Page 1

ed d i gr igi ção at ta ui l t a

Edição Nº. 3 - Abril 2011

www.nauticapress.com

Apresentação

Empresas & Negócios

Marina de Almada

Equipamentos

PEGAZUS – ESCAPADE 600

RÁPIDO E SEGURO

DIPOL 25 CC

ELEGANTE, VELOZ E POLIVALENTE


Praceta Mato da Cruz, 18 2655-355 Ericeira - Portugal Correspondência - P. O. Box 24 2656-909 Ericeira - Portugal Tel. +351 261 867 063 www.lobodomar.net

editorial

www.nauticapress.com Director Vasco de Melo Gonçalves (vascogoncalves@lobodomar.net) Editor Lobo do Mar Responsável editorial Vasco de Melo Gonçalves Redacção Lobo do Mar Contacto info@nauticapress.com

Publicidade Lobo do Mar Contactos +351 261 867 063 + 351 965 510 041 e-mail geral@lobodomar.net Concepção Gráfica

Responsável Ana Gonçalves

Contacto +351 965 761 000 email anagoncalves@lobodomar.net site www.wix.com/lobodomardesign/comunicar

Distribuição Mailing list de 6500 enderenços electrónicos Periodicidade Mensal Direitos Reservados de Reprodução Fotográfica ou Escrita para todos os Países Registado no Instituto da Comunicação Social sob o nº 123988

Fórum Empresarial da Economia do Mar, um pólo aglutinador.

Tenho seguido com interesse a actividade deste Fórum* que tem com principal objectivo implementar o trabalho desenvolvido pelo Prof. Ernâni Lopes que está

expresso no estudo Hypercluster da Economia do Mar. Já são muitas e importantes

as empresas que fazem parte desta associação e infelizmente não vejo nenhuma do sector da Náutica de Recreio.

Estou convicto que as empresas do sector teriam muito a ganhar ao associarem-se a este Fórum não só pela experiência e conhecimento que viriam a ganhar mas

também, pela dinâmica e capacidade de influenciar que o Fórum Empresarial da Economia do Mar tem vindo a demonstrar.

A Náutica de Recreio precisa de estar representada e tomar parte nas decisões

que irão afectar a sua actividade empresarial. Individualmente ou associadas (por

exemplo, construtores nacionais) as empresas deverão apostar no seu futuro sendo certo que isoladas dificilmente encontrarão ventos favoráveis…

Contamos consigo,

Responsável Editorial vascogoncalves@lobodomar.net

Fotografia de Capa DIPOL 25 CC (pág.20)

02

* http://www.fem.pt/index.htm


Ou faç a o seu pedido info@n direct a u t ament icapre e rece s e para s ba com .com ( clique odame aqui) nte em sua ca sa

por apena s 4, sem c 00â‚Ź ustos de envio


Sumário

Edição Nº. 3 - Abril 2011

13

18

20 28

MONTRA NOTICIÁRIO

APRESENTAÇÃO | EQUIPAMENTOS APRESENTAÇÃO / NOVIDADE PEGAZUS CONTACTO / DIPOL 25 CC EMPRESAS & NEGÓCIOS RADAR

04

6 8 13 18 20 26 28


Já na banca!

Para sua comodidade encomende já o seu exemplar e receba-o em sua casa exactamente pelo mesmo valor de banca.

Sem Custos de Envio N.º 15 . ANO IV . 2011

P.V.P. € 4.20 (Continente) IVA incluído 2011

Arquitectura Paisagista

TUDO SOBRE JARDINS

P A R A

Q U E M

S E N T E

A

N A T U R E Z A

Passatempo 01

Parques Infantis

34equipamentos de qualidade Jardim do Luxemburgo Um ícone de Paris

Garden Design Jardins Aromáticos

apenas € 4,20

Edição nº15

nte STIHL

sem emissões de gases, não necessitam das proporcionando assim uma liberdade absoluta. Especialmente prático é o facto um desenho inovador, as três baterias disregadores de 36 V são compatíveis com

nco famílias de aparelhos a bateria.

em Barcelona

ibuidor especializado STIHL eja em www.stihl.pt.

NÚMERO 15

OS FARÓIS E O

DRAGÃO

Para encomendar clique aqui Pagamentos efectuados por transferência bancária ou envio de cheque. Para mais informações contacte: T: +351 261 867063 . E-mail: online@tudosobrejardins.com


Montra

A Náutica Press magazine sugere...

Agora é mais fácil comprar! Basta um click e pedir toda a informação sobre o produto e como adquiri-lo. Experimente! AQUAPAC Bolsa câmara SRL Ref. 107 665 Preço 112,00€

AQUAPAC Saco Dry Bag Noatak (cinzenta / laranja) 25 L Ref. 109 088 / 109 089 Preço 33,00€

STEINER Navigator 7x50 Ref. 108 602 Preço 369,00€

STEINER Navigator 7x30 STEINER Navigator 7x30 c/bússola e caixa em madeira Ref. 110 032 Preço 590,40€

Aos preços apresentados será acrescentado o custo de envio. Para 06 mais informações : Lobo do Mar | E-mail: geral@lobodomar.net

Ref. 108 580 Preço 270,60€


Noticiário

FÓRUM DO MAR A Associação Oceano XXI e a AEP – Associação Empresarial de Portugal - decidiram avançar conjuntamente com a realização de um evento designado por Fórum do Mar que se realizará entre 16 a 19 de Junho de 2011. O evento integrará diferentes actividades nomeadamente as seguintes: Feira sobre a economia do Mar, a realizar na Exponor, aberta a profissionais nos dias 16 e 17 de Junho e aberta ao público a 18 de Junho; Internacionalização e Viver o Cluster, a realizar em articulação com a Feira tendo em vista o aprofundamento de redes de relação e de cooperação entre as partes, a apresentação de alguns produtos e tecnologias com aplicação ao meio marinho, a exploração de oportunidades de cooperação, de internacionalização e de negóci08

os na área da economia do Mar. Estas duas actividades serão previamente preparadas de forma a registar, junto dos parceiros, mercados internacionais e clientes potenciais a convidar e indicação dos contactos a estabelecer com outros parceiros do Cluster; Conferência: Momento de reflexão e debate sobre oportunidades de desenvolvimento da economia do Mar, principais desafios e linhas de acção; Actividades Paralelas - Momento aberto ao público que permitirá a disponibilização de um conjunto de informação sobre a economia do Mar, o contacto com alguns desenvolvimentos tecnológicos com a aplicação ao meio marinho e a participação num conjunto de actividades paralelas de animação a organizar conjuntamente com alguns parceiros institucionais.


Noticiário

ITINERÁRIO CULTURAL E PATRIMONIAL NA MARINHA - VISITA GUIADA No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, vai realizar-se no dia 18 de Abril de 2011 um “Itinerário Cultural e Patrimonial – Visita Guiada”, englobando edifícios da Marinha de significativo e reconhecido valor histórico patrimonial, em Lisboa. O “Itinerário”, para um mínimo de 10 e um máximo de 30 pessoas, será permanentemente acompanhado e incluirá visitas guiadas ao Hospital da Marinha, no Campo de Santa Clara, às Instalações Centrais da Marinha, junto à Praça do Comércio (área do antigo Arsenal de Marinha) e ao Convento das Trinas, situado na rua do mesmo nome e local onde hoje está instalado o Instituto Hidrográfico. O “Itinerário” iniciar-se-á nas Instalações Centrais da Marinha, na rua do Arsenal, às 09h30, com concentração dos participantes, entre as 09h00 e as 09h20/30, com regresso ao mesmo local e conclusão às 17h00. O transporte durante o circuito será providenciado pela Marinha. A inscrição e a realização do “Itinerário” são livres de encargos, com excepção do almoço, existindo no entanto a possibilidade da refeição ser fornecida na Messe das Instalações Centrais de Marinha, contra pagamento aquando da visita. As inscrições deverão ser concretizadas até 15 de Abril. Para inscrição ou informação adicional, contactar directamente o Capitão-de-mar-e-guerra Fuzileiro Rocha e Abreu, através do TM 919985190 ou do endereço de correio electrónico rocha.abreu@marinha.pt. náutica press magazine


Noticiário

IPTM DISPONIBILIZA SERVIÇO ONLINE PARA RENOVAÇÃO E SEGUNDA VIA DE CARTAS DE NAVEGADOR DE RECREIO Desde 2010 que o IPTM disponibiliza uma plataforma para apresentação online dos pedidos de renovação e segunda via das cartas de navegador de recreio, a partir do Portal do Mar

https://www.portaldomar.pt/iptmonline. O acesso a este serviço está condicionado aos navegadores que tenham Cartão de Cidadão, com os respectivos códigos de acesso e leitor para ligação ao computador. A utilização desta funcionalidade permite agilizar a entrega dos requerimentos e evitar deslocações desnecessárias numa época do ano em que aumenta substancialmente o número de pedidos de renovação e segunda via de cartas de navegador de recreio remetidos ao IPTM.

LIMATLA PRESENTE EM VILAMOURA A empresa Limatla irá estar presente na edição de 2011 do Vilamoura Boat Show que decorrerá de 20 a 25 de Abril com os modelos Sessa KL ONE e o Monterey M3. A presença da empresa de Braga tem como finalidade reforçar o seu posicionamento comercial no Algarve onde as marcas suas representadas - Sessa, Monterey e Starfisher – gozam de grande prestígio e um grande número de clientes. A exposição de barcos e equipamen10

to náutico será feita na área da envolvente da Marina e no plano de água. As embarcações, em terra e no plano de água, poderão ser visitada pelos amantes da náutica e eventuais interessados. Um programa paralelo com actividades diárias será apresentado aos interessados oferecendo-lhes seminários e momentos lúdicos. O Boat Show tem entrada gratuita e irá estar aberto todos os dias das 10h00 às 20h00.


Noticiário

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS: TEMA – ÁGUA: CULTURA E PATRIMÓNIO O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi criado pelo ICOMOS a 18 de Abril de 1982 e aprovado pela UNESCO no ano seguinte. Esta comemoração tem como objectivo sensibilizar o público para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua protecção e conservação. Os temas anualmente sugeridos pelo ICOMOS pretendem promover o estabelecimento de uma ligação efectiva entre as realidades locais, regionais, nacionais e internacionais. Assim, através desta data comemorativa, pretendesse celebrar o património nacional, mas, também, a solidariedade internacional

em torno da salvaguarda e da valorização do património de todo o mundo. Este ano, o tema para o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é Água: cultura e património. A água constitui um bem essencial à vida e tem influenciado, de forma decisiva, a actividade humana. Indispensável como meio de subsistência, fonte de energia e matéria-prima, tem sido um recurso utilizado para os mais variados fins – circulação e transporte, agricultura, indústria, aplicações terapêuticas, higiene, recreação e lazer, entre outros, condicionando a evolução das sociedades, a sua distribuição geográfica, e influenciando os ambientes naturais, culturas e paisagens. náutica press magazine


Noticiário

O Calendário: ANTIGUA CLASSIC YACHT REGATTA / 14-19 Abril 2011

PANERAI CLASSIC YACHTS CHALLENGE 2011 Apresentação do Calendário da Temporada de Regatas reservadas aos Barcos Clássicos A nova temporada das regatas dos barcos clássicos arranca já partir do próximo mês de Abril, e com uma programação que promete ser mais alargada e mais emocionante do que nunca. A Officine Panerai apresenta a temporada 2011 do Panerai Classic Yachts Challenge, o circuito líder mundial de regatas, reservado a iates clássicos e antigos, onde mais de 500 veleiros clássicos, incluindo alguns dos barcos mais bonitos do mundo, irão desafiar-se entre si nos cursos de água que fizeram a história das regatas mais importantes. 12

LES VOILES D’ANTIBES / 8 – 12 Junho 2011 ARGENTARIO SAILING WEEK / 16 -19 Junho 2011 COWES, PANERAI BRITISH CLASSIC WEEK / 16 – 23 Julho 2011 MARBLEHEAD CORINTHIAN CLASSIC YACHT REGATTA / 12 – 14 Agosto 2011 NANTUCKET OPERA HOUSE CUP / 18 – 21 Agosto 2011 MAHON, VIII COPA DEL REY DE BARCOS DE EPOCA / 24 – 27 Agosto 2011 NEWPORT, MUSEUM OF YACHTING CLASSIC YACHT REGATTA / 2 – 4 Setembro 2011 VELE D’EPOCA A PORTO ROTONDO / 8 – 11 Setembro 2011 CANNES, RÉGATES ROYALES / 17 – 24 Setembro 2011


Apresentação | Equipamentos

STEINER COMMANDER XP 7X30 O Commander XP 7 x 30, vocacionado para a náutica, nas opções com e sem bússola tem tido imenso êxito desde que foi introduzido no mercado em 2010. Com este modelo o fabricante oferece a qualidade incontestável do Commander XP 7x50 num modelo mais compacto. O Commander XP 7 x 30 pode ser muito útil como segundo binóculo a bordo e para quem não necessita de um binóculo nocturno. Mulheres e pessoas com mãos mais pequenas apreciam a forma compacta e leve que ele possui. Os donos de barcos a motor preferem-no com a vantagem de ter as capacidades que são inerentes ao XP 7x50 ou seja: imagem muito bem definida graças ás ópticas HD com protecção nano, sem condensação interior e completamente à prova de pressão de água até 10 m graças ao sistema de enchimento com nitrogénio, tem ainda o sistema de focagem Sports Auto Focus. É também o binóculo mais robusto existente no mercado: a tecnologia Steiner e a utilização do Makrolon tornam-no quase indestrutível. Muito confortáveis, todos os detalhes são optimizados e são muito fáceis de utilizar.

CARACTERÍSTICAS - Lente Objectiva: 30mm - Ampliação: 7 x - Sistema de Focagem: Sports-Auto-Focus - Ópticas de Alta Definição - Enchimento de nitrogénio: Tecnologia 2 way valve. - Prova de água: até 10 metros - Pupila de saída (mm): 4.3 - Campo de visão aos 1000 (metros): 130 - Luminosidade: 14,5 - Factor twilight: 18 - Peso (gr): 558 no modelo com bússola e 518 no modelo sem - Largura (mm): 167 - Altura (mm):123 - Garantia (anos): 30 - Inclui caixa de madeira com fita PRVP Modelo com bússola e caixa: 599,99 Euros (inclui Iva) PRVP Modelo sem bússola com caixa: 529,99 Euros (inclui Iva) Para mais informações contacte: Nautiradar, Lda. E-mail: comercial@nautiradar.pt ou visite: www.nautiradar.pt


Apresentação | Equipamentos GEONAV – NOVIDADES 2011

O FABRICANTE GEONAV APRESENTA DUAS NOVIDADES PARA 2011, O PILOTO AUTOMÁTICO GSC110 E O EQUIPAMENTO MULTIFUNÇÕES MID110. A MARCA É COMERCIALIZADA PELA NAUTEL.

GSC110 O novo piloto automático da Geonav é a continuação de uma tradição que esta marca já tem nesta área, há muitos anos. O sistema inclui todos os componentes e configurações necessárias para uma navegação precisa e fiável adequada à maioria das embarcações, incluindo as de motor de fora de borda. O GSC110 possui a elevada tecnologia, num design elegante e é fácil de operar. Tudo sem perder a noção da necessidade de ter um preço competitivo. O ecrã é a cores, com inúmeros gráficos para melhor passagem de informação ao navegador. Um dos gráficos é sempre o muito desejado indicador de ângulo de leme . É naturalmente, à prova d’água. O centro do sistema é o computador de rumos SCP110. Possui um processador de 32 bits e algoritmos de controle já muito comprovados, destinados o comandar a movimentação de leme com base em dados integrados do sensor fluxgate, do GPS , e de uma pequena “Rate Gyro” em estado sólido, incorporada, e assim todos juntos, fornecem o melhor controle de direcção. Também está disponível como opcional, joystick TC110 para total comando da embarcação apenas movimentando este dispositivo. O sistema pode ter multiestações. MDI110 A Geonav lançou também um instrumento multifunções com o mesmo design que o GSC110. Chama-se MID110 e pode ser ligado qualquer rede ou dispositivo que forneça NMEA2000 ou NMEA0183. Tem inúmeras funções nos seus menus, para poder então repetir o máximo de dados gerados externamente por outros dispositivos. 14


Apresentação | Equipamentos

NOVA GAMA DE HÉLICES QUICKSILVER THUNDERBOLT PARA TRANSMISSÕES VOLVO PENTA DUOPROP A partir de agora, os proprietários de embarcações com transmissões Volvo Penta DPS poderão desfrutar dum melhor rendimento, navegando com uma hélice Quicksilver. As hélices Quicksilver são fabricadas pela Mercury Propellers, líder mundial no fabrico de equipamentos de propulsão marítima. As hélices Quicksilver Thunderbolt são fabricadas nos EUA na fundição Mercury Propellers Investment Casting situada em Fond du Lac, Wisconsin. Em provas recentemente realizadas, a hélice Quicksilver Thunderbolt superou o rendimento da hélice Volvo F6, atingindo uma velocidade de ponta maior e sendo cerca de 5% mais rápida na aceleração dos 0 aos 20 nós. A hélice Quicksilver Thunderbolt é ideal para substituir a Volvo Type F Duoprops, o tipo de hélice normalmente instalado nas transmissões Volvo DPS. As melhorias de rendimento ficam a deverse, principalmente, à afiada hélice frontal de quatro pás combinada com uma hélice traseira de três pás. “A hélice frontal de quatro pás é a que faz a diferença” comentou Dirk Bjornstad, Director de Marca da Mercury Propellers. “Para este sistema, desenhámos a hélice frontal com quatro pás para uma maior aderência e maior aceleração. Como resultado disso, o sistema é também mais rápido no extremo superior. Estamos convencidos que os utilizadores saberão apreciar as melhorias no rendimento”.

A hélice Quicksilver Thunderbolt está disponível com passos de 19 a 28. Esta grande gama de hélices com passos diferentes permite seleccionar a mais adequada para um melhor rendimento da embarcação. Não menos importante, o seu fabrico em ligas metálicas patenteadas pela Mercury Marine, materiais que proporcionam uma força superior e oferecem a resistência à corrosão ideal para as exigentes aplicações de água doce e água salgada. Mesmo tendo um maior rendimento e durabilidade, o preço do jogo de hélices Quicksilver Thunderbolt é significativamente inferior ao das hélices Volvo Penta Type F. náutica press magazine


Apresentação | Equipamentos

SHAKESPEARE ANTENAS COM ACABAMENTO A PRETO O reconhecido fabricante de antenas e produtos relacionados Shakespeare apresenta ao mercado a versão de acabamento a preto de algumas das suas antenas mais procuradas nas gamas Galaxy e Classic. Esta opção resulta da procura por parte de clientes e estaleiros. Antenas pretas e elegantes disponíveis para VHF de 1,2 m e 2,4 m e para rádio AM/FM com 1,2m. São mais de 25 anos de inovação da gama Galaxy que utiliza os melhores materiais nos seus condutores internos. São soldados e colocados manualmente de acordo com o mais elevado grau de exigência. O controlo de qualidade é uma condição na gama Galaxy com radomes em fibra que não permitem a passagem da humidade, previnem a corrosão e podem ser utilizadas durante anos sem manutenção. São escolhidas pela sua capacidade de transmissão que é excelente, pela sua durabilidade e construção robusta mas são igualmente admiradas pelo seu design elegante e único. A Shakespeare é distribuída em Portugal pela Nautiradar E-mail: comercial@nautiradar.pt ou visite: www.nautiradar.pt

16


Apresentação | Novidade Pegazus

Pegazus – Escapade 600 Rápido e seguro O Escapade 600, do construtor polaco Pegazus, é um barco polivalente ao nível da utilização e ideal para quem se quer iniciar na náutica. Com cerca de 6 m de comprimento, o Escapade 600 possui uma motorização fora de borda com as potências a ouxilarem entre os 75 Cv e os 150 Cv. Contudo, o construtor afirma que a potência ideal é de 110 Cv. A cabina de proa é ideal para apoio podendo dois adultos pernoitarem a bordo e existindo espaço para a incorporação de um WC químico. O poço é espaçoso e junto ao painel de pôpa o banco é modular podendo-se rapidamente transformar em solário. O construtor idealizou uma forma simples e rápida de isolar todo o espaço do poço recorrendo a uma capota de montagem rápida. 18


Apresentação | Novidade Pegazus

A navegar na Polónia Tivemos a oportunidade de experimentar este modelo na Polónia equipado com um motor Yamaha de 150 Cv. O conjunto mostrou ser muito eficaz, mesmo com 5 adultos a bordo, quer ao nível da capacidade de arranque como em velocidade de ponta que se situou nos 36 nós. Um outro pormenor que nos agradou foi a capacidade de curva deste modelo que, a fundo e sem ter recorrer muito ao trim, não tem reacções bruscas e não cavita. Ao nível da disposição interna o Escapde 600 é um barco de concepção simples mas com pormenores que demonstram um cuidado com o utilizador final. A capacidade de o banco de trás se transformar em solário, o lavatório a estibordo e um solário no hardtop. A cabina de proa é simples mas confortável e com um pé-direito suficiente para uma pessoa estar sentada. Ao nível do posto de pilotagem, ele é ergonómico e temos um bom controlo visual de todo o barco. Este modelo está preparado para uma utilização com condições meteorológicos mais adversas com a incorporação de uma capota que é facilmente montada e desmontada. Toda a capota é arrumada num compartimento situado no painel de popa.

Ficha técnica Modelo: Escapade 600 | Origem: Polónia | Construtor: Pegazus | Comprimento: 5,98 m | Boca: 2,54 m | Peso s/motor: 1 050 kg | Potência máx.: 150 Cv | Água: 80 L | Preço: 16 990€ + IVA | Importador: ICM Náutica. náutica press magazine


Contacto | Dipol 25 CC

ELEGANTE, VELOZ E POLIVALENTE O CONSTRUTOR ESPANHOL DIPOL GLASS APRESENTOU O SEU NOVO MODELO PARA 2011 O DIPOL 25 CC. TRATA-SE DE UM BARCO OPEN DE CONSOLA CENTRAL E MOTORIZAÇÃO FORA DE BORDA QUE TIVEMOS A OPORTUNIDADE DE EXPERIMENTAR EM ESPANHA.

TEXTO E FOTOGRAFIA NÁUTICA PRESS

20


Um conceito moderno

O modelo Dipol 25 CC é um barco com consola central e motorização fora de borda onde a potência máxima não deverá ultrapassar os 300 Cv. Destina-se a todos aqueles que gostam de efectuar passeios costeiros ou de pesca desportiva. De série já vem preparado para receber canas, viveiro ou geleira, frigorífico, direcção hidráulica, bomba de água salgada com kit lava-convés. Isto tudo a um preço muito competitivo. Ao nível de lay-out temos uma zona de estar à proa onde podem ser servidas as refeições e que também se transforma em solário devido à mesa ser regulável em altura. A consola central protege bem os dois ocupantes do banco duplo. náutica press magazine


Contacto | Dipol 25 CC

Interior bem pensado É notório a influência dos construtores norte-americanos na concepção do Dipol 25CC. Pepe Cobano, responsável do estaleiro, não esconde essa influência mas conseguiu dar um toque mais europeu e adaptado ás características do mercado ibérico. No Salão de Barcelona este modelo tinha-me deixado uma agradável sensação pelo facto de se notar um cuidado com os pormenores e com os acabamentos e pela concepção do layout. O Dipol 25 CC assume-se como um barco destinada à pesca desportiva mas com uma forte componente cruzeiro em família. Se no poço temos o conceito pesca bem patente com a implementação 22

de porta-canas, suportes laterais para as canas de pesca e viveiro de isco vivo. À proa temos tudo preparado para receber uma família em passeio com um espaço composto por um sofá em V com uma mesa regulável em altura que quando nivelada com o sofá transforma-se em solário e um banco junto à consola. Comum a estes dois tipos de utilização do barco temos a consola central com uma pequena cabina para arrumos e instalação de um WC químico. Ainda para uma utilização comum temos na parte posterior do banco de pilotagem, um pequeno lavatório e uma bancada de trabalho em mármore que possibilita


a preparação de uma refeição ligeira a bordo. Ainda no banco do piloto mas, da parte da frente, temos um frigorífico eléctrico. A circulação a bordo é feita com grande facilidade e segurança não só devido ao espaço existente com aos diversos pontos de apoio existentes.

A navegar

Em Espanha, quando experimentámos o Dipol 25CC tivemos a oportunidade de navegar com duas motorizações diferentes, 150 e 300 Cv respectivamente. Trata-se da mínima e da máxima potência indicada pelo construtor. Estamos perante um barco muito interessante no que diz respeito à performance independentemente da motorização. Pensamos contudo que os 300 Cv será uma potência um tanto ou quanto exagerada para o Dipol 25 CC não só pelo custo como pelo consumo ou pela velocidade que atinge. A motorização de 150 Cv náutica press magazine


Contacto | Dipol 25 CC

demonstrou ser equilibrada mas, a ideal deve situar-se na ordem dos 200 aos 250 cv de potência. O Dipol 25 CC é um barco divertido de conduzir e o conjunto responde com prontidão a todas as solicitações do piloto. Curva a fundo sem qualquer problema e o motor não cavita, é um barco muito seco pois deflecte bem a água, a posição de condução é boa (melhor a posição de sentado). Nas velocidades máximas notámos uma certa tendência para o conjunto começar a saltar um pouco mesmo quando contrariado com o trim. A consola é envolvente protegendo bem o piloto e o co-piloto e com diversos pontos de apoio. A disposição dos manómetros no painel é de boa leitura sendo que o comando nos parece estar um pouco baixo demais.

Conclusão

A título de balanço, o Dipol 25 CC é um exemplo de que se pode construir com qualidade e a um preço competitivo. A relação preço/qualidade é muito interessante num barco polivalente ao nível da utilização e com uma performance elevada. Este modelo irá estar patente na próxima edição da Nauticampo e será uma oportunidade de o ver mais de perto. 24


Medições das velocidades

As provas de velocidade foram efectuadas com dois adultos a bordo, as condições de mar excelentes sem ondulação. As medições de velocidade foram efectuadas através de um GPS portátil da Garmin e o consumo instantâneo através da instrumentação multifunções da Yamaha.

Dipol 25CC equipado com um motor Yamaha F150 A planar em 2,84 s Mínimo a planar às 3 100 rpm / 12,8 nós 3 500 rpm / 17,6 nós 4 000 rpm / 23 nós 4 500 rpm / 26,8 nós 5 000 rpm / 30 nós 5 500 rpm / 33 nós 5 900 rpm / 37 nós

Dipol 25CC equipado com um motor Yamaha F300 A planar em 3 s Mínimo a planar às 2 300 rpm / 10 nós 2 500 rpm / 11,6 nós / 15,7 L-h 3 000 rpm / 17,8 nós / 29,4 L-h 3 500 rpm / 28,6 nós / 40,4 L-h 4 000 rpm / 32 nós / 49 L-h 4 500 rpm / 37,9 nós / 80 L-h 5 000 rpm / 42,5 nós / 96 L-h 5 500 rpm / 49,3 nós / 101 L-h

Ficha técnica

Modelo: Dipol 25 CC | Origem: Espanha | Construtor: Dipol Glass | Comprimento: 7,44 m | Boca: 2,44 m | Peso s/motor: 1 500 Kg | Potência máx.: 300 Cv | Preço s/impostos, na fábrica e c/Yamaha F150: 32 750,00 € | Comercialização: Yamaha Motor de Portugal náutica press magazine


Empresas & Negócios

NOVA MARINA EM ALMADA Está em marcha o projecto da primeira marina localizada na margem sul do Tejo. Nos antigos estaleiros da Lisnave vai nascer um projecto de forte prestígio pensado para captar turismo de elevada qualidade e com 500 pontos de amarração. A marina funcionará como o projecto âncora da nova Cidade da Água integrada no projecto do Arco Ribeirinho Sul e prevista no Plano de Urbanização de Almada Nascente. O investimento na marina será feito em regime de concessão e será integralmente suportado por capitais privados. A apresentação deste projecto foi feita pela empresa Arco Ribeirinho Sul, SA em conjunto com o Fórum Empresarial da Economia do Mar e despertou grande entusiasmo junto de potenciais investidores devido às condições excepcionais que o local apresenta para a náutica de recreio. Entre os factores de sucesso apontados conta-se a estabilidade dos fundos na zona prevista para a marina. Usando uma carta do séc. XIX percebe-se que houve pouquíssimas alterações no fundo desta área ao longo dos anos, consequência da situação geográfica abrigada, da pouca corrente e resistência ao assoreamento. Motivos que levaram a que, nos anos 60, esta fosse a zona do Tejo escolhida para instalação dos Estaleiros da Lisnave, com capacidade para receber super petroleiros. As embarcações vão voltar a animar uma área emblemática da indústria naval Portuguesa. Os terrenos da Lisnave na Margueira fazem parte do projecto do Arco Ribeirinho Sul, um plano decisivo de valorização ambiental e urbanística de vasto património do estado que está desaproveitado. 26


APRESENTAÇÃO DO PROJECTO A apresentação da nova Marina de Almada aos investidores serviu, acima de tudo, para ouvir sugestões sobre a forma como o projecto deverá ser desenvolvido e perceber as vantagens comparativas com outras Marinas da Região. Estiveram presentes, empresas de construção e gestão de marinas, representantes da banca, consultores, além de membros de câmaras de comércio. Aliás a capacidade deste projecto captar turistas e investimento estrangeiro foi realçada por todos os participantes. O presidente do Arco Ribeirinho Sul SA, Eng. Fonseca Ferreira, lançou um desafio aos privados presentes no encontro para que tenham a ousadia de apostar num projecto que será o primeiro sinal da enorme transformação que o Sul do Tejo vai conhecer nos próximos anos. “ Queremos valorizar estes terrenos que estão numa situação privilegiadíssima, mas sem utilização coerente e degradados do ponto de vista ambiental e urbano. Temos uma visão para este território: Transformá-lo na porta de entrada do Sul de Portugal e num prolongamento natural de Lisboa, criando uma verdadeira Cidade de Duas Margens com dimensão europeia. O projecto do Arco Ribeirinho

Sul é absolutamente decisivo para esta transformação que estamos a liderar. Termos uma marina como projecto motor desta transformação é importante do ponto de vista da economia e do ponto de vista simbólico. Não só acrescentamos valor ao projecto global e damos resposta a uma procura crescente por este tipo de produto, como permitimos o regresso das embarcações à Lisnave, um espaço

que tem fortes tradições navais.” O Eng. Fernando Ribeiro e Castro, secretário-geral do Fórum Empresarial da Economia do Mar O secretário-geral do Fórum Empresarial da Economia do Mar, realçou a importância deste na economia portuguesa “ se o mar estivesse cotado em Bolsa, valeria qualquer coisa como 10 mil milhões de euros, tanto como a EDP. Precisamos de iniciativas como esta, da Marina de Almada liderada pelo Arco Ribeirinho Sul, para colocar todo o potencial do mar ao serviço do País” afirmou o Eng. Fernando Ribeiro e Castro. No futuro haverá mais reuniões deste género solicitando contributos para ajudar a moldar o projecto final da Marina de Almada que começa a ganhar forma. náutica press magazine


Radar

COSTA CRUZEIROS APRESENTA LIVRO “ARTE A BORDO”

SECTOR OVERSIZE DUAL TIME BLACK O modelo Sector Oversize Dual Time Black possui uma caixa redonda XL em aço inoxidável (48 mm), analógico, com data, estanque até 100 metros e uma bracelete em pele preta, este relógio tem ainda a função Dual Time (com duplo fuso horário). PVP 195€.

A NOVA CARRINHA DESPORTIVA VOLVO V60

A Costa Cruzeiros apresentou “Arte a Bordo”, um livro sobre as obras de arte distribuídas pelos 14 navios que compõem a frota da Costa Cruzeiros. A obra apresenta os artistas que contribuíram para o monumental projecto artístico da companhia. Há mais de 60 anos que a arte tem acompanhado a evolução do design a bordo dos navios Costa. Actualmente existem cerca de 4. 200 peças originais e 50 mil cópias a navegar nos 14 navios da frota. Estas verdadeiras galerias de arte flutuantes são visitadas anualmente por muitas centenas de milhar de passageiros que viajam com a Costa Cruzeiros. “Arte a Bordo” está dividido em seis partes: um capítulo de Ugo Volli intitulado “Show de obras de arte”; um capítulo da autoria da editora, Martina Corgnati, sobre o mundo que existe em cada navio; uma entrevista da editora a Pier Luigi Foschi, presidente e CEO da Costa Crocieri SpA, intitulada “Amores à primeira vista”, que selecciona algumas peças da colecção Costa; “A colecção como um projecto”, um capítulo em que todos os artistas que têm obras a bordo dos cruzeiros Costa estão presentes e, finalmente, uma secção final sobre a frota da companhia. Tal como é referido no livro por Ugo Volli, “A Costa Cruzeiros é uma grande coleccionadora de arte. Certamente que uma das maiores investidoras no mercado de arte italiano”. O livro, publicado pela Skira, tem 191 páginas e está disponível, em italiano e inglês, nas livrarias e a bordo dos navios da Costa Cruzeiros.

A Volvo V60 faz a sua entrada no mercado automóvel claramente disposta a dar luta ao novo modelo sedan S60 pelo título de “O Modelo Volvo Mais Dinâmico de Sempre”. Estima-se que um mínimo de 90 porcento da produção anual da V60 (50.000 unidades) terá como destino compradores europeus. A Volvo sempre foi conhecida pela sua preocupação com a segurança. A nova V60 incorpora o sistema de detecção de peões com travagem automática completa constitui uma solução tecnológica absolutamente pioneira. Através desse sistema é possível detectar peões que se atravessem na frente do veículo, alertar então o condutor da sua presença e aplicar automaticamente a máxima potência de travagem se o condutor não reagir a tempo.

28


Náutica Press Magazine Nº 3  

Revista digital mensal gratuita

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you