Bioterapia para todos 15

Page 1



Bioterapia para todos

Maria Haraguti

SĂŁo Paulo 2016


Copyright © 2016 by Editora Baraúna SE Ltda

Projeto Gráfico Editora Baraúna Revisão

Priscila Loiola

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ ________________________________________________________________ H229b Haraguti, Maria Bioterapia para todos / Maria Haraguti. - 1. ed. - São Paulo : Baraúna, 2016. ISBN 978-85-437-0678-8 Título.

1. Religiões - História. 2. Deus - Prova de existência. 3. Filosofia e religião. I.

16-35308

CDD: 210.1 CDU: 2-1

________________________________________________________________ 09/08/2016 10/08/2016 Impresso no Brasil Printed in Brazil

DIREITOS CEDIDOS PARA ESTA EDIÇÃO À EDITORA BARAÚNA www.EditoraBarauna.com.br

Rua da Quitanda, 139 – 3º andar CEP 01012-010 – Centro – São Paulo - SP Tel.: 11 3167.4261 www.EditoraBarauna.com.br


Sumรกrio

Agradecimentos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7 Prefรกcio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9 Histรณria . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11 Energias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41 Deus Comigo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61



Agradecimentos

Sou grata à todas as pessoas, e também situações, que fizeram parte da minha história, pois se não fossem as minhas experiências de cada dia, não seria possível a conclusão deste livro. Em especial a você, leitor, meu sincero agradecimento. À minha família. Às amigas da infância, que me deixaram boas recordações. Amizades puras e sinceras, daquela época. Tempos difíceis. Às amigas da juventude, sempre presente nos momentos de dor. Aos vizinhos queridos. Socorro presente. Às minhas filhas amadas. Corações amorosos. Aos meus chefes e queridos colegas de trabalho. Ao Sérgio, pela dedicação e paciência. A todos os meus mestres pelos conhecimentos que me transmitiram. Agradeço à vida, por eu estar vivendo este momento, aqui e agora. A Deus, por nunca ter deixado as mágoas entrarem em minha mente, para trazerem tristezas ao meu coração.

7



Prefácio

Existe uma inteligência regendo todo o universo. Quando pensamos em algo, em um primeiro momento é um sonho, mas esse sonho liga-se à mente cósmica e algum dia, em algum lugar, ele vai se tornar realidade. Mas nunca esqueça que esse sonho deve servir para despertar a sabedoria, fortalecer o espírito, lapidar a alma e valorizar as pessoas. Não basta amar, comer, beber, dormir, vestir-se; o importante é conhecer a nossa alma. A vida é misteriosa, cheias de surpresas, e pode ser modificada a cada momento, a partir de uma mudança de pensamentos, seguida de atitudes e palavras. Temos que observar com cuidado as armadilhas dos nossos pensamentos. Não podemos deixá-los nos causar danos. Devemos viver cada dia de maneira especial. O que está certo sobrevive. Porém, as coisas mudam a cada dia, a cada geração. Existe uma maneira de ser, um comportamento diferente na maneira de encarar a vida. Quando começo a falar sobre um assunto, surgem varias opiniões que podem diferenciar-se, sendo que o que é bom se torna viável. Estamos, neste momento, vivendo nossas vidas, envolvidos em muitas crenças. Qual é a verdade? Quem a 9


conhece? Quem é você? Quem sou eu? De onde viemos, para onde vamos? Qual o objetivo de estarmos, hoje, aqui? A terra onde vivemos, quando começou? Quando vai deixar de existir? Para tantas perguntas, existe uma infinidade de respostas.

10


História

O espírito de Deus está ligado ao meu, pela força do amor. A plenitude deste amor se expande em perfeito equilíbrio, de forma harmoniosa e bela. Faço parte da criação e vivo em plena comunhão com Deus. O amor que vem de Deus ilumina minha mente com sabedoria, permitindo-me ver as maravilhas da criação e as necessidades dos outros, fazendo-me aprender cada dia mais, para ensinar, acreditar que o mundo pode ser melhor e caminhar rumo ao infinito, indo ao encontro do bem. Nascemos com o potencial de várias inteligências. A partir das relações com o ambiente, aspectos culturais, algumas são mais desenvolvidas, ao passo que deixamos de aprimorar outras. Somos capazes de reconhecer nossos sentimentos e os dos outros. Assim como a capacidade de lidar com eles torna-se importante para a sobrevivência, pessoas com qualidades de relacionamento humano, com compreensão e gentileza, têm mais chances de obter o sucesso. Os comportamentos nascem dos processos neurológicos da visão, audição, paladar, olfato e tato, pois percebemos o mundo através dos cinco sentidos. Recebemos a informação e agimos. Nossas emoções foram se desenvolvendo através dos muitos anos de evolução. 11


O fato de confiar em seus sentimentos e a capacidade de relacionar-se com os outros seriam capazes de unir todos os seres humanos, se não existisse a intolerância religiosa, cultural e política. Os cientistas dizem que toda a matéria do universo estava concentrada em um espaço reduzido. A densidade dessa matéria era extremamente elevada, com enorme concentração de gravidade e calor. Em certo momento, houve uma explosão, e a matéria espalhou-se por toda parte. À medida que a matéria foi esfriando-se, foram tendo origem as galáxias, estrelas, planetas e luas, e nesse momento alguns cientistas afirmam que o universo está se expandindo. Eles perguntam como tudo começou e quando tudo vai parar, se é que um dia vai. Dizem que a terra foi formada há cerca de alguns bilhões de anos. Acreditam que a terra era formada por um composto em forma de pasta quente, cheia de vulcões, que ao longo do tempo foi se esfriando, formando os gases e vapores que caíam em forma de chuva. Esse ciclo repetiu-se muitas vezes ao longo do tempo, a terra foi sofrendo transformações até chegar ao que podemos observar hoje. Para estudarmos melhor as transformações da terra, os estudiosos dividiram o tempo em cinco eras geológicas. São elas: • Era arqueozoica: formação da crosta terrestre, com as primeiras aglomerações rochosas. • Era proterozoica: intensa atividade dos vulcões. • Era paleozoica: formação das cadeias montanhosas. • Era mesozoica: aparecimento de animais gigantes, como os dinossauros. 12


• Era cenozoica: dividida em dois períodos: terciário, época em que houve movimento da crosta, e o quartenário, que se refere até os dias de hoje ao período marcado por glaciações, surgimento do homem. E os continentes assumiram os arranjos atuais. A história está dividida em uma linha do tempo que compreende: • A Pré-História, que é o longo período que começou com o aparecimento do homem e vai até a escrita. No começo o homem lascava as pedras para usar como ferramentas, produzia armas de madeira, ossos, pedras lascadas e vivia em grupos. • O tempo da Pedra Polida, quando os homens viviam em tribos, conseguiram obter o fogo, inventaram a roda e tornaram-se pastores e agricultores. • A Idade dos Metais, quando o homem começou a fundir metais através do fogo. • Idade Antiga, quando aconteceu o surgimento da escrita e surgiram as grandes civilizações. Entre os rios Tigre e Eufrates habitaram os babilônicos, assírios e sumérios. A Mesopotâmia, cidade da Babilônia, que hoje é o Iraque, atingiu seu apogeu no governo do rei Nabucodonosor, que construiu o famoso Jardim Suspenso da Babilônia e a Torre de Babel. O soberano Hamurabi criou o primeiro código de leis escritas do mundo. A população do Egito formou-se às margens do Rio Nilo, tribos nômades reuniram-se formando um Estado 13


Unificado, tiveram várias dinastias em três mil anos de poder. Eles construíram as pirâmides, palácios, templos, drenaram pântanos, construíram sistemas de irrigação, tinham interesse por astronomia, matemática e geometria. Usavam a escrita hieroglífica para contar as histórias ocorridas no dia a dia deles e eram submetidos ao poder do Faraó que dizia ter origem divina. A mitologia do Egito relata que Ra deu à luz a si mesmo e ao cuspir no chão, nasceram o ar e a umidade, e esses se uniram, e nasceram a terra e o céu. Das lágrimas de Ra nasceu a humanidade. Geb, deus da terra, e sua esposa Nut, deusa do céu, tiveram dois pares de gêmeos, Osíris e Isis, Set e Neftis. Osíris, deus da fertilidade, tornou-se rei do Egito, e Isis, a rainha, deusa mãe. Set, deus da confusão, mandou construir um caixão, fez uma festa e durante a festa ele pediu para o irmão deitar-se dentro do caixão. Quando Osíris deitou-se no caixão, Set lacrou a tampa e jogou o caixão no Rio Nilo. Isis saiu em busca do caixão e ao encontrá-lo, trouxe-o de volta para o palácio. Osíris reviveu por um momento, uniu-se a Isis e ela concebeu o seu filho, Horus, o deus do céu. Em seguida, Osíris foi governar o mundo dos mortos. Isis chamou Anubus, deus com cabeça de chacal, para embalsamar o corpo de Osíris, e Horus, ao se tornar adulto, começou uma eterna guerra entre o bem e o mal com seu tio Set. Índia, 2000 a.C. Arianos vindos da Pérsia instalaram-se no vale do rio Indo, estabeleceram o hinduísmo como religião, a língua sânscrita e as castas. Pregam a reencarnação. São, na maioria, vegetarianos, praticam 14


meditação, estudam antigos textos hindus e rezam para poder estar em contato com os deuses. São cultuados nos templos e em casa, porém quatros deles são mencionados com muita devoção. Vishnu é o protetor, no seu umbigo floresce a flor de lótus. Brahma é o criador de todas as coisas, ele nasceu da flor de lótus, que floresce no umbigo do protetor Vishnu. Shiva é o destruidor, ele destrói a vida para que ela possa ser criada novamente. Ganesha é o removedor de obstáculos. Os hindus pregam que é o carma que determina as condições da atual e da próxima reencarnação. Eles vivem em busca de quatro metas, sendo elas: Kama, o prazer; Artha, a prosperidade; Dharma, o dever moral; e Moksha, a iluminação. A iluminação é alcançada quando se liberta dos ciclos das reencarnações. Eles estão divididos em quatro classes sociais, as castas, e são elas: Brâmanes, que são da primeira classe, formada pelos sacerdotes; Xátrias, que pertencem à segunda classe, que é formada pelos governantes e guerreiros; Vaixiás, que formam a terceira classe, que são os burgueses e comerciantes; Sudras, que formam a quarta classe, que são os trabalhadores subalternos. Os que não pertencem a nenhuma das castas são conhecidos como os intocáveis e são discriminados pelas outras castas. Siddharta Gautama, o Buda, nasceu em 550 a.C., no norte da Índia. Filho do rei Suddhodana com a rainha Maya. A lenda conta que a rainha Maya sonhou com um elefante branco, penetrando em seu ventre. Passaram-se os meses e então nasceu Siddharta Gautama. O rei mantinha o menino fechado dentro do palácio, para que ele não ti15


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.