Page 1


Ricardo Ribeiro Machado Doriana Tamburini


Publicado em 2014 pela Editora Alfabeto Supervisão geral: Edmilson Duran Diagramação: Décio Lopes Revisão de texto: Rosemarie Giudilli Cordioli Vera Lucia da Costa Ilustração das Cartas: Ricardo Ribeiro Machado

DADOS INTERNACIONAIS DE CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO

Machado, Ricardo Ribeiro – Tamburini, Doriana O Tarot da Fraternidade Branca – 1ª Edição – São Paulo, Editora Alfabeto, 2014. ISBN: 978-85-98307-06-0 1. Tarot 2. Mestres Ascensionados 3. Grande Fraternidade Branca I. Título.

Todos os direitos sobre esta obra estão reservados ao Autor, sendo proibida sua reprodução total ou parcial ou veiculação por qualquer meio, inclusive internet, sem autorização expressa por escrito.

Bibliografia: GRUPO AVATAR

EDITORA ALFABETO Rua Protocolo, 394 | CEP 04254-030 São Paulo/SP | e-mail: edmilsonduran@uol.com.br Tel: (11)2351.4168 | Fone/Fax: (11)2351.5333 www.editoraalfabeto.com.br


Sumário

Apresentação....................................................................................... 9 A Fraternidade Branca....................................................................13 O Sonho Revelador.........................................................................15 Leitura das Cartas............................................................................17 Carta 0 – O Ser Cósmico......................................................... 21 Carta 1 – O Mago................................................................... 24 Carta 2 – A Deusa.................................................................. 28 Carta 3 – A Mãe Terra........................................................... 32 Carta 4 – A Majestade............................................................ 35 Carta 5 – O Mensageiro.......................................................... 38 Carta 6 – O Amor................................................................... 42 Carta 7 – O Corpo e a Alma................................................... 45 Carta 8 – O Equilíbrio............................................................ 48 Carta 9 – O Mestre Guia........................................................ 51 Carta 10 – O Disco Solar........................................................ 54 Carta 11 – A Força Interior.................................................... 57 Carta 12 – O Cordão de Prata................................................ 60 Carta 13 – O Guardião.......................................................... 63 Carta 14 – A Purificação........................................................ 66


Carta 15 – A Matéria............................................................. 69 Carta 16 – A Libertação......................................................... 72 Carta 17 – A Ponte Estelar..................................................... 75 Carta 18 – A Nova Lua.......................................................... 78 Carta 19 – O Sol..................................................................... 81 Carta 20 – O Caminho Evolutivo.......................................... 84 Carta 21 – A Ascensão Global................................................ 87 Carta 22 – A Dúvida.............................................................. 90 Carta 23 – A Pausa................................................................. 93

As Cartas dos Raios Solares...........................................................97 Carta do 1° Raio Azul............................................................. 99 Carta do 2° Raio Amarelo ....................................................103 Carta do 3° Raio Rosa ..........................................................106 Carta do 4° Raio Branco ......................................................109 Carta do 5º Raio Verde .........................................................112 Carta do 6° Raio Rubi ..........................................................115 Carta do 7° Raio Violeta ......................................................119 Carta do 8° Raio Turquesa....................................................123 Carta do 9° Raio Magenta....................................................126 Carta do 10° Raio Dourado .................................................129 Carta do 11° Raio Laranja ..................................................132 Carta do 12° Raio Opalino ..................................................135

Guia Rápido dos Raios Solares...................................................139 Métodos para Abertura e Leitura de Cartas.............................145 Glossário de Termos......................................................................157


A obra que o leitor tem em mãos é resultante de um trabalho que levou quase duas décadas para ser realizado. Tudo começou quando Doriana Tamburini, com quem eu já trabalhava, criando imagens de Arcanjos e Mestres, me encomendou um Tarot que se adequasse mais às suas leituras e consultas e que também pudesse ser apresentado ao público em geral, como forma de divulgar os seres da Grande Fraternidade Branca e alguns elementos que ela utilizava em seu trabalho como O Disco Solar, Os Raios, A Chama Trina, A Presença Divina EU SOU, etc. Nesse momento, iniciou-se uma longa jornada tanto para a execução das imagens quanto para a elaboração do texto que as acompanha. Tiveram de ser feitas e refeitas várias versões e muitas revisões durante esses anos; surgiram dificuldades, ocorreram perdas e houve tantos problemas de ordem pessoal e financeiros que, em ­determinados momentos, parecia impossível que o trabalho visse a ser finalizado e tornado público. Hoje sabemos que tudo isso era parte de um processo maior, que conduzia a evolução do próprio trabalho, para que ele se apresentasse da maneira mais adequada e no momento certo, guiado por uma Sabedoria Superior. Quando foi elaborada a última versão das cartas (esta aqui publicada), observamos que elas estavam em sintonia com | 7 |


8

O Tarot da Fraternidade Branca

acontecimentos mundiais atuais de grandes dimensões, que ocorriam conjuntamente com a elaboração das cartas. Desse modo, tomamos consciência da força que esse trabalho tinha e soubemos que, do mesmo modo que tivemos de nos preparar para elaborar este trabalho e apresentá-lo ao mundo, o mundo também passou por uma evolução para receber esse trabalho de forma mais efetiva. Eu afirmo isso não por falta de modéstia, mas como uma forma de reconhecimento e agradecimento aos Seres de Luz que, sabemos hoje, em outras dimensões, nos acompanharam nessa jornada desde o início, e conduziram nosso trabalho no ritmo certo, mesmo quando não estávamos cientes disso. Devemos, assim, honrar aqui esses Seres tão especiais: primeiramente ao Arcanjo Metraton, o grande guia e coordenador de nosso trabalho, auxiliado pelo Arcanjo Ariel, que revelou e inspirou a criação das imagens das cartas e o Arcanjo Sandalphon, que transmitiu e organizou os textos que descrevem as cartas. Nós esperamos, iluminados e inspirados por esses Arcanjos tão sábios e amorosos, atingir o coração e a mente de todos que tiverem contato com esse trabalho que, em sua simplicidade, é a coroação dos maiores atributos e objetivos da Grande Fraternidade Branca: a união amorosa dos Seres, a Consciência do Plano Divino de cada um e a força para evoluirmos, guiados pela Sabedoria. Ricardo Ribeiro Machado


Apresentação

Aos 12 anos, meu pai trouxe para casa um exemplar da Revista Planeta. De brinde veio um pequeno Tarot... Paixão à primeira vista! Nunca mais larguei! Estudei as cartas como quem devora um prato delicioso, por anos, e treinava a leitura com amigas e amigos. Aos vinte e três anos de idade recebi de meu amigo Vider o Tarot Rider-Waite, meu primeiro Tarot oficial e por esse presente maravilhoso lhe sou eternamente grata. Esse Tarot foi uma santa resposta para meus questionamentos pessoais e me permitiu, com o estudo de suas cartas, clarear meu próprio ser e orientar outros que me solicitariam consultas e leituras nos oito anos em que as cartas desse Tarot me acompanharam. De outra grande amiga, Ângela, ganhei outro jogo de cartas, o Tarot Medieval de Luigi Scapini, e por ele substituí meu antigo Tarot de trabalho. Com as belas imagens dessas novas cartas resgatei a minha sagrada | 9 |


10

O Tarot da Fraternidade Branca

i­ nquisição interna e passei, com o tempo, a interpretar intuitivamente as lâminas criando uma abordagem pessoal. Ao fazer contato com a Grande Fraternidade Branca e me tornar adepta de seus preceitos, passei a direcionar minhas leituras de Tarot a essa nova filosofia, relacionando as imagens desse meu segundo Tarot aos ensinamentos dos Mestres da Fraternidade Branca e às qualidades dos Raios do Disco Solar. Paralelamente, fui desenvolvendo meu aprendizado e professando cursos para divulgar esses ensinamentos. Foi nesse ponto de minha trajetória que conheci em 1993, o artista Ricardo Ribeiro Machado, que se tornaria o intérprete visual de meu trabalho, elaborando imagens de Arcanjos, Mestres, Elohins e outros seres e elementos ligados à Grande Fraternidade Branca. Com o passar do tempo e a evolução de nossa parceria, sentimos a necessidade de aliar essas imagens aos atendimentos que eram realizados com a leitura do Tarot, criando cartas cujas imagens traduzissem, visualmente, os padrões da Fraternidade Branca que seguíamos. Resolvemos, então, crear um novo Tarot que mostrasse, em suas imagens, a representação dos seres e conceitos com os quais vínhamos trabalhando, tornando possível uma leitura e interpretação das cartas focadas neles. A primeira versão deste Tarot, ainda em preto e branco, me foi apresentada em dezembro de l998, sendo batizada por nós de “Tarot do Caminho Evolutivo”. Ele foi o primeiro esboço e um impulso inicial ao Tarot agora publicado. Dessa primeira versão ainda


Doriana Tamburini | 11

seriam feitas muitas revisões e alterações para se chegar à versão final. Na última versão, apresentada em 2000, nós já tínhamos as imagens prontas, resultado de várias canalizações e visualizações, mas a parte do texto, contendo as explicações e interpretações das imagens, ainda deveria ser elaborada. Foi feito então, a partir das imagens das cartas, um novo trabalho envolvendo mentalizações e canalizações inspiradas pelos Seres da Fraternidade Branca. Haveria ainda alguns anos para se compreender o significado das imagens e se elaborar um sistema de leitura delas de forma mais clara e sintética. Devo salientar que a interpretação que se seguiu após as imagens ficarem prontas ficou a cargo de Ricardo, uma vez que percebi ser para ele mais fácil proceder à interpretação do que para mim. Concluído esse trabalho e uma vez realmente finalizado, tínhamos, enfim, um instrumento poderoso que nos surpreendeu, logo de início, por sua adequação e eficiência. Com as cartas pudemos levar o trabalho em nível superior, atingindo o Plano Cósmico Evolutivo, conjugado a um trabalho bem terreno, relacionado à vivência cotidiana do ser, associando as leituras aos padrões da Fraternidade Branca e à ação energética dos Raios Cósmicos, apresentado em cartas avulsas com os outros arcanos. Por fim, As Cartas Sagradas dos 12 Raios, o nosso Tarot, fruto de nosso trabalho de anos, é agora apresentado, finalmente concluído, pronto para ser utilizado por qualquer pessoa.


12

O Tarot da Fraternidade Branca

Ele se destina àqueles que ainda não tiveram contato com a Fraternidade Branca, mas têm interesse em conhecê-la; aos que já tiveram contato com ela e querem uma referência visual a ela relacionada e uma síntese de seus princípios; aos tarólogos que procuram uma alternativa diferente das imagens e símbolos de outros tarots e finalmente, aos curiosos em geral que tenham a mente e o coração abertos à evolução pessoal e autoconhecimento independente de crença, religião ou linha de pensamento.


A Fraternidade Branca

A Grande Fraternidade Branca é o nome dado a uma hierarquia de seres iluminados que trabalha em benefício da Humanidade. Esses seres podem ser divididos em linhagens, de acordo com sua origem e seu campo de ação:

• Linhagem Humana: Mestres e Mestras Ascensionados. • Linhagem Angélica: Arcanjos e Arqueias. • Linhagem Dévica: Elohins e Elohas. • Linhagem Extraterrestre: Confederação Intergaláctica, Seres Cósmicos, Seres Interplanetários, Regentes Planetários.

Os Seres mais conhecidos dentro das linhagens humanas, angélica e dévica são os dirigentes dos Raios Cósmicos. Os Raios Cósmicos ou Solares simbolizam qualidades ou aspectos divinos que o indivíduo deve ter e preservar em si para alcançar a perfeição. Eles são 12 no | 13 |


14

O Tarot da Fraternidade Branca

total, sendo os 7 primeiros chamados de Raios Planetários, que são os raios que participaram da Criação da Terra, os outros 5 são os chamados Raios Sutis, os Raios de aprimoramento e evolução do que já foi criado. Da Reunião Harmônica das Energias dos 12 Raios Solares é composto o chamado “Disco Solar” que é um instrumento de poder físico e espiritual, pois existe tanto no plano terreno quanto no plano etéreo. Nas cartas dos Raios, que fazem parte do Tarot da Fraternidade Branca, são apresentados os 12 Raios que compõem o Disco Solar em suas respectivas cores e com seus Regentes, os Seres Iluminados que coordenam a ação de cada um dos Raios. Mais adiante serão explicadas, detalhadamente, as funções e características de cada Raio, bem como o nome de cada um de seus regentes. Vale lembrar que quando nos tornamos também seres iluminados, assumindo nossa vocação para o bem, para o amor ao próximo e para o aprimoramento pessoal em prol do coletivo, nos convertemos em componentes da Grande Fraternidade Branca e trabalhamos junto aos Mestres Ascensionados para a evolução do Planeta, em benefício da Humanidade.


O Sonho Revelador

Há muito tempo tive um sonho intrigante que guardei em minha memória; sonhei que me encontrava no antigo Egito, dentro de uma pirâmide, percorrendo um longo e amplo corredor. O corredor era dividido em grandes câmaras, cada uma com um grande painel de pedra na parede e imagens esculpidas em baixo-relevo. As imagens representadas nos painéis continham em si uma poderosa força simbólica, eram testemunho de uma sabedoria antiga, já calada no tempo. Lembravam gigantescas lâminas de Tarot, cujo significado simbólico somente os iniciados nos mistérios antigos poderiam decifrar. Havia ao todo 24 câmaras, cada qual com uma moldura de pedra que sustentava os painéis, no entanto, se viam somente 22 placas. Nas outras 2 câmaras restavam apenas as molduras vazias, as placas haviam sido retiradas, provavelmente destruídas, e as imagens nelas esculpidas tinham sido ­perdidas para sempre. Ao longo dos anos, a | 15 |


16

O Tarot da Fraternidade Branca

lembrança desse sonho e da imagem das 2 molduras vazias têm me acompanhado. Com o meu trabalho de taróloga, ao longo de 36 anos e incontáveis leituras, direcionadas a mim própria, e para os outros, fui sentindo que, em determinados pontos nas leituras, as cartas disponíveis não se encaixavam totalmente em determinadas situações, exigindo cartas diferentes para um conjunto mais apropriado e coerente, dentro de uma leitura que levasse em conta uma sequência evolutiva e espiritualizada. Resolvi, então, somando essa minha necessidade pessoal à lembrança do simbolismo do meu sonho, acrescentar 2 cartas às 22 relacionadas aos arcanos maiores dos Tarots tradicionais. São elas a Carta da Dúvida (número 22) e a Carta da Pausa (número 23). Com isso espero que, inseridas dentro do baralho, essas cartas possam lhes auxiliar na leitura, do mesmo modo que me auxiliaram.


Leitura das Cartas

Imagem e Simbolismo Aqui é apresentada uma interpretação de cada carta dentro de um sistema de símbolos relacionados aos elementos da Fraternidade Branca dos 12 Raios. Esta interpretação não deve ser encarada como uma visão restritiva das imagens apresentadas nas cartas, mas como uma abertura a novos arquétipos para os que procuram alternativas visando à criação de uma simbologia pessoal. Procure ter os olhos abertos às revelações que as imagens das cartas possam oferecer. Os significados que apresentam são múltiplos e eles podem ser inseridos tanto dentro de um sistema tradicional de leitura, quanto dentro de uma interpretação intuitiva de natureza mais singular e individual. Mantenha seu espírito elevado e você poderá transcender o contexto de cada imagem e usufruí-las de maneira criativa, ampliando e aprofundando seu significado. | 17 |


18

O Tarot da Fraternidade Branca

Devem-se entender cada carta não como uma mera expressão das mazelas cotidianas ou uma resposta rápida para problemas imediatos, mas como um elemento inspirador e revelador a ser utilizado para a evolução espiritual do indivíduo, seu autoconhecimento e a compreensão de uma verdade maior, universal e coletiva.

Análise e Evolução Cada carta deste Tarot se apresenta como uma unidade dentro de um conjunto geral, desenvolvido em uma sequência evolutiva, como etapa do direcionamento do ser em busca de sua perfeição, um passo a ser seguido em seu caminho espiritual. São muitas as maneiras de se alcançar a perfeição, assim também são muitos os meios para se realizar uma viagem, mas o objetivo final é um só, mesmo sendo o caminho interrompido, atrasado ou bloqueado. Cabe a cada um lutar para percorrê-lo sempre, não em uma guerra instintiva, travada com hostilidade, medo ou desconfiança, mas tal qual Batalha Sagrada, em que suas armas serão a Fé, a Harmonia e o Amor.


Doriana Tamburini | 19

Mensagem e Revelação Interpretando o simbolismo das imagens das cartas e analisando sua posição dentro de um processo evolutivo, chega-se a uma conclusão acerca do motivo de determinada carta ter se apresentado. Cada carta nos dá uma lição de alma e nos propõe uma clara ação interna. É a resposta que procuramos no momento acerca de como devemos encarar o caminho a seguir e para onde devemos guiar nossos pensamentos e atitudes. Que os Mestres, Arcanjos, Elohins e todos os seres iluminados, representados nas cartas, sejam seus guias e companheiros de jornada trazendo, com suas revelações, orientação e serenidade para resolver suas dúvidas e questionamentos interiores.


SIMBOLOGIA DAS

CARTAS


Carta 0

O Ser Cósmico

Imagem e Simbolismo O pequeno ser representa o princípio da vida, o início da jornada. Um feto recém-formado paira sobre a Terra antes de se precipitar sobre ela, ele se molda geneticamente na corola de um girassol, símbolo de sua vocação para a Luz. Ele está protegido por um útero-ovo, pleno de sementes, mônadas que representam toda a cadeia genética que produziu a sua essência e conduzirá seu crescimento. O girassol tem 16 pétalas, remetendo à Carta 16 (A Libertação) que representa a destruição da matéria. Enquanto nesta carta o ser solar se constrói, mantendo sua | 21 |


22

O Tarot da Fraternidade Branca

raiz na Terra, na Carta 16 o ser se desconstrói materialmente, no abismo físico onde a semente brota, e se liberta do plano terreno para seguir em sua evolução espiritual. O ser tem um cordão umbilical que o liga à Terra, geradora e provedora, por meio do talo da flor. Esse cordão é relacionado ao Cordão de Prata (Carta 12), que manterá o ser, depois de encarnado no Planeta, ligado a energias superiores. Nos passos dessa jornada, representados por cada uma das cartas do Tarot, o ser levará na forma de bagagem uma esfera que representa o Cosmo, essa esfera, multiplicada, redimensionada e inserida em seus chacras, irá demonstrar que, mesmo sendo ele apenas um elemento do Universo, ele pode conter, dentro de sua consciência, a dimensão do Universo inteiro. O ovo de luz que envolve o pequeno ser está prestes a se romper e ao ser lançado no mundo material o ser nasce – inicia-se o jogo.

Análise e Evolução Esta carta representa o Ser Cósmico, o ser inato, aquele que ainda virá a ser, também pode representar o grande EU SOU, a se manifestar na Terra. A carta também significa o princípio de todo o esforço, o começo, o ponto de partida, a expressão da semente prestes a brotar, a pressão para a entrada. Esse princípio divino está contido em todo o ser, seja ele ser


Doriana Tamburini | 23

humano, animal, vegetal ou mineral, seguindo um plano único, dentro de uma força motriz básica, regida por um grande ser de luz. O ser cósmico, mostrando-se como um bebê, é a iniciação da própria divindade começando sua trajetória divina, esse ser tem como função instalar-se no campo ­celular humano para iniciar sua jornada na Terra, buscando autoaperfeiçoamento e o desenvolvimento eterno.

Mensagem e Revelação Tudo começa com um Projeto de Vida Original, seja de um plano, de uma alma, de uma raça ou de um planeta. Entrar em contato com a essência desse princípio é a atitude a ser tomada para saber o que fazer e como fazer. É a força original retomada com a fonte cósmica, na hora de se reconectar e se resguardar para um momento mais propício. Essa é a Lei da Iniciação: Principie


ISBN 978-85-98307-06-0

www.editoraalfabeto.com.br

9 788598 307060

O Tarot da Grande Fraternidade Branca  

Denominado “Tarot da Fraternidade Branca e as Cartas Sagradas dos 12 Raios”, fruto de um trabalho de vários anos, finalmente concluído e pro...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you