Page 1

fleury.com.você Uma publicação dirigida aos clientes e colaboradores do Fleury - Edição 1

Viva com mais saúde!

Diabetes

Aprenda a lidar com ele

A história

Atividade física é fundamental. Mas não comece sem uma avaliação

do Fleury, por Walter Leser

Instituto Fleury

Investindo em pesquisa, educação e cidadania fleury_capas.indd

1

09/20/04, 7:05 PM


Edi to r i a l Pela vida

F o t o : R it a H ir o mi Abe mat s u

Em princípio, o trabalho e os serviços do Fleury podem estar relacionados à saúde de seus clientes. Mas, ao analisarmos atentamente, enxergamos que o objetivo vai mais além. A missão de cada médico ou colaborador é a preservação da vida. E mais, não é simplesmente vida enquanto existência, mas a vida saudável, com qualidade, com prazer e alegria! Desde a sua fundação, em 1926, quantos diagnósticos trouxeram mais vida para nossos clientes? Quantas mães tiveram conosco a felicidade de sentir e ver uma nova vida sendo gerada? Quantas pessoas tiveram a oportunidade de recomeçar uma nova vida a partir de um diagnóstico? A missão do Fleury é a vida de cada um dos mais de 2.500 clientes que passam diariamente por suas unidades. Por isso, valores como respeito, confiança, honestidade e ética nas relações com as pessoas são como o sangue que percorre não apenas pelas veias de nossa equipe de profissionais, mas invade nossos corredores e salas, propiciando um atendimento personalizado e humano, impulsionando os constantes investimentos em inovações tecnológicas e científicas e garantindo a realização de serviços com alto grau de excelência técnica. Agora, lançamos a primeira edição desta revista, com o objetivo de transformá-la em mais um instrumento em favor da vida de nossos clientes. Em suas edições, serão abordados temas que possam auxiliar nossos clientes a viver com mais saúde e qualidade. Como, nesta primeira, a adoção da prática de atividade física de forma consciente e satisfatória, a convivência com o diabetes sem perder a qualidade e os prazeres da vida, a importância da atitude ecológica, entre outros. Para nós, cada diagnóstico é uma vida. Preservá-la é a nossa missão! Boa leitura! Dr. Ewaldo M. K. Russo Diretor Presidente

fleury.com.você

Diretora Comercial, de Marketing e Novos Negócios: Vivien Navarro Rosso, Gerente de Marketing: Adriana Seixas Braga, Coordenação da Revista: Valéria Martins Goia Colaboração: Instituto Fleury

Editora Escala Presidente: Hercílio de Lourenzi, Vice-presidente: Mário Florêncio Cuesta, Diretor Comercial: André Blumberg, Diretor Editorial: Ruy Pereira e Diretor Financeiro: Jack Blumen • Divisão de Customizadas e Projetos Especiais • Diretora: Roberta Alves Palma, Editora de Arte: Tamira Abdou, Redação: Alessandra Yuri Tanaka e Gabriel M. Pinotti, Marketing e Negócios: Evelin Müller e Antonella Trofa, Gerente Editorial: Sandro Aloisio, Supervisão Editorial: Maria Nazaré Baracho e Coordenadores de Produção Editorial: Priscilla Mara Ribeiro e Lígia Puosso www. escala.com.br Av. Profª Ida Kolb, 551 Casa Verde CEP 02518-000 São Paulo/SP Tel.: (11) 3855-2171 - Fax: (11) 3855-2112 Caixa Postal: 16.381 CEP 02599-970 São Paulo/SP

fleury_capas.indd

2

09/20/04, 7:15 PM


Nesta E diç ão sua saúde

4

4 Bem-estar Exercite-se com qualidade 12 Vital Vivendo bem com o diabetes 16 Previna-se Como agir diante de uma emergência!

fleury e você 20 Qualidade de vida Preocupação e preservação da natureza fazem a diferença

arquivo 8 O início de tudo A história do laborátorio, segundo um de seus fundadores, o médico Walter Leser

12

cidadania e educação 26 Instituto Fleury Ciência e cidadania a serviço da vida

20

Ve j a t a m b é m 24 Serviços Agilidade e praticidade no agendamento e na entrega de exames 25 Novidades Facilitando a vida dos clientes 30 Unidades O Fleury perto de você

fleury_03a15.indd

3

09/21/04, 9:22 AM


SUA SAÚDE bem-estar

Mexa-se! O MOVIMENTO FAZ PARTE DA NATUREZA HUMANA. SE PENSARMOS NA EVOLUÇÃO DO HOMEM, CAÇAMOS, PLANTAMOS, LUTAMOS E, POR FIM, SENTAMOS SEJA NA FRENTE DE UM APARELHO DE TV OU DE UM COMPUTADOR

Correr ou caminhar, o importante é manter o corpo em movimento 4

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

4

09/21/04, 9:22 AM


S

e você é do tipo que não inclui em sua rotina nenhum tipo de atividade física, temos duas notícias. A primeira é que você não está sozinho. Só em São Paulo, recente pesquisa realizada pelo DataFolha mostra que mais de 50% da população é sedentária. A segunda notícia é que, apesar de serem a maioria, a mídia e os profissionais de saúde têm feito de tudo para eles entrarem em processo de extinção! As comodidades da vida moderna (carro, telefone, internet, televisão, entre outros) trouxeram consigo os males da sociedade atual (obesidade, estresse, etc.). E já está mais do que cientificamente comprovado que, contra esses problemas, a maior arma são os exercícios físicos, e praticá-los é uma questão de sobrevivência. Pode parecer exagero a frase que você acabou de ler, principalmente se nesse exato momento você estiver instalado em um gostoso sofá. Mas quem faz o alerta, e não

é de hoje, é o Dr. Kenneth Cooper, médico norte-americano que, desde os anos 60, pesquisa os benefícios dos exercícios diários e criador do programa de treinamento que leva seu nome: “quem não achar tempo para praticar esportes, vai ter que achar tempo para ficar doente”. Movimento é vida O movimento faz parte da natureza humana. Se pensarmos na evolução do homem, ao longo das épocas, caçamos, plantamos, lutamos e, por fim, sentamos seja na frente de um aparelho de TV ou de um computador. Podemos dizer que o grande desenvolvimento intelectual, social e tecnológico que vivemos nesses milênios, propiciando uma série de facilidades e comodidades, por outro lado nos conduziu a uma “involução” física. Como qualquer máquina que corre o risco de enferrujar com a ociosidade, o corpo humano também tem necessidade de movimentar-se

para continuar funcionando de maneira equilibrada e saudável. No entanto, “um dos erros mais comuns, é que a grande maioria das pessoas começa a fazer atividade física sem nenhuma orientação profissional”, comenta Daniel Gentil, doutor em medicina esportiva pela Escola Paulista de Medicina, integrante da equipe do Check-up Fitness do Fleury. “Antes de começar a exercitar-se, é preciso saber o que você pode fazer e qual a maneira correta de fazê-lo”, diz ele, lembrando que existem casos de doenças cardíacas e ortopédicas para os quais alguns exercícios são restringidos. Apesar do grande volume de informações sobre o tema disponíveis na mídia, antes de sair correndo pelas ruas da cidade, lembre-se que toda máquina possui um manual de instruções para entendermos as suas particularidades, uma técnica específica para manuseio e o fleury.com.você

fleury_03a15.indd

5

5

09/21/04, 9:23 AM


SUA SAÚDE bem-estar

Entre os benefícios, os exercícios melhoram as funções cardiovascular e pulmonar, diminuem a pressão arterial e aumentam a auto-estima combustível correto que irá fornecer a energia necessária para o seu funcionamento. Seu corpo não é diferente. Então, para que você usufrua de todos os benefícios que a atividade física pode propiciar, é fundamental uma avaliação médica, a orientação de um profissional de educação física e de um nutricionista. Passo a passo Você pode até pensar que, para uma simples corridinha no parque, tudo isso é desnecessário. “Acontece que, quando as pessoas fazem qualquer atividade, sem nenhum tipo de orientação, estão expostas a errar na freqüência e na intensidade dos exercícios, a sofrer lesões e alimentar-se de forma inadequada para sua rotina e, conseqüentemente, cair

6

no sedentarismo de novo”, explica Aulus Sellmer, mestre em Educação Física pela USP, professor e coordenador da 4any1 Assessoria Esportiva. Como a intenção é de que os exercícios sejam uma constante que traga qualidade e bem-estar para a sua vida, siga esta receita: Avaliação médica Primeiro, procure seu médico, diga quais são as suas intenções e faça exames que mapeiem seu organismo. “Com esses dados em mãos, ele saberá avaliar o risco cardiovascular e a presença de outras condições ou doenças, como colesterol alto, diabetes, hipertensão, osteoporose, para então orientar qual a prática esportiva mais adequada”, ensina o Dr. Daniel.

Com esse aval, escolha uma atividade que lhe agrade: corrida, caminhada, natação, ciclismo, futebol, entre tantas outras. O segredo para que os esportes se tornem um hábito está em fazê-lo por prazer e não por obrigação. Estabeleça os seus objetivos, sejam eles estéticos ou físicos. “E é importante ter muita paciência”, comenta Aulus, “pois os resultados não aparecem do dia para a noite”. Avaliação física Com a ajuda de um profissional de educação física, monte um programa de treinamento que respeite não só as suas condições físicas, mas também a sua rotina. “Mesmo quando os exercícios visam apenas à qualidade de vida, é preciso ter uma dosagem certa entre aeróbios (como caminhada, corrida, natação, ciclismo), de força muscular (musculação e treinamento funcional) e de flexibilidade”, fala o Dr. Daniel, ressaltando que “apesar da maioria das pessoas não gostar, a musculação é de extrema importância, pois são os músculos que ajudam na prevenção contra lesões e dão suporte até mesmo para movimentos básicos do dia-a-dia, como subir uma escada”. É o especialista em esportes que também irá orientar qual a freqüencia e a intensidade dos exercícios, bem como o tipo de material esportivo, tênis e roupas mais adequados para a atividade escolhida. “Casos de falta de

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

6

09/21/04, 9:24 AM


respeito aos próprios limites e do uso de tênis inadequado são muito comuns”, conta o professor Aulus. E esses são erros que, freqüentemente, levam a lesões e ao desestímulo. Avaliação nutricional Não se deve esquecer da alimentação. Para a nutricionista Claudia Juzwiak, da equipe do Check-up Fitness do Fleury, um dos mais graves erros cometidos quando se faz atividade sem orientação especializada ocorre na alimentação. “Por falta de tempo, muita gente opta pelo esporte na hora do almoço ou do jantar e acaba eliminando essas refeições ou fazendo-as incorretamente”, diz a nutricionista. Para ela, independentemente do objetivo, o ideal é comer de forma fracionada, com as refeições principais e lanches intermediários. “Além de manter o organismo em equilíbrio, essas refeições menores evitam os picos glicêmicos, a falta de energia e não deixam a pessoa chegar à refeição principal com fome”. Claudia ressalta a importância do carboidrato, que freqüentemente é cortado da rotina de quem começa a fazer esportes com a finalidade de perder peso. “Eles são fonte de energia. Sem sua reposição, o corpo não consegue o combustível para tudo o que precisa”. Assim, a orientação nutricional irá equilibrar os alimentos conforme os exercícios e as atividades diárias de cada um. A combinação de todos esses fatores leva ao sucesso na prática esportiva e, conseqüentemente, a um estilo de vida saudável.

D a nd o a l ar g ad a Orientação médica e nutricional – o Fleury possui um programa para orientar quem deseja iniciar uma atividade física ou até mesmo para atletas que queiram melhorar sua performance. O Check-up Fitness oferece três tipos de programa: o básico, indicado para quem vai iniciar exercícios físicos leves, não apresenta problemas de saúde e deseja uma avaliação básica de sua situação; o completo, com avaliação médica, para quem vai iniciar uma atividade física regular ou já realiza algum treinamento, pois mostra as condições físicas do momento e possibilita aprimorar a performance; e o de monitoramento, que é uma avaliação periódica, que permite acompanhar a evolução do condicionamento. Para mais informações, ligue para a Central de Atendimento ao Cliente 24 horas. (11) 3179-0822 (Grande São Paulo) e 0800-7040822 (outras localidades) Especialização esportiva – 4any1 Consultoria Esportiva - com profissionais especializados, oferece treinamento em parques e áreas verdes da capital paulista. www.4any1.com.br. (11) 3885-8069. Companhia Athletica - rede de academias com unidades em SP, Belo Horizonte, São José dos Campos, Campinas, Rio de Janeiro, Belém, Brasília e Rio de Janeiro. www.ciaathletica.com.br. (11) 5506-3000 Acompanhamento nutricional – consulte o Conselho Regional de Nutrição. (11) 3284-1779

O Check-up Fitness do Fleury realiza uma rigorosa avaliação para que a pessoa pratique seus exercícios com segurança

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

7

7

09/21/04, 9:24 AM


ARQUIVO o início de tudo

Diagnóstico

pela vida

Os alicerces da primeira sede própria, na Rua Cincinato Braga

PIONEIRISMO, QUALIDADE E EXCELÊNCIA TÉCNICA ESTÃO NA TRAJETÓRIA DO FLEURY DESDE A SUA CRIAÇÃO

8

N

a década de 20 do século passado, o mundo assistia aos últimos resquícios da epidemia de gripe espanhola que assolava tanto o velho, quanto o novo continente. A medicina vivia um período de grandes pesquisas e novas descobertas na cura de doenças. É com esse cenário que iniciamos uma série de capítulos sobre a

história da medicina e do Fleury. Para contá-la, ouvimos o médico Walter Leser, secretário de Saúde do Estado de São Paulo por duas vezes, nas décadas de 60 e 70, protagonista dos avanços da saúde no último século e do sucesso da empresa. A entrevista concedida pelo Dr. Leser para a revista Fleury.com.você ocorreu poucos dias antes de seu

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

8

09/21/04, 9:24 AM


Dr. Gastão Fleury (ao centro, sentado, de óculos), equipe e familiares na inauguração do prédio da Cincinato Braga

falecimento, em julho de 2004, aos 94 anos. Aproveitamos este espaço para homenagear esse que foi um dos mais importantes personagens não só do desenvolvimento do Fleury, mas também da saúde pública brasileira (veja box). O início de tudo Em 1926, Gastão Fleury Silveira, recém-formado médico pela Faculdade de Medicina da USP, adquire um pequeno laboratório, que se resumia a uma diminuta sala localizada em um prédio no centro da cidade de São Paulo. Com poucos equipamentos, um microscópio, uma estufa, uma

centrífuga e uma autoclave, era possível fazer apenas alguns exames em materiais biológicos como urina, fezes e sangue. Mas, aos poucos, a qualidade das avaliações do Dr. Fleury começou a chamar a atenção da comunidade médica paulistana. O movimento no laboratório passou a crescer, fazendo com que ocorressem duas

mudanças: a primeira, para um espaço maior, em um novo endereço na Rua Benjamin Constant, e a segunda, a ampliação dos serviços oferecidos. Nessa época, o Dr. Fleury encontra Walter Leser, médico-assistente da cadeira de Química Fisiológica da USP, e convida-o a tornar-se seu sócio e responsável pelas áreas

A história do Fleury começou com a aquisição de um pequeno laboratório em um prédio do centro de São Paulo. No início, era possível fazer apenas alguns exames fleury.com.você

fleury_03a15.indd

9

9

09/21/04, 9:25 AM


de química e hematologia. “A convivência mostrou que o Fleury e eu tínhamos muitas afinidades. Nós pensávamos da mesma forma, principalmente no que diz respeito à ética médica e à administração dos negócios”, conta o Dr. Leser, para ressaltar que o crescimento

para um conjunto na Rua 7 de Abril, com estrutura de um grande laboratório. E foi nessa constante busca pela evolução e melhoria dos serviços que, na década de 50, um novo grupo de profissionais uniu-se aos dois primeiros. “Tínhamos muitos clientes e pouca

convite para eles se unirem ao Fleury”. Eram eles Fernando Teixeira Mendes, Octávio Germek, Mário Camargo e Álvaro Cardoso. Na mesma época, José Henrique Ferreira Brandão, Luis Nora Antunes e Paulo Mello, também jovens médicos, passaram a dividir as

“Nós pensávamos da mesma forma, principalmente no que diz respeito à ética médica e à administração dos negócios”, conta o Dr. Leser do laboratório sempre se deu sob esses conceitos. Ele relembrou do início empreendedor em que, com o Dr. Fleury, viu a credibilidade do trabalho crescer na mesma proporção que o número de clientes. Em 1949, mudaram-se

mão-de-obra, quando ficamos sabendo de um grupo de ex-alunos da USP que possuía um outro laboratório, desde 1949, na Rua Marconi, já com especialidades definidas”, lembra o médico. “Nós os procuramos e fizemos um

responsabilidades com os doutores Fleury e Leser. “Eu não tenho dúvidas de que esse momento foi a grande virada do laboratório, pois passamos a ter pessoas com conhecimentos especializados para cada setor, uma inovação no nosso

As instalações da sede da Cincinato Braga, em 1962

10

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

10

09/21/04, 9:25 AM


meio, o que possibilitou, além de um grande avanço tecnológico, a implantação do primeiro laboratório de múltiplas especialidades. Éramos a melhor equipe”, confidencia o Dr. Leser. Um outro diferencial, conforme relatou, foi a criação de uma estrutura societária inovadora para a época: todos os médicos sócios receberiam o mesmo pró-labore e os médicos que fossem contratados receberiam os mesmos valores que os colegas mais antigos da casa, ao fim de sete anos. Segundo Dr. Leser, isto evitou conflitos por salários, muito freqüentes em outros serviços médicos, e criou um espírito de respeito, coleguismo e amizade que foi fundamental para o desenvolvimento do laboratório. O mais completo do Brasil Os grandes avanços que a medicina teve nos anos pós-Segunda

Guerra Mundial e o espírito desenvolvimentista que impulsionou o Brasil nos anos 50 e 60, somados aos novos rumos que a equipe de médicos do Fleury deu aos seus negócios, levaram o laboratório a um período de grande crescimento, tornando-o conhecido como o maior e melhor do País. Tudo isso levou a uma nova grande mudança. Fisicamente, todos os espaços do prédio onde estavam instalados já haviam sido ocupados. Nesse momento, concretizou-se o sonho de ter um prédio construído especificamente para abrigar um laboratório adequado a todas as necessidades e especificidades que os trabalhos exigiam.

Em 1962, em uma área de 1.200 m2, o Fleury inaugura a hoje tradicional unidade da Rua Cincinato Braga. “Nós sempre tivemos uma preocupação com os clientes”, ressalta o Dr. Leser, “por isso a nova sede propiciava conforto”. Inovação, pioneirismo e atendimento diferenciado são freqüentes na história do Fleury. Esses são os princípios deixados pelos fundadores, e que, mesmo passados quase 80 anos, continuam presentes na rotina da equipe e nos serviços oferecidos pelo Fleury. Seja na implantação de novas tecnologias ou nas suas ações sociais, permanece a missão de preservar a vida.

Os avanços em pesquisa e tecnologia que a medicina sofreu nos anos 50 e 60 levaram o laboratório a um período de grande crescimento

De d ica ção à sa úd e O médico Walter Leser teve um papel fundamental não só no desenvolvimento do maior centro de medicina diagnóstica do Brasil, o Fleury, bem como na saúde pública do País. Quando no comando da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, nas décadas de 60 e 70, ele não apenas trouxe idéias que contribuíram para a promoção da saúde em todo o Estado, como também implantou programas que conseguiram erradicar males como a varíola e minimizar o índice de doenças como a meningite. O nome do Dr. Leser está relacionado a avanços em pesquisa e também na educação. Ele foi um dos fundadores da Fundação Carlos Chagas e responsável pela introdução dos testes de múltipla escolha nos vestibulares brasileiros. O Dr. Walter Leser foi um cidadão brasileiro que dedicou grande parte de seus 94 anos de vida a promover a saúde de outros cidadãos.

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

11

11

09/21/04, 9:25 AM


SUA SAÚDE vital

ATIVIDADE FÍSICA, ALIMENTAÇÃO ADEQUADA E TRATAMENTO CORRETO SÃO A RECEITA PARA UMA VIDA SAUDÁVEL AOS PORTADORES DA DISFUNÇÃO

Diabetes sob controle 12

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

12

09/21/04, 9:29 AM


Exercitar-se é fundamental O diabetes atinge mais de 7% da população brasileira, ou seja, cerca de 12 milhões de pessoas.

Os tipos mais comuns da doença são os chamados tipo 1 e tipo 2. No diabetes tipo 1, que é mais comum em jovens e representa de 5 a 10% dos casos, não há produção de insulina pelo organismo. No tipo 2, que representa cerca de 90% dos casos, a pessoa produz insulina, mas ela não age adequadamente. Esse tipo atinge principalmente adultos sedentários, com excesso de peso e que têm histórico familiar para a doença. Inúmeros estudos comprovam que o bom controle do diabetes, com uma atividade física regular, uma dieta balanceada e o uso correto de medicações (quando indicadas), permite a manutenção de uma vida

saudável, livre das complicações secundárias à doença. Segundo o diabetologista André F. Reis, pós-doutorado no INSERM, um dos mais importantes centros de pesquisa médica da Europa, em Paris, a prática regular de atividade física e a manutenção do peso adequado não só ajudam no controle dos vários tipos de diabetes, como “podem retardar ou mesmo evitar o diabetes tipo 2”. Por isso, “manter uma atividade física regular é tão importante”, afirma o médico. Mas ninguém precisa virar um super atleta como o Marcelo. Fernanda Sanches, mãe de Natália, nove anos, conta que a pequena “é portadora de diabetes

O diabetes atinge mais de 7% da população brasileira, ou seja, cerca de 12 milhões de pessoas

Ar qu i v o pe ss o al

O

paranaense Marcelo Bellon Ferreira é triatleta. Aos 32 anos, participa ativamente de competições ironman, prova de resistência em que se deve superar 3.800 metros a nado, 180 quilômetros a pedaladas e mais 42 em maratona, tudo isso em até 12 horas. Apaixonado por esportes desde pequeno, é um exemplo de disciplina e determinação. Cada braçada e passo dados em uma prova representam para ele uma vitória especial. Porque, desde os 14 anos, Marcelo convive com o diabetes tipo 1, mas nem por isso deixou de praticar esportes ou comprometeu o ritmo de seu cotidiano. “Na época do diagnóstico, a adaptação foi mais traumática para minha família que para mim”, relembra. “Eu me dediquei a estudar o assunto para viver bem com ele”. Com informação e dedicação, Marcelo diz ter descoberto o caminho para conviver com o diabetes. “Não me considero doente. Para mim, diabetes é uma disfunção metabólica que, se você aprender a controlar, pode conviver normalmente com ela. Para ser um ironman, você precisa de muita disciplina. Para se ter um bom controle do diabetes, também. Então, um completa o outro, e acredito que essa seja a chave para o sucesso que tive”, complementa.

Marcelo Bellon Ferreira, portador de diabetes, tem no esporte um aliado ao controle da doença fleury.com.você

fleury_03a15.indd

13

13

09/21/04, 9:29 AM


SUA SAÚDE vital

Estudos comprovam que o bom controle do diabetes, com uma atividade física regular, uma dieta balanceada e o uso correto de medicações, permite a manutenção de uma vida saudável, livre das complicações secundárias à doença

tipo 1 e desde que descobriu a doença ela mantém uma rotina diária de atividades na academia”. Natação, ballet e até aulas de circo fazem parte da agenda da menina. “Com os esportes, a alimentação apropriada e o uso regular da insulina conseguimos manter o diabetes dela sob controle”, diz Fernanda. Informação também faz parte do tratamento Hoje em dia, sabemos que é possível prevenir ou mesmo retardar o surgimento e a evolução das complicações secundárias à doença, que podem afetar os olhos, os rins, os nervos e até

Vivendo bem com o diabetes pratique atividade física com regularidade e sob a orientação de profissionais especializados; mantenha seu peso dentro dos padrões indicados pelo seu médico; cuide de sua alimentação: não pule refeições, nem fique muitas horas sem comer. Siga sempre as orientações nutricionais dos especialistas e, em caso de dúvida, consulte-os antes de qualquer atitude; monitore com regularidade os níveis de glicemia e nunca altere as medicações sem orientação médica; leve sempre consigo um cartão identificando-o como portador de diabetes e indicando às pessoas quais os procedimentos em casos de emergência.

14

o coração. Além das taxas de glicemia, é importante controlar também a pressão arterial e o colesterol sanguíneo. Para tanto, existem exames obrigatórios para o rastreamento das complicações. “Saber quais exames fazer e quando faz parte do tratamento”, afirma o doutor André. Foi pensando nessa necessidade que o Fleury criou o Núcleo Integrado de Diabetes, coordenado pelo Dr. André. Além de disponibilizar novos exames, como o holter de glicose (vide box na página 15) e alguns testes genéticos (capazes de diagnosticar tipos mais raros de diabetes), um dos objetivos do Núcleo é disseminar informações sobre a doença. Isso tem sido feito por meio de palestras e de informações adicionais nos resultados dos exames, seguindo as sugestões mais atuais das várias sociedades científicas de diabetes. “O acompanhamento dos pacientes com diabetes tornou-se mais complexo nos últimos anos, após a divulgação dos estudos de prevenção das complicações da doença, sendo preconizada uma rotina laboratorial que nem sempre é conhecida”, comenta o médico. Segundo recomendação da Sociedade Brasileira de Diabetes, por exemplo, o exame de hemoglobina glicada deve ser realizado de duas a quatro vezes ao ano em todos os pacientes com diabetes, pois resume o controle da glicemia nos últimos dois a três meses. Um outro exemplo, em relação ao rastreamento de complicações, é a sugestão de um

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

14

09/21/04, 9:29 AM


exame anual de microalbuminúria para detecção de problemas nos rins. Assim, os laudos do Fleury para esses e outros exames apresentam dados de interpretação e a periodicidade proposta pela Sociedade. O Núcleo dispõe ainda de um site (www.fleury.com.br/diabetes)

onde podem ser encontrados os mais variados temas relacionados ao diabetes: o que é, quais os sintomas, as complicações crônicas, os exames preconizados, artigos médicos e outras matérias periódicas. Uma equipe de especialistas do Fleury também está disponível

para consultas pelo e-mail diabetes@fleury.com.br ou por telefone, tanto para a classe médica, quanto para pacientes e a comunidade em geral. “Queremos que o laboratório seja um parceiro no acompanhamento dos pacientes com diabetes”, ressalta o doutor André.

Detectando, monitorando e rastreando as complicações do diabetes O exame de glicemia é o indicado para diagnosticar execução”, comenta a endocrinologista Cláudia o diabetes. Para indivíduos com fatores de risco para Helena de Oliveira, mestre e doutora em diabetes tipo 2 (histórico familiar, idade acima de diabetes pela Escola Paulista de Medicina, 45 anos, pressão alta, obesidade, sedentarismo ou com especialização na Universidade de São colesterol alterado), a dosagem de glicemia em jejum Francisco (Califórnia/EUA) e coordenadora do deve ser realizada esporadicamente. “Recentemente, centro de provas funcionais do Fleury. “Com a a Sociedade Americana de Diabetes sugeriu novos colocação de um pequeno sensor flexível no tecido valores para a glicemia de jejum”, explica o Dr. André subcutâneo da região abdominal do paciente e F. Reis, “considerando normais valores de até 99 um processador das informações posicionado à mg/dL. Valores entre 100 e 125 mg/dL caracterizam cintura, temos todas as oscilações dos níveis de uma situação de pré-diabetes, devendo receber glicemia ao longo de um período que pode variar uma atenção especial, pois estudos recentes de 24 a 72 horas”, explica a médica. No Fleury, o demonstraram que, em geral, pode-se evitar ou resultado é acompanhado de um laudo elaborado retardar a evolução para o diabetes tipo 2”, pelos especialistas em diabetes, e que tem se comenta. Para o monitoramento do diabetes, mostrado bastante útil para o acompanhamento de além do acompanhamento das taxas de glicemia, vários pacientes”, comenta o Dr. André. hemoglobina glicada e frutosamina, o Fleury disponibilizou recentemente o exame de holter de glicose, útil nos casos de ajustes medicamentosos e que também pode ser utilizado no diagnóstico de hipoglicemias. Para o professor livre-docente da USP, Antônio Carlos Lerário, “esse exame é importante porque fornece informações sobre o controle da glicemia, que pode ser alterada conforme a rotina”. O holter de glicose possibilita avaliar os níveis glicêmicos do paciente ao longo de “É um teste bastante simples e de fácil um período, sem impossibilitar a pessoa de realizar suas atividades rotineiras

fleury.com.você

fleury_03a15.indd

15

15

09/21/04, 9:29 AM


SUA SAÚDE previna-se

Heróis

do dia-a-dia

NOÇÕES DE PRIMEIROS-SOCORROS PODEM SALVAR VIDAS E TRANSFORMAR PESSOAS COMUNS, E ATÉ MESMO CRIANÇAS, EM GRANDES HERÓIS

16

U

ma situação de emergência ocorre quando menos se espera. Você pode estar na estrada, curtindo uma bela paisagem e, de repente, sofrer um acidente. Ou, então, no fim de semana, durante uma partida de futebol entre amigos, quando um deles torce o joelho. Ou em um churrasco com a família, quando aquele sobrinho mais apressado coloca a mão na grelha quente! Não importa a situação, a emergência não manda e-mail avisando quando e onde vai chegar. Seja ela uma simples queimadura em um churrasco familiar ou mesmo

uma parada cardiorrespiratória, o fato é que a maioria das pessoas não sabe a atitude correta a ser tomada frente a essas ocorrências. Alguns viram heróis, acreditando dominar perfeitamente a situação, enquanto outros ficam tão nervosos que mal conseguem sair do lugar. Organizar as idéias e ter autocontrole é um ótimo começo, mas o fundamental é dar a assistência correta. Um atendimento malfeito pode prejudicar ainda mais a vítima. “A principal causa de morte fora dos hospitais é a falta de atendimento. A segunda, é o socorro inadequado. As pessoas

fleury.com.você

fleury_16a23.indd

16

09/20/04, 7:35 PM


Organizar as idéias e ter autocontrole já é um ótimo começo, mas, além disso, é necessário dar a assistência correta. Um atendimento malfeito pode prejudicar ainda mais a vítima

mesmo com os primeiros-socorros, é sempre importante contar com a opinião de um médico.

atingida com pano limpo e úmido e transporte ao hospital. Não existe pomada para atendimento emergencial em queimaduras.

Como agir Antes de sair por aí tentando salvar vidas ou socorrendo pessoas acidentadas, certifique-se de que a sua própria vida não será colocada em risco. É seguro parar na estrada? O fogo está sob controle? Você também não vai cair e sofrer uma torção? Estando em segurança, pequenos gestos e atitudes podem ser de grande valia. Veja o que orienta o especialista Fernando Barreiro: morrem porque ninguém faz nada e continuam morrendo porque alguém não capacitado resolveu fazer algo”, diz o diretor de ensino do Serviço de Atendimento de Emergência (SATE), Fernando Barreiro. Primeiro, é importante ter à mão alguns telefones úteis. Pedir ajuda especializada é sempre a atitude mais sensata. “Carro nenhum chega tão rápido ao seu destino como uma ambulância, e ninguém pode fazer tanto quanto um profissional”, diz o chefe do PS de cirurgia da UNIFESP, Dr. Arsênio Barreira Barrio. Existem inúmeras situações emergenciais, de maior ou menor grau. Para todas,

Fraturas – se for fechada, procure não movimentar a pessoa. Leve-a ao hospital na posição encontrada. Em caso de fratura aberta, a prioridade é parar a hemorragia e cobrir o ferimento com o pano mais limpo disponível no local. Queimaduras – podem ser de 1º, 2º ou 3º graus. Nos casos de 1º e 2º graus, resfrie a área atingida com água corrente. Como na de 2º grau ocorre a formação de bolhas, não se deve estourá-las. Nas queimaduras de 3º grau, mais profundas, cubra a área

Ferimentos – caso haja sangramento, pare a hemorragia. Não retire objetos fixados na vítima, como farpas, vidros, etc. Não utilize nada que possa desencadear processos de alergia como mercurocromo, iodo ou qualquer outra substância farmacológica. Se preciso, utilize soro fisiológico, que é 100% seguro. Transporte de vítimas – caso o problema seja clínico (queimaduras e pequenos ferimentos) há maior liberdade de movimentação. Se for traumático, como em casos de quedas e acidentes, o transporte deve ser feito em prancha longa, rígida ou com equipamento similar. Jamais deve ser feito em um cobertor ou outro material flexível. Tamanho não é documento Para Ronald Freire, cardiologista do Fleury e um dos responsáveis pelo curso de suporte básico de vida ministrado pelo laboratório, saber como agir em situações de emergência é fundamental para fleury.com.você

fleury_16a23.indd

17

17

09/20/04, 7:35 PM


SUA SAÚDE previna-se

todos, incluindo crianças. “Treinar crianças é de extrema importância, pois as pesquisas mostram que 70% das mortes súbitas ocorrem em casa e, normalmente, a primeira pessoa a encontrar a vítima é um filho ou neto”, diz o Dr. Ronald. “O mesmo treinamento que se dá aos adultos no curso de suporte básico de vida para leigos pode ser dado às crianças”, explica. Ele cita, por exemplo, que a parada cardiorrespiratória é a causa mais freqüente de mortes entre adultos com mais de 45 anos e, muitas delas, podem ser evitadas com procedimentos simples e informação adequada. “Qualquer pessoa, até mesmo uma criança, se treinada, está apta a reconhecer e atender essa e outras emergências enquanto aguarda o resgate. São minutos que podem

salvar vidas”, completa. Estatísticas norte-americanas revelam que 220 mil pessoas sofrem de morte súbita cardíaca por ano. A reanimação cardiopulmonar é o procedimento padrão, e consiste em ventilações (respiração boca-a-boca) e compressão torácica (massagens cardíacas). Em vítimas com mais de oito anos, deve-se fazer duas ventilações a cada 15 massagens. Caso seja menor de oito anos, deve-se fazer uma ventilação a cada cinco massagens. Se a pessoa que entrar em parada cardiorrespiratória for atendida no primeiro minuto, suas chances de sobreviver são de 98%. A cada minuto sem atendimento adequado, a chance de sobreviver cai de sete a dez porcento; ao final de dez minutos, ela torna-se

praticamente nula. É importante lembrar que, para os casos de arritmias cardíacas como a fibrilação ventricular, além da ressuscitação cardiopulmonar, é necessária a utilização do desfibrilador externo automático, ainda nos primeiros segundos após a ocorrência, para detectar o problema, liberando ou não o choque elétrico que restaura o ritmo do coração. Adulto ou criança, a verdade é que o atendimento de primeirossocorros devia ser uma realidade social, mas “infelizmente esses ensinamentos não são passados com propriedade em escolas e faculdades”, lamenta Fernando Barreiro, comentando que isso só acontece com a iniciativa de algumas entidades e empresas (veja box).

Fleury treina para situações emergenciais Dentro de hospitais e laboratórios, as intercorrências também são grandes. No Fleury, percebeu-se que os problemas surgidos poderiam ser minimizados caso os funcionários, além dos médicos e enfermeiros, fossem treinados para esse tipo de atendimento. Entre junho de 2000 e julho de 2002 foram registradas quase 1.200 ocorrências entre os pacientes atendidos nas unidades do Fleury. Dessas, foram necessárias apenas dez remoções para hospitais. O restante pôde ser resolvido no próprio laboratório. Além de preparar sua equipe, o Fleury oferece o curso básico de suporte de vida para leigos em geral. O curso, que pode ser feito por qualquer pessoa, adulto ou criança de 10 a 18 anos, ensina a reconhecer e dar as primeiras assistências

18

a emergências bastante corriqueiras: infarto agudo do miocárdio, derrame, obstrução das vias aéreas por corpo estranho (engasgamento) e parada cardiorrespiratória. O curso segue o sistema “veja, então pratique”, baseado em um vídeo da American Heart Association (AHA). Os instrutores médicos e enfermeiras, todos devidamente credenciados pela associação, exibem as ocorrências e os participantes desenvolvem a seqüência de atendimento em manequins, simulando a realidade. As crianças aprendem a reconhecer os problemas, prestar os primeiros atendimentos, fazer o boca-a-boca, a massagem cardíaca e a usar o desfibrilador. Para informações, acesse: www.institutofleury.org.br

fleury.com.você

fleury_16a23.indd

18

09/20/04, 7:35 PM


De olho no coração OS ANOS. PARA REVERTER ESSE QUADRO, A PREVENÇÃO É O MELHOR REMÉDIO Atualmente, as doenças cardíacas matam mais de 17 milhões de pessoas por ano em todo o mundo, segundo dados da Federação Mundial do Coração (WHF). Só no Brasil, estima-se que o número seja superior a 300 mil. Estreitamente relacionados a problemas característicos do estilo de vida moderno - como sedentarismo, obesidade, colesterol alto e estresse -, além de outros fatores ligados à hereditariedade, os males do coração são os grandes vilões do século XXI e podem, até 2020, vitimar anualmente mais de 25 milhões de pessoas. Para a American Heart Association, além das grandes descobertas e dos avanços tecnológicos nos tratamentos, uma das maiores armas para vencer essa luta é a prevenção. Atividade física,

alimentação saudável e acompaplacas implica “um maior risco nhamento médico com exames de problemas coronarianos”, periódicos são fundamentais para ressaltando a utilidade do exame diminuir as estatísticas. na avaliação de pessoas com Para contribuir com o diagnóstico colesterol no limite superior da desses problemas, o Fleury disponinormalidade, para as quais pode bilizou, no início deste ano, a determinar alteração de conduta e, tomografia computadorizada para também, em casos de pacientes avaliação cardíaca, usada na com cirurgia de revascularização detecção de placas de cálcio do coração. coronariano e na visibilização direta das coronárias. De acordo com Dany Jasinowodolinsk, médico da equipe que realiza o exame, “a grande vantagem para o cliente é que a tomografia é um método não invasivo”. Ele explica que a Equipamentos de alta tecnologia no combate aos males do coração presença dessas

SUA SAÚDE previna-se

MAIS DE 300 MIL BRASILEIROS MORREM DE PROBLEMAS CARDÍACOS TODOS

Saúde em evolução A realização de exames regulares é essencial para o acompanhamento periódico de algumas doenças. A análise minuciosa dos dados e, principalmente, a comparação entre os resultados auxiliam a avaliação da evolução da doença e do seu tratamento.

Com o intuito de facilitar essa comparação, o Fleury lançou o laudo evolutivo. Ele possibilita comparar os resultados do exame mais recente e de até cinco anteriores. “É possível ter uma idéia geral da situação do paciente nas

tabelas sem precisar resgatar todos os exames antigos”, afirma o especialista em patologia clínica Dr. Jorge Luiz Mello Sampaio. Diabetes e doenças da tireóide são algumas das patologias que têm nesse laudo uma importante ferramenta durante o tratamento.

fleury.com.você

fleury_16a23.indd

19

19

09/20/04, 7:35 PM


FLEURY E VOCÊ qualidade de vida

Em ação pela

natureza

DESPERDÍCIO E FALTA DE CONSCIÊNCIA AMBIENTAL CAUSAM PREJUÍZOS À NATUREZA E À SOCIEDADE

20

fleury.com.você

fleury_16a23.indd

20

09/20/04, 7:36 PM


F

aça um rápido cálculo conosco: quanto você já desperdiçou da natureza hoje? Comece relembrando seus primeiros passos ao acordar. O chuveiro ficou ligado enquanto você escolhia a roupa, para dar uma aquecida no ambiente? Você amassou aquela folha que foi impressa errada ou guardou-a para rascunho? No banheiro da empresa, com quantas folhas de papel você enxugou as mãos? A luz da sala ficou acesa quando você saiu? Bem, talvez seja melhor parar por aqui. Poderíamos usar páginas e mais páginas enumerando centenas de “pequenos pecados” que cometemos, involuntária e inconscientemente, contra o meio ambiente todos os dias. Mas, vamos evitar o desperdício. Não se trata de atirar a primeira pedra. A intenção é fazer um alerta, mostrando que pequenas atitudes farão a diferença no futuro. Um mínimo de esforço pode resultar em benefícios para toda a sociedade. O luxo do lixo Todos os dias, só na região Sudeste, são produzidas 141.618 toneladas de resíduos sólidos urbanos, o equivalente a 62% do total coletado no País, segundo relatório da ABRELPE (Associação

Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais). O principal destino dessa estrondosa soma são os aterros sanitários e os controlados, mas uma grande parte - cerca de 22% - ainda acaba em vazadouros a céu aberto (lixões) e áreas alagadas. “Quanto maior a população e o poder aquisitivo, mais se consome, fazendo com que não existam mais locais para se depositar o material”, diz a coordenadora técnica da ONG GEA, Araci Musolino. A atitude ecologicamente correta

Felizmente, cada vez mais as pessoas se conscientizam de que reciclar é a opção mais inteligente. Segundo a ABAL (Associação Brasileira de Alumínio), o Brasil já atingiu um índice de 87% de reciclagem de alumínio, número superior ao de países como EUA e Japão

começa com o consumo consciente. A questão dos resíduos sólidos não é apenas um problema ambiental, é também de saúde pública e de ordem social. No meio de tudo isso, pensar antes de simplesmente jogar o que se considera inútil é de grande valia. Escolher embalagens de fácil retorno na hora de comprar, também. Então, na hora de se desfazer de algum objeto, verifique se ele não tem utilidade para outra pessoa ou em outro local. Cascas de alimentos, potes de vidro, tudo pode ser reaproveitado, e esses materiais possuem muito mais utilidades do que imaginamos. Garrafas PET, por exemplo, são amplamente utilizadas na fabricação de produtos como fibra poliéster, cordas, embalagens, entre outros. Felizmente, cada vez mais as pessoas se conscientizam de que reciclar é a opção mais inteligente. Segundo a ABIVIDRO (Associação Brasileira das Indústrias Automotivas de Vidro), o índice de reciclagem de vidros evoluiu de 15%, em 1991, para 44%, em 2002. Já segundo a ABAL (Associação Brasileira de Alumínio), o Brasil atingiu um índice de 87% de reciclagem de alumínio, número superior a países como EUA e Japão. Na maioria das cidades há programas de coleta seletiva fleury.com.você

fleury_16a23.indd

21

21

09/20/04, 7:36 PM


FLEURY E VOCÊ qualidade de vida

ou entidades assistenciais, que recolhem os objetos possíveis de serem reaproveitados ou estimulam e ensinam os benefícios da reciclagem. A grande vantagem da coleta seletiva é que só depende de boa vontade. Ela pode ser implantada em qualquer local, como escolas, empresas e igrejas, para depois ser destinada a lugares comprometidos com a causa. Começando em casa Há sete anos, o Fleury vem trabalhando na padronização do descarte de resíduos químicos e infectantes e na implantação do processo de coleta seletiva de resíduos. “A nossa preocupação com a gestão ambiental tem

aumentado a cada dia”, afirma Daniel Périgo, Assessor da Qualidade. Durante a construção da sede técnico-administrativa, por exemplo, uma parte da flora original do terreno foi deslocada para parques e arredores, em um acordo com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. Algumas árvores foram mantidas no próprio terreno e outras integradas à construção. Além do monitoramento de padrões relacionados à qualidade dos efluentes, emissões atmosféricas e ruídos, e de programas de redução de consumo de água e energia, no Fleury cada tipo de resíduo recebe tratamento especial. Na sede técnico-administrativa, é utilizada

a metodologia da autoclavagem, que consiste em esterilizar resíduos sólidos infectantes, combinando calor, pressão e umidade por um tempo prolongado, para inativar microrganismos patogênicos presentes no lixo, triturando-o depois. Esse sistema está sendo licenciado pelos órgãos ambientais. Materiais recicláveis, como papel, papelão, isopor e vidro, são encaminhados para reciclagem. Resíduos especiais, como lâmpadas, óleo lubrificante e de cozinha, filmes e chapas de raios X, possuem destinação ambientalmente correta. A importância do programa ambiental é divulgada por cartilhas, folhetos, murais e

Para preservar o meio ambiente, nem tudo está ao seu alcance, mas colabore dentro do que é possível

22

fleury.com.você

fleury_16a23.indd

22

09/20/04, 7:36 PM


programas de treinamento envolvendo colaboradores de todas as unidades do Fleury. Os conceitos aprendidos com o Sistema Ambiental são estendidos às comunidades vizinhas por meio do projeto PAI de alfabetização e inclusão social de adultos. Caso você queira saber mais sobre o programa de gestão ambiental desenvolvido pelo Fleury, entre em contato pelo e-mail ugq@fleury.com.br. Resíduos sólidos como alumínio e material médico devem ter uma coleta separada e não podem ser destinados aos aterros

SP e s t i mul a r ecicl ag e m Reduzir a quantidade de resíduos sólidos produzidos na cidade é um compromisso de todos. Em função disto, desde fevereiro de 2003, o programa Coleta Seletiva Solidária, da Prefeitura de São Paulo, visa a conscientizar o cidadão de que, a partir da separação do seu próprio lixo, ele pode ajudar na limpeza do lugar onde vive. A idéia é promover o consumo consciente na comunidade, mostrando como é fácil separar o lixo orgânico - restos de comida, por exemplo - daquele que pode ser reciclado, como o metal, o plástico, o papel e o vidro. Atualmente, o programa é desenvolvido em 45 distritos da cidade de São

Paulo, atingindo cerca de 3,3 milhões de pessoas. A prefeitura planeja expandir o programa, fazendo diminuir a produção de resíduos na capital. Além de promover a reciclagem, por meio de caminhões e PEV’s (Pontos de Entrega Voluntária), o programa ajuda na inserção social de ex-catadores de lixo, unindo-os em cooperativas com essa mesma finalidade. Para participar, basta começar a separar o seu próprio lixo. O interessado deve entrar em contato com a Prefeitura, telefone 156, para esclarecer dúvidas. O meio ambiente e a cidade de São Paulo agradecem.

Alguns pontos de entrega voluntária na cidade de São Paulo Pinheiros: Av. Professor Frederico Hermann Junior, 199 Moema: Av. Sexto Centenário, s/n, portão 6 Brás: R. Azurita, 100 Tatuapé: R. Tuiuti, 515 Vila Maria: Praça Presidente Jânio da Silva Quadros, 15 Lojas da rede de supermercados Pão de Açúcar 24 horas também recebem o material.

fleury.com.você

fleury_16a23.indd

23

23

09/20/04, 7:36 PM


PARA VOCÊ serviços

Auto-atendimento: agilidade e conforto Já é possível pré-agendar e obter instruções para realização de exames, além de imprimir resultados e informações enquanto se faz compras. Estão instalados totens para facilitar a vida dos clientes nos shoppings Iguatemi, Jardim Sul e Anália Franco, além das unidades de atendimento Adolfo Pinheiro, Brigadeiro Luís Antônio, Ibirapuera, Jardim América, Paraíso, Perdizes e Villa Lobos. De simples manuseio, a máquina pode ser utilizada por três métodos: toque na tela, código de barras ou teclado. O Auto-atendimento permite aos clientes obter detalhamentos de convênios e unidades de atendimento, tudo com opção de impressão. O conforto é o grande diferencial. Outro fator importante é a privacidade do cliente, que pode realizar o próprio atendimento.

Resultados sem sair do carro Para aqueles clientes que precisam voltar a uma unidade para retirar resultados de exames (caso dos exames de imagem), o Fleury lançou outra novidade: o drive thru. Disponível na Unidade Ibirapuera (Av. República do Libano, 635), o serviço permite que o cliente retire, sem ter que estacionar o carro e ir até a recepção, os resultados de exames realizados em qualquer unidade. O novo serviço foi muito bem recebido pelos clientes: cerca de 70% daqueles que se dirigem àquela unidade preferem essa forma de retirada de resultados. O sistema ainda permite a entrega de materiais biológicos para exames, sem ter que sair do carro.

24

fleury.com.você

fleury_24a30.indd

24

09/20/04, 7:44 PM


PARA VOCÊ novidades

Anália Franco

A unidade, que atende aos moradores da Zona Leste da capital paulista, passa a funcionar dentro do shopping, oferecendo mais segurança e conforto aos clientes

Inaugurada para substituir o antigo laboratório no Tatuapé, a unidade localizada nas dependências do Shopping Anália Franco é mais uma ótima notícia para os moradores da Zona Leste da capital paulista. No local, os clientes têm à disposição diversos exames de análises clínicas, diagnósticos por imagem, densitometria óssea, colposcopia, cardiologia, medicina fetal, provas funcionais, triagem neonatal e vulvoscopia. Para aliviar a tensão das crianças antes de realizar os exames, a Unidade Infantil é um espaço especial, com estrutura diferenciada, salas de espera decoradas com motivos infantis, brinquedos e programação com desenho animado na televisão. Aos sábados, a Unidade oferece animação especial aos clientes mirins. É possível retirar resultados ou agendar exames, mesmo que a unidade esteja fechada, pelo serviço de Auto-atendimento.

Atendimento Móvel: sem sair de casa Comodidade, conforto e praticidade. É pensando nessas três vantagens que o Fleury oferece o Atendimento Móvel. Com ele, o cliente pode realizar uma série de exames de análises clínicas sem se deslocar, no horário e local mais convenientes. Além de São Paulo, Sorocaba, Santos, São Vicente, Guarujá, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília, agora também São José dos Campos e Jacareí possuem o serviço. O Fleury também ampliou o Atendimento Móvel na Grande São Paulo, para as cidades de Osasco, Barueri, Granja Viana, Grande ABC, Diadema, Guarulhos e Mauá, além da Zona Leste de São Paulo. A taxa de visita para essas localidades é de 35 reais, a mesma praticada para os atendimentos na cidade de São Paulo. Pelo Atendimento Móvel, estão disponíveis os exames laboratoriais, eletrocardiograma, MAPA (monitorização ambulatorial da pressão arterial) e holter. Os resultados dos exames, complementando as facilidades, podem ser obtidos via internet, sedex, fax, correio ou portador. fleury.com.você

fleury_24a30.indd

25

25

09/20/04, 7:44 PM


CIDADANIA E EDUCAÇÃO instituto fleury

Instituto Fleur y

ORGANIZAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS CRIADA PELA EMPRESA VISA AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E SOCIAL

26

D

esde sua criação, o Fleury baseia seus serviços na valorização e preservação da vida. Para isso, nestes quase 80 anos de história, a empresa buscou nortear suas ações na constante busca pelo aprimoramento técnico e científico de seus processos de trabalho, bem como no engajamento pelo desenvolvimento social.

Como conseqüência natural desse posicionamento, foi criado recentemente o Instituto Fleury, que tem por missão implementar projetos de pesquisa e desenvolvimento científico, colaborar com a educação continuada dos profissionais da área de saúde e promover ações de caráter social na comunidade.

fleury.com.você

fleury_24a30.indd

26

09/23/04, 2:46 PM


O Instituto Fleury atua em três áreas distintas: educação, pesquisa e ações sociais. Destacando o trabalho nas áreas de educação e pesquisa, a diretora do Instituto, a doutora Maria Lúcia Ferraz, relembra que “a história do Fleury sempre teve uma forte ligação com as universidades e, conseqüentemente, sempre houve um trânsito do conhecimento entre nossa empresa e essas instituições”. Sob a coordenação de uma equipe formada por doutores e livre-docentes das principais universidades brasileiras, o Instituto possui uma extensa programação de cursos, reuniões e eventos focados na capacitação técnico-científica; atua na divulgação da produção científica em âmbito nacional e internacional; no apoio à obtenção de recursos para a pesquisa, entre outros. “Na verdade, muitas dessas atividades já eram realizadas desde a década de 40. O que fizemos foi consolidar e estruturar todo o trabalho”, resume a Dra. Maria Lúcia. Transmitindo conhecimento A atuação educacional do Instituto busca divulgar os dados acumulados pelo Fleury para a comunidade médica, estudantes e profissionais de saúde em geral. Para a diretora do Instituto, o “banco de dados que temos é de extrema importância”. Por isso, essas informações são transformadas em palestras, eventos ou publicações, que

levam o conhecimento para os profissionais do setor. Hoje, as ações educacionais do Instituto abrangem mais do que seu público interno. Além de eventos, material didático e de apoio para a comunidade médica em geral, o Instituto realiza atividades para o público leigo, como, por exemplo, um curso para secretárias de consultórios médicos, no qual elas aprendem a otimizar ferramentas de informática, noções de atendimento ao cliente, postura e apresentação pessoal. Outro programa educacional lançado recentemente é o “Palestras Fleury”, que promove a divulgação de informações sobre saúde e qualidade de vida dentro de organizações empresariais. Ele é composto por uma série de palestras sobre temas como combate ao câncer, prevenção de doenças cardíacas, infecciosas e outros males da vida moderna, todas ministradas por profissionais

O Instituto Fleury tem por missão implementar projetos de pesquisa e desenvolvimento científico, colaborar com a educação continuada dos profissionais da área de saúde e promover ações de caráter social na comunidade

fleury.com.você

fleury_24a30.indd

27

27

09/20/04, 7:45 PM


CIDADANIA E EDUCAÇÃO instituto fleury

médicos altamente qualificados, que fazem parte do quadro de colaboradores do Fleury. Enquanto a vertente educacional do Instituto consolidou-se como resultado do que já era realizado, a área de pesquisa foi constituída com base na “necessidade de alavancar os investimentos em tecnologia e desenvolvimento”, explica a diretora do Instituto.

Ela afirma que “o trabalho é centrado em buscar oportunidades de inovação, seja em testes diagnósticos, equipamentos ou softwares, que resultem na melhoria do serviço prestado”. Na área social, as atividades são divididas em uma série de programas que visam a uma atuação de apoio à comunidade próxima à empresa. Eles devem

Na área social, o trabalho do Instituto é centrado em atividades que contribuam para o bem-estar, a qualidade de vida, a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento comunitário

Números positivos Somente no primeiro semestre de 2004, o Instituto Fleury: promoveu 26 diferentes programas de treinamento, que abrangeram 950 colaboradores; realizou cursos, palestras e eventos de caráter educacional, que atingiram 1.381 participantes; publicou, com a participação do corpo médico do Fleury, 110 trabalhos científicos em periódicos de circulação internacional; analisou 19 projetos de pesquisa, dos quais nove foram aprovados; na área social, o projeto GestAÇÃO envolveu 232 gestantes; capacitou 55 alunos em programas para inserção no mercado de trabalho; propiciou a alfabetização de 35 alunos; em doações, foram mais de 100 mil reais em exames e patrimônios, como móveis e equipamentos. 28

contribuir para o bem-estar, a qualidade de vida, a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento comunitário. Por isso, com base em pesquisas, um dos primeiros programas instalados na região do Jabaquara, bairro paulistano onde se localiza a sede técnicoadministrativa do Fleury, foi o GestAÇÃO. Em parceria com o Centro Assistencial Cruz de Malta, que atende a comunidade local, e com o apoio de dezenas de voluntários, o programa propicia às gestantes não apenas um atendimento clínico, mas também todo diagnóstico laboratorial e programas educacionais. Em 30 meses, o GestAÇÃO atendeu centenas de gestantes, que, além dos exames pré-natais, receberam palestras sobre saúde, nutrição, aleitamento materno e vacinação. Investindo no futuro Outro programa social de resultados altamente positivos é o CapacitAÇÃO, um projeto de inclusão no mercado de trabalho, realizado nas dependências do Fleury, que capacita alunos em programas de Informática como Windows, Word, Excel e Internet, além de redação e atendimento ao cliente. Já o PAI (Programa de Alfabetização e Inclusão) é realizado em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Ao Instituto, cabe a cessão de espaços físicos adaptados ao projeto, a doação

fleury.com.você

fleury_24a30.indd

28

09/23/04, 2:47 PM


Projeto CapacitAÇÃO, que ministra cursos de informática e redação

de materiais didáticos de apoio e a indicação de professores voluntários, enquanto a Secretaria fornece livros didáticos, capacitação, orientação e subsídios de proposta pedagógica aos professores da instituição. A supervisão do trabalho é realizada pela Diretoria Regional de Ensino. Inicialmente, o PAI contou com a participação de 15 alunos, na faixa etária de 18 a 57 anos, propiciando que 70% deles fossem encaminhados para escolas públicas com o objetivo de dar continuidade ao aprendizado. O conteúdo do

programa promove a alfabetização em língua portuguesa, por meio do domínio de habilidades mínimas de leitura e escrita, e a iniciação em matemática, por meio do domínio das operações fundamentais. Com a ajuda de 36 voluntários, atualmente o PAI está ampliando o seu escopo de atuação e estão previstas três novas turmas, totalizando cerca de 50 alunos. Além dos projetos voltados à comunidade vizinha, o Instituto tem, com o auxílio de seu corpo de voluntários, vários outros programas, como o Ciranda, destinado a atender famílias

de colaboradores que possuem filhos com deficiência. Atualmente, oito famílias recebem ajuda do Ciranda, por meio de reuniões mensais, que contam com a orientação de fisioterapeutas e psicólogos, que cuidam das crianças e orientam os pais no processo de inclusão social do deficiente. Assim, com investimentos na capacitação das pessoas, em inovação e tecnologia, e com um posicionamento socialmente responsável, o Instituto Fleury procura contribuir para uma sociedade mais justa e um Brasil melhor. fleury.com.você

fleury_24a30.indd

29

29

09/20/04, 7:45 PM


A

T

E

N

D

I

M

E

N

T

O

São Paulo - Capital

30

Unidade Adolfo Pinheiro Av. Adolfo Pinheiro, 2.065 - Alto da Boa Vista * Entre a R. Américo Brasiliense e a R. Alexandre Dumas * Paralela à Av. Santo Amaro Unidade Braz Leme Av. Braz Leme, 201 - Casa Verde * Acesso pela Ponte Casa Verde * Sentido Bairro/Centro: lado direito Unidade Brigadeiro Luís Antônio Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4.312 - Jardim Paulista * Em frente à Praça Dia do Senhor * Sentido Centro: terceira quadra após a Escola Panamericana de Artes * Sentido Bairro: terceira quadra após a Av. Brasil (sentido permitido apenas para ônibus) * A quadra fica entre a R. Antonio Bento e a R. Cons. Torres Homem Unidade Ibirapuera Av. República do Líbano, 635 Moema * Próxima ao Monumento às Bandeiras e ao Parque do Ibirapuera * Sentido Bairro/Centro: lado direito Unidade Jardim América Av. Brasil, 1.891 - Jardim América * Sentido Pinheiros/Ibirapuera: lado direito * Próxima à R. Gabriel Monteiro da Silva Unidade Paraíso Rua Cincinato Braga, 232 e 282 - Paraíso * Paralela à Av. Paulista, altura do número 200 (Hospital Santa Catarina) * Próxima à estação de metrô Brigadeiro (Linha 2 - Verde)

Unidade Perdizes Rua Caiubi, 181 - Perdizes * Em frente à Igreja São Domingos * Altura do número 1.300 da R. Cardoso de Almeida * Próxima ao Colégio Pentágono Unidade Shopping Jardim Sul Shopping Jardim Sul - lj. 317 Piso 2 Av. Giovanni Gronchi, 5.819 * Shopping Jardim Sul: em frente ao BIG Unidade Shopping Anália Franco Shopping Anália Franco - lj. 37E Piso Acácia Av. Regente Feijó, 1.739 * Até as 10 horas, entrada somente pela Av. Regente Feijó * Ao lado do CERET (Centro Esportivo e Recreativo do Trabalhador); * Próxima ao início da Av. Eduardo Cotching; * A Av. Regente Feijó começa na Av. Salim Farah Maluf (na altura do Cemitério da Quarta Parada). Unidade Villa-Lobos Rua Castro Delgado, 188 - Alto de Pinheiros * Marginal Pinheiros, pista local da Avenida Nações Unidas, sentido Santo Amaro-CEAGESP * Entre as pontes Cidade Universitária e Jaguaré * Quinta travessa à direita após a Ponte Cidade Universitária

Outros municípios Unidade Alphaville Av. Copacabana, 574 - 18 do Forte Empresarial * Entre o Residencial 2 e 3 * Ao lado do Colégio Internacional Unidade Campinas Av. Aquidabã, 747 - Centro * Em frente à Microcamp, próxima ao Bosque dos Jequitibás

Unidade Grande ABC Av. D. Pedro II, 1.313 - Jardim Santo André * Próxima ao Parque Celso Daniel (antigo Parque Duque de Caxias) * Entrada lateral pela R. das Aroeiras Unidade Jundiaí Av. Antônio Segre, 447 - Jardim Brasil * Próxima ao Shopping Paineiras * Na rua do SESI * Anhanguera sentido Interior/ Capital: acesso pela Av. Jundiaí

Outros Estados Unidade Botafogo - RJ R. Voluntários da Pátria, 423 Botafogo * Próxima ao COBAL * Entre a R. Conde de Irajá e a R. Capitão Salomão Unidade Brasília - DF SHIS QI 21 Bloco D - Lago Sul * Ao lado da academia FIT 21 * Em frente à Escola das Nações * Conjunto do Comércio Local

Atendimento Móvel Atende as cidades acima e também: Guarulhos, Osasco, Granja Viana, Mauá, Diadema, Santos, São Vicente, Guarujá, Jacareí, São José dos Campos e Sorocaba

Central de Atendimento ao Cliente 24 horas Grande São Paulo: (11) 3179-0822 Outras localidades: 0800-7040822

w w w. f l e u r y. c o m . b r fleury.com.você

fleury_24a30.indd

30

09/20/04, 7:45 PM

Revista Fleury.com.você  

Revista Fleury.com.você Uma publicação dirigida aos clientes e colaboradores do Fleury - Edição 1

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you