Page 1

Em pedaรงos, por inteiro


Franklin Mano

Em pedaços, por inteiro

SĂŁo Paulo 2012


Copyright © 2012 by Editora Baraúna SE Ltda Capa e Projeto Gráfico Aline Benitez Diagramação Thaís Santos Revisão Priscila Loiola

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ -------------------------------------------------------------------------------M247p Mano, Franklin Em pedaços, por inteiro/ Franklin Mano. — São Paulo: Baraúna, 2012. ISBN 978-85-7923-643-3 1. Poesia brasileira I. Título. 12-9105.

CDD: 869.91 CDU: 821.134.3(81)-1

12.12.12 17.12.12 041508 -------------------------------------------------------------------------------Impresso no Brasil Printed in Brazil DIREITOS CEDIDOS PARA ESTA EDIÇÃO À EDITORA BARAÚNA www.EditoraBarauna.com.br Rua da Glória, 246 — 3º andar CEP 01510-000 Liberdade — São Paulo — SP Tel.: 11 3167.4261 www.editorabarauna.com.br


Agradecimentos À minha mãe Maria de Fátima, minha tia Maria da Glória, e meus avôs maternos Albino Julio e Terezinha Florentina, minha irmã Jackeline Francis, e meu ex-padrasto José Pereira pelo apoio que me deram em momento de enfermidade, onde dedicaram tempo irrestrito na minha recuperação. À Professora de Língua Portuguesa Maria da Trindade, também Diretora do Centro Educacional José Lourenço Sobral, pela camaradagem desde época de infância. Aos camaradas João Carlos Franco de Sá, Alexandre Costa, Eliane Marliete, André Carlos, Suely Sandra, Maria Eliete, Joanna D’arc, Rafaely Abreu, Andrea Raimundo, Wellington Silva, Gilberto Raimundo, Valdemir Neves, Romualdo Morais, Rildo Neves, Silvio Romero, Djanubia Galdino, Adriano Gomes, Silvanio Alves, Lenilma Luna, Luciano Macedo, Valdomiro José, Silvânio Correia, Ubiratan Chalegre, Inocêncio Simões, Ednildo da Silva, Maria Helena, Alexandra Duarte, Ednaldo Sobral, Sebastião Gomes, Márcio Andrade, Cristiano Leite, Ewerton Silva, Juarez Marcelino, Geraldo Santos, Andre Rodrigues, Diego Henrique, José Ailton, Wagner Cavalcante, Júnior Souza, Quitéria Bezerra, Miguel Simões, Ivanilda Luzinete, Amanda Angela, Kátia Rafaela, Carlos


Alexandre, Afonso Macedo, Genival Zubem, Zeferino Neto, Quitéria Valença, Aparecida Oliveira, Pablo Falcão, Otavio Clos, Menelau Junior, Marco Melo, Sônia Lemos, Solange Morais, Valquiria Couto, Seissa Aquino, Monica Vieira, Ana Inácio, Rosane Raimundo, Henrique Siqueira, Adjani Soares, Ediwalquiria Menezes, Rafaela Michele, Leiliane Araujo, Francielly Falcão, Wilijane Quaresma, Cássia Robélia, Tavares Rodrigues, Cláudia Gama, e Edson Macêdo pelos ótimos diálogos, e pela companhia agradável dos últimos anos. Ao Prefeito de Cachoeirinha/PE o camarada Carlos Alberto Arruda Bezerra, e os Vereadores Jonas Eduardo de Almeida Costa, e Roberto Dilson, por compartilhamos dos mesmos ideais políticos, além de visarmos com nosso trabalho o bem-estar de todos os cachoeirinhenses. Aos empresários Manoel Honório de Araújo (Manoel Paraiba), Bráulio Gomes, o Secretário de Governo de Cachoeirinha/PE e primo Marcos Morais, o Secretário de Administração Fausto Borba de Cachoeirinha/PE, a Mestra Joice Valença por terem confiado, ajudado, e me aconselhado diversas vezes em tempos de dificuldades. Ao Presidente do Parque das Feiras Prudenciano Gomes de Oliveira, e o Prefeito Odon Ferreira da Cunha, por nossa parceria no desenvolvimento econômico e social da cidade de Toritama/PE. Ao Procurador Geral Osório Chalegre, e o Prefeito José Queiroz de Lima, pelo bom trabalho desenvolvido, onde reconduziram a cidade de Caruaru/PE ao progresso. Aos nobres camaradas Senadores de Pernambuco, Humberto Costa, Armando Monteiro e Jarbas Vasconce-


los pelo apoio que me deram na realização deste manuscrito, e pelo bom serviço prestado ao Estado de Pernambuco, além da simplicidade e companheirismo. Ao Arthur Menko, Aline Benitez, e aos demais que compõe a equipe da Editora Baraúna, pela qualidade de edição do livro, e pela disponibilidade de todos.


Comentários “O livro do Franklin é uma bela surpresa, não somente pelo teor, mas principalmente pela forma leve e fácil em que ele apresenta os seus sentimentos e ideias. Ele fala de tudo e de todos com classe, poesia e inteligência, é quase um livro de consultas existencial. Dependendo do seu humor ou estado de espírito, ele pode ser uma bela fonte de conforto, de motivação, e de inspiração. Parabéns ao Franklin pelo talento e por fazer desse talento uma coisa pública.” Andreas Kisser Site Oficial: sepultura.uol.com.br Twitter Oficial: @andreaskisser “Franklin Mano é um guerreiro da literatura. Não espera por editoras, nem oportunidades que caiam do céu. Lança livro atrás de livro e consegue, através da internet, a atenção de inúmeros artistas, políticos e, mais importante, leitores. Como poeta, circula num universo mais introspectivo e melancólico, arrancando poesia da solidão e dos amores não correspondidos.” Leoni Site Oficial: leoni.art.br Twitter Oficial: @Leoni_a_jato


“Muitas letras de música são poesias sustentadas por acordes e performances. Muitas não se sustentam sozinhas no ar, mas tem aquelas letras que, sozinhas, têm o poder de voar. Quando leio os poemas de Franklin Mano, vejo-os fortes, voando sozinhos, mas tenho vontade de musicar, sustentá-los, tamanha a intensidade e entrega que estão em cada palavra. Na difícil arte de dar vida a uma folha em branco, Franklin faz tudo parecer fácil, fluente e profundo, vai por aí juntando pedaços, até nos aparecer por inteiro, sem medo, imperfeito, como todos nós.” Clemente Nascimento Site Oficial: www.pleberude.com.br Twitter oficial: @Clementepunk “Eu acredito em DEUS E assim escrevo com letras Capitais Mano, se já acreditou, não acredita mais Suas escritas são inquietas e cheias de aflições Se quiser... leia E tire suas conclusões” Bozzo Barretti  Twitter oficial: @BozzoBarretti


“Me fiz em mil pedaços pra você juntar...” Renato Russo


Antes do fim Antes do fim Não teve a despedida Como se fosse possível Esquecer, seguir enfrente Deixar tudo pra trás Mas o corpo guarda sentimentos E as consequências Nunca pedem perdão Até pensei Que algum dia eu poderia Depois da separação Encontrar a paz Mas depois de anos Os anos se mostraram inúteis E os sentimentos Estão mais intensos Do que você deixou Até tentei Como se fosse possível Consertar tudo que já se quebrou Mas pra certos erros

Em Pedaços, Por Inteiro

13


Só existe adeus Só existe adeus E nunca o perdão Olhe pra mim Me veja Não sou invisível Não é possível Que você Não sinta nada mais É desumano Que todo esse sentimento Que transborda a esmo Nunca deságue de novo em você

14

Franklin Mano


Grito em febre o teu nome Grito em febre o teu nome Como se fosse a própria liberdade Revivo outra vez as memórias Pra entorpecer incansável realidade Corro pelos escombros Como se fosse nos Campos Elísios Sinto o perfume das flores O calor dos nossos filhos Que não vieram a este mundo Mas que sempre existiram É certo que o que tenho é pouco E isso é um resquício muito raro Sigo em frente há certo tempo Mesmo sem forças e exausto Nunca fui imune a dor É que essa dor posta ao sentimento Queima como se fosse plástico Transformando fumaça negra Em ar puro, quase indulto abençoado Trago no estômago da carne Fome que não se sacia Porque o vício é o mais perto da cura Distrai toda agonia

Em Pedaços, Por Inteiro

15

EM PEDAÇOS, POR INTEIRO  

EM PEDAÇOS, POR INTEIRO. é o terceiro livro fecundado nas entranhas férteis do escritor Franklin Mano, que se fez em pedaços, para você junt...

EM PEDAÇOS, POR INTEIRO  

EM PEDAÇOS, POR INTEIRO. é o terceiro livro fecundado nas entranhas férteis do escritor Franklin Mano, que se fez em pedaços, para você junt...

Advertisement