Page 36

rtistasartistasartistasartistasartistasartistasartistasartistasartistasartistasartista recado

duetos e festivais

N

a página ..., tomamos a liberdade de replicar, com a devida autorização, matéria publicada em março no site da UBC sobre a importância dos cada vez mais comuns duetos entre artistas dos mais variados gêneros. Percebe-se que gravadoras e escritórios artísticos fazem investimento estratégico em parcerias em áudio e vídeo entre nomes de destaque (e de estilos às vezes bem distintos) a fim de ampliar a base de fãs de seus contratados. Prática pouco comum em outras épocas, o fenômeno dos duetos se dá principalmente por conta da força das redes sociais e plataformas de streaming. Wesley Safadão, por exemplo, já gravou em Ivete Sangalo, Nego do Borel, Leo Santana, Anitta e Simone & Simaria, entre outros nomes. Anitta foi além, ao gravar com dezenas de nomes nacionais e vários internacionais – Maluma, J.Balvin, Iggy Azalea, Poo Bear e Alesso. No ambiente digital, um artista acaba promovendo o colega junto à sua base de admiradores/seguidores – e vice versa. "Os duetos fazem parte da estratégia de quase todas as companhias, e em todo o mundo – resultado da distribuição digital, que criou uma comunicação quase imediata entre artistas de gêneros musicais e países diferentes", opina na matéria Sergio Affonso, presidente da Warner Music do Brasil. "Essas parcerias abrem todo o mercado para todos os envolvidos. Um artista sertanejo cantando funk é bom para os dois lados”, continua. Assim como se intensificam os duetos entre artistas dos mais variados estilos, percebe-se que os festivais de música – modalidade que fez muito sucesso por aqui no passado, embora com outra proposta, a de competição entre os participantes – mantém-se fortalecidos. O motivo: a reunião de várias atrações, às vezes de gêneros distintos, e a experiência oferecida ao público de poder participar de um megaevento, com cenografia caprichada, produção grandiosa, espaços gourmet e possibilidades de interação. Tudo isso junto aumenta os níveis de satisfação obtidos com a experiência e podem resultar no interesse da pessoa em comprar ingresso para um outro evento do gênero, além de recomendar o modelo a outras pessoas.

Na página 30, esta edição de Show Business + SUCESSO! traz uma matéria sobre a internacionalização do Villa Mix, festival criado pela AudioMix em 2011, que após 130 edições em dezenas de cidades – em alguns casos, com inovações dignas de entrar para o Guiness – chegou em março à sua primeira edição no exterior, com a realização do festival na paraguaia Ciudad del Este, para um público de 30 mil pessoas – oriundas basicamente de municípios da Tríplice Fronteira. Melhor que isso, a organização confirmou para 6 de outubro a realização da primeira edição europeia do Villa Mix, no Altice Arena, em Lisboa. “Nossa expectativa é tão grande quanto a responsabilidade que temos. Acredito que esperamos o momento certo para levar o festival pra fora do país, pois sempre existiu da parte da AudioMix a preocupação em manter o mesmo padrão de qualidade que conseguimos no Brasil”, afirma na matéria o produtor Marlus Marcelus. De acordo com ele, está nos planos da empresa uma primeira edição norte-americana do Villa Mix Festival, talvez para este ano ainda, em cidade a ser definida. Igualmente, outros festivais repetem a fórmula e o êxito do Villa Mix. Criado em 2012 pela WorkShow e Som Livre, o Festeja realizou cerca de 70 edições, tendo no line-up prioritariamente nomes dos casts do escritório e da gravadora, como Marilia Mendonça, Maiara & Maraísa, Henrique & Juliano, Gusttavo Lima, Zé Neto & Cristiano e Victor & Leo. Além das cidades brasileiras, o Festeja conquistou destinos internacionais como Boston, nos Estados Unidos, além de Portugal, Bélgica e Inglaterra. Em abril, estão agendadas duas edições do festival – dia 7, em Juiz de Fora e dia 21, em Uberlândia. O mesmo se aplica a outros eventos similares, maiores ou menores, mas com a mesma proposta. É o caso do recém-lançado Skuta Festival (que tem a WorkShow como uma das sócias), Garota Vip, Garota White e Arena Safadão (em que Wesley Safadão é a atração maior) e Baile da Santinha, "estrelado" pelo baiano Leo Santana.

EDITORIAL

Gilmar Laurindo e Tom Gomes

ANO 28 • Nº 109 • ABRIl/MAIO/JuNhO 2018 SHOW BUSINESS + SUCESSO! é uma publicação trimestral da EDITORA ESPETÁCULO LTDA Diretor Administrativo toM GoMes

Publicidade LeaNdRo de oLiveiRa (São Paulo)

tomgomes@espetaculo.com.br

leandro@espetaculo.com.br

Diretor Editorial GiLMaR LauRiNdo

alda@espetaculo.com.br

gilmar@espetaculo.com.br

Diretor Área Digital tHoMaZ RafaeL thomaz@espetaculo.com.br

Colaborador Gustavo GodiNHo Arte taMiRis feRReiRa

aLda BaLtaZaR (Rio de Janeiro) viviaNe RodRiGues (Brasil/Estados) viviane@espetaculo.com.br

Assistente de Vendas iaRa LiMa - iara@espetaculo.com.br Distribuição, Assinaturas e Pesquisa NÚBia MoReiRa

Rua João Álvares Soares, 1660 CEP 04609-004 fone: (55-11) 3889-3300 (55-11) 2165-5155

nubia@espetaculo.com.br

Web saBRiNa KeRPeN - sabrina@espetaculo.com.br PRisCiLa siLva - priscila@espetaculo.com.br

tamiris@espetaculo.com.br

Impressão MeLtiNGCoLoR

Administração fLavia LiMa - flavia@espetaculo.com.br

Jornalista Responsável GiLMaR LauRiNdo

34

são PauLo

Rio de JaNeiRo Rua Gildásio Amado, 55, Cj. 302 CEP 22631-020

fone: (55-21) 99504-7024 (55-21) 3486-5155

www.showbusiness.com.br www.portalsucesso.com.br

SHOW BUSINESS + SUCESSO! - Ed. 109  

Revista Show Business + SUCESSO! - Edição #109

SHOW BUSINESS + SUCESSO! - Ed. 109  

Revista Show Business + SUCESSO! - Edição #109