Page 22

Somente Quando Você Sabe Como Morrer, Você Pode Saber Como Viver

Quarto, os cristãos modernos estão corretamente incomodados com a aridez cultural, a apatia social e a aparente falta de humanidade que, algumas vezes, têm acompanhado anseios públicos pelo céu. Isso nos leva a suspeitar que tais anseios sejam escapistas e pouco saudáveis. Quinto, a percepção natural do homem de ter sido feito para um destino eterno, o sentimento antigamente expresso pela frase “a grandeza da alma”, foi largamente atrofiada em meio às agitadas artificialidades da vida urbana ocidental. Como, então, deveriam os cristãos pensar sobre a morte – sua própria morte, para começar?

Morrer bem é uma das boas obras para as quais os cristãos são chamados. 1. A morte física é o sinal externo da separação eterna de Deus, que é o julgamento do Criador sobre o pecado. Essa separação só se tornará ainda mais profunda e dolorosa através do marcante evento da morte, a menos que a graça salvadora intervenha. As pessoas não convertidas fazem bem, portanto, em temer a morte. Ela é na verdade terrível. 2. Para os cristãos, o aguilhão da morte é removido. A graça interveio, e então, o dia de sua morte se torna um encontro marcado com o seu Salvador, que estará lá para levá-los ao descanso preparado para eles. Embora eles fiquem temporariamente sem corpo, o que não é realmente bom, eles estarão mais próximos de Cristo do 21

Profile for Editora Fiel

Antes de Partir  

Editora Fiel

Antes de Partir  

Editora Fiel