Page 1


73

Capítulo 5

Por onde começar

A melhor parte da Dieta Gracie é que você pode comer praticamente de tudo. A chave para a boa saúde é aprender a consumir seus alimentos favoritos de forma compatível, para assegurar uma digestão eficiente e maximizar os benefícios nutricionais. Afinal, uma melancia é uma melancia! O que estou sugerindo é que você aprenda a comer melancia como parte de uma refeição com torradas e queijo de minas, em vez de como sobremesa, depois de uma feijoada. Imagino que você terá perguntas a fazer a respeito dessa ma‑ neira de combinar os alimentos. Posso assegurar‑lhe que, nas páginas seguintes, você não somente terá as respostas para as suas perguntas, mas também conhe‑ cerá uma nova perspectiva dos alimentos. A melhor maneira de constatar como é fácil seguir a Dieta é experimentá‑la. Três passos para uma vida mais saudável e mais feliz

A maioria das dietas fracassa porque exige muitas mudanças num curto espaço de tempo. A fim de sim‑ plificar sua transição para a Dieta Gracie, desenvol‑ vemos um plano de adesão que consiste de três fases.

A Dieta Grace.indd 73

8/16/12 9:59 AM


74

A Dieta Gracie

Para assegurar uma transição fácil, o ideal é que você permaneça uma semana em cada fase, antes de avan‑ çar para a próxima. Em cada fase, vamos introduzir um novo princípio da Dieta Gracie a ser somado aos das semanas precedentes. Fique tranquilo e lembre‑se: foram necessários muitos anos para consolidar seus hábitos atuais, e você não tem como mudá‑los da noite para o dia. Imagine que de repente, sendo des‑ tro, você tivesse que usar sua mão esquerda para fazer absolutamente tudo. As tarefas mais simples, como mover o mouse do seu computador, escovar os dentes ou usar o telefone, se tornariam muito complicadas no início. Mudar seus hábitos alimentares é algo bem semelhante, só que mais difícil. Se você sair da linha uma vez ou outra, tudo bem... mas volte assim que puder. Use alguns truques para ajudá‑lo a manter‑se na linha: amarre um pedacinho de barbante no seu relógio ou coloque um adesivo na tela do computador ou no painel do carro. Faça o que for preciso, mas dê o primeiro passo! Fase 1  ■  Mantenha um espaço de pelo menos quatro horas e meia entre as refeições

Há uma teoria que prega a necessidade de consumir uma série de pequenas refeições ao longo do dia, baseada na premissa de que o sistema digestivo deve estar em constante funcionamento, para que o orga‑ nismo “queime calorias” continuamente. Isso não é

A Dieta Grace.indd 74

8/16/12 9:59 AM


Por onde começar

75

recomendado na Dieta Gracie. Ainda que o processo de digestão realmente consuma muita energia, há um fator importante a ser considerado nessa equação: as reações químicas resultantes da contínua adição de alimentos antes que a digestão esteja terminada re‑ sultarão em fermentação excessiva e acidificação do sangue. Você precisa desse intervalo de no mínimo quatro horas e meia (quatro horas para as crianças), para que o organismo possa digerir totalmente os alimentos da última refeição. Esse ponto não é nego‑ ciável. Você precisa permitir que seu corpo descanse entre as refeições, esperando que assimile completa‑ mente a anterior antes de ingerir a próxima. Por outro lado, você sobrecarrega seu organismo ao forçá‑lo a trabalhar constantemente para digerir alguma coisa. Você não precisa de mais do que três refeições por dia. Pare com os lanchinhos e tome somente água ou água de coco entre as refeições. Garanto que não morrerá de inanição. Uma vez que você tenha conse‑ guido espaçar as refeições pelo tempo recomendado durante uma semana, passe para a Fase 2. Fase 2  ■  Elimine sobremesas e refrigerantes

A maioria de nós adora doces. A Dieta permite que você coma doces. Na verdade, você pode comer quan‑ to doce quiser. O desafio é aprender que tipo de doce e quando comê‑lo. O objetivo desta fase é aprender a evitar os doces que não fazem bem, pois misturam

A Dieta Grace.indd 75

8/16/12 9:59 AM


76

A Dieta Gracie

gordura (manteiga, óleo) com açúcar. Se ao terminar o almoço ou jantar você ainda estiver com fome, é preferível comer um pouco mais do mesmo alimen‑ to do que completar a refeição com doces, incompa‑ tíveis com o que você acabou de comer. (Quando você tiver completado a Fase 3, serão introduzidas muitas opções doces e deliciosas, que vão aplacar seu desejo por doces.) Confesso que também adoro doces, mas consigo satisfazer totalmente minha vontade de co‑ mê‑los com refeições inteiras de frutas, mel de abelha, tâmaras etc. Coma frutas como uma das três refeições do dia, e não como lanche ou sobremesa. Caso sinta falta dos refrigerantes com gás, substitua‑os por água mineral. Agora que você já aprendeu a fazer intervalos entre as refeições e a evitar os doces desnecessários, está pronto para a Fase 3. Fase 3  ■  Não misture diferentes tipos de amido na mes‑ ma refeição

Coma só um tipo de amido por refeição. Em vez de comer um hambúrguer (trigo) e batata frita (bata‑ ta), coma dois hambúrgueres, ou coma somente a carne (sem o pão) e toda a batata frita que quiser. Tome especial cuidado quando for a um restaurante e lhe trouxerem aquela cesta de pães quentinhos e torradas crocantes à mesa. Se você quiser comer o pão (trigo) enquanto eles preparam sua refeição, deve evitar qualquer alimento que contenha outro tipo de

A Dieta Grace.indd 76

8/16/12 9:59 AM


Por onde começar

77

amido. Peça então um prato feito com o mesmo tipo de amido (trigo), ou seja, massa, pizza, hambúrguer etc., mas não um risoto (arroz), nem um purê de ba‑ tata (batata). Praticamente todos os brasileiros cres‑ ceram comendo feijão com arroz. Isso nunca foi costume na casa dos Gracie. As pessoas costumavam dizer que, por causa das restrições da Dieta, estávamos perdendo um dos maiores prazeres da vida. Meu pai mandava que eu abrisse a boca e mostrasse meus dentes, sem uma cárie sequer. Eu desde garoto me sentia feliz, porque acreditava que estava ajudando meu pai a ganhar a discussão. Uma vez que você tenha integrado esses três passos fundamentais à sua rotina alimentar, apreciará a simplicidade da Dieta e, melhor ainda, começará a perceber os efeitos benéficos de uma alimentação saudável. No capítulo 7, você será apresentado aos grupos de alimentos da Dieta Gracie e aprenderá qual a maneira correta de combiná‑los. Para ajudá‑lo nas primeiras semanas da Dieta, preparei um cardápio de 14 dias que será um guia útil até que você esteja mais confortável com os princípios das combinações. Mas, por enquanto, vamos tratar da sua primeira refeição. Sua primeira refeição na Dieta Gracie

Sua primeira refeição deve ser uma experiência posi‑ tiva, bem planejada e inspiradora, para que você queira repeti‑la. Recomendo que experimente uma

A Dieta Grace.indd 77

8/16/12 9:59 AM


78

A Dieta Gracie

refeição com base nas frutas do Grupo C. Tente com‑ partilhar essa refeição com um amigo ou alguém que você ama. Se tiver filhos, sugiro que divida com eles a experiência, pois é uma ótima oportunidade de plan‑ tar essa semente. Faça com que eles saboreiem uma refeição doce, muito mais saudável e natural do que balas e bolos acompanhados de refrigerantes. Se eles gostarem, pergunte se topariam repeti‑la uma vez por semana. Há uma grande chance de que eles realmen‑ te gostem, e aí vai ser mais fácil introduzir outra re‑ feição. Ensinar alguém a fazer escolhas saudáveis é o melhor presente que você pode dar, especialmente para seus filhos. Você terá a gratidão e o respeito deles por isso. Daí para a frente, você estará não apenas no controle de sua saúde, fazendo escolhas conscientes, mas também, e isso é o mais importante, pondo em prática uma disciplina que aumentará sua autoestima, criando infinitas possibilidades. Coma para viver, não viva para comer!

Aqui estão três sugestões 1) Peras, queijo de minas e mel Seleção: Existem peras doces e ácidas. Escolha as

doces (pera‑d’anjou, por exemplo). Elas devem estar perfeitas, com um mínimo de manchas ou

A Dieta Grace.indd 78

8/16/12 9:59 AM


Por onde começar

79

machucados. Provavelmente, ao comprá‑las, elas não estarão maduras, e você terá que esperar alguns dias até que estejam no ponto. Preparo: Quando estiverem maduras (macias ao to‑ que), você deverá lavá‑las e descascá‑las na hora da refeição. Corte‑as em pedaços, coloque numa tigela com um pedaço de queijo de minas e despe‑ je mel por cima. Rendimento: De 2 a 3 peras por pessoa. Utensílio: Descascador ou faca. 2) Tâmaras e requeijão cremoso com cream-cracker e suco de melancia Seleção: Procure uma melancia madura, um pacote

de cream-cracker integral e requeijão cremoso no mercado local. Você encontrará as tâmaras numa loja de produtos naturais. Coloque a melancia na geladeira na véspera. Preparo: Coloque numa tigela 6 ou 8 tâmaras, mergu‑ lhadas em água morna por 60 segundos para soltar a pele, e depois lave cuidadosamente para retirá‑la. Com a ponta de uma faca, abra a tâmara e tire a semente. Espalhe o requeijão nos biscoitos e, por cima, coloque a tâmara preparada. Em seguida, lave a melancia e corte pedaços suficientes para encher o copo do liquidificador até a metade. Com uma faca, corte a melancia dentro do liquidificador, para poder bater mais facilmente. Não acrescente água.

A Dieta Grace.indd 79

8/16/12 9:59 AM


80

A Dieta Gracie

Bata por 15 ou 20 segundos e passe pelo coador de suco para dentro de uma tigela. Torça a abertura para fechá‑lo e esprema todo o suco. Rendimento: Suficiente para 1 a 2 pessoas. Utensílios: Liquidificador, coador de suco, tigela e faca. 3) Vitamina de suco de maçã, banana e requeijão cremoso Seleção: Use maçãs doces (de preferência, da varie‑

dade Red Delicious) e bananas maduras. Preparação: Lave e descasque 4 maçãs. Corte‑as em pedaços que possam passar pelo bocal da centrífu‑ ga. Despeje o suco de maçã dentro do liquidificador. Adicione 4 ou 5 bananas e 1 colher (sobremesa) de requeijão cremoso (opcional). Bata por 30 a 60 segundos. Rendimento: Suficiente para 1 a 2 pessoas. Utensílios: Centrífuga, liquidificador e descascador ou faca. Mas todas essas frutas, verduras e legumes frescos não são muito caros? Acredito que o dinheiro que se gasta em alimentos naturais hoje é o dinheiro que se economiza em mé‑ dicos e remédios amanhã. Você ficaria surpreso se fi‑ zesse as contas de quanto acaba gastando em salga‑ dinhos, balas, chocolates ou café com biscoitinhos. Invista em alimentos saudáveis e logo verá que seus

A Dieta Grace.indd 80

8/16/12 9:59 AM


Por onde começar

81

gastos aumentarão muito pouco ou quase nada. O mais importante, no entanto, é que você se sentirá bem o tempo todo, e isso não tem preço.

Lembre‑se:

• Faça intervalos de pelo menos quatro horas e meia entre as refeições. Não coma nada durante esses intervalos. • Nunca coma sobremesa ou beba refrigerantes. • Não misture amidos diferentes na mesma refeição. Dicas da Dieta Gracie • O abacate é um ótimo substituto para carnes e peixes, pois é rico em proteínas e livre de toxinas. • Coma muitas folhas verde‑escuras. • Prefira os queijos frescos e suaves, como cotta­ ge, ricota, requeijão cremoso, queijo de minas, em vez dos picantes, condimentados ou enve‑ lhecidos, como roquefort ou camembert. • O queijo fresco pertence ao Grupo C, porém, ao ser derretido, ele passa a pertencer ao Gru‑ po A.

A Dieta Grace.indd 81

8/16/12 9:59 AM

Deguste um capítulo de “A dieta Gracie”  

A maioria das dietas muda a maneira como você se alimenta – a Dieta Gracie mudará a maneira como você vive. Enquanto os regimes da moda vêm...