Page 1

TENDÊNCIA & ESTILO

TURISMO

Tendências que irão desfilar pelas praias e piscinas, trazendo cor ao seu verão.

Pedra da Macela, paisagem paradisíaca nas montanhas da Estância Climática de Cunha.

PÁG. 04

PÁG. 07

folha dopovo

HÁ 50 ANOS IMPRIMINDO CONCEITOS

GUARATINGUETÁ, Setembro 2012 - ANO 50 - Nº 1191

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA - VENDA PROIBIDA

Eleições 2012

A importância do voto - pág. 03 APROVEITE O DIA

Todo o momento especial pede uma boa pizza. Conheça a história desta delícia gastronômica. PÁG. 06

CULTURA E ARTE

A série de filmes “Indiana Jones” chega à alta definição em um box especial com cinco discos. PÁG. 08


| EDITORIAL | FUTURO DO PRETÉRITO IMPERFEITO A sabedoria popular costuma dizer que o passado não nos pertence mais e o que futuro ainda não é nosso. O que interessa é o presente. Esta história começa a ficar bizarra quando colocamos a afirmação sob a perspectiva dos candidatos às eleições do próximo mês de outubro. Para eles o presente não é importante, pelo menos outro presente que não seja o da confirmação de que foi eleito ou não. Agora, quando se fala de passado e futuro, aí entramos em seu território preferido. O passado, porque podem trazer à memória do eleitor aquilo que fizeram, ou pelo menos dizem ter realizado, para ganhar mais votos pela nostalgia. Mesmo que isso tenha ocorrido em tempos imemoriais. Uns dizem: eu fiz isso! Outros afirmam: eu construí aquilo! Mas, é no futuro que eles se esbaldam. É lá, na “terra desconhecida” de Shakespeare, que eles alicerçam as promessas mais descabidas, as falácias mais improváveis, para mais ganhar votos pela antecipação. Mesmo que não tenham a mínima intenção de cumprir com suas palavras. Uns dizem: eu farei isso! Outros afirmam: eu construirei aquilo! Questões semânticas à parte, esta é uma realidade muito viva em nosso país, e é para colocar ordem nesta conjugação imperfeita, que mistura passado com futuro e esquece o presente, que o eleitor precisa votar com consciência. Vale lembrar que votos de protesto só elegem oportunistas. Justamente o tipo de gente que nenhum de nós deseja ver no poder. Por isso, escolha bem e vote certo!

Danilo Rosas EXPEDIENTE

Editor: Danilo Rosas MTB/SP 37.619 Administração: Renata Rosas Projeto Gráfico: Studio DR Coordenadora Editorial: Lívia Fernandes Coordenadora de Arte: Beatriz Mathídios Redação: Julio Maziero Operações Comerciais: Daniele Castro Redes Sociais: Kallel Capucho

folha dopovo Registrado em 12/04/1962 Reg. Livro B-1 nº 15 Fls 15 Mat. Jornais e Revistas FUNDADOR G. Dimas Carvalho Rosas - Reg. DRT/SP 7343 - SJPESP 2210 Design Gráfico: Kallel Capucho e Renan Mendonça. Colaboradores: Maria Athaíde Fotografias: Zé Takahashi, Julio Maziero, Lívia Maria Oliveira Silveira Rosa e João Athaíde. Comercial: Adriana Senne, Bárbara Araújo e Maria Athaíde. Publicação Mensal Setembro/2012 Para anunciar ligue (12) 3133-2449 ou pelo email: comercial@editoraexpedicoes.com.br Impressão: Resolução Gráfica Tiragem: 10.000 exemplares Editora Expedições: Rua Monsenhor Filippo, 367 Guaratinguetá/SP – CEP 12.501-410 email: editoraexpedicoes@editoraexpedicoes.com.br. site: www.editoraexpedicoes.com.br A Editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. 02 | folha do povo

NÚMEROS DE MORTALIDADE INFANTIL De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, baseada na estatística oficial, embora Guaratinguetá tenha mantido o número de óbitos infantis, teve redução da natalidade passando de 1457 nascimentos em 2010 para 1431 nascimentos em 2011. Com estes números, o coeficiente de mortalidade infantil passou de 13,73 para 13,98 óbitos por cada grupo de mil nascidos vivos. As principais causas de óbitos são infecções perinatais, infecções respiratórias, anomalias congênitas e pré-maturidade. Esta redução da natalidade seria justificada pelo investimento em métodos contraceptivos e oferta de assistência. No entanto, os números demonstram a necessidade e importância de um Pré-Natal bem feito e também a atenção ao parto. Fonte: Prefeitura Municipal de Guaratinguetá.

TIME DO GUARÁ SEGUE NA LUTA O técnico interino do Guaratinguetá, Carlos Otávio, que reassumiu o time na 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, quando venceu o Ipatinga, no estádio Dario Rodrigues Leite, por 2 a 1, soma 5 vitórias, três derrotas e um empate. O treinador atribui este desempenho à união e empenho do grupo para deixar de vez a zona de rebaixamento. O time, continua na 17ª posição, com 25 pontos, três atrás do CRB, primeiro time fora da zona de degola. A equipe espera e precisa de um apoio ainda maior de sua torcida tanto nos jogos realizados no estádio Dario Rodrigues Leite, quanto na casa dos adversários. Fonte: Guará Futebol.

FÉ E SEGURANÇA Como parte dos preparativos para uma das maiores festas religiosas do país, a Festa de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, a Polícia Militar do Estado de São Paulo já iniciou o reforço do policiamento da cidade de Aparecida. A novidade é que neste ano a Operação Padroeira será estendida para os municípios de Guaratinguetá e Cachoeira Paulista, que também integram o Circuito Turístico Religioso. Somente no dia 12 de outubro, 300 policiais reforçarão o contingente das três cidades. Nos finais de semana normais, será uma média de 75 homens. A operação acontecerá até o dia 16 de dezembro, uma vez que até este período o movimento de visitantes é significativo. Em Aparecida, 36 câmeras além de um helicóptero Águia, da Polícia, farão o monitoramento da festa. A expectativa de público para o feriado prolongado de 12 de outubro é de 305 mil pessoas. No Santuário Nacional os preparativos continuam, tanto para a novena da Padroeira que acontece de 03 a 12 de outubro, quanto para a festa que terá como tema “Com a Mãe Aparecida acolhemos Jesus, nossa alegria”.

PAREDES FICAM MAIS PROTEGIDAS COM SUVINIL ANTIBACTÉRIA A Suvinil, marca de tintas imobiliárias da BASF e líder no segmento Premium, apresenta o Suvinil Acrílico AntiBactéria, que reduz 99% dos micro-organismos na superfície da parede por dois anos. O produto revoluciona o mercado como o primeiro a ter aprovação da Anvisa que atesta sua segurança e eficácia, e reforça o pioneirismo da marca em surpreender o consumidor de tintas. Agora, além da qualidade e tecnologia já conceituadas e das mais de 1500 cores que permitem fazer da parede um item de decoração importante para o ambiente, a Suvinil oferece bem-estar e a segurança de que a saúde dos usuários estará protegida. Fruto de um amplo estudo de pesquisa e desenvolvimento, motivado pelo conceito constante de inovação enraizado na cultura da marca, o Suvinil Acrílico AntiBactéria possui fórmula exclusiva composta por agentes antibacterianos que atuam na parede, eliminando 99% a manifestação desses micro-organismos. A tinta pode ser lavada sem que perca a sua ação, o que a torna ideal para ser utilizada também em hospitais, escolas e clínicas pediátricas. Eugenio Luporini Neto, Vice-Presidente de Tintas e Vernizes e Repintura da BASF para a América do Sul, reforça a relevância do produto para o segmento de mercado. "O mercado de produtos antibactérias cresceu 25% nos últimos três anos. Como líderes do mercado de tintas, saímos na frente para garantir que os anseios dos consumidores sejam atendidos também no nosso segmento. Este é o primeiro e único produto com essas características do Brasil", explica ele, que reforça ainda a revolução que o Suvinil Acrílico AntiBactéria causa no mercado ao promover a conformidade e transparência para as tintas antibacterianas. "A inédita aprovação da Anvisa avaliza a eficácia e segurança do produto e certifica a comercialização desse tipo de tinta no país", finaliza. O Suvinil Acrílico AntiBactéria foi testado e aprovado conforme os parâmetros da norma JIS 2801:2000 (Japanese Industrial Standard), do Japão, para produtos antimicrobianos. O teste para atividade e eficácia garantiu o poder da tinta. “As bactérias podem formar biofilmes na superfície da tinta e esta metodologia permite verificar a eficácia do produto aplicado na superfície da parede contra as principais bactérias”, explica Viviane Alves da Silva, do Laboratório de Microbiologia da BASF. O Suvinil Acrílico AntiBactéria está disponível no mercado em todas as cores Selfcolor desde Julho. Para mais informações sobre os produtos e lançamentos da Suvinil, acesse www.suvinil.com.br.

“O PASSADO E O FUTURO NÃO TEMOS. O PASSADO E O FUTURO SÃO O PRESENTE. TRANSFORMAÇÃO. ACEITAÇÃO. FLUIDEZ. EXPANSÃO. CONSCIÊNCIA. MEDITAÇÃO. ENTREGA. DISSOLUÇÃO. ENVOLVIMENTO. FUSÃO. CORAÇÃO. RENOVAÇÃO. REVOLUÇÃO.” FMV http://fmarcondesvelloso.blogspot.com


| MATÉRIA DE CAPA |

Eleições 2012

DIREITO DE VOTAR OU VOTAR DIREITO? As constantes notícias sobre a corrupção na política, aliadas às poucas opções para a escolha de candidatos nas eleições vêm fortalecendo uma corrente que incentiva o voto nulo. Mas será que ele resolve? Este nível de descontentamento da população com a classe governante não é recente, aliás, ele é muito mais antigo do que se pensa. Desde a época do Brasil Colônia a insatisfação era latente com a colônia portuguesa. Só para citar um exemplo famoso, Tiradentes, considerado o Patrono da Nação, se revoltava com o apadrinhamento e a promoção dos militares portugueses em detrimento dos nascidos no Brasil. A corrupção também era generalizada. Impostos não eram pagos, riquezas eram desviadas e todo mundo tinha um preço. Olhando tudo isso em perspectiva, parece que nada mudou. Mas não é bem assim. Deixando para trás, de uma vez por todas, as sombras ditadura militar, o Brasil começa a desenvolver sua democracia. Após muitas décadas, o povo finalmente tem a liberdade de escolher seus representantes, de decidir quem ele quer ver ocupando os cargos mais importantes das cidades, dos estados e do país. Por que então abdicar deste direito, que foi motivo de luta e até da morte de muita gente? Com o advento da Internet e o fenômeno das redes sociais, a rapidez com que as informações circulam é impressionante, sejam elas verídicas ou não. Com a liberdade de expressão do Facebook, Twitter, Orkut e várias outras, surgiu um espaço para a discussão de temas diversos. E a política é um deles. Dois lados - Nestes tempos turbulentos de CPI do Cachoeira, julgamento do mensalão, greves generalizadas e o circo de horrores que desfila diariamente no famigerado horário eleitoral gratuito, a insatisfação popular fica exacerbada e começam a surgir campanhas como a do voto nulo. Muitos afirmam que ele faz parte do processo democrático, e isso realmente é verdade. Votar nulo é um direito do eleitor. Mas, então, como ficam seus deveres como cidadão? Como ele pretende cobrar de seus governantes as promessas de campanha, as necessidades de sua cidade ou as carências da população? O dilema de escolher um candidato para vê-lo mudar de partido, envolvido em denúncias ou mesmo ser cassado, demove muita gente do desejo de pesquisar mais sobre a vida dos candidatos, de se interessar mais pelas suas propostas, saber mais sobre a ideologia partidária. Mas isto é também uma faca de dois gumes, porque o cidadão mal informado tende a fazer escolhas equivocadas. Por isso vemos tantas aberrações nas mais variadas esferas de nossa classe política. Politika - Os defensores de que o voto nulo pode invalidar uma eleição se baseiam no artigo 224 do Código Eleitoral que afirma “se a nulidade atingir mais da metade dos votos do país nas eleições, (...) o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias". Mas esta é uma falsa premissa, já que, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a nulidade só é valida quando os votos são anulados em decorrência de fraude eleitoral. Portanto, se isto não acontecer, mesmo que mais de cinquenta por cento dos eleitores anulem seus votos, prevalecerão as escolhas daqueles que votaram em algum candidato. Voto nulo não é forma de protesto, mas sim a chave que abre as portas para candidatos despreparados, oportunistas e desprovidos de caráter. O ideal é que o eleitor faça a sua escolha, por mais difícil que esta seja. Mesmo que ele tenha que garimpar muito entre os candidatos. Fazendo isso, pesquisando e avaliando as propostas, ele não apenas elegerá os melhores representantes, mas também afastará o mau político, o corrupto, o ladrão. Ferramentas não faltam para isso. A própria Internet facilita esta busca pelo melhor candidato, e a chamada Lei da Ficha Limpa se propõe a higienizar este verdadeiro lixão em que se transformou a nossas casas executivas e legislativas. Votando com consciência, o eleitor fará com que a política volte a ter o significado que tinha para a Grécia antiga, onde foi cunhado o termo Politika, que é: “aquilo que é público”; “pertencente aos cidadãos”. Portanto, a política é de todos nós, assim como as consequências de nossas escolhas.

Foto: Julio Maziero

Por Julio Maziero

folha do povo | 03


| MODA |

Tendências que irão desfilar pelas

areias

Vivenciar esta mudança de temperatura, em que a chuva se faz ausente e ar se torna quente e seco, apenas sinônimos de praia, piscina e água fresca fazem com que essas sensações tornem-se menos agressivas. E como toda estação tem o seu charme em particular, e com ela caminham as novas tendências da moda, ditando o que será usado nas ruas e o que será descartado das vitrines, as tendências da coleção Primavera/Verão trazem a alegria das cores e estampas, em suas incompatíveis combinações. Na moda praia não seria diferente, após meses de academia e alimentação controlada, as mulheres estão prontas para colocar o biquíni sem peso na consciência. Este ano o que será visto nas areias e águas será um complexo de cores, divergindo em estilos e formatos. Para não errar quando for à praia, listamos aqui seis das novas tendências para você arrasar.

Meia taça Poko Pano

Fotos: Zé Takahashi / Ag. Fotosite

Por Lívia Fernandes

Maiô Os maiôs voltam neste verão com mais sensualidade, práticos e modernos. Com recortes mais ousados e generosos, evitando algumas marcas de sol indesejadas. Suas estampas e moldes permitem que sejam usados fora da praia, como body junto de saias, calças ou shorts. O look irá ficar sexy e sofisticado na medida certa. Meia taça Sensualizando o mercado dos biquínis, os modelos parecidos com as lingeries ganham espaço nas areias em 2012/2013. A parte de cima como meia taça permite que a calcinha seja menos e de tirinha, combinando cores e estampas.

Cortininha Triya

Comportados Em um estilo mais retrô, a moda trás de volta as peças de baixo grande. Longe da preferência da maioria das brasileiras, mas que não tiram a sensualidade de um biquíni, a calcinha grande apareceu em grande parte dos desfiles das grifes de moda praia da temporada de verão 2013 do Fashion Rio. O modelo mais larguinho ajuda a disfarçar quadril largo, já os lacinhos laterais estarão em alta. Tomara que caia estruturado Primeira escolha das mulheres que querem afastar as marquinhas de biquíni visíveis. Eles estão mais estruturado, podendo aparecer em biquínis e maiôs. Mas não é muito recomendado para quem tem seios grandes, pois a sustentabilidade não é das melhores.

Tomara que caia Poko Pano

Descombinando Livre da preocupação de ter que combinar as partes, os biquínis da moda verão 2013 estão livres para serem usados com qual parte você achar melhor. Estampas, listras, onças... A ordem é usar e ousar na diversidade. Uma dica é a usar o floral e o xadrez ou, ou então, uma parte estampada e a outra lisa que ajuda a disfarçar a parte que você não quer destacar. Cortininha estampado Maiô Preferência entre as brasileiPoko Pano ras, deixam o corpo mais bonito e modelado. Nesta estação eles ganharam estampas em cores bem vivas, com folhagens, florais e estampas de gravataria (aquelas com desenhos que se repetem por todo o tecido). Suas principais cores são: amarelo, azul claro e escuro, dourado, rosa, verde, e na mistura de cores.

04 | folha do povo

Descombinando Poko Pano

Comportado Triya


| COLCHA DE RETALHOS |

por Maria Athaíde Antenados

Figurinhas carimbadas nas mais badaladas festas do Médio Vale, o inseparável casal Lilian Agostinho e Marco Aurélio Ortiz marcaram presença em mais uma edição comemorativa de aniversário da Machina 8. Para alegria de todos, o badalado encontro marca a oportunidade de se desfrutar de boa música num excelente ambiente e em companhia dos mais antenados do pedaço.

Reunião de Bacanas

No dia oito de setembro aconteceu a Festa do VI Aniversário da casa noturna Machina 8 em Quiririm. Como tem acontecido nos últimos anos, o evento reuniu um seleto grupo de representantes da sociedade valeparaibana clicados pelas lentes do fotógrafo João Athaíde. Entre os presentes estavam Mário Zangrandi, Adriane Alvarenga, Bruno Nogueira e José Luiz de Souza.

Entre Sombras e Pincéis

A Perfumaria Sumirê promove um encontro com o maquiador Dicesar Ferreira, que ficou conhecido nacionalmente como o ex-BBB no reality show da TV Globo. O talentoso e divertido maquiador estará na loja de Guaratinguetá no dia primeiro de outubro das 12 ás 13 hs para pilotar um Workshop de Maquilagem da VULT no auditório da própria perfumaria. Outras informações: (12) 31325813 / 31322922.

Beleza Pura

Num momento de pura descontração a médica Irene Ferreira posa para foto em reunião festiva na casa da Avó. A menina que atende no Programa Saúde da família da cidade de Cachoeira e Santa Casa de Santos tem dividido seu escasso tempo entre estudos, especialização em Taubaté e namorar, por que afinal ninguem é de ferro! Mas com vistas num breve período de descanso já está de malas prontas e passaporte vistado para mais um merecido tour.

O Poderoso Timão O ídolo do Corinthians Marcelinho Carioca inaugurou no Buriti Shopping mais uma loja da Rede Poderoso Timão que traz diversos itens para delírio de “Um Bando de Loucos”. A figura do craque fez com que uma fila imensa se formasse diante da nova loja. O atleta tirou fotos com torcedores e distribuiu autógrafos e simpatia durante mais de quatro horas. O Pé de Anjo, como era chamado, foi o jogador que mais ganhou títulos com a camisa do timão.


| APROVEITE O DIA |

TUDO ACABA EM PIZZA. AINDA BEM! Por Julio Maziero Dez entre dez brasileiros gostam de pizza. Se estes brasileiros forem do Estado de São Paulo, este número aumentará ainda mais. Comer pizza virou um evento social que pode comemorar um aniversário, acompanhar um happy hour, temperar um encontro romântico e celebrar datas especiais. Em resumo, tudo pode acabar em pizza. E o morador de Guaratinguetá está muito bem servido quando o assunto é pizza. A cidade conta com diversas pizzarias, estabelecimentos com pratos e preços todos os gostos e bolsos, além do já tradicional serviço de entrega a domicílio A iguaria, que chegou ao Brasil juntamente com os imigrantes italianos, caiu no gosto popular e se tornou praticamente uma preferência nacional. Inicialmente, até os anos 1950, o prato era mais fácil de ser encontrado nas colônias italianas espalhadas pelo país, mas hoje pode ser saboreada em praticamente toda parte. Seu sucesso é tamanho que, desde 1985, ganhou um dia comemorativo dedicado a ela, 10 de julho, o Dia da Pizza. Ao contrário do que muitos pensam, a pizza não tem origem na Itália. Na verdade, ela surgiu muito antes disso, no antigo Egito. De acordo com estudiosos do alimento, os egípcios teriam sido os primeiros a promoverem a mistura da farinha com água e obtido a massa, que depois de assada poderia ser comida. Mas a história dá conta também que os babilônios, gregos e hebreus já assavam suas massas há mais de cinco mil anos. Parecida com os atuais pães sírios, era chamada de “piscea” e “Pão de Abraão”. Um dos povos mais antigos que se tem notícia, os fenícios, já acrescentava coberturas a suas massas, geralmente baseados em carnes e cebola. Na Idade Média eram os árabes que mantinham este costume, o que, em decorrência das Cruzadas, esta cultura chegou à Itália, através do Porto de Nápoles. Com a regionalização dos ingredientes e temperos, foi apenas uma questão de tempo para se tornar a pizza da forma como a conhecemos, embora, nesta época, ela ainda era servida dobrada ao meio, como um sanduíche. Azeitonas, mussarela, orégano e embutidos ocuparam a linha de frente dos ingredientes. Sabores – Na Itália, a pizza era um alimento normalmente consumido pelas pessoas humildes, sobretudo na região sul do país. Foi em Nápoles, considerada a cidade natal

06 | folha do povo

da iguaria, que, no início do primeiro milênio, surgiu o termo “Picea”, para se referir à massa em forma de disco coberta por temperos e ingredientes, geralmente peixes, queijo e toucinho. Com o tempo a palavra foi sendo modificada até se consagrar como pizza. Começava aí a globalização desta delícia. Tratada como uma arte, a produção da verdadeira Pizza Napolitana ganhou até uma associação para normatizar sua fabricação, isentando-a de influências e regionalismos. As regras prevêem deste o tipo de farinha, de fermento, a forma manual de abrir a massa e, até mesmo, a temperatura ideal do forno a lenha. Purismos à parte, é a versatilidade da pizza, no que diz respeito às infinitas receitas possíveis, que garantiu sua popularização e difusão ao redor do planeta, tornando-a um dos pratos mais democráticos da humanidade. Cada um cria a receita que quiser, com os ingredientes que mais gostar ou, em alguns casos, que puder comprar. Quando se fala em cobertura de pizza, o céu é o limite. Nesta infinidade de sabores, batizados de Napolitana, Calabresa, Portuguesa, Quatro Queijos, Toscana, Pomodora, um ganhou destaque histórico, a Margherita. No século XIX, durante o reinado de Umberto I e de sua esposa Margherita di Savoia, um famoso pizzaiolo de Nápoles, Raffaele Sposito, decidiu criar uma receita especial para os monarcas, que visitavam a cidade em 1889. Ele fez uma massa redonda coberta com ingredientes que remetiam às cores da bandeira italiana: queijo (branco), manjericão (verde) e tomate (vermelho). O sucesso do prato foi tamanho que ele o batizou de Margherita, em homenagem à rainha. A popularidade da iguaria e a possibilidade de ser degustada em praticamente qualquer situação, acabou por dar origem à máxima, de caráter pejorativo, “acabar em pizza”. O termo se refere a situações em que pessoas, casos ou atitudes de caráter duvidoso e ilegal escapam da punição porque as partes envolvidas, acusação e defesa, resolvem tudo em negociações escusas, como se estivessem numa pizzaria, conversando amenidades. Deixando de lado a semântica, nada melhor que uma pizza para fechar um dia especial. Neste caso, acabar em pizza pode ser a melhor pedida.


| TURISMO |

PEDRA DA

MACELA UM PEDAÇO DO CÉU

À noite, o espetáculo é diferente mas não menos impressionante, com as luzes das cidades se destacando frente à escuridão do mar. Durante o inverno, mesmo durante o dia, é preciso ter cuidado redobrado pois venta muito, o frio é intenso e o risco de queimaduras solares são ainda maiores. Quem visita a Pedra da Macela deve ter em mente que, em virtude do local não possuir nenhuma infraestrutura de visitação, é necessário levar os alimentos e principalmente água. Outra preocupação que deve existir é a de se recolher todo o lixo, não deixando que nenhum tipo de sujeira venha macular este pedacinho do céu. Aqueles que dispõem de mais tempo e fôlego, podem seguir, obrigatoriamente a pé, pela Trilha do Ouro, que passa próxima à estrada de acesso ao pico e desce a serra em direção a Paraty. Outro belo atrativo fica nas margens da Rodovia Paulo Virgílio, logo adiante no quilômetro 66, a Cachoeira do Mato Limpo. Uma pequena e refrescante queda d’água num cenário apropriado para belas fotografias. A Macela - abundante no local, a Macela é uma erva da flora brasileira que atinge cerca de um metro de altura. As flores são amarelas, com cerca de um centímetro de diâmetro, e florescem em pequenos cachos. Sua folhagem é fina e de cor verde-claro - acinzentado, o que a destaca do restante da vegetação do campo. No Sul do país, as flores da Macela são muito usadas pela população como estofo de travesseiros para os bebês, por se acreditar que tenha efeitos calmantes devido ao aroma bastante agradável das flores. Outro uso da erva é como chá, indicado para o alívio de dores de cabeça, cólicas e problemas estomacais. No Rio Grande do Sul existe uma tradição que envolve a colheita da macela, que deve ser feita na Sexta-Feira Santa, antes do sol nascer; pois acredita-se que, quando feita neste dia, a colheita torna mais eficiente o chá de suas flores. No Nordeste do Brasil elas florescem em geralmente setembro e costumam indicar solos acidificados e degradados.

Quem visita Cunha não imagina que a apenas 27 quilômetros do centro da cidade fica o caminho para uma das mais lindas vistas de todo o Vale do Paraíba, a Pedra da Macela. Do topo deste maciço com 1840 metros de altitude, localizado na divisa dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, tem-se uma panorâmica de 360º da região e, em dias claros e sem nuvens, pode-se avistar parte da costa de Ubatuba, a Ilha Grande e as baías de Angra dos Reis e Paraty, emolduradas pelo azul intenso do Oceano Atlântico. Nos dias especialmente livres de qualquer nebulosidade pode-se distinguir também as cúpulas das Usinas Nucleares de Angra. Com um binóculo simples é possível vê-las com bastante clareza. O acesso para o local fica no quilômetro 65 da Rodovia Paulo Virgínio (SP – 171), que liga Cunha a Paraty. Ao sair do asfalto, são mais quatro quilômetros por uma boa estrada de terra, que serpenteia entre sítios charmosos e belas casas de campo, até a porteira de Furnas, local onde os veículos devem ser estacionados. A partir deste portão, é só caminhada. São dois quilômetros de subida íngreme por uma estrada pavimentada, em meio à vegetação típica da Serra do Mar e respirando o ar puro das montanhas, que ajuda a recuperar o fôlego. A chegada ao topo já acontece em grande estilo, pois é de lá que, primeiramente, se avista a baía de Angra. No alto do pico estão as torres de transmissão de Furnas, local fechado para visitas e vigiado dia e noite. Ao contornarmos estas instalações temos a impressão de estarmos no céu ou em algum tipo de paraíso. Um lindo gramado se estende até um grande desfiladeiro, de onde se observa as montanhas ao redor, várias formações rochosas entremeadas com muitos trechos de mata atlântica preservada tendo ao fundo o litoral. O lugar é o cenário perfeito para acampar, relaxar, conversar, namorar, dormir ou mesmo fazer um animado piquenique. Vale lembrar que, em virtude das torres, é proibido acender fogueiras. Observar o nascer ou o pôr do sol do alto da Pedra da Macela é uma experiência que dificilmente sairá da memória, pois mostra o quão insignificante é o homem diante da imensidão da criação. Um genuíno momento de admiração, alegria e reflexão.

Fotos: Lívia Maria Oliveira Silveira Rosa

Por Julio Maziero

folha do povo | 07


| CULTURA E ARTE |

| AGENDA |

A VOLTA DAS GRANDES

Festival Mantiqueira de Gastronomia

AVENTURAS De 06 de outubro a 04 de novembro, acontece em São Francisco Xavier o Festival Mantiqueira de Gastronomia. Resultado de uma constante busca por ingredientes de qualidade, o evento reúne seis renomados Chefs, 11 restaurantes e receitas com os melhores produtos da região em um convite irresistível para os amantes da boa mesa. A seleção de produtos inclui frutas vermelhas, cogumelos, trutas, presunto curado, diversos tipos de queijos, cordeiros, geléias, cachaça, cerveja e mel. Informações: www.festivalmantiqueira.com.br

Festival da Cerâmica

Por Julio Maziero

Se aventura tem um nome, este, com certeza, só pode ser Indiana Jones! As aventuras do maior arqueólogo do cinema chegam ao formato Blu-ray, trazendo alta definição de imagem e de som além de muitos extras. O box especial, batizado de “Indiana Jones – A Aventura Completa” e lançado pela Paramount, vem com cinco discos. Considerado um dos maiores heróis da história da Sétima Arte, Indiana Jones marca a união de dois gênios do cinema em sua criação, o produtor George Lucas e o diretor Steven Spielberg, que buscaram reviver as antigas matinês do passado, quando o herói enfrentava um perigo após o outro. Eles escalaram Harrison Ford para o papel de sua vida. Desta parceria surge, em 1981, “Os Caçadores da Arca Perdida”, uma exemplar mistura de roteiro perfeito, interpretações cativantes, trilha sonora marcante e muita emoção. No filme, o ano é 1936 e Indiana Jones precisa encontrar, antes dos nazistas, a Arca da Aliança, local onde Moisés guardou as tábuas com os Dez Mandamentos. Cenas espetaculares redefiniram o cinema de ação e arrastou multidões às salas de projeção. O filme concorreu a vários Oscars e foi premiado em cinco categorias, Montagem, Direção de Arte, Som, Efeitos Especiais e Edição de Som. Com o sucesso nas bilheterias, a equipe se reuniu novamente para lançar, em 1984, “Indiana Jones e o Templo da Perdição”, que na verdade não é uma continuação do primeiro filme porque a história se passa um ano antes da aventura inicial, 1935. Considerada a mais sombria e violenta da série, a produção leva o arqueólogo da China à Índia, onde ele e seus companheiros se vêem frente a frente com um antigo culto de sacrifícios humanos para ajudar uma aldeia a recuperar suas crianças sequestradas e pedras místicas que foram roubadas. Ganhou o Oscar de Efeitos Especiais.

Mais Indiana – Cinco anos mais tarde, em 1989, Spielberg, Lucas e Ford se reúnem no sensacional “Indiana Jones e a Última Cruzada”. No filme, Indy precisa resgatar o pai, interpretado pelo eterno 007, Sean Connery, que foi feito prisioneiro pelos nazistas enquanto buscava pelo Santo Graal, o cálice que Jesus Cristo teria usado durante a última ceia. A diversão fica por conta da relação conturbada entre Indiana e seu pai, Henry Jones. Foi premiado com os Oscars de Efeitos Especiais e Edição de Som. Durante os 19 anos seguintes, mesmo com o apelo dos fãs, as aventuras de Indiana Jones pareciam se resumir mesmo a uma trilogia, até que, em 2008, os parceiros decidiram tirar o herói da aposentadoria em “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”. Nesta produção, o aventureiro reencontra Marion, sua parceira do primeiro filme e descobre que tem um filho, enquanto enfrenta os russos na busca pelas lendárias caveiras de cristal alienígenas. Mesmo considerado o mais fraco da série, rendeu quase US$ 800 milhões nas bilheterias. Os quatro filmes têm imagem cristalina Full HD, especialmente “Os Caçadores da Arca Perdida”, remasterizado em 4K, e som digital em alta definição, além da dublagem em português. Extras – O quinto disco é totalmente dedicado ao material extra que deve fazer a alegria dos fãs. Ele traz making of originais dos quatro filmes, além do material produzido para os lançamentos em DVD. O restante do pacote é composto de documentários sobre as cenas de ação, a música, o som, os efeitos especiais e as locações dos filmes, além de vídeos sobre as namoradas do herói, os amigos, os vilões e os artefatos que Indiana Jones encontrou em suas aventuras. Esta é mais uma chance de ver, rever e ter em casa estes verdadeiros clássicos do cinema, agora com qualidade de imagem e som nunca vistas. Imperdível!

RESOLUÇÃO GRÁFICA

08 | folha do povo

A Estância Climática de Cunha realiza, de 6 a 21 de outubro de 2012, o 5º Festival da Cerâmica de Cunha. Uma grande variedade de eventos marcará o festival, como a exposição “Arte que Nasce da Terra” no Espaço Cultural Lavapés, Queima de Raku, Abertura de Forno Noborigama, Seminário "A Cerâmica na Arte Educação” e Exposição Tripolar Serra e Mar. Tão serão ministrados vários cursos livres nos ateliês de cerâmica da cidade. Informações pelo e-mail: cunhaceramica@ ig.com.br ou pelo telefone (12) 3111-3126.

Temporada de Concertos A temporada de concertos da Orquestra Sinfônica de São José dos Campos continua a atrair público apaixonado pela música clássica no Teatro Colinas em São José dos Campos. As próximas apresentações acontecem nos dias 17 de outubro, 21 de novembro e 16 de dezembro com um concerto especial de natal encerrando a temporada. Mais informações no site www. teatrocolinas.com.

Folha do Povo Setembro 2012  

Folha do Povo Setembro 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you