Page 1


"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." Apocalipse 3.11 "Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o Senhor." Levítico 19.28 "Se agora vivo para Deus meu corpo é templo do Espírito Santo; devo ser imitador de Cristo, trazendo Suas marcas em meu corpo." Jairo Cavalcante, baseado em Gálatas 6.17


Será que você sabe mesmo o que é?


Será que você sabe mesmo o que é?

2ª Edição Rio de Janeiro Editora Betel 2016


© 2016 Editora Betel Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida ou transmitida, em qualquer meio (eletrônico, fotográfico e outros), sem prévia autorização por escrita do editor. A violação dos direitos autorais é crime estabelecido na lei nº 9.610/98 e punido pelo artigo 184 do Código Penal. Editoração de texto, capa e editoração eletrônica: Alt3 Editorial Ilustrações: Renato Fernandes Categoria: Vida Cristã ISBN: 978-85-8244-011-7 1ª Edição: abril/2012 2ª Edição: abril/2016 Editora Betel Rua Carvalho de Souza, 20 — Madureira 21350-180, Rio de Janeiro, RJ tel.: 21 3575-8900 e-mail: comercial@editorabetel.com.br site: www.editorabetel.com.br f EditoraBetel As citações bíblicas foram extraídas da versão revisada da tradução de João Ferreira de Almeida.


AGRADECIMENTOS

Agradeço primeiramente a Deus, que me inspirou, me fez lembrar tudo o que vivi ao longo dos anos como tatuador e me concedeu coragem para escrever este livro. Agradeço também à minha família, que muito me apoiou e continua sendo meu forte e seguro porto, principalmente minha amada esposa Hilma, por quem tenho extrema admiração. Ao caro amigo e líder, pastor Abner de Cássio Ferreira, presidente da CONEMAD/RJ, que proporcionou a iniciativa de relatar ao mundo minhas experiências vividas, sendo o incentivador dessa empreitada. Ao meu amigo e presidente da Assembleia de Deus em Cosmos, pastor Eleazar Torres, meu conselheiro e pastor. Ao grande homem de Deus, exemplar por seu zelo e humildade, pastor Luiz Prates, um amigo. Agradeço às amadas ovelhas da Assembleia de Deus em Parque Paulista Ministério de Madureira, que unidos clamaram por esta obra, para que fosse concebida com graça. Aos amigos, que ao longo da caminhada adquirimos. Agradeço a você, que lê esta obra, e espero que seja de grande valia em sua vida!


"O que chamamos símbolo é um termo, um nome ou mesmo uma imagem que nos pode ser familiar na vida diária, embora possua conotações especiais além do seu significado evidente e convencional. Implica alguma coisa vaga, desconhecida ou oculta para nós." Carl G. Jung


SUMÁRIO

Prefácio11 Capítulo 1

A Origem da Tatuagem Os significados da tatuagem ao longo do tempo

13 16

Capítulo 2

A Tatuagem e o Desconhecido O pacto de sangue A tatuagem e a religiosidade

19 21 25

Capítulo 3

Estilo e Simbolismo Em cada local um significado Os símbolos O simbolismo O cinema e a tatuagem

29 30 32 35 39

Capítulo 4

A Influência da Tatuagem O despertar do desejo

41 42


A admiração O momento do pacto A mudança A ocupação do lugar do Espírito Santo

44 45 46 48

Capítulo 5

Análise de Tattoos As tatuagens de Amy Winehouse

49 72

Capítulo 6

Minhas Experiências como Tatuador O misticismo Um encanto inexplicável Casos vivenciados por mim

77 83 84 86

Capítulo 7

As questões Espirituais da Tatuagem 89 Carregando sobre si uma marca Ao pensar em fazer uma tatuagem, considere A libertação do pacto da tatuagem

Referências Bibliográficas

90 92 92

95


Tattoo – Será que você sabe mesmo o que é?

11

PREFÁCIO

A obra do pastor Jairo de Lima Cavalcante (homem de maior firmeza moral, intelectual e espiritual) que chega ao mercado editorial evangélico brasileiro, foi feita com dedicação, para contribuir com uma Igreja mais consciente e preparada, a fim de que possa enfrentar e denunciar o que está por trás das práticas místicas da cultura artística da tatuagem. Em seus relatos, que reforçam as discursões contrárias à tatuagem, o autor nos faz saber das sensações estranhas e malignas que acontecem quando as pessoas dão seus corpos para serem marcados com tatuagens das mais variadas. O escritor é um ex-tatuador e, hoje, um servo de Deus, escrevendo — com fundamentos da sua experiência — contra essa prática que tem tomado conta de uma geração de desavisados, que não sabe que Satanás age muitas vezes por trás, na sombra, no oculto. Pastor Jairo é um cristão preocupado em alertar os jovens das complicações e inferências espirituais que com certeza vêm com a tatuagem. Por ele ter vivido no meio da arte dermográfica, adquiriu experiências suficientes para, hoje, reconhecer os malefícios e considerar que até mesmo o que parece


12

Jairo Cavalcante

inofensivo, poderá ser demoníaco. Que este livro cumpra a missão de alcançar os mais variados temperamentos, grupos sociais, pessoas de profissões diferentes e, em especial, a Igreja de Jesus, para que possam ser transformados pelo gume desta literatura. Que ela promova conhecimento da realidade objetiva e que possa ajudar a questionar ou julgar esse assunto que tem ampla cobertura nos meios de comunicação, porém com pouca ou nenhuma informação dos malefícios que ela proporciona. Que ao ler este livro você possa se conscientizar e ajudar outros a entender que a tatuagem é muito mais do que uma simples arte, mas sim uma ação estratégica do mundo das trevas para aprisionar a humanidade e dominá-la através de mais uma artimanha maligna. Boa leitura e que Deus o abençoe!

Pastor Abner Ferreira Diretor de Publicações da Editora Betel


Tattoo – Será que você sabe mesmo o que é?

13

Capítulo 1

A ORIGEM DA TATUAGEM

A tatuagem já foi usada para identificar bandidos, enfeitar poderosos, juntar tribos, afugentar inimigos, mostrar preferências e esconder imperfeições. A palavra “tattoo” é uma transliteração de origem desconhecida, que apareceu através do capitão inglês James Cook no ano de 1769, em uma expedição à Polinésia, ao notar a tradição de marcar o corpo com tinta, prática que na língua local era chamada de “tatao”. A palavra propagada por James Cook faz referência ao som emitido durante a aplicação da tatuagem, na qual eram utilizados ossos finos, como se fossem agulhas, para introduzir a tinta na pele. No Brasil, a tatuagem profissional chegou através de um marinheiro dinamarquês chamado Knud Harald Lykke Gregersen, que desembarcou no porto de Santos/SP no dia 20 de julho de 1959 e se identificou às autoridades como desenhista e pintor, já que naquela época a tatuagem ainda era criminalizada. A tatuagem chegou como uma quebra de tabus para a sociedade, sendo recebida por aqueles que de alguma maneira queriam ser contrários à sociedade burguesa.


14

Jairo Cavalcante

Veja a seguir a cronologia histórica da tatuagem no mundo e perceba que a tatuagem é tão antiga quanto a historia do homem: » Entre 2160 a.C. e 1994 a.C. — Múmias de mulheres egípcias, como a Amunet, possuem traços e inscrições na região do abdome. » Entre 509 a.C. e 27 a.C. — Os imperadores romanos determinaram que prisioneiros e escravos seriam tatuados para não serem confundidos com súditos mais bem afortunados. » Há mais de 2400 anos — Múmias encontradas nas montanhas de Altais, na Sibéria, apresentam ombros tatuados com animais, reais e imaginários. » 787 — O papa Adriano I proibiu que as pessoas se tatuassem, sob a alegação de ser coisa do demônio. » Entre os séculos XV e XVII — Católicos tatuaram cruzes como forma de evitar ter de rezar para Alá durante a invasão da Bósnia e Herzegovina pelos turcos otomanos. » 1600 — Com o fim das guerras feudais no Japão, os serviços dos samurais tornaram-se desnecessários e então surgiu a Yakuza, a máfia japonesa caracterizada por suas tatuagens. » 1769 — Em expedição à Polinésia, o navegador inglês James Cook notou a tradição local de marcar o corpo com tinta. Na língua local, chamavam isso de “tatao”. » Entre 1831 e 1836 — A bordo do navio HMS Beagle, Charles Darwin registrou que a maioria dos povos do planeta conhecia ou utilizava algum tipo de tatuagem.


Tattoo – Será que você sabe mesmo o que é?

15

» 1891 — O americano Samuel O’Reilly patenteou a máquina de tatuar. Trata-se de uma adaptação de uma invenção de Thomas Edison. » 1928 — Um caminhão com peles tatuadas foi roubado na cidade de Chicago, Estados Unidos. A coleção pertencia ao médico japonês Masaichi Fukushi, que estudava como a tatuagem ajudava a preservar a pele. » 1942 — Durante a Segunda Guerra Mundial, os judeus foram tatuados com números pelos nazistas para serem identificados como prisioneiros nos campos de concentração. » 1959 — O dinamarquês Knud Gegersen chegou ao Brasil e foi o primeiro tatuador profissional a atuar por aqui. » 1961 — Depois de um surto de hepatite B, a Secretaria da Saúde de Nova Iorque proibiu a realização de novas tatuagens na cidade. » 1998 — A empresa de brinquedos Mattel lançou a Barbie Butterfly Art, boneca que vinha com tatuagens laváveis. » 2009 — Ao passar 52 horas tatuando o corpo de Nick Thunberg, o americano Jeremy Brown bateu o recorde mundial de sessão mais longa, que era de 43 horas e 50 minutos, estabelecido em 2006. Os egípcios antigos espalharam a prática de tatuar o corpo por todo mundo. Antes de 2000 a.C. a arte de tatuar já tinha encontrado seu caminho à sudeste da Ásia; povo Ainu (nômades asiáticos) levou a arte com eles nas migrações para o Japão e, os “Shans” da China, a apresentaram ao povo birmanês, que ainda hoje incluem a tatuagem como parte das suas práticas religiosas.


16

Jairo Cavalcante

Os primeiros contatos do homem com a tatuagem tinham fins religiosos, com o objetivo de consagrar os corpos aos deuses. As tatuagens também delineavam hierarquias e papéis dentro das tribos. Por exemplo, um comandante tribal tinha uma tatuagem muito diferente de outro indivíduo, pois acreditavam que teriam azar se todos fizessem a mesma tatuagem. Sorte e azar eram sempre vistas do ponto de vista religioso. Ossos finos eram utilizados para aplicar o desenho ao corpo, mostrando uma ligação da tatuagem com a morte, com o oculto e algo sombrio. Um dos fatos mais curiosos sobre a tatuagem é que, passados mais de quatro mil anos, ela continua a ser feita da mesma maneira, isto é, com um objeto pontiagudo injetando tinta sobre a pele. Não é de estranhar, já que quase tudo que conhecemos mudou muito em pelo menos mil anos? Apesar dos muitos anos de existência e de ter sido perseguida em vários momentos da história, é difícil encontrar quem nunca tenha pensado em fazer uma tatuagem. Ela permanece tão atual como nunca! Até mesmo cristãos evangélicos a divulgam com naturalidade e com o mesmo propósito que ela sempre teve: quebrar tabus — isso tudo, claro, com aparência de piedade e crescimento espiritual.

Os significados da tatuagem ao longo do tempo Ronald Scutt e Christopher Gotch apontam, em seu livro “Skin Deep: The Mystery of Tattooing”, diversos motivos pelos quais os indivíduos se tatuam: vão desde aspectos práticos, como a necessidade de camuflar o corpo


Tattoo – Será que você sabe mesmo o que é?

17

para a caça ou para a guerra; até aspectos religiosos, como para garantir um lugar entre os eleitos; ou simplesmente para marcar passagens de suas vidas, como a puberdade e a entrada na vida adulta. Entre alguns povos, a tatuagem também é usada como um rito de fertilidade, para afastar doenças ou evitar a inveja. A tatuagem já ocupou (e ainda ocupa) seu lugar no submundo. Por muito tempo ela era feita para identificar criminosos e seus crimes, por isso era muito frequente relacionar tatuagem às pessoas de índole duvidosa. A tatuagem tornou-se profissional há cerca de 100 anos e atualmente é reconhecida como arte, sendo realizados inclusive vários congressos e encontros entre profissionais. Porém, todo esse belo aspecto, artístico e contemporâneo, não modifica as intenções ocultas da tatuagem, já que se trata de um pacto de sangue, no qual o tatuado dá o seu sangue em troca de uma imagem que o acompanhará para o resto de sua vida.  


Jairo Cavalcante é pastor dirigente da Assembleia de Deus em Parque Paulista, Duque de Caxias/RJ, filiada ao Campo de Cosmos e Juiz de Paz. Teve a vida marcada por milagres desde seu nascimento, quando sua mãe o consagrou a Deus dizendo: “ou Deus toma conta dele ou prefiro que nasça morto”. Deus o trouxe à vida e tomou conta por completo. Livrou-o da morte em três ocasiões: duas por doenças inexplicáveis na adolescência e outra na juventude, quando se envolveu com o misticismo e o ocultismo, se tornou tatuador e permaneceu contundido de alma e coração até que Jesus o salvou, quando tinha 23 anos de idade. Hoje, Jairo é casado com a diaconisa Hilma Mota Cavalcante, tem duas filhas e é feliz em Cristo Jesus. Twitter e Instagram: pastor_jairo Facebook: JairoCavalcante


Este livro vai mudar seus conceitos sobre a prática da tatuagem! De onde vem o desejo pela tatuagem? O que existe por trás de uma simples flor? Por que após a primeira tatuagem a maioria das pessoas deseja fazer outra? O que muda após alguém receber uma tatuagem em sua pele? Com muita percepção, experiência, critério e seriedade, o autor desvenda os muitos mistérios relacionados à tatuagem. Jairo Cavalcante é ex-tatuador e usa uma linguagem acessível e cativante para dar respostas francas às perguntas inquietantes acerca dessa arte milenar. Nesta segunda edição do livro “Tattoo – Será que você sabe mesmo o que é?”, o autor aprofunda-se no assunto e aborda questões sobre a influência, domínio espiritual, estilo e simbolismo da tatuagem, além de entrar abertamente em uma profunda análise de tattoos, explicando seu valor de acordo com a área do corpo em que está. O autor também aponta o que deve ser considerado antes de fazer uma tatuagem e esclarece sobre a libertação do pacto da tatuagem.

Tattoo (2ª Edição)  

Compre o seu: https://www.editorabetelvirtual.com.br/loja/?pagina=produto&id_produto=3099

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you