Page 1


Carmen Steffens


AZUL MAGAZINE #32

Sumário

D E Z E M B RO 2 015

98

DESTINOS

110

98

Punta del Este

110

Pantanal Mato-Grossense

120

Legoland

125

Lençóis Maranhenses

Charme e sofisticação no balneário uruguaio

Cenários inesquecíveis e ainda pouco explorados

Muita diversão no parque temático da Flórida

O ator Klebber Toledo dá dicas sobre o destino

EM FOCO

130 010 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

144

130

Alexandre Borges

138

Claudia Andujar

144

Star Wars

150

Ofélia

O galã volta às telonas na comédia Bem Casados

A fotógrafa ganha pavilhão no Instituto Inhotim

Uma legião de fanáticos à espera do novo filme

A mistura de ingredientes que dá graça à água


Sumário 30

34

32 40

14 Editorial 16 Expediente 18 Colaboradores 4 CANTOS

52

70

28 30 34 40 44 48 52

Agenda Exposição Literatura Cinema Teatro Música TV

HIGHLIGHTS

66

60 64 66 68 70 80 82

Gastronomia O Quarto 5 Perguntas Take 5 Vitrine Olhar Azul Colunas

Mário Magalhães Mara Salles Denise Campos de Toledo

AZUIS

64 012 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

154 Alta Temporada 157 Curtas 160 Linhas de Ônibus 162 Experiência Azul 165 Mapa de Rotas 170 Panorâmica


COMUNICAÇÃO E MARCA Diretora de Comunicação e Marketing Claudia Fernandes Gerente de Comunicação Gerente de Produto Coordenador de Comunicação Diretor de Arte

Carolina Constantino Renata Florenzano Fabio Abud Nemo Sampaio

MARKETING Coordenador de Marketing Francisco Almeida

voeazul.com.br

facebook.com/AzulLinhasAereas

twitter.com/azulinhasaereas

DIRETORIA

EDITORIAL Editora Bruna Tiussu

Diretor Executivo

bruna.tiussu@azulmagazine.com.br

Editora-assistente

Rodrigo Ferrari rodrigo@azulmagazine.com.br

PUBLICIDADE

Marina Azaredo

Gerentes de Contas

marina.azaredo@azulmagazine.com.br

Editor de Arte

@azulinhasaereas

Ana Paula Matozo

André Graciotti

ana.matozo@azulmagazine.com.br

andre.graciotti@azulmagazine.com.br

Sandra Torre sandra.torre@azulmagazine.com.br

Repórter Produtora Executiva

Luiza Vieira

Simone Montenegro

luiza.vieira@azulmagazine.com.br

simone@azulmagazine.com.br

Coordenadora Comercial

Thais Lutti thais.lutti@azulmagazine.com.br

Estagiárias

Paula Rezende paula@azulmagazine.com.br | 11 3254 9895

Representantes de Vendas FTPI

Camila Nardi camila.nardi@azulmagazine.com.br

Sofia Franco

Andrea Medrado (RJ) andreamedrado.rio@ftpi.com.br | 21 3852 1588

Cristiane Prataviera (PR)

sofia.franco@azulmagazine.com.br cristiane.curitiba@ftpi.com.br | 41 3026 4100

Tratamento de Imagens e Pré-impressão

Luciana Mir (DF) Everaldo Guimarães lucianamir.brasilia@ftpi.com.br | 61 3035 3750

Ronaldo Spagnuolo (MG)

Produção Gráfica

ronaldo.minas@ftpi.com.br | 31 2105 3609

Vitor Soares Loren Rodrigues (PE)

Revisão

loren.nordeste@ftpi.com.br | 81 2128 4350

Paulo Vinicio de Brito Yuri Laurentino (PE) yuri.nordeste@ftpi.com.br | 81 2128 4350

Representante de Vendas EUA

COLABORADORES Texto: Barbara Heckler, Ramon Vitral, Rosa Jorge, Vanessa Lins Foto: André Dib, Ariel Martini, Camila Fontana, Chema Llanos, Daryan Dornelles, Julia Rodrigues, Leandro Cagiano, Roberto Seba, Sergio Caddah, Victor Affaro, Xico Buny Ilustração: Mauricio Pierro

Marcela Miranda (Flórida) marcela.miranda@azulmagazine.com.br | 1 407 701 0738

DISTRIBUIÇÃO

AZUL MAGAZINE

#32 DEZEMBRO ALEXANDRE BORGES ESTRELA COMÉDIA ROMÂNTICA CLAUDIA ANDUJAR GANHA PAVILHÃO NO INHOTIM FÃS DE STAR WARS À ESPERA DO NOVO FILME

Leia também no tablet. O app da Azul Magazine está disponível para os sistemas iOS e Android

Gerente de Distribuição/Circulação

Carlos Melo carlos.melo@azulmagazine.com.br

FINANCEIRO/ADMINISTRATIVO Diretora Financeira

Valquiria Gomes Vilela valquiria.gomes@azulmagazine.com.br

AZUL MAGAZINE

VOEAZUL.COM.BR

punta

#32 DEZEMBRO ALEXANDRE BORGES ESTRELA COMÉDIA ROMÂNTICA

del este

CLAUDIA ANDUJAR GANHA PAVILHÃO NO INHOTIM FÃS DE STAR WARS À ESPERA DO NOVO FILME

Gerente Administrativa

O BALNEÁRIO MAIS CHARMOSO DO URUGUAI RECEBE O VISITANTE COM PRAIAS DESLUMBRANTES, RESTAURANTES ESTRELADOS E UM BELÍSSIMO PÔR DO SOL

PROJETO GRÁFICO André Graciotti

Thuany Pereira

IMPRESSÃO CTP, Impressão LOG & PRINT e Acabamento Gráfica e Logística S.A. Tiragem

70.000 exemplares

thuany@azulmagazine.com.br VOEAZUL.COM.BR

punta

Assistente Financeira

del este O BALNEÁRIO MAIS CHARMOSO DO URUGUAI RECEBE O VISITANTE COM PRAIAS DESLUMBRANTES, RESTAURANTES ESTRELADOS E UM BELÍSSIMO PÔR DO SOL

Bruna Veiga

AZU L LINH AS AÉ REA S B RASI LEI RAS

AZ U L LIN H AS AÉ R EA S B R ASIL E IR AS

bruna.veiga@azulmagazine.com.br

D EZE MBRO 2015

D EZ E MB RO 2 015

32 AZUL_32_CAPA.indd 1

32 AZUL_32_CAPA.indd 1

11/23/15 2:01 PM

Foto da capa Victor Affaro

11/23/15 2:01 PM

Azul Magazine não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. As pessoas que não constam do expediente da revista não têm autorização para falar em nome de Azul Magazine ou retirar qualquer tipo de material para produção de editorial caso não tenham em seu poder uma carta atualizada e datada, em papel timbrado, assinada por pessoa que conste do expediente.

Editora Ferrari LTDA. CNPJ – 11.052.806/0001-40 Endereço – Av. Paulista, 2200, 23º andar Consolação. CEP 01310-300 11 3254 9950

A Azul Magazine é uma publicação mensal da Editora Ferrari LTDA. com conteúdo desenvolvido pela Azul Magazine, uma parceria entre as empresas Azul Linhas Aéreas e Editora Ferrari. 016 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


Colaboradores Daryan Dornelles

Ramon Vitral

FOTÓGR AFO

J O R N A L I S TA

Já teve suas imagens estampadas em mais de 100 capas de discos, de Chico Buarque a Marcelo Jeneci. Lançou, no ano passado, o livro Retratos Sonoros, uma compilação de cliques de músicos brasileiros. Para esta edição fotografou o ator Alexandre Borges.

O mineiro já passou pelas redações de O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, UOL e Rolling Stone. Há três anos, mantém o portal Vitralizado, onde canaliza toda a sua paixão por quadrinhos, cinema e TV. Fã de Star Wars – com uma coleção de mais de 300 bonecos –, assina aqui a reportagem em que outros maníacos falam da expectativa pela estreia do novo filme da série.

Vanessa Lins J O R N A L I S TA

Editora do suplemento gastronômico do jornal Folha de Pernambuco, quer ficar velhinha vasculhando as cozinhas alheias e escrevendo sobre seus sabores. Neste número apresenta as delícias do restaurante Varanda, em Fernando de Noronha.

Victor Affaro

Julia Rodrigues FOTÓGR AFA

Formada em desenho industrial, a fluminense começou a carreira como assistente de Ernani d’Almeida e Jorge Bispo. Hoje, colabora em títulos como Claudia e Playboy. São dela os retratos da também fotógrafa Claudia Andujar.

018 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Após descobrir a vocação para registrar pessoas – antes se dedicava a projetos de arquitetura –, o retrato virou sua paixão. Já morou em Nova York e Londres e fez trabalhos para Vogue e Monocle. Colabora nesta Azul Magazine com os cliques de Punta del Este, novo destino da Azul, que estampa a capa da edição.

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL

FOTÓGR AFO


adre


Natal e FlorianĂłpolis #vivadeperto turismo.gov.br

de nalinaviva perto

Brasil. Sede de experiĂŞncias incrĂ­veis.


30 Exposição Artes plásticas e design em dois eventos em Miami

34 Literatura Gisele Bündchen lança livro em comemoração aos 20 anos de carreira

4 cantos

48 Música Festival internacional de música eletrônica chega a SP

48

FOTOS: MERT & MARCUS/DIV. (GISELE BÜNDCHEN); DIVULGAÇÃO

34


4 CANT OS | A G E N D A

dezembro dia

Festival Novas Frequências RIO DE JANEIRO (RJ)

Vários espaços culturais da Cidade Maravilhosa recebem até o dia 8 de dezembro a 5ª edição do evento de música experimental. As 42 atrações, vindas de 12 países, produzem sons de diferentes formas, que vão desde a fabricação dos próprios instrumentos até o uso de softwares. Entre os destaques, o pernambucano Tunga (foto) abre seu ateliê para visitação e expõe uma obra interativa inédita, Delivered in Voices, com participação de um artista diferente a cada dia do festival. SETE ESPAÇOS DO RIO DE JANEIRO, AS ATRAÇÕES CUSTAM ATÉ R$30, MAS VÁRIAS SÃO GRATUITAS

3

Carnatal

dia

3

NATAL (RN)

Comic Con Experience SÃO PAULO (SP)

Wesley Safadão volta a animar o carnaval fora de época da capital potiguar com o bloco Vai Safadão. A edição deste ano será realizada entre os dias 3 e 6 de dezembro e tem percurso de 3km, passando duas vezes pelo Corredor da Folia, onde ficam as arquibancadas e os camarotes, em quatro horas de desfiles. Os blocos Vumbora?!, com Bell Marques, Me Abraça, com Durval Lelys, Largadinho, com Claudia Leitte, e Coruja, com Ivete Sangalo, também confirmaram presença.

A segunda edição do evento de cultura pop reúne fãs de quadrinhos, cinema, programas de TV, desenhos animados e música até 6 de dezembro. O convidado de honra é Frank Miller, o lendário quadrinista criador de Sin City, 300 e Batman: Ano Um. Ele vem ao Brasil para promover mais uma HQ do homem-morcego, Cavaleiro das Trevas III: The Master Race, que será lançada aqui no início de 2016 pela Panini Comics.

PÇA. DA ARENA DAS DUNAS, AV. PRUDENTE DE

ÁGUA FUNDA, SÃO PAULO. QUI. (3), DAS 12H ÀS 22H;

MORAIS, 5121, LAGOA NOVA, NATAL. QUI. (3) A

SEX. (4) E SÁB. (5), DAS 10H ÀS 22H; DOM. (6), DAS

DOM. (6), A PARTIR DAS 18H. ENTRE R$110 E R$370

10H ÀS 20H. ENTRE R$69,99 E R$5.990

84 4006 0990

dia

3

SÃO PAULO EXPO, ROD. DOS IMIGRANTES, KM 1,5,

CARNATAL.COM.BR

11 5067 1717

O Agora é Passageiro RIO DE JANEIRO (RJ)

dia

4

Mercado Mundi BRASÍLIA (DF)

Comemorando dez anos, a Cia. Urbana de Dança apresenta nova coreografia na capital fluminense, de 3 a 20 de dezembro. Focado na pesquisa das raízes culturais brasileiras em diálogo com as tendências contemporâneas da dança, o grupo de bailarinos dirigido por Sonia Destri exibe um material cênico e coreográfico criado em equipe. Também faz parte do programa o espetáculo Dança de 9.

A capital federal recebe a primeira edição do encontro dedicado a apresentar os diferentes sabores do mundo e refletir sobre o futuro da alimentação. A programação, toda gratuita, conta com degustações de pratos das culinárias nacional e internacional, piquenique na grama e aulas com chefs – como Marcos Lelis e Simon Lau. O evento também traz o pré-lançamento do Slow Filme, festival de cinema e gastronomia de Pirenópolis (GO).

ESPAÇO SESC, R. DOMINGOS FERREIRA, 160,

IESB – CAMPUS EDSON MACHADO, SGAS QUADRA 613/614,

COPACABANA, RIO DE JANEIRO. QUI. A SÁB., ÀS 20H;

LOTES 97 E 98, VIA L2 SUL, ASA SUL, BRASÍLIA. SEX. (4) A DOM. (6),

DOM., ÀS 18H. R$20

21 2547 0156

SESCRIO.ORG.BR

028 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

DAS 12H ÀS 22H. GRÁTIS

61 3364 5987

MERCADOMUNDI.COM

CCXP.COM.BR

FOTOS: SILMARA ALBI/DIV. (COMIC CON); THALES LEITE/DIV. (MAR); LEVI BIANCO/DIV. (CORRIDA DE SÃO SILVESTRE); DIVULGAÇÃO

dia

NOVASFREQUENCIAS.COM


Música

dia

4

Cinema

TV

Esporte

Dança

Literatura

Exposição

Coral do Palácio Avenida

dia

12

CURITIBA (PR)

Das janelas de um dos principais prédios da capital paranaense, um elenco de 100 crianças encanta o público em um número musical de 45 minutos. O coral se apresenta até 13 de dezembro e faz parte da programação de Natal da cidade, que conta também com outras atrações, como o espetáculo Nataleluia, que retrata de maneira interativa o significado religioso da data.

Outros

Jornada do Patrimônio SÃO PAULO (SP)

Inspirado na parisiense Journée du Patrimoine e no nova-iorquino Open House, o projeto convida cidadãos paulistanos e turistas a conhecerem seu patrimônio histórico, artístico e cultural. Durante um fim de semana, imóveis públicos, como o Theatro Municipal e a Praça das Artes, e alguns privados estarão abertos para visitação com horários e programações diferenciados, incluindo roteiros temáticos, oficinas, bate-papos com especialistas e apresentações de corais. VÁRIOS PRÉDIOS HISTÓRICOS DE SÃO PAULO, SÁB. (12) E DOM. (13). GRÁTIS

PALÁCIO AVENIDA, CALÇADÃO DA R. 15 DE NOVEMBRO, S/Nº, CENTRO, CURITIBA. SEX. (4 E 11), SÁB. (5 E 12) E DOM. (6 E 13), ÀS 20H15. GRÁTIS

Teatro

NATALCURITIBA.COM.BR

PREFEITURA.SP.GOV.BR/CULTURA

dia

31

Corrida de São Silvestre SÃO PAULO (SP)

A tradicional prova de rua de São Paulo chega à sua 91ª edição. O percurso de 15km se inicia na Avenida Paulista e passa por pontos turísticos da cidade, como o Viaduto do Chá e o Estádio do Pacaembu. A chegada também acontece na avenida mais famosa da metrópole, em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero. AV. PAULISTA, 1800, BELA VISTA, SÃO PAULO. QUI. (31), A PARTIR DAS 8H40. A INSCRIÇÃO CUSTA R$145; GRÁTIS PARA ASSISTIR

dia

12

SAOSILVESTRE.COM.BR

Baile Tropical e Prata Preta RIO DE JANEIRO (RJ)

O Museu de Arte do Rio (MAR) preparou uma programação especial de verão, com shows e festas gratuitas – este mês é a vez do Baile Tropical com o bloco Prata Preta. Já no dia 16 de janeiro Acarajazz e Bom de Som comandam o agito e, no dia 30, a balada fica por conta do Grito de Carnaval. Para os pequenos, o Espaço da Criança, também aos sábados, terá atividades com foco na arte e nas linguagens contemporâneas. MUSEU DE ARTE DO RIO, PÇA. MAUÁ, 5, CENTRO, RIO DE JANEIRO. SÁB. (12), DAS 16H ÀS 22H. GRÁTIS

21 3031 2741

MUSEUDEARTEDORIO.ORG.BR

029


4 CANT OS | E X P O S I Ç Ã O

Rede artística O SUCESSO DA ART BASEL MIAMI BEACH, CUJA 14ª EDIÇÃO COMEÇA NO DIA 3 DESTE MÊS, ABRIU CAMINHO PARA UMA SEMANA INTEIRA DE FEIRAS E FESTIVAIS. E TAMBÉM PARA MUITA FESTA, POIS ESTAMOS FALANDO DA CIDADE MAIS FRENÉTICA DA FLÓRIDA Por ROSA JORGE

030 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

O grafitado distrito de Wynwood suplantou Miami Beach no posto de cartão-postal, enquanto o Perez Art Museum levou a um novo patamar o conceito de prédio para museu. Mas nada pode ser mais esclarecedor da dimensão que a febre artística tomou em Miami nos últimos anos do que fazer, por esses dias, uma busca nas redes sociais pela hashtag #artbaselmiami. A Art Basel Miami Beach, feira de artes mais importante das Américas, está prestes a começar, no dia 3 de dezembro. E a euforia em torno dela cresce exponencialmente, em números de posts e no mundo real. Em sua 14ª edição, ela ainda é a protagonista, mas já não brilha sozinha.

Bem consolidada, a irmã mais nova, Miami Design, dedicada ao desenho de vanguarda, faz agora a 11ª edição – de 2 a 6 deste mês. De olho nos dois eventos e nos cerca de 100 mil turistas que eles levam à cidade, o governo local criou, e vem trabalhando para divulgar, a Miami Art Week. O site oficial de promoção turística lista outras 20 feiras e festivais paralelos também realizados na primeira semana do mês (confira a lista em miamiandbeaches.com/events). Sem falar nas festas, vernissages e toda a movimentação capitaneadas por artistas, curadores, compradores de arte experientes ou iniciantes, celebridades e baladeiros em geral.

FOTOS: VICENTE DE MELLO/DIV. (LUCIANO FIGUEIREDO); FILIPE BERNDT/DIV. (SANDRA GAMARRA); DIVULGAÇÃO

Nesta página, dois registros da edição 2014 da Art Basel Miami Beach. Na página ao lado, em sentido horário, quadro de Luciano Figueiredo; trabalho de Sandra Gamarra; e obra da coleção da galeria R & Company, destaque da Miami Design


Art Basel Miami Beach De 3 a 6 de dezembro 1901 Convention Center Dr., Miami. Ingressos a US$47 ARTBASEL.COM/EN/MIAMI-BEACH

Design Miami De 2 a 6 de dezembro Meridien Ave. com 19th St., Miami. Ingressos a US$25 MIAMI2015.DESIGNMIAMI.COM Ingresso combinado Art Basel + Design Miami a US$60

40 03 1181

iami

M n no Holiday In Sete noites, ional Airport at rn te In i Miam CAMPINAS) SAÍDA EM 13

/1/2016 (DE

a partir de

10x R$350

sem juros

Em destaque

A estreia como artista plástico do ator de Hollywood Adrien Brody, que tem um Oscar no currículo, será um causador de burburinho na Art Basel 2015. Ele lançará, no espaço Lulu Laboratorium, a série de pinturas Hot Dogs, Hamburgers and Handguns, inspirada na pop art e dedicada a questionar a violência que prolifera como fast food. Das 13 participantes brasileiras (do total de 267), a paulistana Galeria Leme transformará seu estande em um museu ficcional sob curadoria da peruana Sandra Gamarra – que mantém na internet o site do LiMAC, museu de arte contemporânea que a capital Lima não tem. O espaço terá obras de Luciano Figueiredo, um dos integrantes do movimento de contracultura no Brasil, e de Mauro Piva, e estará no setor Nova, dedicado a jovens galerias. Não que a Leme seja exatamente uma iniciante na Art Basel. Ela fará

ATÉ O SOL RAIAR Você pode tentar manter o foco na programação oficial das feiras, mas vai ser difícil evitar a tentação. Porque se tem algo que Miami sabe fazer é festa. E as opções noturnas ficam ainda mais incrementadas durante a Miami Art Week. Algumas baladas em South Beach já consolidaram seu espaço, caso da concorrida FDR, no Hotel Delano, para dançar até tarde, e da 1930’s House, no Thompson Hotel, onde se vai para ver e ser visto. Fique de olho ainda nas noites organizadas pelo espaço cultural Superfine! House of Art & Design, que fica para os lados de Little Haiti e promete os músicos, DJs e performers mais modernos da temporada.

sua nona participação. “Vai ser tudo muito único e diferente. Teremos até uma reprodução de loja de museu”, afirma o proprietário Eduardo Leme. Outra galeria nacional, a Luciana Brito, levará trabalhos da artista performática sérvia Marina Abramovic que nunca foram exibidos fora do Brasil. A Design Miami, por sua vez, receberá a primeira loja e galeria brasileira entre seus 36 expositores. A Firma Casa, da capital paulista, apresentará trabalho dos irmãos Campana. Mas outro designer canarinho terá criação exibida na feira: um banco de jacarandá do ícone modernista Joaquim Tenreiro será mostrado pela R & Company, de Nova York. Muitas outras lojas e espaços de referência seguem para a cidade da Flórida, desde Paris, Londres, Los Angeles e outras metrópoles. Porque ninguém quer ficar fora da festa. Afinal, caiu na rede é arte. 031


4 CANT OS | E X P O S I Ç Ã O

ARTE EM FOCO SAIBA MAIS SOBRE OS DESTAQUES DE MUSEUS E ESPAÇOS CULTURAIS Por SOFIA FRANCO

Ênfase no movimento

Espírito carioca O Corcovado, o Pão de Açúcar e outras belezas icônicas da Cidade Maravilhosa foram as principais inspirações para os convidativos cartazes de companhias aéreas e marítimas nas primeiras décadas do século 20, quando o Rio era a principal porta de entrada de turistas na América Latina. Até o dia 17 de janeiro, 40 destas obras, vindas de lugares como Paris, Londres e Nova York – e que levaram 40 anos para serem reunidas –, poderão ser conferidas na exposição Cartazes de Viagem – 1910 a 1970.

A partir de estudos sobre a linguagem do gesto, questão central em sua trajetória, a coreógrafa Márcia Milhazes criou o espetáculo multidisciplinar Sempre Seu, que ocupa todo o prédio do Oi Futuro Flamengo do dia 7 deste mês a 21 de fevereiro, como parte da programação em comemoração aos dez anos da instituição. O projeto, inédito, foi inspirado em cartas de amor e é enriquecido com obras feitas especialmente para ele, assinadas por Beatriz Milhazes, Chico Cunha, Ana Clara Miranda e Gustavo Gelmini. OI FUTURO FLAMENGO, R. DOIS DE DEZEMBRO, 63, FLAMENGO, RIO DE JANEIRO. TER. A DOM., DAS 11H ÀS 20H. GRÁTIS 21 3131 3060

OIFUTURO.ORG.BR

MUSEU HISTÓRICO NACIONAL, PÇA. MARECHAL ÂNCORA, S/Nº, CENTRO, RIO DE JANEIRO. TER. A SEX., DAS 10H ÀS 17H30; SÁB. E DOM., DAS 14H ÀS 18H. R$8; 21 3299 0324

MUSEUHISTORICONACIONAL.COM.BR

Manifestações de um povo

Agentes urbanos

O Tempo e Eu (e Vc), mostra inédita sobre o universo de Luís da Câmara Cascudo – etnógrafo, escritor e grande estudioso da cultura popular brasileira –, fica em cartaz no Museu da Língua Portuguesa até 14 de fevereiro. A mostra transforma os escritos e pesquisas do autor em uma divertida experiência interativa. O visitante faz uma viagem sensorial por movimentos, cores, histórias e sons em cinco módulos: biografia, dança, oralidade, crença e cozinha brasileira.

Idealizada em parceria com o projeto Pimp My Carroça, Viva os Catadores, exposição da fotógrafa americana Martha Cooper, chega a São Paulo no dia 3 deste mês. Além de retratos das expedições da artista em busca de gente que trabalha recolhendo resíduos, a mostra conta com um painel interativo que exibirá imagens de catadores postadas no Instagram por quem utilizar a hashtag #vivaoscatadores. Até 16 de janeiro.

MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA, PÇA. DA LUZ, S/Nº, LUZ, SÃO PAULO.

RED BULL STATION, PÇA DA BANDEIRA, 137, CENTRO, SÃO PAULO.

TER. A DOM., DAS 10H ÀS 18H. R$6; GRÁTIS AOS SÁBADOS

TER. A SEX., DAS 11H ÀS 20H; SÁB., DAS 11H ÀS 19H. GRÁTIS

11 3322 0080

MUSEULINGUAPORTUGUESA.ORG.BR

032 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

11 3107 5065

REDBULLSTATION.COM.BR

FOTOS: JENNIFER GL ASS/DIV. (O TEMPO E EU [E VC]); ANA CL ARA MIRANDA /DIV. (SEMPRE SEU); RENZO GOSTOLI/DIV. (AMÉRICA L ATINA, TÃO VIOLENTAMENTE DOCE ); DIVULGAÇÃO

GRÁTIS AOS DOMINGOS


Dicotomias latinas O fotógrafo argentino Renzo Gostoli se inspirou no espírito do livro Nicarágua Tão Violentamente Doce, de Julio Cortázar, para compor América Latina, Tão Violentamente Doce, uma compilação de fotos feitas por ele durante anos de viagens e vivências no continente. Em cartaz até 31 de janeiro, as imagens misturam ternura, violência, humor e surrealismo, características comuns a países como México, Guatemala, Argentina e Brasil. INSTITUTO CERVANTES, R. VISCONDE DE OURO PRETO, 62, BOTAFOGO, RIO DE JANEIRO. SEG. A SEX., DAS 10H ÀS 19H; SÁB., DAS 10H ÀS 17H. GRÁTIS 21 3554 5913 RIODEJANEIRO.CERVANTES.ES

Comece 2016 com o pé direito na eStrada.

Imagens meramente ilustrativas. (1) Valor válido para o Grupo A. (2) O parcelamento em 10x é válido somente para a bandeira VISA. Para as demais, em até 6x.

Alugue um CARRo para fechar 2015 com chave de ouro.

movida.com.br Central de Reservas 24h: 0800 606 8686 Baixe o aplicativo:

Siga:


Um furacão brasileiro A TOP GISELE BÜNDCHEN LANÇA LIVRO-RETROSPECTIVA COM UMA COLEÇÃO DE MAIS DE 300 FOTOGRAFIAS QUE EXPLICAM POR QUE ELA É UM ETERNO FENÔMENO DO MUNDO DA MODA Por LUIZA VIEIRA

034 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Em abril, durante todo o São Paulo Fashion Week, só dava ela. Gisele Bündchen roubou a cena e atraiu os holofotes com o desfile que marcaria sua despedida das passarelas. E que só poderia ter seu país natal como cenário. Sete meses depois, a estrela voltou a causar na capital paulista ao marcar presença na Livraria da Vila, no bairro Jardins, para lançar o seu aguardado livro-retrospectiva. Gisele, editado pela famosa Taschen, ganhou primeiro uma edição nacional por ser uma exigência da supermodelo, que fez questão de agradar de cara os fãs de sua terra. A obra, que neste mês chega às livrarias de vários países – em edições padrão e de colecionador –, reúne imagens marcantes dos 20 anos da trajetória meteórica da modelo gaúcha, que ocupou por muito tempo o posto de top número um do mundo e soma mais de mil capas de revistas, cerca de 450 desfiles e centenas de campanhas para as maiores marcas de moda e beleza. Mesmo com tal currículo, ela não dispensou ajuda na hora de selecionar as mais de 300 fotos que se espalham pelo livro, e escolheu um também brasileiro para a função de curador e editor de arte: “Quando tive a ideia de fazer o livro, logo pensei no Giovanni Bianco. Nos conhecemos desde o início de minha carreira e ele é um profissional incrível. Sua equipe é fantástica e nos divertimos muito durante o processo”, afirma ela.

FOTOS: PAULO VAINER/DIV. (RETRATO VOGUE BRASIL); LUCIANA PREZIA /DIV. (GISELE E GIOVANNI); MERT & MARCUS/DIV. (RETRATOS DE CAMPANHAS)

4 CANT OS | L I T E R A T U R A


100 95 75

Três retratos de Gisele Bündchen publicados em seu livro-retrospectiva e, abaixo, à esquerda, a top e Giovanni Bianco, curador e editor de arte da publicação

25 5 0

vivacidade, beleza, postura e entrega ao trabalho já a diferenciavam das outras Gisele meninas. No entanto, nem ela, nem eu, Editora Taschen nem ninguém que estivesse ao seu redor Edição padrão (português). poderia supor, ainda que num devaneio, R$499,90 onde ela estaria agora. E imagino que Edição de colecionador (autografada pela modelo não tenha chegado à metade do que virá e em inglês). R$3.500 a ser”, comenta Wolfenson. O prefácio do livro ficou por conta do norte-americano Steven Meisel, Entre os eleitos, há retratos icônifotógrafo que a modelo considera o cos, como o nu clicado por Irving Penn responsável por projetá-la ao alto 100 escalão da moda internacional. Textos que ilustra a capa da obra, e até alguns assinados por amigos, familiares e inéditos. Todos são registros feitos por 95 profissionais que acompanharam sua outros profissionais que trabalharam trajetória, como o norte-americano com ela completam a publicação, que, 75 de certa forma, conecta mais uma vez a David LaChapelle, o alemão Juergen Teller, o peruano Mario Testino e os braübermodel com o Brasil: Gisele anunciou sileiros Gui Paganini, Zee Nunes, Henque doará a sua parte da verba arreca25 rique Gendre, Paulo Vainer, Verônica dada com as vendas para iniciativas Casetta e Bob Wolfenson. “Conheci a nacionais ligadas à defesa da natureza 5 Gisele recém-chegada a São Paulo. Sua e dos animais. 0


FOTO: CÁSSIO VASCONCELLOS/DIV.

4 CANT OS | L I T E R A T U R A

Mosaico contemporâneo A PARTIR DE VÁRIAS IMAGENS AÉREAS ENCAIXADAS, O FOTÓGRAFO CÁSSIO VASCONCELLOS CRIOU O TERMINAL IMAGINÁRIO DE AEROPORTO, LIVRO QUE CHEGA ÀS LOJAS NESTE MÊS E JOGA LUZ SOBRE AS CONEXÕES DA SOCIEDADE ATUAL Por LUIZA VIEIRA

Depois de um ano de cliques aéreos de aeroportos brasileiros e norte-americanos, milhares de fotografias reveladas e milimetricamente encaixadas, Cássio Vasconcellos alcançou seu objetivo: criou um terminal imaginário. O mosaico, primeiro composto de cinco painéis – que juntos mediam 2x5m –, ficou exposto na Pequena Galeria, em São Paulo, até outubro. Agora, dividido em recortes, constitui Aeroporto, quinto livro do fotógrafo paulistano, lançado em novembro na 19ª feira Paris-Photo e que chega às livrarias neste mês. Em 74 páginas, o leitor passeia pelo grande aeroporto construído por Cássio a partir do seu olhar – sempre do alto, a bordo de um helicóptero – sobre a complexidade de terminais reais. Manipulados digitalmente, porém com as proporções mantidas, os registros formam um cenário lúdico, muito curioso. “É um livro de uma imagem só, montada a partir de milhares de cliques. Há uma riqueza de informações e aviões do mundo inteiro. Cada página é diferente e nada se repete”, explica. 036 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Para que fosse possível visualizar a obra conectada, ele optou por uma encadernação especial, que permite destacar as páginas. Assim o leitor monta seu próprio painel – de 1,28X3,40m. “Como é um trabalho que utiliza várias imagens para ser construído, ele pode ser observado tanto de longe quanto de muito perto. A definição é surpreendente”, diz Cássio. Deste modo, diante de todos os detalhes da composição, percebe-se ainda que as linhas e formas destacadas nos cliques representam um aeroporto que cresceu desordenadamente e opera no limite. “É um retrato da globalização, de todas as ligações. Você se conecta fisicamente com alguém no outro extremo do planeta em algumas horas. E faz isso instantaneamente no mundo virtual”, afirma Cássio, que, com o livro, deixa o convite para a reflexão sobre o modo de vida contemporâneo.

Aeroporto Editora Madalena, R$320


Surpreender quem você ama.

#esseéoplano

A VIDA É MELHOR QUANDO VOCÊ ESTÁ BEM ACOMPANHADO. E ISSO INSPIRA A UNIMED A ESTAR SEMPRE AO SEU LADO.


4 CANT OS | L I T E R A T U R A

estante

BIBLIOTECA VEJA AQUI UMA SELEÇÃO DE NOVOS TÍTULOS NACIONAIS E ESTRANGEIROS Por BRUNA TIUSSU

Emoções controversas A obra-prima de Arnon Grunberg, escritor holandês sensação no mercado europeu – e colaborador em veículos como The New York Times e Die Zeit –, ganhou recentemente tradução para o português pela editora Rádio Londres. Tirza (R$53,50) descreve uma série de acontecimentos que transformam radicalmente a vida pacata e burguesa de Jörgen Hofmeester. Depois do abandono da esposa e da notícia de que as duas filhas – especialmente Tirza, a preferida – estão prestes a sair de casa, ele é dominado por uma forte insegurança. Seu aparente autocontrole, então, dá lugar a uma violência reprimida, agora extravasada das mais diversas formas.

Pablo Escobar – Meu Pai

Juan Pablo Escobar .......................... Depois de protagonizar um documentário em que pede desculpas pelos crimes cometidos pelo pai, o autor registra em livro sua perspectiva sobre Pablo Escobar: um homem profundamente cruel, porém apaixonado pela família. EDITORA PLANETA, R$49,90

Para customizar e se divertir

038 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Praias do Nordeste com Crianças

Patricia Papp .......................... O guia reúne o melhor da região para quem viaja na companhia dos pequenos. Entre as sugestões estão passeios que vão divertir os turistas mirins, hotéis com quartos sob medida para famílias e restaurantes com menu ou espaço kids. PULP EDIÇÕES, R$49

IMAGENS: REPRODUÇÃO

Da experiência de escrever não ficção e guias – é autor da biografia dos Titãs e do best-seller Almanaque Anos 80 – e lançar um jogo de tabuleiro (o Desafio Carioca saiu em 2014), o jornalista Luiz André Alzer viu crescer a vontade de criar uma mescla de tudo isso. Aliou-se ao cartunista Bruno Drummond e, juntos, investiram no irreverente Meu Livro do Rio (Objetiva, R$29,90), uma obra meio manual, meio diário. Nele, o leitor descobre novos cantos da Cidade Maravilhosa e revisita antigos, conhece as minúcias dos times B do futebol carioca e seus hinos, percorre curiosidades do samba e os números da Supucaí. E, de quebra, personaliza seu exemplar registrando seus pitacos sobre cada tema como bem entender.


Central de Atendimento BB SAC 4004 0001 ou 0800 729 0001 0800 729 0722

|

2XYLGRULD%% ou acesse | 0800 | 'H¿FLHQWH$XGLWLYRRXGH)DOD 729 5678 | EEFRPEU 0800 729 0088

@bancodobrasil /bancodobrasil


4 CANT OS | C I N E M A

À esquerda, cena de Califórnia, primeiro longa de ficção de Marina Person (abaixo)

Anos rebeldes MARINA PERSON ESTREIA NA FICÇÃO COM CALIFÓRNIA, LONGA QUE FOCA A JUVENTUDE BRASILEIRA DA DÉCADA DE 80, O ROCK’N’ROLLL E O SURGIMENTO DA AIDS

Ser adolescente na década de 80 não foi fácil. Depois da revolução sexual, o HIV surgiu de maneira arrebatadora, acabando com vidas precocemente e provocando mudanças de comportamento. “Quando chegou a nossa vez, a festa acabou. A aids apareceu de forma muito violenta”, lembra Marina Person, de 46 anos. Crescer naqueles anos foi tão marcante para a cineasta que acabou virando o tema de seu primeiro longa de ficção, Califórnia, que chega às salas do País no dia 3 deste mês. O filme narra a conturbada adolescência de Estela, interpretada por Clara Gallo. Em meio a problemas que envolvem amores, amizades e o início da vida sexual, ela planeja uma viagem à Califórnia para visitar seu tio Carlos (Caio Blat), com quem troca cartas para falar de música e relacionamentos. Mas tudo desaba quando ele volta magro, fraco e doente. “Estrear no cinema com o Caio foi maravilhoso. Nós saímos algumas vezes juntos e ele me deu vários toques”, conta a atriz, de 20 anos. Com um elenco predominantemente jovem, Marina e a equipe de produção tiveram de dar algumas dicas sobre a vida no passado. “Eles nasce040 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

ram junto com a tecnologia e nem imaginavam como funcionava um gravador, por exemplo”, diz a ex-VJ da MTV – seu primeiro longa foi o documentário Person (2007), sobre o cineasta Luís Sérgio Person, seu pai. Outro desafio na caracterização da época foi fazer as cenas externas. “Perdemos algumas imagens porque de repente aparecia um wwwponto-alguma-coisa que nem tínhamos percebido durante as filmagens.” Tratando das questões da adolescência com delicadeza, a produção junta-se a uma boa safra de títulos nacionais que abordam a transição da infância para a vida adulta, como As Melhores Coisas do Mundo (2010), de Laís Bodanzky, e Mate-me, Por Favor (2015), de Anita Rocha da Silveira. Bem recebido pela crítica, Califórnia conquistou o Prêmio da Juventude na Mostra de Cinema de São Paulo e agora testa a receptividade do público. “Hoje a dificuldade maior é conseguir que o filme chegue às pessoas, mas estamos fazendo a nossa parte. Espero que fique bastante tempo em cartaz”, torce a diretora.

Califórnia Estreia no dia 3 de dezembro

FOTOS: ALINE ARRUDA /DIV. (CALIFÓRNIA); DIVULGAÇÃO

Por MARINA AZAREDO


4 CANT OS | C I N E M A

TELA GRANDE FIQUE POR DENTRO DAS PRINCIPAIS ESTREIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DO MÊS Por MARINA AZAREDO

dia

3

Uma nova aproximação Dez anos depois da parceria de Brad Pitt e Angelina Jolie em Sr. e Sra. Smith, o casal volta aos cinemas no drama À Beira-mar, escrito e dirigido por ela. Inspirado no teatro e no cinema europeus das décadas de 60 e 70, o longa tem como personagens principais um escritor e sua esposa. Com o casamento em crise, eles decidem viajar para um pitoresco resort na França e, a partir do convívio com novos amigos e moradores locais, tentam chegar a um acordo.

dia

10

dia

3

Delito sem solução

Paixão redescoberta Tudo que Aprendemos Juntos, de Sérgio Machado, conta a história de Laerte (Lázaro Ramos), um talentoso violinista que, após frustradas tentativas de integrar uma orquestra, vê-se obrigado a dar aulas de música em uma comunidade carente. O filme é inspirado na peça Acorda Brasil, escrita por Antônio Ermírio de Moraes a partir da experiência do Instituto Baccarelli, projeto que oferece formação artística para jovens do bairro Heliópolis, em São Paulo. 042 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Uma dupla de investigadores do FBI, formada por Ray (Chiwetel Ejiofor) e Jess (Julia Roberts), trabalha ao lado da procuradora Claire (Nicole Kidman) para descobrir a pessoa por trás do cruel assassinato da filha adolescente de Jess. Treze anos depois, Ray ainda se sente perseguido pelo fantasma do crime sem resposta. Indo e vindo entre o passado e o presente, Olhos da Justiça é baseado no sucesso argentino O Segredo dos Seus Olhos.


dia

17

Em uma galáxia distante Uma das estreias mais esperadas do ano, Star Wars – O Despertar da Força é o sétimo episódio da saga de ficção científica criada por George Lucas. A trama se passa cerca de 30 anos depois do fim de O Retorno de Jedi e tem direção de J.J. Abrams. O elenco conta com diversos atores que participaram de filmes anteriores, como Harrison Ford, Carrie Fisher e Mark Hamill. Lupita Nyong’o é uma das estreantes.

dia

FOTOS: BEATRIZ LEFEVRE/DIV. (TUDO QUE APRENDEMOS JUNTOS); K AREN BALL ARD/DIV. (OLHOS DA JUSTIÇA); JONATHAN OLLEY/DIV. (MACBETH); DIVULGAÇÃO

31

Tragédia revisitada Estrelado por Michael Fassbender e Marion Cotillard, Macbeth: Ambição e Guerra é a mais recente adaptação cinematográfica do clássico de Shakespeare. O protagonista é um general do exército escocês que trai seu rei após ouvir uma previsão de três bruxas de que ele será o novo monarca. Altamente influenciado pela esposa manipuladora, o militar acaba criando um complô para tomar o trono a qualquer preço. A direção é de Justin Kurzel.

pipocas Após o sucesso de Godzilla (2014), a Warner anunciou mais três filmes de monstros gigantes: Kong: Skull Island, previsto para março de 2017; Godzilla 2, que sai em junho de 2018; e Godzilla x King Kong, prometido para 2020

Dirigido por James Bobin, de Os Muppets, e baseado no livro de Lewis Carroll, Alice Através do Espelho terá sua estreia em maio de 2016. Johnny Depp, Anne Hathaway, Mia Wasikowska e Sacha Baron Cohen estão no elenco


4 CANT OS

|

T E AT R O

Um palco de ponta-cabeça MENINO MALUQUINHO: A ÓPERA CHEGA AO THEATRO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO EM COMEMORAÇÃO AOS 35 ANOS DO PERSONAGEM MAIS TRAVESSO DA LITERATURA BRASILEIRA

O garoto de olho maior que a barriga e ventos nos pés já foi de tudo. Passou das páginas do livro que leva o seu nome para quadrinhos, cinema, teatro e televisão. Batizado de Menino Maluquinho – não à toa –, tornou-se um dos principais personagens da literatura infanto-juvenil brasileira e neste ano completa inacreditáveis 35 anos. Para comemorar a data, ele voltará aos palcos, desta vez em montagem lírica. No dia 5 de dezembro, Menino Maluquinho: A Ópera será apresentada pela primeira vez em uma casa própria para esse tipo de espetáculo, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Apesar da curta temporada – ao todo serão seis apresentações –, Ziraldo, o autor do personagem, esbanja alegria às vésperas da montagem. “Para mim, é como uma estreia mundial, de nível internacional. É o ápice de um escritor.” Pai coruja, ele fala com carinho do garoto que encanta gerações. “O Menino Maluquinho é uma entidade. Faz tanto sucesso porque é um retrato fiel das crianças, que se identificam com aquele danado.” Fã do personagem, o maestro Ernani Aguiar criou, em 1989, uma cantata – espécie de composição musical sem interpretação – inspirada no livro lançado em 1980. “Na infância, eu era terrível como ele. Só não tinha dez namoradas, mas era o Menino Maluquinho em pessoa”, diverte-se. O trabalho evoluiu para uma ópera na década de 90, mas a montagem foi apresentada apenas uma vez, em 2012, em Juiz de Fora (MG). Agora, ele celebra a magnitude que alcançou sua obra. 044 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

FOTO: DIVULGAÇÃO

Por LUIZA VIEIRA

Não é para menos. Com direção musical e regência de Roberto Duarte, direção de cena de Sura Berditchevsky e cenografia de Daniela Thomas (filha de Ziraldo), a produção leva para o palco mais de 100 componentes. São dez solistas adultos e três crianças, acompanhados do coral infantil da UFRJ (foto), um coral adulto e uma orquestra. Na trama, as molecagens de Maluquinho envolvem a família, os amigos e conflitos comuns à infância. Ao lado do astro principal, estarão também as demais figuras da turma, como Bocão, Julieta, a mãe, o pai e os avós. E, é claro, sua inseparável panela na cabeça.

Menino Maluquinho: A Ópera Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Pça. Floriano, s/nº, Centro, Rio de Janeiro. Sáb. (5), qui. (10) e sex. (11), às 20h; dom. (6), sáb. (12) e dom. (13), às 17h. Entre R$30 e R$84 21 2332 9191 THEATROMUNICIPAL.RJ.GOV.BR


DeBRITO

A Enfermagem defende o SUS. faça parte deste movimento

#saúdepúblicaparatodos Você sabia que o Sistema Único de Saúde (SUS) é considerado um dos maiores sistemas de saúde do mundo? Isso mesmo: o SUS foi criado para garantir acesso integral, universal e igualitário a toda a população brasileira. Comemoramos 25 anos da promulgação da Lei Orgânica da Saúde. O cenário atual requer fortalecimento do SUS, e a Enfermagem reafirma seu compromisso com os movimentos sociais e a sociedade civil em defesa dos direitos sociais conquistados. O SUS, que emprega atualmente mais de 50% de todos os profissionais de enfermagem do país, precisa de investimentos urgentes e melhor gestão dos recursos atuais para concretizar os seus princípios e proporcionar o atendimento à população em todas as suas necessidades. Também é necessário adotar como prioridade uma nova política de recursos humanos que valorize o trabalho do profissional de Saúde por meio de concurso público e o fim da terceirização, com a valorização real de todos os trabalhadores. o sistema Cofen / Conselhos regionais de enfermagem vem a público declarar sua posição contrária a qualquer retrocesso na área de saúde e conclama toda a sociedade, em especial a enfermagem, a defender o sUs, que é nosso.

www.cofen.gov.br/saudeparatodos


4 CANT OS

|

T E AT R O

NOS PALCOS ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃO DOS FESTIVAIS E AS ESTREIAS TEATRAIS Por SOFIA FRANCO

Imersão no subconsciente

Crítica social Uma das grandes peças do século 20, A Santa Joana dos Matadouros, de Bertolt Brecht, ganha nova montagem – idealizada e dirigida por Marina Vianna em parceria com Diogo Liberano –, com temporada até 21 de dezembro. O texto mostra-se atual ao debater questões como crise econômica, miséria e exploração do trabalhador. Luisa Arraes interpreta uma jovem ingênua e cheia de fé que se junta à luta operária.

As sessões da poetisa Hilda Doolittle com Sigmund Freud em seu consultório na Viena dos anos 1930 estão no centro da peça Hilda e Freud, em cartaz no Rio de Janeiro até 20 de dezembro. O público mergulha no mundo onírico da escritora (interpretada por Bel Kutner) e acompanha as intervenções geniais do psicanalista. Antonio Quinet escreveu, dirige e atua como protagonista do espetáculo, que já realizou temporadas em Londres e Buenos Aires. CIDADE DAS ARTES, AV. DAS AMÉRICAS, 5300, BARRA DA TIJUCA, RIO DE JANEIRO. SÁB., ÀS 20H; DOM., ÀS 19H. R$60 21 3325 0102

CIDADEDASARTES.ORG

TEATRO GLAUCIO GILL, PÇA. CARDEAL ARCOVERDE, S/Nº, COPACABANA, RIO DE JANEIRO. QUI. A SEG., ÀS 20H. R$40

21 2332 7904

Jornada íntima Álamo Facó usou as próprias experiências pessoais como inspiração para escrever e atuar em Mamãe, com direção de César Augusto. O monólogo rememora os últimos meses de vida de sua mãe, Marpe, diagnosticada com um tumor cerebral. Mas não se atém apenas a fatos: após perder as faculdades mentais, ela começa a expandir sua consciência a limites inesperados. O espetáculo faz curta temporada no Rio de Janeiro, de 3 a 20 de dezembro.

Ética da notícia As histórias do paraense Lúcio Flávio Pinto são narradas em TempoNorteExtremo, peça-documentário da Cia. Pessoal do Faroeste. Em cartaz até 18 de dezembro, tem texto inspirado em dois livros do jornalista, que mantém há 30 anos o Jornal Pessoal, um tabloide que não aceita anúncios. O Jornalismo na Linha de Tiro guia o primeiro ato, focado na profissão, e A Eternidade no Riso e na Música da Menina do Lago Grande conduz o segundo, sobre a relação com a mãe, que sofria de mal de Alzheimer.

ESPAÇO SESC, R. DOMINGOS FERREIRA, 160, COPACABANA,

SEDE LUZ DO FAROESTE, R. DO TRIUNFO, 301, SANTA IFIGÊNIA, SÃO PAULO. QUA. A SEX.,

RIO DE JANEIRO. QUI. A SÁB., ÀS 19H; DOM., ÀS 18H. R$20

ÀS 21H; SÁB., ÀS 21H30; DOM., ÀS 18H. PAGUE O QUANTO PUDER

21 2547 0156

SESCRIO.ORG.BR

046 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

11 3362 8883

PESSOALDOFAROESTE.COM.BR

FOTOS: THAÍS GRECHI/DIV. (A SANTA JOANA DOS MATADOUROS); ANA ALEX ANDRINO/DIV. (MAMÃE ); RODRIGO REIS/DIV. (TEMPONORTEEXTREMO); FL ÁVIO COLKER/DIV. (HILDA E FREUD)

CULTURA.RJ.GOV.BR/ESPACO/TEATRO-GLAUCIO-GILL


4 CANT OS | M Ú S I C A

Festival onírico COM PERFORMANCES ARTÍSTICAS E NOMES COMO SKRILLEX, STEVE AOKI E ALOK NO LINE-UP, O ELECTRIC DAISY CARNIVAL GANHA A SUA PRIMEIRA EDIÇÃO EM SÃO PAULO NESTE MÊS

Por MARINA AZAREDO

FOTO: DIVULGAÇÃO

Registro da edição deste ano do EDC Las Vegas, realizada em junho

Uma espécie de realidade paralela deve tomar conta do Autódromo de Interlagos, em São Paulo, nos dias 4 e 5 deste mês. Recheado de pirotecnia, performances artísticas e brinquedos de parques de diversão, o festival de música eletrônica Electric Daisy Carnival (EDC) promete fazer o público se esquecer do ritmo apressado e das cores acinzentadas da maior metrópole do País. Em sua primeira edição no Brasil, o evento contará com nomes como Skrillex, Steve Aoki, GTA e Alok no line-up. “Tocar ao lado de grandes artistas é um desafio. Tento sempre me superar fazendo ainda melhor, tanto quanto eles”, diz o brasiliense de apenas 23 anos, que recentemente foi escolhido o DJ número um do Brasil pela revista House Mag, especializada em música eletrônica. Ele comemora a chegada do EDC e de outros festivais internacionais, como o Tomorrowland, que terá sua segunda edição em Itu (SP) em abril de 2016. “A cena nacional vive seu momento de 048 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

maior ascensão. Paradigmas e preconceitos estão sendo quebrados”, pontua Alok. Destaque entre as atrações gringas, o duo de Miami GTA festeja a segunda vinda ao Brasil – a primeira foi justamente para tocar no Tomorrowland deste ano. “Na última vez, o público dançou e pulou muito com a gente. Esperamos enlouquecer a galera de novo”, diz Julio Mejia, um dos integrantes da dupla. Ele também celebra o fato de tocarem com vários amigos. “Ir a festivais é ótimo porque nos dá um motivo para nos divertirmos juntos.” O EDC terá quatro palcos: o KineticCathedral receberá os principais artistas; o NeonGarden terá foco em house e techno; drum&bass, trap e sons graves ganharão espaço no BassPod; e o Boombox Artcar será uma espécie de obra de arte móvel que vai percorrer o festival recebendo DJs de todos os estilos. Brinquedos de tirar o fôlego, performances e instalações artísticas completam a experiência que só se encerrará quando o sol nascer.

Electric Daisy Carnival Autódromo de Interlagos, Av. Sen. Teotônio Vilela, 261, São Paulo. Sex. (4) e sáb. (5), das 17h às 6h. Entre R$340 e R$780 4003 5588 ELECTRICDAISYCARNIVAL.COM


4 CANT OS | M Ú S I C A

OUÇA ESSA OS PRINCIPAIS LANÇAMENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DO MÊS Por SOFIA FRANCO

O poder da pluralidade

Retorno festejado Após longa espera e muita expectativa, 25, terceiro trabalho de Adele, enfim chega às prateleiras mundo afora. A cantora não lançava músicas desde Skyfall, que conquistou o Oscar em 2012, e o single Hello, primeira faixa divulgada do novo trabalho, quebrou o jejum de três anos em grande estilo. O clipe cinematográfico, com direção do premiado canadense Xavier Dolan, bateu recorde somando mais de 100 milhões de visualizações em cinco dias.

Terceiro álbum de Anitta, Bang mostra toda a versatilidade sonora da cantora. As referências rítmicas das 14 faixas inéditas – o destaque vai para a música-título e para Deixa Ele Sofrer – passam por rap, reggae, baladinha e hip hop, sem abandonar o funk, presente desde o início de sua trajetória. O diretor de arte Giovanni Bianco, famoso por assinar as capas dos CDs de Madonna, apostou na animação e na arte multicolorida para o material gráfico e o clipe de Bang.

playlist Thaíde

O papa é pop – e descolado Figura máxima da Igreja Católica, o Papa Francisco surpreende mais uma vez com o lançamento de Wake Up!, álbum com 11 músicas que vão do rock ao canto gregoriano, num diálogo entre tradição e modernidade. O pontífice declama, em italiano, espanhol, inglês e português, cânticos sobre paz, dignidade e problemas ambientais. Wake Up! Go! Go! Forward!, por exemplo, traz parte de um discurso feito na Coreia do Sul, em 2014, com acompanhamento de guitarra. 050 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Trabalho colaborativo

In the Mood Tyrone Davis Lábios de Mel Tim Maia

Justin Bieber espalhou grafites ao redor do mundo com os nomes das 18 canções de Purpose, disco que tem a capa assinada por Retna, renomado talento da street art de Los Angeles. Neste trabalho, o jovem músico contou com parcerias de peso, como Big Sean, Travis Scott, Halsey e Skrillex & Diplo, além de Ariana Grande, que participa na versão remixada de What do You Mean?.

Ana Cassiano Ébano Luiz Melodia King Kunta Kendrick Lamar

FOTOS: L’OSSERVATORE ROMANO/DIV. (PAPA FRANCISCO); PETER YANG/DIV. (JUSTIN BIEBER); ANGELO PASTORELLO/DIV. ( THAÍDE); DIVULGAÇÃO

MÚSICO


A vida oferece muitas oportunidades. Sua rede de hotéis também.

Promenade. Para turismo ou negócios, sempre as melhores opções. Rio de Janeiro: Barra da Tijuca Belo Horizonte : Cidade Jardim Itaboraí/RJ

Lagoa Santa/MG

• • •

Copacabana

Funcionários

• •

Ipanema Lourdes

Sete Lagoas/MG

• •

Leblon

São Pedro

Savassi

promenade.com.br


|

TV

FOTOS: ALI GOLDSTEIN/NETFLIX /DIV.

4 CANT OS

Ao lado, Bill Murray interpretando uma canção natalina na produção; e, abaixo, em cena com parte do elenco do especial

Fim de ano estrelado BILL MURRAY E UM ELENCO DE PRIMEIRA CELEBRAM O ESPÍRITO NATALINO EM A VERY MURRAY CHRISTMAS, ESPECIAL DA NETFLIX Por SOFIA FRANCO

Bill Murray veste um smoking para comandar o especial natalino da Netflix, que não economizou em nomes de peso para rechear a produção. Misto de filme e musical, A Very Murray Christmas – disponível no canal de streaming a partir do dia 4 deste mês – presta homenagem aos clássicos programas de fim de ano da televisão norte-americana e tem no elenco artistas como George Clooney, Paul Shaffer, Amy Poehler, Julie White, Michael Cera, Chris Rock, entre outros. Escrito pelo próprio Murray, em parceria com Mitch Glazer e Sofia Coppola (que também assina a direção), o especial começa com o ator e comediante preocupado com a possibilidade de ninguém aparecer em seu programa natalino, por conta de uma tempestade de neve que assola Nova York. Mas, para seu alívio, alguns convidados começam a chegar ao icônico Hotel Carlyle, ajudando o anfitrião a transformar a situação em uma verdadeira celebração. Além de liderar a grande festa, Murray ainda mostra seu lado crooner ao interpretar tradicionais canções de fim de ano, como Christmas Blues, sucesso na voz de Dean Martin em seu especial da década de 60. Outros destaques são o dueto romântico do ator com Jenny Lewis, em Baby, It’s Cold Outside, e a interpretação emocionante de Maya Rudolph de Baby Please Come Home. A ala jovem não fica de fora e Miley Cyrus marca presença com Silent Night, performance que foi organizada de última hora a pedido de Coppola. A ideia do projeto, aliás, surgiu a partir de conversas entre a diretora e Murray – eles trabalharam juntos no longa premiado Encontros e Desencontros (2003) –, sobre uma oportunidade de juntar artistas que admiram. Com liberdade criativa e cercado de amigos pra lá de competentes, o resultado é um programa que casa perfeitamente com o espírito natalino: leve, familiar e muito divertido.

A Very Murray Christmas estreia no dia 4 de dezembro, na Netflix

052 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


Chef 5 Estrelas de Curitiba

Chef do Ano

Restaurateur do ano

Gazeta do Povo 2012 (Hors-Concours)

Gazeta do Povo 2012 Gula 2011 Veja 2011

Guia Brasil 4 Rodas 2009

“Difícil é ser simples”. A frase do genial Chef francês Paul Bocuse sempre me ensinou muito, e essa é a principal razão por que os nossos pratos surpreendem. O sabor vem principalmente dos ingredientes frescos, naturais e de alta qualidade que cuidadosamente selecionamos. Não usamos nenhum tipo de conservante ou aromatizante, fazemos nós mesmos quase tudo que servimos, pois só assim temos certeza que controlamos tudo e que temos a melhor qualidade em todas as etapas para lhe servir um prato surpreendente. Cuidamos também do nosso ambiente, da decoração e especialmente do nosso pessoal. No Madero, vamos surpreender você também na maneira de servir. Com muito orgulho, mas com humildade, podemos anunciar que ganhamos inúmeros prêmios nos últimos anos e, ainda mais importante para nós, que 99,8% dos nossos clientes se declaram satisfeitos. Mas prometemos que não vamos descansar enquanto não satisfizermos os 100%!

Melhor Adega

Gazeta do Povo 2015 (Hors-Concours)

Melhor Carne

Veja 2012 Gazeta do Povo 2011 Guia Brasil 4 Rodas 2011

ENCONTRE UM DOS NOSSOS 63 RESTAURANTES:

restaurantemadero.com.br


Melhor

Melhor

Melhor

Melhor

Melhor

Carta de Vinhos

Cheeseburger

Hamburger

Restaurante do Sul do Brasil

Sobremesa

Prazeres da Mesa 2014 Guia Brasil 4 Rodas 2013 Veja 2013

Gazeta do Povo 2014 Veja 2014 Gula 2009

Veja 2014

Guia Brasil 4 Rodas 2010

Veja 2013 Gazeta do Povo 2012 (Hors-Concours)

CONHEÇA NOSSOS NOVOS RESTAURANTES:

MIAMI BEACH, OCEAN DRIVE, 1412 RIO DE JANEIRO - NYCC/BARRA SHOPPING • CUIABÁ-MT • GUARAPUAVA-PR • JOINVILLE GARTEN SHOPPING-SC • TAUBATÉ-SP PRÓXIMAS INAUGURAÇÕES (SOON): SYDNEY, GEORGE ST, 100 BRASÍLIA-SHOPPING ID • CAMPINAS • CASCAVEL • CRICIÚMA • PORTO ALEGRE • RESENDE • SÃO CARLOS SÃO JOSÉ-SHOPPING ITAGUAÇU • VILA VELHA • VITÓRIA


64 O Quarto Charme histórico na Pousada do Mondego, em Ouro Preto

66 5 Perguntas O chef Jefferson Rueda fala sobre A Casa do Porco Bar

highlights

68 Take 5 Os cinco melhores destinos para um mergulho

FOTOS: JONNE RORIZ (ABROLHOS); DIVULGAÇÃO (A CASA DO PORCO BAR)

66

68


H I GHLIGHT S | G A S T R O N O M I A

BOM APETITE CONFIRA AS MELHORES NOVIDADES DE BARES, RESTAURANTES E CAFÉS Por LUIZA VIEIRA

Produção local

Um dos japoneses mais disputados de Florianópolis está de volta: o Nipô Sushi acaba de reabrir as suas portas em novo endereço, agora com um salão que comporta 70 pessoas. O ambiente aposta em uma decoração moderninha, com paredes com tijolos e fiação aparentes. O menu também traz novidades, como o tartar de salmão com azeite trufado, ovas de massago, flor de sal, pimenta togarashi e gema de ovo caipira no topo (foto). Outra boa opção é o sashimi ussuzukuri trufado, de peixe branco ou salmão. NIPÔ SUSHI, ROD. SC 401, 4150, JOÃO PAULO, FLORIANÓPOLIS

48 3238 7385 NIPOSUSHI.COM.BR

PIÙ, R. FERREIRA DE ARAÚJO, 314, PINHEIROS, SÃO PAULO 11 3360 7718

PIURESTAURANTE.COM.BR

Toques de inovação A alcunha de “tradicional casa de Vitória” não impediu o Aleixo de se reinventar. Nesta primeira reformulação do menu do restaurante, aberto há três anos, o chef Jonathan Nery aliou o conceito contemporâneo de sua cozinha com a valorização da experiência sensorial em pratos que mesclam ingredientes e texturas e ousam na apresentação. Assim, receitas como o tornedor à bordelaise com foie gras servido com ravióli de emmental trufado (foto) foram adicionadas ao cardápio ao lado de clássicos como o risoto de cordeiro ao vinho tinto servido com mix de cogumelos. Às terças, o jantar é ao som de música ao vivo. ALEIXO, R. ALEIXO NETTO, 1204, PRAIA DO CANTO, VITÓRIA

062 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

27 3322 7400

FOTOS: PABLO LIBALDE/DIV. (ALEIXO); MARCO DUTRA /DIV. (NIPÔ SUSHI); FL AVIO TEPERMAN/DIV. (PIÙ)

Oriental descolado

A agradável varanda com luzinhas é o canto mais convidativo para provar as receitas do Più, italiano aberto recentemente no Baixo Pinheiros, em São Paulo. O forte da casa são as massas artesanais preparadas com ingredientes colhidos na horta do restaurante e os embutidos também feitos por lá. Vale abrir os trabalhos com a burrata – farta e cremosa, é defumada na mesa – e seguir com algumas das tentadoras opções de pratos principais, que vão desde o fagotini de agrião recheado com batata-baroa até o stinco de leitão caramelizado servido com nhoque de batata-doce.


H I GHLIGHT S | O Q U A R T O

Nesta página, a suíte Coimbra e um de seus lustres decorativos. Na página ao lado, a escrivaninha barroca que adorna o quarto

Parada histórica INSTALADA EM UM CASARÃO COLONIAL, EM OURO PRETO, A POUSADA DO MONDEGO CHAMA A ATENÇÃO POR SUA COLEÇÃO DE OBRAS DE ARTE, PELOS MÓVEIS TÍPICOS DO SÉCULO 18 E PELA ATMOSFERA DE ANTIGAMENTE

Os séculos mal parecem ter passado na Pousada do Mondego, em Ouro Preto. A arquitetura de seu casarão de 1747 – que foi sede da mais antiga escola de farmácia do Brasil – permanece conservada, assim como a fachada com charmosas arandelas e janelões coloniais. Em seu interior, detalhes como o assoalho de madeira, os quadros pendurados nas paredes e o mobiliário que decora os cômodos contribuem para sua atmosfera de antigamente, a mesma que confere à cidade mineira sua aclamada aura nostálgica. O apego ao passado se mostra com mais empenho na suíte Coimbra, a de maior destaque entre as 19 opções da casa. A cama com dossel, os anjos decorativos e a escrivaninha barroca foram especialmente escolhidos para ajudar 064 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

o hóspede nessa viagem no tempo. Todos os móveis do quarto, aliás, são réplicas fiéis de peças dos séculos 18 e 19. Um cuidado vistoriado de perto por Ricardo Pereira, à frente da pousada, que integra a associação de hotéis Roteiros de Charme e teve suas portas abertas há 27 anos. O visitante pode até arriscar um respiro de modernidade ao espiar pela janela da suíte a vida lá fora. Porém, é preciso dizer que os vizinhos da Mondego também exalam história. A casa ao lado foi lar do poeta, magistrado e inconfidente Tomás Antônio Gonzaga – e hoje abriga a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio e o Arquivo Público Municipal de Ouro Preto. À sua frente fica a feira permanente de artesanato de pedra-sabão, onde artistas replicam

Por LUIZA VIEIRA Fotos ROBERTO SEBA


as técnicas ensinadas pelos mestres de outrora. E à direita está a Igreja de São Francisco de Paula, erguida entre 1804 e 1898 e projetada pelo mais ilustre ouropretano: Aleijadinho. A hospedaria também se orgulha de ter, em sua entrada, uma criação do artista barroco. Chamada de mascarão, a escultura de pedra-sabão semelhante a um demônio já foi a boca de um chafariz da cidade. Estima-se que Aleijadinho a tenha esculpido entre 1791 e 1812. Mas este é só um dos objetos célebres da coleção da pousada, que se destaca por seu acervo artístico. Nele, por outro lado, cabem tanto peças antigas quanto contemporâneas – trabalhos de Alberto da Veiga Guignard, por exemplo, dividem espaço com outros assinados pelos mineiros José Efigênio e Inimá de Paula.

Pousada do Mondego Lgo. do Coimbra, 38, Centro Histórico, Ouro Preto, Minas Gerais. Entre R$442 e R$654 31 3552 7700 MONDEGO.COM.BR

RECEPÇÃO MINEIRA Para levar para casa Muitos dos móveis e peças em exposição na Mondego estão à venda. Valores sob consulta

Iguarias locais Como de praxe na região, o café da manhã da pousada é farto de delícias mineiras. Vale se esbaldar com os pães de queijo fresquinhos, as broas, os bolos e as frutas

Turismo expandido A hospedagem oferece serviços de traslados e excursões para as cidades vizinhas, como Mariana, Congonhas, São João del Rei e Tiradentes. É preciso agendar na recepção


HI GHL IGHT S | 5 P E R G U N T A S

Saem a pompa e a elegância, entram o aconchego e a diversidade. Após quatro anos à frente do refinado Attimo, na nobre Vila Nova Conceição, em São Paulo, Jefferson Rueda escolheu uma esquina do miscigenado centro paulistano para instalar o seu negócio. Aberta em outubro, quando recebeu mil pessoas em três dias, A Casa do Porco Bar é a materialização das paixões do cozinheiro, que se dedica a viajar o Brasil para conhecer criadores, estudar e fazer experimen066 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Por BRUNA TIUSSU

tações com a carne suína. Na cozinha aberta, por ele projetada – as duas churrasqueiras feitas sob medida para assar um porco inteiro fazem seus olhos brilharem –, são preparadas delícias das mais suculentas e improváveis, como lámen, ceviche e até tartar, todos de porco. “Eu sou meio radical. As pessoas têm preconceito com a carne suína mal passada, então resolvi servi-la crua de uma vez”, diz o chef, que conta aqui um pouco mais sobre o novo projeto.

FOTOS: MAURO HOL ANDA /DIV.

Para todas as tribos

A FIM DE SATISFAZER OS PALADARES MAIS DIVERSOS, O CHEF JEFFERSON RUEDA INAUGUROU A CASA DO PORCO BAR, RESTAURANTE PAULISTANO QUE ENALTECE O POTENCIAL GASTRONÔMICO DA CARNE SUÍNA EM OPÇÕES QUE VÃO DE PETISCOS A RECEITAS ORIENTAIS


Na página anterior, Jefferson Rueda; no alto, sanguiça; e, abaixo, lámen de porco. Nesta página, à esquerda, porco à San Zé, o hit da casa; e, ao lado, sushi de papada de porco com tucupi

A Casa do Porco Bar

1 2345 R. Araújo, 124, Centro, São Paulo 11 3258 2578

Por que o interesse na carne suína? O porco está presente em minha vida desde criança. Eu cresci no interior de São Paulo, em São José do Rio Pardo, com a família morando em sítios e os bichos sendo criados no quintal, para depois acabarem na mesa. Aos 15 anos fui trabalhar em um açougue, onde aprendi a lidar com a carne. E mesmo depois de formado, já como profissional – este ano completo 20 anos de trajetória –, o porco continuou frequente e se tornou uma marca da minha cozinha.

Quando surgiu a ideia de ter uma casa dedicada especialmente ao porco? Foi há cinco anos, quando resolvi mudar a maneira de preparar o porco à paraguaia, receita tradicional da minha cidade. Eu marinei a carne, temperei com ingredientes caipiras e assei o bicho inteiro por horas, dando origem ao porco à San Zé – uma homenagem à minha terra natal. Daí comecei a pensar em ter uma casa para servi-lo e para combinar todas as minhas paixões: o açougue, os embutidos, a alta gastronomia e a que surgiu mais tarde, o empreendedorismo.

Qual a proposta da casa? Primeiro, ela é democrática. Escolhi o centro de São Paulo para resgatá-lo – não apenas falar, mas fazer algo pelo bairro – e porque é aqui que estão as variadas tribos da cidade. Ela também é multifuncional, para atender esses públicos distintos. Se você quer passar e pegar um sanduíche, tem a Cozinha Rápida [as vendas são feitas em uma janelinha]; se deseja comprar um embutido e levar para casa, tem a lojinha; se está com amigos, batendo um papo, tem os petiscos; e se busca alta cozinha, vou lhe oferecer pratos de qualidade e um serviço impecável.

O menu conta com muitas opções influenciadas pela culinária oriental. Por quê? Aqui estão as minhas paixões e esta é outra delas. Minha formação é de gastronomias francesa e italiana. Trabalhei muito tempo em cima disso. Imagine: eu saía do trabalho, depois de passar o dia fazendo risoto e macarrão, e só desejava uma comida fria, as misturas sensacionais e as especiarias da cozinha oriental. Então, porque gosto muito, também fui influenciado por ela.

Quais pratos você indica para quem visita o restaurante pela primeira vez? Acho bacana começar pelos nossos ícones: sushi de papada de porco com tucupi, panceta de porco com goiabada, sanguiça [linguiça de sangue servida num pão também feito de sangue], tartar de porco com tutano e cogumelo e o porco à San Zé, acompanhado de tutu de feijão, couve, farofa e banana. Assim a pessoa dá uma volta no mundo e ao final eu a trago de volta para a realidade, para a tradição, para a roça.

067


HI GHLIGHT S | T A K E 5

Abrolhos (BA, foto) Distante 75km da costa, o arquipélago é formado por cinco ilhas cercadas de bancos de corais e naufrágios habitados por peixes, polvos, arraias, tartarugas marinhas, moreias e corais-cérebros, espécie só encontrada ali. Operadoras como a Apecatu realizam saídas diurnas e noturnas, além de batismos e cursos completos de mergulho. APECATUEXPEDICOES.COM.BR

Fernando de Noronha (PE) Para desfrutar de seus melhores pontos de mergulho – onde a visibilidade chega a 50m na horizontal – e ver peixes, arraias e até tubarões bem de pertinho, agende sua visita entre setembro e novembro. A empresa Águas Claras faz o batismo em locais como a enseada da Ilha Rata, com belas formações rochosas, e leva os mais experientes às Pedras Secas e ao naufrágio da Corveta. AGUASCLARAS-FN.COM.BR

Arraial do Cabo (RJ) A cidade é famosa por suas praias de águas transparentes e geladas (em torno dos 20 graus), efeito da ressurgência, que traz as frias correntes das Malvinas. Elas também são ricas em nutrientes, atraindo diversos animais marinhos. No batismo é possível ver tartarugas, variados cardumes e golfinhos. Já os praticantes certificados rumam à preservada Enseada do Oratório – a Deep Trip promove saídas para lá. DEEPTRIP.COM.BR

Ilha do Arvoredo (SC) Agências como a Acquatrek, localizada em Bombinhas, a 70km de Florianópolis, atendem mergulhadores de todos os níveis que desejam explorar a vida marinha do Sul da ilha, única porção aberta aos visitantes. Sua costa, de águas translúcidas e repleta de grutas submarinas, é lar de moreias, garoupas, meros, sardinhas e lulas.

Debaixo d’água

ACQUATREK.COM.BR

Por BRUNA TIUSSU

Key Largo (EUA) A primeira ilha do arquipélago Florida Keys, a uma hora de Miami, é alvo de mergulhadores do mundo todo. O seu John Pennekamp Park abriga imensas barreiras de corais, como o Molasses Reef, com 3km de extensão e inúmeros naufrágios. O mais famoso deles é o Duane, antigo barco de patrulhamento da marinha, que foi afundado em 1987 para servir de recife artificial. PENNEKAMPPARK.COM

068 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

FOTO: JONNE RORIZ

NUNCA É TARDE PARA VESTIR O NEOPRENE, EQUIPAR-SE COM CILINDRO DE AR E CONFERIR DE PERTINHO OS ENCANTOS DA VIDA MARINHA. CONHEÇA CINCO LOCAIS QUE, RICOS EM CARDUMES, CORAIS, ARRAIAS E ATÉ TUBARÕES, SÃO O SONHO DE CONSUMO DE MERGULHADORES EXPERTS E INICIANTES


HIGHL IGHT S | V I T R I N E

Com estampas divertidas, a camiseta da Boo! Kids tem o algodão como matéria-prima. Os tamanhos disponíveis vestem meninos e meninas de 6 meses a 8 anos de idade. R$52 LOVEBOOKIDS.COM.BR

O tapete de amarelinha da Líder Interiores resgata o clássico passatempo infantil. Feito de nylon e sob medida para o tamanho de cada ambiente. R$1.220 o metro quadrado LIDERINTERIORES.COM.BR

Para todos os gostos

ENTÃO É NATAL! APRESENTAMOS AQUI UMA SELEÇÃO DE PRODUTOS INFANTIS, MASCULINOS E FEMININOS PARA SERVIR DE INSPIRAÇÃO NA HORA DE ESCOLHER O PRESENTE DO FILHO, DA NAMORADA, DA MÃE, DO PAI, DO AMIGO SECRETO...

Feito de metal e plástico, o kit de jardinagem da Imaginarium estimula a proteção ao meio ambiente e o cuidado com as plantas. R$179,90 IMAGINARIUM.COM.BR

070 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

A ovelha de pelúcia So Cute! é macia e fofinha. Com 40cm de altura, é um presente ideal para bebês e crianças pequenas. R$90 FOUNDIT.COM.BR

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Edição THAIS LUTTI Produção CAMILA NARDI


Da Dican, a mochila de neoprene em formato de tubarão tem alças ajustáveis e mede 45x35cm. Há ainda os modelos abelha e peixinho. R$99,90 DICAN.COM.BR

O drone chegou ao mercado em versão para os pequenos: o Skyroad H-18 voa e se movimenta no solo. Utiliza bateria recarregável e quatro pilhas AA no controle (não inclusas). R$500 CANDIDE.COM.BR

Infantil

Escrito pela americana Laura Dower, o livro 101 Coisas para Você Fazer Antes de Crescer, da Editora Girassol, traz atividades para crianças a partir de 5 anos. R$49,90 LOJAGIRASSOLBRASIL.COM.BR

Fresquinho, confortável e estiloso, o macaquinho de viscose da Hering Kids é ótimo para curtir as tardes de verão ou as festinhas de fim de ano. R$99,99 HERINGKIDS.COM.BR

Um dos brinquedos mais tradicionais do mercado, a Cidade do Futuro da Xalingo é composta de blocos de plástico e madeira que trabalham a coordenação motora. R$29,90 XALINGO.COM.BR

071


HIGHL IGHT S | V I T R I N E

Influenciado por Millôr Fernandes, Jean-Jacques Sempé, Saul Steinberg e pela avó, Ivna, Gregorio Duvivier compila dezenas de desenhos em nanquim e aquarela no livro Percatempos. R$34,90 COMPANHIADASLETRAS.COM.BR

Costurada à mão, com quatro gomos feitos de borracha, a bola de rugby oficial da Topper vai agradar os amantes de esportes. R$69,99 TOPPER.COM.BR

Masculino

Os novos chinelos das Havaianas fazem parte da coleção Postos, uma homenagem à orla da Zona Sul da Cidade Maravilhosa. À venda no Rio e nas lojas conceito da marca em São Paulo. R$34,90 HAVAIANAS.COM.BR

SUBMARINO.COM.BR

Para esportistas, o smartwatch Ironman Run X50+ da Timex exerce funções de relógio e GPS e se conecta ao smartphone para exibir notificações de mensagens de texto e chamadas. R$899 TIMEXSTORE.COM.BR

072 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A incrível saga de Walter White, professor de química que se transforma em traficante de drogas, está em sua íntegra no box especial de Breaking Bad: são 62 episódios, sem cortes e sem censura. R$999,90


HIGHL IGHT S | V I T R I N E

Da Freeway, o sapatênis feito de couro tem zíper nas laterais, em vez de cadarço, o que proporciona maior conforto aos pés. R$219,90 LOJAFREEWAY.COM.BR

A camisa em degradê laranja da Reserva é 100% de algodão com estrutura de flamê, malha ideal para as altas temperaturas. R$359

A adega Dual Zone Brastemp Gourmand conta com dois compartimentos independentes, podendo gelar vinhos em temperaturas diferentes. Tem capacidade para 31 garrafas. R$2.749 BRASTEMP.COM.BR

O kit de cuidados para barba da Sobrebarba contém shampoo, balm, óleo e cera de bigode. Os produtos limpam e hidratam sem agredir a pele do rosto. R$150 SOBREBARBA.COM.BR

074 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

FOTOS: DIVULGAÇÃO

USERESERVA.COM


HIGHL IGHT S | V I T R I N E

Os quatro CDs do box Elis Regina – 70 anos trazem os trabalhos fundamentais da cantora, como os álbuns Essa Mulher e Saudade do Brasil. R$148,90 SARAIVA.COM.BR

De prata e com pedras de espinélio, o anel da Vivara é da coleção Ameerah, inspirada em padrões geométricos árabes. R$1.990 VIVARA.COM.BR

Feminino

Da Ana Capri, a bolsa crossbody de couro sintético é prática e compacta. Mede 18,5x15,5x6cm e pode ser encontrada em oito cores. R$199,90 ANACAPRI.COM.BR

A bicicleta da Echo Vintage é equipada com cestinha, quadro rebaixado e banco com molas anti-impacto. É vendida em quatro estampas diferentes. R$2.617,50

Com notas de maçã verde, cassis, buquê floral e baunilha, o perfume Olinda da L’Occitane au Brésil tem frasco de 100ml inspirado nos movimentos de dança do carnaval. R$102 LOCCITANEAUBRESIL.COM

076 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

FOTOS: DIVULGAÇÃO

ECHOVINTAGE.COM.BR


HIGHL IGHT S | V I T R I N E

Lançamento da Ponto Nero, o espumante Brut Rosé de Noir Conceptual Edition passa por 18 meses de maturação e acompanha bem frutos do mar, risotos e canapés. R$218,90 FAMIGLIAVALDUGA.COM.BR

Feito 100% de tecido reciclado de garrafas PET, o tênis da Vert está disponível em duas versões: nude e marinho. R$329 VERT-SHOES.COM.BR

No livro O Amante Japonês, publicado pela Bertrand Brasil, a chilena Isabel Allende narra a história de um amor épico, abalado pelo avanço e pelas consequências da Segunda Guerra Mundial. R$39 TRAVESSA.COM.BR

O kit degustação da Marcelo Rosellini Gastronomia vem com nuts trufados, pesto de pistache com manjericão trufado, pesto de agrião, molho de mostarda dijon com mel e molho de tomate tradicional. R$191

Da coleção verão da Mob, o vestido de chiffon tem estampa floral exclusiva, bolsos e uma charmosa fenda. R$498 MOBONLINE.COM.BR

078 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

FOTOS: DIVULGAÇÃO

MARCELOROSELLINI.COM.BR


HIGHLIGHT S | O L H A R A Z U L

@bruna.ohanna ES Não seja empurrado por seus problemas. Seja conduzido pelos seus sonhos

@limaneti RS Depois da tempestade, o mais lindo pôr do sol no Lago Guaíba, em Porto Alegre

Instantâneos CONFIRA AQUI ALGUNS DOS MELHORES CLIQUES FEITOS PELOS CLIENTES AZUL

@beniciasalinas BA O colorido e a simpatia da indiazinha da aldeia Coroa Vermelha, em Porto Seguro

@boldrinvaleria AL Diante da natureza de Barra de São Miguel é fácil ficar mais perto de si mesmo

080 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

@hildanunes SP Ilha Comprida: suas paisagens desertas são perfeitas para quem busca sossego


O Melhor da Comida Brasileira @dridricastro BA Após dias na Bahia, o nome do avião que me leva para casa não poderia ser melhor

@robsonbustamante MT Contemplar as maravilhas da natureza é o alimento perfeito para a alma

Oferecemos uma ampla variedade no sistema de buffet, com saladas e vegetais frescos, pratos quentes, grande variedade de carnes, grelhados, um delicioso pudim, aquele doce de leite e muito mais. FALE QUE VEIO DE AZUL E GANHE 10% DE DESCONTO

+ 1 BRINDE ESPECIAL

ORLANDO: (407) 354-2507

@gilberto_passos MG Um clique do céu azul e do Pico da Ibituruna, em Governador Valadares

Quer ver sua foto na próxima edição da revista? Use a hashtag #azulmagazine no Instagram

5458 International Dr, Orlando, FL 32819

MIAMI: (305) 375-0992 129 South East 1st Ave, Miami, FL 33131 Insta

facebook.com/camilasrestaurante instagram/camilasrestaurant www.camilasrestaurant.com


H I GHLIGHT S

COLUNA Mário Magalhães

Compatível com a idade

M

Mário Magalhães é jornalista e escritor. Recebeu 25 prêmios jornalísticos e literários. Foi ombudsman da Folha de S.Paulo. Quando criança, dizia que no futuro sua profissão seria “passageiro de avião”

082 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

RETRATO: LEO AVERSA

ês sim, outro também, estoura Eduardo Novaes. Um dos deleites que o cronista escândalo dando conta de que a observou na solteirice recuperada é poder deixar, privacidade na internet é inexisem qualquer emergência, a porta do banheiro aberta sem ninguém bronquear. tente ou relativa. É mesmo o fim da picada, mas não entendo o porquê do espanto. O Chico Anysio já partiu, o Carlos Eduardo é Faz tempo que todo mundo sabe disso. setentão e eu recém tirei a carteirinha do clube Não tem um dia em que não chegue e-mail dos cinquenta. Daí que, após cinco irresponsáveis de remetente desconhecido apregoando milaanos sem visitar o consultório médico, resolvi gres de produtos de saúde e de loções de beleza passar por um check-up. No procedimento mais para cavalheiros da minha idade. Pelo menos assustador, uma alma caridosa, fiel ao protocolo, isso, a idade, eles descobriram. me injetou um sossega-leão. Às vezes acertam, estou neQuem procura acha, certo? cessitado. Noutras, a oferta de Num montão de resultados, a fortificantes ofende com o me- QUEM PROCURA ACHA, dieta farta de gorduras e pranosprezo, se é que me entendem. CERTO? NUM MONTÃO zeres apresentou a fatura. Por Como se eu fosse um cabra sorte, nada grave. Um ou dois DE RESULTADOS, desfrutável, o Facebook não anos mais velho do que eu, o A DIETA FARTA DE cansa de estimular encontros doutor gente boa anotou com GORDURAS E PRAZERES placidez de monge os dados de com adoráveis cinquentonas, minha nova turma. Cada uma APRESENTOU A FATURA” cada exame. Receitou uns remémais formosa que a outra. A rede dios e sorriu. tudo rastreia e alerta: você não é mais criança. Falei: “Esse nível no sangue está alto”. O Chico Anysio catalogava os vírus da velhice “Compatível com a idade”, o médico esclase insinuando. Devo ser um coroa precoce, pois já receu. havia sido contaminado por dois quando a Legião “Mas a ressonância parece estranha”, insisti. Urbana ainda era futuro. O primeiro é a para“Compatível com a idade.” noia de, depois de sair de casa, voltar para ver se Não desisti: “Vi na internet que tal desvio nos o fogão foi desligado (nunca encontrei o forno índices pode indicar doença iminente”. aceso). O segundo é a leitura dos obituários nos “Compatível com a idade”, ele reiterou, sem jornais, porém esse hábito ou mania goza de álibi, perder a fleuma. a obrigação de repórter. Saí feliz da vida. Mas me imaginei daqui a Talvez o Chico tenha escrito sobre as mumeio século, agonizando na cama do hospital, danças na vida dos descasados, ignoro. Mas não com alguém de roupa branca olhando para mim e dizendo sem emoção: “Compatível com a idade.” esqueço as novidades inventariadas pelo Carlos


VAI VIAJAR? PROGRAME SUA VIDA COM

BISALAX

®

O LAXANTE DE AÇÃO PREVISÍVEL

12 horas a 6 e d o ã ç Início da aestão após a ing

BISALAX (bisacodil) – Indicado nos casos de prisão de ventre. MS 1.0497.1168. Ref.: Bula do Produto. Mai/15

BISALAX CONTÉM BISACODIL. NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE DOENÇAS INTESTINAIS GRAVES. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

www.uniaoquimica.com.br SAC 0800 11 15 59


EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA METODISTA

QUALIDADE | INOVAÇÃO | DESENVOLVIMENTO REGIONAL | INTERNACIONALIZAÇÃO

CREDENCIADA PELO

MEC DESDE 2005

Portaria MEC 244, 31/05/13

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A UNIVERSIDADE METODISTA É O CAMINHO IDEAL PARA VOCÊ SUPERAR DESAFIOS. A melhor forma de diminuir distâncias e superar desafios é por meio da educação. A Universidade Metodista tem as melhores opções para permitir a aprendizagem por modelos mais flexíveis, com ótima qualidade, reconhecida pelo Ministério da Educação. Conheça os nossos cursos a distância e descubra como transformar a sua história.

CURSOS DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA BIOLÓGICAS E SAÚDE • Gestão Ambiental [2 anos] [Graduação Tecnológica]

• Gestão Hospitalar [3 anos] [Graduação Tecnológica]

• Gestão de Recursos Humanos [2 anos] [Graduação Tecnológica]

• Gestão de Seguros [2 anos] [Graduação Tecnológica]

• Gestão Financeira [2 anos] [Graduação Tecnológica]

COMUNICAÇÃO • Jogos Digitais – Produção de Games [2,5 anos] [Graduação Tecnológica]

• Gestão Portuária [2 anos] [Graduação Tecnológica]

• Gestão Pública [2 anos] [Graduação Tecnológica]

• Logística [2 anos] [Graduação Tecnológica]

EXATAS E TECNOLOGIA • Marketing [2 anos] [Graduação • Análise e Desenvolvimento Tecnológica] de Sistemas [2,5 anos] [Graduação • Processos Gerenciais Tecnológica] [2 anos] [Graduação Tecnológica]

GESTÃO E NEGÓCIOS • Administração [4 anos] [Bacharelado]

• Ciências Contábeis [4 anos] [Bacharelado]

• Gestão Comercial [2 anos] [Graduação Tecnológica]

• Segurança Pública [2 anos] [Graduação Tecnológica]

HUMANIDADES • Pedagogia [4 anos] [Licenciatura] • Teologia [4 anos] [Bacharelado] • Teologia – Integralização de Créditos [1 ano] [Bacharelado]

HARIANE Aluna de Gestão Financeira

TRANSFORME SUA VIDA. TRANSFORME A REALIDADE.

CONHEÇA TAMBÉM OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EM: metodista.br/lato

Grande São Paulo: 11 4366 5000 | Outras localidades: 0800 889 2222 | facebook.com/universidade.metodista | twitter.com/metodista


HIGH L I GH TS

COLUNA Denise Campos de Toledo

É hora de renovar o otimismo

U

Denise Campos de Toledo é jornalista especializada em economia, comentarista da Rádio Jovem Pan e da TV Gazeta, além de palestrante, escritora e editora do site economiaemfoco.com.br

086 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

RETRATO: ROBERTO SEBA

fa! 2015 está chegando ao fim. Este foi base para a retomada do crescimento. Alguma um ano desastroso para o Brasil. Certamudança pode vir por aí. Claro que depende muito mente não vai deixar saudades. Mesmo de uma definição mais concisa do quadro político. aqueles que estão em um bom momento, do ponto Os graus de imprevisibilidade da economia e de vista pessoal, devem estar cansados do notida política têm de diminuir para que o País possa ciário, dos impasses da política, da economia e respirar melhor. E todos nós! da nuvem pesada que dominou o Por enquanto, não dá para cenário nacional. afrouxar o cinto. As empresas No campo econômico, foi um ainda tentam se adequar a um OS GRAUS DE ano de retrocesso. E dos pesados. cenário de custos maiores, com IMPREVISIBILIDADE menor demanda. O consumidor Há 25 anos não tínhamos uma recessão tão intensa. A inflação mais parece um equilibrista na DA ECONOMIA E voltou a rodar na faixa dos dois gestão das finanças pessoais. Nem DA POLÍTICA TÊM dígitos e os juros do crediário estão o décimo terceiro deve trazer DE DIMINUIR PARA no maior nível desde a década de uma folga. Pode ser a hora de QUE O PAÍS POSSA 90. Houve o corte de mais de 1,2 acertar dívidas ou fazer alguma milhão de empregos formais em 12 reserva para começar 2016 com RESPIRAR MELHOR. meses e as contas públicas nunca um orçamento mais consistente. E TODOS NÓS!” É bom lembrar: o começo de estiveram tão ruins. Além de não garantir qualquer superávit, o ano sempre vem com despesas extras, como imgoverno encerra o segundo ano seguido de déficit postos, correções de contratos, mensalidades recorde nas finanças. O Brasil passou a ser visto escolares, entre outros custos. E os reajustes podem ser mais pesados por conta da inflação com mais desconfiança e a crise política deixou alta de 2015. tudo mais difícil e incerto. Ainda assim, que venha o novo ano! Com Para 2016 a previsão ainda é de crise. Mas os números devem ser menos ruins no que se refere esperança e disposição renovadas. Que o “jeitiao tamanho da recessão e da inflação. O governo nho brasileiro” prevaleça e consiga driblar mais ainda tenta elaborar um plano de ajuste das contas esta crise. Tomara que 2015 tenha sido um ano de que seja confiável, que ajude a estabelecer uma freada de arrumação. E feliz 2016 para todos nós!


P UBLI EDIT ORIAL | M M A R T A N

Sempre bem-vindo PARCEIRA DA MMARTAN E UM DOS PRINCIPAIS NOMES DA MODA E DA ETIQUETA NO BRASIL, GLORIA KALIL DÁ DICAS DE COMO PREPARAR A CASA PARA RECEBER VISITANTES COM ELEGÂNCIA E CONFORTO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Os 30 anos da mmartan merecem muita celebração. Por isso as comemorações não se encerraram no São Paulo Fashion Week e seguem até o fim do mês com uma parceria exclusiva com Gloria Kalil (foto). A jornalista, empresária e escritora – uma das principais referências em moda e etiqueta no Brasil – colabora com a mmartan com dicas de como receber bem.

Vai receber hóspedes em casa? Ótimo! Se a situação for bem preparada, pode ser motivo de muita satisfação (e, depois, de boas lembranças) para você e seus convidados. Tome nota de alguns cuidados que vão deixar seus visitantes felizes e sua vida mais fácil: Arrume muito bem a cama. Nada como abrir a porta de um quarto e dar de cara com uma cama bonita e impecável. Seus hóspedes terão a sensação de que são bem-vindos. Aposte em lençóis cheirosos e limpinhos. E, claro, toalhas de banho macias e combinadas com as cores do jogo de cama. Está em dúvida sobre o tipo de arranjo de cama que vai ficar melhor no quarto deles? Pense no estilo de seus convidados. São jovens? Mais maduros, e vieram a trabalho? São reservados? Meu conselho é: para os mais clássicos escolha lençóis com bordados, tons claros e de uma só cor; para os jovens, opte pelos lisos e combine duas cores contrastantes, uma mais forte para o lençol de baixo e uma mais clara para o de cima; e, para um casal romântico, invista em um jogo de cama florido. 088 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Quer caprichar ainda mais? Deixe ao lado da cama um criado-mudo com um vasinho de flores e uma bandeja com garrafa d’água e copo. Pode apostar também em uma vela perfumada. A iluminação de cabeceira é muito importante. Prepare uma boa luz ao lado da cama, que permita ler antes de dormir. Outros detalhes que merecem atenção: um tapetinho no chão, cabides de sobra e travesseiros extras no armário. Para o seu sossego – e a liberdade deles –, providencie uma cópia das chaves de casa. Assim seus hóspedes podem entrar e sair quando quiserem. Não se esqueça de avisar ao porteiro do prédio que você está recebendo amigos. Dê a ele o nome de seus convidados. Agora, se é você quem vai se hospedar na casa de alguém, guarde estes lembretes preciosos: leve um presentinho para os anfitriões; não deixe o banheiro bagunçado depois do banho; seja rápido no chuveiro; e, o mais importante, vá embora no dia combinado. Desta maneira você garante muitos convites para voltar!

mmartan.com.br


hangar33.com.br

U M A M A RCA DO GRU PO LU NE LLI


SEM CON SERV ANTE 1 S

É COMO TROCAR O AR CONDICIONADO DO AVIÃO PELO AR PURO LÁ DE FORA, SEMPRE QUE PRECISAR.

LAVA

LIMPA DESCONGESTIONA

É 3 EM 1. UMIDIFICA, FLUIDIFICA 1

E DESCONGESTIONA.

R SOLUÇÃO SALINA DE ÁGUA DO MA 1

IMPORTADA DA FRANÇA.

Nasoclean. A higiene diária do nariz.

1

1 MICROFILTRADO E PURIFICADO.

Referências Bibliográficas: 1. Nasoclean® (solução salina). Bula do produto.

NASOCLEAN NÃO DEVE SER UTILIZADO POR PACIENTES COM HIPERSENSIBILIDADE AOS COMPONENTES DO MEDICAMENTO. NASOCLEAN É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO E UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. NASOCLEAN É INDICADO PARA CRIANÇAS ACIMA DE 6 ANOS. Material dirigido ao público em geral. Por favor, consulte o seu médico. Para quaisquer informações, por favor, entre em contato com nosso Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 701 2233. Para notificar eventos adversos da GlaxoSmithKline/Stiefel entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 701 2233.

BR/PSW/0025/15 - NOV 15 www.gsk.com.br Estrada dos Bandeirantes, 8.464 • Jacarepaguá Rio de Janeiro • RJ • CEP 22783-110 CNPJ: 33247743/0001-10


98 Punta del Este Belas praias, alta gastronomia e um lindo pôr do sol

110 Pantanal Mato-Grossense Jacarés, onças e aves em meio à natureza singular da região

destinos

120 Legoland Dicas para curtir as melhores atrações do parque de Orlando

FOTOS: VICTOR AFFARO (PUNTA DEL ESTE); ANDRÉ DIB (PANTANAL)

98

110


D EST INOS | P U N T A D E L E S T E


Balneário caliente

De dezembro a fevereiro, a Azul leva você a Punta del Este, o destino mais badalado do Uruguai. Planeje sua visita e garanta férias inesquecíveis, com direto a lindas praias, paradores animados, alta gastronomia e um pôr do sol deslumbrante Por LUIZA VIEIRA Fotos VICTOR AFFARO


D ES T INOS | P U N T A D E L E S T E

A

S a i n t -T r o p e z do Urugua i. A Mônaco d a América Latina. Ou ainda a Côte d ’Azur do Hem i s fé r io S u l . Sim, Punta del Este está em alta. E não é à toa que acumula apelidos que a colocam de igual para igual com alguns dos balneários mais concorridos da Europa. A 140 quilômetros da capital Montevidéu, a cidade e suas elegantes vizinhas, como José Ignacio e La Barra, formam um destino de verão redondinho. Daqueles que satisfazem o turista mais exigente. Há badalação com requinte, praia com infraestrutura moderna, gastronomia refinada e até boas opções de compras e de ro-

100 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

teiros pautados na arte – alternativas certeiras para um dia de descanso da famosa dobradinha sol e mar. Ano após ano, entre novembro e março, a península ensolarada do distrito uruguaio de Maldonado abre suas portas para turistas do mundo inteiro e passa da calmaria à efervescência. Seus 10 mil habitantes ganham a companhia de cerca de 200 mil forasteiros, a maioria vinda da Argentina e do Rio Grande do Sul. A 700 quilômetros de Porto Alegre, os gaúchos desfrutam das belezas e das mordomias do local há tempos. Mas neste verão, brasileiros de outras partes do País também podem chegar lá com facilidade: do dia 17 deste mês a 14 de fevereiro, a Azul vai operar voos para Punta com origem na capital gaúcha e em Campinas.


FOTO: DANIEL COCCOLO

Na página anterior, a parte da hospedaria da Casapueblo. Nesta página, à esq., o monumento Los Dedos; acima, o nightclub OVO; e, abaixo, o pôr do sol visto da varanda da Casapueblo

Uma vez lá, é só deixar a atmosfera quente da cidade te conduzir. Ladeada por águas, há como escolher entre refrescar-se no calmo Rio da Prata ou no velho conhecido Oceano Atlântico. A porção banhada pelo rio é a Playa Mansa, dona de um lindo pôr do sol e de concorridos points: Hotel Serena, bar Virazón e Conrad Hotel, um ícone local. Misto de hospedaria e cassino, é parada obrigatória para viajantes maduros e jovens, que, desde a temporada passada, ganharam mais um atrativo ali. O nightclub e dayclub do resort, OVO, inaugurou na areia sua versão beachclub, garantindo o agito 24 horas por dia. Mas o principal marco do destino, aquele que se tornou símbolo nacional, fica na Playa Brava, o trecho da costa oceânica. Foi em 1982 que o chileno Mario Irarrázabal ergueu o monumento Los Dedos, uma mão saindo da areia que, para ele, simboliza o homem surgindo para a vida. Além dos turistas que não aceitam voltar para casa sem uma foto com a obra, a praia também atrai a turma do surfe e a dos baladeiros – que rumam ao parador Parada 30. Há ainda outro artista, este uruguaio, que deixou sua marca registrada na geografia de Punta. Carlos Páez Vilaró (morto em 2014) fez morada – e uma baita morada – na estonteante Punta Ballena. A Casapueblo, que tem um quê de mediterrânea, é hoje um hotel e um museu em homenagem ao seu criador. E, anote, é o melhor ponto para apreciar o pôr do sol. 101


D ES T INOS | P U N T A D E L E S T E

Ainda na costa da cidade, a região do Porto chama a atenção por sua paisagem à la Riviera Francesa, onde as embarcações ancoradas dão o tom. Distrito gastronômico, a área oferece excelentes opções de boa mesa. Um bom exemplo é o Lo de Tere – Cocina de Punta del Este. Comandado pela jovem chef Maria Elena Marfetán, tem cardápio que prioriza os ingredientes locais em receitas como a deliciosa posta de merluza negra – um peixe, branco e saboroso, que chega à mesa com espuma de amêndoas e legumes salteados. “Há Cocina de Punta del Este no nome da casa justamente porque tento utilizar os produtos daqui, incentivando os pequenos produtores”, explica Maria Elena. Não longe dali está o centro de Punta, onde o que importa mesmo é a Avenida Gorlero, que corta a cidade. Seduzidos por lojas pomposas, fast fashions locais – a paralela Calle 20 concentra marcas mais conhecidas e outlets de grifes – e restaurantes suntuosos, os visitantes batem perna sem descanso por suas largas calçadas. E já garantem ali mesmo o look para a noite quente do balneário. 102 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

No alto, à esquerda, posta de merluza negra do Lo de Tere – Cocina de Punta del Este; acima, Maria Elena Marfetán, chef da casa; acima, à direita, a piscina do Estancia Vik; e, ao lado, panorâmica de José Ignacio. Na página ao lado, suíte do Playa Vik (no alto) e o movimentado parador La Huella


Chique e aconchegante

Para muitos, Punta é considerada o aperitivo daquilo que está por vir. Mais sofisticação e exclusividade – e uma porção extra de sossego – o visitante encontra ao pegar a estrada para explorar suas cidades vizinhas. José Ignacio é, sem dúvidas, o must da região. Por ali, nada de prédios e grandes construções. Seu ponto mais alto é o farol, a 32 metros do nível do mar, de onde avistam-se as praias rochosas e os suntuosos casarões do município, que compõem a típica paisagem de um lugar ainda intocado pelo turismo de massa. Badalação até existe, com nome e endereço definidos: o parador La Huella, uma das casas mais famosas de todo o Uruguai, fica cheio mesmo fora de temporada. Muito por conta de seu menu executado com precisão. “Mas nem sempre José Ignacio foi assim”, diz a voz experiente de Lucy Acevedo, que se diverte com os tipos que chegam, a

cada ano, em sua terra tranquila. Dona de um dos restaurantes mais antigos dali, batizado com seu nome, ela utiliza na cozinha ingredientes cultivados em seu rancho. E o carinho com que recebe a clientela passa a sensação de estarmos na casa de nossa avó. O contraponto perfeito para este ambiente são as três propriedades de Alexander Vik, sueco apontado pela revista Forbes, em 2014, como o bilionário mais interessante do mundo por ser um dos grandes entusiastas da arte contemporânea. Seus hotéis, Playa Vik, Bahia Vik e Estancia Vik, são verdadeiras galerias a céu aberto. Filho de uma uruguaia, ele cresceu na Europa e se apaixonou pela região quando a visitou para apresentá-la aos filhos. O que resultou na estância construída em José Ignacio. “Este é o único lugar na Terra onde Wyoming [estado norte-americano conhecido por ser pouco populoso] se encontra com Saint-Tropez”, diz. 103


D ES T INOS | P U N T A D E L E S T E

Em sentido horário, obra de Pablo Atchugarry em exibição na sua fundação; uma das vistas da propriedade da Colinas de Garzón; e escadaria do elegante Argentino Hotel, em Piriápolis

A afirmação de Vik pode soar um pouco injusta quando se conhece La Barra, Manantiales e Garzón. A poucos quilômetros dali, os dois primeiros pequenos balneários exibem belas mansões – um bom indicador do PIB local. Já o terceiro é um vilarejo com 200 habitantes que tem fama internacional por conta da alta gastronomia. Uma de suas estrelas é a premiada casa do chef argentino Francis Mallmann, recém-reformada para atender à crescente demanda de clientes ávidos por comer bem e se desligar do mundo. Sim, porque em Garzón o tempo corre de maneira diferente, sem pressa, sem praia e sem festança. Mallmann ainda deu consultoria na montagem do menu da Bodega Garzón, instalada no alto de uma montanha, para que o turista tenha vista privilegiada da vegetação nativa e dos vinhedos. A visita à vinícola, novidade da estação, é combinada com a experiência na Colinas de Garzón, a fábrica de azeites da marca. As plantações de 104 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

oliveiras podem ser apreciadas de diversas maneiras, de caminhadas a voos de balão, e o tour termina com uma deliciosa degustação. Não pense que as atrações se esgotaram. Há ainda a mística Piriápolis, com 20km de praia, o Castelo de Piria (de 1897), a capela de San Antonio e o imponente Argentino Hotel, em atividade desde 1930. E El Chorro, que abriga a Fundación Pablo Atchugarry, uma preciosidade do mundo artístico. Como uma espécie de mini-Inhotim, reúne em seu jardim mais de 30 peças de mestres da arte contemporânea, além de uma galeria dedicada ao uruguaio que nomeia o espaço. Com sorte você o encontra por ali. Pois, ainda que tenha viajado o mundo expondo suas lindas esculturas de mármore, ele não abriu mão de manter seu ateliê nessa porção ensolarada e paradisíaca de seu país natal.


D ES T INOS | P U N T A D E L E S T E

ONDE FICAR

ONDE COMER

COMO IR

Golden Beach Resort & Spa

Lo de Tere – Cocina de Punta del Este

De 17 de dezembro a 14 de fevereiro, a Azul opera voos diretos para Punta del Este, com origem em Campinas e Porto Alegre. As operações serão realizadas às quintas-feiras e aos domingos.

Instalado numa via paralela à Avenida Gorlero, fica a poucos metros dos principais pontos turísticos de Punta. Conta com piscina aquecida, spa e um delicioso café da manhã. CALLE 24, ESQUINA COM CALLE 29, PUNTA DEL ESTE 598 4244 1314

GOLDENBEACH.COM.UY

A vista das embarcações ancoradas no Porto embala um agradável almoço ou jantar. O menu contemporâneo tem receitas memoráveis, preparadas com ingredientes oriundos de pequenos produtores locais. RAMBLA DEL PUERTO, ESQUINA COM CALLE 21, PUNTA DEL ESTE

Conrad Punta del Este Resort & Casino Uma das hospedagem mais tradicionais da cidade. Tem hoje 296 quartos e está passando por uma ampliação para que totalize 900. Além dos serviços clássicos de um resort, possui cassino, dayclub, nightclub e beachclub.

598 4244 0492

LODETERE.COM

Argentino Hotel Casino & Resort Fazer uma refeição nesta hospedaria, de 1930, tem certa pompa de outros tempos. E pode ser um programa que vai além da gastronomia – vale a pena visitar suas instalações e o cassino.

RAMBLA CLAUDIO WILLIMAN PARADA 4, RAMBLA DE LOS ARGENTINOS, PIRIÁPOLIS PUNTA DEL ESTE 598 4432 2791 598 4249 1111

ARGENTINOHOTEL.COM

CONRAD.COM.UY

Lucy Playa Vik A propriedade dispõe de três suítes para casais e acomodações feitas sob medida para famílias, com dois quartos e living – todas com cara de obra de arte. Outros dois destaques são a piscina de borda infinita de frente para o mar e a sua instalação artística, acionada à noite, que reproduz as estrelas no Hemisfério Sul.

A culinária afetiva da proprietária conquista pelo carinho com que os pratos são preparados. Muitos ingredientes, inclusive, vêm da fazenda da própria cozinheira, e o restaurante conta ainda com um interessante menu orgânico. CALLE LAS GARZAS, ESQUINA COM CALLE LAS GOLONDRINAS, JOSÉ IGNACIO 598 4486 2090

LUCY.COM.UY

CALLE LOS CISNES, ESQUINA COM CALLE LOS HORNEROS, JOSÉ IGNACIO 598 9370 4866

PLAYAVIK.COM 40 03 1181

del Este

Punta sort no Conrad Re Três noites fé ca m co e Casino, SAÍDA EM 21

CAMP /1/2016 (DE

INAS)

a partir de

10x R$331

sem juros

106 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


DEST INOS | P U N T A D E L E S T E | F A Z E N D O A M A L A

Mordomias ao sol APOSTE EM PEÇAS CLÁSSICAS E CONFORTÁVEIS PARA CURTIR COM ESTILO AS PRAIAS, OS PARADORES E OS RESTAURANTES SOFISTICADOS DE PUNTA DEL ESTE Edição THAIS LUTTI Produção CAMILA NARDI Foto XICO BUNY

3 2

1

4

5

108 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

6


1

Camiseta de malha Siberian. R$99,90 SIBERIAN.COM.BR

2

Calça de sarja Kingster. R$179,90 KINGSTER.COM.BR

3

Camisa de linho Vilebrequin. R$760 VILEBREQUIN.COM

4

Mocassim Raphael Steffens. R$299,90 RAPHAELSTEFFENS.COM.BR

5

8

Relógio Motorola Moto 360. R$999 FNAC.COM.BR

6

Bermuda Colcci. R$291 COLCCI.COM.BR

7

Bermuda Rise2Life. R$189 RISE2LIFE.COM.BR

8

Mala de couro Longchamp. R$2.065 LONGCHAMP.COM

9

9

10

Carteira de couro CNS. R$129 CNSONLINE.COM.BR

11

10 Creme Samurai Magic Shave Rituals. R$69 RITUALS.COM.BR

11 Perfume Guerlain Homme. R$348 GUERLAIN.COM

12

12 Sunga Pierre Cardin. R$52,90 PIERRECARDIN.COM.BR

7

AGRADECIMENTO: JRJ (FUNDO DE LINHO) – JRJ.COM.BR

109


D EST INOS | P A N T A N A L M A T O - G R O S S E N S E

Cercado de

água e bichos A bordo de voadeiras que percorrem o Rio Paraguai e seus afluentes, é comum sentir-se em um zoológico a céu aberto: onças-pintadas, jacarés e aves raras dão o ar da graça e colorem a paisagem exuberante do Pantanal Mato-Grossense Por MARINA AZAREDO

110 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Fotos ANDRÉ DIB


Grupo de tuiuiús, ave-símbolo do Pantanal, sobre os aguapés do Rio Paraguai

E

nquanto um colhereiro descansa sobre um galho, um tuiuiú voa elegantemente de uma margem à outra do rio e um grupo de jacarés repousa em uma ilhota, com seus bocões escancarados. No horizonte, o céu ganha tons alaranjados à medida que o sol desce para encontrar o chão, em um entardecer de tirar o fôlego mesmo daqueles acostumados a aplaudir o espetáculo do Arpoador. A temperatura sofre uma leve queda e o único elemento que permanece é o silêncio, interrompido vez ou outra pelo movimento das águas. Assim, serenos e impassíveis, são os fins de tarde no Rio Paraguai, no coração do Pantanal Mato-Grossense, um destino turístico ainda pouco explorado pelos brasileiros.

Já os estrangeiros, sempre de olho na natureza peculiar e exuberante de nosso País, não cansam de eleger o Pantanal como destino de férias. Considerado uma das maiores extensões de áreas alagadas do mundo, ele soma 250 mil quilômetros quadrados espalhados por Brasil, Bolívia e Paraguai. Por aqui, divide-se entre o Pantanal Norte (no Mato Grosso) e o Pantanal Sul (no Mato Grosso do Sul). E apresenta números tão surpreendentes quanto sua vastidão: segundo estudiosos, tem 463 espécies de aves catalogadas, 263 de peixes, 132 de mamíferos, 113 de répteis e 41 de anfíbios. Sofrendo influência direta de três importantes biomas nacionais – Amazônia, cerrado e mata atlântica –, além do chaco boliviano, abriga ainda 2 mil espécies de plantas.

111


D ES T INOS | P A N T A N A L M A T O - G R O S S E N S E

Impossível, claro, ver tudo em uma única visita. Quem procura uma experiência mais autêntica – com menos estrutura turística – escolhe conhecer a diversidade do Pantanal Norte, que tem como ponto de partida Cáceres, cidade a 217km da capital Cuiabá. Se a ideia é voltar para casa com uma lista enorme de bichos avistados, o ideal é agendar a viagem no período da seca (de maio a outubro), quando os animais aparecem nas margens dos rios e as aves começam a se reproduzir. Mas a época das chuvas (de novembro a abril) também tem sua graça, com o bioma vivendo todo o seu esplendor: vitóriasrégias tomam conta da paisagem, que se transforma em uma imensidão de água. Explorar as águas da região, aliás, é parte primordial da vivência pantaneira. Navegar pelo Paraguai e seus afluentes é o melhor jeito de avistar a temida onça-pintada, uma das es112 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

pécies emblemáticas da fauna brasileira. Hotéis e pousadas localizadas nas margens do rio oferecem expedições a bordo de voadeiras – pequenas embarcações movidas a motor – que podem durar o dia inteiro em busca do maior felino das Américas. No entanto, apesar dos guias especializados, é comum terminar a jornada sem ver uma onça sequer. Ameaçada de extinção, ela só dá as caras quando quer. Mas, quando dá, é difícil segurar a frequência cardíaca: o coração acelera, as pernas tremem, as mãos suam. Com sorte (e silêncio total), dá para observar a fera se movimentar, nadar, bocejar, mostrar os dentes. E que dentes! Porém, se a onça não aparece sempre, histórias protagonizadas por ela não faltam. Entre muitos supostos ataques, alguns foram reconhecidos e documentados. É o caso do de João Pires de Sousa, de 48 anos, atacado no braço


Na página anterior, onça-pintada na Estação Ecológica de Taiamã e o peão João Pires de Sousa com o cão Brasão, que o salvou de um ataque do felino. Nesta página, em sentido horário, colhereiro, capivara, jacaré e pantaneiro recolhendo o gado em uma das fazendas da região

por uma onça enquanto trabalhava juntando o rebanho de uma fazenda, em março de 2014. “A sorte foi que eu estava com um chapéu, que joguei na cara dela. Mas quem me salvou mesmo foi o Brasão, um dos meus cães, que mordeu a barriga do bicho. Meio atordoado, ele acabou desistindo e entrou no mato de novo”, lembra. Graças ao cachorro o peão escapou com vida do felino, mas teve de ficar mais de um ano sem trabalhar após ter o braço reconstruído. E não pense que a ausência de onças durante o passeio significa viagem perdida. Navegar pelo rio e seus corixas até a Estação Ecológica de Taiamã, uma unidade de proteção administrada pelo ICMBio, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, é também a melhor forma de observar algumas das aves

mais bonitas do Brasil, como o tuiuiú, símbolo do Pantanal, e o colhereiro, com sua inconfundível penugem rosa – o nome deve-se ao formato do bico, que parece uma colher. Capivaras, jacarés, ariranhas e lontras são outras espécies que circulam nas margens. Para não perder nenhum detalhe, um bom binóculo é imprescindível. Essa fauna tão diversa foi o que levou o norte-americano Douglas Trent, de 58 anos, a fazer do Pantanal sua segunda residência – a primeira fica em Belo Horizonte. No Brasil há 35 anos, o ecólogo trabalha desde a década de 80 em projetos de eliminação da pobreza e de defesa do meio ambiente do bioma. Hoje ele é o nome por trás do Bichos do Pantanal, projeto cujo objetivo é ampliar o conhecimento científico e a preservação das espécies.

113


D ES T INOS | P A N T A N A L M A T O - G R O S S E N S E

Uma vez a cada dois meses o pesquisador faz expedições pelo Rio Paraguai para catalogar os animais. Só de onças, identificadas pelas pintas, calcula já ter encontrado 43 desde 2005. “A minha vida mudou quando, no início dos anos 1990, um local quis me presentear com um dente de onça. Ele tinha orgulho de ter matado o bicho e percebi que aquilo tinha de mudar”, conta. Douglas também é um grande entusiasta da principal alternativa à Transpantaneira, via que liga as cidades de Poconé e Porto Jofre e é uma das atrações mais procuradas da região. Batizada de Estrada Turística Transpantanal, a rodovia tem 157km

114 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

e começa a se destacar no turismo de Cáceres. Fazendas, como a Santa Lúcia, oferecem acomodações – muito simples, é bom dizer – e apoio para os visitantes. “Com o alto número de carros, que levantam poeira e fazem barulho, está ficando mais difícil ver animais na Transpantaneira. A Transpantanal é mais tranquila”, garante o pesquisador. Cervos, tamanduás, a ra ras-a zuis, a ra ras-vermelhas, quatis-de-cauda-anelada, antas, jaguatiricas e jacarés podem ser facilmente observados em passeios em veículos 4x4 por ali, principalmente durante o também sereno e impassível nascer do sol do Pantanal Norte.

Em sentido horário, o ecólogo norte-americano Douglas Trent, casal de araras-azuis, quatide-cauda-anelada e arara-vermelha


D ES T INOS | P A N T A N A L M A T O - G R O S S E N S E

ONDE FICAR

ONDE COMER

COMO IR

Eco Pousada Sinimbu

Kaskata Restaurante Flutuante

Afastada do centro de Cáceres, a hospedagem tem conceito ecológico, privilegiando a natureza do entorno. Inaugurada em 2014, conta com instalações novas e bem cuidadas. Das redes da varanda, assiste-se a um belo pôr do sol.

Neste agradável restaurante-barco, o forte é o pintado no espeto, que vem acompanhado de arroz, pirão, feijão, mandioca, salada, vinagrete e farofa. Para os paladares mais ousados, há também churrasco de jacaré. O atendimento é atencioso.

A Azul opera voos para Cuiabá a partir de várias cidades do Brasil – entre as opções, há frequências diretas saindo de Campinas, Belo Horizonte (Confins) e Foz do Iguaçu.

TRAV. DOS MINERVINOS, 31, CAVALHADA, CÁCERES

R. CEL. JOSÉ DULCE, S/Nº, CENTRO, CÁCERES

65 9952 5907

65 3223 2916

Baiazinha

Dito Bendito

O hotel fica na margem esquerda do Rio Paraguai, a 100km do centro da cidade, e é o mais próximo da Estação Ecológica de Taiamã. Os 15 apartamentos são equipados com ar-condicionado, frigobar e televisão. Disponibiliza barcos para pesca e ecoturismo.

No almoço tem um variado buffet a quilo que inclui pratos típicos da região, como o pacu assado. Ao fim do dia ganha clima de bar, com música ao vivo e petiscos servidos à la carte. As mesas na calçada são bem disputadas nas noites mais quentes.

EST. BARRANCO VERMELHO, KM 60, ZONA RURAL,

PÇA. BARÃO DO RIO BRANCO, 118, CÁCERES 65 3224 1750

CÁCERES 65 3291 1036

Mahalo Fazenda Santa Lúcia Voltada para a pecuária, a propriedade começou recentemente a receber turistas interessados na observação de animais. A estrutura é simples. Então, não espere grandes luxos. Para reservar é preciso ligar com pelo menos cinco dias de antecedência. EST. TURÍSTICA TRANSPANTANAL, CÁCERES 65 9612 1609

116 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

A casa da capital mato-grossense é considerada pelo Guia Quatro Rodas um dos melhores restaurantes do Brasil. Conhecida pelo estilo despojado e pela culinária inventiva, tem como um dos destaques do cardápio a paleta de cordeiro com risoto de queijo e amêndoas, ratatouille e chutney de hortelã. R. PRESIDENTE CASTELO BRANCO, 359, QUILOMBO, CUIABÁ 65 3028 7700

MAHALOCOZINHACRIATIVA.COM.BR


solution

Alugue um carro ito e aproveite mu . mais a sua viagem

Com as ofertas da Localiza, você viaja com todo conforto e liberdade. Diárias com tudo incluso em até 10x sem juros*. Confira em nosso site. *Consulte condições

ReseRvas 24h

www.localiza.com 0800 979 2000


D EST INOS | P A N T A N A L | F A Z E N D O A M A L A

1

5

2

6

7 3

8 4

9 10 11

118 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


1

Patrimônio natural PREPARE-SE PARA SE AVENTURAR NO PANTANAL E VER DE PERTO SUAS RICAS FAUNA E FLORA COM EQUIPAMENTOS DE OBSERVAÇÃO, ROUPAS FRESCAS E ITENS QUE PROTEGEM DO SOL Edição THAIS LUTTI Produção CAMILA NARDI Foto XICO BUNY

Camisa de linho Forever 21. R$99,90 FOREVER21.COM

2 Legging de lycra Forlegs. R$160 FORLEGS.COM.BR

3 Top de lycra Body for Sure. R$86,90 BODYFORSURE.COM.BR

4 Shorts de lycra Body for Sure. R$87,90 BODYFORSURE.COM.BR

5 Livro Arara-Azul, do fotógrafo Luciano Candisani e do jornalista Sérgio Túlio Caldas. Editora DBA. R$69 LIVRARIACULTURA.COM.BR

6 Chapéu de tecido com proteção solar

12

UV.Line. R$99 UVLINE.COM.BR

7 Binóculo tucano Nautika. R$349 MUNDOTERRA.COM.BR

8 Óculos Ray-Ban. R$459 FOTOTICA.COM.BR

9 Squeeze de alumínio Realtex. R$36 CORPOFORMAECIA.COM.BR

13

10 Manteiga corporal Granado. R$36 GRANADO.COM.BR

11 Óleo corporal Granado. R$20 GRANADO.COM.BR

12 Botas de couro Timberland. R$699,90 TIMBERLAND.COM.BR

13 Mochila de nylon Roxy. R$249 ROXYBRASIL.COM.BR

AGRADECIMENTO: CINERAMA (FUNDO DE SARJA) – CINERAMA.COM.BR

119


DES T INOS | L E G O L A N D

Em sentido horรกrio, a fachada do Legoland Florida; esculturas de animais no Safari Trek; bonecos do restaurante do parque; e o Miniland USA

120 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


De

BLOCO em

BLOCO Dedicado a um dos brinquedos mais conhecidos do mundo, o Legoland Florida – a 45 minutos de Orlando – encanta com suas esculturas detalhadas e testa a imaginação dos pequenos em atrações interativas Por BARBARA HECKLER Fotos LEANDRO CAGIANO

E

le foi criado na década de 30, na Dinamarca, e não tardou a ganhar o mundo todo. Composto de bloquinhos de plástico coloridos que, quando agrupados, dão forma a criações e criaturas das mais diversas, o brinquedo Lego marcou – e continua marcando – gerações. Atualmente, além de se divertir com as pecinhas, é possível adentrar com mais afinco no universo desse passatempo, durante uma visita a um Legoland, parque temático do Lego. Há seis unidades do complexo mundo afora, e a mais recente e maior delas foi estrategicamente instalada na Flórida, nos Estados Unidos, em 2011. A apenas 45 minutos de Orlando, o local é uma ótima opção para um dia de diversão light e livre de filas quilométricas. O corre-corre para dar

conta de ver tudo, porém, também existe por ali. Afinal, são 50 atrações espalhadas nos 60 hectares de parque (uma área correspondente a 60 campos de futebol). É possível ficar quase uma hora só observando os detalhes do Miniland USA. A área dedicada a esculturas feitas com os bloquinhos de Lego revela, em miniatura, os principais pontos turísticos dos Estados Unidos. Estão lá a Casa Branca, a Estátua da Liberdade, o letreiro de Hollywood, o Kennedy Space Center, entre tantos outros. Fãs de Star Wars devem reservar tempo extra para a parte dedicada exclusivamente à famosa saga de ficção científica. Ali foram utilizadas 1,5 milhão de pecinhas para recriar, com alguns movimentos e sons, uma cena de cada um dos filmes, além da série animada. No caminho dá até para se intimidar com a respiração sombria de um Darth Vader.

121


FOTO: LEGOL AND/DIV.

DES T INOS | L E G O L A N D

Ao lado, detalhe da decoração natalina que toma conta do parque em dezembro; e, abaixo, nave e personagens em exposição na área dedicada a Star Wars

40 03 1181

Orlando

sort no Avanti Re Sete noites, resso de um ing m co o, Orland goland dia para o Le /1/2016 SAÍDA EM 28

(DE CAMPINA

COM SINOS E LUZINHAS

S)

Fogos de artifício em noites especiais e uma enorme árvore de Natal – feita de blocos de Lego, claro – marcam o fim de ano no parque. A programação do Christmas Bricktacular inclui ainda encontros com o Papai Noel, uma caça ao tesouro temática e a chance de escrever uma carta para o bom velhinho com peças do brinquedo.

a partir de

,50

10x R$203

sem juros

FLORIDA.LEGOLAND.COM

CURTIÇÃO ATÉ A NOITE

As esculturas ultrapassam as fronteiras dessa seção e se exibem coloridas em outras partes do parque. O leque é amplo: existem desde animais e dragões até castelos medievais, florestas e cidades. Tudo esculpido em detalhes para encantar o público-alvo, as crianças com idade entre 2 e 12 anos. Mas há como encontrar um pouco de adrenalina também, especialmente em atrações como a Island in the Sky, uma plataforma giratória de 45 metros de altura que funciona como um espetacular mirante da região, ou em montanhas-russas como a The Dragon, a mais concorrida do complexo, e a Mia’s Riding Adventure, aberta em junho. Em se tratando de Lego, não poderia faltar uma área destinada à criação. A Imagination Zone exibe vários modelos da marca e dá a chance, por exemplo, de montar carrinhos e robôs computadorizados. Mostrar toda a linha de

122 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Que tal prolongar sua imersão no mundo do Lego? O parque da Flórida acaba de ganhar seu Legoland Resort, coladinho ao complexo. Conta com 152 quartos decorados com as pecinhas do brinquedo e divididos nas quatro grandes linhas da marca: pirata, aventura, reino e amigos. Além da diversão, um dos benefícios de quem se hospeda lá é ter acesso ao parque mais cedo. As diárias custam a partir de US$219. LEGOLANDHOTEL.COM

brinquedos, aliás, foi o grande objetivo de Godtfred Kirk Christiansen quando inaugurou o primeiro parque temático, em 1968, na cidade dinamarquesa de Billund. Filho de Ole Kirk Christiansen, o fundador do Lego, ele ficou tão impressionado com o número de pessoas que visitavam a fábrica da família que achou por bem montar um espaço para expor as peças. Na Flórida, a família Christiansen foi além e criou um anexo aquático para o complexo temático. O Legoland Water Park conta com toboáguas, piscina com ondas e um rio artificial para se descer com boias. Um atrativo que tem a cara do estado norte-americano e convida os visitantes mirins a pôr ainda mais em prática o significado da palavra lego: brincar bem.

PARQUE Ingressos A entrada no Legoland Florida custa a partir de US$74 para adultos e US$67 para crianças de até 12 anos. O bilhete que inclui o Legoland e o Water Park custa a partir de US$89 para adultos e US$82 para crianças. LEGOLAND FLORIDA, ONE LEGOLAND WAY, WINTER HAVEN, FLÓRIDA 1 877 350 5346

FLORIDA.LEGOLAND.COM

COMO IR A Azul opera voos diários e diretos para Orlando saindo do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, e do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte.


DEST INOS | E U F U I

Lençóis Maranhenses

RETRATO: PAPRICA FOTOGRAFIA /DIV.

por Klebber Toledo

Panorama singular OS LENÇÓIS MARANHENSES, A 230KM DA CAPITAL SÃO LUÍS, SÃO O CENÁRIO PREFERIDO DO ATOR KLEBBER TOLEDO PARA REVER AMIGOS E DESFRUTAR DA COMBINAÇÃO ÚNICA DE DUNAS BRANQUINHAS E LAGOAS CRISTALINAS Em depoimento a LUIZA VIEIRA

Conheço muitos lugares do Brasil, e um dos que mais gosto fica no Maranhão: o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Já visitei o local algumas vezes porque tenho amigos lá e, cada vez que volto, eu me encanto mais. Trata-se de um destino espetacular, principalmente na época das cheias. De junho a meados de setembro a chuva cai constantemente e forma lagoas naturais em meio às dunas. E o cenário se torna único: há lagoas azuis e outras de um verde bem clarinho. Todas com águas transparentes, areias branquinhas ao redor e um vento gostoso para refrescar. Vale passar horas caminhando, sem pressa, para aproveitar a imensidão maravilhosa do parque. E, claro, terminar o passeio só depois do pôr do sol. Outra opção é explorar a região próxima do mar. No vilarejo de Atins, por exemplo, é possível curtir a praia também. A água é quentinha e os ventos fortes fazem com que o local seja ideal para pegar onda e praticar esportes como o kitesurfe. Aliás, nas lagoas também há como testar sua habilidade no stand up paddle – instrutores podem ser contratados nas hospedagens. Como a correnteza não é forte, a atividade é bem tranquila e prazerosa. Ainda que o forte dos Lençóis sejam as lagoas, uma visita durante o período da seca também guarda bons programas. Dá para andar a cavalo ou de quadriciclo nas faixas de areia praticamente desertas e contemplar a coleção de dunas da região, que formam uma paisagem que nunca mais sai da memória.


DEST INOS | E U F U I

Veja as dicas do ator para curtir o melhor dos Lençóis Maranhenses:

1 Parque Nacional dos

Lençóis Maranhenses ENGLOBA OS MUNICÍPIOS DE BARREIRINHAS, SANTO AMARO E PRIMEIRA CRUZ ICMBIO.GOV.BR/PARNALENCOISMARANHENSES

2 Atins 3 Rio Preguiças BARREIRINHAS

4 Casa de Farinha POVOADO DE TAPUIO, BARREIRINHAS

5 Barreirinhas 6 Voo panorâmico AGÊNCIA AVA AV. BRASÍLIA, 18, BARREIRINHAS 98 98287 1854 VOEAVA.COM.BR

Tente agendar a visita para a época das cheias, de junho a setembro. As agências de turismo oferecem passeios completos, buscando nas pousadas e levando até o acesso às dunas, que é controlado. Por ser uma área de preservação, o veículo 4x4 se limita a percorrer as estradinhas arenosas que levam ao parque.

Ao longo do Rio Preguiças moram várias famílias de pescadores que fazem de seus lares também restaurantes. Na Casa de Farinha, por exemplo, Maria José serve peixes fresquinhos e um pirão delicioso, além de fabricar farinha à moda antiga.

126 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


40 03 1181

anhenses Lençóis Mar na Pousada

noites Pacote de 4 Nordeste, Encantes do passeios e fé ca m co INAS) SAÍDA EM 17/

12 (DE CAMP

a par tir de

10x R$ 256,80 sem juros

Você chega à cidade de barco ou jardineira. Pacata e bem preservada, merece ao menos um dia inteiro dedicado a ela. Além da praia, ótima para a prática do kitesurfe, é ali que o Parque Nacional se encontra com o mar, oferecendo uma linda paisagem composta de dunas.

É muito legal passear de barco por este rio, que é o principal da região. O tour conta com parada na cidadezinha de Mandacaru, onde vale a subida até o farol para apreciar a panorâmica do parque, e uma visita à comunidade de Vassouras, para conhecer o artesanato e interagir com animais, como macacos, tucanos e papagaios.

A paisagem estonteante da região merece ser contemplada do alto, em um voo panorâmico. As pequenas aeronaves saem do aeroporto de Barreirinhas com grupos fechados e percorrem uma bela área natural, onde dunas e lagoas são protagonistas.

ILUSTRAÇÃO: MAURICIO PIERRO

A cidade, supertranquila, é considerada a porta de entrada dos Lençóis Maranhenses e, por isso, é de onde saem os principais passeios da região. Recomendo se hospedar ali – há muitas opções de pousadas, agências de turismo e bons restaurantes.

127


canaloffplay.com Disponível em HD e SD nas principais operadoras do país.

foto divulgação

Abra uma janela para um novo mundo


130 Alexandre Borges Galã na ficção, o ator está em fase tranquila na vida pessoal

138 Claudia Andujar Fotógrafa expõe seu acervo indígena em galeria do Inhotim

emfoco

144 Star Wars Fãs e colecionadores aguardam o sétimo longa da saga

FOTOS: DARYAN DORNELLES (ALEX ANDRE BORGES); JULIA RODRIGUES (CL AUDIA ANDUJAR)

130

138


E M FOCO | A L E X A N D R E B O R G E S

130 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


Nascido para

BRILHAR

Prestes a completar 50 anos, Alexandre Borges coleciona papéis de galãs conquistadores na ficção. O mais recente deles é Heitor, o solteirão convicto da comédia Bem Casados, com estreia marcada para o dia 3 deste mês

Por MARINA AZAREDO Fotos DARYAN DORNELLES

131


E M FOCO | A L E X A N D R E B O R G E S

132 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Tamanha intimidade com as câmeras não poderia ser desperdiçada. E Alexandre soube aproveitá-la como poucos, agarrando as oportunidades que surgiram em seu caminho. Carismático, bonito e sedutor, hoje ele é um dos poucos galãs globais na faixa dos 50 anos – idade que completa em fevereiro – e vem emendando um conquistador atrás de outro na ficção. O mais recente é Heitor, da comédia Bem Casados, que chega aos cinemas no dia 3 deste mês. Heitor é um solteirão convicto que ganha a vida filmando casamentos. Durante os preparativos para cobrir mais uma grande festa, ele conhece a sensual Penélope, que está determinada a acabar com o enlace. Aí você já sabe: o encontro de uma mulher independente e um playboy em crise de meia idade tem tudo para acabar em confusão. Ou em romance. Mas, bem, sem spoilers por aqui.

Alexandre Borges mostra toda a sua desenvoltura durante ensaio fotográfico realizado no bar Sobe, no Jardim Botânico, no Rio

PRODUÇÃO GERAL E ST YLING: THAIS LUT TI; ASSISTENTE DE PRODUÇÃO: CAMIL A NARDI; AGRADECIMENTO: BAR SOBE

E

le olha para o chão, mexe no cabelo, coloca a mão no queixo e encara a câmera. Abre um sorriso discreto, mostra um pouco mais os dentes, põe os óculos, mira o horizonte. Dá uma gargalhada, volta a ficar sério e exibe seu melhor semblante de galã. Em poucos minutos, a sessão de fotos com Alexandre Borges está encerrada. E não é por conta de sua agenda apertada. O ator parece ter nascido para os holofotes. Após chegar vertendo suor ao bar Sobe, no Jardim Botânico, onde foram feitas as imagens desta matéria – era uma tarde de primavera no Rio de Janeiro, daquelas em que o sol não dá trégua –, ele rapidamente trocou de roupa e posicionou-se diante do fotógrafo. Sem maquiagem nem frescuras. O resultado você vê nesta e nas próximas páginas.


A produção celebra duas antigas parcerias de Alexandre: o diretor Aluizio Abranches e Camila Morgado, que interpreta Penélope. Com ele, o ator já havia filmado Um Copo de Cólera (1999), em que vive um ex-ativista apaixonado por uma jornalista politizada (papel de sua ex-mulher, Julia Lemmertz). “Há anos aguardávamos a oportunidade de fazer outro longa juntos. O Heitor foi escrito especialmente para ele. Mas Alexandre diz que aceitou o convite porque o personagem é meu alter ego. E, pensando bem, acho que ele é mesmo uma mistura de nós dois”, diz Aluizio. Ao lado da atriz, Alexandre fez um de seus personagens mais marcantes: o envolvente Cadinho, de Avenida Brasil (2012), que tinha três mulheres. “Durante quase dez meses, gravamos todos os dias e o Alê sempre com sua elegância, sua generosidade e seu bom humor. Ele é apaixonado pelo que faz, um ator formidável”, derrete-se Camila. Além dela, Carolina Ferraz e Débora Bloch compunham o trio que se destacou como principal núcleo cômico do folhetim. “Eu tento não fazer um cafajeste simplesmente, mas sim um cara que, mais do que irresistível, é refém dessas mulheres”, analisa ele, tentando explicar o próprio sucesso. Não é a primeira vez que Alexandre repete uma companheira de cena. Entre seus habituais pares – que faz questão de chamar de feras – estão ainda Claudia Raia, Letícia Sabatella e a própria Julia Lemmertz. A ex-mulher também foi uma figura essencial no início da carreira. Foi ela quem deu o incentivo para que o ator migrasse do teatro para a televisão, no início dos anos 1990. 133


LOOK 1: CALÇA DAFITI COLLECTION, CAMISA RENNER, TÊNIS CONVERSE; LOOK 2: CALÇA DUDALINA; CAMISETA ROYAL OYSTER CLUB

E M FOCO | A L E X A N D R E B O R G E S

134 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


FOTOS: GISEL A SCHOGEL /DIV. (MURO DE ARRIMO); T V GLOBO/DIV. (A PRÓXIMA VÍTIMA); RAPHAEL DIAS/ T V GLOBO/DIV. (AVENIDA BRASIL); DIVULGAÇÃO

Em sentido horário, cena de Muro de Arrimo, peça dirigida por Alexandre Borges; o ator em Um Copo de Cólera, longa de Aluizio Abranches; no papel de Cadinho, em Avenida Brasil; e com Rosamaria Murtinho, em A Próxima Vítima

A vocação para a dramaturgia surgiu cedo, por influência do pai, o diretor de teatro Tanah Corrêa, e, após uma infância rodando por Santos (onde nasceu), Guarujá, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, ele se fixou em São Paulo, na década de 80. Começou na companhia Boi Voador, de Ulysses Cruz, com a qual estreou na peça Velhos Marinheiros, e lá ficou por nove anos. Até que, em 1993, encenou Hamlet com o Teatro Oficina. E aí Julia, que também estava no elenco, entrou na história: ela sugeriu que ele fizesse um teste na carioca TV Manchete. No final daquele ano, o ator debutou na emissora em Guerra Sem Fim, sua primeira novela – atualmente ele soma 15 no currículo. Foi o pretexto para trocar os passeios pela Avenida Paulista, as incursões no Masp e os tempos de dinheiro curto na maior metrópole do País pelas caminhadas na Lagoa, a boemia do Baixo Leblon e uma vida mais confortável no Rio. “Na época de São Paulo eu morava em uma pensão e dividia um quarto com amigos. No Rio, quando percebi, estava indo de carro para o Projac, escutando uma música e curtindo o ar-condicionado.”

EU TENTO NÃO FAZER UM CAFAJESTE SIMPLESMENTE, MAS SIM UM CARA QUE, MAIS DO QUE IRRESISTÍVEL, É REFÉM DESSAS MULHERES”

Até a ida para a televisão, Alexandre mantinha os pés firmes no chão. Procurava aceitar que seu destino talvez fosse o anonimato: o teatro, afinal, não tem o poder do audiovisual. Mas o que parecia uma atitude realista logo revelou-se apenas um pessimismo injustificado. Depois de dois ou três pequenos trabalhos na Globo, foi chamado para fazer A Próxima Vítima (1995), interpretando um gigolô sustentado pela personagem de Rosamaria Murtinho. E este foi seu ponto de virada. Uma semana após a estreia da novela, ele passeava pelo centro de São

Paulo quando foi abordado por uma fã querendo uma foto. “Eu fiquei muito orgulhoso e agradecido. Tento levar comigo o que senti naquele momento”, conta. Talvez por isso não deixe de frequentar os lugares com medo do assédio. Hoje um dos seus points preferidos na capital paulista é a Praça Roosevelt, reduto da boemia ligada ao teatro alternativo. Foi em uma noite de boemia, a propósito, que Alexandre deixou aflorar uma faceta até pouco tempo desconhecida. A vontade de dirigir uma peça já existia, mas, emendando uma novela na outra, o plano nunca se concretizava. “Acontece que, depois do terceiro chope, a gente aceita tudo”, diz ele, entre risadas. A convite dos produtores e atores da peça, estreou na direção em 2014 com Uma Pilha de Pratos na Cozinha, escrita por Mário Bortolotto, e logo emendou com Muro de Arrimo, de Carlos Queiroz Telles. “Dirigir é libertador porque impõe menos responsabilidades. Não tem essa coisa de levar o personagem para casa”, festeja. 135


E M FOCO | A L E X A N D R E B O R G E S

ZOOM Em defesa do riso Ator com talento tanto para o cômico quanto para o drama, Alexandre Borges não gosta das críticas ao humor no cinema nacional. “É o nosso forte. Temos Oscarito, Grande Otelo e Chico Anysio em nossa história. Saber fazer comédia deve ser motivo de orgulho”

Tipo paulistano

Alexandre dedica-se ainda ao que considera o mais “louco” de seus projetos: ser pai. Miguel, de 15 anos, é fruto da união de 22 anos com Julia Lemmertz, que chegou ao fim há alguns meses. “Ver um adolescente crescer é algo maravilhoso. Solto meu filho o máximo que posso, quero que ele tenha todas as experiências”, conta o galã, que está morando em um flat desde o término do casamento. “É mais uma separação de camas mesmo, porque eu e a Julia temos algo muito forte, que não vai acabar. Estou tranquilo.”

136 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

A tranquilidade, no entanto, não contaminou a vida profissional. Enquanto conquista novamente o público como Heitor de Bem Casados, ele se prepara para viver Aparício em Haja Coração, remake de Sassaricando (1987), com estreia prevista para maio de 2016. Após ficar viúvo, o personagem começa a namorar – veja só! – três mulheres simultaneamente. “Eu não sei por que me chamam para esses papéis. Acho que alguém tem de fazer o trabalho sujo”, brinca o ator. A verdade é que seria um desperdício não apostar, mais uma vez, em sua desenvoltura diante das câmeras.

Poupança na medida Os tempos de dureza ficaram lá atrás, mas a ideia de enriquecer demais também não agrada o ator. “Dinheiro só é bom até certo ponto. A partir do momento que você não consegue usufruir do que tem, ele começa a trazer infelicidade”

Astros do passado Apesar de refutar o rótulo de galã, Alexandre assume que é fortemente inspirado por um trio que se revezou durante décadas nos papéis de protagonistas das novelas: Francisco Cuoco, Tarcísio Meira e Cláudio Marzo

FOTOS: CAIUÁ FRANCO/ T V GLOBO/DIV. (I LOVE PARAISÓPOLIS) ARY BRANDI/DIV. (BEM CASADOS)

Em sentido horário, Alexandre Borges interpretando Juju, em I Love Paraisópolis; no papel de Heitor, na comédia Bem Casados; e com Camila Morgado, sua parceira no longa

Seu mais recente trabalho na televisão foi em I Love Paraisópolis, novela das 19h que terminou no mês passado. Ele soltou a criatividade para interpretar Juju, um malandro que não gostava de trabalhar e vivia em um cortiço


EM FOCO | C L A U D I A A N D U J A R

RETRATOS de um POVO 138 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


Após dedicar mais de 40 anos à preservação e à divulgação da cultura yanomami, a fotógrafa Claudia Andujar comemora a inauguração de sua galeria no Instituto Inhotim, que exibe cerca de 300 imagens feitas por ela em terras indígenas Por BRUNA TIUSSU Fotos JULIA RODRIGUES

Q

uando a fotógrafa Claudia Andujar começa a contar sua trajetória de vida, parece que estamos em uma aula de história. Suíça de nascimento, ela passou a infância na Hungria (ora território romeno, a depender da situação política da época), viu seu pai ser levado para o campo de concentração polonês de Auschwitz, foi como refugiada com a mãe para Viena e dividiu a adolescência entre seu país natal e os Estados Unidos. Até que, aos 20 e poucos anos, migrou para o Brasil. E encontrou aqui não apenas uma nação para ser seu lar, mas a história que realmente gostaria de conhecer e revelar ao mundo: a dos índios yanomami.

139


EM FOCO | C L A U D I A A N D U J A R

Nesta página, Claudia Andujar durante sessão de fotos realizada em sua casa, no bairro Bela Vista, em São Paulo. Na página ao lado, a fotógrafa com Rodrigo Moura, diretor artístico do Inhotim, e detalhes de sua galeria no instituto

Hoje com 84 anos, Claudia contabiliza 44 deles destinados a estudar, preservar e divulgar a cultura desta que é uma das maiores tribos do País e a mais significativa da região amazônica. Graças à sua dedicação e aos seus sensíveis cliques – ela nunca fez um curso sequer de fotografia –, indígenas estamparam capas de revistas nacionais e internacionais, foram tema de exposições e ganharam livros sobre seu modo de vida. Agora ainda festejam a conquista de uma área especialíssima no Instituto Inhotim, o mais importante complexo de arte contemporânea do Brasil. Inaugurada no dia 26 do mês passado, a Galeria Claudia Andujar é ocupada exclusivamente com o seu trabalho dedicado à etnia. São cerca de 300 imagens espalhadas pelos quatro blocos do pavilhão, que tem tijolos aparentes e recebe iluminação natural. Todos os detalhezinhos do projeto, em desenvolvimento desde 2010, foram acompanhados de perto pela artista. “Sinto que esse espaço é o máximo que eu ainda poderia fazer por eles. O Inhotim recebe pessoas de todos os cantos do mundo, que vão passar a conhecer os yanomami. Porque eles são seres humanos. Merecem ser reconhecidos e compreendidos”, diz ela, com um sotaque que entrega sua identidade cheia de influências. 140 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


A curadoria da galeria ficou a cargo de Rodrigo Moura, diretor artístico do instituto, que destaca o poder de intervenção real da obra da fotógrafa. “Ela aponta para um encontro entre autor e retratado longe do universo convencional da arte. Está fora dos interesses mais latentes do mercado”, comenta. No acervo há apenas um conjunto de imagens feitas com câmera digital. Em 2010, durante sua penúltima visita à tribo – a última foi em 2014 –, Claudia abriu mão do analógico pela primeira vez e mirou suas lentes para um grupo de indígenas que pareciam guardiães. “Eles tinham uma espécie de bastão de madeira nas mãos. Era como se estivessem ali para conter qualquer motim. Eu nunca havia visto algo assim por lá”, conta ela, que, em seguida, lembra-se de um episódio muito mais carinhoso: “Fui superbem recebida nessas duas idas. Muitos falavam: ‘É a mamãe! É a nossa mãe!’ Foi emocionante”.

FOTO: INHOTIM/ARQUITETOS ASSOCIDADOS/DIV. (EX TERNA); WILLIAM GOMES/DIV.

O INHOTIM RECEBE PESSOAS DE TODOS OS CANTOS DO MUNDO, QUE VÃO PASSAR A CONHECER OS YANOMAMI. ELES MERECEM SER RECONHECIDOS E COMPREENDIDOS”

De certa maneira, ela foi mesmo uma mãezona para os yanomami. Tudo começou no fim da década de 60, quando trabalhava como fotojornalista em São Paulo e viajou à Amazônia a mando da revista Realidade. Diante de índios praticamente isolados, encantou-se. E numa “conversa”, por meio de mímicas, percebeu que a empatia havia sido mútua. “Eles eram autênticos, curiosos. Estabelecemos um contato muito fácil.” Após essa experiência, desejou estudálos a fundo. Graças a duas bolsas de estudos da Fundação Guggenheim, dos Estados Unidos, fez as malas e rumou para o Norte do Brasil. Quanto mais se embrenhava no universo yanomami, mais ela se apaixonava por sua cultura. Especialmente por seus rituais de xamanismo. Em suas fotos percebe-se um interesse em mostrar como os índios veem a vida, a morte e a ligação entre o humano e a natureza. Aos poucos, foi esticando seus períodos na tribo – chegou a permanecer lá 14 meses direto – e só ia a São Paulo para comprar e revelar filmes. Na volta, levava consigo o resultado e mostrava aos indígenas. “No início eles não se reconheciam nos retratos. Olhavam de cima para baixo, da esquerda para a direita e jogavam as fotos fora”, conta.

141


EM FOCO | C L A U D I A A N D U J A R

Três registros de Claudia em exibição na galeria do Inhotim: acima, à direita, fotos da série Marcados (1981-1983), realizadas durante uma campanha de saúde; e dois retratos feitos na região de Catrimani, em Roraima

ZOOM Publicações Dentre seus cinco livros com temática yanomami destacam-se: Amazônia (1978), o primeiro deles, feito em parceria com o também fotografo George Love; e Marcados (2009), que traz a série de retratos produzida para identificar os índios durante uma campanha de saúde

142 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Imagens e objetos que fazem referência a essa luta e à cultura indígena hoje enfeitam sua casa, em São Paulo. É ali, entre muitas recordações, que ela continua o trabalho em prol da tribo. Atualmente, não fotografa mais. Dedica-se a organizar mostras e projetos editoriais. Porém, diz que gostaria de ter mais uma experiência na Amazônia. Enquanto isso não acontece, os yanomami dão o seu jeito de mantê-la por perto. Em novembro, dez índios viajaram até Brumadinho, em Minas Gerais, para a inauguração de sua galeria no Inhotim. Alguns eram bem jovens, e ela ainda nem os conhecia. Mas eles certamente sabem muito bem quem ela é.

Nos anos 1960, quando dedicou-se ao fotojornalismo na capital paulista, Claudia realizou um belo ensaio com quatro famílias brasileiras de regiões distintas. Este e outros trabalhos dessa época foram expostos este ano no Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro, e compilados na publicação No Lugar do Outro (2015)

Poliglota Claudia domina o alemão, o francês, o húngaro, o inglês, o português e ainda arranha um pouco na língua yanomami. “Não vou dizer que falo bem, mas, nos meus últimos anos por lá, já conseguíamos conversar”

FOTOS: ACERVO PESSOAL

Sua atuação por lá, porém, não se restringiu à pesquisa artística. Ela acompanhou as desventuras do governo dos anos 1970, que pretendia abrir estradas na região amazônica para “desenvolvê-la”. Com a chegada dos obreiros, vieram também as doenças dos brancos e aldeias inteiras foram dizimadas. Claudia deu a cara a tapa e foi proteger os índios. Numa época em que mulheres ativistas não eram bem aceitas, a resposta veio voando, de helicóptero: “Uma gente desembarcou lá e me expulsou da região. Diziam que eu não era de confiança do governo”. O episódio só aumentou sua determinação, que resultou em 14 anos de batalha até a terra yanomani, na fronteira Brasil-Venezuela, ser oficialmente reconhecida, em 1992.

Período pré-amazônico


Seleção de

Escolha seus vinhos, reúna a família e os amigos e garanta os brindes do fim de ano!

PRAZO DE VALIDADE DA PROMOÇÃO: 10/01/2016 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES

BEBIDA E DIREÇÃO NÃO COMBINAM. SE BEBER, NÃO DIRIJA.

Espumantes

WINE.COM.BR/SELECAODEESPUMANTES 0800 602 9463


RE POR TAGEM | S T A R W A R S

144 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


Carlos Junqueira e Priscila Queiroz, dois maníacos pela saga de George Lucas, em meio às suas coleções de bonecos, livros e DVDs

A

euforia é mundial. De Norte a Sul e de Leste a Oeste do planeta, o retorno de Luke Skywalker, Han Solo e Princesa Leia às telonas vem causa ndo um frenesi no universo cinematográfico e nos corações dos fãs de Star Wars. Depois de 32 anos do lançamento do último capítulo da trilogia original da saga, o trio de heróis volta a protagonizar a sétima produção da franquia criada por George Lucas. Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força tem lançamento marcado para o dia 17 deste mês em todo o Brasil – data que há tempos ganhou marcações, estrelas da morte e símbolos da aliança rebelde no calendário de cada maníaco pela Ordem Jedi.

Devotos da

FORÇA

Às vésperas da estreia do sétimo filme de Star Wars – marcada para o dia 17 deste mês –, fãs da saga falam de suas ansiedades e relembram façanhas que só um grande admirador encara Por RAMON VITRAL Fotos ARIEL MARTINI E SERGIO CADDAH 145


RE POR TAGEM | S T A R W A R S

A expectativa ganhou maiores proporções por conta do elenco, dirigido por J.J. Abrams. Mark Hamill (Luke Skywalker), Harrison Ford (Han Solo) e Carrie Fisher (Leia) também interpretaram o trio lá atrás, em Uma Nova Esperança (1977), O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983). “Como grande fã da trilogia original estou superansioso por poder ver velhos amigos de volta ao cinema”, conta o paulistano Carlos Junqueira, de 38 anos, que faz contagem regressiva para a estreia do longa. Dono de uma coleção invejável de produtos da saga, ele soma mais de 100 itens autografados por atores dos filmes, quase todos conquistados em encontros pessoais com os artistas. “Acho que a maior loucura que fiz foi ficar quase sete horas em uma fila para conseguir um autógrafo da Carrie Fisher”, conta. Ele também possui objetos assinados por Peter Mayhew, que faz o wookie Chewbacca, e David Prowse, o homem dentro da armadura de Darth Vader.

146 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

A devoção dos “Star Wars maníacos” é um dos aspectos mais característicos da série. E muito aflorado às vésperas do lançamento de O Despertar da Força. Com 45 anos, Mary Farah conta que tenta ocupar seu tempo com outras atividades para controlar seu nervosismo pela estreia. Entre seus passatempos está a construção de armaduras customizadas do caçador de recompensas Boba Fett, que ela usa em convenções da saga. “Eu me apaixonei pelos filmes aos sete anos, quando vi O Retorno do Jedi no cinema. Mudou completamente a minha vida. Já fui até madrinha de casamento de amigos que fiz por causa de Star Wars.”

No alto, fotografias de Priscila Queiroz com os atores Mark Hamill e Carrie Fisher e ela com sua coleção de livros da série. Acima bonecos do acervo de Carlos Junqueira


ns V on

: to Fo

Recife Rêg o Bar ros / PCR

Porto de Galinhas

Foto: Vinicius Lubambo

An dr éa

Fo to: Ha

Fernando de Noronha

Garanta o seu melhor lugar ao sol.

O verão de Pernambuco é assim: irresistível. Seja em praias como Porto de Galinhas, Praia dos Carneiros e Coroa do Avião, seja no paraíso ecológico de Fernando de Noronha ou na efervescência cultural da capital pernambucana, o convite é o mesmo: mergulhar nas belezas e no prazer de viver. Em cada um desses destinos, o seu lugar ao sol será especial.

SECRETARIA DE TURISMO, ESPORTES E LAZER


RE POR TAGEM | S T A R W A R S

PRESENTE, PASSADO E FUTURO Confira a cronologia dos filmes da saga:

1977 | Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança (Direção: George Lucas)

1980 | Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca (Direção: Irvin Kershner)

1983 | Star Wars: Episódio VI – O Retorno de Jedi (Direção: Richard Marquand)

Cercada de mistérios, a sinopse da nova produção dá a entender que os heróis precisarão enfrentar uma ordem que tenta restabelecer o maligno império galáctico. O resto fica a cargo da imaginação dos fãs. Priscila Queiroz, outra fanática pela série, diz estar feliz com a comoção gerada em seu círculo de amigos. “Guerra nas Estrelas, para mim, é uma questão de amizade. Defini minha profissão pelas relações que criei a partir dos filmes”, explica a gerente de comunidades virtuais. Em 2010, ela passou uma noite acordada na fila de um cinema nos Estados Unidos para conhecer pessoalmente o diretor George Lucas e a atriz Carrie Fisher.

148 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

1999 | Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma

Outro fã que também direcionou o rumo de sua carreira a partir de sua paixão pela saga é o roteirista Flavio Teixeira de Jesus, de 45 anos. Ele trabalha desde 1990 nos estúdios da Mauricio de Sousa Produções. Colecionador de livros, revistas e bonecos da franquia, é o nome por trás das constantes homenagens a Star Wars presentes nos gibis da Turma da Mônica. “Uma das que mais gosto é Coelhada nas Estrelas [lançada em 1997], uma sátira ao primeiro filme, de 1977”, conta. A poucos dias da estreia do sétimo episódio, ele se esforça para esconder a tensão: “Tento dizer que não estou entusiasmado. Mas quem eu quero enganar? Voltei a ter 9 anos”, diz. Ao menos ele não está sozinho nessa.

(Direção: George Lucas)

2002 | Star Wars: Episódio II – O Ataque dos Clones (Direção: George Lucas)

2005 | Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith (Direção: George Lucas)

2015 | Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (Direção: J.J. Abrams)

2016 | Rogue One: A Star Wars Story (Direção: Gareth Edwards)

2017 | Star Wars: Episódio VIII (Direção: Rian Johnson)

2018 | Star Wars: Episódio IX (Direção: Colin Trevorrow)

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL; DIVULGAÇÃO

Acima e à direita, duas cenas do sétimo episódio da saga; à esquerda, o gibi Coelhada nas Estrelas; e, abaixo, o roteirista e fã da saga Flavio Teixeira de Jesus


EM F OC O | M A D E I N B R A Z I L

Os dois empreendedores por trás da Água Ofélia: Henrique Ferreira (esq.) e Felipe Baeta (dir.)

Aromática, colorida e saborosa 150 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

UMA DUPLA DE EMPRESÁRIOS PAULISTANOS CRIOU A ÁGUA OFÉLIA, COMBINAÇÃO DE VITAMINAS E MINERAIS QUE TRANSFORMA A TRADICIONAL BEBIDA INODORA, INCOLOR E INSÍPIDA EM AGRADÁVEIS REFRESCOS Por LUIZA VIEIRA Retrato CAMILA FONTANA


Os sachês da Água Ofélia vendidos em divertidas embalagens com dez unidades

100

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Embora já estejamos cansados de saber, nem sempre é fácil seguir uma das principais recomendações de médicos e nutricionistas: beber dois litros de água por dia. Há quem simplesmente se esqueça da importância de manter o corpo hidratado. Mas existe também uma turma que acha a bebida natural “sem graça demais”. Foi pensando nesse grupo de rebeldes que os empresários Felipe Baeta, de 29 anos, e Henrique Ferreira, 28, criaram a Água Ofélia. Categoria já conhecida no exterior, a water enhancer, ou apenas melhorador de água, é uma combinação de vitaminas e minerais em forma de pó que dá gosto e cor ao líquido sem alterar suas propriedades originais – e sem acrescentar componentes como sódio, açúcar, calorias, conservantes e aromas artificiais. Basta um sachê de Ofélia (de 2,5g) para transformar meio litro de água gelada em um agradável refresco. “O nosso objetivo é fazer com que as pessoas bebam mais água, dando sabor a ela sem o ônus de um refrigerante”, explica Henrique. As opções são cinco: uva verde e chá branco, carambola e gengibre, frutas vermelhas e limão, tangerina e pêssego e guaraná e laranja. Cada uma é indicada para um determinado estado de espírito. A Namastê (uva verde e chá branco), por exemplo, é uma boa pedida para um momento mais relax, e a Love the Burn (guaraná e laranja), ideal para antes da malhação.

estabelecimentos comerciais vendem os produtos da Água Ofélia em São Paulo atualmente

25

reais é o preço de uma embalagem com dez sachês

500

unidades são comercializadas, em média, por mês, em cada ponto de venda

Para chegar ao modelo da Ofélia, o caminho foi longo. Com um investimento inicial de R$500 mil, a marca encontrou em três parcerias a concretização do negócio: a Firmenich, empresa que desenvolve os sabores; a MCassab, fornecedora de ingredientes de nutrição humana; e a Centenário, indústria gráfica que contribuiu no desenvolvimento da embalagem. Além disso, o apoio e o aporte de dois grandes investidores do mercado de bebidas – Pedro Navio, head da Red Bull para América Latina, e Juan Vergara, exdiretor da Ambev – fizeram com que a proposta decolasse. “Empreender é tornar o nosso sonho o sonho de muita gente”, afirma Felipe.

Outro forte pilar em que a empresa se baseia é a comunicação. De acordo com os sócios, a proposta era gastar pouco com publicidade e aproveitar ao máximo o espaço da embalagem. Por isso, optaram por mensagens engraçadinhas como a que garante que o produto não contém “nenhum ingrediente do mal”. “Queríamos dar uma resposta divertida à velha e chata água, sem graça, sem gosto, sem cheiro”, justifica Felipe. Até este mês, os coloridos pacotinhos da Ofélia estão disponíveis somente em supermercados e padarias de São Paulo e no site, com entregas para todo o Brasil – na capital paulista são feitas de bike, como manda a cartilha das empresas moderninhas. Mas a boa notícia é que, a partir de janeiro de 2016, os sócios pretendem facilitar a vida dos rebeldes da água de fora da metrópole disponibilizando os sachês da marca em pontos de venda de outros estados do Brasil.

ofelia.me 151


#QUErOvOar

Como muitos sabem, na última década nossa aviação comercial viveu uma verdadeira revolução. Passamos de 30 milhões de passageiros transportados pelas empresas nacionais em 2002 para 102 milhões em 2014. Também ampliamos consideravelmente os postos de trabalho, passando de 29 mil em 2002 para 60 mil empregos diretos atualmente.

Esse fenômeno ocorreu, principalmente, pela diminuição do preço das passagens, que, em 2002, tinham o valor médio de R$ 580,00 e, atualmente, estão em R$ 330,00. Hoje somos o terceiro maior mercado doméstico do mundo, temos pontualidade superior à dos Estados Unidos e o menor extravio de bagagens (metade da média global).

ESSAS CONQUISTAS SÃO DE TODOS E MERECEM SER MANTIDAS! VERDADES SOBRE A NOSSA AVIAÇÃO Por que às vezes é mais barato viajar para fora do que pelo Brasil?

#1. Combustível com valor até 50% acima da média mundial O preço para abastecer as aeronaves aqui é um dos mais altos do planeta. Os impostos em voos domésticos são mais altos do que nos voos internacionais. Exemplo: um voo de São Paulo para Brasília paga 25% de ICMS. Já um voo de São Paulo a Buenos Aires (internacional) é isento de ICMS.

#2. Taxas reajustadas muito acima da inflação As empresas aéreas pagam para usar os aeroportos e seus serviços. Tudo o que é utilizado (radar, transporte de bagagens, uso da pista etc.) é pago, e os valores têm sido reajustados bem acima da inflação.

LIÇÃO DE CASA As empresas aéreas têm trabalhado para minimizar os impactos da crise econômica: corte de despesas, revisão de orçamentos, melhorias na gestão. Propostas foram encaminhadas ao governo federal e aos governos estaduais, sem qualquer pedido de subsídio. Temos uma aviação de qualidade internacional, e o justo é pagar os nossos encargos com o mesmo parâmetro utilizado no mundo.

O QUE PEDIMOS Acesse

www.abear.com.br/querovoar e compartilhe as nossas mensagens.

CONTAMOS COM O SEU APOIO Diante disso e da elevação dos custos com infraestrutura e operações, que são diretamente atrelados ao dólar (leasing de aeronaves, manutenção no exterior etc.), em 2015 teremos um aumento de despesas seis vezes maior que o de receitas. Por isso a sua voz é fundamental. Contamos com a sua colaboração para manter a nossa aviação no ar e com a mesma qualidade que os nossos passageiros conhecem.

Queremos continuar atendendo cada vez melhor, alcançar mais destinos e beneficiar mais gente.


AZU I S | C U R T A S

Universo Azul DESCUBRA AQUI NOVIDADES E PROMOÇÕES DA EMPRESA PARA FACILITAR SUA VIAGEM

Um ano de Azul em Congonhas O mês de novembro foi motivo de comemoração na companhia, que completou um ano de operações no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Desde que começou as atividades no terminal, a Azul transportou cerca de 400 mil Clientes, considerando embarques e desembarques de seus 13 voos diários ofertados. Ao todo, foram mais de quatro mil ligações regulares durante os 365 dias – as rotas servidas a partir de Congonhas são para Belo Horizonte (Confins), Porto Alegre e Curitiba, além dos voos, nos fins de semana, para Rio de Janeiro (Santos Dumont), Porto Seguro e Ilhéus. Durante a alta temporada, entre dezembro e fevereiro, a empresa vai ampliar o número de frequências oferecidas no terminal e contará com voos extras com destino a Salvador.

Santo Ângelo na malha viária A Azul solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização para operar em Santo Ângelo, seu sétimo destino gaúcho. A ideia é que a cidade comece a contar com um voo diário com destino a Porto Alegre a partir de 18 de fevereiro – caso o aeroporto do município esteja adequado até a data. A nova frequência terá duração de cerca de uma hora e será realizada com turboélices ATR 72-600. “Sabemos que é uma demanda antiga da região a retomada de voos regulares em Santo Ângelo, que acabará por atender a todo o Noroeste gaúcho, onde estão importantes polos de saúde e educação. Com a novidade, levaremos ainda mais Clientes do interior do Rio Grande do Sul às demais regiões do País”, afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da companhia.

FOTOS: JULIA RODRIGUES (DISNEY); DIVULGAÇÃO A ZUL

De Minas para a Flórida No mês passado, a Azul inaugurou uma rota internacional inédita e exclusiva: a que liga Belo Horizonte a Orlando. Entre os dias 1º e 13 deste mês, serão operadas cinco frequências semanais. Depois dessa data, elas passam a ser diárias. Primeira e única empresa a contar com voos sem escala nesse mercado, a companhia agora conecta todo o estado de Minas Gerais e diversas regiões do País ao destino dos Estados Unidos. “Estamos muito orgulhosos por estrear uma rota inédita no Brasil. A Flórida, sobretudo Orlando e seus inúmeros parques, é sempre uma boa pedida para os turistas brasileiros, que representam uma parcela expressiva da demanda para o estado norte-americano”, celebra Antonoaldo Neves, presidente da Azul. 157


A ZUIS | L I N H A S D E Ô N I B U S

Transporte exclusivo CLIENTES AZUL CONTAM COM VÁRIOS ÔNIBUS EM SÃO PAULO E EM SANTA CATARINA QUE FACILITAM O ACESSO AOS AEROPORTOS. CONFIRA AS ROTAS E OS HORÁRIOS

FOTO: DIVULGAÇÃO AZUL

A Azul oferece ônibus executivos gratuitos, com Wi-Fi e ar-condicionado, em lugares estratégicos nos estados de São Paulo e Santa Catarina. Entre a capital paulista e o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, a companhia opera linhas de 30 em 30 minutos. Para utilizar o serviço apresente seu cartão de embarque ou seu itinerário 15 minutos antes da partida do ônibus.

SÃO PAULO

SANTA CATARINA Campinas (Viracopos)

Terminal Barra Funda (São Paulo-SP)

Shopping Tamboré (Alphaville)

Blumenau

Shopping Eldorado (São Paulo-SP)

Sorocaba

Navegantes

Aeroporto de Congonhas (São Paulo-SP)

Aeroporto de Congonhas > Aeroporto de Viracopos > Aeroporto de Congonhas segunda a sexta

sábados

domingos

Congonhas > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Congonhas > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Congonhas > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Saída

Chegada

Saída

Saída

Chegada

Saída

Saída

Chegada

Saída

4:00 5:00 6:00 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:00 13:00 14:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00

5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 10:30 11:30 12:30 13:30 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30 21:30

5:45 6:45 7:45 8:45 9:45 10:45 11:45 13:45 14:45 15:45 16:45 17:45 18:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45

4:00 5:30 6:30* 8:30* 10:30* 12:30* 15:00* 18:00 19:00*

5:30 7:00 8:00 10:00 12:00 14:00 16:30 19:30 20:30

6:15 8:15* 9:45 11:15* 12:15 13:15* 16:15* 17:15 19:15* 21:45 23:15*

4:30* 6:30 8:30* 10:00 12:00* 14:00 15:00* 16:00 18:30 19:30*

6:00 8:00 10:00 11:30 13:30 15:30 16:30 17:30 20:00 21:00

7:15 10:15 12:15* 13:45* 15:45* 17:15 19:15* 20:45 22:15* 23:15*

Chegada

7:15 8:15 9:15 10:15 11:15 12:15 13:15 15:15 16:15 17:15 18:15 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15 1:15 2:15

Chegada

7:45 9:45 11:15 12:45 13:45 14:45 17:45 18:45 20:45 23:15 0:45

Chegada

8:45 11:45 13:45 15:15 17:15 18:45 20:45 22:15 23:45 0:45

*ônibus com parada no Shopping Eldorado 160 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


Shopping Eldorado > Aeroporto de Viracopos > Shopping Eldorado segunda a sexta Shopping Eldorado > Viracopos

sábados

Viracopos > Shopping Eldorado

Shopping Eldorado > Viracopos

domingos

Viracopos > Shopping Eldorado

Shopping Eldorado > Viracopos

Viracopos > Shopping Eldorado

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

4:30 5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 10:30 11:30 13:30 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30

6:00 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:00 13:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00

6:15 7:15 8:15 9:15 10:15 11:15 12:15 13:15 14:15 15:15 15:45 17:15 18:15 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15

7:45 8:45 9:45 10:45 11:45 12:45 13:45 14:45 15:45 16:45 17:15 18:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45 1:45

4:00 5:30 7:00 9:00 11:00 13:00 15:30 18:30 19:30

5:30 7:00 8:30 10:30 12:30 14:30 17:00 20:00 21:00

5:45 8:15 9:15 11:15 13:15 16:15 17:45 19:15 20:45 23:15

7:15 9:45 10:45 12:45 14:45 17:45 19:15 20:45 22:15 0:45

5:00 7:00 9:00 10:30 12:30 14:30 15:30 16:30 18:30 19:30 20:00

6:30 8:30 10:30 12:00 14:00 16:00 17:00 18:00 20:00 21:00 21:30

5:45 9:45 12:15 13:45 15:45 17:45 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15

7:15 11:15 13:45 15:15 17:15 19:15 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45 1:45

Terminal Barra Funda > Aeroporto de Viracopos > Terminal Barra Funda segunda a sexta Barra Funda > Viracopos

sábados

Viracopos > Barra Funda

Barra Funda > Viracopos

domingos

Viracopos > Barra Funda

Barra Funda > Viracopos

Viracopos > Barra Funda

Saíd

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

4:00 5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 11:00 13:00 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30

5:30 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:30 14:30 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00

6:15 7:15 8:45 9:45 11:45 13:45 15:45 16:45 17:45 19:15 20:45 21:45 22:15 23:15

7:45 8:45 10:15 11:15 13:15 15:15 17:15 18:15 19:15 20:45 22:15 23:15 23:45 0:45

4:30 5:30 6:30 9:00 11:00 14:30 16:00 17:30 19:00 20:00

6:00 7:00 8:00 10:30 12:30 16:00 17:30 19:00 20:30 21:30

6:15 7:15 7:45 8:45 10:15 12:45 13:45 16:45 17:15 19:15 21:15 23:45

7:45 8:45 9:15 10:15 12:45 14:15 15:15 18:15 18:45 20:45 22:45 1:15

5:30 7:00 8:30 10:30 13:00 14:30 15:30 16:30 18:00 19:00 19:30

7:00 8:30 10:00 12:00 14:30 16:00 17:00 18:00 19:30 20:30 21:00

7:15 9:45 12:15 13:45 15:45 17:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45

8:45 11:15 13:45 15:15 17:15 19:15 21:15 22:15 23:15 0:15 1:15

Shopping Tamboré > Aeroporto de Viracopos > Shopping Tamboré segunda a sexta Tamboré > Viracopos

sábados

Viracopos > Tamboré

Tamboré > Viracopos

domingos Viracopos > Tamboré

Tamboré > Viracopos

Viracopos > Tamboré

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

Saída

Chegada

4:00 5:30 7:00 9:00 10:30 13:00 14:00 15:30 17:00 19:00 20:00

5:30 7:00 8:30 10:30 12:00 14:30 15:30 17:00 18:30 20:30 21:30

6:45 8:45 10:15 12:15 13:45 16:45 17:45 19:45 21:45 23:45

8:15 10:15 11:45 13:45 15:15 18:15 19:15 21:15 23:15 1:15

4:00 5:30 7:00 9:00 11:00 15:00 18:30 20:00

5:30 7:00 8:30 10:30 12:30 16:30 20:00 21:30

6:45 9:15 10:45 12:15 13:45 16:15 18:15 21:15 23:15

8:15 10:45 12:15 13:45 15:15 17:45 19:45 22:45 0:45

5:30 7:00 10:30 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00

7:00 8:30 12:00 14:30 16:30 18:30 20:30 21:30

7:15 10:15 11:45 13:45 15:45 18:15 20:15 22:15 23:15

8:45 11:45 13:15 15:15 17:15 19:45 21:45 23:45 0:45

161


AZU IS | E X P E R I Ê N C I A A Z U L

Experiência Bagagem

Azul

NESTA SEÇÃO, REUNIMOS ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA TORNAR SUA VIAGEM SEGURA, TRANQUILA E CONFORTÁVEL

Na hora de preparar sua mala, lembre-se: o limite total para bagagem despachada é de 23kg. A de mão deve pesar até 5kg e não pode conter objetos cortantes e inflamáveis.

TudoAzul Para garantir pontos no programa de vantagens informe sempre seu CPF em suas reservas ou na hora do check-in. Se você ainda não é Cliente TudoAzul, cadastre-se e ganhe 1.000 pontos de boas-vindas. VOEAZUL.COM.BR/TUDOAZUL/AZUL-MAGAZINE

Aeroporto A Azul recomenda que você chegue ao aeroporto pelo menos uma hora antes de seu embarque, no caso de voos nacionais. E duas horas antes, em viagens aos EUA.

Bem-Estar

Ônibus Azul

- Faça uma alimentação leve e hidrate-se bem antes de embarcar - Prefira viajar com roupas confortáveis - Caso se sinta mal durante o voo, se necessário, utilize o saquinho disponível no bolsão à sua frente - Se sentir um desconforto nos ouvidos devido à mudança de altitude, tampe o nariz e engula saliva algumas vezes.

Serviços de ônibus para o aeroporto estão disponíveis em São Paulo e Santa Catarina. Não é necessário fazer reserva. Apenas apresente seu cartão de embarque. Confira a tabela de horários em nossos canais de atendimento e no site.

162 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5

Documentos Sempre que viajar com a Azul, tenha em mãos um documento de identificação em bom estado e com foto. Apresente-o no balcão de check-in e no portão de embarque.


Dicas para o

check-in A AZUL OFERECE CINCO MANEIRAS DIFERENTES PARA REALIZAR O SEU CHECK-IN*. ESCOLHA A QUE MELHOR SE ADAPTA ÀS SUAS NECESSIDADES

Totem check-in Para os Clientes que preferem o método tradicional de check-in, a Azul disponibiliza totens de autoatendimento nos aeroportos.

SMS check-in

Web check-in

Basta enviar um SMS para o número 26990 com o localizador do voo ou o CPF do passageiro. Ao final do processo, o Cliente recebe um SMS com o link para o acesso ao cartão de embarque.

No site da Azul é possível fazer o check-in de forma rápida e simples a partir de 48 horas antes de seu embarque. Perfeito para quem tem fácil acesso a computadores e quer economizar tempo.

App check-in Com o aplicativo da Azul, disponível gratuitamente para os sistemas iOS e Android, o bilhete fica guardado no passbook do smartphone e é possível embarcar mostrando apenas a tela do aparelho.

Fast check-in Para utilizar esta opção é preciso apenas digitar o endereço FC.VOEAZUL.COM.BR no navegador do celular e inserir uma das quatro alternativas de informação: número do localizador, RG, CPF ou número do Tudo Azul.

Clientes com conexão para voos da United Airlines em Guarulhos devem dirigir-se diretamente ao Terminal 3. Não há necessidade de refazer o check-in e nem despachar novamente as bagagens

163


PUBLIEDITORIAL AZUL CARGO

Mande bem com Azul Cargo. A mais ágil e pontual no transporte de carga aérea. Com presença em mais de 3.500 municípios, o serviço de entregas expressas porta a porta da Azul Cargo já é referência no mercado e, assim como as operações da Azul, mantém a alta confiabilidade demonstrada desde o início das operações. Fator primordial para o sucesso da Azul Cargo é a segurança, o que norteia o modo com que manuseia e transporta suas remessas, além de ser o primeiro valor da companhia. Produtos com alto valor agregado recebem no transporte aéreo um tratamento seguro, com poucos transbordos, tempo mínimo de permanência em armazéns e entregas rápidas ao destinatário, evitando assim riscos de roubos, perdas e avarias. Os clientes da Azul Cargo contam com um alto padrão de atendimento pós-vendas.

Para remessas urgentes, que podem ser despachadas até duas horas antes da decolagem de um voo e retiradas até duas horas após a chegada.

Entrega em domicílio ou retirada da carga no dia seguinte ao dia do envio para remessas destinadas às capitais e principais cidades brasileiras.*

Indicado para cargas de maior volume, e que tenham um prazo mais flexível para a chegada ao destino.

Serviço customizado para clientes de e-commerce que tenham distribuição frequente de pequenas encomendas.

Garante entrega porta a porta ou retirada até as 10h horas da manhã do dia seguinte ao dia do envio. Consulte lista de cidades atendidas.

Tarifas reduzidas para documentos até 100g.

Para informações sobre localidades atendidas, endereços das lojas, horários de atendimento, horários limite de despacho, restrições e rastreamento das remessas, ligue (11) 4003-8399 ou acesse: azulcargo.com.br


AZU I S | M A P A D E R O T A S

Nossos destinos

Internacional DomĂŠstico 165


AZU IS | M A P A D E R O T A S

Nossos destinos

166 A Z U L M A G A Z I N E | 1 2 . 2 0 1 5


167


PUBLIEDITORIAL TudoAzul

TudoAzul o programa de vantagens fácil de ganhar e fácil de viajar! No TudoAzul você ganha até cinco pontos a cada R$ voado. A partir de 1.000 pontos você pode obter descontos na passagem e, a partir de 5.000 pontos, pode resgatar viagem de graça para vários destinos em todo Brasil. Também é possível usar os pontos em viagens internacionais. Clientes TudoAzul também podem transferir pontos de seus cartões de crédito, pois temos promoções recorrentes e parcerias com os principais bancos do país, além de diversas empresas no varejo. Temos quatro categorias: TudoAzul, TudoAzul Topázio, TudoAzul Safira e TudoAzul Diamante.

TUDOAZUL

TOPÁZIO

SAFIRA

DIAMANTE

categoria inicial

4.000

8.000

20.000

pontos qualificáveis

pontos qualificáveis

pontos qualificáveis C

M

Adquira o cartão TudoAzul Itaucard e ganhe 10% de desconto em todas as passagens da Azul

Uma nova função dos produtos da Apple: pontuar no TudoAzul.

Y

CM

MY

CY

CMY

A Apple Store é a nova parceira do TudoAzul. Isso significa, novas vantagens para você viajar mais.

E vários outros benefícios. Saiba mais em: voeazul.com.br/tudoazulitaucard

Conheça alguns dos nossos parceiros Ganhe pontos mesmo quando não estiver voando:

Cadastre-se e ganhe 1.000 pontos voeazul.com.br/tudoazul/azul-magazine

Saiba mais em: https://tudoazul.voeazul.com.br/web/azul/apple

K


AZUIS

PA N O R Â M I C A Chema Llanos

Jogo de esconde-esconde Acostumado a viajar o mundo com sua câmera a tiracolo, o espanhol Chema Llanos tem uma coleção de registros curiosos. Este foi feito no Centro Histórico de São Luís, onde foi surpreendido pelo caráter aberto e alegre da população. “Eu estava fotografando as fachadas das casas coloniais do bairro quando essas crianças pipocaram neste buraco. Elas sorriam, davam gargalhadas e então começamos a brincar”, lembra o fotógrafo, que acredita que a imagem retrata o espírito local. “O Maranhão é um lugar cheio de surpresas a serem descobertas”, diz.


VISITE O NOSSO NOVO SHOWROOM EM SÃO PAULO: Av. General Ataliba Lionel, 989 - Santana.


Azul 32 completa  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you