As bestas do apocalipse 15

Page 1





S達o Paulo 2015


Copyright © 2015 by Editora Baraúna SE Ltda

Capa

Manoel Amadeus Vieira

Diagramação Felippe Scagion Revisão

Ana paula

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ ________________________________________________________________ V713b Vieira, Manoel Amadeus As bestas do Apocalipse : e o trono do juízo final / Missionário Manoel Amadeus Vieira. - 1. ed. - São Paulo: Baraúna, 2015. ISBN 978-85-437-0360-2 1. Cristianismo 2. Vida cristã. 3. Religião. I. Título. 15-23188

CDD: 248.4 CDU: 248.4

________________________________________________________________ 28/05/2015 03/06/2015 Impresso no Brasil Printed in Brazil

DIREITOS CEDIDOS PARA ESTA EDIÇÃO À EDITORA BARAÚNA www.EditoraBarauna.com.br

Rua da Quitanda, 139 – 3º andar CEP 01012-010 – Centro – São Paulo - SP Tel.: 11 3167.4261 www.EditoraBarauna.com.br


PRÓLOGO

As lições deste livro foram tiradas de termos bíblicos baseados em eventos universais elaborados por escritores de alto conhecimento cultural, tais como: Nélson Piletti e Claudino Piletti, Joaquim Silva, Juliérme de Abreu e Castro. Além de pesquisas históricas em fontes religiosa, Politeísta e Monoteísta. Tudo elaborado com cautela e escrito em língua simples nos limites do Português do Brasil, sem intervenção de línguas estrangeiras, tais como: Alemão, Francês, Inglês, entre outras – com exceção de breves traduções gregas, aramaicas, judaicas, etc., sempre objetivando um fácil acesso, aos de menor alfabetização. O teor desta obra varia, o que vale é o termo em questão. E aí, cada caso é um caso, mas sempre objetiva decifrar ou simplificar mistérios contidos na Bíblia Sagrada. Ela servirá de avanço no desenvolvimento de estudos escatológicos e teocráticos entre líderes de todas as classes religiosas, principalmente no que diz respeito a termos bíblicos menos considerados pelos pregadores de religião que pouco, ou nada sabem a respeito do mistério da besta do Apocalipse, dos reinos dos humanos anticristos, ou reino do anticristo, das religiões da terra e do fim do mundo. Há também outros mistérios contidos nesta obra, tais como: movimento angelical apocalíp-


tico durante um futuro tempo (cerca de mil e quinhentos anos), grande tribulação, juízo final, primeira e segunda ressurreição, e o esperado arrebatamento de uma parte da igreja evangélica monoteísta por toda a terra, consequentemente. Apesar de esta obra ser baseada em termos históricos eventuais ligados à doutrina bíblica, nela podem conter erros, pois é uma obra humana.


DEDICATÓRIA

Em primeiro lugar dedico esta obra a Deus, ao Espírito Santo e a Jesus Cristo, o salvador da minha alma. Também dedico à minha esposa Nancy Brasil Vieira, aos meus dois filhos Vanderlei Vieira Brasil, Isaias Vieira Brasil e às minhas duas filhas Sandra Maria Vieira Brasil e Noemi Vieira Brasil, os quais me ajudaram tanto com o bom senso durante todo o tempo em que estive envolvido com este trabalho de história bíblica, como também me dando suporte e sabendo me compreender direta ou indiretamente. Aqui fica o meu muito obrigado a todos e a minha estima consideração.



PREFÁCIO

O livro “As Bestas do Apocalipse” é de autoria do Missionário Manoel Amadeus Vieira e nele contém histórias bíblicas, tais como: a história do destino da humanidade, a história do anticristo, ou reinos dos humanos anticristos, a besta simbólica do apocalipse, a triste devastação e consumo, a natureza terrestre e o empobrecimento do Planeta Terra, as religiões da terra e o fim do mundo. Entre outras, essas são algumas das histórias contidas nesta nomenclatura cujos títulos em ambos estão protocolados sob o n° 471. fls 52 do livro A n° 07. No Fórum da cidade de Palmas/PR em data de 16/04/2001. As histórias do livro “As Bestas do Apocalipse” são oriundas de um resumo histórico eventual, ligado a termos de escatologia bíblica, as quais são elaboradas por sábios escritores de alto conhecimento tanto religioso, quanto cultural, com a exceção do termo anticristo, a besta simbólica do apocalipse e o suposto fim do mundo, etc. Ressaltando que os referidos termos bíblicos acima citados em partes são comentários inéditos. Isso porque até os tempos atuais ainda não existe uma história definida sobre a realidade sobre quem seja o anticristo, a besta do apocalipse, e nem uma prova que justifique a equivocada ideia de que em algum tempo o Planeta Terra deixe de existir, já que na Bíblia Sagrada, ou na palavra de Deus está escrito


que: “a Terra permanece eternamente no seu devido lugar” Ec 1:4b. É bom desde cedo destacar que, segundo a doutrina bíblica, o anticristo, ou os reinos dos humanos anticristos ou a besta do apocalipse, todos, além de serem termos, são uma só coisa e fazem parte da história da humanidade terrestre. Sendo que, segundo a doutrina bíblica, o termo anticristo simboliza os reinos dos humanos que governam o mundo inteiro à base de leis constituintes que funcionam contra a lei de Deus e do evangelho do reino de Deus na pessoa de Jesus Cristo, isso é o anticristo, ou reinos do anticristo, cujo reino está acontecendo antes da volta de Jesus Cristo ao mundo, conforme a própria palavra anticristo em si se explica. Enquanto que a besta simbólica do Apocalipse, de um lado representa a indevida devastação, destruição e consumo, a natureza terrestre sem o devido retorno da floresta natural pelo mundo inteiro; do outro lado, a besta Apocalíptica representa corrupção mundial, os erros e, abusos administrativos cometidos por partes de personagens governistas que governam o mundo inteiro desde os tempos da antiguidade até a volta de Jesus Cristo ao mundo pela segunda vez em corpo físico visível aos olhos de toda a humanidade da Terra (Ap 1:7). Haja vista que os termos bíblicos mencionam que os humanos anticristos são personagens adultos que tomam decisões próprias. A besta do apocalipse abrange tanto pessoas adultas, quanto crianças, independente de cor, raça, posição social, seja rico, ou pobre, empregado, ou empregador, junto a esses termos está o injusto setor industrial comercial do mundo inteiro, principalmente onde existe corrupção (Ap 13:16-17 e I Jó 2:18). Segundo a doutrina bíblica, tanto os reinos dos humanos anticristos, quanto a besta do Apocalipse, ambos atuarão sobre todo o Planeta Terra até por volta dos 3000 anos da existência do Cristianismo quando naqueles tempos estará acontecendo a ressurreição do povo evangélico, seguidores da religião evangélica do reino de Deus, os quais habitarão a terra eternamente (Ap 11:11ab, Mt 5:5 e Sl 37:11). Haja vista que só a Bíblia Sagrada tem a história da fundação e vida eterna do Planeta Terra junto ao início e prosseguimento da atual geração de gentes por sobre a Terra, o que está contido nos primeiros livros do Antigo Testamento, enquanto que: no Novo Testamento da mesma Bíblia Sagrada está a história da doutrina evangélica do reino de Deus na pessoa de Jesus Cristo e, no livro do Apocalipse está a história da besta e o anticristo, os quais formam o reino anticristo e bem assim o trágico e infeliz fim da atual humanidade perversa, ímpia e desonesta de sobre a Terra. Toda a


história aqui elaborada é baseada tanto em eventos universais, quanto sobre profecias, revelações e visões dadas por Deus aos seus santos profetas e tudo ligado à doutrina bíblica começando pelos livros do profeta Daniel e o livro do apocalipse. A partir do capítulo 7 do livro de Daniel, toda a história da revelação que ele teve a respeito dos quatro animais simbólicos, isso diz respeito ao destino do mundo junto aos habitantes da Terra, principalmente o quarto animal com seus dez chifres (dez reis) o qual representa o império romano junto aos dez reis Césares – os quais foram os mentores das primeiras guerras promovidas para devorar a primeira igreja evangélica monoteísta da Terra. Daqui fica esclarecido que o leão com asas significa os reis do mundo inteiro e por todos os tempos da atual geração pessoal e, o urso representa os exércitos militares do mundo e o leopardo com quatro cabeças e quatro asas simboliza a besta imperial do Apocalipse. Portanto, daqui pra frente esta história iniciase pelo sonho do rei Nabucodonosor, que em sonho viu uma estátua a qual, segundo a doutrina bíblica, simboliza tanto o destino do Planeta Terra, quanto à administração pública em toda a Terra, começando pelos antigos reis e reinos imperiais que eram constituídos por forças divinas. Depois foram substituídos pelos reis e reinos influenciados pelas ideologias do diabo cujo reino diabólico está se passando em todo o Planeta Terra e irá prosseguindo até a volta de Jesus Cristo ao mundo pela segunda vez em corpo físico visível (Jó 18:36, Ap 1:7, Ap 14:14 e Mt 25:31). Salientando que o referido reino diabólico sobre a Terra será desfeito com a dita volta de Jesus Cristo ao mundo (Dn 2:44, Dn 7:1126 e Ts 2:7-8). Porém, antes daremos um pequeno relato sobre a besta simbólica do apocalipse e os reinos dos humanos anticristos conforme explicam as lições que vem a frente.



As figuras acima foram elaboradas pelo autor deste livro.

A BESTA DO APOCALIPSE E O REINO DOS HUMANOS ANTICRISTOS (Orientação escatológica na prática) É comum se ouvir dizer: “Quando a besta do apocalipse vier ao mundo para marcar e assinalar o povo da Terra”, ou então dizem: “Quando o anticristo governar o mundo”. “Ora, do ponto de vista bíblico a besta e o dito anticristo, ambos existem há cerca de duzentos e cinquenta (250) anos por sobre o Planeta Terra habitado.” Pois bem, é fácil pronunciar a palavra besta e anticristo. Difícil é encontrar história eventual facultativa, ligado à doutrina bíblica e judaica que expliquem e justifiquem na íntegra as formas convincentes a respeito da origem e a existência ativa tanto no que diz respeito à besta, quanto o referido anticristo e, que explique coerentemente o significado da besta e do anticristo. Quando os tais iniciaram-se e, se tais termos são eternos, ou terão fim. E, se a besta e o anticristo são distintos, ou não e, se esses têm a ver com a indústria e comércio, política e religiões da Terra, corrupção mundial e guerras por sobre a Terra, consequentemente. Tendo em vista que a doutrina bíblica diz que a besta assinala o povo da terra e que os humanos assinalados pela besta do apocalipse possuem o número seiscentos e sessenta e seis (666), cujo número está contido no nome, ou nos nomes da dita besta e, que toda pessoa assinalada pela besta, esse não terá seu nome escrito no livro da vida eterna e, desta forma, o tal não entrará no reino eterno de Deus. Então, com base ao exposto seria ou será útil à 13


humanidade da Terra saber: para que serve os enigmas da besta; qual são os efeitos obtidos pelo sinal, número, nomes, ou marca da besta; quais são as formas em como a besta assinala e marca o povo da Terra; qual a razão e motivo pelos quais o povo terrestre é assinalado e marcado pela besta do apocalipse; e como reconhecer, ou identificar o povo assinalado pela besta e o povo assinalado por Deus. A doutrina bíblica explica que o povo que possui o sinal da besta não entra no reino de Deus, enquanto que o povo que possui o sinal de Deus é herdeiros da vida eterna no reino de Deus. Portanto, entre outros, esses termos acima citados, ou coisas parecidas a essas talvez em lugares alguns do mundo ainda não existem livros históricos com explicações exclusivas, específicas, capazes e suficientes para fornecerem ao povo um profundo e completo conhecimento no que diz respeito a quem é, ou o que significa a besta e o anticristo e o que esses fazem por toda a Terra, como e quando vieram a existir e se são eternos, ou em algum tempo eles findam-se. Daqui surgem dúvidas, imaginações e ideologias sempre em oposição quanto a quem é ou não é a besta e o anticristo. Até porque desde os tempos da antiguidade por toda a terra e em todas as classes sociais e religiosas existem pensadores calculistas menos esclarecidos os quais se arriscam a dizer que a besta do apocalipse é a televisão, vídeo cassete, internet, jornais, revistas, CPF, CNPJ, código de barra nas mercadorias mercantis, cartão de crédito e, até mesmo, o mercado internacional e etc. Quanto a quem é, ou não é o anticristo, os pensadores, leigos e calculistas dizem que ele é o único e o último homem a governar sozinho o mundo inteiro nos últimos tempos da existência do planeta Terra. Desde cedo deixo claro que segundo a doutrina bíblica o planeta Terra nunca terá fim, antes a terra permanece para sempre (Ec 1:4). Salientando que ainda segundo a doutrina bíblica, de tempo em tempo o planeta Terra passa por reforma total (Is 65:17 e Ap 21:1). Também existe quem diga que o anticristo é planos, ideias, projetos, leis escritas e elaboradas por seres humanos influenciados por forças malignas, cujas leis governam o mundo inteiro desde antes do nascimento de Jesus Cristo e, por terem existido antes de Jesus Cristo cujas leis governistas levam o nome de anticristo ou reino do anticristo (Jo 18:36). Dizem também que 14


anticristo é tudo o que se opõe à santa doutrina evangélica monoteísta de Jesus Cristo. Portanto do ponto de vista bíblico eventual, os últimos ambiciosos e leigos avaliadores parece-me estarem perto da realidade bíblica eventual. Mesmo assim, vejo que esses calculistas gozam da incultura versátil das escrituras sagradas e, assim eles justificam suas imperfeições ideológicas sobre conhecimentos alusivos a termos originais contidos nas profundezas das histórias proféticas bíblicas e, eventuais referentes ao universo de Deus. De forma que faltando sabedoria facultativa, aumenta a informalidade a ponto de se crer que não existem informações para as questões acima colocadas, para o que a Bíblia Sagrada tem faculdade consistente e capaz para explicar detalhadamente em formas adequadas sobre as indagações a respeito da besta do apocalipse e o anticristo. Por essas e outras razões, Jesus Cristo advertiu o povo dizendo: Grande erro é não ter conhecimentos facultativos ao geral, principalmente sobre as escritas sagradas (Mt 22:29). Em outro texto bíblico Jesus Cristo acrescentou dizendo: Bem-aventurada é “a pessoa” que lê, “ou estuda” (Ap 1:3). É claro que: toda pessoa que estuda e gosta de ler, esse está sempre bem informado e sabe das coisas, isso é natural. Portanto, digo que é na Bíblia Sagrada junto à história eventual universal que se encontram as informações que montam a história significativa no que diz respeito à besta do apocalipse e o anticristo, ou reino dos humanos anticristos. Considerando que a Bíblia Sagrada é o único livro que tem o termo original em formas alegóricas sobre tanto a importante veracidade divina, quanto a imoral missão que a besta e o anticristo tem a cumprir na terra e, isso até a volta de Jesus Cristo ao mundo. Salientando que também é na Bíblia que se encontram os termos que indicam as procedências malignas tanto da besta, quanto do anticristo e, é óbvio que se ambos são malignos, então os mesmos são diabólicos e, como diabo, ambos são seres vivos, ativos, invisíveis e, que atuam na mente dos seres vivos. A ação dos tais é sensivelmente perceptível quando decisivamente é incutida no pensamento dos seres humanos e, que desta forma quando esse tipo de coisa é observado, então, na maioria dos casos, gera pavor. Portanto, com base nas análises acima citadas, começamos a entender que a besta do apocalipse e o 15


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.