Page 16

Prefácio

“o melhor” – quando este vier. Salomão escreveu que o dia da morte é melhor do que o dia do nascimento (Ec. 7:1). Paulo descreveu a partida desta vida para estar com Cristo como “muito melhor”. Se alguém lhe deu este livro, é por que acredita nisso juntamente com você. Dar esse livro para alguém que você gosta não quer dizer, “Eu acho que você morrerá em breve”. Mas sim: “Uma vez que todos nós iremos morrer em breve, vivamos agora como acreditamos que o evangelho é verdadeiro”. Joseph Bayly uma vez escreveu: “Os cristãos afirmam acreditar que o céu – estando Deus presente – é tão maravilhoso e, ainda assim, agem como se ir para lá fosse a maior tragédia”.1 O problema está com a nossa perspectiva, que é tão orientada para a vida aqui e agora. Mas eu acredito que tomando e mastigando as verdades expressas nesta coletânea de escritos de grandes pregadores e teólogos do passado e do presente, é possível mudar radicalmente a forma como pensamos e sentimos sobre a realidade inevitável da morte. A morte, para o crente, não é uma tragédia. E para o crente, morrer bem – viver e morrer com o objetivo de glorificar a Deus, confiante de que Deus fará o bem em todas as suas promessas – é algo muito bonito. Eu lhe convido a se juntar a mim em busca de uma vida e uma morte próprias à nossa crença no evangelho. Que as verdades deste livro possam nos equipar e encorajar a viver e a morrer bem, para a glória de Deus.

Nancy Guthrie 1  Da coluna Out of Mind de Joseph Bayly na revista Eternity, em um artigo entitulado Three Sons [Os Três Filhos], publicado em 1966. 15

Profile for Editora Fiel

Antes de Partir  

Editora Fiel

Antes de Partir  

Editora Fiel