Page 1

REVISTA

ALIMENTOS - BEBIDAS - COSMÉTICOS

EMBALAGEM & TECNOLOGIA

Revista Trimestral Edição 32

A REVISTA DO SETOR DE EMBALAGEM

Novas codificadoras FoxJet para impressão em caixas de papelão - AJUDANDO FABRICANTES A MELHORAR O DESEMPENHO E A REDUZIR O IMPACTO AMBIENTAL - SOLUÇÃO EM RÓTULOS DA NOVELPRINT GANHA PRÊMIO DE INOVAÇÃO DA ABIEA - AVERY DENNISON E POLPEL TRABALHAM JUNTAS PAR RECICLAR LINERS USADOS EM MATERIAIS AUTOADESIVOS - Bemis é a primeira empresa de embalagens do Brasil a receber certificação ISO 50001 - ENFOQUE EXCLUSIVO DO SIDEL GROUP SOBRE A CADEIA DE VALOR DA EMBALAGEM REVOLUCIONA CONCEITOS DE LINHA E FÁBRICA

WWW.EMBALAGEMETECNOLOGIA.COM.BR FACEBOOK.COM / REVISTAEMBALAGEMETECNOLOGIA 1


2


3


AJUDANDO FABRICANTES A MELHORAR O DESEMPENHO E A REDUZIR O IMPACTO AMBIENTAL Para que os produtores sejam capazes de atender às necessidades dos clientes e enfrentar os desafios colocados pelas cadeias de valor do setor de embalagens atual, o desempenho do equipamento é fundamental. Lançados com sucesso durante a Drinktec 2017 — mais importante feira do setor de bebidas e alimentos líquidos do mundo—, o alimentador de coroas OptiFeed® e o sistema de empacotamente com filme termoencolhível EvoFilm™ são as novas soluções da Gebo Cermex para aumentar a confiabilidade e a flexibilidade da produção em alta velocidade, e ainda reduzir o impacto ambiental e baixar o custo total de propriedade (TCO).

OptiFeed A primeira novidade é o robusto alimentador de coroas OptiFeed, que oferece desempenho veloz e confiável num espaço compacto. Desenvolvido para o mercado do vidro e inspirado no sucesso mundial das soluções para a alimentação de tampas da Gebo Cermex – 1.400 instalações espalhadas pelo mundo –, a nova plataforma de alimentação de coroas garante a qualidade e a conformidade das tampas. Sem interromper o fluxo, seu dispositivo integrado de visão detecta e refuga as coroas inadequadas até mesmo quando a velocidade registrada é de 81.000 coroas por hora. Durante todo o processo de desenvolvimento da solução OptiFeed, a sustentabilidade foi uma das prioridades da equipe de design. O resultado é uma solução que dispensa o uso de ar, eliminando assim os riscos de contaminação associados à sua utilização. O deslocamento das coroas é feito por uma descarga mecânica, reduzindo o consumo de eletricidade a menos de 1kW.Isso cria um processo de manuseio fluido e melhora a higiene, além de reduzir o impacto ambiental do processo. O alimentador de coroas OptiFeed conta com um design inteligente que permite optar pela descarga à direita ou à esquerda, em alturas que podem variar

4


de 2 m a 6,2 m, para proporcionar total flexibilidade aos fabricantes. As dimensões compactas e o design modular da solução permitem uma integração rápida e fácil, com uma ótima ergonomia proporcionada pela Interface HomemMáquina (IHM) intuitiva e total acesso no nível do piso. Além disso, para ajudar a cumprir os requisitos de saúde e segurança do trabalho, o nível de ruído é inferior a 80 dB, limite acima do qual o uso de protetores de ouvido é obrigatório. EvoFilm Outra solução inédita lançada durante a Drinktec 2017 é o EvoFilm da Gebo Cermex, sistema de empacotamento com filme termoencolhível robusto, flexível, extremamente compacto e com baixo consumo de energia. Fruto de 50 anos de experiência em embalagens secundárias e soluções de fim de linha, o EvoFilm produz pacotes de qualidade e ainda responde aos desafios atuais de personalização e sustentabilidade. Desenvolvida para atender ao exigente segmento de produção em alta velocidade, a solução integra alimentação delicada do produto e áreas de transferência otimizadas, essenciais quando as impressionantes velocidades de produção podem alcançar 150 ciclos por minuto em três pistas. Seus vastos re-

cursos para a produção de embalagens primárias e secundárias, a precisão do processo de manuseio do filme e as trocas de formato totalmente automáticas que levam somente cinco minutos, permitem multiplicar as configurações de unidades de manutenção de estoque (SKU), e ainda reduzir os períodos de inatividade. Mas vale ressaltar que o alto nível de desempenho e a flexibilidade não comprometem a facilidade de utilização. Por exemplo, a fim de garantir o acesso rápido para operações de limpeza e manutenção, a mesa de filme a vácuo é removível, e o sistema de engraxamento e a lubrificação das correntes são automáticos. Para facilitar as trocas sem necessitar reprogramação, todos os componentes de movimento são do tipo “plug and play”. E para ajudar os produtores a minimizar o impacto ambiental, o compacto EvoFilm é equipado com uma nova versão mais leve de esteira no túnel de encolhimento. Graças ao modo túnel de energia e às abas de alimentação e saída do túnel, o consumo de energia pode ser reduzido significativamente em caso de paradas longas (a economia de energia pode atingir 40% durante uma parada de 15

minutos). Além disso, como o custo da energia varia de um país a outro, os fabricantes de determinadas regiões podem desfrutar de economias suplementares, se o túnel de encolhimento funcionar a gás. Altamente confiável e segura, essa tecnologia exige um período de aquecimento muito mais curto que os modelos elétricos, e a economia gerada pode ser estimada com a ferramenta de simulação de consumo de energia da Gebo Cermex. O EvoFilm oferece uma série de inovações tecnológicas e ferramentas inteligentes para proporcionar conectividade e gestão e análise de dados. Graças a tutoriais e conteúdo interativo, sua novíssima IHM intuitiva agiliza a resolução de problemas. Para garantir um restabelecimento rápido e confiável, o sistema também é equipado com um acesso remoto por vídeo, utilizando a realidade aumentada e, para otimizar o desempenho ao longo do tempo, dispõe de um programa de monitoramento inteligente do equipamento (ESM, na sigla em inglês). Tudo isso proporciona melhor operabilidade, menos interrupções de atividade e altos níveis de rentabilidade.

5


SOLUÇÃO EM RÓTULOS DA NOVELPRINT GANHA PRÊMIO DE INOVAÇÃO DA ABIEA • Menor espaço para armazenamento e transporte. • Diminuição significativa de resíduos sólidos, portanto redução do impacto ambiental indo de encontro com a Política Nacional de Resíduos sólidos (Lei 12305 de 02/08/2010 regulamentada pelo Decreto Lei 7404 de 23/12/2010). Estes resíduos são 100% recicláveis e a Novelprint oferece aos seus clientes a “Logística Reversa” dos resíduos (liner) gerados pelo material de sua fabricação com a compra destes resíduos e dando uma destinação correta reinserindo o material na cadeia produtiva o que faz com que não haja passivo ambiental. Todo este processo de retirada, reciclagem e destino são acompanhados das devidas certificações ambientais para rastreamento em caso de necessidade.

A Novelprint, uma das principais desenvolvedoras de soluções completas em rotulagem do país, foi premiada na categoria inovação com o rótulo iNovelite no 5º Prêmio Brasileiro de Excelência em Etiquetas e Rótulos Autoadesivos da Associação Brasileira das Indústrias de Etiquetas Adesivas (ABIEA), que ocorreu em agosto deste ano. “O iNovelite, antigo Ultrafino, não mudou só de nome. Nós inovamos a solução para que ela oferecesse mais qualidade, alta produtividade e melhor resultado. Devido a essas transformações, conquistamos a premiação com a adesivagem da garrafa de cerveja da Heineken”, explica o diretor Comercial da Novelprint, Guido Raccah.

6

Nesse mesmo evento, a empresa também conquistou outra premiação, dessa vez na categoria Booklet e Rótulo Bula. “A conquista dessas duas premiações é, para nós, como conquistar o reconhecimento, o respeito e a admiração de todo o nosso mercado. Estamos muito orgulhosos e seguimos conscientes de que a inovação é um processo contínuo, pois promove a melhoria dos nossos produtos e dos resultados dos nossos clientes”, diz Raccah. Segundo o diretor, a solução premiada iNovelite apresenta os seguintes diferenciais: • 30% ou mais etiquetas por rolo, portanto menor número de paradas para troca de rolo nas máquinas aplicadoras.

• A impressão reversa faz com que os rótulos fiquem com impressão blindada, protegendo as tintas a qualquer tipo de abrasão. • Com a redução de material, consequentemente há uma redução do custo das etiquetas e também dos custos operacionais Sobre a Novelprint (www.novelprint.com.br) A Novelprint é uma empresa do segmento de soluções completas e integradas em rotulagem. Com um atendimento moderno, inteligente e prático, nosso compromisso é garantir a excelência em qualidade aos nossos clientes, amparada por mais de 50 anos de experiência. Para isso, a Novelprint conta com o que há de mais avançado na tecnologia de rotulagem, proporcionando uma gama de serviços que vai desde o desenvolvimento e fabricação de equipamentos de rotulagem, até a personalização de produtos de materiais especiais.


7


Rótulos de alimentos: você realmente entende? Na semana Mundial da Alimentação, a ABIAD - Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres - ressalta que os rótulos dos alimentos trazem informações que ajudam na escolha de produtos para uma alimentação equilibrada e adequada às suas necessidades

Do dia 16 a 20 de outubro é celebrada a Semana Mundial da Alimentação, data que tem o intuito de conscientizar a população sobre o consumo equilibrado dos alimentos, refletindo acerca de temas como segurança alimentar e alimentação saudável. A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), entidade que representa a indústria para o segmento de alimentos especiais, aproveita a oportunidade para ressaltar a importância dos rótulos dos alimentos com informações claras, para facilitar o acesso e entendimento pelo consumidor sobre os ingredientes e valores nutricionais dos produtos industrializados. Dessa forma, promover maior consciência na população para que sejam capazes de escolher uma dieta alimentar que mais se adeque às suas necessidades. A ABIAD defende ainda que a população adquira entendimento dessas informações através de iniciativas educacionais, para que o consumo se torne eficiente como um todo, agregando benefícios na promoção da saúde, propiciando acesso e qualidade a esses alimentos. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) estuda novo modelo de rotulagem dos alimentos A Anvisa estuda um novo modelo de rotulagem de alimentos no Brasil com o objetivo de tornar as informações sobre alimentos e bebidas claras e compreensíveis para a população. A ABIAD sugere que os dados nos rótulos, além de claros, permita a livre escolha do consumidor, através do modelo Guideline Daily Amount (GDA), facilmente relacionado com cores (verde, amarelo e vermelho) de acordo com sua composição nutricional. “Quando

8

se trata de um público diferenciado, que tem a necessidade de uma dieta específica, tal como alimentos para dietas com restrição de nutrientes e suplementação, a mudança deve ser contemplada da maneira mais fácil possível”, afirma Dra. Tatiana Pires, Engenheira em Alimentos, mestre e doutora em Ciência dos Alimentos, e Presidente da ABIAD. Dicas para entender o rótulo dos alimentos O consumidor estar atento ao rótulo dos alimentos é de extrema importância, pois as descrições nas embalagens vão muito além de despertar o interesse de compra na população. Sua função é exibir as características e propriedades nutricionais do produto, sendo determinante no momento de escolher o que será consumido de acordo com o gosto do consumidor. Lista de ingredientes A lista de ingredientes dos produtos, normalmente, é apresentada em ordem decrescente, sendo os primeiros ingredientes da lista aqueles que estão em maior quantidade no alimento, seguido pelos ingredientes com menores quantidades.

claros, com informações se contém glúten e lactose (leite). Produtos Light Alimentos light significam que possuem uma redução mínima de 25% do teor de nutriente ou parâmetro nutricional, como valor calórico, açúcar, gordura, entre outros, em comparação ao produto de referência. Produtos Zero Os alimentos que utilizam o termo zero são aqueles com valores mínimos de nutriente ou parâmetro nutricional. Para açúcares e gordura, por exemplo, são os que têm até 0,5g do macronutriente por cada 100g/ 100 ml do produto. Produtos Diet Alimentos diet significa que são produtos que apresentam ausência ou quantidades reduzidas de determinados nutrientes, tais como carboidratos, açúcar, sal e lactose.

Informação Nutricional Os rótulos oferecem a informação nutricional por porção em gramas, com os dados nutricionais de: Carboidratos, Açúcares, Fibra Alimentar, Gorduras Totais (saturadas, monoinsaturadas, poli -insaturadas e trans), Proteínas, Sódio, Outros minerais, Vitaminas.

Sobre a ABIAD A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD) foi fundada em 1986 com a missão de reunir empresas que se dediquem, direta ou indiretamente, à produção, industrialização, comercialização, distribuição e importação de matérias-primas e alimentos para fins especiais, incluindo nutrição infantil, nutrição enteral, diet e light, suplementos alimentares, nutrição esportiva, alimentos funcionais, dentre outras categorias.

Conservação e prazo de validade No rótulo também estão descritas sobre as condições em como os alimentos devem ser mantidos, garantindo qualidade em seu estado de conservação, para não perder as caraterísticas iniciais até o termino do seu prazo de validade. Restrição alimentar A presença da lista de substâncias com potencial alérgicos devem estar bem

A ABIAD se dispõe a ser a principal interlocutora do setor no diálogo com o Poder Público e órgãos internacionais, podendo assumir o papel de liderança na defesa de políticas públicas baseadas em dados científicos sólidos e a capacidade para que os consumidores tenham acesso a uma grande variedade de produtos seguros, benéficos e de alta qualidade.


9


BASF expande seu portfólio de ligantes para revestimento de papel no mercado nórdico - Látex XSB (dispersão de estireno-butadieno) com baixa emissão de voláteis (VOC) e reduzida sensação de odores - Látex com mais alto teor de sólidos, ampliando o conceito de “cost-efficient binders” tecnologia conforme as condições e necessidades de cada mercado.

Dispersão de baixo odor para o mercado de papel cartão para embalagens no norte da Europa. O novo látex da BASF de baixo odor, baseado em polímeros de estireno-butadieno (XSB),foi desenvolvido para as condições específicas da planta de Hamina, na Finlândia e atender o mercado norte-europeu. Apesar de poder ser usado em todas as aplicações de impressão, o novo produto é mais adequado para embalagens que entram em contato com alimentos e para embalagens de produtos líquidos, cartões revestidos que são fabricados preponderantemente no norte da Europa. O látex XSB de baixo odor tem como principal característica um teor mínimo de compostos orgânicos voláteis (VOC), atendendo a todos os requisitos relevantes de rótulos ecológico e regulamentação europeia de contato com alimentos. “A melhoria contínua de nossa linha de produtos demonstra claramente nosso compromisso com a indústria de papel e cartão. Nosso novo látextorna o processo do cliente mais eficiente sem a necessidade de mudanças na formulação”, afirma o Prof. Dr. Thomas Schiele, vice-presidente de Químicos para Revestimento de Papel

10

na Europa. “O novo látex deixa o portfólio de químicos para revestimento de papel da BASF mais completo, suprindo as necessidades dos clientes e obedecendo às condições normativas cada vez mais rigorosas”. Látex com mais alto teor de sólidos A BASF está lançando novos ligantes com alto teor de sólidos, também produzidos em Hamina. Estes produtos ampliam o conceito de “cost-efficient binders”, pois o maior conteúdo de sólidos ajuda a reduzir a pegada de carbono, seja em sua própria fabricação ou no transporte para o cliente. Com 55% de sólidos, em vez de 50% dos produtos convencionais, permite ao papeleiro trabalhar com formulações mais concentradas e usando menos energia para a secagem do papel.Também são adequados para aplicações complexas, que demandam alta performance, e possuem perfeita compatibilidade com tintas de impressão com cura UV e vernizes. Ambos os desenvolvimentos acima são específicos para Hamina, Finlândia, explorando as características tecnológicas desta planta e atendendo condições do mercado do norte da Europa. A BASF produz ligantes XSB e acrílicos em várias regiões do mundo, e transfere a

Sobre a BASF Na BASF nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com proteção ambiental e responsabilidade social. O Grupo BASF conta com aproximadamente 114 mil colaboradores que trabalham para contribuir com o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e países do mundo. Nosso portfólio é organizado em cinco segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Petróleo e Gás. A BASF gerou vendas de cerca de € 58 bilhões em 2016. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (BAS). Para mais informações, acesse: www.basf.com. Sobre a divisão de Dispersões e Pigmentos da BASF A divisão de Dispersões e Pigmentos da BASF desenvolve, produz e comercializa uma gama de pigmentos de alta qualidade, resinas, aditivos e dispersões de polímeros em todo o mundo. Essas matérias-primas são usadas em formulações para revestimentos e tintas, impressão e embalagem de produtos, produtos químicos para construção, adesivos, colagem de fibras, plásticos, papel, bem como em aplicações eletrônicas, tais como monitores. Com seu portfólio de produtos abrangente e vasto conhecimento da indústria, a divisão de Dispersões e Pigmentos oferece aos seus clientes soluções inovadoras e sustentáveis e os ajuda a avançar em suas formulações. Para mais informações sobre a divisão de Dispersões e Pigmentos, visite www.dispersions-pigments.basf.com.


Bemis é a primeira empresa de embalagens do Brasil a receber certificação ISO 50001 Empresa aplicou as normas da ISO na unidade de Mauá, em São Paulo, e pretende estender para suas outras fábricas no país

A Bemis, uma das maiores fabricantes de embalagens do mundo, recebeu a certificação ISO 50001, de sistema de gestão de energia, em sua unidade de Mauá, na grande São Paulo. A empresa é uma das 22 certificadas no país, sendo a primeira no setor de embalagens. As normas do ISO 50001 foram aplicadas primeiro na planta de Mauá e, agora, devem ser implementadas nas outras unidades da multinacional no Brasil. Selecionada pelo SENAI – SP e Eletrobrás, a Bemis foi uma das empresas que receberam a certificação em reconhecimento às mudanças e treinamentos realizados. O objetivo da ISO 50001 é permitir que as empresas melhorem a eficiência e desempenho enérgicos, a fim de redu-

zir as emissões de gases do efeito estufa, o custo de energia, facilitar a comunicação e a transparência na gestão de recursos energéticos e reduzir outros impactos ambientais relacionados por meio da gestão sistemática da energia. Além disso, as empresas certificadas atestam seu compromisso para com a sustentabilidade. “A certificação ISSO 50001 é o reconhecimento pelo trabalho que a Bemis tem desenvolvido em busca de melhorias, tanto internas quanto externas. Nosso objetivo é reduzir 10% dos ativos enérgicos até 2020”, afirma Teddy Lalande gerente de sustentabilidade da Bemis no Brasil. Em outubro, a Bemis vai lançar um pequeno livreto patrocinado pelo Pro-

cobre (Instituto Brasileiro do Cobre), descrevendo o processo de certificação e os ganhos ambientais e econômicos para a empresa. Sobre a Bemis A Bemis é uma das maiores fabricantes de embalagens do mundo. Com sede em Neenah, Wisconsin (EUA), a companhia atende aos mercados de alimentos, bebidas, cosméticos, farmacêuticos, higiene pessoal, limpeza doméstica, médico-hospitalares e pet food com embalagens flexíveis, rígidas, cartonadas, tubos laminados e rótulos. A companhia conta com 17,5 mil funcionários em 59 unidades, localizadas em 12 países nas Américas do Norte e Latina, Europa e Ásia-Pacífico. Mais informações no site www.bemis.com.

11


Braskem e A. Schulman firmam parceria para viabilizar solução com Polietileno Verde para rotomoldagem Clientes que buscam soluções mais sustentáveis terão à disposição composto com elevado conteúdo renovável A Braskem, maior petroquímica das Américas, acaba de firmar parceria com A. Schulman, líder global e produtor de compostos plásticos e resinas de alto desempenho, para produção e comercialização de uma nova aplicação para o Polietileno Verde: uma solução para o processo de transformação de rotomoldagem. A. Schulman vai trazer esta solução para o mercado com identificação do selo I’m green™, que indica o auxílio na redução das emissões de gases de efeito estufa. Ao identificar uma demanda de mercado por uma solução mais sustentável em produtos rotomoldados, a Braskem trabalhou no desenvolvimento de uma resina que permitisse, a partir da rotomoldagem, produzir peças para aplicações de uso geral, que vão desde brinquedos e mobiliário até utensílios para a indústria agrícola e que poderão conter mais de 50% de Plástico Verde em sua composição. A A. Schulman, que contribui para a parceria com sua expertise industrial e comercial para atender os clientes diretamente com um produto adequado às necessidades do mercado, apresentará a novidade durante a Rotoplas 2017, maior exposição da indústria de rotomoldagem, que acontece entre 26 e 28 de setembro, nos Estados Unidos. “A parceria com A. Schulman vai beneficiar um mercado que necessita de produtos inovadores. O novo composto é mais um passo da indústria petroquímica que reforça o com-

12

promisso das companhias com novas soluções que ajudem na redução dos gases efeito estufa”, sinaliza Gustavo Sergi, diretor de Químicos Renováveis da Braskem. “A. Schulman tem a honra de ter uma relação colaborativa de longa data com a Braskem e estamos igualmente satisfeitos em ajudar a impulsionar a inovação verde na indústria de especialidades químicas e especificamente para o mercado de rotomoldagem”, afirma Gustavo Perez, vice -presidente sênior e gerente geral para América Latina da A. Schulman. Inovação Em março de 2017, com investimentos de R$ 1,7 milhão, a Braskem inaugurou o Centro Brasileiro de Tecnologia e Inovação de Triunfo (RS), um completo laboratório de rotomoldagem que inclui um equipamento Rotoline de tamanho comercial. “Com o investimento, poderemos desenvolver novas soluções para o mercado, concentrando-nos no aumento da diversificação das aplicações e continuar a entregar a inovações neste segmento”, completa Fabiano Zanatta, líder do segmento de rotomoldagem da empresa. Sobre a Braskem Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentá-

veis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e faturamento de R$ 55 bilhões em 2016. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

Sobre a A. Schulman A. Schulman Inc. é um fornecedor internacional líder no mercado de compostos plásticos e resinas de alto desempenho com sede em Akron, Ohio. Desde 1928, a Empresa vem fornecendo soluções inovativas para atender as mais exigentes demandas de seus clientes. Estes clientes atuam em diversas áreas de mercado, tais como embalagem, mobilidade, construção, elétricos e eletrônicos, agricultura, cuidados pessoais e higiene, esportes, casa e lazer, serviços e outros. A empresa emprega aproximadamente 4.900 funcionários e possui 54 instalações fabris globalmente. As vendas líquidas reportadas no ano fiscal encerrado em 31 de agosto de 2016 foi de aproximadamente US$ 2.5 bilhões. Maiores informações sobre a A. Schulman podem ser encontradas no site www.aschulman.com.


Fischer Brasil apresenta case no Curso de Embalagens de Transporte. As mudanças nas embalagens de transporte promoveram ganhos de 30% de economia de tempo no ciclo de produção da embalagem, redução de 20% de custo de embalagem e redução de 35% de custo com etiquetas. Rafael Matoshima, gerente de produtos e marketing da Fischer Brasil, vai apresentar o case de embalagens de transporte de buchas, que melhorou a eficiência logística da empresa, durante o Curso de Embalagens de Transporte, que o Instituto de Embalagens realiza de 26 a 28 de outubro, em São Paulo. “O case sobre mudança de embalagens dos produtos da Fischer Brasil está alinhado com o tema do curso promovido pelo Instituto de Embalagens. Mostrar qual foi a demanda, como foi feita a mudança e os resultados pode agregar informação e conhecimento e ser uma referência aos participantes”. CASE Recentemente, a Fischer Brasil reestruturou as embalagens de transporte e também dos produtos que vão para o atacado e varejo. As mudanças ocorreram, principalmente, para melhorar a comunicação com o cliente e para garantir a integridade do produto no ponto de venda. “As caixas antigas, além de não terem lacre, eram facilmente abertas e violadas. Mesmo durante o transporte, era comum a perda de buchas pelo vazamento da caixa. As embalagens antigas não explicitavam qual produto estava contido, havia um pequeno texto com baixa legibilidade. Muitos clientes que reclamavam da perda de produto e sugeriram a mudança das embalagens. A Fischer Brasil também gastava dinheiro repondo os itens de quebra”, explica Matoshima. Assim, a Fischer Brasil redesenhou as embalagens, com material mais resistente, e tornou a identificação do produto mais clara, utilizando um código de cores que facilita a visualização. Com as mudanças nas embalagens, a Fischer Brasil registrou: - ganhos de 30% de economia de tempo no ciclo de produção da embalagem

- redução de 20% de custo de embalagem - redução de 35% de custo com etiqueta Sobre o Instituto de Embalagens Fundado em 2005, o Instituto de Embalagens tem o objetivo de levar conhecimento para o setor de embalagens, visando o seu avanço e crescimento. O trabalho consiste na coordenação e realização de cursos, encontros, treinamentos e publicações técnicas. Desde a criação do Kit de Referências de Embalagens, primeiro material didático do Instituto de Embalagens, a entidade já publicou 14 livros e realizou cerca de 70 cursos e 94 eventos, com a participação de mais de 6 mil profissionais. A crença do Instituto de Embalagens é que melhores embalagens promovem

melhor qualidade de vida. Sobre a Fischer Brasil Subsidiária da empresa alemã, a Fischer Brasil produz e distribui itens, como buchas, chumbadores químicos e mecânicos, espumas, selantes, brocas e ferramentas de fixação a pólvora. Presente em 46 países, a marca nasceu na Alemanha em 1948 e é líder mundial em sistemas de fixação. Seu fundador, Artur Fischer, inventou, na década de 50, a famosa bucha S, até hoje utilizada em todo o mundo. Reconhecida como uma das empresas mais inovadoras do mundo, a Fischer ficou em sexto lugar no ranking geral dos “Campeões da Inovação 2016”, da revista alemã Wirtschaftswoche, a maior publicação de negócios daquele país. O estudo avaliou mais de 3.500 médias empresas de oito indústrias distintas.

13


ENFOQUE EXCLUSIVO DO SIDEL GROUP SOBRE A CADEIA DE VALOR DA EMBALAGEM REVOLUCIONA CONCEITOS DE LINHA E FÁBRICA Os padrões de consumo emergentes têm apresentado novos desafios de produção para os produtores de bebidas, alimentos, produtos para casa e de cuidados pessoais no mundo inteiro. A diversidade e a personalização dos produtos e o comércio eletrônico exigem maior capacidade de resposta, flexibilidade e escalabilidade das linhas de produção. Com este conceito revolucionário o Sidel Group está abrindo caminho para um novo modelo de produção que se destaca por sua agilidade sem precedentes.

Para garantir a agilidade, em primeiro lugar, simplificamos muito os nossos processos, e além disso, atingimos a capacidade de processar uma variedade elevada de produtos bem como pequenos volumes em prazos e ambientes inesperados. Aplicando o conceito de ‘layout desmaterializado’, atendemos essas novas tendências de consumo e as exigências do comércio eletrônico proporcionando a personalização em quantidade ao custo de produção em massa. O fim da reembalagem não sustentável Hoje, para muitos produtores, a única maneira de responder rapidamente garantindo o preço certo à demanda por produtos mais personalizados e ofere-

14

cendo maior variedade de SKUs (sigla, em inglês, de unidades de manutenção de estoque) – como embalagens de sabores sortidos (rainbow packs), embalagens promocionais ou pacotes menores – consiste geralmente no processo de reembalagem de produtos finais. Esses produtos são desempacotados e reembalados de outro modo posteriormente. De acordo com especialistas do setor, esse processo de reembalagem pode atingir, muitas vezes, 30% a 50% do volume da produção total e é totalmente contrário aos princípios de produção enxuta e de menor impacto ambiental. Números como esses mostram claramente que a flexibilidade chegou ao seu limite; em mercados onde aumenta a imprevisibilidade e nos quais

enfrentamos o desafio de produzir uma grande variedade de diferentes tipos de produtos, frequentemente em quantidade limitada, fica evidente a necessidade de maior agilidade. É uma solução “pronta” exclusiva A integração da preparação dos pedidos nas linhas de produção é uma das medidas inevitáveis da logística. Esse é o modelo que o Sidel Group está propondo aos clientes para ganhar rapidez e flexibilidade, com mais economia. As linhas de embalagem devem ser remodeladas seguindo o novo conceito de ‘layout desmaterializado’ da empresa. Os equipamentos individuais continuarão a ser usados, mas sem estarem


conectados entre si. Os “sistemas ciberfísicos”, como são chamados no jargão da Indústria 4.0, são ilhas autônomas de produção inteligente que podem ser montadas ao lado das linhas de alta capacidade e das frequentes linhas de formato individual. Elas se comunicam com o seu entorno e são carregadas e descarregadas por meio de plataformas móveis. Com isso, erradicamos o uso de transportadores cruzados e qualquer inflexibilidade de layout. O objetivo final é oferecer liberdade total de fluxos e permitir que os contêineres e as embalagens sejam direcionados de um ponto a outro qualquer: a flexibilidade total com menos trocas de formatos nas máquinas e linhas. Outra vantagem é que, ao compartilhar máquinas entre diversas linhas (desmaterializando o layout e reduzindo o número necessário de máquinas), podem ser realizadas intervenções em diferentes linhas de produção, reduzindo o CAPEX (investimentos em bens de capital). Podemos aplicar o princípio acima de lotes unitários nos outros planos de produção com tendências divergentes: embalagens com sabores sortidos (rainbow packs) ou promocionais (embalagens de presente). Onde tanto as estações de preparação como as áreas de seleção usufruem de acesso permanente a todos os produtos necessários para produzir lotes sob demanda. Como não é possível a realização de lotes personalizados na mesma velocidade das mudanças de formato, a fábrica

do futuro deve contar com uma logística de produtos semiacabados em suas linhas de produção: encaminhamento, armazenamento intermediário, disponibilidade sob demanda. Isso representa o fim da reembalagem, devido a capacidade de fazer antecipadamente agrupamentos bem variáveis usando contêineres ou as embalagens de produto que são mantidas reservadas oportunamente para isto. A intralogística será a responsável por essa arquitetura. Isso é o que denominamos “Fábrica Estendida”, a Extended Factory. Ao adotar essa abordagem enxuta de processamento de produtos semiacabados e lançar mão da intralogística, os produtores dos setores de alimentos, bebidas, produtos para casa e cuidados pessoais atingem flexibilidade superior, melhorando gradualmente o desempenho e personalizando a produção massiva. Além disso, aumenta os tipos de SKUs que é capaz de processar, e satisfaz prazos de comercialização mais curtos de modo que minimiza a estocagem e os desperdícios e elimina a necessidade de reembalagem. Ludovic Tanchou, o vice-presidente de Estratégia, Produtos e Inovação da Gebo Cermex, comenta: “Não existe solução equiparável disponível no mercado, a abordagem exclusiva de ‘layout desmaterializado’ do Sidel Group revoluciona os conceitos tradicionais de fábrica e de linha para os produtores de embalagens, revigorando a flexibilidade, a individualização e as oportunidades futuras de personalização. Com

o uso da modelagem 3D para projetar e avaliar os layouts personalizados de linha e a alavancagem da vasta experiência da Gebo Cermex nos ramos de automação avançada e engenharia de linha, este enfoque da produção facilitará a implementação de futuras ampliações do portfólio de produtos, com melhor uso dos recursos, sem comprometer as taxas de utilização dos equipamentos e, sobretudo, com o TCO (custo total de propriedade) otimizado. Tivemos uma resposta muito positiva na Drinktec 2017, a maior feira de negócios do setor de bebidas e alimentos líquidos do mundo, a qual foi uma plataforma excelente para a apresentação desse conceito revolucionário.” A ‘Fábrica Estendida’ é um dos cinco pilares que sustentam o programa Agility 4.0™ do Sidel Group. Trata-se de um enfoque pragmático, comprovado e premiado de produção, que complementa e estimula as oportunidades oferecidas pela Indústria 4.0. O programa viabiliza as Fábricas Inteligentes, visando abrir um caminho para mais opções e uma experiência única para o mercado de embalagem para a customização em massa e uma diversidade de produtos. Tudo isso, otimizando ao mesmo tempo os investimentos iniciais, mantendo custos operacionais baixos e garantindo o desempenho ágil permanente. Para mais informações sobre o programa Agility 4.0 do Sidel Group, acesse: http://www.sidel.com/about-sidel/media/press-releases/2017/agility-40.

15


Esko lança soluções QuickStart para automatização do fluxo de trabalho de rótulos Nunca foi tão rápido e fácil implementar a automação como agora Em seu estande na Labelexpo Europe 2017, a Esko (www.esko.com) anunciou o lançamento oficial de duas soluções simplificadas, o Automation Engine QuickStart e o WebCenter QuickStart, ambos para rótulos. As soluções ajudarão os convertedores de rótulos a melhorar sua produtividade e lucratividade. Estas soluções pré-configuradas e fáceis de usar vão de encontro a vários desafios enfrentados por este setor e que atrapalham o fluxo de trabalho e causam ineficiências na produção dos rótulos. “Frente aos desafios enfrentados pelos impressores de rótulos, a ideia de simplificar o processo de produção ganhou total atenção da Esko. De fato, trabalhamos com foco total na simplificação da cadeia de embalagem (dentro do conceito Packaging Simplified)”, afirma Udo Panenka, Presidente da Esko. “Recentemente a Esko anunciou que oferecerá cada vez mais soluções-chave, mais rápidas e fáceis de serem aplicadas e ajustadas. Acreditamos que temos excelentes produtos, com investimentos atrativos, para oferecer para os convertedores de etiquetas iniciarem rapidamente o processo de automação de trabalho e de gerenciamento de projetos. Estamos falando de sistemas totalmente amigáveis e completos, que podem ser expandidos de acordo com a necessidade do fluxo de trabalho, sem qualquer dificuldade, sempre que necessário.” Hoje os brand owners precisam que seus produtos sejam rapidamente identificados pelos consumidores, inclusive em experiências do tipo “me-experien-

16

ce” (experiência própria) a partir de produtos exclusivos. Isto tem levado à diversificação dos produtos, com a customização em massa e os designs mudando constantemente; há casos de personalizações de item a item para um determinado consumidor. Isto resulta em mais trabalhos, de menores quantidades, com ciclos de tempo menores. É preciso lembrar ainda que o volume de rótulos produzidos tem se mantido estável mesmo entre as marcas globais. Além disso, a qualidade, especialmente em relação à reprodução das cores, é um item não negociável. As marcas também buscam a redução de custos. Para participar deste novo cenário, os convertedores lidam com a produção de mais itens, em pequenas quantidades, e em tempo mais reduzido. Isto justifica a adoção da tecnologia de impressão digital. Estima-se que cerca de 12% de todos os rótulos premium já sejam impressos digitalmente. Neste contexto, a Esko lançou o fluxo de trabalho QuickStart, uma série de ferramentas poderosas, pré-configuradas, para atender às necessidades de aplicações específicas. A grande vantagem é a fácil implementação e utilização; as ferramentas baseiam-se nas boas práticas adotadas por diversos convertedores de rótulos em todo o mundo nos últimos anos. Durante a Labelexpo Europe, no final de setembro em Bruxelas (Bélgica), a Esko apresentou duas destas ferramentas pré configuradas para a conversão de rótulos: • O WebCenter QuickStart para rótulos, uma ferramenta para gerenciamento de projetos que reúne todos os elos da cadeia produtiva de rótulos. • O Automation Engine QuickStart

para rótulos, uma ferramenta para gerenciamento de tarefas associadas aos fluxos de trabalho de pré-impressão.

WebCenter QuickStart para rótulos A automação do processo de produção de etiquetas e rótulos economiza tempo e descarta o risco de erros. O WebCenter QuickStart para rótulos é uma solução “fora da caixa”, baseada em um software que fica na nuvem (SaaS) ou em fluxos de processos préconfigurados de acordo com premissas pré estabelecidas. São criadas ferramentas de revisão e aprovação de trabalho, em 2D e em 3D. O software gerencia um database de rercursos digitais centralizados que permite a busca e reordenação dos rótulos existentes. O sistema traz ainda um dashboard e relatório operacional. Uma vez instalado, o WebCenter QuickStart para rótulos leva a um processo sem papeis, que facilita tanto os convertedores como seus clientes a saberem exatamente em que estágio está o trabalho dentro do processo.

Automation Engine QuickSTart para rótulos O sistema oferece as tarefas mais essenciais de pré-impressão de rótulos, incluindo preflight , adição e verificação de códigos de barras e de conteúdo, trapping, step and repeat e inserção de marcações e faixas de controle. Ele pode ser usado com qualquer tecnologia de impressão (digital, flexo, offset ou rotogravura) e também é escaneável.


O sistema pode ser atualizado para mais funcionalidades, como controle de qualidade automatizado, gerenciamento de cor e controle do dispositivo de saída, que garante maior saída e que pode ser conectado ao sistema de negócio existente do cliente, se necessário. O software pode ser instalado e ativado com o treinamento total do operador em menos de três dias. O sistema foi especialmente desenvolvido para incluir impressoras de rótulo digitais, particularmente as HP Indigo, graças a um acordo de cooperação entre a Indigo e a Esko. Sobre a Esko (www.esko.com) O conceito Packaging Simplified (Embalagem Simplificada), da Esko, ajuda os clientes a produzirem a melhor em-

balagem para bilhões de consumidores. O portfólio de produtos da Esko suporta a gestão dos processos de embalagem e impressão para brand owners, varejo,designers, agências, fabricantes de embalagem e convertedores. Nove em cada 10 embalagens presentes no varejo usam soluções Esko, seja de gerenciamento de embalagem,asset management, criação de arte, design estrutural, pré-impressão, visualização 3D, produção de chapas flexográficas, automação de fluxo de trabalho, controle de qualidade, produção de amostras, paletização, colaboração na cadeia de suprimento e/ou produção de materiais de sinalização e displays de PDV. As soluções da Esko incluem diversos

softwares e duas linhas de hardware: gravadora de chapas flexográficas computer-to-plate CDI e os sistemas de acabamento e corte digital Kongsberg, são complementados com serviços altamente especializados, treinamento e consultoria. Fazem parte ainda da família Esko, a Enfocus que oferece soluções em automação e ferramentas PDF de controle de qualidade para gráficas, editoras e designers gráficos, e a MediaBeacon, com soluções de digital asset management (DAM). Ao todo são 1.500 colaboradores em todo o mundo e sua sede está localizada em Gent, Bégica. A Esko é uma empresa Danaher (www. danaher.com).

A COMPACTA para entrada no Mercado de cápsulas Seja para novos entrantes ou terceirizadores, a OPTIMA CFR garante a produção de cápsulas de forma rápida e segura. Um passo à frente em eficiência – este é o nosso compromisso com você e a vantagem fundamental para o seu sucesso no PDV (ponto de venda). A OPTIMA CFR possui rápido prazo de entrega devido ao seu conceito modular e configurável, permitindo assim seu início de produção em poucos meses. Além disso, o painel de controle integrado economiza espaço na área de produção. A construção alta em estilo “bancada” oferece melhor acessibilidade para limpeza e a manutenção é, por sua vez, tarefa fácil. Altamente flexível, as funções desejadas são facilmente selecionadas de acordo com sua produção. Know- how de mais de 150 equipamentos instalados em todo o mundo! Aproveite todas as vantagens de ser um parceiro Optima para a sua entrada ou expansão no mercado de cápsulas.

17


GESTÃO EMPRESARIAL SERÁ TEMA CENTRAL DO VII SEMINÁRIO FLEX DA ABIEF O evento está confirmado para dia 26 de outubro, em São Paulo, com a especialista Renata Lemos. Com curadoria de conteúdo do Instituto Excelência Gestão e Coaching, aABIEF (Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis – www.abief.org.br)realizará no dia 26 de outubro, das 8h00 às 12h30, no Hotel Blue Tree Premium Paulista, em São Paulo, o VII Seminário Flex sobre Gestão Empresarial. Nas palestras, Renata Lemos abordará temas como sucessão, liderança, governança corporativa e planejamento estratégico. Abaixo, uma breve entrevista, na qual Renata fala a respeito dos pontos que movem hoje a Gestão Empresarial, considerando os gargalos e oportunidades existentes no Brasil. 1. Quais os principais entraves, entre os empresários brasileiros, nos processos de sucessão? Muitas vezes a falta de visão de longo prazo e de planejamento correto da sucessão são grandes desafios. Para se ter uma ideia, estimativas apontam que apenas 30% dos negócios chegam à segunda geração e só 5% alcançam a terceira geração. Temos uma alta tendência para a alta mortalidade deste tipo de negócio. Posso citar 4 motivos para essa situação: Centralização do fundador, brigas ou disputas entre herdeiros, ausência de diretrizes claras e falta de capacitação dos herdeiros. 2. Existe um modelo mais adequado de gestão para as empresas brasileiras, especialmente para as familiares e de pequeno e médio porte? Não existe um modelo ideal de gestão. O mais adequado é a gestão alinhada com o propósito das empresas, seus objetivos e a sua liderança; que tenha uma comunicação clara e diretiva. Em-

18

presas familiares de pequeno e médio porte tendem à centralização e ao comodismo, e esses dois pontos podem ser fatores que influenciam negativamente o sucesso da gestão, contribuindo para a falta de inovação e muitas vezes criando uma zona de conforto que impacta diretamente nos resultados a longo prazo.

a sério, encarando-a como gente grande, um negócio a longo prazo e não como “parte da família”. Sendo assim, é preciso identificar os pontos fortes e fracos da empresa, verificar o que precisa ser feito para ajustar os problemas, criar regras organizacionais que sejam seguidas à risca e montar um planejamento financeiro e estratégico de curto e médio prazo.

3. Como a liderança pode influenciar nos resultados das pequenas e médias empresas?

Renata sintetiza o conteúdo de sua palestra no VII Seminário Flex de Gestão Empresarial como “uma abordagem dos problemas que as empresas enfrentam em relação ao desenvolvimento de sucessores, suas causas, impacto e soluções”.

A liderança é o centro da gestão das empresas modernas. A organização é a cara do líder, refletindo todo seu comportamento e resultados. Sempre dou sete dicas poderosas para Lideres e Gestores de pequenas e médias empresas: • pense no futuro; • estabeleça metas para os colaboradores; • mantenha a empresa coesa; • motive seus colaboradores; • seja responsável; • comunique-se. 4. A cultura do planejamento estratégico já foi incorporada às empresas nacionais? Esse processo está em andamento. Vejo muitas empresas que falam de planejamento estratégico, mas não têm isso claro. Quando não se tem claro o planejamento, corremos um sério risco de nos sentir “à deriva” e não saber lidar com momentos de adversidades. Os empresários precisam urgentemente se especializar em gestão de empresas ou contratar alguém qualificado para isso. E, principalmente, levar a empresa

A especialista falará ainda sobre os desafios dos líderes atuais em relação a estratégias e planejamento e como o desenvolvimento da liderança pode impactar uma gestão com foco em resultados. Também serão utilizadas ferramentas práticas de desenvolvimento utilizáveis no dia a dia das empresas.

Sobre a ABIEF Com 40 anos de atividades, a ABIEF (Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis) tem por objetivo fomentar o mercado nacional de embalagens plásticas flexíveis. A Associação também tem incorporada às suas atividades o fomento à exportação e a preservação ambiental a partir do Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas. A entidade reúne empresas de todo o Brasil fabricantes de filmes monocama, coextrusados e laminados; filmes de PVC e de BOPP; sacos e sacolas; sacaria industrial; filmes shrink e stretch; rótulos e etiquetas; stand-up pouches; embalagens especiais.


19


Grupo de lácteos da Tailândia investe em linhas de envase da SIG Combibloc para aumentar sua produção em 80% A empresa instalará três novas linhas na em uma de suas quatro plantas

O grupo de lácteos Dairy Farming Promotion Organization of Thailand (DPO), da Tailândia, está expandindo sua capacidade produtiva. A empresa instalou na planta de Muaklek, a maior do grupo em processamento de leite, três linhas de envase CFA 124 de alta velocidade da SIG Combibloc. Cada linha tem capacidade para envasar, assepticamente, até 24 mil embalagens cartonadas por hora. Num primeiro momento, estas linhas serão usadas para envasar os produtos lácteos da marca ‘Thai-Danish’ em embalagens cartonadas combiblocMini de 125 ml e de 200 ml. Com estas linhas, a DPO e a SIG Combibloc reforçam uma parceria que começou em 2004. No início do século 20, os fazendeiros começaram a ter vacas para ordenha na Tailândia. A indústria láctea avançou rapidamente com a criação do ‘Thai Danish Farm and Training Centre (TDDF)’, em Muaklek. O Centro foi criado a partir de uma cooperação entre os governos tailandês e dinamarquês, com o objetivo de desenvolver a indústria láctea local. Isto implicou em levar vacas leiteiras para o país, treinar os fazendeiros, construir fazendas, ofertar tecnologias modernas de produção e de processamento e criar um mercado para o leite processado e produtos lácteos. Em 1971, o governo tailandês assumiu a Organização e desde então ela é operada sob o nome ‘Dairy Farming Promotion Organization of Thailand

20

(DPO)’. Hoje a DPO opera quatro grandes laticínios que produzem leite UHT. São eles: DPO Sukhothai no Norte do país, DPO Khon Kaen (Nordeste), DPO Muaklek (Tailândia central) e DPO Pranburi no Sul. As linhas de envase da SIG Combibloc já estão em operação na fábrica de DPO Sukhothai – três CFA 124 para embalagens combiblocMini e uma CFA 712 para embalagens cartonadas combiblocSmall. A experiência positiva da DPO com a tecnologia de envase da SIG levou a empresa a optar, mais uma vez, por esta tecnologia ao renovar a fábrica de Muaklek.

dade da SIG Combibloc nos ajudarão a atingir a meta de aumentar o processamento de 250 toneladas de leite cru por dia para 450 toneladas nos próximos três anos. A eficiência e flexibilidade das linhas de envase da SIG em operação em Sukhothai nos deixa confiantes de que a tecnologia da SIG Combibloc também é a escolha certa para a planta de Muaklek”.

Metas compartilhadas Somporn Srimuang, Head da DPO Muaklek, explica: “Somos uma organização sem fins lucrativos guiada pelo princípio: se nossos fazendeiros estão bem e suas fazendas estão crescendo, então a DPO também pode crescer. As novas linhas de envase de alta veloci-

As linhas CFA 124 garantem uma produção rápida, eficiente e flexível. Todos os volumes - 125, 150, 180, 200 e 250 ml – podem ser envasados usando uma única linha. O ajuste e troca de volumes é feito de forma simples e rápida, a partir de comandos na tela touch do monitor”.

Vatcharapong Ungsrisawasdi, Gerente da região Tailândia da SIG Combibloc, completa: “Temos orgulho da DPO ter optado pela nossa tecnologia de envase para expandir a produção de Muaklek.


21


eba!design assina as novas embalagens da linha infantil Lingato da Kopenhagen dia os pais buscam auxílio na formação de seus filhos. Eles esperam que a escola, a mídia e as marcas sejam parceiras nesse sentido. Isso também influenciou na personalidade do Lingato – definimos que o Lingato deve ser visto sempre em movimento e num ambiente ‘outdoor’, buscando assim ser uma influência positiva para as crianças”, diz Patricia. Juntamente com o mascoteLingato foram lançados a primeira edição da lata, com uma aventura na fábrica Kopenhagen, e o Tubinho com a carinha do mascote.

A eba!design, criadora da linha infantil Lingato para a Kopenhagen, assina as novas embalagens para o Dia das Crianças 2017. Este ano, a campanha “Chegaram os clássicos em versões divertidas” traz os produtos icônicos da marca Kopenhagen com o personagem Lingato: Língua de Gato, Mini Nhá Benta e Chumbinho, em embalagens que incluem brincadeiras lúdicas. A parceria entre a Kopenhagen e a eba! começou em 2015. Durante o processo de entendimento da marca e da sua linha de produtos a eba! concluiu que a empresa tinha produtos que faziam sucesso com o público infantil (Língua de Gato e Nhá Benta), mas não tinha

nada voltado especificamente para esse público, algo que falasse a linguagem das crianças. “A Língua de Gato Kopenhagen não é um produto, e sim, uma marca que já faz sucesso com o público infantil. Daí surgiu a ideia de criarmos um gatinho, mascote, como embaixador da marca para o público infantil”, conta Patricia Coelho, diretora da eba!design. Porém, não bastava apenas criar um personagem infantil. Era preciso dar a ele personalidade e carisma. Várias discussões entre cliente e agência foram feitas até chegarmos na personalidade do Lingato. Após muitos estudos, que incluíram desde análises de tendências e pesquisas de perfil do consumidor, o Lingato foi definido como um apaixonado por chocolate, curioso e arteiro. Como a curiosidade é uma das principais características do Lingato e de seu público, as embalagens deveriam trazer brincadeiras. “Além disso, detectamos que hoje em

22

Em 2016, a segunda edição da lata com o rosto do Lingato, recheada de minis Línguas de Gato, e o Kit Gourmet, com avental e chapeú de chef, tinham como objetivo de gerar uma interação entre pais e filhos, numa brincadeira de ser o próprio “chef”. Todas as criações foram trabalhadas pela eba!design. As embalagens para o Dia das Crianças 2017 foram produzidas em papel cartão, foram trabalhadas com faca especial, hot stamping, verniz de reserva e cor especial Lingato. Sobre a eba!design Há 17 anos no mercado, a eba!design utiliza o design estratégico como expressão para fortalecer o posicionamento de marcas atuando nos segmentos de branding, embalagem, ponto de venda e comunicação para a indústria e o varejo.


Vigor reposiciona marcas e linha de produtos para o segmento Food Service A unidade de Food Service da Vigor revisita a estratégia de negócios e investe no reposicionamento de suas marcas. A partir de agora, a divisão passa a se chamar Vigor Profissional, uma empresa moderna e conectada ao universo da alimentação, que une o sabor e a tradição da receita artesanal com o melhor do industrial, oferecendo garantia de qualidade e padronização. Com foco em seu novo propósito “Vigor - cuidados que geram resultados para suas receitas e seus negócios”, o objetivo é reforçar o cuidado que a empresa tem com seus produtos e também com o sucesso de seus clientes. Abaixo da marca Vigor Profissional, a companhia lança a linha Vigor Le Chef, especializada em culinária para profissionais. Ela já nasce com um portfólio bastante amplo, composto por maionese, requeijão, cremes culinários, caldos e outras opções para o Food Service. Outra importante marca que passa por mudanças é a Amélia, amplamente conhecida pelos confeiteiros. O seu portfólio será expandido com o objetivo de consolidar-se como “marca especialista em confeitaria”, com o conceito “A magia da confeitaria, o segredo do resultado”. A proposta é mostrar que ingredientes de qualidade fazem toda diferença na receita. “Ao longo dos últimos anos percebemos que o universo de doces é muito mais amplo. Por isso, promovemos uma melhoria de nossos produtos, mudanças nas formulações, lançamentos diferenciados, repaginação das embalagens e outras frentes. A inovação é um pilar constante de crescimento da companhia”, diz Cecília Martins, diretora da Vigor Profissional. As marcas próprias Iogurte Grego (Vigor Grego Gourmet), Queijo Ralado, Danúbio e Faixa Azul seguem com a comunicação atual.

Novas Embalagens Em parceria com a Oz Estratégia, a Vigor Profissional muda a identidade visual de suas principais marcas. Para a linha Le Chef, acrescenta nova paleta de cores e iconografia que facilitam a identificação dos produtos e seus principais benefícios, que auxiliam na rotina intensa das cozinhas profissionais. Para a linha Amélia, que é muito querida entre os utilizadores, o novo logo manteve as cores originais, mas com atualizações que trazem modernidade, sem descaracterizar os códigos de reconhecimento da marca. Além disso, as embalagens transmitem o cuidado e o carinho presentes na essência de Amélia, com detalhes gráficos que remetem conexão com a culinária artesanal, que entrega performance, praticidade e rendimento. Lançamentos Chanty Mix Supreme Amélia 1L O Chanty Mix Supreme Tradicional foi desenvolvido com foco nas necessidades diárias dos especialistas que buscam qualidade, sabor, rendimento e estabilidade nos seus produtos finais. Um produto que tem textura consistente, coloração superbranca, maior estabilidade em tempo de bancada e ótima definição para decoração e finalização. Seu sabor é suave e levemente adoçado, permitindo a adição de licores, sucos, frutas, iogurte, essências, doce de leite, polpas e outros ingredientes.

coberturas, pudins, arroz doce e flans. Pronta para usar, ela substitui os ingredientes das famosas receitas feitas com leite, creme de leite e leite condensado. A calda Três Leites Amélia garante qualidade nas aplicações, alta absorção e um delicioso sabor lácteo nas receitas. Melange Placa Amélia 1,5kg A única do mercado no prático formato placa. Com uma junção de ingredientes especiais que levam a mais alta performance nas preparações de folhados e croissants. Um produto que conta com o melhor sabor e aroma da manteiga, como os legítimos folhados de Paris. Requeijão Cremoso com Amido e Requeijão Cremoso com Amido Cheddar Vigor Le Chef O Requeijão Cremoso com Amido Vigor Le Chef tem textura consistente e cremosa, sabor suave e é resistente a altas temperaturas. É a solução perfeita para as mais diversas aplicações, como pizzas, salgados (assados, fritos e recheados), pães e hot dogs. Além de excelente para gratinar.

Três Leites Amélia 1L A calda Três Leites Amélia é uma solução prática, cremosa e saborosa para umedecer pão de ló e tortas, e para o preparo de recheios, crème pâtissière,

23


NESCAFÉ® DOLCE GUSTO APRESENTA NOVOS TAMANHOS DE EMBALAGENS PARA CONSUMIDORES DO SUL DO BRASIL Novos formatos oferecem opções com 10 e de 30 unidades, além dos tradicionais displays de 16 cápsulas NESCAFÉ® Dolce Gusto®, marca líder em sistemas de café espresso e pioneira no mercado brasileiro de máquinas multibebidas, traz uma novidade que, neste primeiro momento, é exclusiva para os consumidores do Sul do Brasil: os novos tamanhos de embalagens desenvolvidos especialmente para o Brasil. Desde o mês de abril, além das tradicionais caixas com 16 unidades, os consumidores também encontrarão novas opções de embalagens com 10 e 30 unidades. Atenta às tendências de consumo e às novas necessidades do consumidor, NESCAFÉ® Dolce Gusto® desenvolveu uma embalagem maior, com 30 cápsulas, para o consumidor que deseja estar sempre abastecido com aquele sabor que não pode faltar em sua casa. Além disso, a marca traz também a opção com 10 unidades, ideal para quem deseja experimentar novos sabores ou para aquela compra de última hora. As novas embalagens estão disponíveis apenas nos pontos de venda físicos, nas principais redes varejistas dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O preço sugerido é de R$ 15,50 (10 unidades) e R$ 37,20 (30 unidades). Os lançamentos chegam para incrementar o portfólio da marca que já oferece uma ampla variedade de sabores, que atendem ao paladar de toda a família, em diferentes momentos de consumo. As opções são divididas em quatro categorias: Café da Manhã (Caffè Matinal, Lungo e Café au Lait); Espressos (Espresso Ristretto, Espresso Barista,

24

Espresso Intenso, Espresso, Espresso Decaffeinato e Ristretto Ardenza); Especialidades (Latte Macchiato, Caramel Latte Macchiato, Vanilla Latte Macchiato, Cappuccino, Cortado, Mocha, Chai Tea Latte, Marrakesh Style Tea, Nestea® Limão e Nestea® Pêssego – estes dois últimos para serem bebidos gelados) e Achocolatados (Chococino, NESCAU® e Choco Caramel). Sobre NESCAFÉ® Dolce Gusto® Lançado no Brasil em 2009, NESCAFÉ® Dolce Gusto® é um sistema composto por cápsulas e máquinas, fácil de usar, que permite aos consumidores prepararem em casa bebidas quentes e frias com qualidade profissional. A marca introduziu um novo conceito no Brasil ao oferecer um portfólio com opções de bebidas para diferentes momentos de consumo, além de uma linha de máquinas com um design diferenciado. Os sabores de NESCAFÉ® Dolce Gusto® são apresentados em cápsulas patenteadas e hermeticamente fechadas para capturar e preservar os aromas voláteis de suas bebidas até o seu consumo. Atualmente, NESCAFÉ® Dolce Gusto® lidera o mercado local de café em cápsulas. Para mais detalhes, acesse o site www.nescafe-dolcegusto.com.br e a página da marca no Facebook (www. facebook.com/dolcegustobrasil). Sobre a Nestlé É a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo. Está presente em 189 países e seus 328 mil colaboradores estão comprometidos com o propósito

da Nestlé de melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável. A Nestlé oferece um amplo portfólio de produtos e serviços para cada etapa de vida das pessoas e de seus animais de estimação. Suas mais de 2000 marcas variam dos ícones globais como Nescafé ou Nespresso aos favoritos locais como Ninho. O desempenho da empresa é impulsionado por sua estratégia de Nutrição, Saúde e Bem-Estar. Sua Sede fica na cidade suíça de Vevey, onde foi fundada há mais de 150 anos. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 22 mil colaboradores diretos e gera outros 200 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens. A atuação da Nestlé Brasil abrange 15 segmentos de mercado e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel.


25


Novas codificadoras FoxJet para impressão em caixas de papelão As novas codificadoras da linha ProSeries da FoxJet e se destacam pela impressão de textos e códigos de barras em alta resolução

A FoxJet acaba de lançar mundialmente os novos modelos 384e e 768e da linha ProSeries, voltadas a demandas de impressão de alta resolução em embalagens porosas, como caixas de papelão. Em resumo, as novas versões trazem três melhorias aos modelos ProSeries 384/768: maior resolução e qualidade de impressão, maior velocidade e maior distância entre cabeçote e substrato. As codificadoras da FoxJet são comercializadas no Brasil com exclusividade pela Sunnyvale. Algumas funcionalidades das duas novas codificadoras ProSeries se des-

26

tacam. Mesmo em alta velocidade, a impressão é feita em alta resolução e mais escura, o que aumenta a nitidez das informações no produto e facilita a leitura de códigos de barras. Há ainda uma luz indicadora de baixo nível de tinta, que facilita para o operador o acesso a informação de que é preciso trocar o frasco de tinta Scantrue II plus. E, por fim, os dois equipamentos podem ser instalados a uma maior distância do substrato, que garante a impressão de alta qualidade mesmo em superfícies irregulares. Sobre a Sunnyvale – A Sunnyvale atua

há 38 anos na comercialização e fabricação de equipamentos para codificação industrial, inspeção e controle de qualidade, embalagens e robôs de paletização. Representa as melhores marcas com tecnologia de ponta, tais como Domino, Foxjet, Sic, Fuji, Anritsu, entre outras. No portfólio estão mais de 90 equipamentos para atender a todas as necessidades nos segmentos em que atuamos, o que nos coloca como uma das líderes do mercado. Contamos com uma rede de distribuição para atender todo Brasil. Mais informações www.sunnyvale.com.br


27


SIGNATURE PACK ganha o Prêmio de Inovação em Bebidas 2017 A inovação da SIG conquistou o júri por oferecer valor agregado para o consumidor, para a indústria e para o meio ambiente A SIGNATURE PACK, da SIG, a primeira embalagem cartonada asséptica do mundo cuja origem do material é atrelada a 100% de matérias-primas de fonte renovável à base de plantas”, venceu o Prêmio de Inovação em Bebidas 2017 na categoria ‘Melhor embalagem cartonada ou pouch’. O Prêmio é organizado pela FoodBev.com, anualmente, desde 2002. Este ano, o júri recebeu 227 inscrições de fabricantes e fornecedores da indústria de bebidas, de 33 países. O Prêmio de Inovação em Bebidas reconhece inovações nas áreas de bebidas, embalagem, marketing e sustentabilidade. Os jurados foram unânimes em afirmar que a SIGNATURE PACK é um importante passo rumo à sustentabilidade desta indústria. Ao receber o prêmio durante

a feira drinktec, Udo Felten, Gerente de Produto Relacionado a Sustentabilidade Ambiental Global & Outros Assuntos da SIG, disse: “Temos muito orgulho em receber o Prêmio de Inovação em Bebidas 2017. A resposta positiva dos jurados e experts internacionais confirma que a SIGNATURE PACK oferece valor agregado para a indústria e para os consumidores. Ao escolher a SIGNATURE PACK, os fabricantes de bebidas ajudam a reduzir o uso de materiais de fonte fóssil e a substituí-los por materiais de origem vegetal, ou seja, uma matéria-prima natural. Esta é uma vantagem clara para o meio ambiente e o retorno dos clientes é muito positivo. O lançamento da SIGNATURE PACK no mercado é um passo importante dentro da estratégia Way Beyond Good que reflete nosso caminho para nos tornar-

mos uma empresa de “balanço positivo”, devolvendo mais para a sociedade e para o meio ambiente do que retiramos deles.” A SIG Combibloc é uma das principais fornecedoras mundiais de embalagens cartonadas e máquinas de envase para alimentos e bebidas. Em 2016, a empresa faturou € 1,724 bilhão, com mais de 5 mil colaboradores. A primeira embalagem cartonada asséptica do mundo feita com 100% de material renovável de origem vegetal conquistou os jurados do Prêmio de Inovação em Bebidas 2017. Crédito foto: SIG Combibloc Udo Felten, Gerente de Produto Relacionado a Sustentabilidade Ambiental Global & Outros Assuntos, da SIG, recebeu o prêmio durante a feira drinktec.

WestRock anuncia a construção de nova Fábrica de Embalagens no Brasil Norcross, GA, 18 de setembro de 2017 – A WestRock anunciou hoje planos para construir uma nova fábrica de embalagens de papelão ondulado no estado de São Paulo para atender a demanda crescente de seus clientes na América do Sul. “O negócio de papelão ondulado da WestRock no Brasil continua a ter um ótimo desempenho, por meio de forte relacionamento com nossos clientes em mercados atrativos e em crescimento” comenta Steve Voorhees, chief executive officer, WestRock. “Nossa nova fábrica de embalagens de papelão permitirá que nosso excepcional time do Brasil sirva esses clientes ainda melhor no fu-

28

turo, com instalações de última geração que proporcionarão novas capacitações e eficiência, além de integrar ainda mais o papel que produzimos no Brasil”. A nova unidade estará localizada em Porto Feliz e servirá a todos os segmentos da indústria e mercados, tanto na região altamente desenvolvida de São Paulo quanto em outras áreas em crescimento da região sudeste. A construção deverá iniciar ainda este ano, com previsão de conclusão para meados de 2019. Quando em operação, a nova unidade de Porto Feliz substituirá a operações da unidade de Valinhos. A nova planta será integrada com as operações flores-

tais WestRock e a Fábrica de Papel de Três Barras, SC e aumentará o consumo de HyPerform, a linha de papéis de alta performance da empresa. Sobre a WestRock Em 2015, com a fusão com a também norte-americana Rock Tenn, surge a atual WestRock, parceira de seus clientes para fornecer soluções únicas em papel e embalagens que impulsionem seus negócios. São 45.000 funcionários que apoiam os clientes ao redor do mundo em mais de 300 operações e escritórios na América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia. Saiba mais em www.westrock.com.br


29


Simple Organic apoia a cadeia de reciclagem e conquista o selo “Eu Reciclo” Marca de cosméticos orgânicos, veganos e naturais dá mais um passo na compensação pós-consumo com a reciclagem de suas embalagens com responsabilidade social A Simple Organic, marca de cosméticos brasileira orgânica, vegana e natural, levanta mais uma bandeira: a de ser uma empresa preocupada com o processo de descarte de suas embalagens. De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), o Brasil deve reduzir a massa destinada a aterros sanitários em 45% até 2031 e empresas produtoras de bens de consumo precisam se adequar e contribuir com a cadeia de reciclagem. A Simple Organic é uma das que investem na causa da logística reversa e adota o selo “Eu Reciclo”, provando seu engajamento para minimizar a produção de lixo. Embora a já não utilizasse embalagens individuais secundárias como as previstas pela Anvisa -, optando pelo desenvolvimento de saquinhos sustentáveis que podem ser usados de diversas maneiras, inclusive como nécessaire -, a label de beleza indie passa a integrar o rol de empresas comprometidas com a sociedade e com a conservação do meio ambiente. Dessa forma, a Simple Organic trará nos rótulos de todos os frascos e invólucros da marca o selo “Eu Reciclo”,

30

que assegura que a empresa compensa no pós-consumo a quantidade de lixo produzido, esquema semelhante à compensação de carbono. Com ele estampado, o consumidor terá ciência sobre o compromisso da marca e a certeza de que está adquirindo um produto de uma brandengajada com o reaproveitamento e/ou promoção de um destino final ambientalmente adequada de resíduos. “Investimos para que cada produto que sai da nossa linha de produção seja ‘anulado’ como lixo no processo de reciclagem”, celebra Patricia Lima, fundadora da Simple Organic sobre mais essa conquista da marca que foi a primeira em seu segmento de atuação a se preocupar com a questão do descarte das embalagens e a buscar alternativas para transformar o “lixo” em uma ação de impacto social positivo. Como funciona na prática A New Hope Ecotech, empresa que fornece a chancela “Eu Reciclo”, faz uma conexão entre marcas engajadas e recicladores, estimulando a formalização da cadeira. Assim, tudo o que a

Simple Organic produz de embalagem é mensurado e este número final é compensado por meio da reciclagem em alguma cooperativa parceira da Instituição emissora do selo “Eu Reciclo”. “Ajudamos a natureza e também os cooperados, que muitas vezes são empresas familiares pequenas e que vivem deste trabalho. Assim revertemos para o programa o valor integral equivalente para as cooperativas associadas reciclarem a mesma quantidade de material que produzimos”, destaca a empresária. Sobre a Simple Organic @simpleorganic l www.simpleorganic. com.br Em um mundo onde tudo é industrializado, artificial e, às vezes nocivo à saúde, a Simple Organic surge como alternativa para quem quer adotar uma rotina diária de cuidados com a beleza mais leve, natural, correta e sustentável. A marca foi idealizada por Patricia Lima, que é ainda editora-chefe da revista Catarina. Publicação autoral, digital e com impressão sob demanda, e engloba o e-commerce para jovens criadores que trabalham com slow fashion.


31


Feira Embala Sul desembarca em Bento Gonçalves.

Com o objetivo de repetir o sucesso de sua edição em Recife - PE, a mais importante feira regional de Embalagens, equipamentos e serviços regional, agora será realizada de 2 em 2 anos na região sul. Em uma parceria realizada com a Feira Envase Brasil, a Embala Sul vem para completar a gama de produtos apresentados na feira e ampliar seu leque de segmentos, incluindo soluções nos setores de produtos de limpeza, higiene pessoal, farmacêutico, cosméticos e químicos, além do já tradicional segmento de bebidas já apresentado pela Envase Brasil. A Embala iniciou em 2006 com a Embala Nordeste, que a partir de agora será realizada nos anos ímpares e tem a próxima edição já confirmada para 13 a 16 de agosto de 2019 em Recife -PE, em 2007 também foi realizada por 3 edições em Belo Horizonte.

32

“ Está parceria já vinha sendo conversada anos atrás e agora conseguimos viabilizar, acredito que no momento certo. A região sul tem enorme potencial e nossos Expositores terão uma ótima

oportunidade de fazer novas parcerias e realizar negócios” afirma Luiz Fernando, diretor da Embala.


33


Congraf aposta no crescimento do papelcartão

Empresa segue investindo em sua estrutura por conta do bom momento do segmento no mercado A Congraf Embalagens segue apostando no segmento de papelcartão. Apesar da grave crise econômica que o país atravessa, a fabricante de embalagens continua realizando investimentos em sua estrutura e diversificando seus produtos. De acordo com a Congraf, o papelcartão reúne características que o diferenciam dos demais tipos de embalagens. “A embalagem de papelcartão tem características únicas, como durabilidade e o aspecto diferenciado, além de ser amiga do meio ambiente, reutilizável e reciclável”, analisa Sidney Anversa Victor, presidente da Congraf. A empresa aposta em soluções em papelcartão que agregam valor ao produto, através de recursos especiais, como aplicação de diversos vernizes, hot stamping, relevos, formato e design inovador, a fim de gerar uma comunica-

34

ção espontânea com o consumidor, que em muitos casos opta por determinado produto já considerando como presenteável se o mesmo estiver em uma embalagem atraente e de destaque. “São sempre embalagens bem elaboradas, que chamam a atenção e valorizam os produtos”, explica o presidente da Congraf. “Não a toa, que temos como diferencial nosso setor de desenvolvimento de embalagens, que se apóia em tecnologia de ponta e nas últimas tendências para dar vida aos projetos dos nossos clientes”, reforça. Essas razões apontam para um cenário positivo, conforme informações do Departamento de Estudos Econômicos da Abigraf (Decon), que registrou altas que variam de 0,9% a 5,4%, na fabricação de produtos de papel no segundo trimestre deste ano. Ainda segundo o Decon da Abigraf, o segmento de embalagem e produção de produtos de papel está em trajetória

de recuperação e deve ganhar fôlego no segundo semestre de 2017 por conta do efeito do corte de juros. A ABRE - Associação Brasileira de Embalagem é outra entidade do setor que aponta um bom momento para o segmento. Seu mais recente estudo informa que a produção física de embalagens de papel, papelcartão e papelão registraram crescimento no primeiro semestre de 2017. “Este cenário favorável só mostra, que apesar da instabilidade econômica, estamos trilhando o caminho certo. Apostando na flexibilidade, sustentabilidade e nas inúmeras possibilidades que esse material permite. Dessa forma, seguiremos com investimentos pontuais em nossa estrutura para oferecer ao mercado as melhores soluções em embalagens de papelcartão e que sejam diferenciais no ponto de venda”, conclui o presidente da Congraf.


35


Nalco Water fala sobre novas tecnologias e processos para aumentar a produtividade do setor de papel As novidades serão apresentadas em uma palestra durante o 50º Congresso Internacional de Celulose e Papel, realizado pela ABCTP As novas tecnologias de Nalco Water, além de atuarem no balanço químico, impactam diretamente a produtividade da indústria de papel, pois oferecem retenção e drenagem mais robusta, maior drenagem na tela formadora e melhoria da qualidade do papel. “Para a Nalco Water é de extrema importância estar presente em um evento como esse da ABCTP, principalmente neste ano, que a Associação completa 50 anos. A indústria de Papel e Celulose é essencial para o negócio da Ecolab, e poder discutir sobre inovação e tecnologia, além de apresentar melhores soluções para nossos clientes, nos deixa bastante satisfeitos”, declara João Teodoro Frutuoso, Gerente de Vendas da divisão de Papel da Nalco Water. A ABCTP 2017 é realizada pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel, uma das instituições técnicas mais respeitadas do mundo em sua área de atuação, tendo conquistado título de OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público –, pela comprovação do valor gerado em capacitação e informação de alto nível ao mercado.

A Nalco Water, uma empresa da Ecolab, líder mundial em tecnologias e serviços de água, higiene e energia, participará do 50° Congresso Internacional de Celulose e Papel, que acontece entre os dias 23 e 25 de outubro, em São Paulo. Palestrante do dia 25, Rick Lyons, consultor técnico global da Nalco Water, uma empresa da Ecolab, vem exclusivamente para liderar o painel “O impacto do aumento da resistência na produtividade do papel cartão e imprimir

36

e escrever”. Rick Lyons quer mostrar a importância de novas tecnologias, que atuam no balanço químico durante a fase de preparação de massa, uma vez que a tendência de produção no Brasil é atingir níveis de resistência cada vez mais elevados impactando diretamente a produtividade da máquina papel – e para compensar este desequilíbrio, os fabricantes aumentam a quantidade de amido no sistema, prejudicando outras variáveis desse processo.

A ABTCP mantém ainda parcerias com institutos de pesquisa e universidades que são referências em formação e informação especializadas e está à frente de definições técnicas essenciais ao setor de base florestal, como revisões das NR12 e NR13; Programa Brasil Maior; Normalização Setorial; e Políticas Nacionais de Resíduos Sólidos (PNRS) e de Recursos Hídricos (PNRH), entre outras questões importantes a uma indústria que se desenvolve ano a ano no Brasil. As inscrições para as palestras podem ser feitas no http://sgabtcp.org.br/Inscricoes/


ENVASE BRASIL SEDIARÁ A FEIRA EMBALA SUL

ainda mais especial, objetivando diversificar o mix de expositores, produtos e tecnologias, ampliando assim as oportunidades do encontro de negócios e relacionamentos.

Na edição em que comemorará os vinte anos de idealização da feira Envase Brasil | Brasil Alimenta, a Newtrade Comunicação, vem a públicoinformar acordo operacional para sediar a primeira edição da Embala Sul – Feira Internacional de Embalagem e Equipamentos para Embalar, no período de 24 a 27 de Abril de 2018, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. A Envase Brasil | Brasil Alimenta, ao longo de duas décadas, tornou-se um evento referencial para as indústrias de bebidas e alimentos, em especial para os setores vinícola, cervejeiro, e de laticínios e derivados. Nas doze edições realizadas, contabiliza mais de 70.000 visitantes profissionais e expositores oriundos de 18 estados brasileiros e pelo menos 12 países. O evento que nasceu do setor vitivinícola, viu na diversificação a oportunidade de crescer e rapidamente encampou outros segmentos, atendendo as demandas das indústrias de bebidas. Nas três últimas edições, testemunhou o crescimento do segmento craft beer

e das cervejas artesanais, além da entrada consistente dos laticínios e derivados no mercado. Agora, além da promissora cadeia da olivicultura brasileira e dos já excelentes azeites produzidos, vê a parceria com a Embala Sul, como mais uma oportunidade de ampliação de mercado. A feira Embala Sul estreia no Rio Grande do Sul com a expectativa de ser a referência no segmento de embalagens e equipamentos, assim como conquistou a região nordeste, onde vem sendo realizada desde 2006 e que a partir de agora passa a ser realizada a cada 2 anos. As grandes marcas presentes nas edições da Embala, terão a partir de agora, oportunidade de estar presente numa das regiões com maior desenvolvimento, especialmente no segmento de Bebidas e Alimentos, integrando a programação da Envase Brasil 2018, um evento já consolidado no calendário internacional de eventos do setor. Desta forma, juntas, as feiras Envase Brasil e Embala Sul farão uma edição

Tradicionalmente, a Envase Brasil | Brasil Alimenta é um evento gerador de conteúdo. Além de ser palco de uma série de reuniões setoriais e institucionais, a feira estabelece uma programação focada na atualização técnica e mercadológica dos profissionais de vários segmentos. Na programação do Encontro Produtor 2018, a temática envolverá a cadeia da olivicultura, levando ao evento, os principais protagonistas da produção e industrialização de azeites de oliva no Brasil, com várias ações paralelas. Por sua vez, o programa Envase Experience vai continuar com duas temáticas. Na primeira, envolvendo o setor cervejeiro, com atrações para homebrewers e craft beer; Noutro tema, atende ao setor anfitrião do evento, o setor vinícola: vinhos e espumantes ganham atenção especial e palestras com especialistas.

SERVIÇO: A Envase Brasil | Brasil Alimenta + Embala Sul acontecem de 24 a 27 de Abril, das 14h às 21h, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Estimativa de Visitantes: 12.000 Número de Empresas Expositoras: 160 Principais Atrações Paralelas: Encontro Produtor; Envase EXperience; Espaço Queijos & Cia; Conferência de Segurança de Alimentos;

37


AVERY DENNISON E POLPEL TRABALHAM JUNTAS PARA RECICLAR LINERS USADOS EM MATERIAIS AUTOADESIVOS O trabalho conjunto é uma forma de ajudar a preservar o meio ambiente, já que a Polpel possui uma tecnologia que possibilita reciclar liner papel - com resistência a umidade - e transformá -los em uma polpa celulósica que é usada como matéria-prima para a produção de papel. A iniciativa auxilia a busca de alternativas mais sustentáveis para redução de resíduos

A Avery Dennison, multinacional fabricante de materiais para rótulos e comunicação visual, possui diversas metas sustentáveis a serem cumpridas até 2025 e que devem impactar positivamente no meio ambiente. Para que seja possível alcançar todos os objetivos, a empresa procura constantemente por empresas que também possuem responsabilidade ambiental,

38

como a Polpel, que irá reciclar os liners - parte que protege o adesivo antes da aplicação do rótulo – utilizados nas embalagens das mais diversas marcas e produtos do mercado. “A iniciativa faz parte da meta de eliminar 70% dos resíduos de esqueleto e liner da nossa cadeia de valor, isso significa que estamos nos movimentando para ser uma força para o bem e oferecer aos nossos clientes alternativas para reduzir esse

tipo de resíduo”, afirma Roberto Yokoi, Gerente de EHS da Avery Dennison na América Latina, “estamos conectando clientes e usuários finais em todo o país para, assim, retirar toneladas de material dos aterros sanitários e incineradores”, completa. A tecnologia desenvolvida pela Polpel permite a reciclagem de papéis especiais, transformando-os em uma polpa


celulósica denominada “celulose polpel”, que é usada como matéria-prima para a produção de papel. O material passa pelo processo de recebimento, tratamento, classificação e, por último, pela desagregação química em um pulper, o que resulta na polpa celulósica que é armazenada e entregue aos parceiros. “Dessa maneira, conseguimos inserir nossos materiais autoadesivos em um modelo de economia circular e, assim, ajudamos os nossos clientes a encontrar alternativas mais sustentáveis para seus resíduos”, comenta Yokoi. Segundo o Diretor de Negócios da Polpel, Ailton Alves, a soma dos esforços junto à Avery Dennison permitiu que a empresa recebesse em torno de 10% do volume total de liner existente no mercado brasileiro, mas a meta é dobrar este número “Aparentemente é um número baixo se analisarmos o mercado como um todo. Porém, estamos falando de 300 toneladas ao mês de material que não está indo para os aterros, causando um grande impacto na preservação do meio ambiente”, afirma. Alves conta que, por ano, estima-se que mais de 20

mil toneladas de resíduos de liner são jogados em aterros do país inteiro. Um estudo divulgado no Seminário AWA Label Release Liner Industry em 2016, indica que o segmento de rótulos autoadesivos é responsável por 50% do uso de liners. Por isso, a líder global de sustentabilidade da Avery Dennison, Renae Kulis, afirma que a existe um forte movimento para modelo de economia circular, que transforma liners usados em materiais novos. “Estamos trabalhando fortemente para alcançar esta visão, por isso, esse tipo de iniciativa é importante para conquistarmos um meio ambiente melhor para as futuras gerações”, ressalta. Para Alves, as vantagens de se reciclar liners usados são enormes e é uma prática que todas as empresas que utilizam o material deveriam adotar. Segundo os estudos comparativos da Polpel no Brasil, “uma tonelada de aparas pode substituir entre 2 e 4 m de madeira, conforme o tipo de papel a ser fabricado, garantindo a vida útil de 15 a 30 árvores adultas que seriam cortadas para a fabricação de papel.

nelada de papel reciclado são necessários 2.000 litros de água, enquanto no processo tradicional este volume pode chegar a 100.000 litros/tonelada. Em média, há uma economia de metade da energia gasta no processo convencional de fabricação, podendo chegar a 80% na comparação entre papéis reciclados simples com papéis virgens feitos com pasta de refinador”. Sobre a Avery Dennison A Avery Dennison é líder global em materiais autoadesivos, funcionais e soluções para rotulagem para o varejo de moda. As aplicações e tecnologias da empresa estão presentes, integralmente, nos produtos utilizados pela maioria das indústrias. Com operações em mais de 50 países e 25.000 colaboradores ao redor do mundo, a Avery Dennison atende a clientes das áreas de embalagem para consumo, comunicação visual, logística, moda e saúde.

Além disso, na fabricação de uma to-

Participe de nossas redes sociais e fique informado em tempo real! FACEBOOK.COM / REVISTAEMBALAGEMETECNOLOGIA

Embalagem & Tecnologia é uma revista técnica de circulação nacional, direcionada às indústrias e fabricantes de Alimentos, Bebidas e Cosméticos, traz informações e tecnologias importantes para o desenvolvimentos e manutenção das empresas.

Publicação: Trimestral Distribuição: Indústrias e Fabricantes de: Alimentos, Bebidas e Cosméticos

Editora Casa Grande Ltda Me Amparo - SP Mobile: 11-95956-5767

Diretor Presidente: Eric Mitsuo Toguchi Dept. Com. e Mkt: Elizabeth Cabral Comercial: editoracasagrande@outlook.com Mobile: 11-95956-5767 Redação: redacaoeditoracasagrande@outlook.com Contato geral: editoracasagrande@outlook.com www.embalagemetecnologia.com.br

*As matérias, artigos assinadas por colaboradores, são de responsabilidade única de seus autores e podem não expressar necessariamente a opinião da revista. As opiniões expressas no veículos da Editora Casa Grande são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

39


40

Embalagem & Tecnologia - Nº32  

A revista do setor de embalagem.

Advertisement