Page 1

#MARÇO 35 NATUREZA E HISTÓRIA NA CAPITAL CAPIXABA CAFÉS QUE ADOTAM O “PAGUE QUANTO QUISER” OS RÓTULOS DA PREMIADA CERVEJARIA TUPINIQUIM

CONHECIDA POR SUA BELEZA CLÁSSICA E PELA ELEGÂNCIA DISCRETA, A ATRIZ VOLTA AO CINEMA NESTE MÊS NO LONGA MEU AMIGO HINDU

maria fernanda

cândido


Melhor

Melhor

Melhor

Cheeseburger

Hamburger

Melhor

Melhor Carne

Sobremesa

Restaurante do Sul do Brasil

Gazeta do Povo 2014 Veja 2014 Gula 2009

Veja 2014

Veja 2012 Gazeta do Povo 2011 Guia Brasil 4 Rodas 2011

Veja 2013 Gazeta do Povo 2012

Guia Brasil 4 Rodas 2010

Chef 5 Estrelas de Curitiba

Chef do Ano

Restaurateur do ano

Melhor

Gazeta do Povo 2012 (Hors-Concours)

Gazeta do Povo 2012 Gula 2011 Veja 2011

Guia Brasil 4 Rodas 2009

Gazeta do Povo 2015

(Hors-Concours)

Adega

(Hors-Concours)

Melhor

Carta de Vinhos Prazeres da Mesa 2014 Guia Brasil 4 Rodas 2013 Veja 2013

CONHEÇA NOSSOS NOVOS RESTAURANTES:

MIAMI BEACH - OCEAN DRIVE, 1412 RIO DE JANEIRO - NYCC/BARRA SHOPPING • CASCAVEL-PR • GUARAPUAVA-PR • CUIABÁ-MT JOINVILLE GARTEN SHOPPING-SC • LAGES-SC • TAUBATÉ-SP


PRÓXIMAS INAUGURAÇÕES (SOON):

SYDNEY - GEORGE ST, 100 •

DOHA - QATAR

BRASÍLIA - SHOPPING ID • CAMPINAS • PORTO ALEGRE • SÃO JOSÉ - SHOPPING ITAGUAÇU • VILA VELHA • VITÓRIA


AZUL MAGAZINE #35

Sumário

M A R Ç O 2 016

110

DESTINOS

82 94 010 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

120

82

Vitória

94

Lapinha Spa

Muito lazer e cultura na capital capixaba e região

Dias de detox físico e mental no interior do Paraná

105 Barra do Sahy

O modelo Paulo Zulu dá dicas sobre o destino litorâneo

EM FOCO

110

Maria Fernanda Cândido

120

Cervejaria Tupiniquim

126

Nadir Figueiredo

A trajetória da atriz que volta às telonas neste mês

Os rótulos e os próximos passos da marca gaúcha

A empresa que criou o tradicional copo americano


PROCURANDO

O LUGAR PRA FICAR? DIÁRIAS DIÁRIAS A A PARTIR PARTIR DE DE ,00

307

R$

São Paulo Vila Olímpia. Ibirapuera. Aeroporto Internacional de Guarulhos.

OUR WORLD IS YOUR PLAYGROUND RESERVE JÁ: PULLMANHOTELS.COM


Sumário 34

30

38

14 Editorial 16 Expediente 18 Colaboradores

44

4 CANTOS

26 28 30 34 38 42 46

54

Agenda Literatura Música Cinema Teatro TV Exposição HIGHLIGHTS

54 62 64 66 68 70 72 74

Gastronomia O Quarto 5 Perguntas Hotspot Take 5 Vitrine Olhar Azul Colunas

Mário Magalhães Mara Salles Denise Campos de Toledo

AZUIS

62 012 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

70

130 Expansão 133 Curtas 136 Linhas de Ônibus 138 Experiência Azul 141 Mapa de Rotas 146 Panorâmica


Surpreender quem você ama.

#esseéoplano

A VIDA É MELHOR QUANDO VOCÊ ESTÁ BEM ACOMPANHADO. E ISSO INSPIRA A UNIMED A ESTAR SEMPRE AO SEU LADO.


Editorial Azul rumo à Europa Caro leitor,

Antonoaldo Neves PRESIDENTE

014 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

RETRATO: DIVULGAÇÃO

Para oferecer a você sempre a melhor expe- de 32 decolagens diárias. As novas operações, imriência de viagem e os destinos mais procurados, plementadas gradativamente, estarão em operação estamos expandindo nossos horizontes com a em sua totalidade até o fim deste mês. introdução de duas novas rotas internacionais: Com o incremento desses voos a Azul passa Montevidéu, no Uruguai, e Lisboa, em Portugal. não só a ligar todas as capitais do Nordeste como Com estreia prevista para o início de maio, a também fortalecer as operações no interior dos capital uruguaia será o segundo destino interna- estados. Campina Grande, Juazeiro do Norte, Ilhéus cional sul-americano servido regularmente pela e Petrolina, por exemplo, são alguns dos municípios Azul, que contará com voos a partir de Porto Alegre, que ganham frequências para Recife. quatro vezes por semana. Outra excelente novidade Já as frequências para a é que a Azul Viagens estreou no mês passado no mercado de capital portuguesa devem ter OS CLIENTES COM cruzeiros por meio de uma parinício na primeira semana ceria com a Royal Caribbean. de junho e serão realizadas DESTINO A LISBOA com origem em Campinas. Os PODERÃO DESFRUTAR DO O objetivo é que, com os navios Clientes com destino a Lisboa da marca, aliados à extensa poderão desfrutar do novíssimo NOVÍSSIMO INTERIOR DAS malha de voos e destinos da interior das aeronaves Airbus AERONAVES AIRBUS A330 Azul, nossa operadora de A330 da Azul, com o que há de DA AZUL, COM O QUE HÁ turismo ofereça mais um mais moderno em termos de produto acessível e convenienDE MAIS MODERNO EM tecnologia e conforto. te. Os pacotes de cruzeiros para Seremos a única aérea de TERMOS DE TECNOLOGIA as ilhas caribenhas a partir de E CONFORTO” bandeira brasileira a ter voos Fort Lauderdale e Porto Canasem escalas para Portugal, coveral/Orlando já estão disponínectando mais de 100 destinos nacionais a toda a veis nos canais de vendas da Azul Viagens. Europa por meio de nosso acordo de codeshare com Para saber mais detalhes sobre essas e outras a empresa TAP. novidades da companhia, confira a seção Azuis desta No mercado doméstico, temos como destaque revista de bordo ou fique ligado em nossas páginas a introdução de voos para 12 novas cidades a partir da internet e em nossos canais nas redes sociais. de Recife. Com isso, a companhia amplia significaAgradeço a você, Cliente Azul, pela confiança e tivamente sua presença na capital pernambucana, pela preferência de voar conosco. Desejo uma boa passando de 12 para 24 destinos servidos, em mais leitura e um excelente voo!


ESTREIA DO RADISSON BLU COM DOIS HOTÉIS RECÉM-INAUGURADOS NO BRASIL, O RADISSON BLU INVADIU AS CIDADES DE BELO HORIZONTE E SÃO PAULO. A HOSPITALIDADE MODERNA E INOVADORA DO BLU CHEGOU PARA ENCANTAR VIAJANTES SOFISTICADOS COM UM AMBIENTE ESPECIAL E CONVIDATIVO. SERVIÇOS YES I CAN!SM. INTERNET CORTESIA. ICÔNICO. ESTILOSO. ÚNICO. TÃO VOCÊ. PRA VOCÊ.

NA AMÉRICA L AT I N A

RESERVE AGORA radissonblubrasil.com.br Central de Reservas 0800 55 58 55 Grande SP (11) 3365-4775


COMUNICAÇÃO E MARCA Diretora de Comunicação e Marketing Claudia Fernandes Gerente de Comunicação Gerente de Produto Coordenador de Comunicação

Carolina Constantino Renata Florenzano Fabio Abud

MARKETING Gerente de Marketing Beatriz Spira

voeazul.com.br

Coordenador de Marketing

Francisco Almeida

Analista de Marketing

Euristone Custódio twitter.com/azulinhasaereas

facebook.com/AzulLinhasAereas

DIRETORIA

EDITORIAL Editora

Diretor Executivo

Bruna Tiussu bruna.tiussu@azulmagazine.com.br

Editora-assistente

Repórter Produtora Executiva

PUBLICIDADE/MARKETING

Marina Azaredo

Gerentes de Contas

Produção Gráfica Revisão

Ana Paula Matozo

André Graciotti

ana.matozo@azulmagazine.com.br

andre.graciotti@azulmagazine.com.br

Sandra Torre sandra.torre@azulmagazine.com.br

Luiza Vieira

Simone Montenegro

luiza.vieira@azulmagazine.com.br

simone@azulmagazine.com.br

Coordenadora Comercial

Thais Lutti thais.lutti@azulmagazine.com.br

Tratamento de Imagens e Pré-impressão

Rodrigo Ferrari rodrigo@azulmagazine.com.br

marina.azaredo@azulmagazine.com.br

Editor de Arte

@azulinhasaereas

Paula Rezende paula@azulmagazine.com.br | 11 3254 9895

Marketing

Everaldo Guimarães

Ariane Amaro ariane.amaro@azulmagazine.com.br

Representantes de Vendas FTPI

Vitor Soares Paulo Vinicio de Brito

Andrea Medrado (RJ) andreamedrado.rio@ftpi.com.br | 21 3852 1588

Cristiane Prataviera (PR) cristiane.curitiba@ftpi.com.br | 41 3026 4100

Luciana Mir (DF) lucianamir.brasilia@ftpi.com.br | 61 3035 3750

Ronaldo Spagnuolo (MG) COLABORADORES

ronaldo.minas@ftpi.com.br | 31 2105 3609

Texto: Ana Ávila, Daniel Telles Marques, Isadora Spadoni, Julio Cruz Neto, Luiz Maciel, Marco Bezzi, Rosa Jorge Foto: André Dib, Anna Carolina Negri, Chema Llanos, Fernanda Frazão, Gabriel Rinaldi, Gui Gomes, Julia Rodrigues, Leo Eloy, Raul Spinassé, Ricardo Jaeger, Rodrigo Fuzar Ilustração: João Lauro Fonte Maquiagem: Wilson Eliodoro

Loren Rodrigues (PE) loren.nordeste@ftpi.com.br | 81 2128 4350

Yuri Laurentino (PE) yuri.nordeste@ftpi.com.br | 81 2128 4350

Diretora Executiva Ferrari Publisher INC, EUA

Marcela Miranda marcela.miranda@azulmagazine.com.br | 1 407 701 0738 Celebration Place, 215, 5º andar – Celebration, FL

DISTRIBUIÇÃO

AZUL MAGAZINE

#MARÇO 35 NATUREZA E HISTÓRIA NA CAPITAL CAPIXABA CAFÉS QUE ADOTAM O “PAGUE QUANTO QUISER” OS RÓTULOS DA PREMIADA CERVEJARIA TUPINIQUIM

Leia também no tablet. O app da Azul Magazine está disponível para os sistemas iOS e Android

Gerente de Distribuição/Circulação

Carlos Melo carlos.melo@azulmagazine.com.br

FINANCEIRO/ADMINISTRATIVO Diretora Financeira

PROJETO GRÁFICO André Graciotti

Valquiria Gomes Vilela valquiria.gomes@azulmagazine.com.br

IMPRESSÃO CTP, Impressão LOG & PRINT e Acabamento Gráfica e Logística S.A.

AZUL MAGAZINE

VOEAZUL.COM.BR

#35 MARÇO NATUREZA E HISTÓRIA NA CAPITAL CAPIXABA CAFÉS QUE ADOTAM O “PAGUE QUANTO QUISER” OS RÓTULOS DA PREMIADA CERVEJARIA TUPINIQUIM

Gerente Administrativa

Thuany Tirapani

Tiragem

70.000 exemplares

thuany@azulmagazine.com.br VOEAZUL.COM.BR

Assistente Financeira

Bruna Veiga bruna.veiga@azulmagazine.com.br

MARÇ O 2 016

maria fernanda

A ZU L LIN H A S AÉREA S BR A SILEIR A S

A Z U L L I N H A S AÉ R E AS B RA S I L E I R A S

CONHECIDA POR SUA BELEZA CLÁSSICA E PELA ELEGÂNCIA DISCRETA, A ATRIZ VOLTA AO CINEMA NESTE MÊS NO LONGA MEU AMIGO HINDU

CONHECIDA POR SUA BELEZA CLÁSSICA E PELA ELEGÂNCIA DISCRETA, A ATRIZ VOLTA AO CINEMA NESTE MÊS NO LONGA MEU AMIGO HINDU

maria fernanda

MA R Ç O 2 016

cândido

35

cândido

35

Foto da capa Gabriel Rinaldi

Azul Magazine não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. As pessoas que não constam do expediente da revista não têm autorização para falar em nome de Azul Magazine ou retirar qualquer tipo de material para produção de editorial caso não tenham em seu poder uma carta atualizada e datada, em papel timbrado, assinada por pessoa que conste do expediente.

Editora Ferrari LTDA. CNPJ: 11.052.806/0001-40 Endereço: Av. Paulista, 2200, 19º andar Consolação, São Paulo – SP. CEP 01310-300 11 3254 9950

A Azul Magazine é uma publicação mensal da Editora Ferrari LTDA. com conteúdo desenvolvido pela Azul Magazine, uma parceria entre as empresas Azul Linhas Aéreas e Editora Ferrari. 016 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Colaboradores Raul Spinassé

Luiz Maciel

FOTÓGR AFO

J O R N A L I S TA

Natural de Maceió, vive em Salvador desde 2010, quando foi convidado a compor o quadro de profissionais do jornal A Tarde. Colabora em veículos como Associated Press e Folha de S.Paulo. Para este número fez as imagens do restaurante La Taperia, na capital baiana.

Com longa experiência na edição de revistas, da antiga Manchete à Viagem e Turismo, rodou por mais de 40 países antes de montar seu home office e migrar para o jornalismo de economia e gastronomia. Ele volta às origens nesta Azul Magazine com a reportagem sobre Vitória e Guarapari.

Chema Llanos FOTÓGR AFO

Há cinco anos em São Paulo, o espanhol é expert em registros de viagens e de artes cênicas e também adora fotografar famílias de comunidades isoladas. Suas belas imagens ilustram a reportagem sobre a capital capixaba e região.

Gabriel Rinaldi

Ana Ávila J O R N A L I S TA

Gaúcha, tem especialização em política internacional e trabalhou por sete anos no portal Terra. Deixou o hard news para estudar em Londres e, na volta, descobriu uma nova paixão: a culinária. Aqui, ela assina o perfil dos empreendedores da cervejaria Tupiniquim, que vêm se destacando no mercado brasileiro com suas criativas receitas.

018 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Formado no Rochester Institute of Technology, iniciou a carreira como retratista em Nova York. Atualmente mora em São Paulo e contribui em veículos como Forbes e Marie Claire. São dele os cliques da atriz Maria Fernanda Cândido, que estampa a capa desta edição.

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL

FOTÓGR AFO


28 Literatura Livro relembra a trajetória de Marília Pêra e sua família

30 Música As principais atrações do festival Lollapalooza, em São Paulo

4 cantos

38 Teatro Sucesso da Broadway, o musical Wicked chega ao Brasil

FOTOS: CAMBRIA HARKEY/DIV. (FLORENCE & THE MACHINE); PEDRO DIMITROW/DIV. (WICKED)

30

38


4 CANT OS | A G E N D A

março dia

4

Mostra Internacional de Teatro SÃO PAULO, SP

Até 13 de março, a terceira edição do festival de artes cênicas exibe dez espetáculos de países como França, Polônia, África do Sul, Grécia, Congo, Alemanha e Brasil, em vários endereços da capital paulista. Na estreia, o Teatro Nacional da Bélgica apresenta a peça Cinderela, com texto do diretor francês Joël Pommerat, no Auditório Ibirapuera. Ações pedagógicas e palestras também fazem parte da programação. DIVERSOS ESPAÇOS CULTURAIS DE SÃO PAULO, DE 4 A 13 DE MARÇO. HÁ APRESENTAÇÕES GRATUITAS E OUTRAS QUE CUSTAM ATÉ R$20

5

Música em Trancoso

dia

6

TRANCOSO, BA

MITSP.ORG

Lionel Richie CURITIBA, PR

Em sua quinta edição, o evento promove o encontro de diferentes vertentes com a música clássica. O jazzista norte-americano Bobby McFerrin abre os trabalhos regendo a Orquestra Experimental de Repertório de São Paulo. Até o dia 12, apresentamse ainda nomes como o pianista Cesar Camargo Mariano, a violinista Elena Graf e o barítono Rafael Fingerlos. Além de promover espetáculos, o objetivo é incentivar o aprendizado, com a oferta de aulas com os artistas convidados.

Hello, Three Times a Lady e Say You Say Me, além de novas composições, estão no repertório da nova turnê internacional do cantor norteamericano. Depois da passagem pelo Teatro Positivo, em Curitiba, o ex-integrante da banda The Commodores segue para o Rio de Janeiro, onde faz show no dia 8, e finaliza a passagem pelo Brasil em São Paulo com uma apresentação no dia 9.

TEATRO L’OCCITANE, EST. MUNICIPAL DE TRANCOSO, KM 19,

DE SOUZA, 5300, CAMPO COMPRIDO, CURITIBA. DOM.

TRANCOSO, PORTO SEGURO. DE 5 A 12 DE MARÇO, A PARTIR

(6), ÀS 20H30. ENTRE R$390 E R$960

DAS 17H. R$120

TEATRO POSITIVO, R. PROF. PEDRO VIRIATO PARIGOT

MUSICAEMTRANCOSO.ORG.BR

41 3315 0808

dia

9

DISKINGRESSOS.COM.BR

6º Festival de Fotografia de Tiradentes TIRADENTES, MG

dia

9

Maroon Five PORTO ALEGRE, RS

Dona de hits como Sugar, This Love e a dançante Moves Like Jagger, a banda norte-americana vem ao País pela segunda vez e apresenta shows do álbum V. Lançado em 2014, o trabalho alcançou o posto de terceiro disco internacional mais vendido no Brasil. Além da capital gaúcha, o grupo passará por Belo Horizonte (11), Salvador (13), Fortaleza (15), São Paulo (17 e 19) e Rio de Janeiro (20). ESTACIONAMENTO DA FIERGS, AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE. QUA. (9), ÀS 21H30. ENTRE R$240 E R$480

4003 5588

TICKETSFORFUN.COM.BR

026 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Mais de 30 artistas convidados vão ministrar oficinas e palestras em torno da fotografia, oferecidas gratuitamente ao público – as senhas são distribuídas uma hora antes do início da atração. Já os workshops exigem inscrições prévias, são pagos e ministrados por nomes como Roberto Sakai, editor de arte da National Geographic Brasil, e João Marcos Rosa, fotógrafo da mesma publicação. A programação segue até o dia 13 de março. CENTRO CULTURAL YVES ALVES, R. DIREITA, 168, TIRADENTES. DE 9 A 13 DE MARÇO. OS WORKSHOPS CUSTAM ENTRE R$180 E R$600

FOTOEMPAUTA.COM.BR

FOTOS: AGATHE POUPENAY/DIV. (MOSTRA INTERNACIONAL DE TEATRO); SERGIO COIMBRA /DIV. (MANÍ); JOÃO CALDAS/DIV. (MACBETH); DIVULGAÇÃO

dia

11 2365 3655


Música

Cinema

TV

Esporte

Dança

Literatura

Exposição

Teatro

dia

16

dia

15

SÃO PAULO, SP

A cantora Lisa Simone (foto), filha de Nina Simone, abre a temporada 2016 do projeto que destina sua arrecadação para o tratamento de jovens com câncer atendidos pela Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer (Tucca). Além da jazzista, ao longo do ano apresentam-se na Sala São Paulo artistas como o violinista irlandês Daniel Hope (3 de maio), o cantor americano Kurt Elling (19 de outubro) e o contratenor alemão Andreas Scholl (6 de dezembro).

MATARAZZO, 2000, ÁGUA BRANCA, SÃO PAULO.

INGRESSORAPIDO.COM.BR

DE 16 A 18 DE MARÇO. GRÁTIS

dia

22 dia

21

Dez anos em dez pratos SÃO PAULO, SP

Para celebrar uma década de funcionamento do restaurante Maní, os chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo promoverão um jantar harmonizado em que as estrelas são as receitas que conceberam ao longo dos anos. No menu de dez etapas, destacam-se sucessos da casa, como o consommé frio de tomate e a feijoada do Maní (foto). O cardápio completo, no entanto, não será divulgado para preservar a surpresa aos clientes. MANÍ, R. JOAQUIM ANTUNES, 210, JARDIM PAULISTANO, SÃO PAULO. SEG. (21), ÀS 21H. R$530 11 3064 0640

FOODPASS.COM.BR

SÃO PAULO, SP

CASA DAS CALDEIRAS, AV. FRANCISCO

SALA SÃO PAULO, PÇA. JÚLIO PRESTES, 16, CAMPOS ELÍSEOS, SÃO PAULO. TER. (15), 11 4003 1212

House of Vans

Realizado pela primeira vez no Brasil, o evento comemora os 50 anos da marca Vans, com três dias de atividades. Oficinas e cursos de customização, clínicas de skate guiadas por esportistas do Vans Skate Team, exposição de tênis e shapes, filmes e palestras ocupam a Casa das Caldeiras, na Zona Oeste da capital paulista. Já a programação musical contará com DJs e shows surpresa. Simultaneamente, a celebração ocorrerá também nos Estados Unidos e na Inglaterra.

Tucca – Música pela Cura

ÀS 21H. ENTRE R$120 E R$300

Outros

11 3873 6696

Festival de Curitiba CURITIBA, PR

Guilherme Weber e Marcio Abreu assinam a curadoria deste que é um dos maiores festivais de artes cênicas do País. Completando 25 anos, o evento promove espetáculos que se dividem entre a mostra principal e o Fringe (livre de curadoria) até o dia 3 de abril, em teatros e centros culturais da cidade. O grande destaque é o projeto Repertório Shakespeare, com as peças Macbeth (foto) e Medida por Medida, ambas com Thiago Lacerda e Giulia Gam no elenco e direção de Ron Daniels. ESPAÇOS CULTURAIS DE CURITIBA, DE 22 DE MARÇO A 3 DE ABRIL. ENTRE R$30 E R$70 AS MONTAGENS DA MOSTRA PRINCIPAL; GRÁTIS E ATÉ R$60 OS ESPETÁCULOS DO FRINGE

FESTIVALDECURITIBA.COM.BR

027


4 CANT OS | L I T E R A T U R A

Despedida em grande estilo

CHEGA ÀS LIVRARIAS A FOTOBIOGRAFIA DE MARÍLIA PÊRA E SUA FAMÍLIA, ESCRITA PELA PRÓPRIA ATRIZ EM PARCERIA COM A IRMÃ, SANDRA PÊRA Por LUIZA VIEIRA

Era 1945 quando Marília Pêra subiu em um palco pela primeira vez. Aos dois anos de idade, ela mal sabia falar, mas, ao lado dos pais, fez a estreia nas artes cênicas, profissão que tomaria para si, transformando-se em uma das maiores intérpretes brasileiras. A trajetória da atriz, morta em dezembro passado, é uma sucessão de episódios em palcos, coxias e ensaios, assim como a de sua família, destaque da dramaturgia do País. E esta história, que começou em 1889 com a vinda dos Pêra de Portugal para o Brasil, é detalhada nas 304 páginas de Marília Soares Marzullo Pêra, fotobiografia escrita por ela em parceria com a irmã, Sandra, lançada em janeiro pela editora Arte Ensaio. Último projeto da atriz, que morreu aos 72 anos vítima de câncer, o livro reúne fotos, recortes de jornais, bilhetes de amigos e bastidores de sua carreira. O material, guardado com esmero por Sandra, inicialmente se tornaria apenas um álbum de recordações. “Um dia, conversei com a Marília sobre separarmos as lembranças da carreira, da família, dos amigos. Ela abraçou a ideia e começamos a montar e identificar as peças”, conta. No meio do processo, em 2013, a amiga e escritora Nélida Piñon – que inclusive assina o prefácio – lançou sua própria fotobiografia, o que inspirou Marília a levar a organização das recordações caseiras a outro patamar. “O projeto ia de mim para ela. Ficávamos fazendo correções, acrescentando pessoas e episódios que a Marília queria que fossem lembrados”, explica Sandra, que faz questão de frisar que a irmã acompanhou de perto a montagem e a elaboração da obra, até ela ser concluída. 028 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


FOTOS: CAIO GALLUCCI/DIV. (ALÔ DOLLY ); REPRODUÇÃO

Na página anterior, Marília no musical Alô, Dolly!, em 2012. Nesta página, em sentido horário, a atriz no desfile da escola de samba paulistana Mocidade Alegre, em 2015; ao lado de Grande Otelo, em 1972; com a irmã Sandra; e ainda bebê, com os pais

Para Marília, o fundamental era documentar a saga da família em nome do teatro. Neta, filha, sobrinha, irmã, mãe e tia de atores, ela gostava de enfatizar a importância dos parentes na construção da dramaturgia brasileira. “É uma prole inteira de artistas, o nosso grande orgulho, mas que quase ninguém sabe quem são. O livro é uma maneira de resgatar essa história. Éramos pobres, duros, e, mesmo quando a Marília se tornou extremamente conhecida, trabalhava muito para conquistar seus papéis”, lembra Sandra.

Previsto para ser lançado em 14 de dezembro de 2015, a festa teve de ser adiada por conta de uma piora na saúde da atriz. A ideia de mudar para 22 de janeiro, aniversário de Marília, foi recebida com felicidade por todos. “Ninguém imaginava que poderia acontecer algo. Nem ela. Até os últimos dias ela trabalhou como ninguém. Só nós sabemos o que passou para gravar os últimos episódios de Pé na Cova (série da Globo). Ela fazia com dor, mas com alegria”, comenta. Além da extensa memorabilia – fotografias, cartazes, panfletos, bilhetes, cartas, cartões, convites, críticas e matérias –, a obra é finalizada com uma imagem do tributo recebido pela atriz no carnaval de 2015. Tema da escola de samba Mocidade Alegre, de São Paulo, Marília aparece de braços abertos para o público, em um desfile que ela mesma considerou, à época, a maior homenagem que já havia recebido.

Marília Soares Marzullo Pêra Editora Arte Ensaio, R$70

029


4 CANT OS | M Ú S I C A

DESTAQUES DO LINE-UP

Tame Impala

Eminem

Mumford & Sons

The

Baggios

EM SUA QUINTA EDIÇÃO NO BRASIL, O LOLLAPALOOZA TERÁ DOIS DIAS DE SHOWS COM NOMES DE DESTAQUE DO INDIE ROCK, DA MÚSICA ELETRÔNICA E DO HIP HOP Por MARINA AZAREDO

Lollapalooza Brasil Autódromo de Interlagos, Av. Senador Teotônio Vilela, 261, Interlagos, São Paulo. Sáb. (12), a partir das 11h; e dom. (13), a partir das 10h. Entre R$450 e R$900 4003 5588 LOLLAPALOOZABR.COM

Já virou tradição: março é o mês da música internacional em São Paulo. Chegando à sua quinta edição, o Lollapalooza, festival que veio dos Estados Unidos e fincou raízes por aqui em 2012, promete mais uma vez atrair gente do Brasil todo para a capital paulista para assistir a shows de artistas do calibre de Eminem e Florence + The Machine. Marcado para os dias 12 e 13 deste mês, ele contará com pelo menos 47 atrações nacionais e estrangeiras. Segundo Alexandre Faria, diretor artístico da Time for Fun, empresa que promove o festival no País, ele é baseado em três pilares: música eletrônica, indie rock e hip hop. “Chamamos nomes de destaque dessas três vertentes”, diz. Os headliners Eminem e Florence serão o ponto alto da programação. “Ele é um dos maiores ícones do hip hop e ela passou por uma transformação. Quem viu o show da Florence aqui em 2012 vai se surpreender”, comenta Alexandre. Mumford & Sons e o duo de DJs Jack Ü são atrações inéditas no País e também devem garantir público para o evento – a expectativa é reunir 80 mil pessoas por noite. Para os artistas brasileiros o festival nascido em Chicago serve como vitrine. Apesar de somar 12 anos de estrada, a banda sergipana The Baggios fez a primeira turnê internacional apenas em dezembro passado, quando excursionou pelo México.

030 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Surpresos com o convite para tocar no Lolla, os integrantes Julio Andrade e Gabriel Carvalho esperam agora chamar a atenção dos “gringos”. “Vai ser muito legal ter a chance de conhecer bandas, produtores e jornalistas de fora”, afirma o guitarrista Julio. Já os estrangeiros dividem-se entre os que esperam reencontrar fãs antigos e os que se prepararam para conhecer a intensidade da plateia brasileira. Guitarrista dos Strokes, Albert Hammond Jr. já esteve no País em outras ocasiões, mas faz seu début com uma apresentação solo. “Os brasileiros cantam junto todas as letras. E meu novo disco, Momentary Masters, é perfeito para isso”, diz. O trio galês The Joy Formidable aterrissa pela primeira vez por aqui. “Minha namorada já viajou pela América do Sul e eu vi muitas fotos. O Brasil parece tão bonito e cheio de diversidade. Espero poder ver tudo isso aí”, torce o baixista Rhydian Dafydd. Além do próprio festival, diversas bandas se apresentam em eventos menores – as Lolla Parties –, que serão realizados em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Marina and the Diamonds, Eagles of Death Metal e Alabama Shakes são alguns dos nomes confirmados para as performances mais intimistas. Pluralidade musical e shows para diferentes tipos de público não vão faltar neste mês.

FOTOS: JAMES MINCHIN/DIV. (MUMFORD & SONS, THE JOY FORMIDABLE); SNAPIC/DIV. ( THE BAGGIOS); DIVULGAÇÃO

Maratona sonora


Albert Hammond Jr.

LOLLA PARTIES SÃO PAULO 11/3 Marina and the Diamonds 13/3 DJ Snoopadelic 14/3 Alabama Shakes e Cold War Kids 15/3 Eagles of Death Metal e Vintage Trouble

RIO DE JANEIRO The Joy Formidable

13/3 Of Monsters and Men e The Joy Formidable 14/3 Florence + The Machine e Mumford & Sons 15/3 Alabama Shakes 16/3 Twenty One Pilots e Walk The Moon

CURITIBA 15/3 Bad Religion Florence

LOLLAPALOOZABR.COM

+ the Machine

PRINCIPAIS ATRAÇÕES

28/11 The Chemical Brothers (acima) Hot Chip (à esq.) Brodinski Evian Christ Pional Valesuchi Zopelar

031


4 CANT OS | M Ú S I C A

OUÇA ESSA OS PRINCIPAIS LANÇAMENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DO MÊS Por MARINA AZAREDO

Sem pressa Almir Sater e Renato Teixeira, expoentes da música brasileira de raiz, juntam-se pela primeira vez na produção de um álbum. Durante seis anos, os amigos compuseram as canções e burilaram as letras das dez faixas de AR, que acaba de chegar às lojas. As gravações começaram na Serra da Cantareira (SP), onde ambos moram, mas também tiveram como cenário Nashville, no Tennessee, berço do country americano. A parceria resultou em canções como Bicho Feio, que versa sobre lendas brasileiras, e Juro, cuja temática é o amor.

Mistura de estilos Quatro vezes vencedora do Grammy, Esperanza Spalding entrega agora o esperado Emily’s D+Evolution, quinto disco de sua carreira, após uma pausa de dois anos. No trabalho, ela combina seu lado jazzista a uma nova vertente, trazendo um rock experimental, cheio de guitarras barulhentas. As canções tratam de temas como fé, gênero e raça, e a faixa One, disponibilizada antes mesmo do lançamento do álbum, arrebatou elogios de veículos como o jornal The New York Times e a revista Rolling Stone.

Fernando Scherer NADADOR

Caminho pro Interior Bruna Caram Blue in Green Miles Davis

Encontro explosivo

Ironic Alanis Morissette

Com lançamento marcado para o dia 18 deste mês, Post Pop Depression é o resultado da parceria do ícone Iggy Pop com o frontman da banda Queens of the Stone Age, Joshua Homme. O anúncio do álbum foi feito junto com a divulgação do primeiro single, Gardenia, recebido com alvoroço pelos fãs. Para gravar as canções em segredo, os músicos contaram com a colaboração de Dean Fertita, membro do Queens of the Stone Age e também do Dead Weather, e de Matt Helders, baterista do Arctic Monkeys.

Witness (Stripped) Daughtry

032 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Let it Go Idina Menzel

FOTOS: ANDREAS NEUMANN/DIV. (IGGY POP E JOSHUA HOMME); HOLLY ANDRES/DIV. (ESPERANZ A SPALDING); EDUARDO GALENO/DIV. (ALMIR SATER E RENATO TEIXEIRA); DIVULGAÇÃO

playlist


FOTOS: DIVULGAÇÃO

4 CANT OS | C I N E M A

Jogo de reviravoltas

QUARTO LONGA DO DIRETOR MARCOS JORGE, MUNDO CÃO REÚNE BABU SANTANA, LÁZARO RAMOS E ADRIANA ESTEVES NUMA HISTÓRIA DE SUSPENSE QUE LANÇA LUZ SOBRE VÁRIAS QUESTÕES COLETIVAS Por LUIZA VIEIRA

Com estreia marcada para o dia 17 de março, Mundo Cão, de Marcos Jorge, é daqueles filmes que deixam de mãos atadas quem já o assistiu e quer recomendá-lo. Isto porque é praticamente impossível dar detalhes sobre o enredo sem soltar desagradáveis spoilers. Como em todo bom suspense, a história é repleta de revelações e pontos de virada. Inevitavelmente, a pergunta que todo espectador se faz ao deixar a sala de cinema é: “Como não notei aquele detalhe antes?” Segundo Marcos Jorge, surpreender é justamente o objetivo. “Passado aquele primeiro momento de espanto com o desfecho, você percebe uma série de situações comuns que poderiam acontecer com qualquer um de nós”, explica. E esta é a grande sacada da história: sob a aparência de um drama familiar, o filme levanta questões cole034 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

No topo da página, Lázaro Ramos e Vini Carvalho em cena de Mundo Cão; e acima, Adriana Esteves e Babu Santana, também no elenco do filme

tivas, com o máximo possível de verossimilhança e personagens com as quais as pessoas devem se identificar. O protagonista Babu Santana dá vida a um laçador de cachorros da época em que a carrocinha recolhia os animais de rua para serem mortos caso ninguém aparecesse para buscá-los. Gente boa, pai de uma família de classe média baixa de São Paulo, ele segue uma rotina tranquila ao lado da mulher (Adriana Esteves) e dos filhos, até entrar na mira de Nenê (Lázaro Ramos), um bandido sem a menor empatia por seres humanos, mas com uma paixão imensurável por seus cães de guarda. A temática, a partir daí, gira em torno de questões que envolvem violência e vingança. “É uma história dura, mas procurei temperá-la com elementos leves para que o público não sofresse tanto”, diz o diretor. Vencedor de prêmios nacionais e internacionais com seu primeiro longa, Estômago (2007), Marcos não teme comparações. Ele repete a parceria com o roteirista Lusa Silvestre e com Babu, mas em uma produção completamente diferente daquela que o consagrou. “Um diretor sempre fica marcado por seu trabalho mais notável. Mas acredito que Mundo Cão tem força para estar ao lado de Estômago.”

Mundo Cão Estreia no dia 17 de março


Um mundo melhor está em obra.

E, p a r a a T i g r e, i n o v a ç ã o é m a t é r i a - p r i m a . Todo ano, a Tigre lança em média 500 novos produtos. Foi a primeira a usar plástico sustentável na construção civil e trouxe os tubos de PVC para o Brasil. O que, além de pioneirismo, mostra seu jeito de fazer negócio ouvindo o mercado e antecipando tendências. Um mundo melhor está em obra. E , n o q u e d e p e n d e r da g e n t e , e s t a o b r a n ã o f i c a u m d i a pa r a da.

t i g r e . c o m . b r

É TIGRE pra toda obra.


4 C ANT OS | C I N E M A

TELA GRANDE FIQUE POR DENTRO DAS PRINCIPAIS ESTREIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DO MÊS Por MARINA AZAREDO dia

3

Eventos obscuros Com direção e roteiro do estreante Robert Eggers – premiado como melhor diretor no Festival de Sundance –, A Bruxa foi considerado um dos mais perturbadores filmes de terror da atualidade. Contada pela adolescente Thomasin (Anya Taylor-Joy), a história se passa na Nova Inglaterra de 1630, quando um agricultor deixa sua propriedade colonial e se muda com a família para um terreno no limite de uma floresta. Acontecimentos estranhos viram rotina e os pais da garota acusam-na de praticar feitiçaria.

dia

3

dia

3

Lutadores fofos Histórias de amor Em Apaixonados, três casais vivem encontros e desencontros durante o carnaval do Rio de Janeiro. Cassia (Nanda Costa), uma porta-bandeira, e Léo (Raphael Vianna), um jovem médico, ficam presos no elevador em que se conhecem e acabam se envolvendo. Soraia (Roberta Rodrigues) e Hugo (João Baldasserini) aproximamse num bloco de rua. Já Uítinei (Evelyn Castro), uma divertida vendedora de cerveja, encanta-se com Scott (Danilo de Moura), um gringo que odeia a folia. A direção é de Paulo Fontenele. 036 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Após o sucesso de bilheteria dos dois primeiros filmes da franquia, Kung Fu Panda 3 relata a volta do pai biológico do urso Po, que resolve levar o filho para uma reunião familiar em um paraíso secreto. No meio da confraternização, no entanto, o panda guerreiro é surpreendido pelo vilão Kai, que pretende acabar com todos os mestres do kung fu. O herói então recorre aos velhos amigos para treinar os moradores locais a fim de combater o ser malvado.


dia

24

Duelo de titãs Batman vs Superman: A Origem da Justiça se passa após os eventos de O Homem de Aço (2013), quando Superman (Henry Cavill) divide a opinião da população mundial. Enquanto muitos contam com ele como herói e principal salvador, outros não concordam com sua permanência no planeta. Bruce Wayne (Ben Affleck) está do lado dos inimigos de Clark Kent e decide usar suas habilidades como Batman para enfrentá-lo. Enquanto os dois brigam, porém, uma nova ameaça ganha força.

dia

FOTOS: WARNER BROS. PICTURES/DIV. (BATMAN VS SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA); DIVULGAÇÃO

17

Revolução fashion Uma atraente jovem (Kate Winslet) retorna à sua cidade natal na Austrália rural para cuidar da mãe doente, depois de viajar o mundo todo. Com uma máquina de costura, ela começa a transformar as mulheres locais, mas os boatos de que teria assassinado um rapaz quando tinha apenas dez anos prejudicam sua convivência com os moradores. Liam Hemsworth, Hugo Weaving e Sarah Snook completam o elenco de A Vingança está na Moda.

pipocas A Mostra do Filme Livre exibe 200 produções independentes entre 9 de março e 4 de abril no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. Depois, passa por São Paulo, Brasília e Belo Horizonte

O diretor Colin Trevorrow revelou recentemente que Stars Wars: Episódio IX será rodado em película, e não em digital. O filme deve chegar aos cinemas apenas em maio de 2019


|

T E AT R O

Amizade improvável WICKED, O MUSICAL QUE CONTA A HISTÓRIA DAS DUAS BRUXAS DE OZ ANTES DA CHEGADA DA MENINA DOROTHY, ESTREIA EM SÃO PAULO APÓS ARRASTAR MULTIDÕES MUNDO AFORA Por MARCO BEZZI

038 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Tudo indica que o maior desafio do elenco de Wicked – A História Não Contada das Bruxas de Oz, musical que estreia no dia 4 deste mês, em São Paulo, não será convencer o público a ir ao teatro para assistir às mais de duas horas da peça importada da Broadway. Os números superlativos do espetáculo, que narra a história do embate entre as duas bruxas pré-Mágico de Oz, devem ser repetidos por aqui – a montagem foi vista por mais de 48 milhões de pessoas nos 13 países pelos quais passou desde o seu lançamento, em 2003. Para a protagonista da peça Fabi Bang e a antagonista Myra Ruiz, o mais difícil será mesmo conter a ansiedade nas primeiras apresentações. Aos 23 anos, Myra – que interpreta Elphaba, a bruxa má e incompreendida – preparou-se de forma inusitada para o musical. “Tudo em Wicked é grandioso. As músicas são dificílimas, o nível vocal é extremo. Voo até 16 metros de altura e corro com um figurino pesadíssimo, e ainda pintada de verde. Por isso tenho treinado correndo na esteira. A diretora [a americana Lisa Leguillou] disse que é um ótimo exercício”, contou ela, após uma maratona de oito horas de ensaio diário, em janeiro. Fabi, 31, que vive a bruxa boa e popular Glinda, revelou que o assédio do público começou antes mesmo da estreia. “Na Broadway, as meninas que fazem o nosso papel têm de andar com seguranças. Desde que divulgaram que seríamos as protagonistas, minhas redes sociais não pararam mais. No mundo todo, Wicked tem fãs apaixonados. E tem sido assim também no Brasil.” A diretora, responsável pelo elenco e pela adaptação da versão brasileira, acredita que o sucesso mundial da peça deve-se sobretudo aos temas universais de que trata. “Esse espetáculo mostra duas mulheres que vêm de ambientes totalmente diferentes, aparentemente opostas e que se tornam amigas. As duas têm muito a aprender e a oferecer uma à outra! É uma peça sobre amor e amizade”, conclui. Jonatas Faro e André Loddi se dividirão no papel de Fyiero, o galã que irá se transformar em espantalho. Sérgio Rufino (Mágico de Oz), Adriana Quadros (Madame Morrible) Giovanna Moreira (Nessarose), César Mello (Doutor Dillamond) e Bruno Fraga (Boq) completam o elenco principal.

Wicked – A História Não Contada das Bruxas de Oz Teatro Renault, Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411, Bela Vista, São Paulo. De 4 de março a 31 de julho. Qui. e sex., às 21h; sáb., às 16h e às 21h; dom., às 15h e às 20h. Entre R$50 e R$280 11 4003 5588 TICKETSFORFUN.COM.BR

FOTO: PEDRO DIMITROW/DIV.

4 CANT OS


DeBRITO

Uma profissão qUe lida com a vida não pode ser ensinada a distância.

Formação de enFermagem, somente com ensino presencial. O Cofen chama a sociedade para fazer parte dessa luta. Trabalhar com enfermagem exige muito mais do que conhecimento. Exige uma prática que você só desenvolve com aulas presenciais e professores sempre atentos ao seu lado. É por isso que o Cofen apoia todas as iniciativas que buscam aumentar a qualidade dos cursos de enfermagem e valorizar cada vez mais a profissão. A discussão já chegou no Congresso Nacional e a sua opinião pode fazer a diferença. Esta luta também é sua. Participe em:

/eucurtoaenfermagem

www.cofen.gov.br


4 C ANT OS

|

T E AT R O

NOS PALCOS ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃO DOS FESTIVAIS E AS ESTREIAS TEATRAIS Por LUIZA VIEIRA

Quebrando as regras Em um universo imaginário, 300 anos à frente, a humanidade é controlada por uma grande corporação. Todos ouvem as mesmas músicas, assistem aos mesmos filmes e vão aos mesmos lugares. Um pequeno grupo de resistência, porém, busca quebrar essa realidade resgatando o rock’n’roll. Baseado na obra do Queen, o musical We Will Rock You apresenta 24 grandes sucessos da banda britânica e estreia no dia 10 deste mês – a montagem também marca a inauguração de um novo espaço cênico na capital paulista, o Teatro Santander. TEATRO SANTANDER, AV. PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK, 2041, ITAIM BIBI, SÃO PAULO. QUI. E SEX., ÀS 21H; SÁB., ÀS 17H E ÀS 21H; DOM., ÀS 16H E ÀS 20H. INGRESSORAPIDO.COM.BR

Dupla dinâmica Tiago Abravanel assume o desafio de interpretar Snoopy em mais uma produção de sucesso da Broadway que ganha versão brasileira. Meu Amigo Charlie Brown celebra a amizade entre o famoso cão e seu companheiro inseparável – vivido por Leandro Luna –, os principais personagens de Charles M. Schulz, criados em 1950 e publicados até hoje em jornais do mundo todo. Mariana Elisabetsky, na pele de Sally Brown, e Paula Capovilla, que faz Lucy Van Pelt, completam o elenco do espetáculo, que cumpre temporada em São Paulo de 5 de março a 24 de abril. TEATRO SHOPPING FREI CANECA, R. FREI CANECA, 569, CONSOLAÇÃO, SÃO PAULO. SÁB. E DOM., ÀS 17H30 E ÀS 20H (MARÇO). SÁB., ÀS 15H E ÀS 17H30; DOM., ÀS 16H (ABRIL). R$80

11 3472 2229

TEATROFREICANECA.COM.BR

Realidade x fantasia Dan Stulbach é o protagonista de Morte Acidental de um Anarquista, um rapaz perturbado que tem uma doença que o faz interpretar pessoas reais. Até ser detido por um delegado (Henrique Stroeter), ele assume identidades variadas, engana muita gente e até revela verdades sobre aqueles que o rodeiam. Baseada no texto do italiano Dario Fo, prêmio Nobel de Literatura, a comédia tem direção de Hugo Coelho e fica em cartaz até o dia 28 de abril. TEATRO DO MASP, AV. PAULISTA, 1578, CERQUEIRA CÉSAR, SÃO PAULO. QUA. E QUI., ÀS 21H. R$60

040 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

11 3149 5959

MASP.ORG.BR

FOTOS: BEL JUNQUEIRA /DIV. (O BIGODE ); JEFFERSON PANCIERI/DIV. (COM AMOR, BRIGIT TE ); CAIO GALLUCCI/DIV. (MEU AMIGO CHARLIE BROWN); JOÃO CALDAS/DIV. (MORTE ACIDENTAL DE UM ANARQUISTA); DIVULGAÇÃO

ENTRE R$40 E R$300


Crise existencial O Bigode, clássico francês de Emmanuel Carrère escrito em 1986, ganha versão teatral pela primeira vez e fica em cartaz no Rio de Janeiro de 4 a 27 deste mês. O texto explora o tema da identidade ao apresentar o protagonista, que é levado à loucura quando raspa seu bigode e nem a esposa nem os amigos reparam na mudança. Desgostoso com a suposta brincadeira, ele entra num surto psicológico que desafia os limites do autoconhecimento e o faz querer negar sua própria história e memórias. A direção é de Eduardo Vaccari, com Dulce Penna, João Lucas Romero e Vicente Coelho no elenco. TEATRO GLAUCE ROCHA, AV. RIO BRANCO, 179, CENTRO, RIO DE JANEIRO. QUA. A SÁB., ÀS 19H; DOM., ÀS 18H. R$40

21 2220 0259

FUNARTE.GOV.BR

Os perigos da superexposição

Prontos para o baile Após muitas alterações na direção e no elenco, Cinderella enfim estreia em São Paulo no dia 11 deste mês – a temporada vai até 3 de abril. Charles Möeller e Cláudio Botelho comandam o espetáculo, escrito pela famosa dupla do teatro musical americano Richard Rodgers e Oscar Hammerstein e baseado no conto do francês Charles Perrault. O papel da gata borralheira ficou com a atriz Bianca Tadini e Totia Meirelles interpretará a madrasta má.

A delicada fronteira entre o direito à vida privada e o trabalho da imprensa é o mote de Com Amor, Brigitte, montagem que permanece em cartaz no Masp até 29 de maio. O espetáculo retrata o conturbado encontro da estrela Brigitte Bardot (interpretada por Bruna Thedy) com o camareiro (André Correa) de um hotel do Rio de Janeiro. O choque desses dois mundos tão distintos e ao mesmo tempo tão iguais traz à tona a questão: por que você é mais do que eu? TEATRO DO MASP, AV. PAULISTA, 1578, CERQUEIRA CÉSAR, SÃO PAULO. SEX. E SÁB., ÀS 21H; DOM., ÀS 19H. ENTRE R$50 E R$60 11 3149 5959

MASP.ORG.BR

TEATRO ALFA, R. BENTO BRANCO DE ANDRADE FILHO, 722, SANTO AMARO, SÃO PAULO. QUI., ÀS 21H; SEX., ÀS 21H30; SÁB., ÀS 16H E ÀS 20H; DOM., ÀS 17H. ENTRE R$50 E R$180 11 5693 4000

TEATROALFA.COM.BR

041


|

TV

Alexandre Herchcovitch nos bastidores do programa Corre e Costura

À procura do look perfeito EM CORRE E COSTURA, NOVO REALITY SHOW DA FOX LIFE, O ESTILISTA ALEXANDRE HERCHCOVITCH ENCARA MARATONAS DE 48 HORAS NA CRIAÇÃO DE FIGURINOS IDEAIS PARA PESSOAS QUE ELE NÃO CONHECE Por MARCO BEZZI

Alexandre Herchcovitch corre. E muito. Em seu próximo desafio, o estilista encara a missão de conhecer pessoas que nunca viu na vida para tentar entender como elas gostariam de se vestir e parte para a produção de um figurino inédito. Tudo dentro do apertado prazo de dois dias. Esta é a premissa do Corre e Costura, reality show que entra no ar no dia 28 deste mês, às 20h, no canal Fox Life, e que marca a estreia do paulistano, referência no mundo da moda, como protagonista de um programa de TV. Apesar de estar animado com a oportunidade, Herchcovitch sabe que a tarefa não será simples. “Além de a roupa ser executada por mim em dois dias de trabalho, em aproximadamente dez horas, só vou conhecer a pessoa para quem vou costurar no início das gravações, quando recebo um briefing do que ela quer vestir. Tenho que criar tudo, tirar medidas, ir atrás dos tecidos, modelar, costurar e entregar o look pronto naquele momento”, explica ele, que contará com a ajuda apenas da mãe, Regina, e do amigo Rhody. Com o objetivo de desmistificar a imagem 042 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

glamorosa do universo fashion, Corre e Costura pretende ainda mostrar as etapas de uma confecção e como ela requer dedicação e conhecimento específico. O programa contará com personagens multifacetadas, escolhidas pela produção nas redes sociais, como três mulheres rappers que desejam inovar seus guarda-roupas, uma palestrante que emagreceu recentemente e uma fisiculturista que vai viajar em um cruzeiro como convidada do capitão. “Corre e Costura não é um reality de moda, nem tampouco abrange somente esse público”, explica o estilista, que terá de ganhar a aprovação de cada um dos participantes sobre os figurinos por ele executados. Idealizado pelo próprio Herchcovitch e com coprodução assinada pela Conspiração Filmes, o reality terá oito episódios de 30 minutos cada. Meia hora de adrenalina entre agulhas, tecidos e muita criatividade.

Corre e Costura Estreia no dia 28 de março, às 20h, na Fox Life

FOTO: AMANA SALLES/DIV.

4 CANT OS


4 CANT OS

|

TV

dia

VEJA ESSA

11

SAIBA QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS NOVIDADES DA PROGRAMAÇÃO DE TV Por LUIZA VIEIRA dia

7

Sempre em trânsito As andanças de Pedro Andrade por locais que passam por processos de transição serão exibidas em Pedro pelo Mundo, estreia do GNT. Todas as segundas-feiras, às 23h, o apresentador vai mostrar aspectos políticos, comportamentais, econômicos e culturais de lugares como Egito, Grécia, Islândia, Mianmar, Dinamarca, Escócia, Singapura, Estados Unidos e Cuba, sempre em busca de personagens que possam falar sobre a situação do país. Nas viagens, o ex-modelo, que também faz parte da bancada do Manhattan Connection, conversa com anônimos e pessoas poderosas de diferentes religiões, etnias, hábitos, classes sociais e gerações.

Artimanhas políticas Nos 13 aguardados episódios da quarta temporada de House of Cards, da Netflix, Frank Underwood (Kevin Spacey) continua a sua busca incessante pelo poder. Apór ser deixado pela mulher, Claire (Robin Wright), ele se lança como candidato à presidência dos Estados Unidos para um segundo mandato, uma vez que chegou ao cargo por meio de manobras que o transformaram em vice e, posteriormente, presidente norteamericano. Com a popularidade em queda, o desafio é se manter no mais alto posto da superpotência mundial. dia

7

dia

Aquecimento no mar Menina superpoderosa Uma heroína disposta a salvar Paris de uma ameaça misteriosa é a protagonista da nova animação do canal infantil Gloob, que será exibida de segunda a sexta-feira, às 20h. Nos 26 episódios de Miraculous – As aventuras de Ladybug, Marinette e seu fiel escudeiro Adrien têm a missão de proteger a capital francesa de um vilão desconhecido e ainda conciliar o dia a dia na escola, mantendo suas identidades secretas. 044 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Na Semana Tops do Surfe do Canal Off, o clima é de campeonato mundial. O World Surf League (WSL), que começa no dia 10 deste mês em Gold Coast, na Austrália, ganha especial atenção do canal de aventuras, que preparou uma maratona pré-competição. Diariamente, até o dia 13, serão exibidos documentários, filmes e séries dedicados aos melhores do ranking em 2015, sempre à 0h, além das seis etapas vencidas pelos brasileiros no ano passado, às 18h. Nomes como Felipe Toledo, Adriano de Souza (Mineirinho) e Gabriel Medina são figuras certeiras na programação.

FOTOS: GUSTAVO NASR E GUTO BARRA /DIV. (PEDRO PELO MUNDO); DAVID GIESBRECHT/NETFLIX /DIV. (HOUSE OF CARDS); DIVULGAÇÃO

7


Data center sempre bem acompanhado Somos uma empresa full service provider. Há mais de 10 anos, garantimos a operação e a manutenção dos maiores data centers da América Latina. Essa é a nossa atividade, realizar serviços especializados com excelência, otimizando a sua rotina e produtividade.

Conheça nossos negócios: Manserv Manutenção Serviços Industriais

Manserv Facilities Serviços Prediais

Manserv Logística Serviços Logísticos

Para mais informações, acesse www.manserv.com.br


4 CANT OS | E X P O S I Ç Ã O

ARTE EM FOCO SAIBA MAIS SOBRE OS DESTAQUES DE MUSEUS E ESPAÇOS CULTURAIS Por BRUNA TIUSSU

Como uma onda

Convite à participação Na concepção museológica do Masp, Lina Bo Bardi defendeu a importância do espaço público ao idealizar seu suntuoso vão livre – como comprova o desenho Esculturas Praticáveis do Belvedere, Museu Arte Trianon (1968, foto). Com o intuito de recuperar a proposta da arquiteta, o local promove o projeto Playgrounds, uma reunião de seis trabalhos de coletivos e artistas brasileiros e estrangeiros que estabelecem diálogos sobre o lazer, o uso da área expositiva e os direitos da comunidade sobre o espaço comum. De 17 de março a 31 de julho.

Chegou a vez de José Spaniol participar do Projeto Octógono da Pinacoteca de São Paulo. Criada há 12 anos para dar evidência a instalações de nomes nacionais e estrangeiros contemporâneos, a iniciativa apresenta, de 19 de março a 25 de maio, TIAMM SCHUOOMM CASHSH!, assinada pelo pintor, desenhista e escultor gaúcho. Inspirada na imprevisibilidade do mar, a obra foi construída a partir de dois barcos de madeira elevados a dez metros de altura e sustentados por escoras de bambu. O objetivo é brincar com as perspectivas, uma vez que o público a observa de um ponto de vista pouco comum. PINACOTECA, PÇA. DA LUZ, 2, LUZ, SÃO PAULO. QUA. A SEG., DAS 10H ÀS 17H30. R$6

11 3324 1000

PINACOTECA.ORG.BR

MASP, AV. PAULISTA, 1578, BELA VISTA, SÃO PAULO. TER., QUA., SEX., SÁB. E DOM., DAS 10H ÀS 18H; QUI., DAS 10H ÀS 20H. R$25

11 3149 5959

MASP.ART.BR

Representante importante da arte urbana brasileira, Márcio SWK inaugura, no dia 3 deste mês, a exposição Imaginação, com sete obras inéditas em que utilizou materiais como spray, tinta acrílica, giz pastel oleoso, entre outras técnicas. Para a composição das telas, todas geométricas e com tons fortes, o artista brincou com as letras, uma de suas paixões. Elas aparecem de maneira abstrata, de forma a estimular o público a interpretá-las a partir de diferentes ângulos. Em cartaz até 2 de abril. GALERIA HOMEGROWN, R. MARIA QUITÉRIA, 68, IPANEMA, RIO DE JANEIRO. SEG. A SEX, DAS 10H ÀS 20H; SÁB., DAS 10H ÀS 18H. GRÁTIS 21 2513 2160

046 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

FOTOS: LUIZ HOSSAK A /DIV. (PL AYGROUNDS); HELENA MARTINS COSTA /DIV. (TIAMM SCHUOOMM CASHSH!); HENRIQUE MADEIRA /DIV. (IMAGINAÇÃO)

Pensamento livre


BISALAX CONTÉM BISACODIL. NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE DOENÇAS INTESTINAIS GRAVES. BISALAX (bisacodil) – Indicado nos casos de prisão de ventre. MS 1.0497.1168. Ref. Bula do Produto. Ago/2015. www.uniaoquimica.com.br. SAC 0800 11 15 59 SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO


2 horas 1 a 6 e d o a açã o Início din stã após a ge


54 Gastronomia O menu sem invencionices do La Taperia, em Salvador

62 O Quarto Mordomias exclusivas no Eau Palm Beach Resort & Spa, na Flรณrida

highlights

68 Take 5 Cinco endereรงos para se deliciar com chocolates nesta Pรกscoa

FOTOS: GUI GOMES (EAU PALM BEACH RESORT & SPA); VICTOR AFFARO/DIV. (AMMA CHOCOL ATE)

62

68


HI GHLIGHT S | G A S T R O N O M I A

O poder da

simplicidade NO LA TAPERIA, EM SALVADOR, O CHEF JOSÉ MORCHON UTILIZA FRUTOS DO MAR, INGREDIENTES BAIANOS E PRINCÍPIOS DA CULINÁRIA ESPANHOLA NO PREPARO DE RECEITAS LIVRES DE MODISMOS Por DANIEL TELLES MARQUES Fotos RAUL SPINASSÉ

054 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Foi uma inspiração visual – quase uma encenação das ilustrações de Carybé – que fez José Morchon preferir os peixes no restaurante que estava prestes a abrir em Salvador, ainda que tenha sido um mestre assador na Espanha. “Enquanto reformávamos o local onde funcionou o primeiro La Taperia, ele viu os pescadores carregados e achou melhor fazer um cardápio focado em frutos do mar. Pois ali ele os teria frescos”, explica Juli Holler, mulher do chef e responsável pelo salão e pela administração da casa, hoje instalada num imóvel vizinho, com salão mais amplo, no agitado bairro Rio Vermelho. Nascido na cidade espanhola de Valladolid, foi ali que Morchon descobriu seu ofício e se especializou no preparo de carnes. Depois, levou seu conhecimento para o restaurante do hotel Nautic, em Maiorca. Lá aprendeu a lidar com pescados, cozinhou para o rei Juan Carlos e conheceu a baiana Juli, que o motivou a ir para Salvador. Convencido da ideia, ali abriu, em 2013, o La Taperia, onde prepara os peixes com precisão de cocção e sem disfarces. Seus mariscos têm – como devem ter – gosto de mar. “Eu me apaixono e me ‘desapaixono’ muito rapidamente pelos pratos”, diz ele, assoprando as palavras pelos lábios,


Na página anterior, o chef José Morchon no salão do La Taperia; e zarzuela. Nesta página, em sentido horário, paella, camarões empanados com raiz forte e caldinho de ouriço

40 03 1181

Salvador

l no Hotel So Sete noites café, m co p, ee Plaza Sl slados city tour e tra SAÍDA EM 22

/3/2016 (DE

CAMPINAS)

a partir de

10x R$110,10 sem juros

ENDEREÇOS

gastronômicos

Por

José Morchon

Larriquerí Pequenino, serve uma comida caseira com muito sabor. PÇA. ALEXANDRE FERNANDES, 26, GARCIA, SALVADOR 71 3263 5632

Cuco Bistrô Superbonito e agradável. Oferece um menu executivo de sucesso que custa R$49,90.

denunciando sua origem. “Daqui, gosto de siri mole. De lá, de uma infinidade de receitas.” O aparente desapego se desfaz na leitura do cardápio da casa, apaixonadamente espanhol. Paella, zarzuela (mescla de frutos do mar com caldo à base de vinho), tortilla e outros clássicos da culinária de seu país natal saem do pequeno espaço onde ele trabalha como se as panelas fossem extensões do corpo. Mais chef de cozinha do que de salão, Morchon dá as caras entre as mesas apenas nos poucos momentos de descanso. Por ele passam os pedidos de todos os clientes e até pouco tempo era ele mesmo quem ia à feira diariamente, de ônibus, buscar produtos para o que prepara à noite. Agora, após três anos de funcionamento, os fornecedores já os entregam no restaurante. Mas a atenção dada a cada prato pelo cozinheiro se mantém.

Nas tapas do dia, criatividade e disponibilidade de ingredientes convergem em receitas conscientes da simplicidade potente da gastronomia do país ibérico. Exemplos disso são o saboroso caldinho de ouriço e os deliciosos e curiosos camarões empanados que levam raiz forte, dois clássicos da casa. Morchon evita modismos e a tentativa forçada de “abaianar” pratos espanhóis ou “espanholizar” os baianos. Em Salvador, cidade com expressiva comunidade espanhola, o La Taperia é um alento para quem tem saudades da culinária de casa e o melhor exemplo de que boa comida não precisa de invencionices. Só precisa ser gostosa. E no ponto certo.

La Taperia R. da Paciência, 251, Rio Vermelho, Salvador 71 3334 6871

LGO. DO CRUZEIRO DE SÃO FRANCISCO, 6, CENTRO HISTÓRICO, SALVADOR 71 3322 4383

Poró Além de comida brasileira muito gostosa, o restaurante vende quitutes garimpados em toda a Bahia. R. DO CARMO, 13, SANTO ANTÔNIO, SALVADOR 71 99618 1704

Barraca da Gávea É um restaurante à beira-mar, com receitas de frutos do mar e música ao vivo. R. PRAIA DA URCA, S/Nº, VILLAS DO ATLÂNTICO, SALVADOR 71 3379 7652

055


HI GHLIGHT S | G A S T R O N O M I A

À escolha do freguês NO CAMINHO INVERSO AO DA GOURMETIZAÇÃO GASTRONÔMICA, ALGUNS ESTABELECIMENTOS TÊM APOSTADO EM UM MODELO DE NEGÓCIO BASEADO NA TRANSPARÊNCIA DA RELAÇÃO DE CONSUMO: O PAGUE QUANTO QUISER Por ROSA JORGE

Fotos FERNANDA FRAZÃO

A comida é preparada com ingredientes o mais natural possível, quase sempre fornecidos por produtores locais. Para beber, suco, chá e o obrigatório café. O ambiente prioriza a conversa, é confortável, mas sem frescuras. Wi-Fi é gratuito. E tudo isso custa quanto você quiser pagar. Nem mais, nem menos. Não há conta, comanda, promoção ou 10% no final. E nqu a nto o su r rado ter mo “gourmet” se tornou quase um sinônimo de mico gastronômico, de comida com preços altos e qualidade apenas mediana, outro movimento começa a conquistar adeptos no Brasil. Em busca de alternativas para o setor, jovens empreendedores descobriram o formato “pague quanto quiser” – pay what you want, do original em inglês. Inaugurado em 2013, no centro do Rio de Janeiro, o Curto Café foi o primeiro estabelecimento nacional a adotar a tendência. No local são servidos cafés da Seleção do Mário, que vêm do Espírito Santo, e doces, como bolos e brownies. No fim, a decisão sobre o valor do que foi consumido é do cliente, e só dele. Sem pressão. Sem pressão, mas com u ma ajuda baseada na transparência da relação de consumo. Uma grande lousa informa os custos mensais de operação da cafeteria e o montante angariado até o momento. 056 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Na página anterior, embaixo, ambiente do Instituto Chão; em cima, salão do Preto Café, ambos em São Paulo. Nesta página, detalhes da decoração do Preto Café; empanadas à venda no estabelecimento; e Lucas Pretti, um de seus sócios

O exemplo carioca inspirou a abertura, em julho de 2015, do Preto Café, em Pinheiros, em São Paulo. Os grãos são os mesmos da Seleção do Mário, está lá a lousa com os gastos e a arrecadação e há bolos, tortas e pães de mel. O site da casa deixa claro: no Preto, nada está à venda. O que ele faz é ceder mesas, cadeiras, Wi-Fi e guloseimas em troca de doações. Você entra, usa o espaço, fica à vontade para tomar um café e comer algo, e ao ir embora doa o quanto acha que vale a experiência. Nem adianta pedir sugestão de valor: os sócios Lucas Pretti, Francele Cocco, Maurício Alcântara e Carol Gutierrez não dão.

“Mas o tíquete médio tem sido bom”, diz Lucas. Apesar disso, o café tem fechado as contas mensais angariando 60% do necessário para cobrir os gastos. O que acaba sacrificado é o salário da equipe – o lugar se mantém porque nenhum dos sócios se sustenta com os rendimentos obtidos ali. “Cada um trabalha um dia por semana, assim conseguimos fazer outras coisas”, conta Lucas. O grupo está pensando em novas formas de equilibrar as contas, mas garante que o formato pague quanto quiser vai continuar. Quase simultaneamente ao Preto Café, a capital paulista ganhou outra iniciativa que propõe reavaliar as relações de consumo. O Instituto Chão, na Vila Madalena, tem feira de produtos orgânicos, mercearia e café. Tudo isso é vendido, possui preço – o de custo, exatamente o que será repassado ao produtor. Na prática, significa R$1,50 por um cafezinho, por exemplo. 057


HI GHLIGHT S | G A S T R O N O M I A

Ao lado, lousa que explica os princípios do Instituto Chão, na capital paulista; e, abaixo, Fátima Mazarão e Luciano Vaini, dupla idealizadora do projeto Ecozinha, de Curitiba

PA R A

conhecer

FOTO: DAYANA LUIZ A /DIV.

E onde entra o pagamento livremente arbitrado pelo cliente? Assim: todos são convidados a fazer doações para ajudar a manter o espaço, cujos gastos estão discriminados. Se doam, levam os produtos pelo preço que acham justo; se não, pagam apenas o que será entregue ao produtor. Com proposta que vai além de cafés e petiscos, a Ecozinha, criada em março de 2014, serve refeições completas – comidas tipicamente brasileiras em versões vegetarianas – em endereços variáveis. Os idealizadores Fátima Mazarão e Luciano Vaini pulam de galho em galho entre espaços ligados à cultura e à economia colaborativa, em Curitiba. Neste primeiro semestre de 2016, uma sexta-feira por mês, a dupla realiza jantares no projeto Cinecozinha da Casa #B, com exibição de filme e refeição – é preciso reservar pelo Facebook. Suco ou chá e sobremesa com fruta ou doce vegano fazem parte do pacote. Ao fim do jantar, os cozinheiros apresentam os custos da produção para que cada cliente decida o valor que deseja pagar. Se alguém insistir muito, os dois até sugerem – algo como R$18 ou R$20. O objetivo é que o público tenha contato direto com quem prepara seus alimentos. E que olhe para os custos pensando no valor do alimento, não apenas no preço. E você? Quer – ou pode – pagar quanto? 058 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Rio de Janeiro Curto Café AV. ERASMOS BRAGA, 278, CENTRO 21 98323 0183 21 98176 2582 FACEBOOK.COM/ CURTOCAFE

São Paulo Preto Café R. SIMÃO ÁLVARES, 781, PINHEIROS PRETOCAFE.COM.BR

Instituto Chão R. HARMONIA, 123, VILA MADALENA 11 3530 0907 INSTITUTOCHAO.ORG

Curitiba Ecozinha FACEBOOK.COM/ECOZINHA. LIBERTARIA NO PRIMEIRO SEMESTRE ESTÁ NO ATELIÊ CASA #B, R. ROCHA POMBO, 62, JUVEVÊ FACEBOOK.COM/ ATELIECASAB


HI GHLIGHT S | G A S T R O N O M I A

BOM APETITE CONFIRA AS MELHORES NOVIDADES DE BARES, RESTAURANTES E CAFÉS Por BRUNA TIUSSU

Italiano de origem

Verão com refresco Croquete de chambaril (ossobuco), pastel de feijoada e tartare de atum são alguns dos pedidos queridinhos do novíssimo Mistura Tropical. A uma quadra da Praia de Boa Viagem, no Recife, o bar leva a assinatura dos irmãos Hugo e Júlio Prouvot, chefs conhecidos pelo talento no uso de ingredientes brasileiros sob técnica clássica. A casa despojada aposta na culinária de petiscos e numa divertida carta de drinks para ser parada certa de pernambucanos e turistas após um dia à beira-mar. Quer começar bem? Peça o pica-pau falador, aromático coquetel feito da mistura de maracujá fresco batido com geleia de pimenta e pêssego. MISTURA TROPICAL, AV. CONSELHEIRO AGUIAR, 323, BOA VIAGEM, RECIFE

81 3072 6260

O hotel Emiliano começa 2016 com uma grande novidade em seu restaurante: de volta a São Paulo após longa temporada na Europa, o chef Andrea Montella assume o comando da cozinha da casa e já apresenta consideráveis – e apetitosas – mudanças no cardápio. Entre as 15 receitas incorporadas, vale destacar o paccheri, uma massa fria servida com lagostins e molho de tomate levemente picante; o stracci, finas folhas de massa montadas com camarões e cobertas com molho de manjericão (foto); e a codorna recheada com cogumelos e foie gras e acompanhada de risoto de alecrim. Todas elaboradas com ingredientes frescos e, preferencialmente, nacionais. RESTAURANTE EMILIANO, R. OSCAR FREIRE, 384, JARDINS, SÃO PAULO 11 3068 4390 EMILIANO.COM.BR

B!NGO, R. LOPES QUINTAS, 93, JARDIM BOTÂNICO, RIO DE JANEIRO

21 2294 5498

BINGORESTAURANTE.COM.BR

060 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

FOTOS: EDU EUK A /DIV. (EMILIANO); ANDRÉ RODRIGUES/DIV. (B!NGO); DIVULGAÇÃO

Aconchego e boa comida Cardápio e ambiente disputam a atenção numa primeira visita ao B!ngo, restaurante contemporâneo recém-inaugurado no Jardim Botânico, no Rio. O primeiro, por conta das receitas da terra, que dão água na boca antes mesmo de proválas, tais como o risoto de beterraba, o nhoque de taioba com sálvia (foto) e a cocada de inhame. Já o segundo, pela atmosfera moderninha, com referências industriais e itens de decoração superbrasileiros, como carrancas e máscaras de carnaval. Dividida em três áreas, a casa agrada com seu amplo balcão, seu salão aconchegante e seu espaço aberto, especialmente disputado por quem vai para provar o café da manhã.


solution

uer q e t n e Ag tAr s i u q n te co is. A m A d Ain

Na Localiza você tem: Diárias grátis Upgrades de categoria Atendimento express Traslado exclusivo E muito mais para conquistar você. Localiza Fidelidade. A gente reconhece o quanto você é especial. Vai de Localiza. Acesse: localiza.com/fidelidade B a i x e o n o v o a p l i c at i v o :


HI GHLIGHT S | O Q U A R T O

Conforto e glamour à beira-mar Por MARINA AZAREDO Fotos GUI GOMES

A experiência de despertar no Eau Palm Beach Resort & Spa, com o arcondicionado regulado nos 20 graus e o conforto da cama king size com lençóis egípcios sob o corpo, revela-se bastante semelhante àquela vivida em qualquer hotel de luxo das principais metrópoles do mundo. A luz acesa desvela uma suíte confortável, bem decorada, pronta para satisfazer qualquer hóspede exigente. Mas, ao se abrirem as cortinas e a porta de vidro que dá acesso à varanda, o que se vê – e ouve-se, sente-se… – em nada lembra uma cidade grande: uma graciosa piscina, o mar mais adiante, o barulho das ondas, a brisa batendo 062 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

O EAU PALM BEACH RESORT & SPA, LOCALIZADO EM UMA PRAIA PARTICULAR DA FLÓRIDA, OFERECE TODAS AS VANTAGENS DE UM HOTEL CINCO ESTRELAS E UM CARDÁPIO COMPLETO DE MASSAGENS RELAXANTES

no rosto e o calor invadindo a alma. Pois o Eau é um resort em plena Flórida. Localizado em Manalapan, um pequeno município do estado norteamericano, o hotel faz parte do circuito de turismo de Palm Beach, charmosa e badalada ilha que recebe endinheirados interessados em descansar durante o inverno, quando as temperaturas do Sul do país são bem mais amigáveis do que as do Norte. Construído em uma praia particular, o complexo agrada quem busca a combinação de conforto e fácil acesso à natureza. Com o bônus de abrigar um dos melhores spas dos Estados Unidos.

Ao passar a operar sob a marca Eau – até 2013, ele fazia parte da rede Ritz-Carlton –, o hotel investiu na reformulação de seus 309 quartos. Todos contam com a assinatura de Jonathan Adler, que deu toques ousados à decoração. As cores predominantes são: azul, branca e amarela. Nada mais justo para um estabelecimento turístico da Flórida, onde o sol brilha o ano inteiro e a principal atração é o mar azul-turquesa. As estampas, que vão do carpete à parede do banheiro, acompanham o arrojo dos tons: padronagens geométricas foram as escolhas do célebre designer.


Na página anterior, suíte do Eau Palm Beach Resort & Spa. Nesta página, em sentido horário, varanda do quarto; uma das piscinas do hotel; área externa do spa; e massagem com pedras quentes e cromoterapia

LISTA DE MORDOMIAS Boa mesa O Eau conta com cinco restaurantes. Os destaques são o Temple Orange, onde é servido o café da manhã e boas opções no almoço, e o Angle, com culinária contemporânea em um ambiente refinado

Malhação Além de bem equipado com aparelhos de ginástica, o fitness center oferece aulas de spinning, yoga e pilates

Notícias do dia Para quem quer ficar bem informado mesmo nas férias, exemplares do The New York Times são deixados nas portas dos quartos diariamente

Mascotes O hotel é dog friendly: cães de estimação são bem-vindos. Os donos devem apenas respeitar os locais em que os bichinhos podem efetivamente circular

Após o farto café da manhã servido em sistema de bufê – pouco comum nas hospedagens americanas –, a dica é relaxar no premiado spa que fica no andar térreo do resort. Agraciado com cinco estrelas pelo guia de viagem da Forbes, o empreendimento é um glamoroso refúgio que convida ao dolce far niente. Ali é possível eleger entre massagens relaxantes com diferentes opções de trilha sonora e iluminação, tratamentos para o corpo e o rosto ou o sossego dos balanços do jardim. Para um dia de descanso, escolha o day pass, que dá acesso livre a todas as dependências do spa. Com tantos atrativos para os adultos, é de se imaginar que o Eau não seja uma boa opção para quem viaja com crianças. Ledo engano. O hotel investe nos ambientes para os pequenos e também no time de recreação infantil. Há desde espaços que lembram o fundo do mar até uma sala bem equipada com computadores para os pré-adolescentes, passando por um kids spa. E, para não perturbar aqueles que estão em busca de silêncio e tranquilidade, há uma piscina exclusiva para adultos. A apenas 100km de Miami e a 300km dos parques de Orlando, o Eau honra a fama da Flórida, com entretenimento para todas as idades.

Eau Palm Beach Resort & Spa 100 S. Ocean Blvd., Manalapan, Flórida, Estados Unidos. Entre US$589 e US$6.000 1 561 533 6000 EAUPALMBEACH.COM

063


H I GHLIGHT S | 5 P E R G U N T A S

Abaixo, Cibele Forjaz, diretora da Mundana Companhia; e três registos de ocupações anteriores, realizadas em 2015, do espetáculo Na Selva das Cidades

Bertolt Brecht escrevia para provocar as pessoas sobre as injustiças sociais e imprimir nelas um desejo de mudança. As ideias do dramaturgo alemão continuam atuais e capazes de mobilizar grupos de teatro, como a paulistana Mundana Companhia, que se debruçou sobre um de seus textos, escrito entre 1921 e 1924, para levar aos palcos a montagem Na Selva das Cidades – Em Obras: Ocupação 3. Em vez de palcos, talvez seja mais apropriado 064 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Por JULIO CRUZ NETO Retrato RODRIGO FUZAR

dizer ringues. Porque, após uma série de imersões por São Paulo ao longo de 2015, em lugares como favelas, prostíbulos, escolas ocupadas por alunos e o Jockey Club, o espetáculo foi estruturado como uma luta em que há regras, mas também liberdade para os atores interagirem com improviso – e até violência. Cibele Forjaz, diretora da companhia, dá detalhes sobre a concepção da peça, que entra em cartaz no Sesc Pompeia no dia 19 deste mês.

FOTOS: RENATO MANGOLIN/DIV.

No ringue da metrópole

DIRIGIDA POR CIBELE FORJAZ, A MUNDANA COMPANHIA RECONSTRÓI A FÁBULA SOCIAL NA SELVA DAS CIDADES, DE BERTOLT BRECHT, NUMA PEÇA CHEIA DE LIBERDADE E IMPROVISO


Na Selva das Cidades – Em Obras: Ocupação 3 Sesc Pompeia, R. Clélia, 93, Pompeia, São Paulo. De 19 de março a 15 de maio. Sex. e sáb., às 20h; dom., às 18h. R$40 11 3871 7700 SESCSP.ORG.BR

1 23 5 4

O texto fala de dois personagens que travam uma disputa aparentemente sem sentido. Você vê algum sentido? O enredo parece simples. Estamos em Chicago, 1912. Garga veio do campo e trabalha para sustentar a família. Schlink, um rico negociante de madeira, decide comprar a opinião de Garga, que se nega a vendê-la. Instaura-se, então, uma luta que destrói tudo e todos em torno deles. A aparente falta de sentido expõe o absurdo do fundamento capitalista, que rege a lógica da sobrevivência na selva das cidades. Neste sentido, nada mudou no século 21. Só piorou. A peça é atual.

Um dos principais focos da montagem é a especulação imobiliária? Numa metrópole como São Paulo as pessoas servem ao concreto, e não o concreto às pessoas. A peça não fala especificamente da especulação, mas da lógica que impera no ciclo de destruição e construção da cidade, que não serve ao bem público, mas às empreiteiras. Ela propõe uma reflexão: há como libertar a cabeça da estrutura do capitalismo? Eu acredito que é possível inventar outra sociedade.

As ocupações têm muito improviso, inclusive não possuem marcação de cena, certo? Não existe marca. O espetáculo é um jogo aberto, com regras e acordos coletivos que orientam a movimentação dos atores. Eu sou mais uma treinadora do que uma diretora. Como estamos sempre em obras, cada ocupação é única. Muda de acordo com o espaço, sua configuração física e humana. A cenografia feita para o Sesc Pompeia é só para esta temporada. Nosso único norte é a travessia do texto de Brecht.

Por que encenar dessa forma? Dá emoção. Multiplica a potência do encontro com o público. Também tem tudo a ver com Brecht. Ele era fã de boxe, queria que o teatro fosse tão vivo quanto o esporte, onde a plateia torce e participa das jogadas. As incompletudes e lacunas dão espaço para as pessoas refletirem por si mesmas.

Hoje, muitos preferem se envolver em projetos a ter empregos. A Mundana, ao propor que cada espetáculo seja um encontro entre artistas com afinidades estéticas, aponta para este mesmo caminho? Dá certo? A companhia busca novas estruturas de criação, peça a peça. Inventamos juntos o processo de trabalho, buscamos procedimentos de concepção que tenham a ver com o tema abordado. Não é um espetáculo meu. É da Mundana. É construído pela equipe. Sempre em luta, também.

065


HIGHLIGHT S | H O T S P O T

Batel Soho Curitiba (PR)

Um Soho brasileiro LONDRES TEM, NOVA YORK TAMBÉM, E ATÉ BUENOS AIRES. E FOI SOB INSPIRAÇÃO DESSAS METRÓPOLES QUE OS EMPRESÁRIOS DA REGIÃO DA PRAÇA DA ESPANHA, EM CURITIBA, CRIARAM A MARCA BATEL SOHO: UMA IDENTIDADE PARA EXPRESSAR A VIBRAÇÃO DO TRECHO DO BAIRRO QUE CONCENTRA OPÇÕES DE GASTRONOMIA, COMPRAS E LAZER Por ROSA JORGE

1 Restaurante Manu Aos 31 anos, a jovem chef Manoella Buffara é um dos expoentes do atual cenário da gastronomia brasileira. Filha de um agricultor, abriu em 2011 o restaurante batizado com seu nome, onde o frescor dos ingredientes é o que determina o conteúdo do menu degustação, em três, seis ou nove etapas. De R$165 a R$240 por pessoa, sem bebidas. 41 3044 4395

3 RS Raridades A três quadras da Praça da Espanha, Paulo Ricardo Simioni conduz o sebo que virou herança de família. Há livros do século 19, revistas de moda do início do século passado, exemplares de títulos como A Cigarra, Vida Doméstica e O Cruzeiro, além de quadrinhos, que são as preciosidades da casa. Os preços começam em R$2 e podem chegar a R$3 mil por uma coleção completa. 41 3014 7615

RSRARIDADES.COM.BR

066 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

RESTAURANTEMANU.COM.BR

2 Praça da Espanha Epicentro do movimento da região e ponto de partida para as outras atrações do Batel Soho, o espaço ferve aos sábados com feiras de antiguidades e artesanatos e exposição de carros antigos. Os frequentadores levam cangas para se sentar no gramado e há apresentações musicais gratuitas em um pequeno palco. 41 4141 0679

4 Rei da Barba Massagem, acupuntura, estética facial e até dia do noivo são alguns dos serviços de beleza oferecidos exclusivamente para homens nessa barbearia pra lá de cool, com ambiente algo retrô e decoração caprichada. Sim, eles fazem barba também – a sessão custa a partir de R$55. 41 3598 0220 REIDABARBA.COM.BR


5 Galeria Teix Misto de espaço de arte e estúdio de tatuagem (que começou antes), o local promove cursos, debates e, aos domingos, a Domingueira Tattoo, com tatuagens rápidas a preços únicos. A administradora Jo Maciel é também a coordenadora cultural da associação de comerciantes do Batel Soho e investe em ideias como a mostra Passagens, de Eduardo Aguiar, realizada em 2015 e a primeira na cidade dedicada a fotografias feitas com celular.

40 03 1181

ritiba

Cu ritiba no Mabu Cu Três noites sseios pa e fé ca m Business, co CAMPINAS) SAÍDA EM 10

/3 (DE

a partir de

10x R$74

sem juros

41 3018 2732 ESTUDIOTEIX.BLOGSPOT.COM.BR

FOTOS: CAROL GHERARDI (MANU); MARCELO KRELLING/DIV. (BAR DO VICTOR); CINT YA HEIN/DIV. (GALERIA TEIX); DIVULGAÇÃO

6 Caramelodrama Diante do bolo de chocolate molhado com calda de amarena e recheio de creme de caramelo (R$16,10 o pedaço; foto), fica fácil entender o “drama” no nome da confeitaria, aberta em 2014, em uma aconchegante casinha dos anos 1950. A chef pâtissier Carolina Garofani prepara doces feitos sem aditivos químicos, nem açúcar demais. Ah, sim. O nome do bolo em questão é… chocomelodrama. 41 3206 2271 CARAMELODRAMA.COM

7 +55 Mais Cinco Cinco, é assim que se fala o nome da casa que é um mix de restaurante, bar e balada. Tem cardápio completo de entradas, pratos e sobremesas, além de petiscos, sanduíches e comida japonesa. Mas são os drinks que chamam a atenção: os preços variam de R$19 (a piña colada) a R$33 (o negroni). A programação inclui bandas de pop rock e DJs. 41 3322 0900

CINCOCINCO.COM.BR

9 Tutu Sapatilhas

8 Bar do Victor Clientes ficam bem à vontade em um amplo e bonito ambiente contemporâneo, com deck externo para noites de bom clima. O cardápio é centrado nos frutos do mar, com destaque para a casquinha de siri (foto) como entrada e a moqueca de camarão como prato principal. 41 3076 0720

PIERDOVICTOR.COM.BR

Gustavo Krelling e Fabiana Montalvão, amigos desde a faculdade de artes, abriram há três anos a delicada loja – depois de um ano de vendas on-line –, onde criam e vendem sapatilhas, botinhas e oxfords artesanais de modelagem clássica, fabricados por pequenas empresas familiares. Os preços variam de R$99,90 a R$279,90. 41 3311 1530 TUTUSAPATILHAS.COM.BR

067


HI GHL IGHT S | T A K E 5

Doces paradas

DE PARQUE TEMÁTICO A FÁBRICAS, PASSANDO POR LOJA ESPECIALIZADA, CONHEÇA CINCO ENDEREÇOS ONDE O CHOCOLATE É PROTAGONISTA. USE A DESCULPA DA PÁSCOA PARA MARCAR UMA VISITA A CADA UM DELES E SABOREAR SEUS IRRESISTÍVEIS PRODUTOS Por BRUNA TIUSSU

Parque Mundo de Chocolate

GRAMADO (RS)

Inaugurado em 2015, o espaço homenageia um importante item da gastronomia local de maneira divertida: enormes blocos maciços de chocolate são esculpidos de forma a reproduzir, em escalas diversas, famosos pontos turísticos do mundo – alguns chegam a medir quatro metros de altura. Estão lá a Estátua da Liberdade e a Torre Eiffel, entre outros monumentos. 54 3286 3588

Fábrica Garoto

VILA VELHA (ES)

O chamado Chocotour consiste na visita à fábrica da marca, na cidade capixaba. Além de aprender um pouco sobre a história do chocolate, o público percorre os setores de produção de variados tipos de doces, degusta bombons e finaliza o roteiro na lojinha, com itens para todos os gostos. Basta cruzar a rua para conhecer também o museu da Garoto, que tem entrada gratuita. GAROTO.COM.BR/VISITE_A_FABRICA

Chez Bonbon

ITAIPAVA (RJ)

Experimente trufas, minibolos, brownies e os clássicos choconhaque e chocolate quente que conquistaram, nos anos 1980, o hotel Copacabana Palace, primeiro cliente da empresa. Todos os produtos são feitos a partir de um blend próprio, obtido por meio de ingredientes selecionados – o que resulta em um chocolate cuja variação de cacau fica entre 50% e 70%. 24 2222 6880 CHEZBONBON.COM.BR

Chocolate Caseiro Ilhéus

SÃO PAULO (SP)

Instalada em um lindo sobrado modernista, de 1938, a casa paulistana da marca baiana Amma conquista por três motivos: o cheiro de cacau que arrebata o visitante logo na entrada, o ambiente aconchegante, decorado com fotos da fazenda em Itacaré, e as delícias ali preparadas. Não deixe de provar o petit gateau de chocolate 70% cacau (foto), o brownie de amêndoas de cupuaçu e o novíssimo chocolate feito de leite de coco. 11 3062 0240

068 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

ILHÉUS (BA)

A primeira fábrica de chocolate artesanal do Nordeste do País – foi fundada em 1985 – está aberta à visitação, conta com a réplica de uma fazenda de cacau e oferece uma simples amostra de seu modo de produção. Na lojinha é possível comprar tabletes, ovos de páscoa e até cacau em pó. 73 3639 5300 CHOCOLATECASEIRO.COM.BR

FOTO: VICTOR AFFARO/DIV.

Casa do Sabor Amma


GLP Campinas

51.700 m²

Disponivel para locação Potencial construtivo de 105.000 m²

GLP. LOCAÇÃO DE GALPÕES LOGÍSTICOS E INDUSTRIAIS. Os melhores parques logísticos nas melhores regiões do Brasil. Líder em instalações logísticas de alto padrão com presença na China, Japão e EUA, a GLP oferece localização estratégica, qualidade técnica, respeito aos recursos naturais e baixo custo operacional no aluguel de galpões logísticos e industriais. São 48 milhões de m² de galpões, mais de 4.000 clientes ao redor do mundo e 3,5 milhões de m² em 37 cidades brasileiras. Alugue um galpão com a GLP e obtenha a melhor eficiência logística para sua empresa.

GLP Guarulhos Guarulhos (SP) 192.500 m² de área disponível

GLP Cajamar Cajamar (SP) 79.000 m² de área disponível

GLP Gravataí – Grande Porto Alegre Gravataí (RS) 19.700 m² de área disponível Potencial construtivo de 53.000 m2

GLP Ribeirão Preto Ribeirão Preto (SP) de 1.500 a 17.100 m² de área disponível

GLP Hortolândia III Hortolândia (SP) 42.300 m² de área disponível

GLP Itapevi I Itapevi (SP) 17.900 m² de área disponível

GLP Jundiaí II Jundiaí (SP) 27.600 m² de área disponível

GLP Pavuna Rio de Janeiro (RJ) 9.500 m² de área disponível

área disponível

OUTROS CONDOMÍNIOS LOGÍSTICOS GLP área disponível

área disponível

área disponível

GLP Louveira II .......................... 6.500 m² GLP Jundiaí I .............................. 8.500 m² GLP Suape I ............................... 5.700 m² GLP Jundiaí III .......................... 93.000 m² Cond. Emp. Barão de Mauá ..... 11.900 m² Cond. Empresarial Atibaia ......... 7.400 m² GLP Jandira II............................. 9.300 m²

(11) 3500-3700 locacao@GLProp.com www.GLProp.com.br


HIGHL IGHT S | V I T R I N E

O vaso da Prestige, de cerâmica com acabamento de vidro, mede 11x15cm. Perfeito para compor a decoração de salas, quartos e lavabos. R$27,99 11 3229 4041

A câmera fotográfica analógica Fuji Instax Mini 8 é compacta e instantânea: as fotos são impressas na hora, em formato 6x9cm. R$599 IDREAM.COM.BR

Paleta inspiradora A PANTONE, EMPRESA CONHECIDA PELO SISTEMA DE CORES LARGAMENTE UTILIZADO NA INDÚSTRIA GRÁFICA, ELEGEU O ROSE QUARTZ E O AZUL SERENITY COMO OS DESTAQUES DE 2016. A DUPLA REMETE À PAZ E AO EQUILÍBRIO E JÁ ESTÁ NAS VITRINES EM ITENS DE BELEZA, MODA E DECORAÇÃO

Para dar um ar romântico à maquiagem, as sombras Creaseless Cream Shadow da Benefit permitem elaborar vários looks. R$99 cada SEPHORA.COM.BR

070 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Com base de madeira de reflorestamento e haste e cúpula de alumínio, o abajur da Bertolucci funciona com uma lâmpada de 40W. Sua altura é de 60cm e o diâmetro, de 16cm. R$800 BERTOLUCCI.COM.BR

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Edição THAIS LUTTI


O sabonete L’Occitane Bonne Mère Alecrim limpa suavemente a pele sem ressecá-la e tem fragrância refrescante. Possui 100g e conta ainda com as versões limão, mel, oliva e pêssego. R$21 LOCCITANE.COM.BR

Da coleção Elos, o delicado par de brincos Julio Okubo é feito de ouro branco 18 quilates, diamantes e calcedônia – uma variedade do mineral quartzo. R$2.761 JULIOOKUBO.COM.BR

O espumante Brut Rosé 12 Meses da Casa Valduga tem 60% da variedade chardonnay e 40% de pinot noir em sua composição. Com notas florais e frutadas, lembra os sabores do pêssego e da amora. R$50 FAMIGLIAVALDUGA. COM.BR

Ideal para áreas externas, o pufe da Breton é confeccionado à mão, com fibra sintética frisada e estrutura de alumínio. Tem 45cm de altura e 45cm de diâmetro. R$2.208 BRETON.COM.BR

A bolsa saco, hit dos anos 1990, voltou com tudo depois de aparecer em desfiles de grifes internacionais. A releitura da Dumond, de couro, está disponível em sete cores. R$499 DUMOND.COM.BR

O scarpin Christian Louboutin de couro envernizado, bico redondo e a tradicional sola vermelha possui salto de 12cm. Para fugir do óbvio no escritório. R$3.190 CHRISTIANLOUBOUTIN.COM

071


HIGHLIGHT S | O L H A R A Z U L

@rildobarros BA Sol, céu azul e mar límpido em Ilhéus, terra de Jorge Amado e de muitas histórias

@miulysouza AM Eu e o stand up paddle: um caso de amor em pleno Rio Negro, em Manaus

Instantâneos DURANTE A ESTAÇÃO MAIS QUENTE DO ANO, CLIENTES AZUL REGISTRARAM SUAS VIAGENS E PUBLICARAM CLIQUES NO INSTAGRAM COM AS HASHTAGS #VERÃOAZUL E #AZULMAGAZINE. CONFIRA AQUI UMA SELEÇÃO DELES

@fabioamaralfotografias SP Enquanto espera a hora do embarque a gente brinca de fotografar a vida!

@gladysfonseca PB Com falésias coloridas e águas mornas, a Praia de Coqueirinho é um verdadeiro paraíso

072 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

@thaisfsilva SE De passagem pela cultura e pela tradição da encantadora cidade de Laranjeiras


O Melhor da Comida Brasileira @liviajando PE Festinha na Praia do Meio, em Noronha. Garantia de uma tarde sensacional!

@emilycast ES Aproveite as delícias do mundo e faça da sua vida um constante verão

Oferecemos uma ampla variedade no sistema de buffet, com saladas e vegetais frescos, pratos quentes, grande variedade de carnes, grelhados, um delicioso pudim, aquele doce de leite e muito mais. FALE QUE VEIO DE AZUL E GANHE 10% DE DESCONTO

+ 1 BRINDE ESPECIAL

ORLANDO: (407) 354-2507

@pablorabeloavi MG Azul nas cores do verão brasileiro. Ou o verão voando nas asas da Azul

Quer ver sua foto na próxima edição da revista? Use a hashtag #azulmagazine no Instagram

5458 International Dr, Orlando, FL 32819

MIAMI: (305) 375-0992 129 South East 1st Ave, Miami, FL 33131 Insta

facebook.com/camilasrestaurante instagram/camilasrestaurant www.camilasrestaurant.com


HI GHL IGHT S

COLUNA Mário Magalhães

Rua Nascimento Silva, 378

N

Mário Magalhães é jornalista e escritor. Recebeu 25 prêmios jornalísticos e literários. Foi ombudsman da Folha de S.Paulo. Quando criança, dizia que no futuro sua profissão seria “passageiro de avião”

074 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

RETRATO: LEO AVERSA

a entrada do pequeno prédio da Rua E mais de 50 cadernos manuscritos, que Nascimento Silva, 107, duas placas celeexpõem a carpintaria criativa, versão após bram o local onde Tom Jobim, como eterniversão, de clássicos como Eduardo e Mônica, zam os versos de Vinicius de Moraes, ensinou “pra composto antes da mudança para Ipanema. Esses Elizeth as canções de Canção do Amor Demais”. Era lá diários reconstituem festas de arromba, esmiúque Tom vivia no finzinho dos anos 1950, à altura çam amores e desamores, segredam bastidores do rock’n’roll. Trevos de quatro folhas resistem do parto da Bossa Nova. Justíssima reverência. Três quarteirões à frente, no outro lado da entre as páginas. mesma rua de Ipanema, no Rio Em armários no corredor, de Janeiro, quem passa não vê permanecem as camisas eshomenagens. Porque inexistampadas vestidas nos shows. A OS DIÁRIOS biblioteca tem biografia de Jean tem. Mas a música também RECONSTITUEM deve muito ao lugar. No aparGenet e livro com letras de Chico tamento 201 do edifício número FESTAS DE ARROMBA, Buarque. Um quarto abarrotado 378, Renato Russo criou letras e de CDs e vinis guarda de Richard EMIÚÇAM AMORES melodias que seus contemporâWagner aos Menudos. Noutro, E DESAMORES, neos não esquecem e as novas reparei que a cama de Renato era SEGREDAM gerações descobrem encantadas. de solteiro, como a de Fernando Renato chegou em 1990. EnPessoa em Lisboa. BASTIDORES DO quanto ali morou, saíram três O tesouro da Rua Nascimento ROCK’N’ROLL” discos da Legião Urbana gravaSilva começou a ser conhecido numa coleção de livros de Renato editada pela dos em estúdio, além de dois exclusivos do líder Companhia das Letras. Só por Hoje e para Sempre, da banda. Para o retrato da capa de um álbum, ele posou na porta estreita do prédio de três andares volume de estreia, contém os textos escritos com fachada de tijolo aparente. durante uma internação para combater a deO apartamento conservado quase como estava pendência química. duas décadas atrás não parece um museu. Nele a Em setembro de 1996, a Legião lançou o disco A Tempestade. Renato, aos 36 anos, estava envida pulsa tanto que pode até constranger quem, com jornada mais longeva, não teve nem de longe fraquecido pela aids. Ele cantou: Hoje a tristeza a vida tão vivida de Renato. não é passageira/ Hoje fiquei com febre a tarde inteira/ E quando chegar a noite/ Cada estrela Na sala, espalham-se 13 caixas com preciosidades como desenhos feitos por Renato com giz de parecerá uma lágrima. cera – de Isadora Duncan, Jesse James, Rimbaud. A Wikipedia informa que Renato morreu em casa um mês mais tarde, em outubro – faz Há composições inéditas, peça de teatro, esboço de ópera, gravações, poemas desconhecidos. Tudo 20 anos em 2016. Acho melhor corrigir: Renato da lavra do morador de outrora. Russo é imortal.


A DIARREIA

INCOMODA

MUITA GENTE REPOFLOR,

COM

®

JA NAO FLORA INT ES DA R O D

O

L NA TI

RESTA UR A

INCOMODA MAIS

Nº 1 D O M E R C

A

D

Restaurador da flora intestinal que auxilia no combate à diarreia.

REPOFLOR É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Repoflor (Saccharomyces boulardii -17 liofilizado) Reg. nº. 1.0235.0420. Indicado na restauração da flora intestinal biológica e também como auxiliar no tratamento da diarreia causada pelo Clostridium difficile, em decorrência do uso de antibióticos e quimioterápicos. Nov/2015. Ref. 1 - Bula do produto Repoflor. Ref. 2 - Fonte: IMS Health - Mercado de Saccharomyces boulardii em unidades. Out/15.


HI GHL IGHT S

COLUNA Mara Salles

Refletir, comer, viver

M

Mara Salles é chef do restaurante Tordesilhas, em São Paulo

076 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

RETRATO: DIVULGAÇÃO

inha mãe e outras mulheres da fazenda e já não comem mais a abóbora ou a mandioca, costumavam fazer queijo. Elas espre- nem bebem do divino soro. As mães passaram a cozinhar pouco. Tramiam o leite coalhado e o soro obtido era destinado aos porcos, pois era o alimento pre- balham fora e precisam de soluções práticas. ferido deles. Os porcos viviam dignamente com os A indústria não só atende prontamente essa seus iguais sob a sombra de mandemanda como espicha a lista das gueiras, num chiqueiro enorme, necessidades. A mídia seduz, com sem nenhuma desconfiança de que embalagens sofisticadas e apelos o nosso prato favorito eram eles! fortes. Vende o porco e a galinha QUANTAS VEZES Depois de bem fritinha, sua da roça, o suco natural do pomar LEMOS OS RÓTULOS carne saborosa era guardada do avô, o leite puro da vaquinha DOS ALIMENTOS malhada. Mas não cumpre. numa lata coberta com muita QUE CONSUMIMOS? banha, seu conservante natural. A Quantas vezes lemos os data de validade era curta porque rótulos dos alimentos que consuBOA PARTE DELES acabava logo, mas sabia-se que mimos? Boa parte deles tem tudo, TEM TUDO, MENOS poderia durar bem mais. menos o produto que julgamos O PRODUTO QUE Fora a massa de tomate, não estar comprando. E o pior: nesse JULGAMOS ESTAR me lembro de outro enlatado além quesito mercadológico não há auda carne naquele nosso universo toridade que possa nos defender. COMPRANDO” particular. Talvez o trio de goiabaA nossa única arma é a liberdade da, marmelada e pessegada (ou marrom-glacê) da de escolha. Liberdade, porém, um tanto limitada, Cica. Saco plástico não havia. As poucas comidas porque muitas vezes as marcas A, B e C quase não compradas prontas eram embaladas em papel, se diferem uma da outra. As variáveis são semânpapelão ou lata, e estas eram de grande utilidade, ticas ou de porcentagem dos ingredientes, que em pois eram nossos primeiros brinquedos, nossos geral vêm com nomes científicos complicados que primeiros fogões. a gente nem entende. Não vamos nos iludir, já não existem tantas faDe lá para cá aconteceram grandes transformações. A população se agigantou e a maioria das zendas bucólicas, lagos piscosos, galinhas ciscando pessoas se mudou para as cidades. Restaram poucos nos terreiros e muito menos porcos que tenham sitiantes para produzir o queijo de leite cru ou para uma alimentação natural. Eles não se alimentam plantar o milho crioulo. Os porcos também pas- mais do soro do leite da vaquinha. O que será que saram a viver em grandes conglomerados suínos comem? Em que caixinha foi parar o soro do leite?


HI G HL IGHT S

COLUNA Denise Campos de Toledo

O ajuste nosso de cada dia

A

Denise Campos de Toledo é jornalista especializada em economia, comentarista da Rádio Jovem Pan e da TV Gazeta, além de palestrante, escritora e editora do site economiaemfoco.com.br

078 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

RETRATO: ROBERTO SEBA

crise econômica prossegue. Pode até Essas propostas têm recebido críticas, muito ficar mais amena que em 2015, mas ainda pelo receio de que sejam um retrocesso na dispoassim será pesada. A inflação deve ficar sição do governo de promover uma reestruturaum pouco mais baixa por conta da retração de ção mais consistente da economia, especialmente consumo decorrente da própria crise, que tende no que se refere às contas públicas. Talvez até a frear os aumentos. A recessão deve ser menos como uma forma de desviar as atenções. Mas os intensa. As vendas externas podem apresentar empresários comemoraram o oxigênio. Muitas alguma melhora, favorecidas pelo dólar mais alto. empresas estavam (e ainda estão) com dificuldade Exceção para os produtos básicos, prejudicados para bancar dívidas de compras feitas no período pela queda de preços no exterior, efeito em boa em que se apostava em perspectivas melhores parte da desaceleração do crescimento global – es- para a economia. Para outras, falta capital de giro. pecialmente o da China. Os juros A preocupação do governo básicos podem permanecer em faz sentido. Gargalos finanpatamar mais baixo do que o ceiros podem criar um quadro O APERTO VAI esperado, pois o Banco Central econômico e social ainda mais sofreu muita pressão. Embora difícil. Mas não se pode perder CONTINUAR. CRISE os bancos, diante do risco de de vista a necessidade de um MAIS AMENA NÃO maior inadimplência, pensem ajuste fiscal sério, que desperte TRAZ ALÍVIO em cobrar taxas mais elevadas. credibilidade, confiança e assePARA EMPRESAS E A questão é que nada gure condições para a retomada de um crescimento sustentável disso significa recuperação CONSUMIDORES” da economia ou das condições da economia. financeiras da população. O aperto vai contiEnquanto o governo tenta driblar as dificulnuar. Crise mais amena não traz alívio para dades políticas para executar o ajuste, nós vamos empresas e consumidores. fazendo o nosso ajuste de cada dia. Não há como Para minimizar os efeitos dessa situação, o escapar. Tem o corte de gastos, a pesquisa de governo tenta viabilizar algumas linhas de crédito. preços, as mudanças no padrão de consumo, o Como as liberações pontuais de recursos dos adiamento de planos, etc. A queda de consumo bancos públicos e do Fundo de Garantia para in- é evidente. O recuo das vendas, neste começo de dústrias, pequenas empresas e construção. Além ano, não deixa dúvidas. A cautela ainda domina da possibilidade de uso do FTGS como garantia as ações de empresários e consumidores, cada do consignado, um crédito mais barato, que pode um tentando passar da melhor forma possível facilitar a vida de quem está enroscado em dívidas. pelo período de vacas magras.


HORÁRIOS

100% FLEXÍVEIS

INÍCIO EM QUALQUER DIA DO ANO

APRENDIZAGEM

ACELERADA

INGLÊS POR

NEUROLINGUÍSTICA

E MNEMÔNICA

/UPTIMEOficial

100% 1A8 ALUNOS SALAS DE

CONVERSAÇÃO


CRAVOSAN (peróxido de benzoíla) - Indicado no tratamento tópico da acne vulgar. MS Medicamento conforme RDC ANVISA Nº 199/2006. AFE Nº 1.00.497-7. Ref. Bula do Produto. Jan/16. CRAVOSAN É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SAC 0800 11 15 59 |

www.uniaoquimica.com.br


82 Vitória A tranquilidade e a bela natureza da capital capixaba e arredores

94 Lapinha Spa Uma rotina de exercícios e relaxamento no interior do Paraná

destinos

105 Barra do Sahy Seis atrações da praia do litoral Norte paulista, por Paulo Zulu

FOTOS: CHEMA LL ANOS ( VITÓRIA); ANNA CAROLINA NEGRI (L APINHA SPA)

82

94


DES T INOS | V I T Ó R I A


Vitória, no Espírito Santo, é o tipo de cidade que revela aos poucos suas múltiplas atrações. Uma vez por lá, espere ser seduzido pelas praias tranquilas, a orla equipada com ciclovias, as noites animadas e a gastronomia primorosa, cujo carro-chefe é a legítima moqueca capixaba Por LUIZ MACIEL Fotos CHEMA LLANOS

BELEZA

DISCRETA


D EST INOS | V I T Ó R I A

N

o ca m i n ho do aeroporto para o centro, a primeira boa surpresa é a longa faixa de areia dourada que descreve uma curva suave e está repleta de equipamentos esportivos e quiosques convidativos. No calçadão, pedestres, ciclistas e corredores convivem pacificamente, uma vez que existe espaço de sobra para todos. Completando o cenário, uma linha de prédios típica de cidades dinâmicas. Parece Ipanema e Leblon, mas é Camburi, a maior praia de Vitória, com longos seis quilômetros de extensão.

084 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

À medida que se vai tomando contato com a capital capixaba, outros encantamentos vão surgindo. São os restaurantes em clima de festa na Praia da Curva da Jurema, a atmosfera pitoresca da histórica Ilha das Caieiras, as enseadas à sombra de amendoeiras da Ilha do Boi, os bares animados da região conhecida como Triângulo das Bermudas e os peixes e os frutos do mar que chegam fresquíssimos às mesas de toda a orla. Há ainda algo difícil de se definir, mas muito fácil de se sentir: o alto-astral da população. Para quem acabou de chegar, é mesmo o caso de se pensar: como é que eu não soube disso antes?


Na página anterior, a orla de Camburi. Nesta página, em sentido horário, mesa posta no Caranguejo do Assis; panorama da Ilha das Caieiras; bar do Triângulo das Bermudas; e a praia da Curva da Jurema

A beleza discreta de Vitória é de fato um mistério. Incrustada numa ilha bem próxima do continente, ela reúne tudo aquilo que se espera de uma grande cidade brasileira à beira-mar. Tem praias para levar crianças ou pegar ondas, hotéis de luxo e hostels descolados, restaurantes inspirados e comida de rua apetitosa, morros que escondem mansões e revelam vistas estupendas, além de sol generoso e temperatura média de 24 graus ao longo do ano. De quebra, por conta exatamente dessa discrição, tem o que já não existe mais nas maiores capitais da costa brasileira: uma atmosfera tranquila, quase provinciana. Ali não é raro encontrar vagas para estacionar perto da praia, em pleno domingo de sol. Apesar de linda e histórica – foi fundada em 1551 –, a capital do Espírito Santo é até hoje uma das mais subestimadas do País. Não faz parte dos principais roteiros turísticos, não recebeu jogos da Copa de 2014 e conta com um aeroporto acanhado, cuja ampliação se arrasta há anos. O movimento em seus hotéis é mais intenso nos dias úteis do que nos fins de semana, contrariando a lógica dos destinos praianos. O resultado é um lugar com custo-benefício formidável, um interessante pacote de atrações para o visitante e diárias mais amigáveis. Descobrir isso é uma delícia. 085


D EST INOS | V I T Ó R I A

À noite, Vitória ferve nas imediações da Praia do Canto, principalmente entre a Avenida Rio Branco e a Rua João da Cruz, que formam o já citado Triângulo das Bermudas. Nos fins de semana, a espera por uma mesa pode demorar horas ali, o que parece não incomodar os frequentadores que formam animados grupinhos na calçada, já que o clima de paquera é mais intenso e franco do lado de fora dos salões. Se for sábado, outra atração certeira é a Rua Sete de Setembro, no centro, onde moradores do vizinho Morro da Piedade comandam rodas de samba que atravessam a madrugada – e continuam no domingo, depois do meio-dia. Capital de um estado pequeno, encaixotado entre os mais famosos Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais, Vitória já atingiu os limites da ilha onde está instalada e mantém uma população estável em torno de 360 mil moradores, o que faz dela apenas o quarto maior município capixaba. 086 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Na página anterior, a vista do Convento da Penha, em Vila Velha; e roda de samba no centro de Vitória. Nesta página, ao lado, espaço expositivo do Museu da Vale; e, abaixo, surfista na Barra do Jucu, ambos em Vila Velha

PRODUTOS

LOCAIS

Casaca

Mas os que ocupam as três primeiras posições da lista – Serra, com 470 mil; Vila Velha, com 460 mil; e Cariacica, com 375 mil – fazem parte de sua região metropolitana, compondo, na prática, uma única grande cidade. A vizinha mais íntima é Vila Velha, à qual Vitória está ligada por três pontes, entre elas uma que figura entre as maiores do Brasil, com 3,3km de comprimento. Tal intimidade foi reforçada dois anos atrás, com a implantação de uma linha de ônibus especial para levar ciclistas e suas bicicletas de um lado ao outro, uma vez que os dois municípios estão investindo fortemente em ciclovias. Eis aí outra vantagem de quem visita a capital: ganha de brinde todas as faixas

de areia de Vila Velha. Bons exemplos são a Praia da Costa, que lembra Camburi pela extensão e pela boa estrutura, incluindo um moderno sistema de iluminação que permite banhos noturnos; a Barra do Jucu, mais afastada do centro; e a de Itaparica, a preferida dos surfistas por causa das ondas fortes. Ganha ainda as visitas ao Museu da Vale, sempre com exposições renomadas, no prédio que já foi uma estação ferroviária, e ao Convento da Penha, um dos santuários mais antigos do País – começou a ser construído em 1558 –, milagrosamente incrustado num penhasco rochoso de 150 metros de altura. A vista lá de cima realça a panorâmica modesta, porém encantadora, dos dois destinos capixabas.

O instrumento de percussão é utilizado nas congadas do Espírito Santo. Inventado por escravos, traz uma escultura de cabeça representando os odiados senhores que os oprimiam. Entre R$30 e R$120

Flores As escamas de peixes são transformadas em pétalas perfeitas pelas mãos de artesãs das colônias de pescadores de Vitória e Vila Velha. Entre R$5 e R$10 cada

087


D EST INOS | V I T Ó R I A

Guarapari

Vila Velha também é o caminho natural para Guarapari, o balneário capixaba mais concorrido nos dias quentes. No litoral Sul, a 60km da capital, o local atrai turistas interessados simplesmente em curtir suas muitas faixas de areia – 46 no total –, as baladas concorridas e a moqueca, o prato-símbolo do Espírito Santo, que ganhou ali a sua versão mais apurada. Precisa mais? Precisar não precisa, mas o local tem ainda o orgulho de ter como origem uma aldeia fundada em 1585 pelo padre jesuíta José de Anchieta, responsável pela construção, no mesmo ano, de uma capela que até hoje está de pé, a antiga Matriz de Nossa Senhora da Conceição, cujas grossas paredes receberam argamassa reforçada com conchas moídas e óleo de baleia. Voltando às praias, elas atendem a todos os gostos. A de Setibão, 14km ao Norte do centro, é escondida e apreciada especialmente por dois públicos bem distintos: os surfistas e as tartarugas marinhas. Peracanga e Bacutia, na Enseada Azul, são as escolhidas da turma fitness para exibir seus corpos esculturais e correr à beira-mar. Já a dos Namorados, a das Castanheiras e a do Meio formam um conjunto dividido por pedras enormes, intercaladas por recifes, que revelam piscinas naturais na maré baixa ideais para o banho das crianças e a prática de snorkel. Uma das mais animadas, a do Morro, é servida por muitos bares e restaurantes, enquanto a charmosa Meaípe combina águas mansas com amendoeiras e barquinhos de pesca, além dos principais endereços para se degustar a legítima moqueca capixaba – sem o dendê e o leite de coco que caracterizam a peixada baiana. O chef Nhozinho Matos, à frente do Gaeta, um dos restaurantes mais tradicionais da praia, explica a restrição: “Aqui só admitimos o sabor do mar”, diz. 088 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Na página anterior, em cima, detalhe da tradicional moqueca capixaba; e, embaixo, o mar de Peracanga, em Guarapari. Nesta página, à esquerda, Nhozinho Matos, chef do Gaeta; e, abaixo, momentos da produção das panelas de barro em Goiabeiras

SELO DE ORIGEM Nada desperta mais orgulho nos capixabas do que a sua moqueca, daí serem tão ciosos em preservar a receita original. O peixe (robalo, badejo ou dourado, nesta ordem de preferência) deve ser banhado em limão e depois cozido lentamente com sal, coentro, cebolinha verde, cebola branca, tomate, óleo, azeite de oliva e urucum. Usar azeite de dendê, leite de coco, pimentão ou qualquer outro ingrediente equivale a um sacrilégio. Para ser perfeita, ela deve ser preparada numa panela de barro, mas não em qualquer uma. A ideal, asseguram os espírito-santenses, é a produzida por artesãs no bairro Goiabeiras, em Vitória, com argila colhida no vizinho Vale do Mulembá. “É o barro de melhor liga que existe”, garante a paneleira Evanilda Fernandes (foto). O processo de fabricação é o mesmo que vem de geração para geração há mais de quatro séculos, herdado da cultura tupi-guarani. A panela é moldada, alisada pacientemente com uma pedra, queimada diretamente numa fogueira e por fim enegrecida com uma tinta retirada da casca de plantas que crescem no mangue. O resultado é formidável!

089


D EST INOS | V I T Ó R I A

ONDE FICAR

ONDE COMER

Sheraton

Aleixo (foto)

De frente para a Praia do Canto e para as ilhas do Boi e do Frade, é um dos mais confortáveis e bem equipados da capital. É famoso também pela feijoada, servida aos sábados, e pela degustação de vinhos oferecida nas noites de terça a quinta, com música ao vivo.

Ambiente charmoso, com cardápio abrangente, criativo e constantemente renovado. Destaca-se também pela adega, com mais de 500 rótulos.

Seu grande diferencial é a localização privilegiada, no alto da Ilha do Boi. Ainda oferece amplas suítes, serviço atencioso, ótimas opções de lazer e até marina. R. BRÁULIO MACEDO, 417, ILHA DO BOI, VITÓRIA 27 3345 0111

HOTELILHADOBOI.COM.BR

27 3289 8486

São 17 restaurantes pé na areia (ou quase) que transformaram esse trecho da orla num animado ponto de encontro. Muitos oferecem música ao vivo nos fins de semana. Destaque para o arroz de polvo do quiosque do Alemão e para as costeletas de porco do Spetacollo.

Serve uma das melhores moquecas capixabas há 50 anos. A moquequinha de banana-da-terra, hoje oferecida como acompanhamento em vários restaurantes da região, nasceu em sua cozinha. AV. BEIRA MAR, 47, MEAÍPE, GUARAPARI 27 3272 1202

Bolinho de Aipim da Mara PRAIA DA CURVA DA JUREMA, VITÓRIA 27 3345 2099 (ALEMÃO) 27 3227 9917 (SPETACOLLO)

Guanaaní Hostel

Caranguejo do Assis

Opção de baixo custo para viajantes dispostos a compartilhar quartos – mas há opção de suítes privativas. Fica num casarão restaurado no centro da cidade.

Restaurante enorme, que cresceu com a fama de oferecer o melhor caranguejo da

A partir de uma massa feita com mandioca cozida, manteiga e farinha de trigo, a cozinheira Mara faz bolinhos recheados de camarão, carne, frango ou queijo. Um quitute perfeito para acompanhar a cerveja. AV. BEIRA MAR, S/Nº, MEAÍPE, GUARAPARI

R. CORONEL MONJARDIM, 49, CENTRO, VITÓRIA 27 3233 4455

Porto do Sol Guarapari Construído sobre um conjunto rochoso que avança para o mar e divide as praias do Morro e de Muquiçaba, tem vista esplêndida e suítes confortáveis. AV. BEIRA MAR, 1, PRAIA DO MORRO, GUARAPARI 27 3161 7100

HOTELPORTODOSOL.COM.BR

40 03 1181

Vitória on s no Sherat Quatro noite com café l, te Ho ria Vitó MPINAS) SAÍDA EM 19

/3/2016 (DE

CA

a partir de

10x R$122 ,70 sem juros

090 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

CARANGUEJODOASSIS.COM.BR

Gaeta

PRAIA DO CANTO, VITÓRIA

Senac Ilha do Boi

ITAPARICA, VILA VELHA

27 3322 7400

Quiosques da Curva da Jurema SHERATONVITORIA.COM.BR

AV. ESTUDANTE JOSÉ JÚLIO DE SOUZA, 290, PRAIA DE

R. ALEIXO NETO, 1204, PRAIA DO CANTO, VITÓRIA

AV. SATURNINO DE BRITO, 217,

27 2125 8001

região. As moquecas também são muito boas, especialmente a de camarão.

COMO IR A Azul opera diversos voos para a capital capixaba a partir dos principais aeroportos do Brasil. Há frequências diretas saindo de cidades como Campinas, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.


O novo ingresso de 3 Visitas oferece mais economia e flexibilidade, permitindo escolher os parques que desejar visitar entre SeaWorld, Busch Gardens e Aquatica. Reserve o pacote Discovery Cove Ultimate e viva um dia inesquecível em Orlando. Inclui também 14 dias de visitas ilimitadas e estacionamento grátis em todos os parques.

WWW.SEAWORLDPARKS.COM.BR ©2016 SeaWorld Parks & Entertainment, INC. Todos os Direitos Reservados.

Consulte seu Agente de Viagens


D EST INOS | V I T Ó R I A | F A Z E N D O A M A L A

1

2

3

5 4 6

Prazeres capixabas PARA DESCOBRIR AS BELEZAS NATURAIS, OS ATRATIVOS CULTURAIS E A DELICIOSA GASTRONOMIA DE VITÓRIA E REGIÃO, ESCOLHA PEÇAS QUE VÃO DA PRAIA AO HAPPY HOUR Edição THAIS LUTTI Foto LÉO ELOY

092 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

7 8


1

Kit de viagem Dr. Jones com gel de limpeza facial (40ml), xampu (50ml) e gel pós-barba (40ml). R$69 DRJONES.COM.BR

2 Nécessaire Dr. Jones por Saissu. R$125 DRJONES.COM.BR

3 Boné Hot Buttered. R$75 HB.COM.BR

4 Óculos Dior Homme para Safilo. R$2.041,60 0800 701 2097

5 iPod Touch Apple 64GB. R$2.099 APPLE.COM.BR

6 Camiseta Renner. R$49,90 LOJASRENNER.COM.BR

7 Mochila de moletom Uatt?. R$209,90 UATT.COM.BR

8 Meias Stance Socks. R$59,99 STANCESOCKS.COM.BR

9 Bermuda jeans Rip Curl. R$250 RIPCURL.COM.BR

10 Tênis Nike Court Royale. R$199,99

9

AUTHENTICFEET.COM.BR

10

AGRADECIMENTO: ALLODI ADESIVOS DECORATIVOS (PAPEL DE PAREDE CALÇADA) – ALLODI.COM.BR

093


DES T INOS | L A P I N H A S P A

Cartilha do

BEM-ESTAR Com mais de 40 anos de experiência, a Lapinha Spa bebe da fonte da medicina naturista para combater as mazelas da modernidade. A 95km de Curitiba, o complexo é destino certo para quem deseja encarar um 2016 com hábitos mais saudáveis de alimentação e cuidados com o corpo Por BRUNA TIUSSU Fotos ANNA CAROLINA NEGRI


D EST INOS | L A P I N H A S P A

N

ão tem mais desculpa: a fartura das festas de fim de ano ficou para trás, assim como a folia sem limites do carnaval. 2016 enfim começa! E traz consigo aquela velha lista de resoluções que inclui uma série de mudanças em busca de uma rotina mais saudável. Para nos ajudar a virar a chavinha vida louca-vida sadia, fomos atrás de auxílio especializado: experimentamos seis dias de reestruturações física e mental na Lapinha Spa, uma verdadeira escola de bons hábitos. Instalada em uma enorme fazenda – são 550 hectares de área – na região da cidade da Lapa, a 95km de Curitiba, a Lapinha é um complexo que estimula a combinação de fatores capazes de alavancar a sensação de bem-estar de um sujeito: alimentação balanceada, exercício físico e espiritualização. As atividades ali indicadas são executadas com o acompanhamento de um time de médicos que prima pelo equilíbrio entre corpo e alma e acredita na cura a partir da força da natureza, como um solo livre de agrotóxicos, água puríssima e fauna e flora preservadas.

096 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Na página anterior, em cima, área de descanso ao lado da academia; no centro, horta orgânica; e, embaixo, pães integrais produzidos na propriedade. Nesta página, ao lado, Dieter Brepohl, diretor da Lapinha spa, em frente à casa-sede do estabelecimento; e, abaixo, caminhada matutina na área da fazenda

A Lapinha é também a concretização do sonho de Margarida Bornschein Langer (1891-1977), curitibana, neta de alemães, que se encantou com a medicina naturista praticada na Europa nos anos 1950, quando buscava alternativas para sarar sua gastrite aguda. De volta ao Brasil após provar a cura plena, a visionária senhora deu início à árdua tarefa de colocar de pé o primeiro spa médico do País. Durante duas décadas investiu na fazenda, conseguiu levar energia elétrica e telefone à zona rural e montou uma equipe profissional para então inaugurar a clínica, em 1972. De lá para cá, o local vem fazendo história no setor, angariando frequentadores e prêmios – foi eleito o melhor destino das Américas em 2012, 2013 e 2014 pelo World Spa Awards e o melhor destino wellness da América do Sul pelo Wellness Travel Awards, concedido pelo guia Spafinder, de Londres. A exemplo de Margarida, que madrugava diariamente para nadar na piscina da propriedade, o dia na Lapinha começa cedo. Todos são convidados a participar da caminhada que se inicia às 6h20. Sim, convidados – o spa não possui pacientes, mas sim hóspedes;

e não obriga ninguém a nada, apenas sugere atividades. Por conta da vastidão da fazenda os trajetos variam, o que dá a oportunidade de ver o sol raiar atrás das enormes araucárias, conhecer as imbuias que cercam o espaço e contemplar a paisagem do alto do Morro da Peruca, lugar propício para alguns minutos de meditação. O café da manhã é servido em seguida, pontualmente às 8h. O respeito ao relógio biológico é uma das diretrizes do spa, que trabalha com um cronograma de refeição fixo: o almoço sai às 12h; às 15h30 é servida uma fruta; e o jantar está na mesa às 18h. “A reeducação desses horários, fator que a sociedade moderna acabou perdendo, é fundamental para a desintoxicação e para a construção de hábitos mais saudáveis. Tudo isso aliado a uma dieta balanceada e orgânica”, explica Dieter Brepohl, neto de Margarida, à frente da Lapinha desde 1983. Foi com a avó, aliás, que ele aprendeu a importância dos produtos orgânicos. “O lanchinho que ela nos servia nos fins de semana era uma abundância de pães integrais, nozes e sucos feitos com frutas da estação, colhidas em seu pomar”, lembra ele. 097


D EST INOS | L A P I N H A S P A

Acima, à esquerda, aula de pilates sobre o stand up paddle; à direita, a piscina multiúso do spa; e, ao lado, pratos que saem da cozinha da Lapinha: duas composições de saladas e, no centro, rocambole de castanha-de-caju e ricota servido com cogumelos acebolados e couve chinesa com nirá e gergelim

PRODUTOS

LOCAIS

Os hóspedes seguem uma dieta personalizada. Elas ficam entre 600 (com foco no emagrecimento) e 1800 (para a desintoxicação do corpo) calorias diárias, a depender de necessidades, restrições e objetivos de cada um. Também é comum contar com o auxílio de comprimidos de algas naturais, como a spirulina e o fucus, repositores nutricionais que ajudam a saciar a fome. E quase tudo o que se vê à mesa tem origem na própria Lapinha: sua horta totalmente livre de agrotóxicos conta com mais de 35 tipos de verduras e legumes, seu pomar dá saborosíssimos morangos, cajus, figos, entre outras frutas, e do seu centro de produção saem pães e biscoitos integrais e geleias. Pautada na culinária ovo-lacto-vegetariana, a equipe da cozinha arrasa nas criações – e não se importa de passar as receitas dos pratos que encantam pela apresentação e pelo sabor. 098 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Basta um dia para começar a sentir os benefícios dessa alimentação sem exageros e do ambiente repleto de frescor natural. A cabeça logo parece estar mais sã e o corpo responde com disposição para as atividades que o local oferece. O cardápio vasto requer habilidade para organizar uma rotina de maneira a provar um pouquinho de cada coisa: há caminhadas, nordic walking, ginástica lian gong, passeio de bicicleta, aulas de pilates no solo e sobre o stand up paddle, alongamento, hidroginástica, tênis, dança de salão, culinária, artes e fortalecimento abdominal. E não para por aí: na academia, personal trainers comandam aulas de circuito funcional e montam treinos específicos para cada pessoa. E, ali do lado, a piscina multiúso, com vista do lindo campo de girassóis e das montanhas da região, fica à disposição do hóspede.

Biscoitos de nozes Feitos no centro de produção, estão sempre fresquinhos. R$10,20 o pacote com 200g

Amora preta em calda É outro destaque produzido na Lapinha, com frutos orgânicos. R$15,90 o pote com 350g


WINE.COM.BR/CLUBEW6ANOS 0800 602 9463

VÁLIDO ATÉ 10/4/2016 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES. BEBIDA E DIREÇÃO NÃO COMBINAM. SE BEBER, NÃO DIRIJA.

VENDA PROIBIDA PARA MENORES DE 18 ANOS.


D EST INOS | L A P I N H A S P A

TOP 5 MASSAGENS 1. Terapia Oriental Integral Mescla técnicas do shiatsu com ventosas, acupuntura e alongamento

2. Terapia Tailandesa Sequência de pressões nos músculos e nas articulações para aliviar dores localizadas

3. Quatro Mãos

Lapinha Spa A estada mínima permitida é de 5 dias. O pacote mais barato custa R$3.784 e dá direito a pensão completa, consulta médica e fisioterápica, avaliação nutricional, uma lipomassagem e crédito de R$477 para ser gasto em tratamentos massoterapêuticos. Est. Lapa-Rio Negro, km 16, Lapa, Paraná. 41 3622 1044 LAPINHA.COM.BR

Massagem relaxante intensa desenvolvida pela equipe Lapinha em 2015 e realizada por dois terapeutas

4. Liberação Muscular (foto à esq.)

COMO IR Reativa a circulação e revigora os músculos a partir do uso de óleos e manobras lentas. Ideal para esportistas

5. Ducha Vichy (foto à dir.) A aplicação de sete duchas em variadas temperaturas favorece a circulação e alivia contraturas musculares. Para finalizar, há esfoliação com fibra de coco e hidratação

TOP 3 TRATAMENTOS ESTÉTICOS 1. Velox Uso de um aparelho de ultrassom multifuncional que diminui gorduras localizadas e celulites, além de melhorar a circulação sanguínea

2. Lifting Quatro Capas Combate sinais de envelhecimento da face a partir de quatro etapas com ações oxidante, tensora e hidratante

3. Máscara de Algas Rica em vitamina C, atenua olheiras e bolsas e melhora as linhas de expressão da região facial

100 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

A Azul opera voos para Curitiba a partir de diversos destinos brasileiros – há frequências diretas a partir de São Paulo, Campinas, Porto Alegre, entre outras cidades. A capital paranaense está a 95km da Lapinha Spa.

Além das atividades físicas, o spa é famoso por sua vertente de tratamentos masso e hidroterápicos. As mais de 30 opções vão da conhecida drenagem linfática à terapia oriental integral, que combina técnicas de shiatsu com ventosa, acupuntura e alongamento. Também para relaxar, o espaço apresenta o primeiro tanque de kneipp indoor do Brasil, técnica suíça naturista que auxilia na circulação sanguínea por meio de tanques intercalados com água quente e fria. É bem verdade que passar dias cercado por uma legião de profissionais da saúde facilita (e muito!) o abandono aos maus hábitos. Mas também é curioso perceber como pequenas mudanças na rotina nos fazem bem – e tornam evidentes os sinais de querer manter esse bem-estar no período pósLapinha. Para ajudar também nessa tarefa, o spa inclui em sua programação uma série de palestras que abrangem temas como nutrição e postura corporal. Saldo final de nossa experiência: corpo e mente equilibrados – o primeiro com menos 1,5kg, a segunda, leve e descansada – e com disposição de sobra. Na bagagem, lições aprendidas para manter hábitos sadios, além de uma lista completa de recomendações nutricionais e de atividades físicas. É tanta munição positiva que nem a Páscoa será capaz de nos abalar.


D EST INOS | L A P I N H A S P A | F A Z E N D O A M A L A

Energias renovadas

1

PARA CURTIR DIAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E MUITO RELAXAMENTO EM UM SPA, APOSTE EM ROUPAS COM TECIDOS CONFORTÁVEIS E ACESSÓRIOS DESCONTRAÍDOS

2

Edição THAIS LUTTI Foto LÉO ELOY

3

4

5

102 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


1

Top Dicker Swimwear. R$98 E-DICKERSWIMWEAR.COM.BR

2 Hot pant Diara. R$156 47 3343 1575

3 Camiseta de algodão Side Walk. R$149 SIDEWALKLOJAS.COM.BR

4 Calça de linho Huis Clos. R$820 HUISCLOS.COM.BR

5 Tênis Nike. R$549,90 NIKE.COM.BR

6

7

6 Óculos Heritage. R$229 FOTOTICA.COM.BR

7 Viseira Lança Perfume. R$197 LANCAPERFUME.COM.BR

8 Valise Brechó Minha Vó Tinha. R$250 11 3865 1759

9 Lenço Lilla Ka. R$330 LILLAKA.COM.BR

8

10 Kit produtos Sisley: Protetor solar FPS 6 (145ml). R$495 Protetor labial FPS 30 (11g). R$550 Protetor facial FPS 50 (40ml). R$875 BELEZANAWEB.COM.BR

9 10

AGRADECIMENTO: PL AYGRAMA (FUNDO DE GRAMA SINTÉTICA) – PL AYGRAMA.COM.BR

103


DEST INOS | E U F U I

Barra do Sahy por Paulo Zulu

RETRATO: TOTI JORDAN/ VIRA COMUNICAÇÃO/DIV.

Tenho a vida ligada ao mar desde pequeno. Nasci no Rio de Janeiro, onde aprendi a surfar e a pescar, duas atividades que segui praticando mesmo depois de dar início à carreira de modelo. Hoje, além de meu trabalho artístico, sou proprietário de uma pousada em uma praia catarinense, a Guarda do Embaú. É assim, perto do oceano, que alcanço a qualidade de vida que almejo. No último dezembro, conheci outro canto litorâneo que me surpreendeu. Apesar de ser acostumado a frequentar praias e conhecer bem o litoral Norte de São Paulo – já fui muito para Maresias e Camburi –, a Barra do Sahy, que pertence ao município de São Sebastião, chamou bastante a minha atenção. Estive lá durante quatro dias fotografando para uma campanha publicitária e achei o lugar incrível. A praia é diferente de muitas em que já estive, superbonita e encantadora. Cercada de Mata Atlântica, conta com cachoeiras nas proximidades, além do Rio Sahy, que deságua no mar. Poder tomar um banho de água doce e outro de água salgada em um mesmo local é uma vantagem que poucos destinos litorâneos têm. A noite também é animada. Há vários barzinhos e restaurantes que funcionam como pontos de encontro de amigos e famílias. Ainda vale ressaltar que a infraestrutura da praia é ótima e bem organizada, com excelente oferta de condomínios, hotéis e pousadas.

Achado litorâneo NASCIDO E CRIADO PERTO DO MAR, O MODELO E EMPRESÁRIO PAULO ZULU AINDA SE SURPREENDE COM ALGUMAS FAIXAS DE AREIA BRASILEIRAS. ENTRE SUAS DESCOBERTAS MAIS RECENTES ESTÁ A BARRA DO SAHY, PRAIA DA COSTA NORTE DE SÃO PAULO Em depoimento a LUIZA VIEIRA


DESTINOS | E U F U I

Confira as dicas de Paulo Zulu para curtir o melhor da Barra do Sahy

1 Pedalada pelo litoral 2 Pôr do sol na BR-101 3 Ilhas da Barra do Sahy 4 Praia Barra do Sahy 5 Hospedagens próximas à Mata Atlântica

6 Cachoeiras do Ribeirão do Itu

Para conhecer outras faixas de areia da região, como Una, Juquehy e Boraceia, que estão bem próximas da Barra do Sahy, a pedalada é escolha perfeita. É muito comum ver ciclistas no acostamento e o trajeto é bem tranquilo. Tem gente que costuma tirar o dia para curtir a costa, parando de praia em praia.

1

2 Assistir ao pôr do sol da estrada é algo que quase ninguém faz, mas deveria. Basta encontrar um ponto mais alto para esperar o espetáculo. A panorâmica vista lá de cima, com o anoitecer caindo na praia, é algo lindo e memorável.

3 As ilhas que ficam em frente à praia têm areias branquinhas e podem ser alcançadas de stand up paddle, por exemplo. Mas também há agências que organizam passeios de barco e levam até lá viajantes que buscam mais comodidade.

106 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


5

Se a ideia for alugar uma casa, minha dica é escolher entre as opções que ficam do lado oposto à praia, na BR-101. Lá você fica mais isolado, literalmente em contato com a natureza, no meio da Mata Atlântica, e tem muita privacidade.

Seguindo mais ao Norte pela Rodovia Rio-Santos, sentido Boiçucanga, chega-se facilmente às cachoeiras do Ribeirão do Itu – depois de pegar a Estrada do Cascalho, há placas indicando a entrada da trilha, no Parque Estadual da Serra do Mar. É gostoso ficar na parte do “escorrega” ou no poço para se refrescar e relaxar.

Não é uma praia muito grande, mas é bem bonita. Com formato de ferradura, exibe uma baía de águas claras, quentes e tranquilas – porém, em alguns pontos, dá para pegar boas ondas. O visual, composto das ilhas logo em frente, é formidável!

ILUSTRAÇÃO: JOÃO L AURO FONTE

4

6

107


110 Maria Fernanda Cândido A atriz entra em cartaz neste mês no filme Meu Amigo Hindu

120 Cervejaria Tupiniquim A premiada trajetória de cinco amigos gaúchos

emfoco

FOTOS: GABRIEL RINALDI (MARIA FERNANDA CÂNDIDO); JULIA RODRIGUES (PATRICIO FIGUEIREDO)

110

126 Nadir Figueiredo A origem e a história do brasileiríssimo copo americano

126


E M FOCO | M A R I A F E R N A N D A C Â N D I D O

110 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


DIVA

contemporânea Ícone de beleza e elegância discreta, Maria Fernanda Cândido volta ao cinema em Meu Amigo Hindu, longa que estreia no dia 3 deste mês e marca o fim de um hiato de nove anos do diretor Hector Babenco Por MARINA AZAREDO Fotos GABRIEL RINALDI

111


E M FOCO | M A R I A F E R N A N D A C Â N D I D O

112 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

NAOS DNAOSND OASND OASOD ANSODN OASDNOANDO

C

onversar com Maria Fernanda Cândido é uma experiência incomum. Diante do rosto anguloso emoldurado por longos cabelos cacheados, é impossível não mirar os olhos verdes amendoados que saltam e ofuscam tudo ao seu redor: bate-papos alheios, uma piscina numa manhã quente de verão, um café sendo passado na hora... Poucas coisas parecem ser páreo para aquelas duas belas fontes de luz. Quiçá o pôr do sol no Arpoador, as vigorosas quedas-d’água das Cataratas do Iguaçu ou as praias paradisíacas de Fernando de Noronha. Na presença de Maria Fernanda Cândido, a sensação que se tem é de que ela poderia facilmente ser incluída entre as atrações mais bonitas do Brasil. Graças a esse olhar hipnotizante a atriz londrinense de 41 anos é comparada, desde o início da carreira, a uma das maiores divas do cinema: Sophia Loren. Assim como a musa italiana, Maria Fernanda chama a atenção pela beleza clássica, de traços harmoniosos e cadenciados. Mas a semelhança para por aí. Enquanto Sophia sempre abusou da sensualidade, com roupas de cores berrantes e decotes extravagantes, Maria – ou Fernanda, ela garante que gosta dos dois – é adepta da naturalidade.


PRODUÇÃO E ST YLING: THAIS LUT TI; MAQUIAGEM: WILSON ELIODORO; AGRADECIMENTO: CASA GOIA (CASAGOIA.COM)

Maria Fernanda Cândido durante ensaio fotográfico realizado na Casa Goia, na Zona Oeste de São Paulo, cidade que a atriz escolheu para viver

Jamais comprou um batom escuro e prefere looks sóbrios. É uma mulher discretamente elegante. “Meu filho mais novo vive pedindo que eu use um batom igual ao da minha irmã, bem vermelho. Mas já tenho muito olho, muito cabelo. Não consigo”, explica-se. Conhecidos desde 1999, quando interpretou a inesquecível Paola da novela Terra Nostra, a beleza e o talento de Maria Fernanda chegam mais uma vez às salas de cinema, no dia 3 deste mês. Ela coprotagoniza Meu Amigo Hindu, o primeiro filme de Hector Babenco após

O Passado, lançado nove anos atrás. Recheado de elementos autobiográficos, o longa narra a saga de Diego – interpretado pelo consagrado Willem Dafoe –, um bem-sucedido diretor de cinema que, ao se ver diante de uma doença grave, enfrenta o medo da morte. Já Lívia, personagem interpretada por ela, é uma mistura das mulheres que passaram pela vida de Babenco. “Admito que no dia em que conheci Maria Fernanda fui fisgado por sua beleza natural e por sua boa energia. Ela é livre de vaidades, o que é incomum para alguém tão bonito”, elogia Dafoe. 113


E M FOCO | M A R I A F E R N A N D A C Â N D I D O

MEU FILHO MAIS NOVO VIVE PEDINDO QUE EU USE UM BATOM BEM VERMELHO. MAS JÁ TENHO MUITO OLHO, MUITO CABELO. NÃO CONSIGO” O encontro com o ator de O Grande Hotel Budapeste (2014) e da sequência Homem Aranha (2002, 2004 e 2007) proporcionou uma redescoberta da profissão para Fê – ela também aceita com gosto o apelido. “Willem é um ator generosíssimo. Muito disponível e dedicado. Trabalhar com ele foi uma forma de reafirmar por que eu escolhi ser atriz. Este é um ofício coletivo, que propõe um olhar sobre os seres humanos e cria um espelho para que as pessoas possam se identificar”, filosofa. A paixão pela atuação manifestouse cedo, aos 16 anos, quando, entre aulas do que então era conhecido como “colegial” e pequenas experiências como modelo, ela assistiu a Paris, Texas (1984), de Wim Wenders. Encantada, viu o filme seis vezes antes de devolver a fita à locadora. Depois, devorou todas as obras do diretor alemão. Mas, na hora do vestibular, com a breve carreira de modelo já deixada de lado, optou pelo curso de terapia ocupacional. Embora pareçam distantes, ela vê pontos em comum com a profissão que viria a assumir. “Assim como a interpretação, a terapia ocupacional é um trabalho de muita conexão com o outro. É preciso um grande interesse no ser humano para exercê-lo. Eu não saí da faculdade como se nada tivesse acontecido. Lá eu conheci outro lado da existência.” 114 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


LOOK 1: VESTIDO EMANNUELLE JUNQUEIRA, BRINCOS MARIA DOLORES; LOOK 2: MACAQUINHO C& A, COL AR HERING FOR YOU; LOOK 3: BODY KIMINIS, SAIA ALCAÇUZ, PULSEIRA E ANEL MARIA DOLORES

115


E M FOCO | M A R I A F E R N A N D A C Â N D I D O

116 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


FOTOS: CEDOC - GLOBO/DIV. (AQUAREL A DO BRASIL); ZÉ PAULO CARDEAL / T V GLOBO/DIV. (FELIZES PARA SEMPRE?); T V GLOBO/DIV. (TERRA NOSTRA); DIVULGAÇÃO

Em sentido horário, Maria Fernanda no filme Dom (2003); na minissérie Felizes Para Sempre? (2015); em Aquarela do Brasil (2000); e com Raul Cortez em Terra Nostra (1999), sua primeira novela na Globo

Mas tudo indica que o destino da moça com olhos de Sophia Loren já estava traçado. Antes da formatura, ela enveredou pelo mundo das artes: começou apresentando Ilha do Biquíni (1996), na MTV, e estreou como atriz na peça Anchieta, Nossa História (1997), dirigida por Denise Del Vecchio. Nessa época, conheceu Fátima Toledo e seu polêmico método de preparação de elenco, que coloca os atores para experimentar as mesmas sensações da ficção, sem construção de personagem. Lá ficou por pelo menos dois anos, tempo

que lhe rendeu treino para o cinema. O resultado foi um Kikito no Festival de Gramado de 2003 pelo papel principal no longa Dom, uma releitura moderna da mais famosa obra machadiana. Porém o que lhe transformou em uma figura conhecida foi mesmo a televisão. Depois de participações em novelas do SBT e da Bandeirantes, ela estourou na Globo como Paola e emendou papéis em diversas produções de época, como Aquarela do Brasil (2000), Esperança (2002) e Um Só Coração (2004). A fama chegou com tudo e, junto com ela, os paparazzi. Avessa a badalações e à exposição de sua intimidade, Maria nunca trocou São Paulo pelo Rio de Janeiro. Continuou na capital paulista e, em 2005, casou-se com o empresário francês Petrit Spahija, que atua no ramo da gastronomia. Os filhos vieram logo depois e, gradativamente, uma desacelerada na carreira. 117


E M FOCO | M A R I A F E R N A N D A C Â N D I D O

ZOOM Origens Natural de Londrina, no Paraná, a atriz morou em Curitiba até os 12 anos, quando o pai, funcionário de multinacional, foi transferido para São Paulo e levou a família junto

Participação especial

Hoje Fernanda escolhe muito bem os projetos nos quais se envolve. Prefere trabalhos curtos, que não exijam dedicação full time. A mais recente atuação na TV foi em Felizes para Sempre? (2015), em que interpretou uma restauradora de obras de arte que tem um envolvimento homossexual. “Analiso não só a minha personagem, mas o texto como um todo e também a equipe técnica”, diz. Além de Meu Amigo Hindu, já gravou Dois Irmãos, minissérie global baseada na obra de Milton Hatoum com estreia marcada para 2017, e dedicase a um círculo de leituras na Casa do Saber, empreendimento da capital paulista do qual é sócia. Nos encontros mensais, diretores convidados apresentam textos teatrais e debatem questões relacionadas a eles. Nas próximas edições, estão previstas as participações de Fernando Neves, Cristiane Paoli Quito, Marcia Abujamra, Daniel Alvim e Bete Coelho. No tempo livre, ela curte a cidade e seus atrativos. Moradora dos Jardins, 118 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

gosta de frequentar parques, restaurantes e equipamentos culturais, como a Sala São Paulo. Não é muito de viajar. Recebe os amigos para almoços. Por conta de uma reforma na casa, passaria neste mês algumas semanas em um condomínio residencial no coração da Rua Augusta, enclave alternativo da metrópole. “Estou empolgada, tem vários restaurantes ali perto que são uma delícia”, comemorou. Além do marido, os filhos – de 7 e 10 anos – são companhias constantes nos passeios. Ela chamou a atenção quando, há alguns anos, divulgou que havia dispensado as babás. “Eu simplesmente achei que não fazia mais sentido. As crianças têm de ser mais autônomas e decidi que havia chegado a hora. Eles já penduram a toalha depois do banho, colocam a roupa no cesto, levam o prato para a pia”, revela. Apesar do olhar hipnotizador e da elegância sem esforços, Maria Fernanda Cândido é uma mulher normal, afinal de contas.

Apesar de o primeiro papel na Globo de fato ter sido em Terra Nostra, ela fez sua estreia no canal na abertura da novela A Indomada (1997), em que corria de vestido vermelho e cabelos soltos

Nova experiência Protagonizado por um norte-americano, Meu Amigo Hindu é todo falado em inglês. “Aprendi inglês e francês quando ainda estava na escola. Mas é claro que atuar em outra língua exige muito mais do ator”, pondera

Lado intelectual No dia 19 deste mês, o convidado do círculo de leituras da Casa do Saber, em São Paulo, será Fernando Neves, com o texto A Resistível Ascensão de Arturo Ui, de Bertolt Brecht. A programação completa pode ser conferida no site casadosaber.com.br

FOTOS: ANA LUISA ALMEIDA / VIRA COMUNICAÇÃO/DIV. (CASA DO SABER); DIVULGAÇÃO

À direita, Maria Fernanda durante um encontro do círculo de leituras realizado na Casa do Saber, em São Paulo; à esquerda, em cena de Meu Amigo Hindu; e, abaixo, com o ator Willem Dafoe, seu parceiro no longa de Hector Babenco


E M FOCO | C E R V E J A R I A T U P I N I Q U I M

Fermentação

NACIONAL Por ANA ÁVILA Fotos RICARDO JAEGER

120 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Com uma extensa lista de prêmios e um variado cardápio de produtos, a cervejaria gaúcha Tupiniquim leva novos rótulos ao Festival Brasileiro da Cerveja, realizado neste mês em Blumenau, e projeta expandir sua fábrica

E

m março de 2015, cerca de um ano depois de produzir seu primeiro rótulo, a Tupiniquim levava para casa o prêmio de cervejaria do ano no Festival Brasileiro da Cerveja, realizado em Blumenau, Santa Catarina, e considerado uma referência no setor. A marca desbancava nada menos que 222 outras inscritas e surpreendia até mesmo seus idealizadores, um quinteto de amigos da capital gaúcha inteiramente dedicado ao negócio desde 2013, quando ele começou a sair do papel.

Com conhecimento de quem já atuava na importação de bebidas para o Brasil, Fernando Jaeger, Christian Bonotto, André Bettiol, Alex Ribeiro e Márcio Santos decidiram investir no nicho cervejeiro justamente quando o setor vivia o seu boom no País – o aumento nas vendas, graças a consumidores dispostos a pagar cerca de três vezes mais por uma bebida artesanal, assustou até a gigante Ambev. A escolha foi certeira: de lá para cá, eles lançaram dezenas de bebidas que caíram no gosto dos fregueses, participaram de vários concursos e acumularam uma longa lista de prêmios.

121


E M FOCO | C E R V E J A R I A T U P I N I Q U I M

O próximo, aliás, pode sair ainda neste mês, na edição 2016 do Festival Brasileiro da Cerveja. Para o evento que ocupará a cidade catarinense entre os dias 9 e 12, o quinteto preparou 40 rótulos que serão revezados em 20 torneiras. Entre elas estarão uma saison, uma imperial stout com pimenta, lançada recentemente, uma receita feita em parceria com a cervejaria De Molen, da Holanda, e uma weiss tradicional com adição de maracujá, a grande aposta dos sócios para abocanhar um prêmio. Segundo eles, a bebida atrai tanto aqueles que começaram a se aventurar nas cervejas artesanais há pouco tempo quanto os mais experientes. “É uma opção de entrada, de trigo. Mas quando você adiciona uma complexidade, que é a fruta, atinge os dois públicos”, afirma Fernando. Outro rótulo que marcará presença no festival é a Monjolo, uma imperial porter maturada em barril de uísque que em janeiro levou a trupe gaúcha à Califórnia para receber o prêmio de melhor cerveja do Brasil, concedido pelo RateBeer. “Isso não veio de uma escolha profissional, de pessoas que são do meio. Mas do grande público”, explica Márcio sobre a votação, que é feita por apreciadores no site independente, um dos mais renomados do mundo quando o assunto é avaliação da bebida.

AS ESTRELAS DA TUPINIQUIM

Monjolo Imperial Porter Cerveja forte, tipo porter, maturada em barril. Teor alcoólico: 10,5% vol

Lost in Translation Cerveja forte e escura, tipo india pale ale, com leveduras brettanomyces. Teor alcoólico: 6,5% vol

122 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Berliner Weisse Maracujá Cerveja tipo berliner weisse que leva maracujá. Teor alcoólico: 4% vol

Funky & Sour

Polimango

Cerveja clara, tipo sour ale, com leveduras brettanomyces. Teor alcoólico: 4,5% vol

Cerveja forte e escura, tipo ale double IPA, com manga na receita. Teor alcoólico: 9,5%vol


Três vezes no topo 2014

South Beer Cup

(Belo Horizonte, MG)

Prêmio cervejaria do ano

2015

Festival Brasileiro da Cerveja

(Blumenau, SC)

Prêmio melhor cervejaria do País Copa Cervezas de América (Santiago, Chile)

Prêmio melhor cervejaria da América

ONDE

ENCONTRAR

Porto Alegre Bier Markt R. CASTRO ALVES, 442, RIO BRANCO 51 3013 2300 BIERMARKT.COM.BR

Florianópolis Beer Boss R. JERÔNIMO COELHO, 60, MERCADO PÚBLICO, CENTRO 48 3039 1014

São Paulo Empório Alto dos Pinheiros Da esq. para a dir., Fernando Jaeger, Christian Bonotto, Alex Ribeiro, André Bettiol e Márcio Santos na fábrica da Tupiniquim, em Porto Alegre

Com tamanho sucesso e exposição, os sócios começam a projetar a expansão do negócio, pois a fábrica atual, que produz entre 70 mil e 80 mil litros por mês, já não comporta as ambições da Tupiniquim. Hoje instalados em uma área que concentra pelo menos dez cervejarias em um raio de um quilômetro, no bairro Anchieta, na capital gaúcha, eles almejam a mudança de endereço ainda para este ano. A nova fábrica ficará no distrito industrial Alvorada-Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde prometem que os clientes poderão vivenciar uma experiência diferente. “Vai ter brewpub e biergarten. Há um espaço verde muito legal que vamos

utilizar, além de aumentar a produção de imediato”, explica Alex. A ideia é começar a operar no novo endereço em dezembro. “Queremos que seja uma opção para as pessoas irem no fim de semana, com espaço para as crianças”, complementa André. Outro projeto em andamento, e com data para iniciar antes mesmo da nova fábrica, é o envase em lata. Eles explicam que o processo é uma tendência mundial e uma forma de manter o frescor da bebida por mais tempo. “Nossas latas terão um design inovador, bem diferente, e devem envolver os principais produtos da Tupiniquim. Queremos ter em lata aqueles realmente diferenciados”, diz Christian.

R. VUPABUSSU, 305, PINHEIROS 11 3031 4328 ALTODOSPINHEIROS.COM.BR

Rio de Janeiro Booze Bar AV. MEM DE SÁ, 63, LAPA 21 2252 1588 BOOZEBAR.COM.BR

Curitiba Hop n’Roll R. MATEUS LEME, 950, CENTRO CÍVICO 41 3408 4486 HOPNROLL.COM.BR

Brasília Santuário ASA NORTE, CLN 214, BLOCO C, LOJA 27 61 3039 5667

123


E M FOCO | C E R V E J A R I A T U P I N I Q U I M

Ao lado, detalhe da fábrica da Tupiniquim; abaixo, à esquerda, Christian com o troféu de cervejaria do ano conquistado na South Beer Cup, em 2014; e, à direita, alguns dos sócios recebendo o prêmio de melhor cervejaria do País no Festival Brasileiro da Cerveja, em 2015

ZOOM Made in... Os sócios contam que muita gente se surpreende ao descobrir que a Tupiniquim é fabricada no Sul do Brasil. Rótulos coloridos e o uso de frutas, como o maracujá, o caju e a manga, contribuem para a pequena confusão. “Acham que a empresa é da Amazônia ou do Rio”, diz Christian. “O conceito da marca é este: uma coisa brasileira, sem regionalismos. Fazemos cerveja brasileira, com qualidade, inovação e ousadia”, completa André

Marca registrada

124 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

portação, então desenvolvemos um relacionamento positivo para produzir em parceria”, diz Márcio. A Polimango, feita com a cervejaria Omnipollo, da Suécia, a Extra Fancy IPA, uma parceria com a Evil Twin, dos Estados Unidos, e a Saison de Caju, resultado de trabalho em conjunto com a Stillwater, também norte-americana, são alguns dos principais exemplos, todos reconhecidos em festivais. Enquanto as duas primeiras levaram medalhas de ouro na South Beer Cup 2014, a copa sul-americana do setor, realizada em Belo Horizonte, a terceira terminou o evento com uma medalha de bronze. Ao que tudo indica, a Tupiniquim está no caminho certo.

Sem intermediários A experiência do quinteto com a importação de bebidas faz com que a Tupiniquim esteja menos sujeita a atravessadores do que a maioria das pequenas empresas brasileiras. São os sócios os responsáveis pela venda e pela distribuição dos produtos, de Norte a Sul do País – e fora dele também. Cada um em uma ponta do negócio, os cinco se envolvem diretamente, da criação das receitas ao envio aos clientes

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL

Esses rótulos queridinhos já ganharam visibilidade até mesmo fora do Brasil. “Na Europa, estamos em todo o Oeste. Já vi cerveja nossa sendo avaliada pelo pessoal na Bielorrússia”, comenta Fernando. Representantes da Austrália, do Chile e do Uruguai também fizeram contato para importar os rótulos e, atualmente, o quinteto estuda a melhor forma de ingressar no mercado norte-americano. A boa entrada internacional dos produtos justifica-se pela experiência anterior com a importação de bebidas, mas também porque algumas cervejas são resultados de produções colaborativas, realizadas junto com cervejeiros estrangeiros. “As pessoas já confiavam em nosso trabalho em virtude da im-

Outra curiosidade diz respeito ao logo da cervejaria, que traz uma arara-azul. Ele foi desenvolvido por um tatuador, a partir de sugestões dos sócios, e levou cerca de seis meses para ficar pronto. “Não queríamos só um desenho, mas uma estilização do negócio. E que fosse simpático”, diz André


EM FOCO | M A D E I N B R A Z I L

Versatilidade

em vidro 126 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

HÁ 68 ANOS NO MERCADO, O BRASILEIRÍSSIMO COPO AMERICANO É O CARRO-CHEFE DA EMPRESA PAULISTANA NADIR FIGUEIREDO, QUE HOJE TEM MAIS DE 450 PRODUTOS EM SEU CATÁLOGO Por ISADORA SPADONI Retrato JULIA RODRIGUES


130 Expansão Companhia estreia em junho voos para a capital portuguesa

133 Curtas Azul Viagens entra no mercado de cruzeiros internacionais

141 Mapa de Rotas

FOTO: DIVULGAÇÃO A ZUL

azuis

Todos os destinos da Azul e de suas parceiras

130


AZUIS | E X P A N S Ã O

FOTOS: VISITLISBOA.COM/DIV. (CENTRO); DIEGO DELSO/ WIKIMEDIA COMMONS/LICENSE CC -BY-SA 3.0/DIV. (CIDADE BAIX A)

À esquerda, panorâmica do centro da capital portuguesa; e, abaixo, o tradicional bondinho da Cidade Baixa de Lisboa

Brasil-Portugal sem escalas EM JUNHO, A AZUL DÁ INÍCIO AOS VOOS DIRETOS ENTRE CAMPINAS E LISBOA. GRAÇAS ÀS CONVENIENTES OPÇÕES DE CONEXÕES, A NOVA ROTA LIGARÁ CERCA DE 100 DESTINOS NACIONAIS A TODA A EUROPA

A Azul dá mais um passo em direção à sua expansão internacional: a partir da primeira semana de junho, a companhia ligará o Brasil à Europa por meio de voos sem escalas para Lisboa. Inicialmente, a nova rota contará com três frequências semanais, podendo chegar a seis na alta temporada. A empresa enviou às autoridades aeroportuárias brasileiras e portuguesas o pedido de autorização para a operação. Com ela, a Azul se tornará a única aérea nacional a ter voos diretos para a capital de Portugal – o último serviço sem escalas foi realizado há dez anos. A novidade vai conectar cerca de 100 destinos brasileiros a toda a Europa, uma vez que a rota São Paulo/Campinas (Viracopos)-Lisboa oferecerá convenientes opções de conexões. Na capital portuguesa, Clientes Azul contarão com ligações da TAP Portugal e da TAP Express para mais de 80 destinos em 35 países por meio do acordo de codeshare firmado em outubro pelas empresas.

130 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

A Azul, por sua vez, oferece em Viracopos, seu maior hub, mais de 170 decolagens diárias para aproximadamente 60 destinos domésticos, além de Fort Lauderdale/Miami e Orlando, nos Estados Unidos, e Caiena, na Guiana Francesa. "Estudamos nossa malha aérea e identificamos essa oportunidade pela grande conectividade no Brasil e na Europa. Vamos oferecer ligações muito convenientes a partir de várias cidades brasileiras com conexão em São Paulo/ Campinas, assim como para diversas regiões europeias por meio de nosso acordo com a TAP. Este é mais um excelente exemplo do contínuo investimento da companhia no mercado nacional, com foco em levar Clientes também a destinos internacionais”, afirma Antonoaldo Neves, presidente da Azul. Os voos entre São Paulo/Campinas e Lisboa serão realizados com os jatos A330 completamente novos. Clientes Azul terão uma experiência exclusiva em três classes de serviço: Azul Xtra

Business Class, EconomyXtra e Economy. Apresentados em outubro, os aviões remodelados estabelecem um padrão único em termos de tecnologia e conforto. Na Xtra Business, por exemplo, os Clientes desfrutam de uma confortável e privativa cama, com reclinação de 180 graus e configuração de poltronas no padrão 1-2-1. O sistema de entretenimento é o Panasonic eX3, a solução tecnológica mais avançada hoje na aviação e que tem uma novidade única da Azul em âmbito global: o sistema Picture in Picture. Enquanto assiste a um filme é possível selecionar outra produção e acompanhar as duas simultaneamente, com uma delas reproduzida em tela minimizada. Em todas as classes há saídas de energia de 110v e portas USB. As poltronas, dispostas na configuração 2-4-2 na EconomyXtra e na Economy, têm a separação entre fileiras dentro do padrão de conforto que faz a Azul ser lembrada quando o assunto é espaço individual.


FOTOS: ROBERTO SEBA (RECIFE); CHEMA LL ANOS (JOÃO PESSOA)

À esquerda, torre Malakoff, no Recife Antigo; e, abaixo, vista panorâmica do litoral de João Pessoa

Azul ainda mais presente no Recife A COMPANHIA REFORÇA SUA ATUAÇÃO NA CIDADE COM 12 NOVOS VOOS E TORNA-SE A ÚNICA AÉREA BRASILEIRA A CONECTAR TODAS AS CAPITAIS NORDESTINAS

Clientes Azul agora contam com 12 novas opções de voos a partir do Recife. Em fevereiro, a companhia deu início a uma frequência regular que liga a capital pernambucana a João Pessoa. Neste mês, a empresa estreia as rotas com destino a Brasília, Belém, Juazeiro do Norte, Petrolina, Ilhéus, Curitiba e São Paulo (Guarulhos), além de retomar as operações para Campina Grande. Em abril, inaugura os voos para Porto Seguro e Goiânia e, em julho, será a vez de Presidente Prudente. Com as novidades, a Azul será a única aérea brasileira a conectar todas as capitais nordestinas. "Estamos reestruturando a malha no Recife como parte de nosso planejamento estratégico, de modo a oferecer conexões rápidas, principalmente entre destinos no Nordeste. As novidades permitirão que ampliemos ainda mais as operações, com condições futuras para novas bases nas regiões Norte e Nordeste. O foco da Azul no Recife vai alimentar, sobretudo, o turismo, mas também aproximará negócios”, destaca Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul. “As novas operações da Azul consolidam Pernambuco como um dos principais pontos turísticos do Brasil. Agora ficou mais fácil o visitante chegar ao nosso Estado, pois estaremos conectados a todas as capitais nordestinas e a cidades importantes, como Brasília, Belém, Curitiba, São Paulo e Goiânia. Teremos o dobro de destinos interligados com 33% a mais de voos diários. É um crescimento que confirma a vocação de Pernambuco de se tornar um grande centro de operações nacionais e internacionais”, completa Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. Além das novas rotas, a empresa passará a oferecer, a partir do dia 15 deste mês, dois horários de voos diários de Recife para São Paulo (Guarulhos), três para Natal e Belo Horizonte (Confins), e quatro para Fortaleza. E, nos fins de semana, haverá uma malha dedicada à Azul Viagens, operadora de turismo da companhia, voltada a quem viaja a lazer para o Nordeste. Ela ligará grandes centros urbanos do País, como São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, às cidades turísticas da região, via Recife.

131


AZU I S | C U R T A S

Universo Azul DESCUBRA AQUI NOVIDADES E PROMOÇÕES DA EMPRESA PARA FACILITAR SUA VIAGEM

Companhia recebe certificação europeia

Aliança Azul Viagens e Royal Caribbean

FOTOS: MARCELO RACOSTA / WIKIMEDIA COMMONS/CC BY-SA 3.0/DIV. (MONTEVIDÉU); MICHEL VERDURE/DIV. (ROYAL CARIBBEAN); DIVULGAÇÃO A ZUL

No mês passado, a Azul Viagens fez sua estreia no mercado de cruzeiros por meio de um acordo com a Royal Caribbean. O objetivo é que a combinação dos navios da grife com a malha aérea da companhia agregue valor aos pacotes da operadora de turismo e incremente o fluxo de Clientes nos voos que saem de Campinas para a Flórida. As vendas dos cruzeiros – operados pelos navios Allure of the Seas (foto), Freedom of the Seas e Oasis of the Seas – para ilhas caribenhas a partir de Fort Lauderdale e Porto Canaveral/Orlando já começaram – o primeiro embarque será em abril. Entre as ilhas que podem ser visitadas estão Labadee (Haiti), Falmouth (Jamaica), Cozumel (México), Nassau (Bahamas), San Juan (Porto Rico) e St. Marteen (com território dividido entre a Holanda e a França). Os pacotes de oito dias com hospedagem, refeições e aéreos custam a partir de R$4 mil.

No dia 12 de fevereiro a Azul recebeu mais uma importante certificação que afirma a qualidade de suas operações. Concedido pela autoridade de Segurança Operacional da União Europeia, a EASA (European Aviation Safety Agency), ela é obrigatória a todas as companhias que voam no espaço aéreo europeu, o que inclui a Guiana Francesa, destino para o qual a Azul oferece voos, a partir de Belém, três vezes por semana. “Essa certificação é a garantia de que nossas operações são seguras e de qualidade. Já temos o certificado da FAA (Federal Aviation Administration) e agora o da EASA, que também servirá de passaporte para as atividades em Lisboa, Portugal. É um reconhecimento extremamente importante e possível apenas por conta do empenho de cada uma das equipes da empresa, que trabalharam duro para mais esta conquista”, afirma Carlos Eduardo Pellegrino, diretor de Regulamentações Técnicas e CCO da Azul.

Montevidéu: novo destino Azul A companhia se prepara para dar início às operações rumo ao seu segundo destino internacional sul-americano. A partir do dia 4 de maio, Clientes Azul vão contar com uma frequência direta ligando Porto Alegre a Montevidéu, no Uruguai – serão quatro voos semanais. “Expandir possibilidades aos nossos Clientes reflete o esforço da Azul em investir em mercados estratégicos, o que inclui apostas na oferta internacional. A ligação regular para Montevidéu atenderá à demanda de turismo, mas também terá impacto entre aqueles que viajam a negócios”, afirma Antonoaldo Neves, presidente da Azul. A rota será realizada com modernos turboélices ATR 72-600, que contam com 70 assentos. 133


A ZUIS | L I N H A S D E Ô N I B U S

Transporte exclusivo CLIENTES AZUL CONTAM COM VÁRIOS ÔNIBUS EM SÃO PAULO QUE FACILITAM O ACESSO AOS AEROPORTOS. CONFIRA AS ROTAS E OS HORÁRIOS

FOTO: DIVULGAÇÃO AZUL

A Azul oferece ônibus executivos gratuitos, com Wi-Fi e ar-condicionado, em lugares estratégicos no Estado de São Paulo. Entre a capital paulista e o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, a companhia opera linhas de 30 em 30 minutos. Para utilizar o serviço apresente seu cartão de embarque ou seu itinerário 15 minutos antes da partida do ônibus.

SÃO PAULO Campinas (Viracopos) Terminal Barra Funda (São Paulo-SP)

Shopping Tamboré (Alphaville) Shopping Eldorado (São Paulo-SP)

Sorocaba

Aeroporto de Congonhas (São Paulo-SP)

Aeroporto de Congonhas > Aeroporto de Viracopos > Aeroporto de Congonhas segunda a sexta

sábados

domingos

Congonhas > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Congonhas > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Congonhas > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Saída

Chegada

Saída

Saída

Chegada

Saída

Saída

Chegada

Saída

4:00 5:00 6:00 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:00 13:00 14:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00

5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 10:30 11:30 12:30 13:30 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30 21:30

5:45 6:45 7:45 8:45 9:45 10:45 11:45 13:45 14:45 15:45 16:45 17:45 18:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45

4:00 5:30 6:30* 8:30* 10:30* 12:30* 15:00* 18:00 19:00*

5:30 7:00 8:00 10:00 12:00 14:00 16:30 19:30 20:30

6:15 8:15* 9:45 11:15* 12:15 13:15* 16:15* 17:15 19:15* 21:45 23:15*

4:30* 6:30 8:30* 10:00 12:00* 14:00 15:00* 16:00 18:30 19:30*

6:00 8:00 10:00 11:30 13:30 15:30 16:30 17:30 20:00 21:00

7:15 10:15 12:15* 13:45* 15:45* 17:15 19:15* 20:45 22:15* 23:15*

Chegada

7:15 8:15 9:15 10:15 11:15 12:15 13:15 15:15 16:15 17:15 18:15 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15 1:15 2:15

Chegada

7:45 9:45 11:15 12:45 13:45 14:45 17:45 18:45 20:45 23:15 0:45

Chegada

8:45 11:45 13:45 15:15 17:15 18:45 20:45 22:15 23:45 0:45

*ônibus com parada no Shopping Eldorado 136 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


Shopping Eldorado > Aeroporto de Viracopos > Shopping Eldorado segunda a sexta Shopping Eldorado > Viracopos

sábados

Viracopos > Shopping Eldorado

Shopping Eldorado > Viracopos

domingos

Viracopos > Shopping Eldorado

Shopping Eldorado > Viracopos

Viracopos > Shopping Eldorado

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

4:30 5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 10:30 11:30 13:30 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30

6:00 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:00 13:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00

6:15 7:15 8:15 9:15 10:15 11:15 12:15 13:15 14:15 15:15 15:45 17:15 18:15 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15

7:45 8:45 9:45 10:45 11:45 12:45 13:45 14:45 15:45 16:45 17:15 18:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45 1:45

4:00 5:30 7:00 9:00 11:00 13:00 15:30 18:30 19:30

5:30 7:00 8:30 10:30 12:30 14:30 17:00 20:00 21:00

5:45 8:15 9:15 11:15 13:15 16:15 17:45 19:15 20:45 23:15

7:15 9:45 10:45 12:45 14:45 17:45 19:15 20:45 22:15 0:45

5:00 7:00 9:00 10:30 12:30 14:30 15:30 16:30 18:30 19:30 20:00

6:30 8:30 10:30 12:00 14:00 16:00 17:00 18:00 20:00 21:00 21:30

5:45 9:45 12:15 13:45 15:45 17:45 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15

7:15 11:15 13:45 15:15 17:15 19:15 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45 1:45

Terminal Barra Funda > Aeroporto de Viracopos > Terminal Barra Funda segunda a sexta Barra Funda > Viracopos

sábados

Viracopos > Barra Funda

Barra Funda > Viracopos

domingos

Viracopos > Barra Funda

Barra Funda > Viracopos

Viracopos > Barra Funda

Saíd

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

4:00 5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 11:00 13:00 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30

5:30 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:30 14:30 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00

6:15 7:15 8:45 9:45 11:45 13:45 15:45 16:45 17:45 19:15 20:45 21:45 22:15 23:15

7:45 8:45 10:15 11:15 13:15 15:15 17:15 18:15 19:15 20:45 22:15 23:15 23:45 0:45

4:30 5:30 6:30 9:00 11:00 14:30 16:00 17:30 19:00 20:00

6:00 7:00 8:00 10:30 12:30 16:00 17:30 19:00 20:30 21:30

6:15 7:15 7:45 8:45 10:15 12:45 13:45 16:45 17:15 19:15 21:15 23:45

7:45 8:45 9:15 10:15 12:45 14:15 15:15 18:15 18:45 20:45 22:45 1:15

5:30 7:00 8:30 10:30 13:00 14:30 15:30 16:30 18:00 19:00 19:30

7:00 8:30 10:00 12:00 14:30 16:00 17:00 18:00 19:30 20:30 21:00

7:15 9:45 12:15 13:45 15:45 17:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45

8:45 11:15 13:45 15:15 17:15 19:15 21:15 22:15 23:15 0:15 1:15

Shopping Tamboré > Aeroporto de Viracopos > Shopping Tamboré segunda a sexta Tamboré > Viracopos

sábados

Viracopos > Tamboré

Tamboré > Viracopos

domingos Viracopos > Tamboré

Tamboré > Viracopos

Viracopos > Tamboré

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

4:00 5:30 7:00 9:00 10:30 13:00 14:00 15:30 17:00 19:00 20:00

5:30 7:00 8:30 10:30 12:00 14:30 15:30 17:00 18:30 20:30 21:30

6:45 8:45 10:15 12:15 13:45 16:45 17:45 19:45 21:45 23:45

8:15 10:15 11:45 13:45 15:15 18:15 19:15 21:15 23:15 1:15

4:00 5:30 7:00 9:00 11:00 15:00 18:30 20:00

5:30 7:00 8:30 10:30 12:30 16:30 20:00 21:30

6:45 9:15 10:45 12:15 13:45 16:15 18:15 21:15 23:15

8:15 10:45 12:15 13:45 15:15 17:45 19:45 22:45 0:45

5:30 7:00 10:30 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00

7:00 8:30 12:00 14:30 16:30 18:30 20:30 21:30

7:15 10:15 11:45 13:45 15:45 18:15 20:15 22:15 23:15

8:45 11:45 13:15 15:15 17:15 19:45 21:45 23:45 0:45

137


A ZUIS | E X P E R I Ê N C I A A Z U L

Experiência Bagagem

Azul

NESTA SEÇÃO, REUNIMOS ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA TORNAR SUA VIAGEM SEGURA, TRANQUILA E CONFORTÁVEL

Na hora de preparar sua mala, lembre-se: o limite total para bagagem despachada é de 23kg. A de mão deve pesar até 5kg e não pode conter objetos cortantes e inflamáveis.

TudoAzul Para garantir pontos no programa de vantagens informe sempre seu CPF em suas reservas ou na hora do check-in. Se você ainda não é Cliente TudoAzul, cadastre-se e ganhe 1.000 pontos de boas-vindas. VOEAZUL.COM.BR/TUDOAZUL/AZUL-MAGAZINE

Aeroporto A Azul recomenda que você chegue ao aeroporto pelo menos uma hora antes de seu embarque, no caso de voos nacionais. E duas horas antes, em viagens aos EUA.

Bem-Estar

Ônibus Azul

- Faça uma alimentação leve e hidrate-se bem antes de embarcar - Prefira viajar com roupas confortáveis - Caso se sinta mal durante o voo, se necessário, utilize o saquinho disponível no bolsão à sua frente - Se sentir um desconforto nos ouvidos devido à mudança de altitude, tampe o nariz e engula saliva algumas vezes.

Serviços de ônibus para o aeroporto estão disponíveis em São Paulo e Santa Catarina. Não é necessário fazer reserva. Apenas apresente seu cartão de embarque. Confira a tabela de horários em nossos canais de atendimento e no site.

138 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6

Documentos Sempre que viajar com a Azul, tenha em mãos um documento de identificação em bom estado e com foto. Apresente-o no balcão de check-in e no portão de embarque.


Dicas para o

check-in A AZUL OFERECE CINCO MANEIRAS DIFERENTES PARA REALIZAR O SEU CHECK-IN*. ESCOLHA A QUE MELHOR SE ADAPTA ÀS SUAS NECESSIDADES

Totem check-in Para os Clientes que preferem o método tradicional de check-in, a Azul disponibiliza totens de autoatendimento nos aeroportos.

SMS check-in

Web check-in

Basta enviar um SMS para o número 26990 com o localizador do voo ou o CPF do passageiro. Ao final do processo, o Cliente recebe um SMS com o link para o acesso ao cartão de embarque.

No site da Azul é possível fazer o check-in de forma rápida e simples a partir de 48 horas antes de seu embarque. Perfeito para quem tem fácil acesso a computadores e quer economizar tempo.

App check-in Com o aplicativo da Azul, disponível gratuitamente para os sistemas iOS e Android, o bilhete fica guardado no passbook do smartphone e é possível embarcar mostrando apenas a tela do aparelho.

Fast check-in Para utilizar esta opção é preciso apenas digitar o endereço FC.VOEAZUL.COM.BR no navegador do celular e inserir uma das quatro alternativas de informação: número do localizador, RG, CPF ou número do Tudo Azul.

Clientes com conexão para voos da United Airlines em Guarulhos devem dirigir-se diretamente ao Terminal 3. Não há necessidade de refazer o check-in e nem despachar novamente as bagagens

139


AZU I S | M A P A D E R O T A S

Nossos destinos

Internacional DomĂŠstico Rotas futuras 141


AZU IS | M A P A D E R O T A S

Nossos parceiros

142 A Z U L M A G A Z I N E | 0 3 . 2 0 1 6


143


AZUIS

PA N O R Â M I C A André Dib

Pego no pulo Apaixonado pela vida ao ar livre, o mineiro André Dib se especializou em fotografias de natureza e turismo, que ilustram reportagens e livros sobre os principais biomas do Brasil. Em 2013, durante uma expedição no Parque Nacional da Serra da Canastra (MG), ele conseguiu captar este veado-campeiro com sua teleobjetiva. “Quando o avistei eu me escondi no capim e comecei a me aproximar devagar. Já bem perto, o animal me viu e saiu correndo. Fiz vários disparos nessa hora e consegui congelar o movimento dele. Foi uma mistura de sorte, técnica e persistência”, explica Dib.


Azul 35 completa  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you