Page 1


BABY’S IN BLACK --------------


Agradeço a Astrid, Ulf, Micha, Sascha e Jan-Frederick pela ajuda, pelo tempo e pela paciência. Agradecimentos especiais a Line e Matti: vocês sabem por quê.

Copyright © 2010 Arne Bellstorf / Reprodukt. All rights reserved. Published by arrangement with Reprodukt

Coordenação editorial – Elaine Maritza da Silveira Assessoria editorial – Augusto Paim Tradução – Augusto Paim (do alemão) e Cássio Pantaleoni (do inglês) Preparação da tradução – Cássio Pantaleoni, Elaine Maritza da Silveira e Martina Schreiner Posfácio - Márcio Grings Revisão – Conforme Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa – Renato Deitos

B433

.

BELLSTORF, Arne. Baby’s in Black – o quinto Beatle a história de Astrid Kirchherr & Stuart Sutcliffe. Tradução de Augusto Paim (do alemão) e Cássio Pantaleoni (do inglês). Porto Alegre: 8Inverso, 2012. 216p. 17X24cm, ilustrado. ISBN

978-85-62696-19-0

1. Literatura alemã – romance.

2 . Quadrinhos

82.03-31 CIP – Brasil – Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (Eroni Kern Schercher- CRB – 10/1421)


Arne Bellstorf -------------Baby’s in Black – o quinto Beatle A história de Astrid Kirchherr & Stuart Sutcliffe


“Grosse Freiheit” --Outubro de 1960


11


12


klaus?

VOCÊ NÃO imagina ONDE EU ESTAVA!

13


VOCÊ enlouqueceu? já VIU QUE HORAS SÃO?

NÃO, EU... SHHH!

MINHA MÃE ESTÁ DORMINDO. VEM PRA COZINHA.

ME DIGA, VOCÊ...

EU PRECISO MUITO CONTAR pra você ONDE EU ESTAVA.

14

...VOCÊ ainda está chateada pelo que aconteceu antes?


AGORA me diz: DE ONDE VOCÊ ESTÁ VINDO A ESTA HORA?

NÃO.

NA VERDADE, EU QUERIA ERA IR AO CINEMA...

BEM, EU ATÉ FIQUEI LÁ UM POUQUINHO, MAS...

NO INÍCIO, EU NÃO SABIA PRA ONDE ir... EU QUERIA PENSAR SOBRE A GENTE. FIQUEI CIRCULANDO SEM DESTINO POR UM TEMPO, e quando me dei conta estava NO MEIO DA REEPERBAHN...

O FILME ErA RUIM E EU FUI EMBORA...

15

Baby's in Black, o quinto Beatle  

Segunda opção de capa da graphic novel de Arne Bellstorf.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you