Page 124

122

A PROCLAMAÇÃO DE BAHÁ'U'LLÁH

os cidadãos de uma só cidade, sentados no mesmo trono. Este Injuriado, desde os primeiros dias de Sua vida, jamais nutriu outro desejo senão'este, nem terá outra vontade a não ser esta. Não pode haver dúvida alguma de que os povos do mundo, de qualquer raça ou religião que sejam, derivam sua inspiração de uma mesma Fonte Celestial e são os súditos de um só Deus. A diferença entre as ordenanças sob as quais vivem deve ser atribuída às várias necessidades e exigências da época em que foram reveladas- Com exceção de algumas que derivam da perversidade humana, todas foram ordenadas por Deus e refletem Sua Vontade e Seu Desígnio. Levantai-vos e, armados com o poder da fé, demoli os deuses das vossas vãs fantasias, semeadores que são de dissensões entre vós. Aderi àquilo que vos possa aproximar e unir. É esta, em verdade, a Palavra mais excelsa que o Livro Mater fêz descer e vos revelou. Disso dá testemunho a Língua da Grandeza, falando de Sua habitação de glória.

O

GRANDE SER, desejando revelar os requisitos da paz e tranqüilidade do mundo e do adiantamento de seus povos, escreveu: Há de vir o tempo em que se compreenderá universalmente a imperiosa, necessidade de convocar uma vasta assembléia que abranja todos os homens. Os reis e governantes da terra deverão assisti-la e, participando de suas deliberações, considerar os meios de lançar entre os homens os alicerces da Grande Paz Mundial. Esta Paz exige que as Grandes Potências resolvam reconciliar-se plenamente, a fim de assegurar a tran-

A Proclamação de Bahá'u'lláh aos Reis e Líderes do Mundo  

Há mais de um século e meio atrás, Bahá'u'lláh, Fundador da Fé Bahá'í, proclamou, em linguagem clara e inconfundível, aos reis e governantes...