Page 1

AZUL MAGAZINE

#27

JULHO | JULY

AVENTURAS DE BIKE NO SERTÃO PARAIBANO BIKE ADVENTURES IN THE PARAIBA BACKCOUNTRY

CLEO PIRES INVESTE EM PAPÉIS NO CINEMA CLEO PIRES INVESTS IN MOVIE ROLES

FESTAS LEVAM O PÚBLICO PARA AS RUAS PARTIES TAKE PEOPLE TO THE STREETS

VOEAZUL.COM.BR AZUL LINHAS AÉR EAS BRASI LE IRAS J ULHO 2015 / JULY 2015

27

disney

A TERRA DA FANTASIA NUNCA SAI DE MODA. A TURMA DO MICKEY E OS PARQUES CHEIOS DE EFEITOS ESPECIAIS ATRAEM CADA VEZ MAIS VISITANTES – DE TODAS AS IDADES

THE LAND OF FANTASY NEVER GOES OUT OF STYLE. MICKEY’S GANG AND THE PARKS FULL OF SPECIAL EFFECTS DRAW MORE AND MORE VISITORS – OF ALL AGES PO RTU G U ÊS - EN G L IS H


Sumário

AZUL MAGAZINE #27 J U L H O | J U LY 2 015

86

DESTINOS

86

Disney

Novas e clássicas atrações do reino da fantasia New and classic attractions in the realm of fantasy

100 Cariri Paraibano

Um passeio de bike pelo surpreendente sertão A bike tour through amazing backcountry

113

Recife

A cantora Luiza Possi dá dicas sobre a cidade Singer Luiza Possi gives tips about the city

EM FOCO

100

128 010 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

118

118

Cleo Pires

128

Anima Mundi

136

Festas nas Ruas

142

Zumba

144

Famiglia Mancini

As crenças, os desejos e os projetos da atriz The actress’s beliefs, desires and projects

O quarteto por trás do celebrado festival de animação The group of four behind the celebrated animated film festival Diversão democrática nas principais cidades do País Democratic fun in major cities across Brazil A mistura de ritmos da modalidade de dança The mixture of rhythms of the dance style Restaurantes e lojas com sotaque italiano Restaurants and shops with an Italian accent


Sumário 32

36

14 Editorial Editorial 16 Expediente Staff 18 Colaboradores Contributors

40

4 CANTOS

26 Agenda Agenda 28 Exposição Exhibit 32 Música Music 36 Cinema Film 40 Literatura Literature 44 TV TV 48 Teatro Theater HIGHLIGHTS

56

66

56 Gastronomia Cuisine 62 O Quarto The Bedroom 64 Hotspot Hotspot 66 5 Perguntas 5 Questions 68 Take 5 Take 5 70 Vitrine Shop Window 72 Olhar Azul Azul Look 74 Colunas Columns

62

André Barcinski Mário Magalhães Mara Salles

AZUIS

148 Novidades News 151 Frota Azul Azul Fleet 154 Linhas de Ônibus Bus Lines 156 Experiência Azul Azul Experience 159 Mapa de Rotas Route Map 162 Panorâmica Panorama 012 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5


Editorial

Novidades de além-mar Overseas novelties

Inovação é uma marca registrada da Azul e um dos principais valores da empresa. Desde sua fundação, a companhia tem investido em iniciativas que se traduzem em facilidade e comodidade aos seus Clientes, sempre com foco em servir bem. Em mais uma ação diferenciada, que visa a incentivar brasileiros a viajar ao exterior, a Azul passa a facilitar o processo de emissão do visto norte-americano. A companhia agora oferece passagens de ida e volta por R$99 a quem precisar ir a um consulado longe de seu município para solicitar o documento. A empresa garante os bilhetes promocionais para Clientes que tenham passagem internacional comprada pela Azul. O benefício pode ser utilizado por residentes de qualquer lugar do País com destino ao consulado norte-americano mais próximo e por um valor muito acessível. Este DNA inovador da Azul é originário de seu fundador, David Neeleman, a quem, em nome dos mais de 11 mil Tripulantes da companhia, parabenizo pela mais recente conquista: a aquisição da companhia aérea portuguesa TAP. Sem dúvidas, o negócio trará uma série de benefícios para Portugal e para o Brasil. A nação lusitana é a principal porta de entrada de brasileiros na Europa, e vice-versa. Hoje, são mais de 1,8 milhão de pessoas voando entre os dois países todos os meses. A TAP é líder nesse mercado e está presente em 12 cidades brasileiras, operando uma série de voos de Norte a Sul do País. Esta será uma oportunidade muito boa para a Azul e para a TAP, já que no futuro poderão estudar acordos e parcerias comerciais. Com a ação, ganha o Brasil e ganham os brasileiros, que têm tudo para movimentar ainda mais a economia de nosso País, além de estreitar os laços entre as duas nacionalidades. Desejo muito sucesso a David Neeleman e ao grupo de investidores neste novo desafio à frente de uma das mais importantes empresas aéreas da Europa. Agradeço a escolha de voar conosco. Boa leitura e um excelente voo!

Dear reader, Innovation is a trademark at Azul, and one of the company’s main values. Since it was founded, the company has invested in initiatives that result in ease and convenience for its customers, always focusing on serving well. In yet another differentiated action, which aims to encourage Brazilians to travel abroad, Azul is now facilitating the process for the issuance of US visas. The Company is now offering round-trip tickets for R$99 to those who need to visit a consulate to apply for the document. The Company guarantees the promotional tickets to Customers who have an international plane ticket purchased through Azul. The benefit can be used by residents of any part of Brazil flying to the closest US consulate and at a very accessible price. This innovative DNA of Azul originated from its founder, David Neeleman, whom I wish to congratulate, on behalf of the company’s more than 11 thousand crew members, for the latest achievement: the acquisition of the Portuguese airline TAP. The deal will undoubtedly bring a series of benefits to Portugal and to Brazil. The Lusitanian nation is the main entry route for Brazilians into Europe, and vice versa. Today there are more than 1.8 million people flying between the two countries every month. TAP is the leader in this market and is present in 12 Brazilian cities, operating a series of flights from the north to the south of the country. This will be a very good opportunity for both Azul and TAP, since they will be able to analyze business agreements and partnerships in the future. Both Brazil and Brazilians gain with the action, as it is sure to boost the economy of our country even further, besides improving ties between the two nationalities. I wish David Neeleman and the group of investors every success in this new challenge running one of the most important airline companies in Europe. Thank you for choosing to fly with us. Enjoy reading and have a great flight!

Antonoaldo Neves PRESIDEN TE P RE S IDE NT

014 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

RETRATO: DIVULGAÇÃO

Caro leitor,


COMUNICAÇÃO E MARCA Diretor de Comunicação e Marca Gerente de Comunicação Coordenador de Comunicação Diretor de Arte Gerente de Produto

MARKETING

Gianfranco Beting

Gerente de Marketing

Carolina Constantino

Coordenador de Marketing

Fabio Abud

Analista de Marketing

Editor de Arte Repórter Produtora Executiva Estagiárias

facebook.com/AzulLinhasAereas

DIRETORIA

bruna.tiussu@azulmagazine.com.br

Marina Azaredo

Revisão Tradução e Revisão do Inglês

Rodrigo Ferrari

rodrigo@azulmagazine.com.br

PUBLICIDADE

marina.azaredo@azulmagazine.com.br

Gerente Comercial

André Graciotti

andre.graciotti@azulmagazine.com.br

Luiza Vieira

Executivas de Contas

Marcelo Trevenzolli

marcelo.trevenzolli@azulmagazine.com.br

Carina Nishida

carina@azulmagazine.com.br

Sandra Torre

luiza.vieira@azulmagazine.com.br

sandra.torre@azulmagazine.com.br

Thais Lutti

Simone Montenegro

simone@azulmagazine.com.br

thais.lutti@azulmagazine.com.br

Ana Paula Matozo

Sofia Franco

ana.matozo@azulmagazine.com.br

sofia.franco@azulmagazine.com.br

Assistente Comercial

camila.nardi@azulmagazine.com.br

Produção Gráfica

twitter.com/azulinhasaereas

Diretor Executivo

Bruna Tiussu

Camila Nardi Tratamento de Imagens e Pré-impressão

Rafaela Cambiaghi Garcia

Renata Florenzano

EDITORIAL

Editora-assistente

Francisco Almeida

Nemo Sampaio

voeazul.com.br

Editora

Dilson Gonçalves

Everaldo Guimarães

Representantes de Vendas FTPI

aldo@azulmagazine.com.br

Vitor Soares

Paula Rezende

paula@azulmagazine.com.br | 11 3254 9895

Andrea Medrado (RJ)

andreamedrado.rio@ftpi.com.br | 21 3852 1588

Cristine Prataviera (PR)

cristiane.curitiba@ftpi.com.br | 41 3026 4100

vitor.soares@azulmagazine.com.br

Ivan Feitosa (PE)

ivan.nordeste@ftpi.com.br | 81 2128 4350

Paulo Vinicio de Brito

Loren Rodrigues (PE)

loren.nordeste@ftpi.com.br | 81 2128 4350

Business Translation Services

Luciana Mir (DF)

lucianamir.brasilia@ftpi.com.br | 61 3035 3750

COLABORADORES Texto: Ana Ávila, Cíntia Bertolino, Denise Menchen, Luciana Garcia, Mariana Cunha, Paulo Vieira, Renato Lemos, Rosa Jorge, Tyara de La-Rocque Foto: Adriano Fagundes, André Dib, Cecilia Acioli, Chema Llanos, Helena Peixoto, Jorge Bispo, Julia Rodrigues, Leo Eloy, Ricardo Jaeger, Sergio Caddah Design: Fabio Otubo Maquiagem: Erica Monteiro Stylist: Alê Duprat Ilustração: Danilo Bandeira, Mauricio Pierro

Leia também no tablet. O app da Azul Magazine está disponível para os sistemas iOS e Android

Ronaldo Spagnuolo (MG)

ronaldo.minas@ftpi.com.br | 31 2105 3609

Representantes de Vendas EUA

Marcela Miranda (Flórida)

marcela.miranda@azulmagazine.com.br | 1 407 701 0738

PROJETO GRÁFICO André Graciotti MARKETING Gerente de Marketing

Géssica Romanini

gessica@azulmagazine.com.br

DISTRIBUIÇÃO Gerente de Circulação

Jane Pinheiro

jane.pinheiro@azulmagazine.com.br

FINANCEIRO/ADMINISTRATIVO Gerente Administrativa e Financeira Assistente Financeira Foto da capa Julia Rodrigues

016 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Valquiria Gomes Vilela

IMPRESSÃO CTP, Impressão e Acabamento Tiragem

LOG & PRINT Gráfica e Logística S.A. 90.000 exemplares

Editora Arranjo de Letras Eireli CNPJ – 11.052.806/0001-40 Endereço – Av. Paulista, 2200, 23º andar Consolação. CEP 01310-300 11 3254 9950

valquiria.gomes@azulmagazine.com.br

Bruna Veiga

bruna.veiga@azulmagazine.com.br

AZUL Magazine não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. As pessoas que não constam do expediente da revista não têm autorização para falar em nome de AZUL Magazine ou retirar qualquer tipo de material para produção de editorial caso não tenham em seu poder uma carta atualizada e datada, em papel timbrado, assinada por pessoa que conste do expediente.


Colaboradores Julia Rodrigues FOTÓ G R A FA / P H OTO G R AP HER

Formada em desenho industrial, a fluminense começou a carreira como assistente de Ernani d’Almeida e Jorge Bispo. Hoje, colabora em títulos como Claudia e Playboy. São dela as imagens da Disney, na reportagem de capa desta edição.

Holder of a degree in industrial design, the photographer from the state of Rio de Janeiro started her career as an assistant to Ernani d’Almeida and Jorge Bispo. Today she contributes to titles such as Claudia and Playboy. The pictures of Disney, cover story of this edition, were taken by her.

Cíntia Bertolino JORN AL ISTA / JOURN AL IST

Depois de estudar cultura alimentar e comunicação na Itália, aplica o conhecimento que trouxe em textos de O Estado de S.Paulo e Piauí. Colabora nesta Azul Magazine com a reportagem sobre o Eataly, novidade gastronômica da capital paulista. After studying food culture and communication in Italy, she is applying the knowledge she has acquired in texts for O Estado de S.Paulo and Piauí. She contributes to this Azul Magazine with the article on Eataly, a gastronomic novelty in the capital city of São Paulo.

Ricardo Jaeger F OTÓGRAF O / PHOTOGRAPHER

Começou a fotografar para o Diário Gaúcho, em Porto Alegre. Hoje, seus cliques estão em publicações como Época e GQ e na revista on-line Beerart, sobre cervejas especiais. Para este número, clicou o restaurante Berna, em Porto Alegre. He began taking photographs for Diário Gaúcho, in Porto Alegre. Today, his snapshots are in publications such as Época and GQ, and in the online magazine Beerart, about special beers. For this number he took shots of the Berna restaurant, in Porto Alegre.

Jorge Bispo

Denise Menchen

F OT Ó G R A FO / P H OTO G R A P H ER

He has worked at some of the main vehicles in the country, such as Jornal do Brasil, Playboy, Trip and VIP. He is the author of the book Apartamento 302 (Apartment 302), which brought series 302, already in its 2nd season on Canal Brasil, to life. The pictures of Cleo Pires were taken by him.

018 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

JORN AL ISTA / JOURN AL IST

Renato Lemos J O RNALISTA / J O U RNALIST

Torcedor do Botafogo, da Portela e profissional da escrita, nesta ordem. Já trabalhou para o Jornal do Brasil e O Globo e, neste ano, lançou o livro Inventores do Carnaval, sobre os criadores das escolas de samba do Rio. Aqui, assina o perfil da atriz Cleo Pires. A fan of Botafogo, of Portela and a literacy professional, in this order. He has worked at Jornal do Brasil and at O Globo, and this year launched the book Inventores do Carnaval (Inventors of Carnival), about the creators of the samba schools of Rio. Here he produces the profile of actress Cleo Pires.

Gaúcha, passou pelas redações paulista e carioca da Folha de S.Paulo e fez dois intercâmbios na Alemanha, onde atuou nos veículos Westdeutsche Allgemeine Zeitung, de Essen, e Der Tagesspiegel, de Berlim. Para esta edição, entrevistou os idealizadores do festival Anima Mundi.

Born in Rio Grande do Sul, she spent some time at the Rio and São Paulo branches of Folha de S.Paulo and took part in two exchange programs in Germany, where she worked at the vehicles Westdeutsche Allgemeine Zeitung, of Essen, and Der Tagesspiegel, of Berlin. For this edition, the idealizers of the Anima Mundi festival were interviewed.

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL

Já passou por alguns dos principais veículos de imprensa do País, como Jornal do Brasil, Playboy, Trip e VIP. É autor do livro Apartamento 302, que deu vida à série 302, já em sua 2ª temporada no Canal Brasil. São dele os retratos de Cleo Pires deste número.


4 cantos

28 Exposição Exhibit

São Paulo recebe mostra sobre Truffaut São Paulo receives exhibition on Truffaut

32 Música Music

Festival de inverno na serra fluminense Winter festival in the mountains of Rio de Janeiro

40 Literatura Literature

Prédios icônicos de SP em fotografias Iconic buildings of São Paulo in photographs

40

FOTOS: EMILIANO HAGGE/DIV. (EDIFÍCIO CINDEREL A); DIVULGAÇÃO

28


4 CANT OS | A G E N D A

julho

Música | Music

july

dia

3

Risadaria

dia

17

SÃO PAULO (SP)

Ao todo, 642 espetáculos compõem a programação do evento de humor que reúne shows ao vivo, exposições, debates, oficinas e filmes. Leandro Hassum, Paulo Bonfá, Marcelo Tas e Fábio Porchat são alguns dos 300 artistas que se apresentam.

BELO HORIZONTE (MG)

SAVASSIFESTIVAL.COM.BR

CAMPOS DO JORDÃO (SP)

Mais de 75 concertos e apresentações de renomados solistas e grupos nacionais e internacionais se revezam na 46ª edição do evento. A abertura fica por conta do concerto da Osesp, sob regência de Marin Alsop.

More than 75 concerts and performances by renowned Brazilian and international soloists and groups take turns at the 46th edition of the festival. One of the highlights is the event’s opening, with a concert by the São Paulo State Symphony Orchestra, conducted by Marin Alsop.

Festival Internacional da Sanfona JUAZEIRO (BA) E PETROLINA (PE)

A sanfona é personagem central da festa que ocorre às margens do Rio São Francisco – na divisa dos estados da Bahia e de Pernambuco. Conta com oficinas, concurso, exposição, concertos e shows. Entre as atrações principais estão a Orquestra Sanfônica do São Francisco e Oswaldinho do Acordeon. The accordion is the central character of the festival, which takes place on the banks of the São Francisco River – on the border between the states of Bahia and Pernambuco. The event will offer workshops, a contest, an exhibition, music concerts and open shows. Among the biggest attractions are Orquestra Sanfônica do São Francisco and Oswaldinho do Acordeon.

ESPAÇO CULTURAL JOÃO GILBERTO, R. JOSÉ PETITINGA, S/Nº, SANTO ANTONIO, JUAZEIRO.

DIVERSOS PONTOS DE CAMPOS DO JORDÃO. DE 4 DE JULHO A 2 DE AGOSTO. HÁ ATIVIDADES

PALCO PRINCIPAL NA ORLA 2, ÀS MARGENS DO RIO SÃO FRANCISCO, S/Nº, PETROLINA.

GRATUITAS, E OUTRAS ENTRE R$20 E R$80 FESTIVALCAMPOSDOJORDAO.ORG.BR

DE 14 A 18 DE JULHO, A PARTIR DAS 20H. GRÁTIS

026 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FESTIVALDASANFONA.COM.BR

FOTOS: RENAN PEROBELLI/DIV. (FESTIVAL DE INVERNO); WILLIAN ALVES/DIV. (CAMPUS PART Y), DIVULGAÇÃO

DIVERSOS PONTOS DE BELO HORIZONTE. DE 4 A 12 DE JULHO. GRÁTIS

Festival de Inverno

VALENÇA E REGIÃO (RJ)

Festival Arte Leblon

dia

18

RIO DE JANEIRO (RJ)

Through July 26, the Leblon neighborhood receives events related to music, cuisine, film, literature, dance, painting and architecture in commemoration of Rio’s 450th anniversary – and Leblon’s 96th anniversary. During the period, there will be discounts at participating bars and restaurants.

Dedicated to jazz and instrumental music, this year’s festival features main attractions such as the Minas Gerais-based instrumental group Uakti, and singer-songwriter João Bosco. Another highlight is pianist André Mehmari, who will be presenting a special concert in honor of Clube da Esquina.

dia

Outros | Others

Festival do Vale do Café

Até 26 de julho, o Leblon recebe uma programação de música, gastronomia, cinema, literatura, dança, pintura e arquitetura, numa ação especial em comemoração aos 450 anos do Rio – e 96 do bairro. No período, haverá também descontos em bares e restaurantes participantes.

Dedicada ao jazz e à música instrumental, o festival deste ano tem entre suas principais atrações o grupo instrumental mineiro Uakti e o cantor e compositor João Bosco. Outro destaque é o pianista André Mehmari, que faz um especial em homenagem ao Clube da Esquina.

4

Teatro | Theater

FESTIVALVALEDOCAFE.COM.BR

Savassi Festival

dia

Exposição | Exhibit

RISADARIA.COM.BR

17

14

Dança | Dance

DIVERSAS CIDADES DO VALE DO CAFÉ, RIO DE JANEIRO. R$100 CADA APRESENTAÇÃO

dia

4

Literatura | Literature

The 13th edition of the festival held in the interior region of Rio de Janeiro state promotes concerts and cultural attractions in various towns such as Vassouras and Valença, with performances at churches, manor houses, and farms. This year’s highlights include musicians Marcos Ariel, Carol McDavitt and Delia Fischer.

DIVERSOS PONTOS DE SÃO PAULO, EM TODOS OS FINS

dia

TV | TV

A 13ª edição do festival do interior fluminense promove shows e atrações culturais em cidades da região, como Vassouras e Valença. Igrejas, casarões e fazendas servem de palco para Marcos Ariel, Carol McDavitt, Délia Fischer e outros músicos.

In all, 642 performances comprise the schedule of the comedy event, which gathers live performances, exhibitions, debates, workshops and screenings. Leandro Hassum, Paulo Bonfá, Marcelo Tas and Fábio Porchat are a few of the 300 artists that will perform. DE SEMANA DE JULHO. ENTRE R$20 E R$30

Cinema | Film

LEBLON, RIO DE JANEIRO, DE 17 A 26 DE JULHO. GRÁTIS

dia

22

FESTIVALARTE.COM.BR

Orlando City X New York Red Bulls ORLANDO (FL, EUA)

O time de futebol Orlando City realiza uma partida animada contra o New York Red Bulls. A equipe, que tem como principal estrela o meio-campista Kaká, promete diversas surpresas aos milhares de brasileiros que têm apoiado o clube na Major League Soccer (MLS).

The Orlando City soccer team plays a lively match against the New York Red Bulls. The team, whose main star is midfielder Kaká, promises many surprises for the thousands of Brazilians who have supported the club in Major League Soccer (MLS). ESTÁDIO ORLANDO CITRUS BOWL, 1 CITRUS BOWL PL, ORLANDO. SÁB. (18), ÀS 19H30. ENTRE US$34,53 E US$159,63

1 855 675 2484

ORLANDOCITYSC.COM

Festival de Dança de Joinville JOINVILLE (SC)

A 33ª edição do evento reúne bailarinos de 21 estados brasileiros e convidados do Paraguai, da Suíça e da Rússia. Além de Joinville, as apresentações são realizadas em palcos espalhados por Blumenau, Pomerode, Jaraguá do Sul e São Francisco do Sul. The 33rd edition of the event brings together dancers from 21 Brazilian states plus guest performers from Paraguay, Switzerland, and Russia. In addition to Joinville, the performances will take place on stages scattered across Blumenau, Pomerode, Jaraguá do Sul, and São Francisco do Sul. DIVERSOS PONTOS DE JOINVILLE E ARREDORES, DE 22 DE JULHO A 1ª DE AGOSTO. HÁ ATIVIDADES GRATUITAS, E OUTRAS ENTRE R$18 E R$126

FESTIVALDEDANCA.COM.BR

dia

23

Campus Party OLINDA (PE)

Os 150 anos do livro Da Terra à Lua, de Julio Verne, são o tema principal do evento, que promete mais de 300 horas de conteúdo sobre tecnologia, inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e entretenimento digital.

The 150th anniversary of the book From the Earth to the Moon, by Jules Verne, is the main theme of the event, which promises more than 300 hours of content about technology, innovation, creativity, science, entrepreneurship, and digital entertainment. CENTRO DE CONVENÇÕES, AV. PROFESSOR ANDRADE BEZERRA, S/Nº, OLINDA. DE 23 A 26 DE JULHO, DAS 10H30 ÀS 21H. R$215

81 3182 8000

RECIFE.CAMPUS-PARTY.ORG

027


4 CANT OS | E X P O S I Ç Ã O

Nouvelle vague

French New Wave for the senses

sensorial MOSTRA DEDICADA A FRANÇOIS TRUFFAUT CHEGA A SÃO PAULO COM ATRAÇÕES INTERATIVAS E UMA COLEÇÃO DE OBJETOS QUE POSSIBILITAM UM MERGULHO NA VIDA E NA OBRA DO CINEASTA FRANCÊS A SHOWING DEDICATED TO FRANÇOIS TRUFFAUT ARRIVES IN SÃO PAULO WITH INTERACTIVE ATTRACTIONS AND A COLLECTION OF OBJECTS THAT ENABLE VISITORS TO DELVE INTO THE LIFE AND WORK OF THE FRENCH FILMMAKER

FOTOS: PIERRE ZUCCA /DIV (RETRATO); REPRODUÇÃO

Por/By LUCIANA GARCIA

Aposte uma corrida com seus colegas sobre uma ponte e repita a inesquecível cena do filme Jules & Jim – Uma Mulher para Dois, de François Truffaut. Queime a largada e torne-se, em suas próprias fotos, a substituta da diva Jeanne Moreau (a Catherine do clássico francês) ou o dublê do austríaco Oskar Werner (o Jules). Afinal, uma réplica da ponte utilizada nas filmagens do longa estará à sua disposição no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, a partir do dia 14 deste mês. A peça faz parte da mostra Truffaut: Um Cineasta Apaixonado, montada em 2014 pela Cinemateca Francesa para marcar os 30 anos de morte do célebre diretor da nouvelle vague, e que agora chega ao Brasil – fica em cartaz até 18 de outubro.

028 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Algumas alterações, no entanto, foram feitas para atrair o público nacional: além da ponte, o MIS instalou 12 portas em sua exibição. Pelo olho-mágico delas será possível rever e reviver cenas clássicas da obra de Truffaut. “São atrações que possibilitam uma experiência sensorial. Simplesmente colocar fotos e cartas na parede pode ficar pouco interessante se você não tem um conhecimento prévio do trabalho do francês”, diz o diretor-executivo do MIS, André Sturm. “Quando montamos a exposição de Stanley Kubrick, em 2013, a pessoa que não tinha visto os filmes dele saía com vontade de vê-los. Isto sem que a mostra parecesse um parque de diversões, porque o trabalho do cineasta estava em primeiro plano”, acrescenta. Outra diferença entre a montagem francesa e a brasileira é a ordem de apresentação das peças. Em Paris, a vida e a obra de Truffaut foram organizadas em ordem cronológica. Por aqui optou-se por quatro áreas com temas diferentes: os longas do diretor, sua paixão pelo cinema, suas mulheres e seu lado agitador cultural. Ao todo, 600 itens, como desenhos, fotos, livros, revistas e roteiros com anotações, estarão dispostos para o público conferir. Entre os destaques, Sturm cita cartas que o francês trocou com o diretor inglês Alfred Hitchcock e o vídeo com o teste que Jean-Pierre Léaud fez para atuar em Os Incompreendidos. Todas os objetos foram doadas à Cinemateca Francesa pela própria família de Truffaut.

Truffaut: Um Cineasta Apaixonado

MIS – Museu da Imagem e do Som, Av. Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo. De 14 de julho a 18 de outubro. Ter. a sáb., das 12h às 21h; dom., das 11h às 20h. R$10 11 2117 4777 MIS-SP.ORG.BR

Na página anterior, François Truffaut, em registro de 1968; acima à esquerda, cena de Jules & Jim; e, à direita, credencial de imprensa do cineasta para o Festival de Cannes de 1957 Previous page: François Truffaut in a photo from 1968; above left: scene from Jules & Jim; right: the director’s press pass for the 1957 Cannes Film Festival

Bet on a race with your friends on a bridge, and repeat the unforgettable scene from the film Jules et Jim, by François Truffaut. Get a head start, and become – in your own photos – the replacement for diva Jeanne Moreau (who played Catherine in the French classic) or the stunt double of the Austrian Oskar Werner (who played Jules). After all, a replica of the bridge used in the movie will be on hand at the Museum of Image and Sound (MIS) in São Paulo, starting on the 14th of this month. The replica is part of the showing called Truffaut: A Passionate Filmmaker, created in 2014 by Cinémathèque Française, to mark the 30th anniversary of the death of the celebrated director of Nouvelle Vague (French New Wave Cinema), and now arrives in Brazil – running through October 18. Some changes, however, were made to attract Brazilian audiences: aside from the bridge, MIS installed 12 doors in its exhibit. Through the peepholes, visitors can look back on and relive classic scenes of Truffaut’s works. “These are attractions that allow a sensory experience. Simply putting photos and letters on the wall can be rather uninteresting if you have no prior knowledge of the filmmaker’s work,” says MIS executive director, André Sturm. “When we set up the Stanley Kubrick exhibit in 2013, people who had not seen his films came away wanting to see them. We did this so the showing wouldn’t seem like an amusement park, because the director’s work was at the forefront,” he adds. Another difference between the French and Brazilian exhibit is the order in which the pieces are presented. In Paris, the life and work of Truffaut were arranged in chronological order. Here, we chose four areas with different themes: the director’s feature films, his passion for cinema, his women, and his “cultural agitator” side. In all, 600 items – including drawings, photos, books, magazines and scripts with notes – will be shown to museum-goers. Among the highlights, Sturm cites letters that the Truffaut exchanged with English director  Alfred Hitchcock and the audition video Jean-Pierre  Léaud made to act in The Four Hundred Blows. All of the pieces on display were donated to Cinémathèque Française by Truffaut’s family.

029


4 CANT OS | E X P O S I Ç Ã O

ARTE EM FOCO

ART IN FOCUS

SAIBA MAIS SOBRE OS DESTAQUES DE MUSEUS E ESPAÇOS CULTURAIS FIND OUT MORE ABOUT THE OUTSTANDING MUSEUMS AND CULTURAL SPACES Por/By LUIZA VIEIRA

Brincando com a comida Playing with food

O fotógrafo Luis Gutman apresenta Sabor Sem Medida, uma coleção de 26 imagens que misturam fantasia e gastronomia. Numa delas, uma xícara de chá é cenário para um casal apaixonado (foto); noutra, um pedaço de queijo se torna a parede de um pintor. Para a execução do trabalho, o carioca usou produtos da famosa Casa Carandaí, empório que recebe a mostra de 17 de julho a 20 de setembro.

Além do que se vê Beyond what is seen

O som, a luz, a palavra e outros elementos impalpáveis são o mote dos trabalhos exibidos em Imaterialidade, mostra realizada pelo Sesc Belenzinho, de 2 de julho a 27 de setembro. As 22 obras têm autoria de 18 artistas, entre eles os brasileiros José Damasceno (foto) e Waltercio Caldas, o francês François Morellet e o norte-americano James Turrell.

Reunião de clássicos Reunion of classics

SESC BELENZINHO, R. PADRE ADELINO, 1000, BELENZINHO, SÃO PAULO. TER. A SÁB, DAS 10H ÀS 21H; DOM., DAS 10H ÀS 19H30. GRÁTIS

11 2076 9700

SESCSP.ORG.BR/BELENZINHO

Obras-primas de 29 mestres – entre eles Van Gogh (foto), Picasso, Renoir e Tolouse-Lautrec –, organizadas em grandes painéis suspensos, compõem a exposição A Arte na França, de 16 de julho a 3 de outubro, no Masp. O objetivo da mostra é expor 200 anos de produção artística do país europeu, do século 18 ao 20. Masterpieces by 29 painters – including Van Gogh (photo), Picasso, Renoir and Toulouse-Lautrec – organized in large suspended panels, comprise the Art in France exhibition, showing from July 16th to October 3rd at the São Paulo Museum of Art (Masp). The aim of the exposition is to showcase 200 years of artistic production from the European country, from the 18th, 19th and 20th centuries. MASP, AV. PAULISTA, 1578, BELA VISTA, SÃO PAULO. TER. A DOM., DAS 10H ÀS 18H – ÀS QUINTAS, O MUSEU FECHA ÀS 20H. R$25 (GRÁTIS ÀS TERÇAS; ÀS QUINTAS, A PARTIR DAS 17H) 11 3251 5644

MASP.ART.BR

030 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Para ver e aprender Watch and learn

Em turnê pelo Brasil, a mostra Macanudismo desembarca em São Paulo no dia 4 de julho com uma agitada programação. Além da exibição de 500 tirinhas que abrangem dez anos de carreira do argentino Ricardo Liniers, o próprio artista estará presente na abertura para pintar um mural. Palestras e oficinas com nomes como Adão Iturrusgarai e Laerte Coutinho completam a agenda da exposição, em cartaz até 1º de setembro. On tour in Brazil, the showing titled Macanudismo arrives in São Paulo on July 4th with a bustling schedule. In addition to the exhibit of 500 comic strips covering ten years of the career of Ricardo Liniers, from Argentina, the artist himself will be present at the opening ceremony to paint a mural. Lectures and workshops with the likes of Adão Iturrusgarai and Laerte Coutinho complete the agenda of the exhibition, which runs until September 1st.

CASA CARANDAÍ, R. LOPES QUINTAS, 165, JARDIM BOTÂNICO, RIO DE JANEIRO. FOTOS: ANTHONY CUNHA /DIV. (IMATERIALIDADE ); LUIS GUTMAN/DIV. (SABOR SEM MEDIDA); JOÃO MUSA /DIV. (GUIGNARD) DIVULGAÇÃO

Sound, light, words, and other intangible elements are the theme of the works on display in Imaterialidade, a showing held at SESC Belenzinho, from July 2nd to September 27th. The 22 works are authored by 18 artists, including José Damasceno (photo) and Waltercio Caldas, both from Brazil; François Morellet, from France; and James Turrell, from the USA.

Photographer Luis Gutman presents Sabor Sem Medida [“Flavor Without Measure”], a collection of 26 images that combine fantasy with gastronomy. In one of the images, a cup of tea is the setting for a couple in love (foto); in another one, a piece of cheese becomes a painter’s wall. To carry out the work, the Rio native used products from the famed Casa Carandaí, the emporium hosting the showing from July 17th to September 20th. SEG. A SÁB., DAS 9H ÀS 21H; DOM., DAS 9H ÀS 17H. GRÁTIS 21 3114 0179

Y

MY

CY

CMY

K

Lirismo modernista Modernist lyricism

A partir de 7 de julho, o Museu de Arte Moderna de São Paulo sedia Guignard – A Memória Plástica do Brasil Moderno, retrospectiva do pintor Alberto Veiga Guignard. Sua trajetória é mostrada a partir de 80 trabalhos – há desenhos, telas de paisagens e retratos. Também ficam expostas obras de contemporâneos seus, como José Pancetti e Di Cavalcanti. Até 11 de setembro. Starting July 7th, the São Paulo Museum of Modern Art hosts Guignard – The Plastic Memory of Modern Brazil, a retrospective of the painter Alberto Veiga Guignard. His career is depicted in 80 works – including drawings, landscape paintings and portraits. The exhibit also includes works by his contemporaries, such as José Pancetti and Di Cavalcanti. Up to September 11th.

MAM, PARQUE DO IBIRAPUERA, AV. PEDRO ÁLVARES CABRAL, S/Nº, IBIRAPUERA, SÃO PAULO.

TER. A DOM., DAS 11H ÀS 17H. GRÁTIS

TER. A DOM., DAS 10H ÀS 17H30. R$6 (GRÁTIS AOS DOMINGOS)

CORREIOS.COM.BR

M

CM

CASACARANDAI.COM.BR

CENTRO CULTURAL CORREIOS, AV. SÃO JOÃO, S/Nº, VALE DO ANHANGABAÚ, SÃO PAULO. 11 3227 9461

C

11 5085 1300

MAM.ORG.BR


4 CANT OS | M Ú S I C A À esquerda, atração do festival de 2014; abaixo, Emicida, um dos destaques da programação musical deste ano Left: attraction at the 2014 festival; below: Emicida, one of the highlights of this year musical programming

A cultura sobe a serra A REGIÃO DE TERESÓPOLIS E PETRÓPOLIS, NO RIO, É PALCO DA 14ª EDIÇÃO DO FESTIVAL SESC DE INVERNO, QUE REÚNE NOMES DE PESO COMO O RAPPER EMICIDA E A CANTORA GAL COSTA THE TERESÓPOLIS AND PETRÓPOLIS REGION, IN RIO DE JANEIRO STATE, HOSTS THE 14TH EDITION OF THE SESC WINTER FESTIVAL, WHICH GATHERS BIG-TIME NAMES LIKE RAPPER EMICIDA AND SINGER GAL COSTA Por/By LUIZA VIEIRA

Entre 24 de julho e 2 de agosto, promover a culturaPor/By é a ordem máxima em Petrópolis, TeresóLUIZA VIEIRA polis e Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. Durante os nove dias, as cidades recebem o Festival Sesc de Inverno, com uma programação que reúne grandes nomes da música e também destaques do teatro, da dança, da literatura, do cinema e das artes visuais. “O festival é uma lente de aumento, e joga luz sobre o que de mais bacana está acontecendo. Por isso a programação tão diversificada”, explica Maria Gouvêa, gerente de cultura do Sesc Rio e curadora do evento. Vão ao palco artistas como Gal Costa, Zeca Pagodinho, Emicida, O Rappa, Hermeto Pascoal, Nação Zumbi, Suricato, Kleiton e Kledir e O Teatro Mágico. Além da intensa agenda de shows, há peças com nomes como Antonio Fagundes, Cia. Amok Teatro e Os Tapetes Contadores de Histórias e espetáculos de grupos como a Focus Cia. de Dança. “Não é apenas um festival na cidade, mas sim para a cidade”, destaca Maria, ao ressaltar a participação de artistas e coletivos não só do Rio, mas também de outros estados, como Santa Catarina, São Paulo, Pernambuco e Ceará. O que chama a atenção, também, é a entrada acessível para o evento: 80% das atividades são gratuitas e as pagas saem por preços populares – R$5 para associados Sesc, R$10, a meia entrada, e R$20, a inteira.

Festival Sesc de Inverno

De 24 de julho a 2 de agosto, em Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Há atividades gratuitas e outras entre R$5 e R$20 SESCRIO.ORG.BR

032 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Culture climbs the mountain

From July 24th to August 2nd, promoting culture is the maximum order in Petrópolis, Teresópolis, and Nova Friburgo, in the state of Rio de Janeiro. During nine-day festival, the cities receive the SESC Winter Festival, with a schedule that gathers big-time names in music as well as special guests from theater, dance, literature, film and the visual arts. “The festival is a magnifying glass, and sheds light on some of the coolest things happening out there. This is why the programming is so diverse,” explains Maria Gouvêa, culture manager at Sesc Rio and curator of the event. Artists such as Gal Costa, Zeca Pagodinho, Emicida, O Rappa, Hermeto Pascoal, Nação Zumbi, Suricato, Kleiton & Kledir, and O Teatro Mágico will be taking the stage. In addition to the intense schedule of the concerts, there are plays featuring the likes of Antonio Fagundes, Cia. Amok Teatro, and Os Tapetes Contadores de Histórias, plus performances by groups such as Focus Cia. de Dança. “It’s not just a festival in the city, but rather for the city,” states Maria, emphasizing the participation of artists, groups, collectives and companies not only from Rio but also from other states such as Santa Catarina, São Paulo, Pernambuco, and Ceará. What also draws attention is the event’s affordable ticket price: 80% of the activities are free-of-charge, and the paid activities are offered at popular prices: R$ 5 for SESC members, R$ 10 for half-price tickets (for students, seniors, etc.) and R$ 20 for full-price tickets.


4 CANT OS | M Ú S I C A

OUÇA ESSA

LISTEN TO THIS

OS PRINCIPAIS LANÇAMENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DO MÊS THE MAIN NATIONAL AND INTERNATIONAL RELEASES OF THE MONTH Por/By SOFIA FRANCO

Roda de samba “Roda de samba”

Sambista renomado da geração atual, Diogo Nogueira lança seu quarto álbum de estúdio, Porta-Voz da Alegria. O repertório passa por vários estilos do ritmo brasileiro e traz grandes compositores, como Arlindo Cruz, Xande de Pilares, Pretinho da Serrinha, Serginho Meriti, entre outros.

Renowned samba artist of today’s generation, Diogo Nogueira releases his fourth studio album, Porta-Voz da Alegria. The repertoire traverses various styles of samba and features songs by major composers such as Arlindo Cruz, Xande de Pilares, Pretinho da Serrinha, and Serginho Meriti, among others.

Mão na massa

Consumo consciente Conscious consumption

Focado em questões ambientais, The Monsanto Years, de Neil Young, é uma crítica à empresa agrícola do título. Para o trabalho de rock o veterano se uniu à Promise of the Real, banda formada por Lukas e Micah Nelson, filhos de Willie Nelson. Focused on environmental issues, The Monsanto Years, by Neil Young, is a critique of the namesake agricultural corporation. For this project, the veteran rocker teamed up with Promise of the Real, a band formed by Lukas Nelson with participation by Micah Nelson, both of whom are sons of Willie Nelson.

playlist

Hands-on

Maria Gadú meticulously took care of every detail of her new CD, Guelã. The album was produced by the singer herself, who – in addition to vocals – also plays electric and acoustic guitar. The project reflects the musical and personal experiences garnered in the last four years, since her previous album.

034 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Emanuelle Araújo CANTORA

Brasil Pandeiro Novos Baianos Éolo Banda Moinho Falta de Ar Céu Cartão de Visita Criolo Meu Recado Alice Caymmi

FOTOS: PEGI YOUNG/DIV. (NEIL YOUNG); GUTO COSTA /DIV. (DIOGO NOGUEIRA); CAMILL A MAIA (EMANUELLE ARAÚJO); DIVULGAÇÃO

Maria Gadú cuidou meticulosamente de cada detalhe de seu novo CD, Guelã. O álbum foi produzido pela própria cantora, que, além dos vocais, assume a guitarra e o violão. O projeto reflete as experiências musicais e pessoais reunidas nos últimos quatro anos, desde seu mais recente trabalho.


4 CANT OS | C I N E M A

A música conta The music tells their story

sua história

O FESTIVAL IN-EDIT BRASIL CHEGA A SÃO PAULO E

SALVADOR COM UMA SELEÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS MUSICAIS PRODUZIDOS MUNDO AFORA THE IN-EDIT BRASIL FESTIVAL ARRIVES IN SÃO PAULO AND SALVADOR, WITH A SELECTION OF MUSIC DOCUMENTARIES PRODUCED AROUND THE WORLD Por/By LUIZA VIEIRA

Paco de Lucía, Alice Cooper e Racionais MC’s são alguns dos nomes que chegam aos cinemas de São Paulo e Salvador neste mês. Mas, calma, os músicos não trocaram os palcos pela sétima arte: eles têm suas histórias contadas em documentários selecionados pelo In-Edit Brasil. O festival, o único desta categoria no Brasil, faz parte do circuito mundial que abrange países como Espanha – onde nasceu –, Chile, Colômbia e Grécia. Trazido na bagagem do publicitário Marcelo Andrade, em 2009, hoje é referência quando o assunto são documentários exclusivamente musicais. “No primeiro ano, houve um baque. As pessoas não conheciam tanto sobre o tema, mas, de certa forma, música e cinema juntos são fáceis de trabalhar e bastante populares”, explica. De 1º a 12 de julho, as exibições se dividem entre cinco salas de São Paulo. Depois seguem para Salvador, de 14 a 19, na sala Walter da Silveira. Entre os destaques da programação estão Mr. Dynamite: The Rise of James Brown, vencedor do Oscar de melhor documentário em 2007, Backstreet Boys: Show ‘Em What You’re Made Of, sobre a boy band americana, e My Name is Now, Elza Soares, retrato de uma das maiores cantoras nacionais. Além dos filmes, o evento também promove encontros com diretores, debates e shows.

In-Edit Brasil

São Paulo, de 1ª a 12 de julho. Cinesesc, Cine Olido, Centro Cultural São Paulo, Cinemateca Brasileira, Matilha Cultural. Há exibições gratuitas e outras entre R$0,50 e R$12 Salvador, de 14 a 19 de julho. Sala Walter da Silveira, R. Gen. Labatut, 27, Barris. R$6 IN-EDIT-BRASIL.COM

036 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FOTOS: DIVULGAÇÃO

No topo da página, cena do documentário Super Duper Alice Cooper; acima, My Name is Now, Elza Soares Top of the page: scene from the documentary Super Duper Alice Cooper; above: My Name is Now, Elza Soares

Paco de Lucía, Alice Cooper and Racionais MC’s are some of the names that will be hitting movie theaters in São Paulo and Salvador this month. But wait – the musicians haven’t exchanged the stage for the big screen: they have their stories told in documentaries selected by In-Edit Brasil. The festival, the only one of this category in Brazil, is part of the world tour that includes countries such as Spain (where it was born), Chile, Colombia and Greece. Brought in the luggage of advertising exec Marcelo Andrade in 2009, today it is a benchmark when it comes to exclusively musical documentaries. “The first year, there was a setback. People didn’t know much about the topic but, in a way, music and film together are easy to work and quite popular,” he explains. From July 1st to 12th, the screenings are divided among five movie theaters in São Paulo. Then, from July 14 to 19, it goes to Salvador, at the Walter da Silveira movie theater. Among the schedule’s highlights are Mr. Dynamite: The Rise of James Brown, Oscar winner for best documentary in 2007; Backstreet Boys: Show ‘Em What You’re Made Of, about the U.S. based boy band; and My Name is Now, Elza Soares, a portrait of one of Brazil’s foremost singers. In addition to the films, the event also organizes meetings with directors, discussions, and concerts.


4 CANT OS | C I N E M A

TELA GRANDE

dia

16

BIG SCREEN

FIQUE POR DENTRO DAS PRINCIPAIS ESTREIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DO MÊS GET IN ON THE BIGGEST NATIONAL AND INTERNATIONAL DEBUTS OF THE MONTH

Produção autoral Authorial production

Em Norte, O Fim da História, três vidas se cruzam: uma mãe que leva os seus dois filhos pelo interior das Filipinas em busca de vingança, um estudante de direito que comete um duplo assassinato e um homem condenado à prisão. A direção é do filipino Lav Diaz.

Por/By MARINA AZAREDO dia

2

In Norte, The End of History, three stories cross paths: a mother who takes her two children into a remote area of the Philippines in search of revenge, a law student who commits a double murder and a family man sentenced to prison. The movie is directed by Filipino Lav Diaz.

O início de tudo

The beginning of everything

Dirigido por Alan Taylor, O Exterminador do Futuro: Gênesis, quinto longa da bem-sucedida franquia, começa no futuro e volta para 1984, ano de lançamento do primeiro filme. Nesta versão, o sargento Kyle Reese (Jai Courtney) lida com novos inimigos e conta com a ajuda do Guardião T-800 (Arnold Schwarzenegger).

dia

dia

9

2

Directed by Alan Taylor, Terminator: Genisys, fifth feature film in the successful franchise, starts in the future and goes back to 1984, year when the first movie was launched. In this version, Lieutenant Kyle Reese (Jai Courtney) deals with new enemies and relies on the help of Guardian T-800 (Arnold Schwarzenegger).

Casamento em apuros Marriage in trouble

Em Meu Passado me Condena 2, de Júlia Rezende, Fábio (Fábio Porchat) e Miá (Miá Mello) enfrentam a primeira crise conjugal. Irritada com o marido, ela pede o divórcio. Mas ele tenta uma última cartada: convence a mulher a viajar com ele para Portugal para acompanhar o funeral de sua avó.

dia

Conflitos pós-modernos Postmodern conflicts

Erotic troupe

Continuação do sucesso de 2012, Magic Mike XXL narra a reunião de Mike (Channing Tatum) com seus colegas strippers, como Richie (Joe Manganiello) e Ken (Matt Bomer), em uma road trip de despedida. A história se passa três anos depois da trama do longa de estreia. Continuation of the 2012 hit, Magic Mike XXL narrates the meeting between Mike (Channing Tatum) and his stripper colleagues, such as Richie (Joe Manganiello) and Ken (Matt Bomer), on their last road trip. The story takes place three years after the storyline of the first movie.

038 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Samba (Omar Sy) migrou do Senegal para a França e sempre teve subempregos. Alice (Charlotte Gainsbourg) é uma diretora executiva que tem andado muito estressada. Ambos lutam para fugir dos impasses de suas vidas. Dos mesmos diretores de Intocáveis, Eric Toledano e Olivier Nakache, o filme narra o encontro dos dois personagens.

Samba (Omar Sy) immigrated from Senegal to France and has always had second-rate jobs. Alice (Charlotte Gainsbourg) is an executive director who has been under a great deal of stress. Both fight to escape the deadlock situations of their lives. By the same directors as Untouchables, Eric Toledano and Olivier Nakache, the movie narrates the meeting of the two characters.

FOTOS: PÁPRICA FOTOGRAFIA /DIV. (MEU PASSADO ME CONDENA 2); DAVID KOSK AS/DIV. (SAMBA); DIVULGAÇÃO

23

Trupe erótica

Na Cinemark você pode alugar espaços para diversos eventos corporativos: sessões de cinema fechadas, palestras, coquetéis, reuniões corporativas e conferências com exibição de conteúdo ao vivo por todo Brasil. Tudo isso com a tradicional pipoca e outros produtos de nosso Snack Bar, em um ambiente com conforto e proteção da mais alta qualidade. Acesse cinemark.com.br e saiba mais.

In Meu Passado me Condena 2 (My Past Condemns Me 2) by Júlia Rezende, Fábio (Fábio Porchat) and Miá (Miá Mello) are facing their first marital crisis. Annoyed with her husband, she asks for a divorce. But he plays his last card: he convinces his wife to travel with him to Portugal for his grandmother’s funeral.

pipocas De 2 a 12 de julho, a capital fluminense sedia o Rio Festival Gay de Cinema, com filmes de mais de 30 países, que falam de gênero e sexualidade From July 2nd to 12th, the capital city of Rio will be hosting the Rio Festival Gay de Cinema, with movies from more than 30 countries that talk about gender and sexuality

Popcorn

Os 8 Odiados, novo longa do cultuado Quentin Tarantino, já tem data para estrear: chega aos cinemas no dia 25 de dezembro The Hateful Eight, a new feature film from the cult movie director Quentin Tarantino, already has a date for its premiere: it will be shown in movie theaters on December 25th

039


4 CANT OS | L I T E R A T U R A

FOTOS: EMILIANO HAGGE/DIV. (CINDEREL A E PRUDÊNCIA); MILENA LEONEL /DIV. (GERMAINE BURCHARD)

Em sentido horário, escadaria do Edifício Cinderela, do arquiteto Artacho Jurado; hall do Prudência, de Rino Levi; e panorâmica do Germaine Burchard, de Enrico Brand Clockwise: staircase of the Cinderela building, designed by architect Artacho Jurado; hall of the Prudência building, designed by Rino Levi; and panoramic view of the Germaine Burchard building, designed by Enrico Brand

Giants of the metropolis

Gigantes da metrópole Entusiasta da arquitetura paulistana, o corretor imobiliário Matteo Gavazzi teve a ideia O CENTRO E HIGIENÓPOLIS de criar um inventário dos principais prédios EM BUSCA DE HISTÓRIAS E históricos da cidade. A princípio seria apenas CURIOSIDADES DE EDIFÍCIOS uma página no Facebook para explorar curiosidaICÔNICOS DA CAPITAL des, mas tamanho interesse dos internautas fez PRÉDIOS DE SÃO PAULO com que a ideia evoluísse para uma publicação. (BUILDINGS OF SÃO PAULO) Financiado por um projeto de crowdfunding (fiEXPLORES DISTRICTS SUCH nanciamento coletivo), chega agora às livrarias AS THE DOWNTOWN AREA Prédios Paulistanos. AND HIGIENÓPOLIS IN SEARCH Feita em parceria com os fotógrafos Milena OF STORIES AND CURIOSITIES Leonel e Emiliano Hagge, a obra pretende atrair INVOLVING ICONIC BUILDINGS a atenção para um patrimônio que muitas vezes OF THE CAPITAL passa despercebido – principalmente pelos mais apressados. “Eu sempre quis fazer esse registro, mas com detalhes e histórias. Ficava decepcionaPor/By LUIZA VIEIRA do quando procurava informações sobre os edifícios só encontrava metragens”, explica Gavazzi. Em busca dessas fontes, o trio bateu perna atrás de personagens e documentos que pudessem falar mais a respeito das construções. Com a colaboração de zeladores, moradores e proprietários, os fotógrafos puderam conhecer, inclusive, o interior delas. Ao todo, foram catalogados 39 prédios, erguidos até a década de 70, mostrados em mais de 350 fotos no livro, com prefácio do arquiteto André Scarpa. A edição é limitada, com Prédios de uma tiragem de dois mil exemplares. Para se ter São Paulo uma ideia do sucesso do projeto, a meta inicial Editora GAPS, R$100 PREDIOSDESAOPAULO.COM era de apenas 500 cópias. PRÉDIOS DE SÃO PAULO

EXPLORA BAIRROS COMO

040 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

A fan of the architecture of São Paulo, realtor Matteo Gavazzi came up with the idea of creating an inventory of the city’s main historic buildings. It was initially supposed to be just a page on Facebook to explore curiosities, but internet users displayed so much interest that the idea evolved into a publication. Financed by a crowdfunding project, Prédios Paulistanos is now arriving at the bookstores. Created in partnership with photographers Milena Leonel and Emiliano Hagge, the intention of the book is to draw attention to a heritage that often goes unnoticed – particularly by hasty passersby. “I always wanted to create such a record, but with details and stories. I would be disappointed when seeking information about buildings and finding only measurements in meters”, explains Gavazzi. In search of these sources, the trio set off in pursuit of characters and documents that could shed more light on the buildings. With the collaboration of caretakers, residents and property owners, the photographers were also able to get a look inside the buildings. In all they catalogued 39 buildings erected until the 70s, displayed in more than 350 photos in the book, with preface by architect André Scarpa. The edition is limited, with two thousand copies printed. To have an idea of the project’s success, the initial target was just 500 copies.


4 CANT OS | L I T E R A T U R A

BIBLIOTECA

estante

LIBRARY

Bookshelf

VEJA AQUI UMA SELEÇÃO DE NOVOS TÍTULOS NACIONAIS E ESTRANGEIROS A SELECTION OF NEW BRAZILIAN AND FOREIGN TITLES Por/By BRUNA TIUSSU

A flor da pele Skin deep

Assim como seus outros trabalhos – entre filmes, artes performáticas e até um aplicativo de mensagens instantâneas –, o romance de estreia da norte-americana Miranda July é de difícil categorização. Em O Primeiro Homem Mau (Companhia das Letras, R$44,90), ela mistura humor, estranhos fetiches sexuais e temas sérios, tais como a solidão e o amor maternal, ao narrar a trajetória de Cheryl, uma mulher reclusa que tem a vida transformada com a chegada da jovem e grosseira Clee.

Just like her other work – including movies, performing arts and even an instant messaging application –, the debut romance novel by American author Miranda July is hard to categorize. In The First Bad Man (Companhia das Letras, R$44.90), she blends humor, strange sexual fetishes and serious themes such as solitude and maternal love, when narrating the trajectory of Cheryl, a reclusive woman who has her life transformed with the arrival of Clee, a somewhat uncouth young woman.

Rosa Candida Rosa Candida

Audur Ava Ólafsdóttir .......................... Inédito no Brasil, o primeiro romance da islandesa traz a saga de Lobbi, um jovem solitário que deixa seu país em busca de um lugar no mundo. Unpublished in Brazil, the first novel by the Icelandic author tells the saga of Lobbi, a solitary youth who leaves his country in search of his place in the world. ALFAGUARA, R$44,90

Enredos musicais Musical plots

The rock band Legião Urbana is the subject of the latest launch of the collection O Livro do Disco, by Editora Cobogó: Quatro Estações, (or Four Seasons, R$32), written by the composer and singer Mariano Marovatto, sheds light on the backstage activity involved in the production of the iconic album of the band from Brasília. The title forms a set with another six that focus on records which represented an era in Brazil and the rest of the world, such as The Velvet Underground & Nico and A Tábua de Esmeralda, by Jorge Ben.

042 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Não Há Lugar Para a Lógica em Kassel Kassel Does not Call for Logic

Enrique Vila-Matas .......................... Depois de participar da feira Documenta, em Kassel, o espanhol expõe nesta reportagem romanceada suas reflexões sobre o papel do artista na Europa em crise. After participating in the Documenta exhibition, in Kassel, the Spanish author presents in this romanticized report his reflections on the role of the artist in Europe in crisis. COSAC NAIFY, R$39,90

IMAGENS: REPRODUÇÃO

A Legião Urbana é o alvo do mais recente lançamento da coleção O Livro do Disco, da Editora Cobogó. As Quatro Estações (R$32), assinado pelo compositor e cantor Mariano Marovatto, traz à tona os bastidores da produção do icônico álbum da banda de Brasília. O título veio para se juntar a outros seis que se debruçam sobre discos que marcaram época no Brasil e no mundo, como The Velvet Underground & Nico, do grupo homônimo, e A Tábua de Esmeralda, de Jorge Ben.


4 CANT OS

|

TV

Sweat and tears in the kitchen

Suor e lágrimas na cozinha CONQUISTARAM ESPAÇO NA TV NACIONAL COM PROGRAMAS PARA TODOS OS APETITES. NESTE MÊS, ESTREIA MAIS UM, NO SBT: O BAKE OFF BRASIL GASTRONOMY REALITY SHOWS HAVE EARNED A PLACE ON BRAZILIAN TV WITH PROGRAMS FOR ALL TASTES. THIS MONTH SBT IS LAUNCHING ANOTHER, THE BAKE OFF BRASIL Por/By SOFIA FRANCO

Foi-se o tempo em que programa de culinária bom era aquele no qual um apresentador passava receitas detalhadamente para os telespectadores – em sua maioria, donas de casa. Cozinhar virou cool e o público, mais do que aprender a fazer um prato, quer emoção e disputas acirradas. Prova disso é o sucesso dos reality shows de gastronomia que pululam na TV brasileira. Após o sucesso de Masterchef, da Band, que já está em sua segunda temporada, não param de estrear novos títulos. Com chefs durões e muitos conselhos para arrasar no fogão, os programas nacionais são todos adaptações de atrações exibidas no exterior. Até o badalado Buddy Valastro, do Cake Boss, terá um reality na Record, prometido para o segundo semestre. Antes disso, no dia 25 deste mês, o SBT – que já exibe o Cozinha Sob Pressão – estreia uma segunda produção: o Bake Off Brasil – Mão na Massa. A proposta é encontrar o melhor confeiteiro amador do País. Apresentado por Ticiana Villas Boas, o recémchegado aposta na culinária afetiva. Em vez de ser gravado em estúdio, tem como locação uma fazenda. “O cenário bucólico condiz com o clima agradável e familiar do programa”, explica a diretora Adriana Cechetti. Os 12 participantes serão avaliados por dois jurados: o empresário Fabrizio Fasano e a chef confeiteira Carolina Fiorentino. Faça sua reserva no sofá para não perder as delícias da telinha.

Gone is the time when good cooking programs were those in which a host passed out recipes in detail to the TV viewers – mostly housewives. Cooking has become cool and the audience, besides learning to prepare a dish, wants thrills and heated disputes. Proof of this is the success of the gastronomy reality shows that pervade Brazilian TV. After the success of Masterchef on Band, which is already in its second season, new titles are premiering continuously. With tough chefs and many tips to become an ace cook, the national programs are all adaptations of attractions shown abroad. Even the famed Buddy Valastro, of Cake Boss, will have a reality show on Record, promised for the second half of the year. Before this – on the 25th of this month –,SBT, which is already broadcasting Cozinha Sob Pressão, will be launching its second production: Bake Off Brasil – Mão na Massa. The proposal is to find the best amateur confectioner in the country. Presented by Ticiana Villas Boas, the recent arrival is staking his bets on emotional cuisine. Instead of being recorded in a studio, the filming location is a farm. “The bucolic scenario combines well with the pleasant and family oriented atmosphere of the program”, explains Adriana Cechetti, director of the reality show. The 12 participants will be assessed by two judges, entrepreneur Fabrizio Fasano and confectionary chef Carolina Fiorentino. Be sure to reserve your place on the couch so as not to miss the treats of the TV screen. À esquerda, cena do reality Masterchef; à direita, Ticiana Villas Boas, apresentadora do Bake Off Brasil, nova produção do SBT Left: scene from the reality show Masterchef; right: Ticiana Villas Boas, host of Bakeoff Brazil, new production on the SBT television network

Bake Off Brasil – Mão na Massa

Sáb., às 21h30, no SBT

044 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FOTOS: LOURIVAL RIBEIRO/DIV. ( TICIANA VILL AS BOAS); DIVULGAÇÃO

OS REALITY SHOWS GASTRONÔMICOS


4 CANT OS

|

TV

VEJA ESSA

dia

12

LO O K AT T H I S

SAIBA QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS NOVIDADES DA PROGRAMAÇÃO DE TV FIND OUT THE MAIN NEWS ABOUT TV PROGRAMMING Por/By SOFIA FRANCO

dia

6

Sozinho no mundo Alone in the world

Sucesso repentino Sudden fame

Primeira série do canal Multishow em parceria com a Globo, Os Suburbanos traz Rodrigo Sant’Anna (foto) como Jeferson de Souza, um morador de Madureira que trabalha como motorista de uma kombi e sonha em ser famoso. Sua vida dá uma virada quando ele posta um clipe amador de pagode na internet. A série de 20 episódios vai ao ar às segundas, quartas, quintas e sextas, às 22h. Multishow’s first series in partnership with TV Globo, Os Suburbanos stars Rodrigo Sant’Anna (photo) as Jeferson de Souza, a resident of Madureira who works as a van driver and dreams of being famous. His life takes a drastic turn when he posts an amateur “pagode” video on the Internet. The 20-episode series will air on Mondays, Wednesdays, Thursdays and Fridays at 10 pm.

Em um futuro pós-apocalíptico, Phil Miller (Will Forte, foto) acredita ser O Último Cara da Terra. A nova comédia do canal FX – que ocupará a faixa das 23h, aos domingos – segue este homem comum em busca de outros sobreviventes de uma epidemia que devastou o planeta em 2020. January Jones, a Betty Draper de Mad Men, está no elenco. A estreia terá episódio duplo.

In a post-apocalyptic future, Phil Miller (Will Forte, photo) believes he is The Last Man on Earth. The new comedy on FX – airing on Sundays at 11 pm – follows this common man in search of other survivors of a virus that has devastated the Earth’s population in the year 2020. January Jones (Betty Draper of Mad Men) is also in the cast. The Brazilian premiere will be a double episode.

dia

Competição inusitada Unusual competition

Pagando muito mico, celebridades como Anne Hathaway, Iggy Azalea, Justin Bieber e Dwayne “The Rock” Johnson, põem à prova suas habilidades de dublagem em Batalha de Lip Sync, que irá ao ar aos domingos no canal Comedy Central, às 21h. Apresentado por LL Cool J, o programa é um hit nas redes sociais desde que estreou nos Estados Unidos, em abril. With plenty of gaffes and guffaws, celebrities like Anne Hathaway, Iggy Azalea, Justin Bieber and Dwayne “The Rock” Johnson put their lip-synching skills to the test in Lip Sync Battle, which premieres in Brazil on the Comedy Central channel, Sundays at 9 pm. Hosted by LL Cool J, the program has been a hit on social media since it premiered in the US last April.

046 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FOTOS: SCOT T GRIES/DIV. (BATALHA LIP SYNC); JULIANA COUTINHO/DIV. (OS SUBURBANOS); DIVULGAÇÃO

26


4 CANT OS

|

T E AT R O

N O S PA L C O S

O N T H E S TAG E S

ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃO DOS FESTIVAIS E AS ESTREIAS TEATRAIS CHECK OUT THE FESTIVALS SCHEDULE AND THEATER DEBUTS Por/By SOFIA FRANCO

As relações segundo Kafka Relations according to Kafka

Metalinguagem Metalanguage

A história do teatro é o mote de 2.500 Por Hora, espetáculo bem-humorado que estreia no dia 2 de julho e faz alusão a personalidades que marcaram a trajetória da arte. O texto tem cenas escritas por autores diversos, como Pirandello, Tchekhov, Molière, Brecht e os brasileiros Nelson Rodrigues e Martins Penna. A montagem de Moacir Chaves fica em cartaz até 30 de agosto. The history of the theater is the motto of 2,500 Por Hora (2,500 Per Hour), the humorous show that premieres on July 2nd and alludes to the names the marked the trajectory of the art. The text has scenes written by several authors, such as Pirandello, Tchekhov, Molière, Brecht and the Brazilians Nelson Rodrigues and Martins Penna. The montage, by Moacir Chaves, will be playing until August 30th.

A companhia Teatro da Vertigem adentra o universo do autor tcheco em O Filho, que explora a debilidade dos vínculos familiares. Com direção de Eliana Monteiro, a montagem faz parte da Ocupação Karta ao Pai, do Sesc Pompeia, em cartaz de 2 de julho a 9 de agosto. Além da peça, haverá exibição de vídeos de obras do grupo e palestras sobre Kafka.

The Vertigem theater company enters the world of the Pragueborn author in O Filho, which explores the weakness of family ties. Directed by Eliana Monteiro, the production is part of Ocupação Karta ao Pai, at Sesc Pompeia, showing July 2nd through August 9th. In addition to the play, there will be screenings of other works by the group as well as lectures on Kafka. SESC POMPEIA, R. CLÉLIA, 93, POMPEIA, SÃO PAULO. QUI. A SÁB., ÀS 19H30; DOM., ÀS 18H30. ENTRE R$12 E R$40

11 3871 7700

SESCSP.ORG.BR

TEATRO OI FUTURO FLAMENGO, R. DOIS DE DEZEMBRO, 63, FLAMENGO, RIO DE 21 3131 3060

OIFUTURO.ORG.BR FOTOS: GUGA MELGAR/DIV. (2500 POR HORA); LIGIA JARDIM/DIV. (O FILHO); HEMERSON CELTIC/DIV. (IN EXTREMIS)

JANEIRO. QUI. A DOM., ÀS 20H. R$20

Futuro nas cartas Future in the cards

Oscar Wilde participa de uma consulta esotérica na comédia dramática In Extremis, em cartaz de 3 de julho a 30 de agosto. Dirigida por Bruno Guida, e com Daniel Infantini e Flávio Tolezani no elenco, a peça do inglês Neil Bartlett se inspira em um telegrama do século 19, que diz que o autor visitou uma vez a cartomante Mrs. Robinson. Oscar Wilde takes part in a card reading in the comedy-drama In Extremis, playing from July 3rd to August 30th. Directed by Bruno Guida and featuring actors Daniel Infantini and Flávio, the play by British director Neil Bartlett is inspired by a 19th century telegram, which says that the author once visited the fortune-teller Mrs. Robinson. VIGA ESPAÇO CÊNICO, R. CAPOTE VALENTE, 1323, PINHEIROS, SÃO PAULO. SEX., ÀS 21H30; SÁB., ÀS 21H; DOM., ÀS 19H. ENTRE R$30 E R$40

048 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

11 3801 1843

VIGA.ART.BR


highlights

56 Gastronomia Cuisine

O menu sofisticado do Berna, em POA The sophisticated menu of Berna

64 Hotspot Hotspot

Dicas para curtir o friozinho em Gramado Tips for enjoying the cold in Gramado

66 5 Perguntas 5 Questions

Rafael Silveira e sua pintura surrealista Rafael Silveira and his surrealist painting

66

FOTOS: RICARDO JAEGER (BERNA); DIVULGAÇÃO

56


HI GHLIGHT S | G A S T R O N O M I A Na página anterior, o chef Oliden Berna e a caprese de tomate confit mimosa e tapenade. Nesta página, o tiramisù e detalhe do requinte do restaurante Previous page: chef Oliden Berna and the caprese de tomate confit mimosa, served with tapenade. This page: tiramisù, and detail of the restaurant’s refinement

ENDEREÇOS

gastronômicos Gastronomical addresses

Por/By

Oliden Berna

Ratskeller

Há muita honestidade no que se oferece na casa. There’s a lot of honesty in the fare offered here.

Precisão a serviço do sabor Precision at the service of flavor

À FRENTE DA COZINHA

DO BERNA RESTAURANTE, EM PORTO ALEGRE, O CHEF OLIDEN BERNA PREPARA CLÁSSICOS DA COZINHA ITALIANA A PARTIR DE TÉCNICAS FRANCESAS AT THE HELM OF THE KITCHEN AT BERNA RESTAURANTE, IN PORTO ALEGRE, CHEF OLIDEN BERNA PREPARES CLASSIC ITALIAN CUISINE BASED ON FRENCH TECHNIQUES Por/By ANA ÁVILA Fotos/Photos RICARDO JAEGER

A sofisticação está em cada detalhe do Berna. Dedicado à clássica culinária italiana, o restaurante tem um objetivo claro: oferecer gastronomia de ponta em Porto Alegre. Inaugurado há um ano, é comandado pelos sócios Elton Pivatto, Ely Pivatto Berna e Oliden Berna. A parceria começou em 1986, com uma casa de apenas 11 mesas, no centro da capital. Em 2007, ganhou novos rumos, depois que Oliden abandonou a advocacia para dedicar-se à cozinha. O chef – ou cozinheiro, como Oliden prefere – é um aficionado por precisão. Está atento a cada minúcia dos pratos servidos no Berna, todos elaborados a partir de técnicas francesas. “Sou uma pessoa que acredita na escola”, afirma ele, que é discípulo do chef francês radicado no Brasil Laurent Suaudeau. O europeu inspirou o ex-advogado no início da incursão no mundo gastronômico e, ainda hoje, é seu parceiro no desenvolvimento de receitas. A experiência no Berna começa já no couvert. Um trio formado por conservas de abobrinha, berinjela e caponata, servido com pão recém-saído

056 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

do forno. Algo aparentemente simples, mas, como tudo na casa, obtido com técnica apurada. Como entrada, um dos clássicos italianos é a caprese de tomate confit mimosa e tapenade, composto provençal à base de azeitonas e alcaparras. Entre os pratos principais do menu enxuto, um dos sucessos é o peposo de ossobuco. O preparo se inicia com 14 horas de cocção com vinho Merlot e legumes. Em seguida, a carne é maturada a vácuo por 15 dias, a dois graus, junto com o molho em que foi cozida. Só então está apta para ser servida, acompanhada de polenta branca cremosa – iguaria vinda da Itália especialmente para o Berna. Entre as sobremesas, destaca-se o tiramisù, que o chef se orgulha de definir como “o melhor”. O segredo é a base feita de biscoito savoiardi, preparado ali. A finalização fica por conta do café servido com saborosos petit fours. Quer mais? As colheres usadas para mexer a bebida são exclusivas. Também da Itália, são vazadas, a fim de manter a cremosidade do café. No total, foram cinco anos projetando cada detalhe da experiência no Berna. Oliden explica que o espaço requintado foi pensado para ser comparável a restaurantes top do País e do exterior. “Quero que seja uma casa de excelência”, afirma. Para tanto, além do cardápio, ateve-se a pormenores que vão da camurça italiana que reveste as paredes e atrai na entrada às dobradiças alemãs que fecham suavemente a porta na saída.

Berna Restaurante

Av. Otto Niemeyer, 1044, Tristeza, Porto Alegre 51 3264 10441 BERNARESTAURANTE.COM

AV. PARÁ, 1324, SÃO GERALDO, PORTO ALEGRE 51 3346 4322

Koh Pee Pee

Indico porque é importante estar aberto a diferentes experiências. I indicate this one because it’s important to be open to different experiences. R. SCHILLER, 83, RIO BRANCO, PORTO ALEGRE 51 3333 5150

La Table D'or

Embora o chef se diga amador, é muito atento às peculiaridades da gastronomia e dá o máximo de si. Although the chef calls himself amateur, he’s very attentive to the culinary peculiarities and gives the most of himself. R. DA CARRIERI, 525, LAGO NEGRO, GRAMADO 54 8151 8191

Casa di Paolo

Vale a pena pela tradicional salada de radicci. Worthwhile for the traditional radicci salad. BR 470, KM 221,6, BENTO GONÇALVES 54 3463 8505

Sophistication is in every detail of Berna. Dedicated to classic Italian cuisine, the restaurant has a clear goal: to offer state-of-the-art cuisine in Porto Alegre. Having opened just a year ago, it is run by partners Elton Pivatto, Ely Pivatto Berna and Oliden Berna. The partnership began in 1986, with a small restaurant that had only eleven tables, in downtown Porto Alegre. In 2007, it headed in new directions after Oliden left his law practice to devote himself to cooking. The chef – or ‘cook’, as Oliden prefers – is an aficionado of precision. He’s attentive to every detail of the dishes served at Berna, all of which are prepared based on French techniques. “I’m a person who believes in school,” says Oliden, who is a disciple of French chef (now living in Brazil) Laurent Suaudeau. Chef Suaudeau inspired the former lawyer early on in his incursion into the gastronomic world and, even today, is his partner in developing recipes. The dining experience at Berna starts with the couvert, or appetizer platter. A trio comprising pickled zucchini, eggplant and caponata, served with fresh-baked bread. Something seemingly simple, but like everything else at the eatery, is obtained with finely honed technique. As an appetizer, one of the classic Italian options is the caprese de tomate confit mimosa, served with tapenade – a Provençal condiment based on crushed black olives and capers. Among the main courses of the scaled-down menu, one of the biggest hits is the peposo of ossobuco. Preparation of the meat begins with 14 hours of cooking in Merlot wine and vegetables. Then, it is vacuum-matured for 15 days, at 2° C, in the same sauce it was cooked in. Only then is it ready to be served, accompanied by creamy white polenta – a delicacy that comes from Italy especially to Berna. And among the desserts, one of the main highlights is tiramisù, which the chef is proud to define as “the best.” The secret is the base of ladyfingers (savoiardi), made right there. The meal is completed with coffee served with tasty petit fours. Want more? Even the little spoons used to stir the coffee are exclusive. Also from Italy, they are hallowed out, in order to maintain the beverage’s creaminess. In all, five years have been spent designing every detail of the eating experience at Berna. Oliden explains that the exquisite space was conceived to be comparable to top restaurants within and outside Brazil. “I want it to be a house of excellence,” he says. For such, in addition to the menu, he was mindful of details ranging from the Italian suede that lines the walls and calls guests’ attention as soon as they walk in, to the German hinges that gently close the door on the way out.

057


HI GHL IGHT S | G A S T R O N O M I A

Massas

Mamma mia! Mamma mia!

Pastas

Original de Nápoles, a pasta di Gragnano é uma das mais tradicionais da Itália e ganha forma em moldes de bronze. Afeltra, 500g, R$17,49

RECÉM-INSTALADO EM SÃO PAULO, O EATALY JÁ ASSUME O POSTO DE MELHOR ENDEREÇO PARA VOCÊ PROVAR E COMPRAR DELÍCIAS ITALIANAS RECENTLY OPENED IN SÃO PAULO, EATALY ALREADY RANKS AMONG THE CITY’S BEST LOCATIONS TO TASTE AND PURCHASE ITALIAN DELICACIES

Original from Naples, di Gragnano pasta is one of Italy’s most traditional, and is shaped in bronze molds. Afeltra, 500g, R$17.49

Refrescos

Por/By CÍNTIA BERTOLINO

O Eataly surgiu com um slogan convincente: “A vida é muito curta para se comer e se beber mal”. A marca, aberta em Turim, na Itália, há oito anos, já soma 29 endereços em nove países. Uma das mais recentes inaugurações foi em solo brasileiro: a unidade de São Paulo reúne quatro restaurantes e mais de sete mil produtos de alta qualidade. Com tanta coisa boa, facilitamos sua passagem por lá com uma imperdível lista de compras:

Soft drinks

Feito com um cítrico da mesma família da laranja, o chinotto é levemente frisante e amargo, mas bem aromático. Chinotto, 275ml, R$8,90 Made with a citrus fruit from the same family as oranges, Chinotto is lightly sparkling and bittersweet, but very aromatic. Chinotto, 275ml, R$8.90

Doces

Eataly has opened with a convincing slogan: “Life’s too short to eat and drink poorly.” The brand – founded eight years ago in Turin, Italy – already has 29 locations in nine countries. One of the latest grand-openings was on Brazilian soil: the São Paulo unit gathers 4 restaurants and more than 7,000 high-quality products. With so much good stuff, we facilitate your visit there with a shopping list of unmissable items:

Sweets

Deliciosa, a compota orgânica de embu fabricada na Bahia é um dos itens selecionados pela parceria do Eataly com o Slow Food. Coopercuc, 230g, R$9,59

Eataly

Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1489, Itaim Bibi, São Paulo 11 3279 3300 EATALY.COM.BR

Delicious, organic embu jam produced in Bahia is one of the products selected by Eataly’s partnership with Slow Food. Coopercuc, 230g, R$9.59

In addition to Parmesan cheese, there are good mozzarellas made from buffalo milk and cow milk, produced in-store by Tuttolatte. Burrata, 200g, R$40

Cafés

Coffees

A seleção é restrita. O destaque vai para o gualtemalteco feito em Huehuetenango, a quatro mil metros de altitude. Terre Alte, 250g, R$15,69

The selection is restricted. The highlight is the Guatemalan coffee produced in Huehuetenango, located 4,000 meters above sea level. Terre Alte, 250g, R$15.69

058 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Chocolates

Vale a pena provar as barras da chocolateria piemontesa Domori, especialmente as avelãs cobertas com chocolate. Nocciole, 50g, R$12,05 It’s worthwhile to try the chocolate bars made by the Piedmont-based company Domori, especially the chocolate-covered hazelnuts. Nocciole, 50g, R$12.05

Azeites

Olive Oils

A azeitona taggiasca, nativa da Ligúria, dá origem a óleos frutados e leves, perfeitos para saladas e peixes delicados. Roi Monocultivar, 250 ml, R$33,50 Taggiasca (i.e. Cailletier) olives, native to Liguria, Italy, yield a light and fruity olive oil, perfect for salads and delicate fish. Roi Monocultivar, 250 ml, R$33.50

Pães

Breads

Na Panetteria há sempre uma boa opção de exemplares de fermentação natural, assados em forno a lenha. Pane rustico, R$19,90 o quilo At Panetteria there’s always a good choice of natural fermentation breads, baked in a wood-burning oven. Pane rustico, R$19.90 per kilo

Presuntos

Cheeses

Além do Parmigiano-Reggiano, há boas mozzarellas de leite de búfala e vaca produzidas pela Tuttolatte na própria loja. Burrata, 200g, R$40

FOTOS: GL ADSTONE CAMPOS/REALPHOTOS/DIV. (GERAL E MASSAS); LUÍS SIMIONE/DIV. (CHOCOL ATES); LUCIANA PREZIA /DIV. (PÃES, VINHOS, QUEIJOS E PRESEUNTOS)

Queijos

Chocolates

Hams

O célebre prosciutto San Daniele é preparado sem conservantes e é maturado por, no mínimo, 13 meses. Presunto San Daniele, R$145,90 o quilo The famous San Daniele prosciutto is prepared without preservatives and is matured for at least 13 months. San Daniele Prosciutto, R$145.90 per kilo

Vinhos

Wines

Além de rótulos do Piemonte com bom preço, a adega privilegia a uva Nebbiolo, dos grandes Barolos e Barbarescos. Gaja, Barbaresco 2010, R$1.574

Besides some Piedmont labels with a nice cost–benefit, the winery excels in the Nebbiolo grape, of the great Barolos and Barbarescos. Gaja, Barbaresco 2010, R$1,574

059


HI GHL IGHT S | G A S T R O N O M I A

BOM APETITE

BON APPETIT

CONFIRA AS MELHORES NOVIDADES DE BARES, RESTAURANTES E CAFÉS CHECK OUT THE BEST OF WHAT’S NEW IN BARS, RESTAURANTS, AND CAFÉS Por/By LUIZA VIEIRA

Japonês elaborado More than just sushi

Um pé aqui, outro lá

One foot here, another there

Paco Morales aceitou o desafio de assumir a primeira cozinha fora da Espanha: o estrelado chef está no comando do Alacena, no Rio – sem deixar de lado suas respeitadas casas em Madri e Menorca. O forte do restaurante carioca são as receitas espanholas com roupagem contemporânea, como o atum à cordobesa (foto) e os camarões à pil-pil. Uma boa sugestão é optar pelo menu degustação de seis etapas.

Curitiba acaba de ganhar um endereço de culinária oriental, cujo cardápio vai além dos sushis, sashimis e temakis. No Tuna, o grande destaque fica por conta dos pratos contemporâneos, como as ostras frescas em espuma de wasabi e o atum selado em mel de laranjeira com foie gras grelhado e linguini de pupunha com laranja confit. A casa contou com a consultoria do chef Koji Yokomizo, do ByKoji, de São Paulo.

Paco Morales accepted the challenge to take over his first kitchen outside Spain: the star chef is now in charge of Alacena, in Rio, without relinquishing his respected eateries in Madrid and Menorca. The forte of the Rio restaurant is the Spanish fare with a contemporary flair, like the cordobesa tuna (photo) and the pil-pil shrimp. A good suggestion is to opt for the six-stage tasting menu.

Curitiba has just gained an Asian eatery whose menu goes beyond sushi, sashimi and temakis. At Tuna, the major emphasis is on contemporary dishes such as fresh oysters in wasabi foam and tuna seared in orange blossom honey with grilled foie gras and pupunha linguini with orange confit. Chef Koji Yokomizo, of ByKoji in São Paulo, served as consultant for the restaurant.

ALACENA, R. VISCONDE DE CARAVELAS, 22, BOTAFOGO, RIO DE JANEIRO

TUNA, AV. CÂNDIDO DE ABREU, 470, CENTRO CÍVICO, CURITIBA

21 3596 1769

ALACENA.COM.BR

41 3532 5002

RESTAURANTETUNA.COM.BR

Atenção, carnívoros! Recém-inaugurado na capital paulista, o Meating é um bistrô onde a estrela é a carne. Em um ambiente bem decorado, com dezenas de quadros nas paredes, o cliente pode provar cortes franceses – bavette (fraldinha), côte de boeuf (prime rib) e entrecôte (bife ancho) – servidos com um rodízio de acompanhamentos. O chef Alain Poletto, porém, não deixou de fora do cardápio referências de outras partes do mundo, como o carré de cordeiro (foto) e grelhados de frutos do mar.

Newly opened in São Paulo, Meating is a bistro where the star is – you guessed it – meat. In a nicely decorated ambience with dozens of pictures on the walls, customers can savor French cuts – bavette (flank steak), côte de boeuf (prime rib) and entrecôte (ribeye) – served with all-you-can-eat side dishes. Chef Alain Poletto, however, didn’t leave certain references from all around the world off the menu, such as lamb (photo) and grilled seafood. MEATING, R. JOAQUIM ANTUNES, 102, PINHEIROS, SÃO PAULO 11 3068 0111

060 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FOTOS: RODRIGO A ZEVEDO/DIV. (AL ACENA); PRISCILL A FRIEDLER/DIV. ( TUNA); TADEU BRUNELLI/DIV. (MEATING)

Attention meat-eaters!


HI GHL IGHT S | O Q U A R T O

MAIS REGALIAS

MORE PERKS

Relax total | A tensão se dissipa como por

mágica em Trancoso, mas, se assim mesmo você quiser os serviços de uma massagista, a sessão pode ser realizada no quarto. Custa R$180 a hora

Total relaxation | Stress dissipates as if by magic in Trancoso; but nonetheless, if you want the services of a masseur, the session can be held in your room. Cost: R$180 an hour

Beach Bar | Desde que o Etnia fechou sua

unidade avançada, a Bahia Bonita passou a imperar soberana nas areias da Praia do Rio Verde. Música eletrônica dá o tom nos fins de semana. No cardápio, porções e pratos para todos os apetites

Beach Bar | Ever since Etnia closed its beachside

unit, Bahia Bonita began to reign sovereign on the sands of Praia do Rio Verde. Electronic music sets the tone on weekends. On the menu, servings and dishes for appetites of all sizes

Juras de amor | Ser pé na areia é um ativo

valorizadíssimo no vilarejo, que o digam os promoters de casamentos de Rio e São Paulo. A pousada, cenário de tantos enlaces, tem toda a estrutura para receber cerimônias e convivas

Vows of love | The ‘feet-in-the-sand’ setting is one

Sossego pé na areia

of the village’s hugely appreciated assets, as wedding planners in Rio and São Paulo will readily testify. The inn, where many a knot has been tied, offers a complete infrastructure for receiving ceremonies and guests

Feet-in-the-sand relaxation

BRISA FRESCA, O BARULHO DAS ONDAS E UM ÓTIMO BEACH BAR SÃO ALGUNS DOS ATRATIVOS DA BAHIA BONITA, POUSADA INSTALADA NA PRAIA DO RIO VERDE, EM TRANCOSO FRESH BREEZES, THE RUMBLING OF THE WAVES, AND A GREAT BEACH BAR ARE SOME OF THE ATTRACTIONS OF BAHIA BONITA, AN INN LOCATED AT RIO VERDE BEACH IN TRANCOSO

Por/By PAULO VIEIRA Fotos/Photos CHEMA LLANOS

É difícil ir a Trancoso e não se tornar um "quadradófilo". Quer dizer, não cair de amores pelo Quadrado, o centrinho supercharmoso no alto de um outeiro dessa vila tão famosa do Sul da Bahia. Mas há uma maneira de aproveitá-lo e ainda ganhar um passe de acesso permanente à praia – que, vista lá de cima, dá uma preguiça de ir... Basta se hospedar na Bahia Bonita, pousada localizada na Praia do Rio Verde, onde o barulho das ondas quebrando e a brisa constante vinda do Atlântico estão inclusos na diária. Nenhuma de suas suítes é grande o suficiente para receber um show surpresa dos Rolling Stones, mas os 120 metros quadrados da Água (opção máster vip da pousada), que é dividida em sala de estar, quarto, banheiro e um pequeno jardim decorativo, satisfazem facilmente quem busca uma estada com conforto no litoral baiano. Com muita madeira, itens de decoração que vão de máscaras africanas a uma pomba do Espírito Santo, o espaço induz a tal grau de relaxamento que dá até para deixar para o dia seguinte a imersão na banheira de hidromassagem. Uma

062 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

pequena adega com espumantes e tintos e uma máquina de café de cápsula atendem a indulgências modestas. E a TV de 42 polegadas pode ficar ociosa em confronto com a rede da varanda. Ali, na área externa, as plantas e árvores ainda fazem a gente mais feliz, mesmo roubando a visão do mar. Se a suíte é um eterno convite para se abandonar a posição vertical, a estrutura da Bahia Bonita na praia não fica a dever, com tantas chaise longues e poltronas, além de um beach bar badalado e concorrido. O serviço pé na areia funciona bem, e os limões da caipirinha começam a ser cortados assim que a tapioca ou a omelete do café da manhã se assentam no estômago. No Réveillon, aliás, o local vira uma Ibiza em altíssima temporada, fique já avisado. Ainda que coberto de conforto e atenção, pode ser que você sinta necessidade de ir ao Quadrado para jantar ou para bater perna sossegadamente. Quando essa vontade vem, táxis materializam-se no estacionamento da hospedagem em minutos. Pois não existe desejo não atendido por aquelas bandas da Praia do Rio Verde.

Na página anterior, o quarto e a varanda da suíte Água. Nesta página, no topo, chaise longues na areia; e, acima, decoração e banheira de hidromassagem da acomodação Previous page: the bedroom and balcony of the Água suite. This page, top: chaise longues in the sand; above: room decor and hot tub

Bahia Bonita

Praia do Rio Verde, Trancoso, Porto Seguro, Bahia. Entre R$670 e R$1350 73 3668 1565 BAHIABONITA.COM.BR

It's practically impossible to go to Trancoso and not to become a “Quadradophile”. That is to say, not to fall in love with the Quadrado – the incredibly charming “downtown” area located atop a hillock in this famous village in southern Bahia. But there is a way to enjoy the Quadrado and also get a permanent access pass to the beach – which, viewed from up there, makes you feel lazy to go just about anywhere... Suffice it to stay at Bahia Bonita, an inn located at Praia do Rio Verde, where the sound of the crashing waves and the constant Atlantic breeze are included in the rates. None of its suites is large enough to receive a surprise concert by the Rolling Stones, but 120-square-meter Água suite (the inn’s VIP master option), divided into a living room, bedroom, bathroom and a small ornamental garden, will easily please anyone seeking a comfortable stay on the Bahia coast. With lots of wood, decorations ranging from African masks to a dove of the Holy Spirit, the space induces such a degree of relaxation that you can even wait till tomorrow to take a nice soak in the hot tub.

A small wine cellar with sparkling and red wines and a capsule coffee machine help fulfill guests’ modest indulgences. And the 42-inch TV might just remain off, in comparison to the hammock out on the balcony. There, outside, the plethora of plants and trees also make us happier, even though they steal the ocean view. If the suite is an eternal invitation to abandon your upright stance, the structure of Bahia Bonita down on the beach owes nothing, with many beach chairs and chaise longues, plus a trendy and popular beach bar. The feet-in-the-sand service works well, and they start cutting up the limes for the caipirinhas as soon as the breakfast omelet or tapioca starts to settle in your stomach. On New Year's Eve, by the way, the place turns into an Ibiza in the high season, so be forewarned. Although swathed in comfort and attention, you may feel the need to go to the Quadrado for dinner or just quietly stroll around. When you feel like doing this, a taxi will materialize at the property within minutes. Because no desire goes unfulfilled around those parts of Rio Verde Beach.

063


HIGHLIGHT S | H O T S P O T

Pequena e

Gramado

aconchegante

Rio Grande do Sul (RS)

Small and cozy

7

COM TEMPERATURAS BAIXAS, FONDUE, VINHO E CHOCOLATE,

.B Av

GRAMADO, NO RIO GRANDE DO SUL, PARECE MESMO TER

CHOCOLATE, THE TOWN OF GRAMADO, IN RIO GRANDE DO

6

lde ba ari

WITH CHILLY TEMPERATURES, CHEESE FONDUE, WINE AND

os eir ed

ro ed oP

OUTRA ALIADA NA HORA DE CURTIR O FRIO NO DESTINO

eM sd

Sã R.

INVERNO. A CULINÁRIA DE INFLUÊNCIAS ITALIANA E ALEMÃ É

9

SUL, SEEMS TO HAVE BEEN MOLDED TO WELCOME TOURISTS IN THE WINTERTIME. THE ITALIAN-AND GERMAN-INFLUENCED

5 8

1 3

CUISINE IS ANOTHER ALLY WHEN IT COMES TO ENJOYING THE COLD AT THIS DESTINATION

5

4

5 Rua Coberta

Grande e familiar, a casa é fortemente influenciada pela colonização italiana. Dentre os destaques estão o especiali stracotto de cordeiro, uma paleta cozida durante quatro horas, e o lombo de bacalhau. Conta com um salão de fondue com 40 lugares.

Bem em frente ao Palácio dos Festivais começam os 100 metros de extensão da via reservada a pedestres. Abrigada por uma estrutura transparente, tem lojas e restaurantes – na temporada de inverno, vira ponto de encontro de quem busca as principais iguarias locais: fondue, vinho e chocolate.

A large family-style restaurant, Divino is strongly influenced by Italian colonization in Brazil. Among the house specialties are the especiali stracotto de cordeiro – a rack of lamb roasted for four hours – and the lombo de bacalhau – codfish filet. It has a fondue lounge that seats up to 40 people.

G R.

e org

SIDO MOLDADA PARA BEM RECEBER OS TURISTAS NO

54 3286 3440

3 S-2

R 2

Por/By ROSA JORGE

1 Palácio dos Festivais

A atração mais nova de Gramado celebra um importante item da gastronomia local. O Mundo de Chocolate é um parque temático com reproduções de pontos turísticos universais, como Torre Eiffel, Cristo Redentor e Estátua da Liberdade, esculpidos em enormes blocos maciços do doce. Gramado’s newest attraction celebrates an important item of local cuisine. Mundo de Chocolate (i.e. “Chocolate World”) is a theme park with reproductions of global tourist attractions such as the Eiffel Tower, Christ the Redeemer and the Statue of Liberty, carved out of huge solid blocks of chocolate.

064 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

3 Igreja Matriz de São Pedro

A bonita igreja começou sua história em 1917 como uma modesta capela de madeira. A construção de pedras, que levou oito anos para ser concluída, é de 1943 e tem belos vitrais que causam efeitos de luz no interior. The beautiful church began its history in 1917 as a modest wooden chapel. The stone building, which took eight years to complete, dates back to 1943, and has beautiful stained glass windows that cause interesting light effects inside the church. 54 3286 1187

SAOPEDROGRAMADO.COM.BR

tel Estrelas da 4 noites no Ho e passeios fé ca m Serra, co MPINAS) SAÍDA EM 22/

8 (DE CA

10x R$109 a par tir de

sem juros

7 Hotel Casa da Montanha

6 Arraial

A empresária Ruth de Frias dos Santos mantém uma das lojas mais elegantes de Gramado. Com uma história de 30 anos, o acervo caprichado é de moda feminina cheia de charme, como tricôs, peças feitas de algodão natural, casacos e botas para durar muito tempo.

54 3286 7025

8 Praça Major Nicoletti

FOTOS: JONNE RORIZ (PAL ÁCIO DOS FESTIVAIS E DIVINO RESTAURANTE); BÁRBARA KONRATH/DIV. (IGREJA MATRIZ DE SÃO PEDRO E RUA COBERTA); PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAMADO/DIV. (PRAÇA MAJOR MICOLET TI); DIVULGAÇÃO

2 Mundo de Chocolate

Gramado

Right across from Palácio dos Festivais begins the 100 meter-long stretch of street for pedestrians only. Covered by a transparent structure, there are shops and restaurants – in the winter season, it becomes a meeting place for those seeking the foremost local delicacies: fondue, wine and chocolate.

Businesswoman Ruth de Frias dos Santos keeps one of the most elegant stores in Gramado. With a 30-year history, the whimsical collection features charming women's fashion, such as knitwear, pieces made from natural cotton, coats and boots to last a long time.

O palacete de arquitetura alemã abriga a distribuição anual dos Kikitos, troféus do Festival de Cinema de Gramado – este ano está marcado para 7 a 15 de agosto. Fora do período da premiação, funciona como um cinema convencional. Each year, this palace – with German architecture – hosts the award ceremony to present the statuettes called ‘kikitos’ to the winning entries of the Gramado Film Festival, this year scheduled for August 7th–15th. Throughout the rest of the year, the location operates as a conventional movie theater.

40 03 1181

4 Divino Restaurante

A localização excelente para curtir a pé (ou de bicicleta, que o hotel empresta sem custo extra) os atrativos da cidade faz da hospedagem uma opção tentadora. Seu restaurante, o La Caceria, é especializado em carnes nobres e de caça.

An excellent location to enjoy the city's attractions, whether on foot or by bike (which the hotel lends at no extra charge) make these accommodations a tempting option. The hotel restaurant, La Caceria, specializes in prime meats and game meat. 54 3295 7575

CASADAMONTANHA.COM.BR

9 Loucos & Santos

Pequena e bem cuidada, a praça compõe, junto com a Matriz, o Palácio dos Festivais e a Rua Coberta, o quadrilátero mais turístico da cidade. Remodelada em 2003, tem riozinho artificial, ponte, cascata, pergolados e é o endereço do Centro de Informações Turísticas. Small and well cared for, the town square – along with Igreja Matriz, Palácio dos Festivais and Rua Coberta – comprises Gramado’s most tourist-oriented area. Remodeled in 2003, it has a small artificial river, bridge, waterfall, and pergolas, as well as the Tourist Information Center.

A grife de sapatos, bolsas e acessórios femininos é a aventura mais experimental do designer Jorge Bischoff, natural de Igrejinha, cidade a 25km de Gramado. Cores, detalhes e design ousado, tudo com intenções artísticas, marcam os produtos expostos na loja conceito. The brand of shoes, handbags and accessories is the most experimental adventure of designer Jorge Bischoff, originally from Igrejinha, a small town located 25km from Gramado. Colors, details and bold designs, all with artistic intentions, are the hallmarks of the products on display at this concept store. 54 3295 2040

LOUCOSESANTOS.COM.BR

065


HI GHL IGHT S | 5 P E R G U N T A S Rafael Silveira em seu ateliê e duas das obras que estarão na mostra em São Paulo Rafael Silveira in his studio and two of the works that will be on display at the showing in São Paulo

FOTOS: DIVULGAÇÃO

1

Picturesque aesthetics

Estética

pitoresca O trabalho de Rafael Silveira é esteticamente complexo por si só. Suas obras permeiam o universo surrealista, misturando elementos clássicos e contemporâneos, além de conter boas doses de humor e referências aos cartoons. Elas tampouco se limitam às telas: na maioria das vezes, as molduras minuciosamente esculpidas são como uma extensão da ideia que o artista quis retratar. Depois de algumas exposições no Brasil e nos Estados Unidos, o curitibano – um publicitário e ilustrador que enveredou de vez nas artes em 2007 – abre mais uma individual, Circus Naturae, em São Paulo, no dia 18 deste mês, com 15 produções recentes. Aqui, ele fala sobre técnica, inspirações e as dificuldades do mercado.

066 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

A PARTIR DO DIA 18 DESTE MÊS, O ARTISTA PLÁSTICO RAFAEL SILVEIRA

O que inspira o seu trabalho? O inconsciente coletivo, o Vintage Ephemera [material gráfico antigo, normalmente produzido por artistas anônimos], as viagens que faço e o contato com outras culturas. Passo muito tempo no ateliê, pintando e ouvindo música, o que considero uma parte do processo. Para manipular as tintas a óleo existe certa alquimia. Preciso misturar diversos químicos para chegar ao efeito desejado. A música faz parte dessa alquimia. Não é visível como os pigmentos, mas também está lá na pintura.

EXIBE EM SÃO PAULO SUAS MAIS RECENTES TELAS, QUE UNEM A PINTURA CLÁSSICA FIGURATIVA ÀS ARTES GRÁFICAS DOS SÉCULOS 19 E 20 STARTING ON THE 18TH OF THIS MONTH, ARTIST RAFAEL SILVEIRA DISPLAYS IN SÃO PAULO HIS MOST RECENT WORKS, WHICH UNITE CLASSIC FIGURATIVE PAINTING AND GRAPHIC ARTS OF THE 19TH AND 20TH CENTURIES Por/By TYARA DE LA-ROCQUE

The work of Rafael Silveira is aesthetically complex per se. His works permeate the surrealist universe, mixing classic and contemporary elements, as well as contain good doses of humor and references to cartoons. And they’re not restricted to canvas: most times, the meticulously sculpted frames are an extension of the idea that the artist wanted to portray. After a few exhibitions in Brazil and the United States, the Curitiba native – a former advertising exec and illustrator who embarked in the Arts for good in 2007 – opens another solo show, Circus Naturae, in São Paulo, on the 18th of this month, with 15 recent productions. Here, he talks about technique, inspirations, and the difficulties of the market.

What inspires you to work? The collective unconscious, vintage ephemera [old printed material, usually produced by anonymous artists], my travels, and contact with other cultures. I spend a lot time in the studio painting and listening to music, which I consider a part of the process. To manipulate oil paints, there is a certain alchemy. I need to mix different chemicals to get the desired effect. Music is part of this alchemy. It’s not visible like the pigments, but it’s also there in the painting.

Circus Naturae – Rafael Silveira Galeria Choque Cultural, R. Medeiros de Albuquerque, 250, Vila Madalena, São Paulo. De 18 de julho a 12 de setembro. Grátis.

5 4 23 11 3061 4051

Quais são suas principais referências? São várias. Alguns nomes do Vintage Ephemera que me influenciaram e ficaram famosos são Norman Rockwell, Gil Elvgren e Haddon Sundblom. Na pintura contemporânea posso citar Todd Schorr e Mark Ryden. Nos quadrinhos, Robert Crumb e Charles Burns. What are your principal references? There are several. Some names of vintage ephemera that influenced me and became famous are Norman Rockwell, Gil Elvgren and Haddon Sundblom. In contemporary painting, I can cite Todd Schorr and Mark Ryden. In comics, Robert Crumb and Charles Burns.

Você utiliza tecnologias digitais como ferramentas de pré-produção. Sente que isso faz diferença em suas obras? A utilização das tecnologias digitais aconteceu de forma natural porque eu era ilustrador e lidava com elas. Isso me ajuda bastante, pois tenho uma visualização do trabalho. É uma forma de ter mais controle do processo todo e do resultado final.

You use digital technologies as preproduction tools. Do you feel this makes a difference in your works? The use of digital technologies happened naturally, because I was an illustrator and I always dealt with them. This helps me quite a bit, because I have a preview of the work. It’s a way to have more control of the whole process and the final result.

Quanto da sua personalidade existe em seus trabalhos? Meu processo criativo acontece muito por fluxo de consciência. Crio livremente e conceituo as obras num segundo momento, até para não condenar o trabalho a questões superficiais. Então, certamente há muito da minha psiqué nessas narrativas. A forma como absorvo o mundo à minha volta e como meus pensamentos digerem a realidade e interagem com meu inconsciente. How much of your own personality exists in your works? Much of my creative process takes place through stream of consciousness. I create freely and conceptualize the works at a later moment, so as not to condemn the work to superficial matters. So there is certainly a lot of my psyche in these narratives. The way I absorb the world around me and how my thoughts digest reality and interact with my unconscious.

CHOQUECULTURAL.COM.BR

Como você vê o mercado de arte hoje? Ele é bem fechado. Para entrar você precisa ser convidado por alguém que já faça parte do circuito. Há alguns colecionadores que percebem a importância de apoiar certos artistas e não se limitam às grandes galerias. Mas, em geral, é um mercado difícil. Importa mais quem você conhece do que propriamente o que você faz.

How do you see today’s art market? It’s rather closed. To enter the market, you have to be invited by someone who’s already part of the circuit. There are some collectors who realize the importance of supporting certain artists and don’t limit themselves to the major galleries. But in general, it’s a difficult market, where who you know matters more than what you actually do.

067


HI GHLIGHT S | T A K E 5

Ao apito da

ANTIGAS ESTRADAS DE FERRO BRASIL AFORA SÃO CENÁRIOS DE PASSEIOS RICOS EM HISTÓRIAS E BELAS PAISAGENS. ESCOLHA O SEU PERCURSO E EMBARQUE NUMA DELICIOSA VIAGEM COM TOQUES DE NOSTALGIA OLD RAILWAYS ALL ACROSS BRAZIL OFFER TRAIN RIDES THAT ARE RICH IN HISTORY AND BEAUTIFUL LANDSCAPES. CHOOSE YOUR ROUTE AND EMBARK ON A DELIGHTFUL JOURNEY WITH TOUCHES OF NOSTALGIA

locomotiva The locomotive whistle

Por/By LUIZA VIEIRA

Ouro Preto x Mariana MINAS GERAIS

No trajeto de 18km que liga as cidades históricas, vales, túneis, cachoeiras e paredões de pedras chamam os passageiros para perto das janelinhas. Destaque para o interior do trem, de madeira, e o vagão panorâmico, com janelas que vão quase até a metade do teto. On the 18km trip, valleys, tunnels, waterfalls and rock walls never fail to draw passengers closer to the little windows. Two of the most special features are the train’s wood interior and the observation car, with windows that reach almost half way across the ceiling. 31 3551 7705

Viana x Araguaia ESPÍRITO SANTO

Poltronas de couro, ar-condicionado e serviço de bordo deixam a viagem de 49km pelas montanhas capixabas ainda mais especial. O trajeto conta com duas paradas, nas simpáticas cidades de Domingos Martins e Marechal Floriano.

Leather seats, air conditioning, and on-board service make the 49km trip through the Capixaba Mountains even more special. The trip has two stops, in the towns of Domingos Martins and Marechal Floriano. 27 3237 1789

SERRAVERDEEXPRESS.COM.BR

068 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Morretes x Curitiba PARANÁ

A locomotiva percorre 110km da Serra do Mar – maior área preservada de Mata Atlântica do País –, cruzando pontes, viadutos e um túnel a 900 metros de altura. Além dos vagões convencionais, há dois luxuosos, com decorações vintage.

The train travels 110km through Serra do Mar – the largest preserved area of Atlantic Forest in Brazil – and crosses bridges, overpasses and a tunnel at an altitude of 900 meters. In addition to conventional rail cars, there are two deluxe cars, with vintage decor.

Campinas x Jaguariúna SÃO PAULO

O passeio é uma verdadeira viagem no tempo: a mariafumaça, de 1952, percorre 25km pelos antigos trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro e conta com “ferromoças”, grupos musicais e até sorveteiro, para a alegria das crianças.

This ride is a veritable journey through time: the steam locomotive, which dates from 1952, covers 25km over the old tracks of the Mogiana Railroad Company, and has “stewardesses,” music groups, and even ice cream to delight the kids.

41 3888 3488

19 3207 3637

SERRAVERDEEXPRESS.COM.BR

MARIAFUMACACAMPINAS.COM.BR

Rio Negrinho x S.Bento do Sul

SANTA CATARINA

Os 40km que separam as cidadezinhas são vencidos a bordo de robustas locomotivas a vapor, da década de 40, que deslizam pela ferrovia que completou 100 anos em 2013. Da janela vê-se montanhas, cachoeiras e belas pontes.

The 40km that separate these two towns are traversed aboard robust steam locomotive trains, from the 1940s, that roll along the railroad that turned 100 years old in 2013. From the train window, riders can enjoy spectacular scenery with mountains, waterfalls and beautiful bridges. 47 3644 7000

ABPFSC.COM.BR

FOTO: PAULO LIEBERT

VALE.COM/BRASIL


HIGHLIGHT S | V I T R I N E

Espelho, espelho meu

O esmalte Granado é enriquecido com vitamina E, cálcio e proteína da seda. Fortalece as unhas e evita a quebra e a descamação. R$21

Mirror, mirror on the wall O creme para a área dos olhos MKMen ajuda a reduzir olheiras, bolsas e rugas. Foi desenvolvido para atender às características da pele masculina. R$54

UM CUIDADO COM O ROSTO, AQUI; OUTRO COM O CORPO, ALI. DIFÍCIL QUEM NÃO TENHA NA MANGA UM PRODUTO DE BELEZA QUE PROMETE MARAVILHAS. MILAGRES À PARTE, SELECIONAMOS ITENS PARA MULHERES E HOMENS QUE VALEM O INVESTIMENTO

Granado nail enamel is enriched with vitamin E, calcium and silk protein. Strengthens nails, prevents breaking and flaking. R$21

Além de revigorar a pele do rosto e prevenir seu ressecamento nos dias frios, o spray facial da Evian ainda é indicado para aliviar o calor dos bebês. R$29,90 In addition to reinvigorating face skin and preventing dryness on cold days, Evian facial spray is also indicated for relief from heat for babies. R$29.90 EVIAN.COM

GRANADO.COM.BR

MKMen eye cream helps reduce dark circles, bags and wrinkles. It was developed especially for the characteristics of men’s skin. R$54

A BIT OF FACE CARE HERE; A BIT OF BODY CARE THERE. IT’S HARD TO FIND ANYONE WHO DOESN’T HAVE UP THEIR SLEEVE SOME BEAUTY PRODUCT THAT PROMISES WONDERS. MIRACLES ASIDE, WE’VE SELECTED ITEMS FOR WOMEN AND MEN THAT ARE WELL WORTH THE INVESTMENT

MARYKAY.COM.BR

Edição/Editing THAIS LUTTI Produção/Production CAMILA NARDI

Com fator de proteção 50, textura agradável e resistente à água, o protetor solar da Vichy é ideal para todo o corpo. R$79,90

With SPF 50, a pleasant texture and waterresistant, Vichy sunscreen is ideal for the whole body. R$79.90 VICHY.COM.BR

Para todas as tonalidades de pele, o pó HD Translúcido Universal Dailus PRO proporciona um toque aveludado. R$34 For all skin tones, HD Translúcido Universal Dailus PRO powder provides a soft velvety feel. R$34 DAILUS.COM.BR

Com mel, óleos vegetais, manteiga de karité e essência de grapefruit, o lipbalm Nuxe repara lábios danificados. R$67,90

A cera em bastão Do-It-All Axe ajuda na criação de penteados masculinos, seja um look descuidado seja um mais arrumadinho. R$46,90

With honey, vegetable oils, shea butter and essence of grapefruit, Nuxe lip balm repairs damaged lips. R$67.90

The Axe Do-It-All wax stick helps in creating men’s hairstyles, whether for a scruffy look or a slicked-back look. R$46.90

NUXE.COM

AXEMATTEEFFECT.COM.BR

From Weleda, Skin Food cream nourishes parched areas of the face and body, moisturizes cuticles and soothes skin irritation after waxing. R$51.90 WELEDA.COM.BR

070 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

A fórmula do gel-creme Bye Bye Celulite, da Nivea, age diretamente na quebra das células de gordura. Basta aplicá-lo – não é preciso massagear. R$34 The formula of Nivea’s Bye Bye Cellulite gel-cream acts directly in the breakdown of fat cells. Just apply it to the skin; there’s no need to massage it in. R$34 NIVEA.COM.BR

Da Redken, o xampu masculino Clean Brew é feito à base de cerveja e remove o acúmulo de produtos como ceras e modeladores. R$62,90 FOTOS: DIVULGAÇÃO

Da Weleda, o creme Skin Food nutre áreas ressecadas do rosto e do corpo, hidrata cutículas e acalma a irritação da pele após a depilação. R$51,90

From Redken, Clean Brew men’s shampoo is beer-based and removes build-up of products such as waxes and gels. R$62.90 REDKEN.COM.BR

Com 98% dos ingredientes de origem natural, o serum Drops of Youth da The Body Shop é um forte aliado no combate aos sinais de envelhecimento. R$149 With 98% of natural ingredients, Drops of Youth serum by The Body Shop is a strong ally in the fight against signs of aging. R$149 THEBODYSHOP.COM.BR

071


HIGHL IGHT S | O L H A R A Z U L

O Melhor da Comida Brasileira @leociriaco RJ Não é batalha naval. É a vista da Zona Portuária do Rio de Janeiro! It’s not a naval battle, is a view of Rio de Janeiro’s Port Zone!

@gurabelo MG Cores, memórias e muito aconchego no vilarejo de Lavras Novas Colors, memories and lots of warmth in the village of Lavras Novas

@jefobavaresco RS Nas asas do avião, alimento minha alma e meu coração On the wings of the plane, I nourish my heart and my soul

Snapshots

Instantâneos CONFIRA AQUI ALGUNS DOS MELHORES CLIQUES FEITOS PELOS CLIENTES AZUL CHECK OUT SOME OF THE BEST PHOTOS TAKEN BY AZUL CUSTOMERS

@fredericovalerio RJ A Cidade Maravilhosa se preparando para os Jogos Olímpícos The Cidade Maravilhosa is gearing up for the Olympic Games

@rafaelamelgares PR Em Foz do Iguaçu, a combinação da beleza nos pequenos e nos grandes encantos In Foz do Iguaçu, the combination of beauty in the small and large details OLHAR

azul

Oferecemos uma ampla variedade no sistema de buffet, com saladas e vegetais frescos, pratos quentes, grande variedade de carnes, grelhados, um delicioso pudim, aquele doce de leite e muito mais.

Quer ver sua foto na próxima edição da revista? Use a hashtag #azulmagazine no Instagram

@marcoamrocha PE Um clique do Recife Antigo. Porque o tempo passa pela janela A shot of Recife Antigo. Because time passes by the window

@gazioli PR Fim de semana Azul nas emocionantes e surpreendentes Cataratas do Iguaçu Azul weekend at exciting and astonishing Iguaçu Falls

@thaisbaldanca AM Voar é como um vício: “I believe I can fly, I believe I can touch the sky” Flying is like an addiction: “I believe I can fly, I believe I can touch the sky”

Do you want to see your photo in the next edition of the magazine? Use the hashtag #azulmagazine in Instagram

FALE QUE VEIO DE AZUL E GANHE 10% DE DESCONTO

+ 1 BRINDE ESPECIAL

ORLANDO: (407) 354-2507

5458 International Dr, Orlando, FL 32819

MIAMI: (305) 375-0992 129 South East 1st Ave, Miami, FL 33131 Insta

072 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

facebook.com/camilasrestaurante instagram/camilasrestaurant www.camilasrestaurant.com


HI GHL IGHT S

COLUNA André Barcinski

Linda, loura e talentosa Beautiful, blonde and talented

I

t seems hard to believe, but one of the greatest sexsymbols of pop music is turning 70: Debbie Harry, the platinum goddess of Blondie. Harry was born on July 1st, 1945. In October 1974, when she created the group with then-boyfriend, guitarist Chris Stein, she was already a veteran of the New York underground art world, having participated in theater groups and sung in folk groups as well as with the band The Stilettoes. The New York music scene of the mid-70s was talented and eclectic. Centered around a dive called CBGB’s, in the seedy region of the Bowery, a place that was considered punk, but the bands were varied, both musically and aesthetically. There was the fast, heavy sound of The Ramones, the experimentalism of The Talking Heads, and the poetic and visceral rock of Television. But the group with real success was Blondie, with an accessible pop sound, danceable and with one foot in disco. Debbie was such a strong presence that the band was named in her honor. She was the Marilyn Monroe of punk, as beautiful as she was talented - and unpredictable too. Few remember, but she was the main lyricist of Blondie and, behind the pop sweetness of her melodies, there were heavy lyrics that reflected the bleak New York of the time of Taxi Driver. The first song recorded by the group, X-Offender, in 1976, spoke of a hooker arrested in a police stake-out. One of the band’s biggest hits, One Way or Another, from 1978, narrated one of Debbie’s boyfriend’s obsession with her. The guy was so devastated at being dumped that he began stalking her. Debbie Harry has been a major influence on pop music for the last 40 years. Blondie was a pioneer of pop–rap fusion (on the track Rapture) and helped end a certain snobbery that the “rock” public had in relation to disco, when they recorded the mega hit Heart of Glass. Long live Debbie.

André Barcinski é colunista do portal R7 e diretor e produtor dos programas O Estranho Mundo de Zé do Caixão e Nasi Noite Adentro, no Canal Brasil is a columnist from the R7 portal and director and producer of the programs O Estranho Mundo de Zé do Caixão and Nasi Noite Adentro, on Canal Brasil

074 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

RETRATO: DIVULGAÇÃO

P

arece mentira, mas uma das maiores sex symbols da música pop chegou aos 70 anos: Debbie Harry, a deusa platinada do Blondie. Harry nasceu em 1º de julho de 1945. Em outubro de 1974, quando criou o grupo com o então namorado, o guitarrista Chris Stein, ela já era uma veterana da arte underground de Nova York, tendo participado de trupes de teatro, cantado em bandas de folk e com The Stilettoes. A cena musical nova-iorquina da metade da década de 70 era talentosa e eclética. Centrada em uma pocilga chamada CBGB’s, na região barra-pesada do Bowery, era considerada punk, mas as bandas eram diversificadas, tanto musical quanto esteticamente. Havia o som rápido e pesado dos Ramones, os experimentalismos do Talking Heads e o rock poético e visceral do Television. Mas quem fez sucesso de verdade foi o Blondie, com um pop acessível, dançante e com um pé na discoteca. Debbie era uma presença tão forte que a banda foi batizada em sua homenagem: “Lourinha”. Ela era a Marilyn Monroe do punk, tão linda quanto talentosa – e imprevisível. Pouca gente lembra, mas ela era a principal letrista do Blondie e, por trás da doçura pop de suas melodias, havia letras pesadas, que refletiam a Nova York cinzenta da época de Taxi Driver. A primeira canção gravada pelo grupo, X-Offender, de 1976, falava de uma prostituta presa em uma emboscada da polícia. Um de seus maiores sucessos, One Way or Another, de 1978, narrava a obsessão de um namorado de Debbie por ela. O sujeito ficou tão arrasado por ter sido largado que passou a persegui-la, como um stalker. Debbie Harry foi uma enorme influência na música pop dos últimos 40 anos. O Blondie foi pioneiro na fusão do pop com o rap (na faixa Rapture) e ajudou a acabar com certo esnobismo que o público “do rock” tinha em relação à discoteca, quando gravou o megassucesso Heart of Glass. Vida longa à “Lourinha”.


HI GHL IGHT S

COLUNA Mário Magalhães

Furando fila Cutting in line

I

n times gone by, when athletes often linked their images to smoking, and there were no restrictions on cigarette advertising, ace footballer Gérson starred in a TV commercial for a certain brand of cigarettes. The brains of the Brazilian national soccer team that had won the nation’s third World Cup title in Mexico, the player preached the virtues of the product and boasted: “I like to take advantage of everything, right? Take advantage yourself, too.” Poor Golden Leftie... good people. Inadvertently, the 1970s ad became an emblem of the behavior of those who are not ashamed to hoodwink someone. And he was the namesake of “Gerson’s Law,” the symbolic adage about wise guys that get their way at any cost. Few things seem as “Gerson’s Law,” as cutting in line. Whether at a book signing, at a blood test laboratory, or at a bakery. More than ten years ago, a famous Brazilian writer pulled the wool over the eyes of thousands of unsuspecting souls were awaiting indemnification from the Federal Government. He claimed that he was in agony, gained priority status, received his money right away, and exuded good health. The queue cutter is very much alive and active. With all my aversion to queue cutters, I once circumvented a 90-minute waiting list for lunch. But I swear it wasn’t on purpose. With no reservation, I arrived at Balthazar, a French bistro in New York City, and requested a table for two. I was speaking in French, rather jokingly. Right away, the hostess seated us, and I had an honest steak au poivre. Afterwards, I suspected that deference was due to the mistaken assumption that we were countrymen of Bocuse and Ducasse. In Santiago, I didn’t cut into any lines, but I did pass up hundreds of young people in front of the Aquí Está Coco restaurant. This time we had a reservation, but when we stepped out of the cab, we were afraid that the hysterical crowd was impassable. Then I remembered reading in the newspaper that Miley Cyrus was performing in Chile, and I shouted out (this time in English): Miley is expecting us! Miley is expecting us! Like the Red Sea, fans of the singer and actress opened the way to fish and seafood.

Mário Magalhães é jornalista e escritor. Recebeu 25 prêmios jornalísticos e literários. Foi ombudsman da Folha de S.Paulo. Quando criança, dizia que no futuro sua profissão seria “passageiro de avião” is a journalist and writer. He has received 25 awards in the fields of journalism and literature. He served as ombudsman for the newspaper Folha de S.Paulo. As a child, he used to say that in the future his profession would be “airplane passenger”

076 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

RETRATO: LEO AVERSA

N

outros tempos, quando atletas vinculavam suas imagens ao fumo e inexistiam restrições à propaganda tabagista, o craque Gérson estrelou o comercial de TV de um cigarro. Cérebro do escrete que conquistara o tri no México, o jogador apregoava virtudes do produto e se gabava: “Gosto de levar vantagem em tudo, certo? Leve vantagem você também”. Pobre Canhotinha de Ouro, gente boa. Sem querer, o anúncio dos anos 1970 virou emblema do comportamento de quem não se avexa em passar os outros para trás. E batizou a “Lei de Gérson”, tábua simbólica dos espertalhões que se dão bem a qualquer preço. Poucas coisas parecem tão “Lei de Gérson” quanto furar fila. Seja numa noite de autógrafos, no laboratório de exame de sangue ou na padaria. Há mais de dez anos, um famoso escritor brasileiro ludibriou milhares de incautos que aguardavam uma indenização da União. Alegou que agonizava, ganhou prioridade, recebeu logo o seu dinheirinho e esbanjou saúde. O furão de fila segue vivíssimo e na ativa. Com toda minha aversão aos fura-fila, driblei uma lista de espera de hora e meia para almoçar. Mas juro que não foi de propósito. Sem reservas, cheguei ao Balthazar, bistrô francês de Nova York, e pedi mesa para dois. Falei em francês, de brincadeira. De pronto, a hostess nos acomodou e eu comi um steak au poivre honesto. Mais tarde, desconfiei que a deferência se devera à suposição errada de que éramos conterrâneos de Bocuse e Ducasse. Em Santiago, não furei fila, mas ultrapassei a multidão de centenas de jovens diante do restaurante Aquí está Coco. Dessa vez tínhamos reservado, mas ao descer do táxi tememos que a massa histérica fosse intransponível. Lembrei que havia lido no jornal que a Miley Cyrus cantaria no Chile e me esgoelei, agora em inglês: Miley está nos esperando! Miley está nos esperando! Feito o Mar Vermelho, os fãs da cantora e atriz nos abriram caminho para os peixes e frutos do mar.


HI GHL IGHT S

COLUNA Mara Salles

Jogo de panelas Cookware

T

here are many kinds of pots and pans, and they have a wide range of uses. Each one has its lid, its handle, and its role. For rice, a specific kind. For a house with two people, a one-quart pan; a house with four people, a two-quart pan; and so on. For rice to cook up nice and fluffy: two parts water to one part rice. If the family grows, just do the math. For beans, a pressure cooker; for porridge, a soapstone pot. To cure anemia, an iron skillet. After washing it, so it won’t rust, put it over the stove flame to dry. To make dishes with history, inherited pans. For the candy to gleam, a copper pan – and for the copper to gleam, rub it with lemon and salt. To brighten up kitchens, aluminum pans – clean and shiny. For Mom’s country-fried steak, a tinplate frying pan, husky, the one she keeps in the oven part of the stove. For dieting, a sturdy non-stick skillet, tingling warm. For the party, a kettle; for an easy meal, panelada. For closed off and excluding groups, cliques (“panelinhas”). To share, little pots from Goiânia, democratic combinations taken to the table for the deligh of whoever arrives. For baby food, those small enamelware pans. For playing house, a sardine can. For the homeless, whatever they might have at hand. For showing off, Le Creuset. For fish stew, an earthen pot. The best kind? The ones made in Goiabeiras, in Vitória. To bang on pans in protest, do it with affection. And think hard as to whether the cause is worth it. After all, pans have no ideology. The pot may be old, but the food has to be good. Always!

Mara Salles é chef do restaurante Tordesilhas, em São Paulo is the chef of the restaurant Tordesilhas, in São Paulo

078 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

RETRATO: DIVULGAÇÃO

P

anelas são muitas e têm muita serventia. Cada qual com sua tampa, seu cabo e seu papel. Para o arroz, uma exclusiva. Casa com dois, panela de um litro; casa com quatro, a de dois litros; e assim por diante. Para o arroz crescer, duas partes de água e uma de grãos. Se a família aumentar, basta usar esta matemática. Para o feijão, de pressão; para o angu, de pedrasabão. Para curar anemia, panela de ferro. Depois de lavada, para não enferrujar, chama do fogo para ela secar. Para fazer pratos com história, panelas herdadas. Para o doce ficar com brilho, tacho de cobre – e para o cobre ficar brilhante, esfrega limão e sal. Para alegrar as cozinhas, as de alumínio, lustrosas, areadinhas. Para o bife de mãe, frigideira de flandres, cascuda, aquela que mora no forninho do fogão. Para o regime, frigideira robusta, antiaderente, tinindo de quente. Para a festa, panelão; para facilitar, panelada. Para grupo fechado e excludente, panelinhas; para compartilhar, panelinhas de Goiânia, democráticas combinações levadas à mesa para o deleite de quem chegar. Para a comida do bebê, as pequeninas, de ágata e de vidro. Para brincar de casinha, lata de sardinha. Para morador de rua, a que tiver – se tiver. Para exibir, Le Creuset. Para a moqueca, panela de barro. As mais certeiras? Capixabas, de Goiabeiras. Para o panelaço, batam nelas com carinho. E pensem bem se a causa é justa. Afinal, panela não tem ideologia. A panela pode ser velha, mas a comida tem que ser boa. Sempre!


destinos

FOTOS: JULIA RODRIGUES (DISNEY); ANDRÉ DIB (CARIRI PARAIBANO)

86

86 Disney

Reino da magia para crianças e adultos The realm of magic for children and adults

100 Cariri Paraibano

O sertão desbravado de bicicleta Backcountry biking adventures

113 Recife

Dicas de endereços, por Luiza Possi Tips and address, by Luiza Possi

100


D ES T INOS | D I S N E Y

MARA

mág ica Por/By LUIZA VIEIRA Fotos/Photos JULIA RODRIGUES

Bem-vindo ao mundo Disney: um local onde se divertir é regra para visitantes mirins e adultos. Vale deixar-se levar pelo encanto das princesas, pelos famosos personagens das animações ou até pela adrenalina dos brinquedos mais radicais

086

Magic marathon

Welcome to the Disney World, a place where fun is the rule for kids and adults alike. It’s worth the while to get swept away by the charm of the princesses, the famous cartoon characters, or even the adrenaline of the most radical rides

087


D ES T INOS | D I S N E Y

Na página anterior, o show For the First Time in Forever: a Frozen Sing-along Celebration. Ao lado, atriz interpreta a Bela, no Magic Kingdom Previous page: the show For the First Time in Forever: The Frozen Sing-along Celebration. Opposite: an actress plays Bella at the Magic Kingdomon

T

A

cantoria era geral. “Let it go! Let it go!”, bradavam as princesinhas, um bando de Elsas e Annas que pareciam mesmo ser a multiplicação viva das protagonistas de Frozen, a animação-febre da Disney. Além das pequenas vestidas a caráter, jovens e adultos também não economizavam na voz: a música-tema do filme era entoada como um coro por todos que assistiam ao show For The First Time in Forever: a Frozen Sing-along Celebration. A mais nova atração do parque Hollywood Studios dura 30 minutos e emana uma surpreendente magia. Tanto que aqueles que mal falam inglês cantam com perfeição. E Elsa, no palco, faz até nevar em plena Flórida. É esse poder de encantamento que torna o Walt Disney World um destino tão especial – e sonho de consumo de várias gerações. Desde sua criação, em 1971, tudo sempre foi pensado para ser um meio de transporte ao mundo da fantasia. E haja dedicação: o tamanho do complexo, em Orlando, na Flórida, equivale a duas ilhas de

088 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Manhattan e abriga quatro parques temáticos (Magic Kingdom, Animal Kingdom, Hollywood Studios e Epcot), dois aquáticos e 26 hotéis. Só em 2014, mais de 62 milhões de pessoas escolheram passar férias na cidade – difícil imaginar que não incluíram os espaços do grupo no roteiro. O Castelo da Cinderela, símbolo máximo da marca e estrela principal do Magic Kingdom, ainda impera e serve de chamariz para muitos desses visitantes. Assim como as presenças constante de Mickey, Minnie, Pluto e das várias e belas princesas Disney. Mas novidades também não faltam no complexo. Não há sequer um ano que passe sem que algum parque ou resort anuncie uma área, um brinquedo ou um espetáculo inédito. No próprio Magic Kingdom as filas têm se acumulado em uma atração inaugurada em 2014, o Trem da Mina dos Sete Anões. A montanha-russa familiar oferece curvas e solavancos moderados ao som da famosa canção Eu vou, eu vou... O passeio é um convite a viajar no tempo. Impossível não fazer a memória trabalhar em busca de referências ao primeiro longa de animação da Disney, lançado em 1937 – visitantes nascidos no século passado têm mais chances de sucesso aqui.

he singing was widespread. “Let it go! Let it go!” shouted the little princesses, a horde of Elsas and Annas that actually seemed like a living multiplication of the main characters from Frozen, Disney’s latest animated hit. In addition to the little ones dressed in character, kids and adults didn’t spare their voices: the movie’s theme song was sung as a chorus by all those who attended the performance of For the First Time in Forever: A Frozen Sing-along Celebration. The newest attraction of Hollywood Studios theme park lasts 30 minutes and emanates amazing magic. So much so that even those who barely speak English sing along perfectly. And Elsa, on stage, even makes it snow… in central Florida. It’s this power of enchantment that makes Walt Disney World such a special destination – and the dream vacation of several generations. Since it opened in 1971, everything has always been designed to be a means of transportation to the realm of fantasy. And what dedication: the size of the complex, just outside Orlando, Florida, is equal to two Manhattan islands and is home to four theme parks (Magic Kingdom, Animal Kingdom, Hollywood Studios and Epcot), two water parks, and 26 hotels. In 2014 alone, more than 62 million people chose to vacation in Orlando – and it’s hard to imagine that they didn’t include Disney attractions on the itinerary. Cinderella’s Castle – the quintessential symbol of the brand and main star of the Magic Kingdom – still rules and serves as a lure for many of these visitors. As well as the constant presence of Mickey, Minnie, Pluto and the various Disney princesses. But new features also abound at the complex. Not even one year goes by without one of the parks or resorts announcing a brand-new area, ride or show.

089


D ES T INOS | D I S N E Y

À esquerda, carro da parada do Magic Kingdom; acima, o Hollywood Studios, com a torre do terror ao fundo; abaixo, a montanha-russa Everest, no Animal Kingdom. Na página ao lado, visitante mostra que não só criança curte a Disney Left: float in the Magic Kingdom parade; above: Hollywood Studios, with the tower of terror in the back; below: the Everest roller coaster at Animal Kingdom. Next page: visitor shows that not only children love Disney

Aliás, é bom destacar que nem só de turistas mirins vive o Walt Disney World. Mães e pais podem até ir ao show de Frozen para levar os filhos, mas se divertem igualmente. E muita gente decide conhecer o complexo “depois de velho”, com direito a botton e camiseta temática, com seus nomes estampados logo abaixo das grandes e redondas orelhas de Mickey. Quem vai julgar? O reino da fantasia abraça qualquer um que estiver disposto a brincar. Visitantes grandes e pequenos se misturam no Hollywood Studios, com atrações mais radicais. É nele que estão a afamada torre do terror, que despenca de 60 metros de altura, e a montanharussa do Aerosmith, com igual capacidade de deixar os cabelos em pé – os carrinhos alcançam 97km/h e encaram loopings, no escuro, ao som de músicas da banda. Personagens das animações da Pixar também protagonizam brinquedos concorridos, como o Toy Story Mania, um game em que se compete com o companheiro ao lado.

090 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

O Animal Kingdom não fica para trás no quesito adrenalina. O parque possui a Expedition Everest, atração mais alta de toda a Disney (são mais de 60 metros). Seus carrinhos começam o passeio tranquilamente e, de repente, continuam o trajeto de costas; depois, voltam a seguir de frente até despencarem de uma “cordilheira”. Quem consegue manter os olhos abertos tem uma linda panorâmica do parque lá de cima. Por ali a temática animal ultrapassa a fantasia. Exemplares reais de leões, girafas, elefantes, zebras e outros representantes da fauna africana podem ser vistos de pertinho no Kilimanjaro Safaris, arrancando “ahs” e “ohs” de crianças e adultos. Só não superam o número de suspiros ouvidos durante o espetáculo do Rei Leão, o Festival of the Lion King, misto de teatro, musical e técnicas circenses. Os olhos atentos voltados para a arena mal piscam, e explicam por que o show é o mais concorrido de todo o complexo há 15 anos.

EM DESENVOLVIMENTO UNDER DEVELOPMENT

Muito do investimento atual do grupo vem sendo direcionado para o Downtown Disney, que logo passará a se chamar Disney Springs. O conhecido Centrinho do complexo, hoje com 70 opções de compras, alimentação e diversão, vai reunir um total de 150 lojas até o fim de 2016. A remodelação está em curso e alguns estabelecimentos novos já abriram suas portas, como a brasileira Havaianas, o excelente restaurante de frutos do mar The Boathouse (foto) e a loja Super Hero Headquarters, reduto geek de heróis da Marvel. Much of the group’s current investments have been directed toward Downtown Disney, which will soon be renamed Disney Springs. The famous downtown area of the complex, now with 70 options for shopping, food and fun, will gather a total of 150 options by the end of 2016. The refurbishment is currently in progress and several new establishments have opened their doors, such as the Havaianas store (from Brazil), the excellent seafood restaurant The Boathouse (photo), and the Super Hero Headquarters store – a geek stronghold of Marvel heroes.

In the Magic Kingdom itself, lines have been forming at an attraction opened in 2014, the Seven Dwarfs Mine Train. The family-friendly roller coaster features moderate curves and jolts to the sound of the famous song “Hi-Ho, Hi-Ho...”. The ride is an invitation to travel back in time. It’s impossible not to put your memory to work in search of a reference to Disney’s first animated feature film, released in 1937 - visitors born in the last century have more chance of success here. Indeed, it’s appropriate to highlight that Walt Disney World does not live by kid tourists alone. Moms and dads may go to the Frozen show to take their children, but they have just as much fun themselves. And many people decide to visit the complex “after their old,” complete with a thematic T-shirt, with their names printed right below Mickey’s big round ears. Who’s gonna judge? The realm of fantasy embraces anyone who is willing to play. Visitors big and small mingle at Hollywood Studios, which has more radical rides. This is where the famed tower of terror is located, which plunges from a height of 60 meters, as well as the Aerosmith rock ‘n’ roller coaster, equally capable of making your hair stand on end – the cars reach 97km/h and run through loops in the dark, all to the sound of the band’s songs. Characters from Pixar animations also star in popular rides, such as Toy Story Mania, a game in which guests compete with the person beside them. Animal Kingdom does not take a back seat in terms of adrenaline. The park features Expedition Everest, the highest attraction in the entire Disney complex (more than 60 meters). Its cars start the ride nice and easy, when suddenly, they continue along the track backwards; then, they start moving forward again until plunging off a “mountain.” Those who manage to keep their eyes open can see a beautiful panoramic view of the park from high above. In this kingdom, the animal theme goes beyond fantasy. Actual lions, giraffes, elephants, zebras

091


D ES T INOS | D I S N E Y

NÚMEROS DO REINO DA FANTASIA NUMBERS OF THE WORLD OF FANTASY

2

ilhas de Manhattan equivalem ao tamanho do Walt Disney World

Manhattan islands are equivalent to the size of Walt Disney World

69

mil pessoas trabalham no complexo

thousand people work at the complex

72 Quer dar um tempo dos personagens animados? A Disney pensou nisso também quando idealizou o Epcot. O maior dos quatro parques gira em torno da história e da cultura de cada nação, com pavilhões repletos de ornamentos representando países diversos. Personagem até há: Mulan, a princesa guerreira, pode ser vista no domínio chinês, com a mesma evidência das típicas bugigangas provenientes da potência oriental. É por ali, a propósito, que será montado o pavilhão norueguês com temática de Frozen – o universo congelante da animação veio mesmo para ficar. Ao contrário do que muita gente pensa, a gigante bola branca que se tornou marca registrada do parque não é mero enfeite. Dentro dela, a Spaceship Earth conta a trajetória da humanidade (há opção de áudio em português) com detalhes que impressionam pelo realismo. Uma aula de história para ninguém botar defeito. Os parques aquáticos do grupo também deixam os personagens de lado e têm como objetivo fazer os visitantes curtirem os ensolarados dias de Orlando. Apesar de estar na Flórida, foram as praias da Califórnia que serviram de inspiração para o Typhoon Lagoon, com uma enorme piscina de ondas e aquários com peixes, arraias e tubarões. Já o Blizzard Beach tem decoração mais curiosa: simula uma estação de esqui que, ao derreter, deu forma a enormes piscinas.

092 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

mil toneladas é o peso da Spaceship Earth, peça central do Epcot

Na página anterior, o monorail e o pavilhão da Alemanha, no Epcot. Acima, a Spaceship Earth; ao lado, participação do Mickey na parada do Magic Kingdom Previous page: the monorail and the Germany pavilion at Epcot; above: Spaceship Earth; opposite: Mickey Mouse participates in the Magic Kingdom parade

and other representatives of African wildlife can be seen up close in Kilimanjaro Safaris, evoking “oohs” and “ahs” from kids and adults. But these expressions of awe don’t exceed those heard during the performance of the Festival of the Lion King, a combination of musical theater and circus acts. The keen eyes focused on the arena barely blink, and explain why the show has been the most popular attraction of the entire complex for 15 years. Want a little time away from cartoon characters? Disney thought of that, too, when it envisioned Epcot. The largest of the four parks revolves around the history and culture of every nation, featuring pavilions replete with ornaments representing different countries. There’s even a Disney character: Mulan, the Warrior Princess, can be seen in the Chinese domain, with equal evidence as the typical trinkets from the far-eastern power.

thousand metric tons is the weight of Spaceship Earth, the centerpiece of Epcot

136

figurinos compõem o guarda-roupa do Mickey costumes make up Mickey’s wardrobe

In fact, this is where the Frozen-themed Norwegian pavilion will be set up – the icy universe of that animated film has truly come to stay. Contrary to what most people think, the giant white ball that has become a hallmark of the park is not merely ornamental. Inside it, Spaceship Earth recounts the history of humanity, with strikingly realistic details. A history lesson that no one can find fault with. The Disney water parks also leave the characters by the wayside and aim to help visitors enjoy the sunny days of Orlando. Although it’s located in Florida, it was the beaches of California that served as inspiration for Typhoon Lagoon, with a huge wave pool and aquariums featuring sharks, stingrays and other fish. But Blizzard Beach has more curious decoration: it simulates a ski resort that forms huge pools as the snow melts.

210

óculos de sol chegam, em média, ao setor de Achados e Perdidos diariamente

pairs of sunglasses arrive, average, at the Lost & Found sector daily

1

olho de vidro e um penico são os itens mais curiosos já encontrados por lá glass eye and a training potty are the most curious items already found there

093


D ES T INOS | D I S N E Y

Acima, detalhe do hotel Art of Animation; ao lado, um dos bangalôs do Disney’s Polynesian Village Resort Above: detail of the Art of Animation hotel; opposite: Disney’s Polynesian Village Resort

Nos parques temáticos e aquáticos a diversão é garantida até o início da noite – normalmente eles encerram as atividades por volta das 21h. O que não significa o fim do encanto Disney. O grupo conta com hotéis que se encarregam de prolongar a brincadeira. Inaugurado há dois anos, o Art of Animation, por exemplo, tem áreas temáticas de Carros, A Pequena Sereia, Procurando Nemo e O Rei Leão. O desafio é fazer a criançada ir para a cama. Já o Polynesian Village Resort é um verdadeiro paraíso tropical. No início do ano ele ganhou bangalôs sobre as águas, com piscina privativa e vista dos famosos fogos do Magic Kingdom. Os benefícios para quem se hospeda num hotel Disney são inúmeros. Vão de horário estendido nos parques, passando por transporte gratuito ligando a hospedagem e as atrações e o aeroporto de Orlando, até o direito de se deliciar com os Mickey Waffles no café da manhã. Uma bela forma de dar início ao dia, antes da maratona da magia começar.

094 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

At the theme parks and water parks, fun is guaranteed until evening – they usually wrap up activities around 9 pm. But this doesn’t mean an end to the Disney charm. The complex has a variety of hotels that are in charge of prolonging the fun. Opened two years ago, the Art of Animation, for example, has thematic areas featuring Cars, The Little Mermaid, Finding Nemo and The Lion King. The challenge is getting the kids to go to bed. The Polynesian Village Resort, on the other hand, is a veritable tropical paradise. Earlier this year, it got new bungalows located right on the water, with a private pool and views of the famous fireworks at Magic Kingdom. There are numerous benefits for those staying at a Disney hotel. These range from extended hours at the parks, free shuttle service linking the hotels to the parks and the Orlando airport, to the right to indulge in Mickey Waffles for breakfast. A great way to start the day, before the magic marathon begins.


D ES T INOS | D I S N E Y

ONDE FICAR

ONDE COMER

WHERE TO STAY

WHERE TO EAT

Disney’s Animal Kingdom Lodge

Acordar e dar de cara com girafas e zebras próximas à varanda do quarto é o ponto forte do resort. Inspirado nas vilas africanas, tem tetos de palha e mobiliário esculpido à mão – além de três ótimos restaurantes. Waking up and coming face to face with giraffes and zebras next to the room’s balcony is the strong point of the resort. Inspired by African villages, there are thatched roofs and handcarved furniture – plus three great restaurants. ANIMAL KINGDOM, 2901 OSCEOLA PARKWAY, LAKE BUENA VISTA

1 407 938 3000

DISNEYWORLD.DISNEY.GO.COM/RESORTS/ ANIMAL-KINGDOM-LODGE

Disney’s Polynesian Village Resort O resort de luxo inaugurou bangalôs com vista para os fogos do Magic Kingdom no início do ano. Decoração e ambiente remetem ao espírito do Pacífico Sul, com direito a coqueiros, lagos e praias de areia branquinha. The luxury resort lauched new bungalows with view to the fireworks at Magic Kingdom in the begining of the year. Decorations and ambiance recall the South Pacific spirit, including palm trees, lakes and white sand beaches. MAGIC KIGDOM, 1600 SEVEN SEAS DRIVE, LAKE BUENA VISTA

1 407 824 2000

DISNEYWORLD.DISNEY.GO.COM/RESORTS/ POLYNESIAN-RESORT

Disney’s BoardWalk Inn

Cidades da Costa Atlântica dos anos 1940 serviram de inspiração para o resort, que circunda o Lago Crescent e tem um calçadão com lojas e cafés. Oferece ainda uma entrada exclusiva para o Epcot. Cities on the Atlantic Coast of the 1940s served as inspiration for the resort, which surrounds Crescent Lake and has a boardwalk with shops and cafes. It also offers an exclusive entrance to Epcot Park. EPCOT, 2101 NORTH EPCOT RESORTS BOULEVARD, LAKE BUENA VISTA

1 407 939 6200

DISNEYWORLD.DISNEY.GO.COM/RESORTS/ BOARDWALK-INN

40 03 1181

Disney

Disney’s 12 noites no Resort, ies ov M r ta l-S Al os de com ingress parques 5 dias para os INAS) SAÍDA EM 18/

9 (DE CAMP

10x R$ 391 a par tir de

sem juros

096 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Trattoria al Forno

Massas, carnes e pizzas com ingredientes sempre frescos são as protagonistas da casa italiana, aberta no começo do ano. Pasta, steaks and pizza, with always fresh ingredients, are the stars of the Italian eatery, which opened earlier this year. DISNEY’S BOARDWALK INN, 2101 NORTH EPCOT RESORTS BOULEVARD, LAKE BUENA VISTA 1 407 939 2389

Jiko – The Cooking Place

O restaurante mais bacana do Animal Kingdom Lodge tem cardápio inspirado nas culinárias africana e indiana. São grandes as opções de frutos do mar, carnes e receitas vegetarianas com temperos acentuados. The coolest restaurant at Animal Kingdom Lodge features a menu inspired by African and Indian cuisines. There are great options for seafood, steak, and vegetarian recipes, with accentuated seasoning. DISNEY’S ANIMAL KINGDOM LODGE, 2901 OSCEOLA PARKWAY, LAKE BUENA VISTA 1 407 938 4733

Casey’s Corner

A famosa esquina do Magic Kingdom oferece deliciosos hot dogs. Um dos mais pedidos leva cheddar e chilli e vem acompanhado de fritas, nachos ou corn dog nuggets, uma espécie de minicachorro-quente frito. The famous corner of the Magic Kingdom offers delicious hot dogs. One of the options features cheddar and chili, and comes with fries, nachos or corn dog nuggets.

PASSEIOS

OUTINGS

A Azul Viagens, operadora de turismo da companhia, fechou recentemente uma parceria com a Walt Disney World. Clientes podem comprar os produtos da marca – ingressos para parques, planos de refeições, diárias em hotéis, etc. – em qualquer unidade da Azul Viagens. Azul Viagens, the company’s tour operator, recently forged a partnership with Walt Disney World. Customers can purchase Disney products – tickets to theme parks, meal plans, hotel stays, etc. – at any unit of Azul Viagens. AZULVIAGENS.COM.BR

COMO IR

HOW TO GET THERE A Azul opera diariamente voos diretos de Viracopos, em Campinas, para Orlando. A partir do dia 16 de novembro, passará a contar também com frequências diretas do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, para Orlando. Azul operates daily direct flights from Viracopos Airport, in Campinas, to Orlando. Starting November 16th, it will also offer direct flights from Confins Airport, in Belo Horizonte, to Orlando. EUA

MAGIC KINGDOM, MAIN STREET 1 407 939 3463

Orlando 26,2 km

WALT DISNEY WORLD

FLÓRIDA (EUA)


DES T INOS | D I S N E Y | F A Z E N D O A M A L A

1

Almofadas de viagem Fom. R$148 (Branca de Neve); R$199 (Pluto)

Fom travel pillows. R$148 (Snow White); R$199 (Pluto) FOM.COM.BR

1

2 Camiseta GAP. R$29,90

8

GAP shirt. R$29.90 GAP.COM

3 Saia jeans Brascol. R$59,90 Brascol denim skirt. R$59.90 BRASCOL.COM.BR

4 Maiô iRock. R$78

2

iRock swimsuit. R$78 IROCKBRAZIL.COM

5 Xampu e condicionador Chuá

6

4

Biocrema. R$6,49 cada

Chuá Biocrema shampoo and conditioner. R$6.49 each

5

MEMPHISBR.COM

9

6 Bonés New Era. R$139 (azul); R$119 (rosa)

New Era caps. R$139 (blue); R$119 (pink) NEWERACAP.COM

7

3

Tênis slip on Dumond. R$229,90

Dumond slip-on sneakers. R$229.90

11

DUMOND.COM.BR

8 Mochilas Hering. R$79,90 (coração);

7

Playtime

Hora de brincar CRIANÇA NA DISNEY É SINÔNIMO DE DIVERSÃO SEM LIMITES. PARA QUE A EXPERIÊNCIA DOS PEQUENOS SEJA INESQUECÍVEL, INVISTA EM ACESSÓRIOS ALEGRES E, CLARO, EM ROUPAS CONFORTÁVEIS A CHILD AT DISNEY IS SYNONYMOUS WITH BOUNDLESS FUN. FOR THE KID’S EXPERIENCE TO BE UNFORGETTABLE, INVEST IN FUN ACCESSORIES AND, OF COURSE, COMFORTABLE CLOTHES Edição/Editing THAIS LUTTI Produção/Production CAMILA NARDI Fotos/Photos LEO ELOY

098 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

AGRADECIMENTO: PAPEL DE PAREDE BUCALO (COLEÇÃO CHEEK Y MONKEYS)

R$89,99 (listrada)

Hering backpacks. R$79.90 (heart); R$89.99 (striped)

10

HERING.COM.BR

9 Sunga L’eté. R$95,90

L’eté swim briefs. R$95.90

12

LETE.COM.BR

10 Tênis slip on Marvel Comics. R$119,90 Marvel Comics slip-on sneakers. R$119.90 CALCADOSDIVERSAO.COM.BR

11 Camiseta Ogochi. R$62,48 Ogochi shirt. R$62.48 OGOCHI.COM.BR

12 Bermuda Milon. R$69

Milon bermuda shorts. R$69 MILON.COM.BR

099


D ES T INOS | C A R I R I P A R A I B A N O

Sertão

profundo

Deep backlands

Esqueça as praias paradisíacas. Formações geológicas impressionantes, vegetação peculiar e tesouros rupestres fazem da região de Cabaceiras, no Cariri paraibano, um dos lugares mais fascinantes do Nordeste. E perfeito para se aventurar de bike Forget the heavenly beaches. Striking geological formations, peculiar vegetation and ancient rock art treasures combine to make Cabaceiras – in the Cariri region of Paraíba – one of the most fascinating places in the Brazilian Northeast. And perfect for biking

O

sertão não é fácil. Pisar pela primeira vez nas terras afastadas do ex ubera nte l itora l nordestino é uma experiência diferente, em que os olhos custam a acreditar no que veem. Com vegetação peculiar e água escassa, a sensação é de estar diante de uma aridez sem fim, já descrita por Euclides da Cunha, em 1902, em seu livro Os Sertões: uma paisagem seca, retorcida e violenta. Assim como as grandes cidades tomadas por arranha-céus, ela não encanta à primeira vista. Mas basta fechar os olhos e abri-los de novo, dessa vez com o espírito livre do desejo de encontrar simetria e perfeição, que um cenário inesquecível surgirá à sua frente.

T

he backcountry is not easy. Stepping for the first time onto the lands located far from the lush Northeastern coastline is a different experience, where your eyes can hardly believe what they see. With unique vegetation and scarcity of water, the feeling is that of being faced with endless aridity, as described in 1902 by Euclides da Cunha, in his magnum opus Os Sertões (published in English as Rebellion in the Backlands): a dry, twisted and violent landscape. Much like big cities dominated by skyscrapers, it’s not so enchanting at first sight. But just close your eyes and open them again, this time with the free spirit of a desire to find symmetry and perfection, and an unforgettable landscape will appear before you.

Por/By MARINA AZAREDO Fotos/Photos ANDRÉ DIB

100 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

101


D ES T INOS | C A R I R I P A R A I B A N O

Na página anterior, o Lajedo Manoel de Souza; ao lado, o Lajedo de Pai Mateus; e, abaixo, casa de taipa próximo a uma das trilhas da região Previous page: Lajedo Manoel de Souza; opposite: Lajedo de Pai Mateus; and below: a adobe dwelling next to one of the trails in the region

Um dos pedaços mais encantadores desse trecho do território brasileiro fica na Paraíba, entre as cidades de Cabaceiras e Boa Vista, 200km interior adentro para quem parte da capital João Pessoa. O Cariri, como a região foi batizada, tem uma rica vegetação típica do semiárido – cactos, bromélias, baraúnas, quixabeiras e diversas plantas medicinais –, além de formações rochosas únicas e preciosos registros rupestres deixados há pelo menos 10 mil anos. O ponto de partida para explorá-lo é o Hotel Fazenda Pai Mateus. Uma vez por lá, deixe o carro de lado e faça da bicicleta o seu meio de transporte. Três dias são suficientes para você conhecer os principais atrativos da área. Haverá muitos single tracks (trilhas estreitas, onde uma bicicleta tem de ir atrás da outra) e longos trechos de pedaladas sobre as pedras. Estas, a propósito, são o maior desafio do passeio, junto com o sol forte – o melhor é sair sempre bem cedinho. Com uma boa mountain bike e a companhia de um guia, o ideal é começar explorando os locais

102 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

mais próximos. Vencendo 3km de estradas de terra, em meio a xique-xiques, facheiros e mandacarus, chega-se à Saca de Lã, monumento natural que recebeu este nome por lembrar pacotes de algodão empilhados – a região já foi uma das maiores exportadoras do produto. Os mais destemidos sobem a “montanha” para tirar fotos à la Cristo Redentor. Ali perto fica o Lajedo de Manoel de Souza, que, embora interessante, é só uma prévia do que você vai encontrar no mais famoso dos lajedos: o de Pai Mateus, a 3,5km do hotel. A elevação rochosa, cuja área equivale a 46 campos de futebol, tem o formato de um prato de sopa invertido com mais de cem imensos blocos arredondados de granito sobre ele. Seu nome faz referência a um curandeiro ermitão que teria vivido ali no século 18. Diz a lenda que as pessoas iam consultá-lo para resolver os mais diversos problemas, conferindo àquela paragem uma aura mística. Não à toa, fala-se muito da força do lugar. E não são poucos os relatos de gente que se sentiu reenergizada após assistir a um pôr do sol no Pai Mateus.

One of the most charming pieces of this portion of Brazilian territory is in Paraíba, between the cities of Cabaceiras and Boa Vista, 200 km inland for those who depart from the state capital, João Pessoa. Cariri – as the region was baptized – has rich vegetation typical of semi-arid regions – cacti, bromeliads, barauna trees, quixaba trees, and various medicinal plants – in addition to unique rock formations and precious rock art made at least 10,000 years ago. The starting point to explore the area is Hotel Fazenda Pai Mateus. Once there, park the car and use a bike as means of transportation. Three days are enough to get see the area’s main attractions. There will be many ‘single tracks’ (narrow trails where bikes have to go single-file), and long rides over the rocks. These, incidentally, are the biggest challenge of the ride, along with the strong sun – it’s best to always set out very early in the morning. With a good mountain bike and the company of a guide, the ideal way is to start exploring the places located closest to the hotel. After riding 3km along dirt roads, amid various cactus species with exotic-sounding names like xiquexique, facheiro and mandacaru, you arrive at Saca de Lã, a natural monument named for its resemblance to stacked cotton bales (the region was formerly a major exporter of cotton). The most fearless visitors climb the “mountain” to take pictures, a la Christ the Redeemer. Nearby is Lajedo de Manoel de Souza, which, while interesting, is just a preview of what you’ll find at the most famous of the rock formations known as lajedos: Pai Mateus, located 3km from the hotel. The rocky elevation, with an area equivalent to 234 soccer fields, is shaped like an upside-down bowl, with over a hundred huge rounded granite blocks on it. It’s named after a hermit healer who purportedly lived there in the 18th century. Legend has it that people would consult him to solve wideranging problems, giving the place a mystical aura.

103


D ES T INOS | C A R I R I P A R A I B A N O

Para uma experiência mística completa, a visita a outro lajedo, o do Bravo, a 15km do hotel, deve ser feita na companhia de Djair Fialho, da Cariri Expedition. De família humilde, ele foi apadrinhado quando menino pelo geólogo e empresário Eduardo Bagnoli, o “descobridor” do potencial do Cariri, e formou-se arqueólogo. Hoje trabalha para transformar em polo de turismo sustentável o que até os anos 1990 era apenas um ponto de extração de granito. Logo na chegada, Djair colhe alguns ramos de alecrim, esfrega nas mãos e deixa que o vento leve as folhas. A visita só pode continuar se elas voarem de Leste para Oeste. “Se forem no outro sentido significa que os nativos não querem a nossa entrada”, explica. Permissão concedida, ele mostra aos turistas pinturas rupestres, um cemitério de índios e locais onde supostamente eram organizados rituais para os deuses, além de contar várias histórias. “Uma vez um casal que não conseguia ter filhos pediu para dormir aqui e deu certo: a mulher engravidou naquela noite.” E esta é só uma de muitas. Para radicalizar com a bike, o Lajedo de Salambaia é imperdível. São 7km pedalando sobre as pedras em uma trilha que praticantes do esporte garantem ser similar a um dos destinos mais tradicionais de mountain bike no mundo: Moab, no deserto de Utah, nos Estados Unidos. Nos trajetos, há ainda a companhia dos bodes e, com frequência, escutam-se ao longe os sinos que balançam em seus pescoços.

104 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Na página anterior, de cima para baixo, Djair Fialho apresenta o Lajedo do Bravo, cujas águas ficam cobertas de plantas aquáticas; ciclistas em meio à vegetação característica; e os bodes da região. Acima, vaqueiro no Lajedo de Salambaia Previous page: from the top down: Djair Fialho presents Lajedo do Bravo, whose waters are covered with water plants; cyclists riding through characteristic vegetation; and goats in the region; above: a vaqueiro (cowboy) at Lajedo de Salambaian

It’s not surprising there’s so much talk of the power of this site. And there are more than a few reports of people who felt re-energized after watching the sunset at Pai Mateus. For a complete mystical experience, a visit to another lajedo – Lajedo do Bravo, 15km from the hotel – should be done in the company of Djair Fialho, from Cariri Expedition company. From a humble family, he was sponsored as a boy by geologist and businessman Eduardo Bagnoli (the “discoverer” of Cariri’s potential) and earned a degree in archeology. Today he works to transform what until the 1990s was only an area of granite extraction into a sustainable tourism center. Upon arrival, Djair gathers some sprigs of rosemary, rubs his hands with them, and lets the wind carry the leaves away. The visit can only continue if the leaves are blown from east to west. “If they go in the other direction, it means that the natives don’t want us to enter,” he explains. With permission granted, he shows tourists rock paintings, an Indian

burial ground, and places where rituals to the gods were supposedly organized, and recounts several stories. “Once, a couple who couldn’t have children asked me if they could sleep here, and it worked: the woman became pregnant that very night.” And this is only one of many. To get radical with the bike, Lajedo de Salambaia is essential. Visitors pedal for 7km over the rocks on a trail that regular practitioners guarantee is similar to one of the world’s most traditional mountain biking destinations: Moab, in the desert of Utah, USA. Along the way, there are also goats, and one often hears the bells swinging around their necks, off in the distance. But the Cariri region goes beyond mysticism and nature. Facing a 30km ride – the toughest of all, because of the scorching sun – you reach downtown Cabaceiras, also known as the Roliúde (i.e., “Hollywood”) of Northeastern Brazil. After serving as the location for the miniseries O Auto da Compadecida, on the Globo television network in

105


D ES T INOS | C A R I R I P A R A I B A N O

Mas o Cariri vai além do misticismo e da natureza. Encarando um trajeto de 30km – o mais pesado de todos, por conta do sol escaldante – chega-se ao centro de Cabaceiras, também conhecida como a Roliúde Nordestina. Após ter servido de locação para a minissérie O Auto da Compadecida, da Globo, no fim da década de 90, o município de 5 mil habitantes virou um polo cinematográfico do Nordeste. Seu casario simples já apareceu em produções como o filme Cinema, Aspirinas e Urubus (2005) e a novela global Aquele Beijo (2011). Pode-se dizer que este é outro lugar de histórias fantásticas – não há quem não tenha um bom “causo” para contar. É o caso de Zé de Cila, dono de um armazém na rua principal e dublê do padre vivido por Rogério Cardoso na série que deu início a tudo. Sempre disposto a um bom papo, ele guarda a batina usada nas gravações para vesti-la quando algum curioso aparece. Finalizadas as trilhas de bike, resta apenas um passeio imperdível – mas este não pode ser feito sobre duas rodas. Converse com os guias do hotel e peça para ir ao Lajedo de Pai Mateus à noite. Lá, na escuridão e no silêncio absolutos, sob as estrelas brilhando, há algo que nos toca a alma, nos revigora e nos faz lembrar de outra afirmação de Euclides da Cunha: “o sertanejo é, antes de tudo, um forte”. Talvez venha daí, da vida nessa paisagem inóspita e ao mesmo tempo tão bonita, a força desse povo.

106 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

the late 1990s, the municipality of 5,000 inhabitants became a cinematic hub of the Northeast. Its simple row houses have appeared in productions such as the feature film Cinema, Aspirinas e Urubus (2005) and the Globo telenovela, Aquele Beijo (2011). It can be said that this is another place of fantastic stories – there’s no one who doesn’t have a good “yarn” to spin. This is the case of Zé de Cila, who owns a store on the town’s main street, and served as stunt double for the priest played by Rogério Cardoso in the series that started it all. Always ready for a good chat, he keeps his cassock that he wore in the production, to put on if a curious fan appears. After finishing the bike trails, all that remains is an unmissable outing - but this one can’t be done on two wheels. Talk to the guides at the hotel and ask to go to Lajedo de Pai Mateus at night. There, in the absolute darkness and silence, under the shining stars, there is something that touches the soul, invigorates, and brings to mind another affirmation by Euclides da Cunha, “the sertanejo (backcountry) is, above all, strong.” Perhaps this is where the strength of this people comes from – life in this landscape that is so inhospitable and yet so beautiful.

Acima, o letreiro de boas-vindas, em Cabaceiras, e detalhe do casario simples da cidade Above, the Welcome to Cabaceiras sign and detail of the town’s simple row houses


D ES T INOS | C A R I R I P A R A I B A N O

ONDE FICAR

ONDE COMER

WHERE TO STAY

WHERE TO EAT

Hotel Fazenda Pai Mateus

A antiga fazenda transformada em pousada tem acomodações confortáveis, com cama king size, sauna e piscina. O atendimento é atencioso e a ótima equipe de guias ajuda os turistas a desbravarem a região. This old farm transformed into an inn has comfortable accommodations with king size beds, a sauna, and a swimming pool. The service is attentive and the great team of guides helps tourists to tame the region. ANTIGA FAZENDA TAPERA, CABACEIRAS 83 3356 1250

PAIMATEUS.COM.BR

Verdegreen

Localizado de frente para o mar, o hotel tem 140 apartamentos, todos com aquecimento de água por meio de placas de energia solar. Para aqueles que quiserem conhecer a agradável orla de João Pessoa antes de partir para o Cariri, o hotel empresta bicicletas. Located on an oceanfront property, the hotel has 140 rooms, all with water heated by solar panels. For those seeking to experience the pleasant seaside in João Pessoa before leaving for Cariri, the hotel lends bicycles. AV. JOÃO MAURÍCIO, 255, MANAÍRA, JOÃO PESSOA 83 3044 0000

VERDEGREEN.COM.BR

Hotel Fazenda Pai Mateus

Por estar em uma área relativamente isolada, a dica é experimentar as delícias da culinária regional da própria casa. A fartura já começa no café da manhã, com ovos, cuscuz, mungunzá, carne de sol, frios e sucos de frutas típicas. Depois das pedaladas, vale se esbaldar com uma galinha de capoeira, acompanhada de pirão de cuscuz, xerém – uma papa feita à base de farinha de milho –, feijão de corda e arroz de festa. À noite, se preferir uma refeição mais leve, prove o saboroso caldo de legumes com carne. Because it is located in a relatively isolated area, we suggest sampling the delights of the regional cuisine at the hotel restaurant. The abundance starts at breakfast, with eggs, cuzcuz, mungunzá, carne de sol, cold cuts and typical fruit juices. After biking, it’s worthwhile to try the galinha de capoeira, served up with pirão de cuscuz, xerém (a porridge made of cornmeal) - feijão de corda and arroz de festa. In the evening, if you prefer a lighter meal, try the tasty vegetable and meat soup. ANTIGA FAZENDA TAPERA, CABACEIRAS 83 3356 1250

PAIMATEUS.COM.BR

QUEM LEVA

WHO GOES

Jampa Bikers

A região é um dos principais destinos desse grupo de João Pessoa. Há viagens nos fins de semana e em feriados. The region is one of the main destinations of this cycling group from João Pessoa. They take trips on weekends and holidays. 83 9925 6420

FACEBOOK.COM/JAMPA.BIKERS.5

Sampa Bikers

Sediado na capital paulista, o grupo organiza viagens periódicas ao Cariri. No réveillon, serão cinco dias de pedaladas. From São Paulo, this cycling group organizes regular trips to the Cariri. Around New Year’s, there will be five days of biking. 11 5517 7733

SAMPABIKERS.COM.BR

COMO IR

HOW TO GET THERE A AZUL opera voos diretos para João Pessoa a partir de Campinas, Salvador e Fortaleza. A capital fica a 200km de Cabaceiras. AZUL operates direct flights to Joao Pessoa from Campinas, Salvador and Fortaleza. The state capital is 200km from Cabaceiras.

RN

PB

Boa Vista Cabaceiras

PE

AL

108 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

JOÃO PESSOA


DES T INOS | C A R I R I P A R A I B A N O | F A Z E N D O A M A L A

1

Viseira Puma. R$49,90 Puma visor. R$49.90 PUMA.COM

2 Camiseta Fill Sete. R$99,99 Fill Sete shirt. R$99.99

1

FILLSETE.COM.BR

8

3 Regata Hering For You. R$29,90 Hering For You tank top. R$29.90

6

5

HERINGFORYOU.COM.BR

4 Legging Fila. R$79,90 Fila leggings. R$79.90

11

Great for biking

2 3

Força no pedal

4

5 Minixampu e minicondicionador

Lee Stafford. R$21,90 e R$23,90; respectivamente

9

Lee Stafford mini shampoo and conditioner. R$21.90 and R$23.90; respectively LEESTAFFORD.COM

12

6 Bolsa com suporte para

PRODUTOS FEITOS ESPECIALMENTE PARA CICLISTAS GARANTEM A SEGURANÇA E O CONFORTO DURANTE OS TRAJETOS QUE CORTAM A REGIÃO DO CARIRI, NA PARAÍBA. CONFIRA AQUI ALGUMAS SUGESTÕES PRODUCTS MADE ESPECIALLY FOR CYCLISTS GUARANTEE SAFETY AND COMFORT ON THE TRAILS THAT CRISSCROSS THE CARIRI REGION, IN PARAÍBA. CHECK OUT SOME OF OUR SUGGESTIONS Edição/Editing THAIS LUTTI Produção/Production CAMILA NARDI Fotos/Photos LEO ELOY

FILA.COM.BR

guidão Acte. R$69,90

Acte Bag with handlebar support. R$69.90 ACTESPORTS.COM.BR

7

Tênis Olympikus. R$139

Olympikus sneakers. R$139 OLYMPIKUS.COM.BR

8 Estojo de primeiros

socorros Deuter. R$100 Deuter first-aid kit. R$100

10

MUNDOTERRA.COM.BR

9 Luva Curtlo. R$120 Curtlo gloves. R$120 PENATRILHA.COM.BR

10 Garrafa d’água Rainha. R$59,99

7

Rainha water bottle. R$59.99

13

RAINHA.COM.BR

11 Capacete Schwinn. R$119 Schwinn helmet. R$119 SCHWINNBIKES.COM

12 Body UV Line. R$249

UV Line body suit. R$249 UVLINE.COM.BR

13 Bermuda para ciclismo Asics. R$199,90 Asics biking shorts. R$199.90 ASICS.COM.BR

110

A Z U L M A G A Z I N E | 0 7. 2 0 1 5

111


DEST INOS | E U F U I

Recife por/by Luiza Possi

RETRATO: ILL ANA BESSLER

Conheci Recife por causa da minha agenda de shows, e o primeiro ponto que me conquistou foi o povo pernambucano. Eles são pessoas solidárias, que pensam na coletividade em vez de olhar para o próprio umbigo. Fiz bons amigos por lá e, quando não estou a trabalho, volto para visitá-los. Assim que desembarco na cidade sigo para o restaurante Parraxaxá para matar a saudade dos pratos típicos do Estado. Também separo um tempo para correr na Praia de Boa Viagem e procuro um cantinho para apreciar a panorâmica maravilhosa de Recife, com suas casinhas coloridas. À noite, saio pelos bares, que não decepcionam com sua vasta programação. Outra boa opção é estar lá durante o carnaval, ápice cultural local. O evento toma conta da capital e não subestima a energia do seu público. Há atrações para todos os gostos, com apresentações de orquestras, marchinhas, blocos e muito frevo. Para quem gosta de música, como eu, é um prato cheio.

Recife que

Contagious Recife

contagia

A CULTURA VIBRANTE, A SIMPATIA DO POVO E A CULINÁRIA PRIMOROSA DA CAPITAL PERNAMBUCANA ENCANTARAM A CANTORA LUIZA POSSI THE VIBRANT CULTURE, THE FRIENDLY PEOPLE, AND THE EXQUISITE CUISINE OF RECIFE DELIGHTED SINGER LUIZA POSSI Em depoimento a/A testimony to SOFIA FRANCO

I first came to Recife because of my touring schedule, and the first thing that won me over was the Pernambuco people. They are a caring people, who think in collective way rather than just looking out for themselves. I’ve made good friends there, and when I’m not working, I go back to visit them. Once I land in the city, I go straight to Parraxaxá restaurant to satiate my craving for typical Pernambuco dishes. Also I set aside some time to go running at Boa Viagem Beach, and look for a nice little spot to enjoy a wonderful panoramic view of the city, with its colorful row houses. In the evening, I go out to the bars, which never let me down with their entertainment. Another good option is to be there during the Carnival, the local cultural apex. The event takes over the city, and doesn’t underestimate the energy of its revelers. There are attractions for all tastes, with performances by orchestras, marchinhas, blocos, and frevo. For anyone who’s fond of music, like me, it’s a full plate.


D EST INOS | E U F U I

Confira as sugestões da cantora Luiza Possi para curtir a cultura e a culinária de Recife Check out some suggestions from singer Luiza Possi for enjoying the culture and cuisine of Recife:

1 Restaurante Parraxaxá Parraxaxá Restaurant

Endereço tradicional, começa a ficar cheio no fim da tarde. É opção certa para beber cerveja com os amigos antes de uma balada.

AV. FERNANDO SIMÕES BARBOSA, 1200, BOA VIAGEM 81 3463 7874 PARRAXAXA.COM.BR

2 Restaurante Mingus Mingus Restaurant

A traditional location, which begins to fill up around dusk. It’s a spot-on choice for drinking beer with friends before a night out on the town.

R. DO ATLÂNTICO, 102, BOA VIAGEM 81 3465 4000 RESTAURANTEMINGUS.COM.BR

3 Praia de Boa Viagem

No Recife Antigo, a construção já foi observatório astronômico e hoje abriga exposições e eventos. É um ótimo ponto para se apreciar a vista da cidade. Located in “Old Recife” (Recife Antigo), this building once housed an astronomical observatory, and now hosts expositions and events. It’s a great spot to enjoy a nice view of the city.

Boa Viagem Beach

4 Galeria Joana D’arc Joana D’arc Gallery

Reduto boêmio, com ambiente descontraído, a galeria tem ótimas lojas, restaurantes e bares com programação variada durante as noites.

AV. HERCULANO BANDEIRA, 513, PINA 81 9162 3742

5 Bar Central Central Bar

R. MAMEDE SIMÕES, 144, SANTO AMARO

A Bohemian enclave, with a laid-back atmosphere, the galeria has great shops, restaurants and bars, with a wide range of live entertainment options in the evenings.

81 3222 7622

6 Restaurante Casa de Banhos Casa de Banhos Restaurant

MOLHES DO PORTO DE RECIFE, BRASÍLIA TEIMOSA 81 3075 8776

Marco Zero

AV. ALFREDO LISBOA, S/Nº, RECIFE ANTIGO

Malakoff Tower

PÇA. DO ARSENAL DA MARINHA, S/Nº, RECIFE ANTIGO 81 3184 3180

Vale passar horas ali batendo um papo e provando a comida típica que compõe o buffet, de baião de dois a bode guisado. It’s worthwhile spending hours there chatting with friends and enjoying typical food that the buffet offers, everything from baião de dois to bode guisado.

A historic site in Recife, at the edge of the wharf, the public square hosts a wide array of cultural events – I’ve been to some amazing concerts there.

Peguei um barco no Marco Zero para chegar a este restaurante de frutos do mar. Depois do almoço, vale caminhar no Parque de Esculturas Francisco Brennand, com obras do artista.

7 Marco Zero 8 Torre Malakoff

Ponto histórico da capital, na beira do Cais do Porto, a praça tem uma programação cultural variada – já assisti a shows incríveis ali.

Adoro correr no calçadão da praia urbana mais famosa de Recife. Com direito a paradas nos quiosques para me reidratar.

I took a boat from Marco Zero to get to this seafood restaurant. After lunch, it’s worthwhile to take a walk through the Francisco Brennand Sculpture Park, featuring the artist’s works.

I love jogging along the promenade of the city’s most famous urban beach. And I always stop at the beachfront kiosks to rehydrate.

40 03 1181

Recife

odigy 7 noites no Pr com café Hotel Recife, INAS) SAÍDA EM 15/

8 (DE CAMP

10x R$ 151 a par tir de

sem juros

ILUSTRAÇÃO: MAURICIO PIERRO

O restaurante, de comida contemporânea, une com perfeição o prazer de comer e de ouvir boa música. Há apresentações ao vivo no jantar, de quinta a sábado. This restaurant offers contemporary cuisine, and perfectly combines the pleasure of eating and listening to good music. There are live performances at dinnertime, Thursday through Saturday.

114

A Z U L M A G A Z I N E | 0 7. 2 0 1 5

115


emfoco

FOTOS: JORGE BISPO (CLEO PIRES); AIRA JUNGES/DIV. (SOUNDS IN DA CIT Y)

118

118 Cleo Pires

Madura, a atriz se entrega ao cinema More mature, the actress ventures into movies

128 Anima Mundi

Os idealizadores do famoso festival The creators of the famous festival

136 Festas nas ruas

Eventos ao ar livre tomam as capitais Street parties:Â outdoor events take over big cities

136


EM FOCO | C L E O P I R E S

Walking metamorphosis

Metamorfose

AMBULANTE Aos 32 anos, Cleo Pires pretende ir aonde a sua inquietude a levar. Enquanto planeja viagens mundo afora e respeita seus desejos mais sinceros, a atriz intercala trabalhos na TV e no cinema. Recentemente, estrelou o longa Qualquer Gato Vira-Lata 2 e volta às telonas em Operações Especiais, que estreia neste semestre

At age 32, Cleo Pires intends to go where her restless spirit takes her. While she plans trips across the world and respects her most sincere desires, the actress alternates between film and television assignments. She recently starred in the feature film Qualquer Gato Vira-Lata 2 (Any Stray Cat 2) and is back on the big screen with Operações Especiais (Special Operations) which premieres this semester

PRODUÇÃO GERAL: THAIS LUT TI; ST YLING: ALÊ DUPRAT PARA ABÁ MGT; MAQUIAGEM: ERICA MONTEIRO PARA ABÁ MGT; AGRADECIMENTO: SHERATON RIO HOTEL & RESORT

Por/By RENATO LEMOS Fotos/Photos JORGE BISPO

119


EM FOCO | C L E O P I R E S

120 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

LOOK 1: CAMISA JEANS LILY SARTI; MACACÃO SEVEN; JOIAS CARL A AMORIM; LOOK 2: CALÇA SEVEN; JAQUETA NK STORE

D

epois de ficar cerca de cinco segundos em silêncio, buscando respostas para cada uma das perguntas que lhe são feitas – sobre amor, sexo, carreira, viagens, tatuagens, família – Cleo Pires diz que a frase que melhor resume seu modo de encarar a vida é exatamente aquela que significa a dúvida. O pé atrás, a desconfiança, a capacidade de mudar o rumo de tudo de uma hora para a outra: “Ou não". Cleo Pires não quer ter certeza de nada. "Sou muito 'ou não'. Quero sempre ver as coisas por outro lado", explica a carioca. As duas palavrinhas são tão importantes em seu modo de vida que periga virarem mais uma das muitas tatuagens que cobrem quase metade do seu corpo. É tatoo que não acaba mais. Não por acaso, ali pelo meio do filme Qualquer Gato Vira-Lata 2 – protagonizado por Cleo e que entrou em circuito nacional no mês passado –, num diálogo que mistura ficção com vida real, uma personagem se vira para ela e comenta que seu corpo tinha tantos escritos que mais parecia um livro de memórias. Faz sentido. No espaço exíguo de 1,60 metro entre a raiz do cabelo da atriz (liso como o daquelas indiazinhas de gibi) e a sola dos seus pés (33/34, em medidas de Havaianas), estão espalhadas frases de efeito, filosofia, desenhos fofinhos, tribais e uma vasta coleção de palavras prediletas. Lembranças de 32 anos de vida. É como se, a cada momento, Cleo quisesse registrar na própria pele sua alma de metamorfose ambulante. "Tenho um baita buraco na 'camada de hormônios'", ri Cleo, que traz a frase Live and let die (viva e deixe morrer), tirada da música de Paul McCartney, no quadril. "Oscilo a cada hora, mas nunca tive problemas de mudar, sempre reconheci as loucuras que fiz e meu corpo revela essas oscilações. As tatuagens são como rugas de minhas vivências. Quero que a energia disso tudo fique gravada em mim."

Cleo posa para fotos no Sheraton Rio Hotel & Resort, no Leblon Cleo poses for photos at the Sheraton Rio Hotel & Resort, in Leblon

A

fter keep silent for about five seconds, seeking answers to each of the questions she is asked – about love, sex, career, travel, tattoos and family – Cleo Pires says that the phrase that best summarizes her way of looking at life is precisely the one that means doubt. Wariness, distrust, the ability to change the course of things from one minute to the next: “Or not". Cleo Pires does not want to be certain of anything. "I’m always saying 'or not'. I always want to see things from another angle", explains the actress from Rio. These two short words are so important in her way of life that they could very well turn into yet another of the many tattoos that cover almost half of her body. There is a veritable plethora of tattoos. It is no coincidence that about halfway through the movie Qualquer Gato Vira-Lata 2 – starring Cleo and that entered the national circuit last month –, in a dialogue that mixes fiction with real life, a character turns to her and remarks that her body had so much writing on it that it looked more like a memoir. It makes sense. In the limited space of 1.60 meters between the roots of the actress’s hair (as straight as that of those

little Indian girls in the comics) and the soles of her feet (US size 5-5 1/2 when wearing flip-flops), there are a variety of catchphrases, philosophy, cute drawings, tribal designs and a vast collection of favorite words. Memories of 32 years of life. It is as if Cleo wishes to have a constant record on her own skin of her walking metamorphosis soul. "I have a huge hole in the 'hormone layer", jokes Cleo, who bears the phrase "Live and let die" from the song by Paul McCartney, tattooed on her hip. "I vacillate all the time, but I’ve never had any problems changing. I’ve always acknowledged the crazy things I’ve done and my body reveals these vacillations. The tattoos are like wrinkles of my experiences. I want the energy from all this to be engraved on me." Judging from what can be read on the surface of her skin, the actress’s energy has been manifesting itself more frequently in French, as in Liberté, a word delicately drawn near her left breast. In the latest estimation – considering front and back, without counting the very hard to reach areas – 17 tattoos were identified on her coffee-and-cream skin. It is a partial count.

121


EM FOCO | C L E O P I R E S

O DESEJO REVOLUCIONÁRIO MUDA TUDO DE LUGAR, DESCONCERTA. SEM DESEJO NADA ACONTECE "R E VOLU T I ON A RY D E S I R E C AUSES EVERY THING TO CHANGE PL ACE

A julgar pelo que se lê no relevo de sua pele, a energia da atriz anda se manifestando com mais frequência em francês, como em Liberté, palavra delicadamente desenhada próximo ao seio esquerdo. Em um último levantamento – considerando frente e verso, sem contar as regiões de muito difícil acesso –, foram identificadas 17 tatuagens em sua pele cor de café com leite. É uma contagem parcial. A mais recente delas, feita durante uma viagem à Grécia há dois meses, é a de uma gota vermelha, desenhada na parte interna do dedo anelar da mão esquerda. É uma reverência a Afrodite, que teria nascido como espuma após os órgãos genitais de Uranus serem arrancados por Cronos e arremessados ensanguentados ao mar. Caramba! E o que a gotinha vermelha tem a ver com essa tragédia toda? Para Cleo, mais do que uma história bonita ouvida enquanto contemplava as águas do Mediterrâneo, a gota de Afrodite significa a permanência do desejo. É a mesma explicação que ela dá para o All for you visto em seu pulso esquerdo, em que o all pode ser realmente tudo e o you, no caso, é o namorado Rômulo Neto: desejo. Cleo Pires – como Afrodite, a deusa do amor, do sexo e da beleza – é movida a desejo. "O desejo revolucionário muda tudo de lugar, desconcerta. Sem desejo nada acontece", diz ela, que, nos últimos tempos, anda desejando um mundo sem encheção de saco, sem invasão de privacidade e sem caretice."Quero ver as coisas mais claras." Esse jeito de enxergar a realidade com mais tranquilidade pode ser visto também como sinal de maturidade, essa mistura mágica de tempo, experiência e – por que não? – feridas. "A Cleo continua a manter aquele jeito de menina, a essência dela, mas está naturalmente mais madura", avalia Malvino Salvador, que dividiu o set com a atriz nas duas produções de Qualquer Gato ViraLata, separada uma da outra por quatro anos. "Ela está vendo mais na frente."

122 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

The last of them, done during a trip to Greece two months ago, is that of a red teardrop drawn on the inside of the ring finger on her left hand. It is a sign of reverence to Aphrodite, who was allegedly born as foam after Cronos lopped off Uranus’ genitals and flung them dripping blood into the sea. Wow! And how is the small red teardrop related to all this tragedy? According to Cleo, more than just a beautiful story heard while she contemplated the waters of the Mediterranean, Aphrodite’s teardrop signifies the permanence of desire. This is the same explanation that she gives for the "All for you" seen on her left wrist, in which the ‘all’ can be really all, and the ‘you’, in this case, is her boyfriend Rômulo Neto: desire. Cleo Pires – like Aphrodite, the goddess of love and beauty – is powered by desire. "Revolutionary desire causes everything to change place and is disconcerting. Nothing happens without desire", says the actress, who has lately been desiring a world without sources of annoyance, without invasion of privacy and without rigid conventionality. "I want to see things more clearly." This way of viewing reality with more serenity can also be seen as a sign of maturity, this magical blend of time, experience and – why not? – wounds. "Cleo continues to maintain that girlish way of hers, her very essence, but is naturally more mature", reckons Malvino Salvador, who shared the set with the actress in the two productions of Qualquer Gato Vira-Lata, separated by an age gap of four years. "She’s seeing further ahead." During the interview Cleo can enjoy the view from the 24th floor of a five-star hotel on Avenida Niemeyer, midway between Leblon and São Conrado, in her native city. The pearly white waves of the sea break on the sand below. She is leaning over a spectacular dish of steak with French fries. She eats with a good appetite. Then she starts to talk. She gives an account of her career: talking about Operações Especiais, a feature film directed by Tomas Portela (who was responsible for the first Qualquer Gato Vira-Lata), in which she plays a police woman, and

LOOK 3: CAMISA E CALÇA SEVEN; CINTO LETAGE; JOIAS CARL A AMORIM

A N D I S D I S CON C ERT I N G. N OTHING HAPPENS WITHOUT DESIRE"


Durante a entrevista, Cleo tem à sua frente a vista do 24º andar de um hotel cinco estrelas, na Avenida Niemeyer, meio do caminho entre Leblon e São Conrado, em sua cidade natal. Um mar com ondas branquinhas quebra na areia lá embaixo. Ela está debruçada sobre um prato espetacular de filé com fritas. Come bem. Depois, começa a falar. Conta da carreira: de Operações Especiais, longa com direção de Tomas Portela (que esteve à frente do primeiro Qualquer Gato Vira-Lata), em que vive uma policial, e que entra em cartaz neste semestre; e do filme que se prepara para fazer. Também fala de sua mãe, Glória Pires, do namorado sortudo, do seu corpo, das unhas que nunca ficam com a aparência de comercial de esmalte, do orgulho das sobrancelhas grossas. E, após um suspiro fundo, também do pai, Fábio Junior, com quem se reconciliou recentemente. "Nós tivemos brigas, desentendimentos. Faltava ele fazer um movimento de aproximação. E ele fez. Talvez fosse mesmo a hora de as coisas acontecerem", explica a atriz que, dizem, mesmo nos momentos distantes, costumava ouvir escondida no quarto O Que É Que Há, sucesso do pai.

124 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FOTOS: DUETO FILMES/DIV. (BENJAMIN); DIVULGAÇÃO

EM FOCO | C L E O P I R E S

that comes out on this semester; and about the movie she is preparing for. She also talks about her mother Glória Pires, about the lucky boyfriend, about her body, about her nails that never look like the varnish commercial, about her pride in her thick eyebrows. And after sighing deeply, she also talks about her father Fábio Junior, with whom she has recently reconciled. "We’ve had fights and disagreements. He just needed to make a move to start bridging the gap, and he did. It may have been the right time for things to happen", explains the actress, who, they say, even when they were furthest apart, used to listen to O Que É Que Há, a hit sung by her father, hidden away in her bedroom. What has been going through the mind of Cleo Pires lately is the movies. She was launched in Benjamim (2003), a feature film by Monique Gardenberg based on the book by Chico Buarque, but consolidated her position as a TV actress (nobody is Glória Pires’ daughter for no reason), in global soap operas, such as Caminho das Índias, or India- A

Em sentido horário, Cleo na novela Caminho das Índias (2009); no filme Benjamim (2003); e em Salve Jorge (2012) Clockwise, Cleo in the soap opera Caminho das Índias (India: A Love Story, 2009); in the movie Benjamim (2003); and in Salve Jorge (A Brave Woman, 2012)


EM FOCO | C L E O P I R E S

ZOOM Para levantar voo

"O desejo é o que tira a gente do chão. Um beijo bom até ajuda, mas se não tiver desejo não rola"

126 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

À esquerda, a atriz com Malvino Salvador em Qualquer Gato Vira-Lata 2; à direita, interpretando uma policial em Operações Especiais, filme que estreia neste semestre On the left, the actress with Malvino Salvador in Qualquer Gato Vira-Lata 2 (Any Stray Cat 2); on the right, playing a policewoman in Operações Especiais (Special Operations), a movie that premieres this semester

Love Story (2009) and Salve Jorge, or Brave Woman (2012). She likes both things. But she is preparing to face a movie about the life of fighter José Aldo. She says she feels very much at ease in the octagon cage: "I love the world of fighting. I see those guys, the way they prepare, how they employ philosophy in that environment, and I see samurais. That’s inspiring", says the actress, who will be playing the fighter’s wife. After finishing the movie about fighting, Cleo intends to do some of the things she enjoys most: studying philosophy, taking pleasure in the house she has bought on Morro do Vidigal, spending loads of time with her boyfriend, reading more poetry, talking to her father Orlando, engaging with her many brothers and sisters, traveling around the world, going where her restless spirit takes her. "I want to be faithful to my crazy ideas", she says, laughing, then adding: "Or not, right?"

To take off

"Desire is what takes us off the ground. A good kiss may even help, but if there’s no desire it won’t happen"

Palavra certeira

"Confiança. Não pela palavra em si, mas pelo que ela significa. Confiança é a base de qualquer relação, em qualquer esfera"

Right word

"Trust. Not due to the word itself, but to what it means. Trust is the basis of any relationship, in any sphere"

Viagem perfeita

"Grécia. Quando você anda pelas ruas e se vê diante daqueles monumentos é como se o mundo chegasse junto a você para narrar a história. Acho que não tenho um nome grego por acaso"

Perfect trip

"Greece. When you walk along the streets and find yourself in front of those monuments it’s as if the world had arrived with you to tell the story. I don’t think I have a Greek name for no reason"

Um lugar do coração

"Amo ir para a fazenda do meu pai Orlando, em Goiás. Também adoro o Recreio da minha infância, com os amigos que fiz ali e que são meus amigos até hoje"

A place in the heart

"I love to go to my sfather Orlando’s farm in Goiás. I also adore Recreio neighborhood of my childhood, with the friends I made there and who are still my friends today"

Poesia para virar tatuagem

"Fernando Pessoa antes de todos. Mas Antônio Cícero também seria bem legal. Ou quem sabe um texto longo de Clarice Lispector?"

Poetry to become a tattoo

"Fernando Pessoa above everyone else. But Antônio Cícero would also be very cool. Or who knows, perhaps a long text by Clarice Lispector?"

FOTOS: TC FILMES/DIV. (OPERAÇÕES ESPECIAIS); DIVULGAÇÃO

Nos últimos tempos, o que está passando pela cabeça de Cleo Pires é o cinema. Ela foi lançada em Benjamim (2003), longa de Monique Gardenberg baseado no livro de Chico Buarque, mas se firmou como atriz de TV (ninguém é filha de Glória Pires por acaso), em novelas globais, como Caminho das Índias (2009) e Salve Jorge (2012). Gosta das duas coisas. Mas se prepara para encarar um filme sobre a vida do lutador José Aldo. Diz que está muito a vontade no octógono: "Amo o mundo da luta. Vejo aqueles caras, o modo como eles se preparam, a maneira como empregam a filosofia naquele ambiente, e enxergo samurais. Aquilo é inspirador", diz ela, que vai interpretar a mulher do lutador. Depois de fechar a tampa do filme sobre luta, Cleo pretende fazer algumas das coisas de que mais gosta: estudar filosofia, curtir a casa que comprou no morro do Vidigal, namorar um bocado, ler mais poesia, conversar com o pai Orlando, misturar-se com o monte de irmãos e irmãs que tem, viajar pelo mundo, ir aonde sua inquietude a levar. "Quero ser fiel às minhas maluquices", diz ela, rindo, para depois acrescentar: "Ou não, né?"


EM FOCO | A N I M A M U N D I

QUARTETO

FANTÁSTICO Fantastic four

Os diretores Aída Queiroz, Lea Zagury, Marcos Magalhães e Cesar Coelho sacudiram o mercado brasileiro ao criar, em 1993, o Anima Mundi. Hoje, às vésperas da 23ª edição do festival, eles comemoram a evolução da produção nacional e seguem em frente com mil ideias fervilhantes Directors Aída Queiroz, Lea Zagury, Marcos Magalhães and Cesar Coelho shook up the Brazilian market by creating Anima Mundi, in 1993. Today, on the eve of the 23th edition of the festival, they celebrate the evolution of Brazilian production and forge ahead, teeming with ideas Por/By DENISE MENCHEN Fotos/Photos CECILIA ACIOLI

A

ída Queiroz, Lea Zagury, Ma rcos Maga lhães e Cesar Coelho são pessoas que dão asas à imaginação. Criadores natos, eles têm em comum o talento para dar vida – nos mundos ficcional e real. Foi a vontade de trabalhar com animação cinematográfica que fez com que os caminhos dos quatro se cruzassem, lá na década de 80, quando Marcos, recém-chegado do Canadá, ajudou a organizar o primeiro curso profissional sobre o tema, e os outros três estavam entre os alunos. Em uma época em que a técnica ainda era rara no País, eles se juntaram para fomentar um mercado e um núcleo de produção de animação brasileiros. A ideia, um tanto ambiciosa, vingou. Ela ganhou forma física em 1993, quando o quarteto realizou a primeira edição do Anima Mundi, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. O objetivo era claro: exibir o que vinha sendo feito lá fora, abrir espaço para a produção daqui e oferecer oficinas para promover o desenvolvimento desse conteúdo nacional. "Decidimos criar um festival com apelo popular para mexer no mercado usando a lei da oferta e da procura", afirma Marcos. "Queríamos provar que havia muita gente interessada em ver animação no País."

A

ída Queiroz, Lea Zagury, Marcos Magalhães and Cesar Coelho are people who like to fuel our imagination. Natural-born creators, what they have in common is the talent to make things come to life – in both the fictional and real world. It was the desire to work with animation that made these four filmmaker’s paths cross, back in the 1980s, when Marcos – who had just returned from Canada – helped organize the first professional course on the subject, and the other three were among his students. At a time when this techinic was still rare in Brazil, they teamed up to promote a domestic market, and even a Brazilian center for animated film production. The idea, rather ambitious, flourished. It took physical form in 1993, when the four put on the first edition of Anima Mundi, at the Banco do Brasil Cultural Center in Rio de Janeiro. The aim was clear: to show what was being produced out there, make room for the prodution here and offer workshops to promote the development of local content. “We decided to create a festival with popular appeal to stir up the market, using the law of supply and demand,” says Marcos. “We wanted to prove that there were lots of people interested in watching animation in Brazil."

129


EM FOCO | A N I M A M U N D I

Os números comprovam o acerto da teoria: em pouco mais de duas décadas, o público do evento passou de sete mil pessoas para mais de 100 mil. A quantidade de filmes inscritos, que no início era de algumas dezenas, ultrapassou os 1500 títulos. E o Anima Mundi se consagrou como o maior festival do gênero nas Américas e o segundo do mundo, atrás apenas do Festival de Annecy, na França. Longe de se deixarem acomodar pelo sucesso, porém, eles prometem uma edição renovada. As novidades começam pelo palco do festival, que ocorre entre 10 e 15 de julho, no Rio de Janeiro, e entre 17 e 22, em São Paulo. Na capital fluminense, as atrações tomarão a enorme Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e ainda haverá sessões no Odeon, no Oi Futuro Ipanema e no Ponto Cine. Em São Paulo, oficinas e debates ficarão concentrados na Cinemateca Brasileira, na Vila Clementino, que, junto com o Caixa Belas Artes, também exibirá os títulos selecionados. “Essa mudança vai permitir ao festival crescer e evoluir”, diz Marcos, que ressalta a introdução de uma nova categoria competitiva já neste ano: a de filmes publicitários. A pluralidade do que será mostrado está garantida. No total, serão exibidos 450 filmes, de países como Estados Unidos, Ucrânia, Jamaica e Irã. “Sempre nos preocupamos em ter o maior número possível de técnicas e estilos”, diz Aída. “Representamos um júri de umas 60 pessoas, porque temos identidades artísticas bem diferentes”, brinca Lea. A edição 2015 prova também que a meta de fomentar a produção nacional foi alcançada: 108 títulos são brasileiros. Se antes o País exportava profissionais, hoje nossos estúdios empregam centenas de pessoas e mandam para fora conteúdo. Outro motivo de orgulho é o fato de que antigos frequentadores do festival agora caminham com suas próprias pernas no mundo da animação. Nomes como Carlos Saldanha (diretor das franquias A Era do Gelo e Rio) e Guilherme Marcondes (do curta Tyger, ganhador de mais de 20 prêmios) descobriram sua vocação no evento. Assim como Pedro Ivo Carvalho, de 28 anos, que conheceu o Anima Mundi quando criança e vê seu curta Vagabond fazer parte da programação desta edição.

130 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Diretores do Anima Mundi posam para fotos na Cidade das Artes, sede carioca da 23ª edição do festival. Em sentido horário, Lea Zagury, Cesar Coelho, Aída Queiroz e Marcos Magalhães Directors of Anima Mundi pose for photos at Cidades das Artes, which is hosting the Rio de Janeiro portion of the festival’s 23rd edition. Clockwise: Lea Zagury, Cesar Coelho, Aída Queiroz, and Marcos Magalhães

The numbers prove the theory: in just over two decades, the event’s audience grew from 7,000 to over 100,000 people. The number of films submitted, which at first was a few dozen, has exceeded 1,500 titles. And Anima Mundi was established as the largest festival of its kind in the Americas, and the second largest in the world, behind only the Annecy Festival in France. Far from allowing themselves to become complacent by success, however, they promise a renewed edition. New features include the venue of the festival, which will be held July 10th–15th in Rio de Janeiro and July 17th–22nd in São Paulo. In Rio, the attractions will take place at the enormous Cidade das Artes, in Barra da Tijuca, and there will also be screenings at the Odeon, Oi Futuro Ipanema, and Ponto Cine. In São Paulo, workshops and debates will be concentrated at Cinemateca Brasileira, located in Vila Clementino, which – along with Caixa Belas Artes – will also show the selected titles. “This change will allow the festival to grow and evolve,” says Marcos, who stresses the introduction of a new competitive category this year: commercials. The plurality of what will be shown is guaranteed. In all, 450 films will be screened, from countries as the United States, Ukraine, Jamaica and Iran. “We were always concerned with having the greatest possible number of techniques and styles,” says Aída. “We represent a judging panel of around 60 people, because we have very different artistic identities,” jokes Lea. The 2015 edition also proves that the goal of promoting domestic production has been achieved: 108 titles are Brazilian. If, previously, the Nation exported professionals, today our studios employ hundreds of people and send content abroad.  Another source of pride is the fact that older festival-goers now walk on their own feet in the world of animation. Names like Carlos Saldanha (director of the Ice Age and Rio franchises), and Guilherme Marcondes (director of the short film Tyger, winner of over 20 awards) discovered their calling at the event. Just as Pedro Ivo Carvalho, 28, who was introduced to Anima Mundi as a child, and is now seeing his short film Vagabond as part of this edition’s programming. 

131


FOTOS: DIVULGAÇÃO

EM FOCO | A N I M A M U N D I

Cenas de dois títulos que estarão na programação do festival deste ano: acima, Vagabond, do brasileiro Pedro Ivo Carvalho; ao lado, o curta francês Chase Me, feito a partir de cenários e personagens impressos em 3D Scenes from two titles that are part of the festival’s programming this year: above, Vagabond, by Brazilian Pedro Ivo Carvalho; opposite, the French short film Chase Me, made from 3D-printed settings and characters

Mas se a consolidação do festival enche de alegria os quatro diretores, por outro lado também desperta o que Cesar chama de “síndrome de porteiro de boate”. “A gente trabalha enquanto todo o mundo se diverte”, diz. Além de organizar o Anima Mundi, ele comanda, em parceria com Aída, o estúdio Campo 4, que faz animações publicitárias e para a TV Globo – recentemente, assinaram as aberturas da novela Cordel Encantado e da minissérie Divã. “Sobra pouco tempo para se dedicar a um trabalho autoral”, lamenta. Por isso o grupo decidiu que, em 2016, irá delegar as funções administrativas do festival, concentrando-se apenas na curadoria dos filmes. O objetivo é ter mais tempo para outros projetos. E ideias não faltam a quem bebeu de tantas fontes diferentes por anos. Aída não vê a hora de voltar a produzir um curta-metragem. “Imagine a tortura que é assistir a mais de mil filmes por ano e não conseguir executar seus próprios.” Ela também tem como objetivo desenvolver, junto com Cesar, uma série de terror em que cada episódio se baseie em um enunciado de um problema. “Queremos usar o temor que muitas crianças têm da matemática para atraí-las para a matéria”, explica Cesar, que ainda prepara um documentário sobre um sobrevivente do Holocausto radicado no Brasil.

132 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

But if the consolidation of the festival brings joy to the four directors, on the other hand, it also awakens what Cesar calls “nightclub doorman syndrome.” “We work while everyone else has fun,” he says. In addition to organizing Anima Mundi, he (in partnership with Aída) runs Campo 4 studio, which produces animated commercials, and recently produced the opening sequence of the telenovela Cordel Encantado and the miniseries Divã for the Globo television network. “There’s little time left to devote to an original work,” he laments. Therefore, the group decided that next year they will delegate the administrative duties of the festival, focusing only on the curation of the films. The goal is to have more time for other projects. And ideas are abounding for those who have drunk from so many different sources for years. Aída can’t wait to return to making a short film. “Imagine the torture to watch more than a thousand films a year and be unable to make your own.” She also intends to develop – together with Cesar – a horror series in which each episode is based on a statement of a mathematical problem. “We want to use the fear that many children have of math to attract them to the subject matter,” said Cesar, who is also preparing a documentary about a Holocaust survivor now living in Brazil. 


EM FOCO | A N I M A M U N D I À direita, cena de Shaun, the Sheep, que também será exibido no Anima Mundi deste ano; abaixo, registro do festival de 2014 e os quatro diretores, na edição de estreia, em 1993 Right: a scene from Shaun the Sheep, which will also be screened at this year’s Anima Mundi; below: photo of the 2014 festival, and the four directors at the debut edition, in 1993

ZOOM Inovação

Pela primeira vez o Anima Mundi irá exibir um curta feito inteiramente a partir de cenários e personagens impressos em 3D. O diretor de Chase Me, o francês Gilles-Alexandre Deschaud, passou dois anos imprimindo 2500 peças para compor as cenas da animação em stop motion

Innovation

For the first time, Anima Mundi will show a short animation made entirely from 3D-printed settings and characters. The director of Chase Me, GillesAlexandre Deschaud, of France, spent two years printing 2,500 pieces to compose the scenes of stop-motion animation

Destaques

134 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Lea and Marcos are also teeming with plans for the future. For now, Lea – who has already directed three award-winning shorts: Instinto Animal (1986), Salamandras (1991) and Karaíba (1994) – makes no secret about her ideas. Marcos, whose résumé includes the highly praised Meow and Animando, aside from being the author of the clay mouse on Castelo Rá-Tim-Bum, says that it’s hard to decide where to begin. “I have a drawer full of projects,” he says, citing the development of a feature film and an adult-oriented series as some of the possibilities. Thanks to Anima Mundi, one thing all four are certain of: there will be plenty of people interested in seeing their new work.

Highlights

Among the feature-length films that will premiere at the festival are Song of the Sea, a co-production of five European countries, which vied for the Academy Award in 2015, and Shaun the Sheep, based on a TV series from the same producers as Chicken Run

Pé no esporte

O escritório brasileiro Birdo Studio, responsável pela criação dos mascotes Tom e Vinicius, dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016, contará no evento como foi o processo de desenvolvimento dos personagens, que teve a consultoria dos diretores do Anima Mundi

Sports mascots

Brazil’s Birdo Studio, responsible for creating the mascots Tom and Vinicius, of the 2016 Olympic and Paralympic Games in Rio, will be at the event to talk about the process of developing the characters, for which the directors of Anima Mundi served as consultants

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Lea e Marcos também fervilham com planos para o futuro. Por enquanto ela – que já dirigiu três curtas premiados, Instinto Animal (1986), Salamandras (1991) e Karaíba (1994) – faz segredo sobre suas ideias. Já Marcos, cujo currículo conta com os laureados Meow (1982) e Animando (1987), além de ser o autor do ratinho de massinha do Castelo Rá-Tim-Bum, indica que o difícil será decidir por onde começar. “Tenho uma gaveta cheia de projetos”, diz, citando o desenvolvimento de um longa e de uma série para adultos como algumas das possibilidades. Graças ao Anima Mundi, de uma coisa todos os quatro têm certeza: não faltarão interessados em conhecer seus novos trabalhos.

Entre os longas que irão estrear no festival estão Song of the Sea, uma coprodução de cinco países europeus que concorreu ao Oscar 2015, e Shaun, the Sheep, baseado em uma série de TV dos mesmos produtores de A Fuga das Galinhas


EM FOCO | M A D E I N B R A Z I L

O empresário Walter Mancini no salão do Il Ristorante, aberto em 2001 Entrepreneur Walter Mancini at Il Ristorante, opened in 2001

Se essa rua fosse minha If this street were mine

WALTER MANCINI COMANDA SETE EMPREENDIMENTOS NA VIA QUE ELEGEU – E REVITALIZOU – PARA SER SEDE DE SEU IMPÉRIO. O PIONEIRO DELES, A FAMIGLIA MANCINI, FIGURA ENTRE OS RESTAURANTES ITALIANOS MAIS QUERIDOS DE SÃO PAULO WALTER MANCINI RUNS SEVEN BUSINESSES ON THE STREET THAT HE CHOSE – AND REVITALIZED – TO HOST HIS EMPIRE. THE FIRST OF THESE VENTURES, FAMIGLIA MANCINI, IS AMONG THE MOST WELL-LOVED ITALIAN RESTAURANTS IN SÃO PAULO Por/By LUIZA VIEIRA

144 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

Fotos/Photos HELENA PEIXOTO

Quando as portas da Famiglia Mancini foram abertas, em maio de 1980, houve um burburinho no setor gastronômico de São Paulo. Afinal, que ousadia era aquela de pedir aos clientes que pesassem seus antepastos? Ainda inovadora, a tal "vitrine de comida" chamou a atenção e, seguida da popularização dos self-services, só confirmou o tino visionário de Walter Mancini. A casa, tradicionalmente italiana, foi o primeiro dos atuais sete estabelecimentos que o empresário mantém na Rua Avanhandava, no Centro da cidade. Após a Famiglia, veio o Il Ristorante Walter Mancini, em 2001, no imóvel em frente. Logo depois, em 2004, foi a vez da Pizza e Pasta ocupar a esquina da via. Foi quando Walter teve um estalo: a Avanhandava, um tanto degradada na época, poderia vir a ser um entrave aos negócios. Em vez de mudar de área, decidiu comandar pessoalmente a revitalização da rua, em 2007. Primeiro, ela ganhou duas fontes; logo, uma coleção de luminárias redondas que conferem um descontraído clima de festa. Já se destacando na região, a via ainda ganharia novos investimentos do empresário: a Calligraphia (2007), uma loja de decoração e galeria de arte; o Madrepérola (2011), casa especializada em frutos do mar; a lanchonete Migalhas (2013); e o brechó Gato Bravo (2013). “Senti que precisava de lojas de variedades, senão seria quase uma praça de alimenta ção", aponta. O segredo do sucesso ele atribui a “algo invisível” – segundo diz, cair nas graças do público foi questão de sorte. Mas as tradições de seus ancestrais certamente deram um empurrãozinho. Neto e filho de imigrantes italianos, cresceu com a família reunida em torno da mesa. "Eu sempre estive na boca do fogão, então fiquei naquilo que tinha facilidade de lidar." Além do jeito para a cozinha, também é de família a culinária afetiva que põe em prática em seus restaurantes. Nada de invencionices e ingredientes muito exóticos, o que vale mesmo é emocionar. Não por acaso, o Medalhão à Walter Mancini au Poivre é o mais requisitado pelos clientes: tenro, é acompanhado de tagliarini com molho branco e batata gratin. Simples e saboroso.

famigliamancini.com.br

When Famiglia Mancini opened for business in May 1980, there was a buzz in the culinary sector of São Paulo. After all, what audacity to ask customers to weigh their antipasti?! Still innovative, the so-called “food showcase” drew attention, and followed by the popularity of self-service (i.e. cafeteria-style) restaurants, only confirmed Walter Mancini’s visionary acumen. The traditional Italian restaurant was the first of the now seven establishments owned by Mancini on Rua Avanhandava in downtown São Paulo. After Famiglia Mancini came Il Ristorante Walter Mancini, in 2001, located just across the street. Right after that, in 2004, it was the turn for Pizza e Pasta to take over No topo da página à esquerda, ambiente da Pizza e one of the street corners. That’s when Walter had a sneaking suspicion: Pasta, à direita, o Madrepérola; e, acima, o spaghetti ai frutti di Avanhandava street, which was somewhat run-down mare do Il Ristorante at the time, could become an hindrance to business. Top left: the ambience at Pizza Rather than move to another area, he decided to & Pasta; right: Madrepérola; and personally spearhead the revitalization of the street above: spaghetti ai frutti di mare, at Il Ristorante in 2007. First, it got two new fountains; shortly afterwards, a collection of round street lamps that give it a relaxed and festive atmosphere. Already standing out in the region, the street would also get new investments from the entrepreneur: Calligraphia (2007), a decoration shop and art gallery; Madrepérola (2011), a restaurant specializing in milhões de clientes já seafood; Migalhas sandwich shop (2013); and Gato passaram pelas casas Bravo (2013) thrift shop. “I felt the place needed a de Mancini variety shop, or else it would be practically a food million customers have court” he says. passed through Mancini’s He attributes the secret of his success to restaurants “something invisible” – according to him, capturing the public’s fancy was a matter of luck. But the traditions of his forefathers certainly gave him a little push. Grandson and son of Italian immigrants, he grew up funcionários trabalham with the family gathered around the table. "I've always no grupo, que completa been at the stove, so I did things that were easy for 35 anos em 2015 me to deal with." employees work in the group, which celebrates its In addition to his knack in the kitchen, he also 35th anniversary in 2015 inherited the affective cooking that he puts into practice in his restaurants. No fabrications or exotic ingredients, the important thing is to thrill his guests. It’s no surprise that the Medalhão à Walter Mancini Au Poivre is the most commonly ordered luminárias enfeitam dish by customers: tender beef medallions, served a Rua Avanhandava with Tagliarini in white sauce and potato au gratin. light fixtures adorn Rua Avanhandava Simple and delicious.

12

400

500

145


EM FOCO | R E P O R T A G E M

A cidade é nossa The city is ours

F

ila para entrar, hostess, perímetro limitado para dançar, mais fila no bar. Enquanto muitas baladas obedecem ao script mais ou menos previsível, outro modelo de festa segue ganhando força nas ruas do País. Literalmente, nas ruas. Hoje, praças, parques, orlas e outros tipos de espaços públicos são os locais escolhidos para algumas das melhores festas brasileiras. Ao ar livre, sem portaria, misturando manifestações artísticas e em sintonia com o objetivo de tornar as cidades mais humanas. Alguns desses eventos nem sequer têm periodicidade e endereços fixos – por isso as redes sociais são ferramentas decisivas de divulgação. Outros acabam definindo, com um ou dois meses de antecedência, suas próximas edições. A Sounds in da City, em Florianópolis, acaba de divulgar a sua: será no dia 12 deste mês, no Largo da Alfândega. A festa, criada em 2010 pelo artista multiplataforma Allen Rosa, já tem lugar no calendário da capital catarinense. Depois de se acomodar nos fins de tarde de domingo na Avenida Beira-mar Norte durante os dois primeiros anos, ela desbravou outros pontos da cidade. Nas 170 edições já realizadas é o clima descontraído que impera, com gente acomodada em sua própria canga. Nas pick-ups, DJs de vertentes diversas animam um público entre 300 e 2 mil pessoas. “O conteúdo musical é bastante democrático. No começo, pode-se ouvir funk, jazz, dub e brasilidades. Ao anoitecer, puxamos para a música eletrônica, mas apresentando sons diferentes dos explorados nos clubes", diz Allen.

PRAÇAS, RUAS, PARQUES E OUTROS ESPAÇOS PÚBLICOS HOJE SEDIAM ALGUMAS DAS MELHORES FESTAS BRASIL AFORA. TUDO A CÉU ABERTO, COM MÚSICA E PÚBLICO VARIADOS, TRANSFORMANDO AS GRANDES CAPITAIS EM ESPAÇOS MAIS DEMOCRÁTICOS CITY SQUARES, STREETS, PARKS AND OTHER PUBLIC SPACES TODAY HOST SOME OF THE BEST PARTIES ALL ACROSS BRAZIL. ALL OUTDOOR EVENTS, FEATURING A WIDE ARRAY OF PARTY-GOERS AND MUSICAL STYLES, TRANSFORMING BIG CITIES INTO MORE DEMOCRATIC SPACES

Na página anterior, DJ da festa Sounds in da City a postos, no Largo da Alfândega, em Florianópolis. Abaixo, a festa rolando noite adentro Previous page: DJ of Sounds in da City party on stand-by at Largo da Alfândega, in Florianópolis. Below: partying into the night

FOTOS: AIRA JUNGES/DIV.

Por/By ROSA JORGE

L

ong lines to get in, hostesses, packed dance floors, more lines at the bar. While many night spots across the nation follow this pretty-muchpredictable script, another model for partying has been gaining strength on the streets of Brazil. Literally on the streets. Today, public squar es, parks, oceanfront areas and other public spaces are the places chosen for holding some of the best Brazilian parties. Outdoors, with no entranceways, mixing artistic manifestations, and tuned in to the objective of making cities more human. Some of these events don’t even have fixed frequencies or addresses, so social media are essential tools for dissemination. Others end up setting the dates of upcoming editions – often one or two months in advance. “Sounds in da City,” in Florianópolis, has just announced its next edition: it will take place on the 12th of this month, at Largo da Alfândega. The party, created in 2010 by multiplatform artist Allen Rosa, is already firmly established on the calendar of the capital of Santa Catarina. After settling into Sunday evenings at Avenida Beira-Mar Norte during the first two years, it has ventured out to other parts of the city. At the 170 previous editions, a relaxed atmosphere has reigned, with people sitting on their own sarongs to enjoy the party. From the turntables of pick-up trucks, DJs of wide-ranging styles enliven audiences numbering anywhere from 300 to 2,000 people. “The music content is really

136 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

137


EM FOCO | R E P O R T A G E M

138 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

democratic. At the beginning, you can hear funk, jazz, dub and Brazilian beats. Around nightfall, things shift to electronic music, but with different sounds than the music heard at clubs” says Allen. Spreading out sarongs on the grass is also the proposal of “Mimosa,” created in 2012 in Brasilia by DJ Sandro Biondo. “Mimosa, that drink made from orange juice and pink champagne… refreshing and perfect for drinking in the daytime, you know?” he explains. The party, held monthly, usually takes place in public squares and along the Lake Paranoá shoreline. It has grown so much – sometimes gathering as many as 2,500 people – that today it has a split personality. In one month it’s held in the daytime, free of charge, with finger foods and a market featuring the wares of local designers. And in the next month, at nighttime, fully theatricalized, with specific themes and charging between R$ 20 and R$ 40 a head. This month, the initiative risks yet another venues, by holding an edition at Teatro da Usina, on the 11th, and at Botanic Garden, on the 25th. On the next months, the party travels: besides Brasília (August, 15th), it goes to Goiânia (August, 8th), São Paulo (August, 22nd), and Salvador (September, 5th). “Picnik,” another initiative from Brasilia, held bimonthly, is so big that it even has a fixed address: Parque da Cidade. The parties are attended by 10,000 people, and it has a different kind of proposal: to present products by local designers and creators. In practice, it is a combination of a hip bazaar and a sunset party. The event includes a circus tent featuring yoga and tai chi chuan classes, workshops, acts, and DJs starting at dusk. It can be said that Brazil’s biggest city was the precursor of this type of outdoor initiative. There, the movement began to get noticed with the creation of “Voodoohop,” in 2009, almost by accident. Thomas Haferlach, originally from

À esquerda, uma das edições da Mimosa, que realizará duas festas neste mês, em Brasília; e, à direita, a Picnick, que ocupa o Parque da Cidade, na também capital federal Left: one of the editions of Mimosa, which will be holding two parties this month, in Brasília; right: Picnick occupying the city park also in the federal capital

FOTOS: TOMAS FAQUINI/DIV. (PICNIK); DIVULGAÇÃO

Estender a canga no gramado também é a proposta da Mimosa, criada em 2012, em Brasília, pelo DJ Sandro Biondo. “Mimosa, aquele drink de suco de laranja e champanhe, perfeito para se beber de dia, sabe?”, explica ele. A festa, mensal, costuma ocupar praças e a orla do Lago Paranoá. Ela cresceu tanto – chegou a reunir 2,5 mil pessoas – que hoje tem dupla personalidade. Ocorre num mês de dia, gratuitamente, com comidinhas e feirinha de designers locais. E, no outro, à noite, completamente teatralizada, com temas específicos e cobrança de ingressos entre R$20 e R$40. Este mês, a iniciativa arrisca outros locais e faz uma edição, dia 11, no Teatro da Usina, e outra no dia 25, no Jardim Botânico. Nos próximos meses, a festa viaja: além de Brasília (15 de agosto), Goiânia (8 de agosto), São Paulo (22 de agosto) e Salvador (5 de setembro) receberão a Mimosa. Bimestral, a Picnik, outra iniciativa da capital federal, é tão grandiosa que tem até endereço fixo, o Parque da Cidade. São 10 mil pessoas e uma proposta diversa: apresentar produtos de designers e criadores locais. Na prática, ela é um misto de bazar descolado e festa ao pôr do sol. Com direito a uma tenda circense que abriga aulas de yoga e tai chi chuan, workshops e DJ, quando cai a noite. Pode-se dizer que a maior metrópole do País foi a precursora desse tipo de iniciativa ao ar livre. Por lá, o movimento começou a se fazer notar com a criação da Voodoohop, em 2009, de forma quase acidental. O alemão, morador de São Paulo, Thomas Haferlach e seus amigos começaram a discotecar em um bar na Rua Augusta, sem cobrar entrada, até que o encontro ganhou maior proporção e se tornou nômade. Depois, transformada em coletivo, a Voodoohop participou da criação de festivais colaborativos e gratuitos, caso do SP na Rua, que teve duas edições em 2014, no Vale do Anhangabaú. E segue com sua vocação de ocupar espaços públicos com festa.


FOTOS: TOMAS FAQUINI/DIV. (PICNIK); ANDRÉ MUZELL /DIV. (FEIRA DAS YABÁS); DIVULGAÇÃO

EM FOCO | R E P O R T A G E M

Em sentido horário, o público variado da Picnik, em Brasília; o Baile Black Bom, na Pedra do Sal, no Rio; e uma das "tias" da Feira das Yabás, realizada na Praça Paulo Portela, na capital fluminense Clockwise: the varied audience of Picnik, in Brasília; the Baile Black Bom ball, in Pedra do Sal, Rio; and one of the tias, or “aunties”, of the Feira das Yabás fair, held in Praça Paulo Portela square, in the capital of the state of Rio de Janeiro

PA R A

conhecer To know more

Já as ruas do Rio de Janeiro tornaram-se destino ideal para iniciativas calcadas na cultura brasileira e no jeito de ser carioca. O Baile Black Bom, por exemplo, reúne música negra – hip hop, funk, soul, charme –, moda, literatura e artesanato na Pedra do Sal, antigo ponto de encontro de sambistas na Região Portuária da cidade. O evento é realizado no segundo sábado de cada mês, no fim do dia, desde 2013. Outro ponto histórico do Rio que se tornou sede de uma festa é a Praça Paulo Portela, no bairro Oswaldo Cruz. Todos os meses, no segundo domingo, a Feira das Yabás toma conta do espaço. Trata-se de uma grande roda de samba criada por Marquinhos de Oswaldo Cruz, que vai das 14h às 20h e é grande mesmo: cada edição junta de 6 a 7 mil pessoas em torno de nomes consagrados da música carioca e de 16 barracas de gastronomia afro. Comandadas pelas "tias" do bairro berço da Portela, elas são o diferencial do evento. A barraca de Tia Surica oferece mocotó e aipim com carne seca; Neide Santana serve feijoada de camarão; e vai assim, pela Velha Guarda da Portela afora. “É como se fosse festa no quintal de uma delas, uma reunião de vários quintais, só que na rua”, diz Marquinhos. Clima bem à vontade que explica, inclusive, que muita gente leve suas próprias cadeiras e seus banquinhos.

140 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

FLORIANÓPOLIS Sounds in da City SOUNDSINDACITY.ORG

BRASÍLIA Mimosa

FACEBOOK.COM/MIMOSABSB

Picnik

FACEBOOK.COM/ PICNIKNOCALCADAO

SÃO PAULO Voodoohop

VOODOOHOP.COM

RIO DE JANEIRO Baile Black Bom

FACEBOOK.COM/ BAILEBLACKDAPEDRADOSAL

Feira das Yabás FACEBOOK.COM/ FEIRA.YABAS

Germany and now residing in São Paulo, along with some friends started DJing at a bar on Rua Augusta, without charging admission, until the gathering gained greater proportions and became ‘nomadic.’ Later, transformed into a collective effort, “Voodoohop” participated in the creation of collaborative and free festivals, such as “SP na Rua,” which had two editions in 2014, in Vale do Anhangabaú. And it continues with its vocation of occupying public spaces with dance parties. On the other hand, the streets of Rio de Janeiro have become an ideal destination for initiatives underpinned by Brazilian culture and the carioca way of being. “Baile Black Bom,” for example, brings together black music – hip hop, funk, soul, R&B – as well as fashion, literature and crafts at Pedra do Sal, a former gathering place of samba performers in the city’s port area. Since 2013, the event has been held on the second Saturday of each month, starting in the late afternoon. Another historical spot in Rio that has become the site of a major street party is Praça Paulo Portela, in the Oswaldo Cruz neighborhood. On the second Sunday of each month, the “Feira das Yabás” takes over the area. It is a big “roda de samba” created by sambista Marquinhos de Oswaldo Cruz, which takes place from 2pm to 8pm, and it is indeed big: each edition gathers 6,000 to 7,000 people around major names in the Rio music scene and 16 stalls selling Brazilian soul food. Led by the “tias” of the neighborhood – birthplace of the Portela samba school – they are the event’s most distinguishing feature. Tia Surica’s stall offers mocotó and cassava with jerked beef; Neide Santana serves up shrimp feijoada; and so on… throughout the entire locality. “It’s like party in one of their backyards, a meeting of several backyards, but on the street,” says Marquinhos. A laid-back atmosphere, which also explains why many people take their own chairs and stools.


EM FOCO | B E M - E S T A R

Música para o corpo, por favor Music for the body, please

DIVERSÃO E TREINO DURO É O MOTE DA ZUMBA, MODALIDADE DE DANÇA QUE MESCLA RITMOS VARIADOS, TRABALHA DIFERENTES GRUPOS MUSCULARES E NÃO DEIXA NINGUÉM PARADO ‘FUN AND A HARD WORKOUT’ IS THE MOTTO OF ZUMBA, A DANCE FITNESS PROGRAM THAT BLENDS VARIOUS RHYTHMS, WORKS DIFFERENT MUSCLE GROUPS, AND MAKES EVERYONE WANT TO MOVE TO THE BEAT Fotos/Photos SERGIO CADDAH

O segredo está na mistura: ritmos quentes da América Latina, como a salsa e o merengue, músicas pop dos Estados Unidos e até o nosso sertanejo se complementam e dão vida ao divertido gingado da Zumba. A modalidade de dança primeiro cativa por não deixar ninguém parado e por render boas risadas. Depois conquista de vez por sua eficiência – além de melhorar o condicionamento físico, é possível queimar até 700 calorias em uma hora de exercícios. A ideia de mesclar movimentos e balanços surgiu meio "sem querer". Em meados da década de 90, o coreógrafo colombiano Beto Perez estava prestes a ministrar uma de suas aulas aeróbicas em uma academia quando percebeu que havia esquecido as fitas cassete em casa. Desesperado, resolveu improvisar e colocou para tocar as músicas que tinha para consumo próprio – a maioria delas nacional. Nascia ali a primeira aula de Zumba. Por não ter feito nenhum estudo para criar a modalidade, Beto precisou comprovar sua eficácia no registro da patente, nos Estados Unidos. Em 2001, após ele próprio ser submetido a testes, foi comprovado que os movimentos da aula proporcionam, sim, uma extraordinária queima calórica. E o que começou como improviso virou modalidade séria, evoluiu e ganhou vertentes, como a Aqua Zumba (na água), a Zumba Gold (para a terceira idade), a Zumba Kids (para crianças), a Zumba Sentao (realizada com a ajuda de uma cadeira) e a Zumba Step (com o uso deste equipamento).  "A aula é para ser divertida. Não segue o conceito ‘no pain, no gain' [sem esforço, sem ganhos, em português] da musculação”, escreveu Beto em seu site, betoperez.zumba.com. 

142 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7 . 2 0 1 5

ONDE

praticar

AGRADECIMENTO: RUNNER ACADEMIA

Por/By MARIANA CUNHA

Aliás, fugir da mesmice da musculação é um dos maiores atrativos da atividade, segundo os "zumbaholics" – hoje, eles são mais de 14 milhões em todo o mundo. "Não gosto de academias e descobri a Zumba pela internet. No começo eu tinha dificuldades de combinar a respiração e os movimentos, mas em pouco tempo me acostumei e melhorei o condicionamento físico", conta Barbara Anny, de 25 anos, que treina três vezes por semana. A aula tradicional dura uma hora e é dividida por músicas: o som é moderado no começo, segue em ritmo crescente e volta a ser calmo no fim, para ajudar no processo de desaceleração. As coreografias são para qualquer pessoa, até para quem nunca dançou. "Alguns movimentos priorizam as pernas e os glúteos. Outros, os braços, trabalhando grupos musculares dos ombros, do bíceps e do tríceps. Enquanto isso, mexe-se a cintura para acionar o abdômen e as costas”, explica Guilherme Moscardi, treinador da rede de academias Runner. Graças às repetições, memorizar os movimentos não é tarefa impossível. Já nas primeiras aulas se consegue aprender as coreografias, treinar duro e sentir as melhorias do corpo. Além de se divertir muito, claro.

where to practice

São Paulo Runner Academia

Alguns dos passos e dos movimentos que compõem a aula de Zumba Some of the steps and moves used in Zumba classes

AV. PAULISTA, 854, BELA VISTA 11 3373 9400 RUNNER.COM.BR

Applauso

R. CAATIVA, 420, ALTO DA LAPA 11 3832 4738 APPLAUSO.COM.BR

Rio de Janeiro Academia Nissei

R. MÁRIO PORTELA, 61, LARANJEIRAS 21 2557 8108 ACADEMIANISSEI.COM.BR

Campinas Academia Bodytech AV. GUILHERME CAMPOS, 500, SANTA GENEBRA 19 3756 7800 BODYTECH.COM.BR

Belo Horizonte Ponto da Dança

AV. OLEGÁRIO MACIEL, 1149, LOURDES 31 3335 0012 PONTODADANCA.COM.BR

The secret is in the mix: hot Latin rhythms such as salsa and merengue, American pop songs, and even Brazilian sertanejo music each complement one another and underpin the hip-swiveling fun of Zumba. This fitness dance is captivating from the start, because no one can keep still, and it’s always good for some good laughs. Then it wins over practitioners because of how efficient the workout is – aside from improving your fitness, you can burn up to 700 calories in a one-hour workout. The idea of mixing dance movements came about rather “accidentally.” In the mid-1990s, Colombian choreographer Beto Perez was about to give one of his aerobic classes at a health club, when he realized he’d forgotten to bring the tapes he usually used. Desperate, he decided to improvise and play some of his own mixed tapes – mostly national songs. And the first Zumba class was born. Despite having no formal studies to create this new style, Beto had to prove its effectiveness on the United States patent application. In 2001, after he himself was submitted to testing, it was proven that the class’s movements indeed provide for extraordinary caloric burn. And what started out as improvisation turned into a serious modality of dance, evolving and branching out into variations such as Aqua Zumba (in water), Zumba Gold (for seniors), Zumba Kids (for children), Zumba Sentao (done with the aid of a chair), and Zumba Step (using step equipment). "The classes are meant to be fun. They don’t follow the 'no pain, no gain' concept of weight training," writes Beto on his web site, betoperez.zumba.com. In fact, getting away from the same-old-same-old of weight training is one of Zumba’s major attractions, according to "zumbaholics," now numbering more than 14 million worldwide. "I don’t like health clubs, and I discovered Zumba on the Internet. At first I had difficulties in combining proper breathing and the movements, but I quickly got used to it and improved my physical fitness," says Barbara Anny, 25, who goes to Zumba classes three times a week. The traditional class lasts an hour and is divided by the rhythm of the music: moderate at first, then at a faster tempo, and slowing down again to aid in the cool-down process. The choreographies are for anyone, even those who’ve never danced. "Some of the moves prioritize the legs and glutes. Others work on the arms – shoulders, biceps and triceps. All the while, moving your waist to work out your abs and back," explains Guilherme Moscardi, trainer of the ‘Runner’ chain of health clubs. Thanks to the repetitions, memorizing the moves isn’t an impossible task. From the first lessons, you can learn the choreographies, work out hard and feel the improvement in your body. Besides having a lot of fun, of course.

143


FOTO: DIVULGAÇÃO A ZUL

azuis

148 Novidades News

Azul é a melhor low-cost da América do Sul Azul is the best low-cost airline in South America

156 Experiência Azul Azul Experience

Serviços e dicas para os Clientes Services and suggestions for Customers

162 Panorâmica Panoramic Um olhar sobre o Brasil A look at Brazil

148


Azul is named best low-cost airline in South America

Azul é a melhor low-cost da América do Sul

A COMPANHIA RECEBEU O QUINTO TÍTULO CONSECUTIVO DA SKYTRAX WORLD AIRLINE AWARDS EM EVENTO REALIZADO NA FRANÇA COMPANY RECEIVED THE TITLE BY THE SKYTRAX WORLD AIRLINE AWARDS FOR THE FIFTH TIME IN A ROW AT EVENT HELD IN FRANCE

Pela quinta vez consecutiva a Azul foi eleita a melhor companhia aérea low-cost da América do Sul pela Skytrax World Airline Awards. O anúncio ocorreu no mês passado, durante o Paris Air Show, na França. Conhecida no mundo inteiro, a premiação é um referencial de excelência no setor. “O título da Azul demonstra o avanço constante de um trabalho que fazemos diariamente para encantar nossos Clientes. Nossa nova conquista representa a atuação impecável de mais de 11 mil Tripulantes, que garantem a melhor experiência de voo em aproximadamente 100 destinos atendidos no Brasil e dois no exterior. Queremos agradecê-los pelo trabalho e pelo esforço diário no atendimento a nossos milhares de Clientes e dedicar este prêmio a cada um deles”, comemorou David Neeleman, fundador e CEO da Companhia. A consultoria especializada ouviu passageiros de mais de 160 países em uma pesquisa de satisfação sobre a experiência de viagem em companhias aéreas de pequeno e grande portes de dezenas de países. Aspectos como atendimento no aeroporto e a bordo foram avaliados.

7. 2 0 1 5 148 A Z U L M A G A Z I N E | 0 1.

For the fifth consecutive time, Azul was voted the best low-cost airline in South America by the Skytrax World Airline Awards. The announcement was made last month during the Paris Air Show in France. Known worldwide, the award is an outstanding benchmark in the air travel industry. "This title for Azul demonstrates the ongoing progress of the work we do every day to delight our Customers. Our latest achievement represents the impeccable performance of 11,000 crew members to ensure the best flying experience at roughly a hundred destinations served in Brazil and two overseas. We’d like to thank them for their work and daily efforts in serving our thousands of Customers, and we dedicate this award to each and every one of them,” celebrated David Neeleman, founder and CEO of Azul. The specialized consultancy service heard passengers from more than 160 countries in a satisfaction survey about travel experiences on large and small airline companies from dozens of countries. Aspects such as airport service and onboard service were evaluated.

FOTOS: JASON COLLIER/DIV. (DISCOVERY COVE); LEANDRO CAGIANO (LEGOL AND)

FOTO: DIVULGAÇÃO A ZUL

AZU IS | N O V I D A D E S

À esquerda, atração do Discovery Cove, em Orlando; à direita, a Legoland Left: Discovery Cove attraction, in Orlando; right: Legoland

Facilitation of US visa issuance

Facilidade para a emissão do visto americano NA COMPRA DE UMA PASSAGEM PARA ORLANDO OU MIAMI, A AZUL OFERECE AO CLIENTE BILHETES DE IDA E VOLTA PARA A CIDADE ONDE VAI REALIZAR A ENTREVISTA CONSULAR POR R$99 IN THE PURCHASE OF AN AIRLINE TICKET TO ORLANDO OR MIAMI, AZUL OFFERS ROUND-TRIP TICKETS FOR ONLY R$99 TO THE CITY WHERE THE CUSTOMER WILL BE HAVING THEIR CONSULAR INTERVIEW

A Azul inova mais uma vez e facilita sua viagem para a Flórida. Agora, a companhia ajuda também no processo de emissão do visto norteamericano. Clientes que adquirirem passagem para Orlando ou Miami têm direito a comprar voos de ida e volta por apenas R$99 para a cidade onde realizarão a entrevista no consulado norte-americano. O bilhete promocional é válido para Clientes de qualquer origem no Brasil, basta já ter adquirido a passagem internacional. "A ação é uma enorme facilidade oferecida aos nossos Clientes, que podem sair de qualquer um dos mais de cem destinos domésticos que operamos para o consulado norte-americano mais próximo, por um valor muito acessível. Queremos facilitar o processo do visto, sobretudo para quem reside nas cidades mais afastadas dos grandes centros”, diz Abhi Shah, vice-presidente de receitas da Azul. No ato de finalização da compra da passagem para Orlando ou Miami, a companhia oferecerá a passagem para a entrevista na repartição consular norte-americana. Caso o Cliente aceite, deverá fazer o pagamento adicional e encaminhar à Azul o documento que confirma a solicitação do visto e o localizador do voo. A empresa, então, emitirá os bilhetes de acordo com a data escolhida para a entrevista consular no local mais próximo de sua residência.

Azul innovates once again and facilitates your trip to Florida. The company is now also providing assistance in the US visa issuance process: Customers who acquire an airline ticket to Orlando or Miami are entitled to purchase roundtrip tickets for only R$99 to the city where they will be having their interview at the US consulate. The promotional fare is valid for customers anywhere in Brazil, suffice it to have already purchased the international ticket. "The action is a tremendous facility offered to our customers, who can depart from any of the more than one hundred domestic destinations that we cover on a flight to the nearest US consulate, at a very affordable price. We want to facilitate the visa process, especially for those who live in cities far from major urban centers”, says Abhi Shah, vice-president of revenue for Azul. Upon completion of the purchase of tickets to Orlando or Miami, the company will offer the discount airfare for the interview at the American consulate. If the Customer accepts, he/she must make the additional payment and send the Azul the document confirming the visa application and the flight locator. The company will then issue the tickets according to the date chosen for the interview at the Consulate located nearest the Customer’s residence.

Para mais informações acesse VOEAZUL.COM.BR

149


AZU I S | F R O T A

Nossas aeronaves

Our aircraft

ATR 42-500 Quantidade de aeronaves/Number of aircraft: 4 Alcance/Scope: 1.555km Velocidade/Speed: 450km/h (Cruzeiro/Cruise); 494km/h (Máxima/Maximum) N° de assentos Economy/N° of Economy-class seats: 48 Peso máximo de decolagem/Maximum Takeoff Weight: 18.600kg Dimensões/Dimensions: 22,67m (Comprimento/Length); 24,57m (Envergadura/Wing Span); 7,59m (Altura/Height)

ATR 72 500/600 Quantidade de aeronaves/Number of aircraft: 50 Alcance/Scope: 1.650km Velocidade/Speed: 511km/h (Cruzeiro/Cruise); 560km/h (Máxima/Maximum) N° de assentos Economy/N° of Economy-class seats: 70 Peso máximo de decolagem/Maximum Takeoff Weight: 23.000kg Dimensões/Dimensions: 27,17m (Comprimento/Length); 27,05m (Envergadura/Wing Span); 7,65m (Altura/Height)

EMBRAER 190 Quantidade de aeronaves/Number of aircraft: 22 Alcance/Scope: 4.500km Velocidade/Speed: 850km/h (Cruzeiro/Cruise); 890km/h (Máxima/Maximum) N° de assentos Economy/N° of Economy-class seats: 106 Peso máximo de decolagem/Maximum Takeoff Weight: 51.800kg Dimensões/Dimensions: 36,24m (Comprimento/Length); 28,72m (Envergadura/Wing Span); 10,55m (Altura/Height)

EMBRAER 195 Quantidade de aeronaves/Number of aircraft: 60 Alcance/Scope: 4.100km Velocidade/Speed: 850km/h (Cruzeiro/Cruise); 890km/h (Máxima/Maximum) N° de assentos Economy/N° of Economy-class seats: 118 Peso máximo de decolagem/Maximum Takeoff Weight: 52.290kg Dimensões/Dimensions: 38,65m (Comprimento/Length); 28,72m (Envergadura/Wing Span); 10,55m (Altura/Height)

Airbus A330 Quantidade de aeronaves/Number of aircraft: 7 Alcance/Scope: 13.400km Velocidade/Speed: 871km/h (Cruzeiro/Cruise); 913km/h (Máxima/Maximum) N° de assentos Economy/N° of Economy-class seats: 248 (PR-AIV & PR-AIZ); 251 (PR-AIX, PR-AIY & PR-AIW) N° de assentos Business/Number of Business-class seats: 24 (PR-AIV & PR-AIZ); 27 (PR-AIX, PR-AIY & PR-AIW) Peso máximo de decolagem/Maximum Takeoff Weight: 230.000kg Dimensões/Dimensions: 58,82m (Comprimento/Length); 60,30m (Envergadura/Wing Span); 17,39m (Altura/Height)

151


AZU IS | L I N H A S D E Ô N I B U S

Transporte exclusivo

Exclusive transport

A Azul oferece ônibus executivos gratuitos, com Wi-Fi e ar-condicionado, em lugares estratégicos nos estados de São Paulo e Santa Catarina. Entre a capital paulista e o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, a companhia opera linhas de 30 em 30 minutos. Para utilizar o serviço apresente seu cartão de embarque ou seu itinerário 15 minutos antes da partida do ônibus.

Shopping Eldorado > Aeroporto de Viracopos > Shopping Eldorado

São Paulo

CLIENTES AZUL CONTAM COM VÁRIOS ÔNIBUS EM SÃO PAULO E EM SANTA CATARINA. CONFIRA AS ROTAS E OS HORÁRIOS AZUL CUSTOMERS CAN RELY ON SEVERAL BUSES IN SÃO PAULO AND SANTA CATARINA. CHECK OUT THE ROUTES AND SCHEDULES

Eldorado Shopping > Viracopos Airport > Eldorado Shopping

segunda a sexta / monday to friday

Campinas (Viracopos) Shopping Tamboré (Alphaville)

Terminal Barra Funda (São Paulo-SP)

Sorocaba Aeroporto de Congonhas (São Paulo-SP)

Azul offers free executive buses, with Wi-Fi and air conditioning, at strategic locations in the states of São Paulo and Santa Catarina. Between the São Paulo capital and Viracopos Airport, in Campinas, the company operates lines every 30 minutes. To use the service, present your boarding pass or itinerary 15 minutes before the departure of the bus.

Shopping Eldorado (São Paulo-SP)

Santa Catarina Blumenau

Viracopos > Congonhas

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

4:00 5:00 6:00 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:00 13:00 14:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00

5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 10:30 11:30 12:30 13:30 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30 21:30

5:45 6:45 7:45 8:45 9:45 10:45 11:45 13:45 14:45 15:45 16:45 17:45 18:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45

Chegada /Arrival

7:15 8:15 9:15 10:15 11:15 12:15 13:15 15:15 16:15 17:15 18:15 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15 1:15 2:15

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

4:00 5:30 6:30* 8:30* 10:30* 12:30* 15:00* 18:00 19:00*

5:30 7:00 8:00 10:00 12:00 14:00 16:30 19:30 20:30

6:15 8:15* 9:45 11:15* 12:15 13:15* 16:15* 17:15 19:15* 21:45 23:15*

Chegada /Arrival

7:45 9:45 11:15 12:45 13:45 14:45 17:45 18:45 20:45 23:15 0:45

Congonhas > Viracopos

Shopping Eldorado > Viracopos

Viracopos > Shopping Eldorado

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

4:30 5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 10:30 11:30 13:30 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30

6:00 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:00 13:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00

6:15 7:15 8:15 9:15 10:15 11:15 12:15 13:15 14:15 15:15 15:45 17:15 18:15 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15

7:45 8:45 9:45 10:45 11:45 12:45 13:45 14:45 15:45 16:45 17:15 18:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45 1:45

4:00 5:30 7:00 9:00 11:00 13:00 15:30 18:30 19:30

5:30 7:00 8:30 10:30 12:30 14:30 17:00 20:00 21:00

5:45 8:15 9:15 11:15 13:15 16:15 17:45 19:15 20:45 23:15

7:15 9:45 10:45 12:45 14:45 17:45 19:15 20:45 22:15 0:45

5:00 7:00 9:00 10:30 12:30 14:30 15:30 16:30 18:30 19:30 20:00

6:30 8:30 10:30 12:00 14:00 16:00 17:00 18:00 20:00 21:00 21:30

5:45 9:45 12:15 13:45 15:45 17:45 19:15 20:15 21:15 22:15 23:15 0:15

7:15 11:15 13:45 15:15 17:15 19:15 20:45 21:45 22:45 23:45 0:45 1:45

Barra Funda > Viracopos

domingos / sundays

Viracopos > Congonhas

Viracopos > Shopping Eldorado

segunda a sexta / monday to friday

Navegantes

sábados / saturdays Congonhas > Viracopos

Shopping Eldorado > Viracopos

Barra Funda Terminal > Viracopos Airport > Barra Funda Terminal

Congonhas Airport > Viracopos Airport > Congonhas Airport

Congonhas > Viracopos

domingos / sundays

Viracopos > Shopping Eldorado

Terminal Barra Funda > Aeroporto de Viracopos > Terminal Barra Funda

Aeroporto de Congonhas > Aeroporto de Viracopos > Aeroporto de Congonhas segunda a sexta / monday to friday

sábados / saturdays

Shopping Eldorado > Viracopos

Viracopos > Congonhas

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

4:30* 6:30 8:30* 10:00 12:00* 14:00 15:00* 16:00 18:30 19:30*

6:00 8:00 10:00 11:30 13:30 15:30 16:30 17:30 20:00 21:00

7:15 10:15 12:15* 13:45* 15:45* 17:15 19:15* 20:45 22:15* 23:15*

8:45 11:45 13:45 15:15 17:15 18:45 20:45 22:15 23:45 0:45

sábados / saturdays

Viracopos > Barra Funda

Barra Funda > Viracopos

domingos / sundays

Viracopos > Barra Funda

Barra Funda > Viracopos

Viracopos > Barra Funda

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

4:00 5:30 6:30 7:30 8:30 9:30 11:00 13:00 14:30 15:30 16:30 17:30 18:30 19:30 20:30

5:30 7:00 8:00 9:00 10:00 11:00 12:30 14:30 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00

6:15 7:15 8:45 9:45 11:45 13:45 15:45 16:45 17:45 19:15 20:45 21:45 22:15 23:15

7:45 8:45 10:15 11:15 13:15 15:15 17:15 18:15 19:15 20:45 22:15 23:15 23:45 0:45

4:30 5:30 6:30 9:00 11:00 14:30 16:00 17:30 19:00 20:00

6:00 7:00 8:00 10:30 12:30 16:00 17:30 19:00 20:30 21:30

6:15 7:15 7:45 8:45 10:15 12:45 13:45 16:45 17:15 19:15 21:15 23:45

7:45 8:45 9:15 10:15 12:45 14:15 15:15 18:15 18:45 20:45 22:45 1:15

5:30 7:00 8:30 10:30 13:00 14:30 15:30 16:30 18:00 19:00 19:30

7:00 8:30 10:00 12:00 14:30 16:00 17:00 18:00 19:30 20:30 21:00

7:15 9:45 12:15 13:45 15:45 17:45 19:45 20:45 21:45 22:45 23:45

8:45 11:15 13:45 15:15 17:15 19:15 21:15 22:15 23:15 0:15 1:15

Shopping Tamboré > Aeroporto de Viracopos > Shopping Tamboré Tamboré Shopping > Viracopos Airport > Tamboré Shopping

segunda a sexta / monday to friday Tamboré > Viracopos

Viracopos > Tamboré

sábados / saturdays Tamboré > Viracopos

domingos / sundays

Viracopos > Tamboré

Tamboré > Viracopos

Viracopos > Tamboré

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

Saída/Departure

Chegada /Arrival

4:00 5:30 7:00 9:00 10:30 13:00 14:00 15:30 17:00 19:00 20:00

5:30 7:00 8:30 10:30 12:00 14:30 15:30 17:00 18:30 20:30 21:30

6:45 8:45 10:15 12:15 13:45 16:45 17:45 19:45 21:45 23:45

8:15 10:15 11:45 13:45 15:15 18:15 19:15 21:15 23:15 1:15

4:00 5:30 7:00 9:00 11:00 15:00 18:30 20:00

5:30 7:00 8:30 10:30 12:30 16:30 20:00 21:30

6:45 9:15 10:45 12:15 13:45 16:15 18:15 21:15 23:15

8:15 10:45 12:15 13:45 15:15 17:45 19:45 22:45 0:45

5:30 7:00 10:30 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00

7:00 8:30 12:00 14:30 16:30 18:30 20:30 21:30

7:15 10:15 11:45 13:45 15:45 18:15 20:15 22:15 23:15

8:45 11:45 13:15 15:15 17:15 19:45 21:45 23:45 0:45

*ônibus com parada no Shopping Eldorado / *buses stopping at Eldorado Shopping 2. 2 0 1 5 154 A Z U L M A G A Z I N E | 0 7

155


AZU IS | E X P E R I Ê N C I A A Z U L

Experiência

Azul

Azul Experience

NESTA SEÇÃO, REUNIMOS ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA TORNAR SUA VIAGEM SEGURA, TRANQUILA E CONFORTÁVEL IN THIS SECTION, WE LIST SOME IMPORTANT TIPS FOR MAKING YOUR TRIP SAFE, PEACEFUL, AND COMFORTABLE

Aeroporto

Bagagem

Luggage

Na hora de preparar sua mala, lembre-se: o limite total para bagagem despachada é de 23kg. A bagagem de mão deve pesar até 5kg e não pode conter objetos cortantes e inflamáveis.

When preparing your suitcase, remember: the total limit for checked luggage is 23kg. Hand luggage must weigh no more than 5kg and must not contain sharp or flammable objects.

Airport

TudoAzul

TudoAzul

Para garantir pontos no programa de vantagens informe sempre seu CPF em suas reservas ou na hora do check-in. Se você ainda não é Cliente TudoAzul, cadastre-se e ganhe 1.000 pontos de boas-vindas.

Dicas para o

check-in

Tips for check-in

A AZUL OFERECE CINCO MANEIRAS DIFERENTES PARA REALIZAR O SEU CHECK-IN. ESCOLHA A QUE MELHOR SE ADAPTA ÀS SUAS NECESSIDADES AZUL OFFERS FIVE DIFFERENT WAYS TO HANDLE YOUR CHECK-IN. CHOOSE THE ONE THAT BEST SUITS YOUR NEEDS

To ensure point for the TudoAzul, our Loyalty Program, please provide your CPF or TudoAzul number at booking or check-in. If you are not yet a TudoAzul Client, register and receive 1,000 welcome points.

Totem check-in

Para os Clientes que preferem o método tradicional de checkin, a Azul disponibiliza totens de autoatendimento nos aeroportos.

For Customers who prefer the traditional method of check-in, Azul provides self-service kiosks at the airports.

VOEAZUL.COM.BR/TUDOAZUL/AZUL-MAGAZINE

A Azul recomenda que você se organize para chegar ao aeroporto pelo menos uma hora antes de seu embarque, evitando, desta forma, possíveis contratempos.

SMS check-in

Basta enviar um SMS para o número 26990 com o localizador do voo ou o CPF do passageiro. Ao final do processo, o Cliente recebe um SMS com o link para o acesso ao cartão de embarque.

Azul recommends that you arrange to arrive at the airport at least one hour before your departure, thus avoiding possible problems.

Bem-Estar

Just send an SMS to number 26990 with the flight locator or CPF of the passenger. At the end of the process, an SMS will be sent to you with the link for access to the boarding pass.

Web check-in

No site da Azul é possível fazer o check-in de forma rápida e simples a partir de 48 horas antes de seu embarque. Perfeito para quem tem fácil acesso a computadores e quer economizar tempo.

On Azul's website, it is possible to do your check-in quickly and simply up to 48 hours before your departure. Which is perfect for those who have easy access to computers and who want to save time.

Well-Being

- Faça uma alimentação leve e hidrate-se bem antes de embarcar - Prefira viajar com roupas confortáveis - Caso se sinta mal durante o voo, se necessário, utilize o saquinho disponível no bolsão à sua frente - Se sentir um desconforto nos ouvidos devido à mudança de altitude, tampe o nariz e engula saliva algumas vezes.

- Have a light meal and hydrate yourself well before boarding - It is recommended to travel in comfortable clothing - If you feel ill during the flight, if necessary, please use the small bag available in the seat-back pocket in front of you - If you feel discomfort in your ears due to the change in altitude, hold your nose and swallow (saliva) a few times.

156 A Z U L M A G A Z I N E | 01 72 ..22001154

Ônibus Azul

Documentos

Documents

Sempre que viajar com a Azul, tenha em mãos um documento de identificação em bom estado e com foto. Apresente-o no balcão de check-in e no portão de embarque.

Whenever you travel with Azul, have an identification document in hand, in good condition and with a photo. Present it at the check-in counter and at the boarding gate.

Azul Bus

Serviços de ônibus para o aeroporto estão disponíveis em São Paulo e Santa Catarina. Não é necessário fazer reserva. Apenas apresente seu cartão de embarque. Confira a tabela de horários em nossos canais de atendimento e no site.

Bus services to the airports are available in São Paulo and Santa Catarina. No reservation is needed. Simple present your boarding pass. Check the schedule time table on our service channels and on the website.

App check-in

Com o aplicativo da Azul, disponível gratuitamente para os sistemas iOS e Android, o bilhete fica guardado no passbook do smartphone e é possível embarcar mostrando apenas a tela do aparelho.

With Azul's app, available free of charge for iOS and Android systems, the ticket is saved in the smart phone's passbook and it is possible to board by simply showing the screen of your device.

Fast check-in

Para utilizar esta opção é preciso apenas digitar o endereço FC.VOEAZUL.COM.BR no navegador do celular e inserir uma das quatro alternativas de informação: número do localizador, RG, CPF ou número do Tudo Azul.

To utilize this option, you need only type the address fc.voeazul.com.br on the cellphone and enter one of the four information alternatives. They are: record locator number, RG, CPF, or TudoAzul number.

157


AZU I S | M A P A D E R O T A S

Orlando Ft. Lauderdale/Miami

Boa Vista

Porto Trombetas

Macapá Belém

Santarém

Manaus

São Luís

Parintins

Parnaíba

Altamira

Tefé

Tucuruí

Tabatinga Itaituba

Marabá Imperatriz

Fortaleza

Teresina

Natal

Carajás

Fernando de Noronha

Juazeiro do Norte João Pessoa Recife

Porto Velho Alta Floresta

Rio Branco Ji-Paraná

Petrolina Paulo Afonso

Palmas Barreiras

Cacoal

Aracaju Lençóis

Vilhena

Feira de Santana Valença

Vitória da Conquista

Brasília

Cuiabá

Goiânia

Rondonópolis

Patos de Minas

Rio Verde

Caldas Novas Uberlândia

Corumbá

Bonito

Araxá

Uberaba S. J. do Rio Preto

Campo Grande

Divinópolis

Três Lagoas

Araçatuba Ribeirão Preto Presidente Prudente Bauru Dourados Marília

Our route network

Pelos ares

SÃO 104 DESTINOS, MAIS DO QUE O DOBRO DA CONCORRÊNCIA, EM 850 VOOS DIÁRIOS THERE ARE 104 DESTINATIONS, MORE THAN TWICE AS MANY AS THE COMPETITION, ON 850 DAILY FLIGHTS

Maceió

Sinop

Campinas

Londrina

Maringá

São Paulo (Congonhas)

Cascavel

Salvador

Ilhéus

Montes Claros Porto Seguro Teixeira de Freitas Governador Valadares Ipatinga (Confins) Belo Horizonte (Pampulha)

Vitória Zona da Mata Campos dos Goytacazes Macaé Cabo Frio Dumont) Rio de Janeiro (Santos (Galeão)

São Paulo

(Guarulhos)

Curitiba

Foz do Iguaçu Chapecó

Joinville

Passo Fundo Caxias do Sul

Navegantes Florianópolis Criciúma

Santa Maria Porto Alegre Pelotas

159


A ZUI S

PA N O R Â M I C A Adriano Fagundes

Jeitinho mineiro The Mineiro way

Caminhando pra lá e pra cá em Ouro Preto, Adriano Fagundes foi surpreendido por um convite: “Uma moça me perguntou o que eu fazia na rua e, quando disse que buscava a melhor vista da cidade, ela não hesitou em me levar até sua casa”. Este clique é fruto desse encontro inesperado – que ainda rendeu a ele um pedaço de bolo com café passado na hora. Walking around in Ouro Preto, Adriano Fagundes was surprised by an invitation: “A young woman asked me what I was doing on the street, and when I said I was looking for the best view in town, she didn’t hesitate to take me to the front window of her home.” This shot is the result of that unexpected meeting – which also earned him a piece of cake with a cup of fresh-brewed coffee.

Azul 27 completa  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you