Page 28

26

A PROCLAMAÇÃO DE BAHÁ'U'LLÁH

excessivos sobre vossos povos. Não os roubeis a fim de erguerdes palácios para vós próprios; não, antes, escolhei para eles o que escolheis para vós mesmos. Assim desdobramos ante vossos olhos o que vos é proveitoso — se apenas o percebesseis. Vossos povos são vossos tesouros. Acautelai-vos para que vosso governo não viole os mandamentos de Deus, e não entregueis vossos tutelados às mãos de ladrões. Pelos vossos povos é que governais, por meio deles subsistís, pela sua ajuda ganhais vossas vitórias. No entanto, com que desdém olhais para eles! Que estranho, muito estranho! Agora que recusastes a Paz Maior, seguraivos a essa, a Paz Menor, a fim de que possais, em algum grau, melhorar vossa própria condição e a daqueles que de vós dependem. Õ governantes da terra! Sede reconciliados entre vós, para que não mais necessiteis de armamentos, salvo na medida precisa a fim de proteger vossos territórios e domínios. Guardai-vos de desprezar o conselho do Onisciente, do Fiel. Uni-vos, ó reis da terra, pois assim a tempestade da discórdia se aquietará entre vós, e vosso povo encontrará sossego — se sois dos que compreendem. Se alguém dentre vós lançar mão de armas contra outro, levantai-vos contra êle, pois isso nada mais é que justiça manifesta.

D

EUS UNO E VERDADEIRO — exaltada seja Sua glória — sempre considerou e há de considerar os corações dos homens como Sua própria e exclusiva possessão. Tudo mais — quer seja pertinente à

A Proclamação de Bahá'u'lláh aos Reis e Líderes do Mundo  

Há mais de um século e meio atrás, Bahá'u'lláh, Fundador da Fé Bahá'í, proclamou, em linguagem clara e inconfundível, aos reis e governantes...

Advertisement