Page 1

04 Julho - 2012

Estilo contemporâneo em alta

Velocidade

sam que os ambientes sejam despojados e integrados. Os tecidos têm apelo ao natural e os mais usados são couro, seda, algodão e fibras. Os móveis misturam um pouco do moderno com o antigo e dão ao ambiente um visual descontraído e ao mesmo tempo mais sério. Opte por móveis pequenos como aparadores baixos, mesas de centro, pufes e poltronas. Os detalhes que irão dar o toque final à decoração ficam por conta dos acessórios que conversam com os móveis, tecidos e cores. As fotografias de amigos e familiares colocadas em diferentes porta-retratos dão vida ao local. Pequenas obras de arte, esculturas, murais e luminárias são todos bem vindos. O ideal é manter um equilíbrio entre tudo para que esses acessórios não chamem a atenção, e sim, apenas complementem o ambiente.

Ano 16 | Edição nº 538 | Julho 2012 | 50.000 Exemplares

Estudos revelam verticalização com qualidade de vida A sustentabilidade local e o futuro da cidade estiveram entre as diretrizes consideradas pela prefeitura Estudos realizados pela Prefeitura Municipal de São José dos Campos demonstram que existem áreas suficientes na cidade para viabilizar a verticalização do setor imobiliário. Essa tendência, cada vez mais comum em grandes centros, chega com força em cidades interioranas (principalmente as que passam por constante desenvolvimento) chegando a receber, inclusive, facilitações das Leis e incentivos por parte das administrações locais. A assessoria de comunicação da Prefeitura do município informa que três pilares básicos serviram como diretrizes: a qualidade de vida do cidadão, a sustentabilidade local e o futuro da cidade. A pesquisa realizada em São José levou em consideração a análise do ambiente urbano, a realidade social, a dinâmica populacional, a produção de moradia, do emprego e a paisagem natural, primando pela conciliação das áreas verdes e da infraestutura urbana. A constatação foi de que existem áreas suficientes na cidade para viabilizar a verticalização sem concentração

excessiva, sem sobrecarregar o sistema viário e a capacidade de atendimento da infraestrutura. Vale lembrar que os estudos embasaram a revisão da Lei de Zoneamento, atualmente em vigor no município. A referida Lei preza pelo crescimento da cidade dentro das expectativas do que é considerado, por meio de audiências públicas e aprovação da Câmara Municipal, o melhor para a população local. “Desta forma, a Lei prevê para as áreas consolidadas os chamados eixos de verticalização de 15, 8 e 4 pavimentos. Entretanto, nas regiões classificadas como ZQA´s, por meio do loteamento, com a previsão de sistema viário e índice de áreas públicas adequadas, serão admitidos setores voltados para a verticalização sem controle de altura, mediante a utilização do coeficiente de aproveitamento do terreno”, explica o setor de Planejamento da Prefeitura, por meio da assessoria de imprensa. “Tudo isso para uma São José melhor, cada vez mais desenvolvida, mas que preserve sua identidade local e a qualidade de vida de seus habitantes.”

Divulgação

A casa ou apartamento estão novinhos e pronto para serem decorados. Uma incrementada em elementos que compõem o ambiente é muito bem vinda e gera empolgação para muitas pessoas mas, ao mesmo tempo, pode ocasionar dúvidas sobre como fazer e o que escolher diante da infinidade de opções que há no mercado. A dica para quem quer compor o visual do novo espaço é que, antes de mais nada, seja levado em consideração o que mais combina com os moradores e o tipo de vida que levam. O estilo contemporâneo é um dos que tem estado em alta nos últimos tempos. As principais características desse estilo são tons neutros como preto, marrom, bege e branco, que atribuem sobriedade ao ambiente. Geralmente é escolhido por pessoas que recebem bastante visitas e preci-

E a Fórmula Indy 2012 segue a todo vapor. No calendário oficial, as corridas para os meses de julho e agosto estão previstas para os dias 8 e 22, no caso do primeiro mês, e 5 e 26, no segundo. A disputa do dia 8 será realizada no GP de Toronto, às 13h30. No dia 27, é a vez do GP de Edmonton receber os competidores, às 15h. Às 13h30 do dia 5 de agosto, a corrida será realizada no GP de Mid-Ohio. O GP de Sonoma foi o escolhido para a última competição do bimestre julho-agosto, no dia 26, às 17h. O primeiro GP deste ano foi realizado no dia 25 de março, em São Petersburgo. Até a última corrida de junho, realizada no dia 29, no GP de Lowa, nove competidores subiram ao topo do poduim. São eles: Hélio Castroneves, Will Power (três vezes consecutivas), Dario Franchitti, Scott Dixon, Justin Wilson, e por fim, Reay (duas vezes consecutivas).

Divulgação

Divulgação

O mundo Fórmula Indy

São José dos Campos possui áreas suficientes para verticalização


02 Julho - 2012 CIDADE

EVENTO

áreas verdes bem cuidadas e parques equipados para o lazer e descontração de toda a família. Exemplo disso é o cartão postal do município – uma imensa área verde preservada, em formato de concha, que corta a região Central. O local é conhecido como Banhado e de lá é possível apreciar o pôr do sol e avistar a serra imponente. “Em São José dos Campos, 63% do território é formado por áreas de proteção ambiental. A cidade oferece todas as facilidades de um centro regional de turismo de negócios e compras. O distrito São Francisco Xavier é um dos destaques”, informa a assessoria de comunicação da cidade, que também se destaca na realização de grandes eventos. “Com infraestrutura de espaços, hospedagem e gastronomia de alto nível, o município recebe eventos de vários segmentos (culturais, moda, tecnológicos), inclusive internacionais. Conhecida como a Capital do Vale, São José dos Campos oferece todas as facilidades de um centro regional de turismo de negócios, eventos, compras, cultura, lazer e aventura”, completa.

Localização privilegiada entre as duas maiores cidades do país é uma das características de São José dos Campos. O município fica entre São Paulo e Rio de Janeiro, cerca de 80 quilômetros do litoral norte do estado de São Paulo e próximo à Serra da Mantiqueira. Agregar belezas e tecnologia é uma das características deste local, que está em pleno desenvolvimento. Às margens da Via Dutra, São José dos Campos abriga grandes indústrias voltadas ao setor aeroespacial, de telecomunicação e automotivo. Importantes institutos de pesquisas científicas são exemplo da busca incessante do município por avanços. Lá estão sediados o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Apesar da busca constante por novas tecnologias e do sucesso do setor industrial, a cidade não abre mão de características interioranas, o que faz dela um misto de aconchego e modernidade. Os moradores do local dispõem de bairros tranquilos, praças e SAÚDE

CURIOSIDADES

Respiração e qualidade de vida A importância do ar na saúde humana vai muito além de uma mera necessidade de sobrevivência. Respirar ar puro e com profundidade é um ponto crucial para obtermos uma vida saudável e contribuir, inclusive, com o bom funcionamento do sistema imunológico ou evitando situações que poderiam causar doenças, principalmente as respiratórias. O ar puro proporciona o oxigênio ideal para ser levado a todo o orga-

3034-1892

Prédios X Terremotos

nismo, especialmente para o sistema nervoso, o cérebro e todos os demais órgãos, promovendo a qualidade do sono. Todos os processos digestivos são grandemente beneficiados pela boa oxigenação do organismo. As funções intelectuais, a memória, os sentidos de uma forma geral, ficam mais desenvolvidos. A poluição atmosférica contribui para inúmeras patologias como, por exemplo, o enfisema, a bronquite, a renite alérgica e as deficiências visuais.

EXPEDIENTE:

falecom@editorafolha1.com.br

Assessoria de comunicação Prefeitura de São José dos Campos / Divulgação

São José dos Campos: tranquilidade, tecnologia e belezas naturais

Jornalista Responsável: Silvio Lima MTb 19.312/78/93/SP Redatora: Thais Makarausky. Jornalista Estagiária: Natália Nocelli. Diagramação: Rafael Campos. Web: Simone Fachinelli e Ana Rosário. Administrativo e Financeiro: Rosimeire Barboza. Colaboradoras: Dayran Carvalho e Debora Gerbas Comercial: contato@editorafolha1.com.br O jornal 5ª Avenida é uma publicação customizada com distribuição gratuita. Produzido pela Editora Folha 1 devidamente registrado sob o nº 144.773 no 1º Cartório de títulos e documentos de Guarulhos/SP.

Você sabia que as construções dos prédios variam entre as regiões do mundo? Os locais que são mais propensos a terem abalos sísmicos − desde os mais leves aos mais pesados − precisam de uma estrutura diferente em toda a construção. Não apenas os grandes edifícios levam essa estrutura diferenciada, mas os menores e até casas mais altas precisam de um apoio para não ser destruídas. O segredo dessas paredes está

em uma mola que fica entre a fundação do edifício. As molas que estão por dentro ficam responsáveis por amenizar o tremor e fazer com que o prédio balance por igual, diminuindo a chance de desabamento. Em outros países como nos Estados Unidos, uma técnica semelhante é aplicada. A diferença fica por conta do material, que ao invés de molas, são utilizadas camadas de borracha natural e chapas de aço na construção.

Informamos a quem possa interessar que a Editora Folha 1 não é responsável pela distribuição deste material. Reforçamos que somos somente a editora que o produz. Não temos controle algum sobre a distribuição, uma vez que entregamos o lote completo do jornal diretamente para nosso contratante. Qualquer informação adicional deverá ser colhida diretamente com o distribuidor.

Regulamentação EDITORA FOLHA1 Empresa Jornalística e Editora Folha Aeroportuária Ltda. N. Inscrição CNPJ: 01.565.657/0001-69 Fundação: 04.11.1996 DRF/ARF: 21.025.01.0 (11) 3034-1892 | falecom@editorafolha1.com.br A lei 14.517 de 16 de outubro de 2007, em seu art. 26 proibe a distribuição em vias e logradouros públicos de folhetos, panfletos ou qualquer tipo de material impresso exceto, a distribuição de jornais que é liberada, conforme decreto lei de novembro de 2007, que corrige a redação dada ao parágrafo 2 do art. 26, lei 14.517. Também consta conforme a lei federal 5250 de 09/02/1967, artigo 2º: “é livre a publicação e circulação no território nacional de livros, jornais e outros periódicos, salva se clandestino ou quando atentem contra a moral e os bons costumes”; e lei 6015 de 31/12/1973. Regulamentação específica e federal.

Jornal Magosan - Editora Folha1 - Edição 1  

Jornal Magosan - Editora Folha1 - Edição 1

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you