Page 10

Circulavam espessas as vozes de cidade

circulavam espessas as vozes de cidade, ácidas no barítono do choro, era como um dia de verão que se escrevia com saudades de qualquer coisa à chuva de outono...

recomendavas o silêncio, subindo pela rua mostravas-me a mão do amor, foi com ela que escreveste no dia do adeus, o que te arrependeste quando nasceste de novo ao sol da beira rio...

desenhaste-me um abraço de poema sem que o verbo fosse desculpa incriminatória, despedimo-nos sabendo que o silêncio fazia-nos melhor que tudo que vem com as coisas menores

10 www.edicoeshorus.com / Agosto 2018 Proof Copy: Not optimized for high quality printing or digital distribution

Profile for Edições Hórus

HÓRUS CULTULITERARTE  

HÓRUS CULTULITERARTE Published onAug 2, 2018 Horus Cultuliterarte 12ª a 21ª edição - novembro de 2017 a agosto 2018

HÓRUS CULTULITERARTE  

HÓRUS CULTULITERARTE Published onAug 2, 2018 Horus Cultuliterarte 12ª a 21ª edição - novembro de 2017 a agosto 2018

Advertisement