Page 1


Era uma vez um rei que se orgulhava muito dos seus roncos. Tinha um armĂĄrio cheio deles, um mais sonoro do que o outro, e escolhia com cuidado o ronco certo para cada ocasiĂŁo.


Quando partia para caรงar, levava um ronco bem engraรงado para alegrar o sono dos cavaleiros.


Quando estava em guerra, escolhia seu ronco mais alto e assustador. Atormentava o sono do inimigo e o vencia no cansaรงo. Antes mesmo de amanhecer.


Em feriados nacionais, roncava seu ronco mais festivo. Ressonava ap贸s o banquete como se, sozinho, fosse uma orquestra de mil trompetes.


Quando partia em visita oficial, roncava solenemente durante toda a viagem. Assim, exibia sua grandeza por onde passava.


Mas, quando dormia com sua rainha, escolhia o ronco mais manso e amoroso. Ronronava em seu ouvido como se fosse o barulho do mar. Tecia sonhos d’ågua, embalados por ondas transparentes, reflexos dourados e peixes coloridos.


O rei roncador  

Uma história de amor e de sonhos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you