Page 1


A EDITORA Em 29 anos de atividade em favor da divulgação da Doutrina Espírita, a Editora EME, situada na cidade de Capivari, SP, a 140 quilômetros da capital, tem mais de 300 livros publicados, entre romances, estudos, cursos, autoajuda, mensagens, infantis, infantojuvenis, agendas, contos, biografias e outros, além das obras de Allan Kardec. Todos os livros são analisados criteriosamente por um conselho doutrinário, composto por estudiosos atuantes no movimento espírita, como Rubens Toledo, Fátima R. Moura, Lúcia Cominatto, Vital Cruvinel, Jairo Capasso e outros. A Editora EME também apoia atividades assistenciais na cidade, como a Casa da Criança, instituição que oferece orientação e alimento a crianças carentes, o Centro Espírita Mensagem de Esperança, com palestras, estudos, trabalhos espirituais e doação de cestas básicas para famílias carentes e a Comunidade Psicossomática Nova Consciência, que oferece tratamento multiprofissional para homens com dependência química, incluindo desintoxicação, conscientização, espiritualidade, laborterapia e ressocialização. Tudo isso faz com que sejamos a segunda maior editora espírita do país, e nos sintamos felizes em cumprir a nossa missão: levar o Espiritismo a sério.

OBRAS BÁSICAS Tradução exclusiva da Editora EME Tradução exclusiva da Editora EME

Formato grande. Letra maior. Matheus R. Camargo Capa colorida. Papel alcalino. Formato grande. Letra maior. Brochura ou espiral Capa colorida. Papel alcalino. Brochura ou espiral

O Livro dos Espíritos O Livro dos Espíritos Allan Kardec •15,5x21,5 cm Allan Kardec • 360 p. cm •15,5x21,5 13,00 •R$ 360 p. (brochura) R$ 13,00 14,00 (brochura) (espiral) R$ R$ 14,00 (espiral)

Evangelho OO Evangelho segundo oo segundo Espiritismo Espiritismo AllanKardec Kardec Allan 15,5x21,5cm cm ••15,5x21,5 296p.p. ••296 R$13,00 13,00(brochura) (brochura) R$ R$14,00 14,00(espiral) (espiral) R$

CAMPANHA PROMOCIONAL

Na Ncompra acima de 50 exemplares as compras acima de 50 exemplaresvocê , podendo juntar os dois na títulos , tem um preço especial EME

aproveite o preço especial da EME O Evangelho segundo o Espiritismo - brochura - R$ 4,00 O Evangelho segundo o Espiritismo - espiral -- R$ R$ 4,00 4,30 O Evangelho segundo o Espiritismo - brochura O Livro dos Espíritos brochura R$ 4,50 O Evangelho segundo o Espiritismo - espiral - R$ 4,30 O Livro dos Espíritos - espiral -- R$ R$ 4,50 4,80 O Livro dos Espíritos - brochura

O Livro dos Espíritos - espiral - R$ 4,80


Editorial Sumário | Sucessos do momento, 04 | Lançamentos, 05 | Entrevista, 06 | Infantis / juvenis, 08 | Destaque, 09 | Estudos, 10 | Mensagens / autoajuda, 11 | Capa, 12 | Romances, 14 | Novidades, 15 | De autor para autor, 16 | Artigo, 18

Expediente

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1080 Vila Fátima – Capivari‑SP – CEP 13360‑000 Editor: Arnaldo Divo Rodrigues de Camargo Jornalista Responsável: Rubens Toledo – MTB 13.776 Diagramação: Editora EME Fotolitos e impressão: Gráfica EME Site: www.editoraeme.com.br Vendas: (19) 3491‑7000 E‑mail: vendas@editoraeme.com.br Ana Paula Souza Cristiane Cazassa Tiragem: 5.500 exemplares

De vendedor de raspadinha a editor de livro espírita É claro que meus filhos terão computadores, mas antes terão livros. Bill Gates Na preseNte eNcarNação, aprendi desde cedo o caminho do trabalho. Filho de uma família numerosa (...), antes de concluir o primário, eu vendia verduras e maçãs na rua. Quando me matriculei no antigo curso ginasial, trabalhava na roça, cortando cana e apanhando algodão. Depois, passei a vender “raspadinhas”, empurrando um carrinho, com gelo e adoçantes de diversos sabores. (...) Meu primeiro emprego com registro em carteira foi no Banco Noroeste, na cidade de Campinas, ao tempo em que ingressava na faculdade de administração de empresas. (...) Posteriormente, fiz carreira no antigo Banespa, que me permitiu visitar outras cidades paulistas, fazer excelentes amizades e também conhecer espíritas devotados como Ariovaldo Cavarzan e Geziel Andrade. (...) Essas amizades me levaram a conhecer e estudar o Espiritismo. Passei a participar das atividades nos centros espíritas, em Capivari e Indaiatuba. (...) Transferido para Capivari, participei no Centro Espírita João Moreira, que mantinha o Lar de Jesus (internato para meninos) e a Gráfica do Lar, oficina de aprendizagem. (...) Senti-me estimulado a divulgar a Boa Nova espírita, fundando e dirigindo o jornal Cami‑ nho de Luz. (...) A vida de bancário era como a de cigano. De Capivari fui transferido para Conchas. (...) Em 1982, publicamos Mensagem de esperança, do professor Celso Martins, primeiro livro com o selo da Editora ABC do Interior. (...) Transferido para Rafard e logo depois para a vizinha Capivari, a terra natal, abraçamos com renovado entusiasmo o trabalho na Editora do

SAL

Serviço de Atendimento ao Leitor

Queremos saber a sua opinião... Envie suas críticas e sugestões para o e‑mail: sal@editoraeme.com.br ou (19) 3491‑7000

Arnaldo D. R. Camargo

Idealizador e editor da EME

Lar/ABC do Interior (...). Os serviços de gráfica davam rentabilidade maior que a edição e comercialização de livros espíritas e, por essa razão, os dirigentes do ‘João Moreira’ resolveram encerrar a Editora. (...) Estava triste pela paralisação das publicações. (...) Refletindo no que afirmara o escritor bauruense Richard Simonetti, de que “a tarefa do livro é nossa”, fundamos em 1991, em Capivari, a Editora EME. O empreendimento logo apresentou os frutos da nossa perseverança: autores novos foram projetados no mercado editorial espírita. (...) Muitos destes autores talvez nunca tivessem imaginado se aventurar na literatura. E graças ao estímulo da Editora EME, donas de casa e médiuns até então desconhecidos estão publicando seus livros e contribuindo para a difusão do Espiritismo. Além destes, um time de profissionais do mercado gráfico-editorial também se juntou ao nosso sucesso. Revisores, diagramadores, arte-finalistas e ilustradores, também comprometidos na divulgação doutrinária. (...) Em 2012 completaremos 30 anos de trabalho com o livro espírita, sempre ao lado de Izabél, que, desde o início, assumiu a condição de revisora-chefe, responsável pela última leitura e liberação dos originais para publicação. (...) E agradecendo ao Brasil e aos autores pelo apoio que temos recebido (...), citamos ainda dois pensadores. Segundo Steele, a leitura é para o espírito o que a ginástica é para o corpo. Mas, de acordo com Blaise Pascal, o melhor livro de moral é a nossa consciência. Temos que consultá-lo muito frequentemente. Leia o editorial completo no endereço www. editoraeme.com.br/editorial

REDES SOCIAIS Visite os perfis da Editora EME e acompanhe informações e promoções exclusivas: www.twitter.com/EditoraEME www.facebook.com/EditoraEME www.editoraeme.com.br

3


Sucessos do Momento A fórmula da felicidade

Quando vier o perdão

Apresenta a fórmula da felicidade dada em palestra que Jerônimo Mendonça realizou no interior de Minas Gerais. Enriquecendo ainda mais a fórmula, o autor relata uma de suas viagens, onde reencontra velho amigo, que vai descortinando para ele o segredo do crescimento interior e a conquista real da felicidade.

Rafael deixa aos seus dois filhos grande fortuna, mas a irresponsabilidade de Roberto quase os leva à falência. Inconformado com a superioridade de Olavo, Roberto arquiteta a morte do próprio irmão. Entre lances envolventes e uma história de amor e renúncia, acompanhe ainda a trajetória do escravo Estevão.

Jamiro dos Santos Filho

Autoajuda

Mônica Aguieiras Cortat | Olavo (espírito)

Romance mediúnico

16x23 cm | 336 pp. | R$ 28,00

14x21 cm | 176 pp. | R$ 22,00

Perda de pessoas amadas

O fotógrafo dos espíritos

Apresenta a mensagem consoladora do Espiritismo e vai ajudá-lo a encarar a morte de um ente querido de uma forma menos dolorida, trazendo compreensão e fortaleza. Você vai perceber que o túmulo nos separa apenas fisicamente das pessoas que amamos, pois elas continuam vivas e estão ligadas a nós por meio dos laços de amor.

Resultado de intensa pesquisa sobre os fenômenos de efeitos físicos, notadamente os de materializações, apresenta a visão de autores renomados e relatos de diversas experiências com médiuns como Otília Diogo, Antônio Feitosa, Waldo Vieira e Chico Xavier, fartamente ilustrados com fotografias autênticas.

Armando Falconi Filho

Autoajuda

16x23 cm | 160 pp. | R$ 22,00

Nedyr Mendes da Rocha

Mediunidade

14x21 cm | 208 pp. | R$ 24,00

Aprendendo com Nosso Lar

Quando o amor é o remédio

A proposta do autor é que a obra de André Luiz seja estudada com atenção, para que se alcance todo o ensinamento que ela apresenta. A cada capítulo, destaca um detalhe da história e esclarece sobre assuntos de grande interesse para nos conhecermos mais e nos melhorarmos para a vida espiritual.

Neste envolvente romance, você vai conhecer as desventuras e as aventuras de Márcio, que começam com uma difícil situação, comum no dia a dia das famílias: a não aceitação da sua escolha sexual. Todo o apoio recebido posteriormente, inclusive de amigos espirituais, faz com que ele persiga o seu maior sonho.

Pedro Santiago | Dizzi Akibah (espírito)

José Lázaro Boberg

Doutrinário

14x21 cm | 200 pp. | R$ 24,00

Romance mediúnico

15,5x21,5 cm | 232 pp. | R$ 25,00

Contos da vida

Cláudio Emanuel Abdala

Histórias que conseguem surpreender e atingir com grande emoção o leitor. Abordando temas como racismo, eutanásia, adoção, ingratidão de filhos que abandonam os pais em asilos, reencarnação e experiência durante o coma, o autor oferece uma maravilhosa viagem pela grande e envolvente aventura chamada VIDA. Contos | 14x21 cm | 152 pp. | R$ 21,00

4

Revista de Livros EME


Lançamentos Viva bem, sem depressão!

Vítimas da vingança

Eliana Floriano | Emílio (espírito)

Severino Barbosa

Romance mediúnico

14x21 cm | 264 páginas | R$ 26,00

Tudo pela música

Wanda A. Canutti | Eça de Queirós (espírito)

Para encontrar novas oportunidades e se dedicar ao grande sonho de sua vida – tornar-se exímio pianista e importante compositor –, Antonino tem que abandonar a casa e sua amada mãe, por determinação do pai. Mas como ele se comportará diante das tentações e dos desafios encontrados ao longo do caminho?

Ensina como é possível substituir cada um dos sentimentos inferiores – medo, culpa, inibição, amargura, frustração e tantos outros – por sentimentos de reconhecimento a Deus e de gratidão por nos proporcionar sempre novas oportunidades. Apresenta ainda um ‘antídoto’ à depressão, com 60 conselhos úteis.

Autoajuda

14x21 cm | 144 pp. | R$ 20,00

Estudo romanceado

14x21 cm | 192 páginas | R$ 22,00

O drama de um desconhecido

Luiz Gonzaga Pinheiro

História da família de Andrew, que é filho adotivo. Por vingança, o charreteiro Thomas rapta a irmã de Andrew, Katryn, que é dada como morta. Este acontecimento modifica completamente a vida da família, que se vê envolta por mais vingança e morte. Amigos espíritas, porém, servem de apoio e orientação.

Romance mediúnico

14x21 cm | 248 páginas | R$ 26,00

A história acontece numa região de intenso sofrimento, onde espíritos cruéis aprisionam e escravizam recém-desencarnados. O complexo de prédios, dirigido por poderoso espírito, é amparado por alta tecnologia e muitos obstáculos. Mas a atuação do grupo de atendimento soluciona o complexo caso de obsessão.

Destino: determinismo ou livre‑arbítrio? | Wilson Czerski Para responder à fascinante questão, o autor se baseia nas obras de Kardec e em renomados filósofos e autores, além de trazer a opinião de outras religiões. Comparando de maneira convincente o determinismo e o livre-arbítrio, apresenta ainda casos atuais, analisados de acordo com a lei de causa e efeito. Estudo doutrinário | 16x23 cm | 336 pp. | R$ 29,00

Os bichos da floresta mágica | Wilma Stein | Palhacinho (espírito) | Ilustrações de Nori Figueiredo Histórias que divertem e ensinam com simplicidade: O palhaço Pirilim-Pim-Pim; Dona Cigarrilha e a formiga Arrasta-Folhas; Dona Amarilda e o tatu Bolão; O bicho-preguiça e o pica-pau; O lobo guará e a fada Vida; Muti, a ratinha leviana; A pavoa Siva e o gavião Olho Grande; A arara Ara e o periquito Amália. Infantojuvenil | 16x23 cm | 96 pp. | R$ 19,00

www.editoraeme.com.br

5


Entrevista

[

Mônica Aguieiras Cortat Desde muito cedo, Mônica compõe músicas em português, espanhol e

inglês, que acredita serem intuídas, e escreve poemas e crônicas, obtendo premiações dos treze aos vinte anos. Atuou ainda como colaboradora do jornal O Colatinense, de Colatina, ES. Lançou dois CDs com músicas de compositores consagrados e algumas próprias. Mônica tem hobbies que ajudam as pessoas. “Sou dedicada à aromaterapia, manipulo óleos essenciais e dou de presente quando vejo que alguém precisa”, diz. “Gosto muito também da parte de cosmética... gosto muito de produtos naturais. E outro hobby é o das biojoias.” Sobre o Espiritismo, ela comenta: “Tem grande importância na minha vida. Durante grandes períodos me senti muito só. Os amigos espirituais me ajudaram muito, e tiveram muita paciência comigo.” Além do lançamento, psicografou o livro Cartas à Júlia, do espírito Clara.

Mônica Aguieiras Cortat Como é a participação do espírito Ariel em seu trabalho de psicografia? Ariel é o meu “pai espiritual”, ele mesmo se denomina assim. Tanto Clara, de Cartas à Júlia, como Olavo, de Quando vier o perdão, habitam na mesma colônia espiritual, num grupo de amigos que se reúnem e contam suas histórias uns para os outros, para transmitir ensinamentos cristãos e a caridade. Ariel me lembra que o nosso verdadeiro lar é lá, e que passamos muitas vezes mais tempo no mundo espiritual do que no físico. É ele quem reúne os amigos e decide qual história deve ser contada e a sua sequência.

Sabia antes de alguns acontecimentos? Não foi difícil. Depois que você se acostuma, as coisas vêm de um jeito mais fácil. Me emocionei e chorei muito em algumas cenas, e a história foi por um rumo completamente diferente de qualquer coisa que eu tivesse pensado. Boas risadas também aconteceram, principalmente com a Januária... Quanto aos acontecimentos, nem em sonho eu imaginaria o que aconteceu. O personagem de Roberto é de uma complexidade tal que me assustou bastante. E, no entanto, basta ver os jornais para nos depararmos com pessoas de natureza muito parecida.

Você tem informações sobre quem é o es‑ pírito Olavo e qual a sua ligação com ele? Não tinha ligação com Olavo, mas ele é uma forte presença na psicografia. Enquanto Clara era suave, Olavo tinha sentimentos mais intensos. Enquanto escrevia o livro,

Durante a psicografia, você teve contato com algum personagem do livro e com o ambiente da história? Eu me sentia como no meio de uma peça teatral. As expressões dos personagens, o cheiro dos ambientes, os sentimentos deles...

O papel dos romances é fazer com que as pessoas percebam como o mundo espiritual é muito mais presente do que se imagina acontecia uma coisa engraçada: ele me pedia para colocar música de câmara. Gostei muito dele, embora lamentasse algumas de suas decisões. Como foi o trabalho de psicografia com Olavo? Você se emocionou com a história? 6

Revista de Livros EME

Ninguém hoje pode imaginar o que era uma senzala: o chão de terra batida, o esgoto a céu aberto bem perto de onde eles dormiam, as esteiras de palha úmida, os ganchos toscos de metal onde penduravam as suas roupas. E tudo isso na época era considerado “nor-

nasceu em Vitória, ES, e reside em Florianópolis, SC, onde frequenta casas espíritas. Como ela mesma diz, é mãe de duas lindas moças: Brisa e Flora. Formada em administração de empresas e pós‑graduada em contabilidade (Análise de Balanço) na Faculdade de Ciências Econômicas de Colatina (Facec), atua como funcionária pública no Ministério da Saúde.

mal”, como achamos “normal” hoje que em nossa sociedade ainda existam mendigos e crianças abandonadas. O cheiro de algumas ervas de Pai Sebastião era puro. Olavo era realmente um moço de muito boa aparência – parecido com o da capa do livro, e Lúcia tinha um cheiro de água de colônia da época: ora lavanda, ora rosas. Alguma coisa mudou na sua compreen‑ são da vida, durante o processo de psicogra‑ fia do livro? Sim. O personagem Estevão me ensinou muito, assim como o próprio Olavo, sobre a importância de perdoar as falhas alheias. A frase de Pai Sebastião no início do livro, “Quem acredita que a injustiça sempre vence, não conhece os caminhos de Deus”, foi muito esclarecedora. Quantas vezes nos irritamos com os outros e os seus atos ruins? Quantas vezes ouvimos alguém dizer que não existe punição para os maus? Na realidade, eles me dizem que Deus não pune,


Quando vier o perdão

Mônica Aguieiras Cortat | Olavo (espírito) Nesta trama que se passa na época do Brasil colônia, Rafael, um poderoso e rico senhor de engenho, deixa aos seus dois filhos grande fortuna em terras e gado. Os irmãos veem‑se divididos na direção das terras. A irresponsabilidade de Roberto, que é ambicioso e fútil, quase os leva à falência. E inconformado, ele arquiteta a morte do irmão Olavo. Está presente ainda a trajetória do escravo Estevão, órfão desde tenra idade e pessoa extremamente amorosa. Estevão e Olavo desenvolvem desde a primeira infância uma profunda e sincera amizade, que o tempo fortalecerá. 16x23 cm | 336 páginas | R$ 28,00

mas ensina. É só uma questão de tempo, e o sentimento que devemos ter com quem nos prejudica intencionalmente deve ser o de pena. Nosso mestre amado nos ensinou que o perdão deve ser sempre exercido, e tinha toda a razão. Você acredita que os romances espíritas têm tanta importância quanto os livros de estudo da doutrina? Ariel me diz que “os livros de estudo da doutrina devem ser a base para qualquer aprendizado espírita. Nada pode lhes tirar essa importância fundamental e única, pois são obras de significado divino, com um papel que nunca deve ser outorgado. Servem como bastião de nossa fé”. O papel dos romances é fazer com que as pessoas percebam como o mundo espiritual é muito mais presente do que se imagina. Os livros de estudo possuem uma linguagem belíssima, mas que algumas pessoas podem achar de difícil compreensão. Os romances devem nos aproximar desses ensinamentos, e buscar uma identificação com o leitor. O que o espírito deseja transmitir aos lei‑ tores com essa obra?

Eles ficam muito felizes quando publicados, pois conseguem transmitir suas experiências nesse nosso plano. Transmitem fé, esperança, consolo, além de expandir nosso conhecimento sobre o mundo espiritual. Alguns deles acreditam que, transmitindo inclusive seus enganos mais penosos, podem vir a ajudar na reflexão das pessoas que se encontram em situação parecida. O livro se passa na segunda metade do século 19, e trata também da escravidão. Como é lidar com um assunto tão delicado quanto o preconceito? Quem estuda o Espiritismo sabe da inutilidade de qualquer tipo de preconceito. Ao reencarnarmos, conforme a bondade do Criador, passamos pelas mais diversas provas, para fortalecimento de nosso espírito. Logo, encarnamos em raças diferentes, sexos diferentes, posições sociais diferentes. Cada uma dessas encarnações carrega consigo uma realidade diversa e um aprendizado único. É um assunto delicado, sem dúvida, e devemos respeitar a limitação que alguns de nossos irmãos ainda possuem na falta de aceitação de seu próximo, mas não podemos mais admitir que um ser humano seja discrimi-

nado por uma situação física ou financeira. A caridade verdadeira trata disso, e a nossa sociedade finalmente está evoluindo nesse ponto. O que era normal antes, hoje já é visto com bastante reserva. Qual a importância do perdão em nosso processo evolutivo? O perdão é, antes de tudo, um benefício para quem perdoa. No plano espiritual, quando nos deparamos com nossas falhas em encarnações anteriores, vemos que de fato não temos o direito de julgar o outro. Deus é generoso e favorece mesmo ao menor de Seus filhos, e perdoando os erros alheios, nos aproximamos mais d´Ele. Quais são seus próximos projetos? Estou atualmente psicografando outra entidade da Colônia, que se chama Cora, e na última encarnação ela foi uma “mestiça” de índios do sul do Brasil e de italianos que colonizaram essa região. Nasceu uma bonita moça de pele clara, olhos muito verdes e cabelos negros, mas sua característica mais marcante é que possui uma mediunidade bastante parecida com a de Chico Xavier. www.editoraeme.com.br

7


Infantis / Juvenis O estojo de Chico | Maria Ida Bachega Bolçone | Ilustrações de Nori Figueiredo No estojo de Chico, todos vivem em harmonia. Ao ganhar uma lapiseira, a vida no estojo se modifica. A lapiseira deseja apenas servir em grandes tarefas. Mas após uma brincadeira mais audaciosa, Chico tem um sonho com a borracha, que lhe traz ótimas lições, bastante úteis, também, para a lapiseira. Infantil | 21,5x15,5 cm | 40 pp. | R$ 15,00

A vida ensinou | Maria Ida Bachega Bolçone | Ilustrações de Rita Foelker A autora produziu este livro “mergulhando profundamente nas lembranças de sua infância: a mangueira da vovó, o cheiro de quintal de terra molhada pela chuva, o sabor das frutas apanhadas no pé...”. São excelentes contos, que agradam crianças, jovens e adultos, adequados para a leitura diária, para aulas de educação espírita e para o evangelho no lar. Juvenil | 14x21 cm | 224 pp. | R$ 19,00

A poderosa oração de Jesus | Wilma Stein | Espírito Vovô Sabino | Ilustrações de Danilo R. Perillo Conheça Luisão, um menino bonito, forte e alto, de bom coração, mas com uma dificuldade: não levar desaforo para casa. Depois de uma briga com o amigo Clóvis, Luisão conversa com a mãe, que passa a explicar a ele cada um dos trechos do Pai Nosso, e esse aprendizado faz o menino repensar suas atitudes. Juvenil | 14x21 cm | 88 pp. | R$ 15,00

Criança quer saber... | Fátima Moura (texto e ilustrações) Esta obra esclarece a pais, professores e evangelizadores, por meio das perguntas mais frequentes feitas pelas crianças e que são respondidas com base na doutrina espírita. Ideal para ser usado também no culto do evangelho no lar ou em qualquer momento onde o estudo possa ser empregado de forma direta e objetiva. Infantojuvenil | 20,5x20,5cm | 108 pp. | R$ 20,00

Dois olhinhos – o menino que veio das estrelas Jairo Capasso | Ilustrações de Vinicius Giacomini

Paulinho sempre apreciou as estrelas. Por isso, à noite tinha um ‘compromisso’ no jardim. Foi graças a esse hábito que conheceu um amigo especial, que lhe ensinou a importância de viver com amor e solidariedade. A lição que Dois Olhinhos deixou traz a esperança de que a Terra seja um mundo mais feliz. Infantil | 15,5x21,5 cm | 40 pp. | R$ 13,00

Mãe é mãe | Rita Foelker (texto e ilustrações) O lado mais interessante da mãe é aquele em que ela se revela como ser humano: às vezes ela é super, às vezes vira uma fera ou deixa aparecer a menina dentro dela. Este livro fala dessa mulher que, por amor, sempre quer o melhor para os filhos, e também das delícias e agruras da relação mãe-filhos. Infantil | 14x21 cm | 24 pp. | R$ 15,00

A saga do Planetinha Azul

Isabel Scoqui | Ilustrações de Gabriel Góes e Nori Figueiredo

O que estaria acontecendo com o Planetinha Azul? Olhando mais de perto, o Governador da Galáxia descobre e decide ajudar, com o apoio de seus auxiliares. O principal desafio era a atitude dos “homenzinhos de óculos escuros”. Mas quem seriam eles? E qual seria a melhor solução para o Planetinha ficar feliz? Infantil | 21,5x15,5 cm | 20 pp. | R$ 14,00

8

Revista de Livros EME


Destaque

A contribuição do Espiritismo para uma vida melhor [ o

espírito emmaNuel, no livro que leva o seu nome, psicografado pelo médium Chico Xavier, afirma que “o Espiritismo não é somente o antídoto para as crises que perturbam os habitantes da Terra; os seus ensinamentos salutares e doces reerguem, nos desencarnados, as esperanças desfalecidas à falta de amparo e de alimento; é aí que a doutrina edifica os transviados do dever e os sofredores saturados desses acerbos remorsos que somente as lágrimas fazem desaparecer”. A Editora EME procura constantemente levar ao público estes ensinamentos, por meio dos mais variados estilos de livros espíritas, como romances, estudos, mensagens e muitos outros, incluindo as obras de Allan Kardec e de autoajuda. Recentemente lançamos duas importantes obras que valorizam a importância de se viver bem, feliz e cada vez com mais saúde.

Jamiro dos Santos Filho, que reside em Araguari, MG, e é diretor do Centro Espírita e do Centro Educacional Nosso Lar, assina o livro A fórmula da felicidade, onde apresenta e enriquece ‘fórmula’ dada em palestra de Jerônimo Mendonça – o mineiro que ficou conhecido como “O Gigante Deitado” e que é um exemplo de aceitação, alegria contagiante e fé inabalável. Viva bem, sem depressão! é o lançamento de Severino Barbosa, que mora em Pernambuco e participa ativamente do movimento espírita do estado. Na obra, o autor explica a importância do conhecimento espírita e dos ensinos de Jesus para mudarmos os nossos sentimentos, além de apresentar 60 importantes conselhos para aqueles que sofrem com a doença e querem finalmente viver bem.

www.editoraeme.com.br

9


Estudos O homem que conversou com os espíritos

Fundamentos da doutrina espírita

Por meio de pesquisa em mais de 25 livros e na coleção completa da Revista Espírita, apresenta um passeio instrutivo pelos fatos que marcaram a vida e a obra de Allan Kardec, além de um exame dos princípios essenciais do Espiritismo, e da sua contribuição para a transformação moral dos seres humanos.

Estudo para aqueles que desejam conhecer o mundo fascinante dos espíritos e os conceitos doutrinários básicos. O escritor espírita Donizete Pinheiro comenta que é “um livro que os centros espíritas deveriam ter à disposição de quem chega precisando de informações elementares sobre o Espiritismo”.

José Benevides Cavalcante

Geziel Andrade

16x23 cm | 256 pp. | R$ 26,00

13x18 cm | 176 pp. | R$ 19,00

O perispírito e suas modelações

Conheça a alma dos animais

Com este trabalho o autor vai mergulhar mais fundo no fascinante oceano espiritual. Obra imperdível para conhecer sobre o perispírito, suas modelações e os reflexos das atitudes no corpo espiritual. “Uma notável contribuição para o espiritismo brasileiro”, no dizer do escritor Ariovaldo Cavarzan.

Despertado por casos presentes na mídia, o autor pesquisou em fontes seguras, como os livros de Kardec, Delanne, Denis e Bozzano, desenvolvendo importante trabalho, com temas como a semelhança entre o homem e os animais, a inteligência e os sentimentos dos animais e a sobrevivência da alma animal.

Luiz Gonzaga Pinheiro

16x23 cm | 352 pp. | R$ 29,00

Severino Barbosa

14x21 cm | 168 pp. | R$ 19,50

Como aprendemos? – teoria e prática na educação espírita

Princípios renovadores da alma Cláudia Maria Navarro

Lucia Moysés

14x21 cm | 160 pp. | R$ 19,00

O que é preciso saber para ensinar bem? O que acontece na mente de quem aprende? Como atingir a todos? Essas e outras questões são apresentadas de forma clara, permitindo que se ponham em prática as inúmeras sugestões apresentadas. Livro ideal para educadores espíritas de crianças, jovens e adultos.

15,5x21,5 cm | 256 pp. | R$ 26,00

Passeio através da história da religiosidade, mostrando a evolução do pensamento que tornou o homem apto a receber a terceira revelação. Explica ainda, de forma simples e elucidativa, princípios fundamentais do Espiritismo, e como eles podem auxiliar no entendimento do mundo e da vida do espírito.

Um novo olhar sobre o Evangelho Beatriz P. Carvalho

Com novos olhos, abertos com o conhecimento espírita, apreendemos com facilidade todas as verdades contidas nas palavras de Jesus. Por meio da leitura deste livro, novas luzes se farão presentes, mostrando a clareza e simplicidade de verdades eternas, prontas para conduzir a um estado permanente de paz. 16x23 cm | 376 pp. | R$ 31,00

10

Revista de Livros EME


Mensagens / Autoajuda Enquanto temos tempo

A conquista da felicidade

Frequentemente alegamos pouco tempo para realizar tudo o que queremos. Estamos, porém, despertos para a maior necessidade das nossas vidas, que é conquistar verdadeiros valores espirituais? O autor traz histórias e textos inspiradores, provocando reflexões sobre as nossas atitudes, enquanto temos tempo.

Mensagens esclarecedoras e muito objetivas, que iluminam com novas ideias o caminho diário, trazendo orientações e conselhos oportunos e consoladores. Abertas propositadamente ou ao acaso, cada uma de suas páginas certamente será de grande auxílio nesta que é a conquista mais importante das nossas vidas.

Ricardo Orestes Forni

14x21 cm | 176 pp. | R$ 22,00

Eulália Bueno | Maria do Rosário del Pilar (espírito)

14x21 cm | 248 pp. | R$ 24,00

Multiplicando nossos talentos

O valor terapêutico do perdão

Aborda temas atuais, valorizando a importância da busca pela qualidade de vida. Repleto de conselhos e dicas para o equilíbrio do ser humano, traz ainda deliciosas histórias que ensinam pela leveza, pelos ensinamentos morais e grandes exemplos de vida. Finaliza falando da transição do planeta Terra.

Este livro demonstra que a proposta de Jesus para o perdão incondicional abrange todas as áreas do conhecimento humano. O objetivo é aliar os avanços da pesquisa científica à ação de perdoar, compondo uma espécie de terapêutica, apropriada à nossa saúde espiritual e social, e também mental e orgânica.

Waldenir A. Cuin

14x21 cm | 176 pp | R$ 19,50

Francisco Cajazeiras

14x21 cm | 128 pp. | R$ 19,00

Mensagens de saúde espiritual

A oração pode mudar sua vida

Wilson Garcia

10x14 cm | 124 pp. | R$ 15,00

José Lázaro Boberg

Segundo o escritor Jorge Rizzini, “toda pessoa, sã ou enferma, do corpo ou da alma, devia ter esse livreto luminoso à cabeceira e ler uma mensagem por noite. Estava eu hospitalizado e os dias se passavam, lentos... A leitura (e releitura) muito me ajudou na sustentação do nível vibratório elevado”. 14x21 cm | 280 pp. | R$ 24,00

Será que a oração pode mesmo mudar as nossas vidas? Esse e outros questionamentos são tratados minuciosamente pelo autor, que consegue explicar, de uma maneira simples, como a oração pode nos favorecer no trilhar do caminho sinuoso da vida terrena e esclarecendo sobre o poder do pensamento positivo.

Reportagens da vida

Júlio Cezar Grandi Ribeiro | O Repórter (espírito)

O Repórter, a exemplo do espírito Humberto de Campos, apresenta crônicas agradáveis e irreverentes, que retratam os mais variados aspectos do cotidiano, como relacionamentos familiares, educação de filhos, comportamento no centro espírita e postura diante da mediunidade, levando a importantes reflexões. 14x21 cm | 208 pp. | R$ 22,00

www.editoraeme.com.br 11


Capa

Quem controla o nosso destino? Esta e muitas dúvidas semelhantes são respondidas por Allan Kardec e pelo escritor espírita Wilson Czerski

[

“os

questioNameNtos relativos ao papel desempenhado pelo livre-arbítrio no destino do homem sempre estiveram presentes na minha mente. Era desejo antigo compreender quais os fatores e como eles influenciam na vida das pessoas, não só nos eventos mais importantes, como local de nascimento, família, aparência física e saúde, profissão, casamento, sucessos ou acidentes, mas também as chamadas coincidências, os fatos inesperados e surpreendentes, a possível influência astrológica, os caprichos da sorte – ou do azar, a fatalidade.” Com esta confissão, que nos remete aos nossos próprios questionamentos, Wilson Czerski inicia seu mais recente lançamento, Destino: determinismo ou livre‑arbítrio? Allan Kardec também se preocupou com o assunto, questionando os espíritos e apresentando, na obra inaugural da doutrina espírita, O Livro dos Espíritos, um capítulo inteiro a respeito da “Lei de liberdade”. O homem tem o livre-arbítrio sobre seus atos? Ele goza do livre-arbítrio desde seu nascimento? As predisposições instintivas que trazemos ao nascer não são um obstáculo ao exercício do livre-arbítrio? O organismo tem influência sobre os atos da vida? A deformação das faculdades não tira do homem o livre-arbítrio? A posição social não constitui, às vezes, um obstáculo à total liberdade de ação? Todos os acontecimentos da vida são anteriormente determinados, comprometendo desta forma o livre-arbítrio? A desgraça faz parte do destino de pessoas que parecem perseguidas por uma fatalidade, independente da maneira como procedem? Sendo infalível a hora da morte, as precauções que se toma para evitá-la são inúteis? Se a morte não pode ser evitada, o mesmo vale para todos os acidentes que nos acontecem no decorrer da vida? O homem, por sua própria vontade e por seus atos, pode fazer com que as coisas que estavam previstas sejam evitadas? A fatalidade que parece presidir aos destinos materiais de nossa vida seria o efeito de nosso livre-arbítrio? Estas e muitas outras perguntas intrigan-

12

Revista de Livros EME

tes foram feitas pelo codificador, e provocaram respostas objetivas e esclarecedoras dos espíritos. Determinismo x livre‑arbítrio Wilson Czerski, em seu livro, esclarece objetivamente o assunto. Ao analisar o controle do nosso destino, por exemplo, ele comenta: “Embora digam que só as grandes dores e acontecimentos importantes capazes de influir na evolução moral são previstos por Deus, e pareçam referir-se aos demais como consequências menores de decisões do presente, sabemos que, pela lei de causa e efeito, colhemos o que semeamos. Pela perfeição das leis divinas, a vida nos traz de volta aquilo que nós entregamos a ela. Quando alguma coisa acontece em nossa vida por força desta lei, em caráter compulsório, dá-se à revelia de nossa vontade, ao menos naquele momento. Temos o livre-arbítrio de ontem transformado em determinismo de hoje, e isso é diferente de fatalidade. [...] A ação do livre-arbítrio ‘determina’ reações ou efeitos dos quais não podemos fugir. Mas nós não desejamos realmente o que recebemos agora. Foram atos impensados, decisões errôneas, sem avaliação das consequências. Já a fatalidade – nos fatos materiais – decorre de escolhas conscientes realizadas pelo espírito. [...] Albert De Rochas [na obra As vidas su‑ cessivas] confirma que ‘as grandes linhas de

O livre‑arbítrio consiste na escolha da existência e das provações, e, no estado corporal, na capacidade de ceder ou resistir às atrações


Temos o livre‑arbítrio de ontem transformado em determinismo de hoje, e isso é diferente de fatalidade nossa vida são traçadas com antecedência..., porém com certa flexibilidade do ponto de vista dos acontecimentos físicos e uma liberdade muito maior do ponto de vista moral. O homem, entrando na vida terrestre, poderia ser comparado a um marujo que embarca num navio. Sabe-se com antecedência que ele não poderá afastar-se de sua rota e pode-se até precisar, de acordo com as regras conhecidas da disciplina, quais serão os mínimos detalhes de sua vida a cada dia, porém sua liberdade lhe permanece completa para a sua vida espiritual e é unicamente dele que depende sua conduta, que faz dele um bom ou mau marujo. O homem se move e Deus o conduz.’” A conclusão da doutrina espírita Kardec analisava detidamente as informações dos espíritos, e só trazia para o corpo da doutrina os conhecimentos que passassem pelo crivo do “controle universal do ensino dos espíritos”, explicado na introdução de O Evangelho segundo o Espiritismo. No final do capítulo sobre a “Lei de liberdade”, ele apresenta o seu resumo teórico da força que move as ações do homem, esclarecendo: “A questão do livre-arbítrio pode ser assim resumida: o homem não é fatalmente conduzido ao mal; os atos que pratica também não estão previamente determinados; os crimes que comete não resultam de uma sentença

do destino. Ele pode, por provação e por expiação, escolher uma existência em que sentirá as seduções do crime, seja pelo meio em que se encontra, seja por circunstâncias inesperadas, mas ele é sempre livre para agir ou não agir. Assim, quando se está no estado de espírito, o livre-arbítrio consiste na escolha da existência e das provações, e, no estado corporal, na capacidade de ceder ou resistir às atrações a que somos voluntariamente expostos. Cabe à educação combater essas más tendências. Ela o fará de maneira eficiente quando se basear no estudo aprofundado da natureza moral do homem. [...] Sem o livre-arbítrio o homem não teria nem culpa do mal nem mérito do bem; isso é de tal modo reconhecido que, no mundo, sempre se dirige a censura ou o elogio à intenção, isto é, à vontade. Ora, quem diz vontade, diz liberdade. [...] A fatalidade, como é vulgarmente entendida, supõe a decisão prévia e irrevogável de todos os acontecimentos da vida, seja qual for a sua importância. Se esta fosse a ordem das coisas, o homem seria uma máquina destituída de vontade própria. Para que serviria sua inteligência, já que seria invariavelmente dominada, em todos os seus atos, pela força do destino? Tal doutrina, se fosse verdadeira, seria a destruição de toda a liberdade moral; não haveria mais responsabilidade para o homem, e, consequentemente, não mais haveria o bem nem o mal, nem crimes ou virtudes. Deus, soberanamente justo, não poderia castigar sua criatura por erros que não dependessem dela, nem recompensá-la por virtudes das quais não teria o mérito. Tal lei seria, além disso, a negação da lei do progresso, pois o homem, que iria esperar tudo do acaso, nada tentaria para melhorar sua situação, pois isso não lhe acrescentaria ou diminuiria coisa alguma. [...] A fatalidade, portanto, está nos acontecimentos que se apresentam, pois são consequência da escolha da existência feita pelo espírito; ela pode não estar no resultado desses acontecimentos, uma vez que o homem pode modificar seu curso através da prudência. Nunca há fatalidade nos atos da vida moral.” www.editoraeme.com.br 13


Romances Que amor é esse?

A história de Lola Gomes

Trama envolvente, verdadeira e instrutiva. Antônio se apaixona por Adélia. Dulce, sua esposa, desencarna prematuramente e passa a influenciar a família, por não se conformar em ser substituída por Adélia que, no seu entender, rouba o amor do marido e dos filhos. Perguntaremos ao final: Que amor é esse?

Nesta trama envolvente, acompanhe a história de Lola Gomes e Denizard Croset. Suas vidas, em diversas encarnações consecutivas, são provas de que não há efeito sem causa e de que Deus sempre coloca em nosso caminho uma alma boa que nos ajuda em nossa caminhada. Para Lola, foi Rafael essa alma amiga.

Miriam Valle Campos

Wanda A. Canutti | Eça de Queirós (espírito)

14x21 cm | 216 pp. | R$ 23,00

14x21 cm | 192 pp. | R$ 23,00

Planejando existências

Reconcilia‑te primeiro

Muita emoção na história de Antônio, o senhor de escravos conhecido como Barão de Araruna. Depois da morte, ele se vê perdido e é levado para a colônia Recomeçar. O emocionante final começa com a nova existência planejada por Antônio, dessa vez na figura do negro João, à época da Segunda Guerra Mundial.

Descreve as consequências do ódio entre as criaturas, que não termina com a morte física. O desequilíbrio se instala de tal maneira que abre campo à atuação dos espíritos inferiores, desejosos da vitória do mal. Mas o bem vigia, incansável, em nome da misericórdia divina, e a luz invade a sombra, proporcionando novas oportunidades para a vitória do amor.

Edson George Mattos

14x21 cm | 264 pp. | R$ 25,00

Ricardo Orestes Forni

14x21 cm | 208 pp. | R$ 21,00

Sombras no horizonte

Sem nunca dizer adeus

Espírito William

Espírito Dizzi Akibah

O leitor acompanhará, numa linguagem leve, lances típicos da loucura humana, muitas vezes repetindo alguns desses escândalos que esquentam a mídia diariamente. Eventos envolvendo ruínas financeiras, adultérios, disputas por dinheiro, ambição, cobiça e luxúria serão tratados nessa trama envolvente.

Baseado na vida de Ette Lavoisier, narra as aventuras dessa personagem na tentativa de reencontrar o pai, que desaparecera enquanto comandante do exército francês. Amadurecida e corajosa, Ette não se deixou intimidar pelos desafios da vida e pelas influências de personalidades encarnadas ou desencarnadas.

Dauny Fritsch

14x21cm | 256p. | R$ 23,00

Pedro Santiago

15,5x21,5 cm | 272 pp. | R$ 25,00

Amor e perdão

Denise Corrêa de Macedo

Antônio é preso e sua família perde o direito às terras arrendadas. Vítima de maus-tratos, morre na prisão e, revoltado, passa a obsediar seu carrasco. Uma das filhas de Antônio inicia um trabalho de atendimento espiritual a entidades, e um desfecho sábio das leis de Deus modifica os caminhos de seu pai. 14x21 cm | 232 pp. | R$ 22,50

14

Revista de Livros EME


[

Coleção “Túnel de luz” conta agora com cinco importantes relatos

“o apreNdizado de mais de quarenta anos na área mediúnica, período no qual trabalho como doutrinador em reuniões de desobsessão, consta nessa coleção. Nela, o leitor é situado dentro da sala mediúnica, observando a doutrinação, o desempenho dos médiuns, a reação dos obsessores, a atuação dos instrutores espirituais, a performance dos espíritos responsáveis pela proteção dos trabalhadores e toda a dinâmica que envolve uma obsessão complexa”, comenta o autor da coleção “Túnel de luz”, Luiz Gonzaga Pinheiro, no recém-lançado quinto volume, intitulado O drama de um desconhecido. A obra aborda de forma romanceada um caso de obsessão, onde suicidas, estupradores e assassinos acabam sendo vítimas de espíritos cruéis que os aprisionam e escravizam, transformando-os em estátuas vivas ou em figuras assustadoras, utilizadas como armas de proteção contra invasões.

Luiz Gonzaga comenta que se trata da “história de um estranho que veio da escuridão e pediu socorro à luz para libertar-se do cativeiro em que se encontrava. Seu grito foi ecoado entre mil outros, sendo ouvido pelos bons espíritos, que o velaram em seus corações sob caridoso silêncio”. O grupo seguiu de maneira firme o atendimento, até encontrar uma solução para o caso. Não perca o relato!

Novos autores A equipe de autores da Editora EME conta agora com quatro novos integrantes, como forma de mantermos firme o nosso ideal de divulgar a doutrina espírita com obras de qualidade doutrinária e editorial. Armando Falconi Filho nasceu em Astolfo Dutra e reside em Juiz de Fora, MG. Tem dois livros publicados na sua área profissional, lançando agora Perda de pessoas amadas, baseado nas Reuniões de Entes Queridos da FEAK – Fundação Espírita Allan Kardec. Idealizador do Projeto Campo da Paz, na cidade de Salvador, BA, Cláudio Emanuel Abdala é autor de livros de poesias e lançou o seu primeiro livro espírita, Contos da vida, onde oferece uma maravilhosa viagem pela grande e envolvente aventura chamada vida. Desencarnado em 2010, Nedyr Mendes da Rocha nasceu em Niterói, RJ, e adotou Campinas, SP, para viver. Com presença marcante no movimento espírita, deixou o livro O fotógrafo dos espíritos como uma contribuição ao estudo da vasta fenomenologia espírita. Wilson Czerski é natural de Ponta Grossa, e reside em Curitiba, PR. Editor e articulista do jornal ComunicAção Espírita, da ADE-PR, lança agora o seu terceiro livro espírita, Destino: determinismo ou livre‑arbítrio?, abordando importante tema espírita. www.editoraeme.com.br 15


de Autor para Autor

Wanda Canutti

continua presente na vida de seus leitores

[

por Ricardo Orestes Forni* A professora Wanda Canutti era da bela cidade de Araraquara, cidade da minha esposa Déborah. Não conheci a professora. Ou será que posso dizer que sim, que a conheci muito bem, até mesmo na intimidade de seus mais recônditos pensamentos? Por que a dúvida? Muito simples. Nessa avalanche de livros que a doutrina espírita recebe, os bons livros se destacam por possuírem o timbre inconfundível de seus autores. Trazem o corpo daquele que os escreveu, desintegrado em letras e pensamentos. Expõe a alma sem subterfúgios. Entendo assim porque me valho de uma definição do que seja o escritor contido, no livro de Rubem Alves, Se eu pudesse viver minha vida novamente... (Editora Verus): “A literatura é um processo de transformações alquímicas. O escritor transforma – ou, se preferirem uma palavra em desuso, usada pelos teólogos antigos, o escritor transubstancia – sua carne e o seu sangue em palavras e diz aos seus leitores: ‘Leiam! Comam! Bebam! Isso é minha carne! Isso é meu sangue!’ A experiência literária é um ritual antropofágico. Antropofagia, não gastronomia. É magia. Come-se o corpo de um morto para apropriar-se de suas virtudes. Não é esse o objetivo da eucaristia, ritual antropofágico supremo? Come-se e bebe-se a carne e o sangue de Cristo, para se ficar semelhante a ele. Eu mesmo sou o que sou pelos livros que devorei... E, se es-

Por isso disse, no início, que conhecia a professora Wanda, mesmo desconhecendo-a pessoalmente, pela entrega que fazia através dos seus livros. Deixava-se ser assimilada intensamente, a tal ponto de fundir-se com aqueles que tiveram o prazer e a felicidade de tomar contato com a obra que ela nos deixou na doutrina espírita. Foram vários livros, todos editados pela Editora EME: Almas a caminho da reden‑ ção, Amor e sacrifício, Depende de nós, Em nome de Deus – um episódio da Inquisição, Mariana ou Marie Anne?, Medida drástica, O amor sempre vence, O valor das experiên‑ cias, Que amor é esse?, Renascendo do ódio, Sempre é tempo, o lançamento Tudo pela música e o best‑seller Getúlio Vargas em dois mundos. Esse último, agora em sua 21ª edição, completou o impressionante número de 50 mil exemplares publicados, constituindo-se em um dos principais sucessos da editora. O clube do livro de Tupã, no interior de São Paulo, teve a oportunidade de lançar vários desses títulos aos seus leitores, sendo todos recebidos com muito carinho pelos associados. Como médium, a professora Wanda realizava dois mecanismos de entrega: primeiro o de si mesma, e segundo o mecanismo de captação daquilo que o espírito Eça de Queirós, consagrado escritor por-

Pela entrega de que se fez portadora aos seus leitores, a médium Wanda Canutti continua mergulhada na vida de todos nós crevo, é na esperança de ser devorado pelos meus leitores.” Rubem Alves lançou mão da figura da eucaristia porque, além de poeta, filósofo e pedagogo, é também teólogo. Essa imagem é de intensidade compatível para descrever a entrega do escritor para o seu leitor. 16

Revista de Livros EME

tuguês e companheiro de outras jornadas, lhe ditava para que fosse transferido para os leitores. A vida física da autora foi muito rápida para os valores que possuía. Entretanto, ela recebeu os talentos e soube muito bem aproveitá-los na sua última jornada. Mes-

Wanda Albertini Canutti nasceu em 1932 na cidade de Araraquara, SP, onde realizou seus estudos desde as primeiras letras, atuou profissionalmente como professora e onde desencarnou em 2004.

Embora tenha recebido dos pais os ensinamentos básicos do Espiritismo, não havia ainda assumido qualquer compromisso com a doutrina, até o momento em que sentiu os apelos para o despertar das faculdades mediúnicas. Isso ocorreu quando, acometida por sintomas gerados por influências espirituais, acabou sendo levada ao Centro Assistencial Batuíra. Por meio de muito estudo, educou sua mediunidade e deu início ao seu trabalho espírita. Dezenove anos depois, recebeu de uma entidade a informação de que deveria se preparar, pois em breve passaria a trabalhar com a psicografia, não sem antes passar por um longo período de treinamento. Somente após um ano, ao término do primeiro livro, o espírito se identificou como Eça de Queirós. Ligados há muito por laços de afetividade, o trabalho de ambos resultou em diversos livros, todos publicados pela Editora EME.


mo com tal aproveitamento, porém, ficamos a sentir que foi muito de repente sua passagem entre nós, tão de repente como nos ensina a poesia de Vinicius de Moraes: “De repente do riso fez-se o pranto Silencioso e branco como a bruma (...) De repente da calma fez-se o vento (...) De repente, não mais que de repente Fez-se (...) de sozinho o que se fez contente Fez-se do amigo próximo o distante (...) De repente, não mais que de repente”

De repente, a vida material libertou a professora Wanda, não mais que de repente. Nascida em 1932 na cidade de Araraquara, ali realizou seus estudos e viveu até 2004, ano de sua desencarnação. Entretanto, a morte teve a sua tarefa frustrada. Pela entrega de que se fez portadora aos seus leitores, ela continuou mergulhada na vida de todos nós. A morte levou o corpo, mas seus leitores roubaram-lhe a alma, que continua viva em

Nessa avalanche de livros que a doutrina recebe, os bons se destacam por possuírem o timbre inconfundível de seus autores

Amor e sacrifício

14x21 cm | 288 pp. | R$ 26,00

tudo de bom que por meio dela conosco ficou. De repente, não mais do que de repente, a morte perdeu e a vida ganhou... *ricardo orestes ForNi é autor da Editora EME desde 2002, quando lançou o romance Voltou pela lei do amor. Nascido em 1947 na cidade de São José do Rio Preto, SP, mora há 37 anos em Tupã, SP. É casado com Déborah Elyana Iost, com quem tem os filhos Tatiana e Ricardo. Palestrante, apresenta o programa radiofônico Momento Espírita e coordena o Clube do Livro Espírita “Jerônimo Mendonça”. Formado em medicina, com especialização em anestesiologia e pós-graduação em medicina do trabalho e do tráfego, atua como médico na rede pública. É autor dos livros Bom dia mesmo!, É impossível morrer, Enquanto temos tempo, Reconcilia‑te primeiro, Semeadura e colheita, Sempre existirá esperança, Um admirável mundo bom e Voltou pela lei do amor.

O amor sempre vence 14x21 cm | 216 pp. | R$ 21,00

O valor das experiências

14x21 cm | 248 pp. | R$ 25,00

Que amor é esse?

14x21 cm | 216 pp. | R$ 23,00

Renascendo do ódio 14x21 cm | 272 pp. | R$ 25,00

Tudo pela música

14x21 cm | 264 pp. | R$ 26,00

Itália. Século 19. Famílias cercadas de preconceitos e autoritarismo. Antonino se vê obrigado a seguir uma vida que não lhe agrada, mas, guiado pelo imenso amor que tem pela música, persegue até o fim o seu grande sonho. Numa trama que prende do começo ao fim, com muitos ensinamentos espíritas, Eça de Queirós narra também os acontecimentos na espiritualidade, apresentando ao leitor momentos de grande emoção e que tocam a sensibilidade.

Sempre é tempo

14x21 cm | 288 pp. | R$ 28,00

Getúlio Vargas em dois mundos

16x23 cm | 344 pp. | R$ 30,00

www.editoraeme.com.br 17


Artigo

Rubens Toledo

De Arigó a Berbel. O caso Gianecchini

[

eNquaNto NathaNael BeN elias

vangloriava-se na taberna do corpo recuperado, disposto a retomar a taça dos prazeres da qual se afastara por pertinaz paralisia, Pedro, o Simão, exultava ao lado do Mestre pela tarde de curas e prodígios. – Senhor! A quantos curastes hoje, em minha casa? – falava o pescador entusiasmado. – Simão... Não compreendes? Não vim ao mundo para pôr remendos novos em roupa velha. A cura da alma deve preceder a cura do corpo... E com tristeza no olhar, continuou Jesus: – Dos que receberam hoje os benefícios da vida abundante, quantos se curaram verdadeiramente? Ben Elias já se encontra de volta aos vícios que lhe paralisaram os membros. E neste momento, retorna à mesma vida de iniquidades e prazeres... O diálogo acima, que trouxemos da me-

Afastado dos palcos, recebe tratamento de passes a distância, ministrados pelo médium João Berbel, que dirige o Instituto Medicina do Além, em Franca, SP, e toma cápsulas fitoterápicas fabricadas no instituto. Não obstante, recebe acompanhamento especializado em hospital na capital paulista. A imprensa acompanha a evolução do tratamento com interesse. A semanária Veja, numa das edições de setembro, estampou a foto do ator na capa, já de cabeça raspada, e trouxe ampla reportagem sobre o trabalho de Berbel. Antes manejando um bisturi, como Arigó, hoje o ex-mecânico não mais utiliza o instrumento cortante. “Agora uso a outra ponta do bisturi”, diz o médium, lembrando que a mudança atendeu a pedido de Chico Xavier. Em recente entrevista ao programa de TV A Vida Continua, a senhora Leida Oliveira,

O Espiritismo não promete curas; oferece o caminho da autocura, os instrumentos para sua reforma moral mória vazado na tradição evangélica, narra a história do paralítico que descera numa maca pelo telhado da casa de Pedro, em Cafarnaum, para que Jesus o curasse. O caso de Ben Elias é emblemático e remete a problemática sempre atual e recorrente. De Arigó a Edson Queiroz, de Rubens Farias a João de Abadiana, a humanidade, como nos tempos do Cristo, continua apelando aos médicos do espaço. O ator Reinaldo Gianecchini, celebridade global, vem vivendo um drama real desde julho passado, quando lhe foi diagnosticado um tipo raro de câncer no sistema linfático.

Dicas bibliográficas da Editora EME 18

1 1 ‑ Terapêutica espírita 2 ‑ Doenças, cura & saúde à luz do Espiritismo 3 ‑ Depressão ‑ doença da alma

“filha adotiva” de Zé Arigó, lembrou outro caso famoso: o atendimento ao filho do cantor Roberto Carlos, que tinha problemas oculares. Leida tem percorrido as casas espíritas para “resgatar” a memória do médium, 40 anos depois de sua morte. “Os espíritas não lhe dão importância, e asseveram que espíritos de luz não precisam de bisturi para curar. Mas Arigó precisava do bisturi para rasgar o véu da incredulidade”, desabafou. A proposta espírita O Espiritismo não promete curas; oferece o caminho da autocura, os instrumentos 2

3

Rubens Toledo é jornalista profissional e presidente da USE Regional de Campinas. Destaca‑se como produtor e apresentador do programa espírita A Vida Continua, exibido pelo canal 8 da TV NET Campinas. Na Editora EME, atua como revisor e preparador de originais.

para sua reforma moral, atuando sobre as matrizes enfermiças. Ao apresentar a realidade da alma imortal, que já peregrinou muitas vidas e lesou corpos, o Espiritismo põe o homem diante da própria consciência. Ao ver-se acometido de um câncer de próstata ou uma cirrose hepática, entenderá que transgrediu uma lei divina, abusou dos sagrados recursos do corpo físico, que lhe servia de abrigo ao espírito em lutas evolutivas. Saberá, então, que a enfermidade do presente é o efeito de uma ação negativa. No entanto, é lícito pedir. Deus quer misericórdia. Em contrapartida, é preciso ter crédito, merecimento e fé sincera. O histórico de Verônica, reconhecida nos evangelhos como a mulher que se curou de hemorragia no simples toque às vestes do Cristo, é o que podemos chamar de sintonia fluídica. A pobre mulher, isolada no preconceito brutal do seu tempo havia doze anos, e considerada imunda, logrou a cura. E o Mestre enalteceu: “Vai, mulher. A tua fé te salvou!” O caso de Verônica, como se vê, tem grande distância com o de Ben Elias. Mas onde está o paralítico de Cafarnaum nos dias de hoje? Equivocado no passado, trabalha na colônia Nova Esperança, sobre a goiana Palmelo. É um dos médicos do espaço, atendendo os enfermos da Terra que como ele, outrora, estão paralisados no erro. O remendo novo apenas disfarçara as vestes velhas de Ben Elias, que não mudara por dentro. Hoje, o paralítico de Cafarnaum enverga a túnica da virtude. Está definitivamente curado.


Os mais vendidos

Os mais vendidos

abril a setembro de 2011

novembro de 2010 a março de 2011

Romance

Renascendo o amor do ódio é o remédio 1º Quando

Pedro Santiago Wanda A. Canutti • Dizzi • Espírito Akibah Eça (espírito) de Queirós A convivênciaecom Desventuras aventuras a família de muda Márcio,todo queocomeçam rumo da união com de Luís uma difícil e Helena. situação, Desentendimentos, comum no dia a dia morte dasefamílias: um sérioa não processo obsessivo aceitação da sua escolha fazem sexual. parte desta trama.

Nas Quando areias vier doopassado perdão

Mônica Aguieiras Cortat Miriam • Olavo Valle (espírito) Campos Rafael deixa aos dois filhos grande fortuna, mas a irresponsabilidade de Roberto quase os leva à falência. Inconformado, ele arquiteta a morte do irmão Olavo.

Que amor éexistências esse? 3º Planejando

Edson George Wanda A. Canutti Mattos Situações História devivenciadas Antônio, o senhor por doisdeirmãos escravos refletem conhecido assuntos como comuns Barão dena Araruna. vida dosDepois jovens. daEmorte, um grande ele seamor vê perdido muda ae é história,para levado coma aColônia descoberta Recomeçar. de novos caminhos.

Que amore éperdão esse? Amor

Wanda A. Canutti •Denise Eça deCorrêa Queirósde(espírito) Macedo

Antônio apaixona pore Adélia. Dulce, suade esposa, Cartas se emocionantes bem-humoradas Clara, desencarna prematuramente passa a influenciar família, endereçadas àefilha Júlia. Enquanto aaprende, por não seinformações conformar em serasubstituída. transmite sobre vida numa colônia espiritual.

Minha cruz, da vingança minha luz 5º Vítimas

Eliana Fritsch Dauny Floriano• Espírito • Emílio William (espírito) História da do família advogado de William Andrew,Treiller, que é filho sempre adotivo. prejudicado por Jack Raymond. Omodificam Acontecimentos destino fazcompletamente William ser o único a vidacapaz da de salvar a que família, filhase devêJack envolta da prisão. por vingança e morte.

Infantil/Juvenil

O saga A estojododePlanetinha Chico Azul

Isabel Scoqui Maria Ida B. Bolcone Uma O quemãe estaria amorosa, acontecendo atenta àcom educação o Planetinha do filho, Azul? utiliza exemplosmais Olhando tirados de da perto, vidaoreal Governador para explicar da Galáxia os trechos descobre do e“Pai decide Nosso”. ajudar, História com ricamente o apoio deilustrada. seus auxiliares.

OCriança sonho de quer Estelinha saber...

Fátima Eulália Moura Bueno Estelinha Livrosentia-se que orienta infeliz, pais,desejava professores conhecer e evangelizadores outros lugaresa e responder, ter destaque. de acordo Até quecom um surpreendente a Doutrina Espírita, encontro às perguntas com um mais cometa frequentes muda para feitas sempre pelas crianças. sua vida.

O estojodas devirtudes Chico 3º 3ºCartilha

Wilma MariaStein Ida Bachega Bolçone Por A vida meiose destes modifica contos no estojo, baseados quando em parábolas Chico ganha e em uma conceitos lapiseiramorais, que sóimportantes quer grandes ensinamentos tarefas. Mas auxiliarão Chico sonha na formação com a borracha, de pequenos que traz e delições jovens leitores. muito úteis.

Criança O sonhoquer de Estelinha saber...

4º 4º

Fátima EuláliaMoura Bueno Estelinha Livro sentia-se que orienta infeliz, pais,desejava professores conhecer e evangelizadores outros lugares e tera destaque. responder,Até de acordo que umcom surpreendente a Doutrina encontro Espírita, às com perguntas um maiscometa frequentes mudafeitas para pelas sempre crianças. sua vida.

A vida poderosa ensinou oração de Jesus

Maria Ida Wilma Stein B.•Bolçone Espírito Vovô Sabino Uma Excelentes mãe amorosa, contos, que atenta agradam à educação crianças, do filho, jovens utiliza e adultos, exemplos tirados adequados da vida para reala para leituraexplicar diária, os para trechos aulas do de “Pai educação Nosso”. História espíritaricamente e para o evangelho ilustrada. no lar.

Mensagem/Autoajuda Mais vida, de pessoas menosamadas ansiedade, mais saúde 1º Perda Joseval Carneiro Armando Falconi Filho Apresenta Seleção especial a mensagem de textos consoladora do autor, com do Espiritismo mensagens e vai de otimismo, ajudá-lo a encarar alegria, a morte paz, encorajamento de uma forma e menos elevação dolorida, da autoestima. trazendo compreensão Inclui o “Vocabulário e fortaleza.para netos”.

2º 2º

Multiplicando A conquista nossos da talentos felicidade

Eulália Bueno • Maria do Waldenir RosárioAparecido del Pilar (espírito) Cuin Mensagens Mensagens esclarecedoras de conforto, orientação e muito objetivas, e esclarecimento, que iluminam onde com situações novasdo ideias nosso o caminho dia a dia diário, são abordadas trazendo com orientações clareza e objetividade, conselhos oportunos segundo ea consoladores. visão espírita.

Mensagenstemos de saúde tempo espiritual 3º Enquanto

Wilson RicardoGarcia Orestese Forni diversos outros autores Estamos A autora volta despertos ao meio paraliterário a maiorespírita necessidade para auxiliar das nossas na batalha Ocontra vidas? autornossos traz histórias piores einimigos: textos inspiradores, nossos medos, hábitos nocivos provocando reflexões e maus sobre pensamentos. as nossas atitudes.

Depressão: doença da alma – as causas espirituais da depressão Reportagens da vida

Júlio Cezar Grandi Ribeiro • Francisco O RepórterCajazeiras (espírito) O autorApresenta esclarececrônicas dúvidas agradáveis sobre a doença, e irreverentes, mergulhando que retratam nas suasrelacionamentos causas mais profundas familiares, – as educação espirituais de–,filhos, sem misticismo comportamento e semnoapelar centropara e outros o sobrenatural. assuntos.

Para falar da com vida Deus 5º Contos José Lázaro Cláudio Emanuel Boberg Abdala

Emociona mensagem Excelente abordando temas de fé ecomo de esperança, racismo, eutanásia, fornecendo recursos ingratidão adoção, espirituaisde para filhos atingir queprofundas abandonam reflexões, os pais em enxugando asilos, reencarnação lágrimas eeharmonizando experiência durante o coração. o coma.

Estudo/Doutrinário fotógrafo dos daespíritos doutrina espírita 1º OFundamentos

Jose Benevides Nedyr Mendes da Cavalcante Rocha Resultado Um passeio deliterário intensapela pesquisa principal sobre obra os fenômenos de André Luiz de eefeitos Chico Xavier. Todas físicos, notadamente as surpresas os de trazidas materializações, diretamente fartamente de Nosso Lar, além de um ilustrado comcompleto fotografias índice. autênticas. Participação de Chico Xavier e Waldo Vieira.

O homem que conversou Aprendendocom comos Nosso Lar espíritos José Lázaro Boberg

Geziel Andrade A cada capítulo, um detalhe da história e esclarecimento Nestas reflexões, o autor, que é magistrado espírita, reflete sobre assuntos de grande interesse para nos conhecermos e sobre como podemos ser melhores no dia a dia, através de melhorarmos para a vida espiritual. uma convivência harmoniosa.

Obsessão sexual – uma espírita 3º Terapêutica porta para a loucura

Geziel Andrade Gonzaga Aborda deLuiz forma didáticaPinheiro todo o contexto das orientações Importante relato do atendimento de Isabelle, jovema doutrinárias e evangélicas, a prece,espiritual a mediunidade curadora, reencarnada Cearáe ea que, aos vinte anos de idade, já é imposição dasnomãos desobsessão. vítima de severa obsessão sexual.

perispírito e suas As O surpresas da cidade modelações espiritual Nosso Lar

Gonzaga Pinheiro Isabel Scoqui eLuiz Marco Antônio Vieira Elaborado a partir de uma pesquisa que durou dez anos. Um passeio literário pela principal obra de André e Chico “Uma notável contribuição para o EspiritismoLuiz brasileiro”, Xavier. Todas as surpresas trazidas diretamente de Nosso Lar, segundo o escritor Ariovaldo Cavarzan. além de um completo índice.

O homem que conversou O perispírito com os espíritos e suas modelaGeziel AndradePinheiro Luiz çõesGonzaga

Por meio dea ampla pesquisa, apresenta um passeio Responde diversas questões interessantes sobre pelos o fatos marcaramnumerosos a vida e a exemplos obra de Kardec, além de tema que e apresenta de manifestações um exame dos princípios espíritas essenciais. inteligentes, emoções e sentimentos dos animais.


Encarar a morte, na teoria, é mais fácil. Porém, ao sermos visitados por ela através de um ente querido, tudo muda. Muitos de nós caímos no desespero, na tristeza, lamentação, choro e até revolta contra Deus. Estas duas obras são portadoras da mensagem consoladora do Espiritismo, ajudando a encarar a morte de uma forma menos dolorida, trazendo compreensão e fortaleza nesse momento tão delicado. As pessoas que amamos continuam vivas depois da morte, e estão ligadas a nós por meio dos laços de amor.

Uma editora que leva o espiritismo a sério Atendimento: (19) 3491-7000 atendimento@editoraeme.com.br www.editoraeme.com.br

Revista de Livros EME • Número 11 • outubro de 2011  

Revista literária espírita e de lançamentos da Editora EME.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you