Page 40

para nos fazer sentir melhor. E não podemos apenas reunir a nossa autodeterminação e força de vontade para “fazermos a coisa certa”. Eu simplesmente não posso fazer isso. Não importa a maneira que escolha, eu não agrado a Deus. Felizmente há alguém que o agradou. Jesus fez tudo sem reclamar, incluindo ir para a cruz para morrer em meu lugar, levando meu pecado sobre si. Jesus é o único homem, que vive em submissão sincera a Deus Pai. A Bíblia ensina que Jesus não só é o meu exemplo, mas também é o meu Salvador. Sua morte expiatória fez exatamente isso — expiou (pagou por) meus pecados. E ele não permaneceu morto. Jesus é aquele que diz “estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno” (Apocalipse 1.18). Quando me agarro a Jesus por meio da fé, como minha única esperança de agradar a Deus, ele declara que sou justificado. A justiça de Cristo se torna minha. Isso é graça. A graça que me foi mostrada na cruz e a graça futura pela qual espero me impedem de ter duas posturas mortais: Eu sou uma dona de casa terrível. Eu sei que deveria ser melhor e não tenho justificativas. Por que não posso ser como uma pessoa qualquer, com a vida em ordem? Eu me sobrecarrego de culpa e condenação e me afundo em orgulho. Sim, orgulho. Preferiria me reprimir em autodepreciação introspectiva a me arrepender e procurar por Cristo, em busca de aceitação e força para viver cada momento. Eu sou uma dona de casa incrível. É realmente notável o modo como consigo lidar com todas essas coisas de forma equilibrada. Minhas amigas vivem me dizendo isso. Eu me disciplino para fazer as coisas e, independentemente do que aconteça, obtenho sucesso, 38

Vislumbres da Graça - Gloria Furman  

Editora Fiel

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you