Page 1

Rodrigo Batalha

Desempenho

Mテ々IMO Estratテゥgias para conquistar os seus objetivos

Como seu prテウprio sistema de controle pode ajudテ。-lo a conseguir resultados


Rua Henrique Schaumann, 270 Pinheiros – São Paulo – SP – CEP: 05413-010 Fone PABX: (11) 3613-3000 Fax: (11) 3611-3308 Televendas: (11) 3613-3344 Fax vendas: (11) 3268-3268 Site: http://www.saraivauni.com.br

Filiais AMAZONAS/RONDÔNIA/RORAIMA/ACRE Rua Costa Azevedo, 56 – Centro Fone/Fax: (92) 3633-4227 / 3633-4782 – Manaus BAHIA/SERGIPE Rua Agripino Dórea, 23 – Brotas Fone: (71) 3381-5854 / 3381-5895 / 3381-0959 – Salvador BAURU/SÃO PAULO (sala dos professores) Rua Monsenhor Claro, 2-55/2-57 – Centro Fone: (14) 3234-5643 – 3234-7401 – Bauru CAMPINAS/SÃO PAULO (sala dos professores) Rua Camargo Pimentel, 660 – Jd. Guanabara Fone: (19) 3243-8004 / 3243-8259 – Campinas CEARÁ/PIAUÍ/MARANHÃO Av. Filomeno Gomes, 670 – Jacarecanga Fone: (85) 3238-2323 / 3238-1331 – Fortaleza DISTRITO FEDERAL SIA/SUL Trecho 2, Lote 850 – Setor de Indústria e Abastecimento Fone: (61) 3344-2920 / 3344-2951 / 3344-1709 – Brasília GOIÁS/TOCANTINS Av. Independência, 5330 – Setor Aeroporto Fone: (62) 3225-2882 / 3212-2806 / 3224-3016 – Goiânia

ISBN 978-85-02-16334-8 CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. B333d Batalha, Rodrigo Desempenho máximo : estratégias para conquistar os seus objetivos : como seu próprio sistema de controle pode ajudá-lo a conseguir grandes resultados / Rodrigo Batalha. - São Paulo : Saraiva, 2012. ISBN 978-85-02-16334-8 1. Sucesso. 2. Desempenho. 3. Motivação (Psicologia). 4. Motivação no trabalho. I. Título. 12-1689.

CDD: 158.1 CDU: 159.947

20.03.12 27.03.12

034018

Copyright © Rodrigo Batalha 2012 Editora Saraiva Todos os direitos reservados.

Direção editorial Coordenação editorial

MATO GROSSO DO SUL/MATO GROSSO Rua 14 de Julho, 3148 – Centro Fone: (67) 3382-3682 / 3382-0112 – Campo Grande MINAS GERAIS Rua Além Paraíba, 449 – Lagoinha Fone: (31) 3429-8300 – Belo Horizonte PARÁ/AMAPÁ Travessa Apinagés, 186 – Batista Campos Fone: (91) 3222-9034 / 3224-9038 / 3241-0499 – Belém PARANÁ/SANTA CATARINA Rua Conselheiro Laurindo, 2895 – Prado Velho Fone: (41) 3332-4894 – Curitiba PERNAMBUCO/ ALAGOAS/ PARAÍBA/ R. G. DO NORTE Rua Corredor do Bispo, 185 – Boa Vista Fone: (81) 3421-4246 / 3421-4510 – Recife RIBEIRÃO PRETO/SÃO PAULO Av. Francisco Junqueira, 1255 – Centro Fone: (16) 3610-5843 / 3610-8284 – Ribeirão Preto RIO DE JANEIRO/ESPÍRITO SANTO Rua Visconde de Santa Isabel, 113 a 119 – Vila Isabel Fone: (21) 2577-9494 / 2577-8867 / 2577-9565 – Rio de Janeiro

Produção editorial Marketing editorial Suporte editorial Arte e produção Ilustrações Fotografia Capa Produção gráfica

Flávia Alves Bravin Alessandra Marítimo Borges Ana Paula Matos Gisele Folha Mós Juliana Rodrigues de Queiroz Rita de Cássia da Silva Daniela Nogueira Secondo Rosana Peroni Fazolari Nathalia Setrini Luiz Najla Cruz Silva All-Type Produção Editorial Estúdio Zota Yara Guimarães All-Type Produção Editorial Liliane Cristina Gomes

Contato com o editorial editorialuniversitario@editorasaraiva.com.br

RIO GRANDE DO SUL Av. A. J. Renner, 231 – Farrapos Fone: (51) 3371- 4001 / 3371-1467 / 3371-1567 – Porto Alegre SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SÃO PAULO (sala dos professores) Av. Brig. Faria Lima, 6363 – Rio Preto Shopping Center – V. São José Fone: (17) 3227-3819 / 3227-0982 / 3227-5249 – São José do Rio Preto SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SÃO PAULO (sala dos professores) Rua Santa Luzia, 106 – Jd. Santa Madalena Fone: (12) 3921-0732 – São José dos Campos SÃO PAULO Av. Antártica, 92 – Barra Funda Fone PABX: (11) 3613-3666 – São Paulo

304.381.001.001

Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida por qualquer meio ou forma sem a prévia autorização da Editora Saraiva. A violação dos direitos autorais é crime estabelecido na lei nº 9.610/98 e punido pelo artigo 184 do Código Penal.


Agradecimentos

R

elembrar a execução deste magnífico projeto é como reviver os momentos brilhantes de uma partida emblemática de futebol, na qual alguém

em especial se entregou ao máximo e acreditou que conquistaria a vitória, porque, dentro de si, a mais profunda certeza já havia sido prenunciada: todos sairiam campeões – jogadores, assistentes e público. O grito preso na garganta surgiu após o apito final, sacramentando definitivamente o que havia sido traçado no início da partida. Mas nenhuma alegria é completa se não temos com quem dividir, afinal, celebrar a vida, as grandes vitórias e o sucesso é somar grandes parceiros, experiências e conquistas, dando-lhes sempre o melhor dos significados. Este livro é resultado da crença na inexpugnável capacidade do cérebro e das nossas emoções, com um conteúdo firme no propósito de alavancar o desempenho, a transformação imediata e a felicidade de pessoas de qualquer escalão da vida, em busca de todos os seus objetivos e sonhos. Por isso, meus agradecimentos seguem para aqueles que durante o processo de construção da obra mostraram o quanto acreditam em ideais nobres, na grandeza humana e em convicções balizadas não pelo que temos, mas pelo que nos tornamos como seres humanos, além do quanto contribuímos, pois é exatamente isso que dá sentido à nossa vida. Agradeço a essas pessoas, que sabem o privilégio que é ajudar os outros. A minha querida e amada avó, Rosa, a quem devo muitas das orientações educacionais e de altruísmo, de quem herdei o fiel e salutar humor cotidiano, e que dedicou sua vida a fazer sua parte neste mundo, contribuindo com a vida


de muitos seres humanos necessitados de amparo. Seu amor pela vida e pelas pessoas será lembrado eternamente! É uma honra colocar neste livro seu dedo de sabedoria (In memoriam). Ao grande e fiel amigo, meu pai, Marcello Batalha, que com poucas e inteligentes palavras me condicionou desde criança a seguir um dos maiores lemas que já ouvi, e que me ajudou a conquistar os resultados que almejei. Nesta obra, faço questão de mostrar o quanto ele foi eficaz na construção de todos os meus projetos de vida (In memoriam). À Flavia Rodrigues, que, com toda sua sensibilidade, leu o projeto algumas vezes, demarcando pontos fundamentais para transformá-lo em algo ainda mais grandioso e positivo, estabelecendo um marco entre antes e depois de sua avaliação. Sem dúvida, minha tranquilidade em dizer que esta obra é magnífica foi fortalecida após pequenos detalhes e ajustes indicados por seus sentidos, e que fizeram toda a diferença. Aos meus queridos e incansáveis amigos, Carlos Canela Magalhães e Roque Alves, executivos televisivos donos de corações de inigualável grandeza e sabedoria, que não apenas acreditaram em meu primeiro projeto, mas que a todo momento se colocaram à disposição para dar suporte no que fosse preciso e alavancar resultados distintos. É de pessoas assim que o mundo precisa! A todos os amigos e colegas do mundo real e virtual do Brasil e do exte­ rior, que me incentivaram incansavelmente com elogios, apoio e frases de força, além de uma gama de pessoas que, de alguma forma, colaborou nos bastidores de minha vida. E a Deus, em especial, que, com seu infinito amor e sabedoria, continua a me permitir ter saúde, inteligência, e cada vez mais o dom da escrita para realizar novos passos literários, que, com absoluta certeza, transformarão a vida de

Desempenho Máximo

milhares de pessoas. Obrigado!

6


Nota do autor

A

ntes de começar a mergulhar nos recursos deste livro – que é uma espécie de passaporte para a transformação imedia-

ta – quero salientar algo muito importante: o que você observará nas próximas páginas trata-se da junção de ferramentas e estratégias que transformaram a vida de milhares de pessoas em todo o mundo. Elas ainda são recursos pouco usados em muitos países permeados por padrões arraigados de soluções, barreiras cognitivas para transformações comportamentais e emocionais, e crenças limitadoras já muito enraizadas. Esta obra é resultado de uma compilação de estudos que desenvolvi durante anos por meio da Neurolinguística, Parapsicologia, Poder da Mente, Hipnose Ericksoniana, Inteligência Emocional, Religião, Gestão Empresarial e, principalmente, dos conceitos da Ciência do Condicionamento Neuroassociativo (NAC) criada por Anthony Robbins, com quem tive a oportunidade de conviver em Los Angeles, absorvendo suas concepções de sucesso. Entendo, portanto, que esta é uma chance de inigualável grandeza que você possui, agora, de assimilar tantas e valiosas informações em uma única obra. Então, aproveite cada linha como se degustasse a mais rara iguaria, pois, para escrevê-la, foram necessários muitos anos de estudos, que produziram o que chamo de “soluções eficientes para a mudança imediata”.


Sabemos que cada ser humano possui poderes inacreditáveis, mas que a maioria nem imagina possuir. Assim, os recursos apresentados nesta obra revolucionarão o seu destino apenas se despertados e colocados em ação. Dessa forma, você estará livre para atingir o desempenho máximo, para uma vida repleta de oportunidades, alegrias e emoções infinitas. Este livro lhe trará alívio imediato para o corpo e alma, moldando um futuro que será desfrutado plenamente! Depende apenas de você transformá-lo em realidade.


Sumário Introdução .................................................................................... 11 Parte 1 – O estado interior: a base do iceberg ................................ 17 1. Comunique-se melhor com você mesmo . .................................. 19 2. As memórias e suas associações – entenda e comece a mudar ........ 31 3. Força 1 – Fisiologia, solução imediata ........................................ 39 4. Força 2 – Foco, um poder inacreditável . .................................... 47 5. Força 3 – O vocabulário positivo que transforma o mundo ......... 67 6. Referências – Nossas placas de orientação . ................................. 83 7. O soberano poder das convicções ............................................... 95 8. Decisões – Os passos para qualquer mudança .......................... 125


Parte 2 – Alavancas para ampliar resultados . .............................. 153 9. Um importante degrau – desligando o piloto automático . ....... 155 10. Um poder transformador – aumentar padrões . ........................ 167 11. Comunicação estratégica – Atraindo pelo que se emite ............ 183 12. Transforme emoções em poder . ............................................... 197 13. Valores, guias de inúmeras decisões .......................................... 207 14. Chaves para a mudança imediata ............................................. 221 15. Quem faz o aluno é o próprio aluno – a conquista ................... 237 Conclusão – Assuma o controle e dê o primeiro passo ................ 249

Desempenho Máximo

Referências .................................................................................. 253

10


Introdução

D

esde o surgimento do homem, a comunicação é confusa e enfrenta dificuldades em qualquer segmento da sociedade. A verdade é que existe

um ponto de partida para essa realidade, pois o que compromete o sucesso na comunicação tem sua raiz na relação entre o indivíduo e ele mesmo, ou seja, na comunicação interna que influencia seu desempenho, trazendo consequências para todos os fatores externos. Enquanto a comunicação humana não atingir um padrão elevado, a incapacidade em se comunicar permanece, dando mais força à crença em falsos culpados por essa dificuldade, como o estresse, a poluição, as crises financeiras, o excesso de trabalho, as políticas públicas, as pessoas de todos os meios e os conflitos de regras pessoais. Esses vilões são apontados, assim, como causadores de sintomas de todo tipo, dificultando ainda mais que cada indivíduo reconheça a raiz de sua dificuldade para uma mudança imediata, duradoura, e que alcance alto desempenho e objetivos previamente definidos. Essa é a grande questão! O hábito cada vez mais comum de responsabilizar as situações e as pessoas à nossa volta em vez de assumir as rédeas do próprio destino faz o ser humano fortalecer a desonestidade consigo próprio. Tal atitude mostra seu desconhecimento sobre sua necessidade urgente por mudanças, levando-o a uma rotina desgastante, que ignora a necessidade de se empenhar para ações consistentes e imediatas a fim de conquistar metas pessoais e profissionais. Assim, muitos contentam-se com uma vida medíocre, sem a ciência de que o controle da vida está apenas em suas mãos, já que, afinal, o mundo externo é resultado de como funcionamos internamente, como lidamos conosco, com nosso sistema de controle, nosso inacreditável cérebro.


Nesse contexto, o foco de muitas pessoas passa a ser a mudança ou o uso do “outro” como responsável por sua felicidade e conquistas. Assim, o risco de insucesso na vida tende a aumentar; afinal, é bem mais produtivo conhecermos a nós mesmos e evoluirmos em nossa comunicação do que esperar que cada pessoa de nosso círculo social transforme-se ou assuma a responsabilidade pelo que nós produzimos – esta, por sinal, talvez seja uma das maiores formas de autossabotagem. Imagine que, em seu ambiente de convívio, existam cerca de 400 pes­ soas. Se sabemos de antemão que cada uma delas tem criação, educação, crenças, referências, experiências, valores e comportamentos diferentes, como estabelecer uma relação de perfeita harmonia com todas elas sem antes aperfeiçoarmos a habilidade de comunicar-se com nós mesmos de maneira mais eficiente? Em resumo, antes de mais nada, as pessoas precisam ser honestas consigo mesmas, buscar o autoconhecimento e mudanças, conhecer como funcionam suas neuroassociações, convicções e referências, e, para isso, devem olhar para dentro de si. Decidir ampliar a habilidade de comunicação, o entendimento interno e as cognições, para um convívio eficiente com nossos interesses e com as diversas personalidades e circunstâncias que permeiam o meio social em que vivemos, é uma das chaves mais importante para o sucesso. Em outras palavras, a chave do desempenho máximo e da felicidade imediata é nossa comunicação interna, ou seja, a forma como usamos nosso cérebro – o restante é consequência. Apenas lembre-se de que a vida acontece agora; é preciso urgência! Em vez de aprender com os nossos erros e os dos outros, vamos também analisar modelos de vida que representam uma grande chance para um aprendizado fantástico. Usaremos, principalmente, estudos de ciências ligadas à Desempenho Máximo

neurociência, como o Condicionamento Neuroassociativo – uma espécie de evo-

12

lução da Programação Neurolinguística –, assim como análises comportamentais que comprovam, com seus resultados, sua eficiência em prol da evolução e transformação do homem. Porém, antes disso, é importante exercitar o “músculo transformador” em seu cérebro, habituando-se a ser cada vez mais honesto com você mesmo.


Em outras palavras, reconheça suas falhas e seus erros e tenha coragem de olhar para aquele sentimento que lhe causa dor emocional. É justamente essa postura que abrirá os caminhos para seu crescimento. Em seguida, busque modelos consolidados de sucesso e utilize as fórmulas que serão apresentadas para obter um desempenho impressionante na vida. Use a imaginação; com ela podemos tudo. Com o tempo, seu dispositivo transformador estará habituado a sempre enxergar as melhores e mais úteis oportunidades, buscando significados mais interessantes. Além disso, estará no caminho de soluções positivas para exemplos aparentemente fracos, e, é claro, traçando metas objetivas e focadas a fim de conquistar o que deseja. Entenda que nosso sistema de controle está concentrado num só lugar: no cérebro! É nele que questões profissionais são armazenadas e decididas, assim como assuntos pessoais, espirituais, financeiros, afetivos e tudo que nos acontece. É apenas nesse emaranhado e complexo sistema que ocorrem as emoções, memórias e deliberações sobre o que vivemos, de uma forma tal que tudo se mistura, provocando ações e reações de todo tipo. Se não souber usar o cérebro, provavelmente não conseguirá atingir seus objetivos, e, assim, viverá dezenas de anos como se soubesse e sem entender por que nada lhe acontece como deseja. Mas tudo isso é natural, afinal, até mesmo uma televisão tem um manual, mas nosso cérebro não possui um. Como, então, operar uma máquina tão inacreditável como o cérebro, capaz de produzir cerca de 5 bilhões de gigabytes de informações em apenas 48 horas, o equivalente a toda informação produzida até o ano de 2003?1 Prepare-se para uma viagem espetacular por assuntos que talvez lhe pareçam irrelevantes, mas que, eu lhe garanto, influenciam completamente o que sentimos e decidimos, e cria os resultados que adquirimos na vida. Sem dúvida alguma, depois de ler este livro, sua capacidade de estabelecer decisões e ações, de aumentar seu desempenho e de instituir uma comunicação positiva com aqueles ao seu redor em qualquer nível ou intimidade levará a frutos eficientes, fortalecedores e imediatos, à medida que praticar o conhecimento adquirido.

1

Essa mensuração foi feita pelo presidente do Google, Eric Schmidt, publicada na revista Super Interessante.

Introdução

13


Se, mesmo assim, ainda não acredita piamente ou se talvez entenda que os recursos aqui mostrados são contra suas regras ou crenças pessoais, escolha sua própria maneira de aplicá-los ou, em último caso, feche este livro. Afinal, ninguém está obrigado a usar estas técnicas que, decididamente, me foram efetivas e me trouxeram grande sucesso, e também a presidentes de países, reis, celebridades e outras pessoas pelo mundo. Cada um vive como deseja, certo? Quando falamos de comunicação e desempenho, pouco importa o objetivo traçado, empregar esses recursos ampliará sua visão e o tornará uma referência em eficiência, desempenho e felicidade. No entanto, existe um aspecto alarmante: as estatísticas mostram que a maioria das pessoas que começam a ler livros param em algum ponto, geralmente no início, o que já contraria as principais regras de sucesso. Além disso, muitos utilizam os livros apenas como passatempo, e não como ferramentas para aprendizado e mudanças efetivas. É comum ouvir quem diga: “Que frase linda!”, “Que texto perfeito!”, “Que livro maravilhoso!”, mas tudo para por aí, sem que tal frase, texto ou livro seja utilizado para transformar suas ações e seu destino. A cada capítulo desta obra, mergulharemos em recursos mais profundos e intensos que trazem mudanças efetivas em desempenho profissional, relacionamentos, finanças, missão, equilíbrio físico e emocional. Por isso, acorde agora, antes de continuar a leitura, e entenda a necessidade de empregar esses recursos assim que começar a absorvê-los. Essa atitude levará a mudanças incríveis como resultado dessa primeira e fantástica decisão. Agora, você acaba de abrir as portas para transformar seu desempenho e sucesso imediato e, portanto, mudar suas emoções e sua vida. Prepare-se desde já para a excitação de começar a estabelecer um paDesempenho Máximo

drão de decisões e ações melhor e muito mais positivo, produzindo resul-

14

tados não apenas para si, mas para todos com quem convive, frutificando felicidade imediata! O primeiro passo inadiável é entender que é você quem precisa evoluir, não os outros. Quanto aos outros, cabe exclusivamente a eles próprios decidir


se querem o mesmo e quando. Mas, se definitivamente quer ajudá-los, dê-lhes livros como este de presente – será um investimento ótimo e barato, visando um convívio mais alegre e saudável com quem você deseja que alcance o mais alto ponto de desempenho na vida.

Introdução

15


“Conheço muitos que não puderam quando deviam, porque não quiseram quando podiam.” François Rabelais


PARTE

O estado interior: a base do iceberg

1


1

Comunique-se melhor com você mesmo “Acredito que o grande trajeto para a mudança consiste em deixar de buscar novas imagens, para criar novas maneiras de enxergar.”

T

odas as manhãs, um famoso artista que morava numa bela praia em uma colônia de pescadores em Surabaya, Ilha de Java, na Indonésia, passeava à

beira-mar para se inspirar, e à tarde trabalhava em casa. Certo dia, em uma de suas habituais caminhadas, avistou alguém se movimentando a distância. Ao chegar perto, notou que era um jovem recolhendo estrelas-do-mar na areia para jogá-las de volta à água. – Bom dia, amigo. Por que está fazendo isso? – perguntou o homem. – A maré está baixa e o sol brilhando. Elas secarão e morrerão se ficarem aqui na areia. – respondeu o rapaz. O homem espantou-se. – Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pelas praias. Que diferença faz jogar umas poucas de volta ao oceano? A maioria vai perecer de qualquer forma. O jovem pegou mais uma estrela na areia, jogou de volta ao mar, olhou para o artista e disse: – Para esta aqui eu fiz a diferença. Naquela noite o homem não conseguiu trabalhar em seus projetos e sequer dormiu. Voltou à praia na manhã seguinte, procurou o jovem, uniu-se a ele, e, juntos, começaram a jogar estrelas-do-mar de volta ao oceano. Para fazer a diferença na vida dos outros, ninguém precisa que alguém decida “por nós”. A fim de estabelecer um convívio feliz com as pessoas a seu redor, não importa o quão complexas elas sejam, é importante fazer como o jovem da Comunique-se melhor com você mesmo

19


história das estrelas-do-mar, e assumir a responsabilidade da ação, mesmo que os outros estejam aguardando que as pessoas mudem para se adaptar a elas, ou que não se acredite em mudanças. Ao decidir ajudar o jovem a devolver as estrelas-do-mar à água, o artista estava, sim, fazendo algo por elas, mas também por si próprio, por sua experiência em acreditar, em contribuir, em crescer como ser humano. A conclusão mais importante, porém, passa despercebida: a decisão inicial de ajudar o jovem – de sair da inércia –, a reflexão sobre suas próprias convicções a respeito da situação, e a honestidade consigo próprio ao decidir abrir mão da opinião do dia anterior. A mudança não veio de fora, mas de dentro para fora. E é de dentro que partem as decisões que mudam nossa vida, nosso destino, alcançando um alto nível de entendimento que, sem dúvida, também faz muita diferença na vida daqueles com quem nos relacionamos. No caso das estrelas, cada uma teve a grande sorte de encontrar o jovem na beira da praia e ser jogada de volta ao mar e ficaram felizes por ele ter entrado em seu caminho. Sem dúvida, elas levarão a imagem do jovem como lembrança de alguém especial, que realmente sabe fazer a diferença na vida dos outros, com ensinamentos, alegrias e dádivas a compartilhar. Existe uma lembrança melhor do que essa? E você, tem feito a diferença na vida das pessoas? Partindo do princípio de que todos querem sentir-se amados e importantes para alguém, assim como as pequenas estrelas-do-mar, devemos estabelecer uma regra básica ao nos comunicar com os outros, entendendo que eles se amam assim como nós nos amamos. Portanto, se quer conquistar alguém, são suas decisões internas que revelarão o quanto é capaz – é o que você emite em atitudes, sinais, expressões, palavras, ações, ideias e fisionomias. Um modo de ser fortalecedor já começa a motivar as pessoas a seu redor, sintonizando-as com você. Desempenho Máximo

Porém, para que tudo isso aconteça e os resultados saltem aos olhos, é funda-

20

mental o autoconhecimento, entender por que pensamos, decidimos e agimos de determinada maneira. Ou seja, o que internamente nos move a ações que influenciam em nossas decisões e comportamentos, que criam nosso destino. Um bom início é utilizar a regra de estar “sempre” alerta às nossas próprias atitudes, pois elas podem ser movidas por um sensor automático.


Isso ­significa que, antes de tomar qualquer atitude, precisamos refletir e avaliar os resultados que ela pode trazer em vez de permitir que sejamos movidos por impulsos emocionais. “Conhece-te a ti mesmo” (Gnôthi Seautón) Sócrates

Não somos a expressão exata daquilo que nosso comportamento mostra em determinado momento. Em alguns dias estamos melhores do que em outros, assim como a bolsa de valores. Se fosse natural julgar comportamentos efêmeros, economistas e investidores jamais aplicariam na bolsa se tomassem como referência o dia em que o “humor” das ações foi o pior possível e o índice teve uma grande queda. Referências existem para serem ajustadas, aumentadas, entendidas, mas nem sempre engessadas. O desempenho de cada um está ligado à capacidade de se comunicar consigo próprio, em como usamos nossas regras pessoais, estados emocionais, convicções, pensamentos, submodalidades (sentidos), estratégias, referências, neuroassociações, valores e outras ferramentas internas de comunicação que governam nossas decisões. E se, decididamente, tudo isso parte de um só lugar, que é nosso sistema central de controle, só atingiremos mais conhecimento, capacidade e desempenho caso esse emaranhado de funcionalidades receba um ótimo condicionamento. Em outras palavras, imagine as decisões como o leme de nosso barco, e todos os elementos citados como os marinheiros que guiam esse leme. Se você tem bons marinheiros, seu leme o levará a atingir a rota que determinou. Caso contrário, poderá viver todo tipo de situação, desde ficar encalhado numa ilha até afundar seu navio. O que faremos neste livro é mostrar como melhorar nossos “marinheiros”, para, assim, termos os lemes guiados da melhor maneira possível. Podemos, então, inicialmente, estabelecer uma espécie de modelo de ação do ser humano para que nossos resultados comecem a mudar. Em primeiro lugar, é fundamental que o nosso estado emocional e os significados que atribuímos àquilo ao nosso redor estejam em total equilíbrio e positividade. E como fazer isso? Por meio das três grandes forças para a mudança de qualquer estado emocional: foco, fisiologia e palavras. Comunique-se melhor com você mesmo

21


Pode parecer clichê, mas há muita diferença entre conhecimento e prática. Em minhas palestras, muitos ouvintes ficam surpresos ao conhecer esses recursos, mas outros julgam-nos simples. Ao acompanhar a vida desses últimos, algo fica claro: raros deles os aplicam e, curiosamente, dizem: “Por que as coisas não dão certo?”. Por dois motivos: porque o simples é, muitas vezes, o mais difícil de ser realizado e porque essas pessoas optam por ser desonestas consigo, deixando as coisas acontecerem ao invés de decidir assumir o controle da vida. Nas próximas páginas, mostrarei primeiro a aplicação dos recursos que mudam nosso estado emocional, para, depois, seguir com a apresentação das outras ferramentas que devem ser ajustadas a fim de alcançar um desempenho incrível em qualquer área.

A base de tudo Para começar uma boa relação com você mesmo e, dessa forma, com seus resultados, é importante estar ciente de que todo o corpo humano se comunica. Por isso, esteja aberto a novos aprendizados, pois vivemos em contínua comunicação interna. O cérebro está conectado com o corpo, comunicando-se com ele o tempo todo. É ele quem toma todas as decisões em nossa vida. Os pulmões absorvem o ar e promovem a troca gasosa entre o ambiente e o sangue por meio das células do corpo. O sangue, carregado de oxigênio, por sua vez, segue para o cérebro, onde há cerca de 86 bilhões de neurônios ligados entre si por milhares de conexões sinápticas. Os neurônios (as células nervosas) comunicam-se por meio de fibras, os axônios, que conduzem impulsos nervosos (sinais) para partes distantes do próprio cérebro e do corpo, para que sejam recebidos por

Desempenho Máximo

células específicas.2

22

Mas por que citar todos esses dados? Porque é importante entender que somos um sistema, onde todas as nossas ações influenciam em como nós nos sentimos. Até mesmo os alimentos que consumimos podem influenciar na ­produção 2

Disponível em: <http://oglobo.globo.com/saude/cientistas-americanos-descobrem-drogas-que-triplicam-capacidade-do-cerebro-3080561>.


de hormônios e, assim, aumentar o nosso estado de estresse, nos fazer engordar, elevar nossos riscos ou provocar outras consequências ruins a nosso organismo e, consequentemente, resultados na vida. Mas a maioria das pessoas vive ignorando essa realidade. Se você está se perguntando o que esse assunto tem a ver com desempenho ou comunicação efetiva, a resposta é: tudo! Você se alimenta bem? Você se exercita? Bebe água? Tem bons pensamentos? Procura ser positivo? Prefere falar de esportes a falar de doenças? Cuida de sua aparência física? Nutre pensamentos bons e produtivos? Sorri todos os dias? Trata o corpo com respeito, ou consome muita gordura, prejudicando órgãos, movimentos, articulações, e transformando o corpo num depósito de lixo? E sua respiração, é boa e profunda? Você come lenta ou rapidamente? Seus hábitos são positivos e otimistas ou deletérios? E suas palavras, são fortalecedoras ou você sempre está reclamando da vida e usando um vocabulário de termos negativos? Todo o sistema “corpo/mente” precisa funcionar de maneira equilibrada para produzir bons resultados. Pensando bem, quanto mais equilíbrio houver entre todas as funções que abrigam esse universo, mais desempenho teremos. Basta imaginar duas pessoas: uma doente e outra sadia. As chances de comunicar-se melhor e de, assim, desfrutar as experiências e as emoções da vida serão do corpo em sintonia. Além disso, o que é bom atrai melhores resultados, certo? É como um carro com o motor sujo, óleo velho, pouca água, bateria descarregada e cheio de cabos soltos e conexões malfeitas, fatores que tornam difícil atingir um bom desempenho. Já um carro revisado com frequência e bem cuidado terá um desempenho superior. A velha citação em latim do poeta romano Juvenal diz “Mens sana in corpore sano”, que significa “Uma mente sã num corpo são”. Pense bem, é difícil que uma pessoa negativa e hipocondríaca mantenha uma comunicação saudável com ela própria e com aqueles com quem convive. Afinal, dessa forma, deixa-se de produzir enzimas e substâncias químicas responsáveis pelo bem-estar, atraindo para si respostas indesejadas do corpo e pessoas com hábitos similares. Nada disso produzirá resultados positivos. Comunique-se melhor com você mesmo

23


Para quem vive positivamente ou está sempre em busca de boas energias, é muito desgastante manter uma relação com quem respira palavras que remetem a imagens ruins, doenças ou que fomentem pensamentos negativos. É como colocar uma laranja estragada num ambiente sadio; ela se destacará por demérito. Nossa qualidade de vida depende de muitos fatores, inclusive dos significados e das palavras que escolhemos usar. Afinal, eles estão vinculados a diversas emoções e, assim, quando os acionamos, sentimos a emoção a que se referem. Um exemplo é o da escritora australiana Rhonda Byrne, autora do livro O segredo, que foi considerada pela revista Time Magazine uma das cem pessoas mais influentes do mundo. Tudo isso porque respira positividade, remetendo seus leitores a sensações de coragem, otimismo e força. Já as pessoas que demonstram desânimo ou fracasso não conseguem transmitir uma ideia agregadora justamente por conta daquilo que emitem, como o fazem e com que frequência. Corpo encurvado, fisionomia desanimadora, palavras enfraquecedoras e ausência de sorriso definitivamente não atraem ninguém; ao contrário de quem apresenta postura ereta, alegria irradiante e expressões positivas. E, para ser uma pessoa positiva, basta ter hábitos físicos e mentais mais saudáveis, exercitando, assim, a comunicação interna com mais harmonia, positividade, saúde, alinhamento e leveza. Dessa forma, recebemos como prêmio do cérebro deliciosas emoções. Você consegue notar, agora, que manter essa linha positiva traz um relacionamento mais eficiente e retornos melhores de outros setores da vida e, consequentemente, do universo ao redor? Em outras palavras, devemos manter a harmonia do corpo, pois sem ele não vivemos. No entanto, para isso, dependemos de atitudes, alimentação, movimentos e pensamentos positivos. Além disso, é preciso produzir boas emoções e saber qualificar o significado que damos às coisas, de maneira que nos proporDesempenho Máximo

cione sempre alegria e entusiasmo.

24

A torre da excelência – As áreas prioritárias em crescimento para uma incrível experiência de vida A torre concebida pelos especialistas mais conceituados do mundo apresenta a ordem das áreas da vida de acordo com sua importância, numa ­hierarquia


que cria uma fórmula para o desempenho máximo e a satisfação. A torre precisa ser construída a partir de seu alicerce, sua base, que é o ponto mais importante de qualquer edificação. Ninguém constrói um edifício começando do último andar, o que significa que, para cada andar a ser construído, o andar anterior foi necessário para ampará-lo. Figura 1.1 Torre da excelência para maior qualidade de vida3

7 - COMEMORAR / AJUDAR ESPIRITUALIDADE

6 - RECURSOS FINANCEIROS

5 - TRABALHO & MISSÃO

3 - RELACIONAMENTOS

2 - SIGNIFICADO e EMOÇÕES

1 - CORPO FÍSICO

www.rodrigobatalha.com

4 - TEMPO

Em primeiro lugar, se você não tiver seu corpo (completo = corpo + mente) em equilíbrio e sob controle – a capacidade de atingir o mais alto desempenho de sua saúde, energia e vitalidade –, todos os bens materiais, dinheiro, trabalho, relacionamentos e sucesso do mundo serão inúteis, pois sem saúde ninguém vive. Se seu veículo não estiver em ótimo estado, você não conseguirá uma ótima qualidade de vida, certo? Ou, se você passa o tempo tentando solucionar seus relacionamentos, sem ao menos ter domínio sobre suas emoções, está a caminho do fracasso. Sem dominar seus significados e emoções, você 3

Unleash the power within. Course Material & Resources. San Diego, Robbins Research International Inc.

Comunique-se melhor com você mesmo

25


estará sempre à mercê dos desafios da vida, e, assim, as circunstâncias irão movê-lo, e não você próprio. Conhecer bem suas emoções o prepara para ser proativo, e não reativo às mudanças. De modo parecido, você deve determinar como concentrará e gastará seu tempo a fim de criar uma carreira de sucesso. Quando descobrir uma forma de adicionar valor a seu trabalho/carreira/missão, poderá criar um plano para aumentar seus recursos financeiros. O crescimento espiritual e a capacidade para comemorar e ajudar estão no topo da torre porque ninguém pode usufruir os frutos de seu trabalho se não semear as sementes de maneira correta. Isso não quer dizer que uma pessoa não pode trabalhar suas finanças e transformar o corpo ao mesmo tempo. Ao contrário, pode trabalhar todos os pontos, com equilíbrio. A torre mostra apenas a importância e a hierarquia das áreas centrais da vida necessárias para uma experiência de vida magnífica e um desempenho muito maior. A grande verdade, portanto, é que, “sem um bom condicionamento de corpo e mente”, nada na vida poderá ser desfrutado em sua máxima capacidade. O ser humano valoriza muito os bens materiais e tem despesas financeiras tão grandes com eles que se esquece de que, para usufruir aquele bem, precisa estar física e emocionalmente preparado e equilibrado. Investimos em carros, apartamentos, roupas e joias, mas caímos em depressão. É impossível usufruir tudo isso se o cérebro estiver despreparado, descapacitado e condicionado a viver com o que o mundo tem a oferecer de melhor. É como comprar rodas para uma Ferrari sem nunca ter tido o carro. Ter corpo e mente em perfeito estado e harmonia é o primeiro grande passo, pois estaremos capacitados a entender e usufruir positivamente todas as emoções e os bens materiais que o universo nos oferece. Se o prazer de viver ou Desempenho Máximo

comprar algo é sentido apenas no cérebro, como desfrutar ao máximo se esse

26

órgão está em más condições emocionais? Seria o mesmo que tentar instalar um software em um computador que tem seu principal sistema operacional corrompido. Portanto, fique atento ao seu condicionamento físico e mental. O corpo e a mente são nossos maiores valores na vida, pois nos habilitam a viver e custam infinitamente mais do que qualquer carro esporte ou avião.


As pessoas vêm perdendo a saúde para acumular riquezas, e depois gastam a riqueza para recuperar a saúde. Uma frase do Dalai Lama fala sobre isso: “Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro se esquecem do presente, de forma que acabam por não viver nem no presente, nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido.” Dalai Lama

O que quero salientar é a importância de que, antes de mais nada, estejamos bem com nosso corpo e estado emocional, nossos maiores valores. Quanto mais cuidarmos de nosso principal alicerce, sem dúvida melhores serão os resultados. Não use a falta de tempo e outras desculpas como subterfúgios, busque estar bem consigo próprio, com a pele, os órgãos, o peso, a higiene física e mental, os pensamentos e os músculos, com tudo o que lhe fará se sentir mais leve e feliz e provocará um desempenho melhor, inclusive psicológico. Essa relação interna mais positiva o alavancará em vários segmentos: trabalho, família, carreira e autoestima, inclusive no relacionamento com as pessoas. “Devemos cultivar nosso jardim.” Voltaire

Costumo comparar nosso corpo com uma casa. Imagine que a deixamos com a pintura ruim e descascada, móveis velhos e sem cuidado, telhado com vazamentos, encanamentos furados, esgoto entupido e diversos sacos de lixo pelos ambientes. Se você entrar numa casa assim, se sentirá bem ou mal? Sua resposta traduzirá o que as pessoas consciente e inconscientemente sentem sobre quem ­mantém a “casa” dessa forma. Esse modelo representa uma analogia bem interessante por meio da qual comparo o excesso de gordura do corpo a “sacos de lixo” que costumamos absorver e, muitas vezes, pouco nos importamos com isso. Comunique-se melhor com você mesmo

27


A gordura prejudica articulações, pele, órgãos, mobilidade, provoca entupimento de artérias, sudorese, cansaço, doenças, incômodo por causa de assentos e espaços pequenos, e outros incontáveis problemas de saúde. Saiba que a obesidade já é a segunda maior causa indireta de mortalidade no mundo. Em algum ponto isso pode contribuir com a sua vida e melhorar suas emoções? Ainda existem pessoas que mantêm muitos paradigmas do passado, como o hábito de “defender” o cigarro e a obesidade. A maioria, portanto, apenas o faz porque se encontra envolvida com esses fatores, ou é ligada a alguém assim. Mas defender estes dois males é uma fraqueza que pode custar a vida. Nosso corpo é nosso templo, a casa onde vivemos. É ele quem carrega nossa alma, é o veículo condutor que nos permite trabalhar, sorrir, brincar com filhos, netos e amigos, fazer amor, produzir e descarregar energias, contribuir, emocionar-se, e dar alegria a outras pessoas. Há muitas pessoas que só se preocupam com dinheiro e trabalho, mas se esquecem da saúde do corpo e da mente, que são os maiores provedores de tudo. Para elas, deixo um aviso: seu trabalho não cuidará de você quando ficar doente, nossa torre da excelência prova isso. Para viver, precisamos de saúde física e emocional, pois sem saúde não há vida, e sem vida não há emoções ou experiências. É urgente que você saiba valorizar corpo e mente em toda a sua complexa sabedoria. Quando me refiro ao corpo, entenda como “corpo + mente”. Eles precisam comunicar-se internamente da forma mais saudável e positiva possível, pois a mente é o “sistema central” no comando de nosso corpo e destino. E, como foi dito pelo provérbio em latim, “Mens sana in corpore sano”, a mente precisa estar hígida, com bons pensamentos, e ser usada de maneira inteligente para nos brindar com decisões que nos proporcionem estados emocionais equilibrados e leves. Desempenho Máximo

No entanto, entenda que o ato de pensar é bem diferente de ter pensa-

28

mentos, pois pensar nos remete a uma ação, já ter pensamentos é uma reação autônoma. Formule uma maneira mais positiva e fortalecedora de encarar os fatos e as circunstâncias do cotidiano, dê significados melhores e use mais compaixão, ações assim produzirão um resultado que refletirá em emoções bem mais expressivas.


Conheci uma mulher, Lívia, que havia herdado os hábitos de seus pais, que são hipocondríacos. Porém, como a maior parte das decisões da vida, seguir padrões como esses é uma opção pessoal. Lívia poderia tê-los rejeitado, mas cresceu sem questioná-los. Assim, hoje, ela não apenas age de maneira parecida à de seus pais, mas inconscientemente transmite esses costumes aos filhos, ao marido e àqueles com quem se relaciona. O ambiente a influenciou durante seu crescimento, mas cabia a ela questionar sua forma de pensar e evoluir para uma vida mais positiva, buscando, inclusive, transformar a própria atmosfera de suas relações. Sem dúvida, a todo momento, cada um escolhe e decide seu próprio destino. Logo, o marido de Lívia, que tinha a opção de ser diferente, permitiu-se, com o tempo, assumir os mesmos hábitos ruins de valorizar e “curtir” a preocupação obsessiva com a própria saúde, uma opção enfraquecedora de vida. O filho pequeno, ainda sem referências do que é certo e errado, começou a repetir algumas das manias dos pais, afinal, crianças tendem a repetir exemplos, como explica o ditado americano “children see, children do” (crianças veem, crianças fazem). Assim, sem saber, elas criam associações com aquilo que absorvem e instituem na vida, e desconhecem qual resultado provocarão no sistema corpo + mente. Menos ainda o que isso representará em matéria de desempenho. Exemplos assim são sempre vistos na sociedade, mostrando-nos que boa parte da população deixa de estimular e optar por pensamentos positivos e fortalecedores e se dedica a opções que nada nos engrandecem. Ainda assim, muitos reclamam da vida, de suas relações e dos feedbacks, mas não desligam o “piloto automático” a fim de tentar descobrir, por meio de perguntas inteligentes, por que recebem resultados desagradáveis como esses. E, o mais importante, não tentam descobrir o que podem fazer para obter resultados melhores e mais positivos. O primeiro passo? Abrir-se, ser honesto, reconhecer erros e necessidades, mesmo que isso signifique ter que passar por cima de hábitos sólidos e dores emocionais! Não importa se o problema é ser hipocondríaco por opção como no caso da Lívia; esse estado psíquico, ou obsessão, é apenas um exemplo. Pensamentos e ações enfraquecedores inconscientes existem aos milhões, e são responsáveis por sensações que não gostamos de experimentar, inclusive o medo. Comunique-se melhor com você mesmo

29


Se os resultados de Lívia e de outras pessoas são fracos, porque conti­ nuam a agir sempre da mesma forma? Se está claro que ações iguais proporcionam resultados parecidos, por que não mudar agora? Por um motivo: as pessoas, muitas vezes, não sabem que vivem uma vida de padrões inferiores. Outras não acreditam que possam viver novas e diversas emoções. Algumas acreditam que não querem, pois se baseiam em seu mundinho para julgar todo o universo. Vivem como se as únicas emoções do mundo fossem as mais primatas: bebida, comida e sexo. Pense nisso, pois essa é uma opção que de fato pode transformar a vida de imediato, e que parte do tipo de comunicação que usamos conosco mesmos, com nosso corpo, nossas emoções e significados. Produza pensamentos bons e úteis, assuma erros. Se tudo na vida tem dois lados, é mais inteligente enxergar o lado bom do que o ruim, e concentrar-se em soluções e não em problemas. Assim, você só atingirá resultados positivos! Às vezes, é apenas uma questão de foco. Se, a partir de agora, deste momento em que lê este parágrafo, você decide valorizar o corpo e solucionar, crescer, liderar, evoluir, sorrir, e produzir apenas experiências boas em seus pensamentos, uma vida mais feliz certamente será conquistada aos poucos, pois é você quem constrói seu destino, não as circunstâncias. É sua comunicação com a mente, com o corpo, os objetos, alimentos, oportunidades, família, livros, opções, pessoas, sociedade, crenças, e com tudo que está ao redor, que, por meio de decisões, determinou seu passado e determinará seu futuro. É fundamental entender que cabe a você produzir coisas boas e soluções, pois o mundo sozinho se encarrega de produzir os problemas. E se o medo for um deles, lembre-se de que ele não é uma barreira, mas um sentimento, algo imaginário; então pule essa barreira e tome decisões positivas visando a melhores resultados. O principal objetivo deste livro é transformar cada ferramenta e recurso Desempenho Máximo

apresentado em resultados. Portanto, empregue ações urgentes e comprometi-

30

das a fim de alcançar a transformação que deseja. Para isso, precisará conhecer as mágicas que ocorrem dentro de nós, e como iniciamos nosso processo de ­tomada de decisões. Afinal, se nossas decisões são parte do “coração” do sistema que cria nossos resultados, cientes de como ocorre esse funcionamento, podemos evoluir no modo de lidar com ele.

Desempenho Máximo  

Rodrigo Batalha apresenta recursos para que qualquer pessoa adquira um rápido controle emocional, proporcionando melhores decisões, além de...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you