Page 1

Eu gosto de sexo, e daĂ­? Sexo sem meias palavras.


Alex Christilliano

Eu gosto de sexo, e daí? Sexo sem meias palavras.

São Paulo 2012


Copyright © 2012 by Editora Baraúna SE Ltda Capa AF Capas Revisão Daniel Souza Diagramação Monica Rodrigues CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ ________________________________________________________________

C189e

Christilliano, Alex Eu gosto de sexo e daí? : sexo sem meias palavras / Alex Christilliano. - São Paulo: Baraúna, 2011. ISBN 978-85-7923-462-0 1. Sexo. 2. Educação sexual. I. Título. 11-8290.

CDD: 306.7 CDU: 392.6

08.12.11 15.12.11

032013

________________________________________________________________ Impresso no Brasil Printed in Brazil DIREITOS CEDIDOS PARA ESTA EDIÇÃO À EDITORA BARAÚNA www.EditoraBarauna.com.br

Rua da Glória, 246 – 3º andar CEP 01510-000 – Liberdade – São Paulo - SP Tel.: 11 3167.4261 www.editorabarauna.com.br


Dedicatória Este livro, eu dedico a todos aqueles que acreditam em mim, que admiram meu trabalho e que apesar de qualquer coisa, me respeitam; a todos os meus professores que fizeram parte da minha evolução. Aos meus amigos e, especificamente, à minha família que fez parte desse acontecimento, pontuando todo o meu esforço.


Agradecimento Agradeรงo somente a Deus por me conceder essa graรงa e por permitir que meu sonho se realizasse.


Ideia do livro A ideia deste livro não consiste em transformar seus conceitos próprios em pornografia, mas mostrar que você pode, de uma maneira íntima, se expressar sexualmente como quiser, desde que não venha a interferir nos valores morais alheios. Esse direito é seu, essa liberdade é sua.


Sumário Apresentação................................................13 Iniciação.......................................................15 (O desejo)

Sexo e Sexualidade.......................................19 I Capítulo.....................................................29 (Sexo, religião, pais e filhos)

II Capítulo....................................................47 (Masturbação)

III Capítulo...................................................55 (Ponto “G” feminino e masculino/ Origem do tal ponto)

IV Capítulo....................................................61 (Orgasmo)


V Capítulo.....................................................67 (Eles e elas e a pornografia)

VI Capítulo....................................................75 (Sexy shop)

VII Capítulo..................................................83 (Fetiches)

VIII Capítulo.................................................89 (Orgias)

IX Capítulo....................................................93 (DSTs)

X Capítulo...................................................103 (Preservativos)

Notas adicionais..........................................107 (Estupro/ / Prostituição/ Pedofilia/ Direitos sexuais)


Apresentação Uma forma diferente de vermos o sexo, mostrando que juntos, podemos quebrar tabus exercidos pela sociedade já que convivemos em uma grande privatização de conhecimentos e que por direito temos a capacidade de aprender sem banalização e sem censura. O sexo está presente na vida de muita gente; fazer de conta que ele não existe é idiotice, ocultar os conhecimentos sobre ele é covardia. O sexo assim como serve de fonte de prazer para vida de muitas pessoas, também pode ocasionar sérios problemas e juntos poderemos levar as informações necessárias para as pessoas sem acesso a esse conhecimento. Um ser sexualmente educado sabe se portar diante de situações delicadas que o sexo lhes impõe. Podemos observar nas reações das pessoas quando o assunto é tocado, percebendo assim como as mesmas foram educadas, se tiveram uma educação ampla e respeitosa, outras nem tiveram essa educação, e outras aprenderam de uma forma banalizada, sem respeito e sem consciência do que sabem sobre sexo. A influência familiar e da sociedade, vem nos mos13


trando como somos incapazes, em parte, de aderir a certos conhecimentos devido às tradições familiares, que cercam a nossa história de vida generalizada. Influências que são importantes, mas que podemos mudá-las um pouco, quebrando esse tabu que nos impede de viver abertamente. Um dever de nossa parte é mostrar como o sexo pode ser visto de uma forma mais aberta, sem exposição anarquista com um intuito educativo e com fins de transmitir segurança e conhecimento. Sexo é vida!

14


Iniciação O desejo Magnífico em sua função, ele nos faz provar um pedaço do céu, uma mistura de pensamentos e sensações; ele é o responsável por causar os melhores tremores do mundo dentro de nós. O que realmente movimenta toda energia do sexo em nosso corpo? Por que somos tão frágeis diante dos prazeres da carne? Coisas que nos surpreendem e nos confundem um pouco, mas na hora de se sentir a vontade, ele está por perto para nos ajudar, e é dele que vamos falar: o desejo. O desejo é uma peça chave para o sexo, como muitos já sabem, ninguém consegue se livrar de um bom momento de calor, às vezes tão intenso que chega a tirar o nosso fôlego e, se tentássemos controlar os impulsos do desejo dentro de nós, seria como uma guerra, onde certamente seríamos derrotados pelos hormônios. O desejo mexe com o ser humano de uma forma inexplicável, uma fonte de sobrecargas movimenta o nosso 15

Eugostodesexoedai 15 2  

Nesta obra, procuro mostrar que o sexo deveria ser visto de forma mais natural, sem a necessidade de privar certos conhecimentos. Claro que...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you