Page 1


Biblioteca

de C.e.u. como plataforma de inclus達o educacional, social e cultural


Rejane Aguiar Barlem

Biblioteca

de C.e.u. como plataforma de inclus達o educacional, social e cultural

S達o Paulo 2013


Copyright © 2013 by Editora Baraúna SE Ltda Capa e Projeto Gráfico Aline Benitez Revisão Vanise Macedo

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ ______________________________________________________________ B238b Barlem, Rejane Aguiar Biblioteca de CEU como plataforma de inclusão educacional, social e cultural/ Rejane Aguiar Barlem. - São Paulo: Baraúna, 2012. ISBN 978-85-7923-592-4 1. Bibliotecas 2. Biblioteca e educação 3. Bibliotecas escolares 4. Bibliotecários de escolas. I. Título. 12-7224.

CDD: 027.8 CDU: 027.8

04.10.12 18.10.12 039596 ______________________________________________________________

Impresso no Brasil Printed in Brazil DIREITOS CEDIDOS PARA ESTA EDIÇÃO À EDITORA BARAÚNA www.EditoraBarauna.com.br Rua da Glória, 246 — 3º andar CEP 01510-000 Liberdade — São Paulo — SP Tel.: 11 3167.4261 www.editorabarauna.com.br


“Eu sempre imaginei que o paraíso seria uma espécie de biblioteca”. (Jorge Luis Borges)


RESUMO Este trabalho tem como questão primordial expor considerações sobre o papel das bibliotecas e dos bibliotecários de CENTRO EDUCACIONAL UNIFICADO (CEU) no contexto deste espaço CEU, evidenciando a convivência entre as formas de informação impressa, virtual e digital dirigida a públicos diversos, numa redescoberta da profissão e da interação da comunidade estudantil e da população em geral. A questão da gestão pública é levantada devido à sua importância, mais especificamente por ser o elemento gerenciador dos processos e da fundamentação teórica que embasa o cenário estrutural e organizacional, atualmente tão voltado à cultura da inovação. Através de pesquisas bibliográficas, além de consultas e pesquisa de campo com profissionais bibliotecários de CEU, é proposta uma reflexão de como é possível interagir nestas bibliotecas que se situam dentro dos CEUs visando êxito nas propostas elaboradas no projeto político pedagógico desde sua criação. Palavras-Chave: Gestão Pública. Biblioteca. Centro Educacional Unificado (CEU). Educação não-formal. Cidadania.


ABSTRACT The main objective of this work is to elaborate on the role of the libraries and librarians of the CENTRO EDUCACIONAL UNIFICADO (CEU) within CEU’s space. In order to achieve this, it will address the coexistence between printed, digital and virtual information forms directed at a diversity of people, thus rediscovering the profession and the interaction with the student community and the general population. This work raises the question of public management for its importance, specifically because it is the element that manages the processes and the theoretical basis upon which the structural and organizational framework rely – a framework, nowadays, extremely focused on the culture of innovation. Through researches on the literature, and field researches and consultations with CEU’s professional librarians, this work also proposes a reflection on how one can interact with the several elements present in these libraries that are within the CEUs in order to succeed in the proposals made in educational policy projects since their inception. Keywords: Public Management. Library. Centro Educacional Unificado (CEU). Non-formol education. Citizenship.


Sumário INTRODUÇÃO.......................................................13 a) Tema...................................................................... 17 b) Delimitação do Tema............................................ 18 c) Objetivos............................................................ 18 d) Objetivo Geral....................................................... 19 e) Objetivos Específicos............................................. 19 f) Problemas de Pesquisa e Contextualização............. 20 g) Justificativa............................................................ 21 CAPÍTULO I............................................................25 1.1 Da criação do equipamento CEU .....................25 1.2 Objetivos do CEU ............................................28 1.3 CEU como lugar de convivência cidadã.............30 CAPÍTULO II...........................................................39 2.1 Gestão pública ..................................................39 2.2 Papel da gestão pública no novo modelo............41 2.3 Gestão de competências e gestão de desempenho..... 43 Organograma do Espaço CEU ...............................47 2.3.1 Gestão por competências..............................48 2.3.2 Importância da área de recursos humanos para o plano de ação.........................................................50 2.4 Bibliotecários e bibliotecários de CEU...............51


CAPÍTULO III..........................................................63 3.1 Avaliação do desempenho da área pedagógica....63 3.2 Projeto político-pedagógico...............................64 3.3 Planejamento estratégico ..................................65 CAPÍTULO IV..........................................................69 4.1 Papel da biblioteca escolar.................................69 4.1.1 Gerenciamento e atendimento na biblioteca escolar........................................................... 75 4.1.2 Manifesto da UNESCO para biblioteca escolar.............................................................. 76 4.2 Funções básicas da biblioteca pública.................78 4.3 Postura dos usuários na biblioteca......................79 4.4 Importância e problemas no uso da internet......80 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA...................................83 MÉTODO.................................................................87 RESULTADOS..........................................................91 DISCUSSÃO.............................................................93 CONCLUSÃO..........................................................95 APÊNDICE A ..........................................................99 APÊNDICE B.........................................................103 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS......................117


INTRODUÇÃO Ao iniciar este trabalho de pesquisa em biblioteca nos equipamentos denominados CENTRO EDUCACIONAL UNIFICADO (CEU), no município de São Paulo, a intenção principal foi a de conferir competências de gestão do equipamento Biblioteca de CEU frente às politicas públicas atuais, bem como avaliar o quanto refletem nas comunidades a que atendem. Através da narrativa de gerenciamento desse complexo (o CEU) que abriga em seu espaço, conforme consta no Portal da Secretaria Municipal de Educação, três unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino: Centro de Educação Infantil (CEI), para crianças de seis meses a três anos; Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI), para idade entre quatro e cinco anos; Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) que oferece ensino até antes do nível médio de educação. A EMEF inclui Educação de Jovens e Adultos (EJA). Neste complexo educacional, cultural e esportivo que contém unidades educacionais diferenciadas, visando atender a alunos das escolas, os projetos culturais e esportivos são direcionados também a estudantes do en-

13


torno e à própria comunidade, abraçando munícipes de variadas faixas etárias. Dessa forma, igualmente procura contemplar e inserir, em atividades e em representações, os idosos. A parte de inclusão digital está a cargo dos telecentros, segundo o Regimento Padrão dos CEUs, Decreto 45.559, de 30 de novembro de 2004. Tais telecentros já atuam em diversas áreas da capital. No universo de visão educacional voltada à inserção do socioconstrutivismo, deparamo-nos com a questão biblioteconômica como Gestão Educacional que, ao mesmo tempo em que pode ser considerada extremamente positiva quanto a algumas funções autoadministrativas, tem vinculada ao seu trabalho a falta de condições para fazer um equilíbrio com o modelo clássico, uma vez que lhe impõe conciliar o conflito entre as diferentes filosofias inovadoras e lidar com a falta de autonomia bibliotecária. É cabível uma reflexão sobre tal situação por estar fisicamente dentro do complexo educacional com um projeto politico-pedagógico totalmente voltado à integração social e à participação conjunta. O espaço da biblioteca se vê sob essa nova maneira de enxergar a Educação e um grande questionamento refere-se a como gerenciar as inclusões social, educacional e cultural das pessoas que estão se deparando com equipamentos inovadores, até então distantes de suas realidades. É necessário trabalhar com práticas que contribuam para o desenvolvimento e para a aquisição da leitura por meio de habilidades informacionais, criando ou alimentando o hábito de ler e de elaborar pesquisas, mesmo que sejam para seu proveito próprio e não, o escolar. Por

14


outro lado, também é necessário saber lidar com os projetos educacionais e com as interações sociais, tanto com alunos como com a comunidade. Bem exposto por Campello (2009, p.32) que enfatiza a ampliação do papel educativo do profissional bibliotecário “[...] que ocorreu de maneira constante em países desenvolvidos [...]”, sinalizando a modernidade em âmbito global. O próprio bibliotecário começou a ir ao encontro do usuário “[...] por meio de cursos, visitas guiadas e outras ações planejadas de ensino do uso da biblioteca”. Dentro do mesmo raciocínio da autora, essa ampliação do papel do bibliotecário deveu-se também à ampliação da educação dos usuários, exigindo não apenas o atendimento de referência, em que o especialista supre prontamente e dá respostas às suas questões. O uso de estratégias de atendimento, como dar palestras sobre o uso da biblioteca, fornecer orientações bibliográficas e informações pertinentes à biblioteca, faz parte da função educativa do bibliotecário. No contexto biblioteconômico em relação a CEU, é de grande importância tal intervenção, observando-se que deve ser feita em abordagens diferentes, adequadas ao momento e ao público a que se destina. A biblioteca, inserida num espaço educacional com atrativos e tecnologias em áreas especificas para lazer, esporte e cultura, deve ser um instrumento facilitador para promover a inclusão social e educacional junto ao Projeto Pedagógico deste novo modelo que é a estrutura pretendida em CEU Entretanto, é necessário que seja assim vista pela equipe de gestores para

15

Biblioteca de C.E.U. - Como plataforma de inclusão educacional, social e cultural.  

O presente trabalho tem como questão primordial expor considerações sobre o papel das bibliotecas e dos bibliotecários das unidades denomina...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you