Page 1

REVISTA

ALIMENTOS - BEBIDAS - COSMÉTICOS

EMBALAGEM & TECNOLOGIA

Revista Trimestral Edição 31

A REVISTA DO SETOR DE EMBALAGEM

tna ROMPE OS LIMITES COM O LANÇAMENTO DE UMA NOVA EMPACOTADORA DE VELOCIDADE ULTRA-ALTA - Interpack® 2017 Show de inovações e tecnologia - Após edição histórica, FCE Pharma e FCE Cosmetique já estão com 80% das áreas renovadas - TWELLIUM INDUSTRIAL COMPLETA CINCO ANOS DE SÓLIDO CRESCIMENTO NA ÁFRICA - Embalagem que vende, e conquista! - Eastman Lança Bioplástico de Engenharia Inovador

WWW.EMBALAGEMETECNOLOGIA.COM.BR FACEBOOK.COM / REVISTAEMBALAGEMETECNOLOGIA 1


2


3


Índice 14 Dingoo’s está de roupa nova! registra crescimento 15 Klabin de 11% no Ebitda do segundo trimestre de 2017

ESKO APRESENTA SOLUÇÕES INOVADORAS E EFICIENTES PARA A IMPRESSÃO DE RÓTULOS NA LABELEXPO EUROPE 2017

06 08

Conferências da innovapack 2017 focam em cenário de transformações e possíveis impactos no mercado de embalagens para a indústria alimentícia

AIR ADQUIRE 09 SEALED EMPRESA BRASILEIRA DE EM-

BALAGEM DE ALIMENTOSde transformações e possíveis impactos no mercado de embalagens para a indústria alimentícia

INDUSTRIAL COM16 TWELLIUM PLETA CINCO ANOS DE

Lança Bioplástico 30 Eastman de Engenharia Inovador

Electric destacou 31 Schneider soluções para máquinas e processos na Fispal Tecnologia 2017

SÓLIDO CRESCIMENTO NA ÁFRICA APRESENTA VERSÃO 32 KITKAT® COM CHOCOLATE BRANCO

2017 Show de 18 Interpack® inovações e tecnologia

Internet das Coisas 22 Junte Industrial e Lean no chão de

E UMA CAIXA INOVADORA PARA PRESENTEAR

promove webinars 34 Henkel sobre embalagens seguras para alimentos

fábrica

APRESENTA VERSÃO 35 KITKAT® COM CHOCOLATE BRANCO

24

SANTA EDWIGES APRESENTA NOVA EMBALAGEM DO BISCOITO HELLO KITTY

E UMA CAIXA INOVADORA PARA PRESENTEAR

AQ É O NOVO IQ! VENHA

10 CONHECER O AQFLEX NA DRINKTEC 2017 - É A SOLUÇÃO INTELIGENTE DE MANUSEIO DE PRODUTOS, TUDO-EM-UM

edição histórica, FCE 12 Após Pharma e FCE Cosmetique já estão com 80% das áreas renovadas

que vende, e 26 Embalagem conquista!

28

Participe de nossas redes sociais e fique informado em tempo real! FACEBOOK.COM / REVISTAEMBALAGEMETECNOLOGIA

Del Valle Néctar lança latas no formato sleek

apresenta 36 Verallia tendências 2018 da Selective Line

ROMPE OS LIMITES COM 38 tna O LANÇAMENTO DE UMA NOVA EMPACOTADORA DE VELOCIDADE ULTRA-ALTA

Embalagem & Tecnologia é uma revista técnica de circulação nacional, direcionada às indústrias e fabricantes de Alimentos, Bebidas e Cosméticos, traz informações e tecnologias importantes para o desenvolvimentos e manutenção das empresas.

Publicação: Trimestral Distribuição: Indústrias e Fabricantes de: Alimentos, Bebidas e Cosméticos

Editora Casa Grande Ltda Me Amparo - SP Mobile: 11-95956-5767

Diretor Presidente: Eric Mitsuo Toguchi Dept. Com. e Mkt: Elizabeth Cabral Comercial: editoracasagrande@outlook.com Mobile: 11-95956-5767 Redação: redacaoeditoracasagrande@outlook.com Contato geral: editoracasagrande@outlook.com www.embalagemetecnologia.com.br

*As matérias, artigos assinadas por colaboradores, são de responsabilidade única de seus autores e podem não expressar necessariamente a opinião da revista. As opiniões expressas no veículos da Editora Casa Grande são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

4


5


ESKO APRESENTA SOLUÇÕES INOVADORAS E EFICIENTES PARA A IMPRESSÃO DE RÓTULOS NA LABELEXPO EUROPE 2017

A Esko apresentará uma série de soluções inovadoras em pré-impressão para brand owners e convertedores durante a Labelexpo Europe 2017, entre 25 e 28 de Setembro, em Bruxelas (Bélgica). As soluções atendem aos diversos desafios que os convertedores e brand owners enfrentam, especialmente no final da linha de impressão de rótulos e etiquetas. “Em nosso estande - 3C50 - os visitantes verão soluções que simplificam muitas etapas do processo de produção de um rótulo,” afirma Udo Panenka, Presidente da Esko. “Este leque de soluções reduz o lead time, cortando o tempo dos processos, reduzindo o risco de erros e garantindo uma qualidade de saída consistente.” Rótulos simplificados – inovações que ajudam a driblar a complexidade

6

Cada vez mais os brand owners necessitam de diferentes trabalhos, com baixas tiragens, produzidos o mais rápido possível. Os convertedores, por sua vez, precisam atender a estas necessidades com um fluxo de produção mais eficiente e integrado que envolva um mix de ambientes de impressão. Para os convertedores de rótulos e embalagens, a Esko oferece soluções com foco na melhoria do lead time e no uso dos equipamentos, reduzindo os erros e garantindo uma qualidade de saída consistente. O resultado é mais eficiência em toda a operação, desde a entrada do pedido até a entrega dos materiais impressos e acabados. Na Labelexpo Europe, a Esko mostrará como estas inovações trazem eficiência para cada etapa do trabalho de pré-impressão e gravação da chapa flexo. As

principais etapas contempladas pelas soluções Esko são: • Gerenciamento do projeto: gerenciamento dos ativos, aprovações e projetos, desde o início do conceito até a arte pronta para impressão, e conexão dos sistemas ERP/MIS ao fluxo de trabalho para garantir uma saída tranquila e uma única entrada de dados. • Design: mock ups 3D hiper realistas para apresentação, prova e QA. • Edição da pré-impressão: edição de PDF intuitiva com uma funcionalidade pré-estabelecida da embalagem. • Fluxo de trabalho: facilidade de set up de fluxos de trabalho pré-configurados melhoram a saída da pré-impressão e garantem mais qualidade. • Cor e impressão: gerenciamento de cor como suporte a todos os processos de impressão e set up de tintas, mesmo


em ambientes mixados. A X-Rite, outra empresa do grupo Danaher, também estará expondo com a Esko na feira. • Confecção de chapas flexo: um processo de produção de chapas inovador, automatizado e coordenado, que garante qualidade e consistência.

A plataforma de software da Esko, focada em controle de custo e otimização da produção, dará suporte ao controle da linha com uma visão 3D hiper realista, colaboração na web, edição de PDF, gerenciamento de conteúdo e ferramentas que garantam a qualidade.

Conforme anunciado, duas novas soluções Esko para fluxo de trabalho serão apresentadas na Labelexpo Europe 2017. Trata-se de: • WebCenter Essentials para Rótulos: um sistema de gerenciamento de projetos para a produção de rótulos. • Automation Engine Essentials para Rótulos: um pacote para a pré-impressão de rótulos em fluxos de trabalho automatizados.

A Esko também estará em contato com um grande número de parceiros da indústria durante a Labelexpo Europe 2017, das áreas de impressão digital, integração de ERP/MIS e gerenciamento de cor, até produção de chapas flexo.

Esko fecha parcerias com fornecedores importantes do setor Igualmente inovador na Labelexpo Europe, será a Automation Arena (Arena da Automação), fruto da colaboração entre Cerm, Esko, Xeikon, MPS, Kocher + Beck, AVT, Rotocontrol, Matho e Wasberger, e onde serão apresentadas duas linhas automáticas de impressão – digital e convencional - para a produção de rótulos. A linha irá desde a criação do trabalho, passando pela pré-impressão, impressão, acabamento e faturamento.

Os especialistas da Esko de vendas e suporte técnico, de todo o mundo, estão presentes para atender aos clientes e esclarecer dúvidas. Como conclui Panenka, “Nossa presença na Labelexpo demonstra claramente como as soluções de pré-impressão da Esko são essenciais para o futuro desta indústria.” Sobre a Esko (www.esko.com) O conceito Packaging Simplified (Embalagem Simplificada), da Esko, ajuda os clientes a produzirem a melhor embalagem para bilhões de consumidores. O portfólio de produtos da Esko suporta a gestão dos processos de embalagem e impressão para brand owners, varejo, designers, agências, fabricantes

de embalagem e convertedores. Nove em cada 10 embalagens presentes no varejo usam soluções Esko, seja de gerenciamento de embalagem, asset management, criação de arte, design estrutural, pré-impressão, visualização 3D, produção de chapas flexográficas, automação de fluxo de trabalho, controle de qualidade, produção de amostras, paletização, colaboração na cadeia de suprimento e/ou produção de materiais de sinalização e displays de PDV. As soluções da Esko incluem diversos softwares e duas linhas de hardware: gravadora de chapas flexográficas computer-to-plate CDI e os sistemas de acabamento e corte digital Kongsberg, são complementados com serviços altamente especializados, treinamento e consultoria. Fazem parte ainda da família Esko, a Enfocus que oferece soluções em automação e ferramentas PDF de controle de qualidade para gráficas, editoras e designers gráficos, e a MediaBeacon, com soluções de digital asset management (DAM). Ao todo são 1.500 colaboradores em todo o mundo e sua sede está localizada em Gent, Bégica. A Esko é uma empresa Danaher (www. danaher.com).

7


Conferências da innovapack 2017 focam em cenário de transformações e possíveis impactos no mercado de embalagens para a indústria alimentícia Único encontro com foco em design, tendências e inovação para embalagem final da indústria de alimentos e bebidas acontece no Transamérica Expo Center, em agosto. Atenta ao cenário de transformações e os possíveis impactos no mercado de embalagens para alimentos e bebidas, a 2ª edição dainnovapack South America, única feira da América Latina focada em design, tendências e inovação para a embalagem final de alimentos e bebidas, promove três dias de conferências pautadas em uma extensa pesquisa de mercado. O evento acontece paralelamente à Food ingredients South America (FiSA) no Transamérica Expo Center, de 22 a 24 de agosto. Entre os destaques estão os desafios da reciclabilidade e da logística reversa, embalagem como driver de consumo, avanços em embalagens ativas, evolução em embalagens de transporte e muito mais. A innovapack reúne, ainda, segmentos como Concepção & Design, Embalagens & Afins e Eco Packaging & Soluções Sustentáveis, levando a seu espaço expositores e visitantes de agências de design de embalagem, impressão, rotulagem, materiais de embalagem, recicladores, entre outros. Programação O primeiro módulo, ‘Sustentabilidade: Novas Oportunidades para Embalagens’, no dia 22, abordará a sustentabilidade na cadeia de alimentos e como a embalagem pode contribuir para reduzir o impacto ambiental. Também mostrará os desafios na implementação do sistema de Logística Reversa de embalagens - cuja meta é diminuir o impacto dos resíduos de embalagens no meio ambiente - e os novos materiais produzidos a partir de fontes renováveis. No dia 23, pela manhã, será apresentado o módulo ‘Tendências e Estratégias de Marketing para Embalagens’, que trará as inovações mundiais de

8

embalagens e como elas influenciam na decisão de escolha do consumidor para a compra do produto. No módulo seguinte, ‘Tendências e Inovações em Tecnologias para Embalagens’, à tarde, serão discutidas as tecnologias para oferecer praticidade, conveniência e segurança para o consumidor, as novas Normas Técnicas Internacionais, os impactos nos processos e tecnologias de impressão, e os avanços no campo das embalagens para preservar, indicar ou aumentar características do produto. No dia 24, os participantes do módulo ‘Inovações em Materiais para Embalagens’, irão conhecer as novas exigências regulatórias para materiais de embalagens, as inovações tecnológicas de materiais para aumentar a barreira de proteção, conferindo boa performance aos produtos, e as principais inovações de embalagens de transporte e segmento industrial. Também no dia 24, o Instituto de Embalagens leva à innovapack o Packaging on the Road, palestras ministradas por profissionais do setor, que visam à atualização profissional. É possível conferir a programação completa e realizar as inscrições para as conferências em: http://www.innovapackexpo.com/pt/conferencias Serviço: innovapack 2017 De 22 a 24 de agosto de 2017, das 13h às 20h Local: Transamerica Expo Center Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo (SP) Sobre a innovapack A innovapack é a única feira de negócios da América Latina focada em soluções para a embalagem final da in-

dústria alimentícia. O público encontra no evento o que há de mais atual em tendências, design e inovação para esse segmento. O encontro reúne fabricantes, fornecedores e distribuidores dessa cadeia com profissionais ligados ao marketing de produto, como diretores e gerentes de marca, engenheiros de alimentos e embalagens, além de pessoas que atuam nos setores comerciais e de trade marketing, design, processos, custos e compras. Sobre a FiSA A Food ingredients South America, que está na 21ª edição, é a mais completa plataforma de conteúdo e negócios para a indústria de ingredientes alimentícios da América Latina. A Feira reúne a cada ano cerca de 11 mil profissionais qualificados, nacionais e internacionais, de 36 países. Sobre a UBM UBM é a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Nosso profundo conhecimento e paixão pelos setores da indústria que servimos nos permitem criar experiências valiosas onde as pessoas atingem seu sucesso. Em nossos eventos, as pessoas criam relacionamentos, fecham acordos e crescem seus negócios.Nossos mais de 3.750 funcionários, com sede em mais de 20 países, atendem mais de 50 diferentes setores da indústria. No Brasil, atuamos nos setores da saúde, logística, ingredientes alimentícios, construção civil, construção naval e metroferroviária. Essa rede de relacionamento global com pessoas apaixonadas e líderes de eventos oferecem oportunidades únicas para que os empresários alcancem suas ambições.


SEALED AIR ADQUIRE EMPRESA BRASILEIRA DE EMBALAGEM DE ALIMENTOS A Sealed Air Corporation anunciou a aquisição da Deltaplam Embalagens Indústria e Comércio Ltda (Deltaplam), uma empresa familiar brasileira, fabricante de embalagens flexíveis. Fornecendo soluções para clientes da indústria de alimentos em todo o mercado brasileiro, a empresa utiliza alta tecnologia de extrusão para fornecer sacos termoencolhíveis de superior barreira e recicláveis, filmes multicamadas, laminados e pouches.

“Somado à expertise global da Sealed Air e às atuais soluções de embalagem, esta aquisição fortalece nossa posição na América Latina, incrementa o portfólio de produtos mais sustentáveis e ecológicos e nos permite oferecer ainda mais inovações aos nossos clientes”, disse Karl R. Deily, presidente da divisão Food Care da Sealed Air. “Este investimento também amplia nosso alcance de mercado com novas aplicações e segmentos”.

A Deltaplam, criada em 1994, está sediada em Londrina, Paraná, e emprega hoje mais de 100 pessoas. A Sealed Air tem presença no Brasil há mais de 55 anos e emprega mais de 3 mil colaboradores em toda América Latina. Os termos da transação não foram divulgados.

Palestra da Aptar no Seminário Household & Auto Care Latin America aborda como marcas podem transformar embalagens através de produtos inovadores Encontro será ministrado no segundo dia do evento por Mirelle Orpinelli, gerente regional de desenvolvimento de mercado Beauty + Home LatAm da multinacional Líder global de sistemas dispensadores, a Aptar vai marcar presença na 13ª edição do Seminário Household & Auto Care Latin America, que acontece entre os dias 25 e 27 deste mês, no Hotel Matsubara, na capital paulista. No segundo dia do evento (26), a multinacional realizará a palestra “Transforme suas embalagens com produtos acessíveis e inovadores”, que acontece às 17h15. O encontro será ministrado por Mirelle Orpinelli, gerente regional de desenvolvimento de mercado Beauty + Home LatAm. “Apresentaremos estudos recentes que apontam as megatendências que causarão impactos em mercados globais e locais nos próximos anos, enfatizando como as marcas podem se diferenciar através da embalagem e oferecer praticidade, com valor agregado, aos clien-

tes finais”, adianta Mirelle Orpinelli. O Seminário Household & Auto Care Latin America reunirá profissionais qualificados e interessados em conhecer as tendências tecnológicas das diversas áreas da cadeia produtiva de higiene, limpeza e proteção para autos. Aptar – Com sede em Crystal Lake, Illinois, a Aptar possui plantas industriais espalhadas pela Europa, Ásia e Américas do Norte e do Sul, totalizando 47 unidades industriais situadas em 17 países. No Brasil, a multinacional conta com unidades nos municípios de Cajamar e Jundiaí, em São Paulo, e em Maringá, no Paraná. Com forte presença nos mercados de fragrâncias, cosméticos, cuidados pessoais, cuidados com o lar, alimentos, bebidas e farmacêuticos, a Aptar tem mais de meio século de expertise na

criação e inovação de embalagens para consumidores em todo o mundo. A divisão Beauty + Home é uma parceira específica de soluções em sistemas de distribuição de embalagens para os mercados de beleza, cuidados pessoais e cuidados com a casa. Estruturada por campos de aplicação, a área antecipa as expectativas dos mercados globais e locais, visando proporcionar diferenciação de marca para os clientes e praticidade com valor agregado aos usuários finais. Serviço: Seminário Household & Auto Care De 25 a 27 de julho 2017 Hotel Matsubara – Rua Coronel Oscar Porto, 836 – Paraíso – SP Palestra Aptar: 26/07, às 17h15. Fonte: Agencia 242

9


AQ É O NOVO IQ! VENHA CONHECER O AQFLEX NA DRINKTEC 2017 - É A SOLUÇÃO INTELIGENTE DE MANUSEIO DE PRODUTOS, TUDO-EM-UM Na medida em que a indústria de embalagens se depara com tendências de consumo cada vez mais sofisticadas que apresentam diversos desafios para a produção e distribuição de mercadorias, a Gebo Cermex traz a resposta a essas complexidades com o lançamento do AQFlex® - uma tecnologia revolucionária em manuseio de produtos. Graças a sua abordagem radicalmente nova de transporte e acumulação, o AQFlex proporciona um desempenho de linha de embalagem nunca visto. Ao mesmo tempo oferece transporte e acumulação de produtos, suave e sem contato com excepcional agilidade, num espaço muito compacto. Esse é um primeiro passo importante no sentido de transformar em realidade a fábrica do futuro e estará em exibição na Drinktec 2017.

Trazendo as respostas para as necessidades da indústria em constante transformação Ao passo que a qualidade da embalagem desempenha um papel de destaque no reconhecimento da marca e na sempre crescente diversificação da produção, um aumento no número de unidades de manutenção de estoque (SKUs) e até de produtos e embalagens secundárias personalizadas, disponíveis atualmente, os fabricantes estão procurando maior flexibilidade e resposta rápida de seus sistemas de embalagem atuais. A reengenharia fácil das linhas existentes também é importante se os produtores hão de se adaptar às grandes mudanças necessárias. Em vista disso, os produtores e pro-

10

prietários de marcas estão se tornando cada vez mais exigentes no que diz respeito aos seus requisitos de linha. Eles não podem permitir-se comprometer o desempenho a longo prazo em termos de operabilidade de produção, eficiência e confiabilidade, sempre atribuindo atenção especial a manter o custo total de propriedade (TCO) o mais baixo possível. Por isso, eles procuram soluções de embalagens que poupem espaço, de fácil manutenção, com design ergonômico, fáceis de usar e sustentáveis. Diante dessas necessidades em constante mudança, a Gebo Cermex – parte do Sidel Group e líder mundial em soluções de engenharia de linha de embalagem – reinventou o design de linhas de embalagem graças a uma tecnologia

revolucionária de manuseio de produtos. A empresa chegou à conclusão de um sistema que ajudaria os fabricantes a atingirem seus objetivos de desempenho atuais, bem como prepará-los para futuros desafios. “Passados 50 anos sendo pioneiros em soluções de transporte e sistemas de regulação de linha, acreditamos que esse lançamento será o auge de nossos processos de inovação”, diz Ludovic Tanchou, Vice-Presidente de Estratégias, Produtos e Inovação na Gebo Cermex. Ele continua: “AQFlex é o novo IQ em manuseio de produto, englobando todas as vantagens oferecidas pelas máquinas de transporte existentes, de um modo muito mais inteligente”.


Disponibilizando inovação de produto graças à flexibilidade total. O AQFlex foi projetado pela Gebo Cermex como um novo conceito em soluções de embalagem que contempla qualquer produto, seja qual for a aplicação, em qualquer mercado, para todos os tipos de materiais dos recipientes, formatos e tamanhos, cheios ou vazios, ao mesmo tempo também possibilitando trocas automáticas por meio de uma Interface Homem Máquina (IHM) intuitiva e fácil de usar. O cuidado com a integridade do produto é totalmente garantido por um sistema de manuseio e acumulação do produto, em pista única e sem contato, que é capaz de processar até mesmo recipientes frágeis, instáveis ou tipo premium. Alto desempenho devido a uma capaci-

dade sem precedentes Prova adicional do desempenho de linha de embalagem sem precedentes do AQFlex é sua capacidade de operar em qualquer velocidade, de 1.000 a 100.000 recipientes por hora, proporcionando economia de energia de até 60%, sem comprometer a alta eficiência (99,5% até em velocidades altas) ou a sustentabilidade. Isso é garantido pela alta regulação do desempenho de linha, junto com um alto desempenho de acumulação para manter um contínuo fluxo de produto em qualquer velocidade com o uso de robótica avançada com base em uma tecnologia comprovada de movimento lógico e um sistema de arquitetura centralizado, garante a sincronização precisa de controle de movimento para todos os servo eixos do equipamento. Tanchou acrescenta: “Além do mais, para maior rastreabilidade do produto e o contínuo controle de qualidade da produção, a solução funciona de acor-

do com o princípio de operação ‘primeiro a entrar, primeiro a sair’ (FIFO, na sigla em inglês).” Extremamente compacto, design inteligente proporciona até 40% de economia de espaço. Todas as funções de transporte do AQFlex, incluindo acumulação sem contato e máquina de alimentação com pistas múltiplas, são habilmente reagrupadas nessa solução de manuseio única e universal. Uma vez que todo o transporte e acumulação são realizados como um processo de fila única, as funções de transporte habituais periféricos relacionados com a acumulação em massa tais como desaceleração, agrupamento, combinação e divisão - são eliminados totalmente. A solução da Gebo Cermex oferece a melhor relação espaço/acumulação do mercado, para minimizar o TCO e otimizar a operabilidade. Seu design compacto proporciona até 40% de economia de espaço comparado às soluções tradicionais e, em razão de seu tamanho compacto, o AQFlex é facilmente integrado às linhas de produção existentes. A solução tem um design limpo e aberto que permite acessibilidade total no nível do piso, melhorando a ergonomia e facilitando a limpeza. Tendo apenas algumas peças mecânicas a mais comparado com uma transportadora, a manutenção do AQFlex é semelhante a de uma transportadora padrão - sem a necessidade de nenhuma lubrificação. Descubra por que o AQ é o novo IQ na Drinktec 2017. Para mais detalhes acesse www.gebocermex.com/drinktec.

11


Após edição histórica, FCE Pharma e FCE Cosmetique já estão com 80% das áreas renovadas Há pouco mais de um mês do evento, principais feiras do setor farmacêutico e cosmético mostram sucesso na fase de renovação. A última edição da FCE Pharma e FCE Cosmetique registrou recorde de visitantes e juntas receberam aproximadamente 15.400 visitantes, na casa nova, o São Paulo Expo. As feiras também registraram crescimento de 9%, em relação ao ano anterior. Mas os números positivos não pararam no balanço da última edição. É que, após um mês de sua realização, as feiras já estão com 80% dos espaços renovados para a edição de 2018, que acontecerá de 22 a 24 de maio. Diante do cenário de crise que o país enfrenta, esses números demonstram como as feiras se consolidaram como a melhor plataforma de negócios e relacionamento do setor, além de contribuírem para o fomento e crescimento das indústrias farmacêutica e cosmética. “Estamos muito satisfeitos com o sucesso na renovação de área. Sem dúvida é um número excelente, já que a feira aconteceu há pouco mais de um mês. Isto ressalta nossa força como uma das mais importantes exposições de tecnologia cosmética da América Latina”, comenta Rodrigo Afonso, Business Manager da FCE Cosmetique. Para Cíntia Miguel, Business Manager da FCE Pharma, o sucesso de renovação da feira se deu pela qualidade que o evento apresentou na edição deste ano. “Procuramos além de oferecer todo o suporte necessário aos nossos expositores, uma feira com qualidade de conteúdos que naturalmente atrai bons visitantes e garante ótimos negócios. Com essa visão seguimos para 2018”. A próxima edição das FCE Pharma e FCE Cosmetique já tem data marcada para

12

o próximo ano: 22 a 24 de maio, no São Paulo Expo e promete ser mais uma edição de sucesso. Sobre a FCE Cosmetique A FCE Cosmetique é a principal plataforma de negócios do setor de cosméticos da América Latina e a única feira que abrange todas as etapas no desenvolvimento e produção de cosméticos, apresentando desde matéria-prima, embalagens, maquinários até acessórios, fragrâncias e serviços. A FCE Cosmetique tem outro grande diferencial, o evento ocorre poucas semanas após os maiores lançamentos de produtos na Europa. Ou seja, é um espelho para o mercado brasileiro, que não precisa se deslocar internacionalmente em busca de material, parceiros, soluções etc. Além disso, a feira proporciona conteúdo qualificado para expositores e visitantes com palestras de profissionais de renome, inclusive internacional. Paralelo ao evento, desde sua primeira edição, acontece o Congresso Brasileiro de Cosmetologia, promovido pela ABC – Associação Brasileira de Cosmetologia, tradicional parceira da FCE Cosmetique. Sobre a FCE Pharma A FCE Pharma é uma exposição internacional de tecnologia para a indústria farmacêutica. Com mais de 20 anos, o evento se consolidou como o principal ponto de encontro do segmento. Atualmente, possui um papel importante para a evolução do setor, não só por meio das tendências e lançamentos de produtos e serviços, como também na geração de conteúdo. Em um único espaço, os participantes têm a oportunidade de entrar em contato com toda a cadeia produtiva do

setor. Os principais apoiadores da FCE Pharma são Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo), ANF (Academia Nacional de Farmácia) e Abiquifi (Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos). Sobre a NürnbergMesse Brasil Responsável por promover os mais importantes encontros de fornecedores, distribuidores e revendedores do país em suas feiras de negócios, a NürnbergMesse Brasil é uma subsidiária do Grupo NürnbergMesse e uma das maiores empresas internacionais organizadoras de eventos e exposições no Brasil. A companhia movimenta diversos segmentos da economia nacional, com alto nível de profissionalismo e competência. Os principais eventos são Analitica Latin America, BIOFACH América Latina, Brasil Cycle Fair, FCE Cosmetique, FCE Pharma, Glass South America, it-sa Brasil, PET South America, R+T South America e URB Trade Show. Sobre o grupo NürnbergMesse O grupo NürnbergMesse é uma das 15 maiores empresas organizadoras de feiras do mundo e faz parte das dez maiores empresas da Europa. O portfólio inclui mais de 120 feiras e congressos internacionais em Nuremberg (Alemanha) e em todo o mundo. Anualmente, cerca de 30 mil expositores (39% internacionais) e mais de 1,4 milhão de visitantes (22% internacionais) participam dos eventos organizados pelo Grupo NürnbergMesse, que está presente por meio de suas subsidiárias na China, América do Norte, Brasil, Itália e agora Índia. O grupo NürnbergMesse possui uma rede com cerca de 50 representantes que operam em 100 países.


13


Dingoo’s está de roupa nova! Aperitivo de malte e whisky agora vem em garrafa exclusiva da marca, mais moderna, estilosa e versátil

A Indústria Missiato de Bebidas decidiu adotar uma nova embalagem para o Dingoo’s. Em parceria com a Owens Illinois (O-I), líder na fabricação de embalagens de vidro no mundo, a empresa desenvolveu uma garrafa exclusiva, com logomarca impressa abaixo do pescoço, o que reforça a imagem da bebida frente à concorrência no segmento. Dingoo’s já utilizava garrafa de vidro para envase desde o seu lançamento, mas em formato padrão, do tipo standard. A partir da ideia de refinar a identidade visual e chamar a atenção do consumidor, a Missiato identificou a oportunidade de tornar a bebida ainda mais atrativa por meio da embalagem. Com o apoio da O-I, a marca optou por uma garrafa cilíndrica, com capacidade de 900 ml e formato ergonômico. “O modelo adotado pela Missiato reposiciona o Dingoo’s no mercado. O design, além de requintado, possui as laterais retas, o que facilita o manuseio em bares, restaurantes ou em casa”, explica Daniel Amaral, gerente Latam para embalagem de bebidas alcoólicas da O-I. Com a mudança, a expectativa da Missiato é que o produto seja facilmente identificado e escolhido nas gôndolas. “Dingoo’s é um aperitivo de malte whisky e carvalho, e isso o torna especial em relação a outros no mercado. Como a embalagem causa a primeira impressão ao consumidor, entendemos a importância de adotar uma que seja a cara da nossa bebida”, afirma a diretora da empresa Ariani Missiato. A ideia de elaborar uma embalagem exclusiva, que leva a logomarca impressa no vidro, incentivou a Missiato

14

a adotar a garrafa para outras bebidas também. “A parceria com a O-I tem sido muito positiva e achamos que a garrafa produzida por eles para nós também pode dar certo para outros produtos da casa. Em breve, vamos incorporá-la em outras variedades de bebidas da marca”, completou Ariani Missiato. Dingoo’s está disponível para venda em atacados e varejos nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste, pelo preço médio de R$ 18. Além do mercado interno, a Missiato também exporta para as Américas e também para a Europa. Sobre a Missiato Há quase 60 anos a Indústria Missiato de Bebidas Ltda, trabalha para oferecer produtos de qualidade a seus clientes e consumidores. Fundada na década de 1950, a empresa se tornou referência no mercado de bebidas. Hoje, além do mercado interno, a marca também exporta seus produtos para as Américas do Sul, Central e do Norte, além de países na Europa, mantendo o comprometimento com a ética e a satisfação de seus clientes. Sobre a O-I A Owens Illinois, Inc. (NYSE: OI) é a maior fabricante de embalagens de vidro do mundo e a parceira preferida de marcas líderes de alimentos e bebidas. Com uma receita de US$ 6,7 bilhões em 2016, a empresa é sediada em Perrysburg, Ohio, EUA, e emprega mais de 27.000 colaboradores em 79 fábricas distribuídas por 23 países. A O-I oferece soluções de embalagens de vidro seguras, sustentáveis, puras, icônicas e que constroem marcas para um mercado global crescente. Para promover os benefícios das embalagens de vidro em todo o mundo, a O-I criou o

movimento Glass Is Life, que se baseia nas razões pelas quais as pessoas escolhem o vidro: sabor, saúde, sustentabilidade e qualidade. Para mais informações, acesse www.o-i.com.


Klabin registra crescimento de 11% no Ebitda do segundo trimestre de 2017 • O Ebitda ajustado da companhia atingiu R$ 595 milhões no segundo trimestre de 2017, aumento de 11% em relação ao mesmo período de 2016. • Impulsionado pelo aumento das vendas de celulose, o volume de vendas total alcançou 777 mil toneladas no segundo trimestre de 2017, crescimento de 23% em relação ao segundo trimestre do ano passado. • A Unidade Puma concluiu com êxito o processo de ramp up no segundo trimestre deste ano, atingindo o custo caixa de produção de celulose planejado pela Klabin. • A estratégia da companhia para o segmento de conversão impulsionou as vendas dos produtos convertidos (embalagens de papelão ondulado e sacos industriais) no segundo trimestre deste ano, que foi de 190 mil toneladas, 8% maior que o segundo trimestre de 2016.

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, além de única empresa do País a produzir em uma mesma unidade industrial celulose de fibra curta, celulose de fibra longa e celulose fluff, registrou seu 24º trimestre consecutivo de crescimento nos resultados financeiros. A companhia atingiu R$ 595 milhões de Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no segundo trimestre de 2017, o que representa 11% de crescimento em relação ao mesmo período de 2016. Neste segundo trimestre do ano, a companhia destaca em seu balanço financeiro o elevado e contínuo desempenho da Unidade Puma que, após a parada anual para manutenção, realizada no final de março deste ano, concluiu o processo de ramp up e atingiu volume de vendas de celulose de 337 mil toneladas no 2T17, resultado 12% maior na comparação com o 1T17. Do volume de vendas do segundo trimestre deste ano, 252 mil toneladas foram de celulose de fibra curta e 85 mil toneladas de celulose de fibra longa e fluff. A performance da Unidade Puma impulsionou o volume total de vendas da Klabin no segundo trimestre de 2017,

que somado ao bom desempenho das unidades de papéis e conversão, atingiu 777 mil toneladas (sem incluir madeira), volume 23% maior em relação ao segundo trimestre de 2016. A receita líquida de vendas totalizou R$ 1.984 milhões no segundo trimestre deste ano, 17% superior ao mesmo período do ano anterior. Outro destaque é a evolução no volume de vendas dos produtos de conversão, no qual a Klabin cresceu 8% no segundo trimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação semestral, o aumento foi de 10% este ano em relação a 2016. Esse avanço foi incentivado pelas aquisições no mercado de papelão ondulado no final de 2016 (Embalplan e Hevi Embalagens) e demonstram a capacidade de adaptação e competitividade da Klabin em diferentes mercados e cenários adversos. Investimentos A Klabin investiu R$ 209 milhões no segundo trimestre de 2017, sendo R$ 43 milhões direcionados à Unidade Puma, R$ 64 milhões para as operações florestais, R$ 87 milhões destinados à continuidade operacional das fábricas e R$ 15 milhões em projetos de alto retorno que visam melhorar o desempenho da companhia em todos os segmentos em que atua.

Sobre a Klabin A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. Saiba mais: www.klabin.com.br

15


TWELLIUM INDUSTRIAL COMPLETA CINCO ANOS DE SÓLIDO CRESCIMENTO NA ÁFRICA Em 2013, a Twellium deu os primeiros passos no mercado de bebidas de Gana com uma linha PET da Sidel. A empresa foi incorporada em 4 de fevereiro de 2013 e iniciou a produção em fevereiro de 2014. Recentemente, investiu em duas novas linhas completas, tornando-se uma das mais importantes fabricantes de bebidas da África Ocidental, com um total de cinco linhas de produção – todas fornecidas pela Sidel. bebidas, por isso a Twellium precisava aumentar sua capacidade de produção e, ao mesmo tempo, garantir alta flexibilidade. Segundo Hassan Kesserwani e Hussein Kesserwani, presidentes da Twellium Industrial Company: “A flexibilidade é essencial em razão da variedade de bebidas que produzimos – desde refrigerantes e sucos com conservantes até as bebidas sem álcool à base de malte, muito populares na região. Em Gana, nosso investimento recente numa linha PET completa Sidel Matrix™ satisfez essas necessidades, acelerando as trocas e permitindo trabalhar com garrafas de vários formatos diferentes.”

A Twellium traz para a região africana as bebidas mais populares entre os consumidores europeus e americanos, como água sem gás, refrigerantes (CSD) e produtos sensíveis. O sucesso alcançado se deve à combinação de sua própria água mineral pura e natural com a tecnologia europeia e um processo de fabricação de padrão internacional, bem como à observância das normas de certificação e segurança da Food and Drug Authority (agência de vigilância sanitária de Gana). A empresa – cujo desempenho já conquistou prêmios – produz uma grande variedade de bebidas, como Verna Natural Mineral Water, Rasta Choco Malt, Dr. Malt e a linha de produtos Easy. Outros produtos como Rush Energy Drink, American Cola, Planet e Bubble Up também são produzidos pela Twellium

16

enquanto franquia da Monarch Beverage Company, empresa internacional com sede em Atlanta (EUA).   Com o passar dos anos, a Sidel e a Twellium forjaram uma sólida relação profissional baseada em cooperação e aprimoramentos constantes. Além de fornecer novas linhas para acompanhar o crescimento da Twellium, a Sidel – com mais de 40 anos de experiência em linhas completas para refrigerantes – também vem trabalhando na otimização das linhas e soluções existentes, proporcionando economia de energia e serviços de manutenção. Uma vasta gama de produtos exige flexibilidade Os consumidores africanos apreciam cada vez mais uma oferta variada de

No que se refere ao ciclo de vida útil do equipamento, a linha Sidel Matrix pode ser facilmente adaptada às necessidades de produção futuras, e sua plataforma possibilita a integração de upgrades para que a Twellium seja beneficiada pelos avanços tecnológicos. Todos os equipamentos Matrix proporcionam altos níveis de desempenho, minimizando os tempos de parada e facilitando a manutenção. Alta eficiência é sinônimo de menor custo total de propriedade (TCO), fator de grande importância para uma empresa em rápido crescimento como a Twellium. Corte dos custos de energia com ampliação de opções de design Um exemplo de como os custos de energia têm sido reduzidos é a sopradora Sidel Matrix, que consome menos ar comprimido e eletricidade, gerando economia de até 45%. A tecnologia ECO Oven – patenteada pela Sidel – pode ser usada para dar um upgrade nas sopradoras existentes e baixar os


custos de energia, pois emprega menos lâmpadas para aquecer as preformas. Essa redução de consumo foi particularmente bem-vinda, porque o custo da energia tem tidos altas consideráveis em Gana. Além disso, a Twellium confiou na expertise em embalagens PET da Sidel e decidiu adotar o design de fundo StarLite™. Patenteado e premiado, esse fundo permite reduzir o peso das garrafas de 500 ml em 20%, além de melhorar a estabilidade e protegê-las contra danos por estresse durante a produção e o transporte.   “Esse foi um fator importante para a Twellium, porque existem problemas de logística na África. Com o fundo StarLite, a empresa economiza não só matérias-primas mas também energia, já que a pressão de ar das sopradoras é menor”, explica Dominique Martin, Diretor de Vendas África e Magreb.

A importância do serviço Nos últimos cinco anos, a Sidel tem fornecido o serviço necessário para otimizar a operação de todas as linhas: desde a entrega imediata de peças de reposição para evitar paradas onerosas até a garantia de oferecer todas as vantagens em termos de opções e upgrades para aprimorar as linhas da Twellium. O poder aquisitivo dos consumidores africanos está em alta, e as marcas Twellium se consolidaram no mercado. Isso coloca a empresa numa posição privilegiada para ampliar suas conquistas.

17


Interpack® 2017 Show de inovações e tecnologia Interpack 2017: todos procurando inovações e novas tecnologias para aumentarem a competitividade Assunta Napolitano Camilo

Os grandes construtores de máquinas montaram linhas inteiras de equipamentos. Um show! Oportunidade única para se atualizar em uma semana sobre o que se tem disponível no mercado de embalagens. A feira teve 2865 expositores, a maioria internacionais, mais de 170 mil visitantes e mais de 1000 jornalistas visitando a feira de 4 a 10 de maio de 2017, em Dusseldorf, noroeste da Alemanha. Nos mais de 20 halls (considerando as tendas da área externa) pudemos ver novos materiais, novas tecnologias e máquinas e profissionais do mundo todo. A quantidade de informação num evento deste porte nos obriga a dividir em partes e destacar as mais relevantes. Agrupamos nos seguintes blocos de assuntos: - Crescimento das aplicações das embalagens flexíveis - Inovações em decoração e segurança - Indústria 4.0 - Embalagens de transportes - A questão da sustentabilidade Sobre embalagens flexíveis Muitas inovações foram apresentadas em aplicações de embalagens flexíveis, além de muitas empresas fornecedoras se apresentando ao mercado, como Constantia, Uflex, Wipak, Sudpack e Gerosa. A Volpak, do grupo Coesia, apresentou uma embalagem híbrida, que lembra um frasco. Na verdade, é uma embalagem flexível com uma tampa especial para o dispensing (derramamento) de ketchup. Já está em uso no mercado norte-americano com o sour cream Daisy. A Bossar apresentou um produto de limpeza com um aplicador de spray

18

que era aplicado na embalagem stand-up pouch. Os bag-in-box cresceram em muitas aplicações, como o saquê apresentado pela Totani. Formatos inusitados e facilidade de abertura com a ZipPak 360 graus. Este sistema permite abertura total da embalagem para facilitar o acesso aos produtos, além de refechamento. A Di Mauro recebeu um prêmio pelo desenvolvimento da embalagem com duas aberturas, uma para o líquido, drenagem, e outra para o produto. Várias empresas apresentaram tintas e vernizes que conferem um toque diferenciado às embalagens, dando a sensação de que se trata de papel (nomearam de papertouch). A combinação de papel laminado em embalagens flexíveis foi contemplada por diversas empresas para ganho de rigidez ou de apresentação diferenciada. Outros pontos explorados para as embalagens flexíveis: aberturas facilitadas por pré-corte a laser em linear tear e formatos diferentes nos stand-up pouches, além da possibilidade de impressão digital (destaque para a Toppan Pack do Japão e a Kleiner da Suíça). A CCL Label apresentou rótulos autoadesivos laváveis (wash-off), uma solução ideal para garrafas de vidro retornáveis. Além de duas novidades em rótulos termoencolhíveis interessantes: smell (que possibilita impressão com perfume nos rótulos) e o peel (que permite que o rótulo seja retirado em ondas, como se estivesse descascando uma fruta). Ambas as propostas criam experiências únicas para envolver o consumidor. A chinesa Weiya Packing propôs facili-

tar a abertura de embalagens flexíveis, com um tipo de pull tab, e fechamento diferenciado com zíper. A Velcro trouxe diversas aplicações de seu produto em embalagens de papel cartão e, nas flexíveis, destacou o case de lenços umedecidos, batizado de “Always WET wipes” (lenços sempre umedecidos). A Wipak, sob o slogan “Involve. Inspire. Impress” (envolver, inspirar e impressionar), apresentou diversas aplicações, além das embalagens flexíveis, como propostas também de embalagens multipacks, cartuchos e filmes especiais com propriedades diversas, como papertouch e alta resistência à punção.

Inovações em decoração e segurança Novas aplicações para bisnagas também foram apresentadas, além das infinitas possibilidades de decoração, como: metalização, aplicação de filmes holográficos, relevos, impressão 360 graus ou infinita, transparência e impressão digital. A Milliken destacou no seu portfolio, além de seus novos aditivos para aumento de transparência de plásticos, o Clearshield UV, que contém absorvedor de raios UV, de forma a proteger a embalagem e o produto, garantindo vida e cor mais longa. O estande temático da Sonoco apresentou uma cozinha e a área de serviço de uma residência, além de janela para embalagens multifolhadas e tampa plástica decorada por rótulo in mold label IML, com frente e verso.


Em relação à questão de segurança, destaque para as propostas da multinacional Edelmann (que já está no Brasil), da Constantia, da Ulhmann e da Lock4Kids. A Edelmann tem várias soluções, como travas que são concebidas na faca de corte do cartucho, de tal forma que evidencia a violação da embalagem, e outras que permitem o rastreamento por códigos lidos por um smartphone.

A Illig insistiu na proposta de produção de potes termoformados decorados com IML que promete aumento de qualidade de decoração competitiva. A DECA apresentou sua proposta para aumentar a conveniência dos consumidores e a competitividade dos fabricantes de produtos pastosos. Trata-se de uma tampa com a colher embutida no verso, protegida por selo. A Toyo, fabricante multinacional de tintas (também presente no Brasil), expôs suas tintas para embalagens metálicas, flexíveis e de papel cartão. A empresa destacou as tintas que podem ter aspectos fosco ou brilhante; a Smart Bio, para impressão off-set, tintas à base de óleo vegetal, livre de óleo mineral, cobalto e com certificado Fogra e a linha de tintas à base água para impressão flexográfica. Com o aumento da competição e da globalização, as empresas procuram soluções para aumentar a eficiência da operação e para terem embalagens cada vez mais distintas nos pontos de vendas. Diante deste quadro, os expositores concentraram seus esforços em apresentar novidades para diferenciação das embalagens e as empresas de máquinas e embalagens de transportes suas possibilidades de redução de cus-

tos e de perdas e aumento da eficiência no final da linha. As embalagens flexíveis são as vedetes por serem mais competitivas. Ainda assim, os expositores investiram em incluir tampas especiais e efeitos no material, como o paper touch ou paper look por meio de tintas e vernizes. Aplicações em bisnagas têm crescido para substituir embalagens plásticas rígidas ou flexíveis e elas também estiveram em evidência com opções de decoração 360 graus, laminação com filmes holográficos ou metalizados, ou ainda decorados com rótulos autoadesivos, criando janelas transparentes. Havia muitas empresas de tintas, como o Grupo Toyo Ink, com a proposta de laminação de folhas metálicas com filmes, contribuindo assim para latas de aço sem oxidação e mais elegantes, por exemplo. Até tambores de aço de 200 litros, com apresentação diferenciada, foram mostrados pela Greif, que por meio de impressão digital, pode atender demanda em quantidades menores. Uma inovação que causou impacto foi apresentada pela OPEN VAC®. Trata-se de um sistema para embalagens de aço com lacre de alumínio num princípio muito parecido com o da Rojek.

A Lock4kids apresentou novamente um cartucho de papel cartão com um segundo cartucho plástico no interior, que só pode ser aberto por um adulto em função de travas. Indústria 4.0 O tema da tecnologia foi, como na feira K (feira de plásticos de aconteceu em outubro de 2016), a Indústria 4.0, que consiste em uma indústria sob nova configuração, moldada pela incorporação de tecnologias, tendo desdobramentos nos âmbitos econômico, social e político. São nove as principais tecnologias envolvidas: robôs automatizados; manufatura aditiva; simulação; integração horizontal e vertical de sistemas; Internet das coisas industriais; Big Data e Analíticas; dados na nuvem; segurança cibernética; e realidade aumentada. 1. Robôs automatizados: capazes de interagir com outras máquinas e com os humanos, tornando-se mais flexíveis e cooperativos. 2. Manufatura aditiva: produção de peças por meio de impressoras 3D, que moldam o produto por meio de adição de matéria-prima, sem o uso de moldes físicos. 3. Simulação: permite aos operadores testarem e otimizarem processos e produtos ainda na fase de concepção, diminuindo os custos e o tempo de criação.

19


4. Integração horizontal e vertical de sistemas: sistemas de TI que integram uma cadeia de valor automatizada por meio da digitalização de dados. 5. Internet das coisas industrial: conecta máquinas por meio de sensores e dispositivos a uma rede de computadores, possibilitando a centralização e a automação do controle e da produção. 6. Big Data e Analíticas: identifica falhas nos processos da empresa, otimiza a qualidade da produção, economiza energia e torna mais eficiente a utilização de recursos na produção. 7. Nuvem: banco de dados criado pelo usuário capaz de ser acessado de qualquer lugar do mundo por meio de uma infinidade de dispositivos conectados à internet. 8. Segurança cibernética: meios de comunicação cada vez mais confiáveis e sofisticados. 9. Realidade aumentada (“Augmented Reality”): sistemas baseados nesta tecnologia executam uma variedade de serviços, como selecionar peças em um armazém e enviar instruções de reparação por meio de dispositivos móveis. As grandes indústrias de máquinas para embalagem estavam presentes. Para envase de líquidos, destaco a Krones, com a Varioline, que permite realizar um processo de embalagem de várias fases. Tudo em uma única máquina. O conceito é capaz de processar envases avulsos, como garrafas de vidro, de PET, latas em multipacks e/ou multipacks em caixas plásticas, caixas dobráveis de cartão ou em cartões wrap-around. Dependendo da combinação e do número de módulos empregados, podese produzir uma grande quantidade de diferentes embalagens finais em apenas uma linha de embalagem Varioline. Solução moderna e com bastante flexibilidade. O sistema oferece trabalhos mínimos com ótima acessibilidade (considerando aspectos ergonômicos), máxima segurança de funcionamento e fácil manutenção, dentro, portanto, do conceito Indústria 4.0. A KHS, entre outras novidades, apresentou aplicação in line de alça para carregar multipacks de até seis garrafas de 1,5 litro.

20

A Multivac apresentou várias linhas para pratos prontos ou laticínios em embalagem termoformada. Destaque para a linha Multifresh. Ulma e GEA, em estandes menores, apresentaram novidades incrementais. Para a linha de fármacos e produtos pessoais é preciso citar a IMA, CAM, Bosch e Uhlmann. Para linhas de biscoitos estiveram presentes a Carlo Montanari, a Marchesini, a Cavanna e a Bosch. A Cavanna apresentou uma linha integrada que permitia embalar diferentes tipos de biscoitos em embalagens unitárias ou múltiplas. A Bosch trouxe equipamento para envolver biscoitos em formato PILE (série de pilhas com até três biscoitos) ou SLUG ( uma série única de biscoitos) numa mesma máquina. A Coesia também apresentou sua diversidade de propostas para bisnagas, stand-up pouch entre tantas outras. Boa parte das empresas de máquinas já está oferecendo serviço de diagnóstico e reparação via remoto. Muitos têm um serviço digital completo, como catálogo digital 3D que pode ser baixado num smartphone, serviço de armazenagem de dados em Cloud entre outras possibilidades da Indústria 4.0. Embalagens de Transporte Nesta edição da Interpack foi notável a importância dada às embalagens de transportes para ganhar competitividade. A indústria de embalagens de transportes está se concentrando e contribuindo com soluções para os processos com o objetivo de aproveitar ao máximo o potencial na fabricação destas e integração logística. Um bom exemplo disso são as caixas plásticas para movimentação interna ou transporte entre fábricas que utilizam o sistema 360 graus. Elas oferecem diversas opções em cores, formatos e tamanhos, facilitando a identificação e organização dos itens no processo e eliminando falhas. Considerando o retorno das embalagens vazias, várias empresas apresentaram embalagens desmontáveis ou que

permitiam o encaixe de uma caixa dentro da outra para reduzir o espaço no transporte e na armazenagem. A Inovação ficou por conta das embalagens com um serviço ou uma solução que, ao mesmo tempo, que reduz mão de obra ou tempo, também auxilia no controle de um processo. É o caso das embalagens assépticas da Schulz que já são entregues totalmente limpas e prontas para o envase, ou com os bags internos já posicionados. Outra novidade apresentada foram os agitadores internos das embalagens que permitem misturar o conteúdo sem precisar abrir a embalagens, eliminando o risco de contaminação do produto (oferecidos pela GREIF e Schultz). Identificamos soluções em diversos níveis, desde sistemas completos de finais de linha integrados à produção, até um produto que aplicado a uma folha de papel impede que caixas empilhadas sobre um palete em movimento se desloquem e caiam, mesmo quando inclinadas, como o da CGP: Simplicidade de aplicação e eficiência no resultado com as folhas STABULON®. A ICEE da Austrália levou para a feira embalagens de EPS desmontáveis que podem ser retornáveis. Permitiam também montagem em sistema de separação em vários compartimentos. A princípio esta solução poderia dispensar caminhões refrigerados para pequenas distâncias ou para deltas de temperaturas menores, garantindo produtos frescos e íntegros. A Greif-Velox apresentou um sistema de vácuo para otimizar espaço de cargas de sacaria, com um ganho de 100%. Trata-se da VELOVAC Packer para enchimentos de sacos que possibilita empilhamento perfeito e menos espaço, portanto, reduz custos. As máquinas para embalamento no final de linha ou para as embalagens de transportes apresentadas estavam alinhadas à indústria inteligente ou a Indústria 4.0. Mais flexíveis em respostas a demandas para a produção em grande ou pequena escala, as máquinas oferecem mais competitividade. Em se tratando de unitização de cargas com segurança, as empresas apresentaram propostas de aplicação de filmes


resistentes em sistemas automatizados, sem ou com muito pouca interferência de operadores, como a solução da IMSB – Robopac. A questão da sustentabilidade A delicada questão da sustentabilidade foi citada e comentada em todos os pavilhões. O grande destaque foi a tenda e o congresso SAVE FOOD, além disso, muitas empresas ofereciam produtos com menor pegada de carbono, seja por serem mais leves, monomateriais, possibilitar reciclagem mais fácil ou serem de fonte renovável ou biodegradável. A Seda, multinacional italiana, apresentou o copo de papelcartão desenvolvido a partir de grama e atraiu muitos interessados. A Braskem marcou presença para mostrar, principalmente o PE verde, que agora está também nas tampas das garrafas de água da marca japonesa Suntory. Já a Bericap apresentou uma tampa em TPE, termo polietileno para facilitar a reciclagem.

pelente, no qual a pressurização é feita por um sistema de molas. Além de permitir utilizar o spray em 360 graus. A Paperfoam apresentou novamente suas embalagens produzidas com fibras celulósicas, agora também com mistura de pós-consumo e outros materiais, que atendem mercados como de bebidas (como sobre-embalagem) e celulares. A Dupont se reuniu com vários clientes e desenvolveu a FutureLife, uma embalagem flexível com dois compartimentos, um para água potável, outro para

um composto com todos os nutrientes que um adulto precisa para um dia. Para ser transformada em alimento, é necessário apenas misturar os dois conteúdos na própria embalagem, rompendo a selagem que une os dois compartimentos. É possível se alimentar diretamente pela embalagem. Esta solução pode ser empregada em situação de desastres naturais, guerras, comunidades carentes distantes, entre outras situações. Foi empregada num projeto na África do Sul, numa escola de crianças, para testar o conceito de economia circular. As embalagens após o uso eram recolhidas pelas crianças e depois recicladas e foram transformadas em carteiras (mesas) da escola, e até mesmo, casas populares. Uma proposta colaborativa que muito pode contribuir para um mundo melhor para todos! Embalagem melhor. Mundo Melhor

Os fabricantes de máquinas e linhas de reciclagem de PET também marcaram presença, como a NGR, EREMA e a Starlinger. Esta última levou linhas inteiras para a feira, como também é fabricante de sacolas e sacos de ráfia, inovou com um estande onde todos os produtos eram produzidos com PET reciclado, como as sacolas com aparência de ráfia de PP ou papel. Fantástico. A Sleever, multinacional francesa que fabrica filmes, rótulos e máquinas de rotulagem para termoencolhíveis, focou seu trabalho na busca de mais sustentabilidade de forma ampla. Por exemplo, dobrou a barreira de seus rótulos com metade da espessura, aumentando a vida útil dos produtos embalados. Outro importante destaque foi o rótulo LDPET, com metade da densidade, portanto mais leve e de menor impacto. Além disso, o rótulo pode ser mais leve que o material da garrafa, e no processo de reciclagem normal, ele sobe para a superfície, permitindo que seja facilmente separado para reciclagem. A Airopack mostrou novamente a proposta do tubo aerossol sem gás pro-

21


Junte Internet das Coisas Industrial e Lean no chão de fábrica O potencial para capacidade de manutenção preditiva verdadeira estámais próxima. Estes são tempos desafiadores, mas são tempos em que a metodologia Lean ainda é sua amiga Por Chris Riley, presidente da Videojet

Marcas de bens de consumo que já tiveram um crescimento positivo próximo dos de 5% ou mais têm enfrentado ventos contrários desafiadores recentemente. Nesse mercado dinâmico, a produção segundo princípios Lean está tornando-se cada vez mais crucial. E as tecnologias, principalmente as de conexãocom a Internet, sãofundamentais para essesesforços.

Além disso, esse pensamento pode inibir que as empresas considerem ter novas tecnologias Lean, principalmente porque as equipes de chão de fábrica podem conscientemente evitar iniciativas capazes de envolver recursos de TI significativos, pois podem ser vistas como um “luxo”, além da missão principal de garantir qualidade, entrega, inventário e produtividade.

ceber quando ou por quanto tempo a inatividade nãoplanejado ocorre, muito menos se representa uma tendência estável ou de regressão, se tende a ocorrer em horários semelhantes ou em intervalos irregulares. Sem esses dados, é um grande desafio descobrir “padrões de oportunidade” na identificação de problemas, implementação de medidas e aumento da produtividade.

A imprensa de economia e negócios escreve com frequência sobre a Internet das Coisas Industrial (IIoT), o rápido crescimento das capacidades de inter conexão entre sistemas e máquinas que moldam as empresas (e as nossasvidas). Mas os exemplos mais brilhantes, sobre os quais lemos, tendem a envolver equipamentos muito caros, como ceifeiras-debulhadoras, equipamentos de mineração e motores de aeronaves. Portanto, aIIoTaté pode parecer menos relevante para a área de embalamento de bens de consumo, principalmente para empresas pequenas. Mas não é.

Contudo, é importante reconhecer que existem atualment eavanços na tecnologia que minimizam a intensidade do recurso a TI e que cabem nos orçamentos e abrangência, atémesmo de pequenas empresas de bens de consumo. Vou especificar mais esse assunto, mas primeiro vamosexaminar a importância disso. Considere-se o tempo de inatividade de equipamentos de embalamento, como exemplo. O tempo de inatividade nãoplanejado pode ser muito inoportuno e afetar muito a produtividade. Mas um gestor de uma fábrica pode não ter os dados necessários para per-

Em termos práticos, muitas operações de embalamento simplesmente não possuem a base necessária para realizar economias de forma eficiente.

22

Aqui estãot rês motivos: Obter os dados é difícil. Os dados de base mostrando o que está acontecendo nas linhas, como dados de “uptime” e OEE ou até mesmo simples listas de casos de tempo de inatividade e condições de falhas associadas, muitas vezes nãoexistem ou são de qualidade insuficiente para estimular a melhoria contínua. Sem isso, os gestores precisam de confiar mais na observação, feedback


e intuição, tornando a implementação Lean efetivamente impossível. Variedade de equipamentos e software. Muitasvezes, as linhas de embalamento são compostas por equipamentos de muitosfabricantes originais de equipamentos (Integradores – OEMs) diferentes. Essas máquinas podem falar diferentes linguagens de software, o que torna caro monitorizar o equipamento usando Sistemas de Informações de Fabrico (MIS) simples.

mil emplacas de comunicação sem fio e extensores de alcance.

Com frequência, essa é a causa-raiz da dificuldade na coleta de dados, forçando as equipes da fábrica a manter os registos com tabelas e planilhas. Embora admiráveis e necessários, esses processos tendem a ser altamente manuais, o que torna difícil dimensionar e consolidar a coleta de dados e frustra os esforços de obter percepções sobre esses dados.

A migração para soluções em cloud elimina a dependência face a PC e servidores na fábrica e os desafios associados de implementação e manutenção. Conexões para dados agora podem ser facilitadas usandoprotocolos e normas comuns de segurança da Internet.

Vários turnos. Os desafios de obtenção de visibilidade aumentam quando as fábricas funcionam com dois ou três turnos, pois o gestor de fábrica não consegue manter a visibilidade direta sobre a sua operação continuamente. Além dos problemas de coleta de dados detalhados acima, múltiplas operações de turno podeml evar a falhas e/ ou inconsistência em processos. Quando uma máquina fica inativa a meio da noite, inevitavelmente, há menos especialistas disponíveis para ajudar a solucionar o problema e colocar a linha novamente em funcionamento. O resultado final desses desafios é que os custos do desperdício estão ocultos, sem medição e invisíveis, dentro da operação. Portanto, é fácil atribuir isso ao custos de fazer negócio. Mas a verdade é que a tecnologia está ao alcance e pode ser utilizada para economizar. Aqui estão dois exemplos: Conectividade. Ficou para trás a época em que a única maneira de conectar equipamentos era com cabeamento Cat 5 fisicamente conectado. A onda recente de Internet das Coisas Industrial (IIoT) reduziu o preço da conectividade sem fio em várias ordens de grandeza. Um projeto de conectividade que poderia ter custado US$ 20 mil simplesmente para a instalação do cabeamento Cat 5, agora requer menos de US$ 1

Coleta, consolidação e visualização de dados. Mudanças recentes em hardware e software permitem que se recolha dados operacionais sem um envolvimento extenso no local de TI. Soluções de software baseadas em cloud estão a tornar-se a norma, simplificando muito a implementação ao reduzir significativamente a intensidade de TI.

Com soluções em nuvem, é possível obter o benefício adicional de acesso remoto aos dados, de modo que os gestores não precisem estar no local para analisar o desempenho da fábrica ou da linha. Mas um investimento de US$ 1 mil é importante considerando todas as prioridades que se tem? Com certeza. O tempo de inatividade não planejado é um enorme desperdício. A alteração dos planos para o dia, alertas de última hora de que a equipe precisará trabalhar várias horas a mais, tempo de espera em excesso… isso é emocionalmente desgastante para cada camada da organização da planta fabril. Os gestores de fábrica, de linhas e funcionários de linha têm tarefas mais produtivas e essenciais para fazer, do que desenvolver um plano de como recuperar do tempo de inatividade não planejado. Ninguém gosta de passar mais tempo que o esperado para obter o mesmo resultado. Com a tecnologia atual, o tempo de inatividade não planejado pode ser reduzido significativamente. Agora, vamos pensar sobre isso do ponto de vista do impacto financeiro. Vamos ser prudentes por ora e supor que o custo do tempo de inatividade não planejado seja de US$ 500 por hora. Em trabalho preliminar que fizemos com alguns dos nossos clientes, a capacidade de se conectar, coletar, consolidar e visualizar dados e tomar

ações corretivas est átendo um impacto significativo na redução do tempo de inatividade. É prudente dizer que há vários milhares de dólares por mês em perdas de produtividade por linha em dada fábrica de bens de consumo. O custo dos sensores que monitoram o desempenho e condições da máquina também está diminuindo, e osfabricantes estão a trabalhar assiduamente para incorporar tecnologias adicionais de sensorização em novas soluções. A evolução do desempenho da máquina continuará a progredir rapidamente. Como um exemplo simples, considere a comunicação de alertas e condições de falha. Alguns anos atrás, esses alertas eram predominantemente comunicados com luzes aos operadores de linh nas proximidades. Agora, os alertas automatizados enviados por meio de mensagens de texto e e-mail já estão normalmente disponíveis, ajudando aequipe de manutenção e operações a acompanhar o desempenho da máquina. Com números os sensores, mais eficientes, juntamente com a tecnologia da Internet das Coisas (IoT), o potencial para capacidade de manutenção preditiva verdadeira está mais próxima. Estess ão tempos desafiadores, mas são tempos em que a metodologia Lean ainda é sua amiga. Para empresas de pequeno porte e em crescimento, Lean pode ajudar a eliminar desperdícios, para que se possa reinvestir no crescimento contínuo. Se está em uma grande organização que não está crescendo ao ritmo das suas ambições, aprofundar a sua implementação de Lean pode ajudar a descobrir soluções para os desafios mais persistentes. Conforme solucionamos os problemas de conexão, coleta, consolidação e visualização de dados da linha de embalamento, podemos procurar com confiança soluções que melhorarão osnossos negócios.

23


SANTA EDWIGES APRESENTA NOVA EMBALAGEM DO BISCOITO HELLO KITTY Produto, que já era sucesso entre adultos e crianças, teve o pacote reformulado e ganhou novas cores

Fabricado pela Santa Edwiges, empresa especializada em produtos alimentícios, o delicioso biscoito doce com sabor de leite e formato da Hello Kitty, está de “cara nova” com uma embalagem ainda mais fofa que irá encantar a todos os consumidores. O produto, que já era sucesso entre adultos e crianças, teve a embalagem de 100g reformulada e ganhou novas cores. Agora o pacote conta com fundo que mescla branco e rosa, e é estampado com biscoitos e desenhos da Hello Kitty. O conjunto final é delicado e divertido. Os deliciosos biscoitos já estão sendo comercializados com a nova embalagem em todo o Brasil e custam em torno de R$2,99. Sobre a Sanrio A Sanrio é criadora e licenciadora de personagens nos mais diversos segmentos, como presentes, papelaria, confecção, calçados, brinquedos, acessórios, alimentos, entre outros. A empresa, criadora da personagem Hello Kitty, ícone da cultura japonesa no mundo todo e adorada por pessoas de todas as idades, foi fundada em 1960 com base no conceito “Small Gift, Big Smile”, traduzindo a ideia de que um pequeno presente pode trazer um grande sorriso. Recentemente, a empresa criou também o personagem Gudetama, um adorável e preguiçoso ovo que adora ficar balançando em sua casca, deitado e coberto por seu cobertor de bacon, ou simplesmente espreguiçado em sua clara. A Sanrio possui cerca de 50 mil produtos que são comercializados em mais de 100 países. Presente na América do Sul desde 1999, a empresa conta com mais de 80 empresas licenciadas no Brasil.

24


25


Embalagem que vende, e conquista! Por: Karol Rabello e Luis Fernando Pagliaro

O que é que te faz experimentar um produto novo que você ainda não viu no comercial? Já trocou aquela marca fiel por outro produto porque gostou da embalagem? Mais Clean ou mais Vintage? Te fez lembrar a infância, protege o Meio Ambiente ou pode ser utilizada depois? Muitas vezes a escolha parece inconsciente, mas não se engane. Embalagem é coisa séria e teve gente trabalhando duro pra ganhar a atenção e fazer com que o produto saia da prateleira. Em 2017, o simples voltou para a lista de tendências quando o assunto é embalagem e, no geral, 70% das decisões de compra são feitas no ponto de venda. Dessa forma, rótulos e etiquetas são bem importantes. E aí, sua posição no mercado pode definir as estratégias. Dificilmente você verá a Coca-Cola, líder, trocar sua cor ou fazer grandes mudanças na sua marca. As mudanças são simples, menos ousadas. Para um segundo lugar como a Pepsi, por exemplo, as mudanças ocorrem com uma frequência maior e quem fica em uma terceira posição pode seguir vários caminhos que vão de se destacar até ser confundido. Resumindo: talvez aí seja possível extrapolar! Em alguns casos, a Codificação Cromática, já enraizada nos consumidores, é justamente o que difere os sabores. É o caso dos temperos: verde para peixes e aves; vermelho para carnes. Nesse caso, uma mudança pode confundir seu consumidor. Em outros casos, como as misturas de bolo Betty Crocker, Color Code já é uma opção válida e além de referência à marca, cria um paredão de produtos quando é exposto na gôndola e intimida a concorrência. Betty utiliza o vermelho, no mundo todo, independente do sabor da mistura. A cor, é a mesma da blusa da personagem e do logo!

26

Outra estratégia que está na lista das queridinhas dos últimos anos, é das embalagens colecionáveis. Leite moça lançou, recentemente, cinco latinhas diferentes que podem ser reaproveitadas como porta-canetas, porta-colheres, vasos de flor ou o que mais sua imaginação permitir. Assim, quem já é cliente compra e coleciona e quem não é, compra também! Luis Pagliaro é publicitário e Diretor de Criação da Agência Mancini Karol Rabelo é designer e Diretora de Arte da Agência Mancini


27


Del Valle Néctar lança latas no formato sleek Novas embalagens da linha de sucos prontos para beber terão 290 ml Del Valle Néctar, linha de sucos prontos para beber da Coca-Cola Brasil, adaptou suas latas. A marca substitui em definitivo as antigas latas com 335 ml para o novo formato sleek, com 290 ml de volume. A renovação da embalagem, pioneira na categoria de produto no Brasil, vale para os sabores Uva, Uva Light, Pêssego, Pêssego Light, Goiaba, Manga e Maracujá.

Del Valle Frut. Responsável pela gestão de toda a cadeia produtiva da linha nacional de bebidas sem gás, chás e bebidas esportivas do portfólio da Coca-Cola no País, a Leão Alimentos e Bebidas fabrica a linha Del Valle Néctar em sua unidade localizada no município capixaba de Linhares.

“Mudamos o nosso portfólio para oferecer mais opções para as pessoas, estamos trazendo embalagens menores e mais convenientes. Este lançamento faz parte da forte agenda de inovação que temos para a família Del Valle, tanto em fórmulas quanto em embalagens.

Sobre a Coca-Cola Brasil O Sistema Coca-Cola Brasil é o maior produtor de bebidas não alcoólicas do país e atua em nove segmentos — água, café, chás, refrigerantes, néctares, sucos, lácteos, bebidas esportivas e à base de proteína vegetal — com uma linha de mais de 152 produtos, entre sabores regulares e versões zero ou de baixa caloria.

Essa é mais uma etapa do nosso processo, que teve recentemente o lançamento das garrafinhas individuais em PET dos sucos da linha Del Valle 100% Suco e Laranja Caseira. Nosso foco é oferecer uma maior variedade de sabores, fórmulas e embalagens que atendam as diferentes necessidades de consumo”, explica Ana Curi, gerente de Del Valle. Sem alteração no rótulo e na fórmula, as bebidas regulares continuam com os mesmos nutrientes: vitaminas, minerais, e não trazem conservantes, corantes ou qualquer ingrediente artificial, e as bebidas light continuam sem adição de açúcares. As fórmulas de Del Valle Néctar têm, em média, 40% de suco de fruta e utilizam suco de maçã para adoçar a bebida, levando nutrição, praticidade e qualidade para o consumo no dia a dia. As novas latas sleek chegam para complementar o portfólio Del Valle Néctar, que tem ainda as embalagens Tetrapak de 1 l e 200 ml. A família Del Valle tem ainda a linha Del Valle 100% Suco, Del Valle Kapo, Del Valle Laranja Caseira e

28

Composto por nove grupos parceiros de fabricantes, o Sistema emprega diretamente 62,6 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Em 2017, serão investidos R$ 3,2 bilhões, 10% acima da média dos últimos cinco anos. O Sistema Coca-Cola Brasil está empenhado em incentivar iniciativas que melhorem o desenvolvimento econômico e social das comunidades em que opera. Para isso, conta com uma plataforma de valor compartilhado, o Coletivo Coca-Cola, que já impactou a vida de mais de 130 mil pessoas por meio de toda a cadeia de valor da empresa. Sobre a Leão Alimentos e Bebidas Integrante do Sistema Coca-Cola Brasil, líder de mercado e responsável pela produção de bebidas mistas, chás e café, a Leão Alimentos e Bebidas participa ativamente da economia brasileira, gerando emprego e investindo em diferentes regiões nacionais. Em Ame-

ricana, no Estado de São Paulo, está um dos Centros de Distribuição da empresa e uma operação de logística de referência para outras companhias do setor e de outros segmentos. Das unidades fabris, localizadas em Linhares, no Espírito Santo, Fazenda Rio Grande e Fernandes Pinheiro, ambas no Paraná, além do contrato com outras unidades industriais com linhas de produção sob gestão direta da Leão de onde sai uma ampla e variada linha de bebidas que refrescam e hidratam milhões de brasileiros, de Norte a Sul do país. São néctares, bebidas mistas, sucos, refrescos, repositores, chás e café de marcas consagradas nacionalmente como Del Valle, Del Valle Reserva, Del Valle 100% Suco, Del Valle Laranja Caseira, Mais, Powerade, I9, Matte Leão, Leão Fuze, Leão Fuze Senses, Chimarrão Pampas, Café Leão, Leão Guaraná e Leão Guaraná Açaí. A Leão Alimentos e Bebidas orgulha-se de ser responsável pela primeira fábrica de bebidas do Brasil a receber a certificação internacional LEED – Liderança em Energia e Design Ambiental, concedida à unidade de Fazenda Rio Grande. Vale ressaltar que o conceito de sustentabilidade vai além da infraestrutura e das boas práticas adotadas nas fábricas. Ele é o alicerce do negócio da Leão Alimentos e Bebidas, que inclui, por exemplo, o compromisso da empresa com o desenvolvimento da produção rural e a valorização das pessoas e do meio ambiente. É por isso que, no norte do Espírito Santo, a Leão Alimentos e Bebidas participa de projetos junto ao homem do campo e comanda as atividades da processadora de frutas TROP, integrando assim toda a cadeia produtiva de néctares.


29


Eastman Lança Bioplástico de Engenharia Inovador Eastman TREVATM Bioplástico de Engenharia, um termoplástico versátil à base de celulose que combina alta performance e sustentabilidade A Eastman Chemical Company, líder mundial na produção de materiais à base de celulose, lança o inovador bioplástico de engenharia Eastman TRĒVATM, que ajuda as marcas globais a atingirem simultaneamente suas necessidades de sustentabilidade e de desempenho para o mercado atual, que evolui tão rapidamente. “A Eastman agrega como vantagem seus quase 100 anos de expertise em celulose para o design e a performance do TRĒVA, para chegar ao melhor perfil sustentável e ao desempenho desejados pelas marcas, fabricantes, moldadores e outras companhias em sua cadeia de valores” diz Burt Capel, vice-presidente e gerente geral da unidade de negócios de Plásticos Especiais da Eastman. Capel apresentou oficialmente o lançamento à imprensa no Chinaplas Plastics & Rubber Trade Fair, na China. Os benefícios de TRĒVATM são o tripé: sustentabilidade, desempenho de uso final e flexibilidade de design e marca. Benefícios de Sustentabilidade Metade da composição de TRĒVATM é celulose, material proveniente de florestas de manejo sustentável que são certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC). O novo material é livre de BPA (Bisfenol A) e de ftalatos. Sua excelente fluidez, durabilidade e estabilidade dimensional permitem menor uso de materiais, peças mais finas e de vida útil mais longa, o que melhora as avaliações do ciclo de vida (LCA). Desempenho de uso final TRĒVATM oferece excelente resistência química, comparado a outros termoplásticos de engenharia, para alguns dos produtos químicos mais agressivos, incluindo óleos para tratamento de pele, protetores solares e produtos de limpeza domésticos. A baixa taxa de tensões internas residuais do material significa eliminar o efeito não desejado do arco-íris que

30

alguns plásticos apresentam com luz polarizada, o que melhora a experiência do usuário com telas de dispositivos eletrônicos e displays de varejo. Design e flexibilidade da marca As excelentes características de fluidez do TRĒVA também possibilitam liberdade de design, o que permite que ele seja usado com peças de design complexo e em peças de paredes finas. Sob condições de processamento recomendadas, o recente teste de fluxo espiral de 30 mil de parede fina mostra que as taxas de fluxo de TRĒVATM são significativamente melhores do que as “blendas” de policarbonato, de policarbonato / ABS e são comparáveis às resinas ABS. TRĒVATM é projetado para permitir brilho superficial superior, transparência e toque sensorial térmico, habilitado por meio de uma combinação do material de base e a experiência tecnológica da Eastman. O material também oferece grande possibilidade de incorporação de cores e processos secundário mais fáceis, além de capacidade de decoração, o que cria opções adicionais de design e de branding. Aplicações A combinação superior de benefícios de sustentabilidade e de segurança de TRĒVATM, melhorias no desempenho do uso final e na flexibilidade de design e marca tornam a escolha de material ideal para as seguintes aplicações: ● Armações de óculos, eletrônicos que entram em contato com a pele, como fones de ouvido e muitos outros dispositivos de uso pessoal ● Telas de Aparelhos eletrônicos, como lentes, já que os consumidores precisam enxergar através delas ● Eletrônicos, gabinetes de equipamentos eletrônicos e outros produtos com alto design e especificações complexas ● Componentes interiores automotivos nos quais a resistência química e a estética são desejadas ● Outras aplicações que exigem alta sustentabilidade e requisitos de segu-

rança Co-inovação com Eastman Além de desenvolver materiais inovadores, a Eastman tem uma longa e produtiva história de trabalhar em colaboração com os clientes para garantir que seus designs de produtos e seus esforços de desenvolvimento sejam robustos e eficientes, ela faz isso fornecendo conhecimentos técnicos e de design para encurtar o tempo até o lançamento ao mercado. “A Eastman está empenhada em atender as necessidades almejadas de clientes atuais e potenciais”, disse Capel. “Há enorme interesse por parte de marcas de todo o mundo e estamos entusiasmados em trabalhar em estreita colaboração com eles, para criar a próxima geração de produtos de alto desempenho e sustentáveis”. Sobre a Eastman A Eastman é uma empresa global de materiais avançados e aditivos especiais que produz uma ampla gama de produtos encontrados em itens que as pessoas usam todos os dias. Com um portfólio de negócios especializados, a Eastman trabalha com seus clientes para oferecer produtos e soluções inovadoras, mantendo um compromisso com a segurança e com a sustentabilidade. Suas abordagens orientadas pelo mercado são favorecidas por plataforma de tecnologia de classe mundial e de suas posições de liderança em atrativos mercados finais, tais como transporte, construção civil e produtos de consumo. A Eastman se concentra em criar valor consistente e superior para todos os interessados. Como uma empresa globalmente diversificada, a Eastman atende clientes em mais de 100 países e, em 2016, obteve receitas de aproximadamente US $ 9,0 bilhões. A empresa está sediada em Kingsport, Tennessee, EUA e, emprega, aproximadamente, 14.000 pessoas em todo o mundo. Para obter mais informações, visite www.eastman.com.


Schneider Electric destacou soluções para máquinas e processos na Fispal Tecnologia 2017 Empresa apresentou Ecostruxure Plant, Ecostruxure Machine e outras plataformas e arquiteturas que garantem melhor gestão de energia e conectividade nas indústrias A Schneider Electric, especialista global em gestão de energia e automação, participou da 33ª edição da Fispal Tecnologia – Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Alimentos e Bebidas, que aconteceu entre os dias 27 e 30 de junho, em São Paulo. A companhia fez parte do Demonstrador Indústria 4.0, projeto que simulou uma fábrica de sorvete e, cada empresa participante, incluindo a companhia, apresentou soluções que garantem melhor aproveitamento nas operações industriais, como os PCs industriais da linha Magelis e o Software de gestão Schneider Wonderware MES. “A Schneider Electric conta com tecnologias que promovem a eficiência energética das indústrias, garantindo ganho operacional em toda a planta. As soluções que vamos apresentar nesse projeto podem gerar uma redução de até 30% do consumo, trazendo mais economia e melhores resultados para

diversos setores da indústria”, afirma Thiago Oliveira da Schneider Electric. O Ecostruxure Plant demonstra como é possível gerenciar a medição de energia e dados de processo que podem ser analisados e usados para aumentar o desempenho da planta. A solução permite aumentar o retorno sobre os ativos e atender às necessidades de aplicação. Além disso, maximiza a eficiência da produção, reduz também em 30% o tempo de projeto e garante estabilidade do processo. Em seu estande na feira, a companhia apresenta ainda aplicações para automação de máquinas, como o Ecostruxure Machine, solução para máquinas e sistemas de produção, além de produtos como o inversor de frequência Altivar 320, o controlador Modicon M251, a IHM Magelis GTU que se pode operar como em um smartphone, a Cortina de luz Preventa XUSL e os sensores de

visão XUW - ambos da Telemecanique sensors - formando uma solução completa focada na proteção de pessoal, das máquinas e do processo industrial. Sobre a Schneider Electric A Schneider Electric é especialista mundial em gestão de energia e automação. Com receita de 25 bilhões de euros em 2016, a companhia possui mais de 160 mil funcionários e atende clientes em mais de 100 países, ajudando-os na gestão e processos de energia para que seja segura, confiável, eficiente e sustentável. Desde o mais simples switche até sistemas operacionais complexos, a Schneider melhora a forma como seus clientes gerenciam e automatizam suas operações com tecnologia, softwares e serviços. Com a estratégia de negócio Life Is On, as tecnologias conectadas da Schneider remodelam indústrias, transformam cidades e enriquecem vidas. www.schneider-electric.com.br

31


KITKAT® APRESENTA VERSÃO COM CHOCOLATE BRANCO E UMA CAIXA INOVADORA PARA PRESENTEAR As novidades complementam o portfólio da marca e incentivam #breaks ainda mais gostosos com a galera KITKAT® apresenta duas novidades, que farão a alegria dos apaixonados pela marca de chocolates da Nestlé mais vendida do mundo: KITKAT® White, com cobertura de chocolate branco, e KITKAT® Celebreak, uma caixa presenteável, que explora o ritual da marca na abertura da embalagem - de quebrar o chocolate ao meio antes de comer. Os lançamentos reforçam o posicionamento de KITKAT®, oferecendo ainda mais opções para um gostoso e divertido #break, que pode ser aproveitado com os amigos, família e até com o crush.

KITKAT® White é a deliciosa combinação de biscoito wafer e chocolate - que os fãs já conhecem e adoram - mas, dessa vez, com uma saborosa cobertura de chocolate branco. Já KITKAT® Celebreak é uma inovadora e icônica caixa para dar de presente, porque explora o ritual de KITKAT® logo na abertura da embalagem. Com nove unidades de KITKAT® Mini, nas versões Ao Leite, Dark e White, o lançamento é um ótimo mimo para dar a pessoas queridas, proporcionando #breaks que podem ser compartilhados. KITKAT® White e KITKAT® Celebreak chegam às principais redes varejistas do país em agosto. Ficha técnica KITKAT® White é a nova versão do chocolate da Nestlé mais vendido no mundo. O lançamento é a combinação perfeita de biscoito wafer com o delicioso chocolate branco. A novidade é mais uma opção que KITKAT® oferece para proporcionar um #break ainda mais gostoso. KITKAT® White chega às principais redes varejistas do país em agosto.

32

KITKAT® Celebreak é uma inovadora caixa com nove unidades de KITKAT® Mini, nas versões Ao Leite, Dark e White. Com uma embalagem inovadora, o lançamento explora o ritual da marca – de quebrar o chocolate ao meio antes de comer. Ideal para presentear amigos, família e até o crush, KITKAT® Celebreak chega às principais redes varejistas de todo o país em agosto.

SOBRE A NESTLÉ® É a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo. Está presente em 189 países e seus 328 mil colaboradores estão comprometidos com o propósito da Nestlé de melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável. A Nestlé oferece um amplo portfólio de produtos e serviços para cada etapa de vida das pessoas e de seus animais de estimação. Suas mais de 2000 marcas variam dos ícones globais, como Nescafé ou Nespresso aos favoritos locais como Ninho. O desempenho da empresa é impulsionado por sua estratégia de Nutrição, Saúde e Bem-Estar. Sua Sede fica na cidade suíça de Vevey, onde foi fundada há mais de 150 anos. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 22 mil colaboradores diretos e gera outros 200 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens. A atuação da Nestlé Brasil abrange 15 segmentos de mercado e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel.


33


Verallia apresenta tendências 2018 da Selective Line Publicação, realizada anualmente, oferece as mais modernas inspirações para os produtos dos seus clientes

A Verallia, fabricante de embalagens de vidro para alimentos e bebidas, lança a edição 2018 das tendências da sua linha de luxo, a Selective Line. O material, produzido em parceria com a agência francesa Carlin, é fruto do monitoramento de vários aspectos sociais e artísticos mundiais. O resultado dessas observações permeia todo o desenvolvimento de embalagens para os próximos anos. Nesse ano, a novidade foi a vinda de uma executiva da Verallia França ao Brasil para divulgar o trabalho. Catherine Descourtieux, vice-presidente de vendas e marketing da Selective Line (linha Premium da companhia), participou em maio de uma rodada com jornalistas em São Paulo e apresentou as observações que embasam o material inspirado nas Tendências 2018. A publicação revela um conceito dominante em todo o mundo: o desejo por uma vida intensa. Essa observação deu origem à criação das três vertentes que seguem: * arty zen – a proposta são curvas pronunciadas e luxuosas e sugestões de decorações com diferentes técnicas e tintas numa linguagem oriental, com origamis, elementos oníricos da natu-

34

reza. * exploration 2.0 – esse conceito explora o universo tecnológico, o claro/escuro e os metais. * carpe diem – destaca a “ruralidade urbana”, a energia, o bem-estar, o “novo luxo”. O material tem imensa utilidade especialmente para aqueles que elaboram materiais únicos e diferenciados tanto em produtos como em embalagens; como por exemplo na indicação de cores, texturas, formatos, rótulos e lacres diferenciados e etc. “Com base nesse levantamento, a Verallia disponibiliza ainda mais ideias e conceitos para o desenvolvimento de materiais únicos para os clientes que irão valorizar ainda mais vinhos, espumantes, cachaças, destilados, cervejas e vários outros produtos mundo a fora”, explica Catarina Peres, Supervisora de Marketing da companhia. “Esse trabalho, alinha a empresa com o que há de mais contemporâneo em termos de design tanto para consumo interno dos clientes como para o desenvolvimento de campanhas publicitárias, ações exclusivas e etc”, diz. Para saber mais veja o teaser: www.youtube.com/watch?v=mIWixjW2AxU

Sobre a Verallia A Verallia é um grupo independente e uma das três maiores fabricantes mundiais de embalagens de vidro e oferece soluções inovadoras, personalizadas e sustentáveis para a indústria de alimentos e bebidas. Seu modelo de negócio é constituído pela combinação da força da sua rede mundial – com presença industrial em 13 países, presença comercial em 46 países, além de cinco centros técnicos e 13 centros de desenvolvimento de produtos – e da proximidade mantida com seus mais de 10 mil clientes em todo o mundo. No Brasil, a Verallia possui três fábricas localizadas nas cidades de Campo Bom (RS), Porto Ferreira (SP) e São Paulo e ainda disponibiliza aos seus clientes um Centro de Criações para o desenvolvimento de novos produtos. Em 2016, a Verallia produziu aproximadamente 16 bilhões de garrafas e potes de vidro no mundo e obteve vendas líquidas de 2,4 bilhões de euros. Para mais informações: www.verallia. com.br


35


tna ROMPE OS LIMITES COM O LANÇAMENTO DE UMA NOVA EMPACOTADORA DE VELOCIDADE ULTRA-ALTA A tna lançou a tna ropac® 5, uma empacotadora revolucionária de velocidade ultra-alta para sacos flexíveis, capaz de atingir velocidades líderes na indústria de até 300 sacos por minuto. Parte do sistema de embalagem performance 5.0 da tna, a nova tna ropac 5 é a primeira e única empacotadora de carga lateral no mundo que usa a tecnologia de empilhamento semigiratório de sacos patenteada e exclusiva da tna para empacotar de forma rápida e eficiente sacos de petiscos pequenos e médios do tipo travesseiro em recipientes secundários. Com o seu design inovador e altamente compacto, a nova tnaropac 5 dá um salto monumental em termos de desempenho, mais do que duplicando a velocidade média de outras empacotadoras na indústria, além de oferecer aos fabricantes de petiscos níveis de produção sem precedentes, confiabilidade excepcional e a exigência de um dos menores espaços de instalação. Studio style product photography of Ropac 5 packaging machine for TNA Solutions Com a tna ropac 5, a tna está desvendando novas áreas no que diz respeito à inovação e excelência de engenharia. Ao contrário da maioria das empacotadoras que empregam tecnologia de coleta e saída a vácuo, a tna ropac é baseada no próprio movimento revolucionário de empilhamento semigiratório de sacos da tna. Usando plataformas horizontais giratórias contínuas que podem acomodar várias fileiras de sacos, o sistema exclusivo da tna é capaz de formar, abaixar e carregar lateralmente de forma rápida e eficiente pilhas verticais de sacos em um recipiente secundário, como uma

36

caixa. Como resultado desta tecnologia de empilhamento altamente inovadora e ultrarrápida, a tna ropac 5 é capaz de embalar até 300 sacos por minuto, tornando-a a empacotadora mais rápida do mundo para sacos flexíveis. O sistema de empilhamento de sacos semigiratório também evita que os sacos sejam agarrados e retirados por cabeças a vácuo, garantindo que cada saco seja tratado com o maior cuidado, minimizando o risco de quebra do produto e perda de sacos. Além disso, a tna ropac 5 possui trocas semiautomáticas e sem ferramentas que levam menos de dez minutos para serem concluídas, oferecendo total flexibilidade aos fabricantes sobre o tamanho do saco e do pacote. Juntamente com a simplicidade geral no design da empacotadora, que possui um baixo número de peças móveis em comparação com os modelos da concorrência, a tecnologia inovadora da tna garante que haja menos desgaste nos componentes do equipamento para uma maior confiabilidade do equipamento, melhor facilidade de manutenção e proteção total do investimento. A tna ropac 5 também exige o mínimo de energia e ar devido à baixa quantidade de atuadores pneumáticos e à ação semigiratória, que evita o movimento alternativo. Como resultado, os custos operacionais são reduzidos significativamente e os fabricantes obtêm uma produção muito mais sustentável. “O mercado de petiscos está em expansão, e os fabricantes de produtos alimentares precisam de equipamentos capazes de oferecer a velocidade e a

eficiência de que precisam para atender à crescente procura por petiscos empacotados”, comenta Michael Green, gerente geral do grupo na tna. “Com velocidades até 300 sacos por minuto, a nossa nova empacotadora tem o potencial de duplicar a produção dos fabricantes de alimentos do dia para a noite, redefinindo completamente os padrões da indústria. Quando combinada com o nosso portfólio completo de soluções prontas de alto desempenho, os fabricantes podem adquirir todos os seus equipamentos da linha de produção de um único fornecedor, desde equipamentos de pré-processamento no início da linha até soluções de empacotamento no final da linha. Além disso, com a futura tna robag® 5, em breve poderemos oferecer aos fabricantes de petiscos as velocidades de ensacamento e empacotamento mais rápidas do mercado, tudo isso em um único sistema integrado ultrarrápido, parte do conceito performance 5.0 da tna.” Projetada para usar o mínimo de espaço na fábrica, a tna ropac 5 é uma das empacotadoras de carga lateral mais compactas do mercado, e pode ser integrada com perfeição a qualquer equipamento a montante e a jusante, incluindo balanças de verificação, elevadores de pacotes e seladoras superiores. Com uma largura de apenas 1220 mm, a tna ropac 5 foi criada especificamente para ser instalada junto a um sistema VFFS, o que permite aos fabricantes colocar uma empacotadora após cada ensacadora. Ela permite até mesmo a instalação de duas empacotadoras em configuração


dupla para oferecer um uso mais eficiente do espaço no chão da fábrica. Além disso, a tna ropac 5 mede apenas 2120 mm de altura, abrindo a possibilidade de acrescentar um elevador de pacotes em um mezanino, acima do nível da empacotadora, e maximizar ainda mais o uso do espaço disponível. Para saber mais sobre a nova tna ropac 5, visite www.tnasolutions.com/product/product/tna-ropac-5 ou conheça a tna na Interpack, salão 15, estande B22.

Sobre a tna A tna é líder mundial no fornecimento de soluções completas em processamento e embalagem de alimentos, com mais de 35 anos de experiência na indústria e 14.000 sistemas instalados em mais de 120 países. A empresa fornece uma gama abrangente de soluções em manipulação de materiais, processamento, revestimento, distribuição, tempero, pesagem, embalagem, refrigeração, congelamento, detecção de metais e verificação e sistemas de embalagem e rotulagem. A tna também oferece diversas opções de integração de controles de linha de produção e relatório SCADA, gerenciamento de projetos e treinamento. A combinação única de inovações tecnológicas, a larga experiência em gerenciamento de projetos e o suporte mundial 24 horas por dia da tna garantem aos seus clientes uma maior rapidez, confiança e flexibilidade na embalagem de produtos, com um menor custo de propriedade.

37


38

Embalagem & Tecnologia - Nº31  

A revista do setor de embalagem.

Advertisement