processo Penal - Membro da Comissão instituída pelo Ministro da Justiça para promover estudos e propor soluções com vista à simplificação da Lei de Execução Penal - Membro da Comissão de Revisão dos anteprojetos de reforma setorial do Código de Processo Penal, instituída pelo Ministro da Justiça (Portaria nº 349, publ. DOU de 17.09.1993) - Membro da Comissão para reforma do sistema eleitoral, instituída pelo Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ministro Carlos Velloso - Membro da Comissão para realização de estudos de modernização da legislação penal, instituída pelo Ministro da Justiça (Portaria nº 315, publ. no DOU de 10.04.1995) que redigiu o projeto da Lei nº 9.613, de 03.03.1998 (lavagem de dinheiro)

O Escritório é o “ ponto de encontro do trabalho com a esperança.


17 de julho de 2004. Cássio Taniguchi (Prefeito de Curitiba), João Claudio Derosso (Presidente da Câmara dos Vereadores de Curitiba) e Julieta Reis (Vereadora, autora da proposição) - Moção: Homenageado com voto de louvor e congratulações pela mesa Executiva da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, pelo lançamento do seu livro Curso de Direito Penal - Parte Geral, 3ª edição (07.04.2010), proposto pelo Deputado Durval Amaral - Ex-membro do Conselho Diretor do Instituto Latino-americano das Nações Unidas para Prevenção do Delito e Tratamento do Delinquente - Ex-Presidente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária - Ex-Magistrado do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná - Ex-Secretário de Estado da Cultura - Professor convidado da Escola da Magistratura do Estado do Paraná - Coordenador Didático do Curso de Especialização em Advocacia Criminal da Faculdade Cândido Mendes Paraná - Vários artigos publicados no Brasil e no exterior. Várias conferências no Brasil e no exterior - Atuação nas áreas de Direito Administrativo, Direito Civil (compreendendo Direito de Família), Direito Eleitoral e Direito Penal

- Membro da Comissão para elaboração do Anteprojeto do Código Penal, instituída pelo Ministro da Justiça (Portaria nº 1.265, de 16.12.97, publ. no DOU de 17.12.1997) - Membro do Grupo Especial de Trabalho, instituído pelo Ministro da Justiça, para formular diagnóstico do sistema penal brasileiro e apresentar propostas para seu aperfeiçoamento (Portaria nº 531, de 29.09.1999, publ. no DOU de 30.09.1999) - Membro de Comissão Especial, instituída pelo Ministro da Justiça (Portaria nº 384, de 10.04.2002), com a atribuição de realizar avaliações dos Juizados Especiais Criminais, bem como de apresentar propostas de iniciativas legislativas e ações governamentais - Membro da Comissão para o fim de rever e atualizar os delitos eleitorais, instituída pelo Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ministro Carlos Velloso (Portaria nº 391, de 10.08.2005, publ. DOU de 12.08.2005) - Membro das Comissões de Temário da XVI e da XVII Conferência Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, realizadas, respectivamente, em setembro de 1996 e setembro de 1999 - Membro da Comissão de Juristas instituída pelo Senado Federal para elaborar o anteprojeto do Código Penal (2011) - Membro da Academia Brasileira de Direito Criminal - Membro da Academia Paranaense de Letras - Membro da Academia Paranaense de Letras Jurídicas - Prêmio Heleno Fragoso de Direitos Humanos - Homenageado pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Paraná, com a Medalha José Rodrigues Vieira Neto, concedida uma vez a cada três anos ao advogado que tenha prestado relevantes serviços à Justiça, ao Direito e à classe dos advogados (19.10.2006) - Homenageado pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) com uma placa dando seu nome à Sala de Conferências da Faculdade de Direito (agosto/2007) - Homenageado com a Medalha Mérito Legislativo Câmara dos Deputados como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados ao Poder Legislativo e ao Brasil (21.11.2007), proposta do Deputado Osmar Serraglio - Título de Cidadão Benemérito do Estado do Paraná, conferido pelos poderes constituídos, em 17 de dezembro de 1986, por meio da Lei nº 8534 de 27 de agosto de 1986. Mário Lopes dos Santos (Presidente do Tribunal de Justiça), João Elisio Ferraz de Campos (Governador do Paraná) e Antonio Martins Anibelli (Presidente da Assembleia Legislativa) - Título de Vulto Emérito de Curitiba, conferido pelos poderes públicos municipais, em 29 de junho de 2004, por meio da Lei Municipal n° 1.118, de

Obras publicadas (entre outras): - A proteção penal do meio ambiente, Litero-Técnica, 1978 - A Reforma Penal e Penitenciária, Litero-Técnica, 1980 - Proteção da vida privada e liberdade de informação, RT, 1980 - Reforma Penal brasileira, Forense, 1988 - Casos criminais célebres, RT, 1998 (3ª edição em 2003) - Bases e Alternativas para o Sistema de Penas, RT, 1998 - Declaração Universal dos Direitos do Homem - 50 anos - Notas da legislação brasileira, JM, 1998 (2ª edição em 1999), (3ª edição em 2006, Editora Lex) - Breviário Forense, Editora Juruá, 2002 (2ª edição em 2007) - O Movimento Antiterror e a Missão da Magistratura, Juruá, 2005 (2ª edição) - Curso de Direito Penal - Parte Geral, RT (3ª edição, 2010) - Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica, RT, 2010, como Coordenador (2ª edição)

- Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 2.612 - E-mail: rene@dotti.adv.br

75


Rogéria Dotti Nome: Rogéria Fagundes Dotti Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: René Ariel Dotti e Rosarita Fayet Fagundes Dotti

- Formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 1993 - Obtenção de prêmios nas disciplinas de Direito Civil, Comercial e Direito Penal - Obtenção do prêmio de melhor média geral da Turma de 1993 da UFPR - Mestre em Direito das Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná em 1999 - Obtenção de nota máxima na defesa da Dissertação de Mestrado, na linha de pesquisa de Direito Processual Civil - Obtenção de nota A no Certificate of Advanced English of Cambridge University - Autora da obra “Tutela Antecipada em Relação à Parte Incontroversa da Demanda”, publicada pela Editora Revista dos Tribunais em 1999 (2ª edição revista e atualizada de acordo com a Lei nº 10.444/2002, em 2003) - Ex-Presidente do Instituto dos Advogados do Paraná (Gestão 2009/2011) - Ex-Conselheira da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2007/2009) - Atuação nas áreas de Direito Civil, Direito de Família, Direito Processual Civil e Direito Comercial - Integrante do Escritório desde março de 1991 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob nº 20.900 - E-mail: rogeria@dotti.adv.br

Costuma-se dizer que advogar é o exercício de uma profissão de fé. Na Dotti & Advogados, diariamente, aprendemos a ter fé em nosso trabalho e na

realização da Justiça. Quem não

acredita, nada tem.


Julio Brotto Nome: Julio Cesar Brotto Brasileiro, casado, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Antônio Arlei Brotto e Eliana Brotto

- Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba em 1994 - Pós-graduado em Advocacia Cível pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2007

Ano que vem completarei

- Atuação nas áreas de Direito Civil, Direito Comercial, Direito Administrativo, Direito Eleitoral e perante Conselhos profissionais - Integrante do Escritório desde março de 1992

duas décadas de Escritório. Isso equivale à metade dos meus anos de vida. Tenho

- Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 21.600

orgulho em dizer que ingressei como estagiário e pude

- E-mail: julio@dotti.adv.br

acompanhar o crescimento da equipe, juntamente com o meu próprio. Estar no mesmo lugar, e na mesma atividade, há tanto tempo, somente é possível quando se tem a firme convicção de que o teu trabalho pode fazer a diferença para alguém. E é precisamente assim que me sinto. Como me disse um sábio Advogado do interior, certa feita: ‘jamais se esqueça que ‘os outros’, dos

outros, somos nós’.

77


Patrícia Nymberg Nome: Patrícia Domingues Nymberg Brasileira, casada, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Luiz Carlos Nymberg e Laize de Cássia Domingues

- Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 1998 - Pós-graduada em Direito Empresarial pela PUC/PR em 1999 - Pós-graduada em Direito Socioambiental pela PUC/PR em 2004

Integrar o Escritório foi uma grande conquista na minha

- Atuação nas áreas de Direito Civil, Direito de Imprensa e Direito Ambiental

vida profissional. O amor e

- Integrante do Escritório desde janeiro de 2001

a dedicação ao Direito, e a

- Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob nº 27.301 - E-mail: patricia@dotti.adv.br

incansável busca pela Justiça, sentimentos e qualidades manifestadas diariamente pelo Prof. René, contagiam a todos que com ele trabalham. Sintome afortunada por estar, há dez anos, vivenciando uma advocacia justa, honesta e ética,

ideais que sempre almejei.


Alexandre Knopfholz Nome: Alexandre Knopfholz Brasileiro, casado, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Manoel Knopfholz e Regina Galperin Knopfholz - Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba em 2002 - Obtenção de “Medalha de Ouro” nas áreas de Direito Público, Direito Privado, Propedêutica do Direito e Prática Jurídica - Obtenção do prêmio de Melhor Média Geral da Turma 2002 da Faculdade de Direito de Curitiba - Especialista em Advocacia Criminal pela Universidade Cândido Mendes em 2005 - Mestrando em Direito Empresarial e Cidadania pelo Centro Universitário Curitiba - Professor de Processo Penal dos cursos de graduação e de pós-graduação da Faculdade de Direito de Curitiba

Tenho a honra de fazer parte

da equipe do Escritório desde

2000. Aqui, busca-se a Advocacia

- Membro do Instituto dos Advogados do Paraná (inscrição nº 741)

em sua completude: a técnica, a

- Membro da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da

ética e a solidariedade humana caminham juntas para um

Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012) - Membro do Grupo Brasileiro da Associação Internacional de Direito Penal (AIDP) - Associado fundador do Instituto Paranaense de Estudos Criminais (IPEC) - Associado fundador do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (IBDPE) - Atuação nas áreas de Direito Penal e Direito Processual Penal - Integrante do Escritório desde fevereiro de 2000 - Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 35.220 - E-mail: alexandre@dotti.adv.br

79

atendimento pleno daqueles

que nos procuram.


Fernanda Pederneiras Nome: Fernanda Barbosa Pederneiras Moreno Brasileira, casada, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Mario Portugal Pederneiras e Joana Barbosa Pederneiras

- Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 2002 - Pós-graduada em Direito Processual Civil pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar em 2005 - Pós-graduanda em Direito de Família e Sucessões pela Escola Paulista de Direito - Diretora do Instituto Brasileiro de Direito de Família - Regional do Paraná (IBDFAM/PR) (Gestões 2007/2009, 2009/2011 e 2011/2013) - Membro da Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012)

A oportunidade de integrar

a equipe da Dotti & Advogados Associados possibilitou a concretização de um sonho idealizado: exercer a profissão com alegria, entusiasmo e a certeza diária de ter feito a escolha certa. A amizade, a solidariedade e a preocupação

-Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito de Família -Integrante do Escritório desde setembro de 2000 -Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 35.146 -E-mail: fernanda@dotti.adv.br

com o próximo faz com que não exista causa de um advogado só. Aqui a luta é de todos e o exercício da advocacia transcende a letra

fria da lei.


José Roberto Trautwein Nome: José Roberto Della Tonia Trautwein Brasileiro, casado, nascido em Carlópolis (PR) Filiação: José Roberto Araújo Trautwein e Laura Fátima Della Tonia Trautwein

- Formado em Direito pela Faculdade Estadual do Norte Pioneiro Jacarezinho (PR) em 1996 - Especialista em Direito Empresarial pelo Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos (IBEJ) em 2001 - Pós-graduado em Direito Constitucional pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) em 2008

- Atuação nas áreas de Direito Civil, Direito Comercial,

A aplicação do Direito,

Sucessões e Locações

além das letras, ao ponto de transcender

- Integrante do Escritório desde agosto de 2003 - Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 23.140 - E-mail: joseroberto@dotti.adv.br

o interesse processual e assegurar a plenitude

emocional ao cliente.

81


Francisco Zardo Nome: Francisco Augusto Zardo Guedes Brasileiro, casado, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Eduardo Guedes e Eunice Elizabete Zardo

- Formado em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 2002 - Pós-graduado em Direito Administrativo pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar em 2004 - Mestrando em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná - Membro do Instituto dos Advogados do Paraná (inscrição nº 743)

No romance Os Maias, de

Eça de Queiroz, o protagonista -Atuação nas áreas de Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direito Eleitoral -Integrante do Escritório desde agosto de 2003 -Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 35.303 -E-mail: francisco@dotti.adv.br

Carlos Eduardo se impressionou ao regressar a casa em que viveu por apenas dois anos, mas que parecia conter toda sua vida. É que lá vivera daquilo que dá relevo à vida - a paixão, respondeu-lhe o amigo João da Ega. Sinto-me assim na Dotti Advogados, onde há oito anos vivo todos os dias a paixão pela

Advocacia.


Vanessa Scheremeta Nome: Vanessa Cristina Cruz Scheremeta Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Paulo Scheremeta e Wanda Cristina Araújo Cruz Baldo

- Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 1998 - Especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR em 2000 - Pós-graduada em Direito Processual Civil pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar em 2005 - Atuação nas áreas de Direito Civil, Direito Comercial e Direito Processual Civil,

Ética e solidariedade são

lemas exercitados todos os dias, não somente em relação

com ênfase em recursos aos Tribunais Superiores

aos clientes, mas também

- Integrante do Escritório desde agosto de 2003 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 27.134 - E-mail: vanessa@dotti.adv.br

entre todos os componentes do escritório. Essa aura de companheirismo, amizade e generosidade me faz ter prazer em vir trabalhar todos os dias e, principalmente, ter orgulho

de fazer parte desta equipe.

83


Fernando Welter Nome: Fernando Aloysio Maciel Welter Brasileiro, casado, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Bruno Ernesto Hetzel Welter e Maria Benedita Welter

- Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba no ano de 2003 - Curso de Aperfeiçoamento em Direito pelo jurídico em 2003 -Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito Processual Civil -Integrante do Escritório desde setembro de 2004 -Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 36.558 -E-mail: fernando@dotti.adv.br

Trabalhar no Escritório

Professor René Dotti é ter o privilégio de, a um só tempo, conjugar dois sentimentos que alimentam a alma: o entusiasmo, pelo desempenho de uma advocacia séria e profissional, e a esperança no aprimoramento do Direito e realização da

justiça no caso concreto.


Gustavo Scandelari Nome: Gustavo Britta Scandelari Brasileiro, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Suzete Britta Meretka e José Roberto Scandelari

- Formado em Direito pela Universidade Positivo em 2006 - Pós-graduado em Direito Constitucional pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) em 2008 - Especialista em Direito Penal e Criminologia pela Universidade Federal do Paraná em convênio

Além do apego intransigente

com o Instituto de Criminologia e Política Criminal (ICPC) em 2009 - Mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná em 2011 - Obtenção da nota máxima na defesa da Dissertação de Mestrado, na linha de pesquisa de Direito Criminal

à ética na defesa dos interesses dos nossos clientes e do desenvolvimento de teses jurídicas inovadoras, a Dotti

- Professor de cursos de especialização em Direito

& Advogados Associados se destaca por acreditar, há cinco

- Membro do Instituto dos Advogados do Paraná (inscrição nº 750) - Membro do Grupo Brasileiro da Associação Internacional de Direito Penal (AIDP) - Membro da Comissão da Advocacia Criminal da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012) - Associado fundador do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (IBDPE)

décadas, que ‘a única maneira de se proteger as suas garantias neste mundo é protegendo as garantias e a liberdade de outro homem’ (Clarence Darrow, 1857-1938). Em uma

- Atuação nas áreas de Direito Penal e Direito Processual Penal

palavra: solidariedade.

- Integrante do Escritório desde março de 2004 - Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 40.675 - E-mail: gustavo@dotti.adv.br

85


Murilo Varasquim Nome: Murilo Varasquim Brasileiro, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Vera Lúcia Varasquim e José Miguel Varasquim

- Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 2006. -Atuação nas áreas de Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito Minerário -Integrante do Escritório desde janeiro de 2002 -Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 41.918 -E-mail: murilo@dotti.adv.br

A ética e o

comprometimento com a qualidade são conceitos inseparáveis na prestação jurídica do Escritório

Professor René Dotti.


Rafael de Melo Nome: Rafael Fabricio de Melo Brasileiro, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Marlene Maria Fabricio de Melo e Iraci Fabricio de Melo

- Formado em Direito pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) em 2006 - Pós-graduado em Prática Penal e Processual Penal pela Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDCONST) em 2008 - Professor de Direito Penal e Processual Penal de cursos preparatórios

- Membro do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (IBDPE)

- Membro das Comissões de Advogados Criminalistas e do Voto Consciente

destes 50 anos do Escritório

para Concursos

Com muita honra e alegria compartilho os últimos 10

Professor René Dotti. Neste

da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012) - Integrante da Câmara de Ética e Disciplina do Clube Atlético Paranaense (Gestão 2009/2011)

tempo percebi que a equipe, muito mais do que advogados, é composta por seres humanos

- Atuação nas áreas de Direito Penal e Direito Processual Penal

e que a advocacia, muito mais

- Integrante do Escritório desde favereiro de 2001

do que uma profissão, é uma

- Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 41.919 - E-mail: rafael@dotti.adv.br

87

realização espiritual.


Cícero Luvizotto Nome: Cícero Andrade Barreto Luvizotto Brasileiro, casado, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Maria Clara Andrade Barreto Luvizotto e Elcio José Luvizotto

- Formado em Direito pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) em 2007 - Especialista em Direito Processual Civil pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar em 2008 - Professor de Direito Processual Civil na FAPAR - Procurador do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paranaense de Futebol de Salão - Membro da Comissão de Direito à Saúde da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012)

Mal sabia que no dia

09/09/2004, meu primeiro dia, ainda como estagiário do escritório, iniciava uma das fases mais importantes da minha vida. Nestes sete anos aprendi, com profissionais altamente

-Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito Processual Civil -Integrante do Escritório desde setembro de 2004 -Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 43.069 -E-mail: cicero@dotti.adv.br

competentes, um ofício do qual me honro. A advocacia respeitosa e humana que há 50 anos é exercida na Dotti e Advogados Associados é um exemplo para as

futuras gerações.


Vanessa Cani Nome: Vanessa Pedrollo Cani Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Maria Cristina Pedrollo Cani e Ariel Surasan Turra Cani

- Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR) em 1998 - Pós-graduada em Direito Ambiental pela Universidade Positivo em 2006 - Pós-graduanda em Direito Público pela Universidade Anhanguera (UNIDERP)

- Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito Processual Civil - Integrante do Escritório desde janeiro de 2007 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 27.130 - E-mail: vanessac@dotti.adv.br

Encontrei nesta equipe

dedicação e amor ao trabalho, além da generosidade em permitir que o conhecimento individual se estenda a todos, contribuindo para o

crescimento profissional.

89


Mariana Guimarães Nome: Mariana Costa Guimarães Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Fernando Augusto Mello Guimarães e Carmen Lúcia Tulio Didio Costa

- Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR) em 2004 - Especialista em Administração Pública pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) em 2006 - Membro da Comissão de Gestão Pública e Assuntos da Administração da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012) - Membro da Comissão dos Advogados Iniciantes da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestões 2005/2006 e 2007/2009) -Atuação na área de Direito Administrativo -Integrante do Escritório desde setembro de 2007

Ao ingressar no Escritório,

no processo seletivo realizado em 2007, tinha a certeza de estar dando um enorme passo em minha carreira e que encontraria uma advocacia responsável, competente e eficiente. Encontrei muito mais que isso! Encontrei amigos

-Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 36.785

e profissionais que, acima de

-E-mail: mariana@dotti.adv.br

tudo, atuam sempre em busca dos mais nobres preceitos

éticos, morais e solidários.


Luis Otávio Sales Nome: Luis Otávio Sales da Silva Junior Brasileiro, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Luiz Otávio Sales da Silva e Sandra Maria Marques Cury

- Formado em Direto pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 2007 - Pós-graduado em Direito Penal e Criminologia (ICPC) em 2011

A advocacia criminal no

- Atuação nas áreas do Direito Penal e Direito Processual Penal

Escritório Professor René

- Integrante do Escritório desde fevereiro de 2009

Dotti se destaca pelo resgate

- Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 45.531

de um atributo não raramente sonegado: o aspecto humano da

- E-mail: luisotavio@dotti.adv.br

profissão. E isso se nota tanto pelo rigor técnico na condução dos casos quanto na assunção de novas causas por apego à justiça ou como exercício de indulgência. Atuamos com esperança. De um lado para que a causa se resolva em favor do cliente, de outro, para que se aplique uma solução justa, não,

porém, justiceira.

91


Guilherme Alonso Nome: Guilherme de Oliveira Alonso Brasileiro, nascido em São Paulo (SP) Filiação: Emilson Alonso e Valéria Maria de Oliveira Alonso

- Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 2008 - Pós-graduando em Direito e Processo Penal pela Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst)

A tarefa mais gratificante da advocacia criminal exercida no Escritório

Professor René Dotti é, sem dúvida, a defesa da liberdade

- Atuação nas áreas do Direito Penal e Direito Processual Penal - Integrante do Escritório desde maio de 2009 - Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 50.605 - E-mail: guilherme@dotti.adv.br

alheia. Não exclusivamente pelo interesse privado do acusado, mas pela constante luta em prol da manutenção de garantias fundamentais que a Constituição assegura, sem exceções, a todos os integrantes do Estado

Democrático de Direito.


Thais Guimarães Nome: Thais Precoma Guimarães Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Amauri Romeu Budal Guimarães e Ruthe Precoma

- Formada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba em 2008 - Formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) em 2003

Ao lembrar-me de quando comecei a trabalhar no

Escritório há 7 anos, surge

- Especialista em Direito Processual Civil pelo Instituto de Direito

de imediato a frase de Henry

Romeu Felipe Bacellar em 2011

Ford: ‘Unir-se é um bom começo,

- Diretora do Instituto Brasileiro de Direito de Família - Regional do Paraná (IBDFAM/PR)

manter a união é um progresso, e trabalhar em conjunto é a

(Gestão 2011/2013)

vitória’. O trabalho em equipe que temos no Escritório é

- Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito de Família

surpreendente, pois, aliado

- Integrante do Escritório desde outubro de 2004

à ética, à solidariedade e ao

- Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 52.345

atendimento personalizado, nos leva às conquistas e vitórias

- E-mail: thais@dotti.adv.br

diárias e à felicidade

de advogar.

93


Alisson Nichel Nome: Alisson Luiz Nichel Brasileiro, nascido em Curitiba (PR) Filiação: Valdir Nichel e Ana Cleide Pramio Nichel

- Formado em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 2009 - Pós-graduando em Direito Administrativo pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar

- Atuação nas áreas de Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direito Eleitoral - Integrante do Escritório desde agosto de 2006 - Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 54.838 - E-mail: alisson@dotti.adv.br

Como membro do Escritório desde 2006, quando ainda

cursava o 2º ano da Faculdade de Direito, tenho o privilégio de participar da história de uma das bancas de advocacia mais conceituadas do país e com ela crescer. Lição de extrema relevância que aprendi nestes anos é a de que a maior recompensa do Advogado é a gratidão dos clientes, a quem devemos o sucesso dos 50 anos que passaram e que serão determinantes para os muitos

anos de triunfo que virão.


Laís Bergstein Nome: Laís Gomes Bergstein Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Eduardo Avelino Bergstein e Marta Regina Gomes Bergstein

- Formada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba em 2009 - Mestranda em Direito Econômico e Socioambiental pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR), tendo sido aprovada no processo de seleção de bolsistas da CAPES - Integrante do grupo de pesquisa em Direito do Consumo e Sociedade Tecnológica na PUC/PR

No Escritório Professor René Dotti vivemos o lema ética e solidariedade todos os dias.

- Membro do Instituto dos Advogados do Paraná (inscrição nº 756) - Associada do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito

- Atuação nas áreas de Direito Civil, Processual Civil e Direito do Consumidor - Integrante do Escritório desde abril de 2008

Do atendimento aos clientes ao relacionamento com os colegas, estas duas palavras preciosas acompanham e

inspiram toda a equipe.

- Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 54.454 - E-mail: lais@dotti.adv.br

95


Gilliane Pombo Nome: Gilliane Cristine Pombo Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Juliano Spies Pombo e Raquel de Lourdes Pombo

- Formada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba em 2009 - Pós-graduanda em Direito Processual Civil pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar - Membro das Comissões de Advogados Iniciantes e do Voto Consciente da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná (Gestão 2010/2012)

- Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito de Família - Integrante do Escritório desde agosto de 2007 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 54.448 - E-mail: gilliane@dotti.adv.br

Em que pese a Faculdade de Direito de Curitiba tenha me conferido o grau de bacharel em direito, a minha verdadeira escola foi, e continua sendo, a Dotti. Neste escritório, onde a ética e a solidariedade são praticadas dia a dia, aprendi as lições mais importantes sobre o exercício da advocacia responsável e competente. Nesta data tão especial só posso agradecer e expressar meus sentimentos de estima e admiração por toda a equipe que faz deste, um dos mais renomados escritórios de advocacia do país.


André Meerholz Nome: André Leonardo Meerholz Brasileiro, nascido em Curitiba (PR) Filiação: João Roberto Meerholz e Rosana Chaves de Souza Meerholz

- Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba em 2004 - Formado em Economia pela Universidade Federal do Paraná em 2009 - Pós-graduado em Direito Administrativo pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar em 2007 - Pós-graduando em Contabilidade e Finanças pela Universidade Federal do Paraná

Desde julho de 2010 tenho a honra de compor uma

equipe que, pautada na ética e solidariedade, faz da advocacia

- Atuação na área de Direito Administrativo

um exercício contínuo de

- Integrante do Escritório desde julho de 2010 - Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 56.113 - E-mail: andre@dotti.adv.br

97

inovação voltada à oferta de

soluções jurídicas.


Renata Steiner Nome: Renata Carlos Steiner Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Paulo Renato Steiner e Mara Lucia Carlos Steiner

- Formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 2006 - Mestre em Direito das Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná em 2009 - Obtenção de nota máxima na defesa de Dissertação de Mestrado, na linha de pesquisa de Direito Civil - Professora Substituta de Prática Jurídica na Universidade Federal do Paraná (biênio 2009/2010) - Pesquisadora de Iniciação Científica na Universidade Federal do Paraná (biênios 2004/2005 e 2005/2006) - Pesquisadora visitante, durante Mestrado, na Universidade de Augsburg, Alemanha, em 2008 - Autora de diversos artigos científicos e de capítulos de livros

Trabalhar no Escritório Professor René Dotti é vivenciar, dia após dia, uma advocacia séria e comprometida com seus

maiores valores: a ética, a solidariedade e a excelência. Enfim, para além de um privilégio profissional, também

- Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito Processual Civil - Integrante do Escritório desde julho de 2011 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob nº 44.346 - E-mail: renata@dotti.adv.br

pessoalmente é gratificante poder contribuir na formação desta história de

longos anos.


Diana Geara Nome: Diana Maria Palma Karam Geara Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Tufy Karam Geara e Celine Maria Palma Karam Geara

- Formada em Direito pelas Faculdades Integradas do Brasil (UNIBRASIL) em 2007 - Pós-graduada em Direito Tributário pela Faculdade de Direito de Curitiba (UNICURITIBA) em 2010

Sempre admirei o trabalho do

Escritório Professor René Dotti, e tive inclusive a oportunidade,

- Professora de Direito de Família e Sucessões e Direito da Criança e do

antes de compor esta banca, de presenciar a conduta nobre e

Adolescente do Instituto Superior do Litoral do Paraná (ISULPAR)

ética da equipe de trabalho da - Atuação nas áreas de Direito Civil e Direito de Família

qual atualmente faço parte.

- Integrante do Escritório desde setembro de 2011

Agora, mesmo com pouco tempo

- Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob o nº 43.052

de Escritório, posso afirmar que

- E-mail: diana@dotti.adv.br

o sucesso da Dotti, é, sem dúvidas, a tradução de uma política de tratamento personalizado que é dado a cada causa, bem como à valorização da equipe de

profissionais que a compõe.

99


Claudia Penovich Nome: Claudia Maria Penovich Brasileira, nascida em Curitiba (PR) Filiação: Antonio Penovich e Osminda Samways Penovich

- Formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 1986 - MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2011

- Integrante do Escritório desde março de 1991 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná, sob o nº 36.755 - E-mail: claudia@dotti.adv.br

Desde 1991, tem sido uma

alegria trabalhar aqui. É emocionante observar o

crescimento e a evolução do Escritório e ver o projeto original - ética, busca da justiça e exercício de solidariedade permanentemente retomado

e fortalecido.


Rosarita Dotti Nome: Rosarita Fayet Fagundes Dotti Brasileira, casada, nascida em Cruz Alta (RS) Filiação: José Ribas Fagundes e Virgínia Fayet Fagundes

- Formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 1967

- Integrante do Escritório desde março de 1991 - Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná sob nº 22.074 - E-mail: rosarita@dotti.adv.br

O meu mundo gira

em torno da Fé, da Família

e do Escritório.

101


Rua Marechal Deodoro, 497 . 13ยบ andar . 80020-320 . Curitiba . Paranรก Tel.: (41) 3306-8000 . Fax: (41) 3306-8008 e-mail: escritorio@dotti.adv.br site: www.dotti.adv.br


Profile for Editora Inventa

50 anos DOTTI  

Livro comemorativo aos 50 anos do escritório do Professor Rene Ariel Dotti.

50 anos DOTTI  

Livro comemorativo aos 50 anos do escritório do Professor Rene Ariel Dotti.

Advertisement