Page 1


PREÇOS PROMOCIONAIS O ANO INTEIRO Aproveite o preço especial da EME nas compras acima de 50 exemplares, podendo juntar os três títulos O Evangelho segundo o Espiritismo brochura - R$ 6,20 | espiral - R$ 6,50

O Livro dos Espíritos 15,5x21,5 cm • 296 pp. R$ 18,90 (brochura) R$ 20,90 (espiral)

15,5x21,5 cm • 320 pp. R$ 18,90 (brochura) R$ 20,90 (espiral) 15,5x21,5 cm • 360 pp. R$ 18,90 (brochura) R$ 20,90 (espiral)

brochura - R$ 6,20 | espiral - R$ 6,50

O Livro dos Médiuns brochura - R$ 6,20 | espiral - R$ 6,50


e

e d i to r i a l

Juízes e escritores espíritas Arnaldo D. R. Camargo

O

Idealizador e editor da EME

propósito da EME sempre foi dar oportunidade para escritores encarnados publicarem seus estudos e vivências no movimento espírita brasileiro. Nascemos publicando o livro Mensagem de esperança, do professor Celso Martins, seguido de O espiritismo e as igrejas reformadas, do advogado Jayme Andrade. Desde então a Editora cresceu, abriga autores em todo o Brasil, e hoje tem mais de 500 títulos publicados – a segunda editora espírita do país. Entre tantos autores, destacamos nesta edição dois colaboradores com experiência jurídica, não defendendo ou acusando, mas julgando processos: são os doutores Donizete Pinheiro e Dineu de Paula. Donizete é juiz aposentado e começou cedo no espiritismo, aos 9 anos, por conta da mediunidade do pai. Aos 12, integrou o grupo da Mocidade Espírita Hilário, dedicando-se ao estudo das obras básicas. Residente em Marília, é expositor e diretor do Departamento de Doutrina do Grupo Espírita Jesus de Nazaré, mantém o site www. mariliaespirita.jor.br e edita o jornal Ação Espírita.

SUMÁRIO: Sucessos do momento............ 04 l Lançamentos.......................... 05 e Entrevista................................ 06 i Infantis / Juvenis.................... 08 d Destaque................................. 09 E Estudos ................................... 10 m Mensagens / Autoajuda......... 11 c Capa......................................... 12 r Romances................................ 14 h A história do livro .................. 15 n Personalidade......................... 16 v Visão espírita........................... 17 a Artigo....................................... 18 s

Pela Editora EME, publicou seu primeiro livro em 2007, que já está na oitava reimpressão: Terapia da Paz, seguido de Um olhar sobre a honestidade, Contos modernos em tempo de paz, A morte sem mistérios, Quando Deus abre portas e o lançamento Gestão de crises emocionais - uma obra completa sobre como lidar com os sentimentos: “Administrar uma crise pede atitude racional e equilíbrio emocional, que só se conseguem com o tempo, muitas experiências e algumas práticas, que sugerimos no livro, tais como: instrução, meditação, respiração, concentração e reflexão, além de gratidão, oração, vontade e disciplina. Conseguindo calma diante do conflito, será possível refletir sobre as medidas adequadas para a solução”. Dineu de Paula é natural da cidade de Palmeira, no Paraná, e desde a adolescência é espírita. Juiz federal em Curitiba; durante oito anos Dineu fez parte da redação do programa Momento Espírita, produzido pela Federação Espírita do Paraná. É autor de artigos na revista Reformador (FEB) e também nos jornais Mundo Espírita e Norte Espírita. Frequenta a Sociedade Espírita Laços Fraternos, atuando em grupos de estudos e mediúnicos, sendo médium semimecânico. É

FALE CONOSCO Vendas: (19) 3491­‑7000 | www.editoraeme.com.br VIVO (19) 99983-2575 | CLARO (19) 99317-2800 Ana Paula / Cláudia / Cristiane E­‑mail: atendimento@editoraeme.com.br

EXPEDIENTE: Editor: Arnaldo Divo Rodrigues de Camargo Jornalista Responsável: Rubens Toledo – Mtb 13.776 Jornalista: George De Marco Diagramação e arte: Editora EME Impressão e acabamento: Gráfica EME Tiragem: 5.500 exemplares

palestrante em centros espíritas de Curitiba e região, e participa do programa de TV A Vida em Foco, onde responde perguntas do público, faz crônicas e concede entrevistas sobre temas ligados ao espiritismo. Dineu publicou o livro mediúnico pela internet: Cartas ao trabalhador espírita. Pela EME, em 2016 lançou o romance mediúnico Confissões de um sacerdote, ditado pelo espírito padre José Maria, já em 3a reimpressão, com 18 mil exemplares – um sucesso! Por diversos meios, inclusive Facebook, pessoas de várias partes do país têm entrado em contato com a Editora e com Dineu para falar sobre a obra. Seu segundo romance mediúnico tem por título A história de Matilde: “Qual telespectador privilegiado, que pode ver e rever as cenas de um filme, o autor espiritual, Bernardo, relata a trajetória de um grupo de almas ao longo de suas existências na Idade Medieval”. Para nós, da EME, é uma alegria e um privilégio ajudar a trazer à luz a obra desses confrades e fazer a sua merecida divulgação.

SAL Serviço de Atendimento ao Leitor Queremos saber a sua opinião... Envie suas críticas e sugestões para o e­‑mail: sal@editoraeme.com.br ou (19) 3491­‑7000

REDES SOCIAIS Visite os perfis da Editora EME e acompanhe informações e promoções exclusivas:

T www.twitter.com/EditoraEME F www.facebook.com/EditoraEME Y www.youtube.com/Editoraeme I www.issuu.com/editoraeme

As respostas das entrevistas e os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores, e não refletem necessariamente a opinião da Editora EME.


s Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda

s u c e s s o s d o m o m e n to

A difícil arte de perdoar

Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda

Elaine Aldrovandi

Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo

Estudo Estudo

14x21 cm • 192 pp. • R$ 33,50

Américo Domingos Nunes Filho

As “diferentes linguagens do perdão”, as “técnicas que nos auxiliam a perdoar os que nos ofenderam igualmente, libertando-nos das algemas da mágoa e do ressentimento”. Autora também aborda a necessidade do perdão a si mesmo e ainda introduz a ‘oração do perdão’. Obras básicas Obras Obras básicas Obras básicas Obras Obras básicas Obras básicas

O Livro dos Médiuns Allan Kardec - 15,5x21,5 cm • 320 pp.

Reencarnação – questão de lógica 16x22,5 cm • 320 pp. • R$ 41,90

A reencarnação, bênção oferecida a toda a criação, é doutrina da lógica e do bom­ ‑senso. Ante os inesperados e doloridos acontecimentos da vida, ou quando pais aguardam alegria e recebem tristeza, é nessas horas que fala alto o espiritismo, explicando e provando, pela reencarnação, que Deus jamais erra. Biogradia romance Biogradia roma Biogradia romanc Biografia romanceada

Biogradia rom

Brochura R$ 18,90 • Espiral R$ 20,90

Vidas de Yvonne do Amaral Pereira Denise Corrêa de Macedo

Com tradução própria, respeitando a objetividade dos textos originais. Trata do mundo espiritual através da ciência dos espíritos. Kardec imprime-lhe a feição de “estudo sério e completo”, contrapondo a leviandade com que a mediunidade era (e ainda é) tratada à busca de se aprofundar

14x21 cm • 176pp. • R$ 32,50

A trajetória de Yvonne como espírito imortal e o seu testemunho de percalços para controlar seu gênio voluntarioso em prol da própria ascensão espiritual, que pode ser acompanhada em suas obras, onde ela psicografou os fatos de sua vida (ou vidas) para, desta forma, nos deixar

neste tema tão complexo.

grande lição. Doutrinário DouDoutrinário Doutrinário Doutrinário DouDoutrinário

O amor pelos animais

Doutrinário Dou-

Ricardo Orestes Forni

14x21 cm • 176 pp. • R$ 32,50

Aborda o intrigante assunto da alma dos animais, com esclarecimentos valiosos sobre diversos temas relacionados, mostrando a grandeza da criação divina, onde tudo tem o objetivo de evoluir. Apresenta ainda exemplos tirados do relacionamento de pessoas como Chico Xavier e Cairbar Schutel com os animais. Mensagens mediMensagens mediMensagens mediMensagens mediúnicas Mensagens medi-

Hoje

Chico Xavier • Emmanuel (espírito) 10x14 cm • 96 pp. • R$ 13,00

Emmanuel nos traz sugestões que nos auxiliam a tomar as melhores decisões, de maneira a nos sentirmos tranquilos na marcha das ocorrências nascidas de nossas próprias opções. Não são regras, mas novos prismas para sabermos o que estamos fazendo do tempo que nos é concedido hoje. 4

Revista de Livros EME

Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo

Estudo Estudo

Doutrinação para iniciantes Luiz Gonzaga Pinheiro

14x21 cm • 256 pp. • R$ 36,90

Criada e desenvolvida por Allan Kardec, a doutrinação espírita é usada para conduzir à luz os espíritos desencarnados. Neste seu novo livro, Luiz Gonzaga Pinheiro retoma o assunto que, em suas palavras, é “uma das mais belas tarefas da casa espírita”, mas também “uma das mais difíceis de executar”. Mensagem/Autoajuda Mensagem/Autoajuda Mensagem/Autoajuda Mensagem/ Autoajuda Mensagem/Autoajuda

Mensagens de saúde espiritual Wilson Garcia

10x14 cm • 124 pp. • R$ 19,50

Com mensagens que auxiliam na sustentação do nível vibratório elevado, este livro busca acalentar corações, levar paz e tranquilidade a qualquer pessoa, sã ou enferma, do corpo ou da alma, e fazer desabrochar a flor da solidariedade em muitos espíritos encarnados.


l

l a n ç a m e n to s

Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo

Estudo

Estudo Estudo

Romance espírita Romance espírita Romance espírita Romance espírita Romance espírita

O evangelho de Maria Madalena José Lázaro Boberg

Jorge Sincorá dos Santos

14x21 cm • 256 pp. • R$ 34,90

14x21 cm • 208 pp. • R$ 33,90

A figura de Maria Madalena está presente nas reflexões espíritas e muito influenciou seus seguidores. Assim o objetivo da obra não é outro senão o de resgatar-lhe a figura, diante de tantas afirmações imaginárias atuais. Ela foi a esposa de Jesus? Ela foi meretriz? Foi fundadora do cristianismo?

França e Espanha viveram períodos tenebrosos, por força dos brutais acontecimentos que marcaram com sangue seus povos. Os dois países formam o cenário deste romance que conta a história de espíritos que vivenciaram os horrores da Inquisição, cada um com seus comprometimentos.

Doca e o menino - O laço e o silêncio

Romance espírita Romance espírita Romance espírita Romance espírita Romance espírita

Admirável mundo em que vivemos

Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo

Estudo

Estudo Estudo

Wilson Czerski

Wilson Garcia • 14x21 cm • 176 pp. • R$ 32,90

14x21 cm • 272 pp. • R$ 36,90

Esta é uma história cheia de ternura para ser lida com o coração, pois foi o coração que a escreveu com poesia e sensibilidade. O relato emocionado de uma vida difícil, porém vivida em sua plenitude, onde foram aproveitadas todas as oportunidades para crescer, sem esquecer os sonhos e as aspirações. Romance mediúnico Romance mediúnico Romance mediúnico Romance mediúnico Romance mediúnico

Sob as sombras da Inquisição

Um apanhado da atual situação da Terra com seus problemas, seus habitantes, sua fase de transição de mundo de provas e expiação para mundo de regeneração, mostrando-nos como podemos participar dessa transformação e fazer a diferença em busca de um admirável mundo melhor.

Paixão & Sublimação -

história de Virna e Marcus Flávius Ana Maria de Almeida • Josafat (espírito)

Biografia Biografia Biografia Biografia Biografia Biografia Biografia a Biografia Biografia

Triunfo de uma alma Ricardo Orestes Forni • 14x21 cm • 200 pp.• R$ 33,90

14x21 cm • 192pp. • R$ 33,90

Da ascensão do Império Romano à chegada do espiritismo no Brasil, Virna e Marcus Flávius, almas enlaçadas por imensurável amor, serão submetidos ao cadinho das experiências e das provações, e serão lapidados através das múltiplas experiências na carne rumo à perfeição.

Romance mediúnico Romance mediúnico Romance mediúnico Romance mediúnico Romance mediúnico

Yvonne do Amaral Pereira teve imensa força interior para realizar o triunfo de uma alma em sua última reencarnação. Mais do que uma homenagem, este livro é um importante alerta a todos nós viajantes na estrada evolutiva, sobre a colheita da semeadura que realizamos na posse de nosso livre-arbítrio.

A história de Matilde Dineu de Paula • Bernardo (espírito) 16x22,5 cm • 248 pp. • R$ 35,90

A trajetória de um grupo de almas cujas paixões, ao longo de algumas existências, são o combustível para acirradas disputas por terras, títulos de nobreza e fortuna. Assim, muitos cairão por conta das próprias fraquezas, até a redenção perante a própria consciência. w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

5


E

E

E N TREVISTA

Dineu de Paula

m A história de Matilde, novo romance mediúnico de Dineu de Paula, as paixões, sobrepondo-se à virtude, são o combustível para acirradas disputas por terras, títulos de nobreza e fortuna. Assim, muitos cairão por conta das próprias fraquezas, até a redenção perante a própria consciência. “Certas opções feitas com leviandade geram importantes consequências, que terminam por educar e aprimorar os envolvidos”, afirma o autor, na entrevista abaixo. Em O Livro dos Espíritos, capítulo 10, questões 843 a 850 da terceira parte, somos informados que a “nossa liberdade é proporcional ao nosso estágio evolutivo”. Isso nos mostra o quanto é relativo o nosso livre-arbítrio,

pois que respondemos no tribunal de nossa intimidade apenas por aquilo de que somos conscientes. E todos os seres existentes estão sujeitos à mesma lei, onde o limite de sua responsabilidade e liberdade é proporcional à consciência de cada ação. Com A história de Matilde, Dineu e Bernardo, o autor espiritual, deixam claro que cada um tem seu ritmo “para atender ao imperativo da lei do progresso, que sempre termina por se consolidar. Apenas há quem aprenda mais fácil a respeitar as leis da vida, enquanto outros precisam de uma dose maior de tempo e de decepções”. Confira mais sobre este novo romance, na entrevista abaixo:

Qual a principal motivação para escrever O que deseja transmitir aos leitores com A história de Matilde? esta obra? A psicografia deste romance começou anCreio que um dos aspectos mais interestes do lançamento do anterior, Confissões de santes é que as pessoas realmente melhoram um sacerdote. Eu já havia percebido a pre- com o tempo. Às vezes, parece desalentador sença junto a mim do autor espiritual, Ber- verificar a própria lentidão em superar alnardo, há algumas semanas, mas não ima- guma dificuldade. Ou então tem-se tristeza ginava que quisesse escrever algo. Quando com alguém amado que parece insistir em ele chega, é impossível deixar de notar, condutas destrutivas ou infelizes. No curso pois sempre produz uma impressão de paz da narrativa, vai ficando claro que cada um muito grande. Em uma reunião mediúnica tem seu ritmo para atender ao imperativo da que frequento nas manhãs de sábado, ele se lei do progresso, que sempre termina por se aproximou e escreveu o prólogo do livro. consolidar. Apenas há quem aprenda mais Foi um evento rico de emoções, tanto fácil a respeitar as leis da vida, enquanto que tive dificuldade para ler para outros precisam de uma dose maior de os integrantes do grupo o que tempo e de decepções. fora escrito. Entendi que era Fale sobre a obra: o que um novo romance e no qual o leitor irá encontrar O mal alguma coisa do passado neste seu livro? transitório, de Bernardo se revelaria. Ele contém Fiquei curioso em coo relato de fruto do livre-arbítrio nhecer algo da vida quatro encarmal utilizado, sempre de um espírito cuja nações de um simples presença grupo de espíacaba gerando um bem pacifica os outros. ritos. Duas delas maior e permanente À parte essa curiosão descritas com sidade, muito naturiqueza de detalhes, – a evolução ral, e o senso do dever, ao passo que as outras espiritual a história me envolveu e eu duas o são de forma mais apreciei muito a narrativa. Essa sintética, abordando aspecfoi a minha motivação. tos capitais para o desfecho de 6

Revista de Livros EME

certas questões. Os personagens principais são Matilde, uma camponesa que é raptada logo no início do livro, e Arnoldo, o homem que a rapta. O espírito Bernardo principia narrando esta vida, na qual ele também era um camponês, apaixonado por Matilde. Em ordem cronológica, esta seria a segunda reencarnação. Após narrá-la, para viabilizar o entendimento de várias questões, ele descreve a vida anterior dos personagens. Na sequência, narra a terceira e a quarta encarnações. Ao final, é possível entender como alguns vínculos surgiram, envenenaram-se e causaram dores, isso até que se purificaram. Qual a principal diretriz doutrinária que encontraremos em A história de Matilde? Que o livre-arbítrio molda o destino. Certas opções feitas com leviandade geram importantes consequências, que terminam por educar e aprimorar os envolvidos. A liberdade igualmente funciona na rapidez ou na lentidão com que cada um retifica os próprios rumos, para viver em paz. O mal transitório, fruto do livre arbítrio mal utilizado, sempre acaba gerando um bem maior e permanente – a evolução espiritual. Seu primeiro romance, Confissões de um sacerdote, foi escrito em parceria com o espírito padre José Maria. Agora, é o espírito Bernardo que assina a obra. Como foi trabalhar com ele?


DINEU DE PAULA é juiz federal em Curitiba, onde frequenta a Sociedade Espírita Laços Fraternos. Espírita desde a adolescência, atua como orador e articulista e participa regularmente do programa de TV A Vida em Foco, onde responde perguntas do público, faz crônicas e concede entrevistas sobre temas ligados ao espiritismo.

Esse convívio foi muito prazeroso. Sempre que ele chegava, no dia combinado para a psicografia, o clima de minha casa mudava. A presença dele produz um silêncio diferente, parecido com o de um templo religioso vazio, pleno de paz. Bernardo tem grande facilidade em transmitir emoções, de modo que a descrição das cenas sempre era rica de afetividade. Ele é bastante generoso. Várias vezes, em situações que nada têm a ver com a escrita do livro, e mesmo após seu término, desejei que estivesse presente, pela paz que transmite. Não é raro ele atender meu rogo silencioso e eu logo sentir os benefícios de sua presença. Fico imaginando como deve ser a intimidade de um espírito assim, o bem-estar de que deve gozar, e isso é um poderoso incentivo para que eu evolua. Durante a psicografia, você teve contato com os personagens e com o ambiente da história?

À parte Bernardo, que é o autor e um dos personagens, tive contatos com outros. Alguns, ainda em processo de libertação e sublimação do que viveram e foi relatado, comunicaram-se por meu intermédio na reunião mediúnica que frequento. Tudo isso, o contato com essas emoções, dores e alegrias, tornou o relato muito vívido para mim. Você tem alguma relação com A história de Matilde? Na medida em que a história foi se desenrolando, identifiquei vários dos personagens em pessoas encarnadas com as quais mantenho contato. São amigos e conhecidos. É interessante notar como ainda mantêm algumas marcas do que viveram, como isso se reflete em sua visão de mundo e em suas relações. Contudo, ao contrário de Confissões de um sacerdote, não é a história de minha família espiritual.

Qual telespectador privilegiado, que pode ver e rever as cenas de um filme, o autor espiritual, Bernardo, relata a trajetória de um grupo de almas, ao longo de algumas existências na Idade Medieval. Mesmo sendo um dos protagonistas, Bernardo mantém-se equidistante e imparcial na narrativa, ao esquadrinhar, com admirável capacidade de análise, o perfil psicológico de cada um dos seus personagens, entre os quais sobressai a figura de Matilde, sua amada e Arnoldo, o homem que a rapta. A história de Matilde • 16x22,5 cm • 248 pp. • R$ 35,90

w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

7


i

Inf a n t i s / j u v e n i s

A lenda das três árvores Rita Foelker

• 21,5x15,5 cm • 24 pp. • R$ 15,50

“As três orações” é uma crônica que foi traduzida para esta lenda das três árvores, com uma linguagem infantil para comentar e explicar o valor da prece, ensinando a cultivar a paciência e humildade.

Vovô e as folhas de outono Alcione Alves

• 21,5x15,5 cm • 32 pp. • R$ 22,90

As histórias contadas neste livro pela professora Alcione Alves ensinam e divertem a um só tempo, por seu conteúdo e sua escrita leve e saborosa. A junção com quatro ilustradores, um para cada conto, cria uma diversidade de imagens que enriquece e completa a obra.

Os bichos da Floresta Mágica

Wilma Stein • Palhacinho (espírito) / Ilustrações de Nori Figueiredo e Gabriel Góes Figueiredo 16x23 cm • 80 pp. • R$ 26,50

O palhaço Pirilim-Pim-Pim vai apresentar a Floresta Mágica, onde os bichos têm voz e conversam animadamente. Numa obra ricamente ilustrada, as crianças vão se divertir e, por meio de brincadeiras, aprender conceitos morais importantíssimos para todos os seus relacionamentos, em casa, na escola ou na rua.

A verdadeira riqueza e outros 7 contos Cláudia de Assis • 21,5x15,5 cm • 36 pp. • R$ 20,90

Oito deliciosos contos que traduzem com fidelidade os ensinamentos de Jesus, transformando a obra num instrumento de grande valor para pais, educadores e evangelizadores, que nela encontrarão os subsídios para a orientação segura de seus educandos nos rumos da verdadeira educação moral-cristã.

Duda na Cidade das Flores

Cosme Laurindo da Silva • 16x22,5 cm • 128 pp. • R$ 28,90

Você vai acompanhar Duda, uma menina órfã cheia de indagações. Para ajudá-la, Celina, sua mentora, vai guiá-la pela colônia espiritual Cidade das Flores. Duda vai encontrar Elias, um amigo de infância que desencarnou de forma trágica, e que vai ajudá-la a desvendar o fascinante mundo dos espíritos.

Nuvenzinha Marli

Cléo de Albuquerque Melo • 14x21 cm • 32 pp. • R$ 22,50

Marli era uma nuvenzinha que se cuidava muito! Preocupava-se muito em não pesar demais, pois tinha medo de desfazer-se em água sobre o Jardinzinho da “Praça Miosótis”, onde morava, até que entende sua missão e chove sempre que se faz preciso regar a terra.

Cartilha das virtudes

Wilma Stein / Vovô Sabino (espírito) • 15,5x21,5 cm • 112 pp. • R$ 28,90

Por meio de contos baseados em parábolas e conceitos morais, importantes ensinamentos auxiliarão na formação de pequenos e de jovens leitores, enriquecendo a bagagem evangélica que eles precisam levar pelos caminhos dos tempos, rumo a um futuro melhor, mais solidário, e, consequentemente, mais feliz.

8

Revista de Livros EME


d

A

d e s taq u e

Um novo caminho de acesso à cultura espírita

posição de flexibilidade do espiritismo não surpreende, pois estava previsto desde 1868, pelo sábio mestre lionês que, em A Gênese, no capítulo primeiro, escreveu que “caminhando de par com o progresso, o espiritismo jamais será ultrapassado”. Assim, o espírita consciente não teme o progresso, os avanços que tragam novidades em obediência a uma das leis apresentadas pela própria doutrina – a evolução. É o caso dos livros digitais, os e-books. Eles querem fazer parte da nossa vida, tal como os livros de papel fazem desde o século 15. Mas muitas pessoas ainda torcem o nariz para eles – inclusive espíritas. Não deveriam. “Os livros digitais são mais fáceis de carregar, o que ajuda os leitores. Para os mais jovens, também representa facilidade para transportar mais um livro, entre outros, como os didáticos de seus estudos. Para as crianças, os livros digitais podem ser mais interativos e dinâmicos, com ilustrações, áudios e animações, o que certamente irá servir de estímulo ao hábito da leitura. Além disso, o livro digital traz uma proposta sustentável, alinhando com o espiritismo até no que diz respeito à natureza”, avalia o jornalista George De Marco, da Editora EME. Segunda maior editora do setor no Brasil, a EME possui mais de 500 títulos publicados e, na versão digital, já são mais de 20 convertidos e que poderão ser adquiridos de qualquer loja digital do país e do mundo (veja no box os locais de venda). Entre os títulos que já foram convertidos estão, A vingança do judeu, Cora do meu coração, Getúlio Vargas em dois mundos, Leila, a filha de Charles e Da dor ao amor. Por não haver custos referentes à impressão, transporte, armazenamento ou acabamento, os e-books são mais baratos e proporcionam comodidade, pois os leitores têm acesso aos conteúdos imediatamente após a compra, sem sair de casa e sem esperar pela entrega. Também

ganham no quesito mobilidade porque podem armazenar centenas de obras em um único lugar, além de terem baterias que duram muito. Outra característica é a interação com o texto, possibilidade de aumentar a letra durante a leitura, pesquisar palavras e capítulos por meio de ferramentas de busca, criar anotações no texto, entre outros. Como o número de usuários de smartphones hoje representa mais de 63% da população mundial, as publicações da EME estarão ao alcance de qualquer pessoa com qualquer desses dispositivos, independente da sua marca ou do modelo, visto que todas as lojas têm aplicativos de leitura para qualquer plataforma (iPhone, Android, Windows, etc). Ou seja, o leitor que tem um smartphone de qualquer marca pode carregar no bolso dezenas de livros da EME. Se em todas as áreas temos uma tendência natural de acompanhar o mercado, com relação aos livros não deve ser diferente. Principalmente com livros espíritas, a doutrina progressiva por excelência. Sabendo que tudo evolui, inclusive as religiões e filosofias espiritualistas – motivo pelo qual o espiritismo surgiu e tem se desenvolvido na época atual, conforme preconizou Kardec –, podemos compreender que a doutrina espírita acompanha o progresso da humanidade em todas as direções. Depois de quase 600 anos, é a vez dos livros.

Disponível em:

w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

9


E

EST U DOS

O perispírito e suas modelações

Quando Deus abre portas

Luiz Gonzaga Pinheiro

Donizete Pinheiro

16x23 cm • 352 pp. • R$ 40,90

16x22,5 • 208 pp. • R$ 34,90

Com este trabalho o autor vai mergulhar mais fundo no fascinante oceano espiritual. Obra imperdível para conhecer sobre o perispírito, suas modelações e os reflexos das atitudes no corpo espiritual. “Uma notável contribuição para o espiritismo brasileiro”, no dizer do escritor Ariovaldo Cavarzan.

Por admirar os ditos populares que em poucas palavras expressam experiências consolidadas, o autor refletiu sobre se a voz do povo realmente corresponde à voz de Deus. Aproveitando-se dos conhecimentos espíritas, reuniu 50 dos que parecem servir como um roteiro prático e que podem ser úteis se observados.

Antes do Gólgota

Respostas dos espíritos

14x21 cm • 168 pp. • R$ 32,50

14x21 cm • 224 pp. • R$ 34,90

Antes do Gólgota é um estudo feito por Gardênia Duarte a respeito da mensagem deixada por Cristo aos seus discípulos e, por consequência, para toda a humanidade, onde enfatiza que ele é o caminho, a verdade e a vida.

Através de perguntas selecionadas em O Livro dos Espíritos, Waldenir Cuin convida o leitor a refletir sobre diversos assuntos como para onde iremos depois da morte, reencarnação, influência dos pais sobre os filhos, conflitos sociais e muitos outros. Todos os temas tratados serão de muito proveito.

Seja você mesmo – o desafio do autodomínio

Aevangelizaçãomudando vidas

José Lázaro Boberg

Lucia Moysés

14x21 cm • 200 pp. • R$ 33,90

15,5x21,5 cm • 200 pp. • R$ 33,50

Quando o ser humano se conscientizar de sua força interna e buscar dentro de seu mais profundo eu os elementos para sua ascensão espiritual, conseguirá dar um salto em sua caminhada evolutiva.

Publicação enriquece a literatura espírita servindo de apoio a todos que se interessam e colaboram nessa tarefa de amor que é a evangelização espírita infantojuvenil. Convidamos pais, educadores, o leitor, enfim, a engrossar essa fileira do bem e propiciar à nova geração um novo olhar sobre sua vida.

Gardênia Duarte

Waldenir Cuin

O evangelho é um santo remédio Joseval Carneiro

14x21 cm • 184 páginas • R$ 32,50

De forma leve e didática, o autor nos brinda com relatos de curas maravilhosas, informações sobre plantas medicinais e lições de como agir perante as vicissitudes da vida. Tal é a importância dos ensinamentos aqui contidos que a obra deve ser livro de cabeceira para todo aquele que desejar viver de forma plena e feliz.

10

Revista de Livros EME


m

m e n sag e n s / au toaj u da

Deus confia nos pais

A oração pode mudar sua vida

Lucia Moysés

14x21 cm • 184 pp.• R$ 32,50

José Lázaro Boberg

Autora compara os filhos com os solos da parábola evangélica do semeador, com o objetivo de chamar a atenção tanto para o ‘terreno’, quanto para o ‘semeador’, pois a família é um convite à semeadura do amor, onde todos devem assumir a postura do semeador, sem descuidar do terreno onde as sementes cairão.

14x21 cm • 280 pp. • R$ 33,90

Será que a oração pode mesmo mudar minha vida? Mas como? Esses e outros questionamentos são esclarecidos minuciosamente pelo autor Boberg, que consegue nos explicar, de uma maneira simples, como a oração pode nos favorecer no trilhar do caminho sinuoso da vida terrena.

Desistir da vida não é solução

Terapia da paz Donizete Pinheiro

14x21 cm • 200 pp. • R$ 30,90

Isabel Scoqui

Temas do cotidiano de todos nós, auxiliando-nos a tomar decisões mais acertadas e favorecendo a felicidade. Uma verdadeira terapia para a paz, tão necessária nestes tempos modernos de estresse e depressão, de incertezas e de angústias.

14x21 cm • 136 pp. • R$ 31,50

Isabel Scoqui recolheu dos livros de André Luiz os relatos que apresentam toda a dor causada pelo suicídio, nas suas mais diversas modalidades, e o longo trajeto que cada suicida deve percorrer para recuperar a oportunidade desprezada. E reforça que não estamos abandonados por Deus em situação alguma.

Sorria: você já é feliz

Superando a ansiedade

14x21 cm • 224 pp. • R$ 34,90

14x21 cm • 224 pp. • R$ 31,90

Autor reuniu diversos contos de sua autoria, mostrando ao leitor o quanto de felicidade podemos obter ainda aqui na Terra, valorizando as coisas simples e prestando atenção em tudo que sucede ao nosso redor. Além de páginas de consolo e inspiração trazidas por mentores espirituais.

Num momento em que o planeta é sacudido por cataclismas de toda ordem, onde o ser encontra poucas razões para persistir no bem, a doçura de suas palavras nos mostra a necessidade de fortalecermos nossa fé e continuarmos lutando, sem nunca desistir de buscar a paz como único recurso de seguirmos adiante.

Ricardo Orestes Forni

Eulália Bueno / Maria do Rosário del Pilar (espírito)

Gestão de crises emocionais Donizete Pinheiro

14x21 cm • 176 páginas • R$ 32,50

Tomando como base as variadas crises humanas, Donizete elaborou sínteses relevantes ao aprofundar os estudos e as reflexões com os ensinamentos das obras de Allan Kardec e de outros amigos espirituais. Também aponta propostas à superação, com método e valores morais adequados.

w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

11


C

CA P A

De pecadora à apóstola dos apóstolos Maria Madalena e o romano contribui no processo de resgate da discípula mais fiel de Jesus

Maria Madalena é por si só, um mistério histórico que nos encanta e desperta a nossa curiosidade. Ela é, muito provavelmente, a personagem mais enigmática, mais injustiçada e mais incompreendida dos evangelhos. Atualmente, de acordo com as tradições culturais cristãs, Maria Madalena é considerada a santa padroeira de várias cidades, em diferentes regiões do mundo”. Estas são palavras de Marco Antônio Vieira na segunda parte de seu livro Maria Madalena e o romano, lançamento da Editora EME. Dividido em duas partes distintas, Maria Madalena e o romano apresenta na primeira, por meio de narrativa, o personagem principal, um soldado romano chamado Aelius Varus que, durante sua vida no século I, teve um breve contato com Madalena. A segunda parte, tão importante quanto a primeira, é a materialização de algumas reflexões que Marco Antônio Vieira deseja compartilhar com seus leitores, sem perder de vista as bases conceituais da doutrina espírita. Maria Madalena é assim chamada por ser de Magdala, aldeia de pescadores que ficava na costa oeste do mar da Galileia, próxima a cidade de Tiberíades. O Novo Testamento nos relata que Cristo expulsou dela sete demônios (Marcos 16.9; Lucas 8.2) e depois ela se tornou uma das mulheres que acompanharam e seguiram Jesus (Lucas 8.2-3). Junto com outras mulheres, permaneceu aos pés da cruz (Marcos 15.40; Mateus 27.56; Lucas 23.49; João 19.25) e assistiu ao sepultamento do Mestre (Mateus 27.59-69; Marcos 15.4647; Lucas 23.55,56). Deixando passar o sá-

Atualmente, de acordo com as tradições culturais cristãs, Maria Madalena é considerada a santa padroeira de várias cidades

12

Revista de Livros EME

bado, que era dia de descanso, Maria vai, na madrugada de domingo, aplicar especiarias no corpo de Jesus, conforme o costume, e se torna a primeira testemunha da ressurreição de Cristo (Mateus 28.1-8; Marcos 15.1-19; Lucas 24.1-10; João 20.1-18). Do que vimos acima, percebe-se que a Bíblia nada diz sobre a vida de Maria Madalena antes de sua conversão, a não ser o fato de que foi liberta por Cristo de sete demônios. Mas isso não quer dizer que Madalena tivesse uma vida devassa. Tudo indica que esse título para ela tenha sido uma invenção cuidadosa da igreja, que escolheu certos evangelhos para seguir e outros para ignorar. Dessa forma, a instituição combinou histórias e teceu informações que enterraram a verdade de uma das personagens femininas mais fortes da literatura antiga. Por exemplo, no segundo século depois de Cristo, o teólogo Tertuliano de Carta-


go (150-222), em seu tratado De Pudicitia, confunde e identifica Maria Madalena, Maria de Betânia e a pecadora de Lucas 7, como uma mesma pessoa. Por ser pecadora, a mulher de Lucas 7 foi identificada como Madalena, que foi possuída por muitos demônios, e a associação de Maria de Betânia com a pecadora de Lucas 7 se deve ao fato de ambas ungirem os pés de Jesus. Mas é importante observar que a pecadora lavou os pés de Jesus com as próprias lágrimas enquanto que Maria de Betânia lavou com perfume. Posteriormente associou-se Madalena à história da mulher adúltera do evangelho de João. Em 540-604 d.C. a situação se complicou ainda mais quando o papa Gregório declarou que Maria Madalena era a mesma mulher que todas as outras chamadas Maria nas escrituras sagradas (exceto, claro, a mãe de Jesus). Por que a Igreja quis fazer dela uma prostituta e extrema pecadora aos olhos dos fiéis? Segundo estudiosos, isso aconteceu porque a Igreja queria utilizar as poucas e confusas “sugestões” (interpretando da forma dela) da Bíblia sobre Maria Madalena para manter as mulheres fora do clero. No entanto, na parte ocidental da Igreja, continuava a se pensar diferente, como testemunha Modestus, patriarca de Jerusalém, em 630 d.C., que acreditava, contrariando a crença tradicional sobre Madalena, que ela havia morrido virgem e mártir, e que fora líder das discípulas. E é assim que, embora o catolicismo mais erudito não creia que Madalena fosse prostituta e adúltera, o catolicismo popular o crê firmemente. E alguns espíritas também. Porém, com a descoberta dos chamados evangelhos apócrifos (o de Maria, o Proto-Evangelho de Tiago, o de Filipe e o Pistis Sophia) encontrados na cidade de Nag Hammadi no Egito,em 1945, surgem os primeiros sinais de sua importância. Eles consideram Maria Madalena como o espírito da Sabedoria descrita em Provérbios oito; a personificação da gnosis (conhecimento); a amada de Jesus; adversária de Pedro; ministra da evangelização; discípula e apóstola de Jesus; a apóstola dos apóstolos.

Os evangelhos apócrifos ficaram fora da Bíblia, mas foram aceitos pelos fiéis mesmo que inconscientemente. É neles, e não nos canônicos, que estão relatados a infância de Maria, o casamento com José. O uso de Palmas para cultuar Maria e o Lírio como símbolo de São José, também estão explicados nos apócrifos. A assunção de Maria, dogma católico desde 1950, mas que não consta dos evangelhos canônicos, prova que os apócrifos driblaram as proibições. Se nos evangelhos canônicos é Pedro o líder máximo, nos apócrifos ele é descrito como ciumento, que pede a Jesus que expulse Madalena do grupo. Mas este ciúme de Pedro está baseado no fato de que Madalena era a favorita de Jesus, conforme os apócrifos. Foi para ela, enfim, que Jesus entregou, de fato, as chaves do reino. Até o século 4 o cristianismo tinha duas correntes distintas: uma liderada por Paulo e outra por Tiago, irmão de Jesus. Quando o Império Romano oficializou o cristianismo, a corrente paulina foi a escolhida. Caso a corrente escolhida fosse a de Tiago e os evangelhos apócrifos e gnósticos fossem os “oficiais”, certamente o cristianismo seria diferente. Mas o espiritismo seria o mesmo porque, como Marco Antônio lembra na segunda parte de seu livro, Allan Kardec no capítulo 1, item 16 de A Gênese afirmou que “se novas descobertas lhe demonstrarem estar em erro acerca de um ponto qualquer, ele se modificaria nesse ponto. Se uma verdade nova se revelar, ele a aceitará”. Desta forma, Maria Madalena e o romano tem como principal objetivo “contribuir nos debates existentes sobre esta personagem singular” e, se possível, “colaborar no resgate daquela que é uma das principais personagens da História do Cristianismo, usando como pano de fundo a perspectiva filosófica cristã-espírita”, conclui o autor.

Madalena era a favorita de Jesus, conforme os apócrifos. Foi para ela, enfim, que Jesus entregou, de fato, as chaves do reino

Dividido em duas partes distintas, porém complementares, sendo a primeira uma narrativa romanceada e a segunda uma pesquisa baseada em argumentos históricos e culturais, este livro propõe, após as devidas análises e as sínteses, um exercício de revisão de ideias e de conceitos que dizem respeito à personagem central, Maria Madalena, a grande incompreendida da História Cristã. É, em seu conjunto, um convite às novas meditações que, certamente, instigarão a mente dos leitores. Maria Madalena e o romano Marco Antônio Vieira • 16x22,5 cm • 240 pp. • R$ 36,90

w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

13


r

romances

O jardim das margaridas

O labirinto das reencarnações

14x21 cm • 192 pp. • R$ 33,50

14x21 cm • 272 pp. • R$ 36,90

Um mundo de informações sobre a vida além da morte se descortina para nós ao acompanharmos a história de Licinha, desencarnada de forma violenta aos 13 anos de idade. Nossos horizontes são ampliados para esse conhecimento tão necessário e consolador, que é a certeza da continuidade da existência.

Ametista vê sua família desaparecer em uma floresta sinistra... Teria ela alguma relação com isso? Seria a reencarnação o caminho para eles superarem seu ódio? Quando os atalhos lançam os indivíduos e suas famílias em labirintos sem saída, qual será o caminho para superar os erros do passado?

Laços de amor eterno

A última dança

Pedro Santiago • Dizzi Akibah (espírito)

Mônica Aguieiras Cortat • Edite (espírito)

16x22,5 cm • 312 pp. • R$ 41,90

16x22,5 cm • 384 pp. • R$ 42,90

Marta teria que constituir uma família juntando três desafetos. Porém, em uma de suas reencarnações ela fora salva de uma situação embaraçosa graças à ajuda voluntária destes mesmos espíritos que agora precisavam reencarnar e conviver com alguém cujas qualidades morais lhes servissem de exemplo e apoio.

Paris, século 18. Edite trabalha para Cristine, dançarina famosa que não é uma cortesã comum... Muito próximas, um profundo laço de afeto une estas duas almas em uma saga feminina bastante interessante, abordando temas como drogas, preconceito, aborto, influência dos espíritos entre outros.

Leila, a filha de Charles

No silêncio dos claustros

Jorge Sincorá dos Santos • Josué (espírito)

Denise Corrêa de Macedo • Arnold de Numiers (espírito) 16x22,5 cm • 272 pp. • R$ 39,90

Uma experiência de Yvonne do Amaral Pereira até então proibida de nos ser revelada, a história de Leila revela todo o drama vivenciado por aqueles que se entregam ao suicídio, julgando assim se livrar de suas dores e sofrimentos.

Beatriz Aquino • Acácio dos Anjos (espírito)

Eulália Bueno • Thereza (espírito) 16x22,5 cm • 272 pp. • R$ 37,90

Século 14: em Portugal renasce para o mundo Maria Isabel, sendo acolhida e criada pela rainha Isabel de Aragão. Século 20: renasce para o mundo Luiza, no interior de São Paulo, com a missão de amenizar as dores de seus irmãos. Descubra o que une estas duas personagens e o que podemos aprender com elas.

A vingança do judeu

Vera Krijanowski • Conde J. W. Rochester (espírito) 16x22,5 cm • 424 pp. • R$ 43,90

O clássico romance de Rochester agora pela EME, com nova tradução por Cristina Florez, retrata em cativante história de amor e ódio, os terríveis fatos causados pelos preconceitos de raça, classe social e fortuna e mostra ao leitor a influência benéfica exercida pelo espiritismo sobre a sociedade.

14

Revista de Livros EME


h

A HIST Ó RIA DO LIVRO

Uma tarefa, enfim, concluída

E

m 1971, após a morte de sua mãe, Wanda Albertina Canutti pediu para ir ao centro espírita, pois estava cansada de procurar médicos por conta de seus problemas com insônia, mal-estar e taquicardia. Professora, formada em Letras Anglo-Germânicas pela Unesp, Wanda Canutti dava aulas de língua e literatura portuguesa. Ela nasceu em Araraquara (SP) no dia 18 de outubro de 1932. Wanda já sentia os espíritos, mas não frequentava nenhuma instituição e nem demonstrava interesse em desenvolver sua mediunidade. Preferia atribuir os sintomas a problemas de saúde. Depois daquele dia em 1971, tudo mudou. Wanda começou a frequentar o centro, fez cursos, estudou a doutrina e desenvolveu a mediunidade psicofônica. Certo dia, um espírito se dirigiu a ela pedindo que, na próxima reunião, Wanda levasse papel e lápis, porque ele iria escrever através da mediunidade dela. Sempre repetindo que havia um trabalho a ser realizado, após algumas semanas o espírito sugeriu que, além do centro, eles também fizessem a escrita na casa da médium, porque isso permitiria textos maiores, pequenas histórias e diálogos. O horário escolhido foi o das 5:30 horas da manhã, todos os dias. Apesar de escrever por mais de um ano sem se identificar, o espírito revelou que já havia sido pai de Wanda em várias encarnações. Ele também revelou que foi escritor e que, no momento certo, ela saberia de quem se tratava. Neste período, ele começou a transmitir o

trabalho que viria a ser o livro Getúlio Vargas em dois mundos, mas Wanda pediu que ele transmitisse antes uma história fictícia, para que ela se adestrasse mais na psicografia. O espírito concordou, interrompeu aquele texto e passou para o livro Obrigado, Maria, que foi o primeiro livro psicografado, mas não foi uma história fictícia. Ao fim deste trabalho, o espírito se identificou como sendo Eça de Queirós, um dos grandes nomes da literatura portuguesa. O escritor participou de um período de mudança, em que o romantismo dava lugar ao realismo. Na primeira fase da sua carreira, produziu obras com influência romântica. O realismo aparece nas narrativas da segunda fase. Na terceira e última, Eça apresenta textos mais imaginativos, testando os limites do estilo literário.

O Crime do Padre Amaro e O Primo Basílio são duas de suas obras mais importantes. Com temática crítica, o autor causou polêmica na sociedade portuguesa da época e foi condenado pela Igreja Católica. Como era professora de literatura, Wanda já havia tentado identificá-lo, passando em revista os autores portugueses e brasileiros, mas curiosamente o nome de Eça de Queirós nunca lhe veio à mente. Eça de Queirós trabalhou como jornalista, advogado e cônsul. Mas ficou mais conhecido pela atuação na literatura, cujos textos representam o nascimento do realismo português. Ele faleceu em 1900 e se comunicou através de um médium português chamado Fernando Lacerda seis anos depois. Mas, depois disso, nunca mais deu notícias. Após identificar-se, Eça retomou o livro sobre Getúlio Vargas, que, segundo ela, era o cumprimento de uma promessa que ele fizera no mundo espiritual ao próprio Getúlio. A partir daí, iniciou-se uma série de romances constituindo a nova obra que ele tanto quisera escrever. Esta tarefa, enfim, está concluída com o lançamento de História de muitas histórias. Neste último livro da parceria entre Wanda, que desencarnou em 20 de abril de 2004, e Eça, o que temos é, justamente, a narrativa detalhada deste encontro e do convívio da médium com o autor espiritual durante 13 anos de um trabalho realizado com muita dedicação e muito amor. história de muitas histórias Wanda A. Canutti 14x21 cm • 280 pp. • R$ 36,90 w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

15


P

P e r s o na l i da d e

O professor, médico e médium

O

s fatos espíritas existiram desde todos os tempos e a faculdade mediúnica sempre acompanhou o homem. Porém, dois fatos marcaram a história: o de Hydesville, quando as irmãs Fox têm as primeiras manifestações na América através dos raps, e o fenômeno das mesas girantes, que assolou os EUA e a Europa. Em dezembro de 1854, o sr. Fortier fala com entusiasmo sobre tais fenômenos, mas seu interlocutor, o professor Hippolyte-Léon Denizard Rivail, fez pouco caso do assunto. Após 35 anos estudando o magnetismo, Rivail, ao ouvir de seu amigo, senhor Carlótti, que o fenômeno era uma “intervenção das almas”, considerou que aquilo seria animismo (influência da alma do magnetizado). Mesmo assim, resolveu conferir pessoalmente a informação. Em maio de 1855, o cético professor tem seus primeiros contatos com o fenômeno através da mediunidade da senhora De Plainemaison. A reunião deixaria Rivail aturdido porque, segundo escreveu mais tarde, conseguira entrever “naquelas aparentes futilidades (...) qualquer coisa de sério (...), que tomei a mim investigar a fundo”. De fato, a partir daí, ele passou meses observando o fenômeno naquela e em outras casas da cidade, como a do casal Boudin, que tinha duas filhas, as jovens Caroline Baudin (16 anos), Julie Baudin (14 anos). Também faziam parte do grupo Ruth Japhet e Aline Carlotti, ambas com 18 anos, além da própria De Plainemaison. Em abril de 1856, portanto 11 meses após aquela primeira visita, um espírito teria escolhido Rivail para reunir e publicar os ensinamentos que ele obtinha nas mesas. Todas as terças-feiras, ele frequentava a casa dos Boudin. Suas jovens filhas psicografaram quase todas as questões que foram publicadas na primeira edição de O Livro dos Espíritos. As respostas que elas escreviam eram revistas, analisadas e muitas vezes comparadas com outras mensagens. Pouco se sabe sobre elas, pois suas identidades foram mantidas em segredo por muitos anos – delas e de outros médiuns, em um 16

Revista de Livros EME

total de mais de dez pessoas. Sabe-se que a mais nova, Julie, era uma médium passiva e inconsciente durante o transe psicográfico e que Ruth Japhet era sonâmbula. Com o pseudônimo Allan Kardec, Rivail lançou O Livro dos Espíritos no dia 18 de abril de 1857. Na ocasião conheceu outra jovem médium, Ermance Dufaux, então com 14 anos. Ela se uniu ao grupo e colaborou na segunda edição do livro, com 1.019 perguntas. Após a conclusão de O Livro dos Espíritos, Kardec promoveu uma reunião em sua

dade. Em suas páginas o leitor encontrará muitas informações imprescindíveis sobre cuidados e atitudes salutares a serem tomados no trato com a mediunidade. “A tarefa mediúnica deve ser executada com serenidade e amor, confiança e aceitação, equilíbrio e determinação, no anonimato dos corações”, escreve o espírito Hilário, lembrando que “as exigências e os requisitos se alinham” com a “capacidade de abnegação, resignação e força de trabalho” do médium. Tal qual as médiuns de Kardec.

Lançamento Lançam Lançamento Lançam Lançamento Lançam Lançamento mento Lança Lançamento Lançam

casa com a finalidade de agradecer as colaborações recebidas, em particular às meninas Caroline, Julie e Ruth, que deixaram de lado “os prazeres próprios da mocidade”, sacrificando “horas de estudo e afazeres domésticos” ao se prestarem “durante mais de um ano, com o máximo desinteresse material e a melhor dedicação espiritual, ao fatigante uso de seus dotes mediúnicos”. Como a mediunidade é promissora para o futuro, 160 anos depois o médico Francisco Cajazeiras como médium do espírito Hilário lança pela Editora EME Vivências mediúnicas – sinopse teórica e prática, um livro que apresenta diversos temas ligados à mediuni-

Vivências mediúnicas – sinopse teórica e prática Francisco Cajazeiras pelo espírito Hilário • 14x21 cm • 144 pgs • R$ 31,50


v

M

O processo educativo das aflições

arcus de Mário é diretor cultural da Rádio Rio de Janeiro e fundador da Escola do Sentimento – proposta para uma escola dinâmica, transformadora, ética e participativa, tendo por base o trabalho desenvolvido por Pestalozzi (mestre de Allan Kardec) e as modernas conceituações e experiências pedagógicas representadas por Freinet, Paulo Freire e José Pacheco com a Escola da Ponte (Portugal). Natural de São Paulo, De Mário reside na cidade do Rio de Janeiro. É educador, escritor, consultor e diretor do IBEM - Instituto Brasileiro de Educação Moral, organização não governamental que atua junto a escolas e secretarias de educação. Autor de diversos livros, Marcus De Mário está lançando pela EME Superando aflições que reúne, com a devida revisão, os artigos publicados na coluna Em Defesa da Vida, que o autor mantém no jornal Correio Espírita, acrescidos dos ensinos de Jesus e dos benfeitores espirituais. superando aflições Marcus De Mário • 14x21 cm • 200 pgs • R$ 33,90 Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda Autoajuda

VIS Ã O ES P Í RITA

Nas palavras do autor, Superando aflições, “foi escrito para esclarecer e consolar. Para sensibilizar e espiritualizar. Para exaltar a vida e combater tudo o que pode manchá-la. Para trazer ao dia a dia os ensinos e exemplos do mestre Jesus, o espírito mais perfeito que Deus concedeu ao homem conhecer”. Quando Jesus nos falava das consolações futuras, nos criava no espírito ainda atormentado a ideia de justiça de Deus, ao mesmo tempo em que nos falava sobre a continuidade da vida, das alegrias e também das tristezas. Não é difícil entender por que as aflições aparecem em nosso planeta. No terceiro capítulo de O evangelho segundo o espiritismo, item 7, Allan Kardec comenta, orientado pelos espíritos superiores, que “não se mandam para o hospital os que se acham com saúde, nem para as casas de correção os que nenhum mal praticaram; nem os hospitais e as casas de correção se podem ter por lugares de deleite”. Contribui imensamente o espiritismo ao codificar o conhecimento humano em três vertentes ricas em possibilidades (filosofiaciência-religião) o que permite uma mensagem demasiadamente clara: Deus é soberanamente justo e bom, e tudo o que provém d´Ele é cheio de razão e de justiça. Se nosso destino é a perfeição, logo nossas aflições são processos que devemos aprender a superar. “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo. Eu venci o mundo”, teria dito o Mestre conforme escreve João em seu evangelho (16:33). Desta forma, nos momentos de aflição, é importante não nos esquecermos de que o Mestre nos prometeu estar conosco até o fim dos séculos. Ele também garantiu: “Vinde a mim todos vós que estais aflitos e

sobrecarregados que eu vos aliviarei” (Mateus, 11:28), não prometendo solucionar os nossos problemas porque isso depende de cada um de nós, quando tivermos consciência das leis divinas e passarmos a vivenciá-las. Este encontro com Jesus pode ser feito através da prece. É pela oração que podemos buscar sua bondade e seu amor, de forma que as lutas por que passamos sejam breves e durem o tempo necessário para nos instruirmos diante da vida. A prática da caridade também ajuda no controle de nossas aflições. E a leitura de Superando aflições é, igualmente, um excelente auxílio já que as lições nele registradas também podem ser aplicadas na autoeducação – e o processo evolutivo é, antes de tudo, um processo educativo.

PARA SABER MAIS Conheça outras obras da EME sobre o tema: Viva bem sem depressão Severino Barbosa • 14x21 cm • 144 páginas • R$31,90

Sorria: você já é feliz Ricardo Orestes Forni • 14x21 • 224 páginas • R$34,90

Felicidade é algo que se aprende Lúcia Cominatto / Irmã Maria do Rosário (espírito) • 14x21 • 256 páginas • R$36,50

w w w. e d i t o r a e m e . c o m . b r

17


a

artigo

Se sabemos, por que não fazemos?

A

indagação acima, que também dá nome ao mais novo lançamento da EME, foi feita por Paulo, apóstolo dos gentios. Determinado e firme na sua fé, Paulo pôs em prática tudo quanto aprendera, tornando-se o vaso escolhido do Cristo. E quanto a nós? José Maria Souto Netto, que jamais pensara escrever um livro, acaba de cumprir a promessa feita aos amigos e especialmente aos pacientes e colaboradores do Hospital Espírita de Marília, cidade onde morou, atualmente reside em São Paulo, capital. Até que se decidisse, hesitou por vários dias. “Já há tantos autores e tantas obras para serem lidas e meditadas. Por que mais um livro?”, justificava-se. Mas os pedidos continuaram, vindos também dos seus alunos nos cursos do ESDE e EADE, dos quais é monitor. A pressão foi aumentando, até que um desses geniais pensamentos de Cora Coralina colocou nosso confrade em xeque: “Feliz daquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”. A frase mexeu com Souto, e ele confessa que entrou “em pânico”, principalmente quando passou a refletir nos ensinamentos de Santo Agostinho, na questão 919-a de O Livro dos Espíritos, na sua “receita para o autoconhecimento”, e na advertência de João, o evangelista: “Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sereis se as praticardes.” (JO 13:17). Não bastasse isso, os amigos espiri-

tuais se incumbiram de dar um empurrãozinho a mais, com algumas intuições, e Souto abraçou a tarefa, concluída com brilho, cujo resultado aí está. O livro reúne farto material para expositores da doutrina e oferece profundas reflexões para o nosso progresso moral e espiritual. É uma leitura agradável, que atende os mais diferentes tipos de leitor — seja ele veterano ou neófito no espiritismo. Ao discorrer sobre as Leis Morais contidas em O Livro dos Espíritos, Souto mostra sólido conhecimento doutrinário, detendo-se especialmente na Lei de Justiça, Amor e Caridade, considerada a mais importante delas. Souto observa ainda, em outro capítulo, que a expressão “reforma íntima”, tão vulgarizada no meio espírita, também não consta das obras básicas, mas está presente, em outras palavras, permeando toda a obra kardequiana, especialmente no capítulo 17, de O Evangelho segundo o Espiritismo, em que são enumeradas as qualidades do homem de bem. Os leitores, a esta altura, talvez fiquem assustados. Quem na Terra seria possuidor de tantas virtudes? E aqui o autor levanta o “ânimo da galera” e de todos nós, ao reproduzir essa máxima de Allan Kardec no item 4. “Reconhece-se o verdadeiro espírita (ou o homem de bem) pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar as suas más inclinações”. Sim, os esforços que

Rubens Toledo é jornalista e diretor de Comunica­ção na USE São Paulo. Produz e apresenta o programa A Vida Continua (www.avidacontinua.org.br). Na Editora EME, atua como revisor e na avaliação e preparação de originais.

fazemos na autotransformação, desde que sinceros, sintonizam-nos com Deus e nos põem em harmonia com Suas Leis. Porém, nada supera o bem que fazemos ao semelhante, quando o fazemos totalmente esquecidos de nós mesmos. Neste caso, estamos exercitando a mais excelente das virtudes – a caridade –, tema que recebeu um capítulo especial no livro de Souto Netto. E assim somos levados a reconhecer, juntamente com o autor, a grandeza desse axioma – Fora da Caridade não Há Salvação – encontrado em O Evangelho segundo o Espiritismo. Temos aí uma bela síntese, uma regra de conduta ao homem na Terra. Fugir da caridade é afastar-se das leis que nos conduzem a Deus e à felicidade. Em contrapartida, somos obrigados a discordar do confrade quando ele se autoqualifica como “Autor de um livro só”. Não é. E agora, meu caro Souto, a pressão por um novo livro será dobrada. E que venham outros. E mais outros...

Se sabemos por que não fazemos? 18

Revista de Livros EME


Os mais vendidos de outubro de 2016 a março de 2017 Romance 01

Espelho d’água

02

03

No vai e vem da vida

Mônica Aguieiras Cortat Pedro Santiago • Alice (espírito) • Dizzi Akibah (espírito) Apesar de serem irmãs de igual Rapaz recém-desencarnado vai aparência, Alice e Aline têm destinos descobrir que ações consideradas muito diversos na busca de sua de pouca importância acabam evolução. repercutindo na vida das pessoas e também em seu próprio destino.

01

A difícil arte de perdoar

Elaine Aldrovandi Autora reflete sobre o que significa perdoar e por que Jesus tanto valorizou o perdão. Trata das diferentes linguagens do perdão e das técnicas que nos auxiliam a perdoar.

01

Cléo de Albuquerque Mello Marli era uma nuvenzinha que tinha medo de desfazer-se em água sobre o jardim da “Praça Miosótis”. Até que, um dia, ela entende sua missão.

01

O evangelho de Maria Madalena

José Lázaro Boberg A verdade sobre Maria Madalena. O que dizem os outros evangelhos? Foi esposa de Jesus? Foi prostituta? Foi a verdadeira fundadora do Cristianismo?

Uma estrela em minha vida

Lúcia Cominatto Último romance da autora Lúcia Cominatto aborda diversos temas que ajudarão os iniciantes a entenderem o objetivo das encarnações.

05

Sob as sombras da Inquisição

Deus confia nos pais

Lucia Moysés A família é um convite à semeadura do amor, onde todos devem assumir a postura do semeador, sem descuidar do terreno onde as sementes cairão.

Renovando emoções

José Milton da Costa Este livro procura elaborar diretrizes que nos levem a renovar nossas emoções, nos proporcionando a harmonia desejada para nossa vida.

Infantil | Juvenil 03

02

O sonho de Estelinha

Eulália Bueno Estelinha sentia-se infeliz, desejava conhecer outros lugares e ter destaque. Até que um surpreendente encontro com um cometa muda para sempre sua vida.

02

Reencarnação – questão de lógica

Américo Domingos Nunes Filho Ante os inesperados e doloridos acontecimentos da vida o espiritismo explica provando, pela reencarnação, a misericórdia das leis de Deus.

A lagarta come-come e a borboleta azul Wilma Stein Conta como é a passagem da vida material para a vida espiritual, ensinando muita coisa bonita e importante para o nosso crescimento espiritual.

Estudo | Doutrinário 03

Vidas de Yvonne do Amaral Pereira

Denise Corrêa de Macedo Autora liga a vida e a obra de Yvonne a suas outras encarnações, fazendo ressaltar a evolução de um espírito em busca de redenção e de um contato mais íntimo com Deus.

O faraó Merneftá

Vera Kryzhanovskaia • J. W. Rochester (espírito) Uma versão diferente da libertação do povo judeu do domínio egípcio daquela apresentada na Bíblia e também uma outra visão sobre Moisés.

Jorge Sincorá dos Santos A história de espíritos que vivenciaram os horrores da Inquisição, cada um com seus comprometimentos.

Mensagem | Autoajuda 03 04

02

Nuvenzinha Marli

04

05

Hoje

Chico Xavier • Emmanuel (espírito) Sugestões e ideias para auxiliar a tomar melhores decisões, de maneira a nos sentirmos tranquilos na marcha das ocorrências nascidas de nossas opções.

04

Gestão de crises emocionais

Donizete Pinheiro Aponta propostas à superação das variadas crises humanas, com método, valores morais adequados, um pouco de esforço e perseverança.

05

Criança quer saber

Fátima Moura Livro destina-se a esclarecer pais, professores e evangelizadores através das perguntas mais frequentemente feitas pelas crianças.

04

Doutrinação para iniciantes

Luiz Gonzaga Pinheiro Criada e desenvolvida por Allan Kardec, a doutrinação espírita é “uma das mais belas tarefas da casa espírita” e também “uma das mais difíceis de executar”.

Tardes com Alice

Ana Maria Couto de Souza Na casa de Alice se juntavam amigos para conversar sobre suas dúvidas, sua ansiedade sobre o futuro e o sentido de estarmos aqui, neste planeta.

05

De Nosso Lar para nossa casa Sidney Aride Encantado com a organização de Nosso Lar descrita por André Luiz, Sidney Aride traça um paralelo que servirá como modelo para as organizações espíritas na Terra.


2018

PERSONALIZADO? SÓ COM AS AGENDAS DA EDITORA EME! Somos a ÚNICA editora espírita que produz agenda e possui parque gráfico próprio e, por isso, podemos fazer uma agenda TOTALMENTE PERSONALIZADA* para você, seu centro espírita, sua instituição ou sua empresa. Confira:

*Importante: a personalização pode ser feita na capa e nas 16 páginas iniciais, permanecendo o mesmo miolo das agendas Todo Dia e Chico Xavier.

Entre em contato AGORA com nosso departamento de vendas, faça uma consulta sem compromisso e garanta já seu 2018 personalizado! Formato 13,5 x 18,5 cm Agenda espiral e wire-o - (capa dura ou capa normal) Agenda brochura - (costurada e colada em hotmelt) Agenda luxo - (com capa em couro sintético)

• Agenda Chico Xavier 2018 • Agenda Todo Dia 2018 www.editoraeme.com.br - (19) 3491-7000


Espíritos desafetos reencarnados como irmãos... Uma jovem médium... Uma época de intolerância religiosa... Amor impossível... Tudo isto Sob as Sombras da Inquisição.

França e Espanha viveram períodos tenebrosos. No clima das guerras religiosas e da Inquisição da igreja católica, este romance conta a história de espíritos que marcaram com sangue os povos destes dois países, cada um com seus comprometimentos.

14x21 cm • 208 pp. • R$ 33,90


Da ascensão do Império Romano à chegada do espiritismo no Brasil, Virna e Marcus Flávius, almas enlaçadas por imensurável amor, serão submetidos ao cadinho das experiências e das provações, e serão lapidados através das múltiplas experiências na carne rumo à perfeição. 14x21 cm • 208 pp. • R$ 33,90

Revista de Livros EME - Novembro 2017  

Revista de livros Editora EME - Novembro 2017. A revista fala sobre Maria Madalena e outros assuntos pertinentes à Doutrina Espírita

Advertisement